Levi Pedro Barbosa de Oliveira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7973481486042290
  • Última atualização do currículo em 11/09/2018


Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (1994), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (1997) e doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (2001). Atualmente é pesquisador - Núcleo de Estudos e Pesquisas do Nordeste, pesquisador da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Sergipe e professor adjunto iv da Universidade Federal de Sergipe. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Eletrônica Industrial, atuando principalmente nos seguintes temas: eletronica de potencia, reconhecimento de padrões, soft-switching, microcontrolador e processamento de imagem. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Levi Pedro Barbosa de Oliveira
Nome em citações bibliográficas
OLIVEIRA, L. P. B.;OLIVEIRA, LEVI P. B.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Sergipe, Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica.
Av. Marechal Rondon, s/n
Jardim Rosa Elze
49100000 - São Cristóvão, SE - Brasil
Telefone: (79) 21056834
URL da Homepage: levi.del.ufs.br


Formação acadêmica/titulação


1997 - 2001
Doutorado em Engenharia Elétrica.
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
Título: Aplicações da Comutação Suave em Conversores Fonte de Corrente e no Acionamento do Motor de Relutância Chaveado., Ano de obtenção: 2002.
Orientador: EDISON ROBERTO CABRAL DA SILVA.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Motor de relutância; PERDAS EM CONVERSORES; ACIONAMENTO POR MICROCOMPUTADOR.
Grande área: Engenharias
Setores de atividade: Energia; Industria Eletro-Eletrônica.
1995 - 1997
Mestrado em Engenharia Elétrica.
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
Título: ESTUDO DOS CONVERSORES COM CORRENTE PULSADA NO BARRAMENTO CC,Ano de Obtenção: 1997.
Orientador: Edison Roberto Cabral da Silva.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: CONVERSORES ESTÁTICOS; CORRENTE PULSADA; BARRAMENTO CC.
Grande área: Engenharias
Setores de atividade: Energia; Industria Eletro-Eletrônica.
1989 - 1994
Graduação em Engenharia Elétrica.
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 40

Atividades

7/2005 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Departamento de Fisica.

7/2005 - Atual
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Eletrônica de Potência
Eletrotécnica geral
Introdução à Engenharia Elétrica
Introdução à Instrumentação
Máquinas Elétricas
Materiais Elétricos
Circuitos Digitais
3/2005 - 6/2005
Ensino, Bacharelado em Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Circuitos Lógicos
Circuitos Integrados
Introdução à Ciência da Computação

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Sergipe, FAP-SE, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - Atual
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 0


Instituto de Tecnologia e Pesquisa, ITP, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 6
Outras informações
Pesquisa e Desenvolvimento Serviços Técnicos Especializados


Núcleo de Estudos e Pesquisas do Nordeste, NEPEN, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 6
Outras informações
Pesquisa e desenvolvimento Serviços técnicos especializados

Atividades

2/2004 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Estudos e Pesquisas do Nordeste, .


Universidade Tiradentes, UNIT, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2005
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 30

Atividades

3/2003 - 6/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Tecnologia e Pesquisa, .

2/2003 - 6/2005
Ensino, Bacharelado Em Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sistemas Digitais de Controle
Computação Visual II
Linguagem de Programação e Laboratório III
2/2003 - 6/2005
Ensino, Sistemas de Informação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquitetura e Organização de Computadores
8/2002 - 6/2005
Ensino, Automação Industrial, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Eletrônica Industrial e Acionamento de Máquinas
8/2002 - 6/2005
Ensino, Bacharelado Em Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Linguagem de Programação e Laboratório III
8/2001 - 12/2001
Ensino, Bacharelado Em Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Linguagem de Programação e Laboratório III

Sociedade Anônima de Eletrificação da Paraíba, SAELPA, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: ESTAGIÁRIO, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: ESTAGIÁRIO, Carga horária: 40

Atividades

6/1994 - 10/1994
Estágios , Divisão de Operações do Cariri Dtoc, .

Estágio realizado
MANUTENÇÃO DE SUBESTAÇÕES.

Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado III, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: MONITOR DE LABORATÓRIO DE CONVERSÃO, Carga horária: 4

Vínculo institucional

1993 - 1993
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: MONITOR DE LABORATÓRIO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS, Carga horária: 4

Atividades

2/1993 - 6/1994
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
LABORATÓRIO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS
LABORATÓRIO DE CONVERSÃO ELETROMAGNÉTICA DE ENERGIA

Petróleo Brasileiro - Rio de Janeiro - Matriz, PETROBRAS, Brasil.
Vínculo institucional

1984 - 1988
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: CONTRAMESTRE DE CONSTRUÇÕES MONTAGENS E INST., Carga horária: 40

Atividades

11/1984 - 12/1988
Serviços técnicos especializados , Segen, Empro.

Serviço realizado
PLANEJAMENTO DE OBRAS.

Telecomunicações de Sergipe S A, TELERGIPE, Brasil.
Vínculo institucional

1984 - 1984
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: ESTAGIÁRIO NO LABORATÓRIO DE TRANSMISSÃO, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

1/1984 - 4/1984
Estágios , Laboratório de Transmissão, .

Estágio realizado
DESENVOLVIMENTO DE MULTIPLEXADOR.


Linhas de pesquisa


1.
Processamento de Sinais
2.
Processamento de Imagens
3.
Processamento de imagem
4.
Reconhecimento de padrões
5.
Biometria
6.
Eletrônica de Potência
7.
Automação e Controle


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Estudo de Reatores Eletrônicos de Lâmpadas Fluorescentes Compactas e o efeito Flicker
Descrição: O flicker (cintilação) é a variação luminosa de uma lâmpada submetida à flutuação de tensão e perceptível pelo olho humano. O flicker produz transtornos visuais, que incluem incômodos visuais a dores de cabeça e mal-estar (Wilkins, 1989). Em casos mais severos, pode causar ataques epilépticos em indivíduos propensos a essa afecção (Wilkins, 2010). O fenômeno tão relevante que os indicadores de flutuação de tensão são determinados a partir do nível de severidade do flicker que seria produzido em lâmpadas incandescentes. Por essas razões, a flutuação de tensão deve ser mantida dentro de níveis de compatibilidade. No Brasil, esses indicadores são definidos nos Procedimentos de Rede (ONS, 2010) e nos Procedimentos de Distribuição da Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional (ANEEL, 2014). A metodologia de medição do flicker é definida pela norma IEC 61000-4-15 (IEC, 2010), que é adotada em diversos países, inclusive no PRODIST. A metodologia define as características e as funcionalidades do medidor de flicker, chamado Flickermeter (ou Flickermeter IEC). O Flickermeter foi concebido para mensurar o flicker de forma semelhante a como um indivíduo perceberia a cintilação, simulando, para isso, o sistema lâmpada incandescente-olho-cérebro. Nesse sistema é realizada a aquisição do sinal de tensão, que é aplicado a um modelo de lâmpada incandescente. O sinal produzido pelo modelo está associado à cintilação da lâmpada incandescente e é processado pelo modelo olho-cérebro, que simula a percepção de um indivíduo ao flicker instantâneo. Processos estatísticos finalizam o processo, determinando o nível de severidade do flicker. Quanto maior o nível de flicker, maior seria o incômodo visual percebido por um indivíduo. Apesar de ser amplamente adotado, o Flickermeter tem limitações (Gallo, 2008; Macedo, 2012). A principal limitação deve-se ao fato da metodologia basear-se no flicker produzido em um modelo da lâmpada incandescente. Essa concepção impossibilita que o Flickermeter determine corretamente o flicker real existente em ambientes iluminados por lâmpadas de outras tecnologias (e.g. lâmpada de LED) ? como menciona a própria norma (IEC, 2010). A explicação é simples: o funcionamento e a dinâmica de uma lâmpada não incandescente são distintos de uma lâmpada incandescente. Ou seja, uma lâmpada incandescente e uma lâmpada fluorescente, submetidas a uma mesma flutuação de tensão, produzem diferentes níveis de flicker (Colnago, 2013). Nos últimos anos a limitação da metodologia tornou-se um problema, pois a lâmpada incandescente vem sendo substituída por lâmpadas de outras tecnologias. Questões de eficiência energética tornaram a lâmpada incandescente proibitiva, sendo gradualmente proibida nos mercados (Comissão Europeia, 2014; Portal do Planalto, 2014). Somando-se a esse fato a limitação do modelo do Flickermeter, a aplicação da norma IEC 61000-4-15 tornou-se inadequada para determinar se uma flutuação de tensão realmente produz o flicker..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Integrante / Guilherme Piazentini Colnago - Coordenador.
2015 - Atual
Aplicação de Sistema Wireless no Controle de Processos
Descrição: Os sistemas industriais atuais possuem sistemas da automação onde é possível ainda encontrar os antigos link de 4 a 20mA, os quais se caracterizam por introduzir um par de fios para cada ponto a ser monitorado, ao mesmo tempo também se observam protocolos seriais, como por exemplo o Hart que ainda produz topologias similares a anterior. Os sistemas mais modernos já usam na sua implementação redes do tipo Fieldbus, como por exemplo Profibus e o Foundation Fieldbus. Estes últimos constituem verdadeiras redes de dados em tempo real aplicadas ao monitoramento e supervisão de processos industriais. Diferentemente, das tecnologias acima apresentadas a aplicação da tecnologia Wireless no controle de processos permitirá eliminar em maior grado a fiação dos sistemas de automação e adicionalmente permitirá também aproveitar todos os recursos que as tecnologias de rede digital, como por exemplo do tipo Fieldbus, oferecem aos sistemas de automação. Entre estas funções podemos citar: utilização de unidades de engenharia, geração de relatórios, autodiagnóstico, gerenciamento de ativos, etc. Considerando como exemplo a produção de óleo, a instalação de sensores wireless pode significar economia para o desenvolvimento ou ampliação das facilidades de uma variedade de plantas como por exemplo tanques de armazenamento, plantas de tratamento de água, linhas de interconexão, mainfolds, etc. Adicionalmente, a cobertura total por WiFi e WSN abrem a porta a muitas novas aplicações, desta forma o desenvolvimento de metodologias consistentes para o desenvolvimento de m sistema de sensores wireless estão se tornando cada vez mais obrigatórias para a maioria das companhias deste segmento. O presente trabalho procurará as formas de comunicação mais adequadas de forma a implementar uma rede determinística que permita suportar aplicações de controle em tempo real..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Integrante / Carlos Alberto Villacorta Cardoso - Coordenador.
2014 - 2015
Análise da Susceptibilidade de Reatores Eletrônicos na Produção de Flicker em Lâmpadas Fluorescentes Compactas
Descrição: A flutuação de tensão é um distúrbio comumente associado à alteração rápida e brusca da potência de médias e grandes cargas. A alteração da demanda de potência provoca a variação da corrente da carga, o que produz a flutuação de tensão em outras cargas que compartilham a impedância de linha do barramento (Wang, 2004). Entre os efeitos adversos da flutuação de tensão pode-se mencionar a variação do momento de motores elétricos e as falhas em sistemas eletrônicos, como computadores e equipamentos de telecomunicação. Entretanto, o efeito adverso mais associado à flutuação de tensão é o flicker (Bollen, 2006). O flicker, ou cintilação, é a variação do fluxo luminoso (perceptível pelo olho humano) das lâmpadas afetadas pela flutuação de tensão. O flicker produz transtornos visuais, que incluem incômodos visuais a dores de cabeça e mal-estar (Wilkins, 1989). Em casos mais severos, pode causar ataques epilépticos em indivíduos propensos a essa afecção (Wilkins, 2010). Por essas razões, a flutuação de tensão deve ser mantida dentro de níveis de compatibilidade. No Brasil, esses níveis são definidos nos Procedimentos de Rede (ONS, 2009) e nos Procedimentos de Distribuição da Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional (ANEEL, 2012). O flicker é um fenômeno tão relevante que os indicadores de flutuação de tensão são determinados a partir do nível de severidade do flicker produzido (ANEEL, 2012). A metodologia de medição do flicker é definida pela norma IEC 61000-4-15 (IEC, 2010), que é adotada em diversos países. A metodologia define as características e as funcionalidades do medidor de flicker, chamado Flickermeter ou Flickermeter IEC. O Flickermeter IE foi concebido para mensurar o flicker de forma semelhante a como um indivíduo perceberia a cintilação, simulando, para isso, um sistema lâmpada-olho-cérebro. Nesse sistema é realizada a aquisição do sinal de tensão, que é aplicado a um modelo de lâmpada incandescente. O sinal produzido pelo modelo está associado à cintilação da lâmpada incandescente e é processado pelo modelo olho-cérebro, que simula a percepção de um indivíduo ao flicker instantâneo. Processos estatísticos finalizam o processo, determinando o nível de severidade do flicker (IEC, 2010; Macedo, 2011). Quanto maior o nível de flicker, maior seria o incômodo visual percebido por um indivíduo. Apesar de ser amplamente adotado, o Flickermeter IEC tem limitações (Gallo, 2008; Macedo, 2012). A principal limitação deve-se ao fato da metodologia basear-se no flicker produzido em um modelo da lâmpada incandescente. Essa concepção impossibilita que o Flickermeter IEC determine corretamente o flicker real existente em ambientes iluminados por lâmpadas de outras tecnologias (e.g. lâmpada de LED) ? como informa a própria norma (IEC, 2010). A explicação é simples: o funcionamento e a dinâmica de uma lâmpada não-incandescente são distintos da lâmpada incandescente. Ou seja, uma lâmpada incandescente e uma lâmpada fluorescente, submetidas a uma mesma flutuação de tensão, produzem diferentes níveis de flicker (Colnago, 2013). Nos últimos anos a limitação da metodologia tornou-se um problema, pois a lâmpada incandescente vem sendo substituída por lâmpadas de outras tecnologias. Questões de eficiência energética tornaram a lâmpada incandescente proibitiva, sendo gradualmente proibida nos mercados (Comissão Europeia, 2014; Portal do Planalto, 2014). Somando-se a esse fato a limitação do modelo do Flickermeter IEC, a aplicação da norma IEC 61000-4-15 torna-se inadequada para determinar se uma flutuação de tensão realmente produz o flicker..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Integrante / Guilherme Piazentini Colnago - Coordenador.
2003 - 2005
Desenvolvimento de ferramentas para a elaboração de jogos em computador
Descrição: Objetivo Geral: Criação e instalação de um Laboratório de Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos, visando o desenvolvimento, divulgação e sedimentação de uma linha de pesquisa inovadora no país, bem como incentivar o desenvolvimento de ferramentas e jogos, capacitação de recursos humanos, e constituir um canal de comunicação entre os grupos emergentes na área, situados tanto nas Instituições de Ensino Superior quanto na indústria. Objetivos específicos: A importância da criação de um Laboratório na área de jogos Eletrônicos em Sergipe pode ser avaliada pelos objetivos abaixo: 1)Capacitar nas inovações e estudos científicos da área de computação gráfica e algoritmos computacionais aplicados em jogos; 2)Desenvolver tecnologias e ferramentas para o desenvolvimento de jogos eletrônicos; 3)Estimular a apresentação de artigos e trabalhos científicos na área, conjuntamente com empreendedores no desenvolvimento de know-how genuinamente nacional ou em parcerias. 4)Sensibilizar a política pública, empresas privadas e a sociedade quanto a dimensão do mercado; 5)Estabelecer uma Rede Nordeste de Games, com participação da academia e a indústria, tanto a nível nacional e internacional..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Coordenador / Antonio Ramirez Hidalgo - Integrante / Jugurta Rosa Moltalvão Filho - Integrante.Financiador(es): Banco do Nordeste do Brasil S/A - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2015 - 2015
Programação c/c++ para Engenharia
Descrição: O projeto destinou-se à capacitação de alunos do Engenharia na programação c/c++ voltada para o uso de portas de comunicação de um pc com sensores e atuadores de uma rede sem fio zigbee..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (19) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Coordenador.
2015 - Atual
Impressora 3D no auxílio ao ensino nas escolas públicas.
Descrição: Esta proposta de trabalho tem como objetivo apresentar um conceito relativamente novo à sociedade e ainda pouco conhecido no mercado, mas com um grande potencial educacional em futuro breve. Trata-se da tecnologia de impressão 3D, ou seja, ao invés da impressora imprimir um texto em papel, imprimirá objetos tridimensionais. Os projetos de hardware (das próprias peças da impressora 3D) e software abertos, disponíveis na internet, contribuíram para a redução dos custos destes aparelhos e tem promovido uma rápida popularização desta tecnologia. Esta proposta, que fará parte de um programa de brinquedos educativos usados no auxílio à educação, permitirá iniciar os trabalhos com a aquisição de peças para montagem de uma impressora 3D de baixo custo, que será montada calibrada e levada às escolas públicas do município de Aracaju. Será desenvolvido um manual passo a passo sobre o seu uso e suas aplicações, assim como realizado o treinamento dos professores que a utilizarão..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Coordenador / Antonio Ramirez Hidalgo - Integrante / Guilherme Piazentini Colnago - Integrante / RITA DE CACIA SANTOS SOUZA - Integrante.


Projetos de desenvolvimento


2015 - Atual
DESENVOLVIMENTO DE UMA UNIDADE PARA MONITORAMENTO E CONTROLE DE KICKS
Descrição: Este projeto visa possibilitar a detecção rápida de um Kick, permitindo o fechamento antecipado do poço, diminuindo o volume ganho e consequentemente diminuindo as pressões. O que facilitará a circulação com maior margem de segurança para o controle, principalmente quando o poço for projetado considerando a tolerância ao Kick. Trata-se de um projeto que irá implementar um diferencial a nível internacional no seu produto e para atingir uma necessidade do mercado, buscando assim minimizar os riscos nas atividades de perfuração (kick/Blowout) e uma melhoria no monitoramento e nas análises de dados que passarão a ser mais confiáveis, possibilitando ações mais rápidas quando necessárias..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2015 - Atual
Analisador de Qualidade da Tensão Elétrica de Baixo Custo
Descrição: Para disciplinar o relacionamento entre distribuidoras de energia elétrica e agentes do setor, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) publicou em 2008 os Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional, o PRODIST. O PRODIST é formado por 9 módulos, que normatizam e padronizam as atividades técnicas relacionadas ao funcionamento e desempenho dos sistemas de distribuição de energia elétrica (ANEEL, 2015). O Módulo 8 do PRODIST, intitulado ?Qualidade da Energia Elétrica?, é de especial interesse para os agentes do setor. Nesse módulo são estabelecidos os procedimentos relativos à Qualidade da Energia Elétrica (QEE), abordando a Qualidade do Produto (QoP) e a Qualidade do Serviço (QoS). Na parte referente à QoP se define a terminologia, a caracterização dos fenômenos, parâmetros e valores de referência relativos à conformidade de tensão e às perturbações na forma de onda. Na parte referente à QoS são estabelecidas as metodologias para apuração dos indicadores de Continuidade (Interrupção de Tensão) e o tempo de atendimento das ocorrências, além da definição de padrões e responsabilidades..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Integrante / Guilherme Piazentini Colnago - Coordenador.
2015 - Atual
Desenvolvimento de um Gerador Fotovoltaico
Descrição: A fonte de geração de energia elétrica no Brasil é primariamente hídrica e responde por 67% [1] da eletricidade disponível no Brasil. Apesar de ser um meio renovável de geração, tem a desvantagem de causar impactos ambientais consideráveis devido à necessidade de alagamento de vastas áreas para a construção de reservatórios. Além disso, mesmo com a abundância de recursos hídricos disponíveis para produção de eletricidade em larga escala, as bacias hidrográficas mais adequadas para tal finalidade se encontram na Região Norte, em locais de difícil acesso e longe das regiões mais industrializadas onde a demanda por eletricidade é maior. Prova disso é que o rio Tocantins, possui a maior capacidade instalada exclusivamente em território nacional, mesmo tendo apenas uma hidrelétrica em funcionamento atualmente [2]. Esse fato acarreta mais gastos, uma vez que faz necessários mais investimentos na estrutura de transmissão, crucial para o deslocamento de grandes quantidades de energia das regiões geradoras para os centros de consumo. Em virtude disso, o planejamento da expansão do setor elétrico, produzido pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) prevê a diversificação da matriz da energia elétrica, historicamente concentrada na geração por meio de fonte hidráulica. Um dos principais objetivos desta decisão é reduzir a relação de dependência existente entre volume produzido e condições hidrológicas ou nível pluviométrico na cabeceira dos rios que abrigam estas usinas. Uma das formas alternativas de geração de energia elétrica é através do uso de células fotovoltaicas que, além de levar a "usina geradora" para próximo do consumidor, só precisa da área do telhado de casas e/ou prédios para atender as demandas por energia elétrica. Enfim, as vantagens da energia solar ficam evidentes quando os custos ambientais de extração, geração, transmissão, distribuição e uso final de fontes fósseis de energia. Segundo relatório do Instituto Vitae Civilis, o Brasil, por sua localização e extensão territorial, recebe energia solar da ordem de 1013 MWh (mega Watt hora) anuais, o que corresponde a cerca de 50 mil vezes o seu consumo anual de eletricidade. Apesar disso, possui poucos equipamentos de conversão de energia solar em outros tipos de energia, que poderiam estar operando e contribuindo para diminuir a pressão para construção de barragens para hidrelétricas, queima de combustíveis fósseis, desmatamentos para produção de lenha e construção de usinas atômicas. Ainda assim, o atlas brasileiro de energia solar publicado pelo INPE aponta para uma contribuição de apenas 2,8% [3], se somadas a quantidade de energia gerada por fontes eólicas e fotovoltáicas. Também, aponta-se como dificuldade além de caros, os equipamentos como as placas solares (conhecidas tecnicamente como módulos fotovoltaicos), inversores, cabos e a estrutura de sustentação, ainda são em sua maior parte importados, o que ainda expõe esse mercado à atual volatilidade do câmbio..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Coordenador / Antonio Ramirez Hidalgo - Integrante / Carlos Alberto Villacorta Cardoso - Integrante / Guilherme Piazentini Colnago - Integrante.
2012 - 2014
SISTEMA DE MONITORAMENTO INTEGRADO DAS OPERAÇÕES DE SONDAS DE PERFURAÇÃO/PRODUÇÃO NO PRÉ-SAL
Descrição: Desenvolvimento de um sistema para integrar o monitoramento operacional com o visual e transmissão wireless de sondas de perfuração e de produção, que possibilite a realização de operações com maior segurança e controle por parte do operador..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Integrante / Antonio Ramirez Hidalgo - Integrante / Milthon Serna Silva - Coordenador.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
2010 - 2011
MONITORAMENTO INTEGRADO WIRELESS DE UMA UNIDADE DE PRODUÇÃO DE PETRÓLEO
Descrição: Desenvolvimento de um sistema que permita adquirir a informação oriunda de sensores que medem variáveis de aplicações industriais de forma confiável, integrando operação, manutenção, meio ambiente e segurança..
Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Coordenador / Antonio Ramirez Hidalgo - Integrante / Milthon Serna Silva - Integrante.Financiador(es): Banco do Nordeste do Brasil - Auxílio financeiro.
2005 - 2009
Sistema eletrônico de acionamento por voz. Financiamento FAP-SE/FUNTEC/MCT/FINEP
Descrição: Implementar um software parareconhecimento de timbre de voz, que atuará como coadjuvante, aumentando a segurança, nos processos de atendimentos via telefone ou internet. O desempenho desse software é propiciado pelo uso de algoritmos de extração de características resultantes do pré-processamento da voz..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Coordenador / Eduardo Oliveira Freire - Integrante / Jugurta Rosa Montalvão Filho - Integrante / Antonio Ramirez Hidalgo - Integrante / Lurimar Smera Batista - Integrante / Edson Leal Menezes Neto - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Sergipe - Auxílio financeiro.
2003 - 2006
Laboratório de Desenvolvimento de Games

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Antonio Ramirez Hidalgo em 15/03/2018.
Descrição: Implementação de Laboratório de desenvolvimento de games nas dependências do ITP da Universidade Tiradentes - UNIT..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Integrante / Eduardo Oliveira Freire - Integrante / Jugurta R Montalvão Filho - Integrante / Antonio Ramirez Hidalgo - Coordenador.


Outros Projetos


2006 - 2009
Implementação da infraestrutura do Laboratório de Automação, Controle e Simulação Computacional LACS
Descrição: Criar a infra-estrutura do Laboratório de Automação, Controle e Simulação LACS para desenvolver linhas de pesquisa nas áreas de automação e controle e na modelagem matemática e simulação computacional dos processos envolvidos na produção de petróleo e gás..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Levi Pedro Barbosa de Oliveira - Integrante / Eduardo Oliveira Freire - Integrante / Antonio Ramirez Hidalgo - Integrante / Leocarlos Bezerra da Silva Lima - Coordenador / Ricardo José Paiva de Britto Salgueiro - Integrante.Financiador(es): Petróleo Brasileiro - Rio de Janeiro - Matriz - Auxílio financeiro.


Revisor de projeto de fomento


2012 - Atual
Agência de fomento: (FAPITEC/SE) Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estad


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos/Especialidade: Eletrônica Industrial.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos/Especialidade: Automação Eletrônica de Processos Elétricos e Industriais.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos/Especialidade: Controle de Processos Eletrônicos, Retroalimentação.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Sistemas de Computação/Especialidade: Hardware.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Metodologia e Técnicas da Computação/Especialidade: Processamento Gráfico (Graphics).
6.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Reconhecimento de Padrões.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
OLIVEIRA, L. P. B.;OLIVEIRA, LEVI P. B.2003OLIVEIRA, L. P. B.; OLIVEIRA, A. C. ; SILVA, E. R. C. ; LIMA, A. M. N. ; JACOBINA, C. B. . Acionamento eletrônico de motor de relutância: determinação do perfil da indutância, controle do conjugado e comutação suave. Eletrônica de Potência (Florianópolis), v. 8, n.1, p. 25-32, 2003.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FONTES, ABRAHAO S. ; CARDOSO, CARLOS A. V. ; OLIVEIRA, LEVI P. B. . Comparison of techniques based on current signature analysis to fault detection and diagnosis in induction electrical motors. In: 2016 Electrical Engineering Conference (EECon), 2016, Colombo. 2016 Electrical Engineering Conference (EECon), 2016. p. 74.

2.
SILVA, M. S. ; OLIVEIRA, L. P. B. ; HIDALGO, Antonio Ramirez . Monitoreo Integrado de Sondas de Perforación y Producción de Petróleo.. In: Congreso Latinoamericano de Controle y automación, 2012, Lima. XV Congreso LatinoAmericano de Control Automático, 2012.

3.
SILVA, M. S. ; OLIVEIRA, L. P. B. . Desenvolvimento de uma Unidade para Monitoramento e Controle de Kick. In: Rio Oil & Gas Expo and Conference, 2012, Rio de Janeiro. RIO OIL & GAS CONFERENCE 2012, 2012.

4.
SILVA, M. S. ; HIDALGO, Antonio Ramirez ; OLIVEIRA, L. P. B. . Aplicación de Redes ZigBee en el Monitoramiento de Instalaciones Petroleras. In: XIV Congreso Latinoamericano de Automática, 2010, SANTIAGO. XIV Congreso Latinoamericano de Automática, 2010.

5.
HIDALGO, Antonio Ramirez ; OLIVEIRA, L. P. B. ; SILVA, M. S. . Sistema de Sensoriamento de Máquinas via ZigBee. In: XVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE AUTOMÁTICA, 2010, BONITO. XVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE AUTOMÁTICA, 2010. p. 2625-2630.

6.
HIDALGO, Antonio Ramirez ; OLIVEIRA, L. P. B. ; OLIVEIRA, L. N. . CONVERSOR DE LINGUAGEM LADDER PARA LINGUAGEM ASSEMBLER DE MICROCONTROLADORES. In: XV International Congress on Electrical, Electronics & Systems Engineering, 2008, TRUJILLO. INTERCON 2008, 2008.

7.
HIDALGO, Antonio Ramirez ; OLIVEIRA, L. P. B. ; OLIVEIRA, L. N. . Linguagem Ladder para programar microcontroladores em aplicações como controladores industriais programáveis. In: XVII CONGRESSO BRASILEIRO DE AUTOMÁTICA, 2008, JUIZ DE FORA. XVII CONGRESSO BRASILEIRO DE AUTOMÁTICA, 2008.

8.
MOLTALVÃO FILHO, Jugurta Rosa ; BEZERRA JUNIOR, Murilo A ; OLIVEIRA, L. P. B. . CLUSTERING WITH MULTILAYER PERCEPTRONS AND HEBBIAN LEARNING BASED ON KULLBACK-LEIBLER DIVERGENCE. In: IEEE International Workshop on Machine Learning for Signal Processing (MLSP), 2004, São Luiz. PROCEEDINGS OF THE 2004 IEEE SIGNAL PROCESSING SOCIETY WORKSHOP, 2004. p. 243-252.

9.
OLIVEIRA, L. P. B.; MOLTALVÃO FILHO, Jugurta Rosa ; HIDALGO, Antonio Ramirez ; BATISTA, L. S. . Biometric Identification/Verification via Keystroke Dynamics: A Multi-Feature Approach. In: BIOMAT IV SYMPOSIUM, 2004, Ilhéus - Bahia. Biometric Identification/Verification via Keystroke Dynamics: A Multi-Feature Approach, 2004.

10.
SILVA, E. R. C. ; CAVALCANTI, M. C. ; OLIVEIRA, L. P. B. ; JACOBINA, C. B. . A Technique for Calculation of Losses: Application to Pulsed DC-Link Converters. In: IEEE INDUSCON 2002 - V CONFERÊNCIA DE APLICAÇÕES INDUSTRIAIS, 2002, SALVADOR. Anais do Proceedings of the V IEEE Induscon, 2002. p. 661-666.

11.
OLIVEIRA, L. P. B.; SILVA, E. R. C. ; LIMA, A. M. N. ; JACOBINA, C. B. . A ZVCT power converter topology for variable reluctance machine drives. In: 6o. Congresso Brasileiro de Eletrônica de Potência, 2001, Florianópolis. Anais do 6o. Congresso Brasileiro de Eletrônica de Potência. Florianópolis: SOBRAEP, 2001. v. 2. p. 804-809.

12.
CAVALCANTI, M. C. ; SILVA, E. R. C. ; JACOBINA, C. B. ; OLIVEIRA, L. P. B. . A Novel quasi-square-wave dc-link converters. In: 6o. Congresso Brasileiro de Eletrônica de Potência, 2001, Florianópolis. Anais do 6o. Congresso Brasileiro de Eletrônica de Potência. Florianópolis: SOBRAEP, 2001. v. 2. p. 589-594.

13.
SILVA, E. R. C. ; OLIVEIRA, L. P. B. ; LIMA, A. M. N. ; JACOBINA, C. B. . A soft-switched pwm converter for variable reluctance motor drives. In: XIII CONGRESSO BRASILEIRO DE AUTOMÁTICA (CBA2000), 2000, Florianópolis, SC. Anais do CBA2000. Santa Catarina: Sociedade Brasileira de Automática, 2000, 2000.

14.
OLIVEIRA, L. P. B.; SILVA, E. R. C. ; JACOBINA, C. B. ; LIMA, A. M. N. . New Soft-Switched Power Converter Topologies For Variable Reluctance Machine Drives. In: POWER ELECTRONICS SPECIALISTS CONFERENCE, 1999, Charleston. ANAIS DO POWER ELECTRONICS SPECIALISTS CONFERENCE. PISCATAWAY, NJ: The Institute of Electrical and Electronics Engineers, 1999. v. 2. p. 826-831.

15.
REIS, L. L. M. ; OLIVEIRA, L. P. B. ; SILVA, E. R. C. ; LIMA, A. M. N. . New ZCS and ZVS power converter topologies for variable reluctance machine drives. In: 5o. Congresso Brasileiro de Eletrônica de Potência, 1999, Foz do Iguaçu. Anais do 5º Congresso Brasileiro de Eletrônica de Potência. Florianópolis, SC:: Sociedade Brasileira de Eletrônica de Potência, 1999. p. 614-619.

16.
SILVA, E. R. C. ; OLIVEIRA, L. P. B. ; JACOBINA, C. B. . Tecnicas de Controle Utilizadas Em Inversores Fonte de Corrente Com Corrente Pulsada No Barramento. In: XI CONGRESSO BRASILEIRO DE AUTOMÁTICA, 1998, UBERLANDIA-MG-BRASIL. ANAIS DO XII CONGRESSO BRASILEIRO DE AUTOMÁTICA, 1998.

17.
SILVA, E. R. C. ; OLIVEIRA, L. P. B. ; JACOBINA, C. B. . Classification Of Pulsed Dc Link Current Converters And An Alternative Topology With Pwm Capability. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ELETRÔNICA DE POTÊNCIA (COBEP), 1997, Belo Horizonte. ANAIS DO 4o. CONGRESSO BRASILEIRO DE ELETRÔNICA DE POTÊNCIA (COBEP). Belo Horizonte-MG-Brasil: Sociedade Brasileira de Eletrônica de Potência, 1997. p. 562-567.

18.
SILVA, E. R. C. ; MURAI, Y. ; LIPO, T. A. ; OLIVEIRA, L. P. B. ; JACOBINA, C. B. . Pulsed Dc-Link Current Converter: A Review. In: IEEE 1997 INDUSTRY APPLICATIONS CONFERENCE, 1997, NEW ORLEANS. ANAIS IEEE 1997 INDUSTRY APPLICATIONS CONFERENCE, 1997. p. 1406-1413.

19.
OLIVEIRA, L. P. B.; SILVA, E. R. C. ; JACOBINA, C. B. . Técnicas de Modulação Vetorial Para Conversores Pwm Com Corrente Pulsada No Barramento Cc. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ELETRONICA DE POTENCIA, 1997, BELO HORIZONTE. ANAIS DO CONGRESSO BRASILEIRO DE ELETRONICA DE POTENCIA, 1997. p. 644-649.

Apresentações de Trabalho
1.
Nascimento, F.M. ; HIDALGO, Antonio Ramirez ; OLIVEIRA, L. P. B. ; ANDRADE, A. C. S. . Beach Profiler: Um software para análise das mudanças morfológicas da praia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
HIDALGO, Antonio Ramirez ; OLIVEIRA, L. P. B. ; OLIVEIRA, L. N. . CONVERSOR DE LINGUAGEM LADDER PARA LINGUAGEM ASSEMBLER DE MICROCONTROLADORES. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
HIDALGO, Antonio Ramirez ; OLIVEIRA, L. P. B. ; OLIVEIRA, L. N. . LINGUAGEM LADDER PARA PROGRAMAR MICROCONTROLADORES EM APLICAÇÕES COMO CONTROLADORES INDUSTRIAIS PROGRAMÁVEIS. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
SISTEMA INTELIGENTE DE MONITORAMENTO INTEGRADO DA OPERAÇÃO DAS UNIDADES DE PERFURAÇÃO DO PRÉ-SAL (SIMIOP). 2013.



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 DANA, S. S. ; ALVAREZ, G. P. ; OLIVEIRA, L. P. B. . SISTEMA EÓLICO COM TURBINA HORIZONTAL DE DIREÇÃO REGULÁVEL AUTOMATICAMENTE E GERADORES FIXADOS NA BASE. 2017, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201700155, título: "SISTEMA EÓLICO COM TURBINA HORIZONTAL DE DIREÇÃO REGULÁVEL AUTOMATICAMENTE E GERADORES FIXADOS NA BASE" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito PCT: 25/01/2017



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SOUSA, A. A.; BARROS, L. M.; OLIVEIRA, L. P. B.; SALVADORI, F.. Participação em banca de Abrahão da Silva Fontes. APLICAÇÃO E COMPARAÇÃO DE TÉCNICAS DE DIAGNÓSTICO E DETECÇÃO DE FALHAS EM MOTORES ELÉTRICOS DE INDUÇÃO BASEADOS EM ASSINATURA DE CORRENTE. 2017. Dissertação (Mestrado em ENGENHARIA ELÉTRICA) - Universidade Federal de Sergipe.

2.
SOUSA, A. A.; Cardoso, C.A.V.; OLIVEIRA, L. P. B.. Participação em banca de RÔMULO DINIZ ARAUJO. ALOCAÇÃO E AJUSTE ÓTIMOS DE DISPOSITIVOS FACTS EM SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA UTILIZANDO ALGORITMOS GENÉTICOS. 2014. Dissertação (Mestrado em ENGENHARIA ELÉTRICA) - Universidade Federal de Sergipe.

Teses de doutorado
1.
GUERRINI, I. A.; KLAR, A. E.; ZIMBACK, C. R. L.; SILVA, Ê. F. F. E.; TESTEZLAF, R.; OLIVEIRA, L. P. B.. Participação em banca de ANTÔNIO RICARDO SANTOS DE ANDRADE. APLICAÇÃO DA TEORIA FRACTAL E DA GEOESTATÍSTICA NA ESTIMATIVA DA CONDUTIVIDADE HIDRÁULICA SATURADA E DO ESPAÇAMENTO ENTRE DRENOS. 2002. Tese (Doutorado em Agronomia (Agricultura)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
BARROS, L. M.; CARVALHO, E. A. N.; ALVAREZ, G. P.; OLIVEIRA, L. P. B.. Participação em banca de José Jorge de Oliveira Neto.Análises Comparativas através de Simulações entre Inversores de dois e três Níveis. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe.

2.
BARROS, L. M.; COLNAGO, G. P.; OLIVEIRA, L. P. B.; ALVAREZ, G. P.. Participação em banca de Diego Oliveira Cardoso.Análises Comparativas através de Simulações entre retificadores de dois e três Níveis. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe.

3.
HIDALGO, Antonio Ramirez; OLIVEIRA, L. P. B.; COLNAGO, G. P.. Participação em banca de Fabiana Sandes Soares.Supervisão via Internet de Sensores sem Fio. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe.

4.
Cardoso, C.A.V.; HIDALGO, Antonio Ramirez; OLIVEIRA, L. P. B.. Participação em banca de André Lucas de Oliveira Santos.Projeto de uma Unidade Didática de Classificação e Armazenamento de Peças. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe.

5.
HIDALGO, Antonio Ramirez; OLIVEIRA, L. P. B.; CANUTO, J. C.. Participação em banca de Bárbara Conceição Cardoso Martins.Fundamentos da Internet das Coisas. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Eletrônica) - Universidade Federal de Sergipe.

6.
SILVA, M. S.; SOUSA, A. A.; OLIVEIRA, L. P. B.. Participação em banca de Ricardo André Pereira Silva.Controle do Gerador de Indução utilizado na Geração Eólica. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe.

7.
OLIVEIRA, L. P. B.; MOLTALVÃO FILHO, Jugurta Rosa; ROCHA, R. B.. Participação em banca de George Victor Rocha Xavier.Codificação de Canal em Redes de Sensores sem Fio empregados na Indústria de Petróleo e Gás. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Eletrônica) - Universidade Federal de Sergipe.

8.
ALMEIDA, A. M. F.; SOUSA, A. A.; OLIVEIRA, L. P. B.. Participação em banca de Celso Andrade Meneses.Transmissão em Alta Tensão em Corrente Contínua - HVDC. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe.

9.
OLIVEIRA, L. P. B.; HIDALGO, Antonio Ramirez; COLNAGO, G. P.. Participação em banca de Sheldo Souza Silveira.Controle Eletrônico de Aquecedor Resistivo sem Flicker e sem Harmônicos de 60 Hz. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe.

10.
HIDALGO, Antonio Ramirez; OLIVEIRA, L. P. B.; COLNAGO, G. P.. Participação em banca de Fellipe Ferreira Barros.Projeto e caracterização de uma interface orgânica para memória FRAM. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Eletrônica) - Universidade Federal de Sergipe.

11.
Sotomayor, O.A.Z.; Riffel, D. B.; OLIVEIRA, L. P. B.. Participação em banca de DANIEL MIÑÁN DE OLIVEIRA CRUS.PROJETO DE CONTROLE DE UM SISTEMA DE TRANSMISSÃO CONTINUAMENTE VARIÁVEL APLICADO EM UM GERADOR EÓLICO. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Eletrônica) - Universidade Federal de Sergipe.

12.
Cardoso, C.A.V.; OLIVEIRA, L. P. B.; HIDALGO, Antonio Ramirez. Participação em banca de Ramon Cravo Fernandes.Sensoriamento e Referenciamento para Assistência a Locomoção de Deficientes Visuais. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em ENGENHARIA ELÉTRICA) - Universidade Federal de Sergipe.

13.
Sotomayor, O.A.Z.; OLIVEIRA, L. P. B.; SANTANA, P. L.. Participação em banca de Hermínio Soares de Carvalho Neto.Controle Preditivo Multi-modelos da Pressão Anular de Fundo na Perfuração de Poços de Petróleo. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em ENGENHARIA ELÉTRICA) - Universidade Federal de Sergipe.

14.
Cardoso, C.A.V.; OLIVEIRA, L. P. B.; Souza, W.L.. Participação em banca de Victor Ottan Soares de Souza Lima.Estudo de Viabilidade da Implementação de um Medidor com Autonomia de Energia visando a Comunicação Wireless do Consumo de Agua. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em ENGENHARIA ELÉTRICA) - Universidade Federal de Sergipe.

15.
MOLTALVÃO FILHO, Jugurta Rosa; OLIVEIRA, L. P. B.; SILVEIRA, Daniel Vivas da. Participação em banca de Tiago Franco de Melo.Estudos e implementação de um conjunto de classes para detecção de colisão entre esferas. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes.

16.
HIDALGO, Antonio Ramirez; OLIVEIRA, L. P. B.; MIGUEL. Participação em banca de Anderson Alles de Jesus.Controle virtual de um sistema robótico. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes.

17.
MONTALVÃO FILHO, Jugurta Rosa; OLIVEIRA, L. P. B.; HIDALGO, Antonio Ramirez. Participação em banca de Marcelo Costa Brito.Estudo de técnicas de extração de características de imagens da íris do olho humano. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes.

18.
MONTALVÃO FILHO, Jugurta Rosa; OLIVEIRA, L. P. B.; HIDALGO, Antonio Ramirez. Participação em banca de Gustavo Menezes Machado.Estudo de técnicas de detecção de faces em imagens baseado no seu eixo de simetria. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes.

19.
HIDALGO, Antonio Ramirez; MOLTALVÃO FILHO, Jugurta Rosa; OLIVEIRA, L. P. B.. Participação em banca de Alberlan Lopes Silva.Algoritmos de pré-processamento para o reconhecimento de palavras manuscritas. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes.

20.
OLIVEIRA, L. P. B.; ANDRADE, Mário Vasconcelos; SOUZA, Exson Machado. Participação em banca de Alan Vasconcelos Andrade.Sistema de Automação com USB. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes.

21.
MONTALVÃO FILHO, J. R.; FREIRE, Eduardo Oliveira; OLIVEIRA, L. P. B.. Participação em banca de Adriano José N. Pinto.Desenvolvimento de um Sistema Automático de Contagem de Grãos a partir de Fotos Digitalizadas. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes.

22.
MONTALVÃO FILHO, J. R.; FREIRE, Eduardo Oliveira; OLIVEIRA, L. P. B.. Participação em banca de Carlos Alberto Bezerra de Souza.Desenvolvimento de um Sistema de Visão Computacional para Aplicações de Controle Servo-Visual de Robôs Móveis. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes.

23.
BATISTA, Othon Marcelo Nunes; KLAUCK, H. A.; OLIVEIRA, L. P. B.. Participação em banca de FABRÍCIO FERNANDES DE O. DALTRO.HONEYPOTS E HONEYNETS. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes.

24.
MONTALVÃO FILHO, Jugurta Rosa; OLIVEIRA, L. P. B.; FREIRE, Eduardo Oliveira. Participação em banca de HELDER GUIMARÃES ARAGÃO.ESTUDO DA COMPRESSÃO DE SINAIS DE VOZ PELA DECONVOLUÇÃO. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes.

25.
OLIVEIRA, L. P. B.; MOLTALVÃO FILHO, Jugurta Rosa; BATISTA, Othon Marcelo Nunes. Participação em banca de Luiz Cláudio Moraes Souza.Navegação Anônima na Internet - prós e contras. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes.

26.
OLIVEIRA, L. P. B.; HIDALGO, Antonio Ramirez; MACIEL JÚNIOR, Ivanildo de Souza. Participação em banca de Raielzo Cardozo de Andrade.Estudo e implementação da linguagem de programação C no controle de sistemas microcontrolados.. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Graduação Em Engenharia Elétrica) - Faculdade Pio Décimo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
OLIVEIRA, L. P. B.; FREIRE, Eduardo Oliveira; Bastos Filho, Teodiano Freire. Concurso Público para Professor Adjunto para o Departamento de Física. 2006. Universidade Federal de Sergipe.

Concurso público
1.
COLNAGO, G. P.; YAZDANI, F.; OLIVEIRA, L. P. B.. Professor temporário do curso de Engenharia Elétrica/Eletrônica da UFS. 2014. Universidade Federal de Sergipe.

2.
FREIRE, Eduardo Oliveira; OLIVEIRA, L. P. B.; MONTALVÃO FILHO, Jugurta Rosa. Professor substituto para o curso de engenharia elétrica da UFS. 2006. Universidade Federal de Sergipe.

Outras participações
1.
BARROS, L. M.; OLIVEIRA, L. P. B.. Processo de seleção de professor voluntário. 2016. Universidade Federal de Sergipe.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
7 Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás. SIMIOP. 2013. (Congresso).

2.
Workshop em Biometria e Telemedicina.Workshop em Biometria e Telemedicina. 2004. (Encontro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Sheldo Sousa. VARIADOR DE TENSÃO APLICADO AO CONTROLE ELETRONICO DE CHUVEIRO SEM EFEITO FLICKER. Início: 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Eletrônica) - Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

2.
MARCELO GONÇALVES FIGUEIREDO. TECNOLOGIA FACTS: ESTUDO DE CASO DOS COMPENSADORES CAPACITIVOS CHAVEADOS A TIRISTORES. Início: 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Eletrônica) - Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

3.
Bruno Emanuel de Oliveira Araujo. ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO DO CONTROLE DE UM CONVERSOR CC-CC. Início: 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Eletrônica) - Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

4.
ALEXANDRE MELO FEITOSA. ESTUDO DAS ESTRATÉGIAS DE CONTROLE DE TRANSFORMADOR DE ESTADO SÓLIDO. Início: 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

5.
THIAGO ETINGER GOMES. SIMULAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM TRAFO EM ESTADO SÓLIDO. Início: 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Tiago de Melo Lima. Sistema para Interligação de Células Fotovoltáicas à Rede Elétrica. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
HELBER TELES DE RESENDE. PROJETO, SIMULAÇÃO E MONTAGEM DE UMA FONTE CHAVEADA. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Eletrônica) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.

2.
Marcelo Golçalves Figueiredo. Tecnologia FACTS: Estudo de caso de compensador capacitivo chaveado a tiristor. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.

3.
LEONARDO SANTOS SANTANA. CONTROLE DE UM MOTOR UNIVERSAL E DE INDUÇÃO UTILIZANDO INVERSOR DE ONDA QUASE QUADRADA E SENOIDAL. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Eletrônica) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.

4.
ADILSON VIEIRA DOS SANTOS JÚNIOR. Estudo de Caso sobre a queima de Conversores Estáticos de Potência aplicados a um Sistema de Extração de Petróleo. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.

5.
JOSÉ BALBINO DE JESUS FILHO. Sistema Eletrônico de Obtenção de Assinatura Espectral utilizando os Módulos Zigbee e um Acelerômetro. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.

6.
LUCAS EMMANUEL SILVA SANTOS. SISTEMA DE MONITORAMENTO COM SENSORES INDUSTRIAIS. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.

7.
Jorge Luiz Aragão de Carvalho. Classificação automática de moedas. 2005. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.

8.
Jorge Vilas-Bôas Carvalho. Rede wireless via rádio. 2004. 58 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.

9.
Robson Inô de Rezende. Pré-processamento para reconhecimento facial. 2004. 40 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.

10.
Daniel Vivas da Silveira. SISTEMA DE GERÊNCIA DE PARTÍCULAS DINÂMICAS. 2003. 81 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.

Iniciação científica
1.
Alex Sandro Mota Bennes. IMPLEMENTAÇÃO DE SOFTWARE PARA TRAÇADO DE GRÁFICOS EM TEMPO REAL. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes, Universidade Tiradentes. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.

2.
Carlos Alberto Fraga Pimentel Filho. Implementação de Software de Controle por Voz do Mouse. 2003. 34 f. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado Em Ciência da Computação) - Universidade Tiradentes, Universidade Tiradentes. Orientador: Levi Pedro Barbosa de Oliveira.



Inovação



Patente
1.
 DANA, S. S. ; ALVAREZ, G. P. ; OLIVEIRA, L. P. B. . SISTEMA EÓLICO COM TURBINA HORIZONTAL DE DIREÇÃO REGULÁVEL AUTOMATICAMENTE E GERADORES FIXADOS NA BASE. 2017, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201700155, título: "SISTEMA EÓLICO COM TURBINA HORIZONTAL DE DIREÇÃO REGULÁVEL AUTOMATICAMENTE E GERADORES FIXADOS NA BASE" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito PCT: 25/01/2017


Programa de computador sem registro
1.
SISTEMA INTELIGENTE DE MONITORAMENTO INTEGRADO DA OPERAÇÃO DAS UNIDADES DE PERFURAÇÃO DO PRÉ-SAL (SIMIOP). 2013.


Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico

Projeto de extensão



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/10/2018 às 20:19:28