Fabio de Oliveira Almeida

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6908556393056032
  • Última atualização do currículo em 14/02/2019


Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar, onde também fez iniciação científica pesquisando delegados de polícia no Estado de São Paulo, com bolsa PIBIQ/CNPq e inserido no projeto "Ideologias no Mundo do Direito", liderado pela Prof.ª. Dr.ª Maria da Gloria Bonelli no campo da chamada Sociologia das Profissões. Em sua monografia de conclusão de curso, estudou a relação entre, de um lado, lideranças políticas e esferas de poder local no interior do Estado de São Paulo e, de outro lado, a liderança política do populismo adhemarista. É mestre e doutor em Sociologia pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia - PPGS/UFSCar, tendo sido igualmente orientado, em ambos os casos, pela Prof Drª Maria da Goria Bonelli. No mestrado, foi bolsista tanto da CAPES como da FAPESP. No doutorado, recebeu apoio de bolsa FAPESP para o desenvolvimento de sua tese doutoral, tendo sido também, entre 2014 e 2015, bolsista CAPES durante um estágio sanduíche (de 09 meses) realizado no Reino Unido junto a University of Lincoln, sob a co-orientação do professor PhD Mike Saks, onde, em seguida, passou a ocupar a posição de Visiting Fellow - situação institucional sob a qual permaneceu até o final de maio de 2017. Em sua dissertação de mestrado, investigou as relações entre médicos paulistas, políticas estaduais de saúde e a liderança política de Adhemar de Barros em seu segundo mandato como governador de São Paulo, entre 1947-1951. Durante sua tese de doutorado, pesquisou, entre 1889 e 1988, o processo de interiorização do profissionalismo médico no contexto do Estado de São Paulo, em suas relações com o desenvolvimento urbano-industrial, a centralização política do Estado brasileiro e o processo de modernização verificado no município de São Carlos. Atualmente, desenvolve um pós-doutoramento em Sociologia junto ao PPGS/UFSCar, com bolsa PNPD/CAPES. Neste caso, vem ministrando aulas em Sociologia Industrial e do Trabalho, Tecnologia e Sociedade, Introdução à Sociologia Geral e Sociologia das Profissões. Ademais, desenvolve um projeto de pesquisa sobre as relações entre a nova governança profissional em saúde do SUS e o profissionalismo médico brasileiro. Desde alguns anos, tem sido membro do Grupo de Pesquisa em Sociologia das Profissões da UFSCar. Em suas análises, tem dado destaque a um enfoque, ao mesmo tempo, histórico e sociológico, a partir da Sociologia das Profissões, fazendo uso de métodos qualitativos de pesquisa documental e de análise de entrevistas, debruçando-se sobre a investigação de arquivos históricos e registros orais obtidos a partir de entrevistas baseadas em história oral e em questionários semi-estruturados, promovendo diálogos com outras áreas de conhecimento e temas de pesquisa, tais como: a Sociologia da Saúde e a História das Ciências e da Saúde, os estudos sobre políticas públicas e políticas de saúde, sistemas de saúde e o SUS, poder local, coronelismo e populismo, além do fenômeno do desenvolvimento e dos processos de modernização. Em sua trajetória profissional, também acumulou conhecimentos e experiência sobre a implementação de políticas sociais atuando como Agente de Desenvolvimento Social, na condição de servidor publico concursado e efetivo da então Secretaria de Desenvolvimento Social - SEDS, do governo do Estado de São Paulo, participando do desenvolvimento de políticas públicas na área de assistência e desenvolvimento social. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Fabio de Oliveira Almeida
Nome em citações bibliográficas
ALMEIDA, F. O.;ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA;Oliveira, Fabio De


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em Sociologia.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Título: As ondas de interiorização do profissionalismo médico e o desenvolvimento em São Carlos, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Maria da Glória Bonelli.
Coorientador: Mike Saks, University of Lincoln - Estágio Sanduiche.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: profissionalismo e política; Médicos; poder local; Modernização; desenvolvimento urbano-industrial.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia das Profissões.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Saúde.
2008 - 2010
Mestrado em Progama de Pós-Graduação em Sociologia.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Título: Reforma sanitária e política paulista: as relações entre o processo de profissionalização dos médicos de São Paulo e políticas de saúde do governo estatual de Adhemar de Barros (1947-1951),Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Maria da Glória Bonelli.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Profissões; profissionalismo e política; medicina em São Paulo; adhemarismo.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
2000 - 2003
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Título: As lideranças políticas no adhemarismo.
Orientador: Marco Antônio Vila.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia das Profissões.


Atuação Profissional



Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor e pesquisador pós-doutorando, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Além de projeto de pesquisa, as atividades de pós-doutoramento incluem, participar da organização de eventos acadêmicos e assumir disciplinas para ministrar aulas a estudantes de graduação e pós-graduação da Universidade Federal de São Carlos - UFSCar. Até o momento já foram ou anda estão sendo desenvolvidos trabalhos de ensino para estudantes de disciplinas, tais como: Sociologia Industrial e do Trabalho, Tecnologia e Sociedade, Introdução à Sociologia Geral e Sociologia das Profissões

Atividades

03/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.

03/2017 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Industrial e do Trabalho
Tecnologia e Sociedade
Introdução a Sociologia Geral

Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo, SEADS, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Agente de Desenvolvimento Social, Carga horária: 40
Outras informações
Licenciado entre março de 2012 e fevereiro de 2014



Linhas de pesquisa


1.
Processos de interiorização do profissionalismo, desenvolvimento e política e diferentes modalidades de governança profissional em saúde

Objetivo: Propõe-se a verificar as condições em que se mantém e se transformam as profissões de saúde no Brasil, bem como suas relações com políticas públicas do setor e com o desenvolvimento do país. Seu foco volta-se para os processos históricos e contemporâneos que permeiam a configuração do profissionalismo dentre as carreiras do campo da saúde, com foco dirigido aos processos históricos intervenientes sobre as formas de interiorização do profissionalismo, as conexões entre profissionalismo, Estado e política e como se materializa, na atualidade, a governança profissional em saúde no SUS.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
Palavras-chave: Profissionalismo e saúde; Socioloigia; Sociologia das Profissões; politicas de saúde; Interiorização do profissionalismo; Sociologia da Saúde.


Projetos de pesquisa


2012 - 2013
Profissionalismo médico paulista e reforma na saúde adhemarista
Descrição: O presente trabalho explora a possibilidade de estudar políticas de saúde adhemaristas e suas relações com o grupo médico paulista, reconhecendo este grupo não enquanto submetido à lógica de relações entre classes sociais, ou como setores de classes médias, mas enquanto grupo profissional que manteve uma peculiar relação de interlocução com o Estado adhemarista. Assim, promovemos um diálogo entre a Sociologia das Profissões e a teoria do populismo no Brasil, o que nos levou a discutir as conexões entre profissionalismo e relações de classe, já que o populismo tem sido estudado especialmente a partir da teoria de classes sociais. Com interesses e ideologia particulares mais claros enquanto grupo profissional, e organizado cada vez mais nesta condição, o grupo médico de São Paulo apresentava características que evidenciam que mais do que fruto das determinações ou condicionamentos de classe, esse grupo se relacionou com o Estado adhemarista como um grupo ocupacional em luta por sua autonomia profissional (FREIDSON, 2001). Embora os médicos fossem favoráveis à maior presença do Estado na oferta de serviços de saúde, direção seguida pelas políticas adhemaristas, enfrentaram dificuldades oriundas da considerável politização das organizações estatais de saúde paulistas, o que conferiu ambivalências à relação entre médicos e adhemarismo em São Paulo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .

Integrantes: Fabio de Oliveira Almeida - Integrante / Maria da Glória Bonelli - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
1995 - Atual
Processos de profissionalização Contemporâneos
Descrição: Investiga os processos de profissionalização em curso, tanto das novas profissões quantos das profissões consideradas liberais. Focaliza as relações no mercado e com o Estado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) .

Integrantes: Fabio de Oliveira Almeida - Integrante / Maria da Glória Bonelli - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia das Profissões.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Saúde.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA2019ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA. A socialização da medicina no interior paulista: o caso de São Carlos - SP (1889-1988). ESTUDOS DE SOCIOLOGIA, v. 23, p. 237-254, 2019.

2.
Oliveira, Fabio De2016Oliveira, Fabio De; Khalifa, Mahmoud . The Egyptian Civil Society Organisations Role in Public Policy-making Process: Lessons from the Brazilian Experience. Public Policy and Administration Research, v. 06, p. 63-71, 2016.

3.
ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA2014ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA. A socialização da medicina na era do adhemarismo. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 21, p. 1379-1396, 2014.

4.
ALMEIDA, F. O.;ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA;Oliveira, Fabio De2011ALMEIDA, F. O.. Coesão e interesses da medicina paulista diante do populismo adhemarista: contradições e ambivalências. Sociedade e Cultura (Impresso), v. 1, p. 131-139, 2011.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ALMEIDA, F. O.. Profissionalismo médico paulista e reforma na saúde adhemarista. 1. ed. São Carlos: EdUFSCar, 2013. v. 1. 164p .

Capítulos de livros publicados
1.
ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA. Medicina e saúde nos anos 60 e 70: ditadura militar e centralização política, desenvolvimento urbano-industrial, elites e redes de poder em São Carlos. In: André Mota, Maria Gabriela S. M. Marinho, Ana Nemi. (Org.). Medicina e contextos de exceção: histórias, tensões e continuidades (Coleção Medicina & História). 01ed.Santo André: UFABC, 2017, v. 09, p. 115-140.

2.
ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA. Profissionalismo médico e poder local em São Carlos. In: Maria da Gloria Bonelli, Wellington Luiz Siqueira. (Org.). Profissões republicanas: experiências brasileiras no profissionalismo. 01ed.São Carlos: EdUFSCar, 2016, v. 01, p. 15-31.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ALMEIDA, F. O.. Profissionalismo e poder local na República: a medicina no interior paulista (1889-1945). In: V Seminário Nacional Sociologia & Política, 2014, Curitiba. Anais do V Seminário Nacional Sociologia & Política, 2014.

2.
ALMEIDA, F. O.. A profissão médica e a politização na secretaria de saúde adhemarista. In: VII Congresso Latino-Americano de Estudos do Trabalho. ?O Trabalho no Século XXI. Mudanças, impactos e perspectivas?., 2013, São Paulo. ANAIS VII Congresso Latino-Americano de Estudos do Trabalho ? 2013, 2013.

3.
ALMEIDA, F. O.. Idas e vindas no Governo Adhemar de Barros: positivos, mas ambivalentes esforços de fortalecimento da medicina paulista. In: III Seminário de Pós-Graduação em Sociologia da UFSCar, 2012, São Carlos - SP. Sociologia em Movimento: Novos Olhares, Novas Perspectivas, 2012.

Apresentações de Trabalho
1.
ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA. Ondas de interiorização do profissionalismo médico e o desenvolvimento em São Carlos (1889-1988). 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA. Contemporary directions of the Brazilian medical professionalism in the context of the professional governance in health of SUS. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA. O profissionalismo médico brasileiro em meio à governança profissional em saúde do SUS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
ALMEIDA, F. O.. The interiorization of medical professionalism and the Brazilian modernisation: a case study of medical professionalisation in the city of São Carlos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
ALMEIDA, F. O.; Khalifa, Mahmoud . The Egyptian Civil Society Organisations Role in Public Policy-making Process. Lessons from the Brazilian Experience. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
ALMEIDA, F. O.. Profissionalismo e poder local na República: a medicina no interior paulista (1889-1945). 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
ALMEIDA, F. O.. A profissão médica e a politização na secretaria de saúde adhemarista. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
ALMEIDA, F. O.. Profissão e poder local na Primeira República: a medicina em São Carlos (1889-1930). 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
ALMEIDA, F. O.. Idas e vindas no governo Adhemar de Barros: positivos, mas ambivalentes esforços para fortalecimento da medicina paulista. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA. Parecer para Contemporânea - Revista de Sociologia. 2018.

2.
ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA. Parecer para Contemporânea - Revista de Sociologia. 2016.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ALMEIDA, F. O.. Notícias UFSCar - Entrevista sobre a história da medicina e políticas de saúde adhemaristas em São Paulo. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Qualificações de Doutorado
1.
BONELLI, M. G.; Oliveira, Fabiana Luci; ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA. Participação em banca de Humberto Massahiro Nanaka. O STF e o caso "Mensalão": hibridismo entre expertise e política. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade Federal de São Carlos.

Qualificações de Mestrado
1.
Leite Junior, Jorge; Pires, Beatriz Helena Fonseca Ferreira; ALMEIDA, FABIO DE OLIVEIRA. Participação em banca de Cristiane Vilma de Melo. Bod Mod e Bod Med: uma reflexão sobre como os agentes da body modification entendem as tentativas de criminalização de suas práticas. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Federal de São Carlos.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Seminário "Trabalho, Profissões e Política"."O profissionalismo médico brasileiro e a governança profissional em saúde do SUS" - Mesa "Profissões e Políticas Públicas de Saúde". 2018. (Seminário).

2.
Simpósio Nacional de História das Doenças e das Artes de Curar.Ondas de interiorização do profissionalismo médico e o desenvolvimento urbano-industrial de São Carlos (1889-1988). 2018. (Simpósio).

3.
XIX ISA World Congress of Sociology. Contemporary Directions of the Brazilian Medical Professionalism in the Context of the Professional Governance in Health of SUS. 2018. (Congresso).

4.
1º Ciclo de Debates "A formação médica no Brasil: desafios e perspectivas". 2017. (Outra).

5.
Quartas Sociológicas.O profissionalismo médico brasileiro em meio à governança profissional em saúde do SUS. 2017. (Outra).

6.
ISA Interim Conference RC-52-Professional Groups. "Professions, Bounds and Boundaries: Visioning a Globalising, Managed and Inclusive Professionalism". The interiorization of medical professionalism and the Brazilian modernisation: a case study of medical professionalisation in the city of São Carlos. 2015. (Congresso).

7.
PSA Annual Conference 2015. The Egyptian Civil Society Organisations Role in Public Policy-making Process. Lessons from the Brazilian Experience. 2015. (Congresso).

8.
II Seminário Internacional Ruralidades, Trabalho e Meio Ambiente. 2013. (Seminário).

9.
IV Seminário Internacionaldo Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFSCar: Novos Olhares e diálogos sociológicossobre as mudanças no Brasil e na América Latina. 2013. (Seminário).

10.
VII Congresso Latino-Americano de Estudos do Trabalho. A profissão médica e a politização na secretaria de saúde adhemarista. 2013. (Congresso).

11.
XVI Congresso Brasileiro de Sociologia. Profissão e poder local na Primeira República: a Medicina em São Carlos (1889-1930). 2013. (Congresso).

12.
XV Congresso Brasileiro de Sociologia - SBS. 2011. (Congresso).

13.
1ª Conferência Municipal do Idoso. 2010. (Outra).

14.
Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e Programa Bolsa Família - Inovações e aperfeiçoamentos no Combate à Pobreza e à Deseigualdade Social. 2010. (Seminário).

15.
I Encintro de Medidas Socioeducativas "Fortalecendo a Integração das Medidas Socioeducativas com o SGDCA". 2010. (Encontro).

16.
Seminário "A Proteção Social Especial no Estado de São Paulo. O CREAS: Diretrizes e Metodologias. 2010. (Seminário).

17.
Seminário Regional Intersetorial sobre a Nova Lei de Certificação das Entidades Beneficentes de Assistência Social. 2010. (Seminário).

18.
V Fórum de Debates sobre Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. 2010. (Outra).

19.
Capacitação de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto - 2º Ciclo de Transição. 2009. (Outra).

20.
I Fórum Municipal do Centro de Referência da Assistência Social. 2009. (Outra).

21.
II Ciclo de Encontros Regionais de Políticas Públicas de Juventude. 2009. (Outra).

22.
Simpósio "História dos Trabalhadores de Saúde em Perspectiva Comparada". 2006. (Simpósio).

23.
III Semana de Ciências Sociais e Estudos Marxistas. 2005. (Encontro).

24.
XII Congresso Brasileiro de Sociologia. 2005. (Simpósio).

25.
II Semana de Ciências Sociais e Estudos Marxistas. 2004. (Encontro).

26.
I Semana de Ciências Sociais e Estudos Marxistas. 2003. (Encontro).

27.
XI CIC -- Congresso de Iniciação Científica da UFSCar. Ideologias do Profissionalismo em Disputa no Mundo do Direito. 2003. (Congresso).

28.
III ENEPol - Encontro Nacional de Estudantes de Ciência Política. 2002. (Encontro).

29.
X CIC -- Congresso de Iniciação Científica da UFSCar. Certificado. 2002. (Congresso).

30.
Seminário "Forças Armadas e Política". 2000. (Seminário).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/02/2019 às 2:12:32