Carolina de Souza Noto

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6871448830801220
  • Última atualização do currículo em 02/12/2018


Professora adjunta do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Santa Catarina. Graduada em filosofia pela Universidade de São Paulo. Fez mestrado, doutorado e pós-doutorado na mesma instituição. Atualmente é membro do GT "Filosofia Francesa Contemporânea" da ANPOF. Atua na área de História da Filosofia Contemporânea, com ênfase em questões ligadas à ontologia, antropologia filosófica e epistemologia das ciências humanas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Carolina de Souza Noto
Nome em citações bibliográficas
NOTO, C. S.;NOTO, CAROLINA DE SOUZA


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2014
Doutorado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
com período sanduíche em Ecole Normale Supérieure Paris (Orientador: Frédéric Worms).
Título: A recusa do transcendetal: um estudo sobre a filosofia crítica de Foucault, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Carlos Alberto Ribeiro de Moura.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: ciências humanas; Foucault; vontade, verdade, experiência, subjetividade.
Grande área: Ciências Humanas
2006 - 2009
Mestrado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A ontologia do sujeito em Michel Foucault,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Carlos Alberto Ribeiro de Moura.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: subjetividade, ontologia, ética, liberdade.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Outros Setores.
1998 - 2003
Graduação em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: As Paixões da Alma, de René Descartes.
Orientador: Carlos Alberto Ribeiro de Moura.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2015 - 2016
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.


Formação Complementar


2008 - 2009
Curso de língua e cultura taliana. (Carga horária: 50h).
Universitá Popolare di Roma, UPTER, Itália.
2007 - 2007
Conhecimento de si e certeza em Agostinho. (Carga horária: 8h).
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, FFLCH, Brasil.
2006 - 2006
Língua francesa. (Carga horária: 46h).
École Internationale de Français et de Formation en Langues, EIFFEL, França.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunyo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor Substituto, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 40
Outras informações
Disciplinas ministradas: Introdução à Ciência Psicológica História e Sistemas Psicológicos: Gestalt e tendências contemporâneas


Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, FFLCH, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Pesquisadora de pós-doutorado, Enquadramento Funcional: Pesquisadora de pós-doutorado


Escola Alef, ALEF, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Filosofia Ensino Médio, Carga horária: 4


Escola Viva, ESCOLA VIVA, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
A psicanálise para Foucault: ontologia ou hermenêutica?
Descrição: A pesquisa tem como primeiro objetivo compreender o estatuto que Foucault confere à psicanálise. Essa não é uma questão fácil, já que o filósofo, ao longo de toda sua trajetória, tece muitos comentários divergentes sobre esse saber. Não só entre uma fase e outra de seu percurso filosófico Foucault apresenta diferentes teses sobre a teoria e a prática psicanalítica, mas no interior de um mesmo livro encontramos formulações ambíguas sobre o assunto. Tendo como pano de fundo os diversos comentários dissonantes do autor sobre a psicanálise, trata-se de pensar de que modo os escritos da década de 70, em particular, se relacionam com a crítica foucaultiana das ciências humanas sistematizada em 66, em As palavras e as coisas. Visto que neste livro o filósofo condena certo tipo de reflexão que procura conferir um estatuto ontológico à finitude humana (ou seja, fazer ontologia do ser constitutivamente alienado do homem), faz-se necessário investigar se a crítica que Foucault endereça à psicanálise depois de 66 se dá nos mesmos termos que a crítica feita às analíticas da finitude. Trata-se, então, de entender se a acusação de que a psicanálise não passa de mais um ?dispositivo de sexualidade? a serviço do biopoder está fundada na ideia de que a psicanálise supõe uma ontologia. A ideia da psicanálise como ontologia, contudo, é uma tese recusada por Foucault em alguns escritos da década de 50 e 60. Neste período, o filósofo defende que a psicanálise é antes de tudo um método hermenêutico e não uma teoria geral sobre o homem. Assim, se é verdade que as teses genealógicas finais de Foucault sobre a psicanálise fundamentam-se na visão da psicanálise como ontologia, deparamo-nos com um problema: afinal, a psicanálise, para Foucault, consiste ou não numa teoria sobre o ser do homem? Para responder a essa pergunta, seguiremos uma sugestão dada por Derrida, mas encontrada também em Foucault, segundo a qual é possível que no interior na própria obra de Freud encontremos uma resposta a essa pergunta. Por um lado, haveria, de fato, em Freud, textos com um cunho mais ontológico, mas por outro, também, escritos que insistem na centralidade da interpretação e da compreensão do processo de produção de sentido. Por fim, se for possível fazer uma distinção entre uma psicanálise ontológica e uma psicanálise hermenêutica, a última pergunta a que procuraremos responder é: do ponto de vista hermenêutico, a noção de interpretação histórica adotada por Foucault, além de ser claramente influenciada por Nietzsche, não é próxima também daquela da psicanálise freudiana?.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: INTERthesis (Florianópolis)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2015
Série Produção Acadêmica Premiada - Melhor tese do Departamento de Filosofia/USP de 2014, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
NOTO, C. S.2017 NOTO, C. S.. O déficit ontológico da psicanálise: Foucault leitor de Hyppolite. DOIS PONTOS (UFPR) DIGITAL, v. 14, p. 145-157, 2017.

2.
NOTO, CAROLINA DE SOUZA2016 NOTO, CAROLINA DE SOUZA. A Psicanálise para Foucault: ontologia ou Hermenêutica?. Trans/form/ação (UNESP. Marília. On line), v. 39, p. 57-76, 2016.

3.
NOTO, CAROLINA DE SOUZA2016NOTO, CAROLINA DE SOUZA. A trajetória intelectual de Canguilhem. Discurso - Departamento de Filosofia da FFLCH DA USP, v. 45, p. 355-362, 2016.

4.
NOTO, CAROLINA DE SOUZA2015NOTO, CAROLINA DE SOUZA. O problema da liberdade na passagem da arqueologia à genealogia foucaultiana. Sofia, v. 4, p. 358-368, 2015.

5.
NOTO, CAROLINA DE SOUZA2015 NOTO, CAROLINA DE SOUZA. A filosofia crítica de Foucault: uma recusa do transcendental?. Cadernos de Filosofia Alemã, v. 20, p. 121-138, 2015.

6.
NOTO, CAROLINA DE SOUZA2011NOTO, CAROLINA DE SOUZA. Da ilusão transcendental à ilusão antropológica: Foucault em defesa de Kant. Cadernos de Ética e Filosofia Política (USP), v. 18, p. 73-88, 2011.

7.
NOTO, CAROLINA DE SOUZA2010NOTO, CAROLINA DE SOUZA. Vontade e verdade em Foucault. Philósophos (UFG) (Cessou em 2000. Cont. ISSN 1982-2928 Revista Philósophos), v. 15, p. 11-28, 2010.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
NOTO, C. S.. A recusa do transcendental: um estudo sobre a filosofia crítica de Foucault. 1. ed. São Paulo: Annablume, 2018.

2.
NOTO, C. S.; MARCOLIN, G. ; ZANETTI, M. . Micromegas. 1. ed. São Paulo: Hedra, 2012. v. 1. 48p .

Capítulos de livros publicados
1.
NOTO, C. S.. O problema da interpretação em Foucault. In: Carvalho, M.; Carrasco, A.; Solis, D.. (Org.). Filosofia Francesa Contemporânea, Coleção XVI Encontro Anpof. 1ed.: , 2015, v. , p. 503-512.

2.
NOTO, C. S.. A antropologia kantiana e a arqueologia foucaultianat: uma aproximação possível. In: CARVALHO, Marcelo; FIGUEIREDO, Vinícios. (Org.). XV Encontro Nacional ANPOF: textos. 1ed.São Paulo: ANPOF, 2012, v. , p. 57-64.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
NOTO, C. S.. A antropologia kantiana e a arqueologia foucaultiana: uma aproximação possível. In: XV Encontro Nacional ANPOF, 2012, Curitiba. Cadernos de Resumo XV Encontro Nacional Anpof. São Paulo: ANPOF, 2012. v. 1. p. 127-128.

2.
NOTO, C. S.. Da antropologia pragmática às analítias da finitude: Foucault em defesa de Kant. In: XIV ANPOF, 2010, Águas de Lindóia. Atas do XIV Encontro Nacional de Filosofia. Rio de Janeiro: Imos Gráfica e Editora, 2010. p. 92-93.

3.
NOTO, C. S.. Segurança e gozo na era do biopoder. In: II Congresso Internacional de Filosofia e Psicanálise, 2007, São Carlos. Livro de Resumos, 2007. p. 57-58.

4.
NOTO, C. S.. O saber-poder sobre o sexo. In: III Colóquio Franco-Brasileiro de Filosofia da Educação, 2006, Rio de Janeiro. Anais do III Colóquio Franco-Brasileito de Filosofia da Educação, 2006. p. 29-30.

5.
NOTO, C. S.. Virtude e paixão em Descartes. In: 10 º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2002, São Paulo. 2002 Siicusp, 2002.

Apresentações de Trabalho
1.
NOTO, C. S.. A estética do sonho: Foucault leitor de Freud e Binswanger. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
NOTO, C. S.. A narrativa e o drama: notas sobre a psicologia concreta de Georges Politzer. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
NOTO, C. S.. A psicanálise para Foucault: ontologia ou hermenêutica?. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
NOTO, C. S.. A filosofia crítica de Foucault: uma recusa do transcendental?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
NOTO, C. S.. Foucault e o problema da interpretação. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
NOTO, C. S.. O problema da liberdade na passagem da arqueologia à genealogia foucaultiana. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
NOTO, C. S.. A antropologia kantiana e a arqueologia foucaultiana: uma aproximação possível. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
NOTO, C. S.. Da antropologia pragmática às analíticas da finitude: Foucault em defesa de Kant. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
NOTO, C. S.. O discurso foucaultiano entre o científico e a ética. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
NOTO, C. S.. Segurança e gozo na era do bipoder. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
NOTO, C. S.. O sujeito ético em Foucault. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
NOTO, C. S.. As figuras da loucura na atualidade. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
NOTO, C. S.. O saber sobre o sexo. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
NOTO, C. S.. Virtude e paixão em Descartes. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
NOTO, C. S.. A generosidade como remédio das paixões. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
NOTO, C. S.. A problemática do dualismo substância e corpo. Introdução ao Tratado das paixões da alma, de René Descartes. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
NOTO, C. S.. O desejo: uma paixão primitiva em Descartes. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
NOTO, C. S.. Voltaire, Genebra e as Ideias republicanas, 2012. (Tradução/Artigo).

2.
NOTO, C. S.. Estado e sociedade. São Paulo: Editora Escala Educacional, 2007. (Tradução/Livro).

3.
NOTO, C. S.. Opinião, conhecimento e verdade. São Paulo: Editora Escala Educacional, 2007. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
NOTO, C. S.. Revista Ipseitaks. 2017.

2.
NOTO, C. S.. Revista Dois Pontos. 2016.

3.
NOTO, C. S.. Revista Dois Pontos. 2016.

4.
NOTO, C. S.. Revista Filosofia Moderna e Contemporânea. 2016.

5.
NOTO, C. S.. Revista Pólemos. 2015.

6.
NOTO, C. S.. Cadernos de Ética e Filosofia Política. 2015.

7.
NOTO, C. S.. Cadernos de Ética e Filosofia Política. 2015.

8.
NOTO, C. S.. Revista Internacional Interdisciplinar Interthesis. 2015.

9.
NOTO, C. S.. Revista PET - UFPR. 2013.

10.
NOTO, C. S.. Revista Filogênese. 2013.

11.
NOTO, C. S.. Cadernos de Ética e Filosofia Política. 2012.

12.
NOTO, C. S.. Revista PET - UFPR. 2012.

13.
NOTO, C. S.. Revisa Dois Pontos. 2012.

14.
NOTO, C. S.. Revista brasileira de terapias cognitivas. 2012.

15.
NOTO, C. S.. Cadernos de Ética e Filosofia Política. 2011.

16.
NOTO, C. S.. Cedernos de Ética e Filosofia Política. 2010.


Demais tipos de produção técnica
1.
NOTO, C. S.. Biopolítica e modernidade em Foucault. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
NOTO, C. S.. Introdução ao problema da finitude em Foucault. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
NOTO, C. S.. XIII Encontro Nacional de Pesquisa na Graduação em Filosofia. 2010. (Coordernação de Mesa).

4.
NOTO, C. S.. X Encontro de Pesquisa na Graduação em Filosofia. 2007. (Coordernação de Mesa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Müller, M.J; RAMOS, S.; NOTO, C. S.. Participação em banca de Diego Luiz Warmling. A construção do feminino em Freud. 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
PIMENTA, P. P. G.; MOURA, A. C.; NOTO, C. S.. Participação em banca de Lara Pimentel Figueira Anastacio. Governo das condutas: técnica e reflexão em Foucault. 2017 - Universidade de São Paulo.

3.
FRANCIOTTI, M. A.; NOTO, C. S.; SCHMIDT, G. R.. Participação em banca de Adriana Cândido da Silva. O papel do conceito de histeria na construção do conceito de fantasia em Freud.. 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
SCHIO, S.; NOTO, C. S.; VALEIRAO, K.. Participação em banca de Dirceu Arno Krüger Junior. Foucault: o dispositivo de sexualidade no discurso médico e higienista.. 2017 - Universidade Federal de Pelotas.

5.
MOUTINHO, L. D. S.; NOTO, C. S.; CAPPELLO, M. A. C.. Participação em banca de Monica de Castro. A artilharia antifenomenológica N'as palavras e as coisas de Michel Foucault. 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

6.
NOTO, C. S.; KEINERT, M. C.; PIMENTA, P. P. G.. Participação em banca de Dyogo Henrique Gontijo Silva Leão. A arqueologia de uma tensão: o diagnóstico do presente de As palavras e as coisas.. 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

7.
Müller, M.J; FRANCIOTTI, M. A.; SILVA, M. A. L. H.; NOTO, C. S.. Participação em banca de Clara Ataide Fonseca Carvalho. O superei na teoria psicanalítica: gênese, lugar e função segundo Freud. 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Teses de doutorado
1.
ASSMANN, S. J.; NOTO, CAROLINA DE SOUZA; NUNES, N. A.; COSTA, J. G. C.; KRAEMER, C.; CANDIOTTO, C.. Participação em banca de Daniel Luis Cidade Gonçalves. Da obediência à liberdade: a filosofia como um modo de vida em Michel Foucault. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
Müller, M.J; BRAIDA, C. R.; WU, R.; BITENCOURT, A. C.; FALABRETTI, E.; NOTO, C. S.. Participação em banca de Rodrigo Alvarenga. Alteridade e fenomenologia das psicoses: outrem em Merleau-Ponty e Binswanger. 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Qualificações de Doutorado
1.
Müller, M.J; NOTO, C. S.; SILVA, M. A. L. H.. Participação em banca de Diego Luiz Warmling. Os cinco significados da sexualidade na psicanálise freudiana.. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
ASSMANN, S. J.; NUNES, N. A.; HARDT, L. S.; NOTO, C. S.. Participação em banca de Daniel Luis Cidade Gonçalves. Da obediência à liberdade: iluminismo sem metanarrativas em Michel Foucault. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Qualificações de Mestrado
1.
Müller, M.J; SCHNEIDER, D. R.; NOTO, C. S.. Participação em banca de Diego Rodstein. A psicanálise existencial de Sartre: das origens aos limites. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
Müller, M.J; BITTENCOURT, A. C.; NOTO, C. S.. Participação em banca de Rafael Link Pinto. O estatuto da patologia no estudo de Merleau-Pontyano da percepção.. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
NOTO, C. S.; Müller, M.J; FRANCIOTTI, M. A.. Participação em banca de Clara Ataide Fonseca Carvalho. O supereu na teoria psicanalítica: gênese, ligar e função segundo Freud. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
FRANCIOTTI, M. A.; Müller, M.J; NOTO, C. S.. Participação em banca de Adriana Cândido da Silva. Da histeria à fantasia: um estudo epistemológico em Freud. 2016 - Universidade Federal de Santa Catarina.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CONTE, J.; NOTO, C. S.; FERRAZ, M. C.. Participação em banca de Ismael Ricardo Packer.Conhecimento e causalidade na filosofia de Hume. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
NOTO, C. S.. Participação em banca de Natalia Domênica Eyng Rattin.Disciplina e soberania: uma análise de Michel Foucault. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
CONTE, J.; SATTLER, J.; NOTO, C. S.. Processo Seletivo para Professor Substituto do Departamento de Filosofia. 2017.

2.
MORTARI, C. A.; NOTO, C. S.; CUNHA, I. F.; DRUCKER, C. P.; PINZANI, A.; PETRY, F. B.. Processo seletivo de mestrado. 2017. Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
NOTO, C. S.; CUNHA, I. F.; TONETTO, M. C.. Melhor tese de 2016/Filosofia-UFSC. 2017. Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
NOTO, C. S.; MORTARI, C. A.; PETRY, F. B.. Seleção de bolsista de Pós-Doc. 2017. Universidade Federal de Santa Catarina.

5.
LUZ, A. M.; TONETTO, M. C.; NOTO, C. S.. Processo Seletivo Simplificado de Professor Visitante Estrangeiro. 2016.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Nos Ombros dos Gigantes: Por que ler os clássicos?.A Microfísica do poder de Michel Foucault. 2018. (Encontro).

2.
XI Colóquio Internacional Michel Foucault. Genealogia do sujeito de desejo no contexto da biopolítica. 2018. (Congresso).

3.
Colóquio Arte e Estética.A estética do sonho: Foucault leitor de Freud e Binswanger. 2017. (Encontro).

4.
Foucault: As palavras e as coisas em debate.Reflexões sobre o estatuto filosófico de As palavras e as coisas. 2017. (Encontro).

5.
Jornada Michel Foucault: Foucault filósofo.Da fenomenologia à arqueologia: a historicidade das formas da experiência em Doença mental e psicologia. 2017. (Encontro).

6.
VII Encontro do GT Filosofia Francesa Contemporânea.A psicanálise para Foucault: ontologia ou hermenêutica?. 2015. (Encontro).

7.
Encontro de filosofia: Foucault e Kant.A filosofia crítica de Foucault: uma recusa do transcendental?. 2014. (Encontro).

8.
XVI ANPOF.Foucault e o problema da interpretação. 2014. (Encontro).

9.
Sofrimento Psíquico e Sofrimento Social. 2013. (Outra).

10.
VI Encontro do Grupo de Trabalho de Filosofia Contemporânea Francesa,.O problema da liberdade na passagem da arqueologia à genealogia foucaultiana. 2013. (Encontro).

11.
O problema da fenomenologia do aparecer em Patocka, Fink e Heidegger.. 2012. (Outra).

12.
XV ANPOF. A antropologia kantiana e a arqueologia foucaultiana: uma aproximação possível. 2012. (Congresso).

13.
Jornadas Barbarras - Reflexões sobre o pensamento de Renaud Barbarras. 2011. (Outra).

14.
VII Colóquio Internacional Michel Foucault. 2011. (Congresso).

15.
La guerre silencieuse. Politique chez Spinoza et Foucault. 2010. (Seminário).

16.
Seminário de Filosofia Francesa Contemporânea. 2010. (Seminário).

17.
XIV ANPOF.Da antropologia pragmática às analítias da finitude: Foucault em defesa de Kant. 2010. (Encontro).

18.
Jornadas Internacionales Michel Foucault: Subjetividad, poder-saber, verdad.O discurso foucaultiano entre o científico e a ética. 2009. (Outra).

19.
Colóquio Genealogia e crítica: discutindo a Genealogia da Moral. 2007. (Outra).

20.
Colóquio Patologia do Social: interface entre Teoria Social, Filosofia e Psicanálise.O sujeito ético em Foucault.. 2007. (Outra).

21.
II Congresso Internacional de Filosofia da Psicanálise. Segurança e gozo na era do biopoder. 2007. (Congresso).

22.
II Encontro de Pós-Graduação em Filosofia.As fuiguras da loucura na atualidade. 2007. (Encontro).

23.
Psicanálise, clínica e conhecimento. 2007. (Outra).

24.
II Encontro Nacional de Pesquisadores em Filosofia e Psicanálise. 2006. (Encontro).

25.
III Colóquio Franco-Brasileiro de Filosofia da Educação.O saber sobre o sexo. 2006. (Outra).

26.
III Colóquio Internacional do Núcleo de Pesquisa de Psicanálise e Educação da FEUSP. 2005. (Simpósio).

27.
VI Conferência Internacional sobre Filosofia, Psiquiatria e Psicologia. 2003. (Outra).

28.
VI Encontro de Pesquisa da Graduação em Filosofia.A generosidade como remédio das paixões. 2002. (Encontro).

29.
X Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.Virtude e paixão em Descartes. 2002. (Simpósio).

30.
IX Simpósio Internacional de Iniciação Científica.O desejo: uma paixão primitiva em Descartes. 2001. (Encontro).

31.
V Encontro de Pesquisa na Graduação em Filosofia.A problemática do dualismo. Introdução ao Tratado das paixões da alma de René Descartes. 2001. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
NOTO, C. S.; GONCALVES, D. L. C. ; CASTRO, M. . Foucault: As palavras e as coisas em debate. 2017. (Congresso).

2.
NOTO, C. S.; MENEGASI, A. ; XAVIER, H. ; SATO, M. ; CAMARGO, R. ; MANZI, R. ; RAMOS, S. ; CARNEIRO, S. . Colóquio Patologia do Social: interface entre Teoria Social, Filosofia e Psicanálise. 2007. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Camila Carpen. A crítica à psicanálise em A vontade de saber. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Abi - Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Tese de doutorado
1.
Fabio Henrique Duarte. Biopolítica e democracia em Giorgio Agamben. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Coorientador: Carolina de Souza Noto.



Outras informações relevantes


Aprovada em primeiro lugar no Processo Seletivo Simplificado para contratação de Professor Substituto - 40hs semanais, Área: Filosofia; Subárea: Filosofia Geral, realizado pelo Departamento de Filosofia e Metodologia das Ciências do Centro de
Educação e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Carlos, processo Nº 23112.004654/2014-54. 

Aprovada em segundo lugar no Concurso Público para professor adjunto de Filosofia da Educação, no Departamento de Estudos Especializados em Educação, do Centro de Ciências da Educação, da Universidade Federal de Santa Catarina, processo nº 23080.047637/2014-26.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 16:25:21