Agripa Faria Alexandre

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3886951977353312
  • Última atualização do currículo em 27/07/2018


Pós-doutorado pela École des Hautes Études en Sciences Sociales, de Paris (2015) através de bolsa CAPES de estágio sênior no exterior. Está vinculado ao Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) como docente de dedicação exclusiva. Desde meados da década de 90, concentra seu interesse de pesquisa nas seguintes áreas: ação coletiva, empoderamento, democratização cultural, esfera pública, ambientalismo, ecologia política internacional, teorias da democracia, epistemologia das ciências sociais e ambientais e educação. Entre as suas publicações mais atuais destacam-se os seguintes livros: Metodologia Científica e Educação (Editora UFSC, , 2a. Edição 2014), Práticas ambientais no Brasil: definições e trajetórias (Editora UFSC, 2012); Democracia no Brasil: entre experiências de emancipação e golpismo (Editora UFSC, 2016), Écologie Politique au Brésil (L´Harmattan Éditions, Paris, 2016) e Sociologia da ação coletiva (Editora UFSC, 2018). Desde 2015 atua como pesquisador associado du Centre d´étude des mouvements sociaux de l´École des Hautes Études en Sciences Sociales, de Paris (http://cems.ehess.fr/index.php?3617); e du Groupe Sciences et Technologies du Institut Marcel Mauss (http://imm.ehess.fr/index.php?466). É membro associado de l`Association des Amis de la Fondation Maison des Sciences de l´Homme (FMSH), de Paris. Contato: agripa.alexandre@gmail.com (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Agripa Faria Alexandre
Nome em citações bibliográficas
ALEXANDRE, A. F.


Formação acadêmica/titulação


2000 - 2003
Doutorado em Interdisciplinar em Ciências Humanas.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Ambientalismo político, seletivo e diferencial no Brasil, Ano de obtenção: 2003.
Orientador: Paulo José Krischke.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Teoria política; movimento ambientalista brasileiro; Políticas ecológicas; modernidade no Brasil; educação ambiental; teoria social.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política / Especialidade: Teoria Política Contemporânea.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Fundamentos da Sociologia / Especialidade: Teoria Sociológica.
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado; Educação Superior; Atividades de Assessoria e Consultoria Às Empresas.
1997 - 1999
Mestrado em Sociologia Política.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Gestão de conflitos socioambientais no litoral sul do Brasil: estuto de representações sociais dos riscos envolvidos no projeto de construção do Porto da Barra, Ilha de Santa Catarina, 1995-1999.,Ano de Obtenção: 1999.
Orientador: Paulo Henrique Freire Vieira.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: meio ambiente; desenvolvimento; conflitos socioambientais; representações sociais; riscos ambientais; impacto ambiental.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Desenvolvimento.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas / Especialidade: Movimentos Sociais.
Setores de atividade: Planejamento e Gestão das Cidades, Inclusive Política e Planejamento Habitacional; Educação Superior; Serviços Coletivos Prestados Pela Administração Pública Na Esfera da Justiça.
1997 - 1998
Especialização em Especialização Em Educação e Meio Ambiente. (Carga Horária: 420h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Título: A perda da radicalidade do movimento ambientalista brasileiro: uma contribuição à crítica do movimento..
Orientador: Sérgio Luís Boeira.
1985 - 1990
Graduação em Direito.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.


Pós-doutorado


2014
Pós-Doutorado.
Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: sociolgia dos movimentos sociais.


Formação Complementar


2000 - 2000
Saberes Indígenas Cosmologia Ecologia e Política. (Carga horária: 24h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
1998 - 1998
A Teoria Social e a Questão Ambiental na Obra de A. (Carga horária: 20h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
1997 - 1997
Arte e Educação Ambiental. (Carga horária: 16h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
1996 - 1996
Extensão universitária em Congresso Multidisciplinar Sobre Habitat Urbano e. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
1991 - 1991
Curso de Estudos Práticos. (Carga horária: 650h).
Alianca Francesa - Delegação Geral, AF/RJ, Brasil.
1990 - 1990
Curso de Estudos Fundamentais. (Carga horária: 350h).
Alianca Francesa - Delegação Geral, AF/RJ, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Municipal de São José, USJ, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 10

Atividades

6/2006 - 6/2009
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa Pedagógica II
pesquisa pedagógica I
Metodologia científica
6/2006 - 6/2009
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia científica
6/2006 - 6/2009
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia científica
Métodos e técnicas de pesquisa

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: dedicação exclusiva, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

04/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Filosofia e Ciências Sociais, .

04/2010 - Atual
Ensino, Ciências Ambientais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesqquisa Multidisciplinar
sociedade e meio ambiente
ecologia política
04/2012 - 10/2014
Ensino, Memória Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa/Orientação

Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2002
Vínculo: Professor contratado, Enquadramento Funcional: Professor contratado, Carga horária: 12

Atividades

3/2002 - 7/2002
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência Política
Sociologia Jurídica
Teoria Geral do Estado
3/1999 - 6/2002
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Pesquisas Ambientais, .

3/1999 - 6/2002
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ciências Sociais e Filosofia, .

4/2002 - 5/2002
Extensão universitária , Departamento de Ciências Sociais e Filosofia, .

Atividade de extensão realizada
Coordenação/Ministrante Curso Cultura Política e Cultura Jurídica no Brasil (52hs/aula).
11/2001 - 12/2001
Extensão universitária , Departamento de Ciências Sociais e Filosofia, .

Atividade de extensão realizada
Coordenação/Ministrante Curso de Introdução ao Ambientalismo Político(26hs/aula).
8/2001 - 12/2001
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência Política
Sociologia I
Teoria Geral do Estado
8/2001 - 12/2001
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia da Educação I
3/2001 - 6/2001
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia I
Ciência Política
Sociologia II
12/2000 - 12/2000
Outras atividades técnico-científicas , Fundação Universidade Regional de Blumenau, Fundação Universidade Regional de Blumenau.

Atividade realizada
Mini-curso " O movimento ambientalista brasileiro segundo o enfoque teórico do movimento histórico complexo e multissetorial.
8/2000 - 12/2000
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência Política
Sociologia I
Teoria das Instituições Políticas
3/2000 - 6/2000
Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução às ciências sociais
3/2000 - 6/2000
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria das instituições políticas
6/1999 - 12/1999
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria das instituições políticas
Ciência política
2/1999 - 6/1999
Ensino, Sociologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Política

Instituto de Ecologia Política, IEP, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2009
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Diretor e pesquisador, Carga horária: 0
Outras informações
Membro Fundador - 20.40.1999

Atividades

1/2000 - 12/2009
Pesquisa e desenvolvimento , Pesquisa, Florianópolis.

4/1999 - 12/2009
Direção e administração, Direção, Florianópolis.

Cargo ou função
Diretor de Unidade.
4/1999 - 12/2009
Ensino, Cursos de Aperfeiçoamento e de Extensão, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Ações ambientais comunitárias
Ações jurídicas ambientais
Educação ambiental
Introdução ao ambientalismo político
Novos moviementos sociais
6/2003 - 12/2006
Outras atividades técnico-científicas , Revista, Revista.

Atividade realizada
editor revista eletrônica cadernos de ecologia política.
5/2003 - 5/2003
Extensão universitária , Instituto de Ecologia Política, .

Atividade de extensão realizada
Organizador e palestrante do Fórum de Ecologia Política ( em parceria com a UDESC).
8/2001 - 12/2002
Treinamentos ministrados , Centro de Educação, Florianópolis.

Treinamentos ministrados
I Curso de Formação em Temáticas Ambientais ( 32 horas/aula)
Introdução ao Ambientalismo Político (32 horas/aula)
Cultura Política e Cultura Jurídica no Brasil (52 horas/aula)
A Ecologia Política e seus desafios (32 horas/aula)
4/1999 - 12/2000
Serviços técnicos especializados , Instituto de Ecologia Política, .

Serviço realizado
assessoria jurídica para movimentos sociais.

Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2006
Vínculo: Professor substituto, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 20
Outras informações
Professor de graduação e pós-graduação. Atividades de extensão em parceria com o Instituto de Ecologia Política

Atividades

3/2006 - 7/2006
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Ambientais
8/2005 - 12/2005
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia
8/2005 - 12/2005
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia Política
8/2005 - 12/2005
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à economia II
8/2005 - 12/2005
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia
3/2005 - 7/2005
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Ambientais
Epistemologia
3/2005 - 7/2005
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Educação I
Filosofia da Educação II
3/2005 - 7/2005
Ensino, Biblioteconomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Evolução do pensamento científico e filosófico
8/2004 - 12/2004
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia Política
8/2004 - 12/2004
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Educação II
História da Educação
11/2004 - 11/2004
Extensão universitária , Centro de Ciências da Educação, Departamento de Geografia.

Atividade de extensão realizada
Palestra: A espiritualidade em Max Weber.
11/2004 - 11/2004
Extensão universitária , Centro de Ciências da Educação, Departamento de Geografia.

Atividade de extensão realizada
Oragnizador do I Ciclo de Palestras sobre Democracia e Sociodiversidade.
9/2004 - 9/2004
Extensão universitária , Centro de Ciências da Educação, Departamento de Geografia.

Atividade de extensão realizada
Organizador do debate entre os candidatos a vereador da Capital.
9/2004 - 9/2004
Extensão universitária , Centro de Ciências da Educação, Departamento de Geografia.

Atividade de extensão realizada
Mediador de debate entre os candidatos a vereador da capital.
9/2004 - 9/2004
Extensão universitária , Centro de Ciências da Educação, Departamento de Geografia.

Atividade de extensão realizada
Organizador de debate entre os candidatos a prefeito da capital.
9/2004 - 9/2004
Extensão universitária , Centro de Ciências da Educação, Departamento de Geografia.

Atividade de extensão realizada
Mediador do debate entre os candidatos a prefeito da capital.
3/2004 - 6/2004
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Ambientais
Métodos e Técnicas da Pesquisa Geográfica
5/2004 - 5/2004
Extensão universitária , Centro de Ciências da Educação, Departamento de Geografia.

Atividade de extensão realizada
Organizador da Mesa Redonda: Aquicultura e meio ambiente em Santa Catarina: novas perspectivas para os pequenos produtores.
5/2004 - 5/2004
Extensão universitária , Centro de Ciências da Educação, Departamento de Geografia.

Atividade de extensão realizada
Participante da mesa redonda; aquicultura e meio ambiente em Santa Catarina: novas perspectivas para os pequenos produtores.
8/2003 - 12/2003
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia Política
8/2003 - 12/2003
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia
6/2003 - 7/2003
Ensino, Especialização Em Educação e Meio Ambiente, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Direito Ambiental (32 horas)
1/2003 - 6/2003
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Ambientais
Métodos e técnicas em pesquisa geográfica
1/2003 - 6/2003
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia
5/2003 - 5/2003
Extensão universitária , Centro de Ciências da Educação, .

Atividade de extensão realizada
Organizador e palestrante do Fórum de Ecologia (em parceria com o Instituto de Ecologia Política).
5/2002 - 12/2002
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia Política
5/2002 - 12/2002
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia
5/2002 - 6/2002
Extensão universitária , Centro de Ciências da Educação, .

Atividade de extensão realizada
Organizador e Ministrante do Curso: A ecologia política e seus desafios (em parceria com o Instituto de Ecologia Política) - 32 horas/aula.

Universidade do Vale do Itajaí, UNIVALI, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2004
Vínculo: Professor contratado, Enquadramento Funcional: Professor contratado, Carga horária: 4

Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Professor contratado, Enquadramento Funcional: Professor contratado, Carga horária: 3

Atividades

3/2004 - 7/2004
Ensino, Ciência Política, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Comportamento Político
8/2003 - 2/2004
Ensino, Ciência Política, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Comportamento Político
3/2003 - 7/2003
Ensino, Ciência Política, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Comportamento Político
8/2002 - 2/2003
Ensino, Ciência Política, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Comportamento Político
3/2001 - 7/2002
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética
8/2001 - 2/2002
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética

Universidade Estácio de Sá, UNESA, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor contratado, Carga horária: 8

Atividades

3/2005 - 7/2005
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e ética profissional
3/2005 - 7/2005
Ensino, Sistema de Informação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e ética profissional
3/2005 - 7/2005
Ensino, Comércio Exterior, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e ética profissional

Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Participa do Laboratório de Estudos Transdisc
Outras informações
Professor Visitante do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas e pesquisador convidado do Laboratório de Estudos Interdiciplinares

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humana

Vínculo institucional

2002 - 2004
Vínculo: Professor substituto, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 20

Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 0

Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista

Atividades

8/2003 - 12/2003
Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Contexto social e contabilidade I
Estudo da realidade catarinense
3/2003 - 6/2003
Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Contexto social e contabilidade I
Estudo da realidade catarinense
8/2002 - 12/2002
Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Contexto social e contabilidade I
Estudo da realidade catarinense
2/2002 - 6/2002
Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
estudo da realidade catarinense
Contexto social e contabilidade I
3/1998 - 12/1999
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Ciências Sociais.

3/1997 - 12/1999
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Ciências Sociais.

3/1997 - 12/1998
Extensão universitária , Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Ciências Sociais.

Atividade de extensão realizada
Concepção/MInistrante do I Curso de capacitação em educação para o ecodesenvolvimento (48horas/aula).

École des Hautes Études en Sciences Sociales/Institut Marcel Mauss, EHESS/IMM, França.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Pesquisador Associado, Enquadramento Funcional: Grupe Sciences et Technologies



Linhas de pesquisa


1.
Ambientalismo político no Brasil
2.
Políticas de resolução de conflitos socioambientais no Brasil
3.
Movimento ambientalista brasileiro
4.
Educação ambiental
5.
Meio ambiente e desenvolvimento
6.
Ecologia Política
7.
Conflitos socioambientais
8.
Movimentos sociais
9.
Política e meio ambiente
10.
Políticas ecológicas
11.
Ecoconservação
12.
Cultura Política e Cultura Jurídica
13.
Teoria democrática
14.
Epistemologia
15.
Ecologia política internacional


Projetos de pesquisa


2013 - Atual
Democracia no Brasil: estudo das categorias de empoderamento, democratização cultural e mudança das concepções de esfera pública
Descrição: Propõe-se uma pesquisa de longa duração envolvendo a releitura de teorias sobre políticas democráticas e com base no estudo dos processos de empoderamento, democratização cultural e mudança nas concepções de esfera pública desde 2013 no Brasil. O primeiro resultado desta pesquisa saiu em livro intitulado Democracia no Brasil: entre experiências de emancipação e golpismo. Florianópolis: Editora UFSC, 2016..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Agripa Faria Alexandre - Coordenador / Fernanda da Silva Figueira Rodriges - Integrante.Número de orientações: 1
2010 - 2014
A constituição da memória social da ecologia política no Brasil: empoderamento, democratização cultural e mudanças das concepções de esfera pública
Descrição: Conclusão da primeira etapa de elaboração de material de publicação dos resultados da pesquisa com entrevistas com ambientalistas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2012
A criação dos cursos de ciências ambientais no Brasil e as novas perspectivas metodológicas e epistemológicas de enfrentamento da problemática ambiental
Descrição: Percebe-se a criação de curso de graduação em ciências ambientais em diversas universidades brasleiras, com destaque para as seguintes universidades: USP;UNIRIO; UFPE; e UnB. O interesse da pesquisa não está restrito à comprovação do caráter efetivo do prestígio da problemática ambiental junto à comunidade acadêmica, pela primeira vez agora no nível de graduação. A análise preliminar dos dados, referentes a matrizes curriculares e projetos político-pedagógicos dos cursos brasileiros, reforça o interesse de empreender a sistematização do referencial metodológico e epistemológico desses novos cursos, bem como dos principais conceitos e teorias mobilizados. Pois a criação dos cursos de ciências ambientais não aponta simplesmente para uma nova institucionalidade requerida pelos interesses de gestão e planejamento das atividades econômicas e de governo. Entende-se que as ciências ambientais podem efetivamente fomentar a discussão de uma nova metodologia e uma nova epistemologia da ciência. Os cursos de ciências ambientais constituem possibilidades reais de experimentação de enfoques metodológicos e epistemológicos reativos aos padrões tradicionais das ciências mono-disciplinares. Nesse sentido, as ciências ambientais iluminam uma nova prática científica que cria aportes inovadores de análise como integração do conhecimento, interdisciplinaridade, transdisciplinaridade, complexidade, junção seletiva de aportes disciplinares, etc. Tendo isso como premissa, a pesquisa objetiva contribuir com a identificação de linhas metodológicas e epistemológicas que possam facilitar o entendimento das ciências ambientais que se institucionalizam no Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
Ecologia Política Internacional
Descrição: Desde 2010 coletamos e analisamos material de divulgação (periódicos) sobre o ?ethos? do ambientalismo, identificado como sendo muito mais de natureza política do que técnica. A pesquisa concentra sua análise sobre o impacto da crítica do ambientalismo político na constituição das políticas públicas em vários espaços (locais, regionais, nacionais e transnacionais). Os resultados das leituras constituem a fonte principal para a organização de aulas das disciplinas sociedade e meio ambiente (semestral, junto ao curso de ciências ambientais da Unirio) e ecologia política (anual, oferecidas para todos os cursos da Unirio), esta última criada pelo pesquisador responsável por este projeto. A sinergia criada tem permitido também o desdobramento de outras atividades científicas, como produção de artigos, livros, projetos de iniciação científica (até o momento 4 orientações concluídas) e a realização de eventos acadêmicos dentro e fora da universidade e entre outras instituições, uma vez que o pesquisador realizou pós-doutoramento (2014-2015) na área na École des Hautes Etudes en Sciences Sociales (EHESC) junto ao Centre de Études des Mouvements Sociaux (CEMS) em Paris e colabora com o Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas da Ufsc como professor convidado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
epistemologia e metodologia das ciências humanas e sociais
Descrição: Desde 2010 coletamos e analisamos material de divulgação (periódicos) sobre o estado da arte da pesquisa em epistemologia e metodologia das ciências humanas e sociais. A pesquisa concentra sua análise na dimensão interdisciplinar, dialógica e crítica da construção do conhecimento.Os resultados das leituras constituem a fonte principal para a organização de aulas da disciplina oferecida pelo pesquisador e docente no curso de museologia da Unirio e tem oportunizado a atualização de seu livro sobre o nexo entre metodologia e educação, já na segunda edição (Ed. UFSC, 2014). A reflexão tem permitido também o desdobramento de outras atividades científicas, como produção de artigos científicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (20) .
Integrantes: Agripa Faria Alexandre - Coordenador.


Outros Projetos


2017 - Atual
Estética e política: mudanças de paradigma na América Latina
Descrição: Evento regional e internacional vinculado à Unisinos, ao Programa de Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas da Ufsc e outras instituições, cujo objetivo é fomentar a discussão entre pesquisadores do Brasil, Canadá e França sobre os desafios à democracia na América Latina, a partir da matriz epistemológica sistêmica de Edgar Morin, convidado de honra do projeto..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Doutorado: (3) .
Integrantes: Agripa Faria Alexandre - Integrante / Paulo José Krischke - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Fundamentos da Sociologia/Especialidade: Teoria Sociológica.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política/Especialidade: Teoria Política Contemporânea.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Tópicos Específicos de Educação/Especialidade: Educação Ambiental.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Desenvolvimento/Especialidade: Ecologia Política.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2006
Nome de turma: Prof. Agripa Faria Alexandre. Concedido pelos formandos do Curso de Geografia da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), no segundo semenstre de 2006., Auspícios da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)/Curso de Geografia. Formandos 2006..


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ALEXANDRE, A. F.2018ALEXANDRE, A. F.. Atores e processos da ecologia política internacional. REVISTA DE ESTUDOS INTERNACIONAIS, v. 9, p. 123-147, 2018.

2.
ALEXANDRE, A. F.2015ALEXANDRE, A. F.. Memória política da redemocratização brasileira: aspectos institucionais e culturais. REVISTA CONTEMPORÂNEA, v. 1, p. 01-27, 2015.

3.
ALEXANDRE, A. F.2013ALEXANDRE, A. F.. La emergencia de los cursos de graduacíon en ciencias ambientales en Brasil. Revista Cientifica de Educación y Comunicación, v. 6, p. 65-83, 2013.

4.
ALEXANDRE, A. F.2011ALEXANDRE, A. F.. Pesquisa acadêmica e prática educativa como um problema sociológico. CADERNOS DE PESQUISA (FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS. IMPRESSO), v. 41, p. 503-515, 2011.

5.
ALEXANDRE, A. F.2010ALEXANDRE, A. F.. Ambientalismo como vocação. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, v. 25, p. 32, 2010.

6.
ALEXANDRE, A. F.2006ALEXANDRE, A. F.; KRISCHKE, Paulo José . Aspectos da institucionalização das políticas de sustentabilidade no Brasil. INTERthesis (Florianópolis), Florianópolis, v. 03, n.02, 2006.

7.
ALEXANDRE, A. F.2005ALEXANDRE, A. F.. O papel dos atores sociais do ambientalismo na reorganização das políticas públicas do Estado brasileiro: um estudo de caso a partir da análise sobre as diretrizes políticas de investimentos financeiros do Fundo Nacional do Meio Ambiente (1990-2001).. CIVITAS: REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (IMPRESSO), Porto Alegre, v. 5, n.01, p. 161-183, 2005.

8.
ALEXANDRE, A. F.2004ALEXANDRE, A. F.. Novos elementos teóricos para pensar as práticas ecológicas no Brasl. Revista Xaman, Universidade de Heksinki, 2004.

9.
ALEXANDRE, A. F.2003ALEXANDRE, A. F.; KLOCK, J. H. P. . O agir comunicativo na política brasileira: referências aos conteúdos morais da justiça e ao caráter dialógico da interpretação legal. Comunicação & Política, Rio de Janeiro, v. X, n.01, p. 137-163, 2003.

10.
ALEXANDRE, A. F.2003ALEXANDRE, A. F.. A perda da radicalidade do movimento ambientalista brasileiro. Uma nova contribuição à crítica do movimento. Ambiente & Educação (FURG), Rio Grande -RS, v. 8, p. 73-94, 2003.

11.
ALEXANDRE, A. F.2003ALEXANDRE, A. F.; MAZZOLA, André Juriate . Referenciais epistemológicos preliminares da ecologia política. Cadernos de Ecologia Política, Florianópolis, n.01, p. 01-14, 2003.

12.
ALEXANDRE, A. F.2003ALEXANDRE, A. F.; KLOCK, Jerusa . Comportamento político e democracia no Brasil: uma crítica a Roberto DaMatta. Percursos (UDESC), Florianópolis, v. 04, n.01, p. 195-224, 2003.

13.
ALEXANDRE, A. F.2002ALEXANDRE, A. F.. Etnoconservação como política de meio ambiente no Brasil. Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável, Porto Alegre, v. 3, n.5, p. 55-64, 2002.

14.
ALEXANDRE, A. F.2002ALEXANDRE, A. F.; KLOCK, Jerusa . Reconhecimento da dignidade igualitária e assunção da autenticidade diferencial na cultura brasileira. Revista de Divulgação Cultural, Blumenau, n.78, p. 82-92, 2002.

15.
ALEXANDRE, A. F.2002ALEXANDRE, A. F.. Gestão de conflitos socioambientais no litoral sul do Brasil. Revista de Educação Pública, Cuiabá, v. 11, n.20, p. 89-130, 2002.

16.
ALEXANDRE, A. F.2002ALEXANDRE, A. F.; JENSEN, Michel . A política do Ministério Público Federal para a resolução dos conflitos socioambientais de Blumenau (1998-1999). Grifos (Chapecó), Chapecó, p. 135-150, 2002.

17.
ALEXANDRE, A. F.2002ALEXANDRE, A. F.. A política que se apreende:avaliando o processo de implementação das Reservas Extrativistas no Brasil à luz do ideário da etnoconservação. Cadernos de Pesquisa Interdisciplinar Em Ciências Humanas, Florianópolis, v. 25, 2002.

18.
ALEXANDRE, A. F.2002ALEXANDRE, A. F.; ANDREATA, Marjor ; MINATTI, Márcio . Conflitos socioambientais e o papel do Ministério Público: o caso de Blumenau, SC, Brasil. Revista de Ciências Humanas (CFH/UFSC), Florianópolis, SC, p. 379-397, 2002.

19.
ALEXANDRE, A. F.2002ALEXANDRE, A. F.. Reconhecimento da dignidade igualitária e assunção da autenticidade diferencial na cultura brasileira. Cadernos de Pesquisa Interdisciplinar Em Ciências Humanas, Florianópolis, 2002.

20.
ALEXANDRE, A. F.2001ALEXANDRE, A. F.. O projeto político da modernidade: uma crítica a Hobbes, Locke e Rousseau.. Revista Jurídica (FURB), Blumenau, p. 129-138, 2001.

21.
ALEXANDRE, A. F.2001ALEXANDRE, A. F.. Os ecologistas sabem fazer política?. Ambiente e Sociedade (Campinas), UNICAMP, Campinas, v. 8, p. 107-134, 2001.

22.
ALEXANDRE, A. F.2000ALEXANDRE, A. F.. A dinâmica da sociedade de risco segundo Antony Giddens e Ulrick Beck. Geosul (UFSC), Florianópolis, v. 15, p. 150-167, 2000.

23.
ALEXANDRE, A. F.2000ALEXANDRE, A. F.. Nádegas e seios de silicone na sociedade de risco. Revista de Divulgação Cultural, Blumenau, p. 92-97, 2000.

24.
ALEXANDRE, A. F.2000ALEXANDRE, A. F.. Questão de política como questão de direito. Cadernos de Pesquisa Interdisciplinar Em Ciências Humanas, Florianópolis, v. 13, 2000.

25.
ALEXANDRE, A. F.1999ALEXANDRE, A. F.. A deslegitimidade da problemática socioambiental no tratamento dado pelo Ministério Público aos conflitos sociambientais de Florianópolis. Revista de Estudos Ambientais, Blumenau, v. 1, n.2, p. 71-88, 1999.

26.
ALEXANDRE, A. F.1999ALEXANDRE, A. F.. Atores e conflitos sociambientais na esfera jurídico-estatal de Florianópolis- SC. Revista de Ciências Humanas (Florianópolis), Florianópolis, p. 81-114, 1999.

27.
ALEXANDRE, A. F.1999ALEXANDRE, A. F.. Uma análise da concepção de risco social em Antony Giddens e Ulrich Beck. Revista de Ciências Sociais (Fortaleza), Fortaleza, v. 30, p. 88-96, 1999.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ALEXANDRE, A. F.. Sociologia da ação coletiva. 1. ed. Florianópolis: Editora Ufsc, 2018. v. 1. 153p .

2.
ALEXANDRE, A. F.. Democracia no Brasil: entre experiências de emancipação e golpismo. 1a.. ed. Florianópolis: Editora UFSC, 2016. 192p .

3.
ALEXANDRE, A. F.. Écologie politique au Brésil. 1a.. ed. Paris: l´Harmattan, 2016. 138p .

4.
ALEXANDRE, A. F.. Metodologia científica e educação. 2a.. ed. Florianópolis: Editora UFSC, 2014. 162p .

5.
ALEXANDRE, A. F.. Práticas Ambientais no Brasil:definições e trajetórias. 1. ed. Florianópolis: Editora UFSC, 2012. v. 1. 105p .

6.
ALEXANDRE, A. F.. Metodologia Científica e Educação. Florianópolis: Editora da UFSC, 2009.

7.
ALEXANDRE, A. F.. Políticas de resolução de conflitos socioambientais no Brasil: o papel do Ministério Público e dos movimentos ambientalistas na Ilha de Santa Catarina.. 1a.. ed. Florianópolis/Blumenaus: Editora da UFSC e EdiFurb, 2004. v. 01. 194p .

8.
ALEXANDRE, A. F.. A perda da radicalidade do movimento ambientalista brasileiro: uma contribuição à crítica do movimento. 1. ed. Florianópolis: Editora da UFSC e Editora da FURB, 2000. 116p .

Capítulos de livros publicados
1.
ALEXANDRE, A. F.. Ambientalismo no Brasil: memória e cultura política. In: Carlos Frederico Bernardo Loureiro; Celso Sánchez Pereira; Inny Bello Accioly; Rafael Nogueira Costa. (Org.). Pensamento ambientalista numa sociedade em crise. 01ed.Macaé - Rio de Janeiro: NUPEM/UFRJ, 2015, v. , p. 37-.

2.
ALEXANDRE, A. F.. Visões sobre os jovens/ As várias correntes políticas da ecologia no Brasil. In: Fábio Deboni; Órgão Gestor de Política Nacional de Educação Ambiental; Ministério do Meio Ambiente/Ministério da Educação. (Org.). Juventude, cidadania e meio ambiente: subsídios para a elaboração de políticas públicas.. Taguatinga-Sul/Distrito Federa: Barbarabela, 2006, v. 01, p. 67-73.

3.
ALEXANDRE, A. F.. Ecologia política e ambientalismo. In: Álvaro Wanderlli Filho. (Org.). Salvemos nosso lar planetário. 01ed.Florianópolis: Insular, 2006, v. 01, p. 57-71.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ALEXANDRE, A. F.. Ambientalistas hegemônicos e ambientalistas contra-hegemônicos. Ambiente Hoje -, Belo Horizonte, p. 3 - 3, 23 jun. 2010.

2.
ALEXANDRE, A. F.. Passividade contra a causa: onde está e o que faz o movimento ambientalista no Brasil?. Fato e versão/ Jornal do curso de comunicação social da Unisul, Campus da Grande Florianópolis, p. 19 - 21, 01 ago. 2007.

3.
ALEXANDRE, A. F.; MARCHI, R. C. . Reflexões para uma política estudantil. Jornal da Universidade (FURB), Blumenau, p. 02 - 02, 20 jan. 2003.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ALEXANDRE, A. F.. Elementos teóricos para a uma nova compreensão das práticas ecológicas no Brasil. In: Fórum de Ecologia, 2003, Florianópolis. Revista Xaman, 2003. v. 1/2004.

2.
ALEXANDRE, A. F.. O papel dos atores sociais do ambientalismo na reorganização das políticas públicas do Estado brasileiro: um estudo de caso a partir da análise sobre as diretrizes políticas de investimentos financeiros do Fundo Nacional de Meio Ambiente (1990-2001).. In: II Seminário Internacional: organizações e sociedade: temas emergentes., 2003, Porto Alegre. Anais do II Seminário Internacional Organizações e Sociedade: temas emergentes, 2003.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ALEXANDRE, A. F.; MINATTI, Márcio . Gestão Comunitária de Recursos Naturais Renováveis no Brasil: As Experiências das Reservas Extrativistas e das Unidades de Auto-Gestão (1980-2000). In: I Fórum Anual de Iniciação Científica, 2002, Blumenau. I Fórum Anual de Iniciação Científica. Blumenau: Universo Pesquisa, 2002.

2.
ALEXANDRE, A. F.; KLOCK, J. H. P. . Questão de política como questão de direito: os processos de judicialização da política, a cultura instituinte das CPIs e o papel político dos juízes e promotores no Brasil( 1999-2001). In: I Fórum Anual de Iniciação Científica, 2002, Blumenau. I Fórum Anual de Iniciação Científica. Curitiba: CD-Card Latino-América, 2002.

3.
ALEXANDRE, A. F.. A perda da radicalidade do movimento ambientalista brasileiro. In: Sociedade e cidadania: novas utopias, 2001, Fortaleza. Congresso brasileiro de sociologia. Fortaleza: Editora Gráfica LCR, 2001. p. 67-67.

4.
ALEXANDRE, A. F.; MINATTI, Márcio . A Política do MInistério Público Estadual para a resolução dos conflitos socioambientais de Blumenau ( 1998-1999). In: VII Seminário Integrado de Iniciação Científica, 2001, Blumenau. VII Seminário Integrado de Iniciação Científica, 2001. p. 208-208.

5.
ALEXANDRE, A. F.; JENSEN, Michel . A Política do Ministério Público Federal para a Resolução dos Conflitos Socioambientais de Blumenau (1998-1999). In: VII Seminário Integrado de Iniciação Científica, 2001, Blumenau. VII Seminário Integrado de Iniciação Científica, 2001. p. 209-209.

6.
ALEXANDRE, A. F.; MAZZOLA, André Juriate . Uma Teoria para as Políticas Ecológicas. In: VII Seminário Integrado de Iniciação Científica, 2001, Blumenau. VII Seminário Integrado de Iniciação Científica, 2001. p. 207-207.

Apresentações de Trabalho
1.
ALEXANDRE, A. F.. Facebook: un outil social d´évaluation. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
ALEXANDRE, A. F.. Ambientalismo como vocação. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
ALEXANDRE, A. F.. Democracia como reivindicação e como forma de vida. Florianópolis: Revista Interthesis, 2015. (Tradução/Artigo).

2.
ALEXANDRE, A. F.; EEROLA, Toni . Revista Xaman 2004 (Apresentação de Revista Internacional).

3.
ALEXANDRE, A. F.. Cadernos de Ecologia Política. Florianópolis: Instituto de Ecologia Política, 2003 (Editor da revista eletrônica Cadernos de Ecologia Política).


Produção técnica
Processos ou técnicas
1.
ALEXANDRE, A. F.. Assessoria jurídica de estruturação de associação comunitária pesqueira. 1998.

Trabalhos técnicos
1.
ALEXANDRE, A. F.; MINATTI, Márcio . A política do Ministério Público Estadual para a resolução dos conflitos sócio-ambientais em Blumenau (1998-1999). 2000.

2.
ALEXANDRE, A. F.; JENSEN, Michel ; ANDREATTA, Marjo . A política do Ministério Público Federal para a resolução dos conflitos sócio-ambientais de Blumenau (1998-1999). 2000.


Demais tipos de produção técnica
1.
ALEXANDRE, A. F.; Henri Acselrad . Práticas Ambientais no Brasil. 2012. (Colóquio).

2.
ALEXANDRE, A. F.. A política emancipatória e o aprendizado social das propostas ecológicas brasileiras. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
ALEXANDRE, A. F.. Cadernos de Ecologia Política. 2003. (Editoração/Periódico).

4.
ALEXANDRE, A. F.. O movimento ambientalista brasileiro segundo o enfoque do movimento complexo e multissetorial. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
ALEXANDRE, A. F.. Legislação e Política Ambiental no Brasil. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
ALEXANDRE, A. F.. I Curso de Capacitação em Educação para o Ecodesenvolvimento. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Demais trabalhos
1.
ALEXANDRE, A. F.. O movimento ambientalista. 2004 (Palestra) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ALEXANDRE, A. F.; Almeida Junior; Silva, O. C H.. Participação em banca de Helena Lemos dos Reis Magalhães Gomes. Parcerias entre empresas e ONG´s e a construção de um novo sistema de publicidade ambiental: um estudo de caso. 2012. Dissertação (Mestrado em Ecologia aplicada - Interunidades ESALQ-CENA) - Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
Raul Burgos; Alberto Groisman; Eliel Machado; ALEXANDRE, A. F.. Participação em banca de Vinícius Ramos Lanças. De usuário a ativista, o Movimento Anti-Proibicionista através da Marcha da Maconha no Brasil. 2018. Tese (Doutorado em Sociologia Política) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Qualificações de Doutorado
1.
celso sanchez; Angelica Conseza; ALEXANDRE, A. F.; Cleonice Pugian; Guaracia Gouvea de Souza. Participação em banca de Marcelo Aranda Stortti. Aprender para resistir e resistir para aprender: pedagogia dos afetados e as lutas socioambientais no Brasil e Argentina em busca de uma educação ambiental decolonial desde el Sur. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em educação) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

2.
ALEXANDRE, A. F.. Participação em banca de Eladir Fátima Nascimento dos Santos. Por uma frente popular e democrática: intervenções do MR8 no movimento popular.. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
ALEXANDRE, A. F.. Participação em banca de Danielle Cunha do Souza da Rocha. Memória, território e identidade: as (re)construções na comunidade de Cajueiro em Alcântara - MA. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
KREPSKY, N.; Sampaio, M; MENEZES, K. A.; ALEXANDRE, A. F.. Participação em banca de Rodrigo de Moraes.Relato de uma prática de educação ambiental: a produção de um vídeo sobre os animais da Ilha de Paquetá, RJ.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em ciências ambientais) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

2.
ALEXANDRE, A. F.. Participação em banca de Anderson Tavares Melo.O repovoamento da Via-Expressa Sul pela vegetação do manguezal e pela avifauna: um estudo biogeográfico. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

3.
DOMINGUES, T. S.; ALEXANDRE, A. F.. Participação em banca de Tha´s Domingues.A atuação das organizações não-governamentais no cenário internacional: um estudo do movimento médicos sem fronteira e de sua campanha pelo acesso aos medicamentos essenciais. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Vale do Itajaí.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
ALEXANDRE, A. F.. VII Seminário Integrado de Iniciação Científica. 2001. Fundação Universidade Regional de Blumenau.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
A dimensão cultural das políticas ambientais.Organizador e coordenador do Workshop 'A dimensão cultural das políticas ambientais'.. 2006. (Oficina).

2.
Mesa-redonda: Gestão da Água.Mesa-redonda: Gestão da Água: a quem pertence?. 2005. (Outra).

3.
1o. Encontro dos Cursos de Pedagogia - UFSC-UDESC/ 8-12 de março de 2004..1o. Encontro dos Cursos de Pedagogia - UFSC e UDESC/ 8-12 março de 2004.. 2004. (Encontro).

4.
A questão ambiental em Florianópolis: debate com os candidatos a prefeito da Capital.Organizador e mediador do debate entre os candidatos a prefeito da Capital ( Florianópolis, SC). 2004. (Encontro).

5.
A Questão Ambiental em Florianópolis: Debate com os Candidatos a Vereador da Capital.Organizador e mediador do Debate entre Candidatos a Vereador da Capital (Florianópolis, SC).. 2004. (Encontro).

6.
I Ciclo de palestras sobre democracia e socidiversidade.Organizador do I Ciclo de palestras sobre democracia e sociodiversidade. 2004. (Outra).

7.
I Ciclo de palestras sobre democracia e sociodiversidade.Palestra: Espiritualidade em Max Weber. 2004. (Outra).

8.
Mesa-Redonda.Organizador e participante da Mesa Redonda: Aquicultura e meio ambiente em Santa Catarina: novas perspectivas para os pequenos produtores. 2004. (Outra).

9.
Fórum de Ecologia.Comunicador de trabalho de pesquisa: Elementos teóricos para uma nova compreensão das práticas ecológicas no Brasil. 2003. (Outra).

10.
Fórum de Ecologia.Organizador geral do Fórum de Ecologia. 2003. (Outra).

11.
Fórum de Ecologia.Organizador e mediador da Mesa Redonda: O que é ser um ambientalista?. 2003. (Outra).

12.
II Seminário Internacional Organizações e Sociedade: temas emergentes.Apresentação do papper O papel dos atores sociais do ambientalismo na reorganização das políticas públicas do Estado brasileiro.. 2003. (Seminário).

13.
Mesa Redonda: Mudanças Climáticas: Passado, Presente e Futuro.Organizador e mediador da Mesa Redonda: Mudanças climáticas: passado, presente e futuro. 2003. (Outra).

14.
A ecologia política e seus desafios.Ministrante do curso A ecologia política e seus desafios. 2002. (Outra).

15.
Cultura política e cultura jurídica no Brasil.Ministrante do curso Cultura política e a cultura jurídica no Brasil. 2002. (Outra).

16.
I Fórum Anual de Iniciação Científica.I Fórum Anual de Iniciação Científica. 2002. (Outra).

17.
I Curso de Formação em Temáticas Ambientais.Ministrante do curso I Curso de Formação em Temáticas Ambientais. 2001. (Outra).

18.
Introdução ao ambientalismo político.Ministrante do curso Introdução ao ambientalismo político. 2001. (Outra).

19.
Sociedade e cidadania: novas utopias. Apresentação de papper no GT Sociedade e Meio Ambiente do X Congresso Brasileiro de Sociologia. 2001. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ALEXANDRE, A. F.; Henri Acselrad . Colóquio de Práticas Ambientais no Brasil. 2012. (Outro).

2.
ALEXANDRE, A. F.. Fórum de Ecologia. 2003. (Outro).

3.
ALEXANDRE, A. F.. A ecologia política e seus desafios. 2002. (Outro).

4.
ALEXANDRE, A. F.. Cultura Política e Cultura Jurídica no Brasil. 2002. (Outro).

5.
ALEXANDRE, A. F.; SOARES, A. G. . I Curso de Formação em Temáticas Ambientais. 2001. (Outro).

6.
ALEXANDRE, A. F.; SOARES, A. G. . Introdução ao Ambientalismo Político. 2001. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Fernanda da Silva Figueira Rodrigues. O registro de uma arte fugaz:Memória, graffiti e turismo nas casas-tela do pavão, pavãozinho e cantagalo. Início: 2013. Dissertação (Mestrado em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Filipe Machado. cultura política e cultura da sustentabilidade: rebeldia estudantil e praxis universitária. Início: 2013. Iniciação científica (Graduando em ciências ambientais) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Jan Santoro. ecologia política e valores ambientalistas. Início: 2011. Iniciação científica (Graduando em Ciências Ambientais) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Fabrício Berto da Silveira. A polícia militar de Santa Catarina e a tutela do meio ambiente (o ciclo completo de polícia em matéria ambienal. 2003. 75 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Educação e Meio Ambiente) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Jan Santoro Gomes. A guinada comunicativa do ambientalismo mundial. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em ciências ambientais) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

2.
Filipe Miranda Machado. Ciência livre: teoria e prática. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em ciências ambientais) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

3.
Claudia Pinheiro Nascimento. Criacionismo e evolucionismo. Faces e interfaces para a Geografia. 2005. 98 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

4.
Isabel Cristina Ramos de Ataíde. Beira Mar Norte; a falácia do discurso de despoluição das águas de sua baía.. 2003. 38 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

5.
Ana Isabel de Godoy Ferreira. O papel dos governos de frente popular na luta de classes. 2003. 86 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

6.
Almir Alves Junior. Canto dos Ganchos, SC (1963-20030): o espaço geográfico configurado por disputas políticas, econômicas e religiosas. 2003. 67 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

Iniciação científica
1.
Jan Santoro. Ecologia política e valores ambientalistas. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Ambientais) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

2.
Jerusa Helena Piaz Klock. Questão de política como questão de direito. 2001. 60 f. Iniciação Científica. (Graduando em Departamento de Ciências Sociais e Filosofia) - Fundação Universidade Regional de Blumenau. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

3.
Márcio Minatti. Gestão comunitária de recursos naturais renováveis no Brasil: as experiências das reservas extrativistas (1990-2000). 2001. 25 f. Iniciação Científica. (Graduando em Departamento de Ciências Sociais e Filosofia) - Fundação Universidade Regional de Blumenau. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

4.
André Juriate Mazzola. Guia de políticas ecológicas. 2000. 19 f. Iniciação Científica. (Graduando em Departamento de Ciências Sociais e Filosofia) - Fundação Universidade Regional de Blumenau. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

5.
Michel Jensen. A política do Ministério Público Federal para a resolução dos conflitos socioambientais de Blumenau (1998-1999). 2000. 30 f. Iniciação Científica. (Graduando em Departamento de Ciências Sociais e Filosofia) - Fundação Universidade Regional de Blumenau. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

6.
Márcio Minatti. A política do Ministério Público Estadual para a resolução dos conflitos socioambientais de Blumenau (1998-1999). 2000. 35 f. Iniciação Científica. (Graduando em Departamento de Ciências Sociais e Filosofia) - Fundação Universidade Regional de Blumenau. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

Orientações de outra natureza
1.
Glaudir Didomênico. Orientação de monitoria/Disciplina: Filosofia da Educação I. 2005. Orientação de outra natureza - Universidade do Estado de Santa Catarina, Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Agripa Faria Alexandre.

2.
José Bousfield von Hoonholtz. Disciplina Políticas Ambientais. 2004. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Agripa Faria Alexandre.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
ALEXANDRE, A. F.2005ALEXANDRE, A. F.. O papel dos atores sociais do ambientalismo na reorganização das políticas públicas do Estado brasileiro: um estudo de caso a partir da análise sobre as diretrizes políticas de investimentos financeiros do Fundo Nacional do Meio Ambiente (1990-2001).. CIVITAS: REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (IMPRESSO), Porto Alegre, v. 5, n.01, p. 161-183, 2005.

2.
ALEXANDRE, A. F.2011ALEXANDRE, A. F.. Pesquisa acadêmica e prática educativa como um problema sociológico. CADERNOS DE PESQUISA (FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS. IMPRESSO), v. 41, p. 503-515, 2011.

3.
ALEXANDRE, A. F.2015ALEXANDRE, A. F.. Memória política da redemocratização brasileira: aspectos institucionais e culturais. REVISTA CONTEMPORÂNEA, v. 1, p. 01-27, 2015.

4.
ALEXANDRE, A. F.2018ALEXANDRE, A. F.. Atores e processos da ecologia política internacional. REVISTA DE ESTUDOS INTERNACIONAIS, v. 9, p. 123-147, 2018.

5.
ALEXANDRE, A. F.2013ALEXANDRE, A. F.. La emergencia de los cursos de graduacíon en ciencias ambientales en Brasil. Revista Cientifica de Educación y Comunicación, v. 6, p. 65-83, 2013.


Livros e capítulos
1.
ALEXANDRE, A. F.. Práticas Ambientais no Brasil:definições e trajetórias. 1. ed. Florianópolis: Editora UFSC, 2012. v. 1. 105p .

2.
ALEXANDRE, A. F.. Metodologia científica e educação. 2a.. ed. Florianópolis: Editora UFSC, 2014. 162p .

3.
ALEXANDRE, A. F.. Sociologia da ação coletiva. 1. ed. Florianópolis: Editora Ufsc, 2018. v. 1. 153p .

4.
ALEXANDRE, A. F.. Écologie politique au Brésil. 1a.. ed. Paris: l´Harmattan, 2016. 138p .


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ALEXANDRE, A. F.; Henri Acselrad . Colóquio de Práticas Ambientais no Brasil. 2012. (Outro).



Outras informações relevantes


Aprovado no concurso público para docente adjunto 1 da Universidade de Brasília (UnB), para o Centro de Desenvolvimento Sustentável, na área de Sociologia, Antropologia e Desenvolvimento Sustentável. Edital de homologação n. 1.093, de 12 de junho de 2009.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 24/10/2018 às 4:02:48