Diogo Loretto Medeiros

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5962407771637750
  • Última atualização do currículo em 17/12/2018


Graduado em Ciências Biológicas (UFRJ-2003), Mestrado (2006) e Doutorado (2012) em Ecologia-UFRJ. Em 2013 fiz parte do Depto Ecologia-UFRJ como Professor Temporário, atuando em disciplinas da graduação (Ciências Biológicas) e Pós-graduação (Ecologia). De 2014 a 2018 estive no Laboratório de Biologia e Parasitologia de Mamíferos Silvestres Reservatórios (IOC/Fiocruz), em Pós-Doutorado. Atualmente, sou Gerente Técnico e Analista Ambiental IV na Bicho do Mato Meio Ambiente, atuando na Gestão Técnica de Projetos. Minha pesquisa sempre usou mamíferos como modelo, especialmente os pequenos mamíferos (PM), dentro dos interesses de: (1) testes e experimentos de amostragem de PM; (2) distribuição e ecologia de PM em campos de altitude e dossel florestal; (3) ecologia trófica e transmissão de poluentes em comunidades de PM. Desenvolvo essas linhas no PARNA Serra dos Órgãos, Itatiaia e Serra da Bocaina. Minha ênfase pedagógica tem sido voltada para o ensino sobre filosofia da ciência, ética, moral, valores, além de temas específicos voltados a instrumentalização para redação científica. Ministrei tais disciplinas nos cursos PPGBS-IOC-Fiocruz, PPGE-UFRJ, PPGEE-UERJ, PPE/COPPE-UFRJ. Atuei profissionalmente como Biólogo em diversos estudos técnicos ambientais como consultor de mastofauna, desde 2003, em projetos de Mineração, Linhas de transmissão, Centrais Hidrelétricas e Estradas. Minha ênfase em extensão tem sido na participação como professor em cursos técnicos para formação de profissionais em mastozoologia, fomentados pela Sociedade Brasileira de Mastozoologia (SBMz), e no treinamento básico em ciência de monitores e servidores dos Parques Nacionais onde desenvolvo minhas pesquisas. Minha atuação científico-social, desde 2012, ocorre através da participação como membro diretor da SBMz, onde atuamos na gestão da Sociedade e no fomento e apoio de atividades científicas de relevância social e de aplicação científica. Meu e-mail é diogoloretto@gmail.com. Os que quiserem entrar em contato, por favor, escrevam. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Diogo Loretto Medeiros
Nome em citações bibliográficas
LORETTO, Diogo;Loretto, Diogo

Endereço


Endereço Profissional
Bicho do Mato Meio Ambiente Ltda, Gestão Técnica I.
Rua Perdigão Malheiros - de 121/122 ao fim
Coração de Jesus
30380234 - Belo Horizonte, MG - Brasil
Telefone: (23) 33124374
Ramal: 208
URL da Homepage: http://bichodomato.net.br/


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2012
Doutorado em Ecologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Ecologia de pequenos mamíferos arborícolas: estado do conhecimento, métodos de amostragem e estudo populacional, com ênfase no bioma da Mata Atlântica, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Marcus Vinícius Vieira.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Ecologia de Marsupiais; Ninhos artificiais; Movimentos; Mata Atlântica; Uso do espaço.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Mamíferos.
2004 - 2006
Mestrado em Ecologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Demografia e seleção de habitats de marsupais arborícolas neotropicais com o uso de ninhos artificiais,Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: Marcus Vinícius Vieira.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Ninhos artificiais; microhabitat; Marmosops incanus; Micoureus paraguayanus; Gracilinanus microtarsus; Caluromys philander.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Mamíferos / Especialidade: Microhabitat.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Mamíferos / Especialidade: Comportamento.
1999 - 2003
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Padrão de movimentos, uso do espaço e biologia de Marmosops incanus (Mammalia, Marsupialia).
Orientador: Marcus Vinícius Vieira.
Bolsista do(a): Sub Reitoria de Ensino Para Graduados e Pesquisa Conselho de Ensino Para Gr, SR2/CPEG - UFRJ, Brasil.


Pós-doutorado


2014 - 2018
Pós-Doutorado.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: campos de altitude.


Formação Complementar


2015 - 2015
Mapeamento de conflitos e tecnologias sociais na gestão de projetos. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2009 - 2009
Curso de Campo de Ecologia de Dossel. (Carga horária: 120h).
Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Desenho Amostral. (Carga horária: 45h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Curso de Campo de Ecologia Em Dossel. (Carga horária: 240h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Dinâmica de Populações. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2006 - 2006
Redação Científica em Língua Inglesa. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Scientific Wrinting. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Curso de Campo Ecologia do Pantanal. (Carga horária: 240h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2001 - 2001
Mamíferos da Mata Atlântica. (Carga horária: 12h).
Biosemana Ib Ufrj, BIOSEMANA, Brasil.
2001 - 2001
Locomoção de Mamíferos Terrestres. (Carga horária: 4h).
I Encontro Regional de Ensino de Biologia, IEREBIO, Brasil.
2001 - 2001
Diversidade de Artrópodos. (Carga horária: 10h).
V Congresso Brasileiro de Ecologia, VCBE, Brasil.
2000 - 2000
Writing Made Simple. (Carga horária: 20h).
Centro de Cultura Anglo Americana, CCAA, Brasil.
1991 - 1999
Básico Intermediário e Avançado de Inglês. (Carga horária: 780h).
Centro de Cultura Anglo Americana, CCAA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2017
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 4
Outras informações
Professor Ministrante das Disciplinas "Instrumentação para Redação Científica II: Mendeley e Word para Cientistas" nos Programas de Pós-Graduação em Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação (PPG-CiAC), campus Macaé, e Planejamento Energético do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós Graduação e Pesquisa em Engenharia (COPPE-UFRJ). Professor ministrante das disciplinas "Seminários em Ecologia" e "Ecologia de Estradas" no Programa de Pós-Graduação em Ecologia.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Temporário, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 16
Outras informações
Professor Ministrante das Disciplinas "Instrumentação para Redação Científica II: Mendeley e Word para Cientistas" e "Seminários em Ecologia" do Programa de Pós-Graduação em Ecologia da UFRJ.

Vínculo institucional

2008 - 2012
Vínculo: Doutorando, Enquadramento Funcional: Doutorando, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Período em que fiz parte do Programa de Pós-graduação em Ecologia - UFRJ, como aluno no curso de Doutorado em Ecologia, onde desenvolvi o projeto " Ecologia de pequenos mamíferos arborícolas: estado do conhecimento, métodos de amostragem e estudo populacional, com ênfase no bioma da Mata Atlântica".

Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Biólogo, Enquadramento Funcional: Técnico de Mastozoologia, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Participação como técnico de mastofauna no projeto "Rede de Biodiversidade de Vertebrados Terrestres do Rio De Janeiro Mastozoologia", financiado pela FAPERJ, sob coordenação do Prof. Dr. Marcus V. Vieira, do Laboratório de Vertebrados - UFRJ.

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Tutor, Carga horária: 40
Outras informações
Participação como tutor na disciplina "Ecologia de Campo", oferecida pelo Programa de Pós-graduação em Ecologia da UFRJ, sob coordenação do Prof. Dr. Carlos E.V. Grelle, ministrada no Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, Macaé, RJ.

Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Aluno de pós graduação, Enquadramento Funcional: Mestrando, Carga horária: 0
Outras informações
Desenvolvimento do projeto " Demografia e seleção de habitats de marsupais arborícolas neotropicais com o uso de ninhos artificiais" sob minha coordenação, enquanto cursava o Mestrado em Ecologia, oferecido pelo Programa de Pós-graduação em Ecologia da UFRJ.

Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Estagiário Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Participação no projeto "Movimentos Individuais, Ecomorfologia e sua Integração com Ecologia de Populações e Comunidades" sob coordenação do Prof. Marcus V. Vieira, do Laboratório de Vertebrados - UFRJ.

Vínculo institucional

2001 - 2003
Vínculo: Estagiário Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Participação no projeto "Movimentos Individuais, Ecomorfologia e sua Integração com Ecologia de Populações e Comunidades" sob coordenação do Prof. Marcus V. Vieira, do Laboratório de Vertebrados - UFRJ.

Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Estagiário Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Participação no projeto "Mamíferos do Brasil: Ecologia, Geografia e Sistemática" sob coordenação do Prof. Dr. Rui Cerqueira, do Laboratório de Vertebrados - UFRJ.

Atividades

01/2017 - 01/2017
Ensino, CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Instrumentação para Redação Científica II: Mendeley e Word para cientistas
12/2016 - 12/2016
Ensino, Abi - Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Professor convidado a ministrar a aula "Delineamento Experimental" para as turmas do diurno e noturno do Curso de Ciências Biológicas da UFRJ como parte da disciplina "Metodologia Científica", obrigatória do ciclo básico de formação.
06/2016 - 06/2016
Ensino, Ecologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminários em Ecologia IBE705/805
05/2016 - 06/2016
Ensino, Ecologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Instrumentação para Redação Científica II IBE745/845
03/2016 - 04/2016
Ensino, Ecologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Ecologia II: Ecologia de Estradas IBE731/831
10/2015 - 12/2015
Ensino, Planejamento Energético, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Instrumentação para Redação Científica II: Mendeley e Word para cientistas
05/2015 - 05/2015
Ensino, Ecologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminários em Ecologia
03/2015 - 03/2015
Ensino, Ecologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Instrumentação para Redação Científica II: Mendeley e Word para cientistas IBE745/845
10/2014 - 12/2014
Ensino, Planejamento Energético, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Instrumentação para Redação Científica II: Mendeley e Word para Cientistas
06/2014 - 06/2014
Ensino, Ecologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminários em Ecologia
04/2014 - 04/2014
Ensino, Ecologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Instrumentação para Redação Científica II: Mendeley e Word para cientistas IBE745/845
11/2013 - 11/2013
Ensino, Ciências Biológicas - Ecologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Colaborador na Disciplina "Projetos em Ecologia", como Avaliador dos estudos apresentados pelos alunos de Graduação do Curso de CIências Biológicas, Mod. Ecologia.
11/2013 - 11/2013
Ensino, Ecologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Instrumentação para Redação Científica II: Mendeley e Word para cientistas - IBE 729/829
07/2013 - 07/2013
Ensino, Ciências Biológicas - Ecologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Colaborador na Disciplina "Projetos em Ecologia", como Avaliador dos estudos apresentados pelos alunos de Graduação do Curso de CIências Biológicas, Mod. Ecologia.
07/2013 - 07/2013
Ensino, Ciências Biológicas - Ecologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biogeografia - Convidado a dar 4 aulas no total de 16h de aula
06/2013 - 06/2013
Ensino, Ciências Biológicas - Ecologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Prof. convidado da Disciplina Ecologia Geral, do Curso de Graduação em Engenharia Ambiental, para aula prática de campo no Parque Nacional da Serra dos Órgãos
8/2006 - 8/2006
Extensão universitária , Instituto de Biologia, Núcleo de Pesquisas Ecológicas de Macaé.

Atividade de extensão realizada
Tutoria do Curso de Campo em Ecologia do PPGE.
4/2000 - 5/2004
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biologia, Departamento de Ecologia.

4/2000 - 2/2004
Estágios , Instituto de Biologia, Departamento de Ecologia.

Estágio realizado
Laboratório de Vertebrados.

Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2016
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 2
Outras informações
Pesquisador consultor de Mastofauna do Projeto "Programa de Monitoramento de Fauna relativo à Execução do PBA da Estrada-Parque Paraty-Cunha RJ165".

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 4
Outras informações
Professor convidado para ministrar no dia 08 de julho de 2015 a aula "Evolução do sistema nervoso e sensorial em mamíferos" para duas turmas do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Faculdade de Formação de Professores de São Gonçalo (FFP-UERJ), em um total de 4 horas de aulas.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 20
Outras informações
Professor Ministrante da Disciplina "Tópicos especiais em comunicação científica - Instrumentação para Redação Científica (BIO109431)" no Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução - UERJ. A disciplina, com carga horária de 60h foi ministrada para alunos do programa de nível de mestrado e doutorado entre o período de 19 de junho a 03 de julho de 2015.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 6
Outras informações
Professor Ministrante da Disciplina "Tópicos especiais em comunicação científica - Instrumentação para Redação Científica (BIO109431)" no Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução - UERJ. A disciplina, com carga horária de 60h foi ministrada para alunos do programa de nível de mestrado e doutorado.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professor Convidado, Enquadramento Funcional: Professor Convidado
Outras informações
Participação no dia 26 de abril de 2013 curso Biologia de Mamíferos do Programa de Pós-Graduação de Ecologia e Evolução da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, sob coordenação das professoras Dra. Helena G. Bergallo e Dra. Lena Geise, com a aula intitulada "Padrões de distribuição, tamanho de corpo e estratégias reprodutivas em escalas continentais para mamíferos", com duração de 3 (três) horas.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor Convidado, Enquadramento Funcional: Professor Convidado
Outras informações
Participação da Disciplina "Fundamentos Básicos de Mastozoologia" do Instituto de Biologia Roberto Alcântara Gomes - DBAV, Setor de Zoologia, sob coordenação da Prof. Dra. Lena Geise, com a aula intitulada: Métodos de Coleta e Amostragem de Mamíferos.

Atividades

07/2015 - 07/2015
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Professor convidado na Disciplina Zoologia V (FFP02-09177)
06/2015 - 07/2015
Ensino, Ecologia e Evolução, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Instrumentação para Redação Científica II: Mendeley e Word para cientistas
11/2014 - 12/2014
Ensino, Ecologia e Evolução, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Instrumentação para Redação Científica II: Mendeley e Word para cientistas
04/2013 - 04/2013
Ensino, Ecologia e Evolução, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Evolução - Biologia de Mamíferos (BIO149421) - Ministrando aula de 3 horas
12/2010 - 12/2010
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia e conservação de mamíferos - Ministrando aula de 2 horas, sobre técnicas de amostragem e captura de mamíferos

Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2018
Vínculo: Pós-doutorado, Enquadramento Funcional: Pesquisador visitante

Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Biólogo, Carga horária: 0

Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Biólogo, Carga horária: 0

Atividades

09/2014 - Atual
Ensino, BIODIVERSIDADE E SAÚDE, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Professor convidado na Disciplina "IOC 120021-Taxonomia de Mamíferos Reservatórios com Ênfase em Roedores". Aula ?Diversidade de Marsupiais?. 3 horas.
Professor da disciplina - Instrumentação para Redação Científica II: Mendeley e Word para Cientistas (IOC15023)
05/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Oswaldo Cruz, Laboratório de Biologia e Parasitologia de Mamíferos Silvestres Reservatór..

02/2003 - 05/2003
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Oswaldo Cruz, .


Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro, IP/JBRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Professor convidado, Enquadramento Funcional: Convidado, Carga horária: 16
Outras informações
Professor convidado na disciplina "Técnicas de amostragem e monitoramento da fauna e análise de dados" do Curso de Mestrado Profissional em Biodiversidade em Unidades de Conservação da Escola Nacional de Botânica Tropical do Jardim do Botânico do Rio de Janeiro, RJ. Carga horária de aulas: 16 horas. Código da disciplina: EB108. Responsável: Dr. Henrique Bastos Rajão Reis, Carga Horária total: 60 h. Créditos: 3

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 4
Outras informações
Participação como Docente convidado no Curso "TÉCNICAS DE AMOSTRAGEM E MONITORAMENTO DA FAUNA E ANÁLISE DE DADOS", Código: EB108, de 60h de duração, coordenada pelos professores Dr. Ricardo F. Monteiro (UFRJ) e Dr. Henrique B. Rajão (PUC/RJ), ministrando duas aulas de duas horas cada, nos dias 8 e 11 de maio de 2015. Esta disciplina é oferecida pelo Curso de Mestrado Profissional Biodiversidade em Unidades de Conservação, oferecido pela Escola Nacional de Botânica Tropical, do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro. As aulas intituladas "Delineamento amostral" e "Amostragem de mamíferos" levaram aos discentes questões conceituais sobre a identificação de perguntas e o uso do método científico para aprimorar o processo de aprendizado voltado à gestão e manejo de Unidades de Conservação. A ideia principal foi de levar aos alunos conteúdo conceitual teórico na primeira aula para então provê-los com exemplos reais e de aplicação próxima para que os alunos realizassem de forma satisfatória a ligação de raciocínio entre conteúdo teórico e prático.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Convidado
Outras informações
Participação no Curso "TÉCNICAS DE AMOSTRAGEM E MONITORAMENTO DA FAUNA E ANÁLISE DE DADOS", Código: EB108, de 60h de duração, coordenada pelos professores Dr. Ricardo F. Monteiro (UFRJ) e Dr. Henrique B. Rajão (PUC/RJ), ministrando a aula intitulada "Amostragem de mamíferos: métodos, exemplos, resultados", com duração de 2 (duas) horas, no dia 10 de maio de 2013. Esta disciplina é oferecida pelo Curso de Mestrado Profissional Biodiversidade em Unidades de Conservação, oferecido pela Escola Nacional de Botânica Tropical, do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pesquisador Nível A, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Professor convidado, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 40
Outras informações
Organização e instrução de técnicas de acesso do dossel florestal através de métodos de escalada artificial durante a disciplina "Ecologia de Campo -Interações em Epífitas" oferecida pelo Programa de Pós-graduação em Botânica da Escola Nacional de Botânica Tropical, realizado no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Teresópolis, RJ.

Atividades

05/2015 - 05/2015
Ensino, Biodiversidade em Unidades de Conservação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Professor convidado no Curso "Técnicas de Amostragem e Monitoramento da Fauna e Análise de Dados - EB108
05/2013 - 05/2013
Ensino, Biodiversidade em Unidades de Conservação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Técnicas de amotragem e monitoramento de fauna e análise de dados
05/2012 - 05/2012
Ensino, Botânica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Curso de Campo - Ecologia de Epífitas

Instituto Moleque Mateiro de Educação Ambiental, IMM, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor convidado
Outras informações
Professor convidado para ministrar aulas de Ecologia e Conservação no contexto do Curso de Educação Ambiental em Unidades de Conservação, programa do Instituto Estadual do Ambiente, RJ.


Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Professor Convidado, Enquadramento Funcional: Professor convidado
Outras informações
Convidado a ministrar, nos dias 24 e 25 de setembro de 2012, duas (2) aulas com duração total de quatro (4) horas, como parte da disciplina "Ecologia Geral" (GEO 1632), disciplina obrigatória do Curso de Ciências Biológicas da PUC-RJ, abordando os seguintes temas: Níveis de organização; propriedades das populações; escala; padrões espaciais, temporais e limites das populações; dinâmica populacional; unidades amostrais para o estudo de populações; métodos de estudo de populações; ciclos de vida; demografia; estrutura etária; sobrevivência; tabelas de vida; crescimento populacional; densidade populacional. A disciplina é coordenada pelo Prof. Dr. Henrique Rajão.

Atividades

09/2012 - 09/2012
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia Geral (duas aulas com duração de 4 horas)

Biodinâmica Engenharia e Meio Ambiente SA., BIODINÂMICA, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2011
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor de Fauna

Atividades

09/2007 - 04/2011
Outras atividades técnico-científicas , Setor Biótico, Setor Biótico.

Atividade realizada
Programa de Monitoramento e Prevenção de Acidentes com a Fauna no contexto do Licenciamento da Linha de Transmissão 500kV Itacaíunas-Colinas.
05/2007 - 08/2007
Outras atividades técnico-científicas , Setor Biótico, Setor Biótico.

Atividade realizada
Complementação do Diagnóstico do Meio Biótico (Mastofauna) no contexto do Licenciamento da Linha de Transmissão 500kV Itacaíunas-Colinas.

Ecology And Environment do Brasil, EEB, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor de Mastofauna, Carga horária: 0

Atividades

09/2007 - 12/2007
Serviços técnicos especializados , Núcleo de Fauna - Ecology Brasil, .

Serviço realizado
Coordenador de Fauna de Vertebrados.
3/2006 - 6/2006
Serviços técnicos especializados , Ecology And Environment do Brasil, .

Serviço realizado
Consultor de fauna de vertebrados.

Planta Tecnologia Ambiental, PLANTA, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 0

Atividades

8/2003 - 10/2005
Serviços técnicos especializados , Planta Tecnologia Ambiental, .

Serviço realizado
Consultor de mastofauna.

Engevix Estudos e Projetos de Engenharia, ENGEVIX/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor de Mastofauna, Carga horária: 0

Atividades

5/2006 - 5/2006
Serviços técnicos especializados , Engevix Estudos e Projetos de Engenharia, .

Serviço realizado
Consultor de Mastofauna de pequeno porte.

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro, EMATER/RJ, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0
Outras informações
Participação no projeto como Pesquisador Colaborador de um dos Consultores Contratados.

Atividades

3/2002 - 3/2002
Serviços técnicos especializados , Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro, .

Serviço realizado
Coleta e Remoção de Pequenos Mamíferos.

Universidade Veiga de Almeida, UVA/RJ, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor convidado, Enquadramento Funcional: Convidado, Carga horária: 10
Outras informações
Professor convidado da Disciplina "Métodos e Técnicas de Pesquisa" do Curso de Mestrado Profissional em Ciências do Meio Ambiente, ministrando um total de 10h de aulas sobre o uso dos softwares Mendeley Desktop e MS Word para o uso técnico e científico.

Atividades

05/2017 - 05/2017
Ensino, Ciências do Meio Ambiente, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Convidado na disciplina "Métodos e Técnicas de Pesquisa", com as aulas "Instrumentação para Redação Científica: Introdução ao uso do programa Mendeley", em 6h de duração.

Dossel Ambiental Consultoria e Projetos, DACP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 10
Outras informações
Programa de Monitoramento da Mastofauna Terrestre das áreas de influência da Pequena Central Hidrelétrica Rio do Braço, Rio Claro-RJ/Bananal-SP

Atividades

05/2009 - 03/2011
Serviços técnicos especializados , Setor Biótico, .

Serviço realizado
Consultor de fauna.

Bicho do Mato Meio Ambiente Ltda, BMT, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Analista Ambiental IV, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2018 - Atual
Direção e administração, Gestão Técnica I, .

Cargo ou função
Gerência Técnica de Projetos.


Linhas de pesquisa


1.
Ecologia de Dossel

Objetivo: Desenvolver métodos apropriadas de acesso às populações de pequenos mamíferos que habitam as copas das árvores das matas nacionais através de técnicas de escalada artificial em árvores..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Mamíferos / Especialidade: Marsupiais.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Dossel.
Palavras-chave: Ecologia de Mamíferos; Ecologia de Dossel; Pequenos Mamíferos.
2.
Locomoção de Marsupiais
3.
Ecologia de Populações

Objetivo: Entendimento, principalmente relacionadas aos mamíferos, dos processos que determinam ou influenciam os parâmetros populacionais de pequenos mamíferos..
4.
Ecologia de Médios e Grandes Mamíferos

Objetivo: Desenvolver técnicas de amostragem em campo que permitam amostragem desses organismos com eficiência e baixo custo financeiro e humano..
5.
Ecologia de pequenos mamíferos em regiões de Campos de Altitude no estado do Rio de Janeiro

Objetivo: Amostrar comunidades de pequenos mamíferos não voadores de Campos de Altitude dos principais Serras do Rio de Janeiro, avaliando a presença, efeito e possível transmissão, via cadeia trófica, de substâncias tóxicas persistentes (STPs) de origem antrópica nessas comunidades, relacionando-as com a diversidade e isolamento genético populacional, proximidade e abundância de agentes poluentes..
6.
Diagnosis and Monitoring of the human and wildlife health in the Cerrado-Pantanal Corridor


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
O Ar (Im)puro das Montanhas: Influência de áreas agrícolas na emissão, transporte e bioacumulação de agrotóxicos em Unidades de Conservação no Estado do Rio de Janeiro
Descrição: A deposição de poluentes atmosféricos em áreas montanhosas e legalmente protegidas vem sendo alvo de interesse e preocupação por parte da comunidade científica. Em particular, para os estudos voltados sobre a presença de agrotóxicos, que, em muitos casos, apresentam alto poder dispersivo, biocumulativo e tóxico mesmo em pequenas concentrações. As regiões serranas do Rio de Janeiro recebem, por exemplo, um considerável aporte de agrotóxicos, influenciadas provavelmente pelas emissões atmosféricas de áreas adjacentes, em especial a região serrana do Estado de Rio de Janeiro denominada ?Cinturão Verde?, que margeia o parque Nacional da Serra dos Órgãos e estadual dos Três Picos é responsável por 70% da produção interna de verduras, legumes e frutas. Porém, ainda desconhecemos os efeitos ecotoxicológicos destes contaminantes sobre a biota assim como suas potenciais fontes de contaminação e transporte. Em vista disso, a proposta deste estudo tem como principal objetivo investigar o papel de áreas agrícolas fluminenses na deposição de agrotóxicos em áreas protegidas, associando à ecologia de grupos taxonômicos chave para o funcionamento da Mata Atlântica. O projeto é motivado pela falta de dados nacionais e pelo pouco conhecimento sobre o transporte e destino final de pesticidas em regiões tropicais no hemisfério Sul, em especial para regiões brasileiras consideradas altamente impactadas. Sendo assim, a presente proposta pretende avaliar o grau da contaminação por poluentes orgânicos regulados/emergentes, caracterizando áreas potencialmente críticas quanto as suas emissões, deposição e risco sobre a exposição biológica. Pretende-se com a articulação desses estudos, gerar e disponibilizar para a sociedade informações importantes quanto ao grau da contaminação e da dispersão por agrotóxicos no Estado fluminense. Ademais, o presente projeto possibilitará a formação de recursos humanos nas áreas de Ciências Biológicas e Ambientais, nos níveis de graduação e pós-graduação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Integrante / Diogo Loretto - Integrante / João Paulo Machado Torres - Integrante / Olaf Malm - Coordenador / Rodrigo Ornellas Meire - Integrante / Marcelo Weksler - Integrante / Petrus Magnus Galvão - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2014 - 2018
Integrando altura e altitude: diversidade e isolamento genético em comunidades de pequenos mamíferos de Campos de Altitude e Florestas Montanas
Descrição: A Biodiversidade em Montanhas é pauta internacional atual. Essas são regiões interessantes por sua diversidade de espécies e por seu atual isolamento (ilhas continentais), resultado de pretéritas eras glaciais e do histórico recente de desmatamento. Outro recente interesse nessas áreas diz respeito ao transporte, deposição e possível incorporação de agentes poluentes nestes ecossistemas, pois são considerados ?áreas sentinelas? da qualidade do ar, por exemplo. Neste contexto, os Campos de Altitude (CA) e o dossel florestal de Florestas Montanas (FM) são ambientes interessantes, pois podem agir potencialmente como filtros de compostos nocivos e persistentes (Substâncias Tóxicas Persistentes ? STPs), além de possuírem história geológica recente. Portanto, é interessante questionar sobre a existência de isolamento genético e populacional nos organismos que vivem nesses ecossistemas, se a duração desse isolamento está mais relacionada aos eventos geológicos ou biogeográfica e quais os possíveis efeitos e consequências do aporte de poluentes nessas regiões. Este estudo será desenvolvido usando como modelos o grupo dos pequenos mamíferos, que serão amostrados nos CA e FM de três localidades das principais serras dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Os objetivos deste projeto são (1) Inventário de pequenos mamíferos não voadores (terrestres e arborícolas), amostrando CA e FM; (2) Relacionar o grau de isolamento, diversidade genética das populações de pequenos mamíferos (CA e FM) ao histórico climático e geológico regional; (3) de forma inédita, identificar as STPs que chegam e são incorporadas às comunidades de pequenos mamíferos das fisionomias estudadas. Atacaremos as seguintes perguntas: (1) A diversidade, isolamento genético e ancestralidade das populações de pequenos mamíferos dos Campos de Altitude coincidem com o último pico glacial? (2) Seriam as mesmas STPs que chegam tanto nos CA quanto FM? (3) Qual o grau de contaminação dos pequenos mamíferos nas fisionomias de cada localidade? Essa contaminação está mais ligada à identidade da espécie (nível trófico, metabiolismo), ou à localidade de ocorrência (CA ou FM/ solo ou dossel)? Há diferenças na chegada de STPs entre solo e dossel florestais? (4) Há relação entre a diversidade e isolamento genético das populações e os níveis de contaminação? Ou, alternativamente, a contaminação estaria mais relacionada à proximidade de fontes emissoras de poluentes? (5) As UCs amostradas, isoladas de centros urbanos, atingem seus objetivos, protegendo a fauna contra agentes poluidores não visíveis? As populações de espécies arborícolas que habitam as florestas montanas estariam também isoladas geneticamente? Este isolamento possui correlação temporal com as flutuações climáticas passadas?.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
REDE BIOM.A.: Uma rede integrada de pesquisa sobre a biodiversidade, uso do solo mudanças climáticas na Mata Atlântica
Descrição: No cenário global de perda de biodiversidade, torna-se imprescindível conhecer a fauna e flora remanescentes, bem como os fatores que causam tal perda. O estudo primário da fauna e flora é feito através de inventários de espécies. Quando associados ao conhecimento da ecologia das espécies e dos fatores que afetam suas abundâncias e ocorrências, os inventários são essenciais para subsidiar a conservação de espécies. Para cada táxon estudado geralmente há necessidades distintas de inventário, pois áreas bem conhecidas para um táxon podem ser desconhecidas para outros. Mas sempre que se for estudar tanto o uso do solo como o efeito do clima, o inventário é a base do estudo. Inventários são ainda o passo inicial para monitoramentos. Através de inventários pode-se ainda conhecer a diversidade de parasitos e estabelecer as bases para estudos de ecologia de doenças, o que são essenciais para se entender os processos de emergência e re-emergência de zoonoses. De fato, o aumento na incidência de doenças emergentes e re-emergentes como as hantaviroses tem causado preocupação em todo o mundo, por apresentarem risco à saúde pública, aos animais de criação e à biodiversidade. Tal emergência está muitas vezes atrelada a alterações do clima e a mudanças na paisagem em decorrência do uso do solo. As amostras obtidas em inventários e monitoramentos são, majoritariamente, depositadas em coleções científicas e estas, por sua vez, servem de base para identificar regiões relevantes para a biodiversidade, como as zonas de endemismo da própria Mata Atlântica. Estas são informações básicas que podem ser usadas para definir Unidades de Conservação (UC) e Áreas de Proteção Ambiental (APA) usadas na gestão do patrimônio natural do país, com o objetivo de manutenção dos serviços ecossistêmicos. Na verdade, as coleções servem de base para todo e qualquer estudo que se queira fazer relativo à biodiversidade. Por exemplo, podemos usar inventários e dados disponíveis em coleções científicas para estudar a distribuição geográfica das espécies, que pode ser usada como forma de monitoramento a longo prazo, um dos mais recentes compromissos do Brasil com a Convenção da Biodiversidade. Por esse motivo, a conservação de espécies depende não somente de inventários e monitoramentos em escalas adequadas, mas também de coleções bem estruturadas e integradas que facilitem o trabalho dos pesquisadores. Considerando o atual grau de ameaça ao bioma Mata Atlântica e os recursos ainda relativamente escassos para a sua conservação, é urgente que esforços de coleta, organização e utilização das informações sobre a fauna e flora sejam maximizados. A integração do conhecimento gerado pelos grupos de pesquisa que estudam o bioma, através de questões teóricas unificadoras e a congruência de protocolos de inventário e monitoramento, é essencial para a compreensão de propriedades emergentes de comunidades e ecossistemas (Moulton 2012) e para o estudo de fatores e processos que ocorrem em larga escala. A compreensão destes, por sua vez, permite a previsão dos impactos de mudanças no ambiente e a ação frente às mudanças. De fato, a articulação das competências regionais, mediante a formação de redes de pesquisa voltadas para a identificação, caracterização e uso sustentável da biodiversidade é um dos princípios da Convenção sobre Diversidade Biológica e as Diretrizes da Política Nacional de Biodiversidade. Neste contexto, o objetivo geral desta proposta é implantar uma rede de cooperação entre grupos de pesquisa em todo o bioma no Brasil, fundamentada em questões norteadoras que permeiam os quatro projetos associados. O projeto Rede BioM.A. aqui proposto visa contribuir para a ampliação e disseminação do conhecimento sobre a biodiversidade da Mata Atlântica brasileira e estimular a articulação das competências regionais para a identificação, caracterização e uso sustentável da biodiver.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Pesquisas de Longa Duração em Gradientes Ambientais da Mata Atlântica: O Mosaico Central Fluminense como modelo para compreensão de efeitos de mudanças climáticas globais e usos da terra sobre a biodiversidade
Descrição: Nesta proposta pretende-se formalizar e consolidar um novo sítio PELD, o Mosaico Central Fluminense, que efetivamente já vem funcionando como um centro de estudos de longo prazo (Fig. 1). O novo sítio proposto, além de uma base única de conhecimento científico pré-existente, datando do início do sec. XX, é particularmente apropriado para determinar efeitos de mudanças climáticas e uso da terra em áreas de Mata Atlântica costeira, por ocorrer ao longo de um extenso gradiente altitudinal na Serra dos Órgãos (do nível do mar até 2.200 m de altitude) e incluir paisagens fragmentadas devido ao forte desmatamento ocorrido nas regiões de baixada nos últimos 500 anos. Com a formalização do sítio PELD Mosaico Central Fluminense (PELD - MCF), um conjunto de formações vegetais de alta riqueza de espécies, que vão desde as florestas de baixada até os vulneráveis campos de altitude, passarão a fazer parte da rede PELD, nacional e internacional. A partir da inclusão nesta proposta de diferentes escalas espaciais e temporais, e a utilização de uma abordagem integrativa e multidisciplinar que envolve uma rede de estudos nos níveis molecular, de organismos, populações, comunidades e ecossistemas, seremos capazes de desenvolver modelos que abarquem uma multiplicidade de fatores ambientais e antrópicos. Só assim seremos capazes de dar conta da complexidade envolvida e teremos capacidade de previsão das respostas a estresses e distúrbios de diferentes espécies animais e vegetais. Em última análise, esta capacidade de previsão depende da compreensão dos mecanismos envolvidos na dinâmica de populações e comunidades que ocorrem ao longo de gradientes ambientais e antrópicos na Mata Atlântica, que determinam a capacidade de persistência das populações no tempo e no espaço. Assim, postulamos que somente através do entendimento dos processos responsáveis pela persistência das populações e comunidades no tempo e no espaço é que seremos capazes de propor ações que propiciem a manutenção de serviços ambientais dos mais diversos, como polinização, sequestro de carbono, disponibilidade de água, entre outros. Este conhecimento básico é essencial para modelos de gestão e conservação de uma alta diversidade de espécies e de interações ecológicas ao longo de gradientes ambientais e antrópicos. Temos que considerar que a perda de espécies frente à perda e fragmentação de habitats (Gascon et al. 1999, Becker et al. 2007, Faria et al. 2007, Vieira et al. 2009) e às mudanças climáticas (Carey & Alexander 2003, Thuiller et al. 2005, Vale et al. 2009, Sinervo et al. 2010) não é aleatória (Condit et al. 1995), devido às diferenças de susceptibilidades entre as espécies. Além disto, podem ocorrer efeitos compensatórios nas espécies restantes que afetam diretamente a composição e a estrutura das comunidades através de mudanças na diversidade taxonômica e funcional (Hillebrand & Birte 2009). Esta por sua vez tem efeito direto na estrutura das redes tróficas e na qualidade dos serviços ambientais (Lavorel & Garnier 2002)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Projeto Biodiversidade do Bioma Mata Atlântica - PROBIO II MMA/MCTI/JBRJ/ UFRJ
Descrição: Este projeto expande para o Bioma Mata Atlântica a iniciativa criada pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação denominada Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio). O PPBio Mata Atlântica pretende promover a convergência de esforços, hoje isolados, o que deverá aumentar a qualidade dos produtos científicos gerados pelos grupos de pesquisa e, consequentemente deverá ter maior impacto e interferência sobre a tomada de decisão ambiental no que diz respeito a este bioma ameaçado de extinção. Esta ação pretende também identificar e organizar parceiros, nos meios acadêmico e empresarial, de forma a constituir redes cooperativas voltadas para o alcance dos objetivos do MCTI relacionados à geração de informação e conhecimento sobre a biodiversidade do Brasil, levando inclusive à melhoria das condições de infraestrutura das instituições públicas brasileiras e formação de recursos humanos. Tais iniciativas convergem diretamente para a meta de promover a conservação da Biodiversidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Identificação e monitoramento de impactos antrópicos e mudanças climáticas sobre a biodiversidade em gradientes altitudinais de áreas de conservação estratégicas para o Brasil
Descrição: The issue of mountain biodiversity is currently in the official agendas of the National Council on Biodiversity (CONABIO) and of international agreements such as the "Global Strategy for Plant Conservation?. Mountains show a markedly higher susceptibility to environmental and climate change. The deposition of air pollutants in mountains is characterized by the presence of Persistent Toxic Substances (PTSs) that have high dispersion levels, bioaccumulation potential, and toxicity. When situated near large cities, mountain areas are considered as "sentinels" of local and global air quality. The mountain regions ('Serras') of Rio de Janeiro state are an example of sentinel regions, receiving considerable input of PTSs from the Rio de Janeiro metropolis. Nevertheless, it is still unknown what are the ecotoxicological effects of these PTSs on plants and animals. Additionally, significant increases in temperature and changes in precipitation patterns are expected until the end of this century, and the effects of these impac ts in the biota are still poorly known, especially in the Atlantic Forest, one of the most diverse and endangered forests on earth. We propose to study the relationships of PTSs deposition levels, anthropogenic and/or natural climate change, and ecology of the key species of the biome, in an altitudinal gradient of ca. 2000 m. We postulate that along this gradient, microclimatic changes associated with altitude can modify the relationship of PTSs deposition, as well as the association of plants and animals with their environment and with these compounds. Central to this understanding is the need of a broader knowledge about species? distribution in the altitudinal gradient. Our study approach will therefore be to (i) investigate the factors involved in the distribution of species of palms, beetles, and small mammals in the altitudinal gradient; (ii) link them with the effects that pollution levels and climate may have on their distributions; (iii) integrate the different perspectives and scientific approaches of the research groups involved with this proposal; (iv) promote, in an innovative way, a better understanding of the processes structuring the high biodiversity of the Atlantic Forest; and (v) allow predictions about the degree of susceptibility of different taxonomic groups to functional stress and to natural and human disturbances..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Integrante / Diogo Loretto - Integrante / Eduardo Arcoverde de Mattos - Integrante / João Paulo Machado Torres - Integrante / José Lailson-Brito Júnior - Integrante / Marcelo Weksler - Integrante / Olaf Malm - Coordenador / Paulo Renato Dorneles - Integrante / Ricardo Ferreira Monteiro - Integrante / Rita de Cássia Quitete Portela - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2008 - 2012
Ecologia de marsupiais arborícolas de dossel: demografia, seleção de habitat e uso do espaço na Mata Atlântica
Descrição: Como tema de estudo, os pequenos mamíferos são objeto foco de diversos grupos de pesquisadores brasileiros, que usam na maioria dos casos armadilhas de captura de animas vivos para avaliar questões desde a dinâmica de populações até preferência de habitat, comportamento reprodutivo, entre outros. Apesar de receberem considerável atenção, os pequenos mamíferos são de difícil e dispendioso estudo, pois são em geral animais de hábitos noturnos e de baixa capturabilidade. Responder questões ligadas às espécies de hábitos estritamente arborícolas é ainda mais difícil, visto que são necessárias técnicas e equipamentos específicos para acessar as áreas mais altas da floresta. Este problema é mais grave quando se trata do Bioma da Mata Atlântica, dado seu atual estado de degradação. Existe, portanto, uma grande lacuna no estudo e entendimento dos fatores intrínsecos e extrínsecos às espécies de pequenos mamíferos arborícolas. Esta lacuna é maior e mais importante em biomas extensamente devastados pelo avanço do homem, onde o conhecimento básico da biologia das espécies se torna de extrema relevância para a manutenção e manejo dos mesmos. Este problema é levantado por diversos pesquisadores renomados (e.g. Jay R. Malcolm no livro Forest Canopies), pois os métodos usados atualmente, baseados em técnicas de estudo ao nível do solo, não são suficientes, não somente para o levantamento das espécies como para o aprofundamento do conhecimento sobre as mesmas. É neste cenário que proponho este projeto para o estudo do uso do espaço dos pequenos marsupiais de hábitos arborícolas, além de aspectos relacionados, como área de vida, abrigos temporários, locais de ?nidificação?, e até parâmetros demográficos. O estudo está sendo desenvolvido em uma área do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, RJ. Estamos atualmente com cinco anos de coletas específicas para os marsupiais arborícolas e mais 12 anos de dados de marcação-e-recaptura para a comunidade de pequenos mamíferos da mesma área.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Coordenador / Bernardo Papi - Integrante.Número de orientações: 1
2006 - 2007
Rede de Biodiversidade de Vertebrados Terrestres do Rio De Janeiro Mastozoologia
Descrição: O processo de fragmentação e degradação dos habitats naturais vem ocorrendo a algumas décadas de modo bastante acelerado na região tropical. Este processo tem, naturalmente, um grande efeito na demografia, na estrutura genética das populações e nas áreas de distribuição das espécies levando, conseqüentemente, a mudanças na estrutura das comunidades de animais e plantas. O resultado tem sido a aceleração no processo de extinção de espécies e redução da diversidade. A Mata Atlântica é uma das áreas tropicais que vem sofrendo maior grau de perturbação e conseqüente devastação, restando no território brasileiro apenas 5% de sua área original, e 19% no Estado do Rio de Janeiro, send o bioma brasileiro que apresenta maior número de espécies ameaçadas de extinção por área. Portanto, o conhecimento da biodiversidade do Estado do Rio de Janeiro tem uma importância que transcende a academia. Além disso, o monitoramento da vida silvestre é essencial para compreendermos os padrões de composição das comunidades biológicas e as mudanças causadas pelo impacto humano nestas comunidades. Este projeto tem como objetivo principal a caracterização da biodiversidade de mamíferos do Estado do Rio de Janeiro, através de uma rede cooperativa de instituições e pesquisadores, desenvolvendo e utilizando protocolos padronizados. São informações básicas para definição de políticas públicas que considerem conservação, utilização sustentável, potencial econômico e sua importância na Saúde Pública..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2006
DEMOGRAFIA E SELEÇÃO DE HABITAT DE MARSUPIAIS ARBORÍCOLAS NEOTROPICAIS COM O USO DE NINHOS ARTIFICIAIS
Descrição: O estudo das características demográficas e comportamentais dos marsupiais neotropicais é uma tarefa difícil, pois são animais de hábitos noturnos e arborícolas, por vezes dificilmente capturados por métodos tradicionais. O objetivo principal deste estudo é avaliar questões relacionadas ao uso do espaço e a demografia das populações de pequenos marsupiais da Mata Atlântica através do método dos ninhos artificiais. Mais especificamente, objetivamos desenvolver o método dos ninhos artificiais como alternativa para estudos que avaliam as populações de pequenos marsupiais didelfídeos. Esparamos mostrar que os ninhos artificiais são um método eficiente, de fácil instalação e manutenção, além de financeiramente acessível aos mais variados orçamentos. Além disso, pretendemos ratificar a vocação do método como uma alternativa ao método tradicional de acesso as populações de pequenos mamíferos (com o uso de armadilhas), promovendo maior entendimento e revelando novos padrões na dinâmica populacional de pequenos mamíferos. Por fim, mostraremos novos caminhos a trilhar com o uso dos ninhos artificiais em estudos de monitoramento, prevenção ou mitigação de impactos ambientais sobre a Biodiversidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Coordenador / Marcus Vinícius Vieira - Integrante / Bernardo Papi - Integrante / Rômulo Belei - Integrante.
Número de produções C, T & A: 5
2003 - 2005
Nicho locomotor potencial e uso vertical da floresta por marsupiais didelfídeos
Descrição: Marsupiais didelfídeos diferem no uso dos estratos da Floresta Atlântica, sendo este um dos aspectos do nicho que mais contribuem para a partilha de recursos. Embora possam ser classificadas como arborícolas e terrestres, diferentes estratégias de locomoção e uso do estrato vertical associadas ao desempenho locomotor podem existir. Objetivamos descrever e quantificar o nicho potencial de sete espécies de marsupiais didelfídeos com uso variado do estrato vertical da floresta, através de medidas de desempenho locomotor em laboratório, e compará-lo com seu nicho realizado. As espécies freqüentemente coexistem localmente. Esperamos encontrar diferenças de desempenho entre espécies arborícolas de dossel (Caluromys philander), arborícolas do sub-bosque (Marmosops incanus, Gracilinanus microtarsus e Micoureus dermerarae), semiterrestres (Didelphis aurita e Philander frenata) e terrestre (Metachirus nudicaudatus) caracterizando nichos potenciais diferentes. Também serão verificadas hipóteses sobre adaptação e restrição filogenética. Os espécimes serão capturados em áreas de Floresta Atlântica no PARNA Serra dos Órgãos, removidos para laboratório e submetidos a testes para medir o desempenho. Todo o teste é gravado com uma câmera de vídeo, para a análise posterior do comprimento e freqüência das passadas, assim como o cálculo da velocidade relativa do animal..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Integrante / Marcus Vinícius Vieira - Integrante / Joana Macedo - Integrante / Fábio Luiz de Oliveira Pedreira - Integrante / Vanina Zini Antunes - Integrante / Ana Cláudia Delciellos - Coordenador / Leonardo de Bem Lignani - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação Universitária José Bonifácio - Auxílio financeiro / Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2003 - 2003
Monitoramento da fauna de pequenos mamíferos não voadores de áreas perturbadas no corredor Cerrado-Pantanal
Descrição: Através do monitoramento das espécies de pequenos mamíferos não voadores, através de um estudos sistemáticos de longa duração de marcação e recaptura e de parasitologia destes pequenos mamíferos, espera-se entender como doenças tropicais como a Esquistossomose comportam-se e como dispersam-se nas populações silvestres de roedores e marsupiais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Integrante / Natalie Olifiers - Integrante / Vitor Rademaker - Integrante / Paulo Sérgio D´Andrea - Coordenador / Ana Jansen - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação Oswaldo Cruz - Auxílio financeiro / Conservation International do Brasil - Auxílio financeiro.
2002 - 2007
Distribuição, sistemática e ecologia do gênero Drymophila (Aves; Passeriformes; Thamnophilidae)
Descrição: Este estudo visa entender as relações genéticas entre as espécies do gênero Drymophila, bem como suas estreitas relações com o meio ambiente, descritos sob forma de variação de distribuição altitudinal..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Integrante / Joana Macedo - Integrante / Fábio Luiz de Oliveira Pedreira - Integrante / Henrique Bastos Rajão Reis - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação Universitária José Bonifácio - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2002 - 2004
Influência da espécie Didelphis aurita em comunidades de pequenos mamíferos na Mata Atlântica
Descrição: Através de uma grande compliação de dados referentes a mais de 10 anos de coletas sisemáticas de pequenos mamíferos, espera-se descrever as relações de influência de uma espécie de marsupial didelfídeo, Didelphis aurita, com as outras espécies da comunidade de pequenos mamíferos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Integrante / Sylvia Miscow Mendel - Integrante / Maira Corrêa Moura - Coordenador / Marcus Vinícius Vieira - Integrante / Joana Macedo - Integrante / Rui Cerqueira - Integrante / Natalie Olifiers - Integrante / Vitor Rademaker - Integrante / Fábio Luiz de Oliveira Pedreira - Integrante / Gisele Costa - Integrante / Ana Beatriz Cunha - Integrante / Valderez de Conto - Integrante / Ricardo Finotti - Integrante / Marcia Cristina Santiago Mello - Integrante / Criatiane da Silva de Sousa - Integrante / Vanina Zini Antunes - Integrante / Simone Freitas - Integrante / Paula Aprigliano - Integrante / Maycon Granados Belarmino - Integrante / André de Almeida Cunha - Integrante / Ana Cláudia Delciellos - Integrante.Financiador(es): Fundação Universitária José Bonifácio - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2002 - 2003
Proposta e teste de uma nova metodologia para censo de mamíferos de médioa grande porte
Descrição: O objetivo do trabalho foi desenvolver um novo método para censo de médios e grandes mamíferos, visando principalmente a praticidade do trabalho de campo e a versatilidade de uso sob diversas condições climáticas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Integrante / Rui Cerqueira - Integrante / Natalie Olifiers - Coordenador / Vitor Rademaker - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa / Fundação Universitária José Bonifácio - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2000 - 2008
Movimentos Individuais, Ecomorfologia e sua Integração com Ecologia de Populações e Comunidades
Descrição: Comportamentos individuais como dispersão, padrão de movimentos, seleção de hábitats e microhábitats afetam, em última análise, a dinâmica espacial e temporal das populações, intensidade e direção de interações entre espécies e a persistência das populações. As conexões entre os níveis individual, populacional e comunitário são o alvo de investigações recentes em ecologia e podem ampliar o nível de compreensão da dinâmica espacial e temporal das populações assim como da composição de espécies em comunidades. Por exemplo, os efeitos da fragmentação de hábitats sobre a biodiversidade podem ser avaliados em grande parte pelo estudo de alterações em comportamentos individuais, principalmente relativos ao uso do espaço. Efeitos de mudanças climáticas globais sobre a dinâmica e viabilidade das populações a longo prazo também dependem desse conhecimento. Objetivos 1. Determinar padrões de movimento, uso de hábitats e microhábitats em espécies de pequenos mamíferos de comunidade locais (?assemblages?), e sua variação sazonal. 2. Avaliar e os efeitos dos padrões de movimento individuais sobre a variação espacial e temporal da densidade populacional em espécies de pequenos mamíferos. 3. Determinar como tamanho e forma do corpo (morfologia) em marsupiais estão relacionados ao desempenho locomotor. 4. Determinar como o desempenho locomotor está relacionado ao uso do hábitat e movimentos individuais em espécies de marsupiais. 5. eterminar como comunidades de pequenos mamíferos são afetadas pela estruturada da vegetação. 6. Determinar se diferenças de uso de estratos da floresta entre espécies, potenciais ou efetivas, podem explicar a composição de espécies em fragmentos florestais. 7. Determinar efeitos da fragmentação de hábitats sobre a estrutura de comunidade de pequenos mamíferos. 8. Formar pesquisadores em ecologia de populações e comunidades que sejam capazes de integrar conhecimentos de morfologia, locomoção, ecologia e evolução..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (6) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Integrante / Sylvia Miscow Mendel - Integrante / Maira Corrêa Moura - Integrante / Marcus Vinícius Vieira - Coordenador / Emiliano Esterci Ramalho - Integrante / Rui Cerqueira - Integrante / Livia Mariano Linhares - Integrante / Natalie Olifiers - Integrante / Vanina Zini Antunes - Integrante / Simone Freitas - Integrante / Ana Cláudia Delciellos - Integrante / Robson Vera Cruz de Carvalho - Integrante / Ricardo Tadeu Santori - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação Universitária José Bonifácio - Auxílio financeiro / Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal - Auxílio financeiro.
2000 - 2002
A Fragmentação Sutil; um estudo de caso na Mata Atlântica
Descrição: A fragmentação da paisagem tem sido um dos aspectos mais marcantes da alteração ambiental causada pelo homem. Este projeto é parte de um projeto maior que investiga os efeitos mais sutis das condições sócio-econômicas no entorno dos fragmentos, sua história e seus efeitos sobre a conservação da biodiversidade. Neste sentido, são aspectos básicos o levantamento da abundância e diversidade de pequenos mamíferos (roedores e marsupiais) no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (PNSO), e a caracterização de suas populações geneticamente. O Parque é a situação ?controle? disponível para determinar o efeitos da fragmentação da floresta no entorno. O levantamento e estimativa da abundância relativa serão feitos com linhas de armadilhas em áreas variadas do PNSO. Será necessária a coleta de exemplares para identificação e caracterização genética das populações. Em uma área, será realizado um monitoramento das populações a longo prazo, através de grades de armadilhas e marcação-recaptura..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (15) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Integrante / Sylvia Miscow Mendel - Integrante / Maira Corrêa Moura - Integrante / Marcus Vinícius Vieira - Integrante / Joana Macedo - Integrante / Rui Cerqueira - Coordenador / Natalie Olifiers - Integrante / Vitor Rademaker - Integrante / Fábio Luiz de Oliveira Pedreira - Integrante / Gisele Costa - Integrante / Ana Beatriz Cunha - Integrante / Valderez de Conto - Integrante / Ricardo Finotti - Integrante / Marcia Cristina Santiago Mello - Integrante / Criatiane da Silva de Sousa - Integrante / Vanina Zini Antunes - Integrante / Simone Freitas - Integrante / Paula Aprigliano - Integrante / Maycon Granados Belarmino - Integrante / André de Almeida Cunha - Integrante / Robson Vera Cruz de Carvalho - Integrante / Alice Castor Capparelli - Integrante.Financiador(es): Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal - Outra.


Projetos de extensão


2015 - 2015
Curso de Educação Ambiental em Unidades de Conservação
Descrição: O Projeto EdUC - "Fortalecimento das ações de educação ambiental em unidades de conservação do estado do Rio de Janeiro" visa estabelecer um conjunto de ações de educação ambiental em três Parques Estaduais: Parque Estadual do Desengano, Parque Estadual dos Três Picos, Parque Estadual da Pedra Selada, afim de fortalecer as ações já existentes.".
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2013
II Encontro de Mastozoólogos do Estado do Rio de Janeiro
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2002 - 2002
Diagnóstico Etno-Ambiental da Terra Indígena do Bracuí, Aldeia Guarani Sapukaí, Angra dos Reis - RJ
Descrição: O projeto visa realizar um trabalho decisivo para superar os graves problemas sociais e econômicos de centenas de indígenas que ainda sobrevivem de atividades rurais precárias. Pretende-se, com este projeto o assessoramento nas questões relativas ao plantio, produção, colheita, comercialização, bem como nos processos de transformação e beneficiamento dos produtos. Desta forma, jovens, adultos, mulheres, homens, crianças e idosos poderão se alimentar melhor e ter garantias de uma melhor saúde física e mental..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Integrante / Vanina Zini Antunes - Integrante / Maycon Granados Belarmino - Integrante / André de Almeida Cunha - Coordenador / Henrique Bastos Rajão Reis - Integrante / Ana Cláudia Delciellos - Integrante.Financiador(es): Fundo Nacional do Meio Ambiente - Auxílio financeiro / Ministério do Desenvolvimento Agrário - Auxílio financeiro.


Outros Projetos


2013 - 2017
Pograma de Monitoramento de fauna (mastofauna) das áreas de influência da obra de pavimentação da RJ-165, no trecho inserido no Parque Nacional da Serra da Bocaina
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2007 - 2011
Licenciamento Ambiental da Linha de Transmissão 500 kV Itacaiúnas/PA - Colinas/TO
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2006 - 2007
EIA-RIMA Duplicação da BR-493
Descrição: EIA-RIMA que está sendo preparado para a duplicação da BR-493, que melhorará o transito de veículos ao redor da Baía de Guanabara..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Coordenador.
2006 - 2006
UHE Simplício
Descrição: Levantamento da Mastofauna de pequeno porte da área de influência direta da UHE Simplício em Além Paraíba - MG..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Integrante / Marcus Vinícius Vieira - Coordenador / Ana Cláudia Delciellos - Integrante.Financiador(es): Centrais Elétricas - Sede - Remuneração.
2003 - 2005
Monitoramento de Primatas do Platô Almeidas, Porto de Trombetas-PA
Descrição: Através do monitoramento das espécies de primatas do Platô Almeidas, em Porto de Trombetas - PA, espera-se conseguir um panorama de suas inter-relações, e de como as diferentes espécies de primatas comportam-se com o contínuo desmatamento na região..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Coordenador / Sylvia Miscow Mendel - Integrante / Leonardo de Carvalho Oliveira - Integrante / Leonardo Viana - Integrante.Financiador(es): Mineração Rio do Norte - Remuneração.
2003 - 2005
Resgate da fauna de pequenos mamíferos do Platô Almeidas, Porto de Trombetas - PA
Descrição: Este estudo faz parte das condicionantes para o licenciamento do desmatamento nos platôs pertencentes a Floresta Nacional Saracá-Taquera, no município de Oriximiná, Pará. O desmatamento é feito como parte do processo de mineração de bauxita. O resgate ocorre seguindo a programação de desmatamento do platô. Desta maneira, em duas campanhas de campo realizamos a retirada dos pequenos mamíferos das áreas que serão desmatadas em seguida, levando-os para áreas de mata primária que não serão mechidas..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Coordenador / Sylvia Miscow Mendel - Integrante / Leonardo de Carvalho Oliveira - Integrante / Leonardo Viana - Integrante.Financiador(es): Mineração Rio do Norte - Remuneração.
2003 - 2005
Monitoramento da fauna de pequenos mamíferos das áreas reflorestadas do platô Saracá, Porto de Trombetas - PA
Descrição: Este estudo tem como objetivo avaliar a eficiência dos refloretamentos realizados no Platô Saracá no retorno e estabelecimento da fauna de pequenos mamíferos não voadores. Para isso, são feitas amostragens em reflorestamentos de três décadas diferentes, no ano de 1983, 1993 e de 2003..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Diogo Loretto Medeiros - Coordenador / Leonardo de Carvalho Oliveira - Integrante / Leonardo Viana - Integrante.Financiador(es): Mineração Rio do Norte - Remuneração.


Membro de corpo editorial


2013 - 2016
Periódico: Oecologia Australis
2008 - 2008
Periódico: Oecologia Brasiliensis


Revisor de periódico


2006 - 2010
Periódico: Revista Brasileira de Zoologia
2005 - 2005
Periódico: Ciência Hoje
2008 - 2008
Periódico: Chiroptera Neotropical
2010 - 2012
Periódico: Check List (São Paulo. Online)
2011 - 2012
Periódico: Journal of Ecology and the Natural Environment
2011 - Atual
Periódico: Mammalian Biology (Print)
2012 - Atual
Periódico: Biota Neotropica (Online. Edição em Inglês)
2012 - 2012
Periódico: International Journal of Agricultural Sciences
2013 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Biologia (Impresso) (Cessou em 2001. Cont. ISSN 1519-
2013 - 2017
Periódico: Acta Theriologica
2013 - 2013
Periódico: Tropical Conservation Science
2013 - 2015
Periódico: Iheringia. Série Zoologia (Online)
2013 - Atual
Periódico: Neotropical Biology and Conservation
2013 - 2013
Periódico: Journal of Natural History
2013 - 2013
Periódico: Mamíferos Silvestres do Rio Grande do Sul
2014 - 2014
Periódico: International Journal of Biodiversity and Conservation
2013 - 2016
Periódico: OECOLOGIA AUSTRALIS
2014 - Atual
Periódico: Mastozoología Neotropical (Impresa)
2015 - Atual
Periódico: Boletim da Sociedade Brasileira de Mastozoologia
2015 - 2016
Periódico: Revista Brasileira de Biociências (Online)
2015 - 2015
Periódico: Reserva Natural Vale: Centro de Endemismo, Diversidade e Conservação da Mat
2013 - 2013
Periódico: Métodos em Ecologia e Comportamento Animal
2016 - 2016
Periódico: Annual Research & Review in Biology
2016 - Atual
Periódico: Journal of Mammalogy (Print)
2016 - Atual
Periódico: Mammalia (Paris)
2017 - 2017
Periódico: ANAIS DA ACADEMIA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS (ONLINE)
2017 - Atual
Periódico: BIOLOGICAL CONSERVATION


Revisor de projeto de fomento


2012 - 2012
Agência de fomento: Ministério do Meio Ambiente


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Mamíferos.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Comportamento Animal.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Inventário Faunístico.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Consultoria Ambiental.
5.
Grande área: Outros / Área: Divulgação Científica.
6.
Grande área: Outros / Área: Divulgação Científica / Subárea: Avaliação de Impactos Ambientais.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
Prêmio CREA-RJ de Meio Ambiente 2014, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro.
2012
Bolsa de Pesquisa - 1A, CNPq/MCTi.
2009
Melhor Poster do 5th International Canopy Conference, Ashoka Trust for Research in Ecology and Environment.
2008
Bolsa Doutorado, CNPq.
2007
Bolsa de Pesquisa - DTI B, FAPERJ.
2004
Bolsa de Mestrado, CNPq.
2002
Bolsa de Iniciação Científica SR2/CPEG, Sub-reitoria de Ensino para Graduados e Pesquisa / Conselho de Ensino para Graduados - UFRJ.
2001
Bolsa de Iniciação Científica CNPq/PIBIC, CNPq e Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica - SR2/UFRJ.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:6
Total de citações:27
Fator H:2
Loretto, Diogo  Data: 10/08/2011

SciELO
Total de trabalhos:3
Total de citações:1
LORETTO, DIOGO  Data: 17/10/2011

SCOPUS
Total de trabalhos:7
Total de citações:27
Loretto, Diogo  Data: 14/04/2012

Outras
Total de trabalhos:28
Total de citações:233
Diogo Loretto autor:d-loretto  Data: 25/10/2016

Artigos completos publicados em periódicos

1.
1Astúa, D.2015 Astúa, D. ; Carvalho, Rafael ; Maia, Paula ; Magalhães, Arthur ; Loretto, Diogo . First evidence of gregarious denning in opossums (Didelphimorphia, Didelphidae), with notes on their social behaviour. Biology Letters, v. 11, p. 20150307-20150307, 2015.

2.
2MELLO, M. A. R.2013MELLO, M. A. R. ; LORETTO, D ; OLIVEIRA, Leonardo de Carvalho . O QUE DEFINE UM BOM CIENTISTA?. OECOLOGIA AUSTRALIS, v. 17, p. 397-401, 2013.

3.
3LORETTO, Diogo2013LORETTO, Diogo WEKSLER, M. Lazar, Ana Percequillo, A.R. BONVICINO, C. R. Cordeiro, J.L. Bezerra, A.M.R. Carmignotto, A.P. DELCIELLOS, Ana Cláudia Testoni, A.F. Grelle, C.E.V. Astúa, D. Setz, E.Z.F. Vieira, E.M. Melo, F. Prevedello, J.A. Marinho, J.R. Voltolii, J.C. Kajin, M. Ferreira, M.S. ALVAREZ, M. R. DALLOZ, M. F. Graipel, M.E. Aragona, M. Perissé, M. , et al.OLIFIERS, Natalie Ferreira, P. D´ANDREA, Paulo Sérgio Zangrandi, P.L. Crouzeilles, R. Moratelli, R. SANTORI, Ricardo Tadeu Gentile, R. CERQUEIRA, Rui Pacheco, S.M. Ribeiro, S.E. RADEMAKER, Vitor ; On the practice of toe clipping for small mammal studies in Brazil. Boletim da Sociedade Brasileira de Mastozoologia, v. 65, p. 1-3, 2013.

4.
LORETTO, Diogo;Loretto, Diogo2013LORETTO, Diogo; LORETTO, Diogo WEKSLER, M. LAZAR, A. PERCEQUILLO, A. R. BONVICINO, C. R. CORDEIRO, J. L. BEZERRA, A. M. R. CARMIGNOTTO, A. P. DELCIELLOS, A. C. TESTONI, A. GRELLE, C. E. V. ASTUA, D. SETZ, E. VIEIRA, E. M. MELO, F. Prevedello, J. A. MARINHO, J. VOLTOLII, J. KAJIN, M. FERREIRA, M. S. ALVAREZ, M. R. DALLOZ, M. F. GRAIPEL, M. ARAGONA, M. PERISSE, M. , et al.OLIFIERS, N. FERREIRA, P. D?ANDREA, P. S. ZANGRANDI, P. L. CROUZEILLES, R. MORATELLI, R. SANTORI, R. T. GENTILE, R. CERQUEIRA PACHECO, S. RIBEIRO, S. RADEMAKER, V. ; On the practice of toe clipping for small mammal studies in Brazil.. Boletim da Sociedade Brasileira de Mastozoologia, v. 65, p. 1-3, 2013.

5.
4Dalloz, Matheus Fernandes2012Dalloz, Matheus Fernandes ; Loretto, Diogo ; Papi, Bernardo ; Cobra, Priscilla ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Positional behaviour and tail use by the bare-tailed woolly opossum Caluromys philander (Didelphimorphia, Didelphidae). Mammalian Biology (Print), v. 77, p. 307-313, 2012.

6.
6OLIFIERS, Natalie2011OLIFIERS, Natalie ; LORETTO, Diogo ; RADEMAKER, Vitor ; CERQUEIRA, Rui . Comparing the effectiveness of tracking methods for medium to large-sized mammals of Pantanal. Revista Brasileira de Zoologia (Impresso) (Cessou em 2008. Cont. ISSN 1984-4670 Zoologia (Curitiba. Impresso)), v. 28, p. 207-213, 2011.

7.
5LORETTO, D.2011LORETTO, D. ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Artificial nests as an alternative to studies of arboreal small mammal populations: a five-year study in the Atlantic Forest, Brazil. Revista Brasileira de Zoologia (Impresso) (Cessou em 2008. Cont. ISSN 1984-4670 Zoologia (Curitiba. Impresso)), v. 28, p. 388-394, 2011.

8.
7OLIVEIRA, Leonardo de Carvalho2009OLIVEIRA, Leonardo de Carvalho ; LORETTO, D. ; VIANA, L. R. ; Silva-Jr, J.S. ; FERNANDES, Geraldo Wilson . Primate community of theTropical rain forests of Saracá-Taqüera National Forest, Pará, Brazil. Brazilian Journal of Biology (Impresso), v. 69 (4), p. 1091-1099, 2009.

9.
9Prevedello, J.A.2008Prevedello, J.A. ; Ferreira, P. ; Papi, B. ; LORETTO, Diogo ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Uso do espaço vertical por pequenos mamíferos no Parque Nacional Serra dos Órgãos, RJ: um estudo de 10 anos utilizando três métodos de amostragem. Espaço e Geografia (UnB), v. 11, p. 95-119, 2008.

10.
8LORETTO, D2008 LORETTO, D ; VIEIRA, M . Use of space by the marsupial Marmosops incanus (Didelphimorphia, Didelphidae) in the Atlantic Forest, Brazil. Mammalian Biology, v. 73, p. 255-261, 2008.

11.
10MACEDO, Joana2006 MACEDO, Joana ; LORETTO, Diogo ; VIEIRA, Marcus Vinícius ; CERQUEIRA, Rui . Classes de desenvolvimento em marsupiais: um método para animais vivos. Mastozoología Neotropical (Impresa), Mendonza, v. 13, n.1, p. 133-136, 2006.

12.
11OLIVEIRA, Leonardo de Carvalho2006OLIVEIRA, Leonardo de Carvalho ; MENDEL, Sylvia Miscow ; LORETTO, Diogo ; SILVA JR, José de Sousa e ; FERNANDES, Geraldo Wilson . Edentata fauna of the Saracá-Taqüera National Forest. Edentata (Belo Horizonte), Estados Unidos, v. 7, p. 3-7, 2006.

13.
12DELCIELLOS, Ana Cláudia2006DELCIELLOS, Ana Cláudia ; LORETTO, Diogo ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Novos métodos no estudo da estratificação vertical de marsupiais neotropicais. Oecologia Brasiliensis (Online), v. 10, p. 135-153, 2006.

14.
16LORETTO, Diogo;Loretto, Diogo2005 LORETTO, Diogo; VIEIRA, Marcus Vinícius . The effects of reproductive and climatic seasons on moviments in the black-eared opossum (Didelphis aurita Wied-Neuwied, 1826). Journal of Mammalogy, v. 86, n.02, p. 188-194, 2005.

15.
13Loretto, Diogo2005 Loretto, Diogo ; Ramalho, Emiliano ; Vieira, Marcus Vinicius . Defense behavior and nest architecture of Metachirus nudicaudatus Desmarest, 1817 (Marsupialia, Didelphidae). Mammalia (Paris), Paris, v. 69, n.3-4, p. 417-419, 2005.

16.
15LORETTO, Diogo;Loretto, Diogo2005LORETTO, Diogo. O uso de ninhos artificiais no estudo comportamental de pequenos marsupiais arborícolas. Boletim da Sociedade Brasileira de Mastozoologia, Rio de Janeiro, v. 44, p. 3-5, 2005.

17.
14LORETTO, Diogo;Loretto, Diogo2005LORETTO, Diogo; RAJAO, H. . Novos Registros de Primatas no Parque Nacional do Itatiaia, com Ênfase em Brachyteles arachnoides (Primates, Atelidae). Neotropical Primates, v. 13, p. 28, 2005.

18.
18LORETTO, Diogo;Loretto, Diogo2004LORETTO, Diogo. Na linha dos marsupiais: uma nova perspectiva para o estudo do comportamento locomotor de animais silvestres. Bioletim, v. 4, p. 1, 2004.

19.
17VIEIRA, Marcus Vinícius2004VIEIRA, Marcus Vinícius ; LORETTO, Diogo . Protocolo para Estudo de Movimentos Animais com Carretel de Rastremento. Boletim da Sociedade Brasileira de Mastozoologia, v. 41, n.41, p. 2-3, 2004.

Capítulos de livros publicados
1.
Cáceres, N.C. ; Prevedello, J.A. ; Loretto, Diogo . Uso do espaço por marsupiais: fatores influentes sobre área de vida, seleção de habitat e movimentos. In: Nilton Carlos Cáceres. (Org.). Os marsupiais do Brasil: biologia, ecologia e conservação. 2ed.Campo Grande - MS: Editora da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, 2012, v. , p. 327-346.

2.
MACEDO, Joana ; LORETTO, Diogo ; MELLO, Marcia Cristina Santiago ; FREITAS, Simone ; VIEIRA, Marcus Vinícius ; CERQUEIRA, Rui . História natural dos mamíferos de uma área perturbada do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Rio de Janeiro, Brasil (no prelo). In: Faria, CC; Castro E. (Org.). Ciência e conservação na Serra dos Órgãos. Brasília: Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, 2007, v. , p. 165-182.

3.
LORETTO, Diogo. Eficiência de dois tipos de estações de rastro para levantamento de mastofauna de médio e grande porte. In: Nicolay L. Cunha, Raquel de Oliveira, Janaína Casella, Andréa C. Araújo, Erich A. Fischer, Josué Raizer. (Org.). Ecologia do Pantanal: Curso de campo 2004. 1ed.Campo Grande: Editora UFMS, 2006, v. , p. 191-200.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Loretto, Diogo ; OLIFIERS, Natalie . De brinquedo a ferramenta educacional. Ciência Hoje Online, Rio de Janeiro, p. 01 - 03, 01 nov. 2016.

2.
Loretto, Diogo ; OLIFIERS, Natalie . Detetives de Pegadas. Ciência Hoje das Crianças, Rio de Janeiro, p. 01 - 03, 01 nov. 2016.

3.
Loretto, Diogo . Ai, que fedor!. Ciência Hoje das Crianças, Rio de Janeiro, RJ, 13 jan. 2016.

4.
Leite, V. ; Astúa, D. ; Loretto, Diogo . Os fedidos também amam. Ciência Hoje, http://cienciahoje.uol.com.br/, p. 1 - 2, 28 jul. 2015.

5.
Almeida, P.J.A.L. ; Loretto, Diogo ; Vieira, Marcus Vinicius ; Barros, M.M. . O movimento dos animais. Diário do Grande ABC, 08 mar. 2010.

6.
Almeida, P.J.A.L. ; LORETTO, D. ; Barros, M.M. ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Movimento dos animais: como a matemática auxilía no conhecimento dos padrões de deslocamento das espécies. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 28 fev. 2010.

7.
Almeida, P.J.A.L. ; LORETTO, D. ; VIEIRA, Marcus Vinícius ; Barros, M.M. . O movimento dos animais, a última fronteira na dinâmica de populações, mas como cruzá-la?. Ciência Hoje, Rio de Janeiro, p. 32 - 37, 01 fev. 2010.

8.
LORETTO, Diogo; DELCIELLOS, Ana Cláudia . O estresse ambiental e a evolução. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 27 abr. 2008.

9.
LORETTO, Diogo; DELCIELLOS, Ana Cláudia . Estresse ambiental: Doença do século XXI ou processo natural?. Ciência Hoje, Rio de Janeiro, p. 28 - 33, 01 abr. 2008.

10.
DELCIELLOS, Ana Cláudia ; LORETTO, Diogo . Um mundo invadido. Jornal do Brasil, 24 jun. 2007.

11.
DELCIELLOS, Ana Cláudia ; LORETTO, Diogo . O mundo invadido: conseqüências atuais das invasões biológicas. Ciência Hoje, p. 24 - 29, 15 jun. 2007.

12.
LORETTO, Diogo. Os pequenos notáveis. Ciência Hoje, Rio de Janeiro, p. 62 - 64, 01 nov. 2006.

13.
DELCIELLOS, Ana Cláudia ; LORETTO, Diogo ; ANTUNES, Vanina Zini . Observações comportamentais informais de marsupiais na Mata Atlântica. Ciência Hoje, Rio de Janeiro, p. 66 - 69, 30 jan. 2006.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
RODRIGUES, E. J. F. ; Marques, G.M. ; LORETTO, Diogo ; WINCK, G. ; Kajin, M. . A relação entre o número de espécies de roedores, marsupiais e a altitude: uma revisão sobre as comunidades da mata atlântica. In: IV Simpósio sobre a Biodiversidade da Mata Atlântica, 2015, Santa Teresa, ES. Anais do IV SIMBIOMA, 2015.

2.
DANTE, C. A. ; MENDES, C. B. ; CAYRES, J. D. ; DELCIELLOS, Ana Cláudia ; LUZ, J. L. ; Loretto, Diogo ; Zangrandi, P.L. ; Ribeiro, S.E. ; CERQUEIRA, Rui . Influência de fatores climáticos no tamanho populacional de Delomys dorsalis (Rodentia, Cricetidae) em uma área preservada de Mata Atlântica do Parque Nacional da Serra dos Órgãos Teresópolis, RJ. In: XI Congresso de Ecologia do Brasil, 2013, Porto Seguro, BA. Anais do XI Congresso de Ecologia do Brasil, 2013.

3.
Mortara, S.R. ; Oliveira, I.M. ; Nunes, C.E.P. ; Loretto, Diogo ; Rocca, M.A. . Ferns richness and abundance among a vertical gradient in a tropical rain forest, Brazil. In: 5th International Canopy Conference, 2009, Bangalore. Anals of the 5th International Canopy Conference. Bangalore, 2009.

4.
Oliveira, I.M. ; Mortara, S.R. ; Loretto, Diogo ; Nunes, C.E.P. ; Amorim, A.M. . Riqueza e Abundância de Monilophyta em Gradiente Vertical no Parque Estadual da Serra do Conduru, Bahia, Brasil. In: IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009, São Lourenço. Livro de Resumos do IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009.

5.
Zangrandi, P.L. ; Kajin, M. ; LORETTO, Diogo ; VIEIRA, Marcus Vinícius ; CERQUEIRA, Rui . Semelparidade na catita Marmosops incanus (Didelphimorphia, Didelphidae). In: VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007, Caxambú - MG. Livro de Resumos do VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007.

6.
Santana, M.P. ; LORETTO, Diogo ; Kajin, M. ; VIEIRA, Marcus Vinícius ; CERQUEIRA, Rui . Tamanho populacional do marsupial Marmosops incanus (Didelphimorphia, Didelphidae): comparação de estimativas através de captura-recaptura e ninhos artificiais. In: VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007, Caxambú - MG. Livro de Resumos do VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007.

7.
Bernardo, L.R.R. ; LORETTO, Diogo ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Os Efeitos da Estação Reprodutiva nos Movimentos do Marsupial Philander frenatus (Didelphimorphia, Didelphidae). In: VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007, Caxambú - MG. Livro de Resumos do VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007.

8.
BELEI, R. ; LORETTO, Diogo ; Mendonça, A.F. ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Ecologia populacional de Marmosops incanus através de dois métodos de amostragem: CMR e Ninhos Artificiais. In: VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007, Caxambú - MG. Livro de Resumos do VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007.

9.
Papi, B. ; Ferreira, P. ; LORETTO, Diogo ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Habitat do entorno de ninhos artificiais e naturais do marsupial Marmosops incanus (Didelphimorphia: Didelphidae). In: VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007, Caxambú - MG. Livro de Resumos do VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007.

10.
OLIVEIRA, Leonardo de Carvalho ; LORETTO, Diogo ; WILSON, Geraldo . Estratificação vertical de uma comunidade de primatas em áreas de exploração de bauxita na Floresta Amazônica, Pará, Brasil. In: XII Congresso Brasileiro de Primatologia, 2007, Belo Horizonte. Livro de Resumos do XII Congresso Brasileiro de Primatologia, 2007.

11.
BELARMINO, Maycon Granados ; MACEDO, Joana ; APRIGLIANO, Paula ; ANTUNES, Vanina Zini ; GILBERTONI, Gabriela ; SANTOS, Iranaia ; COSTA, Gisele ; MOURA, Maira Corrêa ; DELCIELLOS, Ana Cláudia ; LORETTO, Diogo . Curso de Introdução à Educação Ambiental para os alunos do CAMP Mangueira. In: II Encontro Regional de Ensino de Biologia, 2003, Niterói - RJ. Anais do II Encontro Regional de Ensino de Biologia, 2003.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Cardoso, T.S. ; Valle, Y.T.R. ; Costa-Neto, S.F. ; DELCIELLOS, Ana Cláudia ; LORETTO, Diogo ; Vilela, R.V. ; Gentile, R. ; WEKSLER, M. ; CERQUEIRA, Rui . Pequenos mamíferos do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Petrópolis, RJ. In: XIV Encontro de Pesquisadores do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, 2016, Petrópolis. Anais do XIV Encontro de Pesquisadores do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, 2016.

2.
Lucena, F.M. ; Meire, R.O. ; Longo, R.T.L. ; Loretto, Diogo ; Galvão, P.M. ; WEKSLER, M. ; MALM, O. . Papel das Serras Fluminenses na deposição e bioacumulação do mercúrio em comunidades de pequenos mamíferos. In: XXXVII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural da UFRJ, 2015, Rio de Janeiro. XXXVII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2015.

3.
DELCIELLOS, A. C. ; Loretto, Diogo . Five years monitoring large and medium-sized mammals in the Atlantic Forest: the case of the Braço Small Hydropower Plant, Braço River, RJ, Brazil. In: VII Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2014, Gramado, RS. Caderno de Resumos do Congresso Brasileiro de Mas, 2014.

4.
DELCIELLOS, Ana Cláudia ; Motta, A. ; Loretto, Diogo ; ROCHA-BARBOSA, O. . Ampliando o conhecimento da mastofauna do Parque Nacional da Serra da Bocaina: 16 novos registros. In: II Encontro de Mastozoólogos do Estado do Rio de Janeiro, 2013, Teresópolis, RJ. Livro de Resumos do II EMERJ, 2013.

5.
Loretto, Diogo ; Dalloz, M.F. ; VIEIRA, M. V. . Reproductive seasons in mammals: the case of the woolly opossum, Caluromys philander (Didelphimorphia, Didelphidae). In: 11th International Mammalogical Congress, 2013, Belfast, Ireland. Anals of the 11th International Mammalogical Congress, 2013.

6.
VIEIRA, M. V. ; Papi, B. ; LORETTO, Diogo ; CERQUEIRA, Rui . The smaller you are, the more you move: negative scalling of daily movements and body mass in a small marsupial as evidence of an optimal body size in mammals. In: INTECOL 2013, 2013, London, UK. Anals of the INTECOL 2013, 2013.

7.
Zangrandi, P.L. ; DELCIELLOS, Ana Cláudia ; Mendonça, A.F. ; Loretto, Diogo . Taxa de sobrevivência de didelfídeos como indicador de impactos ambientais. In: VI Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2012, Corumbá, MS. Livro de Resumos do VI Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2012.

8.
Dalloz, Matheus Fernandes ; Cobra, Priscilla ; Loretto, Diogo ; Papi, Bernardo ; Vieira, Marcus Vinicius . Activity period and vertical stratification of small arboreal marsupials using camera-traps and artificial nests. In: 10th International Mammalogical Congress, 2009, Mendoza, ARG. Anals of the 10th International Mammalogical Congress. Mendoza, ARG, 2009.

9.
Loretto, Diogo ; Vieira, Marcus Vinicius . Artificial nests as an alternative to the study of arboricolous small mammal communities. In: 10th International Mammalogical Congress, 2009, Mendoza, ARG. Anals of the 10th International Mammalogical Congress. Mendoza, ARG, 2009.

10.
Papi, B. ; Bernardo, L.R.R. ; LORETTO, Diogo ; DELCIELLOS, Ana Cláudia ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Tempo de Residência de Caluromys philander em Ninhos Artificiais (Didelphimorphia; Didelphidae). In: XXVII Congresso Brasileiro de Zoologia, 2008, Curitiba - PR. Livro de Resumos do XXVII Congresso Brasileiro de Zoologia, 2008.

11.
Asfora, P.H. ; Gorla, A.T. ; Moreira, J.C. ; Loretto, Diogo ; Geise, L. ; Vieira, Marcus Vinicius ; CERQUEIRA, Rui . Composição cariotípica de roedores e marsupiais de duas áreas de Mata Atlântica no noroeste fluminense. In: IV Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2008, São Lourenço, MG. Livro de Resumos do IV Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2008.

12.
Zangrandi, P.L. ; Pacheco, M.B. ; Santana, M.P. ; Ferreira, M.S. ; Loretto, Diogo ; Vieira, Marcus Vinicius . Influência da luz da lua na capturabilidade de pequenos mamíferos em Mata Atlântica. In: IV Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2008, São Lourenço, MG. Livro de Resumos do IV Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2008.

13.
LORETTO, Diogo; VIEIRA, Marcus Vinícius . Microhabitat e estrutura da vegetação do entorno dos ninhos de Caluromys philander (Didelphimorphia, Didelphidae). In: I Congresso Sulamericano de Mastozoologia, 2006, Gramado - RS. Livro de Resumos, 2006.

14.
LORETTO, Diogo; DELCIELLOS, Ana Cláudia ; Moratelli, R. ; VIEIRA, Marcus Vinícius ; Araújo, A.F.B. . Mastofauna de um fragmento de Mata Atlântica semi-decídua no município de Além Paraíba, Minas Gerais. In: I Congresso Sulamericano de Mastozoologia, 2006, Gramado - RS. Livro de Resumos, 2006.

15.
OLIVEIRA, Leonardo de Carvalho ; LORETTO, Diogo ; Neves, C.L. . Mastofauna da Floresta Nacional Saracá-Taquera, Pará, Brasil. In: I Congresso Sulamericano de Mastozoologia, 2006, Gramado - RS. Livro de Resumos, 2006.

16.
Papi, B. ; LORETTO, Diogo ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Área de vida de Caluromys philander (Didelphimorphia: Caluromydae) através de ninhos artificiais. In: I Congresso Sulamericano de Mastozoologia, 2006, Gramado - RS. Livro de Resumos, 2006.

17.
Dias, J. ; LORETTO, Diogo ; Amaral A.C. ; Araújo, J.S. ; Silva, R.A. ; Delbone, C.A. ; Cestari, C. ; Sanches, M.C. ; Olivo, A.C. . Características morfoanatômicas foliares de Miconia corallina Spring. (Melastomataceae) em dois ambientes de Floresta Estacional Semidecíduoa Montana, no Parque Estadual do Itacolomi, Ouro Preto, MG. In: 57o. Congresso Nacional de Botânica, 2006, Gramado. Livro de Resumos do 57o. Congresso Nacional de Botânica, 2006.

18.
OLIVEIRA, Leonardo de Carvalho ; LORETTO, Diogo ; Neves, C.L. . Comunidade de pequenos mamíferos em áreas reflorestadas na Floresta Amazônia, Pará, Brasil. In: I Congresso Sulamericano de Mastozoologia, 2006, Gramado - RS. Livro de Resumos, 2006.

19.
OLIVEIRA, Leonardo de Carvalho ; LORETTO, Diogo ; MENDEL, Sylvia Miscow ; SILVA JR, José Sousa ; WILSON, Geraldo ; CASTILHO, Alexandre . Primatas da Floresta Nacional Saracá-Taqüera, Pará. In: XI Congresso Brasileiro de Primatologia, 2005, Porto Alegre, 2005.

20.
LORETTO, Diogo; OLIFIERS, Natalie . Eficiência de dois tipos de estações de rastro para levantamentos de mastofauna de médio a grande porte. In: III Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2005, Aracruz - ES, 2005.

21.
LORETTO, Diogo; VIEIRA, Marcus Vinícius . Ninhos artificiais como nova perspectiva no estudo demográfico e comportamental de marsupiais neotropicais. In: III Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2005, Aracruz - ES. Livro de Resumos do III Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2005.

22.
LORETTO, D. ; RAMALHO, Emiliano Esterci ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Comportamento defensivo e arquitetura de ninhos de Metachirus nudicaudatus Desmarest, 1817 (Didelphimorphia; Didelphidae). In: II Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2003, Belo Horizonte, 2003.

23.
LORETTO, D. ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Sazonalidade de movimentos e uso do espaço pelo marsupial Didelphis aurita Wied NewWied, 1826 (Didelphimorphia, Didelphidae). In: II Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2003, Belo Horizonte, 2003.

24.
MACEDO, Joana ; LORETTO, D. ; VIEIRA, Marcus Vinícius ; CERQUEIRA, Rui . Composição de espécies de mamíferos não voadores em uma área perturbada de Mata Atlântica no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, RJ.. In: II Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2003, Belo Horizonte, 2003.

25.
LINHARES, L. M. ; LORETTO, D. ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Diâmetro, inclinação do suporte e uso do estrato vertical por Marmosops incanus Lund, 1840 (Didelphimorphia, Didelphidae) na Mata Atlântica.. In: II Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2003, Belo Horizonte, 2003.

26.
MACEDO, Joana ; LORETTO, D. ; VIEIRA, Marcus Vinícius ; CERQUEIRA, Rui . Divisão em classes etárias em Marsupiais: teste de um método para animais vivos.. In: II Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2003, Belo Horizonte, 2003.

27.
LORETTO, D. ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Padrão de movimentos, uso do espaço e biologia de Marmosops incanus (Mammalia, Marsupialia). In: XXV Jornada de Iniciação Científica, 2003, Rio de Janeiro, 2003.

28.
LORETTO, D. ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Variação temporal no padrão de movimentos do gambá, Didelphis aurita, e sua relação com a dinâmica da população. In: XXIV Jornada de Iniciação Científica, 2002, Rio de Janeiro, 2002.

29.
MENDEL, S. M. ; MOURA, Maira Corrêa ; LORETTO, D. ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Fidelidade ao local e existência de área de vida em Didelphis aurita. In: I Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2001, Porto Alegre, 2001.

30.
LORETTO, D. ; VIEIRA, Marcus Vinícius . A sazonalidade dos movimentos em quatro espécies de marsupiais didelfídeos: reprodução ou recursos?. In: XXIII Jornada de Iniciação Científica, 2001, Rio de Janeiro, 2001.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, E. C. F. ; BITENCOURTH, K. ; MACHADO, I.B. ; LORETTO, Diogo ; Vilela, R.V. ; GAZETA, G. S. . Acarofauna de pequenos mamíferos não-voadores no Parque Nacional de Itatiaia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
Lucena, F.M. ; Meire, R.O. ; LORETTO, Diogo ; MALM, O. . Determinação de Mercúrio em Pequenos Mamíferos de duas Unidades de Conservação, Brasil. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
NEPOMUCENO, R. ; GUIDA, Y. ; LORETTO, Diogo ; WEKSLER, M. ; Meire, R.O. . Efeitos invisíveis da ação humana: um estudo pioneiro de poluentes orgânicos persistentes em pequenos mamíferos de Campos de Altitude do Rio de Janeiro.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
LORETTO, Diogo . Monitoramento da biodiversidade para um mundo não ideal. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Loretto, Diogo . Monitoramento da biodiversidade para um mundo não ideal. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
BELLO, M. ; VELOSO, V. ; AGUIEIRAS, M. ; LOSS, A. C. ; LORETTO, Diogo ; PEREIRA, L. G. ; Geise, L. . Novos dados cariotípicos para Lund, 1839 (Rodentia, Echimyidae) do estado do Rio de Janeiro. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
Loretto, Diogo . Monitoramento da biodiversidade para um mundo não ideal. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
Loretto, Diogo . Monitoramento da biodiversidade para um mundo não ideal. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
Cardoso, T.S. ; Valle, Y.T.R. ; Costa-Neto, S.F. ; DELCIELLOS, Ana Cláudia ; Loretto, Diogo ; Vilela, R.V. ; Gentile, R. ; WEKSLER, M. ; CERQUEIRA, Rui . Pequenos mamíferos do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Petrópolis, RJ. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
Lucena, F.M. ; Loretto, Diogo ; WEKSLER, M. ; Meire, R.O. ; MALM, O. . Concentração de mercúrio em fígado de pequenos mamíferos de diferentes cotas altitudinais do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, RJ, Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
Loretto, Diogo . Ecologia e Conservação no contexto da Gestão de Unidades de Conservação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
Loretto, Diogo . Comunicando Ciência: para não ser idiota!. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
Loretto, Diogo . Ecologia e Conservação no contexto da Gestão de Unidades de Conservação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
Loretto, Diogo . Comunicando Ciência: para não ser idiota!. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
Loretto, Diogo . Estado atual do conhecimento de ecologia de populacional e reprodutiva de marsupiais didelfídeos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
Loretto, Diogo . [Sem título]: Mastozoologia de problemas na comunicação de interface. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
Loretto, Diogo ; Carvalho, Rafael ; Maia, Paula ; Magalhães, Arthur ; Astúa, D. . First evidence of gregarious denning in opossums (Didelphimorphia, Didelphidae), with notes on their social behaviour. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
Loretto, Diogo . Comunicando Ciência: para não ser idiota!. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
Loretto, Diogo . Ecologia e Conservação no contexto da Gestão de Unidades de Conservação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
Loretto, Diogo . Ecologia e Conservação no contexto da Gestão de Unidades de Conservação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
Loretto, Diogo . Comunicando Ciência: para não ser idiota!. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
LORETTO, D . Estratégias reprodutivas em mamíferos: um estudo de caso para um marsupial de ampla distribuição geográfica. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
Loretto, Diogo . O paradoxo do esquilo e as estratégias reprodutivas de mamíferos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
LORETTO, Diogo . Redescoberta do jupará, Potos flavus, no Parque Nacional da Serra dos Órgãos: consequências para conservação e distribuição geográfica no sudeste do Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
Loretto, Diogo . MastoSerra 2012 - Resumo e Resultados alcançados. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
Loretto, Diogo . MastoSerra 2012 - Boas vindas, expectativas e resultados esperados. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
LORETTO, Diogo . Estudos ecológicos em dossel florestal: alguns exemplos no Parque Nacional da Serra dos Órgaõs. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
LORETTO, Diogo ; Dalloz, M.F. ; Papi, B. ; Cobra, P. ; VIEIRA, Marcus Vinícius . O quê é que a banana tem? um teste de iscas para pequenos mamíferos arborícolas". 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
Dalloz, M.F. ; Cobra, P. ; LORETTO, D. ; Papi, B. ; Vieira, Marcus Vinicius . Períodos de Atividade e Estratificação Vertical de Pequenos Marsupiais Arborícolas Usando Armadilhas Fotográficas e Ninhos Artificiais. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
LORETTO, D. ; Ferreira, P. . A Publicação de Pesquisas Científicas da Mastozoologia Nacional: Quem é o vilão da demora?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
Papi, B. ; LORETTO, Diogo ; VIEIRA, Marcus Vinícius . USO DO ESPAÇO PELO MARSUPIAL CALUROMYS PHILANDER (LINNAEUS, 1758) ATRAVÉS DO MÉTODO DOS NINHOS ARTIFICIAIS (DIDELPHIMORPHIA; DIDELPHIDAE). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
Cobra, P. ; LORETTO, Diogo ; VIEIRA, Marcus Vinícius . Classificação e identificação de abrigos de marsupiais neotropicais arborícolas através da análise dos componentes vegetais. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
LORETTO, Diogo . Ecologia de marsupiais arborícolas de dossel: demografia, seleção de habitat e uso do espaço na Mata Atlântica. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
LORETTO, Diogo . Ciências Biológicas e suas vertentes. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
Loretto, Diogo ; Vieira, Marcus Vinicius . Uso de estratos e arquitetura de ninhos de quatro espécies de marsupiais didelfídeos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
OLIFIERS, Natalie ; BONVICINO, C. R. ; Loretto, Diogo ; Lazar, Ana ; Figueiredo, Marcos de Souza Lima ; Percequillo, A.R. ; Caramaschi, Fabiana Pellegrini . Parecer sobre ofício nº 82/2015/DESP/SBF/MMA, que versa sobre a proibição de comercialização das chamadas ?redes-neblina' 2015 (Parecer Técnico - Consulta Pública).

2.
Loretto, Diogo . Ecologia de pequenos mamíferos arborícolas: estado do conhecimento, métodos de amostragem e estudo populacional, com ênfase no bioma da Mata Atlântica. Rio de Janeiro: Boletim da Sociedade Brasileira de Mastozoologia, 2013 (Resumo de Tese de Doutorado).

3.
Loretto, Diogo ; ALVAREZ, M. R. ; Reis, M.L. ; BONVICINO, C. R. ; Garbino, G.S.T. . Diretrizes da prática de eutanásia do CONCEA 2013 (Parecer Técnico - Consulta Pública).

4.
Loretto, Diogo ; BONVICINO, C. R. ; Percequillo, A.R. ; WEKSLER, M. ; Lazar, Ana ; Cordeiro, J.L. . Parecer técnico sobre Ofício Circular no. 01/2012/COINF/CGPEQ/DIBIO, de 8 de novembro de 2012, relativo à prática de ablação de dedos e artelhos de mamíferos como método de identificação individual 2013 (Parecer Técnico - Consulta Pública).

5.
VALE, M. M. ; FERNANDEZ, F. A.S. ; Loretto, Diogo . O que fazer com os gambás exógenos aos biotérios do CCS?. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2013 (Folder de Divulgação Científica).

6.
Loretto, Diogo ; WEKSLER, M. ; Mendonça, A.F. ; BONVICINO, C. R. . Diretriz brasileira de prática para o cuidado e utilização de animais para fins científicos e didáticos - DBPA 2012 (Parecer Técnico - Consulta Pública).

7.
DELCIELLOS, Ana Cláudia ; LORETTO, Diogo ; ANTUNES, Vanina Zini . Marsupiais na Mata Atlântica. Rio de Janeiro: Fundação CECIERJ, 2011 (Divulgação científica para educadores do ensino médio).

8.
LORETTO, Diogo. Demografia e seleção de habitat de marsupiais arborícolas neotropicais com o uso de ninhos artificiais. Mendoza: Mastozoología Neotropical - Argentinian Society for the Study of Mammals, 2006 (Resumo de Dissertação de Mestrado).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
Loretto, Diogo . Avaliação dos Impactos e Monitoramento da Fauna nos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo Janeiro. 2018.

2.
ROCHA-BARBOSA, O. ; DELCIELLOS, Ana Cláudia ; LORETTO, Diogo . Programa de Monitoramento de fauna (mastofauna) das áreas de influência da obra de pavimentação da RJ-165, no trecho inserido no Parque Nacional da Serra da Bocaina. 2013.

3.
LORETTO, D. ; DELCIELLOS, Ana Cláudia ; Mendonça, A.F. . Monitoramento da fauna de mamíferos da Área de Influência Direta da Pequena Central Hidrelétrica Braço, Rio Claro-RJ / Bananal-SP. 2009.

4.
LORETTO, Diogo. Inventário complementar da fauna de mamíferos para a Linha de Transmissão Itacaiúnas-Colinas. 2007.

5.
Loretto, Diogo . Monitoramento Ambiental da Mastofauna no escopo do Licenciamento Ambiental da Linha de Transmissão 500 kV Itacaiúnas/PA - Colinas/TO. 2007.

6.
LORETTO, Diogo. Diagnóstico ambiental da fauna de vertebrados - EIA de duplicação da BR-493. 2006.

7.
LORETTO, Diogo. Avaliação de Impacto Ambietal na Fauna de Verterbados - EIA da duplicação da BR-493. 2006.

8.
LORETTO, Diogo. Wild Rio. 2004.

9.
POL, André ; LORETTO, Diogo . Wild Rio. 2004.

Trabalhos técnicos
1.
LORETTO, Diogo; FERNANDES, Geraldo Wilson . Resgate da Mastofauna do Platô Almeida da Mineradora Rio do Norte, Porto Trombetas - Pará.. 2005.

2.
LORETTO, Diogo; FERNANDES, Geraldo Wilson . MONITORAMENTO DE PRIMATAS DO PLATÔ BACABA DA MINERADORA RIO DO NORTE, PORTO TROMBETAS - PARÁ. 2005.

3.
LORETTO, Diogo; FERNANDES, Geraldo Wilson . MONITORAMENTO DA MASTOFAUNA EM ÁREAS REFLORESTADAS DA MINERAÇÃO RIO DO NORTE, MONITORAMENTO DA MASTOFAUNA EM ÁREAS REFLORESTADAS DA MINERAÇÃO RIO DO NORTE, PORTO TROMBETAS, PARÁ. 2005.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
LORETTO, Diogo . Mastozoolgoia. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
LORETTO, Diogo . Método Rapeld no monitoramento da biodiversidade. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
LORETTO, Diogo . Monitoramento da biodiversidade terrestre. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
Loretto, Diogo . Relato sobre o Estudo de Monitoramento da Mastofauna de médio e grande porte nos domínios de influência do projeto de pavimentação da estrada Paraty-Cunha, RJ165. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
Loretto, Diogo . Comunicando Ciência: para não ser idiota!. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
LORETTO, Diogo . Os bichos também mamam. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
LORETTO, D . Biólogo vai até o topo de árvores para estudar pequenos mamíferos. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
Loretto, Diogo . O caso recente ocorrido na Ilha Grande e como parte da sociedade vê a ciência. 2018; Tema: Ciência e Sociedade. (Blog).

2.
LORETTO, D . Os bichos também mamam. 2017; Tema: Reprodução de mamíferos. (Blog).

3.
Loretto, Diogo . Sob ameaça: os últimos e mais isolados refúgios da Mata Atlântica não estão protegidos de ações impactantes da sociedade brasileira. 2017; Tema: Ecologia, Poluição, Áreas Protegidas. (Blog).

4.
LORETTO, D ; DELCIELLOS, Ana Cláudia . O estresse do meio ambiente. 2008; Tema: Ecologia. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
Loretto, Diogo . Curso de Verão Fundamentos de Ecologia de Campo. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
Loretto, Diogo . VII Curso de Formação e Capacitação em Educação Ambiental. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
Loretto, Diogo . Educação Ambiental em Unidades de Conservação. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
Loretto, Diogo . Educação Ambiental em Unidades de Conservação. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
Loretto, Diogo . Educação Ambiental em Unidades de Conservação. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
Loretto, Diogo . Educação Ambiental em Unidades de Conservação. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
WEKSLER, M. ; LORETTO, Diogo ; Viana, M.C. ; ALVAREZ, M. R. . II Curso Teórico-Prático de Coleta e Taxidermia de Pequenos Mamíferos Terrestres. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
LORETTO, Diogo . Introdução ao uso do Mendeley. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
TORRES, J. P. M.; OLIFIERS, Natalie; DORNELES, P. R.; BISI, T. L.; LORETTO, Diogo. Participação em banca de Gabriel Oliveira de Carvalho. Ocorrência de mercúrio em pelos de tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla): monitoramento nas rodovias do Mato Grosso do Sul e na Estação Ecológica de Santa Bárbara, São Paulo, Brasil. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
FERNANDEZ, F. A.S.; Loretto, Diogo; BERGALLO, H. G.; Vieira, Marcus Vinicius; Grelle, C.E.V.. Participação em banca de Catharina Kreischer. Quantas e quando: Estimativa populacional e padrão de atividade de Cuniculus paca. 2017. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
FERNANDEZ, F. A.S.; VALE, M. M.; Rodrigues, D.; BERGALLO, H. G.; Loretto, Diogo. Participação em banca de Bruno de Sousa Moraes. An Analysis of the Relevance of Social Systems on Reintroduction Biology and the Release of the First Group of Brown Howler Monkey (Alouatta guariba). 2016. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
RAJAO, H.; Gonzaga, Luiz Antônio; Develey, Pedro Ferreira; Loretto, Diogo. Participação em banca de Rafael Bessa Alves de Carvalho. Avaliação do status de conservação de Tijuca condita Snow 1980 (Aves: Cotingidae). 2015. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade em Unidades de Conservação) - Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

5.
Loretto, Diogo; Gonçalves, P.R.; TAVARES, W. C.. Participação em banca de Daniel dos Santos Almada. Pequenos mamíferos da área de interesse ecológico de Itapebussus, Rio das Ostras, Rio de Janeiro. 2015. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
Loretto, Diogo. Participação em banca de Rafael Penedo Ferreira. Uso do espaço vertical por pequenos mamíferos não voadores em manchas florestais no Pantanal, Mato Grosso do Sul, Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

7.
Galetti, M.; Vieira, Marcus Vinicius; FERNANDEZ, F. A.S.; Loretto, Diogo; Grelle, C.E.V.. Participação em banca de Caio Fittipaldi Kenup. Demographic assessment and medium-term sucess of a reintroduced population of Dasyprocta leporina. 2015. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
Pires, A.; CACERES, N. C.; BERGALLO, H. G.; Loretto, Diogo; ROCHA, F. S.. Participação em banca de Israel Dias Carvalho. Caracterização da comunidade de mamíferos de médio e grande porte da Reserva Ecológica de Guapiaçú, Cachoeiras de Macacu, RJ. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais e Florestais) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

9.
BEISIEGEL, B. M.; MIRANDA, C. R.; FERNANDEZ, F. A.S.; Loretto, Diogo; Grelle, C.E.V.. Participação em banca de Hugo Lana Allevato. Padrões espaciais e uso do habitat pelo quati Nasua nasua em um fragmento de floresta atlântica urbana sob influência de recursos antropogênicos. 2013. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
Vrcibradic, Davor; Lorini, Maria Lúcia; LUZ, J. L.; Loretto, Diogo. Participação em banca de Camila Sant'Anna dos Santos. Diversidade de Morcegos da Reserva Ecológica de Guapiaçu, área de Mata Atlântica no estado do Rio de Janeiro. 2013. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (BIODIVERSIDADE NEOTROPICAL)) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

11.
Avilla, L.S.; FERNANDEZ, F. A.S.; Soibelzon L.; LORETTO, Diogo; BERGVIST, L. P.. Participação em banca de Bernardo Barros de Alvarenga Araújo. Pleistocene-Holocene extinctions: distinguishing between antropic and climatic causes. 2013. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
BERGALLO, H. G.; FERNANDEZ, F. A.S.; VIEIRA, Marcus Vinícius; Grelle, C.E.V.; PRADO, P. I. K.; Loretto, Diogo. Participação em banca de Bruno Cid. Methods, ecology and evolution of circadian behavior in mammals. 2017. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
Loretto, Diogo; Faria, D. M.. Participação em banca de Kena Ferrari Moreira da Silva. Influência de variáveis locais, descritoras da qualidade da floresta e recursos, na dieta e uso do espaço do ouriço-preto (Chaetomys subspinosus Olfers, 1818), um folívoro arborícola ameaçado e endêmico da Mata Atlântica, Brasil. 2017. Tese (Doutorado em Ecologia e Conservação da Biodiversidade) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

3.
Vieira, E.M.; Torres, J.P.; Maya, J.F.G.; Loretto, Diogo; Cáceres, N.. Participação em banca de José Felipe Vélez García. Diversidade taxonômica e funcional de pequenos mamíferos em paisagens antrópicas da Mata Atlântica do sul da Bahia, Brasil. 2016. Tese (Doutorado em Ecologia e Conservação da Biodiversidade) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

4.
FERNANDEZ, F. A.S.; Barbante, J.M.; Vieira, Marcus Vinicius; BERGALLO, H. G.; Ferraz, G.; Loretto, Diogo. Participação em banca de Carlos André Zucco. Pampas deer on the move: spatial ecology and activity of Ozotoceros bezoarticus in Central Pantanal of Brazil. 2015. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
FERNANDEZ, F. A.S.; LORETTO, Diogo; Vieira, E.M.; Cáceres, N.C.; Mourão, G.M.. Participação em banca de Pâmela Castro Antunes. Ecologia de Thrichomys fosteri (Rodentia; Echimyidae) no Pantanal: dieta, área de vida e seleção de recursos. 2014. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
Loretto, Diogo. Participação em banca de Carlos André Zucco. Pampas deer on the move:spatial ecology and activity of Ozotoceros bezoarticus in Central Pantanal of Brazil. 2014. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
Loretto, Diogo. Participação em banca de Luiz Gustavo Rodrigues Oliveira Santos. Ecology of feral hogs (Sus scrofa) in the Pantanal wetland: temporal overlap and spatial interference with native pigs, movement and spatial memory. 2013. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
LORETTO, Diogo; OLIVEIRA, Leonardo de Carvalho. Participação em banca de PatríciaAlmeida dos Santos. Ecologia e conservação das populações remanescentes do lagarto-branco-da-praia Liolaemus lutzae (Liolaemidae) no litoral do Estado do Rio de Janeiro. 2013. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
Loretto, Diogo; VIEIRA, Marcus Vinícius. Participação em banca de Bruno Cid Crespo Guimarães. A critique of activity estimation from camera trap data. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
Loretto, Diogo; PORTELA, R. C. Q.. Participação em banca de Mariana Silva Ferreira. Which life-history variables have the greatest relative contribution to population growth rate? A test with marsupials. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
LORETTO, Diogo; OLIVEIRA, Leonardo de Carvalho. Participação em banca de Patrícia Almeida dos Santos. Utilização de abrigos artificiais em estudos ecológicos: Histórico e perspectivas nas pesquisas com lagartos. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
Loretto, Diogo; REIS, Henrique Bastos Rajão. Participação em banca de Bianca Felippe Torggler. Características dos estudos sobre impactos ecológicos em empreendimentos de infraestrutura linear. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
Esbérard, C.E.L.; Nunes-Freitas, A.F.; Grelle, C.E.V.; LORETTO, D.. Participação em banca de Izar Aximoff. Monitoramento de Mamíferos em trilhas do Parque Nacional do Itatiaia. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Gestão da Biodiversidad) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SANTORI, Ricardo Tadeu; Loretto, Diogo; Pontes, Rafael Cunha. Participação em banca de Renan de França Souza.Comunidade de Morcegos (Mammalia, Chiroptera) da Reserva Ecológica de Guapiaçu, Estado do Rio de Janeiro, Sudeste do Brasil. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
Geise, L.; Gallo, V.; LORETTO, D.. Participação em banca de Monique Théréze Schulz Fontoura.Distribuição Geográfica e variação morfométrica em Marmosops incanus (Didelphimorphia, Didelphidae) (Lund 1840). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Biologicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
Santos, S. B.; Azevedo, A.; LORETTO, D.. Participação em banca de Anderson Silva Netto.Pesquisas Sulamericanas na Antártica: enfoque em mamíferos aquáticos. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Biologicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

4.
D'ALMEIDA, J. M.; Loretto, Diogo; Prevedello, J.A.. Participação em banca de Suzy Emidio Ribeiro.Uso do estrato vertical por Philander frenatus em uma área contínua e em uma área fragmentada. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense.

5.
Cáceres, N.; LORETTO, Diogo. Participação em banca de Daniela Oliveira de Lima.Small mammal community structure and microhabitat selection in the austral boundary of the Atlantic Forest, Brazil. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Curso de Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Santa Maria.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
Meire, R.O.; Loretto, Diogo; Ferreira, Nelson. Processo seletivo para contratação temporária de pessoal - Professor Substituto - Edital 417/2015. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Outras participações
1.
Loretto, Diogo; ROQUE, A. L. R.; COUTINHO, C. B. D.. Reunião Anual de Iniciação Científica da Fiocruz. 2018. Fundação Oswaldo Cruz.

2.
Loretto, Diogo. Avaliador dos Projetos em Ecologia (Disciplinas IBEX 01,02, e 03) do Bacharelado de Ecologia - UFRJ. 2017. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
Loretto, Diogo. Avaliador dos Projetos em Ecologia (Disciplinas IBEX 01,02, e 03) do Bacharelado de Ecologia - UFRJ. 2016. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
Loretto, Diogo; WEKSLER, M.; Bezerra, A.M.R.; OLIFIERS, Natalie; Pessôa, Leila Maria; PERCEQUILLO, A. R.. Comissão Científica do VIII Congresso Brasileiro de Mastozoologia. 2015. Sociedade Brasileira de Mastozoologia.

5.
Loretto, Diogo. Comissão Científica do II Congreso Colombiano y III Congreso Latinoamericano de Mastozoología. 2015. Sociedad Colombiana de Mastozoología.

6.
Loretto, Diogo. Avaliador dos Projetos em Ecologia (Disciplinas IBEX 01,02, e 03) do Bacharelado de Ecologia - UFRJ. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
Loretto, Diogo. Comitê Científico do VII Congresso Brasileiro de Mastozoologia. 2014. Sociedade Brasileira de Mastozoologia.

8.
Loretto, Diogo. Avaliador dos Projetos em Ecologia (Disciplinas IBEX 01,02, e 03) do Bacharelado de Ecologia - UFRJ. 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
Loretto, Diogo. Avaliador dos Projetos em Ecologia (Disciplinas IBEX 01,02, e 03) do Bacharelado de Ecologia - UFRJ. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
Loretto, Diogo. Comitê Cientifico do VI Congresso Brasileiro de Mastozoologia. 2012. Sociedade Brasileira de Mastozoologia.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Plano de Ação para Conservação da Biodiversidade Terrestre do Rio Doce.Plano de Ação - Oficinas e plenárias com participação de todos os membros. 2018. (Oficina).

2.
XXXII Congresso Brasileiro de Zoologia. IV Simpósio da Sociedade Brasileira de Mastozoologia: Desafios da interação da Mastozoologia com a Sociedade. 2018. (Congresso).

3.
Águas e Áreas Protegidas como Bens Comuns" - MCF / CBH Piabanha / COPPE-UFRJ / PARNASO-ICMBio. 2017. (Encontro).

4.
IX Congresso Brasileiro de Mastozoologia e IX Encontro Brasileiro para Estudo de Quirópterosros. Novos dados cariotípicos para Lund, 1839 (Rodentia, Echimyidae) do estado do Rio de Janeiro. 2017. (Congresso).

5.
Simpósio PELD-MCF. 2017. (Simpósio).

6.
Sarau de Pesquisa e Cultura do Parque Nacional do Itatiaia. 2016. (Encontro).

7.
XIV Encontro de Pesquisadores do Parque Nacional da Serra dos Órgãos.Pequenos mamíferos do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Petrópolis, RJ. 2016. (Encontro).

8.
XXII Semana de Biologia UERJ.Monitoramento da biodiversidade para um mundo não ideal. 2016. (Encontro).

9.
Encontro da Associação Nacional para Pesquisas, Conservação e Preservação de Strigiformes - Pró Corujas. 2015. (Encontro).

10.
VIII Congresso Brasileiro de Mastozoologia. Marsupiais didelfídeos: em que ponto estamos?. 2015. (Congresso).

11.
VIII Congresso Brasileiro de Mastozoologia. Veículos de publicações em Mastozoologia. 2015. (Congresso).

12.
XIII Encontro de Pesquisadores e VII Encontro de Educação Ambiental do PARNA Serra dos Órgãosãos. 2015. (Encontro).

13.
Seminário Latino-Americano sobre Comunicação Científica e Indexadores. 2014. (Seminário).

14.
VII Congresso Brasileiro de Mastozoologia. Five years monitoring large and medium-sized mammals in the Atlantic Forest: The case of the Braço Small Hydropower Plant, Braço River, RJ, Brazil. 2014. (Congresso).

15.
Workshop de autores da Springer 2014. 2014. (Encontro).

16.
II Encontro de Mastozoólogos do Estado do Rio de Janeiro.Ampliando o conhecimento da mastofauna do Parque Nacional da Serra da Bocaina: 16 novos registros. 2013. (Encontro).

17.
I Simpósio de Evolução de Mamíferos. 2013. (Simpósio).

18.
IX Eugen Warming Lectures in Evolutionary Ecology - Desafio na conservação da biodiversidade: das lições do passado aos novos paradigmas.Participação em plenária conjunta e grupos de trabalho sobre o tema.. 2013. (Simpósio).

19.
Oficina de Avaliação do Estado de Conservação de Mamíferos das Ordens Rodentia e Lagomorpha.Não houve apresentação. Todos os especialistas participaram como uma plenária.. 2013. (Oficina).

20.
XI Encontro de Pesquisadores do Parque Nacional da Serra dos Órgãos.Redescoberta do jupará, Potos flavus, no Parque Nacional da Serra dos Órgãos: consequências para conservação e distribuição geográfica no sudeste do Brasil. 2013. (Encontro).

21.
I Encontro de Mastozoólogos do Estado do Rio de Janeiro.MastoSerra 2012: Boas vindas, expectativas e resultados esperados. 2012. (Encontro).

22.
VI Congresso Brasileiro de Mastozoologia. Taxa de sobrevivência de didelfídeos como indicador de impactos ambientais. 2012. (Congresso).

23.
X Encontro de Pesquisadores do Parque Nacional da Serra dos Órgãos. 2012. (Encontro).

24.
I Simpósio Internacional de Ecologia. 2011. (Simpósio).

25.
IX Encontro de Pesquisadores do Parque Nacional da Serra dos Órgãos.Estudos ecológicos em dossel florestal: alguns exemplos no Parque Nacional da Serra dos Órgaõs. 2011. (Encontro).

26.
Workshop Brasil de Negócios e Biodiversidade. 2011. (Simpósio).

27.
XIII Semana de Biologia da FFP-UERJ, III Simpósio Ambiental do Leste Metropolitano do Rio de Janeiro & I Seminário "Conversas com a Ciência".Os Desafios da Biologia no Novo Século. 2011. (Simpósio).

28.
5 Congresso Brasileiro de Mastozoologia. O quê é que a banana tem? um teste de iscas para pequenos mamíferos arborícolas". 2010. (Congresso).

29.
10th International Mammalogical Congress. Artificial nests as an alternative to the study of arboricolous small mammal communities. 2009. (Congresso).

30.
IV Congresso Brasileiro de Mastozoologia. A Publicação de Pesquisas Científicas da Mastozoologia Nacional: Quem é o vilão da demora?. 2008. (Congresso).

31.
VI Encontro de Pesquisadores do Parque Nacional da Serra dos Órgãos.Ecologia de marsupiais arborícolas de dossel: demografia, seleção de habitat e uso do espaço na Mata Atlântica. 2008. (Encontro).

32.
XVI Semana de Informação Profissional.Ciências Biológicas e suas Vertentes. 2007. (Outra).

33.
I Congresso Sulamericano de Mastozoologia. Uso de estratos e arquitetura de ninhos de quatro espécies de marsupiais didelfídeos. 2006. (Congresso).

34.
II Simpósio de Ecologia Teórica. 2006. (Simpósio).

35.
IV Encontro de Pesquisadores do Parque Nacional da Serra dos Órgãos. 2006. (Encontro).

36.
III Congresso Brasileiro de Mastozoologia.III Congresso Brasileiro de Mastozoologia. 2005. (Seminário).

37.
XXVI Jornada de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ.Diâmetro, inclinação do suporte e uso do estrato vertical por Marmosops incanus Lund, 1840 (Didelphimorphia, Didelphidae) na Mata Atlântica. 2004. (Encontro).

38.
II Congresso Brasileiro de Mastozoologia. II Congresso Brasileiro de Mastozoologia. 2003. (Congresso).

39.
II Encontro Regional de Ensino de Biologia. 2003. (Encontro).

40.
XXV Jornada de Iniciação Científica e XV Jornada de Iniciação Artística e Cultural.Padrão de movimentos, uso do espaço e biologia de Marmosops incanus (Mammalia, Marsupialia). 2003. (Encontro).

41.
XXIV Jornada de Iniciação Científica.XXIV Jornada de Iniciação Científica. 2002. (Outra).

42.
Bio na Rua.Marsupiais do Brasil. 2001. (Encontro).

43.
Biosemana 2001. 2001. (Outra).

44.
V Congresso de Ecologia do Brasil. A sazonalidade dos movimentos em quatro espécies de marsupiais didelfídeos: reprodução ou recursos?. 2001. (Congresso).

45.
XXIII Jornada de Iniciação Científica.XXIII Jornada de Iniciação Científica. 2001. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LORETTO, D . City Nature Challenge 2018 - Rio de Janeiro. 2018. (Concurso).

2.
Zortéa, M. ; BONVICINO, C. R. ; Lazar, Ana ; Loretto, Diogo . IX Congresso Brasileiro de Mastozoologia e IX Encontro Brasileiro para o Estudo de Quirópteros. 2017. (Congresso).

3.
BONVICINO, C. R. ; Lazar, Ana ; Loretto, Diogo ; OLIFIERS, Natalie ; Figueiredo, Marcos de Souza Lima ; ESTRELA, P. C. ; DANDREA, P. S. ; Caramaschi, Fabiana Pellegrini ; Rocha, Fabiana Lopes ; PERCEQUILLO, A. R. . VIII Congresso Brasileiro de Mastozoologia. 2015. (Congresso).

4.
LORETTO, Diogo ; Menezes, A.R.E.A.N. ; Geise, L. ; DELCIELLOS, Ana Cláudia . II Encontro de Mastozoólogos do Estado do Rio de Janeiro. 2013. (Congresso).

5.
Loretto, Diogo ; Geise, L. ; Menezes, A.R.E.A.N. . I Encontro de Mastozoólogos do Estado do Rio de Janeiro. 2012. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Benedito Célio Pacheco. Os impactos antrópicos no Parque Estadual da Serra da Tiririca ? PESET. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Ciências do Meio Ambiente) - Universidade Veiga de Almeida. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Bernardo Silveira Papi. Uso do Espaço Tridimencional pelo Marsupial Caluromys philander no Parque Nacional da Serra dos Orgãos. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Diogo Loretto Medeiros.

2.
Priscilla de Paula Andrade Cobra. Seleção de locais de abrigo por um marsupial arborícola, Caluromys philander, através do método de Ninhos Artificiais. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Diogo Loretto Medeiros.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Marcos Alexandre Bicalho Requieri. Fontes emissoras de mercúrio e a contaminação de comunidades de pequenos mamíferos em campos de altitude em Parques Nacionais doo Rio de Janeiro. 2018. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciências Biológicas) - Centro Universitário da Zona Oeste. Orientador: Diogo Loretto Medeiros.

2.
Priscilla de Paula Andrade Cobra. Gestão Ambiental em Licenciamento Ambiental: Estudo de caso do Programa de Afugentamento de Fauna de uma Linha de Transmissão 230 kV localizada no Estado do Pará. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Pós-graduação em Gestão Ambiental) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Diogo Loretto Medeiros.

Iniciação científica
1.
Felipe de Moraes Lucena. Pequenos mamíferos como biomonitores da contaminação por mercúrio em duas Unidades de Conservação montanas (Sudeste, Brasil). 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas: Biofísica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, CNPq - PIBIC. Orientador: Diogo Loretto Medeiros.

2.
Eduardo José Freitas Rodrigues. A relação entre o número de espécies de roedoers, marsupiais e a altitude: uma revisão sobre as comunidades de pequenos mamíferos da Mata Atlântica. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Diogo Loretto Medeiros.

3.
Jéssika Santana Pereira. Diversidade, isolamento genético e ancestralidade de populações de Delomys dorsalis (Hensel, 1872) (Rodentia, Cricetidae) em habitats de altitude no estado do Rio de Janeiro. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Veiga de Almeida. Orientador: Diogo Loretto Medeiros.

4.
Camila Puga. O uso de microhabitat por pequenos mamíferos: um estudo de caso no Parque Nacional da Serra dos Órgãos. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas - Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Diogo Loretto Medeiros.

Orientações de outra natureza
1.
Matheus Fernandes Dalloz. Períodos de Atividade e Estratificação Vertical de Pequenos Marsupiais Arborícolas Usando Armadilhas Fotográficas e Ninhos Artificiais. 2009. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, CNPq - PIBIC. Orientador: Diogo Loretto Medeiros.

2.
Mariana Pereira Santana. Tamanho populacional do marsupial Marmosops incanus (Didelphimorphia, Didelphidae): comparação de estimativas através de captura-recaptura e ninhos artificiais. 2007. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Diogo Loretto Medeiros.

3.
Priscilla Lóra Zangrandi. Semelparidade na catita Marmosops incanus (Didelphimorphia, Didelphidae) na Mata Atântica. 2007. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Diogo Loretto Medeiros.

4.
Bernardo Papi. Uso do espaço pelo marsupial Caluromys philander (Linnaeus, 1758) através do método dos ninhos artificiais (Didelphimorphia; Didelphidae). 2006. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Diogo Loretto Medeiros.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
18LORETTO, Diogo;Loretto, Diogo2004LORETTO, Diogo. Na linha dos marsupiais: uma nova perspectiva para o estudo do comportamento locomotor de animais silvestres. Bioletim, v. 4, p. 1, 2004.


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Almeida, P.J.A.L. ; Loretto, Diogo ; Vieira, Marcus Vinicius ; Barros, M.M. . O movimento dos animais. Diário do Grande ABC, 08 mar. 2010.

2.
Leite, V. ; Astúa, D. ; Loretto, Diogo . Os fedidos também amam. Ciência Hoje, http://cienciahoje.uol.com.br/, p. 1 - 2, 28 jul. 2015.

3.
Loretto, Diogo ; OLIFIERS, Natalie . De brinquedo a ferramenta educacional. Ciência Hoje Online, Rio de Janeiro, p. 01 - 03, 01 nov. 2016.

4.
Loretto, Diogo ; OLIFIERS, Natalie . Detetives de Pegadas. Ciência Hoje das Crianças, Rio de Janeiro, p. 01 - 03, 01 nov. 2016.

5.
Loretto, Diogo . Ai, que fedor!. Ciência Hoje das Crianças, Rio de Janeiro, RJ, 13 jan. 2016.


Apresentações de Trabalho
1.
Loretto, Diogo . Comunicando Ciência: para não ser idiota!. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Loretto, Diogo . Ecologia e Conservação no contexto da Gestão de Unidades de Conservação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Loretto, Diogo . Ecologia e Conservação no contexto da Gestão de Unidades de Conservação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Loretto, Diogo . Ecologia e Conservação no contexto da Gestão de Unidades de Conservação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Loretto, Diogo . Comunicando Ciência: para não ser idiota!. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
Loretto, Diogo . Monitoramento da biodiversidade para um mundo não ideal. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
LORETTO, Diogo . Monitoramento da biodiversidade para um mundo não ideal. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
Loretto, Diogo . Educação Ambiental em Unidades de Conservação. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
Loretto, Diogo . Educação Ambiental em Unidades de Conservação. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
Loretto, Diogo . VII Curso de Formação e Capacitação em Educação Ambiental. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
LORETTO, Diogo . Os bichos também mamam. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
Loretto, Diogo . Relato sobre o Estudo de Monitoramento da Mastofauna de médio e grande porte nos domínios de influência do projeto de pavimentação da estrada Paraty-Cunha, RJ165. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
Loretto, Diogo . Comunicando Ciência: para não ser idiota!. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
LORETTO, D . Biólogo vai até o topo de árvores para estudar pequenos mamíferos. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
LORETTO, Diogo . Mastozoolgoia. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LORETTO, D . City Nature Challenge 2018 - Rio de Janeiro. 2018. (Concurso).


Redes sociais, websites e blogs
1.
LORETTO, D ; DELCIELLOS, Ana Cláudia . O estresse do meio ambiente. 2008; Tema: Ecologia. (Site).

2.
LORETTO, D . Os bichos também mamam. 2017; Tema: Reprodução de mamíferos. (Blog).

3.
Loretto, Diogo . O caso recente ocorrido na Ilha Grande e como parte da sociedade vê a ciência. 2018; Tema: Ciência e Sociedade. (Blog).

4.
Loretto, Diogo . Sob ameaça: os últimos e mais isolados refúgios da Mata Atlântica não estão protegidos de ações impactantes da sociedade brasileira. 2017; Tema: Ecologia, Poluição, Áreas Protegidas. (Blog).



Outras informações relevantes


Aprovado no dia 10/03/2017 no Concurso Público para Professor Adjunto do Departamento de Ecologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Edital Nº 215, de 29 de junho de 2016).

Aprovado no dia 01/11/2012, e publicado no Diário Oficial da União em 06/11/2012, para a vaga de Professor Temporário de Expansão do Instituto de Biologia / Departamento de Ecologia, área de Ecologia de Ecossistemas, referente ao Edital nº 98 de 13 de junho de 2012, publicado em DOU nº 115 de 15 de junho de 2012, Seção 3, pág. 72.

Aprovado e Habilitado no Concurso Público para provimento de cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (Edital Nº 59/2013 do IFRJ, vaga RJ-082, pág. 17) divulgado em 20/12/2013 no página eletrônica da Instituição.

Dissertação de Mestrado pode ser baixada em http://teses.ufrj.br/CCS_M/DiogoLoretto.pdf
Tese de Doutorado pode ser baixada em https://www.researchgate.net/publication/235700476_Ecologia_de_pequenos_mamferos_arborcolas_estado_do_conhecimento_mtodos_de_amostragem_e_estudo_populacional_com_nfase_no_bioma_da_Mata_Atlntica?ev=prf_pub

Membro da Sociedade Brasileira de Mastozoologia desde 2005.
Membro da Sociedade Brasileira de Zoologia desde 2007.

Participante da Diretoria da Sociedade Brasileira de Mastozoologia como Segundo Tesoureiro, eleito em assembléia de 27/06/2012.
Período: 07/2012 a 09/2014

Participante da Diretoria da Sociedade Brasileira de Mastozoologia como Primeiro Tesoureiro, eleito em assembléia de 25/09/2014.
Período: 09/2014 a 08/2017.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/01/2019 às 20:21:09