Maria Goretti Queiroz

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7079676967280121
  • Última atualização do currículo em 25/09/2018


possui graduação em Odontologia pela Universidade Federal de Goiás (1982), mestrado m Educação Escolar Brasileira pela Universidade Federal de Goiás (1997) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal de Goiás (2006). Atualmente é professor adjunto IV da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de recursos humanos na saúde e políticas públicas. Coordenou o Projeto de Reorientação da Formação da Faculdade de Odontologia da UFG e foi tutora do PET, de 2009 a 2012. Tutora dos I e II Curso EaD de Qualificação de Gestores do SUS, turmas do estado de Goiás. Professora no Curso de Mestrado Profissional em Saúde Coletiva do Núcleo de Saúde Coletiva da UFG e do Mestrado Profissional de Ensino na Saúde. Coordenou o curso de graduação em Odontologia da UFG de 2012 a maio de 2016. Preside o Nucleo Docente Estruturante da Curso de Odontologia da UFG. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria Goretti Queiroz
Nome em citações bibliográficas
QUEIROZ, M. G.;Queiroz, Maria G;Queiroz, Maria;QUEIROZ, MARIA GORETTI

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Odontologia, Departamento de Ciências Estomatológicas.
Praça Universitária s. nº
St. Universitário
74605-220 - Goiania, GO - Brasil
Telefone: (62) 32096059
URL da Homepage: http://www.odonto.ufg.br


Formação acadêmica/titulação


2002 - 2006
Doutorado em Educação.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: O Ensino da odontologia no Brasil: concepções e agentes, Ano de obtenção: 2006.
Orientador: Prof. Dr. Luiz Fernandes Dourado.
Palavras-chave: história da educação superior; Políticas educacionais; Política de Saúde; Ensino odontológico.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Educação Superior.
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Politicas Publicas.
Setores de atividade: Educação Superior.
1994 - 1997
Mestrado em Educação Escolar Brasileira.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: ÓBVIO OU OBSCURO: estudo das representações sociais dos alunos dos cursos de Medicina e Oodntologia da UFG, acerca de suas profissões,Ano de Obtenção: 1997.
Orientador: Anita Cristina Azevedo Resende.
Palavras-chave: profissões de saúde; mercado de trabalho; representação social; assalariamento; feminilização.
Grande área: Ciências da Saúde
2016
Especialização em andamento em Programa de Desenvolvimento Docente para Educadores das Profissões da Saúde. (Carga Horária: 316h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
Título: Construindo competências em Saúde Coletiva em Odontologia junto aos docentes e preceptores da área.
Orientador: Maria José Pereira Vilar.
1992 - 1994
Especialização em Metodologia do Ensino Superior. (Carga Horária: 360h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: Construção do conceito devsaúde dos alunos da Faculdade de Odontologia da FO-UFG.
Orientador: Ivanilde D. Oliveira.
1988 - 1988
Especialização em Odontologia Social.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Título: sem monografia.
1978 - 1982
Graduação em Odontologia.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
Oficina de Metodologia ativa para grandes grupos - vivenciando o Team basea. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2016 - 2016
Oficina de Estratégias e Elaboração de Instrumentos de Avaliação no Ensino. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2015 - 2015
Extensão universitária em I Encontro Internacional da Linha de Pesquisa em Ensino na Saúde da UFG. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2014 - 2014
Formação de Tutores do Curso de Especialização Doc. (Carga horária: 24h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2014 - 2014
Formação de Tutores do Curso de Especialização Doc. (Carga horária: 32h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em Geoprocessamento em Saúde. (Carga horária: 100h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2010 - 2010
Estratégias de Ensinagem. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2009 - 2009
Formação Pedagógica em EAD. (Carga horária: 40h).
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
2008 - 2008
Tópicos de bioestatística em odontologia. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2008 - 2008
Métodos de pesquisa e problemas de saúde. (Carga horária: 32h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2008 - 2008
Revisão sistemática. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
1999 - 1999
Capacitação Para Profissionais da Superintendência. (Carga horária: 16h).
Secretaria de Estado da Saúde, SES-GO, Brasil.
1997 - 1997
Educação Em Saúde e Relações Interpessoais. (Carga horária: 24h).
Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos, SMARH, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

1988 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor Associado II

Atividades

1/1988 - Atual
Ensino, Odontologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Odontologia Social I
Odontologia Social II
Educação em Oodntologia
Estágio II
1/2001 - 12/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia, Faculdade de Odontologia.

Cargo ou função
Membro da Comissão de elaboração da proposta de reformulação da estrutura Curricular da Faculdade de Oodntologia.
8/2002 - 12/2003
Ensino, Curso de Esp. em Odontologia em Saúde Coletiva, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia do Ensino Superior
Metodologia do Trabalho Científico
Políticas Públicas e Saúde
Modelos assistenciais em Saúde
Monografia
8/2002 - 2/2003
Direção e administração, Faculdade de Odontologia, Departamento de Ciências Estomatológicas.

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
11/2001 - 2/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pro Reitoria de Graduação da Ufg, Faculdade de Odontologia.

Cargo ou função
Presidente da Comissão de revalidação de diplomas e certificados de curso de Odontologia realizado no exterior.
4/2001 - 12/2002
Direção e administração, Pró Reitoria de Extensão e Cultura, .

Cargo ou função
Membro Suplente da Câmara de Extensão e Cultura.
8/2001 - 12/2001
Ensino, Especialização Em Prótese Dentária, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia do Trabalho Científico
5/2000 - 3/2001
Ensino, Curso de Especialização Em Endodontia, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia do Ensino Superior
8/2000 - 12/2000
Ensino, Especialização Em Odontopediatria, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia do Ensino Superior
4/2000 - 12/2000
Extensão universitária , Faculdade de Odontologia, Departamento de Ciências Estomatológicas.

Atividade de extensão realizada
Programa de educação em saúde para os pacientes em tratamento no serviço de pediatria do Hospital Araújo Jorge da Associação de Combate ao Câncer do Estado de Goiás.
5/1998 - 12/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia, Faculdade de Odontologia.

Cargo ou função
Coordenadora de Extensão da Faculdade de Oodntologia.
1/1998 - 12/2000
Extensão universitária , Faculdade de Odontologia, Departamento de Ciências Estomatológicas.

Atividade de extensão realizada
Promoção da saúde no Distrito sanitário Leste de Goiânia, com parceria das divessas unidades de ensino da saúde da UFG e Secretarias Municipais de Saúde e educação de Goiânia.
4/1996 - 12/1999
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Odontologia, Departamento de Ciências Estomatológicas.

8/1997 - 11/1997
Ensino, Curso de Atualização Em Saúde Bucal Coletiva, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Planejamento de Serviços Odontológicos

Secretaria da Saúde, ESTADO DE GOIÁS, Brasil.
Vínculo institucional

1986 - 1990
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Cirurgião-Dentista, Carga horária: 20

Atividades

4/1986 - 6/1990
Serviços técnicos especializados , Organização de Saúde do Estado de Goiás, Unidade de Saúde.

Serviço realizado
Cirurgião-Dentista.

Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, PREFEITURA MUNIC, Brasil.
Vínculo institucional

1984 - 1989
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Cirurgião-Dentista, Carga horária: 20



Linhas de pesquisa


1.
Formação de recursos humanos em odontologia


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
O ENSINO DAS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES NOS CURSOS DA ÁREA DA SAÚDE DAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS
Descrição: As Práticas Integrativas e Complementares (PICs) tem sido incorporadas gradativamente nos serviços públicos de saúde do país. Em 2006 o Ministério da Saúde (MS), através de um levantamento realizado sobre a inserção das PICs nos municípios e estados brasileiros, constatou a incorporação destas práticas por 26 estados, principalmente na Atenção Básica (AB) ? Estratégia de Saúde da Família (ESF). Com a introdução das PICs pelo CNS, CIRHRT e DCN, tornando-se relevante o desenvolvimento de estudos que busquem construir um panorama de como as PICs estão sendo estudas pelas universidades do país. Portanto, o objetivo desta pesquisa é identificar o ensino das PIC nos cursos de graduação da área da saúde nas universidades pública e privada do país. Será realizada uma pesquisa documental. A coleta se dará através da busca nos sites das instituições de ensino para identificação dos cursos da área da saúde das 107 universidades publicas e 89 universidades privadas do país (INEP, 2016). Buscando conhecer o que está sendo ensinado sobre PICs, como estão sendo ensinadas e em que momento do curso está sendo ensinada, através da MC do curso, do PPP ou PE e das ementas dos mesmos. Será construído um banco de dados que será analisado no software Microsoft Excel 2010. Será realizada uma análise estatística descritiva. As variáveis da pesquisa serão: categoria administrativa das IES, região geográfica, forma de oferta do ensino das PICs: disciplina obrigatória ou optativa, atividades complementares, extracurriculares, experiências em práticas, projetos da universidade. A pesquisa terá como resultado o mapeamento dos cursos da área da saúde que ofertam algum tipo de formação em PIC. Esta informação será importante para dar visibilidade à temática e poderá servir como incentivo para que está formação seja incluída nos PPC dos cursos de saúde, acompanhando a tendência de incorporação destas práticas no SUS..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / TATIANY CRISTINE DE ALMEIDA SILVA MELO - Integrante.Número de orientações: 1
2017 - Atual
AMBIÊNCIA NOS SERVIÇOS DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA SOB OLHAR DOS MÉDICOS E DA EQUIPE DE ENFERMAGEM
Descrição: A Política Nacional de Humanização (PNH) foi criada com o objetivo de garantir aos usuários, trabalhadores e gestores de saúde uma assistência de qualidade que priorize a integralidade do indivíduo. Para isso, lançou mão de diretrizes específicas, dentre elas a ambiência, que significa além de um espaço físico ideal para o desenvolvimento das ações de saúde, inclui também as relações interprofissionais e interpessoais entre os diferentes sujeitos (usuários, trabalhadores e gestores) que possibilite uma atenção acolhedora, decisiva e humana na atenção ao usuário. Deve ser desenvolvida em diversos cenários, incluindo aqui os espaços de urgência e emergência, serviços complexos e especializados em prestar cuidados 24 horas por dia, de forma ágil e eficaz com o intuito de preservar a vida dos indivíduos. Porém, por vezes é possível notar falta de recursos humanos e materiais, sobrecarga de trabalho, desvalorização profissional entre outros problemas que desfavorecem uma atenção digna e de qualidade dentro desses serviços. Assim, esse trabalho tem como objetivo: Conhecer a percepção dos profissionais de saúde acerca da ambiência nos serviços de urgência e emergência para o desenvolvimento de suas práticas. Estudo de abordagem qualitativa, descritivo e observacional. Será desenvolvido em unidades de urgência e emergência do Município de Goiânia-Goiás. Os dados serão coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e observação do local. As entrevistas serão realizadas com profissionais enfermeiros, médicos e técnicos em enfermagem dos serviços de urgência e emergência previamente selecionados. Além do roteiro de entrevistas será elaborado um roteiro de observação. A análise de dados se dará por meio da Análise de conteúdo proposta por Bardin. Espera-se que este estudo contribua para a necessidade de discussão de ambientes que favoreçam o desenvolvimento das práticas destes profissionais, principalmente pela característica deste tipo serviço onde o tempo é limitado, as atividades são inúmeras e a condição clínica do usuário exigir uma intervenção rápida e eficaz para afastá-los do risco iminente de morte. Dessa maneira é imprescindível que estes espaços ofereçam condições suficientes para que estes profissionais atuem com segurança, agilidade e eficácia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / VEIDMA SIQUEIRA DE MOURA - Integrante.Número de orientações: 1
2017 - Atual
PERCEPÇÕES E CONDUTAS DOS CIRURGIÕES-DENTISTAS DA SAÚDE DA FAMÍLIA ACERCA DA PREVENÇÃO DA CÁRIE PRECOCE NA INFÂNCIA
Descrição: A Cárie Precoce na Infância (CPI), cárie que afeta as crianças até os 6 anos de idade, é um desafiador problema de saúde pública. Pode afetar a qualidade de vida e o desenvolvimento da criança, e apresenta dificuldades e custo elevado de tratamento. O levantamento epidemiológico SB Brasil 2010 mostrou que na região Centro-Oeste apenas 34,9% das crianças de 5 anos de idade estão livres de cárie. A média do índice ceo-d para o interior desta região foi 3,43, bem acima de média nacional (2,43), sendo que 80% dos dentes cariados nessa faixa etária, no Brasil, não foram tratados. Existe uma necessidade urgente de se criarem políticas efetivas de enfrentamento deste problema. Portanto, este trabalho tem como objetivo conhecer as percepções e as condutas de cirurgiões-dentistas da Estratégia Saúde da Família para o controle da cárie precoce na infância, em um município goiano. Será realizada uma pesquisa descritiva exploratória, com abordagem qualitativa, realizada com cirurgiões-dentistas que atuam na ESF, no município. A coleta de dados será realizada através de entrevista semiestruturada, e os dados serão analisados seguindo a técnica de Análise de Conteúdo, segundo Bardin. Conhecer a percepção e as condutas dos cirurgiões dentistas poderá auxiliar a adoção de medidas preventivas eficientes para controle da cárie, nesta faixa etária, e despertar os gestores para o problema visando a implantação de ações preventivas e de controle no âmbito da Saúde da Família..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / MARIA ANGÉLICA MAGALHÃES RODRIGUES - Integrante.Número de orientações: 1
2017 - Atual
NECESSIDADES ODONTOLÓGICAS DE UM GRUPO DE POLICIAIS MILITARES DA ATIVA EM UM ESTADO BRASILEIRO.
Descrição: Conhecer as necessidades odontológicas do policial militar da ativa através da avaliação da relação entre a autopercepção dos impactos odontológicos sobre a qualidade de vida e as variáveis sociodemográficas. Estudo observacional do tipo transversal com policiais militares da ativa que procurarem o CSIPM-Centro de Saúde Integral do Policial Militar em um Hospital Militar de um estado brasileiro. Amostragem por conveniência, com a participação de 200 policiais militares. A coleta de dados será por meio da aplicação do questionário já validado, o OHIP-14 (Oral Health Impact Profile-14), instrumento este que contém sete domínios:1- Limitação funcional, 2- Dor física, 3- Desconforto psicológico, 4- Incapacidade física, 5-Incapacidade psicológica, 6-Incapacidade social e 7- Deficiência, e que é capaz de medir através de escala Likert o impacto dos problemas bucais sobre a qualidade de vida. A análise estatística dos dados se dará por meio do programa SPSS. Espera-se que os resultados evidenciem a relação positiva ou não entre problemas de origem odontológica e a qualidade de vida de policiais militares da ativa, e também será útil para o planejamento de programas e ações por parte da gestão e que serão voltadas para as necessidades de saúde do policial..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / BIANKARLA SANTOS BÁRBARA MELO - Integrante.Número de orientações: 1
2016 - Atual
DESEMPENHO DE ESTUDANTES DE ODONTOLOGIA E NUTRIÇÃO NO ENADE
Descrição: O desempenho do estudante é considerado, muitas vezes, fator decisivo para aferir o alcance dos objetivos de uma instituição de ensino superior. Estudos apontam que o desempenho acadêmico tem características multifatoriais e identificam fatores pessoais e sociais na sua determinação. Este estudo tem como objetivo analisar a associação entre fatores socioeconômicos, características referentes à trajetória acadêmica e perfil da instituição e o desempenho dos estudantes brasileiros concluintes dos cursos de Odontologia e Nutrição no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes. Serão avaliados dados secundários dos estudantes concluintes do curso de graduação em Odontologia e Nutrição relativos à todos os anos em que o curso foi avaliado, a saber 2004, 2007, 2010 e 2013.Serão incluídos os dados do ENADE que será realizado em novembro de 2016. Será considerado como acadêmico a nota total alcançada pelo estudante (de 0 a 100). As variáveis socioeconômicas estudadas serão: sexo; cor ou etnia autodeclarada; renda familiar; grau de escolaridade dos pais; tipo de escola que cursou ensino médio; mecanismo de ingresso no curso; receber bolsa ou financiamento. O banco de dados disponibilizado pelo INEP é domínio público e garante a confidencialidade das informações, preconizada na resolução 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde, bem como o disposto na lei 10.861/2004 que proíbe a publicação nominalmente dos resultados. Espera-se contribuir para o processo reflexivo sobre os fatores determinantes do desempenho acadêmico no ensino superior e favorecer a tomada de decisões acerca dos melhores mecanismos de controle e avaliação dos cursos superiores no Brasil. Além de produzir dados que possam servir para avaliar as políticas afirmativas instituídas no país..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / Aline Llemes da Paixão - Integrante / Juliana Martins Rodrigues - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2016 - Atual
Percepção dos estudantes beneficiários de cotas da Faculdade de Odontologia da UFG, sobre sua situação de inclusão ou exclusão no ambiente universitário
Descrição: As ações afirmativas estão presentes nas Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) do país, por meio da Lei de Cotas e de outros decretos federais e também de ações que cada Instituição define de acordo com sua realidade e suas possibilidades. Essas medidas visam favorecer a inclusão e a permanência de estudantes oriundos de escolas públicas, negros e pardos nas Ifes. O presente estudo pretende averiguar a percepção dos estudantes beneficiários de Cotas da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Goiás, a respeito de sua própria experiência de inclusão ou exclusão no ambiente universitário. O estudo será descritivo com abordagem de métodos mistos sequencial. A primeira etapa utilizará estratégias de investigação quantitativas e a segunda etapa utilizará estratégias qualitativas. Os instrumentos e técnicas de coleta e de análise de dados serão definidos posteriormente. O estudo objetiva contribuir com o diálogo sobre as ações afirmativas na UFG a fim de favorecer a permanência desses estudantes até a conclusão de seu curso, em condições que lhe permitam uma boa formação acadêmica e a garantia do respeito à sua dignidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Integrante / ÂNGELA BARBOSA MARTINS - Coordenador.Número de orientações: 1
2016 - Atual
Construindo competências em Saúde Coletiva em Odontologia junto aos docentes e preceptores da área
Descrição: O objetivo da pesquisa é construir competencias em Saúde Coletiva em Odontologia com docentes e preceptores que atuam na área. Este projeto é parte dos pré-requisitos para conclusão do curso de Especialização em Educação para Profissionais de Saúde, da Universidade Federal do Ceará em parceria com o Instituto Regional Faimer-Brasil. Para está finalidade será realizada a etapa qualitativa. A etapa quantitativa será realizada posteriormente à conclusão do curso. A primeira etapa da pesquisa será realizada com os docentes e preceptores Cirurgião Dentistas da área da Odontologia Coletiva que atuam em seus estágios. A etapa quantitativa será realizada com docentes da área da odontologia coletiva das Instituições Ensino Superior (IES) que possuem publicações na área e estes indicaram outros docentes da área. Estudo analítico, com abordagem de métodos mistos sequenciais, sendo a primeira etapa qualitativa e a segunda quantitativa. Na fase qualitativa será utilizada a estruturação teórica e técnica da Metodologia Integrativa na coleta e análise de dados. Na fase quantitativa será utilizada a Técnica Delphi que tem como finalidade a busca de consenso entre os docentes de outras instituições de ensino acerca das competências identificadas. Ter claras estas competencias propiciará aos envolvidos nas atividades melhorar o ensino nesta área, planejar ações e atividades mais significativas para os alunos e propor uma adequação da carga horária da disciplinas às necessidades formativas. Esta melhor formação vai contribuir para que o egresso do curso seja capaz de atuar no SUS com maior efetividade. Lembrando que a universidade pública deve estar atenta a sua responsabilidade social. Outra mudança decorrente desta intervenção será suscitar entre os professores da disciplina e preceptores a necessidade de capacitação em estratégias de ensino e avaliação adequadas ao desenvolvimento das competencias necessárias para a formação de um Cirurgião Dentista generalistas, capaz de atuar em todos os níveis de atenção do SUS. Este projeto partirá do conhecimento elaborado na área de avaliação de programas educacionais e ensino baseado em competencia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS USUÁRIOS URBANOS DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE COM RELAÇÃO AO PAPEL DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE (ACS) EM UM MUNICÍPIO GOIANO
Descrição: A ação do Agente Comunitário de Saúde (ACS) favorece à modificação de situações problemáticas que afetam a qualidade de vida das pessoas. Entretanto, é necessário conhecer a forma como esse trabalho se desenvolve e a satisfação dos usuários em relação a essas atividades. Dentro dessa perspectiva, este estudo teve como objetivo compreender a atuação do ACS durante as visitas domiciliares, na perspectiva da população atendida na Estratégia de Saúde da Família (ESF) em um município goiano de porte médio. O estudo será realizado em um município localizado no estado de Goiás, de porte médio, com amostra composta por 400 famílias atendidas pelos ACS do município. O instrumento de coleta de dados será elaborado para a pesquisa, com questões que busquem compreender o trabalho do ACS na comunidade atendida; o vínculo desse profissional com a população adscrita; a satisfação da comunidade em relação ao cumprimento das atribuições do ACS e a identificação das necessidades de intervenção de cuidado e continuidade de tratamento. Espera-se que o estudo possa contribuir com o fortalecimento do trabalho dos ACS, reconhecendo-os como os pilares dos programas de saúde voltados para a atenção básica, que tem como principal objetivo contribuir para a qualidade de vida das pessoas e da comunidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / Kárita Silva Araújo - Integrante.Número de orientações: 1
2013 - 2018
A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE NÍVEL MÉDIO NA ÁREA DA SAÚDE NO ÂMBITO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE NO ESTADO DE GOIÁS: UM REGISTRO HISTÓRICO
Descrição: A pesquisa ¨ A Educação Profissional de Nível Médio na Área da Saúde no Âmbito do Sistema Único de Saúde no Estado de Goiás: Um Registro Histórico, é um estudo exploratório de abordagem qualitativa que utiliza a narrativa como metodologia e adota a técnica de entrevista semi estruturada e análise documental como instrumentos de coleta de dados. Tem como objetivo registrar a trajetória histórica da educação profissional de nível médio na área da saúde. Pretende-se entrevistar aproximadamente dez sujeitos que participaram da implantação e consolidação da Escola Técnica do SUS em Goiás na década de 80 e que trabalharam de forma direta na implantação das ações que consolidaram a formação de profissionais de nível médio no SUS em Goiás. A pesquisa se justifica pela ausência de registros nos arquivos da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás ? SES-GO e Superintendência de Educação em Saúde e Trabalho para o SUS ? SEST/SUS. O que tem registrado resume-se em decretos de criação e autorizações de cursos emitidos pelo Conselho de Educação de Goiás. Ao final da pesquisa será possível ter um registro histórico do processo de consolidação da educação profissional no SUS, o alcance da escola no Estado de Goiás e sua importância nos serviços de saúde..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / João Batista Moreira de Melo - Integrante.Número de orientações: 1
2013 - Atual
Avaliação do impacto do PRO e PETSAÙDE dos cursos da área da saúde da UFG
Descrição: Descrição: Esta pesquisa tem como objetivo avaliar o impacto do Pró e PET-Saúde nos cursos da área da saúde da Universidade Federal de Goiás, desde sua implantação em 2005 e nos serviços de saúde participantes. A investigação será realizada em duas etapas com abordagens qualitativa e quantitativa. 1ª Etapa: Análise documental Serão analisados documentos elaborados pelos cursos estudados para conhecer o processo de implantação dos programas Pró e PET-saúde, incluindo as ações do Comitê Gestor Local, bem como os PPCs dos cursos para verificar a convergência das propostas. 2ª Etapa: Trabalho de Campo Após a identificação dos sujeitos participantes da pesquisa, nesta etapa serão utilizados como instrumentos de coleta de dados: 1) entrevista semi-estruturada, 2) reuniões com docentes, estudantes e preceptores dos cenários de prática, que utilizarão a técnica de Grupo Focal, 3) entrevistas com membros da comunidade que tiveram participação na MOPESCO e nas oficinas de planejamento identificados nos documentos pesquisados, 4) entrevistas com os gestores de saúde que atuaram nos programas nos diferentes períodos, 5) entrevista com membros da comissão gestora local para conhecer o impacto da implantação dos programas na reorientação da formação e dos processos de trabalho...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Integrante / Ida Helena C F Menezes - Integrante / Lucilene Maria Sousa - Integrante / Marilia Mendonça Guimarães - Integrante / Nilce Maria Silva Campos Costa - Coordenador.Número de orientações: 1
2013 - Atual
CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE DOS NUTRICIONISTAS INSERIDOS NA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE GOIÂNIA
Descrição: A educação está presente em todos os cenários que envolvem a vida do ser humano, prevendo interação entre as pessoas envolvidas dentro do contexto educativo e destas com o mundo que as cerca, visando à modificação de ambas as parte. Educação em Saúde é um processo de trocas de saberes e experiências entre a população, incluindo usuários, profissionais e gestores de saúde, sendo inerente a todas as práticas desenvolvidas no âmbito do Sistema Único de Saúde(SUS). Ao avaliar as concepções dos profissionais de saúde a respeito da educação em saúde, possibilita a compreensão de que maneira se dá a relação desses profissionais com seus instrumentos de trabalho, sua percepção do processo educativo no cuidado e assistência ao usuário e sua conduta profissional. As práticas educativas (PE) são atividades de educação que favorecem a melhoria da qualidade de vida e saúde dos envolvidos, e podem ser realizadas de forma individual ou coletiva, e requer dos profissionais a habilidade para o cuidar em saúde, substituindo a concepção de transmissão de informações e o caráter meramente curativo.A reorientação dos aspectos teóricos e metodológicos da educação em saúde não ocorrem na prática dos serviços, acredita-se que o desafio seja o perfil do profissional destinado a essas atividades. Tendo em vista a necessidade de reorientação da educação em saúde, especialmente da educação alimentar, será valorizado o papel do nutricionista como educador. Cabe aos profissionais, então, selecionarem o tipo de ensino e aprendizagem que desejam desenvolver. No caso do nutricionista, deve haver uma expansão da prática profissional com foco na qualidade de vida do usuário, na promoção do autocuidado. O objetivo do projeto consiste em avaliar as concepções e práticas de educação em saúde dos nutricionistas inseridos na Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia. Trata-se de uma pesquisa qualitativa. O estudo será desenvolvido na Secretaria Municipal de Saúde do município de Goiânia, abrangendo as Unidades de Saúde que são espaços de atividades de educação em saúde. Serão incluídos no estudo os nutricionistas que desenvolvem essas práticas, e que concordarem participar, assinando o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). Os dados serão coletados por meio de uma entrevista estruturada. Além disso, serão desenvolvidas atividades de observação da rotina desses profissionais em seu campo. Será desenvolvida uma teoria derivada de maneira indutiva dos dados, estes são sistematicamente combinados e analisados ao longo de todo o processo da pesquisa, denominada GroundedTheory, metodologia sistemática utilizada principalmente em pesquisa qualitativa. Este estudo será conduzido de acordo com as normas vigentes estabelecidas pela resolução 466/12 para o desenvolvimento de pesquisas em saúde no Brasil e foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Goiás (parecer de número 483.791)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / Mariana de Sousa Nunes Vieira - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2013 - Atual
A FORMAÇÃO DO CIRURGIÃO-DENTISTA PARA ATUAR NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA
Descrição: Na tentativa de compreender a formação e a prática do Cirurgião Dentista para o exercício da profissão no Sistema Único de Saúde, principalmente na Estratégia Saúde da Família vários estudos têm sido realizados. Neste, pretende-se analisar as competências oferecidas na graduação do Cirurgião Dentista necessárias para atuar na Estratégia Saúde da Família, na visão dos docentes da Faculdade de Odontologia/Universidade Federal de Goiás e dos profissionais Cirurgiões Dentistas que atuam na Estratégia Saúde da Família da Secretaria Municipal de Saúde. A pesquisa terá abordagem qualitativa, que privilegia o caráter social e detêm atributos de investigação em relação ao objeto de estudo. Será utilizada a técnica de grupo focal através de três entrevistas coletivas e a coleta de dados será realizada por meio de roteiros semi-estruturados para cada categoria. A amostra será formada por 24 profissionais CD que atuam na Estratégia Saúde da Família da SMS e de 12 docentes efetivos da Faculdade de Odontologia da UFG que atuam no curso de odontologia. Para a análise dos dados será utilizada a técnica de discurso do sujeito coletivo em busca da síntese e interpretação e análise dos depoimentos, agrupando-os em seu sentido semelhante e escrita da ideia central de cada categoria na primeira pessoa do singular. Espera-se que está pesquisa permita gerar conhecimento que venha possibilitar mudanças no processo de organização curricular da graduação de odontologia visando contribuir para uma atuação mais qualificada do CD na Atenção Básica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / Raquel Reis Queiroz Santana - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2011 - 2016
DIAGNÓSTICO SITUACIONAL DOS SERVIÇOS DE SAÚDE BUCAL DOS MUNICÍPIOS DO ESADO DE GOIÁS
Descrição: O projeto tem como finalidade produzir um diagnóstico situacional dos 246 municípios goianos, por meio do mapeamento das condições de produção dos serviços odontológicos, dos indicadores socioeconômicos e epidemiológicos visando subsidiar os processos de tomada de decisão, avaliação e controle das ações e serviços de saúde bucal no Estado de Goiás. A pesquisa será realizada em etapas que serão descritas a seguir. A pesquisa será realizada em etapas que compreendem: o mapeamento e georreferenciamento dos indicadores a partir dos dados secundários dos municípios goianos e de Goiânia, por ser a capital do estado; o mapeamento e georreferenciamento dos indicadores a partir dos dados primários; a devolução das informações aos municípios e a construção dos indicadores por meios de oficinas com os informantes chaves de cada município nas 15 (quinze) Administrações Regionais de Saúde (ARS) da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás. A análise dos dados incluíra estatística descritiva, análise bivariada e análise de regressão múltipla. Será considerado o nível de significância de 5%. As informações serão georreferenciadas para cada município goiano utilizando-se os programas Spring e/ou TerraView, que se encontram disponíveis no site do INPE. Os municípios serão classificados de acordo com ranqueamento elaborado a partir da composição dos índices propostos. Espera-se que esses dados possam subsidiar a elaboração de políticas de saúde bucal adequadas às necessidades de cada município ou região sanitária do estado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / Maria de Fátima Nunes - Integrante / MARIA DO CARMO MATIAS FREIRE - Integrante / Vania Cristina Marcelo - Integrante / Erica Fernandes Soares - Integrante / Cláudio Rodrigues Leles - Integrante / Reis, Sandra Cristina Guimaraes Bahia - Integrante / BATISTA, Simone Machado Oliveira - Integrante / MAURO FERNANDES BARBOSA - Integrante / Bruna dos Santos Oliveira - Integrante / Murylo Silva Martins - Integrante / Mary Anne de Sousa Alves França - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2011 - Atual
Atenção às urgencias Odontológicas em Unidades de Pronto-Atendimento
Descrição: O presente trabalho destina-se a discutir o serviço de atenção às urgências em unidades de pronto-atendimento do município de Goiânia sob a perspectiva dos cirurgiões-dentistas que ali atuam. Foi realizado um estudo qualitativo do tipo transversal descritivo. A população de estudo correspondeu aos cirurgiões-dentistas lotados no serviço de atenção às urgências nas unidades de pronto-atendimento do município em atividade no período da coleta de dados (N=65=100%). Os dados foram coletados através de um questionário composto por perguntas fechadas divididas em seis blocos de acordo com as seguintes categorias: perfil da população de estudo, características do serviço, dificuldades enfrentadas pelos profissionais, papel do profissional naquela realidade, pacientes que demandam serviços de urgência mais complexos e procedimentos clínicos que devem ser executados no consultório de urgências na unidade de pronto-atendimento. Um espaço aberto destinado a ideias, opiniões ou relatos dos respondentes acerca do tema abordado também constou no formulário. A taxa de resposta foi de 68% (44 questionários respondidos). Para a tabulação dos dados, lançou-se mão do programa SPSS. Com a realização deste estudo, espera-se contribuir para uma maior compreensão sobre o papel do cirurgião-dentista que atua no serviço de urgências das unidades de pronto-atendimento do município, assim como uma melhor apreensão acerca desta realidade no contexto da rede assistencial do SUS..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / Leonardo Essado Rios - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2009 - 2014
Cárie dentária na primeira infância em Goiânia, Goiás: Determinantes e repercussões no crescimento da criança
Descrição: A cárie dentária é uma doença que comumente afeta a primeira infância, promovendo prejuízos importantes na saúde geral da criança ? dificuldades de mastigação, problemas estéticos, presença de infecções, dor, prejuízos nas atividades de vida diária, entre outros. Embora a literatura tenha identificado vários fatores de risco e proteção para a cárie dentária no ambiente familiar, essa informação precisa ser melhor investigada em subpopulações, para que medidas mais adequadas a realidades locais sejam planejadas em busca da promoção de saúde. Não se sabe quais são os determinantes da cárie dentária em crianças de 5 anos cujas famílias recebem o cuidado da Estratégia Saúde da Família (ESF) nos Distritos Sanitários Norte e Leste de Goiânia-Goiás. O objetivo desta pesquisa observacional transversal é contribuir com esse conhecimento, além de verificar a associação da cárie com o crescimento dessas crianças. Os dados serão coletados nessa população por meio de levantamento epidemiológico da cárie dentária na dentição decídua em uma amostra de crianças que nasceram em 2004 e que residem nos mencionados distritos sanitários, cuja área tem cobertura da ESF. Serão aferidas a altura e o peso das crianças; um questionário com questões fechadas, a ser respondido pelo cuidador da criança, buscará informações acerca dos hábitos familiares e condições sociais que possam ser identificados como fatores de proteção ou risco para a cárie dentária. Os dados serão analisados por meio de estatística descritiva e inferencial. Esta pesquisa integra o PET-Saúde da Universidade Federal de Goiás e Secretaria Municipal de Saúde..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (18) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / Luciane Ribeiro de Rezende Sucasas da Costa - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2009 - 2013
A formação da Equipe de Saúde da Família para o cuidado em saúde na primeira infância
Descrição: A Formação dos profissionais de saúde para atuarem no Sistema Único de Saúde (SUS) vem passando por mudanças implementadas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais e recomendações do Ministério da Saúde. A Formação para o SUS deve englobar a produção de nova subjetividade que abarque o cuidado em saúde, a produção de habilidades técnicas e de pensamento e conhecimento do SUS, dos profissionais de saúde, gestores e usuários. O objetivo da pesquisa é avaliar as necessidades de formação da Equipe de Saúde Bucal (ESB) da Estratégia Saúde da Família nos Distritos Sanitários Leste e Norte da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia para o cuidado em saúde na primeira infância. Terá abordagem qualitativa com fase de análise documental acerca das determinações do município de Goiânia para a formação dos profissionais de saúde que atuam no SUS, dos responsáveis pelo ensino formal dos componentes da ESB. Serão identificados e analisados documentos sobre o modelo assistencial do SUS - Goiânia, programas e projetos para a 1ª infância. Serão analisadas as atas dos Conselhos Locais e Municipal para identificar as demandas percebidas de cuidado em saúde para o grupo pesquisado. Por meio de entrevista serão coletados dados sobre a organização do trabalho, prática profissional e demandas de educação permanentes entre os formadores, gestores, profissionais e as famílias com crianças na 1ª infância da região a ser estudada. Espera-se poder contribuir com a construção de estratégias de educação permanente para os profissionais desta equipe além de produzir conhecimento que subsidie a reorientação da formação profissional para atuarem no SUS. A Formação dos profissionais de saúde para atuarem no Sistema Único de Saúde (SUS) vem passando por mudanças implementadas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais e recomendações do Ministério da Saúde. A Formação para o SUS deve englobar a produção de nova subjetividade que abarque o cuidado em saúde, a produção de habilidades técnicas e de pensam.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / Luciane Ribeiro de Rezende Sucasas da Costa - Integrante / Liliani AIRES cÃNDIDO vIEIRA - Integrante / Geovanne de Castro Moraes Machado - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
MAPEAMENTO DOS INDICADORES SOCIAIS DE SAÚDE BUCAL EM MUNICÍPIOS DO ESTADO DE GOIÁS.
Descrição: a pesquisa tem como finalidade produzir um diagnóstico situacional dos 246 municípios goianos, por meio do mapeamento das condições de produção dos serviços odontológicos, dos indicadores socioeconômicos e epidemiológicos, durante o período de 2008 a 2009. A pesquisa será do tipo ecológico transversal e englobará todos os 246 municípios do Estado de Goiás. Para de obter as características socioeconômicas dos municípios serão utilizados dados secundários dos órgãos oficiais de estatística e pesquisa do Brasil e do Estado de Goiás. Os índices utilizados serão: índice de condição de vida (ICV); renda média familiar per capita; proporção de pessoas com renda insuficiente; taxa de analfabetismo da população adulta; índice de Gini. Acerca do gerenciamento dos serviços odontológicos oferecidos pelos municípios serão utilizados as bases de dados do Ministério da Saúde, especificamente o SIAB, o SIA-SUS e o SIOPS. Após a criação de um banco de dados os mesmos serão tratados estatisticamente por meio do programa estatístico SPSS para Windows versão 1.6. A análise dos dados incluirá estatística descritiva, análise bivariada e análise de regressão múltipla. Será considerado o nível de significância de 5%. As informações serão georreferenciadas para cada município goiano utilizando-se o programa Spring e/ou TerraView disponíveis no site do INEP. Os municípios serão classificados de acordo com ranqueamento elaborado a partir da composição dos índices propostos. Esse tipo de pesquisa tem contribuído para estabelecer estratégias de atuação governamental na promoção da equidade em saúde a médio e longo prazo, identificando áreas de maior carência de investimento em saúde e construção de agendas de pesquisas prioritárias. Na realidade brasileira e regional esse tipo de estudo se justifica principalmente pelo cenário marcado pela desigualdade social no país e no Estado que é determinado, inclusive, pelo contexto político-econômico de redução crescente dos gastos públicos com as políti.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / SARA RODRIGUES RENOVATO - Integrante / PATRÍCIA CORREIA DE SIQUEIRA - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2007 - 2010
Saúde, fatores psicossociais, perfil profissional e desempenho acadêmico de egressos da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Goiás
Descrição: As interfaces que contribuem para o perfil e vida profissional do cirurgião-dentista têm merecido atenção. Neste contexto, o objetivo desse estudo será conhecer e relacionar perfil, saúde física e mental e fatores psicossociais com o desempenho acadêmico de egressos de diferentes períodos da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Goiás. A população de estudo será composta por todos os profissionais egressos da FO-UFG que concluíram o curso entre 1986 e 2006 (censo). O estudo será dividido em duas partes: 1. estudo coorte retrospectivo sobre desempenho acadêmico, no qual serão coletados dados a partir do questionário de avaliação sócio-econômica do vestibular, desempenho no vestibular e histórico acadêmico; 2. estudo transversal sobre perfil profissional, saúde física, fatores psicossociais e auto-avaliação do desempenho acadêmico, no qual serão coletados dados a partir de questionários auto-aplicáveis via on line, por meio do Sistema de Gestão de Avaliações à Distância (SGAD), composto pelos seguintes instrumentos: questionário sobre o perfil profissional, Questionário de estresse de Lipp, Escala de Autoconceito no Trabalho, Escala Senso de Coerência. Será realizado um estudo piloto previamente à coleta de dados do estudo propriamente dito. Os dados serão analisados por meio de estatística descritiva, análise de cluster, ANOVA, MANOVA, análise discriminante e análise fatorial...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Integrante / MARIA DO CARMO MATIAS FREIRE - Integrante / Maria de Fátima Nunes - Integrante / Cláudio Rodrigues Leles - Coordenador / Erica Tatiane da Silva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2


Projetos de extensão


2017 - Atual
DOCE DOCÊNCIA: SABERES E SABORES DA PRÁTICA DOCENTE

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lidia Moraes Ribeiro Jordão em 24/10/2017.
Descrição: Projeto que está sendo desenvolvido com os docentes da Faculdade de Odontologia da FO/UFG.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2017 - Atual
Atenção em Saúde Bucal à População Ribeirinha no Estado do Amazonas : Parceria com o Projeto Luzeiro
Descrição: Levantamentos básicos sobre as condições de saúde e a oferta de serviços de uma dada população fornece uma base para estimar as necessidades atuais para futuras politicas de intervenções para a melhoria nos padrões de saúde (OMS;1999). No SB Brasil 2010 o índice CPOD médio nos adolescentes brasileiros foi de 4,25 sendo que desses 2,16 são representados por dentes obturados, ou seja, mais de 50% de representatividade (BRASIL; 2010). O acesso deficiente aos serviços de saúde bucal combinados com falta de politicas publica, inclusive da fluoretação da agua de abastecimento tem contribuído para que o CPOD médio em Manaus- MA seja de 5,16, segundo Fonseca et al;. 2009. Alguns aspectos inerentes à população como seus princípios de crenças e valores, sua localização e dispersão, bem como fatores socioeconômicos, saneamento básico, insuficiência de politicas publicas de saúde, consolida a carência da população. Exigindo aumentar a compreensão dos profissionais de saúde a cerca das especificidades do processo de trabalho da população do campo e das florestas ? PNSIPCF (BRASIL, 2013). Portanto, aprimorar o acesso aos serviços de saúde de população ribeirinha se mostra necessário devido a precariedade do serviço prestado notado na alta prevalência de carie e de doença periodontal que afeta essa população mostrando a necessidade de atenção de forma regular e continua para ampliação e promoção de saúde (FRANCO;2013). A região Amazônica desde o início da sua colonização contou com uma forte presença de missionários e muitos deles ligados a diferentes religiões. Um destes grupos de missionários é a ADRA Brasil Regional Amazonas que desenvolve o Projeto Luzeiro. Este projeto visa a atenção da saúde da população ribeirinha do Amazonas, desde 1931. Para a formação dos profissionais de saúde vivenciar uma experiência proporcionada pelo Projeto Luzeiro muito pode contribuir com o perfil esperado do curso de Odontologia da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Goiás: ?Fundamentar as práticas de formação do cirurgião-dentista para as suas atribuições técnico-científicas e como cidadão consciente das suas responsabilidades sociais?. O projeto tem como objetivo proporcionar a vivência dos estudantes do curso de odontologia nas ações de saúde bucal realizadas junto a população ribeirinha do Amazonas, a partir das orientações do Projeto Luzeiro. Atuar na atenção de saúde bucal da população ribeirinha em barco-hospital disponibilizado pelo Projeto Luzeiro durante 21 dias, realizando atendimento nas várias comunidades já cadastradas. As comunidades se encontram ao longo do Rio Meneruá no município de Juruá-MA. Atuando na atenção de saúde bucal da população ribeirinha, espera-se grande enriquecimento profissional e humano visto ser uma experiência nova que foge do âmbito estudado e praticado durante o curso de graduação com grande aprendizado cultural, além do ganho da população com os serviços prestados..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Maria Goretti Queiroz - Coordenador / Enilza Maria Mendonça de Paiva - Integrante / Lidia Moraes Ribeiro Jordão - Integrante / NAYARA JORDANA DOS SANTOS - Integrante / LETICIA SANTANA GONÇALVES - Integrante / RAFAELA ROSS REIS - Integrante.


Membro de corpo editorial


2015 - Atual
Periódico: Revista Saúde em Debate


Membro de comitê de assessoramento


2013 - Atual
Agência de fomento: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira


Revisor de periódico


2008 - 2013
Periódico: RGO. Revista Gaúcha de Odontologia
2010 - Atual
Periódico: Divulgação em Saúde para Debate


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Odontologia / Subárea: Odontologia Social e Preventiva.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Educação Superior.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Políticas Publicas.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2009
Vencedor da Sessão de painéis pesquisa-ensino, Sociedade Brsileira de Pesquisa Odontológica.
2008
Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS, Secretaria de Ciência Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministérios da Saúde.
2002
Menção Honrosa do Prêmio de incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS, Ministério da Saúde.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS

Artigos completos publicados em periódicos

1.
ROCHA, A. L. P.2018ROCHA, A. L. P. ; LELES, C. R. ; QUEIROZ, M. G. . Fatores associados ao desempenho acadêmico de estudantes de Nutrição no Enade. REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS PEDAGÓGICOS RBEP-INEP, v. 99, p. 74-94, 2018.

2.
QUEIROZ, MARIA GORETTI2018QUEIROZ, MARIA GORETTI; FERREIRA DA COSTA, HÉLLEN JHULY ; SOUSA, LUCILENE MARIA DE ; MENEZES, IDA HELENA CARVALHO FRANCESCANTONIO ; VIEIRA, MARIANA DE SOUSA NUNES . INTEGRAÇÃO ENSINO, SERVIÇO E COMUNIDADE: (RE) CONHECENDO A MOSTRA PARCERIA ENSINO-SERVIÇO-COMUNIDADE (MOPESCO) REALIZADA PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS. REVISTA BRASILEIRA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA, v. 9, p. 115, 2018.

3.
Rios LE2017Rios LE ; QUEIROZ, M. G. . Perception of Dentists about the Functioning of Emergency Public Dental Services. Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada (Impresso), v. 17, p. 1-10, 2017.

4.
RIOS, LEONARDO ESSADO2017RIOS, LEONARDO ESSADO ; QUEIROZ, MARIA GORETTI . Dental urgencies in public health services: what is the role of the dental surgeon?. REVISTA ODONTO CIÊNCIA (ONLINE), v. 32, p. 41-46, 2017.

5.
Arantes BM2017Arantes BM ; MARCELO, V. C. ; QUEIROZ, M. G. ; ARANTES FILHO, W. M. ; ARANTES, W. M. . As ações do Núcleo Docente Estruturante no processo de educação permanente dos professores em um curso de graduação em Odontologia. SCIENTIFIC INVESTIGATION IN DENTISTRY, v. 22, p. 19-25, 2017.

6.
QUEIROZ, MARIA GORETTI2015QUEIROZ, MARIA GORETTI; RENOVATO, SARA RODRIGUES ; SIQUEIRA, PATRÍCIA CORREIA ; CAMPOS, ANA CRISTINA VIANA ; LELES, CLÁUDIO RODRIGUES . Indicadores socioeconômicos e a oferta de serviços na atenção básica em saúde bucal em municípios do Estado de Goiás, Brasil. Revista Odonto Ciência (Online), v. 30, p. 91, 2015.

7.
COSTA, LUCIANE2013COSTA, LUCIANE ; DAHER, ANELISE ; Queiroz, Maria . Early Childhood Caries and Body Mass Index in Young Children from Low Income Families. International Journal of Environmental Research and Public Health, v. 10, p. 867-878, 2013.

8.
Franco LLMM2013Franco LLMM ; REIS, Liliane Braga Monteiro dos ; Martorell LB ; Queiroz, Maria G ; MARCELO, Vania Cristina . Investigação qualitativa sobre os processos formativos de professores de odontologia. Indagatio Didactica, v. 5, p. 836-856, 2013.

9.
REIS, Liliane Braga Monteiro dos2013REIS, Liliane Braga Monteiro dos ; Franco LLMM ; Queiroz, Maria G ; MARCELO, Vania Cristina . Análise qualitativa do processo de inclusão da saúde bucal na estratégia saúde da família. Indagatio Didactica, v. 5, p. 961-977, 2013.

10.
FREIRE, M. C. M.2011FREIRE, M. C. M. ; Jordão, LMR ; Ferreira, NP ; NUNES, M. F. ; QUEIROZ, M. G. ; LELES, C. R. . Motivation towards career choice of brazilian freshman students in a fifteen-year period. Journal of Dental Education, v. 75, p. 115-121, 2011.

11.
Silva, ET2010Silva, ET ; NUNES, M. F. ; QUEIROZ, M. G. ; LELES, C. R. . Factors influencing students' performance in a brazilian dental school. Brazilian Dental Journal (Impresso), v. 21, p. 80-86, 2010.

12.
Nunes, Maria F2010Nunes, Maria F ; Silva, Erica T ; Santos, Laura B ; QUEIROZ, M. G. ; Leles, Cláudio R . Profiling alumni of a Brazilian public dental school. Human Resources for Health, v. 8, p. 20, 2010.

13.
Silva, ET2010Silva, ET ; Santos, Laura B ; Queiroz, Maria G ; LELES, C. R. . Identifying student profiles and their impact on academic performance in a Brazilian undergraduate student sample. European Journal of Dental Education, v. 15, p. 1600-0579.2011., 2010.

14.
QUEIROZ, M. G.;Queiroz, Maria G;Queiroz, Maria;QUEIROZ, MARIA GORETTI2009 QUEIROZ, M. G.; DOURADO, L. F. . O ensino da odontologia no Brasil: uma leitura a partir das recomendações e encontros internacionais na década 1960.. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Online), v. 16, p. 1011-1026, 2009.

15.
Reis, SCGB2009Reis, SCGB ; FREIRE, M. C. M. ; HIgino, MASP ; Batista, SMO ; Rezende, KL ; QUEIROZ, M. G. . Declínio de cárie em escolares de 12 anos da rede pública de Goiânia, Goiás, Brasil, no período de 1988 a 2003. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 12, p. 92-98, 2009.

16.
França MAS2009França MAS ; Chaves MEPS ; QUEIROZ, M. G. ; Pereira EM . Comissão de saúde da assembléia legislativa de Goiás: espaço de controle social na definição de políticas estaduais de saúde?. Tempus: Actas de Saúde Coletiva, v. 1, p. 67-77, 2009.

17.
Lima RA2009Lima RA ; Souza LL ; Pereira EM ; QUEIROZ, M. G. . Conselhos locais de saúde: redescobrindo e ampliando. Tempus: Actas de Saúde Coletiva, v. 1, p. 78-89, 2009.

18.
QUEIROZ, M. G.;Queiroz, Maria G;Queiroz, Maria;QUEIROZ, MARIA GORETTI2000QUEIROZ, M. G.. Projeto de Promoção da Saúde do Distrito Sanitário Leste. Revista de Extensão da Ufg, Goiânia, 2000.

19.
QUEIROZ, M. G.;Queiroz, Maria G;Queiroz, Maria;QUEIROZ, MARIA GORETTI1998 QUEIROZ, M. G.. ÓBVIO OU OBSCURO: estudo das rep[resentações sociais dos alunos dos cursos de medicina e odontologia acerca de sua profissão. Cadernos da Educação da Faculdade de Educação da Ufg, Goiânia, v. 6, p. 45-60, 1998.

20.
QUEIROZ, M. G.;Queiroz, Maria G;Queiroz, Maria;QUEIROZ, MARIA GORETTI1997QUEIROZ, M. G.; AVELINO, M. M. ; FREIRE, M. C. M. ; BUENO, L. M. ; BUENO, C. O. . Avaliação da eficácia do selante na prevenção da cárie oclusal após 2 anos de aplicação em escolares da rede pública de Goiânia.. Revista ABO Nacional, Rio de Janeiro, v. 54, n.4, p. 236-239, 1997.

21.
SILVA, C. O.1997SILVA, C. O. ; BUENO, L. M. ; FREIRE, M. C. M. ; QUEIROZ, M. G. ; AVELINO, M. M. . Avaliação da retenção do selante após 1 ano de aplicação em escolares. Revista de Odontologia do Brasil Central, Goiânia, v. 6, n.22, p. 21-24, 1997.

22.
FREIRE, M. C. M.1995FREIRE, M. C. M. ; BUENO, L. M. ; SILVA, C. O. E. ; QUEIROZ, M. G. ; AVELINO, M. M. . Avaliação da eficácia do selante após 3anos de aplicação em escolares da rede pública de Goiânia-Go. Rev Odontol Universidade São Paulo, São Paulo, v. 9, n.2, p. 77-83, 1995.

Capítulos de livros publicados
1.
SAGNO, A. L. M. ; QUEIROZ, M. G. . Mapa Conceitual. In: Alessandra Vitorino Naghettini; Cristina Célia de Almeida Pereira Santana. (Org.). Manual para profissionais da saúde: metodologias ativas. 1ªed.Goiânia: CEGRAF - UFG, 2017, v. 1, p. 43-50.

2.
LUCENA, E. H. G. ; NUNES, M. F. ; QUEIROZ, M. G. ; WERNECK, M. A. F. ; França MAS ; GOES, P. S. A. . AVALIAÇÃO EXTERNA DO PMAQ-CEO: REFLETINDO ACERCA DOS INDICADORES DE ACESSO E QUALIDADE. In: Nilcema Figueiredo, Paulo Sávio Angeiras de Goes; Petrônio José de Lima Martelli. (Org.). Os caminhos da saúde bucal no Brasil : um olhar quali e quanti sobre os Centro de Especialidade Odontológicas (CEO) no Brasil. 1ªed.Recife: Editora UFPE, 2016, v. 1, p. 206-220.

3.
QUEIROZ, M. G.; LIMA, J. R. . Introdução. In: Lucilene Maria de Sousa; Marilda Shuvartz. (Org.). Formação de profissionais de saúde na Universidade Federal de Goiás: contribuição dos programas de reorientação da formaçãp. 1ed.Goiânia: Gráfica UFG, 2015, v. 1, p. 23-32.

4.
Santana, RRQ ; QUEIROZ, M. G. . Formação de cirurgiões-dentistas para atuar na saúde da família. In: Nilce Maria da Silva Campos Costa; Edna regina silva Pereira. (Org.). Ensino na saúde; transformando práticas profissionais. 1ed.Goiânia: Gráfica UFG, 2015, v. 1, p. 71-88.

5.
VIEIRA, M. S. N. ; QUEIROZ, M. G. . O nutricionista como educador em saúde. In: nilce Maria da Silva Campos Costa; Edna regina Silva Pereira. (Org.). Ensino na saúde: transformando práticas profissionais. 1ed.Goiânia: Gráfica UFG, 2015, v. 1, p. 117-140.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
QUEIROZ, M. G.; Franco LLMM ; REIS, Liliane Braga Monteiro dos . CAPACITAÇÃO DO DOCENTE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EM SAÚDE: UMA REVISÃO INTEGRATIVA. In: www.even3.com.br/Anais/CBPU/80704-CAPACITACAO-DO-DOCENTE-DA-EDUCACAO-SUPERIOR-EM-SAUDE--UMA-REVISAO-INTEGRATIVA, 2018, Rio Claro. I Congresso Brasileiro de Pedagogia Universitáira. Rio Claro: Even3, 2018. p. 1-8.

2.
PAIXAO, A. L. ; QUEIROZ, M. G. ; LELES, C. R. . Perfil Sociodemográfico e características acadêmicas de estudantes concluintes do Curso de Nutrição no ENADE. In: 2º Simpósio Avaliação da Educação Superior, 2016, Porto Alegre. ANAIS AVALIES 2016. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2016. v. 1. p. 463-478.

3.
PAIXAO, A. L. ; Bastos BTF ; Costa CA ; LOURENCO, F. C. S. ; CARVALHO, M. P. ; QUEIROZ, M. G. . PROCESSO DE INSERÇÃO DO GRUPO PET SAÚDE/SF NA UABSF PARQUE. In: Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão- CONPEEX, 2010, Goiânia. Anais do Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão- CONPEEX, 2010. v. 1. p. 5008-5012.

4.
Moraes JA ; Souza RC ; Domiciano ML ; LACERDA, B. R. A. ; Nery, NG ; Gongalves PR ; QUEIROZ, M. G. . PET-SAÚDE: A BUSCA DO DIÁLOGO COM A COMUNIDADE. In: Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão- CONPEEX, 2010, Goiânia. Anais do Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão- CONPEEX, 2010. v. 1. p. 5026-5030.

5.
FERREIRA, M. A. ; Mendonça LSM ; SILVA, M. R. ; MELO, S. G. ; ZAIDEN, R. T. ; SILVA, R. C. ; Queiroz, Maria G . LEVANTAMENTO DAS NECESSIDADES GERAIS E EM SAÚDE PERCEBIDAS. In: VII Congresso de Ensino Pesquisa Extensão -UFG, 2010, Goiânia. Anais VII Congresso de Ensino Pesquisa Extensão -UFG, 2010. p. 5050-5054.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Novais, TO ; Cirino, R ; Mendes, GA ; Azevedo, GA ; Santana, DVG ; OLIVEIRA, B. S. ; Capeletti, LR ; Cerchi, TR ; Silva, DP ; Martins, KC ; Martorell LB ; CAETANO, S. ; MARCELO, V. C. ; Novais, PO ; Vasconcelos Neto, TF ; Queiroz, Maria G ; NUNES, M. F. . Luz, câmera, humanização: o audiovisual no ensino do SUS. In: 10º Congresso Internacional Rede Unida, 2012, Rio de Janeiro. Interface (Botucatu. Impresso), 2012. v. 1. p. 1-1.

2.
SILVA, M. R. ; VAZ, S. R. ; SILVA, N. M. ; SOUZA, C. B. ; CARVALHO, M. P. ; CAIXETA, R. ; QUEIROZ, M. G. . ALBUM SERADO SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA CRIANÇAS DE ZERO A DEZ ANOS: RELATO DE EXOERIÊNCIAS. In: CONGRESSO DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO DA UFG, 2012, GOIÂNIA. ANAIS DO IX CONPEEX, 2012. v. 1. p. 38-42.

3.
Nery, NG ; MARCELO, V. C. ; Ribeiro-Rotta, RF ; QUEIROZ, M. G. . A INVESTIGAÇÃO DA SATISFAÇÃO DE USUÁRIOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA DE SAÚDE NO BRASIL. In: CONGRESSO DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO DA UFG, 2012, GOIÂNIA. ANAIS DO IX CONPEEX, 2012. v. 1. p. 11776-11780.

4.
Laiz Aires Brito ; QUEIROZ, M. G. . COMO PROCEDER A UMA METASSÍNTESE QUALITATIVA. In: CONGRESSO DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO DA UFG, 2012, GOIÂNIA. ANAIS DO IX CONPEEX, 2012. p. 11181-11185.

5.
OLIVEIRA, B. S. ; Santana, DVG ; QUEIROZ, M. G. . DIAGNÓSTICP SITUACIONAL DOS SERVIÇOS DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE GOIÃNIA-GOIAS. In: CONGRESSO DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO DA UFG, 2012, GOIÂNIA. ANAIS DO IX CONPEEX, 2012. p. 610-622.

6.
SILVA, E. A. S. ; MARCELO, Vania Cristina ; Nery, NG ; LIMA, J. R. ; Queiroz, Maria G . Mestrado Profissional e a estruturação da educação permanente em uma unidade de arenção básica à saúde da família de Goiânia: relato de experiência. In: 63ª Reunião Anual da SBPC, 2011, Goiânia. Anais/Resumos da 62ª Reunião Anual da SBPC, 2011. v. 1. p. 1-1.

7.
Nery, NG ; MARCELO, V. C. ; QUEIROZ, M. G. ; MENEZES, L. D. ; SILVA, E. A. S. ; Laiz Aires Brito . Análise das avaliações dos serviços de saúde a partir da satisfação de usuários. In: 63ª Reunião anual da SBPC, 2011, Goiânia. Anais/Resumos da 62ª Reunião Anual da SBPC, 2011. v. 1. p. 1-1.

8.
Laiz Aires Brito ; QUEIROZ, M. G. ; LIMA, J. R. ; MARCELO, V. C. . A participação social de trabalhadores da estratégia Saúde da família em Goiânia-Goiás. In: 63ª Reunião anual da SBPC, 2011, Goiânia. Anais/Resumos da 62ª Reunião Anual da SBPC, 2011. v. 1. p. 1-1.

9.
MARTINS, M. O. ; LOURENCO, F. C. S. ; Moraes JA ; SOUZA, C. B. ; QUEIROZ, M. G. . Avaliação de estratégias e recursos educativos, utilizados para criação de vínculo com adolescentes, propiciando espaços saudáveis para esclarecimentos de dúvidas.. In: 63ª Reunião Anual da SBPC, 2011, Goiânia. Anais/Resumos da 62ª Reunião Anual da SBPC, 2011. v. 1. p. 1-1.

10.
QUEIROZ, M. G.; SOUZA, C. B. ; CARVALHO, M. P. ; CAIXETA, R. ; Gongalves PR ; Nery, NG ; SILVA, R. C. . Experiência de consolidação do PET Saúde da Família na UABSF Parque Atheneu - Goiânia - GO. In: 46º Reunião da Associação Brasileira de Ensino Odontológico, 2011, Florianópolis. Revista da ABENO. São Paulo, 2011. v. 11. p. 112-114.

11.
Arantes BM ; MARCELO, V. C. ; QUEIROZ, M. G. . PRO-SAÚDE: ação indutora de mudanças na formação e estruturação de cursos na área da saúde. In: 46ª Reunião da Associação Brasileira de Ensino Odontológico, 2011, Florianópolis. Revista da ABENO. Saõ Paulo, 2011. v. 11. p. 84-86.

12.
QUEIROZ, M. G.; Novais, TO ; NUNES, M. F. ; LIMA, J. R. ; ALEXANDRE, V. P. ; SOUSA, L. M. ; BATISTA, S. R. R. ; FREITAS, G. C. ; MARCELO, V. C. . Parceria Ensino serviço Comunidade. In: I Mostra de Experiências Exitosas dos Projetos Pró e Pet-saúde da àrea da Odontologia, 2011, Florianópolis. Revista da ABENO, 2011. v. 11. p. 114-116.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Santana, RRQ ; Neves, RLR ; QUEIROZ, M. G. . Formação do cirurgião-dentista da UFG - ensino baseado em competencia?. In: 11º Congresso Internacional da RedeUnida, 2014, Fortaleza - CE. Revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação, 2014. v. suplem. p. 1-1.

2.
VIEIRA, M. S. N. ; QUEIROZ, M. G. . Concepções e práticas de educação em saúde dos nutricionistas inseridos na Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia. In: 11º Congresso Internacional da Rede Unida, 2014, Fortaleza - CE. Suplemento Revista Interface - Cominicação, Saúde, Educação, 2014. v. 3. p. 1-1.

3.
QUEIROZ, M. G.; NUNES, M. F. ; FREIRE, M. C. M. ; Novais, TO ; MARCELO, V. C. ; RAMOS, W. C. ; Arantes BM . Análise das Estratégias e vivências das disciplinas na área da saúde coletiva da Faculdade de Odontologia da UFG. In: 10º Congresso Internacional Rede Unida, 2012, Rio de Janeiro. Interface (Botucatu. Impresso), 2012. v. 1. p. 1-1.

4.
MARCELO, V. C. ; QUEIROZ, M. G. ; Novais, TO ; NUNES, M. F. ; RAMOS, W. C. ; Martorell LB ; Arantes BM . A complexidade do Sistema único de Saúde e sua compreensão crítica e significativa. In: 10º Congresso Internacional Rede Unida, 2012, Rio de Janeiro. Interface (Botucatu. Impresso), 2012. v. 1. p. 1-1.

5.
MARCELO, V. C. ; QUEIROZ, M. G. ; ROCHA, D. G. ; NUNES, M. F. ; Novais, TO ; LELES, C. R. ; PAIVA, E. M. M. ; Ribeiro-Rotta, RF ; Reis, SCGB ; Soares, EF ; Barbosa, MI ; Pinheiro, MI . Vivencias docentes na realidade do Sistema ùnico de Saúde: a experiência da saúde bucal em Goiânia - GO. In: 10º Congresso Internacional Rede Unida, 2012, Rio de Janeiro. Interface (Botucatu. Impresso), 2012. v. 1. p. 1-1.

6.
Arantes BM ; MARCELO, V. C. ; QUEIROZ, M. G. . PRÓ-SAÚDE: indutor de mudanças na formação e estruturação de cursos na área da saúde. In: 10º Congresso Internacional Rede Unida, 2012, Rio de Janeiro. Interface (Botucatu. Impresso), 2012. v. 1. p. 1-1.

7.
Rios LE ; QUEIROZ, M. G. ; Issa, AHTM . A unicidade e a diversidade da integralidade no SUS: as práticas em saúde e formação profissional. In: 10º Congresso Internacional Rede Unida, 2012, Rio de Janeiro. Interface (Botucatu. Impresso), 2012. v. 1. p. 1-1.

8.
França MAS ; CHAVES, M. E. P. ; ANDRADE, F. ; QUEIROZ, M. G. ; Pereira EM . COMISSÃO DE SAÚDEDA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DE GOIÁS: ESPAÇO DE CONTROLE SOCIAL NA DEFINIÇÃODE POLÍTICAS ESTADUAIS DE SAÚDE?. In: 10º CONGRESSO BRASILEIRO DE SAÚDE COLETIVA, 2012, PORTO ALEGRE. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), 2012. v. 1. p. 1-1.

9.
QUEIROZ, M. G.; MARCELO, V. C. ; Novais, TO . A História da ensino odontológico no Brasil e a constituição de saberes e práticas. In: V Congresso Brasileiro Ciências Sociais e Humanas em Saúde, 2011, São Paulo. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), 2011. v. 1. p. 1-1.

10.
Arantes BM ; MARCELO, V. C. ; QUEIROZ, M. G. . Análise da influência dos aspectos administrativos na implementação das mudanças curriculares na FO/UFG. In: 28º reunião anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica, 2011, Águas de Lindoia. Pesquisa Odontológica Brasileira (Impresso) (Cessou em 2003. Cont. ISSN 1806-8324 Brazilian Oral Research (Impresso)), 2011. v. 25. p. 82-82.

11.
MENEZES, L. D. ; QUEIROZ, M. G. ; Nery, NG ; MARCELO, V. C. ; SILVA, E. A. S. ; Laiz Aires Brito . Qual a efetividade das ações de Promoção da Saúde. In: V Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, 2011, São Paulo. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), 2011. v. 1. p. 1-1.

12.
Laiz Aires Brito ; MARCELO, V. C. ; QUEIROZ, M. G. ; LIMA, J. R. ; MENEZES, L. D. ; SILVA, E. A. S. ; Nery, NG . A proposta do empoderamento na promoção da saúde: utilização e concepções nas bases da literatura. In: V Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, 2011, São Paulo. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), 2011. v. 1. p. 1-1.

13.
Nery, NG ; MARCELO, V. C. ; QUEIROZ, M. G. ; MENEZES, L. D. ; SILVA, E. A. S. ; Laiz Aires Brito . Análise dos estudos sobre avaliações dos serviços e sistemas de saúde a partir da satisfação de usuários. In: V Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, 2011, São Paulo. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), 2011. v. 1. p. 1-1.

14.
Vieira AH ; Silva, ET ; NUNES, M. F. ; QUEIROZ, M. G. ; LELES, C. R. . Análise de segmentação de estudantes de graduação em. In: 26º reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica, 2009, Águas de Lindóia. Brazilian Oral Research (Impresso). Saõ Paulo: SBPqO, 2009. v. 18. p. 23-23.

15.
Martorell LB ; ROCHA, D. G. ; QUEIROZ, M. G. ; Franco LLMM ; Costa, LRRS ; MARCELO, V. C. . Estação Ensino do Coletivo ? educação que te quero. In: 26ª Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica, 2009, Águas de Lindóia. Brazilian Oral Research (Impresso). São Paulo: SBPqO, 2009. v. 18. p. 24-24.

16.
Silva, ET ; NUNES, M. F. ; QUEIROZ, M. G. ; LELES, C. R. . Fatores influenciadores do desempenho acadêmico de estudantes. In: 26ª Socieddae Brasileira de Pesquisa Odontológica, 2009, Águas de Lindóia. Brazilian Oral Research (Impresso). São Paulo: SBPqO, 2009. v. 18. p. 24-24.

17.
SIQUEIRA, P. C. ; RENOVATO, S. R. ; QUEIROZ, M. G. . Análise situacional da cobertura da atenção da saúde bucal em. In: 26ª Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica, 2009, Águas de Lindóia. Brazilian Oral Research (Impresso). Saõa Paulo: SBPqO, 2009. v. 18. p. 41-41.

18.
RENOVATO, S. R. ; SIQUEIRA, P. C. ; QUEIROZ, M. G. ; LELES, C. R. ; MARCELO, V. C. . Relação entre indicadores socioeconômicos e cobertura na atenção à saúde bucal em municípios do Estado de Goiás.. In: IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2009, Recife. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), 2009. v. 1. p. 1-1.

19.
QUEIROZ, M. G.; LELES, C. R. . Características da pós-graduação lato sensu em odontologia no Brasil. In: 43ª Reunião Anual da Associação Brasileira de Ensino Odontológico, 2008, Porto Alegre. Revista da ABENO, 2008. v. 8. p. 54-54.

20.
NUNES, M. F. ; Silva, ET ; QUEIROZ, M. G. ; LELES, C. R. . InfluênciAa do gênero no desempenho acadêmico de estudantes da Faculdade de Odontologia da UFG. In: 43ª Reunião Anual da Assoaciação Brasileira de Ensino Odontológico, 2008, Porto Alegre. Revista da ABENO, 2008. v. 8. p. 67-67.

21.
QUEIROZ, M. G.; LELES, C. R. ; FREITAS, G. C. ; RIBEIRO-ROTTA, R. F. . Pro-saúde da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Goiás: análise do primeiro ano de execução. In: 43ª Reunião Anual da Associação Brasileira de Ensino Odontológico, 2008, Porto Alegre. Revista da ABENO, 2008. v. 8. p. 87-88.

22.
Silva, ET ; NUNES, M. F. ; QUEIROZ, M. G. ; LELES, C. R. . Segmentação de grupos de estudantes da Faculdade de odontologia da UFG quanto à classificação de desempenho em disciplinas clínicas e não clínicas. In: 43ª Reunião Anual da Associação Brasileira de Ensino Odontológico, 2008, Porto Alegre. Revista da ABENO, 2008. v. 8. p. 92-92.

23.
Rios LE ; Nunes FCS ; FREIRE, M. C. M. ; NUNES, M. F. ; QUEIROZ, M. G. . Experiencias de estudantes de odontologia na disciplina Odontologia Coletiva II. In: II Mostra parceria ensino-serviço-comunidade UFG, 2008, Goiânia. Anais da II Mostra parceria ensino-serviço-comunidade UFG, 2008. v. 1. p. 175-176.

24.
Nery, NG ; Vasconcelos, DN ; Oliveira, DR ; Cunha LM ; Moura, SM ; SILVA, W. M. ; QUEIROZ, M. G. . A utilização da Técnica de Estimativa Rápida no diagnóstico de uma realidade na Estratégia Saúde da Família. In: II Mostra da Parceria Ensino-Serviço Comunidade/UFG, 2008, Goiânia. Anais da II Mostra da Parceria Ensino-Serviço Comunidade/UFG, 2009. v. 1. p. 21-23.

25.
QUEIROZ, M. G.; LELES, C. R. ; ROCHA, D. G. ; MARCELO, V. C. ; RIBEIRO-ROTTA, R. F. . Capacitando o acadêmico de odontologia a trabalhar no processo de diagnóstico e intervenção junto à população. In: 42ª Reunuão da Associação Brasileira de Ensino Odontológico, 2007, Salvador-BA. Revista da ABENO. Saõ Paulo: Imprensa Científica Editora, 2007. v. 7. p. 175-175.

26.
QUEIROZ, M. G.; LELES, C. R. ; ROCHA, D. G. ; MARCELO, V. C. ; RIBEIRO-ROTTA, R. F. . Construindo um novo curso de odontologia: a experiência da Faculdade de Odontologia da UFG. In: 42ª Reunião da Associação Brasileira de Ensino Odontológico, 2007, Salvador-BA. Revista da ABENO. Saõ Paulo: Imprensa Científica Editora LTDA, 2007. v. 7. p. 153-153.

27.
QUEIROZ, M. G.; DOURADO, L. F. . O processo de legitimação das mudanças no ensino odontológicono Brasil. In: 42ª reunião da associação Brasileira de Ensino Odontológico, 2007, Salvador-BA. Revista da ABENO. Saõ Paulo: imprensa Científica Editora LTDA, 2007. v. 7. p. 174-174.

28.
Lima RA ; Souza LL ; Pereira EM ; QUEIROZ, M. G. . Conselhos Locais de Saúde: redescobrindo e ampliando os espeços para a prática da odontologia. In: I Mostra Parceria ensino-serviço-comunidade - UFG, 2007, Goiânia. ANAIS da I Mostra ensino-serviço-comunidade, 2007. v. 1. p. 44-45.

29.
MACEDO, E. M. ; Evangelista AB ; Leal KP ; Castro LS ; QUEIROZ, M. G. . Iniciação acadêmica em saúde pública. In: I Mostra Parceria Ensino-Serviço-Comunidade - UFG, 2007, Goiânia. Anais da I Mostra Ensino-Serviço-Comunidade/UFG, 2007. v. 01. p. 73-74.

30.
SPENCIERE, M. C. R. L. ; Costa DR ; Paula DD ; Rodrigues IC ; QUEIROZ, M. G. . Seja um amigo da saúde. In: I Mostra Ensino-serviço -comunidade/ UFG, 2007, Goiânia. Anais da I Mostra Ensino-Serviço-Comunidade/UFG, 2007. v. 1. p. 93-95.

31.
CUNHA, Claudia Suzana ; QUEIROZ, M. G. . Análise do Estágio Curricular Supervisionado em Odontologia Coletiva do Curso de Odontologia da UFG no peíodo de 1999 a 2002.. In: V Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2004, Recife. Revista Brasileira de Epidemiologia, 2004. v. 1. p. 24-25.

32.
SOARES, E. F. ; QUEIROZ, M. G. ; SOUZA, C. P. . O perfil da saúde bucal da população do assentamento rural Tijuquiero -Goiás. In: XVI ENATESPO, 2000, Btasília. Anais do XVI ENATESPO, 2000. p. 71-71.

33.
QUEIROZ, M. G.; OLIVEIRA, R. C. . A inserção da Odontologia na história da saúde pública no estado de Goiás (1930-1995). In: I Forum Integrado Ensino-Pesquisa-Extensão da Universidade Católica de Goiás, 1998, Goiânia. Anais I Forum Integrado Ensino-Pesquisa-Extensão. VIII Fórum de Pesquisa. III Fórum de Extensão. Goiânia: Universidade Católica de Goiás, 1998. v. 1. p. 100-100.

34.
OLIVEIRA, R. C. ; QUEIROZ, M. G. . A inserção da odontologia na história da saúde pública no estado de Goiás (1930 a 1995). In: Encontro de Iniciação Científica PIBIC CNPq Módulo: UFU/UFMS/UCDB/UFG/UCG, 1998, Uberlândia. Anais VII Encontro de Iniciação Científica. Uberlândia: Universidade Fedral de Uberlândia, 1998. v. 1. p. 334-334.

35.
OLIVEIRA, R. C. ; QUEIROZ, M. G. . A inserção da Odontologia na história da saúde pública no estado de Goiás. In: VI Encontro de iniciação Científica (Módulo UFG-UFU-UCG-UCDB-UFMS), 1997, Goiânia. Anais do VI Forum de Pesquisa da UCG. Goiânia: Universidade Federal de Goiás, 1997. v. 1. p. 249-249.

Artigos aceitos para publicação
1.
Arantes BM ; MARCELO, V. C. ; QUEIROZ, M. G. . Pró-Saúde: ação indutora de mudanças na formação e estruturação de cursos na área da saúde. Revista da ABENO, 2012.

Apresentações de Trabalho
1.
PAIXAO, A. L. ; LELES, C. R. ; QUEIROZ, M. G. . Perfil socioeconômico e desempenho de estudantes concluintes do curso de Nutrição no ENADE. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
Moraes, J.A, ; QUEIROZ, M. G. . Diagnóstico situacional dos serviços de saúde bucal dos municípios do Estado de Goiás. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
SILVA, E. A. S. ; MARCELO, V. C. ; Nery, NG ; Guimarães RA ; LIMA, J. R. ; QUEIROZ, M. G. ; SOUSA, L. M. ; Guimarães MM . Mestrado profissional: uma experiência de implantação da educação permanente na ESF. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
Novais, TO ; BARBOSA, M. M. ; QUEIROZ, M. G. ; NUNES, M. F. ; FREIRE, M. C. M. ; MARCELO, V. C. ; LELES, C. R. . Disciplinas de Odontologia Coletiva na Faculdade de Odontologia da UFG. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
Nery, NG ; QUEIROZ, M. G. ; Bastos BTF ; PAIXAO, A. L. ; LACERDA, B. R. A. ; FERREIRA, M. A. ; Domiciano ML ; MARTINS, M. O. . Atuação do grupo Pet-Saúde/SF Parque Atheneu no CMEI Atheneu Dom Bosco em Goiânia: a promoção da saúde no contexto multiprofissional. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
Arantes BM ; Martorell LB ; Queiroz, Maria G ; MARCELO, V. C. . A restruturação administrativa e a implementação das mudanças curriculares na FO/UFG. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
RENOVATO, S. R. ; SIQUEIRA, P. C. ; QUEIROZ, M. G. . Relação entre indicadores socioeconômicos e cobertura na atenção à saúde bucal em municípios do Estado de Goiás. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
SIQUEIRA, P. C. ; RENOVATO, S. R. ; QUEIROZ, M. G. . Análise Situacional da produção da atenção em saúde bucal em municípios do Estado de Goiás, Brasil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
QUEIROZ, M. G.; Arantes BM ; MARCELO, V. C. ; Franco LLMM ; Martorell LB . Análise dos conteúdos da matriz curricular da FO/UFG. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
Martorell LB ; QUEIROZ, M. G. ; MARCELO, V. C. ; Franco LLMM ; ROCHA, D. G. ; Arantes BM . Pró-saúde e seu potencial para estimular mudanças. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
Franco LLMM ; MARCELO, V. C. ; ROCHA, D. G. ; QUEIROZ, M. G. ; Martorell LB . parceria ensino-serviço: a experiência da Disciplina de Odontologia Social da Faculdade de Odontologia da UFG. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
Nery, NG ; QUEIROZ, M. G. ; Vasconcelos, DN ; Oliveira, DR ; Moura, SM . A técnica de estimativa rápida no diagnóstico de uma realidade no PSF: uma experiência em Goiânia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

13.
Reis, SCGB ; HIgino, MASP ; Batista, SMO ; Rezende, KL ; QUEIROZ, M. G. ; FREIRE, M. C. M. . Declínio de cárie em escolares de 12 anos de Goiânia, Goiás, Brasil no período de 1988-2003.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
Moura, SM ; Vasconcelos, DN ; QUEIROZ, M. G. . Recursos educativos para saúde: experiência de acadêmicos de odontologia junto à estratégia Saúde da Família. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

15.
Nery, NG ; Vasconcelos, DN ; Oliveira, DR ; Cunha LM ; Moura, SM ; QUEIROZ, M. G. . Realizando diagnóstico em saúde coletiva por meio da técnica da estimativa rápida. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
QUEIROZ, M. G.. Mesa Redonda: PSF, Como Fazer?. 2001. (Apresentação de Trabalho/Outra).

17.
QUEIROZ, K. V. ; PAULA, A. F. B. ; MARCELO, V. C. ; QUEIROZ, M. G. . Projeto de promoção à saúde no Distrito Sanitário Leste - PROLESTE. 2000. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
QUEIROZ, M. G.; SOARES, E. F. ; SOUSA, C. P. E. . A saúde bucal da população do assentamento rural Tijuqueiro. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
QUEIROZ, M. G.. Promoção em Saúde. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
CARDOSO, R. A. ; QUEIROZ, M. G. ; GOULART, M. S. . Universidade Solidária: relato de uma experiência multidisciplinar. 1998. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
QUEIROZ, M. G.. Óbvio ou obsscuro: concepção dos alunos do curso de odontologia UFG, acerca do conceito de profissão liberal. 1998. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
QUEIROZ, M. G.. Painel demonstrativo Educação em Odontologia: uma proposta de atuação. 1996. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
QUEIROZ, M. G.. Comissões Assessoras de Área para as áreas avaliadas no ENADE 2013, no ciclo avaliativo do Sinaes:. 2013.

Trabalhos técnicos
1.
QUEIROZ, M. G.. RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DO PROSAÚDE FO-UFG REFERENTE AO PRIMEIRO ANO DE EXECUÇÃO. 2009.

2.
MONEGO, E. T. ; QUEIROZ, M. G. ; MARCELO, Vania Cristina ; FREIRE, M. C. M. ; FRANCISCOANTÔNIO, I. H. C. . Promoção da Saúde do Distrito Sanitário Leste - PROLESTE. 1999.

3.
MONEGO, E. T. ; SOUSA, A. L. L. ; SOUSA, C. P. E. ; MENDONÇA, E. F. ; QUEIROZ, M. G. ; PEIXOTO, M. R. G. ; PINTO, S. L. . O Sistema ünico de Saúde e o assentamento Tijuqueiro - relatório de atividades. 1999.

4.
MONEGO, E. T. ; SOUSA, A. L. L. ; ROCHA, Dais Gonçalves ; MENEZES, I. H. C. F. ; FREIRE, M. C. M. ; QUEIROZ, M. G. ; PASQUALI, M. S. ; PEIXOTO, M. R. G. ; PINTO, S. L. ; MARCELO, Vania Cristina ; OLINTO, P. R. M. ; AMORIM, P. ; AMORIM, S. P. ; MENEZES, S. E. . Relatório de atividades do PROLESTE:1999. 1999.

5.
FARIAS, J. G. ; MONEGO, E. T. ; PESSOA, J. M. ; BRASIL, R. M. ; SOUSA, A. L. L. ; SOUSA, C. P. E. ; MENDONÇA, E. F. ; QUEIROZ, M. G. ; PEIXOTO, M. R. G. ; PINTO, S. L. . Desenvolvimento econômico e social do município de Morrinhos (Goiás), tendo o Assentamento Tijuqueiro como referência para o Programa de Reforma Agrária. 1998.

6.
GUIMARÃES, C. M. ; QUEIROZ, M. G. ; FREIRAS, R. A. M. M. ; OINTO, A. P. ; LOURES, M. C. . A saúde pública no Estado de Goiás: Política e formação profissional (1930-1995). 1996.


Demais tipos de produção técnica
1.
RENOVATO, S. R. ; SIQUEIRA, P. C. ; QUEIROZ, M. G. . Relação entre indicadores socioeconômicos e produção da atenção básica em saúde bucal em municípios do Estado de Goiás. 2009. (Relatório de pesquisa).

2.
SIQUEIRA, P. C. ; RENOVATO, S. R. ; QUEIROZ, M. G. . Análise Situacional da produção da atenção em saúde bucal em municípios do Estado de Goiás, Brasil. 2009. (Relatório de pesquisa).

3.
QUEIROZ, M. G.. Saúde Bucal coletiva: uma primeira aproximação. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Texto Didático).

4.
FREIRE, M. C. M. ; QUEIROZ, M. G. ; MARCELO, V. C. ; ROCHA, Dais Gonçalves ; PEREIRA, M. F. ; NUNES, M. F. . I Curso de Especialização em Odontologia em Saúde Coletiva. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
QUEIROZ, M. G.; MARCELO, V. C. ; FREIRE, Maria Do Carmo Matias ; ROCHA, Dais Gonçalves ; NUNES, M. F. . II Curso de Aperfeiçoamento em Saúde Bucal Coletiva. 1999. .

6.
QUEIROZ, M. G.; MARCELO, V. C. ; ROCHA, D. G. ; NUNES, M. F. ; PEREIRA, M. F. . Curso de Atualização em Saúde Bucal Coletiva. 1997. .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
QUEIROZ, M. G.; COSTA, N. M. S. C.; DOMENE, S. M. A.. Participação em banca de Aline Lemes da Paixão Rocha. "Desemepenho de estudantes de nutrição no ENADE associado aos aspectos socioeconômicos, trajetória acadêmica e perfil da instituição". 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

2.
QUEIROZ, MARIA GORETTI; COSTA, N. M. S. C.; MENDONCA, R. T.. Participação em banca de CIBELLE MORAES LEITE GALLI. O PET-SAÚDE E A FORMAÇÃO DOS ESTUDANTES NA VISÃO DOS TUTORES. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

3.
MENEZES, I. H. C. F.; QUEIROZ, M. G.; Neves, RLR. Participação em banca de Weslei Passos dos Santos. Influencia dos programas de reorientação da formação do profissional da saúde no processo de trabalho perspectiva dos preceptores. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

4.
SOUSA, A. C. S. E.; QUEIROZ, M. G.; VILA, V. S. C.. Participação em banca de Thalita sena Ribeiro. Metodologias Ativas na Promoção do abrendizado sobre higiene bucal em escolares. 2016. Dissertação (Mestrado em Atenção à Saúde) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

5.
QUEIROZ, M. G.; LIMA, D. M.; MOHN NETO, C. R.. Participação em banca de Raquel Reis Queiroz Santana. O Olhar do professor de ensino superior sobre a formação do cirurgião-dentista para atuar na saúde da família. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

6.
QUEIROZ, M. G.; Nakatani, A.Y.K.; MARCELO, V. C.. Participação em banca de Joâo Batista Moreira de Melo. Escola Técnica do SUS: um registro histórico. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Estruturas e Materiais) - Universidade Federal de Goiás.

7.
MARCELO, V. C.; LIMA, J. R.; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de Samara Marquez de Moura. Programa Saúde sa Escola: um instrumento da intersetorialidade na promoção da saúde. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás.

8.
QUEIROZ, M. G.; MENEZES, I. H. C. F.; Matias, K.K.. Participação em banca de Mariana de Sousa Nunes. PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE DE NUTRICIONISTAS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE GOIÂNIA. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

9.
QUEIROZ, M. G.; MARCELO, V. C.; NUNES, M. F.. Participação em banca de Laiz Ayres Brito. Conselhos Locais de Saúde na atenção básica: revisão da literatura. 2013. Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás.

10.
FREIRE, M. C. M.; MOHN NETO, C. R.; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de Lorena Batista de Oliveira. Análise das Tendências da cárie e influência de fatores individuais e contextuais em escolares de 12 anos em Goiânia-GO, no período de 1998-2010. 2013. Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás.

11.
FREIRE, M. C. M.; MOREIRA, R. S.; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de Marília Galvão Chaves Lemes. Dor dentária e fatores associados em crianças menores de cinco anos de Goiânia. 2013. Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás.

12.
OLIVEIRA, E. S. F.; TEIXEIRA, R.; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de JOÃO PAULO DE MORAIS PESSOA. PERCEPÇÕES E INTEGRAÇÃO DOS AGENTES DE COMBATE DE ENDEMIAS NO CONTROLE DA DENGUE NA ESTARTÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA. 2012. Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás.

13.
MARCELO, V. C.; QUEIROZ, M. G.; Bachion, MM. Participação em banca de NEWILLAMES GONÇALVES NERY. METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO DA SATISFAÇÃO DE USUÁRIOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA DE SAÚDE NO BRASIL. 2012. Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás.

14.
Queiroz, Maria G; MOREIRA, R. S.; Cesse, Maria Eduarda. Participação em banca de Simone Machado de Oliveira Batista. Associação entre indicadores de atenção primária em saúde bucal e condições sócio-sanitárias e de provisão de serviços públicos odontológicos nos municípios do Estado de Goiás. 2010. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães?fundação Oswaldo Cruz.

15.
MARCELO, V. C.; QUEIROZ, M. G.; ROCHA, D. G.; Toschi, M.S.. Participação em banca de Lila Louise Moreira Martins Franco. Os processos formativos dos professores dos cursos de graduação em Odontologia no Estado de Goiàs. 2010. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás.

16.
LELES, C. R.; QUEIROZ, M. G.; MARCELO, V. C.; NORO, L. C.. Participação em banca de Érica Tatiana da Silva. Análise de segmentação de estudades de graduação em odontologia: influência do desepenho acadêmico e perfil socioeconômico. 2009. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás.

17.
MARCELO, Vania Cristina; ROCHA, Dais Gonçalves; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de Manoel Odolfo Aires de Medeiros. Conhecimento e percepção da saúde bucal de idosos negros. 2007. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás.

18.
LELES, C. R.; COSTA, Luciane Ribeiro de Resende Sucassas da; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de Nádia Carolina de Meneses Santos. Estética dentária, qualidade de vida e satisfação com o corpo em indivíduos jovens. 2007. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás.

Teses de doutorado
1.
COSTA, N. M. S. C.; CYRINO, E. G.; MEDEIROS, M.; CARDOZO, E. E.; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de Larissa Arbués Carneiro. Sentidos de um programa de educação pelo trabalho para saúde no cuidado em álcool e drogas. 2015. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

2.
TIPPLE, A. F. V.; PEREIRA, M. S.; QUEIROZ, M. G.; SOUSA, A. C. S. E.; CARVALHO, V. S.. Participação em banca de Katiane Martins Mendonça. Risco biológico nas etapas finais do sistema de medicação em serviços de urgência e emergência e a implementação de uma estratégia educativa pautada no Arco de Maguerez. 2013. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Goiás.

Qualificações de Doutorado
1.
Ribeiro-Rotta, RF; QUEIROZ, M. G.; Dias, DR. Participação em banca de Antônio Hélio Vieira. Intenções e comportamentos relacionados ao tratamento protético em indivíduos desdentados parciais. 2014.

2.
Costa, LRRS; FREIRE, M. C. M.; RIBEIRO-ROTTA, R. F.; Campos CC; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de Maria de Fátima nunes. Desempenho acadêmico, saúde, perfil e percepções do exercício profissional de egressos da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Goiás. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

Qualificações de Mestrado
1.
QUEIROZ, M. G.; Reis, SCGB; ROCHA, B. S.. Participação em banca de Kárita Silva Araújo. Satisfação dos usuários urbanos das das unidades básicas de saúde com relação ao papel do Agente Comunitário (ACS) em um município goiano. 2017.

2.
QUEIROZ, M. G.; Guimarães MM; PROVIN, M. P.. Participação em banca de Weslei Passos dos Santos. Influência dos programas de reorientação da formação do profissional da saúde no processo de trabalho: perspectiva dos preceptores. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

3.
Campos CC; QUEIROZ, M. G.; DEA, V. H. S. D.. Participação em banca de Marta Rezende Spini. DIREITOS HUMANOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA: PERCEPÇÃO DE MÃES E PAIS CUIDADORES. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Direitos Humanos) - Universidade Federal de Goiás.

4.
QUEIROZ, M. G.; Pereira, E.R.S.; MOHN NETO, C. R.. Participação em banca de Sandra de Cássia Oliveira Barbosa. Planejamento na integração ensino serviço. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

5.
QUEIROZ, M. G.; MORAES, V. A.; FREIRE, M. C. M.. Participação em banca de Mouzer Barbosa Alves Gontijo. Práticas integrativas e complementares: percepções, conhecimentos e experiencias de profissionais do serviço público de saúde. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

6.
MARCELO, V. C.; QUEIROZ, M. G.; LIMA, J. R.. Participação em banca de Samara Marques de Moura. Programa Saúde na Escola: um instrumento da intersetorialiade na produção da saúde. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás.

7.
Guimarães, MM; HADLER, M. C. C. M.; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de Nicolly Patrícia Gregório. Atuação do nutricionista em ações de educação alimentar e nutricional no Programa Nacional de Alimentação Escolar. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós0Graduação em Nutrição e Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

8.
QUEIROZ, M. G.; NUNES, M. F.; DECURCIO, D. A.. Participação em banca de Leonardo Essado Rios. O Cirurgião-Dentista e o serviço de atenção às urg~encias odontológicas nas unidades de pronto-atendimento do município de Goiânia-Goiás. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

9.
FREIRE, M. C. M.; Reis, SCGB; QUEIROZ, M. G.; MARCELO, V. C.. Participação em banca de Sulane dias dos santos Manzi. Hábitos de Higiene Bucal em escolares de instituições com e sem programas de saúde. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás.

10.
MARCELO, V. C.; QUEIROZ, M. G.; Bachion, MM; FREIRE, Maria Do Carmo Matias. Participação em banca de Newillames Gonçalves Nery. Análise das metodologias de investigação da satisfação de usuários na atenção primária de saúde no Brasil. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
FREIRE, Maria Do Carmo Matias; COSTA, Luciane Ribeiro de Resende Sucassas da; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de Marley L.A. Kirchner e Renata M. Magalhães. Avaliação de um programa de educação e prevenção em saúde bucal em escolas partuculares de Rio Verde-GO. 2003. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Odontologia em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Goiás.

2.
ROCHA, Dais Gonçalves; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de Maria Aparecida da Silva. Educação Alimentar: fatores de promoção da saúde para escolares de Aparecida de Goiânia.. 2003. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp Em Sist e Serviços de Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

3.
ROCHA, Dais Gonçalves; RATES, V. DE F. . . D. B. . C. C. S.; QUEIROZ, M. G.; MARCELO, V. C.. Participação em banca de VÂNIA DE FÁTIMA D. BATISTA; CRISTIANE C. S. RATES. Educação em Saúde Bucal na Polícia Militar em Goiânia: um estudo qualitativo. 2002. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Odontologia em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Goiás.

4.
TIPPLE, A. F. V.; MEDEIROS, G. L. A. DE; PAIVA, E. M. M.; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de Givana Leâo Alvarenga de Medeiros. Descontaminação de canetas de alta rotação: práticas e polêmicas. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em Endodontia) - Universidade Federal de Goiás.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
VIEIRA, L. A. C.; QUEIROZ, M. G.. Participação em banca de NATHANA MARTINS PEREIRA.CARACTERIZAÇÃO DAS MA~ES DE CRIANÇAS DE SEIS ANOS DE IDADE USUÁRIAS DA ESTARTÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA EM GOIÂNIA-GOIÁS. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
QUEIROZ, M. G.; FREIRE, M. C. M.; SOUSA, M. L. R.. Presidente da Banca do Concurso para professor Assistente para a área/disciplina de Odontologia Coletiva e Estágio em odontologia Coletiva. 2009. Universidade Federal de Goiás.

2.
QUEIROZ, M. G.; LELES, C. R.; PADILHA, W. W. N.. Presidente da Banca do Concurso Píblico para professor Adjunto para as Discipinas de Iintrodução à clínica odontológica, orientação profissional e trabalho de conclusão de curso,. 2008. Universidade Federal de Goiás.

3.
QUEIROZ, M. G.; PEREIRA, M. F.; VÊNCIO, E. F.. Presidente da Banca Examinadora do Processo Seletivo (Professor Substituto) para a Disciplina odontologia Social I e II. 1998. Universidade Federal de Goiás.

Outras participações
1.
MARCELO, Vania Cristina; SOUSA, João Batista de; QUEIROZ, M. G.. Membro da Banca Examinadora do Processo seletivo Simplificado para contratação de Professor substituto da Faculdade de Oodntologia da UFG. 2004. Universidade Federal de Goiás.

2.
FREIRE, M. C. M.; QUEIROZ, M. G.; MARCELO, V. C.. Membro da Banca Examinadora do processo seletivo dos candidatos ao curso de Especialização em odontologia em Saúde Coletiva. 2000. Universidade Federal de Goiás.

3.
QUEIROZ, M. G.; MARCELO, V. C.; FREIRE, M. C. M.. Presidente da Banca examinadora do exame de seleção de monotores da disciplina de Oodntologia Social II. 2000. Universidade Federal de Goiás.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
54º COBEM - Congresso Brasileiro de Educação Médica. Perfil socioeconômico e desempenho de estudantes concluintes do curso de Nutrição no ENADE. 2016. (Congresso).

2.
I Mostra de Experiências Exitosas dos Projetos Pró e Pet-saúde da àrea da Odontologia.Parceria Ensino serviço Comunidade. 2011. (Outra).

3.
V Congresso Brasileiro Ciências Sociais e Humanas em Saúde. História do ensino odontológico no Brasil e a constituição de saberes e práticas. 2011. (Congresso).

4.
Oficina de Prioridades de Pesquisa para o SUS - PPSUS. 2009. (Oficina).

5.
II Seminário Nacional do Programa Nacional de Reorientação da Formação profissional em saúde - Pró-saúde. 2008. (Seminário).

6.
Semana Pedagógica 2008/2. 2008. (Encontro).

7.
Semana Pedagógica e Administrativa 2008/1 da Faculdade de odontologia UFG. 2008. (Encontro).

8.
Seminário de Pesquisa Qualitativa. 2008. (Seminário).

9.
XIX Encontro Nacional de Administradores e Técnicos do serviço Público Odontológico. Parceria ensino-serviço: experi~encia da Disciplina de Odontologia Social da Faculdade de odontologia da UFG. 2008. (Congresso).

10.
XIX Encontro Nacional de Administradores e Técnicos do Serviço Público Odontológico.A técnica de estimativa rápida no diagnóstico de uma realidade no PSF: uma experi^ncia em Goiânia. 2008. (Encontro).

11.
XVIII Congresso Mundial de Epidemiologia e VII Congresso Brasileiro de Epidemiologia. Declínio de cárei em escolares de 12 anos de Goiânia, Goiàs, brasil. 2008. (Congresso).

12.
14º Congresso Internacional de Odontologia de Goiàs. 2007. (Congresso).

13.
14º Congresso Internacional de Odontologia de Goiàs.Políticas governamentaisem odontologia ESF. 2007. (Simpósio).

14.
1ª visita da comissão assesora do pró-saúde. 2007. (Outra).

15.
6ª Jornada Acadêmica de Odontologia da Católica.Recursos educativos para saúde: experiência de acadêmicos de odontologia junto à Estratégia Saúde da Família. 2007. (Encontro).

16.
6ª Jornada Acadêmico de Odontologia da Católica.Recursos educativos para saúde: experiência de acadêmicos de odontologia junto à estratégia saúde da Família. 2007. (Outra).

17.
Café com idéias: SUS direito à saúde e os povos indígenas. 2007. (Encontro).

18.
I Seminário de Reorientação da Atenção Clínica na FO/UFG. 2007. (Seminário).

19.
I Seminário Regional do Pró-saúde. 2007. (Seminário).

20.
Oficina Preparatória do VER-SUS Docente. 2007. (Oficina).

21.
Planejamento Político Pedagógico da Faculdade de Odontologia. 2007. (Oficina).

22.
III Congresso de Pesquisa Ensino e Extensão. Realizando diagnóstico em saúde coletiva por meio da técnica da estimativa rápida: relato de experiência. 2006. (Congresso).

23.
III Congresso de Pesquisa Ensino e Extensão. realizando diagnóstico em saúde coletiva por meio da técnica de estimativa rápida: relato de experiência. 2006. (Congresso).

24.
I Seminário de Pesquisa da Faculdade de Odontologia. 2004. (Seminário).

25.
I Seminário de Pesquisa da Faculdade de Odontologia.Planejando a consolidação da pesquisa na Faculdade de Odontologia da UFG. 2004. (Seminário).

26.
Forum de Experiências desenvolvidas na Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia.Apresentadora de pôstre durante o Fórum de Experiências desenvolvidas na Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia. 2003. (Outra).

27.
II Forum Internacional de Saúde Bucal.Apresentadora da Comunicação Coordenada: Percepção da saúde bucal na atenção básica pelos usuários das unidades de saúde do Distrito Sanitário Leste de Goiânia. 2003. (Outra).

28.
Seminário Avaliar para quê? Avaliando as Políticas de Avaliação Educacional..Participante do Seminário Avaliar para quê? Avaliando as Políticas de Avaliação Educacional. 2003. (Seminário).

29.
seminário de Educação Permanente em Saúde.Participante do Seminário de Educação Permanente em Saúde. 2003. (Seminário).

30.
12° Congresso internacional de Odontologia de Goiás. Coordenadora do Curso Saúde Bucal: desafios e perspectivas. 2002. (Congresso).

31.
12° Congresso Internacional de Odontologia de Goiás. Membro efetivo do 12° Congresso Internacional de Odontologia de Goiás. 2002. (Congresso).

32.
II Forum Goiano de Odontologia no Serviço Público.Participante do II Forum Goiano de Odontologia no Serviço Público. 2002. (Outra).

33.
Assembléia Preparatória Estadual para a II ANEO.Assembléia Preparatória Estadual para a II ANEO. 2001. (Outra).

34.
II Encontro Nacional de educação popular e Saúde. Participante no II Seminário sobre educação e Saúde no Contexto da Promoção da Saúde: seus sujeitos, espaços e abordagens. 2001. (Congresso).

35.
I Seminário de Ações Programáticas de Saúde do Distrito Sanitário Leste.I Seminário de Ações Programáticas de Saúde do Distrito Sannitário Leste. 2001. (Seminário).

36.
IV Congresso Universitário Goiano de Odontologia. Coordenadora do Forum de Discussão: Mercado de Trabalho. 2001. (Congresso).

37.
IV CUGO. IV Congresso Universitário Goiano de Odontologia e XVI Semana Científica Acadêmica Odontológica. 2001. (Congresso).

38.
.Ministrou o curso Ergomonia e prevenção dos distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho em odontologia. 2000. (Outra).

39.
1ª Mostra Estadual de produção em Atenção Básica de Saúde.Representante da Faculdade de Odontologia na 1ª Mostra Estadual de Produção em Atenção Básica de Saúde. 2000. (Outra).

40.
Encontro Preparatório do I Fórum de Discussão da Prática Oodntológica no serviço público de saúde.Participante como discente do Encontro Preparatório do I Fórum de Discussão da Prática Odontológica. 2000. (Encontro).

41.
I Fórum de Cidadania da Região Leste.Participante do I Fórum de Cidadania da Regiâo Leste. 2000. (Encontro).

42.
I Fórum de Discussão da Prática Odontológica no Serviço Público do Estado de Goiás.I Fórum de Discussão da prática Odontológica no serviço público de saúde do Estado de Goiás. 2000. (Encontro).

43.
Novos conceitos em atenção à saúde bucal da gestante e da criança.Curso de Atualização: Novos Conceitos em atenção à saúde bucal da gestante e da criança. 2000. (Outra).

44.
Oficina de Saúde Bucal.Participação como discente na Oficina de Saúde Bucal. 2000. (Oficina).

45.
XVI ENATESPO e V Congresso Brasileiro de Saúde Bucal Coletiva. Membro efetivodo XIV ENATESPO e V Congresso Brasileiro de Saúde Bucal Coletiva. 2000. (Congresso).

46.
III CUGO. Membro Efetivo do III Congresso Universitário Goiano de Odontologia. 1999. (Congresso).

47.
I Encontro de Reitores e Pró-reitores de Extensão da regiâo Centro-Oeste.Membro do grupo de trabalho Formação em Saúde. 1998. (Encontro).

48.
IV Conferência Municipal de Saúde de Goiânia - Etaoa Local.participante da Palestra: Saúde Bucal no SUS. 1998. (Outra).

49.
XIV ENATESPO e III Congresso Brasileiro de Saúde Bucal Coletiva. Curso Crítica Conceitual-metodológica aos modelos epidemiológicos tradicionais. 1998. (Congresso).

50.
XVI ENATESPO e do III Congresso Brasileiro de Saúde Bucal Coletiva. Membro efetivodo XIV ENATESPO e III Congresso Brasileiro de Saúde Bucal Coletiva. 1998. (Congresso).

51.
A Cidade vai à UFG.Atividades educativas voltadas para a saúde bucal coletiva. 1997. (Outra).

52.
I Encontro de Enfermagem em Saúde Coletiva do Centro-Oeste.Autora de tema livre apresentado durante o I Encontro de Enfermagem em saúde ccoletiva do centro-oeste. 1997. (Encontro).

53.
VI Forum de Pesquisa da UCG, II Fórum de Extensão, Ciclo de Debates Laura Chaer sobre pesquisa.Apresentadora do Projeto de Pesquisa a Inserção da Odontologia na Hiistória da Saúde Pública no Estado de Goiás - 1930 - 1995. 1997. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Novais, TO ; Toledo, SRS ; NUNES, M. F. ; QUEIROZ, M. G. . I Mostra Parceria Ensino-serviço-comunidade -UFG. 2007. (Outro).

2.
QUEIROZ, M. G.. I Forum de discussão da prática odontológica no serviço público de saúde do estado de Goiás. 2000. (Concerto).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Kemil Rocha Souza. Em elaboração. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

2.
Maria Inês Pinheiro Costa. Em elaboração. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

3.
Veidma Siqueira de Moura. AMBIÊNCIA NOS SERVIÇOS DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA SOB OLHAR DE MÉDICOS E EQUIPE DE ENFERMAGEM. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

4.
Biankarla Santos Bárbara Melo. NECESSIDADES ODONTOLÓGICAS DE UM GRUPO DE POLICIAIS MILITARES DA ATIVA EM UM ESTADO BRASILEIRO. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

5.
Maria Angélica Magalhães Rodrigues. PERCEPÇÕES E CONDUTAS DOS CIRURGIÕES-DENTISTAS DA SAÚDE DA FAMÍLIA ACERCA DA PREVENÇÃO DA CÁRIE PRECOCE NA INFÂNCIA. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

6.
TATIANY CRISTINE DE ALMEIDA SILVA MELO. O ENSINO DAS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES NOS CURSOS DA ÁREA DA SAÚDE DAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

7.
ÂNGELA BARBOSA MARTINS. Percepção dos estudantes beneficiários de cotas sobre sua situação de inclusão ou exclusão no ambiente universitário. Início: 2015. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Juliana Martins Rodrigues. Desempenho de estudantes de odontologia no ENADE. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Cibelle Moraes Leite Galli. O PET-SAÚDE E A FORMAÇÃO DOS ESTUDANTES NA VISÃO DOS TUTORES. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Maria Goretti Queiroz.

2.
Aline Lemes da Paixão. DESEMPENHO DE ESTUDANTES DE NUTRIÇÃO NO ENADE ASSOCIADO AOS ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS, TRAJETÓRIA ACADÊMICA E PERFIL DA INSTITUIÇÃO. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

3.
KÁRITA SILVA ARAÚJO. SATISFAÇÃO DOS USUÁRIOS URBANOS DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE COM RELAÇÃO AO PAPEL DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE (ACS) EM UM MUNICÍPIO GOIANO. 2014. Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Maria Goretti Queiroz.

4.
LAÍZ AYRES BRITO. Conselhos locais de Saúde na atenção básica: revisão da literatura. 2013. Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Maria Goretti Queiroz.

5.
LEONARDO ESSADO RIOS. Atenção às urgencias odontológicas em unidades de ponto-atendimento do Sistema Único de Saúde. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Maria Goretti Queiroz.

6.
Cibelle Morais Leite Galil. Contribuição do PET-Saúde no processo de formação dos profissionais da área. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Maria Goretti Queiroz.

7.
Raquel Reis Queiroz Santana. O OLHAR DO PROFESSOR DE ENSINO SUPERIOR SOBRE A FORMAÇÃO DO CIRURGIÃO-DENTISTA PARA ATUAR NA SAÚDE DA FAMÍLIA. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Maria Goretti Queiroz.

8.
Mariana de Souza Nunes. PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE DOS NUTRICIONISTAS INSERIDOS NA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE GOIÂNIA. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional Ensino da Saúde) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Maria Goretti Queiroz.

9.
JOÃO BATISTA MOREIRA DE MELO. Escola Técnica do SUS: um registro histórico. 2011. Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Maria Goretti Queiroz.

Tese de doutorado
1.
Sandra Cristina Guimarães Bahia Reis. FATORES QUE INTERFEREM NA RESOLUTIVIDADE DA CLÍNICA INTEGRADA DA FACULDADE DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS. 2008. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Goiás, . Coorientador: Maria Goretti Queiroz.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Ana C. D. Morais; Lázaro M. Marques; Tatiane C. Souza. O processo de inclusão da saúde bucal na atenção básica. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Odontologia em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

2.
Lidyane Lima de Souza; rosália Assis Lima. Conselhos Locais de Saúde: redescobrindo e ampliando espaços para a prática da odontologia.. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Odontologia em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

3.
Maria Edwiges P.S. Chaves; Mary Anne de Souza Alves. Poder Legislativo e políticas públicas em saúde no Estado de Goiás 2003 a 2006: o papel da comissão de saúde da Assembléia Legislativa. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Odontologia em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

4.
Luciano Villalba Neto. Educação popular em saúde. 2003. 43 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Odontologia em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

5.
Claudia Suzana Reis da Cunha. Análise das estratégias educativas utilizadas pelos alunos da 4ª série no estágio curricular supervisionado em odontologia coletiva do curso de odontologia da Universidade Federal de goiás no período de 1999 a 2002.. 2003. 82 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Odontologia em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

6.
Maria Elizete Pinheiro. Análise dos conhecimentos dos cirurgiões-dentistas das unidades de saúde da Prefeitura de Goiânia-Go para o atendimento à gestante.. 2003. 65 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Atualização Em Saúde Bucal Coletiva) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

7.
Gislene Cotian. A política de formação de recursos humanos do Sus: a percepção dos profissionais de nível superior dos municíoios de Jataí e São Simão.. 2003. 87 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp Em Sist e Serviços de Saúde) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

8.
Stela Dalva Rabelo Costa. Identificaçãodas condutas de controle de infecção adotadas pelos Cirurgiôes-Dentistas da XXII Regional de Saúde da Secretaria Estadual de Saúde do estado de Goiás. 2002. 50 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em Odontologia Em Saúde Co) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

9.
Carla de Camargo Wascheck. Avaliação da Efetividade do Protocolo de acompanhamento dos radioacidentados com o Césio 137. 2002. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Odontologia em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
BRUNO ROCHA DE NAPOLE. REDES DE APOIO PARA O CUIDADO À PRIMEIRA INFÂNCIA NO DISTRITO SANITÁRIO LESTE EM GOIÂNIA-GO. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

2.
Cerida Aurélia Rodrigues de Oliveira. MARKETING NO CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO: UMA PRIMEIRA APROXIMAÇÃO. 2001. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

3.
Adalberto de Araújo Constantino. A IMPORTÂNCIA DA ERGONÔMIA NA PREVENÇÃO DA DORT. 2000. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

4.
Andréa de Castro Domingos. A importância da adição de flúor nos sistemas de abastecimento e a ocorrência de fluorose - revisão da literatura. 1998. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

Iniciação científica
1.
Hellen Jully Ferreira da Costa. PET-SAÚDE NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA ÁREA DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS: estratégia de integração ensino-serviço. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

2.
Jenifer Alexandria de Moraes. Diagnóstico situacional dos serviços de saúde bucal dos municípios do Estado de Goiás. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

3.
BRUNA DOS SANTOS OLIVIERA. DIAGNÓSTICO SITUACIONAL DOS SERVIÇOS DE SAÚDE BUCAL DO ESTADO DE GOIÁS. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

4.
MURYLO MARTINS SILVA. DIAGNÓSTICO SITUACIONAL DOS SERVIÇOS DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE GOIÃNIA-GOIAS. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

5.
DIEGO VINICIUS GONCALVES SANTANA. Diagnóstico Situacional da Saúde Bucal em Goiânia. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

6.
Valéria Nascimento Nogueira. PRÁTICAS EDUCATIVAS NA SALA DE ESPERA DA CLÍNICA DE ATENÇÃO BÁSICA I: A VISÃO DOS GRADUANDOS E DOCENTES. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

7.
Sara Rodrigues Renovato. Relação entre indicadores socioeconômicos e atenção básica em saúde bucal em municípios do Estado de Goiás. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

8.
Patrícia Correia de Siqueira. Análise Situacional da produção da atenção em saúde bucal em municípios do Estado de Goiás, Brasil. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

9.
SARA RODRIGUES RENOVATO. MAPEAMENTO DOS INDICADORES SOCIAIS DE SAÚDE BUCAL EM MUNICÍPIOS DO ESTADO DE GOIÁS.. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

10.
PATRÍCIA CORREIA DE SIQUEIRA. MAPEAMENTO DOS INDICADORES SOCIAIS DE SAÚDE BUCAL EM MUNICÍPIOS DO ESTADO DE GOIÁS.. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

Orientações de outra natureza
1.
Maisa Rodruigues Silva. A FORMAÇÃO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA PARA O CUIDADO EM SAÚDE NA PRIMEIRA INFÂNCIA. 2010. Orientação de outra natureza. (Enfermagem) - Universidade Federal de Goiás, Ministério da Saúde. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

2.
ALINE LEMES DA PAIXÃO. A FORMAÇÃO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA PARA O CUIDADO EM SAÚDE NA PRIMEIRA INFÂNCIA. 2010. Orientação de outra natureza. (Nutrição) - Universidade Federal de Goiás, Ministério da Saúde. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

3.
BEATRIZ TELES FERREIRA BASTOS. A FORMAÇÃO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA PARA O CUIDADO EM SAÚDE NA PRIMEIRA INFÂNCIA. 2010. Orientação de outra natureza. (Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Ministério da Saúde. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

4.
JORDANA ALMEIDA MORAES. A FORMAÇÃO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA PARA O CUIDADO EM SAÚDE NA PRIMEIRA INFÂNCIA. 2010. Orientação de outra natureza. (Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Ministério da Saúde. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

5.
ROZANY CRISTINA DE SOUZA. A FORMAÇÃO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA PARA O CUIDADO EM SAÚDE NA PRIMEIRA INFÂNCIA. 2010. Orientação de outra natureza. (Educação Física) - Universidade Federal de Goiás, Ministério da Saúde. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

6.
LUISA SALLES DE MOURA MENDONÇA. A FORMAÇÃO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA PARA O CUIDADO EM SAÚDE NA PRIMEIRA INFÂNCIA. 2010. Orientação de outra natureza. (Medicina) - Universidade Federal de Goiás, Ministério da Saúde. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

7.
BRUNO RAFAELLE ALVES LACERDA. A FORMAÇÃO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA PARA O CUIDADO EM SAÚDE NA PRIMEIRA INFÂNCIA. 2010. Orientação de outra natureza. (Farmácia) - Universidade Federal de Goiás, Ministério da Saúde. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

8.
CAMILA ALVES COSTA. A FORMAÇÃO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA PARA O CUIDADO EM SAÚDE NA PRIMEIRA INFÂNCIA. 2010. Orientação de outra natureza. (Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Ministério da Saúde. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

9.
MARIANA LEAO DOMICIANO. A FORMAÇÃO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA PARA O CUIDADO EM SAÚDE NA PRIMEIRA INFÂNCIA. 2010. Orientação de outra natureza. (Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Ministério da Saúde. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

10.
FERNANDA CRISTINA SILVA LOURENÇO. A FORMAÇÃO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA PARA O CUIDADO EM SAÚDE NA PRIMEIRA INFÂNCIA. 2010. Orientação de outra natureza. (Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Ministério da Saúde. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

11.
Kelen Vieira de Queiroz. Programa de Promoção da Saúde do Distrito Sanitário Leste - PROLESTE. 2002. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Goiás, Pro Reitoria de Extensão e Cultura. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

12.
Liliane Braga Monteiro dos Reis. Percepção dos usuários das unidades básicas de saúde da SMS acerca atenção básica em saúde do Distrito sanitário Leste- Goiânia Goiás. 2002. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

13.
Kelen Vieira de Queiroz. Promoção à Saúde no Dostrito Sanitário Leste. 2000. 0 f. Orientação de outra natureza - Pro Reitoria de Extensão e Cultura, Pro Reitoria de Extensão e Cultura. Orientador: Maria Goretti Queiroz.

14.
Martine Rezende Faria. Comparação da eficiência na remoção de placa de duas escovas dentais com cabo de diferentes diâmetros. 1998. 12 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Goretti Queiroz.



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
Moraes, J.A, ; QUEIROZ, M. G. . Diagnóstico situacional dos serviços de saúde bucal dos municípios do Estado de Goiás. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Outras informações relevantes


Coordenadora do projeto de Reorientação da Formação Profissional da Faculdade de Odontologia de 2008 a 2012.

Membro do Comitê Gestor do Projeto de Reorientação da Formação Profissional da Universidade federal de Goiás de 2008 a agosto de 2009, como representante da Faculdade de Odontologia.


Tutora do Programa de Educação pelo trabalho em Saúde - PET-Saúde do grupo do curso de odontologia. Financiado pelo Ministério da Saúde e da Educação Março de 2009 a março de 2012.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/01/2019 às 3:59:51