Ademyr Gonçalves de Oliveira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2412022804587452
  • Última atualização do currículo em 02/08/2017


Possui graduação em Engenharia Mecânica, mestrado e doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (1999). Atualmente é professor da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de Projetos de Engenharia Mecânica, com ênfase em Dinâmica da Rotação e Vibrações, atuando principalmente nos seguintes temas: segurança veicular, acústica e dinâmica de sistemas mecânicos. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ademyr Gonçalves de Oliveira
Nome em citações bibliográficas
OLIVEIRA, A. G.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás, Curso de Engenharia Mecânica.
Av. Universitária, nº 1488, Quadra 86, Bloco A ? 3º Piso
Setor Leste Universitário
74605-010 - Goiania, GO - Brasil
Telefone: (062) 32096390
URL da Homepage: www.eeec.ufg.br


Formação acadêmica/titulação


1994 - 1999
Doutorado em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
Título: TÉCNICAS DE CARACTERIZAÇÃO DE EXCITAÇÕES EM MÁQUINAS ROTATIVAS, Ano de obtenção: 1999.
Orientador: DR FRANCISCO PAULO LÉPORE NETO.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Redes Neurais; DINÂNICA DA ROTAÇÃO; VIBRAÇÕES DE SISTEMAS MECÂNICOS.
Grande área: Engenharias
Setores de atividade: Aeronáutica e Espaço; Fabricação de Máquinas Com Componentes de Mecânica de Precisão; Indústria Metal-Mecânica.
1991 - 1993
Mestrado em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
Título: CONTROLE DAS VIBRAÇÕES DE ROTORES FLEXÍVEIS PELA INTRODUÇÃO DE FORÇAS EXTERNAS, ATRAVÉS DE TÉCNICAS DE OTIMIZAÇÃO,Ano de Obtenção: 1993.
Orientador: DR VALDER STEFFEN JÚNIOR.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: CONTROLE; DINÂMICA DA ROTAÇÃO; OTIMIZAÇÃO; VIBRAÇÕES DE SISTEMAS MECÂNICOS.
Grande área: Engenharias
Setores de atividade: Fabricação de Máquinas Com Componentes de Mecânica de Precisão; Aeronáutica e Espaço; Indústria Metal-Mecânica.
1985 - 1990
Graduação em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.




Formação Complementar


2009 - 2009
Workshop sobre Sistemas de Corrente Contínua. (Carga horária: 8h).
Companiha Vale do Rio Doce, CVRD, Brasil.
2009 - 2009
Seminário de empreendedorismo. (Carga horária: 24h).
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Belo Horizonte, SEBRAE/MG, Brasil.
2008 - 2008
Curso de Programa de Formação Continuada Docente. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal de Itajubá, UNIFEI, Brasil.
2008 - 2008
Curso de Criatividade Design e Gestão de Talentos. (Carga horária: 16h).
Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Itabira, INDESI, Brasil.
1998 - 1998
Introdução Aos Dispositivos Piezoelétricos. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Nonlinear And Chaotic Vibration. (Carga horária: 6h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
1995 - 1995
Monitoring And Machinery Diagnosis.
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
1992 - 1992
Extensão universitária em Controle. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
1992 - 1992
Extensão universitária em Curso de Analise Modal. (Carga horária: 80h).
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
1989 - 1990
Extensão universitária em Inglês Instrumental. (Carga horária: 100h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
1986 - 1986
Extensão universitária em A Participação Popular na Constituinte. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
1986 - 1986
Extensão universitária em Liderança E Relações Humanas. (Carga horária: 18h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Vice-Diretor da EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E COMPUTAÇÃO da UFG

Vínculo institucional

2010 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2010 - Atual
Direção e administração, EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO, .

Cargo ou função
Vice-diretor da EMC.
1/2010 - 1/2013
Direção e administração, EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO, .

Cargo ou função
vice coordenador do curso de Engenharia Mecânica.
2/2010 - 12/2010
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MECÂNICA
DESENHO BÁSICO
DESENHO DE MÁQUINAS I
DESENHO DE MÁQUINAS II
DINÂMICA DAS MÁQUINAS
ESTÁTICA

Universidade Federal de Itajubá, UNIFEI, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

04/2009 - 2/2010
Direção e administração, REITORIA, .

Cargo ou função
Assessor Especial Adjunto da Reitoria da UNIFEI para implantação do Campus de Itabira.
3/2009 - 2/2010
Outras atividades técnico-científicas , UNIFEI - Campus Itabira, UNIFEI - Campus Itabira.

Atividade realizada
Orientador do aluno Henrique César Moreira Cardoso nas atividade de monitoria da disciplina de Desenho Técnico Básico.
1/2009 - 2/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, UNIFEI - Campus Itabira, .

Cargo ou função
Representante da UNIFEI no Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano de Itabira ? CMDU, para o biênio 2009/2001. (suplente)..
8/2008 - 2/2010
Direção e administração, UNIFEI - Campus Itabira, .

Cargo ou função
Chefe da Oficina.
8/2008 - 2/2010
Direção e administração, UNIFEI - Campus Itabira, .

Cargo ou função
Chefe do Laboratório de Elétrica.
3/2009 - 7/2009
Ensino, Engenharia da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Engenharia da Computação
Desenho Técnico Básico
3/2009 - 7/2009
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Laboratório de Eletricidade Básica
Desenho Técnico Básico
8/2008 - 7/2009
Serviços técnicos especializados , UNIFEI - Campus Itabira, .

Serviço realizado
Auxílio na montagem dos laboratórios e estrutura física da UNIFEI ? Campus Itabira. Períodos 2008/2 e 2009/1..
2/2009 - 2/2009
Serviços técnicos especializados , UNIFEI - Campus Itabira, .

Serviço realizado
mplementação da rede elétrica de alta potência do Laboratório de Química de da Oficina. Carga horária estimada: 20 horas. Período 2009/1..
12/2008 - 12/2008
Pesquisa e desenvolvimento , UNIFEI - Campus Itabira, .

8/2008 - 12/2008
Ensino, Engenharia de Materiais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Desenho Técnico Básico
8/2008 - 12/2008
Ensino, Engenharia da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Desenho Técnico Básico
8/2008 - 12/2008
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Desenho Técnico Básico
8/2008 - 12/2008
Extensão universitária , UNIFEI - Campus Itabira, .

Atividade de extensão realizada
atividade de extensão ?Aplicação da eletrônica digital e analógica: carrinho comandado por computador? realizada durante o segundo período de 2008, com carga horária estimada de 4 horas semanais, com grupos de alunos de eng. da computação, eng. elétr.
8/2008 - 12/2008
Outras atividades técnico-científicas , UNIFEI - Campus Itabira, UNIFEI - Campus Itabira.

Atividade realizada
Orientação do aluno Henrique Mathias Olivino Gusmão em suas atividades de bolsa trabalho, com carga horária de 8 horas semanais..
11/2008 - 11/2008
Extensão universitária , UNIFEI - Campus Itabira, .

Atividade de extensão realizada
Coordenou a equipe ?Locomotiva? composta por alunos da UNIFEI e a entidade AMAI ? Associação Municipal e Assistencial de Itabira, que integrou a Gincana da Solidariedade Credivale, realizada em 2008/2..
11/2008 - 11/2008
Extensão universitária , UNIFEI - Campus Itabira, .

Atividade de extensão realizada
Participou da visita às minas Conceição e Cauê, da Vale em Itabira, acompanhando os alunos de Eng. da Computação, Eng. Elétrica e Eng. de Materiais, no dia 11/11/2008..

Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Coordenador do Curso de Engenharia Mecânica de 2006/1 à 2007/2

Atividades

7/2006 - 7/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Curso de Eng. Agrícola e Ambiental, .

Cargo ou função
Membro do Colégiado do Curso de Eng. Agrícola e Ambiental UFMT/CUR.
7/2006 - 3/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Coordenação do Curso de Eng Mecânica, Rondonópolis.

Cargo ou função
Membro do CADIR - Conselho Acadêmico e Administrativo da UFMT/Campus de Rondonóplis.
7/2006 - 3/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Colegiado do Curso de Engenharia Mecânica, .

Cargo ou função
Presidente.
6/2006 - 3/2008
Direção e administração, Coordenação do Curso de Eng Mecânica, Rondonópolis.

Cargo ou função
Coordenador de Curso.
6/2007 - 12/2007
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
OFICINAS
CIÊNCIAS DOS MATERIAIS
6/2006 - 12/2007
Extensão universitária , Coordenação do Curso de Eng Mecânica, Rondonópolis.

Atividade de extensão realizada
Palestras realizadas em Colégios de 2o Grau, divulgando o Curso e a profissão do Engenheiro Mecânico.
7/2006 - 6/2007
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ALGORÍTIMOS E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO
7/2006 - 12/2006
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Engenharia
Técnicas de Programação
7/2006 - 12/2006
Extensão universitária , Coordenação do Curso de Eng Mecânica, Rondonópolis.

Atividade de extensão realizada
Treinamento em Linux para Tec. Administrativos da UFMT/Rondonópolis.

Fundação Educacional de Ituiutaba, FEI*, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 0
Outras informações
PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGIA - FAPEMIG - EDITAL No 001/2005. RESUMO: Como um passo importante para a compreensão da dinâmica de duplicação do DNA, pretende-se resolver numericamente o sistema de equações diferenciais ordinárias não lineares, que modela o processo de desnaturação térmica de uma molécula de DNA com 30000 pares de bases, equivalente a um gen humano. Com os resultados obtidos será feita uma simulação gráfica do processo de desnaturação da molécula do DNA utilizando JAVA3D.

Vínculo institucional

1999 - 2006
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 20

Atividades

2/2005 - 5/2006
Ensino, Licenciatura Em Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CONTEÚDO METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE QUÍMICA
2/2005 - 5/2006
Ensino, Direito Diurno, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
INTRODUÇÃO À TEORIA DE SISTEMAS
2/2005 - 5/2006
Ensino, Direito Noturno, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
INTRODUÇÃO À TEORIA DE SISTEMAS
2/2004 - 5/2006
Ensino, Sistema de Informações, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
METODOLOGIA CIENTÍFICA
8/1999 - 5/2006
Ensino, Engenharia da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO
ALGORITIMOS E ESTRUTURAS DE DADOS
PESQUISA E PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO
TÓPICOS ESPECIAIS: AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL
SOFTWARE BÁSICO
8/1999 - 5/2006
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Cálculo Diferencial e Integral 1
8/2004 - 12/2004
Ensino, Análise de Sistemas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Iniciação à Pesquisa

União Educacional Minas Gerais, UNIMINAS, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2005
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor adjunto
Outras informações
1) PROFESSOR: ENG. TELECOMUNICAÇÕES NOTURNO ENG. TELECOMUNICAÇÕES DIURNO SISTEMA DE INFORMAÇÃO 2) COORDENADOR DE INFORMÁTICA 3) COORDENADOR DE PROCESSOS SELETIVOS

Atividades

7/2004 - 9/2005
Direção e administração, União Educacional Minas Gerais, .

Cargo ou função
Prestação de Serviços: Coordenador de Processos Seletivos (contrato).
8/2000 - 10/2004
Direção e administração, CPS - Coordenação de Processos Seletivos, Uberlândia.

Cargo ou função
Coordenador de Processos Seletivos.
8/2000 - 7/2003
Ensino, Engenharia de Telecomunicações Noturno, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
FÍSICA GERAL 1 - TURMA B
CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 2 - TURMA B
FÍSICA GERAL 3 - TURMA B
INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - TURMA B
8/2000 - 7/2003
Ensino, Engenharia de Telecomunicações Diurno, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
FÍSICA GERAL 1 - TURMA A
CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 2 - TURMA A
FÍSICA GERAL 3 - TURMA A
INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - TURMA A
8/2000 - 2/2003
Direção e administração, Informática, Uberlândia.

Cargo ou função
Coordenador do Serviço de Informática.
2/2001 - 7/2001
Ensino, Sistema de Informações, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Informática

Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 2000
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: PROFESSOR PESQUISADOR, Carga horária: 0

Vínculo institucional

1997 - 1998
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor voluntário, Carga horária: 2
Outras informações
Práticas de Laboratório da disciplina de Vibrações de Sistemas Mecânicos, do curso de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Uberlândia.

Atividades

8/2002 - 12/2002
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
INSTRUMENTAÇÃO
2/2000 - 12/2000
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
DESENHO BÁSICO - TURMA A
DESENHO BÁSICO - TURMA B
MÁQUINAS E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS - TURMA A
MÁQUINAS E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS - TURMA B
MÁQUINAS E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS - TURMA C
MECÂNICA APLICADA
PRÁTICAS DE VIBRAÇÃO DE SISTEMAS MECÂNICOS
2/2000 - 2/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Santa Mônica, Campus Santa Mônica.

Cargo ou função
Membro de Comissão.

Indústria de Azulejos S A, IASA, Brasil.
Vínculo institucional

1989 - 1989
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Estagiário de Engenharia Mecânica, Carga horária: 20

Atividades

5/1989 - 10/1989
Serviços técnicos especializados , Departamento de Projeto e Manutenção Mecânica, Fortaleza.

Serviço realizado
Técnico Projetista do Departamento de Projeto e Manutenção Mecânica.
1/1989 - 10/1989
Estágios , Departamento de Projeto e Manutenção Mecânica, Fortaleza.

Estágio realizado
Departamento de Projeto e Manutenção Mecânica.


Linhas de pesquisa


1.
Participou do curso que desenvolveu o diagnóstico sobre cultura empreendedora na universidade, realizado pelo SEBRAE ? SECTES/MG, em parceria com o INDESI e UNIFEI, realizado em Itabira, com carga horária de 8 horas, no dia 12/12/2008.


Projetos de pesquisa


2013 - Atual
DESENVOLVIMENTO DE EQUIPAMENTO DE APOIO DIDÁTICO-EXPERIMENTAL EM PROJETOS DE SISTEMAS MECÂNICOS
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
PROJETO DE PESQUISA VEÍCULO ELÉTRICO DAS ENGENHARIAS (VE-UFG)
Descrição: Há algum tempo, devido a dependência dos combustíveis fósseis, o mundo tem se deparado com graves problemas. Os mais evidentes são o aquecimento global devido à emissão de gases provenientes da combustão e a proximidade do esgotamento das fontes de combustíveis fósseis, o que está culminando em seus altos valores no mercado. O primeiro afeta diretamente a saúde do ser humano e a vida no planeta; o segundo põe em risco o crescimento da economia e o desenvolvimento dos países. Assim, é necessário buscar alternativas que solucionam esses problemas a curto e longo prazo, e o Veículo Elétrico é um bom começo. Enquanto a frota de veículo emite gases danosos ao ambiente, que não apenas agravam o aquecimento global, mas também atinge diretamente a saúde pela respiração, os Veículos Elétricos (VE?s) ?têm emissão zero? de gases, ou seja, utiliza-se energia limpa: a eletricidade. Além disso, a energia elétrica é renovável, obtida das mais diversas fontes, tais como moinhos de vento, hidrelétricas, energia solar, entre outras. A adoção do VE no Brasil traria grandes receitas ao país evitando a importação de petróleo para sustentar a frota de veículos, o que injeta dinheiro em outras economias. Com os VE?s, a dependência de petróleo estrangeiro cairia, deixando o dinheiro no próprio país, sem contar que seriam aumentados investimentos em energias renováveis, principalmente hidrelétricas, área que o Brasil tem grande potencial. Nesse contexto, o Projeto Veículo Elétrico das Engenharias (VE-UFG) vem trazer o debate para as comunidades acadêmica e externa da UFG, e ainda expor os benefícios dessa ideia na sociedade. Com a integração das Engenharias Elétrica, Mecânica e de Computação, pretende-se por em prática, em menor escala, a transformação da ?cultura? do veículo a combustão para a ?cultura? do veículo elétrico..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Integrante / Getúlio Antero de Deus Júnior - Coordenador / KLEBER MENDES DE FIGUEIREDO - Integrante / ANTONIO MELO DE OLIVEIRA - Integrante / EULER BUENO DOS SANTOS - Integrante / BERNARDO DE AZEREDO PECLAT RIB - Integrante / BRUNO HENRIQUE CASTRO DE ANDRA - Integrante / JOÃO PAULO BARBOSA SILVA - Integrante / JOÃO PEDRO REIS LOPES - Integrante / JOSÉ ILÁRIO RIBEIRO NETO - Integrante.
2012 - Atual
CARACTERIZAÇÃO DE FERRAMENTAS DE CORTE REVESTIDAS TEXTURIZADAS POR JATEAMENTO E LASER

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Rhander Viana em 05/05/2015.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Integrante / RHANDER VIANA - Coordenador.
2012 - Atual
AVALIAÇÃO DOS NÍVEIS DE RUÍDO EM RECINTOS VISANDO O CONFORTO ACÚSTICO
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Coordenador.
2012 - Atual
PROJETO E CONCEPÇÃO DE UM TUBO DE IMPEDÂNCIA PARA DETERMINAÇÃO DO COEFICIENTE DE ABSORÇÃO SONORA DE MATERIAIS A PARTIR DE AMOSTRAS.
Descrição: Nos projetos de adequação acústica ou controle de ruído de ambientes, a absorção é um dos fenômenos físicos do som que deve ser levado em consideração, principalmente quando se pretende avaliar o tempo de reverberação do local. A grande dificuldade que o projetista encontra é conhecer o coeficiente de absorção do material a ser empregado no projeto. A energia sonora emitida por uma fonte para um ambiente incide sobre um elemento absorvedor e reflete ao ambiente com uma intensidade de energia reduzida. O restante da energia é de alguma forma transformada em energia térmica. Os materiais considerados bons absorvedores acústicos são leves e possuem fibras ou poros, ou melhor, micro cavidades que se intercomunicam. A energia sonora se dissipa em calor devido às perdas por escoamento viscoso dentro do material e também pelas perdas por atrito interno do movimento das fibras. Na manufatura dos materiais, controla-se a absorção pela seleção de espessura, densidade, porosidade, resistência ao fluxo de ar e orientação das fibras. Os materiais mais utilizados são fibras vegetais, minerais e cerâmicas e ainda espumas elastômeras. A propriedade que descreve a absorção dos materiais é o coeficiente de absorção sonora, cuja dependência no espectro de frequências é chamada curva de absorção sonora do material. Sua definição é a relação entre a energia sonora absorvida e a incidente. Um absorvedor ideal tem coeficiente de absorção sonora igual à unidade. O coeficiente de absorção sonora depende ainda do ângulo de incidência da onda. Para aplicação de materiais em ambientes fechados, utilizam-se as curvas de absorção sonora para campo sonoro difuso. Um campo sonoro difuso é uma idealização na qual uma determinada sala recebe em seu interior energia sonora de todas as direções simultaneamente com igual probabilidade. Para medir o coeficiente de absorção sonora em campo difuso, utiliza-se um ambiente especial de laboratório chamado câmara reverberante. O método é bastante conhecido e está incluído na norma ISO 354. Outro método para medir a curva de absorção, é o método do tubo de impedância, no qual se obtêm resultados de absorção para incidência de ondas planas somente em direção perpendicular às amostras. As normas ISO 10534-1 e ISO/FDIS 10534-2 tratam dos procedimentos de ensaio nos tubos de impedância. Existe ainda um terceiro método para a medição das curvas de absorção dos materiais, designado por método da reflexão. As amostras são submetidas à incidência de ondas em campo livre a um determinado ângulo desejado. Para incidência perpendicular, os resultados são diretamente comparados aos obtidos nos tubos de impedância. O método da reflexão evoluiu com o desenvolvimento dos sistemas eletrônicos tornando viáveis medições fora do laboratório, ou in situ. A curva de absorção sonora é medida por intermédio de um dispositivo portátil que é levado ao objeto ou local a ser ensaiado. Deseja-se neste trabalho projetar e construir um tubo de impedância, bem como desenvolver um sistema de aquisição e tratamento de dados para a determinação do coeficiente de absorção sonora de amostras de materiais pelas técnicas de um e dois microfones. Para a construção do tubo de impedância é prevista a utilização de madeira e tubos de PCV ou aço. Para o sistema de aquisição tanto será necessário uma placa de aquisição de dados, dois microfone pré-amplificados e cabos de transmissão de dados (materiais já solicitados nos pedidos de compra de 2011), um computador (já existente na sala do professor) e um software para desenvolvimento da interface de aquisição e processamento de dados (podendo este ser o Labview ou Matlab, ambos com licenças já existentes na EEEC/UFG). Tal equipamento permitirá que experimentos sejam realizados na própria instituição, evitando gastos desnecessários, além da abertura de possível prestação deste serviço para outras instituições e para te.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Coordenador / RICARDO HUMBERTO DE OLIVEIRA FILHO - Integrante / Carlos Leandro Borges da Silva - Integrante / FELIPE PAMPLONA MARIANO - Integrante / Fleide Wilian Rodrigues Alves - Integrante.
2011 - 2014
VEÍCULO AÉRIO NÃO TRIPULADO COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO DE MANUTENÇÃO DE LINHAS DE TRANSMISSÃO
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
DESENVOLVIMENTO DE UM VIBRORAFO
Descrição: Desenvolvimento de um instrumento capaz de medir e armazenar grande de dados referente à flexão de cabo, com vistas ao estudo da fadiga..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Coordenador / MURILO CÂNDIDO DE OLIVEIRA - Integrante.
2010 - 2014
ENSINO APLICADO EM ENGENHARIA E ENGENHARIA APLICADA EM ENSINO - ENAEN
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Integrante / Getúlio Antero de Deus Júnior - Coordenador.
2010 - 2014
DESENVOLVIMENTO DE UM MOTOR STIRLING
Descrição: Este projeto de pesquisa visa dominar a tecnologia de projeto e de fabricação de um motor Stirling do ponto de vista de sua concepção original. Além disso, outro objetivo é, a luz das modernas técnicas de projeto mecânico, propor uma atualização no projeto original de um motor de conceito historicamente importante e modernamente muito promissor..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Coordenador / João Bosco Carmo Moraes - Integrante / MURILO CÂNDIDO DE OLIVEIRA - Integrante / JOÃO PEDRO BRAVO MILAGRES - Integrante / Sandro Lino Pereira Junior - Integrante.
2010 - 2013
Ensino aplicado em Engenharia e Engenharia Aplicada ao Ensino
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2009
ESTUDO COMPARATIVO DA RESISTÊNCIA MECÂNICA AOS ESFORÇOS E À ABRASÃO, DAS ESTRUTURAS E ELEMENTOS MECÂNICOS DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS
Descrição: Este projeto de pesquisa tem por objetivo principal quantificar as características mecânicas tais como resistência à tração, compressão, flexão e à abrasão, dos elementos mecânicos que compõem os implementos agrícolas de preparo mecanizado de solo tais como: arado de disco, arado de aivecas, grade aradora, grade niveladora, grade terraceadora e subsoladores; dos diferentes modelos e fabricantes. As características desejáveis de um equipamento agrícola mudam de acordo com a aplicação a que se destinam. Um subsolador tem a função de descompactar, a grades profundidades, terrenos que sofreram a ação compactante do deslocamento de tratores, pisoteio de gado, etc. A operação de subsolador num terreno que contenha raízes, tocos, pedregulhos ou outros obstáculos dessa natureza, elege como característica mais importante a resistência mecânica à tração e à flexão, pois a vida útil do equipamento está relacionada com a sua integridade estrutural. Os terrenos arenosos e sem a presença de obstáculos elege a resistência mecânica à abrasão como característica mais importante do equipamento, pois está diretamente relacionado ao menor desgaste e conseqüentemente à maior vida útil do equipamento. Os dados científicos obtidos por este projeto de pesquisa são de fundamental importância para produtor rural, uma vez que permite selecionar com base em critérios técnicos o modelo e o fabricante de componentes de máquinas agrícolas, permitindo maior rendimento e menor custo para sua atividade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Coordenador / MARCELO MENDES VIEIRA - Integrante / CARLOS CANEPPELE - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso - Auxílio financeiro.
2006 - 2006
DESENVOLVIMENTO DE UMA UNIDADE EÓLICA MOTRIZ, CONTROLADA, PARA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA
Descrição: Neste projeto serão abordados todas as etapas de projeto e construção de uma turbina eólica de alta eficiência para fins de geração de energia elétrica para uso residencial rural. O projeto de uma turbina eólica, assim como projeto de uma bomba hidráulicas rotativa, é muito específico com relação às condição de funcionamento. Na elaboração deste projeto serão considerados os potenciais eólicos tipicamente encontrados no Estado de Minas Gerais. A faixa de potência elétrica gerada deverá ser da ordem de 5,0 KVA. O sistema a ser desenvolvido deverá ainda atender os requisitos de baixa manutenção e baixo custo de fabricação e de implantação. Um dos fatores limitantes do uso da energia eólica em regiões como o Estado de Minas Gerais é o baixo potencial energético dos ventos. Nestas condições o uso de turbinas eólicas de baixo rendimento elevam os custos da geração de quantidades significativas de energia elétrica. O projeto de hélice (asa) é sempre uma solução numérica que representa uma solução parcial da equação de Navier-Stokes, a partir de uma solução inicial, de tal modo que altera a superfície da asa em função do comportamento do fluido que está em sua influência. Assim, as forças de sustentação e de arraste, deverão ser aferidas por métodos experimentais. Será objetivo desse projeto de pesquisa a determinação experimental da função matemática que relaciona a velocidade de deslocamento do fluido e o seu ângulo de incidência (ângulo de ataque) com as forças de sustentação (torque aplicado ao eixo) e arraste (necessário para o dimensionamento da torre de sustentação) para o perfil de asa selecionado, bem como do seu sistema de controle PID que permita o seu funcionamento sempre na configuração de máxima eficiência, viabilizando o aproveitamento de parque eólicos de baixos potenciais energéticos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Coordenador.
2005 - 2006
SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL DA TERMODINÂMICA DO DNA
Descrição: A solução numérica de um sistema de equações diferenciais ordinárias não lineares, representativas do modelo do processo de desnaturação térmica de uma molécula de DNA, com 30000 pares de bases, equivalente a um gen humano, é um passo importante para a compreensão da dinâmica da duplicação do DNA. Após sua solução numérica do processo de desnaturação da molécula do DNA, uma simulação gráfica, em JAVA3D, descreve cenas tridimensionais e interativas do processo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Integrante / JOÃO CARLOS MOREIRA - Coordenador.
1999 - 2000
IDENTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE MECÂNICOS: APLICAÇÕES AOS PROBLEMAS DE FALHAS ESTRUTURAIS DE FONTES DE EXCITAÇÃO E DE PARÂMETROS MODAIS
Descrição: O grupo de pesquisadores, integrantes do Laboratório de Vibrações Mecânica da Universidade Federal de Uberlândia, somaram esforços no sentido de abrirem uma nova linha de pesquisa institucional na área de Identificação de Parâmetros Modais. Este projeto propícia a aquisição de equipamentos e relaciona várias frentes de trabalhos coordenados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Integrante / FRANCISCO PAULO LÉPORE NETO - Integrante / VALDER STEFFEN JÚNIOR - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
1998 - 2000
ESTUDO DO COMPORTAMENTO DINÂMICO DE VEÍCULOS MONO E BI-ARTICULADOS
Descrição: Desenvolvimento de simulação numérica e de uma bancada, para testes em escala reduzida de veículos mono e bi articulados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Integrante / JOSÉ ANTÔNIO FERREIRA BORGES - Integrante / VALDER STEFFEN JÚNIOR - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
1998 - 2000
DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICAS PARA O PROJETO, MONITORAÇÃO E CONTROLE DE MÁQUINAS ROTATIVAS
Descrição: Neste projeto fui responsável pelo projeto, simulação computacional, otimização e construção de uma bancada de ensaios de máquinas rotativas capaz de permitir o estudo de fenômenos relacionados com a dinâmica de máquinas rotativas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Integrante / FRANCISCO PAULO LÉPORE NETO - Integrante / VALDER STEFFEN JÚNIOR - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2015 - Atual
ENGENHARIA PARA A SOCIEDADE
Descrição: Desde o início do seu funcionamento, os professores do Curso de Engenharia Mecânica da UFG estão sendo solicitados por diferentes demandas a levar seus conhecimentos para a sociedade em geral; 1) são inventores leigos que querem discutir seus inventos; 2) pessoas do povo que querem desenvolver ferramentas e dispositivos; 3) microempresários que querem a melhoria e ou desenvolvimento de novos produtos, treinamento e consultorias; 4) empresas que eventualmente necessitam de laudos de diferentes natureza.Tais demandas requerem alto grau de conhecimento técnico e tem como principal característica a sazonalidade e a imprevisibilidade de sua necessidade. Este projeto de extensão visa aproximar a o Curso de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Goiás, da sociedade empresarial: inventores, micro empresários e empresas em geral que que necessitam de orientação, treinamento, consultoria, laudos técnicos, desenvolvimento de melhorias em produtos, etc., com ou sem contrapartida financeira, de modo permitir a interação entre o corpo docente, técnicos de laboratório, alunos e a sociedade..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Coordenador / KLEBER MENDES DE FIGUEIREDO - Integrante / FELIPE PAMPLONA MARIANO - Integrante / MARLIPE GARCIA FAGUNDES NETO - Integrante / LEONARDO DE QUEIROZ MOREIRA - Integrante / DEMÓSTENES FERREIRA FILHO - Integrante / DANIEL FERNANDES DA CUNHA - Integrante / ANDREIA AOYAGUI NASCIMENTO - Integrante / SIGEO KITATANI JÚNIOR - Integrante / DIOGO APPEL COLVERO - Integrante.
2011 - 2013
ENGENHARIA NAS ESCOLAS
Descrição: O Projeto ?Engenharia nas Escolas? é um projeto de extensão multidisciplinar, desenvolvido e executado por alunos e professores da Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e Computação da UFG. Os objetivos desse projeto é divulgar as ações oriundas do exercício profissional das diversas engenharias observando o seu impacto social e a responsabilidade ambiental. O público-alvo desse projeto são os alunos do ensino básico de escolas públicas. As ações desse projeto no aspecto da consciência ambiental se dá através de palestras, apresentação de maquetes e protótipos funcionais, conscientizando sobre a necessidade do uso racional dos recursos naturais, a adoção de novos hábitos e o uso de tecnologias que geram menor demanda sobre o meio ambiente. Esta irá conterá experiências e projetos simples que despertarão a curiosidade e o interesse do público alvo..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Especialização: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Ademyr Gonçalves de Oliveira - Coordenador / JOÃO PEDRO BRAVO MILAGRES - Integrante / Carlos Alberto de Almeida Vilela - Integrante / KLEBER MENDES DE FIGUEIREDO - Integrante / RICARDO HUMBERTO DE OLIVEIRA FILHO - Integrante / CACILDA DE JESUS RIBEIRO - Integrante / Arthur Moisés da Costa Borges - Integrante / Átila Gracco Silva - Integrante / WILLIS ALCANTARA MANZAN JÚNIOR - Integrante / MARCELLA CARVALHO AGOSTINHO - Integrante / FELIPE PAMPLONA MARIANO - Integrante / LOHAYNE VILELA ROCHA - Integrante / André Luiz Carneiro Franco - Integrante / Diogo Appel Colvero - Integrante / Fleide Wilian Rodrigues Alves - Integrante / Antônio Marcelino da Silva Filho - Integrante / João Bosco da Cunha - Integrante / RHANDER VIANA - Integrante / LUÍS FERNANDO FERREIRA SILVA - Integrante.
Número de produções C, T & A: 7


Membro de comitê de assessoramento


2015 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Apoio à Pesquisa


Revisor de periódico


2010 - 2010
Periódico: XVII Simpósio de Engenharia de Produção


Revisor de projeto de fomento


2015 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás
2012 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Apoio e Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do MS


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Mecânica dos Sólidos/Especialidade: Dinâmica da Rotação.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Mecânica dos Sólidos/Especialidade: Instrumentação E Análise de Dados.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Projetos de Máquinas/Especialidade: Controle de Sistemas Mecânicos.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Mecânica dos Sólidos/Especialidade: Informática Aplicada À Engenharia.
5.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Projetos de Máquinas/Especialidade: Fundamentos Gerais de Projetos das Máquinas.
6.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Curriculos de Engenharia: CONFEA/CREA.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2005
Reconhecimento Faz, NEAB - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
OLIVEIRA, A. G.2005OLIVEIRA, A. G.; CAMILO NETO, Elias . DESENVOLVIMENTO E CONSTRUÇÃO DE UMA BALANÇA VEICULAR DIGITAL E PORTÁTIL. Intercursos (Ituiutaba), ITUIUTABA, v. 1, n.1, p. 56-59, 2005.

2.
OLIVEIRA, A. G.2003OLIVEIRA, A. G.; MOREIRA, João Carlos . SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL DA DINÂMICA DAS PONTES DE HIDROGÊNIO EM UMA MOLÉCULA DE DNA. Intercursos (Ituiutaba), ITUIUTABA, v. 1, n.1, p. 72-78, 2003.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
OLIVEIRA, A. G.. Antigo sonho, universidade federal traz novos desafios. Diário de Itabira, Itabira - Minas Gerais, p. 3 - 5, 09 out. 2009.

2.
OLIVEIRA, A. G.. Campus Avançado da Unifei. Quem está preparado para a revolução cultural?. http://www.defatoonline.com.br, Itabira - Minas Gerais.

3.
OLIVEIRA, A. G.. SEGURANÇA VEICULAR UM DIREITO DE TODOS. UsadosBR - REVISTA BIMESTRAL, GOIÂNIA, p. 13 - 14.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, A. G.. ANÁLISE DE ABSORÇÃO SONORA EM PLACA CIMENTICIA COMPOSTA COM FIBRA DE BAGAÇO DE CANA-DE-AÇÚCAR. In: XXV Encontro SOBRAC, 2014, São Paulo. XXV Encontro SOBRAC, 2014.

2.
OLIVEIRA, A. G.; OLIVEIRA, M. C. ; FERREIRA, J. L. A. . DESIGN, FABRICATION AND TESTING OF A PROTOTYPE VIBROMETER. In: 22nd International Congress of Mechanical Engineering (COBEM 2013), 2013, Ribeirão Preto, SP. 22nd International Congress of Mechanical Engineering (COBEM 2013). Ribeirão Preto, 2013.

3.
OLIVEIRA, A. G.; Átila Gracco Silva ; RIBEIRO, C. J. ; Lu, Y. L. ; GALVAO, B. C. A. . INTERAÇÃO DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO COM OS ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR REFERENTES ÀS ÁREAS DE ENGENHARIAS. In: VI Seminário de Extensão Universitária da Região Centro-Oeste, 2013, Dourados - MS. VI Seminário de Extensão Universitária da Região Centro-Oeste. Dourados: UFGD, 2013.

4.
Carlos Leandro Borges da Silva ; Wender dos Santos Cruz ; Francisco de Assis Profeta ; Wesley Pacheco Calixto ; OLIVEIRA, A. G. ; Aylton José Alves ; Marcelo Gonçalves Narciso . ROSPECÇÃO GEOELÉTRICA COM MAPEAMENTO TRIDIMENSIONAL. In: IX CONPEEX ? IX Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão da UFG - X Seminário de Pós-Graduação da UFG Mestrado, 2012, Goiânia. X Seminário de Pós-Graduação da UFG Mestrado, 2012.

5.
Rosângela Nunes Almeida de Castro ; RIBEIRO, C. J. ; OLIVEIRA, A. G. ; Arthur Moisés da Costa Borges ; Átila Gracco Silva ; Lu, Y. L. . ATIVIDADES DE EXTENSÃO NA FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO: A EXPERIÊNCIA DA UFG. In: Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia - COBENGE 2012, 2012, BELÉM - PA. ATIVIDADES DE EXTENSÃO NA FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO: A EXPERIÊNCIA DA UFG, 2012.

6.
Lu, Y. L. ; RIBEIRO, C. J. ; Átila Gracco Silva ; Arthur Moisés da Costa Borges ; OLIVEIRA, A. G. ; FIGUEIREDO, K. M. . ROBÓTICA PARA ALUNOS DOS ENSINOS FUNDAMENTAL E MÉDIO. In: IX CONPEEX ? IX Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão da UFG, 2012, GOIÂNIA. Anais do Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFG - CONPEEX, 2012.

7.
WILLIS ALCANTARA MANZAN JÚNIOR ; OLIVEIRA, A. G. . ANÁLISE DE VIBRAÇÕES ? DOIS E TRÊS GRAUS DE LIBERDADE. In: CONPEEX 2012 - IX Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2012, GOIÂNIA - GO. ANÁLISE DE VIBRAÇÕES ? DOIS E TRÊS GRAUS DE LIBERDADE. GOIÂNIA, 2012.

8.
MARCELLA CARVALHO AGOSTINHO ; OLIVEIRA, A. G. ; MARIANO, F. P. ; OLIVEIRA FILHO, R. H. . COMPARAÇÃO ENTRE OS MÉTODOS PARA DETERMINAÇÃO DO COEFICIENTE DE ABSORÇÃO SONORA DE MATERIAIS. In: CONPEEX 2012 - IX Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão da UFG, 2012, GOIÂNIA. CONPEEX 2012. GOIÂNIA: http://www.proec.ufg.br/, 2012.

9.
ROCHA, L. V. ; André Luiz Carneiro Franco ; Diogo Appel Colvero ; Fleide Wilian Rodrigues Alves ; Antônio Marcelino da Silva Filho ; João Bosco da Cunha ; MARIANO, F. P. ; VIANA, R. ; OLIVEIRA FILHO, R. H. ; OLIVEIRA, A. G. . ENGENHARIA NAS ESCOLAS: FONTES RENOVÁVEIS DE ENERGIA. In: CONPEEX 2012 - IX Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão da UFG, 2012, GOIÂNIA -GO. CONPEEX 2012 - IX Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão da UFG. GOIÂNIA: http://www.proec.ufg.br/, 2012.

10.
Lu, Y. L. ; RIBEIRO, C. J. ; Átila Gracco Silva ; OLIVEIRA, A. G. ; FIGUEIREDO, K. M. . ROBÓTICA PARA ALUNOS DO ENSINO MÉDIO. In: V SEREX ? Seminário de Extensão Universitária da Região Centro-Oeste, 2012, GOIÂNIA. V SEREX ? Seminário de Extensão Universitária da Região Centro-Oeste. GOIÂNIA: PROEC - UFG, 2012.

11.
ROCHA, L. V. ; MARCELLA CARVALHO AGOSTINHO ; LUÍS FERNANDO FERREIRA SILVA ; OLIVEIRA FILHO, R. H. ; OLIVEIRA, A. G. . ENGENHARIA NAS ESCOLAS: MOTOR STIRLING. In: V SEREX ? Seminário de Extensão Univeristária da Região Centro-Oeste, 2012, GOIÂNIA. V SEREX ? Seminário de Extensão Univeristária da Região Centro-Oeste. GOIÃNIA: UFG - PROEC, 2012.

12.
Ícaro Rezende de Deus ; OLIVEIRA, A. G. ; Diogo Appel Colvero ; André Luiz Carneiro Franco ; Fleide Wilian Rodrigues Alves . ENGENHARIA NAS ESCOLAS: BIODIGESTOR. In: V SEREX ? Seminário de Extensão Univeristária da Região Centro-Oeste, 2012, GOIÂNIA. V SEREX ? Seminário de Extensão Univeristária da Região Centro-Oeste. GOIÂNIA: UFG - PROEC, 2012.

13.
OLIVEIRA, A. G.; OLIVEIRA FILHO, R. H. ; MARIANO, F. P. ; Fábio Franklin Mendes Duarte . ENGENHARIA NAS ESCOLAS: MÓDULO DE AQUECEDOR SOLAR. In: V SEREX ? Seminário de Extensão Universitária da Região Centro-Oeste, 2012, GOIÂNIA. V SEREX ? Seminário de Extensão Universitária da Região Centro-Oeste. GOIÂNIA: UFG - PROEC, 2012.

14.
OLIVEIRA, A. G.; OLIVEIRA FILHO, R. H. . ESTUDO DA CINEMÁTICA DE UM MECANISMO DE 4 BARRAS COM O AUXÍLIO DE COMPUTAÇÃO SIMBÓLICA. In: CONEM 2012 - VII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, 2012, São Luiz do Maranhão. CONEM 2012 - VII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica. São Luiz do Maranhão: CONEM 2012 - VII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, 2012.

15.
OLIVEIRA, A. G.. INTRODUÇÃO AO SISTEMA POWERTAIN AUTOMOTIVO. In: CET 2012 - Congresso de Engenharia e Tecnologia, 2012. CET 2012 - Congresso de Engenharia e Tecnologia, 2012.

16.
OLIVEIRA, A. G.. CHANGE IN DISTANCE BETWEEN AXLES OF VEHICLES. In: ABCM Symposium Series in Mechatronics - Vol. 5, 2012. ABCM Symposium Series in Mechatronics, 2012. v. Vol. 5.

17.
MARIANO, F. P. ; OLIVEIRA, A. G. ; OLIVEIRA FILHO, R. H. . COMPARAÇÃO DA EFICIÊNCIA TÉRMICA DE PLACAS DE AQUECEDORES SOLARES. In: IX Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Goiás, 2012, GOIÂNIA. Anais do IX Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Goiás, 2012. v. v1. p. 1-2.

18.
VIANA, R. ; OLIVEIRA, A. G. ; MARIANO, F. P. ; OLIVEIRA FILHO, R. H. . TEXTURIZAÇÃO SUPERFICIAL DE INSERTOS DE METAL DURO COM FEIXE DE LASER DE PULSOS CURTOS DO TIPO CuHBr. In: VII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, 2012, 2012, São Luís. METAL DURO COM FEIXE DE LASER DE PULSOS CURTOS DO TIPO CuHBr. SÃO LUIZ: COBEM, 2012.

19.
MANZAN JUNIOR, W. A. ; OLIVEIRA, A. G. . ANÁLISE DE VIBRAÇÕES SISTEMAS DE DOIS E TRÊS GRAUS DE LIBERDADE. In: IV ECT - Encontro de Ciência e Tecnologia do Gama, 2012, 2012, GAMA. IV ECT - Encontro de Ciência e Tecnologia do Gama, 2012. GAMA: UNB GAMA, 2012.

20.
OLIVEIRA, A. G.; OLIVEIRA FILHO, R. H. . ESTUDO DA DINÂMICA DE UM MECANISMO DE QUATRO BARRAS COM O AUXÍLIO DE COMPUTAÇÃO SIMBÓLICA. In: CONEM 2012 - VII CONGRESSO NACION AL DE ENGENHARIA MECÂNICA, 2012, São Luiz do Maranhão. CONEM 2012 - VII CONGRESSO NACION AL DE ENGENHARIA MECÂNICA. Rio de Janeiro: www.abcm.org.br, 2012. v. 1. p. 1-10.

21.
OLIVEIRA, A. G.. STUDY OF CHANGES OF DISTANCE BETWEEN AXLES IN AUTOMOTIVE VEHICLES. In: COBEM 2011 - 21th COBEM International Congress of Mechanical, 2011, NATAL - RN. COBEM 2011 - 21th COBEM International Congress of Mechanical, 2011.

22.
OLIVEIRA, A. G.. ESTUDO DO MOVIMENTO DE UM PISTÃO DE UM MOTOR. In: CONPEEX 2011 - IX Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2010, GOIÂNIA. CONPEEX 2011 - IX Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2010.

23.
OLIVEIRA, A. G.; BUTKEWITSCH, S. . REDES NEURAIS ARTIFICIAIS APLICADAS À ANÁLISE DA VARIABILIDADE DE PROCESSOS PRODUTIVOS. In: CONEM 2000 - CONGRESSO NACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA, 2000, NATAL. CONEM 2000 - CONGRESSO NACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA, 2000.

24.
OLIVEIRA, A. G.; SANTOS, Marcelo Braga dos ; LÉPORE NETO, Francisco Paulo . DETECÇÃO DE DEFEITOS EM MÀQUINAS ROTATIVAS UTILIZANDO REDES NEURAIS E SINAIS DE VIBRAÇÃO TRATADOS, UTILIZANDO WAVELETS. In: CONEN 2000 - CONGRESO NACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA, 2000. CONEN 2000 - CONGRESO NACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA, 2000.

25.
OLIVEIRA, A. G.; LÉPORE NETO, Francisco Paulo . DESING, BUILDING AND IDENTIFICATION OF A ROTOR DYNAMICS DRIVER. In: COBEM 1999 - CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA MECÂNICA, 1999, ÀGUAS DE LINDÓIA - SP. COBEM 1999 - CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA MECÂNICA, 1999.

26.
OLIVEIRA, A. G.; LÉPORE NETO, Francisco Paulo . PROJETO, CONSTRUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE UMA BANCADA DE DINÂMICA DE ROTOÇÃO. In: 15TH BRASILIAN CONGRESS OF MECHANICAL ENGINEERING - COBEM 99, 1999, ÀGUAS DE LINDOIA. Congresso Brasileiro de Engenharia Mecânica, 15. Campinas, SP.: Associação Brasileira de Ciências Mecânicas, 1999.

27.
OLIVEIRA, A. G.; LÉPORE NETO, Francisco Paulo . TÉCNICAS PARA CARACTERIZAÇÃO DE EXCITAÇÕES EM MÁQUINAS ROTATIVAS. In: V CONGRESSO DE ENGENHARIA MECÂNICA NORTE NORDESTE, 1998, FORTALEZA -CE. V CONGRESSO DE ENGENHARIA MECÂNICA NORTE NORDESTE. FORTALEZA: ABCM - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CIÊNCIAS MECÂNICAS, 1998. v. I. p. 173-180.

28.
OLIVEIRA, A. G.; LÉPORE NETO, Francisco Paulo . IDENTIFICAÇÃO DE FORÇAS DE EXCITAÇÃO DE SISTEMAS MECÂNICOS VIA REDES NEURAIS. In: V SIMPOSIO BRASILEIRO DE REDES NEURAIS - SBC, 1998, BELO HORIZONTE. V SIMPOSIO BRASILEIRO DE REDES NEURAIS - SBC. BELO HORIZONTE: SBC - SOCIEDADE BRASILEIRA DE COMPUTAÇÃO, 1998. v. 1. p. 115-120.

29.
OLIVEIRA, A. G.; LÉPORE NETO, Francisco Paulo . CARACTERIZAÇÃO DE EXCITAÇÕES EM MÁQUINAS ROTATIVAS UTILIZANDO TÉCNICAS DE REDES NEURAIS. In: XIV BRAZILIAN CONGRESS OF MECHANICAL ENGENEERING, 1997, BAURU. XIV COBEM. ILHA SOLTEIRA: COBEM / UNESP IHLA SOLTEIRA, 1997. v. 1.

30.
OLIVEIRA, A. G.; LÉPORE NETO, Francisco Paulo . CARACTERIZAÇÃO DE EXCITAÇÕES VIA REDES NEURAIS. In: XIV COBEM - BRAZILIAN CONGRESS OF MECHANICAL ENGINEERING, 1997, Bauru - SP. XIV COBEM - BRAZILIAN CONGRESS OF MECHANICAL ENGINEERING, 1997.

31.
OLIVEIRA, A. G.; MANZAN JUNIOR, W. A. . ENGENHARIA MODERNA E A ARTE DE PROJETAR. In: INTRODUÇÃO À ENGENHARIA, 1997, Uberlândia - MG. SEMANA DE INTRODUÇÃO À ENGENHARIA MECÂNICA - UFU, 1997.

32.
OLIVEIRA, A. G.; LÉPORE NETO, Francisco Paulo . MEDIÇÃO DE EXCITAÇÕES EM MÁQUINAS ROTATIVAS UTILIZANDO TÉCNICAS DE REDES NEURAIS. In: I POSMEC - SEMINÁRIO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA, 1997. I POSMEC - SEMINÁRIO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA, 1997.

33.
BORGES, José Antônio Ferreira ; OLIVEIRA, A. G. . CONVERSÃO DE MOTORES A ÀLCOOL PARA GASOLINA SEM ALTERAÇÃO DA TAXA DE COMPRESSÃO. In: I POSMEC - SEMINÁRIO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA, 1997. I POSMEC - SEMINÁRIO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA, 1997.

34.
OLIVEIRA, A. G.; STEFFEN JÚNIOR, Valder . VIBRATION CONTROL OF FLEXIBLE ROTORS USING OPTIMAL EXTERNAL FORCES. In: VI DINAME - SIMPÓSIO INTERNACIONAL SONRE PROBLEMAS DINÂMICOS DA MECÂNICA, 1995, Caxambu - MG. VI DINAME - SIMPÓSIO INTERNACIONAL SONRE PROBLEMAS DINÂMICOS, 1995.

35.
OLIVEIRA, A. G.. MEDIDOR DE TORQUE: CALIBRAÇÃO ESTÁTICA E DINÂMICA DE TORQUÍMETRO SEM CONTADO. In: II Semana de Engenharia da FUNREI - II SEFUNREI, 1994, São João Dei Rei - MG. II Semana de Engenharia da FUNRE - II SEFUNREI. SÃO JOÃO DEL REI - MG: FUNREI, 1994.

36.
OLIVEIRA, A. G.. OTIMIZAÇÃO MULTI-OBJETIVO DE UM SISTEMA DE 2 GRAUS DE LIBERDADE. In: II Semana de Engenharia da FUNREI, II SEFUNREI 94, 1994, SÃO JOÃO DEL REI. II Semana de Engenharia da FUNREI, II SEFUNREI 94. SÃO JOÃO DEL REI: FUNREI, 1994.

37.
OLIVEIRA, A. G.; STEFFEN JÚNIOR, Valder . REDUÇÃO DO NÍVEL DE VIBRAÇÕES DE ROTORES FLEXÍVEIS ATRAVÉS DA OTIMIZAÇÃO DE FORÇAS DE CONTROLE. In: 3TH NORTH - NORTHESATERN CONGRESS OF MECHANICAL ENGINEERING, 1994, BELÉM. 3TH NORTH - NORTHESATERN CONGRESS OF MECHANICAL ENGINEERING. BELÉM: ABCM, 1994. v. 1. p. 400-403.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
VIANA, R. ; OLIVEIRA, A. G. . ANÁLISE DA VARIAÇÃO DOS PARÂMETROS DE USINAGEM POR ELETROEROSÃO APLICADA AO ENSINO DE ENGENHARIA MECÂNICA. In: XI Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão (CONPEEX 2014) da Universidade Federal de Goiás, 2013, Goiânia. XI Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão (CONPEEX 2014) da Universidade Federal de Goiás, 2014.

2.
OLIVEIRA, A. G.; OLIVEIRA FILHO, R. H. ; MARIANO, F. P. ; Fábio Franklin Mendes Duarte ; Wilis Alcantra Mazan Junior . ENGENHARIA NAS ESCOLAS: ESTAÇÕES DE GERAÇÃO DE ENERGIA. In: V SEREX ? Seminário de Extensão Univeristária da Região Centro-Oeste, 2012, GOIÂNIA. V SEREX ? Seminário de Extensão Univeristária da Região Centro-Oeste. GOIÂNIA: UFG - PROEC, 2012.

3.
OLIVEIRA, A. G.; ALENCAR, Guilhedrme ; MIRACHI, Samoel . SOFTWARE DE RASTREAMENTO E BLOQUEIO VEICULAR. In: VII SEMINÁRIO PESQUISA E EXTENSÃO - UEMG / DIAMANTINA -MG, 2005, DIAMANTINA - MG. VII SEMINÁRIO PESQUISA E EXTENSÃO - UEMG / DIAMANTINA -MG, 2005. v. 1.

4.
OLIVEIRA, A. G.; ANTONIETI, Bruno Vilela . DESENVOLVIMENTO E CONSTRUÇÃO DE LUXÍMETRO. In: VII SEMINÁRIO PESQUISA E EXTENSÃO - UEMG / DIAMANTINA -MG, 2005, DIAMANTINA - MG. VII SEMINARIO PESQUISA E EXTENSÃO - UEMG, 2005. v. 1.

5.
OLIVEIRA, A. G.; PAES, Diogo Botelho . CONTROLADOR DIGITAL DE POTÊNCIA E LUMINOSIDADE. In: VII SEMINÁRIO PESQUISA E EXTENSÃO - UEMG / DIAMANTINA -MG, 2005, DIAMANTINA / MG. CONTROLADOR DIGITAL DE POTÊNCIA E LUMINOSIDADE. DIAMANTINA -MG: UEMG / DIAMANTINA -MG, 2005. v. 1.

6.
OLIVEIRA, A. G.; SILVA, Mércia Moreira da . INTRODUÇÃO AO ESTUDO DAS TEORIAS E TÉCNICAS DO CONTROLE CLÁSSICO. In: VII SEMINÁRIO PESQUISA E EXTENSÃO - UEMG / DIAMANTINA -MG, 2005, DIAMANTINA / MG. DIAMANTINA / MG: UEMG / DIAMANTINA, 2005. v. 1.

7.
OLIVEIRA, A. G.; GOMES, Ana Luiza Moraes ; TOFFANO JUNIOR, Romeu . CONTROLE DE TEMPERATURA EM ESTUFAS. In: VII SEMINÁRIO PESQUISA E EXTENSÃO - UEMG / DIAMANTINA -MG, 2005, DIAMANTINA -MG. VII SEMINÁRIO PESQUISA E EXTENSÃO - UEMG / DIAMANTINA -MG. DIAMANTINA -MG: UEMG / DIAMANTINA -MG. v. 1.

8.
OLIVEIRA, A. G.. SENSIBILIDADE DA RNA BACK-PROPAGATION À PRESENÇA DE RUÍDO. In: II POSMEC - SEMINÁRIO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÊNICA, 1998, UBERLÂNDIA. II POSMEC - SEMINÁRIO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÊNICA - UFU. UBERLÂNDIA: POS-GRADUAÇÃO / UFU, 1998. v. 1.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
TEIXEIRA, P. C. F. ; OLIVEIRA, A. G. . AVALIAÇÃO DOS NÍVEIS DE RUÍDO EM RECINTOS VISANDO O CONFORTO ACÚSTICO.. In: Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão (11º Conpeex), 2014, Goiânia. Anais do 11º Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão - CONPEEX 2014, 2014, GOIÂNIA. Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão (11º Conpeex), 2014, Goiânia. Anais do 11º Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão - CONPEEX 2014. GOIÂNIA: WWW.UFG.BR, 2014.

2.
OLIVEIRA, A. G.; LÉPORE NETO, Francisco Paulo . EXCITATION FORCES CHARACTERIZATION IN ROTARY MACHINES THROUGH NEURAL NETWORKS TECHNICS. In: MoViC'98 - THE 4TH INT. CONFERENCE ON MOTION AND VIBRATION CONTOL, 1998, ZURICH. MoViC'98 - THE 4TH INT. CONFERENCE ON MOTION AND VIBRATION CONTOL. ZURICH: ETH - MoViC'98, 1998. v. 1.

Apresentações de Trabalho
1.
OLIVEIRA, A. G.. O IMPACTO FINACEIRO CAUSADO PELA IMPLEMENTAÇÃO DA INSPEÇÃO VEICULAR. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
OLIVEIRA, A. G.. AVALIAÇÃO INTERDISCIPLINAR. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
OLIVEIRA, A. G.. CHANGES OF DISTANCE BETWEEN AXLES OF VEHICLES. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
OLIVEIRA, A. G.. O PAPEL DO ENGENHEIRO MECÂNICO NA SOCIEDADE. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
OLIVEIRA, A. G.. O MODERNO ENSINO DE ENGENHARIA NO CONTINENTE EUROPEU. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
OLIVEIRA, A. G.. INTERDISCIPLINARIDADE NA EDUCAÇÃO. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
OLIVEIRA, A. G.. PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ENG. MECÂNICA UFMT/CUR 2007 (PROJETO DE CURSO).

2.
OLIVEIRA, A. G.; VIEIRA, Marcelo Mendes . REESTRUTURAÇÃO DO CURSO DE ENG MECÂNICA DA UFMT/CUR 2006 (PROJETO DE CURSO).

3.
OLIVEIRA, A. G.; FRANCO, Vera Lúcia D S . PROJETO DE CURSO ENGENHARIA MECATRÔNICA - UNIMINAS 2003 (PROJETO DE CURSO).

4.
OLIVEIRA, A. G.. 0 USO DA ANÁLISE DE SENSIBILIDADE NO PROJETO DE MAQUINAS ROTATIVAS 1992 (TESE DE MESTRADO).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
OLIVEIRA, A. G.. O PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DA INSPEÇÃO VEICULAR NO BRASIL. 2015.

Programas de computador sem registro
1.
OLIVEIRA, A. G.. FERRAMENTAS DE GERENCIAMENTO E CORREÇÃO DE CONCURSOS VESTIBULARES. 2001.

2.
OLIVEIRA, A. G.. BIBLIOTECAS DE FUNÇÕES PARA SUMULAÇÃO NUMÉRICA DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS BACK-PROPAGATION. 1998.

Produtos tecnológicos
1.
OLIVEIRA, A. G.. BALANÇA RODOVIÁRIA PORTÁTIL. 2005.

2.
OLIVEIRA, A. G.. LEITORA DE CARTÕES PARA CORREÇÃO DE CONCURSOS. 2002.

Trabalhos técnicos
1.
OLIVEIRA, A. G.. Acústica para Inspeção Técnica Veicular segundo as Nomas CONAMA e ABNT. 2015.

2.
OLIVEIRA, A. G.. Gestão de Inspeção Técnica Veicular. 2015.

3.
OLIVEIRA, A. G.. Curso de Formação Básica de Agente de Transito. 2015.

4.
OLIVEIRA, A. G.. IMPLANTAÇÃO DE REDES DE INFORMÁTICA: LTM, LEDIF, LTCM, LUNC, LAB DINÂMICA EVIBRAÇÕES. 1998.

5.
OLIVEIRA, A. G.. IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ACESSO E SEGURANÇA. 1998.

6.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTORIA À EQUIPE MINI-BAJA CERRADO. 1998.

7.
OLIVEIRA, A. G.. IMPLANTAÇÃO DA REDE DE INFORMÁTICA DA PÓS-GRADUAÇÃO DA ENGENHARIA MECÂNICA. 1998.


Demais tipos de produção técnica
1.
OLIVEIRA, A. G.. Power Train Systems. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
OLIVEIRA, A. G.. Sistema de Potência Automotivo: motor e câmbio. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
OLIVEIRA, A. G.. O Moderno Ensino de Engenharia no Continente Europeu. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
OLIVEIRA, A. G.. Introdução ao AUTOCAD 2D para Engenharia Mecânica. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
OLIVEIRA, A. G.; Salgado ; GUEDES, F. C. . TOPOGRAFIA DO FUTURO CAMPUS UNIFEI - ITABIRA. 2009. (Maquete).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
OLIVEIRA, A. G.. PRIMAVERA DESAPERCEBIDA. 2004. Fotografia.

2.
OLIVEIRA, A. G.. INFLORESCÊNCIAS COMUNS DO TRIÂNGULO MINEIRO. 2003. Fotografia.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
OLIVEIRA, A. G.; SILVA, Helder Barbieri da. Participação em banca de FERNANDO NEWTON RAIMUNDO JÚNIOR. PROGRAMAÇÃO DE MÁQUINAS DE COMANDO NUMÉRICO: UMA PROPOSTA DE LINGUAGEM ESTRUTURADA. 2002. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia.

2.
OLIVEIRA, A. G.; LÉPORE NETO, Francisco Paulo. Participação em banca de MARCELO BRAGA DOS SANTOS. UMA CONTRIBUIÇÃO À ANÁLISE DE SINAIS UTILIZANDO WAVELETS. 1999. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia.

Teses de doutorado
1.
BORGES, José Antônio Ferreira; LÉPORE NETO, Francisco Paulo; STEFFEN JÚNIOR, Valder; OLIVEIRA, A. G.; BUTKEWITSCH, S.. Participação em banca de MARCUS DE FREITAS LEAL. DESENVOLVIMENTO DE UMA METODOLOGIA MODERNA DE PROJETO DE VEÍCULO VISANDO FABRICAÇÃO EM PEQUENA ESCALA. 2007. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia.

Qualificações de Doutorado
1.
OLIVEIRA, A. G.; BORGES, José Antônio Ferreira. Participação em banca de MARCUS DE FREITAS LEAL. DESENVOLVIMENTO DE UMA METODOLOGIA MODERNA DE PROJETO DE VEÍCULOS VISANDO A FABRICAÇÃO EM PEQUENA ESCALA. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia.

2.
OLIVEIRA, A. G.; LÉPORE NETO, Francisco Paulo; RIBEIRO, Carlos Roberto. Participação em banca de MARCELO BRAGA DOS SANTOS. DESENVOLVIMENTO DE TECNICAS PARA A CARACTERIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES SUPERFICIAIS DE CILINDROS DE LAMINAÇÃO ATRAVÉS DE SINAIS DE VIBRAÇÃO E ACÚSTICA. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia.

3.
OLIVEIRA, A. G.; LÉPORE NETO, Francisco Paulo. Participação em banca de RAFAEL LUIZ TEIXEIRA. PROJETO, COSTRUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE AMORTECEDOR ATIVO. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia.

4.
OLIVEIRA, A. G.; DUARTE, Marcus Antônio Viana. Participação em banca de JOSÉ LUIZ OLIVEIRA PENA. UMA METODOLOGIA PARA IDENTIFICAÇÃO DE FONTES DE RUMOROSIDADES EM CAIXAS DE TRANSMISSÃO AUTOMOTIVAS. 2002. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia.

5.
OLIVEIRA, A. G.; DUARTE, Marcus Antônio Viana. Participação em banca de ANDRÉ LUIS BELONI DOS SANTOS. UTILIZAÇÃO DE REDES NEURAIS PARA ESTIMATIVA DA RUGOSIDADE E DO DESGASTE DAS FERRAMENTAS DE CORTE NO FRESAMENTO. 2000. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de ERIC ROBERTO RODRIGUES. FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA ASSINATURA E CERTIFICAÇÃO DIGITAL. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Fundação Educacional de Ituiutaba.

2.
OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de KARINA OLIVIERA CAMPOS. E-LEARNING. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Fundação Educacional de Ituiutaba.

3.
OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de CRISTIANE BRITO TANNÚS. PROPOSTA DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO PARA AUDITORIA EM COOPERATIVA MÉDICA. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Fundação Educacional de Ituiutaba.

4.
OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de LEOPOLDO GOMES MACHADO. FERRAMENTAS DE CONTROLE REMOTO USANDO COMUNICAÇÃO WINSOCK. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Fundação Educacional de Ituiutaba.

5.
OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de MARCELO OLIVEIRA DA COSTA. COMPARAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS LINUX X WINDOWS. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Fundação Educacional de Ituiutaba.

6.
OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de CRISTIAN TANNÚS LOPES. DECISÕES DE ARQUITETURTA E DE REUSO EM APLICAÇÕES J2EE(TM) BASEADOS NA WEB. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Fundação Educacional de Ituiutaba.

7.
OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de WESLEY FERREIRA DA SILVA. SISTEMAS DE APOIO À DECISÃO:IMPORTÂNCIA PARA A PRÁTICA CLÍNICA. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Fundação Educacional de Ituiutaba.

8.
OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de ROMEU FERNANDES DA SILVA. A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Fundação Educacional de Ituiutaba.

9.
OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de CINARA GOMES DE MELO. INFORMÁTICA EDUCACIONAL: COMPUTADOR TUTELADO. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Fundação Educacional de Ituiutaba.

10.
OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de WANDER SILVA MENEZES. SAMBA: INTEGRANDO REDES MISTAS. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Fundação Educacional de Ituiutaba.

11.
OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de MARCELO GUIMARÃES DE MIRANDA. A UTILIZAÇÃO DE SOFTWARE LIVRE COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO À EDUCAÇÃO. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Fundação Educacional de Ituiutaba.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
OLIVEIRA, A. G.; FIGUEIREDO, K. M.. Participação em banca de LOHAYNE VILELA ROCHA.DESENVOLVIMENTO DE UMA PLANTA PARA EXTRAÇÃO DE ÓLEO PRESENTE EM ESGOTO DOMÉSTICO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás.

2.
OLIVEIRA, A. G.; FIGUEIREDO, K. M.. Participação em banca de EDUARDO DE PAULA SIQUEIRA.ESTUDO DE CASO DA MANUTENÇÃO EM UMA ÁREA DE PRODUÇÃO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás.

3.
OLIVEIRA, A. G.; FIGUEIREDO, K. M.. Participação em banca de Lhiego Rodrigues de Paula.DESENVOLVIMENTO DE UM CENTRO DE USINAGEM CNC 3 EIXOS. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás.

4.
José Wilson Lima Nerys; OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de Artur Moisés da Costa Borges.KIT DE ROBÓTICA DE BAIXO CUSTO. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Computação) - Universidade Federal de Goiás.

5.
OLIVEIRA, A. G.; FERREIRA, Wellesley Barros. Participação em banca de PABLO HENRIQUE DE FREITAS / ELEONORA SANTOS DE OLIVEIRA.SISTEMA PARA ACADEMIA DE MUSCULACÃO. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Sistemas de Informação) - Universidade do Estado de Minas Gerais.

6.
OLIVEIRA, A. G.; PEREIRA JÚNIOR, W. M.. Participação em banca de DOUGLAS QUEIROS ASSIS / VIVIANE VIEIRA DE SOUSA OLIVEIRA.SISTEMA ADMINISTRATIVO PARA ÓPTICAS. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Sistemas de Informação) - Universidade do Estado de Minas Gerais.

7.
OLIVEIRA, A. G.. Participação em banca de FABRICIO ALENCAR FERREIRA DE SOUZA.ESTUDO DA APLICAÇÃO DO PROTOCOLO X-10 NA REDE ELÉTRICA. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais.

8.
OLIVEIRA, A. G.; FERREIRA, Wellesley Barros. Participação em banca de NAYANE ARAÚJO BONIFÁCIO.CONSTRUÇÃO DE FERRAMENTAS DE RECONHECIMENTO DE ESTRUTURAS GRAMATICAIS DO ESPERANTO. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais.

9.
OLIVEIRA, A. G.; GARCIA JÚNIOR, Saulo de Morais de. Participação em banca de SAMOEL MIRACHI.SISTEMA DE RASTREAMENTO VEICULAR UTILIZANDO GSM. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais.

10.
OLIVEIRA, A. G.; GARCIA JÚNIOR, Saulo de Moraes de. Participação em banca de LYGIA MORAES DA COSTA.SEGURANÇA EMPRESARIAL USANDO CONTROLE DE ACESSO. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia da Computação) - Fundação Educacional de Ituiutaba.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
OLIVEIRA, A. G.; PENA; VILELA. CONCURSO PÚBLICO ÁREA DE PROJETO MECÂNICO - UFG. 2013. Universidade Federal de Goiás.

2.
OLIVEIRA, A. G.. Concurso para docentes do Curso de Eng. de Pesca da UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ EDITAL N. 043/2013. 2013. Universidade do Estado do Amapá.

3.
OLIVEIRA, A. G.; PENA. Concurso na área de Projetos Mecânicos no IFG - Instituto Federal de Goiás. 2013. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás.

4.
OLIVEIRA, A. G.; VILELA; FIGUEIREDO, K. M.. CONCURSO PÚBLICO ÁREA DE PROJETO MECÂNICO - UFG. 2012. Universidade Federal de Goiás.

5.
OLIVEIRA, A. G.; Gleyzer; Hilano. CONCURSO PÚBLICO ÁREA DE PROJETO MECÂNICO - UFU. 2012. Universidade Federal de Uberlândia.

6.
OLIVEIRA, A. G.; PENA; GOULART. CONCURSO PÚBLICO ÁREA DE PROJETO MECÂNICO - UFG. 2011. Universidade Federal de Goiás.

7.
OLIVEIRA, A. G.; GOULART; VILELA. CONCURSO PÚBLICO ÁREA DE TÉRMO-FLUIDO. 2011. Universidade Federal de Goiás.

8.
OLIVEIRA, A. G.; FIGUEIREDO, K. M.; VILELA. CONCURSO PÚBLICO ÁREA DE MATERIAIS E PROCESSOS DE FABRICAÇÃO. 2011. Universidade Federal de Goiás.

9.
OLIVEIRA, A. G.; CHIARELLO, A. Garcia; QUEIROZ, William Fernandes de. CONCURSO PÚBLICO ÁREA DE PROJETO MECÂNICO - VIBRAÇÕES MECÂNICAS - UFMT. 2009. Universidade Federal de Mato Grosso.

Outras participações
1.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTOR AD-HOC FUNDECT. 2013. Fundação de Apoio e Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do MS.

2.
OLIVEIRA, A. G.; FIGUEIREDO, K. M.; VILELA. Membro da Comissão de Validação de diploma do Curso de Eng. Mecânica.. 2013. Universidade Federal de Goiás.

3.
DEUS JÚNIOR, G. A.; OLIVEIRA, A. G.. BANCA DE SELEÇÃO DE PROCESSO SELETIVO GRUPO PET-EEEC. 2011. Universidade Federal de Goiás.

4.
OLIVEIRA, A. G.. GUIA DAS PROFISSÕES VESTIBULAR 2012. 2011. GRUPO ABRIL EDITORA.

5.
OLIVEIRA, A. G.. REVISOR - XVIII SIMPEP - SIMPOSIUM DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. 2011. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

6.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTOR AD-HOC FUNDECT. 2011. Fundação de Apoio e Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do MS.

7.
OLIVEIRA, A. G.. REVISOR - XVI ? SIMPEP ? Simpósio de Engenharia de Produção.. 2009. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

8.
OLIVEIRA, A. G.. Parecista da avaliação de cursos superiores do Guia do Estudante - Editóra Abril. 2009. Editora Abril.

9.
OLIVEIRA, A. G.. Parecista da avaliação de cursos superiores do Guia do Estudante - Editóra Abril. 2007. Editora Abril.

10.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTOR AD DOC PIBIC / CNPq / UFU. 2005. Universidade Federal de Uberlândia.

11.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTOR AD HOC CNPQ/UFU. 2004. Universidade Federal de Uberlândia.

12.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTOR AD HOC FAPEMIG. 2003. Universidade Federal de Uberlândia.

13.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTOR AD HOC CNPQ / UFU. 2003. Universidade Federal de Uberlândia.

14.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTOR AD HOC UFU. 2003. Universidade Federal de Uberlândia.

15.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTOR AD HOC FAPEMIG/UFU. 2003. Universidade Federal de Uberlândia.

16.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTOR AD DOC CNPQ/UFU. 2002. Universidade Federal de Uberlândia.

17.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTOR AD HOC FAPEMIG/UFU. 2002. Universidade Federal de Uberlândia.

18.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTOR AD HOD DA POS-GRADUAÇÃO DA ENGENHARIA MECÂNICA - UFU. 2000. Universidade Federal de Uberlândia.

19.
OLIVEIRA, A. G.. REVISOR - CONEM 2000 - Congresso Nacinal de Engenharia Mecânica. 2000. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

20.
OLIVEIRA, A. G.. CONSULTOR REVISOR DO IV SEMINÁRIO MINEIRO DE MECÂNICA COMPUTACIONAL. 2000. Universidade Federal de Uberlândia.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
COBENGE 2012 - XL Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia.. Atividades de Extensão na Formação do Engenheiro: A Experiência da UFG. 2012. (Congresso).

2.
CONPEEX 2012 - IX Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão da Universidade Federal de Goiás. Modelagem Matemática de Sistemas de 3 GDL Amortecido. 2012. (Congresso).

3.
63a REUNIAO ANUAL - SBPC. 2011. (Congresso).

4.
CET - UFG 2011 - Congresso de Engenharia e Tecnologia da UFG. O USO DE REDES NEURAIS PARA CARACTERIZAR EXCITAÇÕES EM MÁQUINAS ROTATIVAS. 2011. (Congresso).

5.
COBEM 2011. STUDY OF BALANCING OF THE FOUR-BAR MECHANISM. 2011. (Congresso).

6.
COBEM 2011. STUDY OF CHANGES OF DISTANCE BETWEEN AXLES IN AUTOMOTIVE VEHICLES. 2011. (Congresso).

7.
ECT 2011 - III ENCONTRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA - UnB. THE KINEMATICS OF ALTERNATIVE ENGINE ORTHONORMAL. 2011. (Congresso).

8.
ECT 2011 - III ENCONTRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA - UnB. CHANGES OF DISTANCE BETWEEN AXLES OF VEHICLES. 2011. (Congresso).

9.
MAC&TOOLS - FEIRA DA INDUSTRIA METAL MECÂNICA DO CENTRO OESTE. 2011. (Outra).

10.
OS ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO: AUTOAVALIAÇÃO DO AMBIENTE ACADÊMICO. 2011. (Oficina).

11.
SAP: SEMINÁRIO DE ALTERNATIVAS PEDAGÓGICAS.O PBL no Ensino de Engenharia. 2011. (Seminário).

12.
TEC - VE 2011: SEMINARIO BRASILEIRO SOBRE TECNOLOGIAS PARA VEICULOS ELETRICOS. 2011. (Congresso).

13.
Espaço da Profissões.O Curso de Engenharia Mecânica. 2010. (Oficina).

14.
Oficina temática: Curso de graduação: Sistema Acadêmico e Legislação. 2010. (Oficina).

15.
Seminário Geral de Graduação: Interdisciplinaridade Praxis - Pro-reitoria de Graduação.Interdisciplinaridade. 2010. (Seminário).

16.
DESAFIO SEBRAE ? ITABIRA 100%.DESAFIO SEBRAE ? ITABIRA 100%. 2009. (Oficina).

17.
Fórum Internacional de Jovens Empreendedores ? FIJE. 2009. (Oficina).

18.
IV Seminário de Empreendedorismo realizado na Escola Estadual Trajano Procópio. 2009. (Seminário).

19.
Missão Institucional para Dinamarca: PBL no Ensino de Engenharia.Missão Institucional para Dinamarca: PBL no Ensino de Engenharia. 2009. (Outra).

20.
Missão Institucional para França: Novas metodologias de Ensino de Engenharia.Missão Institucional para França: Novas metodologias de Ensino de Engenharia. 2009. (Outra).

21.
Missão Institucional para Holanda: Novas metodologias de Ensino de Engenharia.Missão Institucional para Holanda: Novas metodologias de Ensino de Engenharia. 2009. (Outra).

22.
2ª GINCANA DA SOLIDARIEDADE CREDIVALE.2ª GINCANA DA SOLIDARIEDADE CREDIVALE. 2008. (Oficina).

23.
I Seminário de Empreendedorismo de Itabira.niversidade empreendedora. 2008. (Oficina).

24.
Visita ao centro de Educação Ambiental da Vale ? Itabira. 2008. (Outra).

25.
Visita às minas Conceição e Cauê, da Vale em Itabira. 2008. (Outra).

26.
CENTRO EDUCACIONAL KHALIL ZAHER.PAIES - PROGRAMA ALTERNATIVO DE INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR. 2007. (Seminário).

27.
CENTRO EDUCACIONAL KHALIL ZAHER.O CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA. 2007. (Seminário).

28.
CREEM 2007 - XIV CONCRESSO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENG MECÂNICA. 2007. (Congresso).

29.
III SEMINÁRIO DE ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL.O ENGENHEIRO MECÂNICO. 2007. (Seminário).

30.
I SEMANA DE ENGENHARIA ICEN/CUR/UFMT.Aplicações de Redes Neurais para a Solução de Problemas de Engenharia. 2007. (Encontro).

31.
COBENGE 2006 - XXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA. 2006. (Congresso).

32.
II FEIRA DE CAPACITAÇÃO DO TALENTO JOVEM - UNIR/FAIR.Oportunidades de emprego oferecidas pela engenharia mecânica, na região.. 2006. (Simpósio).

33.
REGIME SEMESTRAL OU ANUAL: AVALIAÇÃO E PERSPECTIVAS PARA O ENSINO DE GRADUAÇÃO NA UFMT. 2006. (Oficina).

34.
SEMINÁRIOS TEMÁTICOS E CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO.EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLOGIA. 2006. (Seminário).

35.
OFICINA DE REFLEXÃO PEDAGÓGICA. 2004. (Oficina).

36.
5 SEMANA CIENTÍFICA DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO DO ISEPI.O DESENVOLVIMENTO DE SENSORES PARA AÚTOMAÇÃO INDUSTRIAL. 2003. (Seminário).

37.
3a SEMANA CIENTÍFICA DA ENG. DA COMPUTAÇÃO DO ISEPI.O USO DE REDES NEURAIS NO CONTROLE DE PROCESSOS INDUSTRIAIS. 2001. (Seminário).

38.
CONEN 2000 - CONGRESO NACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA. CONEM 2000. 2000. (Congresso).

39.
COBEM 1999 - CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA MECÂNICA. XV CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA MECÂNICA - COBEM. 1999. (Congresso).

40.
COBEM 1999 - CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA MECÂNICA. DESING, BUILDING AND IDENTIFICATION OF A ROTOR DYNAMICS DRIVER. 1999. (Congresso).

41.
CURSO INTRODUÇÃO AOS DISPOSITIVOS PIEZOELÉTRICOS. 1998. (Seminário).

42.
II POSMEC - SEMINÁRIO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA.II POSMEC - SEMINÁRIO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÊNICA. 1998. (Seminário).

43.
V CEM - NNE - CONGRESSO DE ENGENHARIA MECÂNICA NORTE E NORDESTE. V CEM - NNE - CONGRESSO DE ENGENHARIA MECÂNICA NORTE E NORDESTE. 1998. (Congresso).

44.
V CONGRESSO DE ENGENHARIA MECÂNICA NORTE NORDESTE. TÉCNICAS PARA CARACTERIZAÇÃO DE EXCITAÇÕES EM MÁQUINAS ROTATIVAS. 1998. (Congresso).

45.
V SIMPÓSIO BRASILEIRO DE REDES NEURAIS - SBC.IDENTIFICAÇÃO DE FORÇAS DE EXCITAÇÃO DE SISTEMAS MECÂNICOS VIA REDES NEURAIS. 1998. (Simpósio).

46.
7TH INTERNATIONAL CONFERENCE ON DYNAMICS PROBLEMS IN MECHANICS - DINAME 97. 1997. (Congresso).

47.
I POSMEC - SEMINÁRIO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA.CARACTERIZAÇÃO DE EXCITAÇÕES EM MÁQUINAS ROTATIVAS UTILIZANDO TÉCNICAS DE REDES NEURAIS. 1997. (Seminário).

48.
SEMANA DE INTRODUÇÃO À ENGENHARIA MECÂNICA - UFU.PALESTRA: A ENGENHARIA MODERNA E A ARTE DE PROJETAR. 1997. (Encontro).

49.
XIV COBEM - BRAZILIAN CONGRESS OF MECHANICAL ENGINEERING. XIV COBEM - BRAZILIAN CONGRESS OF MECHANICAL ENGINEERING. 1997. (Congresso).

50.
VI DINAME - SIMPÓSIO INTERNACIONAL SONRE PROBLEMAS DINÂMICOS DA MECÂNICA.VI DINAME - SIMPÓSIO INTERNACIONAL SONRE PROBLEMAS DINÂMICOS DA MECÂNICA. 1995. (Simpósio).

51.
3TH NORTH - NORTHESATERN CONGRESS OF MECHANICAL ENGINEERING. REDUÇÃO DO NÍVEL DE VIBRAÇÕES DE ROTORES FLEXÍVEIS ATRAVÉS DA OTIMIZAÇÃO DE FORÇAS DE CONTROLE. 1994. (Congresso).

52.
II Semana de Engenharia da FUNREI, II SEFUNREI 94.OTIMIZAÇÃO MULTI-OBJETIVO DE UM SISTEMA DE 2 GRAUS DE LIBERDADE. 1994. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OLIVEIRA, A. G.. 1 Campeonado de Ponte de Macarrão. 2010. (Outro).

2.
OLIVEIRA, A. G.. A UNIFEI ? Itabira Mostra Caminhos. 2009. (Outro).

3.
OLIVEIRA, A. G.; GUEDES, F. C. . Parada Legal ? Empreendedorismo. 2009. (Outro).

4.
OLIVEIRA, A. G.; CVT - Centro de Vocação Tecnológica - Itabira . CVT Itabira ? Arte, Conhecimento, Cultura e Turismo. 2009. (Exposição).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Pollyana Alves Resende. O uso de microcontroladores no desenvolvimento de instrumentos de medição. Início: 2013. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás, UFG - PROGRAD. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
GABRYELL FELLYPPE ALVES DOURADO. Monitoria em Dinâmica e cinemática das Máquinas. Início: 2013. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Goiás. UFG - PROGRAD. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Murilo Cândido de Oliveira. DESENVOLVIMENTO DE UM VIBRORAFO. 2011. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade de Brasília, . Coorientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

2.
MURILO CÂNDIDO DE OLIVEIRA. DESENVOLVIMENTO DE UM VIBRÓBROGRAFO. 2011. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade de Brasília, . Coorientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
ERIC ROBERTO RODRIGUES. FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA ASSINATURA E CERTIFICAÇÃO DIGITAL. 2004. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

2.
CRISTIANE BRITO TANNÚS. PROPOSTA DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃP PARA AUDITORIA EM COOPERATIVA MÉDICA. 2004. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

3.
CRISTIAN TANNÚS LOPES. DECISÕES DE ARQUITETURA E DE REUSO EM APLICATIVOS J2EE(TM) BASEADOS NA WEB. 2004. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

4.
WESLEY FERREIRA DA SILVA. SISTEMA DE APOIO À DECISÃO: IMPORTÂNCIA PARA A PRÁTICA CLÍNICA. 2004. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

5.
ADRIANA DE SOUZA GUIMARÃES. PRIVACIDADE DE DADOS EM MEIOS ELETRÔNICOS. 2004. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

6.
ROMEU FERNANDES DA SILVA. A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO. 2004. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Análise de Sistemas) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Artur Moisés da Costa Borges. KIT DE ROBÓTICA DE BAIXO CUSTO. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Computação) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

2.
LIGIA MARIA DE OLIVEIRA. SISTEMAS DE MONITORAÇÃO E CONTROLE EM TEMPO REAL. 2006. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

3.
LILIANE MORAES DA COSTA. MONITORAMENTO REMOTO DAS CONDIÇÕES DE FUNIONAMENTO DE UMA CENTRAL DE BOMBEAMENTO DE ÁGUA. 2006. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

4.
ELIAS CAMILO NETO. SISTEMA DE MEDIÇÃO DE ORÇAS USANDO MICROPROCESSADORES. 2005. 37 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

5.
DIOGO BOTELHO PAES. DISPOSITIVO PARA ILUMINAÇÃO INTELIGENTE. 2005. 32 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

6.
BRUNO VILELA ANTONIETI. DESENVOLVIMENTO E CONSTRUÇÃO DE UM LUXÍMETRO. 2005. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

7.
ANA LUIZA MORAES GOMES. AUTOMAÇÃO DE ESTUFAS DE CULTIVO HIDROPÔNICO. 2005. 40 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

8.
MÉRCIA MOREIRA DA SILVA. INTRODUÇÃO AO ESTUDO DAS TEORIAS E TÉCNICAS DO CONTROLE CLÁSSICO. 2005. 24 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

9.
FÁBIO SANCHES MARCATO. SISTEMA AUTOMATIZADO DE CONTROLE DO FACHO DE LUZ DOS FARÓIS AUTOMOTIVOS. 2004. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

10.
MARCELO OLIVEIRA AMARAL. SISTEMA DE CONTROLE AUTOMATIZADO PARA IRRIGAÇÃO EM ESTUFAS. 2004. 60 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

11.
STÉFAN DE OLIVEIRA ROSA. ESTUDO DE TECNOLOGIA DE TRANSMISSÃO DE DADOS QUE POSSIBILITE A CRIAÇÃO DE SISTEMA COM QUALIDADE E ECONOMIA DE RECURSOS. 2004. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia da Computação) - Universidade do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

Iniciação científica
1.
Carlos Augusto Paes Lemes. Avaliação dos níveis de ruído em recintos com vistas ao conforto acústico. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás, UFG - PROGRAD. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

2.
Inara Fideles Freitas. Avaliaçãop dos níveis de ruído em recintos com vistas ao conforto acústico. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás, UFG - PROGRAD. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

3.
Cláudia Maria Gonçalves Crispim. PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA CIÊNCIA 01/08/12- 07/2013. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

4.
Sandro Lino Pereira Júnior. Fundamentos do Ciclo Térmico do Motor Stirling. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

5.
João Pedro Bravo Milagres. Estudo do Movimento do Pistão de um Motor. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

6.
Uyara Isabela de Melo Pereira. Diagnóstico das instalações elétricas de baixa tensão e da iluminação das escolas públicas estaduais do município de Itabira ? MG. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

Orientações de outra natureza
1.
Carlos Augusto Paes Lemes. PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA CIÊNCIA 01/08/12- 07/2013. 2012. Orientação de outra natureza. (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

2.
Felipe Arantes Lobo. PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA CIÊNCIA 01/08/12- 07/2013. 2012. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

3.
Inara Fideles Freitas. PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA CIÊNCIA 01/08/12- 07/2013. 2012. Orientação de outra natureza. (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

4.
ÁTILA GRACCO DA SILVA. CONSTRUÇÃO DE ROBO JOGADOR DE FOTEBOL: XI LATIN AMERICAN ROBOTICS COMPETITION. FORTALEZA - CE. 2012. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Computação) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

5.
DANUBIO AZEVEDO CASTRO. CONSTRUÇÃO DE ROBO JOGADOR DE FOTEBOL: XI LATIN AMERICAN ROBOTICS COMPETITION. FORTALEZA - CE. 2012. Orientação de outra natureza. (Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

6.
ORIENTAÇÃO EXTRA CURRICULAR. CONSTRUÇÃO DE ROBO JOGADOR DE FOTEBOL: XI LATIN AMERICAN ROBOTICS COMPETITION. FORTALEZA - CE. 2012. Orientação de outra natureza. (Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

7.
CONSTRUÇÃO DE ROBO JOGADOR DE FOTEBOL: XI LATIN AMERICAN ROB. CONSTRUÇÃO DE ROBO JOGADOR DE FOTEBOL: XI LATIN AMERICAN ROBOTICS COMPETITION. FORTALEZA - CE. 2012. Orientação de outra natureza. (Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

8.
LUIS FERNANDO FERREIRA SILVA. DISCIPLINA CINEMÁTICA E DINÂMICA DAS MÁQUINAS. 2012. Orientação de outra natureza. (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás, UFG - PROGRAD. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

9.
MICHEL LUCIO DA COSTA. CONSTRUÇÃO DE ROBO JOGADOR DE FOTEBOL: XI LATIN AMERICAN ROBOTICS COMPETITION. FORTALEZA - CE. 2012. Orientação de outra natureza. (Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

10.
PEDRO GONCALVES ALVARES. CONSTRUÇÃO DE ROBO JOGADOR DE FOTEBOL: XI LATIN AMERICAN ROBOTICS COMPETITION. FORTALEZA - CE. 2012. Orientação de outra natureza. (Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

11.
RAUHE ABDULHAMID. CONSTRUÇÃO DE ROBO JOGADOR DE FOTEBOL: XI LATIN AMERICAN ROBOTICS COMPETITION. FORTALEZA - CE. 2012. Orientação de outra natureza. (Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

12.
Lhiego Rodrigues de Paula. Monitoria de Dinâmica e Cinemática dos Mecanismos. 2011. Orientação de outra natureza. (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

13.
MARCELA CARVALHO AGOSTINHO. RED BULL SOAPBOX BH 2011: EQUIPE GLIETER. 2011. Orientação de outra natureza. (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

14.
DÉBORA SANTOS DE SOUSA. RED BULL SOAPBOX BH 2011: EQUIPE GLIETER. 2011. Orientação de outra natureza. (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

15.
LOHAYNE VILELA ROCHA. RED BULL SOAPBOX BH 2011: EQUIPE GLIETER. 2011. Orientação de outra natureza. (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.

16.
PAULA BORGES. RED BULL SOAPBOX BH 2011: EQUIPE GLIETER. 2011. Orientação de outra natureza. (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Ademyr Gonçalves de Oliveira.



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
OLIVEIRA, A. G.. Power Train Systems. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
OLIVEIRA, A. G.. Sistema de Potência Automotivo: motor e câmbio. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Outras informações relevantes


CONCURSOS  

1 - APROVADO como PROFESSOR SUBSTITUTO do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Uberlândia, na área de Sistemas Mecânicos, em 29 de setembro de 1999. 

2 - APROVADO em Concurso Público. Departamento de Engenharia Mecânica da Universiodade Federal de Uberlândia, na àrea de Projetos de Sistemas Mecânicos, em 22 de julho de 1998. 

3 - APROVADO em Concurso Público. FEMEC - UFU. Área: PROJETOS E SISTEMAS MECÂNICOS. Sub-área: DINÂMICA DE SISTEMAS MECATRÔNICOS E INSTRUMENTAÇÃO, em Set. 2005.

MONITORIAS  

1 - Disciplina TECNOLOGIA MECÂNICA I: Curso de Engenharia Mecânica da UFC, de 13 de maio a 31 de dezembro de 1988. 

2 - Disciplina MECÂNICA E PRODUÇÃO: Curso de Engenharia Mecânica da UFC, de 13 de maio a 31 de dezembro de 1988.

GERAIS  

1 - COLABORAÇÃO NA IMPLANTAÇÃO DO PAIES /UFU. 1997: Colaboração na estruturação e implantação da 1a Etapa do Programa Alternativo de Ingresso no Ensino Superior - PAIES, em 1997. 

2 - INFRAESTRUTURA DE INFORMÁTICA e SUPORTE DO VI INTERNATIONAL SYMPOSIUN ON DYNAMIC PROBLEMS OF MECHANICS - DINAME 95. 1995. 1995. 

3 - COLABORAÇÃO NA COMISSÃO PERMANENTE DE VESTIBULAR - COPEV/UFU.    

-Sub-chefe de Unidade Campus Santa Mônica de Janeiro a julho de 1994.    

-Chefe de Unidade do Campus FUMESU - Uberaba/MG em fevereiro de 1996.

-Chefe de Unidade da Escola de Educação Básica - ESEBA, de janeiro de 1995 a janeiro de 1998. 

4 - Reconhecimento pela implementação da Rede de Informática do Departamento de Engenharia Mecânica da UFU, em 1998. 

5 - Reconhecimento pela colaboração ao PBIIC/FAPEMIG/UFU pelos pareceres dos Projetos Edital 002/2002. 

6 - Reconhecimento pela colaboração ao PBIIC/CNPq/UFU pelos pareceres dos Projetos Edital 001/2004. 

7 - Reconhecimento pela colaboração ao PBIIC/FAPEMIG/UFU pelos pareceres dos Projetos Edital 003/2004.
(07/12/2005)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/01/2019 às 22:22:57