Antônio Jorge Suzart Argôlo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7471408974598135
  • Última atualização do currículo em 14/03/2018


Possui graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas (1989) e mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente (2001), ambos pela Universidade Estadual de Santa Cruz, e doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia) (2009) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro / Museu Nacional. Atualmente é professor adjunto da Universidade Estadual de Santa Cruz e curador do acervo herpetológico do Museu de Zoologia da instituição. Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Herpetologia, atuando principalmente nos seguintes temas: história natural e distribuição geográfica de serpentes, espécies ameaçadas e epidemiologia do ofidismo. Atua em extensão desde 1986, difundindo noções sobre biologia e conservação de serpentes e prevenção do acidente ofídico. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Antônio Jorge Suzart Argôlo
Nome em citações bibliográficas
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual de Santa Cruz, Departamento de Ciências Biológicas.
Rodovia Jorge Amado, Km 16
Salobrinho
45662-900 - Ilheus, BA - Brasil
Telefone: (73) 36805185
Fax: (73) 36805226
URL da Homepage: http://uescba.com.br


Formação acadêmica/titulação


2005 - 2009
Doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Composição faunística e distribuição geográfica de serpentes na Mata Atlântica do sul da Bahia, Brasil, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Ulisses Caramaschi.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Serpentes; Distribuição geográfica; Gradiente altitudinal; Gradiente latitudinal.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Outros.
1998 - 2001
Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente.
Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.
Título: Os cacauais e a conservação da ofiofauna no sudeste da Bahia, Brasil,Ano de Obtenção: 2001.
Orientador: Paulo dos Santos Terra.
Palavras-chave: Theobroma cacao; Ofiofauna; Conservação; Sudeste da Bahia.
Grande área: Ciências Biológicas
1990 - 1992
Especialização em I Curso de Desenvolvimento e Gestão Ambiental Regi.
Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.
1983 - 1989
Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas.
Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.




Atuação Profissional



Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Assessor Ad hoc, Enquadramento Funcional: Assessor Ad hoc
Outras informações
Parecerista do segundo relatório de doutorado do aluno Francisco Humberto Dal Vechio Filho, autor do projeto "Filogenia e revisão sistemática das espécies de Bothrops do grupo jararacussu (Squamata, Viperidae, Crotalinae) e filogeografia de B. jararacussu Lacerda, 1884, com teste de hipóteses biogeográficas para a existência de contato florestal pretérito Amazônia-Mata Atlântica, utilizando crotalíneos como modelo". Processo 2014/24431-3

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Assessor Ad hoc, Enquadramento Funcional: Assessor Ad hoc
Outras informações
Parecerista do primeiro relatório de doutorado do estudante Francisco Humberto Dal Vechio Filho, autor do projeto "Filogenia e revisão sistemática das espécies de Bothrops do grupo jararacussu (Squamata, Viperidae, Crotalinae) e filogeografia de B. jararacussu Lacerda, 1884, com teste de hipóteses biogeográficas para a existência de contato florestal pretérito Amazônia-Mata Atlântica, utilizando crotalíneos como modelo". Processo 2014/24431-3

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Assessor Ad hoc, Enquadramento Funcional: Assessor Ad hoc
Outras informações
Parecerista para concessão de bolsa de doutoramento para o estudante Francisco Humberto Dal Vechio Filho, autor do projeto "Filogenia e revisão sistemática das espécies de Bothrops do grupo jararacussu (Squamata, Viperidae, Crotalinae) e filogeografia de B. jararacussu Lacerda, 1884, com teste de hipóteses biogeográficas para a existência de contato florestal pretérito Amazônia-Mata Atlântica, utilizando crotalíneos como modelo" Processo 2014/24431-3.


Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Avaliador de 4 trabalhos durante o 2 Seminário de Ensino, Extensão, Inovação, Pesquisa e Pós-Graduação 21 Seminário de Iniciação Científica - Integridade da produção e na socialização do Conhecimento.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Avaliador de 2 trabalhos durante o I Seminário de Ensino, Extensão, Inovação, Pesquisa e Pós Graduação e 20 Seminário de Iniciação Científica.

Vínculo institucional

1999 - 2010
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1996 - 1999
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar, Carga horária: 20

Atividades

05/2002 - Atual
Extensão universitária , Departamento de Ciências Biológicas, .

Atividade de extensão realizada
Projeto: Prevenção de acidentes e conservação da natureza: ações com enfoque em serpentes e morcegos..
5/1996 - Atual
Ensino, Bacharelado Em Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Zoologia de Vertebrados I

Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira, CEPLAC, Brasil.
Vínculo institucional

1976 - 1999
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Técnico Agrícola, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1976 - 1999
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Técnico Agrícola, Carga horária: 40

Atividades

4/1986 - 9/1999
Outras atividades técnico-científicas , Setor de Recursos Ambientais, Setor de Recursos Ambientais.

Atividade realizada
Educação ambiental e sanitária sobre serpentes.
3/1986 - 9/1999
Pesquisa e desenvolvimento , Setor de Recursos Ambientais, Setor de Recursos Ambientais.

1/1978 - 1/1986
Serviços técnicos especializados , Setor de Recursos Ambientais, Setor de Recursos Ambientais.

Serviço realizado
Apoio operacional a pesquisa zootécnica.

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, ICMBio, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador
Outras informações
Avaliador, durante a II Oficina de Avaliação do Estado de Conservação das Serpentes do Brasil.



Linhas de pesquisa


1.
Estudos sobre distribuição geográfica e história natural de serpentes


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Activity Pattern and Habitat Correlates of the Atlantic Bushmaster (Surucucú da Mata Atlantica) and the Piraja's Lancehead (Jaracuçu-tapete)
Descrição: Taxocenoses de serpentes de áreas tropicais da América do Sul revelaram picos de atividade durante a estação chuvosa e mais quente. A atividade é frequentemente medida utilizando padrões de movimento e, portanto, taxas de captura podem ser divididos em diferentes atividades, tais como reprodução, forrageamento e termorregulação. A dificuldade de separar todos estes comportamentos pode ser a razão pela qual vários estudos usam a atividade como um conceito mais amplo, baseado em encontros visuais durante levantamentos, taxas de captura utilizando armadilhas de queda com cercas guia ou mesmo material depositado em coleções de museus. Enquanto algumas cobras venenosas distribuídas no Sudeste do Brasil, principalmente nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, já foram estudadas quanto aos padrões de atividade não há dados disponíveis para cobras distribuídas pelo Nordeste do Brasil. Neste projeto pretende-se estudar os padrões de ativiudade de duas cobras peçonhentas: A Jaracuçu-tapete, Bothrops pirajai, endêmicas da Mata Atlântica do sul da Bahia e a Surucucú-pico-de-jaca Lachesis muta, distribuída pela América do Norte chegando no Sul aos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais. Trabalhos de campo serão realizadas na Reserva Biológica de Una, Reserva Ecológica da Michelin e Parque Estadual do Conduru. Usaremos encontros visuais ao longo de transectos lineares para procurar as cobras. Coletaremos uma série de co-variáveis ambientais ao longo de cada transecto, tais como o número de potenciais refúgios, número de árvores com sapopemas, espécies de serpentes presentes, temperatura, umidade relativa, e as condições climáticas atuais. Além disso data logger de temperatura e luminosidade serão colocados nos locais onde as cobras serão encontradas. Dos animais capturados selecionaremos 2-5 exemplares de cada sexo para aplicação de um radiotransmissor sensível à temperatura e, assim poder monitorar a atividade cobras. As cobras serão monitorados durante um ano. Nosso projeto irá revelar pela primeira vez os padrões de duas cobras venenosas que apesar de serem raras ainda causam acidentes nas plantações de cacau localizadas dentro de sua faixa de distribuição..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Antônio Jorge Suzart Argôlo - Integrante / Mirco Solé - Coordenador / Tadeu Teixeira Medeiros - Integrante / Konrad Mebert - Integrante.
2014 - Atual
História natural de serpentes do acervo Museu de Zoologia da Universidade Estadual de Santa Cruz.
Descrição: O projeto visa caracterizar aspectos fundamentais da história natural e ecologia das espécies de serpentes conservadas na coleção herpetológica intitulada Museu de Zoologia da Universidade Estadual de Santa Cruz (MZUESC). Estudos envolvendo aspectos como distribuição geográfica, dieta e reprodução são essenciais para o conhecimento da biologia das serpentes e constituem subsídios importantes para avaliar o status de conservação das espécies e fundamentar planos de manejo e proteção para táxons ameaçados. Eles também são de reconhecida importância para a compreensão da dinâmica das populações desses animais nas regiões e podem contribuir para campanhas contra o ofidismo. A coleção herpetológica da UESC contém cerca de 19.000 exemplares de serpentes de diversas espécies, muitas das quais ainda muito pouco conhecidas e estudadas no tocante a vários aspectos da biologia. Através do exame dos exemplares conservados no acervo serão feitas análises da distribuição geográfica, dieta e dos aspectos reprodutivos. Além do interesse para a conservação e a epidemiologia, esses resultados ajudarão a compor um valioso banco de dados sobre a biodiversidade do Estado da Bahia e de um dos mais ricos segmentos da Mata Atlântica em termos biológicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Antônio Jorge Suzart Argôlo - Coordenador / Leildo Machado Carilo Filho - Integrante / Daniel Grundmann Nascimento - Integrante.
2010 - Atual
Caracterização proteíca e prospecção de peptídeos de interesse farmacológico e biotecnológico das peçonhas de Bothrops leucurus e B. bilineata da região sul da Bahia
Descrição: O presente projeto visa gerar informações acerca das proteínas e peptídeos das peçonhas das serpentes Bothrops leucurus (jararaca-do-rabo-branco) e B. bilineata, espécies ainda pouco estudadas e que estão relacionadas com acidentes ofídicos sendo de distribuição frequente no estado da Bahia. Neste projeto serão utilizadas técnicas de purificação de proteínas e peptídeos, eletroforese bi-dimensional e espectrometria de massas e ensaios de atividades biológicas. O presente estudo fornecerá dados que permitirão aprimorar o conhecimento dos constituintes dos protéicos e peptídicos das peçonhas de B. leucurus e B.bilineata, que podem apresentar potencial para uso farmacológico e/ou terapêutico..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Antônio Jorge Suzart Argôlo - Integrante / Jeison Saturnino de Oliveira - Integrante / Fátima Cerqueira Alvim - Integrante / Renato Fontana - Integrante / Jerônimo Pereira de França - Integrante / Carla Cristina Romano - Integrante / Helena Costa - Coordenador.Financiador(es): Universidade Estadual de Santa Cruz - Auxílio financeiro.
2002 - 2004
Biota das Florestas do Planalto de Conquista, Sudoeste da Bahia
Descrição: A Bahia abriga diversos tipos de fisionomias florestais cuja diversidade biológica é pouco conhecida. Dentre essas fisionomias incluem-se mata-de-cipó (floresta estacional decidual), mata mesófila (floresta estacional semidecidual) de altitude e mata mesófila de áreas baixas presentes no Planalto de Conquista, Sudoeste da Bahia. Estudos realizados sobre aves, serpentes e formigas resultaram em ampliações de distribuição de espécies e significativo número de espécies novas descritas, demostrando o quanto essas florestas necessitam ser investigadas e protegidas. Na década de 70, as florestas mesófilas já estavam restritas a topos de morros cercadas por pastagens, ocupando apenas 6,7% da área original. Também as matas de cipó, embora ocupassem anteriormente boa parte do planalto, já estavam drasticamente reduzidas a uma área de 965 km² na forma de pequenas manchas. Apesar da situação singular da sua biota e a alta pressão antrópica sobre os remanescente florestais não existem reservas que protejam estas florestas. Com o objetivo de suprir a lacuna de conhecimento biológico e diagnosticar os remanescentes de florestas para embasar e propor diretrizes conservacionistas, seguindo orientações do programa RAP, serão: i. caracterizados os ambientes presentes na paisagem e mapeadas as áreas de florestas; ii. produzida uma base de dados sobre a biota passível de análises comparativas entre os diversos grupos biológicos; e, iii. elaborados documentos técnicos que influenciarão políticas públicas em conservação. Para alcançar os objetivos propostos foram selecionados grupos taxonômicos (árvores, médios e grandes mamíferos terrestres, morcegos, aves, anfíbios, répteis, borboletas e formigas) que serão inventariados em duas sub-regiões, amostrando em cada uma delas as três principais fisionomias florestais: mata de cipó, matas mesófilas de altitude e de áreas baixas, na época seca e chuvosa. O estudo produzirá um valioso conjunto de informações sobre a biodiversidade de uma área s.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Antônio Jorge Suzart Argôlo - Integrante / Binael Soares Santos - Integrante / Sofia Campiolo - Coordenador / José Vicente Ortiz - Integrante / Eduardo Mariano Neto - Integrante / Júlio Ernesto Baumgarten - Integrante / Deborah Maria de Faria - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual de Santa Cruz - Remuneração / Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal - Auxílio financeiro.
1994 - 2002
Estudo da distribuição geográfica das serpentes peçonhentas e epidemiologia do ofidismo no sudeste da Bahia.
Descrição: No Brasil, acidentes humanos por serpentes peçonhentas são bastante comuns, constituindo um notório problema de saúde pública no meio rural. Na Bahia, entre os anos de 1985 e 1987, o ofidismo alcançou os maiores índices de acidentes e o maior número de óbitos do país, enquanto nos dois últimos meses de 1993 conquistou o 1* lugar em acidentes em todo o Nordeste. Entre todas as regiões do estado o Sudeste da Bahia é a mais diversificada quanto aos aspectos naturais, abrigando uma fauna de serpentes peçonhentas complexa e pouco estudada quanto a distribuição e epidemiologia dos acidentes. Além disso, diversos elementos dessa fauna são virtualmente desconhecidos também quanto aos aspectos clínicos dos respectivos envenenamentos. Este projeto pretende ampliar o conhecimento da distribuição geográfica das serpentes peçonhentas na região Sudeste da Bahia e caracterizar quali-quantitativamente os acidentes por elas causados. Ao lado disso, será implementada uma campanha de educação sanitária através de toda a região objetivando a redução do número de acidentes e a conscientização das vítimas potenciais para a condução da serpente para o reconhecimento no hospital, em caso de acidente. Equipes de atendimento dos hospitais serão treinadas para o reconhecimento dos diferentes grupos de serpentes peçonhentas através da sua morfologia e sintomatologia dos envenenamentos. Isso garantirá uma diagnose mais rápida e precisa dos acidentes e um tratamento mais eficaz. Para a análise epidemiológica serão consultados os prontuários relativos aos acidentes ofídicos e realizadas entrevistas com os acidentados visando a caracterizar a estrutura epidemiológica desse tipo de agravo no local. Serão especialmente pesquisados nos aspectos clínicos os acidentes produzidos por Bothrops bilineatus, B. leucurus, B. neuwiedii, B. pirajai, Lachesis muta rhombeata e Micrurus aff. lemniscatus. As informações pertinentes à pesquisa comporão um banco de dados informatizado, o qual representará a base de.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) .
Integrantes: Antônio Jorge Suzart Argôlo - Coordenador / Carlos Vitório de Oliveira - Integrante / Marilene Lopes da Rocha - Integrante.Financiador(es): Centro de Pesquisas do Cacau - Remuneração / Universidade Estadual de Santa Cruz - Remuneração.
Número de produções C, T & A: 25 / Número de orientações: 5


Projetos de extensão


2008 - Atual
Cais Consciência
Descrição: A implantação do Cais Consciência, um Centro (museu) de Ciências e Tecnologia, objetiva a destinar um espaço dedicado à popularização e difusão da ciência, reunindo, atualizando, mantendo e ampliando as experiências e experimentos já utilizados com sucesso nas exposições itinerantes pelo interior do estado da Bahia através da versão baiana do Ciência Móvel, o Caminhão Com Ciência, que terá no Cais seu ponto de apoio. Com acesso a internet, realizará simulações computacionais de experimentos e organizará treinamentos em uso de informática e internet, preferencialmente de maneira informal. Oficinas temáticas nas áreas de biologia, química, física e matemática serão organizadas nos espaços do laboratório multi-uso e nos outros espaços do CAIS. Realizará oficinas para treinamento experimental de professores de escolas da região focando preferencialmente a elaboração e confecção de experimentos com material de baixo custo e, ou de fácil acesso..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2005 - Atual
Caminhão com Ciência
Descrição: Este Projeto tem como proposta realizar exposições com experimentos e atividades de Matemática, Física, Química e Biologia para o público das escolas de Ensino Fundamental e Médio da região de atuação da UESC, bem como para o público em geral. Seus objetivos são contribuir para o processo de inserção social dos cidadãos que vivem nas comunidades da região através da alfabetização em ciência e da desmistificação do conhecimento científico, criando oportunidades para os alunos das escolas da região realizarem experimentos e observações através da concepção de experimentos com equipamentos de baixo custo que podem ser reinventados ou planejados por eles mesmos; incentivar a prática experimental nas atividades escolares, motivando os profissionais da educação a planejarem e realizarem experimentos com seus alunos; difundir saberes, metodologia e técnicas que possibilitem a melhoria das condições de saúde e sócio-econômica das comunidades. Os experimentos são montados num caminhão que viaja para cada cidade ou comunidade alvo tendo sido previamente estabelecido um contato e agendamento..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2003 - Atual
Prevenção de acidentes e conservação da natureza: ações com enfoque em serpentes e morcegos
Descrição: A Bahia constitui umas das áreas de maior valor biológico da Mata Atlântica, com elevados índices de biodiversidade e diversos elementos endêmicos e sob constante ameaça. Em especial, os animais peçonhentos e aqueles transmissores de doenças sofrem forte pressão das populações humanas locais. Não obstante o perigo potencial que representam, um conjunto de mitos e lendas distorce a realidade dos fatos, multiplicando o verdadeiro risco que representam. Por outro lado, pouco se tem esclarecido ao homem do campo sobre a freqüência, a biologia, o comportamento e a importância desses animais para os sistemas naturais. O desconhecimento desses aspectos dificulta a adoção de medidas efetivas de prevenção de acidentes e contribuem para a perseguição e destruição desenfreada dos mesmos. A presente proposta pretende consolidar nas comunidades trabalhadas uma visão mais racional acerca desses organismos, com a prevenção eficaz dos agravos sem comprometer o equilíbrio das suas populações..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Antônio Jorge Suzart Argôlo - Coordenador / Miríades Augusto da Silva - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual de Santa Cruz - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 22 / Número de orientações: 2


Revisor de projeto de fomento


2016 - 2016
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: História Natural/Especialidade: Herpetologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Taxonomia dos Grupos Recentes/Especialidade: Ofiologia.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Zoogeografia.


Idiomas


Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2005
Pêmio Bahia Ambiental, categoria Idéia Sustentável, sub-categoria Pesquisa Acadêmica, Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MIRA-MENDES, C. V.2017MIRA-MENDES, C. V. ; RIOS, C. H. V. ; MARTINS, R. A. ; MEDEIROS, T. ; SOLÉ, M. ; ARGOLO, A. J. S. . A case of albinism in Amerotyphlops brongersmianus (Vanzolini, 1976) (Serpentes: Typhlopidae) from southern Bahia, northeaestern Brazil. Herpetology Notes, v. 10, p. 131-132, 2017.

2.
DIAS, IURI RIBEIRO2017DIAS, IURI RIBEIRO ; HADDAD, CÉLIO FERNANDO BAPTISTA ; ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART ; ORRICO, VICTOR GOYANNES DILL . The 100th: An appealing new species of Dendropsophus (Amphibia: Anura: Hylidae) from northeastern Brazil. Plos One, v. 12, p. e0171678, 2017.

3.
MOURA, MARIO R.2017MOURA, MARIO R. ; ARGÔLO, ANTÔNIO J. ; COSTA, HENRIQUE C. . Historical and contemporary correlates of snake biogeographical subregions in the Atlantic Forest hotspot. Journal of Biogeography (Print), v. 44, p. 640-650, 2017.

4.
CARILO FILHO, L. M.2017CARILO FILHO, L. M. ; NASCIMENTO, D. G. ; ARGÔLO, A. J. S. . Death of Oxyrhopus petolarius (Linnaeus, 1758) (Serpentes: Dipsadidae) after an unsuccessful predation event on Tropidurus torquatus (Wied-Neuwied, 1820) (Sauria: Tropiduridae). Zoologische Mededelingen, v. 10, p. 71, 2017.

5.
CARILO FILHO, L. M.2017CARILO FILHO, L. M. ; MEDEIROS, T. T. ; SENA, M. ; ARGÔLO, A. J. S. . Enyalius catenatus (Wied?s Fat-headed Anole). Clutch size and hatchling size. Herpetological Review, v. 1, p. 188-189, 2017.

6.
MOURA, MARIO R.2017MOURA, MARIO R. ; COSTA, HENRIQUE C. ; ARGÔLO, ANTÔNIO J. S. ; JETZ, WALTER . Environmental constraints on the compositional and phylogenetic beta-diversity of tropical forest snake assemblages. JOURNAL OF ANIMAL ECOLOGY, v. 86, p. 1192-1204, 2017.

7.
VECHIO, FRANCISCO DAL2016VECHIO, FRANCISCO DAL ; TEIXEIRA, MAURO ; SENA, MARCELO ; ARGÔLO, ANTÔNIO ; GARCIA, CAROLINE ; RODRIGUES, MIGUEL TREFAUT . Taxonomic Status and the Phylogenetic Placement of Amphisbaena leucocephala Peters, 1878 (Squamata, Amphisbaenidae). South American Journal of Herpetology, v. 11, p. 157-175, 2016.

8.
ALVES, FÁTIMA Q.2014ALVES, FÁTIMA Q. ; ARGÔLO, ANTÔNIO J. S. ; CARVALHO, GILSON C. . Reproductive biology of the bushmaster Lachesis muta (Serpentes: Viperidae) in the Brazilian Atlantic Forest. Phyllomedusa : Journal of Herpetology (Piracicaba), v. 13, p. 99, 2014.

9.
DE FREITAS, MARCO ANTONIO2014DE FREITAS, MARCO ANTONIO ; ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART ; GONNER, CATHERINE ; VERISSIMO, DIOGO . Biology and conservation status of Piraja?s Lancehead Snake Bothrops pirajai Amaral, 1923 (Serpentes: Viperidae), Brazil. Journal of Threatened Taxa, v. 6, p. 6326-6334, 2014.

10.
ALVES, Fátima Queiroz2014ALVES, Fátima Queiroz ; JESUS, JULIANA ALVES DE ; ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART . Postura de folículos vitelogênicos em cativeiro por serpentes Bothrops (Serpentes, Viperidae). Biotemas (UFSC), v. 27, p. 213, 2014.

11.
ARGÔLO, A. J. S.2012ARGÔLO, A. J. S.; DIAS, I. R. ; DE JESUS, J. A. ; MEDEIROS, T. T. . Oxyrhopus formosus. Elevation. Herpetological Review, v. 43, p. 150-150, 2012.

12.
CURCIO, F. F.2012CURCIO, F. F. ; NUNES, P. M. S. ; ARGÔLO, A. J. S. ; SKUK, G. ; RODRIGUES, M. T. . Taxonomy of the South American Dwarf Boas of the Genus Tropidophis Bibron, 1840, With the Description of Two New Species from the Atlantic Forest (Serpentes: Tropidophiidae). Herpetological Monographs, v. 1, p. 80-121, 2012.

13.
ARGÔLO, A. J. S.2012ARGÔLO, A. J. S.. Natural History - Thmanodynastes sertanejo. Habitat. Herpetological Review, v. 43, p. 662-662, 2012.

14.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2011ARGÔLO, A. J. S.; DE JESUS, J. A. ; VILA NOVA, M. F. ; COSTA, C. A. S. . Atractus potschi. Geographic Distribution.. Herpetological Review, v. 42, p. 391, 2011.

15.
DELABIE, J. H. C.2011DELABIE, J. H. C. ; ARGÔLO, A. J. S. ; JAHYNY, B. ; CASSANO, C. R. ; JARED, C. ; MARIANO, C. S. F. ; FARIA, D. M. ; SCROTH, G. ; OLIVEIRA, L. C. ; BEDE, L. C. ; MOURA, R. T. ; LACAU, S. ; ROCHA, W. D. . Paisagem cacaueira no sudeste da Bahia: desafios e oportunidades para a conservação da diversidade animal no século XXI.. Agrotrópica (Itabuna), v. 23, p. 107-114, 2011.

16.
MEDEIROS, T. T.2011MEDEIROS, T. T. ; DIAS, I. R. ; NOVA, M. F. V. ; ARGÔLO, A. J. S. . Geographic distribution: Oxyrhopus clathratus. Herpetological Review, v. 41, p. 517-517, 2011.

17.
FERNANDES, D. S.2010FERNANDES, D. S. ; MARQUES, O. A. V. ; ARGÔLO, A. J. S. . A new species of Dipsas Laurenti from the Atlantic Forest of Brazil (Serpentes: Dipsadidae). Zootaxa (Online), v. 2691, p. 57-66, 2010.

18.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2008ARGÔLO, A. J. S.; DE JESUS, J. A. . Echinanthera cephalostriata (NCN). Geographic Distribution. Herpetological Review. Herpetological Review, v. 1, p. 111-111, 2008.

19.
FREIRE, Eliza Maria Xavier2007 FREIRE, Eliza Maria Xavier ; CARAMASCHI, Ulisses ; ARGÔLO, A. J. S. . A new species of Liotyphlops (Serpentes: Anomalepididae) from the Atlantic Rain Forest of Northeastern Brazil. Zootaxa (Online), Nova Zelândia, v. 1393, p. 19-26, 2007.

20.
RODRIGUES, M. T.2007 RODRIGUES, M. T. ; PELLEGRINO, K. C. M. ; Dixo, M. ; VERDADE, V. K. ; Pavan, D. ; ARGÔLO, A. J. S. ; SITES, J. W. . A new genus of microteiid lizard from the Atlantic Forests of state of Bahia, Brazil, with a new generic name for Colobosaura mentalis, and a discussion of relationships among the Heterodactylini (Squamata, Gymnophthalmidae).. American Museum Novitates, v. 3565, p. 1-27, 2007.

21.
ALVES, Fátima Queiroz2005ALVES, Fátima Queiroz ; ARGÔLO, A. J. S. ; JIM, Jorge . Biologia reprodutiva de Dipsas neivai Amaral e D. catesbyi (Sentzen) (Serpentes, Colubridae) no sudeste da Bahia, Brasil. Revista Brasileira de Zoologia, Curitiba, v. 22, n.3, p. 573-579, 2005.

22.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2005ARGÔLO, A. J. S.. Hyophryne histrio (Bahia Yellow Frog). Geographic distribution.. Herpetological Review, v. 2, p. 199-199, 2005.

23.
SANTOS, T. F.2004SANTOS, T. F. ; FREITAS, M. A. ; ARGÔLO, A. J. S. . Hyalinobatrachium eurygnathum. Geographic Distribution. Herpetological Review. Herpetological Review, v. 3, p. 281-281, 2004.

24.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2004ARGÔLO, A. J. S.. Drymoluber brazili. Geographic Distribution.. Herpetological Review, v. 35 (2), p. 191-191, 2004.

25.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2003ARGÔLO, A. J. S.. Lachesis muta rhombeata Wied, 1825 (Serpentes, Viperidae): defense behavior and snakebite risk. Herpetological Review, USA, v. 34, n.3, p. 210-211, 2003.

26.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2003ARGÔLO, A. J. S.; ALVES, Fátima Queiroz . Dipsas indica indica. Geographic distribution. Herpetological Review. Herpetological Review, v. 4, p. 176-176, 2003.

27.
ALVES, Fátima Queiroz2003ALVES, Fátima Queiroz ; ARGÔLO, A. J. S. . Dipsas catesbyi (Catesby's Snail-eater). Prey. Natural History Notes.. Herpetological Review, v. 34(4), p. 373-374, 2003.

28.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2002ARGÔLO, A. J. S.; FREITAS, M. A. . Hydromedusa maximiliani. Geographic distribution. Herpetological Review. Herpetological Review, v. 2, p. 150-150, 2002.

29.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2002ARGÔLO, A. J. S.. Lystrophis nattereri. Geographic distribution. Herpetological Review. Herpetological Review, v. 2, p. 150-150, 2002.

30.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2002ARGÔLO, A. J. S.; FREITAS, M. A. . Philodryas aestivus (Common Green Racer). Geographic distribution. Herpethological Review. Herpetological Review, v. 3, p. 229-229, 2002.

31.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2001ARGÔLO, A. J. S.. Oxyrhopus clathratus. Geographic distribution. Herpethological Review. Herpetological Review, v. 1, p. 61-61, 2001.

32.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2001ARGÔLO, A. J. S.. Uromacerina ricardinii. Geographic distribution. Herpethological Review. Herpetological Review, v. 3, p. 196-197, 2001.

33.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2000ARGÔLO, A. J. S.; FREITAS, M. A. . Oxyrhopus rhombifer rhombifer. Geographic distribution. Herpethological Review.. Herpetological Review, v. 1, p. 57-57, 2000.

34.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2000ARGÔLO, A. J. S.. Aparasphenodon brunoi. Geographic distribution. Herpethological Review.. Herpetological Review, v. 2, p. 108-108, 2000.

35.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO2000ARGÔLO, A. J. S.. Hyla anceps. Geographic distribution. Herpethological Review.. Herpetological Review, v. 2, p. 109-109, 2000.

36.
FERNANDES, R.1999FERNANDES, R. ; ARGÔLO, A. J. S. . Rediscovery of Atractus guentheri (Wucherer, 1861) (Serpentes, Colubridae) in southeastern Bahia, Brazil.. Boletim do Museu Nacional. Zoologia, Rio de Janeiro, n.397, p. 1-5, 1999.

37.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO1999ARGÔLO, A. J. S.. Liophis maryellenae. Geographic Distribution. Herpethological Review.. Herpetological Review, v. 30 (1), p. 54-54, 1999.

38.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO1999ARGÔLO, A. J. S.. Tropidodryas serra. Geographic Distribution. Herpethological Review.. Herpetological Review, v. 30 (1), p. 55-56, 1999.

39.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO1999ARGÔLO, A. J. S.. Tropidodryas striaticeps. Geographic Distribution. Herpethological Review.. Herpetological Review, v. 30 (1), p. 56-56, 1999.

40.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO1999ARGÔLO, A. J. S.. Xenodon neuwiedi. Geographic Distribution. Herpethological Review.. Herpetological Review, v. 30 (1), p. 56-56, 1999.

41.
ALVES, Fátima Queiroz1998ALVES, Fátima Queiroz ; ARGÔLO, A. J. S. . Dipsas indica petersi. Geographic Distribution. Herpetological Review.. Herpetological Review, v. 29 (3), p. 176-176, 1998.

42.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO1998ARGÔLO, A. J. S.. Chironius quadricarinatus quadricarinatus. Geographic Distribution Herpethological Review.. Herpetological Review, v. 29 (3), p. 175-175, 1998.

43.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO1998ARGÔLO, A. J. S.. Simophis rhinostoma. Geographic Distribution. Herpethological Review.. Herpetological Review, v. 29 (3), p. 179-179, 1998.

44.
ARGÔLO, A. J. S.;ARGOLO, A. J. S.;ARGÔLO, ANTÔNIO J. S.;ARGÔLO, ANTONIO JORGE SUZART;ARGÔLO, ANTÔNIO JORGE SUZART;ARGÔLO, A. J.;ARGÔLO, ANTÔNIO J.;ARGÔLO, ANTÔNIO1998ARGÔLO, A. J. S.. Echinanthera affinis. Geographic Distribution. Herpethological Review.. Herpetological Review, v. 29 (3), p. 176-176, 1998.

45.
SAZIMA, I.1994SAZIMA, I. ; ARGÔLO, A. J. S. . Siphlophis pulcher (NCN). Prey. Natural History Notes. Herpethological Review.. Herpetological Review, v. 25 (3), p. 126-126, 1994.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ARGÔLO, A. J. S.. As serpentes dos cacauais do sudeste da Bahia. Ilhéus: Editus, 2004. v. 1. 260p .

Capítulos de livros publicados
1.
ALMEIDA, A. P. ; GASPARINI, J. L. ; ABE, A. S. ; ARGÔLO, A. J. S. ; BAPTISTOTTE, C. ; FERNANDES, R. ; VAN SLUYS, M. . Os répteis ameaçados de extinção no Estado do Espírito Santo. In: Passamani, M; Mendes, S. L.. (Org.). Espécies da fauna ameaçadas de extinção no Estado do Espírito Santo. Vitória: , 2007, v. , p. 65-74.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ARGÔLO, A. J. S.. A surucucu-pico-de-jaca Lachesis muta rhombeata. Agora Meio Ambiente, Itabuna, 20 jan. 2003.

2.
ENCARNAÇÃO, A. M. V. ; ARGÔLO, A. J. S. ; SANTOS, B. S. . Em risco de extinção. Ciência Hoje, Rio de Janeiro, , v. 22, p. 54 - 54, 01 ago. 1997.

3.
ARGÔLO, A. J. S.. As serpentes e o veneno de cada uma. A tarde, Salvador, p. 12 - 12, 16 dez. 1993.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ARGÔLO, A. J. S.; ALVES, F. Q. . Dieta da falsa-coral Oxyrhopus petola (Linnaeus, 1758) (Serpentes, Pseudoboini). In: XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia, 2012, Salvador. Resumos do XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Zoologia, 2012. v. XXIX.

2.
ALVES, F. Q. ; DE JESUS, J. A. ; ARGOLO, D. O. ; ARGÔLO, A. J. S. . Morfometria e dimorfismo sexual em uma população de Oxyrhopus guibei Hoge & Romano, 1978 (Serpentes, Pseudoboini) no sul da Bahia. In: XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia, 2012, Salvador. Resumos do XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Zoologia, 2012. v. XXIX.

3.
HUDSON, A. A. ; VIEIRA, T. Q. ; FREITAS, M. A. ; DE JESUS, J. A. ; ARGÔLO, A. J. S. . Armadilhas de funil em amostragem ecológica rápida de anurofauna num fragmento da Mata Atlântica. In: Congresso Latinoamericano de Herpetologia, 2011, Curitiba. Resumos do IX Congresso Latinoamericano de Herpetologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Herpetologia, 2011. v. IX.

4.
ALVES, F. Q. ; DE JESUS, J. A. ; ARGÔLO, A. J. S. . Curiosa postura de folículos vitelogênicos em cativeiro por Bothrops leucurus Wagler, 1824, uma serpente vivípara. In: Congresso Latinoamericano de Herpetologia, 2011, Curitiba. Resumos do IX Congresso Latinoamericano de Herpetologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Herpetologia, 2011. v. IX.

5.
ALVES, F. Q. ; ARGÔLO, A. J. S. . Dimorfismo e maturidade sexual em Oxyrhopus petola (Linnaeus, 1758) (Serpentes: Dipsadidae). In: IX Congresso Latinoamericano de Herpetologia, 2011, Curitiba. Resumos do IX Congresso Latinoamericano de Herpetologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Herpetologia, 2011. v. IX.

6.
DE JESUS, J. A. ; ARGÔLO, A. J. S. . Dieta de Botrhops leucurus Wagler, 1824 no sul da Bahia, Brasil (Serpentes: Viperidae). In: Congresso Latinoamericano de Herpetologia, 2011, Curitiba. Resumos do IX Congresso Latinoamericano de Herpetologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Herpetologia, 2011. v. IX.

7.
DE JESUS, J. A. ; MEDEIROS, T. T. ; ARGÔLO, A. J. S. . Folidose das populações de Xenopholis scalaris WUCHERER, 1861 (Serpentes, Colubridae) no sul da Bahia, Brasil. In: Simpósio de Biologia do sul da Bahia, 2008, Ilhéus. Resumos do X Simpósio de Biologia do Sul da Bahia. Ilhéus: Editus, 2008. v. X.

8.
ARGÔLO, A. J. S.. Bothrops pirajai Amaral, 1923 (Serpentes, Viperidae): cópula e gestação em cativeiro.. In: 3 Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2007, Belém. 3 Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2007.

9.
ARGÔLO, A. J. S.; Moura-Leite . Liophis amarali Wettstein, 1930 (Serpentes, Colubridae): hábitat e substrato.. In: 3 Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2007, Belém. 3 Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2007.

10.
FREITAS, M. A. ; SILVA, T. F. S. ; ARGÔLO, A. J. S. ; DE JESUS, J. A. . Ocorrência de quatro espécies de Viperdae sintópicas em Mucugê, Chapada Diamantina, região Central da Bahia. In: Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2007, Belém. Resumos do III Congresso Brasileiro de Herpetologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Herpetologia, 2007. v. III.

11.
ARGÔLO, A. J. S.. Considerações sobre a distribuição geográfica de Bothrops jararacussu Lacerda, 1884 (Serpentes, Viperidae). In: II Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2005, Belo Horizonte. Resumos do II Congresso Brasileiro de Herpetologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Herpetologia, 2005.

12.
ARGÔLO, A. J. S.. Ocorrência e distribuição de Bothrops jararacussu Lacerda, 1884 no Estado da Bahia (Serpentes, Viperidae).. In: XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2002, Itajaí (SC). Livro de Resumos do XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Zoologia, 2002. p. 451.

13.
ARGÔLO, A. J. S.. Registros significativos da ofiofauna em áreas de altitude da Bahia (Squamata: Serpentes).. In: XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2002, Itajaí (SC). Livro de Resumos do XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Zoologia, 2002. p. 451.

14.
ARGÔLO, A. J. S.. Os cacauais e a conservação da ofiofauna no Sudeste da Bahia (Squamata: Serpentes).. In: XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2002, Itajaí (SC). Livro de Resumos do Congresso Brasileiro de Zoologia, 2002. p. 451.

15.
PIROVANI, C. P. ; FÉLIX, V. S. ; GOMES JÚNIOR, R. A. ; SANTOS, S. C. ; PONTES, V. L. ; ARGÔLO, A. J. S. . Production and purification of species-specific antibodies against the venom of Bothrops leucurus, Bothrops bilineatus, Bothrops jararaca and Lachesis muta.. In: XXXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular, 2002, Caxambu. SBBq 2002 Reunião Anual - Programa e Resumos, 2002. p. 192.

16.
ALMEIDA, R. S. ; ARGÔLO, A. J. S. . Distribuição e abundância de serpentes peçonhentas na Região Cacaueira da Bahia, Brasil (Reptilia, Squamata). In: 7 Seminário de Iniciação Científica da UESC, 2001, Ilhéus. Resumos do 7 Seminário de Iniciação Científica da UESC. Ilhéus: EDITUS- Editora da Uesc, 2001. p. 140-141.

17.
OLIVEIRA, W. P. ; ARGÔLO, A. J. S. . Serpentes peçonhentas do Planalto Sulbaiano (Reptilia, Squamata). In: 7 Seminário de Iniciação Científica da Uesc, 2001, Ilhéus. Resumos do 7 Seminário de Iniiciação Científica da Uesc. Ilhéus: EDITUS - Editora da Uesc, 2001. p. 159.

18.
OLIVEIRA, W. P. ; ARGÔLO, A. J. S. . Distribuição geográfica e abundância de Bothrops leucurus e Bothrops jararaca no sudeste da Bahia (Serpentes, Viperidae). In: Seminário Anual de Iniciação Científica da UESC, 2000, Ilhéus. Livro de Resumos do VI Seminário Anual de Iniciação Cientifica da UESC. Ilhéus: EDITUS - Editora da UESC, 2000. p. 128-129.

19.
ALMEIDA, R. S. ; ARGÔLO, A. J. S. . O gênero Micrurus no sudeste da Bahia (Serpentes, Elapidae). In: Seminário Anual de Iniciação Cientifica da UESC, 2000, Ilhéus. Livro de Resumos do VI Seminário de Iniciação Cientifica da UESC. Ilhéus: EDITUS - Editora da UESC, 2000. p. 123.

20.
ARGÔLO, A. J. S.. Lachesis muta rhombeata (Serpentes: Viperidae): comportamento defensivo e risco de acidentes. In: V Congreso Latinoamericano de Herpetología, 1999, Montevideu. Anales del V Congreso Latinoamericano de Herpetología. Montevideu: Museo Nacional de Historia Natural, 1999. p. 30.

21.
ARGÔLO, A. J. S.. Composição faunística e zoogeografia das serpentes do Planalto de Conquista, no Sudeste da Bahia.. In: XXIII Congresso Brasileiro de Zoologia, 1999, Cuiabá (MT). Anais do XXIII Congresso Brasileiro de Zoologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Zoologia, 1999. p. 509.

22.
ARGÔLO, A. J. S.; MORAES, E. P. ; FREITAS, M. A. . Primeiro caso documentado de acidente humano por Bothrops pirajai Amaral, 1923 (Serpentes, Viperidae).. In: XII Encontro de Zoologia do Nordeste, 1999, Feira de Santana. Anais do XII Encontro de Zoologia do Nordeste. Feira de Santana: Sociedade Nordestina de Zoologia, 1999. p. 423.

23.
ALVES, Fátima Queiroz ; ARGÔLO, A. J. S. ; JIM, Jorge . Dimorfismo sexual de tamanho em Dipsas neivai e Dipsas catesbyi (Serpentes, Colubridae) dos cacauais do Sudeste da Bahia.. In: XII Encontro de Zoologia do Nordeste, 1999, Feira de Santana. Anais do XII Encontro de Zoologia do Nordeste. Feira de Santana: Sociedade Nordestina de Zoologia, 1999. p. 419.

24.
PRIMO, C. C. S. ; ARGÔLO, A. J. S. . Acidentes humanos produzidos por Bothriopsis bilineata (Wied, 1825) (Serpentes, Viperidae). In: V Seminário Anual de Iniciação Científica da Uesc, 1999, Ilhéus. Anais do V Seminário Anual de Iniciação Científica da UESC. Ilhéus: EDITUS - Editora da UESC, 1999. p. 74.

25.
ARGÔLO, A. J. S.. Acidentes causados pela surucucu-pico-de-jaca (Lachesis muta rhombeata Wied, 1824): primeiros registros em animal doméstico. In: VI Seminário de Pesquisa da Uesc, 1999, Ilhéus. Anais do VI Seminário de Pesquisa da UESC. Ilhéus: EDITUS - Editora da UESC, 1999. p. 40.

26.
ALVES, Fátima Queiroz ; ARGÔLO, A. J. S. . Notas ecológicas e alimentação em cativeiro de Siphlophis leucocephalus. In: XXII Congresso Brasileiro de Zoologia, 1998, Recife. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Zoologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Zoologia, 1998. p. 278.

27.
ARGÔLO, A. J. S.; MELGAÇO, M. C. M. ; SOUZA, G. C. M. . Persistência de coagulopatia em prováveis acidentes pela surucucu-pico-de-jaca (Lachesis muta rhombeata) no Sudeste da Bahia.. In: XXII Congresso Brasileiro de Zoologia, 1998, Recife. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Zoologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Zoologia, 1998. p. 278.

28.
ALVES, Fátima Queiroz ; ARGÔLO, A. J. S. . Serpentes em disjunção entre a Amazônia e o Sudeste da Bahia. In: Seminário de Pesquisa da Uesc, 1996, Ilhéus. Anais do Seminário de Pesquisa da UESC. Ilhéus: EDITUS - Editora da UESC, 1996.

29.
ARGÔLO, A. J. S.. Bothriopsis bilineata (Serpentes, Viperidae): cópula e reprodução em cativeiro.. In: XXI Congresso Basileiro de Zoologia, 1996, Porto Alegre. Anaias do XXI Congresso Brasileiro de Zoologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Zoologia, 1996. p. 198.

30.
ARGÔLO, A. J. S.; SIQUEIRA, A. B. ; LAVINSCKY, C. A. ; CARVALHO, M. M. ; SOUZA, L. C. ; REHEM, R. A. ; OLIVEIRA, C. V. . Aspectos epidemiológicos dos acidentes ofídicos na região cacaueira da Bahia.. In: XXI Congresso Brasileiro de Zoologia, 1996, Porto Alegre. Anais do XXI Congresso Brasileiro de Zoologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Zoologia, 1996. p. 198.

31.
ARGÔLO, A. J. S.. Serpentes peçonhentas dos cacauais da Bahia: aspectos de interesse sanitário.. In: XX Congresso Brasileiro de Zoologia, 1994, Rio de Janeiro. Anais do XX Congresso Brasileiro de Zoologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Zoologia, 1994. p. 103.

32.
ARGÔLO, A. J. S.; TERRA, P. S. ; ALVES, Fátima Queiroz ; SANTOS, H. J. . Coleção Zoológica Gregório Bondar.. In: II Seminário de Pesquisa na Uesc, 1994, Ilhéus. Anais do II Seminário de Pesquisa na UESC. Ilhéus: Universidade Estadual de Santa Cruz, 1994. p. 29.

33.
ARGÔLO, A. J. S.. Serpentes do Sudeste da Bahia, Basil.. In: III Congresso Latino-Americano de Herpetologia, 1993, Campinas. Anais do III Congresso Latino-Americano de Herpetologia. Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 1993. p. 97.

34.
SILVA, M. M. ; NUNES, T. B. ; ARGÔLO, A. J. S. ; QUEIROZ, I. B. ; CASAIS-E-SILVA, L. L. ; LIRA-DA-SILVA, R. M. ; VALVERDE, C. M. . Distribuição da ofidiofauna no Estado da Bahia, Brasil - I Anomalepididae, Leptotyphlopidae, Boidae e Colubridae.. In: III Congresso Latino-Americano de Herpetologia, 1993, Campinas. Anais do III Congresso Latino-Americano de Herpetologia. Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 1993. p. 154.

35.
SILVA, M. A. ; NUNES, T. B. ; CASAIS-E-SILVA, L. L. ; LIRA-DA-SILVA, R. M. ; ARGÔLO, A. J. S. ; QUEIROZ, I. B. . Distribuição da ofidiofauna no Estado da Bahia, Brasil - II. Viperidae e Elapidae. In: III Congresso Latino-Americano de Herpetologia, 1993, Campinas. Anais do III Congresso Latino-Americano de Herpetologia. Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 1993. p. 155.

36.
SANO-MARTINS, I. ; JARED, C. ; ARGÔLO, A. J. S. . Estudo hematológico de Siphonops annulatus. In: XVII Congresso Brasileiro de Zoologia, 1990, Londrina. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Zoologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Zoologia, 1990. p. 405.

37.
ARGÔLO, A. J. S.. Nota sobre Bothrops pirajai Amaral, 1923 (Serpentes, Viperidae).. In: XVI Congresso Brasileiro de Zoologia, 1989, João Pessoa. Anais do XVI Congresso Brasileiro de Zoologia. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Zoologia, 1989. p. 81.

38.
ARGÔLO, A. J. S.. Considerações preliminares sobre a ofidiofauna do Sul da Bahia.. In: XV Congresso Brasileiro de Zoologia, 1988, Curitiba. Anais do XV Congresso Brasileiro de Zoologia. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Zoologia, 1988. p. 453.

39.
ARGÔLO, A. J. S.. Um caso de eritrismo observado em Corallus enydris enydris (Linnaeus, 1758) (Serpentes, Boidae).. In: XIV Congresso Brasileiro de Zoologia, 1987, Juiz de Fora. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Zoologia, 1987. p. 132.

Artigos aceitos para publicação
1.
CURCIO, F. F. ; NUNES, P. M. S. ; ARGÔLO, A. J. S. ; SKUK, G. ; RODRIGUES, M. T. . Taxonomy of the South American Dwarf Boas of the Genus Tropidophis Bibron, 1840, with the Description of Two New Species from the Atlantic Forest (Serpentes: Tropidophiidae). Herpetological Monograph, 2012.

Outras produções bibliográficas
1.
ARGÔLO, A. J. S.. 2000 IUCN Red List of Threatened Species - Bothrops pirajai 2000 (contribuição avulsa).

2.
ARGÔLO, A. J. S.. Serpentes: mitos e lendas. Ilhéus: CEPLAC, 1995 (folder).

3.
ARGÔLO, A. J. S.. Conheça as cobras e perca o medo !. Ilhéus: CEPLAC, 1995 (folder).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
ARGÔLO, A. J. S.. Oficina de Planejamento do Plano de Ação Nacional para Conservação da Herpetofauna Ameaçada de Extinção da Mata Atlântica Nordestina. 2012.

Trabalhos técnicos
1.
ARGÔLO, A. J. S.; SANTOS, B. S. . Gerenciamento costeiro do Estado da Bahia - Aspectos faunísticos. 1996.


Demais tipos de produção técnica
1.
ARGÔLO, A. J. S.. SERPENTES PEÇONHENTAS. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Demais trabalhos
1.
ARGÔLO, A. J. S.. Serpentes: em que acreditar ?. 2003 (folder) .

2.
ARGÔLO, A. J. S.. Serpentes em cacauais e a conservação da Mata Atlântica. 2003 (folder) .

3.
ARGÔLO, A. J. S.. Conheça as cobras e perca o medo !. 1995 (folder) .

4.
ARGÔLO, A. J. S.. Serpentes: mitos e lendas. 1995 (folder) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Martins, M.B; ARGÔLO, A. J. S.; SOLÉ, M.. Participação em banca de Érica Evangelista Fonseca. Potencial invasor de serpentes exóticas no Brasil através da modelagem de nicho. 2015. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

2.
SOLÉ, M.; Loebmann, D.; ARGÔLO, A. J. S.; Alvarez, M. R. V.. Participação em banca de Ricardo Marques da Silva. Composição, distribuição e história natural da comunidade de serpentes do litoral norte da Bahia, Brasil. 2014. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

3.
CAMPIOLO, S.; ARGÔLO, A. J. S.; CASSANO, C. R.; Salvador, A. V. A.. Participação em banca de Rondinelli Oliveira Viana. Gestão da fauna na Região Sul Baiana. 2014. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

4.
SOLÉ, M.; ARGÔLO, A. J. S.; DEL GRANDE, M. L.. Participação em banca de Maicon Matos de Oliveira. Diversidade de anuros no Parque Municipal da Matinha, em Itapetinga, Bahia. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

5.
ARGOLO, A. J. S.; VAZ-SILVA, W.; SCHILLING, A.. Participação em banca de Renan Manoel de Oliveira. Dieta de duas espécies de Phyllomedusa, Wagler 1830 vivendo em sintopia em uma área no sul da Bahia: abordagens sobre seletividade de presas e partilha de recursos tróficos.. 2013. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

6.
SOLÉ, M.; DEL GRANDE, M. L.; ZINA, J.; ARGÔLO, A. J. S.. Participação em banca de Vinícius Brito Lima. Riqueza e ocupação do ambiente em uma taxocenose de anuros (AMPHIBIA: ANURA) em fragmento de mata-de-cipó no Parque Nacional de Boa Nova - Bahia. 2012. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

7.
SOLÉ, M.; DEL GRANDE, M. L.; ZINA, J.; ARGÔLO, A. J. S.. Participação em banca de Talita Souza de Oliveira. Composição e uso de habitats por anfíbios em uma área de caatinga em Boa Nova - Bahia. 2012. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Teses de doutorado
1.
FERNANDES, R.; MOURA-LEITE, J. C.; GIMENEZ, A. R. M.; CARAMASCHI, U.; ARGÔLO, A. J. S.. Participação em banca de Adriano Lima Silveira. Revisão taxonômica das espécies do gênero Tantilla Baird e Girard, 1853 (Serpentes, Colubridae) do Brasil. 2010. Tese (Doutorado em Doutorado em Zoologia (Museu Nacional) UFRJ) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
ARGÔLO, A. J. S.; PENDU, Y. L.; SCHIAVETTI, A.. Participação em banca de CAIO MÁRCIO RODRIGUES SANTOS. MONITORAMENTO PÓS-SOLTURA DE PAPAGAIOS VERDADEIROS (Amazona aestiva) EM UMA REGIÃO DO SUDOESTE BAIANO. 2016.

2.
Alvarez, M. R. V.; ARGÔLO, A. J. S.; SOLÉ, M.. Participação em banca de KARIS ITCHEL TUÑOL VALDÉS. COMPARAÇÃO DA EFICIÊNCIA DE MÉTODOS DE AMOSTRAGENS EM ANFÍBIOS DA SERAPILHEIRA NO PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO CONDURU (PESC) SUL DA BAHIA, BRASIL. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Zoologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

3.
SCHIAVETTI, A.; ORRICO, V. G. D.; ARGOLO, A. J. S.. Participação em banca de TÂMARA SALOES BATISTA. RIQUEZA, ABUNDÂNCIA E USO DA FAUNA DE QUELÔNIOS DE ÁGUA DOCE EM DUAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DO SUL DA BAHIA. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Zoologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

4.
SOLÉ, M.; Serrano-Egea, A; ARGÔLO, A. J. S.. Participação em banca de Ricardo Marques da Silva. Composição, distribuição e história natural da comunidade de serpentes do litoral norte da Bahia, Brasil. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Zoologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

5.
LACAU, S.; ARGÔLO, A. J. S.; SOLÉ, M.; DEL GRANDE, M. L.. Participação em banca de Vinícius Lima de Brito. Riqueza e ocupação do ambiente em uma taxocenose de anuros (Amphibia: Anura) em fragmento de Mata-de-cipó no Parque Nacional de Boa Nova - Bahia.. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Zoologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

6.
DEL GRANDE, M. L.; LACAU, S.; ARGÔLO, A. J. S.; SOLÉ, M.. Participação em banca de Talita Souza de Oliveira. Composição e uso de habitats por anfíbios em uma área de Caatinga em Boa Nova - Bahia.. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Zoologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
LUCENA, E. A. R. M.; ARGÔLO, A. J. S.; PEREIRA, M. G.. Participação em banca de Marcos Ferreira Vilanova.ANÁLISE DO CONTEÚDO "SERPENTES" EM LIVROS DIDÁTICOS DO 7 ANO UTILIZADOS POR ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO MUNICÍPIO DE ILHÉUS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

2.
SILVA, Z. M.; DIAS, V. B.; ARGÔLO, A. J. S.. Participação em banca de LEILDO MACHADO CARILHO FILHO.ANÁLISE DO CONTEÚDO RÉPTEIS EM LIVROS DIDÁTICOS DE BIOLOGIA DO ENSINO MÉDIO DE ESCOLAS PÚBLICAS DE ILHÉUS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
V Fórum "Estratégias para Conservação de Répteis e Anfíbios".Reunião Técnica Grupo das Serpentes Continentais da Mata Atlântica Ameaçadas de Extinção. 2011. (Outra).

2.
II Congresso Brasileiro de Herpetologia. Considerações sobre a distribuição geográfica de Bothrops jararacussu Lacerda, 1884 (Serpentes, Viperidae). 2005. (Congresso).

3.
XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia. Os cacauais e a conservação da ofiofauna no Sudeste da Bahia (Squamata, Serpentes). 2002. (Congresso).

4.
7 Seminário de Iniciação Científica da Uesc.Serpentes peçonhentas do Planalto Sulbaiano (Reptilia, Squamata). 2001. (Seminário).

5.
Seminário Anual de Iniciação Científica da Uesc.O gênero Micrurus no sudeste da Bahia (Serpentes, Elapidae). 2000. (Seminário).

6.
V Congreso Latinoamericano de Herpetología. Lachesis muta rhombeata (Serpentes, Viperidae): comportamento defensivo e risco de acidentes. 1999. (Congresso).

7.
VI Seminário de Pesquisa da Uesc.Acidentes causados pela surucucu-pico-de-jaca (Lachesis muta rhombeata Wied, 1824): primeiros registros em animal doméstico. 1999. (Seminário).

8.
V Seminário Anual de Iniciação Científica da Uesc.Acidentes humanos causados produzidos por Bothriopsis bilineata (Wied, 1825). 1999. (Seminário).

9.
XII Encontro de Zoologia do Nordeste.Dimorfismo sexual de tamanho em Dipsas neivai e Dipsas catesbyi (Serpentes, Colubridae). 1999. (Encontro).

10.
XXIII Congresso Brasileiro de Zoologia. Composição faunística e zoogeografia das serpentes do Planalto de Conquista, no Sudoeste da Bahia. 1999. (Congresso).

11.
XXII Congresso Brasileiro de Zoologia. Persistência de coagulopatia em prováveis acidentes pela surucucu-pico-de-jaca (Lachesis muta rhombeata) no Sudeste da Bahia. 1998. (Congresso).

12.
Seminário de Pesquisa da Uesc.Serpentes em disjunção entre a Amazônia e o Sudeste da Bahia. 1996. (Seminário).

13.
II Seminário de Pesquisa na Uesc.Coleção Zoológica Gregório Bondar. 1994. (Seminário).

14.
XX Congresso Brasileiro de Zoologia. Serpentes peçonhentas dos cacauais da Bahia: aspectos de interesse sanitário. 1994. (Congresso).

15.
III Congresso Latino-Americano de Herpetologia. Distribuição da ofidiofauna no Estado da Bahia, Brasil - II. Viperidae e Elapidae. 1993. (Congresso).

16.
XVII Congresso Brasileiro de Zoologia. Estudo hematológico de Siphonops annulatus. 1990. (Congresso).

17.
XVI Congresso Brasileiro de Zoologia. Nota sobre Bothrops pirajai Amaral, 1923 (Serpentes, Viperidae). 1989. (Congresso).

18.
XV Congresso Brasileiro de Zoologia. Considerações preliminares sobre a ofidiofauna do sul da Bahia. 1988. (Congresso).

19.
XIV Congresso Brasileiro de Zoologia. Um caso de eritrismo observado em Corallus enydris enydris (Linnaeus, 1758) (Serpentes, Boidae). 1987. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Laisa Souza dos Santos. Aspectos da Biologia Reprodutiva de Bothrops jararaca na Bahia (Serpentes, Viperidae). Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Biologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. (Orientador).

2.
Marcos Vinicius Coutinho Ferreira. Aspectos da Biologia Reprodutiva de Oxyrhopus petolarius (Serpentes, Dipsadidae). Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Biologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. (Orientador).

3.
Leildo Machado Carilo Filho. Dieta e distribuição geográfica de Bothrops jararaca.. Início: 2014. Iniciação científica (Graduando em Biologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. (Orientador).

4.
Daniel Grundmann Nascimento. Dieta e distribuição geográfica de Oxyrhopus petolarius.. Início: 2014. Iniciação científica (Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Rousiana Oliveira Sousa. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. Início: 2015. Orientação de outra natureza. Universidade Estadual de Santa Cruz. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
FERNANDA OLIVEIRA ARGOLO. EPIDEMIOLOGIA DOS ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS, COM ÊNFASE EM SERPENTES, NA REGIÃO CACAUEIRA DO SUDESTE DA BAHIA.. 2017. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

2.
Juliana Alves de Jesus. História natural de Bothrops leucurus Wagler, 1824 (Serpentes, Viperidae) no sul da Bahia. 2011. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, . Coorientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

3.
Marco Antônio de Freitas. Distribuição geográfica, ecologia e avaliação do status de conservação da jaracuçu-tapete, Bothrops pirajai Amaral, 1923.. 2008. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
MARLA DOS ANJOS NEVES. ASPECTOS DA HISTÓRIA NATURAL DE CHIRONIUS CARINATUS (LINNAEUS, 1758) DO SUL DA BAHIA, BRASIL. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

2.
FABIANA FERREIRA CARDOSO. AS SERPENTES Thamnodynastes (DIPSADIDAE) DA COLEÇÃO HERPETOLÓGICA MUSEU DE ZOOLOGIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ- UESC. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

3.
MARCELO SENA DO NASCIMENTO. ANFISBENÍDEOS DA COLEÇÃO HERPETOLÓGICA ?MUSEU DE ZOOLOGIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - MZUESC?. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

4.
Juliana Alves de Jesus. O gênero Elapomorphus Wiegmann, 1843 no sul da Bahia, Brasil: distribuição geográfica e aspectos ecológicos (Serpentes, Colubridae, Xenodontinae, Elapomorphini). 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

5.
Rosilande dos Santos Lacerda. Aspectos da ecologia e história natural de Bothrops leucurus (Wagler, 1824) na região cacaueira do sudeste da Bahia.. 2004. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

Iniciação científica
1.
Marcos Vinicius Coutinho Ferreira. Aspectos da Biologia Reprodutiva de Oxyrhopus petolarius (Serpentes, Dipsadidae). 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Biologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

2.
Laisa Souza dos Santos. Aspectos da Biologia Reprodutiva de Bothrops jararaca na Bahia (Serpentes, Viperidae). 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

3.
Leildo Machado Carilo Filho. Aspectos da Biologia Reprodutiva de Bothrops jararaca na Bahia (Serpentes, Viperidae). 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Biologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

4.
Daniel Grundmann Nascimento. Aspectos da Biologia Reprodutiva de Oxyrhopus petolarius (Serpentes, Dipsadidae). 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Biologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

5.
Euvaldo Marciano Santos Silva Junior. Curadoria de coleções herpetológicas. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

6.
Juliana Alves de Jesus. Curadoria de coleções herpetológicas. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

7.
Lucimar Souza Amorim. Curadoria de coleções herpetológicas. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

8.
Matheus Oliveira Póvoas. Curadoria de coleções herpetológicas. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

9.
Milena Jovita Bastos. Curadoria de coleções herpetológicas. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

10.
José Tiago Figueiredo Silva Rocha. Curadoria de coleções herpetológicas. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

11.
Weber Galvão Novaes. Curadoria de coleções herpetológicas. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

12.
Sandro Menezes de Oliveira. Curadoria de coleções herpetológicas. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

13.
Ana Gabriela Fonseca D'El Rei. Curadoria de coleções herpetológicas. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

14.
Enéias Murilo Cerqueira da Silva. Curadoria de coleções herpetológicas. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

15.
Rudlei Silva Almeida. Ofiologia. 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

16.
Wendeell Pereira de Oliveira. Ofiologia. 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

17.
Fátima Queiroz Alves. Ofiologia. 1997. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

18.
Cássia A Lavinscky. Distribuição geográfica das serpentes peçonhentas e epidemiologia do ofidismo no sudeste da Bahia, Brasil. 1996. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Enfermagem) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

19.
Andréa Broch Siqueira. Estudo da distribuição geográfica das serpentes peçonhentas e epidemiologia do ofidismo no sudeste da Bahia, Brasil. 1996. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Enfermagem) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

20.
Ruziner dos Anjos Rehem. Estudo da distribuição geográfica e epidemiologia do ofidismo no sudeste da Bahia, Brasil. 1996. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Enfermagem) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

21.
Leila Coutinho de Souza. Estudo da distribuição geográfica e epidemiologia do ofidismo no sudeste da Bahia, Brasil. 1996. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Enfermagem) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

22.
Mônica Mota Ramalho. Estudo da distribuição geográfica e epidemiologia do ofidismo no sudeste da Bahia, Brasil. 1996. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Enfermagem) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

Orientações de outra natureza
1.
André Pires Santos. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2014. Orientação de outra natureza. (Biologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

2.
Camila Souza Batista. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2014. Orientação de outra natureza. (Biologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

3.
Rousiana Oliveira Sousa. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2014. Orientação de outra natureza. (Biologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

4.
Débora Rocha Cruz. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2012. Orientação de outra natureza. (Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

5.
Antonio Luis Araújo Neto. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2012. Orientação de outra natureza. (Medicina Veterinária) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

6.
Marcos Ferreira Vila Nova. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2012. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

7.
Marcos Ferreira Vila Nova. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2011. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

8.
Débora Rocha Cruz. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2011. Orientação de outra natureza. (Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

9.
Marcos Ferreira Vila Nova. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2010. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

10.
Débora Rocha Cruz. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2010. Orientação de outra natureza. (Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

11.
Tadeu Teixeira Medeiros. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2010. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

12.
Tadeu Teixeira Medeiros. (Tadeu Teixiera Medeiros) Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos.. 2010. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

13.
Marcos Ferreira Vila Nova. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2009. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

14.
Marcos Ferreira Vila Nova. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2009. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

15.
Tadeu Teixeira Medeiros. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2009. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

16.
Antonio Luis Araújo Neto. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2008. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

17.
Tadeu Teixeira Medeiros. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2008. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

18.
Juliana Alves de Jesus. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2007. Orientação de outra natureza. (Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

19.
Eric Paulo de Macedo. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2006. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

20.
Weber Galvão Novaes. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2005. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.

21.
Milena Jovita Bastos. Atividades de extensão com enfoque em serpentes e morcegos. 2003. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Antônio Jorge Suzart Argôlo.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos aceitos para publicação
1.
CURCIO, F. F. ; NUNES, P. M. S. ; ARGÔLO, A. J. S. ; SKUK, G. ; RODRIGUES, M. T. . Taxonomy of the South American Dwarf Boas of the Genus Tropidophis Bibron, 1840, with the Description of Two New Species from the Atlantic Forest (Serpentes: Tropidophiidae). Herpetological Monograph, 2012.


Cursos de curta duração ministrados
1.
ARGÔLO, A. J. S.. SERPENTES PEÇONHENTAS. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/11/2018 às 8:03:48