Felipe de Matos Muller

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4097781525514657
  • Última atualização do currículo em 12/12/2018


Atualmente é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Possui doutorado em Filosofia (Conhecimento e Linguagem) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS (2004) e está cursando o doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento (Mídia do Conhecimento) na Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (2018- ). Possui mestrado em Filosofia (Ética e Filosofia Política) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS (2000) e graduação em Filosofia (Bacharelado e Licenciatura) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS (1997). Fez estágio de Pós-Doutorado no Istituto Universitario Sophia - Itália (2011) e na Universidade Federal de Santa Maria - UFSM (2018). Atuou como professor no Instituto Santa Luzia - Escola de 1°grau para cegos (1997). Atuou como professor de graduação e coordenador de curso na Faculdade IDC (2006-2009). Atuou como professor de graduação, pós-graduação e coordenador de curso na PUCRS (2000-2017). Foi líder do GP Epistemologia Social (CNPq) no período de 2011-2017. É membro dos Grupos de Pesquisa: GP Conhecimento, Racionalidade e Informação (CNPq); GP Epistemologia Analítica (CNPq); GP Mídia e Conhecimento (CNPq). Coordenador do Grupo de Trabalho (GT) Epistemologia Analítica da ANPOF (2016-2018). Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em História da Filosofia Moderna, Epistemologia e Ética, atuando principalmente nos seguintes temas: Deontologismo Epistêmico, Epistemologia Social, Epistemologia do Testemunho, Expertise, Boatos, Entendimento, Racionalidade Coletiva, Deliberação Coletiva, Conhecimento Coletivo, Virtudes Epistêmicas Coletivas, Sabedoria (Coletiva), Epistemologia Aplicada. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Felipe de Matos Muller
Nome em citações bibliográficas
MULLER, F. M.

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, IFRS - Campus Rolante.
Rodovia RS-239 Km 68, Nº 3505 (Estrada Taquara/Rolante)
.
95690000 - Rolante, RS - Brasil - Caixa-postal: 118
Telefone: (51) 35479605
URL da Homepage: https://ifrs.edu.br/rolante/


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em Engenharia e Gestão do Conhecimento.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Liderança em rede em ecossistemas de inovação,
Orientador: Márcio Vieira de Souza.
Palavras-chave: Liderança; Inovação; Análise de Redes Sociais.
2000 - 2004
Doutorado em Filosofia.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Título: Deontologismo Epistêmico, Ano de obtenção: 2004.
Orientador: Cláudio Gonçalves de Almeida.
Palavras-chave: Deontologismo Epistêmico; Justificação Epistêmica; Voluntarismo Doxástico.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Superior.
1998 - 2000
Mestrado em Filosofia.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Título: Os pressupostos epistemologicos da filosofia politica de John Locke.,Ano de Obtenção: 2000.
Orientador: Thadeu Weber.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética / Especialidade: Filosofia Política.
1995 - 1997
Graduação em Filosofia.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Título: O conceito de propriedade em John Locke.
Orientador: José Antônio Meister.
1989 interrompida
Graduação interrompida em 1991 em Engenharia Elétrica.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Ano de interrupção: 1991


Pós-doutorado


2018 - 2018
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
2010 - 2011
Pós-Doutorado.
Istituto Universitario Sophia, IUS, Itália.
Grande área: Ciências Humanas


Formação Complementar


2016 - 2016
Semi-Intensive General English. (Carga horária: 60h).
English Language Company - ELC - Sydney/Australia, ELC, Austrália.
2013 - 2013
Fundamentos Macroeconômicos. (Carga horária: 60h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
2009 - 2009
Concepções pedagógicas do modelo semipresencial da PUCRS. (Carga horária: 40h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
2007 - 2007
Oficina Moodle - 5° edição - EAD. (Carga horária: 20h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
2006 - 2006
Controle e Registro Acadêmico de IES. (Carga horária: 21h).
CONSAE - Consultoria em Assuntos Educacionais, CONSAE, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Capacitação Docente em Educação a Distância. (Carga horária: 90h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.


Atuação Profissional



Faculdade IDC, FIDC, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 4

Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

Atividades

03/2009 - 07/2009
Ensino, Bacharelado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Éica Geral I
08/2008 - 12/2008
Ensino, Bacharelado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento II
Ética Geral II
03/2008 - 07/2008
Ensino, Bacharelado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética Geral I
Seminário Temático II (John Locke e as raízes do liberalismo político)
03/2006 - 02/2008
Direção e administração, FACULDADE IDC, .

Cargo ou função
Coordenador de Curso.
08/2007 - 12/2007
Ensino, Bacharelado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica II
Teoria do Conhecimento II
03/2007 - 07/2007
Ensino, Bacharelado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica I
Teoria do Conhecimento I
2006 - 2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, FACULDADE IDC, .

Cargo ou função
Coordenador da CPA - Comissão Própria de Avaliação.
08/2006 - 12/2006
Ensino, Bacharelado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica II
03/2006 - 07/2006
Ensino, Bacharelado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica I

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2017
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2004 - 2009
Vínculo: Horista, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 24

Vínculo institucional

2000 - 2004
Vínculo: Professor Horista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 24

Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Serviços Prestados, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 6

Atividades

03/2017 - 07/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência e Sociedade
03/2017 - 07/2017
Ensino, PPG Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia Social VIII (Epistemologia Social Moral)
03/2017 - 07/2017
Ensino, Engenharia Civil, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Cidadania
08/2016 - 07/2017
Extensão universitária , Escola de Humanidades, .

Atividade de extensão realizada
CURSO DE EXTENSÃO EM FILOSOFIA DA ESPECIALIZAÇÃO.
08/2011 - 07/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

Cargo ou função
Membro da Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Filosofia.
05/2010 - 07/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

Cargo ou função
Membro da Comissão Editorial da Revista Intuitio.
03/2010 - 07/2017
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós-Graduação em Filosofia PUCRS, .

Linhas de pesquisa
Epistemologia Analítica
03/2008 - 07/2017
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

Linhas de pesquisa
Epistemologia Social
08/2016 - 12/2016
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento I
Filosofia da Ciência
08/2016 - 12/2016
Ensino, PPG Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia Social VII (Sabedoria Coletiva)
08/2016 - 11/2016
Extensão universitária , Escola de Humanidades, .

Atividade de extensão realizada
CURSO DE EXTENSÃO: CIÊNCIA E PESQUISA NA EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL.
03/2016 - 07/2016
Ensino, PPG Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia Social VI (Epistemologia de Grupos)
03/2016 - 07/2016
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência e Sociedade
03/2016 - 07/2016
Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética Geral
08/2015 - 12/2015
Ensino, PPG Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia Social V (Epistemologia do Testemunho)
08/2015 - 12/2015
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência
Teoria do Conhecimento I
03/2015 - 07/2015
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica I
03/2015 - 07/2015
Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos do Raciocínio Lógico
03/2015 - 07/2015
Ensino, PPG Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia Social IV (Epistemologia das Virtudes)
08/2014 - 12/2014
Ensino, PPG Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia Social III (Agência epistêmica)
08/2014 - 12/2014
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência
Teoria do Conhecimento I
03/2014 - 07/2014
Ensino, PPG Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia Social II (Epistemologia do Desacordo)
03/2014 - 07/2014
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência e Sociedade
03/2014 - 07/2014
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Cidadania
08/2013 - 12/2013
Ensino, PPG Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia Social I (Agregação de Juízo e Agência de Grupo)
08/2013 - 12/2013
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento I
08/2013 - 12/2013
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência
Teoria do Conhecimento I
03/2013 - 07/2013
Ensino, PPG Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metafísica e Epistemologia VIII (Epistemologia da Internet)
03/2013 - 07/2013
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência e Sociedade
03/2013 - 07/2013
Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Filosofia da Ciência
08/2012 - 12/2012
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento I
Filosofia da Ciência
08/2012 - 12/2012
Ensino, PPG Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metafísica e Epistemologia IV (Epistemologia de Grupos Científicos)
03/2012 - 07/2012
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência e Sociedade
03/2012 - 07/2012
Ensino, PPG-Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Conhecimento e Linguagem 20 (Epistemologia de Grupos)
08/2011 - 12/2011
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência
Teoria do Conhecimento I
08/2011 - 12/2011
Ensino, PPG-Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Conhecimento e Linguagem 16 (Relativismo Epistêmico)
03/2011 - 07/2011
Ensino, PPG-Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Conhecimento e Linguagem 6 (Testemunho e Confiança Intelectual)
03/2011 - 07/2011
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência e Sociedade
01/2010 - 12/2010
Direção e administração, Escola de Humanidades, Curso de Filosofia.

Cargo ou função
Coordenador de Filosofia no Básico.
05/2009 - 12/2010
Direção e administração, Escola de Humanidades, .

Cargo ou função
Coordenador do Curso de Especialização em Filosofia: O Conhecimento do Conhecimento, 2° Edição.
12/2008 - 12/2010
Direção e administração, Reitoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
12/2008 - 12/2010
Direção e administração, Reitoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

Cargo ou função
Coordenador de Curso.
08/2010 - 11/2010
Ensino, PPG Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Conhecimento e Linguagem 34 (Epistemologia Social/Epistemologia do Desacordo)
03/2010 - 07/2010
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento II
03/2010 - 07/2010
Ensino, PPG Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Conhecimento e Linguagem 35 (Introdução à Epistemologia Contemporânea)
Conhecimento e Linguagem 34 (Epistemologia Social: Fundamentos)
08/2009 - 12/2009
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem
Seminário IV
Teoria do Conhecimento II
08/2009 - 12/2009
Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética Geral
08/2009 - 12/2009
Ensino, Conhecimento do Conhecimento 2° Edição, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Epistemologia Social
03/2009 - 07/2009
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência
Monografia
Seminário III
Teoria do Conhecimento I
03/2009 - 07/2009
Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Bioética
03/2009 - 07/2009
Ensino, Odontologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Bioética
03/2009 - 07/2009
Ensino, Conhecimento do Conhecimento, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Epistemologia Social
03/2009 - 06/2009
Extensão universitária , Escola de Humanidades, Curso de Teologia.

Atividade de extensão realizada
Curso de Extensão sobre Doutrina Social da Igreja.
08/2008 - 12/2008
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem
Filosofia da Mente
Teoria do Conhecimento II
Seminário IV (Descartes e Pascal)
08/2008 - 12/2008
Ensino, Bacharelado em Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética Geral
08/2008 - 12/2008
Ensino, Ensino de Filosofia 2° Edição, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Raciocínio Crítico
03/2008 - 07/2008
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica
Teoria do Conhecimento I
03/2008 - 07/2008
Ensino, Bacharelado em Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética Geral
03/2008 - 07/2008
Ensino, Bacharelado e Licenciatura em Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Bioética
03/2008 - 07/2008
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Bioética
08/2007 - 12/2007
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem
Filosofia da Mente
Lógica II
Teoria do Conhecimento II
Seminário IV
08/2007 - 12/2007
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Cidadania
03/2007 - 07/2007
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica
Teoria do Conhecimento I
Monografia
03/2007 - 07/2007
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética Geral
03/2007 - 07/2007
Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Bioética
03/2007 - 07/2007
Ensino, Bacharelado e Licenciatura em História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Cidadania
08/2006 - 12/2006
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem
Filosofia da Mente
Seminário Temático IV
Teoria do Conhecimento II
08/2006 - 12/2006
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Bioética
03/2006 - 07/2006
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia III
Lógica
03/2006 - 07/2006
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética Geral
03/2006 - 07/2006
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Bioética
03/2006 - 07/2006
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia II
03/2006 - 07/2006
Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Filosofia da Ciência
03/2006 - 07/2006
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Cidadania
03/2006 - 07/2006
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Cidadania (EAD)
08/2005 - 12/2005
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário Temático IV
Teoria do Conhecimento I
Filosofia da Linguagem
08/2005 - 12/2005
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Bioética
08/2005 - 12/2005
Ensino, Bacharelado em Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética Geral
08/2005 - 12/2005
Ensino, Licenciatura e Bacharelado em Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Filosofia da Ciência
03/2005 - 07/2005
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário Temático III (Introdução à Filosofia da Mente)
Lógica
História da Filosofia III
03/2005 - 07/2005
Ensino, Bacharelado em Hotelaria, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Cidadania
03/2005 - 07/2005
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia I
03/2005 - 07/2005
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Bioética
08/2004 - 12/2004
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência II
Lógica
08/2004 - 12/2004
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia II
03/2004 - 07/2004
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento II
08/2003 - 12/2003
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento I
08/2003 - 12/2003
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia I
Filosofia II
03/2003 - 07/2003
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento II
03/2003 - 07/2003
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia I
08/2002 - 12/2002
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência II
08/2002 - 12/2002
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia I
Filosofia II
Ética Geral
03/2002 - 07/2002
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filoofia III
Teoria do Conhecimento II
03/2002 - 07/2002
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia II
08/2001 - 12/2001
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia I
Filosofia II
03/2001 - 07/2001
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia III
03/2001 - 07/2001
Ensino, Bacharelado em Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Social
Filosofia III
03/2001 - 07/2001
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia I
Filosofia II
Ética Geral
08/2000 - 12/2000
Ensino, Bacharelado em Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia II
08/2000 - 12/2000
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética Geral
03/2000 - 07/2000
Ensino, Bacharel e Licenciado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia III
03/2000 - 07/2000
Ensino, Bacharelado em Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Social
Filosofia III
03/2000 - 07/2000
Ensino, Odontologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Deontologia
03/2000 - 07/2000
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia I
Filosofia II
08/1999 - 12/1999
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia I

Instituto Santa Luzia - Escola de 1º grau para cegos., ISL-RS, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1998
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 10


Academia de Polícia Militar do Rio Grande do Sul, APM/RS, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2000
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor

Atividades

08/2000 - 12/2000
Ensino, CAAPM - Curso Avançado de Administração Policial Militar, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Filosofia (Filosofia Social)
03/2000 - 07/2000
Ensino, CAAPM - Curso Avançado de Administração Policial Militar, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Filosofia (Filosofia Social)

Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estágio pós-doutoral (PNPD-CAPES)


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, IFRS, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto - EBTT, Carga horária: 40

Atividades

09/2018 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Filosofia I
Filosofia II
Responsabilidade Social e Ambiental


Linhas de pesquisa


1.
Epistemologia Analítica

Objetivo: Investigar a natureza do conhecimento e da justificação; discutir a definição de conhecimento factual; discutir o problema do regresso e as respostas fundacionalistas, coerentistas e infinitistas; avaliar as fontes do conhecimento (percepção, memória, introspecção, intuição racional, raciocínio, testemunho); Estudo da natureza e dos limites do conhecimento e da justificação. Compreender os vários argumentos céticos..
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação.
Palavras-chave: Conhecimento; Epistemologia; Justificação Epistêmica; Ceticismo.
2.
Epistemologia Social

Objetivo: Investigar a dimensão social do conhecimento, com abordagem de tópicos teóricos e aplicados ? entre eles estão: epistemologia social, epistemologia do testemunho, epistemologia da expertise, epistemologia do desacordo, epistemologia coletiva, epistemologia de grupos (científicos), racionalidade de grupo, atribuição de conhecimento (de grupo), agência epistêmica coletiva, contextualismo epistemológico, relativismo epistemológico, epistemologia da democracia, epistemologia da internet, entre outros..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia / Especialidade: Epistemologia Social.
Palavras-chave: Epistemologia Social; Epistemologia; Desacordo; Epistemologia do Testemunho; Epistemologia Coletiva; Agência Epistêmica.


Projetos de pesquisa


2017 - 2107
Sabedoria requer expertise?
Descrição: O conceito de "sabedoria" tem sido revisitado. Sabedoria desde os pré- socráticos tem sido relacionada à ?Episteme?. Atribui-se a pessoa sábia a capacidade de dar bons conselhos. Todavia, o tipo de conhecimento requerido ao sábio para dar bons conselhos não é fácil de conseguir; ele é semelhante àquele possuído por experts. Expertise não é condição suficiente para a sabedoria. No entanto, parece igualmente errado dizer que alguém é sábio sem ter expertise em algum domínio. Por outro lado, não parece claro que o domínio da sabedoria seja exclusivamente moral. Um ponto controverso no debate contemporâneo sobre a natureza da sabedoria é se expertise em algum domínio é uma condição necessária para sabedoria. Dado esse ponto, serão exploradas três hipóteses: (1) sabedoria não implica expertise; (2) sabedoria implica expertise sobre um ou mais domínios; e (3) sabedoria não implica expertise, mas implica um alto grau de entendimento sobre um ou mais domínios..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2017 - 2017
Promovendo o diálogo em comunidades vulneráveis: diálogo-cidadão como tecnologia social para o encaminhamento de demandas sociais
Descrição: A diversidade social e cultural, uma das características típicas do Brasil, revela-se individual e coletivamente nas manifestações de opiniões e desejos das pessoas, através dos mais variados tipos de fala. O diálogo cooperativo apresenta-se de como forma eficiente para tais manifestações e, por essa razão, alguns tipos de diálogo cooperativo podem favorecer o caminhando de demandas sociais em comunidades vulneráveis. Dentro do cenário democrático, sobretudo na participação política em comunidades vulneráveis, algumas questões de diversidade podem ser colocadas: Como indivíduos devem responder à diversidade, sobretudo opiniões e desejos? Como a comunidade deve se organizar para tomar decisões coletivas em meio aos desafios acarretados por tal diversidade?.
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2017 - 2017
Sobre a dimensão epistêmica da sabedoria
Descrição: Sabedoria (Sophia) é associada com conhecimento (Episteme) desde os Pré-socráticos. Os antigos usam o termo ?sabedoria? para designar o mais importante tipo de conhecimento, extremamente difícil de se obter e igualmente difícil de se comunicar. Na Ética à Nicômaco, Aristóteles oferece uma explicação da sabedoria (Sophia) como sabedoria teórica e diretamente relacionada ao conhecimento fundamental de leis científicas e verdades gerais. Uma ponto controverso no debate contemporâneo é se esse tipo de sabedoria requer entendimento (understanding). Dado essa questão, serão exploradas três hipóteses: (1) sabedoria não implica entendimento; (2) sabedoria implica entendimento; (3) sabedoria implica entendimento explicativo profundo (deep explanatory understanding)..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2016 - 2017
Epistemologia Social e Democracia: Wisdom of Crowds versus Expertise
Descrição: O movimento de socialização da Epistemologia tem crescido nos últimos anos enfatizando o estudo da tomada de decisões doxásticas em contextos sociais. Um ramo da chamada epistemologia social investiga as propriedades epistêmicas de instituições e sistemas sociais. Ele pode ser delineado com o objetivo de avaliar as consequências epistemológicas da adoção de certas medidas institucionais ou relações sistêmicas, em contraposição a outras medidas ou relações alternativas. Para muitos teóricos uma característica fundamental da democracia é a regra da maioria. De acordo com Condorcet, há condições nas quais o voto é um instrumento extremamente útil para descobrir a verdade acerca de determinada questão. Se admitirmos que, em média, as pessoas têm uma probabilidade superior a 50% de estarem certas, então uma decisão tomada de acordo com a maioria tem uma probabilidade elevada de alcançar a resposta certa, pelo menos num eleitorado razoavelmente numeroso. A ideia central é que grupos fazem melhor que indivíduos e grandes grupos fazem melhor do que grupos menores, desde que sejam preenchidas duas condições: que a regra da maioria seja usada, e que cada pessoa tenha uma probabilidade superior a 50% de dar a resposta correta. Como foi enfatizado por James Surowiecki em seu ?The Wisdom of Crowds?, grandes grupos podem, em certo sentido, ser mais sábios que especialistas. Analisar as possibilidades e limites da sabedoria das multidões em relação aos experts constitui o objetivo central dessa pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2016 - 2017
Filosofia da Especialização: Uma análise do Testemunho de Especialista
Descrição: Por que o testemunho especializado é tão importante e qual é o seu lugar em nossa vida? A motivação para aceitar a palavra de especialistas é que seres humanos precisam de crenças verdadeiras sobre o seu ambiente para guiar suas ações, sobretudo, se visam ações bem-sucedidas. A necessidade da competência especializada é motivada pela crescente diversificação e divisão do trabalho intelectual nas sociedades contemporâneas tecnologicamente avançadas. Cientistas não podem fazer o seu trabalho sem pressupor a validade de outras investigações, que eles não podem (por razões de competência e/ou tempo) validar por si mesmo. Não há como checar mais que uma parcela muito pequena dos pressupostos assumidos em pesquisas avançadas. Algumas questões surgem a partir desse cenário. Como o novato pode avaliar epistemicamente o relato de um especialista? Como discriminar qual é a opinião correta entre as opiniões divergentes? Tentar responder a essas questões constitui o objetivo desse projeto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2015 - 2016
Epistemologia dos boatos
Descrição: Cada vez que um boato é propagado há a possibilidade deliberada ou acidental de distorção sem haver a possibilidade de correção correspondente. Por essa razão pensa-se que os boatos são inconfiáveis e tendem a se tornar cada vez mais inconfiáveis na medida em que são propagados. Todavia, um padrão que emerge na propagação dos boatos é que seus propagadores o fazem não porque têm razões objetivas para acreditar que seja verdadeiro, mas porque não têm razões objetivas para acreditar que seja falso. Isso não quer dizer que boatos não possam se tornar mais precisos na medida em que são propagados. Aqueles que ouvem os boatos podem recebê-lo de canais diferentes e independentes e ainda estar em posição de avaliar a confiabilidade dos propagadores. Dada à controvérsia acerca dos boatos, faz-se necessário investigar se boatos podem ser confiáveis e, até mesmo, fontes de conhecimento. O foco da investigação será sobre a transmissão do boato enquanto possível fonte de conhecimento..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 2
2015 - 2016
Um estudo filosófico acerca dos boatos - o impacto dos boatos na deliberação coletiva
Descrição: O boato [rumor] geralmente tem uma má reputação. Contudo, nós temos o dever intelectual de evitar ou rejeitar os boatos? C. A. J. Coady (2006), em seu ?Pathologies of Testimony?, ofereceu uma das poucas abordagens filosóficas acerca dos boatos. Ele caracterizou os boatos como uma enfermidade do testemunho. Cass Sunstein (2009), em seu ?On rumors?, também enfatizou a má reputação dos boatos, oferecendo uma explicação de porque as pessoas acreditam em boatos, mesmo quando eles são falsos e destrutivos e ameaçam a democracia. Mas os boatos são mesmo uma ameaça à democracia? David Coady (2012), em seu ?What to believe now?, advogou que os boatos não merecem a sua má reputação nem seriam uma ameaça aos processos democráticos. Antes, pelo contrário, os boatos seriam um elemento constitutivo dos processos deliberativos coletivos. Entretanto, boatos devem ser qualificados. Enquanto alguns podem ser falsos e/ou prejudiciais, outros podem ser verdadeiros e/ou benéficos. No entanto, o que distingue o boato de outras formas de comunicação? Quando alguém está justificado em crer em um boato? Qual é o impacto dos boatos nos processos deliberativos coletivos? O projeto visa a não somente responder a essas perguntas, mas, sobretudo, a desenvolver um estudo filosófico e conceitual acerca dos boatos. Embora o foco da pesquisa seja epistemológico, não serão desconsideradas algumas questões não epistemológicas (morais e prudenciais) diretamente relacionadas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.
2014 - 2015
Justificação de Grupo
Descrição: Em nossos dias, a atribuição de justificação a entidades coletivas é muito frequente, não apenas no discurso científico, mas também nos veículos de comunicação. Existe duas visões acerca de grupos terem justificação: a visão do somatório e a do não somatório. De acordo com a visão do somatório, a justificação que um grupo tem é a mera soma das razões de seus membros. De acordo com a visão do não somatório, a justificação que um grupo tem não pode ser reduzido à mera soma das razões possuídas pelos seus membros. Todavia, a justificação de grupo não parece ser idêntica a justificação individual, se considerarmos algumas características básicas acerca do conceito de justificação epistêmica indicadas por William Alston (1985). Estabelecer a contraposição entre justificação de grupo e justificação individual é um dos objetivos dessa investigação. Será considerada também uma distinção introduzida por Frederick Schmitt (1994) entre duas concepções de justificação de grupo e os traços fundamentais da controvérsia sobre elas. Por fim, será avaliado se é necessário e/ou suficiente que os membros do grupo estejam justificados individualmente em crer que p para que o grupo G esteja justificado em crer que p..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador / Kátia Martins Etcheverry - Integrante.
2014 - 2015
A distinção entre entendimento e conhecimento em epistemologia
Descrição: O entendimento (understanding) parece ser um daqueles bens que promove a qualidade de vida das pessoas. Por esse motivo, o conceito de ?entendimento? tem sido alvo da atenção dos filósofos desde a antiguidade. No entanto, recentemente, o seu valor tem sido negligenciado pela epistemologia analítica, em virtude do foco da atenção dos filósofos ter se voltado para o conceito de ?conhecimento? (knowledge). Alguns estudos recentes têm investigado e discutido qual seria a posição epistêmica mais valiosa. Conhecimento ou entendimento? O valor do conhecimento parece depender de sua factividade ? conhecimento implica verdade. Nesta perspectiva, conhecimento teria valor instrumental ou extrínseco. Por outro lado, o valor do entendimento parece estar no ?ver?/?agarrar? conexões/estruturas (explicativas, probabilísticas, lógicas, humanas, sociais, ambientais, etc.). Talvez o entendimento seja valioso por si mesmo, ou seja, tenha valor em virtude de suas propriedades intrínsecas. Se for o caso, teria valor intrínseco enquanto que conhecimento teria valor extrínseco. No entanto, os casos de atribuição de entendimento parecem ser semelhantes a casos de atribuição de conhecimento. Tradicionalmente, distinguem-se três tipos de conhecimento: conhecimento proposicional, conhecimento por familiaridade e conhecimento competencial. Estabelecendo uma analogia inicial entre entendimento e conhecimento, tem-se: entendimento proposicional (ou de fatos); entendimento por familiaridade (ou de objetos) e entendimento competencial (ou como habilidade). Os objetos de entendimento podem ser tanto abstratos (ex.: uma teoria) quanto concretos (ex.: um sistema de metrô). Mesmo que o entendimento compartilhe os mesmos objetos com o conhecimento, o entendimento captura particularmente o modo como eles se relacionam, o que não é o caso do conhecimento. Entender uma teoria é entender como as várias proposições se relacionam e dependem umas das outras. Entre os epistemólogos, alguns defendem que o entendimento é um estado cognitivo diferente de conhecimento, outros defendem que o entendimento é apenas um tipo de conhecimento competencial, e outros ainda defendem que o entendimento pode ser reduzido a casos de conhecimento proposicional. A pesquisa tem por objetivo analisar as razões pró e contra a distinção entre entendimento e conhecimento..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.
2013 - 2014
Racionalidade Epistêmica Coletiva
Descrição: O estudo filosófico do conceito de ?racionalidade epistêmica? faz parte da agenda epistemológica contemporânea. A tentativa de distinguir racionalidade epistêmica individual de racionalidade epistêmica coletiva tem suscitado muitas questões e debates. Em vista de compreender a natureza da racionalidade epistêmica coletiva, se indagará inicialmente sobre a atribuição de racionalidade a coletividades, como grupos e comunidades; se investigará sobre a natureza da racionalidade coletiva; se discutirá sobre a função da agência epistêmica coletiva nos grupos e comunidades; e se considerará definições possíveis de racionalidade epistêmica coletiva. A fim de cumprir esta tarefa, se buscará compreender também os principais termos relacionados ao conceito de racionalidade epistêmica coletiva e o papel que tais conceitos ocupam na discussão que emerge da atribuição de racionalidade a coletividades. O resultado desta pesquisa terá repercussão direta no debate contemporâneo sobre Epistemologia de Grupos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador / Kátia Martins Etcheverry - Integrante.Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2013 - 2014
Estudo sobre a natureza e o valor do ?entendimento? nas prescrições médicas: uma abordagem filosófica e farmacológica
Descrição: O estudo filosófico acerca da natureza e do valor do entendimento faz parte da agenda epistemológica contemporânea. A aplicação deste estudo na área da farmacologia, no entendimento da prescrição médica, terá repercussão direta nos estudos acerca do uso racional de medicamentos. Os medicamentos constituem o procedimento terapêutico mais empregado, entretanto, muitos tratamentos não atingem os objetivos esperados, principalmente devido a dificuldades no entendimento do tratamento. A prescrição pode interferir na qualidade do consumo de medicamentos e, por isso, deve ter o seu entendimento garantido. A participação dos profissionais da saúde nos cuidados com os pacientes, pela busca de melhora na qualidade de vida e evitando erros no uso de medicamentos, é de grande importância para as instituições de saúde. Os jovens têm um alto potencial de consumo e tornaram-se alvo de campanhas de publicidade, incluindo os anúncios de medicamentos. Observa-se, portanto, a necessidade de um entendimento efetivo sobre o uso de medicamentos, para que se possa proporcionar uma maior eficácia da terapia medicamentosa para os jovens. O presente estudo visa estimar o entendimento da prescrição médica utilizada pela população jovem..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador / Fernanda B. Morrone - Integrante / Maria Martha Campos - Integrante.Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.
2013 - 2014
Epistemologia de grupos - Revisionismo
Descrição: O conceito de conhecimento coletivo é uma das questões fundamentais no projeto da Epistemologia Social. Existem vários tipos de conhecimento, no entanto, o foco central da epistemologia tem sido o conhecimento factual ou proposicional. Dentre as diversas alternativas propostas para definir conhecimento proposicional, a mais antiga e conhecida é a definição tripartite, segunda a qual conhecimento é crença verdadeira justificada. Dado este pressuposto, conhecimento implica crença. Crenças são estados mentais que estão alojados na mente (ou cérebros) dos sujeitos. Assumir ou não este pressuposto conduz ao debate entre psicologistas e antipsicologistas. Psicologistas afirmam que conhecimento implica crença e defendem que seres humanos enquanto sujeitos singulares podem ter estados mentais. Por conseguinte, sujeitos singulares podem ter crença. Por outro lado, seres humanos enquanto sujeitos coletivos (como grupos e comunidades) não podem ter estados mentais. Por conseguinte, sujeitos coletivos não podem ter crença. Se conhecimento implica crença, então sujeitos coletivos não podem ter conhecimento factual. Por sua vez, Antipsicologistas negam não apenas que sujeitos coletivos possam ter crença, mas também que conhecimento implica crença. Eles defendem que seres humanos enquanto sujeitos coletivos podem ter conhecimento factual apesar de não poderem ter estados mentais, como crença. Todavia, faz-se necessário analisar se conceitos de crença, aceitação, justificação e conhecimento podem ser transpostos para o cenário social. Alguns filósofos rejeitam a noção de crenças de grupos. Eles alegam que os grupos não são capazes de crer em uma proposição, mas são capazes de aceitar uma proposição. Uma alternativa para falar de conhecimento de grupo, sem falar de crença de grupo, é assumir a noção de aceitação e defender que conhecimento de grupo implica aceitação de grupo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.
2012 - 2013
Epistemologia do Desacordo: um estudo da visão justificacionista
Descrição: Pessoas inteligentes e bem informadas podem razoavelmente discordar sobre alguma questão. Existem vários cenários onde o desacordo pode ocorrer. No entanto, a primeira implicação que devemos considerar é que nestes casos ambas as opiniões não podem racionalmente ser sustentadas simultaneamente. Pelo menos um deveria alterar a sua opinião. O cenário de desacordo mais instigante é aquele em duas pessoas discordam e ambas estão cientes deste desacordo. Que atitude alguém deveria tomar, quando o seu interlocutor, declara-lhe que discorda de sua opinião? Os casos mais interessantes são aqueles em que o desacordo ocorre em situação de simetria. A discussão contemporânea sobre a Epistemologia do Desacordo está polarizada. Conformistas assumem que, em situações de desacordos entre pares, deve-se conferir igual peso a opinião do interlocutor, adotando como opção razoável a suspensão do juízo. O desacordo racional não seria possível. Por outro lado, Não-Conformistas assumem que, em situações de desacordo entre pares, é racionalmente permissível manter a opinião original mesmo após estar ciente da opinião do interlocutor. O desacordo racional é possível. Dentro deste debate surge a visão justificacionista, que tem suas raízes na posição Não-conformista. De acordo com esta visão, o que determina se um sujeito pode racionalmente manter a sua crença ao descobrir o desacordo com um par epistêmico, é o grau de confiança justificada que esse sujeito tem em sua própria crença. Investigar as possibilidades e os limites da proposta justificacionista sobre o problema do desacordo entre pares constitui o propósito desta pesquisa. O resultado desta pesquisa terá repercussão direta no debate contemporâneo sobre Epistemologia Social..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2012 - 2012
Confiança Intelectual e Autoridade Epistêmica
Descrição: Conhecimento é um bem coletivo. A dependência que temos do conhecimento dos outros parece ser indispensável não somente para nossa vida intelectual coletiva ? em grupos, comunidades e instituições ?, mas também para nossa vida intelectual individual. O papel da autoconfiança intelectual e da confiança intelectual nos outros é central para aquisição, agregação e distribuição do conhecimento factual (proposicional). Confiança intelectual implica na atribuição de autoridade epistêmica. Entretanto, a atribuição de autoridade epistêmica pode ser fundamental ou derivada. Compreender a natureza e o status epistêmico da confiança intelectual em si próprio e nos outros constitui o objetivo fundamental da pesquisa. O resultado desta pesquisa tem repercussão direta nas discussões acerca da Epistemologia do Testemunho, da Epistemologia do Desacordo e da Epistemologia de Grupos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2011 - 2017
Epistemologia Social
Descrição: Em nossos dias, o interesse sobre a dimensão social do conhecimento, seja sobre o processo de produção, ou sobre a sua socialização, ou sobre a disponibilização de informações ou, ainda, sobre a sua natureza, tem alcançado áreas como a sociologia, a antropologia, a psicologia, as ciências cognitivas, as ciências da informação, entre outras, além da filosofia. Epistemólogos têm reconhecido a importância de desenvolver um estudo sobre as dimensões sociais do conhecimento, sobretudo, em vista do papel central que a sociedade tem nos processos de formação do conhecimento. O Objetivo principal é investigar as práticas sociais ou interativas de diversos agentes, a fim de observar como suas interações promovem a aquisição de conhecimento. As grandes linhas de estudo são: (a) o papel das condições sociais no conhecimento individual; (b) a organização social de tarefas, responsabilidades e privilégios epistêmicos no labor cognitivo; e (c) a natureza do conhecimento social..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.
2011 - 2012
A Epistemologia do Testemunho a partir do Programa da Epistemologia Comunitarista
Descrição: Epistemólogos têm reconhecido a importância de desenvolver um estudo sobre a natureza e a epistemologia do testemunho. Em nossos dias, o interesse sobre a dimensão social do conhecimento, seja sobre o processo de produção, ou sobre a sua socialização, ou sobre a disponibilização de informações ou, ainda, sobre a sua natureza, tem alcançado áreas como a sociologia, a antropologia, a psicologia, as ciências cognitivas, as ciências da informação, entre outras, além da filosofia. O ramo da Epistemologia que tem se preocupado com estas questões é denominado Epistemologia Social. Uma abordagem que tem procurado dar uma resposta a estas questões é a Epistemologia Comunitarista. Compreender o papel do testemunho dentro do programa da Epistemologia Comunitarista constitui o escopo deste projeto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 1
2010 - 2011
Conhecimento coletivo
Descrição: Epistemólogos têm reconhecido a importância de desenvolver um estudo sobre as dimensões sociais do conhecimento, sobretudo, em vista do papel central que a sociedade tem nos processos de formação do conhecimento. Uma linha de investigação que está se desenvolvendo, recentemente, é sobre a natureza, as fontes e a possibilidade do conhecimento coletivo. Avançar na compreensão do conceito de ?conhecimento coletivo? e dos principais termos relacionados constitui o propósito deste projeto de pesquisa. O estudo filosófico será realizado a partir de uma abordagem conceitual e normativa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador.
2010 - 2011
Conhecimento coletivo e a ciência
Descrição: Filósofos da ciência têm identificado várias maneiras pelas quais a estrutura social da ciência contribui para a realização bem sucedida dos objetivos epistêmicos de cientistas. A dependência que o conhecimento científico tem da organização social da pesquisa científica requer a investigação do conceito de "conhecimento coletivo". O ponto central de investigação deste projeto é sobre a natureza, a fonte e a possibilidade do conhecimento coletivo na ciência. Tornou-se cada vez mais claro que a epistemologia egocêntrica e individualista é insuficiente para dar conta da produção do conhecimento científico em uma época de grandes grupos de pesquisa científica. Grupos de cientistas trabalhando juntos em projetos compartilhados são exemplos paradigmáticos do que poderíamos chamar de "grupos epistêmicos". Assim, este projeto visa compreender o conceito de ?conhecimento coletivo? na ciência..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Coordenador / Fernanda B. Morrone - Integrante / Maria Martha Campos - Integrante / Antonio Maria Baggio - Integrante.
2008 - 2009
O cuidado farmacêutico ao paciente idoso: aspectos éticos e epistemológicos
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Felipe de Matos Muller - Integrante / Luciano Marques de Jesus - Integrante / Fernanda B. Morrone - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2011 - Atual
Periódico: Veritas (Porto Alegre)
2010 - Atual
Periódico: Intuitio


Revisor de projeto de fomento


2013 - 2013
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia/Especialidade: Epistemologia Social.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia Aplicada.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética Aplicada.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia Moderna.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2013
Paraninfo, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Curso de Filosofia, PUCRS.
2013
Trabalho Destaque - Epistemologia do Desacordo: Tese Justificacionista (Orientador), Seminário Interno de Avaliação da Iniciação Científica da PUCRS.
2009
Paraninfo, Faculdade IDC - Curso de Filosofia.
2005
Paraninfo, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Curso de Filosofia - PUCRS.
2003
Paraninfo, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Curso de Filosofia - PUCRS.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MULLER, F. M.2016MULLER, F. M.. Definindo boato. Revista Veritas, v. 61, p. 425-436, 2016.

2.
PICH, R. H.2011PICH, R. H. ; MULLER, F. M. . Apresentação e uma nota sobre Alvin Plantinga. Veritas (Porto Alegre), v. 56, p. 03-17, 2011.

3.
MULLER, F. M.2010MULLER, F. M.. Conhecimento Testemunhal: a visão não-reducionista. Veritas (Porto Alegre), v. 55, p. 117-134, 2010.

4.
MULLER, F. M.2008MULLER, F. M.. Idéias inatas e suas consequências políticas. Kalagatos (UECE), v. V, p. 57-82, 2008.

5.
MULLER, F. M.2007MULLER, F. M.. A noção deontológica de justificação epistêmica. Princípios ((UFRN), v. 14, p. 21-41, 2007.

6.
MULLER, F. M.2005 MULLER, F. M.. Deontologismo epistêmico: uma abordagem subjetivista. Veritas (Porto Alegre), v. 50, p. 219-233, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BARZOTTO, L. F. (Org.) ; MULLER, F. M. (Org.) ; COLPO, L. D. (Org.) ; BARZOTTO, L. C. (Org.) . DIREITO E FRATERNIDADE: OUTRAS QUESTÕES. 1. ed. Porto Alegre: Sapiens, 2018. 312p .

2.
MULLER, F. M.; ETCHEVERRY, K. M. (Org.) . Ensaios sobre Epistemologia do Testemunho. 1. ed. Porto Alegre: Editora Fi, 2017. v. 1. 185p .

3.
CONIGLIO, M. (Org.) ; CORREIA, A. (Org.) ; GREIMANN, D. (Org.) ; MULLER, F. M. (Org.) ; SALLES, J. C. (Org.) . Filosofia da linguagem e da lógica. 1. ed. São Paulo: ANPOF, 2017. 305p .

4.
MULLER, F. M.; LUZ, A. M. (Org.) . O que NÓS conhecemos? Ensaios em epistemologia individual e social. 1. ed. Porto Alegre: Editora Fi, 2015. v. 1. 289p .

5.
MULLER, F. M.; LUZ, A. M. (Org.) . O que NÓS conhecemos? Ensaios em epistemologia individual e social. 1. ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2015. v. 1. 289p .

6.
MULLER, F. M.; RODRIGUES, T. V. (Org.) . Epistemologia Social: Dimensão Social do Conhecimento. 1. ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2012. v. 1. 179p .

7.
SMITH, M. M. (Org.) ; BATISTELA, C. H. F. (Org.) ; BITTENCOURT, H. R. (Org.) ; BOCCHESE, J. C. (Org.) ; ABREU, L. A. (Org.) ; RAYMUNDO, V. P. (Org.) ; MULLER, F. M. (Org.) . ENADE comentado - componente: formação geral - edições 2006, 2007, 2008. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010. 93p .

Capítulos de livros publicados
1.
MULLER, F. M.. Decidindo Juntos: A Deliberação Coletiva Inclusiva. In: Luis Fernando Barzotto; Felipe de Matos Müller; Luciana Dessanti Colpo; Luciane Cardoso Barzotto. (Org.). DIREITO E FRATERNIDADE: OUTRAS QUESTÕES. 1ed.Porto Alegre: Sapiens, 2018, v. 1, p. 55-67.

2.
MULLER, F. M.. Justificação testemunhal: o caso dos boatos. In: José Leonardo Ruivo. (Org.). Proceedings of the Brazilian Research Group on Epistemology: 2018. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2018, v. , p. 123-136.

3.
DIAS, Stéphane Rodrigues ; MULLER, F. M. . Speaker or agent? Implications and applications. In: Vera Wannmacher Pereira; Gilberto Keller de Andrade; Jorge Campos da Costa; Jonas Rodrigues Saraiva; Kari Lucia Forneck. (Org.). Gate to pragmatics: uma introdução a abordagens, conceitos e teorias da pragmática. 1ed.Porto Alegre: EDIPUCRS, 2017, v. 1, p. 1-.

4.
ROCHA, L. S. ; MULLER, F. M. . Testemunho e Expertise. In: Felipe de Matos Müller; Kátia Martins Etcheverry. (Org.). Ensaios sobre Epistemologia do Testemunho. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2017, v. 1, p. 79-101.

5.
CRUZ, L. M. ; MULLER, F. M. . Testemunho e Boatos. In: Felipe de Matos Müller; Kátia Martins Etcheverry. (Org.). Ensaios sobre Epistemologia do Testemunho. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2017, v. 1, p. 173-185.

6.
MULLER, F. M.. Boatos, Autonomia e o Mercado das Ideias. In: BAVARESCO, Agemir; LIMA, Francisco Jozivan Guedes de. (Org.). Direito e Justiça: Festschrift em homenagem a Thadeu Weber.. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2016, v. 1, p. 1-851.

7.
ROCHA, L. S. ; MULLER, F. M. . Sobre Deliberação Coletiva e o Mercado das Ideias. In: André Luiz Neiva; Felipe Medeiros; Tatiane Marks. (Org.). XVI Semana Acadêmica do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da PUCRS: Volume 1. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2016, v. 1, p. 137-153.

8.
CRUZ, L. M. ; MULLER, F. M. . Epistemologia Social e Democracia: Sabedoria das Multidões x Especialista. In: André Luiz Neiva; Felipe Medeiros; Tatiane Marks. (Org.). XVI Semana Acadêmica do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da PUCRS: Volume 1. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2016, v. 1, p. 154-166.

9.
MULLER, F. M.. Virtudes Epistêmicas Coletivas. In: Felipe de Matos Müller; Alexandre Meyer Luz. (Org.). O que NÓS conhecemos? Ensaios em epistemologia individual e social. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2015, v. 1, p. 127-144.

10.
MULLER, F. M.. A Natureza dos Boatos. In: SOUZA, Draiton Gonzaga de; LIMA, Francisco Jozivan Guedes de. (Org.). Filosofia e interdisciplinaridade: Festschrift em homenagem a Agemir Bavaresco. 1ed.Porto Alegre - RS: Editora Fi, 2015, v. 1, p. 198-212.

11.
MULLER, F. M.; LUZ, A. M. . Introdução: Epistemologia Individual e Social. In: Felipe de Matos Müller; Alexandre Meyer Luz. (Org.). O que NÒS sabemos? Ensaios em epistemologia individual e social. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2015, v. , p. 7-14.

12.
MULLER, F. M.. Deliberação Coletiva. In: BAVARESCO, Agemir; MILONE, Jerônimo; NEIVA, André; TAUCHEN, Jair. (Org.). Filosofia na PUCRS: 40 anos do Programa de Pós-Graduação em Filosofia (1974 ? 2014). 1ed.Porto Alegre: EDIPUCRS; Editora Fi, 2014, v. , p. 232-248.

13.
MULLER, F. M.. Conhecimento de Grupo. In: Felipe de Mataos Müller; Tiegüe Vieira Rodrigues. (Org.). Epistemologia Social: Dimensão Social do Conhecimento. 1ed.Porto Alegre: EDIPUCRS, 2012, v. 1, p. 118-136.

14.
MULLER, F. M.. Conhecimento Coletivo em Perspectiva. In: Agemir Bavaresco; Marcelo Gross Villanova; Tiegüe Vieira Rodrigues. (Org.). Projetos de Filosofia II. 1ed.Porto Alegre: EDIPUCRS, 2012, v. 1, p. 68-91.

15.
MULLER, F. M.; RODRIGUES, T. V. . Introdução: Epistemologia Social. In: Felipe de Matos Müller; Tiegüe Vieira Rodrigues. (Org.). Epistemologia Social: Domensão Social do Conhecimento. 1ed.Porto Alegre: EDIPUCRS, 2012, v. 1, p. 9-15.

16.
MULLER, F. M.. Epistemologia e Educação. In: José Luís Corrêa Novaes; Marco Antônio Oliveira de Azevedo. (Org.). A Filosofia e seu ensino: desafios emergentes. 1ed.Porto Alegre: Sulina, 2010, v. , p. 19-26.

17.
MULLER, F. M.. Deontologismo Epistêmico: o argumento do involuntarismo doxástico. In: Sartori, Carlos Augusto; Gallina, Albertinho Luiz. (Org.).. (Org.). Ensaios de epistemologia contemporânea. 1ed.Ijuí: Editora Unijuí, 2010, v. 280, p. 113-138.

18.
MULLER, F. M.. Crença, Aceitação e Fé Pragmatista. In: Fábio Régio Bento. (Org.). Cristianismo, Humanismo e Democracia. São Paulo: Paulus, 2005, v. , p. 1-294.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MULLER, F. M.. A lógica que interfere na argumentação. Jornal Mundo Jovem, Porto Alegre, 01 ago. 2013.

2.
MULLER, F. M.. Os Fundamentos da Ética. Mundo Jovem (PUCRS), 07 mar. 2013.

3.
MULLER, F. M.. Amizade e amizades. Mundo Jovem (PUCRS), Porto Alegre - RS, 01 jun. 2010.

4.
MULLER, F. M.. Quem não procura a felicidade?. Mundo Jovem (PUCRS), Porto Alegre - RS, 01 fev. 2010.

5.
MULLER, F. M.; SARDI, S. A. . Ética - O que isso tem a ver comigo?. Mundo Jovem (PUCRS), Porto Alegre - RS, 01 ago. 2009.

6.
MULLER, F. M.. O problema do livre arbítrio. Mundo Jovem (PUCRS), Porto Alegre - RS, 01 jun. 2009.

7.
MULLER, F. M.. O valor do conhecimento. Mundo Jovem (PUCRS), Porto Alegre - RS, 01 abr. 2009.

8.
MULLER, F. M.. A educação orientada para a verdade. Mundo Jovem (PUCRS), Porto Alegre - RS, 01 fev. 2009.

9.
MULLER, F. M.. Estamos à mercê de nossas evidências. Estado de Direito, Porto Alegre, p. 5 - 5, 01 fev. 2007.

10.
MULLER, F. M.. O que é mesmo filosofia?. Mundo Jovem: um jornal de idéias. (Encarte Filosofia, ano I, n° 5, outubro/ 2009), Porto Alegre - RS.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MULLER, F. M.; SOUZA, M. V. . Fake News: um problema midiático multifacetado. In: Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação ? Ciki, 2018, Guadalajara. Anais do VIII Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação (ciKi), 2018. v. 1.

2.
ALARCON, D. ; ROSA, L. Q. ; SILVA, R. S. ; MULLER, F. M. ; SOUZA, M. V. . Os desafios da Educação em Rede no contexto da indústria 4.0. In: Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação ? Ciki, 2018, Guadalajara. Anais do VIII Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação (ciKi), 2018. v. 1.

3.
ROSA, L. Q. ; SILVA, R. S. ; MULLER, F. M. ; SPANHOL, F. J. ; SOUZA, M. V. . Polo EAD como mídia do conhecimento na indústria 4.0. In: Congresso Internacional da ABED de Educação à Distância, 2018, Florianópolis - SC. Anais da ABED 2018, 2018.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ROCHA, L. S. ; MULLER, F. M. . Filosofia da Especialização: uma análise do testemunho de especialista. In: XVII Salão de Iniciação Científica (2016), 2016, Porto Alegre. Anais do XVII Salão de Iniciação Científica (2016). Porto Alegre: EDIPUCRS, 2016.

2.
CRUZ, L. M. ; MULLER, F. M. . Epistemologia Social e Democracia: Wisdom of Crowds versus Expertise. In: XVII Salão de Iniciação Científica (2016), 2016, Porto Alegre. Anais do XVII Salão de Iniciação Científica (2016). Porto Alegre: EDIPUCRS, 2016.

3.
MULLER, F. M.; SANTOS, O. V. . Filosofia da Especialização: Expertise Moral. In: 17° salão de Iniciação Científica da PUCRS, 2016, Porto Alegre. Anais do XVII Salão de Iniciação Científica. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2016.

4.
BITENCOURT, A. C. ; MULLER, F. M. . Justificação de Grupo. In: XVI Salão de Iniciação Científica (2015), 2015, Porto Alegre. Anais do XVI Salão de Iniciação Científica (2015). Porto Alegre: EDIPUCRS, 2015.

5.
ROCHA, L. S. ; MULLER, F. M. . Um estudo filosófico acerca dos boatos - o impacto dos boatos na deliberação coletiva. In: XVI Salão de Iniciação Científica (2015), 2015, Porto Alegre. Anais do XVI Salão de Iniciação Científica (2015). Porto Alegre: EDIPUCRS, 2015.

6.
CRUZ, L. M. ; MULLER, F. M. . Epistemologia dos Boatos. In: XVI Salão de Iniciação Científica (2015), 2015, Porto Alegre. Anais do XVI Salão de Iniciação Científica (2015). Porto Alegre: EDIPUCRS, 2015.

7.
VARIANI, M. F. ; MULLER, F. M. . Racionalidade Coletiva. In: XIV Salão de Iniciação Científica, 2014, Porto Alegre. Anais do XIV Salão de Iniciação Científica. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2014.

8.
KIRSTEN, K. M. ; MULLER, F. M. . Aceitação Conjunta. In: XIV Salão de Iniciação Científica, 2014, Porto Alegre. Anais do XIV Salão de Iniciação Científica. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2014.

9.
FETT, J. R. ; MULLER, F. M. . Epistemologia do Desacordo. In: XIV Salão de Iniciação Científica, 2014, Porto Alegre. Anais do XIV Salão de Iniciação Científica. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2014.

10.
SERPA, V. S. ; MULLER, F. M. . Sobre a natureza do Entendimento. In: XIV Salão de Iniciação Científica, 2014, Porto Alegre. Anais do XIV Salão de Iniciação Científica. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2014.

11.
MULLER, F. M.. O papel da confiança no empreendimento epistêmico coletivo. In: XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia, 2013, Salvador - BA. XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia - Livro de Resumos. Salvador - Bahia - Brasil: Quarteto, 2013. v. 1. p. 185-186.

12.
MULLER, F. M.. Justificação de crenças de grupo. In: II Congresso da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica, 2012, Fortaleza - Ceará. Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica - II Congresso 2012 - Caderno de Resumos. São Leopoldo: Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica, 2012. v. 1. p. 63-64.

13.
MULLER, F. M.. Metas epistêmicas coletivas. In: XV Encontro Nacional ANPOF, 2012, Curitiba - Paraná. XV Encontro Nacional ANPOF. São Paulo: ANPOF, 2012. p. 261-261.

14.
MULLER, F. M.. Epistemologia do Desacordo: uma introdução. In: XIV Encontro Nacional de Pós-graduação em Filosofia, 2010, Águas de Lindóia - SP. Encontro Nacional da ANPOF: Atas do XIV Encontro Nacional de Filosofia. Campinas - SP: ANPOF, 2010. p. 188-188.

15.
MULLER, F. M.. Deontologismo Epistêmico Reconsiderado. In: Encontro Nacional de Filosofia - ANPOF 2008, 2008, Canela - RS. Atas do XIII Encontro Nacional de Filosofia ANPOF. São Leopoldo - RS: Editora UNISINOS, 2008. v. 1. p. 236.

16.
MULLER, F. M.. Testemunho e Credulidade. In: V Simpósio Internacional Principia, 2007, Florianópolis. Simpósio Internacional Princípia - Resumos. Florianópolis: NEL, 2007. p. 59-60.

17.
MULLER, F. M.. A Justificação Testemunhal e a Concepção Deontológica de Justificação Epistêmica. In: XII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2006, Salvador. Atas do XII Encontro Nacional de Filosofia. Campinas-SP: ANPOF, 2006.

Apresentações de Trabalho
1.
MULLER, F. M.; SOUZA, M. V. . Fake News: um problema midiático multifacetado. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
ALARCON, D. ; ROSA, L. Q. ; SILVA, R. S. ; MULLER, F. M. ; SOUZA, M. V. . Os desafios da Educação em Rede no contexto da indústria 4.0. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
MULLER, F. M.. Sobre a possibilidade da sabedoria Coletiva. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
MULLER, F. M.. Transdisciplinaridade: do conhecimento à sabedoria. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
MULLER, F. M.. Sabedoria e Expertise. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
MULLER, F. M.. Sabedoria e Conhecimento: Wisdom versus Foolishness. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
MULLER, F. M.. O Sábio e o Tolo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
MULLER, F. M.. Sabedoria: antiga e nova. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
MULLER, F. M.. Testemunho de Grupo: O caso dos Boatos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
MULLER, F. M.. Grupos enquanto Agêntes Epistêmicos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
MULLER, F. M.. Sabedoria e Expertise. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
MULLER, F. M.. Sabedoria e Expertise. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
MULLER, F. M.. Sobre a propagação dos boatos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
MULLER, F. M.. Boato, democracia e deliberação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
MULLER, F. M.. David Hume e o testemunho. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
MULLER, F. M.. Epistemologia do testemunho: o problema da crença baseada em boato. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

17.
MULLER, F. M.. Testemunho, Boatos e Confiabilidade: Sobre a má reputação dos boatos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
MULLER, F. M.. Boatos, Autonomia e o Mercado das Ideias. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
MULLER, F. M.. Boatos, Paternalismo Epistêmico e Diversidade. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
MULLER, F. M.. A Group Justification Account. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
MULLER, F. M.. Group knowledge implies belief. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
MULLER, F. M.. Conhecimento ao longo da vida. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
MULLER, F. M.. Understanding and knowledge (Entendimento e conhecimento). 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
MULLER, F. M.. Obrigações epistêmicas coletivas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
MULLER, F. M.; SARTORI, C. A. . Perspectivas em epistemologia moral. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
MULLER, F. M.. Epistemologia do Entendimento. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
MULLER, F. M.. Agência Epistêmica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
MULLER, F. M.. Agência Epistêmica Coletiva. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
MULLER, F. M.. Conhecimento de Grupo em Perspectiva. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
MULLER, F. M.. Fraternità e Deliberazione Collettiva. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

31.
MULLER, F. M.. Virtudes Epistêmicas Coletivas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
MULLER, F. M.. Sobre o papel da confiança no empreendimento epistêmico coletivo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
MULLER, F. M.. Irrepreensibilidade Epistêmica. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
MULLER, F. M.. Justificação de crenças coletivas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
MULLER, F. M.. Conhecimento de Grupo. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
MULLER, F. M.. Justificação de Crenças de Grupo. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
MULLER, F. M.. Justificação testemunhal: a visão reducionista. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
MULLER, F. M.; JUNGBLUT, A. L. ; ROSA, L. F. M. . Conhecimento e Percepção no Ciberespaço. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
MULLER, F. M.. Metas Epistêmicas Coletivas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

40.
MULLER, F. M.. Testemunho e Evidência. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
MULLER, F. M.. Sobre o Testemunho de Grupos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
MULLER, F. M.. Diversidade, participação e deliberação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

43.
MULLER, F. M.. Conhecimento de grupo: o problema do agente epistêmico coletivo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

44.
MULLER, F. M.. Perspectivas sobre conhecimento coletivo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

45.
MULLER, F. M.. Grupos podem ser agentes epistêmicos?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

46.
MULLER, F. M.. Grupos podem ter conhecimento?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
MULLER, F. M.. Epistemologia e Educação. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

48.
MULLER, F. M.. Epistemologia do Testemunho. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

49.
MULLER, F. M.. Epistemologia Social. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

50.
MULLER, F. M.. Epistemologia do Desacordo: uma introdução. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

51.
MULLER, F. M.. Epistemologia, Mente e Sociedade. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

52.
MULLER, F. M.. Sobre a possibilidade do conhecimento de grupo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

53.
MULLER, F. M.. Relativismo Epistemológico. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

54.
MULLER, F. M.. Michel de Montaigne. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

55.
MULLER, F. M.. Deontologismo Epistêmico Reconsiderado. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

56.
MULLER, F. M.. Deontologismo Epistêmico Reconsiderado. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

57.
MULLER, F. M.. O que é Testemunho?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

58.
MULLER, F. M.. Verdade, Diálogo e a Dimensão Relacional do Conhecimento. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

59.
MULLER, F. M.. Testemunho, autonomia e confiança. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

60.
MULLER, F. M.. Fé e vontade. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

61.
MULLER, F. M.. Testemunho e Credulidade. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

62.
MULLER, F. M.. A justificação Testemunhal e a Concepção Deontológica de Justificação Epistêmica. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

63.
MULLER, F. M.. Epistemologia do Testemunho: uma Introdução. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

64.
MULLER, F. M.. Idéias inatas e suas consequencias políticas. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

65.
MULLER, F. M.. Cidadania. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

66.
MULLER, F. M.. A Ética da Crença e o Compatibilismo Doxástico. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

67.
MULLER, F. M.. Filosofia e Matemática - uma lógica que nos abre as inter-relações. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

68.
MULLER, F. M.. Bioética e Cultura da Vida. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

69.
MULLER, F. M.. Deveres Epistêmicos e o Involuntarismo Doxástico. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

70.
MULLER, F. M.. As Origens da Noção Deontológica de Justificação Epistêmica. 2001. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

71.
MULLER, F. M.. O Conceito de Liberdade em John Locke. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
MULLER, F. M.; ETCHEVERRY, K. M. . Ensaios sobre Epistemologia do Testemunho. Porto Alegre, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

2.
MULLER, F. M.; ETCHEVERRY, K. M. . Veritas 61/3 - Epistemologia, Linguagem e Metafísica. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2016 (Organização de Revista de Filosofia).

3.
MULLER, F. M.; ETCHEVERRY, K. M. . Veritas (Porto Alegre) - Revista de Filosofia da PUCRS. Porto Alegre, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

4.
PICH, R. H. ; MULLER, F. M. . Veritas (Porto Alegre) - Revista de Filosofia da PUCRS. Porto Alegre, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

5.
PICH, R. H. ; MULLER, F. M. . Veritas 56/2 - Filosofia da Religião e Epistemologia. Porto Alegre: Edipucrs, 2011 (Organização de Revista de Filosofia).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
MULLER, F. M.. Avaliação dos editais ARD 03/2012 (AUXÍLIO RECÉM DOUTOR) e PQG 04/12 (PESQUISADOR GAÚCHO) da FAPERGS. 2012.

2.
MULLER, F. M.. Consultoria AD HOC CAPES - Uruguai - Programa de Cooperação Internacional da CAPES. 2012.

3.
MULLER, F. M.. Assessoria Técnico-científica à Fundação editora da UNESP. 2011.

4.
MULLER, F. M.. Avaliador ad hoc da obra Epistemologias Pluralistas: uma proposta de reflexão. 2011.

5.
MULLER, F. M.. Consultoria AD HOC - Edital FAPITEC/SE/FUNTEC nº 06/2009 (UNIVERSAL) - Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe - FAPITEC/SE lançou o. 2009.

Trabalhos técnicos
1.
MULLER, F. M.. Programa de Cooperação Internacional entre Brasil e Uruguai, CAPES/ UDELAR. 2014.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MULLER, F. M.. You Are Fake News: notícias falsas na era da internet. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
MULLER, F. M.. Convegno Internazionale La fraternità come principio relazionale giuridico e politico. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
MULLER, F. M.. Momento Jurídico. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
MULLER, F. M.. Câmera 2. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
MULLER, F. M.. Aprovação em 2º lugar no Concurso Público para Professor Adjunto em Epistemologia na UFSC. 2018. (Concurso Público).

2.
MULLER, F. M.. Aprovação em 1° lugar Concurso Público para Professor Substituto em Filosofia no IFRS - Campus Caxias do Sul. 2017. (Concurso Público).

3.
MULLER, F. M.. Aprovação em Processo Seletivo para PNPD/CAPES no PPG Filosofia da UFSM - Edital Interno 02/2017. 2017. (Processo Seletivo).

4.
MULLER, F. M.. Aprovação em 4º lugar no Concurso Público para Professor Adjunto em História da Filosofia Moderna na UFSC. 2017. (Concurso Público).

5.
MULLER, F. M.. Comitê Científico da Série Filosofia e Interdisciplinaridade. 2016. (Conselho Editorial Editora Fi).

6.
MULLER, F. M.. Editorial board: Proceedings of the brazilian research group on epistemology. 2016. (Conselho Editorial Editora Fi).

7.
MULLER, F. M.. Projeto Aula Aberta II. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
MULLER, F. M.. Conselho Editorial da Série Filosofia. 2011. (Conselho Editorial EDIPUCRS).

9.
MULLER, F. M.. Conselho Editorial da Coleção Filosofia. 2011. (Conselho Editorial EDIPUCRS).

10.
MULLER, F. M.. Curso de Formação Social, Cultural e de Cidadania. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

11.
MULLER, F. M.. Locke: a comunidade política e o direito de propriedade - Estado Liberal. 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

12.
MULLER, F. M.. A dinâmica da polis (Platão e Aristóteles). 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

13.
MULLER, F. M.. Calculo de Predicados I. 2005. .

14.
MULLER, F. M.. Cálculo de Predicados II. 2005. .

15.
MULLER, F. M.. Cálculo Proposicional I. 2004. .

16.
MULLER, F. M.. Cálculo Proposicional II. 2004. .

17.
MULLER, F. M.. O conceito de propriedade em John Locke. 1997. (Relatório de pesquisa).

18.
MULLER, F. M.. A questão dos princípios do conhecimento científico em Aristóteles nos Analíticos Segundos. 1996. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MULLER, F. M.; DE OLIVEIRA, Nythamar Fernandes; COITINHO, D.. Participação em banca de Felipe Held Izquierdo. Procedimentalismo puro e justificação da democracia moderna: legitimação e arbitrariedade. 2017. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

2.
MULLER, F. M.; ETCHEVERRY, K. M.; KETZER, P.. Participação em banca de Rossul Chaudon Padilha. O Problema da Transmissão na Epistemologia do Testemunho de Jennifer Lackey. 2016. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

3.
MULLER, F. M.; ETCHEVERRY, K. M.; RODRIGUES, T. V.. Participação em banca de Thiago Rafael Santin. Concepções e perspectivas de agência epistêmica. 2015. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

4.
PORTUGAL, A. C.; BENSUSAN, H.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Felipe Castelo Branco Medeiros. Epistemologia do Testemunho: uma avaliação crítica. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade de Brasília.

5.
LUFT, E.; MULLER, F. M.; SAITO, R.. Participação em banca de Mohamed Fayeq Parrini Mutlaq. Revolução científica e destruição criadora: relação entre a Filosofia da Ciência de Thomas Kuhn e o pensamento da Economia por Joseph Schumpeter. 2015. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

6.
PICH, R. H.; MULLER, F. M.; CARMO, J. S.. Participação em banca de Pablo Fernando Campos Pimentel. Thomas Reid: O problema da Indução. 2015. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

7.
MULLER, F. M.; ETCHEVERRY, K. M.; SARTORI, C. A.; PONTIN, F.. Participação em banca de Louis-Jacques Fleurimond. O confiabilismo do agente a partir de John Greco: uma nova versão do confiabilismo goldmaniano. 2015. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

8.
WEBER, T.; MULLER, F. M.; JESUS, L. M.. Participação em banca de Angela Gonçalves. Verdade e Método em Descartes. 2014. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

9.
MULLER, F. M.; RODRIGUES, T. V.; CARVALHO, E. M.. Participação em banca de José Leonardo Annunziato Ruivo. Contra o Purismo Epistêmico: a Infiltração Pragmática de J. Fantl e M. McGrath. 2013. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

10.
MULLER, F. M.; ALMEIDA, C. G.; LUZ, A. M.. Participação em banca de Doraci Engel. Justificação Epistêmica e Normatividade. 2013. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

11.
GRISOTTI, M.; LUZ, A. M.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Luiz Paulo Da Cas Cichoski. Epistemologia Social: Dois Projetos para a Dimensão Social do Conhecimento. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política) - Universidade Federal de Santa Catarina.

12.
LUZ, A. M.; DUTRA, L. H. A.; CUPANI, A. O.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Delvair Custódio Moreira. O testemunho como Fonte de Justificação - um estudo sobre a Epistemologia do Testemunho. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

13.
PICH, R. H.; CARMO, J. S.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Jacson Jonas Faller. A concepção de linguagem de Thomas Reid. 2013. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

14.
ALMEIDA, C. G.; MULLER, F. M.; VALCARENGHI, E. C.. Participação em banca de Lucas Roisenberg Rodrigues. Inconsistência e Racionalidade: uma introdução ao paradoxo do prefácio. 2012. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

15.
MULLER, F. M.; ALMEIDA, C. G.; LUZ, A. M.. Participação em banca de Patrick Roger Michel Almeida de Brito. A epistemologia do testemunho na visão reducionista. 2012. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

16.
VALCARENGHI, E. C.; ARAUJO NETO, G. A.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Jaaziel de Carvalho Costa. A epistemologia de Lewis: um estudo do tratamento de Davis Lewis ao paradoxo da loteria. 2012. Dissertação (Mestrado em Ética e Epistemologia) - Universidade Federal do Piauí.

17.
ALMEIDA, C. G.; MULLER, F. M.; VALCARENGHI, E. C.. Participação em banca de Lionara Fusari. Justificação epistêmica prima e ultima facie. 2010. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

18.
ALMEIDA, C. G.; FARIA, P. F. E.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Luis Fernando Munaretti da Rosa. Paradoxo da Análise: uma abordagem epistemológica. 2010. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

19.
GALLINA, A. L.; SARTORI, C. A.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Patricia Ketzer. Teorias Contextualistas em Epistemologia. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em FILOSOFIA/CCSH/UFSM) - Universidade Federal de Santa Maria.

20.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Rudinei dos santos Marques. A convergência ao Uno no contexto das Enéadas. 2010. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

21.
ALMEIDA, C. G.; LUFT, E.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Ricardo Rangel Guimarães. Conhecimento e Justificação na Epistemologia da Memória. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

22.
PICH, R. H.; LUFT, E.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Miriam Elisabeth Mibielli dos Santos Souza. A relação entre sensação e percepção na teoria do Conhecimento E´mpírico de Thomas Reid - Uma análise do realismo direto em Epistemologia. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

23.
MULLER, F. M.. Participação em banca de João benjamin Valença Albuquerque. O deontologismo e o problema da justificação. 2007. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Teses de doutorado
1.
BORGES, R. M.; ETCHEVERRY, K. M.; PICH, R. H.; MADARASZ, N. R.; MULLER, F. M.; RODRIGUES, T. V.. Participação em banca de Aline Isaia Splettstösser. A Teoria Fundante da Sabedoria. 2018. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

2.
MULLER, F. M.; ETCHEVERRY, K. M.; SARTORI, C. A.; RODRIGUES, L. F. E. L.; BORGES, R. M.. Participação em banca de Doraci Engel. Sobre a (im)possibilidade de agência epistêmica. 2017. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

3.
MULLER, F. M.; PICH, R. H.; OLIVEIRA, R. E.; GOUVEA, R. A. S.; SCHWEIKARD, D. P.. Participação em banca de Luiz Paulo Da Cas Cichoski. The ontological structure of collective action. 2017. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

4.
LUZ, A. M.; CUPANI, A. O.; CONTE, J.; CUNHA, I. F.; MULLER, F. M.; RODRIGUES, T. V.. Participação em banca de Breno Ricardo Guimarães santos. Disjuntivismo Epistemológico e Ceticismo Radical: uma proposta anticética conciliatória. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

5.
LUZ, A. M.; CUPANI, A. O.; DALLAGNOL, D.; CUNHA, I. F.; MULLER, F. M.; SARTORI, C. A.. Participação em banca de Delvair Custódio Moreira. Conhecer em grupo: uma análise do conceito de conhecimento coletivo. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

6.
MULLER, F. M.; ETCHEVERRY, K. M.; ALMEIDA, C. G.; LUZ, A. M.; CARVALHO, E. M.. Participação em banca de José Leonardo Annunziato Ruivo. Crença de Grupo. 2017. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

7.
MULLER, F. M.; ETCHEVERRY, K. M.; ALMEIDA, C. G.; KETZER, P.; PORTUGAL, A. C.. Participação em banca de Ronaldo Miguel da Silva. ? Epistemologia do Testemunho ? Uma análise crítica à tese do Reducionismo Local. 2016. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

8.
COSTA, J. C.; MULLER, F. M.; Lepore, E.; RAUEN, F. R.; GERBASE, C.; MELO, C. J. S.. Participação em banca de Stéphane Rodrigues Dias. Agency via dialogue: a pragmatic, dialogue-based approach of agents. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

9.
LUFT, E.; MULLER, F. M.; BAVARESCO, A.; PERTILLE, J. P.; LIMA, E.. Participação em banca de Ediovani Antônio Gaboardi. O dilema do critério em Hegel: uma crítica à K. Westphal e uma proposta de aproximação com R. Chisholm. 2015. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

10.
MULLER, F. M.; RODRIGUEZ, F. B.; ETCHEVERRY, K. M.; DE OLIVEIRA, Nythamar Fernandes; GALLINA, A. L.. Participação em banca de Patricia Ketzer. O conceito de confiança em epistemologia do testemunho: distinguindo confiar de fiar-se. 2015. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

11.
ALMEIDA, C. G.; MULLER, F. M.; FLORES, T. A.; KLEIN, P. D.; OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Luis Fernando Munaretti da Rosa. Toward Explicating and Modelling Epistemic Rationality. 2014. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

12.
ALMEIDA, C. G.; MULLER, F. M.; CARVALHO, E. M.; VALCARENGHI, E. C.; ETCHEVERRY, K. M.. Participação em banca de Ricardo Rangel Guimarães. A Teoria Epistemológica da Memória e seus Críticos. 2014. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

13.
ALMEIDA, C. G.; FLORES, T. A.; RODRIGUES, T. V.; REBELLO, J. P.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Kátia Martins Etcheverry. Justificação fundacional: a explicação neoclássica. 2013. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

14.
ALMEIDA, C. G.; LUZ, A. M.; SARTORI, C. A.; RODRIGUES, T. V.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Alexandre Luis Junges. Desacordo racional: o debate epistemológico. 2012. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

15.
PICH, R. H.; BRITO, A. N.; CORREA, R. F. S.; DE OLIVEIRA, Nythamar Fernandes; MULLER, F. M.. Participação em banca de Juliano Santos do Carmo. Sobre a normatividade do significado: uma pseudo-restrição à semântica naturalizada. 2012. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

16.
ALMEIDA, C. G.; MULLER, F. M.; LUFT, E.; VALCARENGHI, E. C.; SARTORI, C. A.. Participação em banca de Tiegue Vieira Rodrigues. O Contextualismo na Epistemologia Contemporanea. 2011. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

17.
ALMEIDA, C. G.; LUFT, E.; MULLER, F. M.; VALCARENGHI, E. C.; LUZ, A. M.. Participação em banca de Rogel Esteves de Oliveira. Metaconhecimento e ceticismo de segunda ordem. 2010. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

18.
DE OLIVEIRA, Nythamar Fernandes; CESAR, C. M.; BIRCK, B. O.; BAVARESCO, A.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Élsio José Corá. Reconhecimento, intersubjetividade e vida Ética: o encontro com a Filosofia de Paul Ricoeur. 2010. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

19.
ALMEIDA, C. G.; LUFT, E.; PICH, R. H.; FLORES, T. A.; MULLER, F. M.. Participação em banca de João Batista Cichero Sieczkowski. A Racionalidade egocêntrica em Richard Foley. 2005. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Qualificações de Doutorado
1.
COSTA, J. C.; MULLER, F. M.; GERBASE, C.; GODOI, E.. Participação em banca de Stéphane Rodrigues Dias. Dialogic rationality: the linguistic - communicative agency. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

2.
LUFT, E.; BORDIGNON, M.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Ediovani Antônio Gaboardi. o problema do critério em epistemologia, em diálogo com a abordagem hegeliana. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

3.
OLIVEIRA, C. A. A.; MITIDIERO, D. F.; KOPLIN, K. C.; REICHELT, L. A.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Clovis Juarez Kemmerich. A sentença obscura passada em julgada. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Direito) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
DE OLIVEIRA, Nythamar Fernandes; BAVARESCO, A.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Elsio José Corá. Reconhecimento, intersubjetividade e vida ética: o encontro com a filosofia de Paul Ricoeur. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MULLER, F. M.; RIBEIRO, E. S.; CICHOSKI, L. P. C.. Participação em banca de Adriano Cristovam Bitencourt.Justificação de grupo: uma análise entre a visão inflacionária e a visão deflacionária. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

2.
MULLER, F. M.; ETCHEVERRY, K. M.; SPLETTSTOSSER, A. I.. Participação em banca de Valentinne Serpa.Epistemologia do Entendimento e suas principais características. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

3.
DE OLIVEIRA, Nythamar Fernandes; PONTIN, F.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Jorge Piaia Mendonça Júnior.A Filosofia sem espelhos: o antirrepresentacionismo de Richard Rorty. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

4.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Kassius Marques Kirsten.A filosofia sem espelhos: o antirrepresentacionismo de Richard Rorty. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

5.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Kassius Marques Kirsten.A Filosofia sem espelhos: o antirrepresentacionalismo de Richard Rorty. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

6.
WEBER, T.; DE OLIVEIRA, Nythamar Fernandes; MULLER, F. M.. Participação em banca de André Luiz Neiva.O problema da indução em David Hume. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

7.
MULLER, F. M.; SARDI, S. A.; RIBEIRO, E. S.. Participação em banca de Roberta Tesch Barreto Garcia.De que conhecimento fala a ciência ?. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

8.
STEIN, E. J.; RIBEIRO, E. S.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Lucas Fontella Margoni.O Funcionalismo na Filosofia da Mente. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

9.
MULLER, F. M.; SARDI, S. A.; RIBEIRO, E. S.. Participação em banca de Eduardo Pinto.O testemunho: uma exposição temática. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

10.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Luiz Roberto Carlos Stern.Filosofia da Mente: O Materialismo Eliminacionista de Paul e Patricia Churchland. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

11.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Luiz Eduardo Dias Lima.A natureza e a extensão do conhecimento em John Locke. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

12.
HAAG, N. R.; RIBEIRO, E. S.; MULLER, F. M.. Participação em banca de Adaberico Pinheiro Malaquias.O problema do conhecimento na concepção de John Locke. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

13.
MULLER, F. M.; RIBEIRO, E. S.; HAAG, N. R.. Participação em banca de Nélcio Florentino Reck.O problema da demarcação em Popper. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

14.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Fábio Berwanger Juliano.A Filosofia da Mente e o Naturalismo Biológico em John Searle. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Filosofia) - Faculdade IDC.

15.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Paulo Roberto Silva da Silveira.Quine e o critério de comprometimento ontológico. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Filosofia) - Faculdade IDC.

16.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Paulo Roberto Silveira da Silveira.Quine e o critério de comprometimento ontológico. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Filosofia) - Faculdade IDC.

17.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Rodrigo Wegner da Costa.O direito de propriedade em John Locke. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

18.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Marcos Leandro de Oliveira.A justificação do Estado em John Locke. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

19.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Dolizete Fátima Michelin.John Rawls e a Teoria da Justiça - uma abordagem a partir da Teoria dos Jogos. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

20.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Rosa Duarte.Teoria do Conhecimento em Platão. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

21.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Magno José Sauer.O paradigma da linguagem em Jürgen Habermas. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

22.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Kátia Martins Etcheverry.O problema da justificação epistêmica. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

23.
MULLER, F. M.; JESUS, L. M.; PICH, R. H.. Participação em banca de Ademir Hens.Dualismo cartesiano: um paradigma da antropologia filosófica. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

24.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Rosilei Antônio Antunes.John Locke e o Segundo Tratado do Governo Civil. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

25.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Renato Capitani.A necessidade do Estado em Thomas Hobbes. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

26.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Sílvio José Heming.A forma de manter o poder em Maquiavel. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

27.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Huberto Lambert.O problema da causalidade em David Hume. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

28.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Rodrigo Martins Borges.O problema do regresso das razões reconsiderado. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

29.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Aida teresinha Pawlowski.Descartes e o método. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

30.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Joelma Peixoto Ponciano.O ceticismo cartesiano. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

31.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Carlos Augusto Machado Ribas.John Rawls e a justiça prática. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

32.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Stênio Maurente da Costa.A questão do Cogito: o Eu Penso em Descartes. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

33.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Saul José da Silveira Amado.Informática na educação: Existe uma conscientização e consequente formação do professor?. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

34.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Márcio Junglos.Retórica X Lógica: Como provar qualquer coisa e como não provar nada. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

35.
MULLER, F. M.. Participação em banca de Cleuza Barcelos Devincenzi.Estudos sobre a relação entre Paidéia e Areté em Platão. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
MULLER, F. M.. III Mostra de Ensino, Pesquisa e Extensão do IFRS Campus Rolante. 2018. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

2.
MULLER, F. M.. Comitê Interno de Avaliação de Projetos BPA Chamada Geral. 2017. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

3.
MULLER, F. M.. Seminário Interno de Avaliação da Iniciação Científica CNPq/FAPERGS da PUCRS. 2016. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

4.
MULLER, F. M.. Comitê Interno de Avaliação PIBIC-CNPq. 2016. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

5.
MULLER, F. M.. Comitê Interno de Avaliação PROBIC-FAPERGS. 2016. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

6.
MULLER, F. M.. Comitê Interno de Avaliação APOIO TÉCNICO-PROAT. 2016. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

7.
MULLER, F. M.. 17° Salão de Iniciação Científica da PUCRS. 2016. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

8.
MULLER, F. M.. Comitê Interno de Avaliação BPA Chamada Geral. 2015. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

9.
MULLER, F. M.. 16° Salão de Iniciação Científica da PUCRS. 2015. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

10.
MULLER, F. M.. 15° Salão de Iniciação Científica da PUCRS. 2014. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

11.
MULLER, F. M.. XIII Salão de Iniciação Científica (PUCRS). 2012. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

12.
MULLER, F. M.. XI Salão de Iniciação Científica (PUCRS). 2010. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

13.
MULLER, F. M.. Comitê Interno de Avaliação PIBIC-CNPq. 2010. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

14.
MULLER, F. M.. Comitê Interno de Avaliação Acervos Culturais PAACult. 2010. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

15.
MULLER, F. M.. Comitê Interno de Avaliação BPA Chamada Geral. 2010. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VIII INTERNATIONAL CONGRESS OF KNOWLEDGE AND INNOVATIO - CIKIN. FAKE NEWS: UM PROBLEMA MULTIMIDIÁTICO MULTIFACETADO. 2018. (Congresso).

2.
I International WorkshopGP-CRI Contemporary Debates on Epistemology.Sabedoria: antiga e nova. 2017. (Outra).

3.
The Fourth Latin-American Congress od Analytic Philosophy. Testemunho de Grupo: O caso dos Boatos. 2016. (Congresso).

4.
XVII Encontro Nacional da ANPOF. Sabedoria e Expertise. 2016. (Congresso).

5.
Ninth Principia International Symposium.Epistemologia do testemunho: o problema da crença baseada em boato. 2015. (Simpósio).

6.
III Conferência de Epistemologia Social.Obrigações epistêmicas coletivas. 2014. (Outra).

7.
La Fraternità come principio relazionale giuridico e politico.Fraternità e Deliberazione Collettiva. 2013. (Seminário).

8.
VIII Simpósio Internacional Principia.Irrepreensibilidade Epistêmica. 2013. (Simpósio).

9.
XVII Congresso Interamericano de Filosofia. Sobre o papel da confiança no empreendimento epistêmico coletivo. 2013. (Congresso).

10.
II Congresso da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica. Justificação de crenças de grupo. 2012. (Congresso).

11.
XV Encontro Nacional da ANPOF.Metas Epistêmicas Coletivas. 2012. (Encontro).

12.
III Jornada de Pesquisa em Filosofia do MEE/UFPI.Grupos podem ter conhecimento?. 2011. (Outra).

13.
VII Simpósio Internacional Principia.O conhecimento de grupo: o problema do agente epistêmico coletivo. 2011. (Simpósio).

14.
IX Simpósio sulbrasileiro sobre o ensino de Filosofia.Epistemologia e Educação. 2010. (Simpósio).

15.
XIV Encontro Nacional de Pós-graduação em Filosofia.Epistemologia do Desacordo: uma introdução. 2010. (Encontro).

16.
Seminário Conhecimento e Conteúdo Mental.Deontologismo Epistêmico Reconsiderado. 2008. (Seminário).

17.
XIII Encontro Nacional de Filosofia ANPOF. Deontologismo Epistêmico Reconsiderado. 2008. (Congresso).

18.
Fondamenti interdisciplinari per una cultura dell'unità. 2007. (Congresso).

19.
V Simpósio Internacional Principia.Testemunho e Credulidade. 2007. (Simpósio).

20.
Convegno Famiglia Oggi - Il contributo dei laici cristiani. 2006. (Congresso).

21.
XII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF. A Justificação Testemunhal e a Concepção Deontológica de Justificação Epistêmica. 2006. (Congresso).

22.
Convegno Famiglia Oggi - Il contributo dei laici cristiani. 2003. (Congresso).

23.
II Simpósio Internacional Principia.As origens da noção deontológica de justificação epistêmica. 2001. (Simpósio).

24.
I Seminário sobre Epistemologia Contemporânea. 1999. (Seminário).

25.
Ciclo de conferências sobre Ética Ecológica. 1998. (Outra).

26.
Seminário sobre Guilherme de Ockham. 1997. (Seminário).

27.
Seminário sobre Descartes. 1996. (Seminário).

28.
Seminário sobre Aristóteles. 1995. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MULLER, F. M.; ALMEIDA, C. G. . I Colóquio Conhecimento e Ação. 2017. (Outro).

2.
MULLER, F. M.. VI Conferência de Epistemologia Social. 2017. (Outro).

3.
MULLER, F. M.; ETCHEVERRY, K. M. . V Conferência de Epistemologia Social. 2016. (Outro).

4.
MULLER, F. M.. Grupo de Trabalho Epistemologia Analítica (ANPOF). 2016. (Congresso).

5.
MULLER, F. M.. IV Conferência de Epistemologia Social. 2015. (Outro).

6.
MULLER, F. M.; RODRIGUES, T. V. ; ETCHEVERRY, K. M. . III Conferência de Epstemologia Social. 2014. (Outro).

7.
MULLER, F. M.; RODRIGUES, T. V. . II Conferência de Epistemologia Social. 2013. (Outro).

8.
MULLER, F. M.; SAAVEDRA, G. A. ; BARZOTTO, L. C. . CONCRETIZANDO A DEMOCRACIA: Diálogos interdisciplinares sobre Justiça, Reconhecimento e Fraternidade. 2012. (Outro).

9.
MULLER, F. M.; RODRIGUES, T. V. . I Conferência de Epistemologia Social. 2012. (Outro).

10.
MULLER, F. M.. Il Trittico libertà-uguaglianza-fraternità come pensiero della complessità. 2010. (Outro).

11.
MULLER, F. M.. II Semana Acadêmica do Curso de Filosofia da Faculdade IDC. 2007. (Outro).

12.
MULLER, F. M.. I Semana Acadêmica do Curso de Filosofia da Faculdade IDC. 2006. (Outro).

13.
MULLER, F. M.. Semana Filosófica 2005 - Bioética: Uma Discussão Filosófica. 2005. (Outro).

14.
JESUS, L. M. ; MULLER, F. M. . Semana Acadêmica do Curso de Filosofia. 2004. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Felipe Held Izquierdo. Procedimentalismo Puro e Justificação da Democracia Moderna: Legitimação e Arbitrariedade. 2017. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Felipe de Matos Muller.

2.
Rossul Chaudon Padilha. A natureza do testemunho. 2016. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Felipe de Matos Muller.

3.
Thiago Rafael Santin. Concepções e perspectivas de agência epistêmica. 2015. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Felipe de Matos Muller.

4.
Louis-Jacques Fleurimond. O confiabilismo do agente a partir de John Greco: uma nova versão do confiabilismo goldmaniano. 2015. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, . Orientador: Felipe de Matos Muller.

5.
José leonardo Annunziato Ruivo. Contra o Purismo Epistêmico: a Infiltração Pragmática de J. Fantl e M. McGrath. 2013. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, . Orientador: Felipe de Matos Muller.

6.
Doraci Engel. Justificação Epistêmica e Normatividade. 2013. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Felipe de Matos Muller.

7.
Patrick Roger Michel Almeida de Brito. Epistemologia do Testemunho. 2012. Dissertação (Mestrado em PPG Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Felipe de Matos Muller.

Tese de doutorado
1.
Doraci Engel. Sobre a (im)possibilidade da agência epistêmica. 2017. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Felipe de Matos Muller.

2.
José Leonardo Annunziato Ruivo. Crença de Grupo. 2017. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Felipe de Matos Muller.

3.
Luiz Paulo Da Cas Cichoski. The ontological structure of collective action. 2017. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Felipe de Matos Muller.

4.
Ronaldo Miguel da Silva. Epistemologia do Testemunho - uma análise crítica à tese do Reducionismo Local. 2016. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, . Orientador: Felipe de Matos Muller.

5.
Stéphane Rodrigues Dias. Agency via dialogue: a pragmatic, dialogue-bsed approach of agents. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Felipe de Matos Muller.

6.
Patrícia ketzer. O conceito de confiança em epistemologia do testemunho: distinguindo confiar de fiar-se. 2015. Tese (Doutorado em PPG-Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Felipe de Matos Muller.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Adriano Cristovam Bitencourt. Justificação de grupo: uma análise entre a visão inflacionária e a visão deflacionária. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

2.
Valentinne da Silva Serpa. Epistemologia do Entendimento e suas principais características. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

3.
Luiz Roberto Carlos Stern. Filosofia da Mente: o Materialismo Eliminacionista de Paul e Patricia Churchland. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

4.
Luiz Eduardo Dias Lima. A natureza e a extensão do conhecimento em John Locke. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

5.
Eduardo Pinto. A Epistemologia do Testemunho de David Hume. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

6.
Nélcio Florentino Reck. O problema da demarcação em Popper. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

7.
Eder Machado. A educação do homem em Jean-Jacques Rousseau. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

8.
Gleberson Gimenes Rieff. A busca da verdade em Nicolas Malebranche. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

9.
Jeremias Michel. Propriedade, Direito Natural e Estado Cicil em John Locke. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

10.
Lucas Matheus Mendes. Bioética e celulas-tronco embrionárias humanas. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

11.
Fabio Berwanger Juliano. A Filosofia da Mente e o Naturalismo Biológico em John Searle. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Filosofia) - Faculdade IDC. Orientador: Felipe de Matos Muller.

12.
Rodrigo Wegner da Costa. O Direito de Propriedade em John Locke. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

13.
Marcos Leandro de Oliveira. A Justificação do Estado em John Locke. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

14.
Dolizete Fátima Michelin. John Rawls e a Teoria da Justiça - Uma abordagem a partir da Teoria dos Jogos. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

15.
Rosa Duarte. Teoria do Conhecimento em Platão. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

16.
Magno José Sauer. O paradigma da linguagem em Jürgen Habermas. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

17.
Kátia M. Etcheverry. O problema da justificação epistêmica: a solução confiabilista. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

18.
Rosilei Antônio Antunes. John Locke e o Segundo Tratado sobre o Governo Civil. 2005. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

19.
Renato Capitani. A Necessidade do Estado em Thomas Hobbes. 2005. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

20.
Sílvio José Heming. A forma de manter o poder em Maquiavel. 2005. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

21.
Huberto Lambert. O Problema da Causalidade em David Hume. 2005. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

22.
Saul José da Silveira Amado. Informática na Educação: Existe uma conscientização e conseqüente formação do professor?. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Multimeios e Informática Educativa) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

Iniciação científica
1.
Lennon da Silva Rocha. Filosofia da Especialização: Uma análise do Testemunho de Especialista. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Programa de Bolsa/Pesquisa para alunos da PUCRS. Orientador: Felipe de Matos Muller.

2.
Leonardo Machado Cruz. Epistemologia Social e Democracia: Wisdom of Crowds versus Expertise. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

3.
Otávio Vendramin dos Santos. Sabedoria requer expertise?. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Felipe de Matos Muller.

4.
Ana Paula Camargo dos Santos. Promovendo o diálogo em comunidades vulneráveis: diálogo-cidadão como tecnologia social para o encaminhamento de demandas sociais. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

5.
Christian Bertrand Oliveira Conce Rocha. Sobre a dimensão epistêmica da sabedoria. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Programa de Bolsa/Pesquisa para alunos da PUCRS. Orientador: Felipe de Matos Muller.

6.
Lennon da Silva Rocha. Um estudo filosófico acerca dos boatos - o impacto dos boatos na deliberação coletiva. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Programa de Bolsa/Pesquisa para alunos da PUCRS. Orientador: Felipe de Matos Muller.

7.
Leonardo Machado Cruz. Epistemologia dos Boatos. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Felipe de Matos Muller.

8.
Valentinne da Silva Serpa. A distinção entre entendimento e conhecimento em epistemologia. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Programa de Bolsa/Pesquisa para alunos da PUCRS. Orientador: Felipe de Matos Muller.

9.
Adriano Cristovam Bitencourt. Justificação de Grupo. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Felipe de Matos Muller.

10.
Dartagnan de Moura Pinheiro. Enfermidades do Testemunho - Boatos, fofocas e Lendas Urbanas. 2015. Iniciação Científica - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

11.
Marcela Variani. Racionalidade Epistêmica Coletiva. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

12.
Valentinne da Silva Serpa. Sobre a natureza e o valor do entendimento em epistemologia. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

13.
Kassius Marques Kirsten. Epistemologia de grupos - Revisionismo. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Felipe de Matos Muller.

14.
Emanueli Curtinaz Santos. Estudo sobre a natureza e o valor do entendimento nas prescrições médicas: uma abordagem filosófica e farmacológica. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

15.
João Rizzio Vicente Fett. Epistemologia do Desacordo:um estudo da visão Justificacionista. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Felipe de Matos Muller.

16.
Ayune Veríssimo Cidade. Racionalidade Epistêmica Coletiva. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Programa de Bolsa/Pesquisa para alunos da PUCRS. Orientador: Felipe de Matos Muller.

17.
Levy Cardoso de Oliveira Junior. A Epistemologia do Testemunho a partir do Programa da Epistemologia Comunitarista. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Felipe de Matos Muller.

18.
Larissa Couto Rogoski. Confiança Intelectual e Autoridade Epistêmica. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

19.
Eder Mallet de Souza. Conhecimento Coletivo e a Ciência. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.

20.
Diego Menna Ferreira. Conhecimento coletivo. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharel e Licenciado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Felipe de Matos Muller.



Outras informações relevantes


OBS: Os dados abaixo foram importados do Sistema CNCT.

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL



DOCENTE
Professor de Ensino Religioso - Instituto Santa Luzia Escola de 1º grau para cegos.
Professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul- de março de 2000 até a presente data.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/01/2019 às 8:46:21