Christiane Almeida Starling

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2064317736641929
  • Última atualização do currículo em 12/03/2018


Possui graduação em Engenharia de alimentos pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2002), especialização em Gestão da produção (PUC), MBA em Gestão empresarial (SENAI SC) e mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal de Goiás (2010). Atualmente é gestora do Instituto SENAI de Tecnologia em Alimentos. Possui ampla experiência na gestão de projetos de inovação tecnológica nas áreas de alimentos, meio ambiente,construção civil, farmoquímica, projetos estratégicos e ações de base nacional, como o projeto Domínio Danone. Participa ainda na elaboração, acompanhamento, negociação e avaliação de projetos; elaboração de relatórios técnicos; desenvolvimento de projetos de cursos para capacitação na área de alimentos, meio ambiente e construção civil. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Christiane Almeida Starling
Nome em citações bibliográficas
STARLING, C. A.

Endereço


Endereço Profissional
SENAI SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL.
AV.PROFESSOR LÁZARO COSTA N°348
VILA CANAÃ
74420415 - Goiânia, GO - Brasil
Telefone: (62) 32358146
URL da Homepage: http://www..senaigo.com.br


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2010
Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: OTIMIZAÇÃO DOS PARÂMETROS DE PRODUÇÃO DO AMIDO DE MANDIOCA FERMENTADO,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Marcio Caliari.
Palavras-chave: expansão; Fécula de mandioca; suoerficie de resposta.
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Indústrias de Transformação.
2009 - 2011
Especialização em MBA EM CONSULTORIA EMPRESARIAL. (Carga Horária: 560h).
SENAI - Departamento Regional de Santa Catarina, SENAI/DR/SC, Brasil.
Título: Plano Anual de Marketing: Serviços Técnicos e Tecnológicos para o Segmento Alimentos e Bebidas.
Orientador: Cristiane Ribeiro de Bittencourt.
2003 - 2004
Especialização em GESTÃO DA PRODUÇÃO. (Carga Horária: 380h).
Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.
Título: APLICAÇÃO DO SISTEMA TROCA RÁPIDA DE FERRAMENTA (TRF) PARA REDUÇÃO DO TEMPO DE SETUP DO EQUIPAMENTO DE BLISTAGEM CAM: ESTUDO DE CASO NO LABORATÓRIO NEO QUÍMICA.
Orientador: Ricardo Machado.
2004 - 2006
Graduação em Programa Especial de Formação Pedagógica Para Formadores de Educação Profis.
Universidade do Sul de Santa Catarina, UNISUL, Brasil.
1998 - 2002
Graduação em Engenharia de Alimentos.
Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.
Título: Legislação em Alimentos.
Orientador: Maria do Livramento de Paula.




Formação Complementar


2017 - 2017
FOOD DEFENSE. (Carga horária: 8h).
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, FIESC, Brasil.
2016 - 2017
Programa de Desenvolvimento da Liderança - Desafios da Mudança. (Carga horária: 100h).
Fundação Dom Cabral, FDC, Brasil.
2016 - 2016
Interpretação e Aplicação da NBR ISO/IEC 17025:2005. (Carga horária: 24h).
LINCE Consultoria e Treinamentos, LINCE, Brasil.
2015 - 2015
INNOVATION MANAGEMENT. (Carga horária: 8h).
School of International Bussiness and Entrepreneurship, SIBE, Alemanha.
2015 - 2015
Direção defensiva. (Carga horária: 15h).
Escola SENAI Vila Canaã, SENAI, Brasil.
2014 - 2014
Elaboração e implantação de planos de análise APPCC. (Carga horária: 40h).
Escola SENAI Vila Canaã, SENAI, Brasil.
2014 - 2014
Boas práticas de fabricação de alimentos. (Carga horária: 20h).
Escola SENAI Vila Canaã, SENAI, Brasil.
2014 - 2014
Aplicação da NBR/ISO 17025 IEC em laboratórios. (Carga horária: 24h).
Escola SENAI Vila Canaã, SENAI, Brasil.
2012 - 2014
Programa de Desenvolvimento da Liderança. (Carga horária: 200h).
Fundação Dom Cabral, FDC, Brasil.
2013 - 2013
Commercializing Innovation in Food Products.
Institute of Food Technologists, IFT, Estados Unidos.
2010 - 2010
Modelo de excelência da gestão. (Carga horária: 16h).
SENAI - Departamento Regional de Santa Catarina, SENAI/DR/SC, Brasil.
2008 - 2008
Avaliação pedagógica e técnica material didático. (Carga horária: 16h).
SENAI SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL, SENAI, Brasil.
2007 - 2007
Formação de Multiplicadores- Setor mesa do PAS. (Carga horária: 40h).
SENAI SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL, SENAI, Brasil.
2007 - 2007
Sistema de gestão da qualidade. (Carga horária: 6h).
SENAI SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL, SENAI, Brasil.
2007 - 2007
Auditor interno ISO 9001:2000. (Carga horária: 24h).
BRTUV, BRTUV, Brasil.
2006 - 2006
Formação de Consultores do PAS- Distribuição. (Carga horária: 40h).
SENAI SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL, SENAI, Brasil.
2006 - 2006
Formação de auditores internos - ISO 9001:2000. (Carga horária: 12h).
SENAI Faculdade de Tecnologia de Desenvolvimento Gerencial, SENAI FATESG, Brasil.
2005 - 2005
Formação de Consultores do PAS. (Carga horária: 46h).
SENAI SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL, SENAI, Brasil.
2003 - 2003
Gerenciamento de projetos. (Carga horária: 16h).
SENAI - Departamento Regional da Bahia, SENAI/DR/BA, Brasil.
2003 - 2003
Formação de auditores internos da qualidade. (Carga horária: 16h).
SENAI SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL, SENAI, Brasil.
2003 - 2003
Didática básica para treinamento e desenvolvimento. (Carga horária: 40h).
SENAI SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL, SENAI, Brasil.
2002 - 2002
Atualização em Microbiologia de alimentos. (Carga horária: 16h).
BioControl e Sovereign, BIOCONTROL & SOV, Brasil.
2002 - 2002
Formação de Consultores em APPCC. (Carga horária: 80h).
SENAI - Departamento Regional do Rio de Janeiro, SENAI/DR/RJ, Brasil.
2001 - 2001
Biotecnologia e alimentos funcionais. (Carga horária: 4h).
Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.
2001 - 2001
Entendimento da norma NBR ISO/IEC 17025:2011. (Carga horária: 24h).
Sociedade Brasileira de Metrologia, SBM, Brasil.
2000 - 2000
Extensão universitária em Desenvolvimento da qualidade pessoal. (Carga horária: 8h).
Instituto Euvaldo Lodi - GO, IEL/GO, Brasil.
2000 - 2000
Extensão universitária em Biotecnologia. (Carga horária: 12h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
2000 - 2000
Análise Físico-química dos alimentos. (Carga horária: 8h).
Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.
2000 - 2000
Desinfecção de alimentos através de radiação. (Carga horária: 6h).
Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - São Paulo, SBPC, Brasil.
2000 - 2000
Alimentos Trnasgênicos. (Carga horária: 4h).
Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.
1999 - 1999
Desenvolvimento para liderança profissional. (Carga horária: 9h).
Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.
1998 - 1998
Análise de Pontos Críticos de Controle (HACCP). (Carga horária: 4h).
Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Euvaldo Lodi - GO, IEL/GO, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


SENAI - Departamento Regional de Goiás, SENAI/DR/GO, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Gerente do IST em Alimentos, Carga horária: 40
Outras informações
Atualmente desempenha a função de gerente do Instituo SENAI de Tecnologia em Alimentos, localizado na Unidade SENAI Vila Canaã. A atuação está vinculada desde atividades de planejamento, elaboração do projeto para submissão ao BNDES e ao SENAI Departamento Nacional, acompanhamento da implantação do IST, aquisições, composição da equipe técnica, definição de estratégias, entre outras atividades relacionadas à operacionalização do IST.

Vínculo institucional

2000 - 2012
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Coordenadora da área de alimentos, Carga horária: 40
Outras informações
Durante a atuação na coordenação de alimentos do SENAI Vila Canaã, desempenhou atividades relacionadas a estruturação e coordenação dos cursos técnicos, profissionalizantes, iniciação profissional, realização de consultorias no estado de Goiás nas áreas de qualidade e segurança de alimentos, melhoria do processo produtivo, atendimento à Normas e legislações, gestão de projeto de base nacional (Domínio Danone) durante 5 anos (2009 à 2014), estruturação de APL's no estado de Goiás, estruturação de projetos estratégicos, entre outras atividades.


Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20



Projetos de desenvolvimento


2018 - Atual
Nacionalização da extração da Bromelina em escala industrial
Descrição: O projeto busca desenvolver um produto funcional, com benefícios à saúde cientificamente comprovados, o que aumentará a competitividade da empresa proponente. Assim, o projeto além de desenvolver um processo de aproveitamento de resíduo e ainda contribui com uma oportunidade para o mercado de um novo insumo para indústria de vários segmentos..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2017 - Atual
Concentrado de Aguamiel 100% Maguey do Cerrado
Descrição: À medida que os consumidores se tornam conscientes dos muitos efeitos negativos para a sua saúde do excesso de consumo de açúcar em sua dieta, cresce a busca por um bom substituto para adoçar alimentos. Então surge a opção de usar um adoçante para acompanhar as receitas. Pioneiros no Brasil, o desafio tecnológico é o desenvolvimento de um adoçante natural elaborado com um único ingrediente: a cultivar Maguey do Cerrado..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2017 - Atual
Dispositivo anti-inflamatório para brincos de identificação
Descrição: Desenvolvimento da SafeTag, que consistie em uma pastilha para cicatrização a ser aplicada junto a parte macho do brinco de identificação animal..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2016 - Atual
Cosmético com ativos naturais: Cápsulas antienvelhecimento com extratos tecnológicos da pimenta biquinho
Descrição: O objetivo do projeto consiste em desenvolver um cosmético antioxidante com extratos tecnológicos de uma matéria prima ainda não explorada nesse segmento, a pimenta biquinho..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2015 - 2018
Desenvolvimento de salgadinho extrusado a partir de subprodutos de arroz e feijão
Descrição: Desenvolver e lançar no mercado um salgadinho extrusado saborizado, a partir de grãos quebrados de arroz (meio arroz) e de feijão (bandinha), e promover a divulgação dos seus benefícios nutricionais e para a saúde, por meio de palestras educativas, visando sua inclusão na merenda escolar para melhoria da nutrição e saúde de crianças e adolescentes..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2015 - 2016
Esfoliante natural com propriedade antioxidantes elaborado a partir de rejeitos da agroindústria da goiaba
Descrição: Este projeto teve como objetivo o desenvolvimento de um processo tecnológico para o tratamento e beneficiamento dos rejeitos da agroindústria de frutas para que estes pudessem se tornar matéria-prima para a indústria de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos. Como aplicação prática do projeto, foi desenvolvido a partir deste processo um esfoliante natural utilizando como partículas responsáveis pelo processo esfoliação o rejeito da agroindústria do processamento da goiaba..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2015 - Atual
Placas de PET reciclado com impressão UV Fotoluminescente para Rota de Fuga e Equipamento de Combate a Incêndio
Descrição: A proposta apresentada refere-se ao desenvolvimento de placas de sinalização para Rota de Fuga e Equipamentos de Combate a Incêndio, constituídas em PET reciclado e impressas com tinta ultravioleta fotoluminescente, visando ser o primeiro produto sustentável e certificado pelo INMETRO/ABNT pela norma NBR 13.434 em sua totalidade.
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2015 - Atual
EPI invisível: luva química com tratamento regenerativo para dermatoses ocupacionais (DO?s)
Descrição: A missão do projeto consiste no desenvolvimento de um produto cosmético que garanta a segurança e saúde do trabalhador. Objetiva o desenvolvimento de uma formulação para as mãos que tenha uma aparência invisível, por meio de ativos naturais e sintéticos que promovam a prevenção e restauração das agressões sofridas na pele durante as atividades do trabalhador de indústrias conhecidas como Dermatoses Ocupacionais (DO's).
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2014 - 2016
Aproveitamento de efluente da construção civil e seu reuso no processo construtivo
Descrição: A indústria da construção civil é reconhecida como uma das mais importantes atividades para o desenvolvimento econômico e social, mas, por outro lado, apresenta-se como grande geradora de impactos ambientais, quer pelo consumo dos recursos naturais, quer pela modificação da paisagem ou pela geração de resíduos. Segundo dados da ANAB (Associação Nacional de Arquitetura e Bioecológica), cerca de 50% dos recursos extraídos da natureza são destinados ao setor e, no caso do Brasil, é responsável pelo consumo de 40% dos recursos naturais e da energia produzida, 16% da água, 55% da madeira não certificada, além de responder pela produção de 67% da massa total de resíduos sólidos urbanos. Dessa forma, o setor de construção civil tem o desafio de conciliar suas atividades com condições que conduzam a um desenvolvimento sustentável consciente e menos agressivo ao meio ambiente.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2014 - 2015
Otimização do processo construtivo e certificação nas normas de desempenho para fibrocerâmica destinado à construção industrializada
Descrição: a busca pela racionalização e industrialização e na procura por novos processos construtivos conformados fora do canteiro de obras, a construção civil vem procurando incorporar os conceitos de qualidade já utilizados por setores da indústria da transformação, tal como a inovação tecnológica , a fim de atingir melhores níveis de desempenho em seu processo produtivo. Uma das alternativas para a evolução tecnológica é baseada nos métodos de pré-fabricação de painéis. O resultado deste processo são as novas tecnologias de materiais, que conseqüentemente trazem a necessidade de inovar as técnicas construtivas e de tecnologias de informação que determinam formas inovadoras de projetar.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2014 - 2015
Estruturação de indicadores de sustentabilidade para a indústria da construção civil

Projeto certificado pela empresa TOCTAO ENGENHARIA LTDA em 29/07/2014.
Descrição: No cenário atual o mercado da construção civil mostra-se bastante exigente. O aumento da competitividade entre as construtoras, assim como a necessidade de suprir as exigências impostas pelos clientes, vêm obrigando as empresas do ramo a se modernizarem. Dois fatores são essenciais para tal modernização: o aumento da eficiência dos processos e um melhor controle e monitoramento das etapas de execução das obras. A utilização dos sistemas de indicadores de desempenho possibilita às construtoras atingir o grau de premência exigido pelo mercado. Entretanto, o monitoramento do desempenho de canteiros de obras nas empresas da construção civil é, geralmente, realizado com foco em custo e prazo, sem levar em consideração outros indicadores que, direta ou indiretamente, afetar o resultado do empreendimento. A estruturação de indicadores de sustentabilidade utilizando a tecnologia da informação como facilitador na coleta das informações, visa criar indicadores que venham a evidenciar o desempenho da obra, como por exemplo, nas questões de retrabalho, a gestão da validade de equipamentos de proteção individual, o acompanhamento das condições de saúde ocupacional de cada colaborador, os impactos ambientais gerados pela obra, dentre outros, e com isso possibilitar apoio decisório em busca da melhoria contínua no canteiro de obra.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Christiane Almeida Starling - Coordenador / Adriana Antunes de Carvalho - Integrante / Mariana Ribeiro - Integrante / Cinthia Martins dos Santos - Integrante / Willy Chagas Santana - Integrante.
2013 - 2015
DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PRODUTOS COM SPIRULINA - APLICAÇÃO NO SETOR ALIMENTÍCIO
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Christiane Almeida Starling - Coordenador / Karolline Fernandes Siqueira - Integrante / Adriana Antunes de Carvalho - Integrante / Ulliana Marques Sampaio - Integrante.
2013 - 2015
Aproveitamento tecnológico de subproduto do milho: farelo proteinoso para alimentação humana
Descrição: Um volume muito grande de subprodutos agroindustriais é produzido anualmente no Brasil, a partir do processamento de uma grande variedade de culturas para a produção de alimento ou fibra. A utilização bem sucedida destes subprodutos é muitas vezes limitada pelo escasso conhecimento de suas características nutricionais e de seu valor econômico como ingrediente. Analisando sob outro enfoque, a utilização de subprodutos agroindustriais vem ao encontro dos anseios das atuais políticas ambientais que, de forma crescente e com tendência a se fortalecer cada vez mais, vêm acompanhando de perto a eliminação de produtos potencialmente poluentes pelas indústrias. Neste sentido, o estudo e utilização de fontes alternativas de alimentos são de fundamental importância.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2013 - 2015
Otimização do processo construtivo e certificação nas normas de desempenho destinado à construção industrializada
Descrição: O objetivo principal deste processo construtivo é oferecer ao mercado soluções construtivas otimizadas na forma de painéis cerâmicos pré-moldados, a partir da fábrica e/ou montados nos canteiros de obra, com a finalidade de contribuir para a melhoria da qualidade, redução dos desperdícios e custos, e aumento de produtividade e competitividade, tanto para o setor cerâmico, quanto da construção civil. Suprindo assim, um pouco da carência existente na construção civil de um processo construtivo voltado para habitações populares e que ofereça melhorias quanto às condições de habitabilidade..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2012 - 2014
Desenvolvimento de Maionese Sabor Regional
Descrição: O objetivo do projeto é o desenvolvimento de uma maionese sabor regional, em embalagem diferenciada, uma opção diferente das maioneses disponíveis no mercado, evidenciando sua praticidade ao dia a dia e a inserção no mercado como um produto diferenciado, com sabor de prato típico da região Centro-Oeste..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2010 - 2012
Desenvolvimento de Barra de Salada de Frutas com Granola
Descrição: O projeto propôs o desenvolvimento de uma barra de salada de frutas com granola, sem adição de açúcar, e glúten que se diferencie no mercado por sua funcionalidade e sua base de frutas, diferente das barras comercializadas cuja base são os cereais. A maioria das barras de cereais apesar de serem ricas em fibras apresentam aporte calórico elevado pela adição de cereais e do açúcar além da saborização ser realizada artificialmente..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2010 - 2012
Elaboração de Farinha de Bandinha de Feijão Extrusado e sua utilização como ingrediente em preparações alimentícias
Descrição: Aproveitar o resíduo agroindustrial (bandinha) proveniente do beneficiamento do feijão na produção de farinhas, utilizando a extrusão termoplástica, para a comercialização desse produto. Além disso, promover a inclusão dessa farinha extrusado como ingrediente principal para formulações alimentícias de preparo instantâneo e de cozimento rápido, a serem incorporadas ao cardápio da população, como alternativa de aumento no aporte protéico da dieta..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2009 - 2011
Desenvolvimento de programa nutricional para melhoria da saúde do trabalhador, por meio da adição de alimento funcional à dieta
Descrição: Desenvolver receitas a base de soja e introduzi-las na dieta dos trabalhadores, por meio de um programa que engloba ações educativas, enriquecimento da alimentação com alimento funcional e monitoramento por meio de análises laboratoriais, com vistas na melhoria da qualidade de vida do trabalhador da Indústria.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2009 - 2011
Desenvolvimento de embalagens de água mineral para consumo infantil
Descrição: Desenvolvimento de dois tipos de embalagens de água mineral para o público infantil: embalagem direcionada para crianças de 0 a 2 anos e embalagem direcionada para crianças de 2 a 4 anos.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2009 - 2010
Desenvolvimento de gelado comestível de polpa de baru
Descrição: Observa-se uma demanda crescente do setor de gelados comestíveis no mercado brasileiro, horizonte promissor principalmente para sabores exóticos, que prevêem o aproveitamento do potencial da biodiversidade do Cerrado. O projeto propõe o desenvolvimento e produção de um novo produto, um gelado comestível de alto valor nutricional e potencial antioxidante, utilizando como ingrediente a polpa do baru, subproduto hoje descartado. O sorvete fabricado com esta polpa resultou em um produto inovador de elevado valor agregado e com propriedades funcionais em potencial.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2008 - 2010
Processamento de Extrato Proteico de Soja Enriquecido com Fitosterol
Descrição: O projeto buscou desenvolver um composto alimentar em pó a base de extrato de soja com vitaminas e minerais e enriquecido com fitoesteróis, caracterizando um alimento funcional, uma inovação no mercado.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2008 - 2009
Processamento de fécula modificada seca ao sol
Descrição: Desenvolvimento de processo inovador que propôs modificações químicas e solares na fécula de mandioca, obtendo um novo produto homogêneo e seguro, possibilitando expansão do mercado para esse produto típico de Bela Vista de Goiás e o fortalecimento da economia local.O projeto gerou Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI11072180,07/12/2011, título: "Processo acelerado de produção do amido de mandioca fermentado?..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2005 - 2007
?Paçoca de soja?
Descrição: Desenvolver uma paçoca a base de soja, com aporte nutricional (rica em fibras, ácidos graxos essenciais, isoflavona) e uma alternativa ao consumo de doces..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.


Outros Projetos


2014 - 2014
Projeto para Implantação e implementação das Boas Práticas de Fabricação conforme o PAS em Cooperativa
Descrição: No ano de 2014 foi estruturado um projeto na COOPERABS - Cooperativa Mista dos Pequenos Produtores de Mandioca da Região do Cará, no município de Bela Vista de Goiás, no qual foi realizada a Implantação e Implementação do Programa de Boas Práticas de Fabricação utilizando a metodologia do PAS ? Programa de Alimentos Seguros, envolvendo todas as etapas necessárias, com destaque para a Capacitação dos associados desta Cooperativa, por ser essa atividade fundamental para o cumprimento dos requisitos exigidos pela legislação sanitária. O atendimento às normas regulamentadoras é um grande gargalo para as cooperativas e é considerado um fator determinante para que esse tipo de organização se mantenha no mercado com produtos de qualidade..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Christiane Almeida Starling - Coordenador / elaine dos santos pires barbosa - Integrante.
2009 - 2014
Projeto Domínio Danone
Descrição: No ano de 2009 o SENAI firmou parceria com a Danone, para desenvolver o Programa de Excelência Domínio Danone, com uma atuação customizada para adequar e aprimorar o desempenho das empresas distribuidoras de seus produtos às normas padrões nacionais e internacionais da Danone. Este atendimento foi de base nacional, com receita de R$1.200.000,00, e toda a gestão deste projeto foi realizado pela Escola SENAI Vila Canaã. O Programa de Excelência Domínio Danone contemplou a realização de auditorias periódicas para a aplicação do Check List contendo indicadores de qualidade, de estratégia de mercado, de performance comercial (levantamento de informações relacionadas aos resultados comercias e proposição de melhorias) e de distribuição numérica (levantamento de vendas de produtos DANONE por distribuidor focando no aumento deste indicador); o desenvolvimento do plano de ação para corrigir as não conformidades avaliadas no Check List; auditoria em rota para verificar se os procedimentos realizados nos pontos de vendas estão conforme os padrões da DANONE; a capacitação dos funcionários da distribuidora e um registro fotográfico para verificar a melhoria conquistada após auditoria. Foram realizadas também capacitações e videoconferências com o intuito de promover um melhor entendimento da ferramenta de gestão desenvolvida pela DANONE/SENAI e para alinhar os conceitos e práticas do programa aos consultores e distribuidores envolvidos no projeto, totalizando aproximadamente 1800 pessoas capacitadas. Dessa forma, o projeto ficou dividido em duas frentes principais: capacitação das pessoas envolvidas e auditoria de conformidade, ambas realizadas pelo SENAI.Para a realização esse projeto foi utilizada a metodologia PAS (Programa Alimentos Seguros). O PAS é um programa desenvolvido por entidades do Sistema ?S? que tem o objetivo de reduzir os riscos de contaminação dos alimentos e atinge toda a cadeia de alimentos. Atua no desenvolvimento de metodologias, conteúdos e na formação e capacitação de técnicos para disseminar, implantar e certificar ferramentas de controle em segurança de alimentos, como as Boas Práticas, o Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) e NBR - ISO 22.000, nas empresas integrantes da cadeia dos alimentos, em todo o país. Com isso, o PAS contribui para aumentar a segurança e a qualidade dos alimentos produzidos pelas empresas brasileiras, ampliando a sua competitividade nos mercados nacional e internacional e reduzir o risco das Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA) aos consumidores.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2007 - 2008
APL-LUZIÂNIA Unidade de Processamento de Frutas
Descrição: Este Projeto teve como objetivo de apresentar um conjunto resumido de informações técnicas que permitisse a implantação de uma fábrica de polpa de frutas tropicais. Os aspectos tecnológicos considerados visaram oferecer flexibilidade operacional ao produtor para variar o tipo de fruta processada e nível de qualidade desejada, alavancando a competitividade do produtor rural de Luziânia..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2006 - 2007
APL-LUZIÂNIA Unidade de Processamento de Vegetais e Hortaliças Minimamente Processados
Descrição: O presente projeto teve por objetivo fornecer informações sobre a implantação de uma unidade de processamento mínimo de hortaliças em Luziânia, capaz de processar em torno de 400 kg de hortaliças por dia, distribuindo os produtos tanto no mercado a varejo como no institucional (hotéis, restaurantes, cozinhas industriais e outros).
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2006 - 2007
PROJETO INSTALAÇÃO DA PLATAFORMA COMERCIAL E AUMENTO DA PRODUÇÃO DE FRUTAS DE LUZIANIA
Descrição: A presente proposta apresenta as condições para implantação da plataforma comercial de fruticultura de Luziania e aumento da produção de frutas no município. O projeto é um desdobramento do projeto iniciado em 2005 pelo Ministério da Integração Nacional (MI) em conjunto com o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Goiás (SENAI ? GO), em desenvolvimento atualmente no município, sua operacionalização enfatiza a realização de estudo de viabilidade da plataforma, elaboração do plano agrícola, formação do cooperativismo e/ou do associativismo, capacitação de recursos humanos, melhoria técnica e tecnológica do setor, objetivando a alavancagem da capacidade produtiva, inserção no mercado e aumento da competitividade nos mercados regional e nacional, e melhoria das condições de comercialização dos pequenos agricultores estabelecidos na região de Luziânia, contribuindo para a geração de emprego e renda da população local de forma cooperativa intra e inter setorial..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .
Integrantes: Christiane Almeida Starling - Coordenador.
2003 - 2004
Projeto Desenvolvimento de fornecedores da cadeia do leite - Goiás
Descrição: Foi realizado o desenvolvimento de fornecedores da cadeia do leite para 27 fornecedores de leite da empresa Nestlé, localizados no Estado de Goiás/GO, para realizar o Programa de Avaliação do Sistema de Qualidade do Leite das empresas fornecedoras, no qual era aplicado um checklist, contendo uma série de procedimentos que visou garantir a qualidade do leite e a segurança dos processos envolvidos no beneficiamento do leite nas unidades de recebimento das companhias fornecedoras. O programa visou à melhoria da qualidade e da segurança do leite fornecido por empresas, por meio da aplicação de ferramentas como APPCC (Análise de Perigo e Pontos Críticos de Controle), Boas Práticas de Fabricação, implementação de sistemas de rastreabilidade e monitoramento de resíduos químicos, além de cuidados com o impacto no meio ambiente. Toda gestão e execução do projeto foi de responsabilidade do SENAI Vila Canaã.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2017
Reconhecimento pelos Serviços Prestados à Sociedade em virtude do dia do Engenheiro de Alimentos, Assembléia Legislativa do Estado de Goiás.
2009
Prêmio SENAI INOVAÇÃO - Gestor Inovador, SENAI Departamento Nacional.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SAMPAIO, U. M.2016 SAMPAIO, U. M. ; SIQUEIRA, K. F. ; STARLING, C. A. ; ARAUJO, F. I. R. O. . Aspectos Gerais de Cultivo, Métodos de Secagem e Características da Cianobacteria Spirulina platensis. REVISTA PROCESSOS QUÍMICOS, v. 10, p. 133-143, 2016.

2.
BORGES, L. C.2016 BORGES, L. C. ; SILVEIRA, A. P. C. ; STARLING, C. A. ; SIQUEIRA, K. F. . Programa Nutricional para a Melhoria da Saúde do Trabalhador por meio da Adição de Alimento Funcional. REVISTA PROCESSOS QUÍMICOS, v. 10, p. 205-211, 2016.

3.
STARLING, C. A.2016 STARLING, C. A.. Otimização dos Parâmetros de Produção do Amido de Mandioca Fermentado. REVISTA PROCESSOS QUÍMICOS, v. 10, p. 295-312, 2016.

4.
SIQUEIRA, K. F.2016 SIQUEIRA, K. F. ; STARLING, C. A. . Caracterização de Barra de Frutas Desidratadas com Granola. REVISTA PROCESSOS QUÍMICOS, v. 10, p. 313-318, 2016.

5.
STARLING, C. A.2016 STARLING, C. A.; SOUZA, F. G. ; CARVALHO, A. A. . Propriedades Bioquímicas e Tecnológicas da Farinha Bandinha de Feijão. REVISTA PROCESSOS QUÍMICOS, v. 10, p. 39-49, 2016.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SIQUEIRA, K. F. ; STARLING, C. A. ; MENDONCA, A. L. ; CASTANHEIRA, L. D. S. . Evaluation of the profile sensory of ice cream of baru with praline and with roasted chestnut of baru during storage. In: 16º IUFoST - World Congress of Food Science and Technology, 2012, Foz do Iguaçu - PR. IUFoST - World Congress of Food Science and Technology, 2012.

2.
STARLING, C. A.; SIQUEIRA, K. F. ; TRAVAGLIA, E. R. S. . Caracterização química, microbiológica e avaliação de textura instrumental em barra de frutas desidratadas com granola. In: 9º SLACA - Simpósio Latino Americano de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2011. Simpósio Latino Americano de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2011.

3.
SIQUEIRA, K. F. ; STARLING, C. A. ; MENDONCA, A. L. ; TRAVAGLIA, E. R. S. . Chemical characterization and sensory acceptability of fruit bar with granola. In: 16º IUFoST - World Congress of Food Science and Technology, 2011, Foz do Iguaçu - PR. IUFoST - World Congress of Food Science and Technology, 2011.

4.
GARCIA, D. M. ; STARLING, C. A. ; SIQUEIRA, M. I. D. ; LEMOS, R. . Caracterização de composto alimentar a base de soja enriquecido com fitoesteróis. In: 3º Congresso Brasileiro de Gastronomia & 1º Simpósio Regional de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2010, Brasília - DF. Congresso Brasileiro de Gastronomia.

5.
RABELO, A. M. S. ; STARLING, C. A. ; AQUINO, E. ; MARCORIO, C. M. . Implantação e implementação das boas práticas em indústria envasadora de água mineral natural. In: 3º Congresso Brasileiro de Gastronomia & 1º Simpósio Regional de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2010, Brasília - DF. Congresso Brasileiro de Gastronomia, 2010.

6.
MOURA, C. M. A. ; CAMPOS, A. C. ; XAVIER, L. C. ; BORGES, L. C. ; STARLING, C. A. . Perfil lipídico e estado nutricional do trabalhador da indústria. In: 3º Congresso Brasileiro de Gastronomia & 1º Simpósio Regional de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2010, Brasília - DF. Congresso Brasileiro de Gastronomia, 2010.

7.
SA, J. A. M. ; STARLING, C. A. ; MARTINS, B. A. . Desenvolvimento de gelado comestível com polpa de baru. In: 3º Congresso Brasileiro de Gastronomia & 1º Simpósio Regional de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2010, Brasília - DF. Congresso Brasileiro de Gastronomia, 2010.

Apresentações de Trabalho
1.
STARLING, C. A.. Institutos SENAI de Tecnologia Promovendo a Interação Entre a Academia e a Indústria. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
ARAUJO, F. I. R. O. ; ARAUJO, M. S. ; SIQUEIRA, K. F. ; STARLING, C. A. ; SILVERIO, J. J. . Caracterização Química de Maionese com Polpa de Pequi e Óleo de Pequi (Caryocar brasiliense Camb.). 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).


Produção técnica
Produtos tecnológicos
1.
STARLING, C. A.. Farinha de feijão e respectivo processo de preparo. 2012.

2.
STARLING, C. A.. Caldo instatâneo à base de farinha de feijão e respectivo processo de preparo. 2012.

3.
STARLING, C. A.. Massa de macarrão à base de farinha de feijão e respectivo processo de preparo. 2012.

4.
STARLING, C. A.. Sorvete a base de farinha de feijão e processo de preparo. 2012.

5.
STARLING, C. A.. Pó para o preparo de alimentos com soja adicionado de vitaminas e minerais com fitoesterol. 2012.

6.
STARLING, C. A.. Tutu a base de farinha de feijão e respectivo processo de preparo. 2012.

7.
STARLING, C. A.. Composição de barra de frutas desidratadas inteiras com recheio a base de granola com grãos de soja tostada e linhaça obtida pelo processamento de campactação. 2011.


Demais tipos de produção técnica
1.
STARLING, C. A.. Manuseio de produtos Químicos e Higiene Industrial. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
STARLING, C. A.. BPF e APPCC. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
STARLING, C. A.. Curso de Boas Práticas de Fabricação. 2000. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

4.
STARLING, C. A.. Rotulagem em alimentos. 2000. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - apostila).



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 MARTINS, B. A. ; STARLING, C. A. . PROCESSO PARA FABRICAÇÃO DE GELADO COMESTÍVEL COM POLPA DE BARU E GELADO COMESTÍVEL COM POLPA DE BARU. 2010, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI10049932, título: "PROCESSO PARA FABRICAÇÃO DE GELADO COMESTÍVEL COM POLPA DE BARU E GELADO COMESTÍVEL COM POLPA DE BARU" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 08/11/2010

2.
 Processo para obtenção de preparo para uso em composto alimentar em pó para preparo de bebida a base de extrato de soja adicionado de fitoesteróis. 2010, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI10057099, título: "Processo para obtenção de preparo para uso em composto alimentar em pó para preparo de bebida a base de extrato de soja adicionado de fitoesteróis" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 07/12/2010

3.
 STARLING, C. A.; CALIARI, M. ; SOARES JUNIOR, M. S. . 'Processo acelerado de produção do amido de mandioca fermentado. 2011, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI11072180, título: "'Processo acelerado de produção do amido de mandioca fermentado" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 07/12/2011

4.
 STARLING, C. A.. COMPOSIÇÃO DE BARRA DE FRUTAS DESIDRATADAS INTEIRAS COM RECHEIO A BASE DE GRANOLA COM GRÃOS DE SOJA TOSTADA E LINHAÇA OBTIDA PELO PROCESSO DE COMPACTAÇÃO. 2011, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI11054832, título: "COMPOSIÇÃO DE BARRA DE FRUTAS DESIDRATADAS INTEIRAS COM RECHEIO A BASE DE GRANOLA COM GRÃOS DE SOJA TOSTADA E LINHAÇA OBTIDA PELO PROCESSO DE COMPACTAÇÃO" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 16/11/2011



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
STARLING, C. A.. Participação em banca de Aline Cavalcante Andrade.Determinação de Indicadores de Desempenho para Avaliar Produção de Bebidas: Um Estudo de Caso. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

2.
STARLING, C. A.. Participação em banca de Elisa Costa Borges Santos.Estudo Comparativo Entre Água de Coco In Natura e Processada nos Aspectos Microbiológicos, Fisico-químicos e Sensoriais. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

3.
STARLING, C. A.. Participação em banca de joyce Maria de Souza.Redução dos Custos Operacionais do Processo de Higienização Através da Instalação de Uma Central de Diluição e Implementação de Controles de Uso. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

4.
STARLING, C. A.. Participação em banca de Paulo Eduardo Pereira.importância da Logística para a Indústria de Alimentos. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

5.
STARLING, C. A.; GALERA, J.S.. Participação em banca de Cejana Lopes Espíndola.Abate humanitário em indústria de aves. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

6.
STARLING, C. A.; GALERA, J.S.. Participação em banca de Stephanie Souza.Avaliação do processamento de produção de lasanha congelada: estudo de caso na Perdigão S.A.. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

7.
STARLING, C. A.; GALERA, J.S.. Participação em banca de Nicole dos Reis Pereira.REvisão bibliográfica das Boas Práticas de Fabricação. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

8.
STARLING, C. A.; GALERA, J.S.. Participação em banca de Faidro H. Coelho.Iogurte natural orgãnico. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Innovation Management. 2015. (Oficina).

2.
IX Erinco- Encontro Regional de Incubadoras do Centro-oeste. 2014. (Outra).

3.
Fórum de Inovação, Design e Empreendedorismo. 2013. (Outra).

4.
Grand Prix SENAI de Inovação 2013. Participação no back office do Grand Prix SENAI de Inovação 2013. 2013. (Olimpíada).

5.
Grand Prix SENAI de Inovação 2013. Avaliação das equipes participantes do Grand Prix SENAI de Inovação. 2013. (Olimpíada).

6.
10º SLACA - Simpósio Latino Americano de Ciência e Tecnologia de Alimentos. 2012. (Simpósio).

7.
Fórum Brasileiro sobre segurança dos alimentos. 2011. (Outra).

8.
3º Congresso Internacional de Inovação. 2010. (Congresso).

9.
4° Simpósio Internacional de inovação e Competitividade. 2010. (Simpósio).

10.
FFATIA. 2010. (Outra).

11.
VII Encontro Nacional da Inovação Tecnológica. 2008. (Encontro).

12.
2º Congresso Brasileiro de Inovação na Indústria. 2007. (Congresso).

13.
VII Semana de Engenharia de Alimentos PUC-GO. 2004. (Outra).

14.
4º Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos. 2001. (Simpósio).

15.
19º Semana de Engenharia de Alimentos UNICAMP-SP. 2000. (Congresso).

16.
52ª Reunião anual - Sociedade Brasileira para o progresso da Ciência. 2000. (Outra).

17.
III Encontro Nacional de estudantes de Engenharia de Alimentos. 1999. (Encontro).

18.
VII SEmana de Engenharia de Alimentos -PUC-GO. 1999. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
STARLING, C. A.; CARVALHO, A. A. ; SIQUEIRA, K. F. ; ARAUJO, F. I. R. O. . 1º Workshop do Instituto SENAI de Tecnologia Alimentos e Bebidas: Desafios e oportunidades para a indústria de alimentos: Qualidade, Inovação e Indústria 4.0. 2017. (Outro).

2.
STARLING, C. A.; CARVALHO, A. A. ; ARAUJO, F. I. R. O. ; SIQUEIRA, K. F. . Inauguração do Instituto SENAI de Tecnologia Alimentos e Bebidas. 2017. (Outro).

3.
STARLING, C. A.. II Semana de Engenharia de Alimentos- Marketing na indústria de alimentos. 1999. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Rachel de Magalhães Damião. Aplicação do sistema de análises de perigos e pontos críticos de controle (APPCC). 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Orientador: Christiane Almeida Starling.

2.
Graziella Lobo Montalvão. Isolamento e caracterização de Enterobactérias Endofíticas isoladas do tomate proveniente do cultivo orgânico e convencional. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Orientador: Christiane Almeida Starling.

3.
Adriana Ferreira G. de Pina. Histórico da soja, inovações no mercado de produtos a base de soja e análise e apelos nos rótulos das embalagens. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Orientador: Christiane Almeida Starling.

4.
Natália de Souza Résio. Desidratação osmótica de morango seguida de secagem em estufa a vácuo. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Orientador: Christiane Almeida Starling.



Inovação



Patente
1.
 STARLING, C. A.; CALIARI, M. ; SOARES JUNIOR, M. S. . 'Processo acelerado de produção do amido de mandioca fermentado. 2011, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI11072180, título: "'Processo acelerado de produção do amido de mandioca fermentado" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 07/12/2011

2.
 MARTINS, B. A. ; STARLING, C. A. . PROCESSO PARA FABRICAÇÃO DE GELADO COMESTÍVEL COM POLPA DE BARU E GELADO COMESTÍVEL COM POLPA DE BARU. 2010, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI10049932, título: "PROCESSO PARA FABRICAÇÃO DE GELADO COMESTÍVEL COM POLPA DE BARU E GELADO COMESTÍVEL COM POLPA DE BARU" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 08/11/2010

3.
 STARLING, C. A.. COMPOSIÇÃO DE BARRA DE FRUTAS DESIDRATADAS INTEIRAS COM RECHEIO A BASE DE GRANOLA COM GRÃOS DE SOJA TOSTADA E LINHAÇA OBTIDA PELO PROCESSO DE COMPACTAÇÃO. 2011, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI11054832, título: "COMPOSIÇÃO DE BARRA DE FRUTAS DESIDRATADAS INTEIRAS COM RECHEIO A BASE DE GRANOLA COM GRÃOS DE SOJA TOSTADA E LINHAÇA OBTIDA PELO PROCESSO DE COMPACTAÇÃO" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 16/11/2011

4.
 Processo para obtenção de preparo para uso em composto alimentar em pó para preparo de bebida a base de extrato de soja adicionado de fitoesteróis. 2010, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI10057099, título: "Processo para obtenção de preparo para uso em composto alimentar em pó para preparo de bebida a base de extrato de soja adicionado de fitoesteróis" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 07/12/2010


Produto tecnológico
1.
STARLING, C. A.. Farinha de feijão e respectivo processo de preparo. 2012.


Projeto de desenvolvimento tecnológico


Educação e Popularização de C & T



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
STARLING, C. A.; CARVALHO, A. A. ; SIQUEIRA, K. F. ; ARAUJO, F. I. R. O. . 1º Workshop do Instituto SENAI de Tecnologia Alimentos e Bebidas: Desafios e oportunidades para a indústria de alimentos: Qualidade, Inovação e Indústria 4.0. 2017. (Outro).

2.
STARLING, C. A.; CARVALHO, A. A. ; ARAUJO, F. I. R. O. ; SIQUEIRA, K. F. . Inauguração do Instituto SENAI de Tecnologia Alimentos e Bebidas. 2017. (Outro).



Outras informações relevantes


Participação nos programas do SENAI DR-GO de desenvolvimento em:
Boas práticas de fabricação 2002 (duração: 20 horas)
Controle estatístico de processo 2002 (duração: 24 horas)
Aplicação da NBR/ISO 17025 IEC em laboratórios 2001 (duração: 24 horas)
Elaboração e implantação de planos de análise APPCC_- Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle 2001 (duração: 40 horas)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/11/2018 às 16:52:43