Alexandre Coutinho Antonelli

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8372787885462214
  • Última atualização do currículo em 05/07/2018


Possui graduação em Medicina Veterinária pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (1998) e fez residência em Clínica e Cirurgia de Grandes Animais no Hospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (1999). É Mestre e Doutor em Medicina Veterinária (Área de Clínica Veterinária) pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (2007). Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Clínica Veterinária, atuando principalmente nos seguintes temas: intoxicação por amônia em ruminantes, intoxicação e carência cúprica em ruminantes, e acidose láctica ruminal. Estuda formas seguras de suplementação alimentar para ruminantes. Desenvolve projetos com avaliação clínica de equinos de vaquejada. Atualmente é Professor Associado I na Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF, responsável pelas disciplinas de Semiologia Veterinária e Clínica Médica e Terapêutica de Grandes Animais, e Professor Permanente e Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias no Semiárido (Mestrado Acadêmico). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Alexandre Coutinho Antonelli
Nome em citações bibliográficas
ANTONELLI, A. C.;ANTONELLI, ALEXANDRE COUTINHO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Vale do São Francisco, Colegiado de Medicina Veterinária.
Rodovia BR 407, Km 12, s/n
Proj. de Irrig. Nilo Coelho-C1
56300-000 - Petrolina, PE - Brasil
Telefone: (87) 21014839
URL da Homepage: http://www.graduacao.univasf.edu.br/veterinaria/


Formação acadêmica/titulação


2003 - 2007
Doutorado em Clínica Veterinária.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Avaliação do uso de um sal mineral rico em molibdênio na prevenção da intoxicação cúprica acumulativa em ovinos, Ano de obtenção: 2007.
Orientador: Enrico Lippi Ortolani.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: intoxicação cúprica acumulativa; prevenção; metabolismo; cobre; molibdênio; ovinos.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia Animal / Especialidade: Toxicologia Animal.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia Animal / Especialidade: Farmacologia e Terapêutica Animal.
Setores de atividade: Produção Animal, Inclusive Serviços Veterinários.
2001 - 2003
Mestrado em Clínica Veterinária.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Administração de doses padrão e alta de uréia extrusada ou granulada em bovinos: uma análise clínica-toxicológica e laboratorial,Ano de Obtenção: 2003.
Orientador: Enrico Lippi Ortolani.
Palavras-chave: uréia granulada; uréia extrusada; amônia; bovinos; intoxicação.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia Animal / Especialidade: Toxicologia Animal.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Nutrição e Alimentação Animal / Especialidade: Avaliação de Alimentos para Animais.
Setores de atividade: Produção Animal, Inclusive Serviços Veterinários; Nutrição e Alimentação.
1999 - 2000
Especialização em Residência em Clínica e Cirurgia - Grandes Animais. (Carga Horária: 2080h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Clínica e Cirurgia de Grandes Animais.
Orientador: Fernando José Benesi.
Bolsista do(a): Fundação do Desenvolvimento Administrativo, FUNDAP, Brasil.
1994 - 1998
Graduação em Medicina Veterinária.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Púrpura hemorrágica.
Orientador: Luis Cláudio Lopes Correia da Silva.
1990 - 1992
Ensino Médio (2º grau).
Colégio São Luís, CSL, Brasil.
1982 - 1989
Ensino Fundamental (1º grau).
Escola Experimental Morumbi, EEM, Brasil.




Formação Complementar


2008 - 2008
Criação de Ovinos de Corte. (Carga horária: 90h).
Universidade On-line de Viçosa, UOV, Brasil.
2008 - 2008
Criação de Caprinos. (Carga horária: 90h).
Universidade On-line de Viçosa, UOV, Brasil.
2006 - 2006
Trein. mét. diagn. contr. Brucelose e Tuberculose. (Carga horária: 40h).
Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - USP, FMVZ-USP, Brasil.
1997 - 1997
Extensão universitária em Tópicos Emergentes em Med. de Animais Selvagens. (Carga horária: 9h).
Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, FMVZ-USP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Vale do São Francisco, UNIVASF, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Progressão autorizada pela Portaria SGP 753, de 31 de Dezembro de 2016 Professor do curso de Graduação em Medicina Veterinária Professor do curso de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências Veterinárias no Semiárido Professor do curso de Especialização em Práticas Hospitalares em Cães e Gatos

Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto IV, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Progressão autorizada pela Portaria SGP 122, de 25 de Fevereiro de 2015 Professor do curso de Graduação em Medicina Veterinária Professor do curso de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências Veterinárias no Semiárido Professor do curso de Especialização em Práticas Hospitalares em Cães e Gatos Professor do curso de Pos-Graduação Stricto Sensu em Ciência Animal

Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto III, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Progressão autorizada pela Portaria 171, de 18 de Março de 2013 Professor do curso de Graduação em Medicina Veterinária Professor do curso de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências Veterinárias no Semiárido Professor do curso de Pos-Graduação Stricto Sensu em Ciência Animal

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Progressão autorizada pela Portaria 137, de 28 de Fevereiro de 2011 Professor do curso de Graduação em Medicina Veterinária Professor do curso de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência Animal

Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor do curso de Graduação em Medicina Veterinária

Atividades

04/2016 - Atual
Direção e administração, Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias no Semiárido, .

Cargo ou função
Coordenador.
04/2015 - Atual
Ensino, Práticas Hospitalares em Cães e Gatos, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Ética, Conduta Profissional e Saúde Pública
02/2013 - Atual
Ensino, Ciências Veterinárias no Semiárido, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
VETR0087 - Abordagem Nutricional e Clínica das Enfermidades Metabólicas e Carenciais de Ruminantes
02/2009 - Atual
Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CIEN0003 - Metodologia da Pesquisa (30 horas) - de 02/2009 até 06/2009
VETR0034 - Semiologia Veterinária (75 horas) - desde 02/2009
VETR0049 - Produção Animal no Submédio São Francisco (30 horas) - de 08/2009 até 06/2010
VETR0054 - Clínica Médica de Grandes Animais (90 horas) - de 08/2009 até 12/2010
VETR0066 - Clínica Cirúrgica de Grandes Animais (45 horas) - de 03/2010 até 02/2016
VETR0075 - Clínica Médica e Terapêutica de Grandes Animais (120 horas) - desde 01/2011
01/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Colegiado de Medicina Veterinária, .

07/2015 - 04/2016
Direção e administração, Hospital Veterinário Universitário, .

Cargo ou função
Diretor.
07/2013 - 04/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Hospital Veterinário Universitário, .

Cargo ou função
Membro titular do Conselho Diretor do HVU.
06/2011 - 09/2015
Ensino, Ciência Animal, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
.
ZOOT0151 - Distúrbios Minerais de Ruminantes
07/2013 - 07/2015
Direção e administração, Hospital Veterinário Universitário, .

Cargo ou função
Vice-Diretor.
09/2012 - 12/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Colaboradores na preparação dos processos licitatórios de 2012.
11/2011 - 10/2012
Direção e administração, Colegiado de Medicina Veterinária, .

Cargo ou função
Subcoordenador do Curso de Medicina Veterinária.
07/2011 - 02/2012
Direção e administração, Pró-Reitoria de Ensino, .

Cargo ou função
Coordenador de Planejamento e Apoio ao Ensino referente aos Campi da UNIVASF no Estado de Pernambuco - PROEN/DPE/CPAE-PE - Portaria 610/2011, publicada no D.O.U. no dia 01/08/2011..
06/2009 - 08/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Ensino, Câmara de Ensino.

Cargo ou função
Membro titular - Portaria 421 de 29 de Junho de 2009.
09/2010 - 07/2011
Direção e administração, Pró-Reitoria de Ensino, .

Cargo ou função
Coordenador Acadêmico dos Laboratórios - Portaria 684 publicada no D.O.U. no dia 10/09/2010.
08/2010 - 07/2011
Extensão universitária , Pró-Reitoria de Integração, .

Atividade de extensão realizada
Leite Legal: Animal sadio, Homem saudável.
07/2010 - 06/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Ensino, Comissão Disciplinar Acadêmica.

Cargo ou função
Membro titular - Portaria 537 de 01 de Julho de 2010.
02/2009 - 06/2010
Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ZOOT0051 - Semiologia (30 horas) - até 06/2010
ADMT0008 - Metodologia Científica (30 horas) - até 06/2009
03/2010 - 03/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Ensino, Comissão de Averiguação de Obras, Instalações e Atividades Acadêmicas - CAC.

Cargo ou função
Membro titular - Portaria 194, de 16 de Março de 2010.

Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, FACEPE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor ad hoc


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador

Vínculo institucional

2003 - 2007
Vínculo: Discente, Enquadramento Funcional: aluno de pós-graduação (Doutorado), Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2001 - 2003
Vínculo: Discente, Enquadramento Funcional: aluno de pós gradução (Mestrado), Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: médico veterinário residente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1994 - 1998
Vínculo: Discente, Enquadramento Funcional: aluno de graduação, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

2/1999 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica.

7/2004 - 6/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica.

Cargo ou função
Represente Discente Titular no Conselho de Área do Programa de Pós-graduação em Clínica Veterinária.
02/2005 - 06/2005
Estágios , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica.

Estágio realizado
Estágio de docência junto à disciplina de Clínica das Doenças Nutricionais e Metabólicas.
02/2004 - 06/2004
Estágios , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica.

Estágio realizado
Estágio de docência junto à disciplina de Introdução ao Estudo da Medicina Veterinária I.
04/2004 - 04/2004
Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ministrou aula intitulada "Carência de Selênio e Zinco" na disciplina "VCM-515 Clínica das Doenças Nutricionais e Metabólicas"
2/2002 - 6/2002
Estágios , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica.

Estágio realizado
Estágio de docência junto à disciplina de Clínica das Doenças Nutricionais e Metabólicas.
11/1998 - 11/1998
Estágios , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Reprodução Animal.

Estágio realizado
auxílio na execução das aulas práticas da disciplina VRA 413 - Patologia e Clínica da Reprodução.
8/1997 - 7/1998
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica.

Cargo ou função
Representante Discente Suplente no Conselho do Departamento de Clínica Médica.
7/1997 - 8/1997
Estágios , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica.

Estágio realizado
Hospital Veterinário da FMVZ/USP - Setor de grandes animais - Unidade de Pirassununga.
7/1997 - 7/1997
Extensão universitária , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica.

Atividade de extensão realizada
Campanha de Vacinação Anti-Rábica no Município de Analândia.
8/1996 - 7/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Reprodução Animal.

Cargo ou função
Representante Discente Suplente no Conselho do Departamento de Reprodução Animal.
12/1996 - 12/1996
Estágios , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica.

Estágio realizado
Hospital Veterinário da FMVZ/USP - Setor de grandes animais - Unidade de Pirassununga.
12/1995 - 12/1995
Estágios , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Reprodução Animal.

Estágio realizado
Centro de Biotecnologia em Reprodução Animal.
8/1995 - 11/1995
Estágios , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Criação de Ruminantes e Alimentação Animal.

Estágio realizado
Setor de Equideocultura do Campus Administrativo de Pirassununga.

Universidade de Cruz Alta, UNICRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Avaliador externo
Outras informações
Avaliador externo do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC/UNICRUZ

Atividades

02/2010 - 02/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Curso de Medicina Veterinária, .

Cargo ou função
Avaliador Externo.
07/2008 - 07/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Curso de Medicina Veterinária, .

Cargo ou função
Avaliador Externo.

Prefeitura Municipal de Santa Isabel, PMSI, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1996
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Voluntário

Atividades

09/1996 - 09/1996
Extensão universitária , Departamento de Saúde, .

Atividade de extensão realizada
Campanha de Vacinação Anti-Rábica.

Prefeitura do Município de Taboão da Serra, PMTS, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Voluntário

Atividades

10/1994 - 10/1994
Extensão universitária , Departamento de Saúde, .

Atividade de extensão realizada
Campanha de Vacinação Anti-Rábica.


Linhas de pesquisa


1.
Intoxicação por compostos nitrogenados e cúpricos em ruminantes
2.
Acidose láctica ruminal: aspectos clínicos, bioquímicos e terapêuticos
3.
Avaliação laboratorial de deficiência de nutrientes em ruminantes
4.
Doenças nutricionais e metabólicas de ruminantes
5.
Clínica de Equinos


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Pesquisa de hematozoários em equinos da raça Mangalarga Marchador no município de Riachão do Jacuípe, BA
Descrição: Os hemoparasitas de maneira geral têm grande relevância na equideocultura, visto que podem causar sintomatologias diversas, que vão desde a queda de performance até o óbito. Dentre as principais espécies que acometem os equinos e são objeto de estudo do presente trabalho são a Babesia caballi, Theileria equi e Trypanosoma evansi, que causam, respectivamente a babesiose, teileriose e tripanossomose equina. Desta maneira, serão realizados exames físicos, exames de eletrocardiograma e coletadas amostras de sangue de 42 equinos da raça Mangalarga Marchador procedentes de Haras localizados no município de Riachão do Jacuípe - BA, entre machos e fêmeas com idade entre 1 a 15 anos. Será realizada a pesquisa dos hemoparasitos através de esfregaços sanguíneos confeccionados a partir das amostras de cada animal. A pesquisa dos agentes também será realizada mediante reação em cadeia de polimerase (PCR). Questionários serão aplicados aos proprietários, com perguntas referentes aos fatores de risco para o surgimento das enfermidades para possíveis correlações com os resultados laboratoriais para que assim, seja possível caracterizá-las e promover ações corretivas de prevenção e tratamento..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Mauricio Claudio Horta - Integrante / Saulo Emanuel Santos Silva - Integrante / Viviane Lopes da Silva - Integrante.Número de orientações: 1
2016 - Atual
Avaliação clínica do sistema locomotor de equinos de vaquejada
Descrição: O desequilíbrio podal pode resultar em diversas alterações que resultam em processos dolorosos, resultando em claudicação, sendo os principais problemas: relativos a produção e parede do casco, relativos a terceira falange, e relativos a região podotroclear. Com a grande intensidade de treinamentos e as frequentes provas predispõe os equinos a lesões tendíneas, principalmente as tendinites, onde as lesões dos tendões e ligamentos do metacarpo palmar são as mais frequentes. Entretanto, poucos são os trabalhos na literatura, voltados para a avaliação do efeito das provas de vaquejada sobre o sistema locomotor de equinos. Este projeto propõe avaliar, comparativamente nos cavalos de esteira e cavalos de puxada de direita e de esquerda, que participam de provas de vaquejada, quanto ao equilíbrio podal e a integridade dos seus tendões flexores. Serão utilizados 45 equinos da raça Quarto de milha, que participam regularmente de provas de vaquejada, divididos entre 15 animais de esteira, e 15 cavalos de puxada de direita e 15 animais de puxada de esquerda, onde serão analisadas a biometria podal e a avaliação ultrassonográfica dos tendões flexores em animais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Tarcito Miranda Rodrigues - Integrante / Cícero Augusto Gama de Miranda - Integrante / Alexandre Redson Soares da Silva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 2
2015 - Atual
Avaliação clínica de equinos antes e após provas de vaquejada
Descrição: A vaquejada é uma importante atividade equestre do Brasil, principalmente na Região Nordeste, que envolve esporte, cultura e economia. Este esporte é marcado por modificações explosivas de força e velocidade, onde o cavalo necessita de uma grande quantidade de glicogênio muscular armazenada, que será utilizada durante a prova, o que pode levar a um desgaste muscular em animais com pouco condicionamento físico, ou em animais submetidos a atividades extenuantes. A avaliação clínica utilizando exames complementares tornou-se importante ferramenta para o acompanhamento de equinos atletas. Através da avaliação cardiológica utilizando-se o exame de eletrocardiograma e de parâmetros hematológicos e bioquímicos é possível proporcionar um método eficaz para avaliação das possíveis anormalidades que possam causar mudança do desempenho. Entretanto, poucos são os trabalhos na literatura, voltados para a avaliação do efeito das provas de vaquejada sobre o desgaste físico e muscular de equinos. Este projeto propõe avaliar, comparativamente cavalos de esteira e cavalos de puxada, os parâmetros hematológicos, bioquímicos e eletrocardiográficos de equinos da raça quarto de milha, antes e após corridas em provas de vaquejada. Serão utilizados 40 equinos da raça Quarto de milha, que participam regularmente de provas de vaquejada, divididos entre 20 animais de esteira e 20 cavalos de puxada, onde serão realizados exames físicos, exames de eletrocardiograma e coletados sangue venoso, antes do início da prova e após cada corrida realizada pelos animais. Serão avaliadas as concentrações séricas de proteínas totais, albumina, ureia, creatinina, lactato e atividade sérica das enzimas: Aspartato Aminotransferase (AST), Creatinaquinase (CK), Lactato Desidrogenase (LDH) e hemograma completo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Tarcito Miranda Rodrigues - Integrante / Cícero Augusto Gama de Miranda - Integrante / Saulo Emanuel Santos Silva - Integrante / Lucas de Souza Silva - Integrante / Flavio Oliveira Souza - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 3
2015 - Atual
Análise da resistência de placas ósseas de acrílico fabricadas a laser quando submetidas à diferentes forças que agem sobre o foco de fratura
Descrição: Com o aumento da expectativa de vida dos animais e a melhoria da qualidade de vida destes, a busca por materiais que mimetizassem ou substituíssem um tecido lesionado tem se tornado constante, uma vez que as lesões ósseas e teciduais representam um sério problema a curto e médio prazo. Este problema fica ainda mais evidente pela incapacidade direta destes seres de proverem repouso voluntário dos membros afetados, o que obriga a utilização de implantes e materiais cada vez mais resistentes, que diminuam ainda mais as exigências mecânicas sobre o foco de fratura além de serem biocompativeis. O acrílico ou PMMA (Polimetilmetacrilato) é, um polímero sintético que pertence ao grupo dos plásticos, usado a mais de 50 anos na ortopedia e principalmente na ortodontia como cimento ósseo, sendo comumente apresentado como resina acrílica, de baixo custo e facilidade extrema de utilização. O PMMA, além de bioinerte, é classificado como inabsorvível, e como se trata de um polímero biocompatível, sua utilização combinada com outros materiais, tais como parafusos metálicos, não levará a quadros de metalose, comumente vistos em implantes ortopédicos metálicos, que combinam diferentes ligas metálicas num mesmo implante. O acrílico, nos últimos anos, tem expandido seu uso a diversas aplicações fora da área médica, para diversos fins devidos suas características físico-químicas, e hoje é comercializado não somente em forma de resinas polimerizáveis, mas em chapas de diversas densidades e espessuras associadas a um baixo custo de obtenção, beneficiamento, usinagem e termomoldagem desta blenda polimérica, o que pode de qualificar este material como alternativa barata a sua utilização em implantes cirúrgicos. Desta forma, este projeto propõe comparar a resistência mecânica do acrílico comparada com a resistência mecânica de ligas de Aço Inox ASTM F316L, comumente utilizadas em implantes ortopédicos, em fraturas em ossos de ovinos (fêmur) ex vivo, e a partir destes dados verificar a viabilidade de inserir este polímero como alternativa eficiente e de baixo custo aos implantes metálicos e determinar em que aplicações esta blenda polimérica poderá ou não ser utilizada eficientemente como um implante ortopédico..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Durval Baraúna Júnior - Integrante / Matheus Pinho de Carvalho Xisto - Integrante.Número de orientações: 1
2014 - Atual
Avaliação clínica de ovinos após o fornecimento de diferentes teores de manga
Descrição: Durante décadas, a ovinocultura foi considerada uma atividade marginal ou de subsistência na região Nordeste do Brasil. Mas a produção de ovino tem se expandido e a região Nordeste já conta com 56,7% do rebanho ovino brasileiro, porém com índices zootécnicos abaixo de outras regiões, pois são limitadas por deficiências minerais e nutricionais, além de controle sanitário inadequado. Dentre as principais causas da baixa produtividade do rebanho, destaca-se a nutrição inadequada em determinadas épocas do ano, principalmente durante o período de seca, onde há uma grande queda na produção de forragens principalmente para ovinos criados em regime extensivo. A região do Vale do São Francisco, mais precisamente o pólo Petrolina-Juazeiro destaca-se pela grande produção de frutas, e resíduos e restos desta produção são utilizados de forma rotineira na alimentação animal, como forma de complementar a alimentação, principalmente nos períodos de escassez de alimento. Já foi comprovado que algumas frutas, por conter alto teor de açúcar, se consumidas em excesso por ruminantes pode resultar em um quadro de acidose láctica ruminal. A manga, fruta produzida em larga escala na região do Vale do São Francisco, apresenta teores de 12 a 20º graus Brix, valores de sacarose que são suficientes para promover um quadro de acidose láctica ruminal. A acidose láctica ruminal é uma enfermidade metabólica que se caracteriza pela grande produção de ácido láctico no rúmen, com consequente promoção de acidose metabólica, com mortalidade variando entre 30% em animais tratados e 90% em animais não tratados. Não existem estudos relacionado o efeito da manga no ambiente ruminal, tampouco verificando sua capacidade de acidificar o conteúdo ruminal a ponto de comprometer seu metabolismo. Desta forma, o objetivo deste estudo é avaliar ovinos que recebam quantidades elevadas de manga in natura diretamente no rúmen, simulando uma ingestão súbita desta fruta, e verificar quais as alterações ruminais e bioquímicas no sangue, principalmente relacionadas à ocorrência de acidose láctica ruminal..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Daniel Ribeiro Menezes - Integrante / George Washington Neves Soares - Integrante / Alita Ruth Ferraz de Lucena - Integrante / Patricia Rodrigues de Lima - Integrante / Andresca dos Santos de Oliveira - Integrante / Julio Cesar Silva Nascimento - Integrante / Jesiane Ramos Amorim - Integrante.Número de orientações: 1
2014 - Atual
Avaliação in vitro da influência da bebida gaseificada a base de cola na fermentação e características do líquido ruminal de ovinos
Descrição: O timpanismo ruminal é uma enfermidade que acomete os ruminantes e se caracteriza pela a distensão anormal das paredes do rúmen e retículo consequência da excessiva retenção de gases oriundos da fermentação, na forma livre ou na forma de espuma. Alguns procedimentos ditos terapêuticos realizados por leigos e alguns profissionais da área da medicina veterinária incluem a administração via oral de bebida gaseificada a base de cola (Coca-Cola®), sem que haja qualquer fundamentação teórica. Este trabalho visa avaliar in vitro o efeito da bebida gaseificada a base de cola na fermentação ruminal, utilizando suco de rúmen de ovino previamente canulado. Será avaliada a influência de cinco doses diferentes de bebida gaseificada a base de cola (0,05% a 0,8%) adicionada in vitro no suco de rúmen através de diversas provas laboratoriais: determinação de pH do suco de rúmen, motilidade e viabilidade dos protozoários, avaliação da cinética da fermentação bacteriana do suco de rúmen, prova de redução de azul de metileno, avaliação morfo-tintorial das bactérias, acidez total titulável. Com os resultados obtidos será possível verificar se a utilização de refrigerante traz benefícios ou malefícios à microbiota ruminal e consequentemente influenciar de forma positiva ou negativa no metabolismo ruminal..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Daniel Ribeiro Menezes - Integrante / Jair Correia Matos - Integrante / Alita Ruth Ferraz de Lucena - Integrante / Amanda Estefanir Cordeiro - Integrante / Daniel Serafim de Andrade Rodrigues - Integrante / Dalinne Tamara Queiroz de Carvalho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2013 - Atual
Determinação dos teores de cobre e seus principais antagonistas em pequenos ruminantes criados na região de Juazeiro e Casa Nova, Bahia
Descrição: Durante décadas, a ovinocultura e a caprinocultura foram consideradas uma atividade de subsistência na região Nordeste do Brasil, relegada à população pobre, que utilizava os animais como moeda de troca. Mas a produção de pequenos ruminantes tem se expandido e a região Nordeste já conta com 90,7% do rebanho caprino e 55,9% do rebanho ovino brasileiro, porém com índices zootécnicos abaixo de outras regiões, pois são limitadas por deficiências sanitárias e nutricionais. Dentre as principais causas da baixa produtividade do rebanho, destaca-se a nutrição inadequada em determinadas épocas do ano, principalmente durante a estiagem, os caprinos e ovinos criados em regime extensivo não tem acesso a forragem em quantidade e qualidade adequadas, associada às deficiências minerais existentes nos solos e vegetação. Relatos de deficiência de macro e micro elementos foram descritos na região Nordeste, tendo sido encontrado deficiência de Cu, Co, Zn, Mn e Fe nos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Sergipe, Pernambuco e Bahia, mas sem a ênfase adequada. A carência de cobre, uma das principais deficiências minerais do mundo para ruminantes juntamente com o fósforo, pode ocorrer por menor aporte deste microelemento na dieta ou maior ocorrência de m antagonistas que diminuem a sua disponibilidade, tais como o Zn, Fe e Mo. A suplementação com cobre faz-se necessária em localidades comprovadamente deficientes em cobre para evitar a ocorrência de ataxia enzoótica em cabritos e cordeiros decorrentes de deficiência de cobre. Na região do Vale do São Francisco no estado da Bahia não foram realizados até hoje nenhum inquérito com o intuito de se constatar o perfil dos elementos traços essenciais em caprinos e ovinos. Desta forma, o objetivo deste projeto é determinar a ocorrência e distribuição geográfica da carência de cobre na região do Vale São Francisco na Bahia, além de estabelecer se a carência é primária ou secundária, para, posteriormente, recomendar formas corretas de suplementação. A partir destes dados, espera-se estabelecer metas para implantação de sistemas de manejo alimentar adequado e de acordo com a realidade da região, possibilitar a elaboração de suplementos minerais específicos conforme as carências existentes e prevenir a ocorrência da deficiência de cobre e conseqüentemente prevenir a ataxia enzoótica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Josemario Ferreira Rocha Filho - Integrante / George Washington Neves Soares - Integrante / Iara Macedo de Melo Gomes - Integrante / Willy Requião da Silva - Integrante.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 3
2011 - Atual
Determinação dos teores de cobre e seus principais antagonistas em pequenos ruminantes criados na região do São Francisco em Pernambuco
Descrição: Durante décadas, a ovinocultura e a caprinocultura foram consideradas uma atividade marginal ou de subsistência na região Nordeste do Brasil. Mas a produção de pequenos ruminantes tem se expandido e a região Nordeste já conta com 90,7% do rebanho caprino e 55,9% do rebanho ovino brasileiro, porém com índices zootécnicos abaixo de outras regiões, pois são limitadas por deficiências minerais e nutricionais, além de controle sanitário inadequado. Dentre as principais causas da baixa produtividade do rebanho, destaca-se a nutrição inadequada em determinadas épocas do ano, principalmente durante o período de seca, onde há uma grande queda na produção de forragens para os caprinos e ovinos criados em regime extensivo, associada às deficiências minerais existentes nos solos e vegetação. Relatos de deficiência de macro e micro elementos foram registrados em vários estados da região Nordeste, tendo sido encontrado deficiência de Cu, Co, Zn, Mn e Fe nos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Sergipe e Bahia. A carência de cobre, uma das principais deficiências minerais do mundo para ruminantes juntamente com o fósforo, pode ocorrer por menor aporte deste microelemento na dieta ou maior ocorrência de elementos antagonizantes que diminuem a sua disponibilidade, tais como o S, Fe e Mo. A suplementação com cobre faz-se necessária em localidades comprovadamente deficientes em cobre para evitar a ocorrência de ataxia enzoótica em cabritos e cordeiros decorrentes de deficiência de cobre. Na região do São Francisco no estado de Pernambuco não foram realizados até hoje nenhum inquérito com o intuito de se constatar o perfil dos elementos traços essenciais tanto em solo, como em forragens e materiais biológicos de caprinos e ovinos. Desta forma, o objetivo deste projeto é determinar a ocorrência e distribuição geográfica da carência de cobre na região do São Francisco em Pernambuco, além de estabelecer se a carência é primária ou secundária, para, posteriormente, recomendar formas corretas.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Pierre Castro Soares - Integrante / Josemario Ferreira Rocha Filho - Integrante / George Washington Neves Soares - Integrante / Salvador Santana Silva Júnior - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 5
2011 - Atual
Uso do Licuri (Syagrus coronata) na prevenção da carência de cobre em ovinos
Descrição: Durante décadas, a ovinocultura e a caprinocultura foram consideradas uma atividade marginal ou de subsistência na região Nordeste do Brasil. Mas a produção de pequenos ruminantes tem se expandido e a região Nordeste já conta com 90,7% do rebanho caprino e 55,9% do rebanho ovino brasileiro, porém com índices zootécnicos abaixo de outras regiões, pois são limitadas por deficiências minerais e nutricionais, além de controle sanitário inadequado. Dentre as principais causas da baixa produtividade do rebanho, destaca-se a nutrição inadequada em determinadas épocas do ano, principalmente durante o período de seca, onde há uma grande queda na produção de forragens para os caprinos e ovinos criados em regime extensivo, associada às deficiências minerais existentes nos solos e vegetação. Relatos de deficiência de macro e micro elementos foram registrados em vários estados da região Nordeste, tendo sido encontrado deficiência de Cu, Co, Zn, Mn e Fe nos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Sergipe e Bahia e mais recentemente na Paraíba e Pernambuco. A carência de cobre, uma das principais deficiências minerais do mundo para ruminantes juntamente com o fósforo, pode ocorrer por menor aporte deste microelemento na dieta ou maior ocorrência de elementos antagonizantes que diminuem a sua disponibilidade, tais como o S, Fe e Mo. A suplementação com cobre faz-se necessária em localidades comprovadamente deficientes em cobre para evitar a ocorrência de ataxia enzoótica em cabritos e cordeiros decorrentes de deficiência de cobre. A utilização de recursos naturais provenientes da caatinga como fonte de cobre é uma das saídas mais economicamente viáveis para pequenos produtores. Estudos recentes mostraram que o fruto do Licuri, já utilizado como fonte de energia em ração de animais, é rico em cobre, portanto pode ser uma alternativa de suplementação deste microelemento para animais criados em áreas deficientes neste mineral. Desta forma, o objetivo deste estudo é verificar se ovinos cria.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Daniel Ribeiro Menezes - Integrante / Felipe Silva Sento Sé - Integrante / Ana Paula Pereira Alves - Integrante / Iara Macedo de Melo Gomes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 4
2010 - Atual
Estudo comparativo da ação de membrana amniótica homóloga e xenóloga na cicatrização da pele de bovinos
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Carlos Wagner de Souza Wanderley - Integrante / Camila Meirelles de Souza Silva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2010 - Atual
Monitoramento energético/protéico de dietas de cabras leiteiras criadas no Submédio do São Francisco por meio do teor de uréia no leite
Descrição: O atual projeto te como objetivo Avaliar o status energético/protéico de dietas de cabras leiteiras criadas na região do Submédio do São Francisco e a relação deste com o teor de uréia e teor protéico no leite. Para tanto serão visitadas no mínimo 10 propriedades rurais, destinadas à caprinocultura leiteira, localizadas na região do Submédio do São Francisco, nas quais serão coletados, em questionário, dados sobre o sistema de produção, o manejo alimentar, o manejo reprodutivo e o manejo sanitário dos animais.Em cada propriedade serão coletados dados sobre no mínimo 10 animais em produção, selecionados de forma aleatória os quais serão avaliados, por meio de questionário, em relação à condição corporal e a produção leiteira. Nestes mesmos animais, será colhido o leite para posterior análise do teor de uréia no leite (TUL). O questionário contemplará também informações sobre os sistemas de produção visitados e a situação sócio-econômica dos produtores, trabalhadores rurais e suas famílias. Em cada propriedade visitada serão coletados os alimentos, volumosos e concentrados, utilizados nas dietas fornecidas aos animais. As amostras de leite serão colhidas em frascos tipo Falcon® com capacidade de 30 mL e posteriormente serão refrigerados em caixas de isopor contendo gelo. No soro será determinada a concentração de uréia baseada em atividade cinética utilizando kit comercial, com o auxílio de espectrofotômetro, com leitura em comprimento de onda de 600 nm..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Aynoanne Leandro Barbosa - Integrante / Daniel Ribeiro Menezes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 1
2009 - 2010
Monitoramento protéico de dietas de ovinos de corte criados no Vale do São Francisco
Descrição: O objetivo do atual projeto será avaliar o status energético/protéico de dietas de ovinos de corte criados na região do Vale do São Francisco e a relação deste com o teor de uréia no sangue. Serão visitadas no mínimo 10 propriedades rurais, destinadas à ovinocultura de corte, localizadas na região do Vale do São Francisco, nas quais serão coletados, em questionário dados sobre o sistema de produção, o manejo alimentar, o manejo reprodutivo e o manejo sanitário dos animais. As propriedades em questão deverão fazer parte da ASCOOPER. Em cada propriedade serão coletados dados sobre no mínimo 20 animais em produção, selecionados de forma aleatória, os quais serão avaliados através do questionário, da condição corporal, medidas biométricas e o teor de uréia no sangue (TUS). Em cada propriedade visitada serão coletados os alimentos, volumosos e concentrados, utilizados nas dietas fornecidas aos animais. Posteriormente, os alimentos serão refrigerados e enviados ao Laboratório de Bromatologia da UNIVASF e da EMBRAPA Semi-Árido. As coletas de sangue dos animais serão realizadas durante as visitas às propriedades, pela manhã, antes do fornecimento de alimento e quatro horas após a alimentação. No soro será determinada a concentração de uréia sérica baseada em atividade cinética utilizando kit comercial, com o auxílio de espectrofotômetro, com leitura em comprimento de onda de 600 nm. As análises estatísticas serão processadas para as análises qualitativas obtidas em questionário e quantitativas obtidas pela coleta de amostras..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Aynoanne Leandro Barbosa - Integrante / Daniel Ribeiro Menezes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2007 - 2013
Avaliação do tratamento da acidose láctica ruminal aguda por meio de infusão de solução salina hipertônica (SSH) em bovinos adultos
Descrição: Com o aumento do número de bovinos confinados e semi-confinados no Brasil, observa-se maior ocorrência das enfermidades metabólicas, em especial da acidose láctica ruminal aguda (ALRA). Deste modo, o presente estudo pretende avaliar a eficiência do tratamento com solução salina hipertônica (SSH) na correção do quadro clínico, com destaque para a reversão do estado de desidratação, da acidose sistêmica e da função renal em especial na excreção renal de íons H+ e volume urinário em animais com ALRA. Serão utilizados doze bovinos providos de cânula ruminal que serão submetidos a uma indução de acidose láctica ruminal e então distribuídos em delineamento inteiramente casualizado em dois tratamentos. No protocolo A serão retirados cinco litros de suco de rúmen pela cânula ruminal e será colocado igual volume de água bidestilada neste órgão; em seguida, os animais receberão, através de catéter intravascular, uma dose de 5 mL/kg de peso vivo de solução salina isotônica (NaCl 0,9%), em 10 minutos, seguido de tratamento com solução isotônica de bicarbonato de sódio (1,3%) no decorrer de 30 minutos. Após este período os bovinos receberão 20 mL/ kg P.V. de solução salina isotônica no decorrer de três horas. No tratamento B serão realizadas as mesmas manobras e tratamentos do tratamento A, com exceção da infusão inicial que será com solução salina hipertônica (SSH), ou seja, 5 mL/kg P.V de uma solução a 7,2% de NaCl (2.400 mOsm/L) infundida no decorrer de 15 minutos. Serão avaliadas variáveis clínicas, ruminais (pH, ácido láctico total, ácido láctico L e D e osmolaridade) e sanguíneas (pH, pCO2, bicarbonato, ABE, volume globular, hemoglobina, osmolaridade, uréia, creatinina, fósforo, lactato total e L) nos momento zero, oito, 15 e 20 horas após a indução e 30, 60, 90, 120, 180 minutos e 24 horas após o início dos tratamentos. A urina global será coletada no decorrer do experimento e avaliações pontuais serão feitas em amostras obtidas nos horários supramencionados das seguintes.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Integrante / Frederico Augusto Mazzocca Lopes Rodrigues - Integrante / Antônio Humberto Hamad Minervino - Integrante / Raimundo Alves Barrêto Júnior - Integrante / Rodrigo Nogueira Fernandes Ferreira - Integrante / Enrico Lippi Ortolani - Coordenador / Clara Satsuki Mori - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2007 - 2011
Avaliação de crescentes teores de zinco no metabolismo do cobre e na prevenção de intoxicação cúprica em ovinos
Descrição: Objetivando avaliar o efeito de doses crescentes de zinco sobre os mecanismos de absorção e excreção do cobre e verificar a eficácia de altos teores de zinco na prevenção da intoxicação cúprica acumulativa, serão utilizados 50 ovinos, distribuídos cinco grupos com dez animais cada, de acordo com a solução que irão receber, sendo: Grupo 1 - Solução contendo cobre e 600 mg de zinco; Grupo 2 - Solução contendo cobre e 300 mg de zinco; Grupo 3 - Solução contendo cobre e 150 mg de zinco; Grupo 4 - Solução contendo cobre (controle positivo); Grupo 5 - Sem receber nenhuma solução (controle negativo). Para a infusão diária dessas soluções será implantada em todos os animais uma cânula ruminal de latéx. Os animais dos grupos 1 a 4 receberão diariamente, solução de sulfato de cobre na dose de 3 mg/kg/PV, no decorrer da 1ª semana, sendo esta dose acrescida de mais 3 mg/kg/PV a cada semana até o final do experimento, após 15 semanas (105 dias). Serão realizadas biópsias hepáticas e retirada de segmento do jejuno em todos os animais estudados, por meio de laparotomia, no início do experimento antes do oferecimento da primeira dose de cobre. Conjuntamente com estas cirurgias, serão obtidas duas amostras de conteúdo intestinal (duodeno e jejuno), retiradas através de punção duodenal e do jejuno, bem como uma amostra de bile, retirada através de punção da vesícula biliar. Ao término do experimento os animais serão sacrificados as mesmas amostras supramencionadas serão coletadas imediatamente após o abate. Será determinada a concentração de cobre e zinco no fígado, na bile e nas amostras de conteúdo intestinal. Amostras de fígado e de segmento do intestino (jejuno) serão utilizadas para determinação da concentração de metalotioneina hepática e intestinal respectivamente. Semanalmente serão realizadas coletas de sangue em todos os animais até o final do experimento para determinação do volume globular, dos teores de cobre e zinco e das atividades de AST e GGT. No inicio do experiment.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (3) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Integrante / Frederico Augusto Mazzocca Lopes Rodrigues - Integrante / Antônio Humberto Hamad Minervino - Integrante / Raimundo Alves Barrêto Júnior - Integrante / Enrico Lippi Ortolani - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2003 - 2007
Avaliação de um sal mineral rico em Molibdênio na prevenção da intoxicação cúprica acumulativa em ovinos
Descrição: A ovinocultura tem se expandido nesta última década nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil. Muitos criadores têm melhorado o sistema de criação introduzindo novas raças e técnicas de alimentação para intensificar a produção de cordeiros para o abate. Esta prática leva ao aparecimento de várias enfermidades, sendo uma delas a intoxicação por cobre. A freqüência da intoxicação cúprica em ovinos no Brasil é alta, e vem aumentando nas últimas duas décadas devido à intensificação no manejo pelos ovinocultores. A intoxicação cúprica acumulativa (ICA) é considerada a 2a principal causa de mortes em ovinos no Rio Grande do Sul com 15,5% dos casos. Geralmente os prejuízos econômicos são grandes, pois a maioria dos animais acometida de ICA é de alto valor e com grande potencial zootécnico. Para a prevenção sugere-se a utilização de antagonistas do cobre como o molibdênio. Este projeto visa testar a eficiência de um sal mineral comercial com altos teores de molibdênio na prevenção da ICA. Vinte e cinco ovinos distribuídos em 5 grupos distintos receberão dietas diferenciadas quanto ao teor de cobre e molibdênio durante um período de 150 dias, avaliando a digestibilidade dos mesmos e comparando o metabolismo do cobre, em especial quanto a sua concentração nos estoques hepáticos, e o quadro clínico-laboratorial entre os diferentes grupos. Serão determinados os teores séricos de cobre, molibdênio, ceruloplasmina, uréia, creatinina, bilirrubinas e atividades de gGT e de AST; avalição da urina (cor, odor, densidade, pH, sedimento urinário); cobre e molibdênio hepático; digestibilidade de cobre e molibdênio; e avaliação do quadro clínico apresentado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Integrante / Raimundo Alves Barrêto Júnior - Integrante / Enrico Lippi Ortolani - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3
2002 - 2006
Estudo do uso de solução salina hipertônica e de furosemida no tratamento da intoxicação experimental por amônia em bovinos
Descrição: Para testar a eficiência de vários tratamentos foram utilizados 25 garrotes, nunca alimentados com nitrogênio não-protéico anteriormente. Todos os animais foram submetidos a uma única intoxicação experimental por amônia, por meio de infusão intravenosa (iv) de cloreto de amônio, até o surgimento de quadro convulsivo, quando era interrompida. Em seguida, os garrotes foram alocados, aleatoriamente, para um dos cinco grupos experimentais e tratados da seguinte forma: 1) controle (infundido com 300 mL de solução salina isotônica - SSI); 2) infusão (iv) de 30 mL/kg PV de SSI no decorrer de quatro horas e administração de 4 L de água por meio de sonda esofágica (ASE); 3) mesmo tratamento do grupo 2 e dose única (iv) de furosemida (2 mg/kg PV) (F); 4) injeção (iv) de 5 mL/kg PV de solução salina hipertônica (SSH) 7,2% nos primeiros 30 min., seguida de 20 mL/kg PV de SSI e 4 L de ASE; 5) mesmo tratamento do grupo 4 e dose única de F. No decorrer de quatro horas após a convulsão foram acompanhados o quadro clínico, as concentrações plasmáticas de amônia, glicose e lactato-L e uréia, creatinina, potássio e sódio séricos, perfil hemogasométrico, volume urinário e excreção urinária de amônio, uréia e creatinina. O quadro clínico induzido foi característico e gerou nos animais uma acidose metabólica sistêmica pronunciada, compensada com redução da pCO2, hiperlactemia e hiperglicemia No momento da convulsão os teores de amônia plasmáticos foram muito altos e idênticos em todos os tratamentos; já no 120º min os grupos tratados com SSH tiveram significativas quedas deste metabólito. A SSH provocou nos primeiros 30 min. de tratamento uma declarada redução no volume globular e no número de batimentos cardíacos. O uso de furosemida promoveu um aumento do número de batimentos cardíacos e não diminuiu o surgimento de edema pulmonar, nem gerou um aumento na excreção global de urina. Animais tratados com SSH se levantaram e tiveram o retorno do movimento do rúmen mais precocemente que os.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Integrante / Sandra Satiko Kitamura - Integrante / Néria Vânia Marcos dos Santos - Integrante / Bruno Caputi - Integrante / Enrico Lippi Ortolani - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
2001 - 2005
Avaliação da capacidade de detoxificação da amônia em bovinos alimentados previamente com uréia dietética
Descrição: Esta pesquisa foi realizada para avaliar criticamente a recomendação clássica proposta por HUBER (1978), que há necessidade de se promover novo período de adaptação à uréia dietética se os bovinos se abstiverem de receber este nutriente por mais de três dias. Vinte e cinco garrotes foram alimentados com dieta baixa em proteína bruta (10%) e sem uréia dietética e em seguida distribuídos aleatoriamente em cinco grupos iguais, ou seja: controle (O) dieta basal; grupos A, B, C e D alimentados durante 21 dias com a dieta basal e uréia (1% MS). Todos os grupos foram desafiados com uma infusão intravenosa de solução de cloreto de amônio (1,5 M) até o surgimento da convulsão, quando esta foi interrompida. O desafio no grupo A ocorreu no 22o dia do recebimento de uréia; nos grupos B, C e D os desafios foram respectivamente nos dias 4, 15 e 30 dias da abstinência da uréia dietética. O exame clínico e a coleta de amostras de sangue e urina total foram realizados durante a infusão e nas três horas seguintes. Os animais adaptados à uréia (A, B, C e D) necessitaram de maior quantidade de cloreto de amônio para manifestarem convulsão (p < 0,001), e demoraram mais para exibirem este sintoma que o grupo controle. Em relação ao grupo controle, os garrotes adaptados, com exceção do grupo C, tiveram um quadro clínico mais brando, se recuperaram mais prontamente e não necessitaram de tratamento médico após o término do experimento. Isto ocorreu devido a maior queda na concentração de amônia sangüínea, causada por uma maior atividade do ciclo da uréia, maior volume urinário e eliminação de amônio neste. Demonstrou-se ainda que a maior produção e eliminação de uréia pelos rins provocou maior diurese, que por sua vez estimulou maior excreção de amônio pela urina, aumentando a eficiência de desintoxicação, especialmente no momento mais crítico do quadro (até uma hora pós-convulsão). Concluiu-se que os animais alimentados previamente com uréia e com abstinência desta na dieta por até um mês.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Integrante / Sandra Satiko Kitamura - Integrante / Néria Vânia Marcos dos Santos - Integrante / Enrico Lippi Ortolani - Coordenador / Clara Satsuki Mori - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
2001 - 2003
Administração de doses padrão e alta de uréia extrusada ou granulada em bovinos: uma análise clínica-toxicológica e laboratorial
Descrição: Para comparar o risco de intoxicação por uréia granulada (G) e extrusada (E) 24 garrotes, nunca alimentados com uréia, foram distribuídos em quatro grupos de seis animais, onde foi administrada, de uma só vez, (G) ou (E) em duas diferentes doses: alta (A; 0,5 g/kg PV) ou padrão (B; 0,22 g/kg PV). Em seguida, foram acompanhados o pH e os teores de amônia no rúmen, as concentrações sangüíneas de amônia, uréia, creatinina, glicose, lactato-L, potássio, as atividades de gama glutamiltransferase, aspartato aminotransferase e creatina quinase, perfil hemogasométrico e hematócrito, além de acompanhamento quadro clínico no decorrer de 240 min após as administrações de G ou E. Alguns animais dos grupos GB e EB tiveram um discreto quadro de intoxicação, se recuperando sem quaisquer tratamentos. Por outro lado, cinco garrotes de ambos grupos GA e EA tiveram severo quadro tóxico que exigiram tratamento, sendo que um animal GA sucumbiu. A velocidade de hidrólise ruminal da uréia G e E foi semelhante, embora as manifestações clínicas tenha sido iniciadas mais tardiamente no grupo EA. Quanto mais intensa foi a hiperamoniemia mais destacada foi o grau de acidose metabólica, desidratação, a glicólise anaeróbica e a gliconeogênese. Pela análise das atividades enzimáticas comprovou-se que os danos bioquímicos foram intensos na musculatura, mas não nos hepatócitos. Concluiu-se que tanto a uréia G como E quando oferecidas subitamente, em especial em doses altas, podem oferecer igual risco de intoxicação por amônia..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Integrante / Sandra Satiko Kitamura - Integrante / Enrico Lippi Ortolani - Coordenador / Gabriel Adrian Sanches Torres - Integrante / Clara Satsuki Mori - Integrante / Pierre Castro Soares - Integrante / Celso Akio Maruta - Integrante.Financiador(es): Tortuga Companhia Zootécnica Agrária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 9
2000 - 2004
Efeitos da intoxicação cúprica e do tratamento com tetratiomolibdato sobre o perfil renal e metabolismo oxidativo em ovinos
Descrição: Para avaliar a influência da intoxicação cúprica cumulativa e do seu tratamento com tetratiomolibdato de amônia (TTM) sobre a função renal e sobre o metabolismo oxidativo, foram empregados 10 cordeiros da raça Santa Inês os quais receberam doses crescentes de sulfato de cobre, até o surgimento de hemoglobinúria macroscópica. Neste momento foram distribuídos ao acaso cinco ovinos para cada um dos dois grupos, onde foi o primeiro foi mantido como controle (C) e o grupo subseqüente foi tratado diariamente, no decorrer de quatro dias, com 3,4 mg TTM por kg de peso vivo. Todos os ovinos do grupo C sucumbiram no decorrer de quatro dias, enquanto que tal fato só ocorreu em um animal tratado com TTM. A intoxicação provocou um quadro clínico típico, gerando grandes alterações na função renal como diminuição da taxa de filtração glomerular, a qual provocou oligúria ou anúria, proteinúria e uremia. O quadro tóxico ainda determinou drásticas diminuições na capacidade de reabsorção tubular manifestada por: glicosúria, menor densidade urinária, maiores excreções urinárias de fósforo, sódio, cloro, potássio, cobre e ferro, maior atividade da enzima NAG na urina. Uma acidúria também foi constatada. O tratamento com TTM promoveu melhora na maioria destas variáveis dentro do 2º ou 5º dias após o início do tratamento. No tocante ao metabolismo oxidativo o quadro tóxico provocou uma intensa formação de radicais livres, com concomitante redução no teor de glutationa reduzida eritrocitária, embora tenha aumentado a capacidade anti-oxidante no plasma, em parte por formação de ácido úrico. Quanto maior foi a formação de radicais livres menor foi a taxa de filtração glomerular. O tratamento com TTM reduziu de maneira significativa a formação de radicais livres, aumentando a concentração de glutationa reduzida eritrocitária.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Integrante / Frederico Augusto Mazzocca Lopes Rodrigues - Integrante / Enrico Lippi Ortolani - Coordenador / Clara Satsuki Mori - Integrante / Pierre Castro Soares - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2000 - 2002
Estudo de alguns tratamentos alternativos da intoxicação experimental por amônia em ratos e bovinos
Descrição: Este projeto de pesquisa está dividido em quatro experimentos, representados por quatro trabalhos seqüenciais. Num deles foram utilizados ratos enquanto que nos outros três foram empregados bovinos. O primeiro experimento, com ratos, teve como finalidade testar previamente uma série de tratamentos alternativos a fim de selecionar os dois melhores para serem futuramente utilizados em bovinos . Os ratos foram empregados devido à facilidade de se obter um grande número de exemplares, assim como pelo domínio prévio do método de indução de intoxicação por amônia nesses animais. Os três experimentos com bovinos, na verdade, constituíram um ensaio seqüencial em que foram utilizados os mesmos animais, divididos em dois segmentos. O primeiro representou o período de indução em que os garrotes foram continuamente infundidos com solução de cloreto de amônio, e os valores estão expressos nos TRABALHOS 2 e 3. Como foi desenvolvido com sucesso um método de indução específico para este experimento e como os sinais clínicos exibidos pelos animais foram idênticos ao quadro natural os resultados foram reunidos e apresentados no TRABALHO 2 . No TRABALHO 3 foram descritos os dados pertinentes ao volume de urina produzido e a excreção de amônio e de uréia urinários no decorrer da indução. O segundo segmento (TRABALHO 4) teve seu início quando encerrou-se a infusão de cloreto de amônio e prosseguiu no decorrer de três horas, quando os tratamentos foram conduzidos. Neste segmento testou-se a ação dos tratamentos por meio de avaliação bioquímica e da melhora no quadro clínico, complementando o estudo com a determinação do volume e a excreção de amônia e de uréia urinários..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Integrante / Sandra Satiko Kitamura - Integrante / Maria Cláudia Araripe Sucupira - Integrante / Enrico Lippi Ortolani - Coordenador / Clara Satsuki Mori - Integrante / Pierre Castro Soares - Integrante / Celso Akio Maruta - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8
2000 - 2001
Estudos comparativos de provas laboratoriais utilizadas no diagnóstico de carência protéica-energética em bovinos jovens
Descrição: Para comparar indicadores no diagnóstico laboratorial da carência energética e avaliar sua influência no quadro clíníco, 12 garrotes foram aleatoriamente distribuídos em três grupos iguais e receberam, por 140 dias, as seguintes dietas: (G1) adequada, para ganho de peso de 900g/dia (13% de PB e 17,7 Mcal/d de ED); (G2) 80% dos requerimentos de mantença (7% de PB e 5,8 Mcal/d de ED); e (G3) 60% desses requerimentos (5% de PB e 4,7 Mcal/d de ED). A carência provocou menor consumo de alimentos, diminuição do escore de condição corporal, sem alterar o peso vivo. O déficit energético reduziu a produção ruminal de ácidos graxos voláteis totais e de suas frações. O tempo de redução de azul de metileno no suco ruminal foi maior, enquanto que os índices de excreção urinária de alantoína e de ácido úrico foram menores nos grupos carentes. Os melhores indicadores do status energético foram a glicemia e os teores de 'beta'-hidroxibutirato plasmáticos, que reduziram durante a carência; os AGLs não foram eficientes devido a alta variabilidade dos resultados. Não foram detectados corpos cetônicos na urina. O hematócrito e os teores séricos de uréia, albumina, globulinas e creatinina não se mostraram úteis no diagnóstico, porém o índice de excreção urinária de uréia se reduziu, indicando maior conservação de nitrogênio pelo organismo carente. Quanto menor foi a glicemia menores foram os batimentos cardíacos (r= 0,55), a freqüência respiratória (r = 0,49) e a tonicidade ruminal (r= 0,81). A temperatura retal permaneceu dentro dos valores denormalidade, mas hipotermia foi detectada precedendo à morte. LeLevando-se em conta a facilidade, praticidade e custo dos exames, sugere-se o diagnóstico de carência requisitando análise de glicose, 'beta'-hidroxibutirato plasmáticos, tempo de redução do azul de metileno no suco ruminal e índice de excreção urinária de ácido úrico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Integrante / Sandra Satiko Kitamura - Integrante / Maria Cláudia Araripe Sucupira - Integrante / Cláudia Yamada - Integrante / Enrico Lippi Ortolani - Coordenador / Clara Satsuki Mori - Integrante / Pierre Castro Soares - Integrante / Celso Akio Maruta - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5


Projetos de extensão


2012 - 2013
Projeto Vídeo-Interação: Conscientização e aprendizado ao alcance de todos
Descrição: Produção de vídeos educativos sobre zoonoses para apresentação em escolas, tendo como alvo crianças do ensino fundamental.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Integrante / Mauricio Claudio Horta - Coordenador.
2010 - 2011
Leite Legal: Animal sadio, Homem saudável
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alexandre Coutinho Antonelli - Coordenador / Felipe Silva Sento Sé - Integrante.


Revisor de periódico


2008 - 2008
Periódico: Journal of Venomous Animals and Toxins Including Tropical Diseases (Online)
2010 - Atual
Periódico: Ciência Rural (UFSM. Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia
2012 - Atual
Periódico: Pesquisa Agropecuária Tropical (Online)
2013 - 2013
Periódico: International Journal of Veterinary Medicine: Research & Reports
2016 - Atual
Periódico: Pesquisa Veterinária Brasileira (Online)
2018 - Atual
Periódico: ENVIRONMENTAL MONITORING AND ASSESSMENT (DORDRECHT. ONLINE)


Revisor de projeto de fomento


2010 - Atual
Agência de fomento: (FACEPE) Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco
2008 - 2008
Agência de fomento: Fundação de Apoio e Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do MS


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia Animal/Especialidade: Clínica Veterinária.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia Animal/Especialidade: Clínica Cirúrgica Animal.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Nutrição e Alimentação Animal/Especialidade: Exigências Nutricionais dos Animais.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia Animal/Especialidade: Toxicologia Animal.
5.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Produção Animal/Especialidade: Criação de Animais.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2013
Prêmio Ricardo Ferreira de Iniciação Científica / Área de Ciências Agrárias (orientador), Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:22
Total de citações:36
Fator H:4
Antonelli, Alexandre C  Data: 27/04/2018

SciELO
Total de trabalhos:6
Total de citações:6
Antonelli, A.C.; Antonelli, A.C; Antonelli, Alexandre Coutinho  Data: 08/10/2015

SCOPUS
Total de trabalhos:20
Total de citações:64
Antonelli, A.C.  Data: 27/04/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
LUCENA, A. R. F.2018LUCENA, A. R. F. ; MENEZES, D. R. ; CARVALHO, D. T. Q. ; MATOS, J. C. ; ANTONELLI, A. C. ; MORAES, S. A. ; NOBRE, F. S. D. ; QUEIROZ, M. A. A. ; RODRIGUES, R. T. S. . Effect of commercial tannin to and a pornunça (Manihot spp.) silage-based diet improves on the fatty acid profile of Saanen goat milk. INTERNATIONAL JOURNAL OF DAIRY TECHNOLOGY, v. 71, p. 613-620, 2018.

2.
SANTOS, G. B.2017SANTOS, G. B. ; GOMES, I. M. M. ; SILVEIRA, J. A. G. ; PIRES, L. C. S. R. ; AZEVEDO, S. S. ; ANTONELLI, A. C. ; RIBEIRO, M. F. B. ; HORTA, M. C. . Tristeza Parasitária em bovinos do semiárido pernambucano. PESQUISA VETERINÁRIA BRASILEIRA (ONLINE), v. 37, p. 1-7, 2017.

3.
SOARES, G. W. N.2017SOARES, G. W. N. ; LIMA, P. R. ; OLIVEIRA, A. S. ; LUCENA, A. R. F. ; NASCIMENTO, J. C. S. ; MATOS, J. C. ; AMORIM, J. R. ; MENEZES, D. R. ; ANTONELLI, A. C. . Avaliação clínica de ovinos após a ingestão de elevada quantidade de manga. ARQUIVO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINARIA E ZOOTECNIA, v. 69, p. 1155-1162, 2017.

4.
SILVA, W. R.2016SILVA, W. R. ; GOMES, I. M. M. ; ROCHA FILHO, J. F. ; MORI, C. S. ; MICHIMA, L. E. S. ; ORTOLANI, E. L. ; ANTONELLI, A. C. . Níveis séricos e hepáticos de cobre, zinco, ferro e molibdênio em ovinos e caprinos criados no semiárido da Bahia. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia (Online), v. 68, p. 155-163, 2016.

5.
ANTONELLI, A. C.2016ANTONELLI, A. C.; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; MORI, C. S. ; MINERVINO, A. H. H. ; SCHALCH, U. M. ; PACHECO, J. C. G. ; ORTOLANI, E. L. . Utilização de sal mineral rico em molibdênio na prevenção da intoxicação cúprica acumulativa em ovinos - microminerais hepáticos. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia (Online), v. 68, p. 629-635, 2016.

6.
SILVA JUNIOR, S. S.2015SILVA JUNIOR, S. S. ; ANTONELLI, A. C. ; SOARES, G. W. N. ; GOMES, I. M. M. ; ROCHA FILHO, J. F. . Determinação de cobre e outros minerais em caprinos e ovinos criados no sertão do vale do rio São Francisco, Pernambuco. Pesquisa Veterinária Brasileira (Online), v. 35, p. 767-774, 2015.

7.
ANTONELLI, A. C.2012ANTONELLI, A. C.; MORI, C. S. ; SOARES, P. C. ; KITAMURA, S. S. ; ORTOLANI, E. L. . Acid-base status of ammonia-poisoned steers. Agrária (Recife. Online), v. 7, p. 680-683, 2012.

8.
ANTONELLI, A. C.2012ANTONELLI, A. C.; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; MORI, C. S. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; MARCELLO, A. C. S. ; ORTOLANI, E. L. . EFEITO DE DIFERENTES FONTES ENERGÉTICAS NA PREDISPOSIÇÃO PARA UROLITÍASE EM CABRITOS. Ciência Animal Brasileira (UFG. Impresso), v. 13, p. 487-493, 2012.

9.
RODRIGUES, F. A. M. L.2011RODRIGUES, F. A. M. L. ; MINERVINO, A. H. H. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; ANTONELLI, A. C. ; REIS, L. F. ; ARAUJO, C. A. S. C. ; FERREIRA, R. N. F. ; VECHIATO, T. A. F. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Avaliação clínica do uso de solução salina hipertônica no tratamento da acidose láctica ruminal aguda em bovinos. BRAZILIAN JOURNAL VETERINARY RES. AND ANIMAL SCIENCE, v. 48, p. 446-453, 2011.

10.
KITAMURA, S. S.2010KITAMURA, S. S. ; ANTONELLI, A. C. ; MARUTA, C. A. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; MORI, C. S. ; YONEZAWA, L. A. ; MICHIMA, L. E. S. ; SOARES, P. C. ; ORTOLANI, E. L. . Avaliação laboratorial do uso de solução salina hipertônica e isotônica e de furosemida no tratamento da intoxicação por amônia em bovinos. Ciência Rural (UFSM. Impresso), v. 40, p. 1779-1785, 2010.

11.
ANTONELLI, A. C.2010ANTONELLI, A. C.; WANDERLEY, C. W. S. ; ORTOLANI, E. L. . Intoxicação cúprica acumulativa em ovinos: revisão de literatura. PUBVET (LONDRINA), v. 4, p. 938, 2010.

12.
KITAMURA, S. S.2010KITAMURA, S. S. ; ANTONELLI, A. C. ; MARUTA, C. A. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; MORI, C. S. ; YONEZAWA, L. A. ; MICHIMA, L. E. S. ; SOARES, P. C. ; ORTOLANI, E. L. . Avaliação de alguns tratamentos na intoxicação por amônia em bovinos. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 62, p. 1303-1311, 2010.

13.
ANTONELLI, A. C.2009ANTONELLI, A. C.; TORRES, G. A. S. ; MORI, C. S. ; SOARES, P. C. ; MARUTA, C. A. ; ORTOLANI, E. L. . Intoxicação por amônia em bovinos que receberam uréia extrusada ou granulada: alterações em alguns componentes bioquímicos do sangue. BRAZILIAN JOURNAL VETERINARY RES. AND ANIMAL SCIENCE, v. 46, p. 69-76, 2009.

14.
SOARES, P. C.2008SOARES, P. C. ; MARTINELE, I. ; D'AGOSTO, M. ; MARUTA, C. A. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; ANTONELLI, A. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Effect of an energy-deficient diet on populations of ciliate protozoans in cattle rumen. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 60, p. 148-155, 2008.

15.
MARUTA, C. A.2008 MARUTA, C. A. ; LEAL, M. L. R. ; NETTO, D. M. ; MORI, C. S. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . The measurement of urine pH to predict the amount of buffer used in the treatment of acute rumen lactic acidosis in cattle. Ciência Rural (UFSM. Impresso), v. 38, p. 717-722, 2008.

16.
BARRÊTO JÚNIOR, R. A.2008BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; MINERVINO, A. H. H. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MORI, C. S. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; ORTOLANI, E. L. . Avaliação do potencial da polpa cítrica em provocar acidose láctica ruminal aguda em bovinos. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, v. 45, p. 421-428, 2008.

17.
ANTONELLI, A. C.2007 ANTONELLI, A. C.; TORRES, G. A. S. ; SOARES, P. C. ; MORI, C. S. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; ORTOLANI, E. L. . Ammonia poisoning causes muscular but not liver damage in cattle. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 59, p. 8-13, 2007.

18.
SOARES, P. C.2006SOARES, P. C. ; MARUTA, C. A. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; MORI, C. S. ; KITAMURA, S. S. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Diagnóstico de carência energética em bovinos por testes de metabolismo ruminal. BRAZILIAN JOURNAL VETERINARY RES. AND ANIMAL SCIENCE, São Paulo, v. 43, n.1, p. 33-41, 2006.

19.
YONEZAWA, L. A.2005 YONEZAWA, L. A. ; KITAMURA, S. S. ; MIRANDOLA, R. M. S. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Preventive treatment with vitamin E alleviates the poisoning effects of carbon tetrachloride in cattle. Journal of Veterinary Medicine. Series A, Berlin, v. 52, n.6, p. 292-297, 2005.

20.
ANTONELLI, A. C.2004ANTONELLI, A. C.; MORI, C. S. ; SOARES, P. C. ; KITAMURA, S. S. ; ORTOLANI, E. L. . Experimental ammonia poisoning in cattle fed extruded or prilled urea: clinical findings. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science (Impresso), São Paulo, v. 41, n.1, p. 67-73, 2004.

21.
ORTOLANI, E. L.2004ORTOLANI, E. L. ; ANTONELLI, A. C. ; SARKIS, J. E. S. . Acute copper poisoning in a flock of sheep footbathed in copper sulfate solution. Veterinary and Human Toxicology (Cessou em 2004), Manhattan, v. 46, n.6, p. 315-318, 2004.

22.
ORTOLANI, E. L.2004ORTOLANI, E. L. ; ANTONELLI, A. C. . Acute ammonia poisoning in ruminants: a review. Current Topics in Toxicology, v. 1, p. 19-32, 2004.

23.
KITAMURA, S. S.2003 KITAMURA, S. S. ; ORTOLANI, E. L. ; MORI, C. S. ; MARUTA, C. A. ; ANTONELLI, A. C. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; MICHIMA, L. E. S. . Treatment of ammonia intoxication in rats with urea cycle amino acids, furosemide and fluids. Veterinary and Human Toxicology (Cessou em 2004), Manhattan, v. 45, n.2, p. 65-67, 2003.

24.
KITAMURA, S. S.2003 KITAMURA, S. S. ; ANTONELLI, A. C. ; MARUTA, C. A. ; SOARES, P. C. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; MORI, C. S. ; MIRANDOLA, R. M. S. ; ORTOLANI, E. L. . A model for ammonia poisoning in cattle. Veterinary and Human Toxicology (Cessou em 2004), Manhattan, v. 45, n.5, p. 274-277, 2003.

25.
KITAMURA, S. S.2002KITAMURA, S. S. ; ORTOLANI, E. L. ; ANTONELLI, A. C. . Intoxicação por amônia em bovinos causada pela ingestão de uréia dietética: conceitos básicos e novas descobertas. REVISTA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA DO CRMV-SP, São Paulo, v. 5, n.3, p. 293-299, 2002.

Capítulos de livros publicados
1.
FERREIRA, M. B. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Intoxicação por cobre, selênio, zinco e cloreto de sódio. In: SPINOSA, H. S.; GÓRNIAK, S. L.; PALERMO-NETO, J.. (Org.). Toxicologia aplicada à Medicina Veterinária. 1ed.Barueri: Editora Manole, 2008, v. , p. 665-697.

2.
ORTOLANI, E. L. ; ANTONELLI, A. C. . Intoxicação pela amônia (uréia). In: SPINOSA, H. S.; GÓRNIAK, S. L.; PALERMO-NETO, J.. (Org.). Toxicologia aplicada à Medicina Veterinária. 1ed.Barueri: Editora Manole, 2008, v. , p. 547-558.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MIRANDA, C. A. G. ; MANZINI, B. F. C. ; OLIVEIRA, R. S. ; ANTONELLI, A. C. . Avaliação do equilíbrio e biometria podal de equinos de vaquejada. In: X Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2017, Juazeiro. Anais da X Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2017. v. 1. p. 1-7.

2.
RODRIGUES, T. M. ; SILVA, A. R. S. ; MOURA, L. M. D. ; ARAUJO, J. M. R. P. ; TINOCO, A. A. C. ; ANTONELLI, A. C. . Avaliação radiográfica do sistema locomotor de equinos de vaquejada. In: X Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2017, Juazeiro. Anais da X Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2017. v. 1. p. 1-7.

3.
MATOS, J. C. ; LUCENA, A. R. F. ; CORDEIRO, A. E. ; CARVALHO, D. T. Q. ; MENEZES, D. R. ; ANTONELLI, A. C. . Influência da bebida gaseificada a base de cola na dinâmica fermentativa ruminal in vitro. In: XII Congresso Nordestino de Produção Animal, 2017, Juazeiro. Anais do XII Congresso Nordestino de Produção Animal, 2017. p. 1-3.

4.
MIRANDA, C. A. G. ; RODRIGUES, T. M. ; SILVA, L. S. ; SILVA, S. E. S. ; SOUZA, F. O. ; ANTONELLI, A. C. . Avaliação hematológica de equinos antes e após provas de vaquejada. In: XI Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2016, Juazeiro. Anais do XI JIC/UNIVASF, 2016. v. 1.

5.
RODRIGUES, T. M. ; MIRANDA, C. A. G. ; SILVA, L. S. ; SILVA, S. E. S. ; SOUZA, F. O. ; ANTONELLI, A. C. . Avaliação da bioquímica clinica de equinos antes e após provas de vaquejada. In: XI Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2016, Juazeiro. Anais do XI JIC/UNIVASF, 2016. v. 1.

6.
MATOS, J. C. ; CORDEIRO, A. E. ; RODRIGUES, D. S. A. ; LUCENA, A. R. F. ; CARVALHO, D. T. Q. ; MENEZES, D. R. ; ANTONELLI, A. C. . Aspectos físico-químicos do líquido ruminal de ovinos com adição de bebida gaseificada a base de cola. In: X Congresso Nordestino de Produção Animal, 2015, Teresina. Anais do X CNPA, 2015. p. 191.

7.
LUCENA, A. R. F. ; CORDEIRO, A. E. ; RODRIGUES, D. S. A. ; MATOS, J. C. ; CARVALHO, D. T. Q. ; MENEZES, D. R. ; ANTONELLI, A. C. . Efeito da silagem de Pornunça contendo níveis crescentes de tanino comercial nas concentrações de ureia e creatinina em cabras da raça Saanen. In: X Congresso Nordestino de Produção Animal, 2015, Teresina. Anais do X CNPA, 2015. p. 192.

8.
LUCENA, A. R. F. ; CORDEIRO, A. E. ; MATOS, J. C. ; CARVALHO, D. T. Q. ; ANTONELLI, A. C. ; MENEZES, D. R. . Parâmetros bioquímicos do sangue de cabras suplementadas com níveis crescentes de tanino comercial na ensilagem de Pornunça. In: X Congresso Nordestino de Produção Animal, 2015, Teresina. Anais do X CNPA, 2015. p. 196.

9.
ROCHA FILHO, J. F. ; GOMES, I. M. M. ; SILVA, W. R. ; ANTONELLI, A. C. . Determinação dos teores de uréia e creatinina, e atividade de ceruloplasmina em ovinos criados na região do São Francisco na Bahia. In: IX Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2014, Juazeiro. Anais do IX JIC, 2014.

10.
GOMES, I. M. M. ; ROCHA FILHO, J. F. ; SILVA, W. R. ; ANTONELLI, A. C. . Determinação do perfil bioquímico de caprinos criados e abatidos na região do vale do São Francisco na Bahia. In: IX Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2014, Juazeiro. Anais do IX JIC, 2014.

11.
HORTA, M. C. ; SANTOS, G. B. ; SILVEIRA, J. A. G. ; GOMES, I. M. M. ; FREIRE, D. P. ; DIAS, T. S. ; ANTONELLI, A. C. ; RIBEIRO, M. F. B. . Prevalência de anticorpos anti-A. Marginale, anti-B. Bigemina e anti-B. Bovis em bovinos de Petrolina e Ouricuri, PE. In: X Congresso Brasileiro de Buiatria, 2013, Belém. Anais do X Congresso Brasileiro de Buiatria, 2013. p. 122.

12.
ANTONELLI, A. C.; SILVA JUNIOR, S. S. ; ROCHA FILHO, J. F. ; SOARES, G. W. N. . Determinação da função renal, hepática e atividade oxidativa da ceruloplasmina em pequenos ruminantes criados na região do São Francisco em Pernambuco. In: X Congresso Brasileiro de Buiatria, 2013, Belém. Anais do X Congresso Brasileiro de Buiatria, 2013. p. 145.

13.
SOUZA, E. A. R. ; SANTOS, G. B. ; GOMES, I. M. M. ; PIRES, L. C. S. R. ; ANTONELLI, A. C. ; SILVEIRA, J. A. G. ; RIBEIRO, M. F. B. ; HORTA, M. C. . Estudo epidemiológico da babesiose bovina no município de Ouricuri, PE. In: VIII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2013, Petrolina. Anais da VIII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2013. p. CA-012.

14.
ROCHA FILHO, J. F. ; SOARES, G. W. N. ; SILVA JUNIOR, S. S. ; ANTONELLI, A. C. . Determinação dos teores de cobre, uréia e creatinina em ovinos criados na Região do São Francisco em Pernambuco no período chuvoso. In: VIII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2013, Petrolina. Anais da VIII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2013. p. CA-021.

15.
SOARES, G. W. N. ; ROCHA FILHO, J. F. ; SILVA JUNIOR, S. S. ; ANTONELLI, A. C. . Determinação dos teores de cobre, uréia e creatinina em caprinos criados na Região do São Francisco em Pernambuco no período chuvoso. In: VIII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2013, Petrolina. Anais da VIII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2013. p. CA-022.

16.
ALVES, A. P. P. ; GOMES, I. M. M. ; SOARES, G. W. N. ; ROCHA FILHO, J. F. ; SE, F. S. S. ; ANTONELLI, A. C. . Efeito da suplementação com Licuri no acúmulo de cobre em ovinos. In: VIII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2013, Petrolina. Anais da VIII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2013. p. CV-023.

17.
SOARES, G. W. N. ; ROCHA FILHO, J. F. ; SILVA JUNIOR, S. S. ; ANTONELLI, A. C. . Determinação da função renal, hepática e atividade oxidativa da ceruloplasmina em ovinos criados na região do São Francisco em Pernambuco durante o período seco. In: VII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2012, Juazeiro. Anais da VII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2012. p. CV-035.

18.
ROCHA FILHO, J. F. ; SOARES, G. W. N. ; BARBERINO, R. S. ; SILVA JUNIOR, S. S. ; ANTONELLI, A. C. . Determinação da função renal, hepática e atividade oxidativa da ceruloplasmina em caprinos criados na região do São Francisco em Pernambuco. In: VII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2012, Juazeiro. Anais da VII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2012. p. CV-050.

19.
PIRES, L. C. S. R. ; SANTOS, G. B. ; GOMES, I. M. M. ; DIAS, T. S. ; MACHADO, D. M. R. ; SOUZA, E. A. R. ; ANTONELLI, A. C. ; HORTA, M. C. . Estudo epidemiológico da babesiose bovina no município de Petrolina, PE. In: VII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2012, Juazeiro. Anais da VII Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2012. p. CV-054.

20.
BARBOSA, A. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MENEZES, D. R. ; VOLTOLINI, T. V. ; NUNES, A. C. B. ; SANTOS, F. M. F. . Peso vivo, escore corporal e medidas biométricas de ovinos de corte criados no Submédio São Francisco. In: XXXXVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia, 2011, Belém - PA. Anais da XXXXVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia, 2011. p. 1-3.

21.
ANTONELLI, A. C.; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; SCHALCH, U. M. ; PACHECO, J. C. G. ; MORI, C. S. ; SOARES, P. C. ; ORTOLANI, E. L. . Valores preditivos de AST e GGT para acúmulo hepático de cobre em ovinos. In: IX Congresso Brasileiro de Buiatria, 2011, Goiânia. Anais do IX Congresso Brasileiro de Buiatria. Botucatu: Veterinária e Zootecnia, 2011. v. 18. p. 540-543.

22.
ANTONELLI, A. C.; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; MINERVINO, A. H. H. ; MORI, C. S. ; SOARES, P. C. ; ORTOLANI, E. L. . Utilização de molibdênio na prevenção da intoxicação cúprica acumulativa em ovinos. In: IX Congresso Brasileiro de Buiatria, 2011, Goiânia. Anais do IX Congresso Brasileiro de Buiatria. Botucatu: Veterinária e Zootecnia, 2011. v. 18. p. 645-649.

23.
BARBOSA, A. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MENEZES, D. R. ; NUNES, A. C. B. ; SANTOS, F. M. F. ; MACEDO, T. J. S. E. . Monitoramento energético/protéico de dietas de cabras leiteiras criadas no Submédio do São Francisco por meio do teor de uréia no leite. In: VI Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2011, Juazeiro. Anais da VI Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2011. p. CV-112.

24.
MACHADO, E. K. C. ; LISBOA NETO, A. S. ; QUEIROZ, M. A. A. ; MENEZES, D. R. ; ANTONELLI, A. C. ; RODRIGUES, R. T. S. ; SILVA, B. G. ; SIQUEIRA, J. O. ; VOLTOLINI, T. V. . Parâmetos metabólicos de pequenos ruminantes alimentados com a copra de coco verde. In: VI Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2011, Juazeiro. Anais da VI Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2011. p. CV-015.

25.
BARBOSA, A. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MENEZES, D. R. ; NUNES, A. C. B. ; VOLTOLINI, T. V. ; SOUZA, V. N. . Avaliação de sistemas de produção, manejo nutricional e status energético/protéico de ovinos de corte criados no Submédio São Francisco. In: XXXXVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia, 2010, Salvador. Anais da XXXXVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia, 2010.

26.
BARBOSA, A. L. ; SOUZA, V. N. ; NUNES, A. C. B. ; MENEZES, D. R. ; ANTONELLI, A. C. . Monitoramento protéico de dietas de ovinos de corte criados no Vale do São Francisco através da determinação do teor de uréia no sangue. In: V Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2010, Juazeiro. Anais da V Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2010. p. CV-35.

27.
MINERVINO, A. H. H. ; RIBEIRO, H. F. L. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Eficiência reprodutiva de animais da raça Nelore puros de origem (P.O.) na Amazônia. In: VI Conferência Sul-americana de Medicina Veterinária, 2006, Rio de Janeiro. Revista da Universidade Rural - Série Ciências da Vida. Rio de Janeiro, 2006. v. 26. p. 477-478.

28.
BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MINERVINO, A. H. H. ; ORTOLANI, E. L. . Avaliação do risco da polpa cítrica em provocar acidose láctica ruminal em bovinos. In: VI Conferência Sul-americana de Medicina Veterinária, 2006, Rio de Janeiro. Revista da Universidade Rural - Série Ciências da Vida. Rio de Janeiro, 2006. v. 26. p. 479-480.

29.
BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; ANTONELLI, A. C. ; SCHALCH, U. M. . Prevalência de brucelose e tuberculose bovina nas propriedades que comercializam leite não pasteurizado no município de Tambaú - SP. In: VI Conferência Sul-americana de Medicina Veterinária, 2006, Rio de Janeiro. Revista da Universidade Rural - Série Ciências da Vida. Rio de Janeiro, 2006. v. 26. p. 481-482.

30.
MINERVINO, A. H. H. ; RIBEIRO, H. F. L. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Enfermidades reprodutivas em animais da raça Nelore criados na Amazônia. In: VI Conferência Sul-americana de Medicina Veterinária, 2006, Rio de Janeiro. Revista da Universidade Rural - Série Ciências da Vida. Rio de Janeiro, 2006. v. 26. p. 485-486.

31.
MINERVINO, A. H. H. ; CARDOSO, E. C. ; ORTOLANI, E. L. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; ANTONELLI, A. C. ; RODRIGUES, F. A. M. L. . Levantamento epidemiológico do tipo de manejo sanitário e de causas de mortalidade dos rebanhos em sistemas de criação de bovinos em Santarém, PA. In: VI Conferência Sul-americana de Medicina Veterinária, 2006, Rio de Janeiro. Revista da Universidade Rural - Série Ciências da Vida. Rio de Janeiro, 2006. v. 26. p. 487-488.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ANTONELLI, A. C.; SE, F. S. S. ; ROCHA FILHO, J. F. ; GOMES, I. M. M. ; SOARES, G. W. N. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Avaliação dos teores de cobre, zinco, ferro e molibdênio em ovinos suplementados ou não com torta de licuri. In: XVII Congresso Latinoamericano de Buiatria / XI Congresso Brasileiro de Buiatria, 2015, São Paulo. Revista O Biológico. São Paulo: Instituto Biológico, 2015. v. 77. p. 170.

2.
ANTONELLI, A. C.; SILVA, W. R. ; ROCHA FILHO, J. F. ; GOMES, I. M. M. ; SOARES, G. W. N. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Determinação dos teores de cobre e seus principais antagonistas em ovinos e caprinos criados nos municípios de Juazeiro e Casa Nova, Bahia. In: XVII Congresso Latinoamericano de Buiatria / XI Coongresso Brasileiro de Buiatria, 2015, São Paulo. Revista O Biológico. São Paulo: Instituto Biológico, 2015. v. 77. p. 170.

3.
MATOS, J. C. ; CORDEIRO, A. E. ; LUCENA, A. R. F. ; CARVALHO, D. T. Q. ; MENEZES, D. R. ; ANTONELLI, A. C. . Efeito in vitro da bebida gaseificada a base de cola sobre a microbiota ruminal de ovinos. In: X Jornada de Iniciação Científica da UNIVASF, 2015, Petrolina. Anais da X JIC, 2015. p. CA-034.

4.
GOMES, I. M. M. ; SE, F. S. S. ; ROCHA FILHO, J. F. ; ANTONELLI, A. C. . Avaliação da bioquímica clínica de ovinos suplementados com torta de Licuri (Syagrus coronata). In: 17a Jornada de Iniciação Científica da FACEPE, 2013, Recife. Anais da 17a Jornada de Iniciação Científica da FACEPE, 2013.

5.
WANDERLEY, C. W. S. ; SILVA, C. M. S. ; SINDRIM, R. M. ; OLIVEIRA, R. A. ; MENEZES, V. G. ; ANTONELLI, A. C. . Estudo comparativo da ação de membrana amniótica homóloga e xenóloga na cicatrização da pele de bovinos. In: VII Reunião Regional da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 2012, Maceió. Anais da VII Reunião Regional da FeSBE, 2012. p. 10.124.

6.
SANTOS, G. B. ; PIRES, L. C. S. R. ; SOUZA, E. A. R. ; GOMES, I. M. M. ; DIAS, B. A. ; MACHADO, D. M. R. ; ANTONELLI, A. C. ; HORTA, M. C. . Ocorrência de Rhipicephalus (Boophilus) microplus e fatores de risco para Tristeza Parasitária Bovina em Petrolina e Ouricuri, PE. In: XVII Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária, 2012, São Luís. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária, 2012. p. 156-156.

7.
SANTOS, N. V. M. ; ORTOLANI, E. L. ; MORI, C. S. ; ANTONELLI, A. C. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; KITAMURA, S. S. . Ammonia detoxication efficacy in cattle adapted or not to dietary urea and afterwards undergone to different privation periods. In: XXV World Buiatrics Congress, 2008, Budapeste. Oral and Poster Abstracts of the XXV World Buiatrics Congress. Budapeste: KIADÓ - PUBLISHER, 2008. p. 37-37.

8.
KITAMURA, S. S. ; ANTONELLI, A. C. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; MORI, C. S. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; CAPUTI, B. ; ORTOLANI, E. L. . Use of hypertonic and isotonic saline solution and furosemide for the treatment of the ammonia poisoning in cattle. In: XXV World Buiatrics Congress, 2008, Budapeste. Oral and Poster Abstracts of the XXV World Buiatrics Congress. Budapeste: KIADÓ - PUBLISHER, 2008. p. 41-41.

9.
ANTONELLI, A. C.; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; MORI, C. S. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; MARCELLO, A. C. S. ; MINERVINO, A. H. H. ; ORTOLANI, E. L. . Efeito da polpa cítrica comparada com o farelo de trigo e o farelo de arroz na predisposição para formação de cálculo urinário em cabritos. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2007, Santos. Anais do XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária -CD-rom, 2007. p. 254.

10.
ANTONELLI, A. C.; MORI, C. S. ; SOARES, P. C. ; ORTOLANI, E. L. . Comparação dos efeitos toxicológicos da ingestão de altas quantidades de uréia extrusada ou granulada em bovinos. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2007, Santos. Anais do XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - CD-rom, 2007. p. 289.

11.
MINERVINO, A. H. H. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; FERREIRA, R. N. F. ; SAUT, J. P. E. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; MEIRA JUNIOR, E. B. S. ; NAKAGAWA, T. L. D. R. ; HEADLEY, S. A. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Quadro clínico e alterações macroscópicas de búfalos com intoxicação cúprica acumulativa. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2007, Santos. Anais do XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - CD-rom, 2007. p. 295.

12.
MINERVINO, A. H. H. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; FERREIRA, R. N. F. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MEIRA JUNIOR, E. B. S. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Perfil bioquímico de búfalos suplementados com altas quantidades de cobre, com ou sem manifestação clínica de intoxicação cúprica acumulativa. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2007, Santos. Anais do XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - CD-rom, 2007. p. 296.

13.
MINERVINO, A. H. H. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; FERREIRA, R. N. F. ; SAUT, J. P. E. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; HEADLEY, S. A. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Quadro clínico e alterações macroscópicas de bovinos com intoxicação cúprica acumulativa. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2007, Santos. Anais do XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - CD-rom, 2007. p. 310.

14.
MINERVINO, A. H. H. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; FERREIRA, R. N. F. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Perfil bioquímico de bovinos suplementados com altas quantidades de cobre, com ou sem manifestação clínica de intoxicação cúprica acumulativa. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2007, Santos. Anais do XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - CD-rom, 2007. p. 311.

15.
ORTOLANI, E. L. ; MINERVINO, A. H. H. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; FERREIRA, R. N. F. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; QUEIROZ, G. F. ; MORI, C. S. ; VENTURELLI, B. C. ; ANTONELLI, A. C. . Valor preditivo da atividade de Gama Glutamiltransferase (GGT) para predizer o acúmulo hepático de cobre em bovinos e búfalos. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2007, Santos. Anais do XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - CD-rom, 2007. p. 327.

16.
ORTOLANI, E. L. ; MINERVINO, A. H. H. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; FERREIRA, R. N. F. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; QUEIROZ, G. F. ; MORI, C. S. ; VENTURELLI, B. C. ; ANTONELLI, A. C. . Valor preditivo da atividade da Aspartato aminotrasferase (AST) para predizer o acúmulo hepático de cobre em bovinos e búfalos. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2007, Santos. Anais do XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - CD-rom, 2007. p. 328.

17.
MINERVINO, A. H. H. ; CARDOSO, E. C. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; ANTONELLI, A. C. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ORTOLANI, E. L. . Controle de ecto e endoparasitas em Santarém, Pará. In: 14º Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária, 2006, Ribeirão Preto. Anais do 14º Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária, 2006.

18.
KITAMURA, S. S. ; MADUREIRA, K. M. ; ANTONELLI, A. C. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; ORTOLANI, E. L. . Measures of urine concentration of healthy cattle, treated with furosemide or dehydrated. In: XXIV World Buiatrics Congress, 2006, Nice. Proceedings of the XXIV World Buiatrics Congress, 2006.

19.
SOARES, P. C. ; MARTINELE, I. ; D'AGOSTO, M. ; MARUTA, C. A. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; ANTONELLI, A. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Efeito da deficiência de energia na dieta sobre a população de protozoários do rúmen de bovinos. In: VI Congresso Brasileiro de Buiatria, 2005, Búzios. Anais do VI Congresso Brasileiro de Buiatria. Rio de Janeiro: Associação de Buiatria do Estado do Rio de Janeiro, 2005.

20.
SOARES, P. C. ; ORTOLANI, E. L. ; LEAL, M. L. R. ; MORI, C. S. ; ANTONELLI, A. C. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; SARKIS, J. E. S. ; PEREIRA, A. S. A. ; MARUTA, C. A. . Índice de excreção urinária de eletrólitos e do cobre, ferro e molibdênio em ovinos intoxicados pelo cobre e tratados com tetratiomolibdato. In: VI Congresso Brasileiro de Buiatria, 2005, Búzios. Anais do VI Congresso Brasileiro de Buiatria. Rio de Janeiro: Associação de Buiatria do Estado do Rio de Janeiro, 2005.

21.
SANTOS, N. V. M. ; SARKIS, J. E. S. ; GUERRA, J. L. ; MAIORKA, P. C. ; PEREIRA, M. F. ; HORTELLANI, M. A. ; SILVA, F. F. ; ANTONELLI, A. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Ataxia enzoótica em caprinos e ovinos no agreste de Pernambuco. In: VI Congresso Brasileiro de Buiatria, 2005, Búzios. Anais do VI Congresso Brasileiro de Buiatria. Rio de Janeiro: Associação de Buiatria do Estado do Rio de Janeiro, 2005.

22.
SOARES, P. C. ; ORTOLANI, E. L. ; MORI, C. S. ; LEAL, M. L. R. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MIRANDOLA, R. M. S. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; BRITO, L. A. B. ; SARKIS, J. E. S. . Efeitos da intoxicação cúprica e do tratamento com tetratiomolibdato sobre a função renal de ovinos. In: XXXI CONBRAVET, 2004, São Luís. Anais do XXXI Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. São Luís: SOMEVEMA, 2004. p. E074.

23.
ORTOLANI, E. L. ; SOARES, P. C. ; BRITO, L. A. B. ; DAMASCENO, A. D. ; MORI, C. S. ; LEAL, M. L. R. ; ANTONELLI, A. C. ; RODRIGUES, F. A. M. L. . Estudo histológico e histoquímico de fígado e rins de ovinos intoxicados experimentalmente por cobre e tratados com tetratiomolibdato. In: XXXI CONBRAVET, 2004, São Luís. Anais do XXXI Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. São Luís: SOMEVEMA, 2004. p. D026.

24.
ANTONELLI, A. C.; MORI, C. S. ; SOARES, P. C. ; KITAMURA, S. S. ; ORTOLANI, E. L. . Origem da acidose metabólica na intoxicação por amônia em bovinos. In: VI Congresso Paulista de Medicina Veterinária, 2004, Santos. Anais do VI Congresso Paulista de Medicina Veterinária. São Paulo: SPMV, 2004. p. 92.

25.
SOARES, P. C. ; ORTOLANI, E. L. ; MORI, C. S. ; LEAL, M. L. R. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ANTONELLI, A. C. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; BRITO, L. A. B. ; SANTOS, N. V. M. ; KITAMURA, S. S. ; MARUTA, C. A. . Efeitos da intoxicação cúprica e do tratamento com tetratiomolibdato sobre o metabolismo oxidativo de ovinos. In: VI CONPAVET, 2004, Santos. Anais do VI Congresso Paulista de Medicina Veterinária. São Paulo: SPMV, 2004. p. 91.

26.
SOARES, P. C. ; MARUTA, C. A. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; MORI, C. S. ; KITAMURA, S. S. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Provas de função ruminal de bovinos submetidos à carência energética pronunciada. In: V Congresso Brasileiro de Buiatria, 2003, Salvador. Anais do V Congresso Brasileiro de Buiatria. Salvador: Ventura, 2003. p. 31.

27.
TORRES, G. A. S. ; ANTONELLI, A. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Intoxicação por amônia provoca lesões musculares mas não hepáticas em bovinos. In: XI Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2003, Piracicaba. Anais do XI Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP. Piracicaba: USP/ESALQ - Serviço de produções gráficas, 2003. p. 527.

28.
ANTONELLI, A. C.; TORRES, G. A. S. ; MORI, C. S. ; SOARES, P. C. ; KITAMURA, S. S. ; MARUTA, C. A. ; VILELA, M. F. ; ORTOLANI, E. L. . Alterações bioquímicas em bovinos intoxicados por amônia, por meio de uréia dietética granulada ou extrusada. In: XXIX CONBRAVET, 2002, Gramado/RS. Anais do XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. Porto Alegre: Fábrica de Idéias, 2002.

29.
SUCUPIRA, M. C. A. ; SOARES, P. C. ; MARUTA, C. A. ; KITAMURA, S. S. ; MORI, C. S. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Equilíbrio ácido-básico de garrotes alimentados com diferentes teores de energia dietética. In: XXIX CONBRAVET, 2002, Gramado/RS. Anais do XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. Porto Alegre: Fábrica de Idéias, 2002.

30.
MARUTA, C. A. ; SOARES, P. C. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; KITAMURA, S. S. ; MORI, C. S. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Influência da variação pós-prandial, jejum e realimentação em algumas provas do suco ruminal de bovinos. In: XXIX CONBRAVET, 2002, Gramado/RS. Anais do XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. Porto Alegre: Fábrica de Idéias, 2002.

31.
SOARES, P. C. ; MARUTA, C. A. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; KITAMURA, S. S. ; MORI, C. S. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Provas de função ruminal de garrotes alimentados com diferentes teores de energia dietética. In: XXIX CONBRAVET, 2002, Gramado/RS. Anais do XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. Porto Alegre: Fábrica de Idéias, 2002.

32.
KITAMURA, S. S. ; MARUTA, C. A. ; ANTONELLI, A. C. ; SOARES, P. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Tratamentos alternativos aumentam a excreção renal de amônio e auxiliam na desintoxicação da amônia em bovinos. In: XXIX CONBRAVET, 2002, Gramado/RS. Anais do XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. Porto Alegre: Fábrica de Idéias, 2002.

33.
KITAMURA, S. S. ; MARUTA, C. A. ; ANTONELLI, A. C. ; SOARES, P. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Uso eficiente de tratamentos alternativos na terapia de intoxicação por amônia em bovinos. In: XXIX CONBRAVET, 2002, Gramado/RS. Anais do XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. Porto Alegre: Fábrica de Idéias, 2002.

34.
ORTOLANI, E. L. ; KITAMURA, S. S. ; MARUTA, C. A. ; ANTONELLI, A. C. ; SOARES, P. C. . Diuresis alleviates ammonia poisoning in cattle through ammonium excretion in the urine. In: XXII World Buiatrics Congress, 2002, Hannover. Abstracts of the XXII World Buiatrics Congress. Hannover: Pharma Service GmbH, 2002. p. 237.

35.
KITAMURA, S. S. ; MARUTA, C. A. ; SOARES, P. C. ; ANTONELLI, A. C. ; MORI, C. S. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; ORTOLANI, E. L. . Modelo eficiente para indução experimental de intoxicação pela amônia em bovinos.. In: IV Congresso Brasileiro de Buiatria, 2001, Campo Grande. Anais do IV Congresso Brasileiro de Buiatria. Campo Grande: Associação Brasileira de Buiatria - Regional MS, 2001. p. 48.

36.
KITAMURA, S. S. ; ANTONELLI, A. C. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; MARUTA, C. A. ; MICHIMA, L. E. S. ; MORI, C. S. ; MIRANDOLA, R. M. S. ; ORTOLANI, E. L. . Uso de aminoácidos do ciclo da uréia, diurético e/ou hidratante no tratamento da intoxicação por amônia em ratos. In: XXVIII CONBRAVET, 2001, Salvador. Livro de Resumos. Salvador: Interlink, 2001. p. 66.

Apresentações de Trabalho
1.
BARBOSA, A. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MENEZES, D. R. ; NUNES, A. C. B. ; VOLTOLINI, T. V. ; SOUZA, V. N. . Avaliação de sistemas de produção, manejo nutricional e status energético/protéico de ovinos de corte criados no Submédio São Francisco. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
SANTOS, N. V. M. ; ORTOLANI, E. L. ; MORI, C. S. ; ANTONELLI, A. C. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; KITAMURA, S. S. . Ammonia detoxication efficacy in cattle adapted or not to dietary urea and afterwards undergone to different privation periods. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
KITAMURA, S. S. ; ANTONELLI, A. C. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; MORI, C. S. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; CAPUTI, B. ; ORTOLANI, E. L. . Use of hypertonic and isotonic saline solution and furosemide for the treatment of the ammonia poisoning in cattle. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
ANTONELLI, A. C.; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; MORI, C. S. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; MARCELLO, A. C. S. ; MINERVINO, A. H. H. ; ORTOLANI, E. L. . Efeito da polpa cítrica comparada com o farelo de trigo e o farelo de arroz na predisposição para formação de cálculo urinário em cabritos. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
ANTONELLI, A. C.; MORI, C. S. ; SOARES, P. C. ; ORTOLANI, E. L. . Comparação dos efeitos toxicológicos da ingestão de altas quantidades de uréia extrusada ou granulada em bovinos. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
MINERVINO, A. H. H. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; FERREIRA, R. N. F. ; SAUT, J. P. E. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; MEIRA JUNIOR, E. B. S. ; NAKAGAWA, T. L. D. R. ; HEADLEY, S. A. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Quadro clínico e alterações macroscópicas de búfalos com intoxicação cúprica acumulativa. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
MINERVINO, A. H. H. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; FERREIRA, R. N. F. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MEIRA JUNIOR, E. B. S. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Perfil bioquímico de búfalos suplementados com altas quantidades de cobre, com ou sem manifestação clínica de intoxicação cúprica acumulativa. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
MIRANDOLA, R. M. S. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; FERREIRA, R. N. F. ; SAUT, J. P. E. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; HEADLEY, S. A. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Quadro clínico e alterações macroscópicas de bovinos com intoxicação cúprica acumulativa. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
MINERVINO, A. H. H. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; FERREIRA, R. N. F. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Perfil bioquímico de bovinos suplementados com altas quantidades de cobre, com ou sem manifestação clínica de intoxicação cúprica acumulativa. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
ORTOLANI, E. L. ; MINERVINO, A. H. H. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; FERREIRA, R. N. F. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; QUEIROZ, G. F. ; MORI, C. S. ; VENTURELLI, B. C. ; ANTONELLI, A. C. . Valor preditivo da atividade de Gama Glutamiltransferase (GGT) para predizer o acúmulo hepático de cobre em bovinos e búfalos. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
ORTOLANI, E. L. ; MINERVINO, A. H. H. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; FERREIRA, R. N. F. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; QUEIROZ, G. F. ; MORI, C. S. ; VENTURELLI, B. C. ; ANTONELLI, A. C. . Valor preditivo da atividade da Aspartato aminotrasferase (AST) para predizer o acúmulo hepático de cobre em bovinos e búfalos. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
MINERVINO, A. H. H. ; RIBEIRO, H. F. L. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Eficiência reprodutiva de animais da raça Nelore puros de origem (P.O.) na Amazônia. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MINERVINO, A. H. H. ; ORTOLANI, E. L. . Avaliação do risco da polpa cítrica em provocar acidose láctica ruminal em bovinos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; ANTONELLI, A. C. ; SCHALCH, U. M. . Prevalência de brucelose e tuberculose bovina nas propriedades que comercializam leite não pasteurizado no município de Tambaú - SP. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
MINERVINO, A. H. H. ; RIBEIRO, H. F. L. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Enfermidades reprodutivas em animais da raça Nelore criados na Amazônia. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
MINERVINO, A. H. H. ; CARDOSO, E. C. ; ORTOLANI, E. L. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; ANTONELLI, A. C. ; RODRIGUES, F. A. M. L. . Levantamento epidemiológico do tipo de manejo sanitário e de causas de mortalidade dos rebanhos em sistemas de criação de bovinos em Santarém, PA. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
MINERVINO, A. H. H. ; CARDOSO, E. C. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; ANTONELLI, A. C. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ORTOLANI, E. L. . Controle de ecto e endoparasitas em Santarém, Pará. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
KITAMURA, S. S. ; MADUREIRA, K. M. ; ANTONELLI, A. C. ; BARRÊTO JÚNIOR, R. A. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; ORTOLANI, E. L. . Measures of urine concentration of healthy cattle, treated with furosemide or dehydrated. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
SOARES, P. C. ; MARTINELE, I. ; D'AGOSTO, M. ; MARUTA, C. A. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; ANTONELLI, A. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Efeito da deficiência de energia na dieta sobre a população de protozoários do rúmen de bovinos. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
SOARES, P. C. ; ORTOLANI, E. L. ; LEAL, M. L. R. ; MORI, C. S. ; ANTONELLI, A. C. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; SARKIS, J. E. S. ; PEREIRA, A. S. A. ; MARUTA, C. A. . Índice de excreção urinária de eletrólitos e do cobre, ferro e molibdênio em ovinos intoxicados pelo cobre e tratados com tetratiomolibdato. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
SANTOS, N. V. M. ; SARKIS, J. E. S. ; GUERRA, J. L. ; MAIORKA, P. C. ; PEREIRA, M. F. ; HORTELLANI, M. A. ; SILVA, F. F. ; ANTONELLI, A. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Ataxia enzoótica em caprinos e ovinos no agreste de Pernambuco. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
SOARES, P. C. ; ORTOLANI, E. L. ; MORI, C. S. ; LEAL, M. L. R. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ANTONELLI, A. C. ; MIRANDOLA, R. M. S. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; BRITO, L. A. B. ; SARKIS, J. E. S. . Efeitos da intoxicação cúprica e do tratamento com tetratiomolibdato sobre a função renal de ovinos. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
ORTOLANI, E. L. ; SOARES, P. C. ; BRITO, L. A. B. ; DAMASCENO, A. D. ; MORI, C. S. ; LEAL, M. L. R. ; ANTONELLI, A. C. ; RODRIGUES, F. A. M. L. . Estudo histológico e histoquímico de fígado e rins de ovinos intoxicados experimentalmente por cobre e tratados com tetratiomolibdato. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
ANTONELLI, A. C.; MORI, C. S. ; SOARES, P. C. ; KITAMURA, S. S. ; ORTOLANI, E. L. . Origem da acidose metabólica na intoxicação por amônia em bovinos. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

25.
SOARES, P. C. ; ORTOLANI, E. L. ; MORI, C. S. ; LEAL, M. L. R. ; RODRIGUES, F. A. M. L. ; ANTONELLI, A. C. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; BRITO, L. A. B. ; SANTOS, N. V. M. ; KITAMURA, S. S. ; MARUTA, C. A. . Efeitos da intoxicação cúprica e do tratamento com tetratiomolibdato sobre o metabolismo oxidativo de ovinos. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

26.
SOARES, P. C. ; MARUTA, C. A. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; MORI, C. S. ; KITAMURA, S. S. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Provas de função ruminal de bovinos submetidos à carência energética pronunciada. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
TORRES, G. A. S. ; ANTONELLI, A. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Intoxicação por amônia provoca lesões musculares mas não hepáticas em bovinos. 2003. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

28.
ORTOLANI, E. L. ; KITAMURA, S. S. ; MARUTA, C. A. ; ANTONELLI, A. C. ; SOARES, P. C. . Diuresis alleviates ammonia poisoning in cattle through ammonium excretion in the urine. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

29.
ANTONELLI, A. C.; TORRES, G. A. S. ; MORI, C. S. ; SOARES, P. C. ; KITAMURA, S. S. ; MARUTA, C. A. ; VILELA, M. F. ; ORTOLANI, E. L. . Alterações bioquímicas em bovinos intoxicados por amônia, por meio de uréia dietética granulada ou extrusada. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

30.
SUCUPIRA, M. C. A. ; SOARES, P. C. ; MARUTA, C. A. ; KITAMURA, S. S. ; MORI, C. S. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Alterações bioquímicas em bovinos intoxicados por amônia, por meio de uréia dietética granulada ou extrusada. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
MARUTA, C. A. ; SOARES, P. C. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; KITAMURA, S. S. ; MORI, C. S. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Influência da variação pós-prandial, jejum e realimentação em algumas provas do suco ruminal de bovinos. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

32.
SOARES, P. C. ; MARUTA, C. A. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; KITAMURA, S. S. ; MORI, C. S. ; ANTONELLI, A. C. ; ORTOLANI, E. L. . Provas de função ruminal de garrotes alimentados com diferentes teores de energia dietética. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

33.
KITAMURA, S. S. ; MARUTA, C. A. ; ANTONELLI, A. C. ; SOARES, P. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Uso eficiente de tratamentos alternativos na terapia de intoxicação por amônia em bovinos. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

34.
KITAMURA, S. S. ; MARUTA, C. A. ; ANTONELLI, A. C. ; SOARES, P. C. ; MORI, C. S. ; ORTOLANI, E. L. . Tratamentos alternativos aumentam a excreção renal de amônio e auxiliam na desintoxicação da amônia em bovinos. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

35.
KITAMURA, S. S. ; MARUTA, C. A. ; SOARES, P. C. ; ANTONELLI, A. C. ; MORI, C. S. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; ORTOLANI, E. L. . Modelo eficiente para indução experimental de intoxicação pela amônia em bovinos. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

36.
KITAMURA, S. S. ; ANTONELLI, A. C. ; SUCUPIRA, M. C. A. ; MARUTA, C. A. ; MICHIMA, L. E. S. ; MORI, C. S. ; MIRANDOLA, R. M. S. ; ORTOLANI, E. L. . Uso de aminoácidos do ciclo da uréia, diurético e/ou hidratante no tratamento da intoxicação por amônia em ratos. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
ANTONELLI, A. C.. Avaliação do uso de um sal mineral rico em molibdênio na prevenção da intoxicação cúprica acumulativa em ovinos 2007 (Tese de Doutorado).

2.
ANTONELLI, A. C.. Administração de doses padrão e alta de uréia extrusada ou granulada em bovinos: uma análise clínica-toxicológica e laboratorial 2003 (Dissertação de Mestrado).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ANTONELLI, A. C.; HORTA, M. C.; AVELLO NICOLA, P.. Participação em banca de Glauber Meneses Barboza de Oliveira. Patógenos transmitidos por carrapatos em cães, pequenos mamíferos silvestres e seus respectivos ectoparasitas no sertão nordestino, Brasil. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias no Semiárido) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

2.
ANTONELLI, A. C.; BARAÚNA JÚNIOR, D.; OLIVIER, N. C.. Participação em banca de Matheus Pinho de Carvalho Xisto. Análise da resistência de placas ósseas de acrílico fabricadas a laser quando submetidas às diversas forças que agem sobre o foco de fratura. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias no Semiárido) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

3.
ANTONELLI, A. C.; LISTA, F. N.; PERES, A. A. C.. Participação em banca de André Azevedo Rocha. Efeito da substituição de farelo de soja por torta de algodão moída no confinamento de ovinos. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias no Semiárido) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

4.
ANTONELLI, A. C.; MENEZES, D. R.; VOLTOLINI, T. V.. Participação em banca de Fábio Marcelo Ferreira Santos. Efeito da inclusão de feno de juazeiro (Ziziphus joazeiro) no desempenho, característica físico-químicas do leite e parâmetros sanguíneos de cabras Anglo Nubianas. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

5.
ANTONELLI, A. C.; MORAES, S. A.; VIEIRA, P. A. S.. Participação em banca de Andresca dos Santos de Oliveira. Folhas desidratadas de joazeiro como aditivo em dietas para cabras Anglo Nubianas. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias no Semiárido) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

6.
ANTONELLI, A. C.; QUEIROZ, M. A. A.; HORTA, M. C.. Participação em banca de George Washington Neves Soares. Avaliação clínica de ovinos após a ingestão de elevada quantidade de manga. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias no Semiárido) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

7.
ANTONELLI, A. C.; MENEZES, D. R.; LISTA, F. N.. Participação em banca de Willy Requião da Silva. Teores de cobre e seus principais antagonistas em ovinos e caprinos criados nos municípios de Juazeiro e Casa Nova - Bahia. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

8.
ANTONELLI, A. C.; MENEZES, D. R.; MATTOS, C. W.. Participação em banca de Alita Ruth Ferraz de Lucena. Efeito de taninos endógenos de plantas sobre a composição do leite e metabolismo de cabra leiteiras. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias no Semiárido) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

9.
ANTONELLI, A. C.; MENEZES, D. R.; SALVIANO, L. M. C.. Participação em banca de Felipe Silva Sento Sé. Avaliação do uso torta de licuri (Syagrus coronata) na prevenção da carência de cobre em ovinos. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

10.
QUEIROZ, M. A. A.; ANTONELLI, A. C.; ZANETTI, M. A.. Participação em banca de Ivonete Ferreira da Silva. Métodos indiretos de determinação da composição corporal e exigência de macro-minerais de cordeiros SPRD em diferentes classes sexuais. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

11.
ANTONELLI, A. C.; HORTA, M. C.; LEITE, R. C.. Participação em banca de Grace Barbosa dos Santos. Estudo epidemiológico da babesiose bovina nas mesorregiões do São Francisco e do Sertão Pernambucano. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

12.
ANTONELLI, A. C.; MENEZES, D. R.; LISTA, F. N.. Participação em banca de Salvador Santana Silva Junior. Determinação dos teores de cobre e seus principais antagonistas em pequenos ruminantes criados na região do São Francisco em Pernambuco. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

13.
SOARES, P. C.; ANTONELLI, A. C.; MENDONCA, C. L.; COSTA, N. A.. Participação em banca de Izildo Ferreira da Silva Neto. Resposta metabólica da associação da Palma Miúda (Napalea cochenillifera) com feno de Maniçoba (Manihot pseudoglaziovii) e capim Tifton 85 (Cynodon dactylon) na alimentação de ovinos Morada Nova e de caprinos Moxotó. 2011. Dissertação (Mestrado em SANIDADE E REPRODUÇÃO DE RUMINANTES) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Teses de doutorado
1.
ORTOLANI, E. L.; ANTONELLI, A. C.; DELLA LIBERA, A. M. M. P.; LEAL, M. L. R.; SUCUPIRA, M. C. A.. Participação em banca de Carolina Akiko Sato Cabral de Araújo. Perfil metabólico e hormonal de ovelhas superalimentadas submetidas à hipercetonemia e hiperlipidemia, e tratadas com somatotropina recombinante bovina (r - bST). 2014. Tese (Doutorado em Clínica Veterinária) - Universidade de São Paulo.

2.
ORTOLANI, E. L.; BENESI, F. J.; ANTONELLI, A. C.; BARRÊTO JÚNIOR, R. A.; GOMES, V.. Participação em banca de Antônio Humberto Hamad Minervino. Avaliação de crescentes teores de zinco dietético no metabolismo do cobre e na prevenção de intoxicação cúprica em ovinos. 2011. Tese (Doutorado em Clínica Veterinária) - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - USP.

Qualificações de Mestrado
1.
ANTONELLI, A. C.; CORDEIRO, M. F.; QUEIROZ, M. A. A.. Participação em banca de Jair Correia Matos. Eficiência alimentar na qualidade espermática, sanidade e características da pele de ovinos Dorper sob estresse. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

2.
ANTONELLI, A. C.; MENEZES, D. R.; VOLTOLINI, T. V.. Participação em banca de Fábio Marcelo Ferreira Santos. Efeito da inclusão de feno de juazeiro (Ziziphus juazeiro) no desempenho, características físico-químicas do leite e parâmetros ed cabra anglo nubiana. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

3.
ANTONELLI, A. C.; MENEZES, D. R.; HORTA, M. C.. Participação em banca de Willy Requião da Silva. Determinação dos teores de cobre e seus principais antagonistas em ovinos e caprinos criados nos municípios de Juazeiro e Casa Nova - Bahia. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ANTONELLI, A. C.; COSTA, M. M.; ROSA JUNIOR, C. M.. Participação em banca de Esdras Medeiros Almeida.Endometrite em égua. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

2.
ANTONELLI, A. C.; MACEDO, A. T. M.; SILVA JUNIOR, S. S.. Participação em banca de Rodrigo dos Santos Silva.Úlcera de abomaso em bezerro com síndrome do bebedor ruminal: relato de caso. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

3.
ANTONELLI, ALEXANDRE COUTINHO; MACEDO, A. T. M.; LIMA, M. C.. Participação em banca de Saulo Emanuel Santos Silva.Babesiose Equina - Revisão Bibliográfica. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

4.
ANTONELLI, A. C.; MACEDO, A. T. M.; LIMA, M. C.. Participação em banca de Lucas de Souza Silva.Avaliação Eletrocardiográfica de Equinos de Vaquejada em Repouso. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

5.
ANTONELLI, A. C.; MACEDO, A. T. M.; MACEDO, A. G. C.. Participação em banca de Tarcito Miranda Rodrigues.Avaliação da bioquímica clínica de equinos antes e após provas de vaquejada. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

6.
ANTONELLI, A. C.; CORDEIRO, M. F.; SILVA JUNIOR, S. S.. Participação em banca de Jesiane Ramos Amorim.Toxemia da prenhez em cabras: relato de caso. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

7.
ANTONELLI, A. C.; LUCENA, A. R. F.; MENEZES, D. R.. Participação em banca de Jair Correia Matos.Avaliação in vitro da influência da bebida gaseificada a base de cola na fermentação e características do líquido ruminal de ovinos. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

8.
ANTONELLI, A. C.; SALVIANO, L. M. C.; SE, F. S. S.. Participação em banca de Iury Requião da Silva.Brucelose Bovina: uma revisão bibliográfica. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

9.
ANTONELLI, A. C.; SALVIANO, L. M. C.; SILVA, W. R.. Participação em banca de Bruno Gonçalves da Silva.Cetose em vacas leiteiras de alta produção: uma atualização. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

10.
ANTONELLI, A. C.; SANTOS, C. R. O.; XISTO, M. P. C.. Participação em banca de Josemário Ferreira Rocha Filho.Criptococose em cão: relato de caso. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

11.
ANTONELLI, A. C.. Participação em banca de Ricardo Tenório Ferro.Timpanismo Espumoso em Bovino: relato de caso. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

12.
ANTONELLI, A. C.. Participação em banca de Andrei Jael Coelho.Mastite Apostematosa em Ovinos Submetido à Mastectomia Radical. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

13.
ANTONELLI, A. C.; CORDEIRO, M. F.; GRADELA, A.. Participação em banca de Danilo Lima Brito Gomes.Endometrite persistente pós-cobertura em éguas: uma revisão. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

14.
ANTONELLI, A. C.; SOARES, G. W. N.; SILVA, W. R.. Participação em banca de Iara Macedo de Melo Gomes.Avaliação da bioquímica clínica de ovinos suplementados com torta de Licuri (Syagrus coronata). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

15.
ANTONELLI, A. C.; NOBRE, F. S. D.; BARBERINO, M. L.. Participação em banca de Isamara Ferreira da Silva.Bem-estar animal: aspecto a ser orientado no pré-abate de ovinos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

16.
ANTONELLI, A. C.. Participação em banca de Ramon da Silva Rodrigues.Uso do Ultrassom Terapêutico no Tratamento de Síndrome de Rabdomiólise por Esforço em Equino. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

17.
ANTONELLI, A. C.. Participação em banca de Caio Cezar Florentino Diniz Martins.Pleuropneumonia em Equinos: relato de caso. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

18.
ANTONELLI, A. C.. Participação em banca de George Washington Neves Soares.Osteocondrite Dissecante da Articulação Metatársica em Equino: relato de caso. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

19.
ANTONELLI, A. C.. Participação em banca de Rodrigo Menezes Rodrigues.Trabalho de Conclusão de Curso. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

20.
ANTONELLI, A. C.; HORTA, M. C.; SE, F. S. S.. Participação em banca de Rogério Paes Ribeiro de Sousa.Úlcera de Abomaso em Bovino: relato de caso. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

21.
ANTONELLI, A. C.; SALVIANO, L. M. C.; SE, F. S. S.. Participação em banca de Willy Requião da Silva.Tuberculose Bovina causada pelo Mycobacterium bovis: uma revisão bibliográfica. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

22.
ANTONELLI, A. C.; HORTA, M. C.; MENEZES, D. R.. Participação em banca de Felipe Silva Sento Sé.Intoxicação cúprica em ovinos. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

23.
ANTONELLI, A. C.; HORTA, M. C.; MENEZES, D. R.. Participação em banca de Luciano Nunes de Sousa.Toxemia da Prenhez. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

24.
ANTONELLI, A. C.; HORTA, M. C.; SOARES, H. S.. Participação em banca de Paulo Victor Modesto Batista.Toxoplasmose em pequenos animais. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

25.
ORTOLANI, E. L.; ANTONELLI, A. C.; KITAMURA, S. S.. Participação em banca de Letícia Andreza Yonezawa.Tuberculose em bezerro. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
ANTONELLI, A. C.; BARRÊTO JÚNIOR, R. A.; PEREIRA, R. N.. Professor efetivo na Área de ?Clínica Cirúrgica de Grandes Animais". 2010. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Outras participações
1.
ANTONELLI, A. C.; GOMES, A. A. D.; ALBINATI, A. C. L.. Professor Substituto - Patologia Geral e Animal. 2017. Universidade Federal do Vale do São Francisco.

2.
ANTONELLI, A. C.; RIBEIRO, L. B.; QUEIROZ JUNIOR, P.. Professor Substituto - Anatomia Animal. 2015. Universidade Federal do Vale do São Francisco.

3.
ANTONELLI, A. C.; GOMES, A. A. D.; BARAÚNA JÚNIOR, D.. Professor Substituto - Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais. 2014. Universidade Federal do Vale do São Francisco.

4.
ANTONELLI, A. C.; GOMES, A. A. D.; BARAÚNA JÚNIOR, D.. Processo Seletivo para Contratação de Professor Temporário. 2012. Universidade Federal do Vale do São Francisco.

5.
ANTONELLI, A. C.; GOMES, A. A. D.; BARAÚNA JÚNIOR, D.. Professor Substituto - Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais. 2012. Universidade Federal do Vale do São Francisco.

6.
ANTONELLI, A. C.; FARIA, M. D.; PALHETA JÚNIOR, R. C.. Professor Substituto - Anestesiologia Veterinária. 2009. Universidade Federal do Vale do São Francisco.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XVII Congresso Latinoamericano de Buiatria / XI Congresso Brasileiro de Buiatria. Avaliação dos teores de cobre, zinco, ferro e molibdênio em ovinos suplementados ou não com torta de licuri / Determinação dos teores de cobre e seus principais antagonistas em ovinos e caprinos criados nos municípios de Juazeiro e Casa Nova, Bahia. 2015. (Congresso).

2.
X Congresso Brasileiro de Buiatria. Determinação da função renal, hepática e atividade oxidativa da ceruloplasmina em pequenos ruminantes criados na região do São Francisco em Pernambuco. 2013. (Congresso).

3.
IX Congresso Brasileiro de Buiatria. Valores preditivos de AST e GGT para acúmulo hepático de cobre em ovinos. 2011. (Congresso).

4.
V Encontro Pedagógico da UNIVASF. 2010. (Encontro).

5.
1o Curso de Atualização em Fluidoterapia.Fluidoterapia na Clínica de Grandes Animais. 2009. (Outra).

6.
As Bases de um planejamento curricular: objetivos, metodologia e avaliação. 2009. (Encontro).

7.
Ciclo de Palestras do Grupo de Estudo em Equídeos da UNIVASF.Métodos de Manejo e Contenção de Equídeos / Distúrbios do Aparelho Locomotor / Cólica Equina. 2009. (Outra).

8.
Curso de Iniciação ao Serviço Público. 2009. (Outra).

9.
II Semana de Ensino, Pesquisa e extensão da UNIVASF. 2009. (Outra).

10.
II Simpósio de Produção Animal do Vale do São Francisco.Utilização da uréia pecuária e seus riscos na produção de ruminantes. 2009. (Simpósio).

11.
IV Encontro Pedagógico da UNIVASF. 2009. (Encontro).

12.
XIX Semana de Estudos Veterinários Paulista.Intoxicação por amônia em ruminantes. 2008. (Encontro).

13.
IX Semana Acadêmica de Medicina Veterinária da Universidade Metropolitana de Santos.Intoxicação por amônia em bovinos. 2007. (Encontro).

14.
XXXIV Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. Comparação dos efeitos toxicológicos da ingestão de altas quantidades de uréia extrusada ou granulada em bovinos. 2007. (Congresso).

15.
8o Encontro das Lideranças da Pecuária Leiteira Paulista - Expomilk 2005. 2005. (Encontro).

16.
VI Congresso Brasileiro de Buiatria. Ataxia enzoótica em caprinos e ovinos no agreste de Pernambuco. 2005. (Congresso).

17.
VI Congresso Paulista de Medicina Veterinária. Origem da acidose metabólica na intoxicação por amônia em bovinos. 2004. (Congresso).

18.
Seminário de Situação Sanitária da Europa e Brasil: Tuberculose, Brucelose, Febre Aftosa e BSE. 2003. (Seminário).

19.
II Simpósio Internacional de Patologia Clínica Veterinária. 2000. (Simpósio).

20.
Seminário sobre Fisiologia do Exercício em Eqüinos. 2000. (Seminário).

21.
Curso de Video Endoscopia em Medicina Veterinária em Eqüinos. 1999. (Outra).

22.
IX SACAVET. 1999. (Outra).

23.
Reuniões Técnico-Científicas Mensais dos Buiatras. 1999. (Encontro).

24.
The XV North American Veterinary Conference. 1998. (Congresso).

25.
Curso de Atualização nas Ecto e Endoparasitoses da Clínica de Cães e Gatos. 1997. (Outra).

26.
Curso de Imunologia Aplicada à Medicina Veterinária. 1997. (Outra).

27.
LII Conferência Anual da SPMV. 1997. (Congresso).

28.
VI Ciclo de Estudos Continuados: 'Antibioticoterapia'. 1997. (Outra).

29.
VII SACAVET. 1997. (Outra).

30.
Curso de Diagnóstico por Imagem na Clínica de Pequenos Animais. 1996. (Outra).

31.
VI SACAVET. 1996. (Outra).

32.
Curso de Biologia de Baleias, Golfinhos e Botos. 1994. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ANTONELLI, A. C.; COSTA, M. M. ; QUEIROZ, M. A. A. ; MENEZES, D. R. . XII Congresso Nordestino de Produção Animal. 2017. (Congresso).

2.
HORTA, M. C. ; ANTONELLI, A. C. ; MENEZES, D. R. . VII Encontro de Medicina Veterinária do Vale do São Francisco / II Encontro sobre Leishmaniose do Vale do São Francisco / I Encontro de Pesquisa de Ciências Agrárias. 2013. (Outro).

3.
ANTONELLI, A. C.; SE, F. S. S. ; WANDERLEY, C. W. S. . I Encontro Acadêmico sobre Brucelose e Mastite no Vale do São Francisco. 2011. (Outro).

4.
HORTA, M. C. ; ANTONELLI, A. C. ; MENEZES, D. R. . VI Encontro de Medicina Veterinária do Vale do São Francisco / I Encontro sobre Leishmaniose do Vale do São Francisco. 2011. (Outro).

5.
ANTONELLI, A. C.; FONSECA, E. S. M. ; JARDINI, F. H. M. ; KAGE, N. K. ; SHIH, A. C. N. . VIII Semana Acadêmica de Medicina Veterinária. 1998. (Congresso).

6.
ANTONELLI, A. C.; JARDINI, F. H. M. ; KAGE, N. K. ; SHIH, A. C. N. ; SALGADO, A. B. . Curso de Atualização em Reprodução de Cães e Gatos. 1996. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Tarcito Miranda Rodrigues. Parâmetros hematológicos e bioquímicos de caprinos da raça Saanen durante a gestação e pós-parto criados na microrregião de Petrolina. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias no Semiárido) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. (Orientador).

2.
Alan Greison Costa Macêdo. Características físico-químicas e citológicas do liquido sinovial da articulação temporomandibular em equinos atletas com enfermidades dentárias. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias no Semiárido) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Cícero Augusto Gama de Miranda. Avaliação clínica do sistema locomotor de equideos recolhidos em vias públicas no município de Petrolina. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Matheus Pinho de Carvalho Xisto. Análise da resistência de placas ósseas de acrílico fabricadas a laser quando submetidas às diversas forças que agem sobre o foco de fratura. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias no Semiárido) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

2.
George Washington Neves Soares. Avaliação clínica de ovinos após a ingestão de elevada quantidade de manga. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias no Semiárido) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, . Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

3.
Willy Requião da Silva. Teores de cobre e seus principais antagonistas em ovinos e caprinos criados nos municípios de Juazeiro e Casa Nova - Bahia. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

4.
Felipe Silva Sento Sé. Avaliação do uso torta de licuri (Syagrus coronata) na prevenção da carência de cobre em ovinos. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, . Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

5.
Salvador Santana Silva Junior. Determinação dos teores de cobre e seus principais antagonistas em pequenos ruminantes criados na região do São Francisco em Pernambuco. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, . Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

6.
Grace Barbosa dos Santos. Estudo epidemiológico da babesiose bovina nas mesorregiões do São Francisco e do Sertão Pernambucano. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco. Coorientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Esdras Medeiros Almeida. Endometrite em égua. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

2.
Lucas de Souza Silva. Avaliação Eletrocardiográfica de Equinos de Vaquejada em Repouso. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

3.
Saulo Emanuel Santos Silva. Babesiose Equina - Revisão Bibliográfica. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

4.
Tarcito Miranda Rodrigues. Avaliação da bioquímica clínica de equinos antes e após provas de vaquejada. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

5.
Rodrigo dos Santos Silva. Úlcera de abomaso em bezerro com síndrome do bebedor ruminal: relato de caso. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

6.
Josemário Ferreira Rocha Filho. Criptococose em cão: relato de caso. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

7.
Iara Macedo de Melo Gomes. Avaliação da bioquímica clínica de ovinos suplementados com torta de Licuri (Syagrus coronata). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

8.
Isamara Ferreira da Silva. Bem-estar animal: aspecto a ser orientado no pré-abate de ovinos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

9.
George Washington Neves Soares. Osteocondrite Dissecante da Articulação Metatársica em Equino: relato de caso. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

10.
Caio Cezar Florentino Diniz Martins. Pleuropneumonia em Equinos: relato de caso. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

11.
Ramon da Silva Rodrigues. Uso do Ultrassom Terapêutico no Tratamento de Síndrome de Rabdomiólise por Esforço em Equino: relato de caso. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

12.
Ricardo Tenório Ferro. Timpanismo espumoso em bovino. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

13.
Flávio Silva Palha. Compactação Parcial de Íleo em Equino: relato de caso. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

14.
Rogério Paes Ribeiro de Sousa. Estágio Obrigatório e Trabalho de Conclusão de Curso. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

15.
Willy Requião da Silva. Estágio Obrigatório e Trabalho de Conclusão de Curso. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

16.
Felipe Silva Sento Sé. Estágio Obrigatório e Trabalho de Conclusão de Curso. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

17.
Luciano Nunes de Sousa. Estágio Obrigatório e Trabalho de Conclusão de Curso. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

Iniciação científica
1.
Tarcito Miranda Rodrigues. Avaliação ultrassonográfica de tendões flexores de equinos de vaquejada. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

2.
Cícero Augusto Gama de Miranda. Avaliação do equilíbrio e biometria podal de equinos de vaquejada. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

3.
Cícero Augusto Gama de Miranda. Avaliação hematológica de equinos antes e após provas de vaquejada. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

4.
Tarcito Miranda Rodrigues. Avaliação da bioquímica clínica de equinos antes e após provas de vaquejada. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

5.
Jair Correia Matos. Avaliação in vitro da influência da bebida gaseificada a base de cola na fermentação do líquido ruminal de ovinos. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

6.
Iara Macedo de Melo Gomes. Determinação do perfil bioquímico de caprinos criados e abatidos na região do Vale do São Francisco na Bahia durante o período seco. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

7.
Josemário Ferreira Rocha Filho. Determinação do perfil bioquímico de ovinos criados e abatidos na região do Vale do São Francisco na Bahia durante o período seco. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

8.
George Washington Neves Soares. Determinação dos teores de cobre em caprinos criados na região do São Francisco em Pernambuco no período chuvoso. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

9.
Josemário Ferreira Rocha Filho. Determinação dos teores de cobre em ovinos criados na região do São Francisco em Pernambuco no período chuvoso. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

10.
Iara Macedo de Melo Gomes. Avaliação da bioquímica clínica de ovinos suplementados com torta de Licuri (Syagrus coronata). 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

11.
Ana Paula Pereira Alves. Efeito da suplementação com Licuri no acúmulo de cobre em ovinos.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

12.
Josemário Ferreira Rocha Filho. Determinação dos teores de cobre e seus principais antagonistas em caprinos criados durante o período seco na região do São Francisco em Pernambuco. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

13.
George Washington Neves Soares. Determinação dos teores de cobre e seus principais antagonistas em ovinos durante o período seco criados na região do São Francisco em Pernambuco. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

14.
Carlos Wagner de Souza Wanderley. Estudo comparativo da ação de membrana amniótica homóloga e xenóloga na cicatrização da pele de bovinos. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

15.
Aynoanne Leandro Barbosa. Monitoramento energético/protéico de dietas de cabras leiteiras criadas no Submédio do São Francisco por meio do teor de uréia no leite. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

16.
Aynoane Barbosa da Silva. Monitoramento protéico de dietas de ovinos de corte criados no Vale do São Francisco através da determinação do teor de uréia no sangue. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

Orientações de outra natureza
1.
Carlos Wagner de Souza Wanderley. Monitoria na disciplina Semiologia Veterinária. 2010. Orientação de outra natureza. (Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.

2.
Felipe Silva Sento Sé. Projeto de Extensão - Leite Legal: Animal sadio, Homem saudável. 2010. Orientação de outra natureza. (Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Alexandre Coutinho Antonelli.



Outras informações relevantes


Aprovado em 1o lugar no Concurso Público para o cargo de Professor Adjunto do quadro permanente da Fundação Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF, na área de conhecimento de Clínica Médica de Grandes Animais - 2008. Edital 65/2008, publicado no D.O.U. em 26/12/08.
Aprovado em 2o lugar no Concurso Público para o cargo de Professor Adjunto do quadro permanente da Fundação Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF, na área de conhecimento de Produção de Pequenos Ruminantes - 2008. Edital 22/2008, publicado no D.O.U. em 26/05/08.
Aprovado em 2o lugar no Concurso Público para o cargo de Professor Adjunto do quadro permanente da Fundação Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF, na área de conhecimento de Análises Clínicas Veterinária - 2008. Edital 09/2008, publicado no D.O.U. em 04/03/08.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/10/2018 às 10:58:03