Manoel Joaquim Fernandes de Barros

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1289764861155980
  • Última atualização do currículo em 26/09/2018


Professor Titular da Universidade Salvador (Brasil). Doutor em Educação pela Universidade Federal da Bahia / Université Montréal (2003). Mestre em Administração pela Universidade Federal da Bahia (1999). Especialista em Administração pela Universidade Salvador (1998). Bacharel em Administração pela Universidade Salvador (1994). Graduado em Processamento de Dados pela Universidade Salvador (1988). Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Empresas, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão universitária e administração de sistemas de informação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Manoel Joaquim Fernandes de Barros
Nome em citações bibliográficas
BARROS, M. J. F.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Salvador, Salvador, PPGA - Programa de Pós-Graduação em Administração.
Rua Dr. José Peroba, 251
STIEP
41770235 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (71) 32739544
Fax: (71) 32739500
URL da Homepage: http://www.unifacs.br


Formação acadêmica/titulação


2000 - 2003
Doutorado em Educação.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Tensão entre o Público e o Privado, Ano de obtenção: 2003.
Orientador: Edivaldo Machado Boaventura.
Palavras-chave: Gestão Universitária.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação.
1997 - 1999
Mestrado em Administração.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Remando a Favor da Maré: O Reforço da Racionalidade Instrumental no pensar e no agir dos alunos de Adminsitração de Empresas,Ano de Obtenção: 1999.
Orientador: Elizete Silva Passos.
Palavras-chave: Racionalidade.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Administração Educacional.
Setores de atividade: Educação.
1995 - 1997
Especialização em Admininistração. (Carga Horária: 360h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
Título: A Racionalidade Predominante em Projetos de Cursos de 3º Grau.
Orientador: Robinson Moreira Tenório.
2016
Aperfeiçoamento em andamento em Pós-Doutorado.
Grenoble Ecole de Management, GEM, França.
Título: Distance Learning Improvement.
Orientador: Emmanuelle Villiot-Leclerq.
1990 - 1994
Graduação em Administração de Empresas.
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1984 - 1988
Graduação em Sistemas de Informação.
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.


Pós-doutorado


2016
Pós-Doutorado.
Grenoble Ecole de Management, GEM, França.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas


Formação Complementar


2016 - 2016
Capacitação de Avaliadores do Basis em EAD. (Carga horária: 16h).
Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, INEP/MEC, Brasil.
2015 - 2015
Professores Laureate no Século XXI. (Carga horária: 20h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
2009 - 2009
Capacitação de Avaliadores do Basis em EAD. (Carga horária: 8h).
Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, INEP/MEC, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Formulários Eletrônicos: Rotinas e Preenchimento. (Carga horária: 16h).
Instituto Latino-Americano de Planejamento Educacional, ILAPE, Brasil.
2008 - 2008
Educação em Saúde: Novos Paradigmas de Formação. (Carga horária: 15h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
2008 - 2008
Formação de Conselheiros de Administração. (Carga horária: 64h).
Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, IBGC, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Capacitação de Avaliadores. (Carga horária: 32h).
Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, INEP/MEC, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em FORMAÇÃO PROFISSIONAL PLANEJAM. EST E MKT EDUCAC. (Carga horária: 60h).
Universidade Anhembi Morumbi, UAM, Brasil.
2005 - 2005
Formação de Coordenadores em Simulação Comercial,. (Carga horária: 16h).
BERNARD SISTEMAS, BS, Brasil.
2005 - 2005
Dominando as Técnicas de Ensino. (Carga horária: 3h).
Editora Atlas, ATLAS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Negociação. (Carga horária: 30h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Ética. (Carga horária: 30h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Poder nas Organizações. (Carga horária: 30h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Qualidade de Vida no Trabalho. (Carga horária: 30h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Administração e Ciência. (Carga horária: 30h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Técnicas Modernas de Gerenciamento. (Carga horária: 30h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Cultura. (Carga horária: 30h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Teoria das Organizações. (Carga horária: 30h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Metodologia do Ensino Superior. (Carga horária: 60h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Relações Público e Privado. (Carga horária: 30h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Metodologia de Pesquisa. (Carga horária: 60h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Comportamento Organizacional. (Carga horária: 30h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Competitividade. (Carga horária: 30h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1995 - 1995
Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas. (Carga horária: 16h).
Trends tecnologia & Informação, TRENDS, Brasil.
1994 - 1994
Extensão universitária em Diretrizes. (Carga horária: 64h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1994 - 1994
Extensão universitária em Projetos Industriais. (Carga horária: 64h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1994 - 1994
Extensão universitária em Administração de Material. (Carga horária: 64h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1994 - 1994
Extensão universitária em Administração de Vendas. (Carga horária: 64h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1994 - 1994
System & Database Administration.
Centro de Treinamento Sybase, CTS, Brasil.
1994 - 1994
Modelagem Semântica de Dados. (Carga horária: 30h).
Trends tecnologia & Informação, TRENDS, Brasil.
1993 - 1993
Extensão universitária em Legislação Tributária. (Carga horária: 64h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1993 - 1993
Extensão universitária em Relações Humanas. (Carga horária: 64h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1993 - 1993
Extensão universitária em Administração de Pessoal. (Carga horária: 64h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1993 - 1993
Extensão universitária em Organização. (Carga horária: 64h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1993 - 1993
Extensão universitária em Administração Financeira e Orçamentária. (Carga horária: 128h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1993 - 1993
Extensão universitária em Mercadologia. (Carga horária: 128h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1993 - 1993
Extensão universitária em Administração da Produção. (Carga horária: 128h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1992 - 1992
Extensão universitária em Processos e Equipamentos Industriais. (Carga horária: 64h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1992 - 1992
Extensão universitária em Psicologia aplicada a Administração. (Carga horária: 128h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1992 - 1992
Extensão universitária em Economia Brasileira. (Carga horária: 128h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1992 - 1992
Extensão universitária em Psicologia aplicada a Administração. (Carga horária: 128h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1992 - 1992
Extensão universitária em Legislação Social. (Carga horária: 64h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1991 - 1991
Extensão universitária em Comunicações. (Carga horária: 128h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1991 - 1991
Extensão universitária em Teoria Econômica. (Carga horária: 128h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1991 - 1991
Extensão universitária em Instituições de Direito Público e Privado. (Carga horária: 64h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1991 - 1991
Extensão universitária em Teoria Geral da Administração. (Carga horária: 128h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
1991 - 1991
Extensão universitária em Sociologia aplicada a Administração. (Carga horária: 64h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.


Atuação Profissional



Federação das Indústrias do Estado da Bahia, FIEB, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Conselheiro
Outras informações
Conselho da Micro e Pequena Empresa Industrial

Atividades

01/2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comitê da Pequena e Micro Indústria do Estado da Bahia, .

Cargo ou função
Conselheiro.
01/2010 - 12/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Instituto Euvaldo Lodi, .

Cargo ou função
Conselheiro.

Instituto Euvaldo Lodi da Bahia, IEL/BA, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2013
Vínculo: Sócio Cooperador, Enquadramento Funcional: Conselheiro
Outras informações
O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) prepara as empresas brasileiras para um ambiente de alta competitividade, oferecendo soluções em gestão corporativa, educação empresarial e desenvolvimento de carreiras. No campo da inovação, o Núcleo Central do IEL é responsável pela coordenação executiva da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), movimento liderado pela CNI e pelas principais lideranças empresariais nacionais para fortalecer e ampliar a inovação no Brasil. Com 92 unidades localizadas em todo o território nacional, o IEL implementa soluções inovadoras e customizadas às necessidades de cada empresa e cadeia de valor.

Atividades

04/2006 - 12/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Regional, .

Cargo ou função
Sócio Cooperador.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, INEP/MEC, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Avaliador Institucional e de Cursos


Fundação Luiz Eduardo Magalhães, FLEM, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Suplente de Conselheiro


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2003
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20

Atividades

01/2000 - 12/2003
Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa, Criação e Inovação, Programa de Pós-Graduação em Administração.

Linhas de pesquisa
Ensino de Administração

Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40
Outras informações
Professor Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Administração (Mestrado) Professor Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Análise e Desenvolvimento Regional (Mestrado e Doutorado) Professor dos Cursos de MBA. Professor dos Cursos de Graduação Bacharelado e Tecnológico Professor dos Cursos de Graduação a Distância.

Vínculo institucional

1995 - 2010
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Vice-Reitor, Carga horária: 40
Outras informações
Professor Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Administração (Mestrado) Professor dos Cursos de MBA. Professor dos Cursos de Graduação Bacharelado e Tecnológico Coordenador do Bacharelado em Comércio Exterior Chefe do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas Pró-Reitor de Graduação.

Atividades

03/2016 - Atual
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Empreendedorismo
09/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-reitoria de Graduação, Graduação Tecnológica em Gastronomia.

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante.
07/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-reitoria de Graduação, Graduação Tecnológica em Gestão Comercial.

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante.
01/2015 - Atual
Ensino, Logística, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa Operacional
01/2015 - Atual
Ensino, Administração Estratégica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia Científica
01/2014 - Atual
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Organização e Gestão de Instituições de Ensino
01/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-reitoria de Graduação, Licenciatura em Pedagogia.

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante.
01/2012 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-reitoria de Graduação, Bacharelado em Administração.

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante.
03/2011 - Atual
Ensino, Administração Estratégica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Gestão da Informação
01/2011 - Atual
Ensino, Administração Estratégica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Gestão da Educação
03/2004 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Salvador, PPGA - Programa de Pós-Graduação em Administração.

03/2004 - Atual
Ensino, Gestão da Informação, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Gestão da Informação
03/2004 - Atual
Ensino, Administração Estratégica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Gestão de Empreendimentos Educacionais
03/1999 - Atual
Ensino, Admininistração, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Gestão da Informação
03/1997 - Atual
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Administração de Sistemas de Informação
03/2000 - 04/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Conselho Universitário.

Cargo ou função
Conselheiro.
11/2010 - 12/2011
Direção e administração, Reitoria, .

Cargo ou função
Diretor de Pós-Graduação Stricto Sensu.
07/2008 - 09/2010
Direção e administração, Vice-Reitoria, .

Cargo ou função
Vice-Reitor para Relações Institucionais.
07/2006 - 07/2008
Direção e administração, Pró-reitoria de Graduação, .

Cargo ou função
Pro-Reitor.
10/2002 - 06/2006
Direção e administração, Reitoria, Departamento de Ciências Sociais Aplicadas.

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
03/2004 - 03/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

Cargo ou função
Conselheiro.
03/2005 - 12/2005
Ensino, Administração Estratégica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia Científica
03/1996 - 06/2004
Ensino, Sistemas de Informação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Administração
03/1994 - 11/2002
Direção e administração, Reitoria, .

Cargo ou função
Assessor.
03/1997 - 02/1999
Direção e administração, Pró-reitoria de Graduação, Bacharelado de Administração com habilitação em Comércio Exterior.

Cargo ou função
Coordenador.

Bahia Participações Ltda, BAHIAPAR, Brasil.
Vínculo institucional

1990 - 1994
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Supervisor de Sistemas, Carga horária: 40
Outras informações
Desenvolvimento dos sistemas: Controle de aplicações financeira. Gestão de vendas. Programação de rádio. A Bahia Participações Ltda atua como controladora de um grupo econômico ligado prioritariamente à área de comunicações.

Atividades

01/1990 - 01/1994
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
Desenvolvimento de Sistemas Computacionais.

Liceu de Artes e Ofícios da Bahia, LAOB, Brasil.
Vínculo institucional

1989 - 1990
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Líder de Oficina, Carga horária: 40

Atividades

01/1989 - 01/1990
Ensino, Oficina de Informática, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Informática

Odebrecht Industrial Ltda, ODB, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1989
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Analista de Sistemas, Carga horária: 40

Atividades

01/1987 - 01/1989
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
Desenvolvimento de Sistemas Computacionais.

Fruticultura do Nordeste Ltda, FRUTINOR, Brasil.
Vínculo institucional

1984 - 1987
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Programador, Carga horária: 40
Outras informações
Desenvolvimento de Sistemas: Controle de operações agrícolas. Gestão de vendas.

Atividades

01/1984 - 01/1987
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
Desenvolvimento de Sistemas Computacionais.

Universidade Católica do Salvador, UCSAL, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1998
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 2
Outras informações
Professor da disciplina de gestão de recursos materiais e humanos. A Universidade Católica de Salvador é uma universidade privada e sem fins lucrativos Católica, localizado em Salvador, a primeira capital do Brasil e terceira maior cidade. Ele é mantido pela Arquidiocese Católica de Salvador.


Comisión Nacional de Acreditación de Chile, CNA, Chile.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Avaliador Ad-HC
Outras informações
Corresponde a la Comisión Nacional de Acreditación verificar y promover la calidad de la educación superior mediante: La acreditación institucional de las universidades, institutos profesionales y centros de formación técnica autónomos. El pronunciamiento acerca de las solicitudes de autorización que le presenten las agencias encargadas de la acreditación de carreras y programas de pregrado, programas de magíster y programas de especialidad en el área de la salud, y súper vigilar su funcionamiento. El pronunciamiento sobre la acreditación de los programas de postgrado de las universidades autónomas, en el caso previsto en el artículo 46 de la Ley 20.129. ​El pronunciamiento sobre la acreditación de los programas de pregrado de las instituciones autónomas, en el caso previsto en el artículo 31 de la Ley 20.129. El mantenimiento de sistemas de información pública que contengan las decisiones relevantes relativas a los procesos de acreditación y autorización a su cargo. Respuestas a los requerimientos efectuados por el Ministerio de Educación. El desarrollo de toda otra actividad necesaria para el cumplimiento de sus funciones.​


Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração, ANGRAD, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Representante Estadual, Enquadramento Funcional: Associado



Linhas de pesquisa


1.
Gestão de Empreendimentos Educacionais
2.
Gestão de Sistemas de Informação
3.
Ensino de Administração


Projetos de pesquisa


2015 - 2017
Grau de Efetividade na Gestão de Projetos em Extensão Universitária e as Estratégias para seu Alcance
Descrição: O presente estudo tem como objetivo investigar a existência da baixa efetividade na gestão de projetos na extensão universitária, da Escola de Administração de uma universidade pública federal, no período de 2000 a 2016, e paralelamente, demonstrar a operacionalização da medida de efetividade, a fim de trazer uma abordagem contemporânea, conceitual e prática a respeito da gestão para projetos de extensão nas universidades. Do ponto de vista metodológico, realizou-se uma análise quali-quantitativo. Logo, a pesquisa foi dividida em duas etapas: uma de caráter quantitativo, com o propósito de investigar o grau de efetividade da gestão de projetos; e outra, qualitativo, voltada para identificar os motivos ? problemas estruturais, integração, competências etc. ?, que podem conduzir à baixa efetividade gerencial, bem como, destacar elementos que ajudem a minimizar as deficiências na gestão de projetos. Os resultados quantitativos revelam que, em geral, um pouco mais da metade dos projetos foi classificada como ?efetiva? e ?parcialmente efetiva?, o que corresponde até 52,34% no grau geral de efetividade. Logo, os dados sugerem que, nos últimos 16 anos, houve uma gestão regular dos 384 projetos desenvolvidos na Escola de Administração da universidade pesquisada; já os resultados qualitativos sugerem que existem alguns motivos que levam à baixa efetividade em razão das burocracias administrativas, demora na liberação dos recursos financeiros pelos stakeholders (financiadores do projeto), falta de avaliação institucional da gestão ou do projeto, pouca flexibilidade nos processos (desenvolvimento das atividades), sobrecarga de atividades entre os membros da equipe, qualificação insuficiente e inadequada dos coordenadores para gestão de projetos. Contudo, poderiam ser minimizada com treinamentos sobre a gestão de projetos para equipe e coordenação, promoção de encontros para troca de experiências entre coordenadores e equipe, formação de uma equipe capacitada, planejamento e acompanhamento diário das atividades, distribuição adequada das atividades, a fim de evitar sobrecarga e, por fim, comprometimento e responsabilidade com os resultados. O estudo traz contribuições significativas no campo de estudo do gerenciamento de projetos como área de conhecimento da administração e a originalidade deste trabalho está em investigar a efetividade da gestão de projetos na extensão universitária no ensino superior..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Bruno Silva Fraga - Integrante.Número de orientações: 1
2015 - 2017
Uma Análise Comparada das Políticas de Gestão Docente nas Instituições de Ensino Superior Privadas com base no Conceito da Burocracia Profissional de Mintzberg
Descrição: O estudo analisa os fatores que influenciam a adesão das Políticas de Gestão Do-cente das IES privadas da Bahia ao Modelo de Burocracia Profissional de Mintz-berg, através dos seguintes objetivos específicos: Identificação de Políticas de Ges-tão Docente; Comparação com a Burocracia Profissional de Mintzberg; Adesão des-sas políticas e práticas à Burocracia Profissional. Mintzberg (2009) propõe 05 (cinco) tipos de estruturas organizacionais: simples, divisionada, burocracia mecanicista, adhocracia e burocracia profissional. No último tipo, os professores são retratados como profissionais autônomos, realizando suas atividades de forma descentraliza-da, devido a habilidades consideradas para a progressão na carreira. Para atingir o objetivo do estudo, foi desenvolvida uma abordagem quantitativa, exploratória e descritiva. Um estudo de casos múltiplos, em três (3) IES privadas (uma faculdade, um centro universitário e uma universidade), na Bahia, foi elaborado, a fim de ga-rantir a heterogeneidade de uma amostra intencional. Foram entrevistados três (3) gestores acadêmicos, diretamente ligados ao Processo de Gestão Docente, conhe-cedores das políticas e práticas da IES. Os resultados indicaram que o nível de ade-são destas ao Modelo de Burocracia Profissional de Mintzberg está associado a vá-rios fatores, entre eles, tipo de organização acadêmica, número de professores, na-tureza jurídica da IES e associação a grupos educacionais. Essa análise de dados sugere uma correlação entre este modelo e as forças de relação capital-trabalho..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Nilzete Teixeira Santiago - Integrante.Número de orientações: 1
2015 - Atual
Empregabilidade do Egresso de Administração
Descrição: Analisar as implicações do perfil de egresso com a empregabilidade pretendida..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / José Ivan da Silva - Integrante.Número de orientações: 1
2015 - Atual
Aprendizagem nas organizações através da gestão do conhecimento
Descrição: Descrever os conceitos e princípios de diversos autores sobre aprendizagem organizacional e as universidades corporativas, a fim de sinalizar para os profissionais de educação e das empresas, os aspectos relevantes de implementação do Programa de Educação Corporativa, propondo ações de intervenção que possibilitem a melhor adequação do programa aos objetivos estratégicos da organização, maior conscientização dos colaboradores para importância da educação continuada e aperfeiçoamento do processo educativo através da Gestão do Conhecimento..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Mariza Sarmento Silva de Araújo - Integrante.Número de orientações: 1
2015 - Atual
Maturidade dos processos de business intelligence: um estudo de caso da área de tecno-logia da informação do instituto municipal de administração pública nos últimos 02 anos.
Descrição: Um dos maiores desafios dos gestores, atualmente, é lidar com o processo decisório. A ado-ção de soluções tecnológicas, para obter informações de forma mais fácil e intuitiva, é cada vez mais utilizada, para que decisões sejam tomadas com maior coerência. Neste aspecto, o Business Intelligence (BI) surge como uma ferramenta que extrai, transforma e possibilita o cruzamento de dados, para auxiliá-los na gestão estratégica e apoio na tomada de decisões. Este estudo propõe um modelo de avaliação de maturidade de BI, com o objetivo de aferir o nível desse fenômeno em sua aplicação na gestão da área de Tecnologia da Informação (TI), afim de verificar as principais razões que os gestores de TI de uma empresa do setor priva-do, da cidade de Salvador, não utilizam ferramentas de BI nas suas práticas de gestão, desde a implantação de tais processos em seus clientes, nos últimos dois anos. Como resultados, o nível de maturidade alcançado foi o nível 01, denominado de gestão empírica ou sem matu-ridade. Ainda como resultados da pesquisa, as principais razões que os gestores de TI da empresa selecionada não utilizam o BI nas suas práticas de gestão foram: falta de investi-mentos, custos de implantação das soluções, disponibilidade de tempo insuficiente para pla-nejar suas decisões/ações e falta de capacitação dos profissionais do setor..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Josenildo Oliveira de Almeida - Integrante.Número de orientações: 1
2015 - Atual
Estágio Supervisionado e sua Contribuição ao Ensino de Administração
Descrição: Avaliar o papel do estagio supervisionado e sua contribuição no ensino da Administração para os discentes que se encontram no interior da Bahia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Daniela Magalhães Costa de Jesus - Integrante.Número de orientações: 1
2015 - Atual
A Espiritualidade e o Sentido do Trabalho
Descrição: Considerando o campo do imaginário social, investigar o aspecto da espiritualidade dos servidores Auxiliares e Técnicos Administrativos no contexto do ambiente organizacional da gestão pública..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Manoel Silva Santos Filho - Integrante.Número de orientações: 1
2014 - Atual
Papel da tecnologia na mediação das relações intergeracionais
Descrição: A presença da tecnologia na Educação avança e a transformação possibilita um salto inovador. Há algum tempo seria impossível imaginar uma sala de aula sem um quadro a giz ou uma pesquisa escolar realizada sem uma enciclopédia. Muito menos, que esses instrumentos fossem substituídos por modernos equipamentos tecnológicos. Mas, é sabido que a utilização de métodos pedagógicos em ambientes tecnológicos atrai e instiga o interesse do aluno em pesquisar e aprender mais, o que justifica a elaboração desse estudo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Isana Souto Santos - Integrante.
2014 - Atual
Gestão da Segurança Patrimonial
Descrição: A necessidade crucial de mais eficiência, eficácia e efetividade, nas Empresas de Segurança Privada que prestam serviços em condomínios, está intrinsecamente relacionada à questão da oportunidade de crescimento, pois suas possibilidades são cerceadas devido aos limites que surgem quando os atores envolvidos na gestão não estão comprometidos com estes conceitos, resultando em impactos negativos na vida seus clientes (tomadores de serviço). Daí a necessidade de uma avaliação sistemática, contínua e eficaz, que esbarra na falta de clareza quanto a indicadores de desempenho e de satisfação por parte dos tomadores de serviço, uma vez que se trata de, normalmente, um serviço terceirizado e da carência de expertise por parte dos sindicatos dos trabalhadores e patronais que defendem os interesses dos seus aderentes atuantes na área da segurança privada, além da trágica política de contratação destes serviços através do menor preço, que impacta diretamente sobre os trabalhadores, sendo os mais afetados por esse processo de precarização..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Abrahim Majdalani Filho - Integrante / Carlos Alberto da Costa Gomes - Integrante.Número de orientações: 1
2014 - Atual
Aprendizagem Organizacional e Formação de Gestores
Descrição: Investigar a aprendizagem organizacional no contexto de uma IES privada e os desafios que os gestores de áreas correlatas à administração enfrentam no exercício da sua função..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Suzana Maria Santos Barreto - Integrante.Número de orientações: 1
2013 - 2015
O Hiato entre a Especificação da Formação em Administração e as Competências, Habilidades e Conteúdos requeridos pelo Mercado de Trabalho
Descrição: O estudo analisa a existência de um hiato entre a especificação da formação em administração e as competências, habilidades e conteúdos requeridos pelo mercado de trabalho. Tem como objetivo geral medir a lacuna entre a formação acadêmica do Administrador e a sua atuação no mercado de trabalho. Os procedimentos metodológicos escolhidos para a pesquisa foram pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e pesquisa de campo. A pesquisa bibliográfica tem o papel de operacionalizar a hipótese, a pesquisa documental serviu de referência para definição dos indicadores e a pesquisa de Campo, apresentou as análises realizadas para corroborar ou refutar a hipótese da pesquisa, através da apresentação dos resultados da análise do hiato. Foi realizada também, na pesquisa de campo, a triangulação dos dados do questionário, respondido por administradores, através de análises horizontal, vertical e diagonal dos dados coletados na entrevista com coordenadores do curso de Administração e gestores de pessoas, sobre o resultado do questionário. O universo pesquisado foi de administradores cadastrados no Conselho regional de Administração da Bahia, que concluíram o curso após ou no ano de 2008 e atuam profissionalmente na área de Administração. O resultado foi um hiato de 51% sobre a utilização de competências, habilidades e conteúdos na atividade profissional desses Administradores. Representando a lacuna existente entre formação acadêmica do Administrador e a sua atuação no mercado de trabalho..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Jair Nascimento Santos - Integrante / Elane Maria Matos Dias - Integrante / Lindomar Pinto da Silva - Integrante / Claudia Regina de Oliveira Vaz Torres - Integrante.Número de orientações: 1
2012 - 2018
Adoção de Tecnologia da Informação em Pequenas e Médias Empresas
Descrição: Esta pesquisa buscou investigar quais fatores influenciam gestores a adotarem tecnologia da informação em pequenas e médias empresas do segmento de distribuição de Feira de Santana. Assim, o presente estudo identifica um modelo de aferição do nível de adoção para estas pequenas e médias empresas, utilizando uma metodologia que contribua com a relevância deste estudo para o campo da Administração e da Tecnologia da Informação, unindo estas duas áreas do conhecimento para ampliação dos estudos sobre as ferramentas computacionais para suporte a gestão empresarial. Os resultados da pesquisa descritiva aplicada ao público-alvo, formada pelos gestores destas empresas, demonstraram a grande importância em considerar nichos específicos para estudos na área de Tecnologia da Informação com vistas à gestão organizacional, ressaltando a satisfação dos pesquisados ao serem apreciados por tamanha relevância no cenário socioeconômico e tecnológico da região. Baseado na análise dos dados coletados, obteve-se um diagnóstico dos fatores influenciadores do processo de adoção de TI por essas organizações, a partir da percepção explicitada por seus gestores que atuam como decisores nesse processo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Arivaldo Ferreira Brito - Integrante.Número de orientações: 1
2012 - 2014
Alinhamento Estratégico entre os Processos de Negócio e Tecnologia de Informação
Descrição: O alinhamento estratégico entre a tecnologia de informação e o negócio é um importante instrumento de gestão, pois o seu entendimento e a compreensão de todos os fatores que o caracterizam é capaz de oferecer oportunidades para a viabilização de investimentos que poderão suportar e sustentar um processo de mudança, auxiliando a gestão corporativa em suas decisões e influenciando no desempenho organizacional. Este é um estudo de caso de natureza exploratória que teve por objetivo avaliar o nível de alinhamento estratégico entre os processos de negócios e os processos de tecnologia de informação na Ebal ? Empresa Baiana de Alimentos e verificar a importância de fatores inibidores e facilitadores do alinhamento. O estudo apresenta, como referência, aspectos teóricos sobre os processos de negócios e processos de tecnologia de informação (TI), relaciona o grau de dependência e impactos decorrentes na Ebal?Empresa Baiana de Alimentos a luz do modelo de alinhamento estratégico de Henderson e Venkatraman (1993) e avalia o nível de alinhamento da TI com o Negócio na perspectiva de seus gestores. Foram considerados nesta pesquisa três critérios de avaliação, o primeiro de Galas e Ponte (2005) que estabelece o mesmo peso e importância entre os fatores, o segundo de Luftman, Papp e Brier (2002) que estabelece diferentes pesos e graus de importância entre os fatores e o terceiro critério com a avaliação individual dos pesos e graus de importância entre os fatores pelos respondentes da própria empresa (2008). Para verificação da aderência da pesquisa com a realidade da organização, foi realizada, após dez meses, uma segunda pesquisa através de grupo focal (2009). Os principais resultados encontrados retrataram de uma forma bastante fidedigna a realidade da empresa e demonstram que o modelo de alinhamento proposto incorpora contribuições significativas através da confirmação da importância da promoção do alinhamento estratégico entre as áreas de negócio e de TI, da incorporação de novas metodologias para implementação de novas práticas e da necessidade de promoção e integração do processo de planejamento da TI ao planejamento estratégico como um todo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Heitor Nunes de Oliveira Sento-Sé Filho - Integrante / Augusto de Oliveira Monteiro - Integrante / Joberto Sérgio Barbosa Martins - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2012 - 2014
Aquisição de vantagem competitiva através de práticas ITIL
Descrição: Levanta elementos da prática ITIL que possam operacionalizar o conceito de vantagem competitiva (Porter, 2010) em empresa selecionada..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Keylla Airane Pereira de Oliveira Antunes Silva Romão - Integrante.
2012 - 2012
Divergência entre o perfil de egresso dos cursos tecnológicos e a demanda por profissionais nas organizações industriais
Descrição: Os cursos de graduação tecnológica tem uma regulamentação recente no sistema de educação superior. No que pese este cenário, a formação tecnológica tem uma antiga tradição de formação de mão de obra no mercado brasileiro. O estudo procura identificar as incompatibilidades relacionadas a habilidades e competências formadas pelos cursos e demandados pelas organizações industriais..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Divergência na percepção de qualidade de serviços em IES
Descrição: Identifica o hiato de percepção dos stakeholders quanto a qualidade do serviço de educação superior..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Renato Aparecido Ribeiro - Integrante.Número de orientações: 1
2011 - 2015
Gestão de Projetos em Telefonia Celular (CMN): Uma Visão para além das Questões Tecnológicas.
Descrição: Este documento apresenta um estudo sobre a evolução das Redes de Próxima Geração (NGN) de Telefonia Celular. Além de uma visão da tecnologia, propõe uma abordagem relacionada à Gestão de Projetos de migração de geração de redes de telefonia celular (CMN). Para o presente trabalho, foram apresentados estudos sobre os projetos utilizados e coleta de dados referentes á historia de vida e entrevistas providas por profissionais que participaram de um estudo de caso. É mostrado que na realização de projetos complexos, a gestão de projetos tem um peso tão ou mais importante do que as questões tecnológicas envolvidas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Sérgio Hage Fialho - Integrante / Leonardo A L Melo - Integrante / Joberto Sérgio Barbosa Martins - Integrante.Número de orientações: 1
2011 - 2014
Convergência das Racionalidades Instrumental e Substantiva no Ambiente Organizacional: Evidências nas Ações de Responsabilidade Social Empresarial da Associação TABOARTE
Descrição: Este trabalho visa, através de uma pesquisa de campo realizada na Associação Comunitária Empreendedora de Maracangalha Taboarte, localizada no Recôncavo Baiano, verificar se, nessa organização produtiva, as suas ações organizacionais corroboram ou refutam a hipótese proposta por essa dissertação ? as racionalidades instrumental e substantiva podem ser convergentes num ambiente organizacional, tendo como produto as ações de responsabilidade social empresarial. Para tanto, o objetivo deste trabalho consiste em demonstrar a hipótese cuja operacionalização se deu através dos objetivos específicos que têm caráter exploratório e realizaram-se por intermédio da coleta dos estudos de materiais acadêmicos, visando: a) demonstrar as evidências da coexistência das racionalidades; b) conceituar a racionalidade instrumental e substantiva, além de discutir a sua convergência; c) conceituar a responsabilidade social nas organizações; d) caracterizar a Associação Taboarte. A fundamentação teórica do estudo se deu, sobretudo, a partir das referências dos estudos organizacionais, racionalidade instrumental e substantiva e responsabilidade social empresarial ? RSE. Como procedimentos metodológicos, realizaram-se as pesquisas bibliográfica e documental, o protocolo de observação e o estudo de caso da Associação Taboarte, que é uma sociedade sem fins lucrativos, com intuito econômico e social. Todo esse contexto proporcionou uma análise crítica sobre a possibilidade da convergência das racionalidades. As análises e interpretações dos dados revelaram que a referida Associação enfrenta conflitos de ordem econômica, política, de infraestrutura e social, ocasionando, assim, o desequilíbrio das racionalidades. As análises revelam, ainda, que a convergência se demonstrou exatamente pelo efeito do desequilíbrio das racionalidades na percepção da eficácia das ações de responsabilidade social, portanto, nesta perspectiva, a referida pesquisa corrobora totalmente com a hipótese proposta por este estudo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Maribel Oliveira Barreto - Integrante / Vanessa Brasil Campos Rodriguez - Integrante / Vanesca Ferreira de Oliveira - Integrante / Ester Pereira da Silva - Integrante / Élvia Mirian Cavalcanti Fadul - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2011 - 2012
Inflexão para Autonomia: A Percepção Estratégica da Atividade de Pesquisa nas Universidades da Região Metropolitana de Salvador
Descrição: O estudo analisa o modelo de gestão dos programas stricto sensu sob a perspectiva de que instituições universitárias praticam uma gestão incipiente da atividade de pesquisa nas suas estratégias. Estudamos o conceito de gestão estratégica organizacional, transportando-o conceitualmente para as organizações universitárias, considerando a Pesquisa e Desenvolvimento como atividade estratégica. Para tanto, avaliamos o modelo acadêmico utilizado pelas universidades sob a ótica legal e econômica e o posicionamento da pesquisa neste modelo, identificando a necessidade dessas organizações desenvolverem administração com base na gestão estratégica, sob a perspectiva de um novo modelo organizacional de gestão do conhecimento como diferencial competitivo. Estabelece-se para tanto, uma taxonomia que indica que as empresas evoluem de uma condição na qual a atividade de pesquisa se desenvolve de forma incipiente como atividade organizacional, para uma condição em que a atividade se desenvolve como uma variável promotora do desenvolvimento econômico e social, de onde se procurar depreendera posição das instituições investigadas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Jair Nascimento Santos - Integrante / Edivaldo Machado Boaventura - Integrante / Sérgio Hage Fialho - Integrante / Evandro Teixeira Gesteira - Integrante / Ester Pereira da Silva - Integrante / Maria Leny Souza Oliveira - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2011 - 2011
Sistemas de Informação e Competitividade em Redes Privadas de Educação Superior
Descrição: O aumento da competitividade no mercado de educação superior fez surgir modelos associados de agentes econômico configurados em redes de instituições de educação superior. Captaneadas por capital nacional e internacional, este modelos se apoiam em complexas estruturas apoiadas pela tecnologia da informação para manutenção da sua associação coordenada. O estudo procura revelar o impacto da infraestrutra tecnológica de informação na dinâmica de competitividade de tais grupos..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Marcílio Duarte Ribeiro - Integrante.
2011 - Atual
Correlação entre formação docente e inserção de egressos no Bacharelado de Administração
Descrição: O Bacharelado em Administração tem se constituído em uma das formações mais ofertadas no mercado de educação superior. No que pese esta expansão estar lastreada num perfil profissiográfico voltada para aquisição de habilidades e competências capazes de permitir ao administrador ser agente gerador de emprego e renda, dúvidas sobre a efetividade desta formação ainda são temas de diversas investigações. Este estudo procura contribuir com a análise de uma das possíveis variáveis responsáveis pela efetividade da inserção de egressos, a formação docente..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Jocácio Ferreira Cerqueira - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2011 - Atual
Convergência Curricular na formação da Academia de Polícia Civil e Militar
Descrição: As forças policiais desenvolvem atividades complementares de investigação e segurança na estrutura do Estado brasileiro. Este estudo procura analisar a possibilidade de integração das formações propostas pela Academia de Polícia Civil e Militar, buscando uma qualificação mais abrangente do profissional da segurança..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Júlio César Romeiro Giffoni - Integrante.Número de orientações: 1
2011 - Atual
A função de extensão como variável estratégica nas IES
Descrição: Considerada como elemento estruturante das organizações universitárias, juntamente com as atividades de ensino e pesquisa, a atividade de extensão começa a desenvolver uma trajetória de destaque no influente papel de agente para o desenvolvimento econômico e social produzido pelas IES. O estudo procura desenvolver uma análise para avaliar o nível de inserção desta variável no planejamento estratégico de instituições educacionais terciárias..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Carlos Alberto Amaral dos Santos - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2006 - 2007
Projeto de Regularização de Fluxo Escolar: Profilaxia ou tratamento?
Descrição: Estudo de caso sobre a efetividade do Projeto de Regularização do Fluxo Escolar (PRFE) integrante do Programa Educar para Vencer (PEV) nas classes de 5a à 8a série em uma escola pública de ensino fundamental no ano de 2006 na cidade de Salvador. Fundamenta-se na importância da gestão educacional, avaliação de seu desempenho, necessidade de melhoria da qualidade de ensino fundamental face ao alto índice de defasagem idade-série na Bahia. O PRFE foi implantado em 369 municípios, tendo a participação de 175.599 estudantes de 1a à 8a séries distribuídas em 3.290 escolas. Os dados foram analisados pelas seguintes categorias: material pedagógico, apoio gerencial/logístico/pedagógico, infra-estrutura da escola, avaliação do ensino e mediação docente. No atendimento às questões de estudo verificou-se que o Projeto não se constituiu em ação efetiva para a eliminação da defasagem idade-série aconteça, nem em ação preventiva para evitar a sua ocorrência. Apesar da redução no percentual de alunos defasados entre 2000 e 2006, os sujeitos envolvidos no Projeto não avaliaram que essa ação tenha sido efetiva para o aproveitamento escolar, devido a fatores como a inadequação dos materiais didáticos destinados ao aluno e professor, o apoio gerencial/logístico/pedagógico insatisfatório, infra-estrutura da escola deficiente, avaliação do ensino empregada não ter sido garantia de melhoria da aprendizagem e a mediação aluno-conhecimento feita pelo docente se mostrou ineficaz. Em razão desse quadro, recomendou-se revisão no trato dessa questão tão antiga, o atraso escolar no ensino fundamental, bem como dos componentes de ação de regularização da idade-série e repetência..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / IZOLDA REBOUÇAS FALCÃO - Integrante / Maribel Oliveira Barreto - Integrante / Eliana Bárbara Guimarães da Cruz - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2000 - 2003
Tensão entre o Público e o Privado na Educação Superior Brasileira
Descrição: Este estudo trata da tensão entre o público e o privado na educação superior brasileira. Para esta abordagem, partiu-se da questão: como se explica a tensão entre o público e o privado na educação superior brasileira, especialmente a partir da LDB/96 e de opiniões de representantes da arena da educação superior no Brasil? Daí, o objetivo principal consistiu em analisar este objeto, com base na Teoria do Capital Humano e no Método Popperiano. A primeira cimentou o discurso sobre capital humano, investimentos em educação e retornos, priorizando a educação superior. Quanto ao Método Popperiano foram considerados os seus respectivos momentos: criatividade, construção da hipótese e das conseqüências falseáveis, definição de técnicas de falseabilidade e testagem. As técnicas foram entrevista e obras/documentos, sendo possível testar as conseqüências falseáveis e concluir que: 1) em 2002, o investimento do Banco Mundial em infra estrutura foi de 82,1% e, em educação, de, apenas, 7% mas, apesar deste baixo investimento em educação, este Banco é a maior agência financiadora do mundo neste segmento; 2) o Banco Mundial prioriza o ensino fundamental, com cerca de 54% dos investimentos contra 17% para o ensino superior; 3) o governo brasileiro viabiliza o modelo econômico pela privatização de setores estratégicos como a educação, havendo estagnação do investimento público em educação superior, o qual foi de 209 milhões enquanto o setor privado alavancou mais de 700 milhões, em 1998, e quase 1,5 bilhão, em 2002; 4) o investimento do capital privado é lançado no mercado de educação superior, transformando o sistema de elite em ensino superior de massa, ampliando o número de IES privadas no Brasil de 764, em 1998, para 1.460, em 2002, aumentando a população estudantil, variando de 2.125.950, em 1998, para 3.370.000, em 2002; 5) a ação do governo brasileiro na educação superior restringe-se a repassar verbas de custeio; 6) os principais investimentos do Estado resumem-se no repasse de inversões do Banco Mundial para o ensino fundamental, mas o investimento do Banco Mundial não é exclusivo para a educação; e, a última, não foi possível ser refutada nem corroborada. Além disto, outros dados factuais que emergiram, indicam que, no Brasil-Colônia e no Império a tensão se estabeleceu entre o ensino religioso e o estatal, sendo mediada, respectivamente, pela Reforma Pombalina e pelo apoio ao Reino Unido; na República Velha e no Estado Novo, foi entre o ensino religioso e o laico, mediada, respectivamente, pela Lei Orgânica da Educação Superior e pela Reforma Francisco Campos; na República Populista, Governo Militar, Governo Civil e Governo Liberal, esta tensão aconteceu entre o ensino estatal e o privado, mediada, respectivamente, pelos instrumentos jurídicos: LDB/61, Reforma/68, Constituição/88 e LDB/96. Enfim, a hipótese de que a tensão entre o público e o privado na educação superior brasileira é estrutural não foi totalmente falseada, deixando lacunas que poderão ser preenchidas por novas hipóteses falseáveis, mais universais, porém específicas e plausíveis, conforme orienta o próprio Karl Popper..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Edivaldo Machado Boaventura - Integrante / Robinson Moreira Tenório - Integrante / Robert Evan Verhine - Integrante / Manuel Crespo - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
1995 - 1999
Remando a Favor da Maré: O Reforço e a Afirmação da Predominância da Racionalidade Instrumental no Pensar e no Agir dos Alunos de Administração de Empresas
Descrição: Este estudo procura analisar as condições que levaram a formação do bacharel em Administração de Empresas a orientar o agir e o pensar dos egressos dentro de uma racionalidade predominantemente instrumental. Para tanto, são referenciadas as condições histórico-sociais que conformaram a criação dos cursos de formação de administradores de empresa no Brasil e no mundo. Tomando-se especificamente, o estudo do caso de uma instituição de ensino superior na cidade de Salvador, Bahia como referência para o modelo de filosofia educacional adotada na área objeto do estudo. Utilizando-se de elementos da história de vida dos sujeitos de processo de ensino-aprendizagem, o estudo demonstra como a racionalidade instrumental se reprodução no cotidiano do curso através das práticas docentes, da estrutura de ensino e dos instrumentos de ação pedagógica do curso..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Manoel Joaquim Fernandes de Barros - Coordenador / Maria Aparecida Viviani Ferraz - Integrante / Elizete Silva Passos - Integrante / Edivaldo Machado Boaventura - Integrante / Robinson Moreira Tenório - Integrante / Tânia Maria Diederich Fischer - Integrante.
Número de produções C, T & A: 4


Revisor de periódico


2011 - Atual
Periódico: Gestão & Planejamento (Salvador)
2011 - Atual
Periódico: RIES - Revista Iberoamericana de Educación Superior
2006 - Atual
Periódico: Revista do Centro de Economia e Ciências da Computação
2010 - Atual
Periódico: Revista de Docência do INESC
2008 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Docência, Ensino e Pesquisa em Administração
2011 - Atual
Periódico: RDE. Revista de Desenvolvimento Econômico
2014 - Atual
Periódico: Connexio - Revista Científica da Escola de Gestão e Negócios
2014 - Atual
Periódico: Revista Ciências Administrativas (UNIFOR)
2016 - Atual
Periódico: READ - REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO DA EA/UFRGS
2016 - Atual
Periódico: Independent Journal of Management & Production
2016 - Atual
Periódico: Contextus (Fortaleza)


Revisor de projeto de fomento


2013 - Atual
Agência de fomento: Centro Universitário Presidente Tancredo de Almeida Neves
2012 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Apoio e Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do MS
2010 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais
2010 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas
2010 - Atual
Agência de fomento: Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular
2010 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo
2004 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração de Empresas.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Administração Educacional/Especialidade: Administração de Unidades Educativas.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Sistemas de Computação/Especialidade: Arquitetura de Sistemas de Computação.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Ciência da Informação / Subárea: Teoria da Informação/Especialidade: Teoria Geral da Informação.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Alemão
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2000
Professor Homenageado, Formandos Administração de Empresas da UNIFACS.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BARROS, M. J. F.2017BARROS, M. J. F.; SILVA, L. P. ; CERQUEIRA, J. F. . O Reforço da Racionalidade Econômica na Práxis da Formação Profissional do Bacharel em Administração. GESTAO E PLANEJAMENTO, v. 8, p. 4-22, 2017.

2.
FIGUEIREDO, M. G. M.2017FIGUEIREDO, M. G. M. ; RODRIGUEZ, V. B. C. ; BARROS, M. J. F. . O poder da identidade visual dos restaurantes de shopping mediante uma abordagem gestáltica. REVISTA CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS (UNIFOR), v. 23, p. 476-490, 2017.

3.
MIRANDA, E. M.2017MIRANDA, E. M. ; RODRIGUEZ, V. B. C. ; BARROS, M. J. F. . O Uso do Filme de Animação no Ensino de Administração. GESTAO E PLANEJAMENTO, v. 18, p. 160-181, 2017.

4.
GESTEIRA, E. T.2013GESTEIRA, E. T. ; BARROS, M. J. F. ; SILVA, E. P. . Reflexão dos gestores sobre a percepção estratégica da atividade de pesquisa nas universidades da região metropolitana de Salvador. GESTAO E PLANEJAMENTO, v. 14, p. 350-364, 2013.

5.
BARROS, M. J. F.2012BARROS, M. J. F.; OLIVEIRA, V. F. . Racionalidade administrativa - reprodução da lógica capitalista através do uso inadequado e ideológico do atributo de racional às ações administrativas. Gestão & Planejamento (Salvador), v. 13, p. 247-263, 2012.

6.
CRUZ, E. B. G. da2008CRUZ, E. B. G. da ; BARROS, M. J. F. . Projeto de Regularização do Fluxo Escolar. Gestão & Planejamento (Salvador), v. 9, p. 56-76, 2008.

7.
BARROS, M. J. F.2005 BARROS, M. J. F.; BOAVENTURA, E. M. . A Tensão entre o Público e o Privado na Educação Superior Brasileira. Gestão & Planejamento (Salvador), v. 12, p. 42-52, 2005.

8.
BARROS, M. J. F.2000 BARROS, M. J. F.; PASSOS, E. S. . Remando a favor da maré: racionalidade instrumental no curso de administração de empresas. Organizações & Sociedade (Online), Salvador, v. 7, n.19, p. 161-174, 2000.

9.
BARROS, M. J. F.1997BARROS, M. J. F.; FERRAZ, M. A. V. . A Racionalidade Predominante em Projetos de Cursos de 3º Grau. Pesquisas em Organizações na Bahia, Salvador, v. 1, p. 91-112, 1997.

Capítulos de livros publicados
1.
BARROS, M. J. F.; CASTRO, H. U. ; ANDRADE, M. C. . Modernização da Gestão Tributária em Centros de Serviços Compartilhados. In: Emanuel José Rebouças Ferreira. (Org.). Textos e Contextos: Análise de Tendências, Reflexões e Práticas de Uso. 1ed.Salvador: Quarteto, 2017, v. 1, p. 75-104.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
JESUS, D. M. C. ; BARROS, M. J. F. ; MOSCON, D. B. . A Perspectiva Andragógica na Atuação Docente no Ensino de Administração. In: VI Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade - EnEPQ, 2018, Porto Alegre. Anais do VI Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade - EnEPQ, 2018.

2.
RANGEL, M. T. R. ; FIALHO, S. H. ; BARROS, M. J. F. . Desafios da Regulação da EAD no Ensino Superior no Brasil: Estrutura, Diálogo e Autonomia Institucional. In: XIX Encontro Virtual Educa, 2018, Salvador. Anais do Virtual Educa, 2018. v. 19.

3.
FRAGA, B. S. ; BARROS, M. J. F. ; FIALHO, S. H. . Grau de Efetividade na Gestão de Projetos em Extensão Universitária e as Estratégias para seu Alcance. In: 29o Encontro da Associação Nacional de Graduação em Administração, 2018, São Paulo. Anais do 29o EnANGRAD, 2018.

4.
MEDEIROS, C. ; RODRIGUEZ, V. B. C. ; BARROS, M. J. F. . Da Entrevista ?Olho no Olho? ao ?de Olho no Whats App?: O Impacto das Mídias Sociais na Praxis da Assessoria de Imprensa na Comunicação Organizacional. In: 29o Encontro da Associação Nacional de Graduação em Administração, 2018, São Paulo. Anais do 29o EnANGRAD, 2018.

5.
BRITO, A. F. ; BARROS, M. J. F. ; MELO, P. M. S. . Processo de Adoção de TI no Segmento de Pequenas e Médias Empresas de Atacado e Distribuição: Identificação e Ampliação de Modelo para Análise. In: 29o Encontro da Associação Nacional de Graduação em Administração, 2018, São Paulo. Anais do 29o EnANGRAD, 2018.

6.
SENTO-SE FILHO, H. N. O. ; BARROS, M. J. F. ; MONTEIRO, A. O. ; MARTINS, J. S. B. . A prevalência do modelo de critérios construídos com stakeholders para a avaliação do alinhamento estratégico entre os processos de negócio e de tecnologia da informação.. In: 29o Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Administração, 2018, São Paulo. 29o EnANGRAD, 2018.

7.
FRAGA, B. S. ; JESUS, D. M. C. ; ALMEIDA, J. O. ; SANTIAGO, N. T. ; BARROS, M. J. F. . Os Desdobramentos promovidos pelo Crescimento do Ensino Superior Privado no Brasil: Uma Análise a partir da LDB/1996. In: XVIII Colóquio Internacional de Gestão Universitária, 2018, Loja. Anais do XVIII Colóquio Internacional de Gestão Universitária, 2018.

8.
SANTOS, F. S. ; BOAVENTURA, E. M. ; LYRIO, L. B. ; BARROS, M. J. F. . A Educação Superior no Brasil após a Constituição Federal de 1988 ? Desafios e Perspectivas. In: 3º Seminário Federalismo e Políticas Educacionais, 2018, Vitória - ES. Anais do 3º Seminário Federalismo e Políticas Educacionais, 2018.

9.
BARROS, M. J. F.; MELO, P. M. S. ; ARAUJO, J. S. T. S. . O Papel da Prefeitura no Processo de Constituição Legal de Novas Empresas na Cidade de Salvador/BA: Uma Percepção do Empreendedor.. In: XV Semana de Análise Regional e Urbana, 2018, Salvador. Anais da XV Semana de Análise Regional e Urbana, 2018.

10.
SANTIAGO, N. T. ; BARROS, M. J. F. ; JESUS, D. M. C. . Análise das Politicas de Gestão Docente à Luz do Modelo da Burocracia Profissional de Mintzberg: Um Estudo de Múltiplos Casos em IES Privadas na Bahia. In: XVIII Colóquio Internacional de Gestão Universitária, 2018, Loja. Anais do XVIII Colóquio Internacional de Gestão Universitária, 2018.

11.
ANDRADE, M. C. ; CASTRO, H. U. ; BARROS, M. J. F. . Discurso acerca da educação corporativa: estudo da situação enunciativa em um texto do Relatório de Sustentabilidade 2014 da Marcopolo S.A.. In: VI Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa, 2017, Santarém. ANAIS VI SIMPÓSIO MUNDIAL DE ESTUDOS DA LÍNGUA PORTUGUESA, 2017.

12.
ALMEIDA, J. O. ; BARROS, M. J. F. . Maturidade em Business Intelligence (BI) - Construção de um Modelo Compreensivo. In: IV Encontro de Administração da Informação, 2017, Curitiba. Anais do IV Encontro de Administração da Informação, 2017.

13.
SENTO-SE FILHO, H. N. O. ; BARROS, M. J. F. ; MONTEIRO, A. O. ; MARTINS, J. S. B. . Alinhamento Estratégico entre os Processos de Negócios e da Tecnologia: Dependência e Determinação entre Variáveis.. In: XXVIII Encontro da Associação Nacional de Curso de Graduação em Administração, 2017, Brasília. Anais do XXVIII Encontro da Associação Nacional de Curso de Graduação em Administração, 2017.

14.
DIAS, E. M. M. ; BARROS, M. J. F. ; SANTOS, J. N. . Hiato entre a Especificação da Formação em Administração pelas Diretrizes Curriculares Nacionais e as Competências, Habilidades e Conteúdos Requeridos pelo Mercado de Trabalho. In: XXVIII Encontro da Associação Nacional de Curso de Graduação em Administração, 2017, Brasília. Anais do XXVIII Encontro da Associação Nacional de Curso de Graduação em Administração, 2017.

15.
GESTEIRA, E. T. ; BARROS, M. J. F. . O Posicionamento Estratégico da P&D nas Universidades: Construção de um Modelo de Análise. In: Encontro de Negócios, Empreendedorismos e Tecnologias Sociais, 2017, Salvador. Anais do Encontro de Negócios, Empreendedorismos e Tecnologias Sociais, 2017.

16.
NASCIMENTO, V. S. ; RODRIGUEZ, V. B. C. ; BARROS, M. J. F. . Para Além de uma Imagem Positiva: Estudo sobre o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano. In: XIV Semana de Análise Regional e Urbana, 2017, Salvador. Anais da XIV Semana de Análise Regional e Urbana, 2017.

17.
CASTRO, H. U. ; BARROS, M. J. F. . Racionalidade, Discurso e Transparência: A Governança como Instrumento de Convergência da Racionalidade nas Corporações Contemporâneas. In: Seminário Internacional de Estudos sobre Discurso e Argumentação, 2016, São Cristovão. Anais do 3o Seminário Internacional de Estudos sobre Discurso e Argumentação, 2016.

18.
OLIVEIRA, V. F. ; BARROS, M. J. F. ; RODRIGUEZ, V. B. C. ; BARRETO, M.O. . Convergência das Racionalidades Instrumental e Substantiva no Ambiente Organizacional: Evidências nas Ações de Responsabilidade Social da Associação TABOARTE.. In: IX Encontro de Estudos Organizacionais, 2016, Belo Horizonte. Anais do IX Encontro de Estudos Organizacionais, 2016.

19.
FIGUEIREDO, M. G. M. ; RODRIGUEZ, V. B. C. ; BARROS, M. J. F. . O Consumidor come com os Olhos: O Poder da Identidade Visual dos Restaurantes de Shopping. In: Encontro Nacional de Pós-Graduação em Administração, 2015, Belo Horizonte. Anais do 39o Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Administração, 2015.

20.
MIRANDA, E. M. ; RODRIGUEZ, V. B. C. ; BARROS, M. J. F. . O Filme de Animação no Ensino de Administração: Uma Análise de Monstros S.A.. In: V Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade - EnEPQ, 2015, Salvador. Anais do V Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade - EnEPQ, 2015.

21.
BARROS, M. J. F.; CERQUEIRA, J. F. . O Reforço da Racionalidade Econômica na Práxis da Formação Profissional do Bacharel em Administração: Levantamento do Pensamento Histórico Recente.. In: Encontro Nacional de Pós-Graduação em Administração, 2014, Rio de Janeiro. Anais do EnANPAD 2014, 2014.

22.
BARROS, M. J. F.; SANTOS, C. A. A. . Racionalização do modelo de produção de conhecimento em teorias administrativas. In: XXXVII EnANPAD, 2013, Rio de Janeiro. Anais do XXXVII EnANPAD, 2013.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BARROS, M. J. F.; BOAVENTURA, E. M. ; LEFRANCOIS, D. A. . Cidades Digitais: a cidade a serviço do cidadão. Um olhar sobre Lauro de Freitas.. In: XV Semana de Análise Regional e Urbana, 2018, Salvador. Anais da XV Semana de Análise Regional e Urbana, 2018.

Outras produções bibliográficas
1.
BARROS, M. J. F.. Remando a favor da Maré: racionalidade instrumental no Curso de Administração de Empresas 2000 (Relatorios de Pesquisa).

2.
BARROS, M. J. F.. Segurança Integrada em Ambiente de Tecnologia da Informação em Empresas Estaduais de Processamento de Dados. PRODEB, 1999 (Relatorios de Pesquisa).

3.
BARROS, M. J. F.. Governo Eletrônico. Salvador: PRODEB, 1999 (Relatorios de Pesquisa).

4.
BARROS, M. J. F.; SILVA, A. C. . Terceirização Moldando o futuro das Empresas. Salvador: PRODEB, 1999 (Relatorios de Pesquisa).

5.
BARROS, M. J. F.. Empresa Familiar. Salvador: UNIFACS, 1998 (Relatorios de Pesquisa).

6.
BARROS, M. J. F.. Analise Organizacional. Salvador: UNIFACS, 1998 (Relatorios de Pesquisa).

7.
BARROS, M. J. F.; ROCHA, A. ; MAIA, E. ; ARARIPE, F. M. ; RIBEIRO, F. L. ; SAMPAIO, F. O. ; ROLIM, F. . Turismo: uma industria promissora. Salvador: UNIFACS, 1997 (Relatorios de Pesquisa).

8.
BARROS, M. J. F.. Uma visão Empresarial do Ara Ketu. Salvador: UNIFACS, 1997 (Relatorios de Pesquisa).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
BARROS, M. J. F.; MARCO, A. . Avaliação in loco credenciamento do polo EAD Paulista da Faculdade Maurício de Nassau. 2016.

2.
BARROS, M. J. F.. Avaliação adhoc de artigo 3944-15032-1 para a Revista Gestão e Planejamento. 2016.

3.
BARROS, M. J. F.. Avaliação adhoc de artigo 822-2934-2 para a Revista Contemporânea de Economia e Gestão. 2016.

4.
BARROS, M. J. F.; LOVATO, A. V. . Renovação de reconhecimento do curso de computação ead da Universidade Federal Rural de Pernambuco. 2016.

5.
BARROS, M. J. F.; MARCO, A. . Credenciamento de Pólo EAD Jana da Faculdade Maurício de Nassau - Maceió. 2016.

6.
BARROS, M. J. F.. Avaliação Ad Hoc do artigo no. 59516 da Revista Eletrônica de Administração da UFRGS. 2016.

7.
BARROS, M. J. F.. Avaliação de Artigos - Administração da Informação - Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Administração. 2015.

8.
BARROS, M. J. F.; VILAS BOAS, A. A. . Avaliação in Loco do reconhecimento do Curso de Administração da Faculdade Caraguá. 2015.

9.
BARROS, M. J. F.; BEHR, R. R. . Avaliação in loco do Curso de Administração da Universidade Metropolitana de Santos. 2015.

10.
BARROS, M. J. F.; OLIVEIRA, M. R. P. ; GESSER, V. . Credenciamento EAD da Universidade de Pelotas. 2015.

11.
BARROS, M. J. F.; PINTO, A. M. . Autorização do curso de Gestão em Recursos Humanos do Centro de Ensino Superior Arcanjo Mikael de Arapiraca. 2015.

12.
BARROS, M. J. F.; SCAFF, L. J. . Avaliação in loco do Curso de Marketing da Faculdade Aliança. 2014.

13.
BARROS, M. J. F.; VISCARDI, C. M. R. ; GARRIDO, S. M. L. . Avaliação in loco da Universidade Tuiuti do Paraná. 2014.

14.
BARROS, M. J. F.; MERCADO, L. P. L. . Avaliação in loco da Fundação Universidade Virtual do Estado de São Paulo. 2014.

15.
BARROS, M. J. F.; BULLA, A. L. . Avaliação in loco do Curso Superior de Formação Específica em Gestão de Negócios da Faculdade Boa Viagem. 2014.

16.
BARROS, M. J. F.. Avaliação ad-hoc de projetos de pesquisa para Instituto de Ensino Superior Presidente Tancredo Neves. 2013.

17.
BARROS, M. J. F.. Revisor no CONVIBRA Business. 2013.

18.
BARROS, M. J. F.. XII Revista Seminário Estudantil de Produção Acadêmica. 2013.

19.
BARROS, M. J. F.. Avaliação de Artigos dos Temas 1, 2 e 3 - EnADI. 2013.

20.
BARROS, M. J. F.; MARTINS, H. C. . Avaliação in loco do Curso de Administração da Faculdade Anhanguera Campinas. 2013.

21.
BARROS, M. J. F.. Avaliação de Artigos - ADI - Tema 1 e 3 - EnANPAD. 2012.

22.
BARROS, M. J. F.; SANTOS, O. S. . Avaliação in loco do curso de Administração da Universidade do Grande Rio Professor José de Souza Herdy. 2012.

23.
BARROS, M. J. F.; LIRA, W. S. . Avaliação in loco do Curso de Administração da Faculdade Adelmar Rosado. 2012.

24.
BARROS, M. J. F.; VASCONCELOS, M. C. L. . Avaliação in loco do Curso de Gestão de Recursos Humanos da Faculdade Cervantes Politécnica de Ribeirão Preto. 2012.

25.
BARROS, M. J. F.; FURLANI, R. M. . Avaliação in loco do curso de Administração da Estácio Fatern - Faculdade Estácio do Rio Grande do Norte. 2011.

26.
BARROS, M. J. F.; SANTOS, V. D. . Avaliação in loco do Curso de Administração da Universidade Municipal de São Caetano do Sul. 2011.

27.
BARROS, M. J. F.; OLIVEIRA, I. D. ; ABREU, R. S. . Avaliação in loco da Universidade de São Paulo. 2011.

28.
BARROS, M. J. F.; Reis, Ana T.V. . Avaliação in loco para Credenciamento de Pólo EAD da Universidade Cruzeiro do Sul. 2010.

29.
BARROS, M. J. F.; GARLIPP, J. R. P. . Avaliação in loco para Credenciamento do pólo EAD de São Paulo da Universidade Cruzeiro do Sul. 2010.

30.
BARROS, M. J. F.; SILVA, A. M. ; MARTINS, C. A. . Avaliação in loco para o Credenciamento do Pólo EAD em São Paulo do Centro Universitário FECAP. 2010.

31.
BARROS, M. J. F.; Reis, Ana T.V. ; CAZARINI, E. W. . Avaliação in loco para Credenciamento do Pólo EAD em Petrópolis da Universidade Católica de Petrólpolis. 2010.

32.
BARROS, M. J. F.; RIBAS, L. M. L. R. . Avaliação in loco para Autorização do Curso Tecnológico em Gestão Comercial da Faculdade Vale dos Carajás. 2009.

33.
BARROS, M. J. F.; VOSGERAU, D. S. R. . Avaliação in loco para Credenciamento de Pólo EAD do Centro Universitario Planalto do Distrito Federal. 2009.

34.
BARROS, M. J. F.; AGUIAR, V. S. M. . Avaliação in loco para Credenciamento do Curso Tecnológico em Gestão Financeira da Faculdades Integradas Antônio Eufrásio de Toledo. 2008.

35.
BARROS, M. J. F.; RIBASKI, S. A. G. . Avaliação in loco para Autorização do Curso Tecnológico em Gestão Financeira da Faculdade de Tecnologia de Ensino Superior. 2008.

36.
BARROS, M. J. F.; BEHR, R. R. . Avaliação in loco para Reconhecimento do Curso Tecnológico em Logística da Faculdade de Tecnologia Anchieta. 2006.

37.
BARROS, M. J. F.; RESENDE, L. S. ; ALVES, K. M. B. . Avaliação in loco para Credenciamento da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde do Cescarelli. 2006.

Demais trabalhos
1.
BARROS, M. J. F.. SECOMEX - Seminario de Comercio Exterior. 1999 (Seminário) .

2.
BARROS, M. J. F.. Aspectos da Tributação Internacional. 1999 (Palestra) .

3.
BARROS, M. J. F.. Comercio Internacional. 1998 (Curso de Pós-Graduação Lato Sensu) .

4.
BARROS, M. J. F.. Marketing Cultural. 1998 (Palestra) .

5.
BARROS, M. J. F.. Empreendedorismo. 1998 (Palestra) .

6.
BARROS, M. J. F.. Comunicação, comportamento e Cultura Contemporanea. 1998 (Palestra) .

7.
BARROS, M. J. F.. Administração com Habilitação em Comércio Exterior. 1997 (Bacharelado) .

8.
BARROS, M. J. F.. Perspectivas do Comercio Exterior na Bahia. 1997 (Palestra) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
BARROS, M. J. F.; MELO, P. M. S.; SOUZA, J. G.. Participação em banca de Jader Sá Teles Silva Araújo. Uma Análise do Ambiente Institucional Formal para Constituição Legal de Empresas na Cidade de Salvador sob a Ótica do Empreendedor. 2018. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

2.
BARROS, M. J. F.; MELO, P. M. S.; MENDES, J. S.. Participação em banca de Arivaldo Ferreira Brito. Fatores que Influenciam Gestores na Adoção de Tecnologia da Informação em Pequenas e Médias Empresas no Setor Atacadista da Região de Feira de Santanta - Ba. 2018. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

3.
BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.; SOUZA, L. G.. Participação em banca de Valdinéia Araújo Scaldaferri. Fatores influentes no desempenho pedagógico das escolas de Salvador. 2018. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

4.
BARROS, M. J. F.; BOAVENTURA, E. M.; PIMENTA, L. B.. Participação em banca de Denise Azevedo Lefrançois. Inclusão Digital, Cidades Digitais e Cidadania: Estudo de caso da praça matriz de Lauro de Freitas - Ba. 2018. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Urbano) - Universidade Salvador.

5.
MONTEIRO, A. O.; LOIOLA, E. R.; BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Cláudio Ribeiro Celino. Análise da Estratégia e Competitividade do Setor de Administração de Condomínios na Cidade de Salvador - Bahia. 2018. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

6.
BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.; SALES, K. M. B.; ALBUQUERQUE, J. C. M.; SILVA FILHO, P.; FIALHO, N. H.. Participação em banca de Márcia Tereza Rebouças Rangel. Institucionalização de uma Estratégia Avançada de EAD na UFBA: Desafios Pedagógicos da Tecnologia e da Regulação.. 2018. Dissertação (Mestrado em Educação e Contemporaneidade) - Universidade do Estado da Bahia.

7.
MONTEIRO, A. O.; BARROS, M. J. F.; LOIOLA, E. R.. Participação em banca de Darton Cunha de Freitas. Estratégia e Competitividade no Setor de Moagem de Trigo no Brasil. 2017. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

8.
BARROS, M. J. F.; OLIVEIRA, M. L. S.; SILVA, L. P.. Participação em banca de Nilzete Teixeira Santiago. Uma Análise Comparada das Políticas de Gestão Docente nas Instituições de Ensino Superior Privadas com Base no Conceito de Burocracia Profissional de Mintzberg. 2017. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

9.
BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.; HASTENREITER FILHO, H. N.. Participação em banca de Bruno Silva Fraga. Grau de Efetividade na Gestão de Projetos em Extensão Universitária e as Estratégias para seu Alcance. 2017. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

10.
BARROS, M. J. F.; MOSCON, D. B.; TORRES, M. M. O.. Participação em banca de Daniela Magalhães de Costa de Jesus. Profissionalização Docente sob a Ótica da Andragogia: Um Estudo com Professores no Ensino de Administração em uma Universidade Pública na Bahia. 2017. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

11.
BARROS, M. J. F.; GESSER, V.; BEHLING, H. P.; MENEGASSO, M. E.. Participação em banca de Gianfranco da Silva Araujo. Gestão Universitária, Produção Docente e Desenvolvimento Local. 2017. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade do Vale do Itajaí.

12.
BARROS, M. J. F.; LOPES, S. P. M.; CASTRO, A. P. N.. Participação em banca de Josenildo Oliveira de Almeida. Maturidade dos Processos de Business Intelligence: Um Estudo de Caso da Área de Tecnologia da Informação do Instituto Municipal de Administração Pública nos Últimos 02 anos. 2017. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

13.
BARROS, M. J. F.; MONTEIRO, A. O.; PASSOS, F. U.. Participação em banca de Eurídice Bôa Morte Costa. Implantação do Modelo de Gestão por Processos em uma Instituição de Educação e Tecnologia Privada, sem Fins Lucrativos. 2016. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

14.
RODRIGUEZ, V. B. C.; BARROS, M. J. F.; MARBACK NETO, G.. Participação em banca de Valéria dos Santos Nascimento. A percepção da imagem do Instituto Federal Baiano no contexto do desenvolvimento local.. 2016. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

15.
BARROS, M. J. F.; RODRIGUEZ, V. B. C.; FONTES, M. L. A.. Participação em banca de Cíntia Medeiros. A Comunicação das Organizações diante do Impacto das Mídias Sociais na Práxis da Assessoria de Imprensa. 2016. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

16.
BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.; MARTINS, J. S. B.. Participação em banca de Leonardo Alexandre Lucena Melo. Implementação de Redes de Próxima Geração (NGN) de Telefonia Celular: Uma Visão para Além da Gestão de Projetos Tecnológicos. 2015. Dissertação (Mestrado em Sistemas e Computação) - Universidade Salvador.

17.
SANTOS, J. N.; BARROS, M. J. F.; TORRES, C. R. O. V.. Participação em banca de Elane Maria Matos Dias. Hiato entre a especificação da formação em administração e as competências, habilidades e conteúdos requeridos pelo mercado de trabalho. 2015. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

18.
FIALHO, S. H.; BARROS, M. J. F.; RIBEIRO, E. M.. Participação em banca de Aldi Rui Morais Silva. Simuladores computacionais no ensino de logística: Um estudo de da aplicação do ProModel em uma instituição de ensino técnico de Feira de Santana - Bahia. 2015. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

19.
SILVA, L. P.; BARROS, M. J. F.; RODRIGUEZ, V. B. C.; LADEIRA, R.. Participação em banca de Marta Glaucia Moraes de Figueiredo. Influência da Identidade Visual no Processo de Decisão de Compra do Consumidor: Uma Análise das Marcas de Restaurantes do Boulevard Shopping de Feira da Santana - Ba durante o Segundo Semestre de 2013. 2014. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

20.
BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.; PINHEIRO, M. T. F.. Participação em banca de Ilka Carrera Garcia Pereira. Facebook - Análise das suas possibilidades na educação a distância. 2014. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

21.
BARROS, M. J. F.; RODRIGUEZ, V. B. C.; SILVA, L. P.; ANDRADE, M. C.. Participação em banca de Cristiano Marco Merces Sampaio. Comunicação sensorial no ponto de venda de restaurantes sofisticados de Salvador: Um estudo de caso no restaurante Oceânico. 2014. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

22.
BARROS, M. J. F.; RODRIGUEZ, V. B. C.; SILVA, L. P.; ALBUQUERQUE, C. F. L.. Participação em banca de Ederval Marques Miranda. Monstros S.A.e a cultura organizacional: O filme de animação como estudo de caso em administração. 2014. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

23.
BARROS, M. J. F.; BARRETO, M.O.; RODRIGUEZ, V. B. C.. Participação em banca de Vanesca Ferreira de Oliveira. Convergência das racionalidades instrumental e substantiva no ambiente organizacional: Evidências nas ações de responsabilidade social empresarial da Associação Taboarte. 2014. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

24.
MONTEIRO, A. O.; BARROS, M. J. F.; BARRETO, M. G. P.. Participação em banca de Jonatas de Araújo Santos. Métodos de gestão de processos e seus impactos nos resultados: estudo de caso com operadores logísticos na Região Metropolitana de Salvador. 2014. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

25.
MONTEIRO, A. O.; BARROS, M. J. F.; BARRETO, M. G. P.. Participação em banca de Flávia Cristiana Sandes Guedes. Uma análise da efetividade do modelo de negócios utilizado pelo sistema de franchising no nordeste do Brasil: um estudo multi-caso com quatro franquias do segmento de alimentação localizadas na cidade de Salvador. 2013. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

26.
BARROS, M. J. F.; BOAVENTURA, E. M.; FIALHO, S. H.; OLIVEIRA, M. L. S.. Participação em banca de Evandro Teixeira Gesteira. Inflexão para autonomia: a percepção estratégica da atividade de pesquisa nas universidades da Região Metropolitana de Salvador. 2013. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

27.
BARROS, M. J. F.; MONTEIRO, A. O.; MARTINS, J. S. B.. Participação em banca de Heitor Nunes de Oliveira Sento-Sé Filho. Alinhamento estratégico entre os processos de negócio e tecnologia da informação: o caso da EBAL. 2013. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

28.
RODRIGUEZ, V. B. C.; BISNETO, J. P. M.; BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Albene Maria dos Santos Oliveira. A percepção da competência em gestão educacional pelos gestores de instituições públicas educacionais de Lauro de Freitas (BA).. 2012. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

29.
MONTEIRO, A. O.; BARROS, M. J. F.; FORTE, S. H. A. C.. Participação em banca de César Santos Barreto. As Condições de Competitividade e a Viabilidade das Estratégias de Diferenciação no Setor de Produtos Asfálticos nos Estados da Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco: Um Estudo Comparativo entre Duas Empresas do Setor.. 2010. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

30.
ALCANTARA, V. S.; HETKOWSKI, T. M.; BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.. Participação em banca de Verena de Souza Alcântara. Do presencial ao virtual - requisitos para eficácia em educação a distância: o caso da UNIFACS. 2009. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

31.
SILVA, A. P.; SANTOS, J. N.; BARROS, M. J. F.; DULTRA, J. A. L.; FREIRE, L. C.. Participação em banca de Anselmo Pereira da Silva. Dilemas e vicissitudes do comprometimento organizacional no setor de seguros privados: um estudo de caso em Salvador. 2007. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

32.
BARROS, M. J. F.; FALCÃO, IZOLDA REBOUÇAS; BARRETO, M.O.. Participação em banca de ELIANA BÁRBARA GUIMARÃES DA CRUZ. Projeto de regularização do fluxo escolar: Profilaxia ou Tratamento?. 2007. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

33.
BARROS, M. J. F.; VARELA, A. V.; CARVALHO, K.. Participação em banca de Alexandre Peixoto Guedes Neto. Disseminação da Informática e do Conhecimento na Bahia: O Desenvolvimento da Indústria de Software. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade Federal da Bahia.

34.
BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Everalnice Ribeiro Mascarenhas de Souza. Gestão de Pessoas: Um estudo sobre uma organização prestadora de serviços. 2005. Dissertação (Mestrado em Administração de Organizações) - Fundação Visconde de Cairu.

35.
BARROS, M. J. F.; SANTOS, J. N.. Participação em banca de Anselmo Pereira da Silva. Dilemas e Vicissitudes do Comprometimento Organizacional no setor de seguros privados: um estudo de caso em Salvador. 2005. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

36.
BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Miriam Alves Lemos. Gestão Organizacional: O estudo de uma empresa do setor industrial da Bahia. 2004. Dissertação (Mestrado em Administração de Organizações) - Fundação Visconde de Cairu.

37.
BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Dante de Matos Gomes. Vídeoaudiência como Recurso de Tecnologia da Informação em Processos Judiciários na Bahia. 2004. Dissertação (Mestrado em Gestão Integrada de Organizações) - Universidade do Estado da Bahia.

38.
BARROS, M. J. F.. Participação em banca de João Barroso Bastos Filho. Modelo Organizacional para Gestão da Segurança da Informação nas Empresas Estaduais de Processamento de Dados no Brasil. 2004. Dissertação (Mestrado em Gestão Integrada de Organizações) - Universidade do Estado da Bahia.

Qualificações de Doutorado
1.
BARROS, M. J. F.; BOAVENTURA, E. M.; PIMENTA, L. B.; SPINOLA, C. A.; ROCHA, J. C.. Participação em banca de Dahyse de Oliveira e Oliveira. Desenvolvimento Regional e Extensão Universitária: Vivências e Saberes. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Desenvolvimento Regional e Urbano) - Universidade Salvador.

Qualificações de Mestrado
1.
BARROS, M. J. F.; MELO, P. M. S.; LOPES, S. P. M.. Participação em banca de Mateus Oliveira Kalil. As vantagens competitivas adquiridas pelas empresas através das plataformas Web 2.0: Um estudo de caso na Petvet. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

2.
BARROS, M. J. F.; SOUZA, L. G.; FIALHO, S. H.. Participação em banca de Valdinéia Araújo Scaldaferri. Fatores influentes no desempenho pedagógico das escolas de Salvador. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

3.
MONTEIRO, A. O.; BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.. Participação em banca de Cláudio Ribeiro Celino. Análise da estratégia e competitividade do setor de administração de condomínios na cidade de Salvador. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

4.
MOSCON, D. B.; SANTOS, J. N.; BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Cecília Andrade Spínola. Empregabilidade e perfil de inserção profissional de egressos de cursos de administração das instituições de ensino de Salvador. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

5.
BOAVENTURA, E. M.; BARROS, M. J. F.; PIMENTA, L. B.. Participação em banca de Denise Azevedo Lefrançois. Acesso Gratuito à Internet, Desenvolvimento e Cidadania: Estudo de Caso da Praça Matriz de Lauro de Freitas - Ba. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Desenvolvimento Regional e Urbano) - Universidade Salvador.

6.
SILVA, L. P.; BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.; CASTRO, M. A. R.. Participação em banca de Flávia Guimarães Menezes da Silva. Desempenho dos Estudantes no ENADE: Influenciadores Ambientais e Organizacionais sob a Luz da Sociologia da Educação de Bordieu. 2017.

7.
BARROS, M. J. F.; GESSER, V.; FLORIANI, D. E.; BEHLING, H. P.. Participação em banca de Gianfranco da Silva Araújo. Indicadores de Gestão do Ensino Superior - Um Estudo de Caso.. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Administração) - Universidade do Vale do Itajaí.

8.
BARROS, M. J. F.; FADUL, E. M. C.; FIALHO, S. H.. Participação em banca de Bruno Silva Fraga. Efetividade na Gestão de Projetos em Extensão Universitária. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

9.
SILVA, L. P.; FIALHO, S. H.; BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Nilzete Teixeira Santiago. Uma Análise Comparada das Políticas de Gestão Docente nas Instituições de Ensino Superior Privadas com a Burocracia Profissional de Mintzberg. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

10.
BARROS, M. J. F.; MOSCON, D. B.; MELO, P. M. S.. Participação em banca de Daniela Magalhães Costa de Jesus. Profissionalização Docente sob a Ótica da Andragogia: Um Estudo com Professores que Atuam no Ensino de Administração. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

11.
BARROS, M. J. F.; MELO, P. M. S.; LOPES, S. P. M.. Participação em banca de Jader Sá Teles Silva. Uma Análise do Ambiente Institucional Formal para Constituição e Abertura de Empresas na Cidade de Salvador sob a Ótica do Empreendedor. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

12.
BARROS, M. J. F.; MONTEIRO, A. O.; LOPES, S. P. M.. Participação em banca de Josenildo Oliveira de Almeida. Implantação de Processos de Business Intelligence (BI) nas Práticas de Gestão da Área de Tecnologia da Informação. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

13.
BARROS, M. J. F.; RODRIGUEZ, V. B. C.; MELO, P. M. S.. Participação em banca de José Cupertino Nogueira Neto. Comunicação na Estratégia de Saúde da Família: Desafio e Perspectivas no Processo de Trabalho da Equipe Multiprofissional. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

14.
BARROS, M. J. F.; MELO, P. M. S.; RODRIGUEZ, V. B. C.. Participação em banca de Arivaldo Ferreira Brito. Fatores que influenciam Gestores na Adoção de Sistemas de Informação Gerencial. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

15.
MONTEIRO, A. O.; SANTOS, J. N.; BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Eurídice Bôa Morte Costa. Implantação de Gestão por Processos em uma Instituição de Educação Profissional Privada, sem fins lucrativos. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

16.
SANTOS, J. N.; SILVA, L. P.; BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Elane Maria Matos Dias. Administradores em campo: Um estudo sobre a atuação do bacharel em administração no mercado de trabalho. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

17.
MONTEIRO, A. O.; BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.. Participação em banca de Maurício Buckingham Lyra Figueiredo. A gestão estratégica dos escritórios corporativos de gerenciamento de projetos nas entidades de representações industriais - Estudo de caso na sede da Federação das Indústrias do Estado da Bahia. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

18.
RODRIGUEZ, V. B. C.; BARROS, M. J. F.; SILVA, L. P.. Participação em banca de Valéria dos Santos Nascimento. Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia: Imagem Organizacional e sua Contribuição ao Desenvolvimento Local. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

19.
SILVA, L. P.; RODRIGUEZ, V. B. C.; BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Cinthya Medeiros. Impactos das mídias sociais nos processos e resultados da Assessoria de Imprensa. 2015.

20.
BARROS, M. J. F.; SANTOS, J. N.; MOSCON, D. B.. Participação em banca de André Luís Macedo Pinheiro. A relação entre liderança e motivação de equipes. 2015.

21.
BARROS, M. J. F.; MONTEIRO, A. O.; DROUVOT, H.. Participação em banca de Nilson Pereira. Análise de Competitividade no Setor de Software Especializado e Segurança do Trabalho no Brasil.. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

22.
MONTEIRO, A. O.; SILVA, L. P.; BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Jonatas de Araújo Santos. Métodos de melhoria de processos e seus impactos nos resultados: estudo de caso com operadores logísticos no estado da Bahia. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

23.
BARROS, M. J. F.; RODRIGUEZ, V. B. C.; FADUL, E. M. C.. Participação em banca de Vanesca Ferreira de Oliveira. As ações de responsabilidade social empresarial em 2013 na Associação Taboarte: um produto da convergência das racionalidades. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

24.
SILVA, L. P.; BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.. Participação em banca de Carlos Rangel Portugal Pereira. A contribuição da Universidade Estadual da Bahia - Campus Serrinha - no desenvolvimento local e regional: Um estudo à luz da Teoria do Capital Humano no período de 1998 a 2012. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

25.
FIALHO, S. H.; BARROS, M. J. F.; MONTEIRO, A. O.. Participação em banca de Lissandra Figueira Theophilo Silva. Organizações virtuais: Desenvolvimento de empresas baianas do setor turístico no ciberespaço.. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

26.
RODRIGUEZ, V. B. C.; BARROS, M. J. F.; SILVA, L. P.. Participação em banca de Cristiano Marco Mercês Sampaio. Comunicação sensorial no ponto de venda de restaurantes sofisticados de Salvador ? Um estudo de caso no restaurante Amado.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

27.
BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.; RODRIGUEZ, V. B. C.. Participação em banca de Ilka Carrera Garcia Pereira. Redes Sociais Digitais ? Análise das suas múltiplas possibilidades na educação a distância. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

28.
RODRIGUEZ, V. B. C.; BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.. Participação em banca de Marta Glaucia Moraes de Figueirêdo. Influência da identidade visual no processo de tomada de decisão de compra do consumidor: Uma análise das marcas de restaurantes do Boulevard Shopping de Feira de Santana - Ba.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

29.
BARROS, M. J. F.; RODRIGUEZ, V. B. C.; SILVA, L. P.. Participação em banca de Ederval Marques Miranda. Cultura organizacional como instrumento de poder: uma análise segundo os filmes de animação.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

30.
BARROS, M. J. F.; FIALHO, S. H.; SANTOS, J. N.. Participação em banca de Evandro Teixeira Gesteira. Inflexão para a autonomia: a percepção estratégica da atividade de pesquisa nas universidades da Região Metropolitana de Salvador. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

31.
BARROS, M. J. F.; LADEIRA, R.. Participação em banca de Jane Cristina Maslowsky. A Comunicação Aplicada em Produtos de Luxo: Influência na Decisão de Compra. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

32.
BARROS, M. J. F.. Participação em banca de César Santos Barreto. As condições de competitividade e a viabilidade das estratégias de diferenciação no setor de produtos asfálticos nos estados da Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco: um estudo comparativo entre duas empresas do setor.. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Estratégica) - Universidade Salvador.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Maria Ângela Cunha Menezes, Maria Célia Furtado Rocha e Sylv. Modelagem da Dados Corporativos e Aprendizagem na PRODEB. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Admininistração) - Universidade Salvador.

2.
BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Aldair Roque Assunção Alcântara, Elza Maria Ferreira e Maria. Política de Investimentos na Prestação de Serviços em Tecnologia da Informação. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Admininistração) - Universidade Salvador.

3.
BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Dilermano Reis Santana da Silva, João Emanuel Moraes de Alme. O Comércio Eletrônico via Internet: Uma Visão no Mercado Brasileiro. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Admininistração) - Universidade Salvador.

4.
BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Gomes, D.M.; Bastos Filho, J.B.; Sother, P.C. Segurança Interna em Ambiente de Tecnologia da Informação em Empresas Es-taduais de Processamento de Dados - EEPDs. 2000. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Admininistração) - Universidade Salvador.

5.
BARROS, M. J. F.. Participação em banca de André Luiz Pita Bastos. Governo Eletrônico, a Bahia governando eletronicamente, substituindo papel por tecnologias groupware e workflow, integrando suas unidades governamentais. 1999. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Admininistração) - Universidade Salvador.

6.
BARROS, M. J. F.. Participação em banca de Iracema Silva Moraes et alli. Terceirização, moldando o futuro das empresas. 1999. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Admininistração) - Universidade Salvador.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
BARROS, M. J. F.. Sistemas de Informação. 2016. Universidade Salvador.

2.
BARROS, M. J. F.. Metodologia e Didática do Ensino Superior. 2015. Universidade Salvador.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
19o Encontro Virtual Educa.Desafios da Regulação da Educação a Distância no Ensino Superior no Brasil: Estrutura, Diálogo e Autonomia Institucional. 2018. (Encontro).

2.
29o Encontro da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração.Grau de Efetividade na Gestão de Projetos em Extensão Universitária e as Estratégias para seu Alcance. 2018. (Encontro).

3.
Encontro dos Professores e Coordenadores dos Cursos de Administração.As modificações implementadas na avaliação institucional. 2018. (Encontro).

4.
VI Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade - EnEPQ.A Perspectiva Andragógica na Atuação Docente no Ensino de Administração. 2018. (Encontro).

5.
XVIII Colóquio Internacional de Gestão Universitária.Os Desdobramentos promovidos pelo Crescimento do Ensino Superior Privado no Brasil: Uma Análise a partir da LDB/1996. 2018. (Outra).

6.
VI Encontro de Administração da Informação.Maturidade em Business Intelligence (BI) - Construção de um Modelo Compreensivo. 2017. (Encontro).

7.
V Seminário de Pesquisa em Administração.Pesquisas que Mudam a Realidade. 2017. (Seminário).

8.
XXVIII Encontro da Associação Nacional de Curso de Graduação em Administração.Alinhamento Estratégico entre os Processos de Negócio e Tecnologia: Dependência e Determinação entre Variáveis. 2017. (Encontro).

9.
Encontro Nacional de Pós-Graduação em Administração.O Consumidor come com os Olhos: O Poder da Identidade Visual dos Restaurantes de Shopping.. 2015. (Encontro).

10.
II Seminário de Pesquisa em Administração.Alcançando resultados: O percurso para a publicação de artigos científicos.. 2015. (Seminário).

11.
V Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade.O Filme deAnimação no Ensino deAdministração: UmaAnálise de MonstrosS.A.. 2015. (Encontro).

12.
Encontro Nacional de Pós-Graduação em Administração. O Reforço da Racionalidade Econômica na Práxis da Formação Profissional do Bacharel em Administração: Levantamento do Pensamento Histórico Recente.. 2014. (Congresso).

13.
II Encontro Norte / Nordeste de Editores Científicos de Administração, Ciências Contábeis e Turismo. 2014. (Encontro).

14.
II Seminário Norte / Nordeste de Programas de Pós-Graduação de Administração, Ciências Contábeis e e Turismo. 2014. (Seminário).

15.
Encontro de Administração da Informação. 2013. (Encontro).

16.
XXXVII Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Administração. Racionalização do Modelo de Produção de Conhecimento em Teorias Administrativas. 2013. (Congresso).

17.
XXXVI Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Admiistração. 2012. (Congresso).

18.
Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação Regional Nordeste. 2011. (Encontro).

19.
IX Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária na América do Sul. 2009. (Outra).

20.
XIII Seminário de Pesquisa e VIII Semninário de Iniciação Cientifíca.Gestão de Programas de Pós-Graduação e Pesquisa. 2009. (Seminário).

21.
Desmestificando o IPO: O passo-a-passo de como preparar sua empresa para uma oferta pública de ações. 2008. (Seminário).

22.
Forum da Associação Baiana de Mantenedores de Ensino Superior: Educação a Distância. 2008. (Outra).

23.
Gestão para Instituições de Ensino Superior Privadas. 2008. (Seminário).

24.
Marketing para Instituições de Ensino Superior Privadas. 2008. (Seminário).

25.
Recursos Humanos nas Instituições de Ensino Superior. 2008. (Seminário).

26.
X Forum Nacional: Ensino Superior Particular Brasileiro. 2008. (Outra).

27.
Conferência Governança Corporativa para Instituições de Ensino Superior Privadas. 2007. (Outra).

28.
O Passo-a-Passo para a Implantação da Governança Corporativa nas Instituições de Ensino Superior. 2007. (Seminário).

29.
VII Coloquio de Gestión Universitaria de América del Sur. 2007. (Outra).

30.
XX Fórum de Pró-Reitores de Graduação. 2007. (Outra).

31.
XXXI Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Administração. 2007. (Encontro).

32.
Gestão em Instituições de Ensino Superior. 2006. (Outra).

33.
Seminário de Capacitação de Avaliadores. 2006. (Seminário).

34.
VI Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária na América do Sul. 2006. (Outra).

35.
VII Encontro Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa nas Instituições de Ensino Superior Particulares. 2006. (Encontro).

36.
XXX Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Administração. 2006. (Encontro).

37.
IV Encontro Brasileiro da Associação Nacional de Graduação - VI Fórum.Paradigmas e tabus no ensino de administração. 2005. (Encontro).

38.
VI Encontro Nacional sobre Pós-Graduação e Pesquisa nas Institutuições de Ensino Superior Particulares. 2005. (Encontro).

39.
XII Simpósio de Proteção ao Conhecimento. 2005. (Simpósio).

40.
XXIX Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Administração. 2005. (Encontro).

41.
V Encontro Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa nas IES Privadas. 2004. (Encontro).

42.
XXVIII Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Administração. 2004. (Encontro).

43.
Seleção/Organização de Conteúdos: Responsabilidade de quem?. 2000. (Seminário).

44.
Seminário O Significado de Medir e Avaliar: o que é mesmo avaliar aprendizagem?. 2000. (Seminário).

45.
XI Encontro Anual da associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração. 2000. (Encontro).

46.
Programa de formacion Permanente para Directivos. 1999. (Outra).

47.
Semana de Informação Profissional.XXX. 1999. (Outra).

48.
Seminário UFBA: Trajetória de uma Universidade 1946-1996.UFBA na Conteporaneidade. 1999. (Seminário).

49.
Encontro Nacional sobre Diretrizes Curriculares para os cursos de Gradução em Administração. 1998. (Encontro).

50.
Seminário sobre Avaliação Institucional no Ensino Superior. 1996. (Seminário).

51.
I Seminário de Tecnologia Multiplataforma do Litoral Norte. 1994. (Seminário).

52.
IV Fórum de Recursos Humanos. 1994. (Outra).

53.
Seminário Internacional Qualidade em Ação. 1994. (Seminário).

54.
V Congresso Nacional de Novas tecnologias e Aplicações em Bancos de Dados. 1994. (Congresso).

55.
XXVII Congresso Nacional de Informática e Telecomunicações. 1994. (Congresso).

56.
Fórum Nacional Empresa Triunfadora - Inovadora. 1993. (Outra).

57.
VII Congresso Internacional da Tecnologia do Software, Telemática e Informação. 1993. (Congresso).

58.
IV Simpósio Brasileiro de Computação Gráfica e Processamento de Imagens. 1991. (Simpósio).

59.
XXII Congresso Nacional de Informática. 1989. (Encontro).

60.
XIX Congresso Nacional de Informática. 1986. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ANDRADE, M. C. ; BARROS, M. J. F. . A Construção Discursiva Organizacional e sua Contribuição e Práxis na Estratégia das Empresas. 2016. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Cynthia Borba de Pinna Vieira. A análise do processo de credenciamento e recredenciamento de IES privadas e públicas sob a ótica dos indicadores de infraestrutura física.. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

2.
Marizane Santos Brito. A Gestão Pública e o Impacto no Desenvolvimento Urbano ? Eficiência e Efetividade na alocação dos Recursos Públicos: Investimentos alocados nos Programas da Saúde Pública da Cidade de Salvador.. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Urbano) - Universidade Salvador. (Orientador).

3.
Agda Sued Magalhães. Educação a Distância (EAD) na Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Urbano) - Universidade Salvador. (Orientador).

4.
Sheila Monteiro Cabral. Terceirização na Administração Pública: A Gestão e Fiscalização dos Contratos. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

5.
Camila Santos Loureiro. A importância da utilização de metodologia para o Gerenciamento de Projetos na Administração Pública. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

6.
Grace Anne Lima Brandão. O discurso da sustentabilidade para o público interno: estratégia e efeitos. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

7.
Roberto Gordilho Leite. Sistemas de Gestão de Saúde. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

8.
Mariza Sarmento Silva de Araújo. Aprendizagem organizacional pela gestão do conhecimento. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

9.
José Ivan da Silva. Empregabilidade do Egresso de Administração. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

10.
Manoel Silva Santos Filho. Espiritualidade e trabalho. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

11.
Isana Souto Santos. Mediação tecnológica do processo de ensino e aprendizagem intergeracional. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

12.
Suzana Maria Santos Barreto. Competências em gestão e resultados organizacionais. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

13.
Abrahim Majdalani Filho. Gestão da segurança patrimonial. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. (Orientador).

14.
Renato Aparecido Ribeiro. Divergência de percepção na qualidade do serviço de IES. Início: 2013. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

15.
Júlio César Romeiro Giffoni. Integração entre a formação militar e civil na Academia de Polícia. Início: 2012. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

16.
Jocácio Ferreira Cerqueira. Gestão de Bacharelado em Administração. Início: 2012. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

17.
Carlos Alberto Amaral dos Santos. Gestão de Extensão. Início: 2012. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Fábio da Silva Santos. Direito, Educação e Acesso à Justiça. Início: 2018. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Regional e Urbano) - Universidade Salvador. (Orientador).

2.
Dahyse Oliveira e Oliveira. Desenvolvimento regional e extensão universitária: Vivências e saberes do Curso Nacional de Especialização em Extensão Universitária (Minas Gerais, 2013).. Início: 2018. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Regional e Urbano) - Universidade Salvador. (Coorientador).

3.
Luzinete Barbosa Lyrio. Monitoramento da Política de Alfabetização no Contexto da Educação para o Desenvolvimento: Estudo dos Municípios de Santo Antônio de Jesus (BA) e Sobral (CE). Início: 2018. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Regional e Urbano) - Universidade Salvador. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Denise Azevedo Lefrançois. Inclusão digital, cidades digitais e cidadania: Estudo de caso da praça matriz de Lauro de Freitas.. 2018. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Urbano) - Universidade Salvador, . Coorientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

2.
Bruno Silva Fraga. Grau de Efetividade na Gestão de Projetos em Extensão Universitária e as Estratégias para seu Alcance. 2015. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador, . Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

3.
Daniela Magalhães Costa de Jesus. Profissionalização docente sob a ótica da Andragogia: um estudo com professores da administração em uma Universidade pública no Estado da Bahia.. 2015. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador, . Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

4.
Nilzete Teixeira Santiago. Uma Análise Comparada das Políticas de Gestão Docente nas Instituições de Ensino Superior Privadas com base no Conceito da Burocracia Profissional de Mintzberg. 2015. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador, . Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

5.
Josenildo Oliveira de Almeida. Maturidade dos processos de business intelligence: um estudo de caso da área de tecno-logia da informação do instituto municipal de administração pública nos últimos 02 anos.. 2015. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador, . Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

6.
Arivaldo Ferreira Brito. Fatores que Influenciam Gestores na Adoção de Tecnologia da Informação em Pequenas e Médias Empresas no Setor Atacadista da Região de Feira de Santana - Ba. 2013. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador, . Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

7.
Elane Maria Matos Dias. Hiato entre a especificação da formação em administração e as competências, habilidades e conteúdos requeridos pelo mercado de trabalho. 2013. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador, . Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

8.
Heitor Nunes de Oliveira Sento-Sé Filho. Avaliação do nível de alinhamento estratégico entre os processos de negócio e os processos de tecnologia de informação pelos gerentes da EBAL. 2013. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador, . Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

9.
Leonardo Alexandre Lucena Melo. Implementação de Redes de Próxima Geração (NGN) de Telefonia Celular: Uma Visão para Além da Gestão de Projetos Tecnológicos. 2012. Dissertação (Mestrado em Sistemas e Computação) - Universidade Salvador, . Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

10.
Vanesca Ferreira de Oliveira. Convergência das Racionalidades Instrumental e Substantiva no Ambiente Organizacional: Evidências nas Ações de Responsabilidade Social Empresarial da Associação Taboarte. 2012. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador, . Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

11.
Evandro Teixeira Gesteira. Inflexão para Autonomia: A Percepção Estratégica da Atividade de Pesquisa nas Universidades da Região Metropolitana de Salvador. 2010. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador, . Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

12.
Eliana Bárbara Guimarães da Cruz. Projeto de Regularização do Fluxo Escolar: Profilaxia ou tratamento?. 2007. Dissertação (Mestrado em Administração Estratégica) - Universidade Salvador, . Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

Iniciação científica
1.
Ester Pereira da Silva. Ética e Responsabilidade Social no Tribunal de Contas do Estado da Bahia. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Administração) - Universidade Salvador, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.

2.
Ester Pereira da Silva. Gestão de Financeira de Programas de Stricto Sendu. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Administração) - Universidade Salvador, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Manoel Joaquim Fernandes de Barros.



Inovação



Projetos de pesquisa



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/10/2018 às 22:24:17