Vinicius Silva dos Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3584834473064287
  • Última atualização do currículo em 12/12/2018


Doutorando no Programa de Pós Graduação em Ciência Política da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Direito e Políticas Públicas (PPGDPP) na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Bacharel em Relações Internacionais pelo Centro Universitário La Salle RJ (UNILASALLE-RJ). Pesquisador no GRISUL (Grupo de Relações Internacionais e Sul Global) ligado à Escola de Ciência Política da UNIRIO e da Rede Interinstitucional de Pesquisa em Política Externa e Regime Político (RIPPERP - UFMG). Membro da Associação Brasileira de Relações Internacionais (ABRI), da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP) e Associação Latino-Americana de Ciência Política (Alacip). Participou, com apresentação de trabalhos em conferências nacionais no Brasil e na Argentina (ABCP, ANPOCS, ABRI, ANPUH, SAAP) e internacional (ALACIP). Contemplado com Bolsa no Edital do Programa de Mobilidade Universitária na Pós-Graduação da Rede MacroUniversidades da América Latina e Caribe - 2017 para um período como pesquisador visitante na Facultad de Ciencias Sociales - Universidad de Buenos Aires (2017.1) e pesquisador visitante no Instituto de Ciência Política (IPOL) da Universidade de Brasília (UNB) (2017.2) pelo Programa Nacional de Cooperação Acadêmica (PROCAD) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal da Nível Superior/CAPES (Edital nº 071/2013). Possui interesse nas áreas de Política Externa Brasileira; Análise de Política Externa; Novos Temas: Meio Ambiente, Saúde e o seu diálogo com as Relações Internacionais; Análise de Discurso; Políticas Públicas; Relações Internacionais na América Latina; Bibliometria e Cientometria. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Vinicius Silva dos Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, V. S.;SANTOS, VINICIUS SILVA DOS

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Reitoria, Centro de Ciências Jurídicas e Políticas (CCJP).
Rua Voluntários da Pátria - até 151 - lado ímpar
Botafogo
22270000 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 22864258


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em Ciência Política.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Controle Político da Burocracia na Política Externa Brasileira pós - Redemocratização: do mito do "insulamento" ao "desencapsulamento" da política,
Orientador: -.
Palavras-chave: Política Externa Brasileira; Análise de Política Externa.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Relações Internacionais.
2016 - 2017
Mestrado em Direito e Políticas Públicas.
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
com período sanduíche em Universidad de Buenos Aires (Orientador: Claudia Cristina Danani).
Título: Transferência Internacional de Políticas Públicas: a relação do Estado do Rio de Janeiro e a Província de Buenos Aires no Caso da Unidade de Pronto Atendimento,Ano de Obtenção: 2017.
Orientador: André Luiz Coelho Farias de Souza.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Políticas Públicas; Relações Internacionais; Unidades Subnacionais.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Relações Internacionais.
2009 - 2012
Graduação em Relações Internacionais.
Centro Universitário La Salle - Niterói, UNILASALLE, Brasil.
Título: A Política Externa Brasileira e a busca pela liderança: um olhar do Rio ao Rio.
Orientador: André Luiz Coelho Farias de Souza.
Bolsista do(a): Ministério da Educação / Programa Universidade para Todos, MEC / PROUNI, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
SPHINX. (Carga horária: 4h).
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
2016 - 2016
Extensão universitária em Gênero e política ? conceitos fundamentais. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
2016 - 2016
Extensão universitária em Gênero e Poder. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
2016 - 2016
Política Externa e Cooperação para o Desenvolvimento. (Carga horária: 5h).
Associação Brasileira de Ciência Política, ABCP, Brasil.
2016 - 2016
NVIVO 10. (Carga horária: 8h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2016 - 2016
Introdução às bases de dados das Nações Unidas. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
2005 - 2005
Oratória. (Carga horária: 20h).
Livre Oratória Assessoria Empresarial, LOAE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio Docente
Outras informações
Estágio Supervisionado em Docência na disciplina: Política Externa Brasileira. Atividades: Apoio na revisão do material da disciplina e proposta de aulas. Acompanhamento nas aulas teóricas em sala de aula. Auxílio na elaboração e correção de provas. Ementa simplificada: História da Política Externa Brasileira A formação de um sistema de política exterior no Brasil do século XIX. Princípios e tradições de política externa brasileira no Império e na República. A produção da política externa brasileira sob distintos regimes políticos. Política externa e política internacional: a inserção do Brasil no mundo. Aulas ministradas: 1) A política externa do governo Lula da Silva. 2) A política externa do governo Dilma Rousseff . Análise de Política Externa Conceitos e modelos de análise de política externa. Revisão histórica do surgimento e evolução da APE, as suas principais abordagens analíticas e metodológicas. Aula ministrada : 3) O processo organizacional, a política burocrática e a lógica dos jogos de dois níveis.

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
1) Coordena o GT: Produção acadêmica em RI que tem como objetivo mapear a produção acadêmica em RI no Brasil por meio da análise das quatro publicações da área (evolução, pesquisadores, instituições, temas).

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Coordena o GT: Conectando o doméstico e o Internacional. O GT tem por objetivo investigar como a instabilidade presidencial e a ideologia influenciam a Análise de Política Externa na América a Latina. Dessa maneira, investiga como a política doméstica impacta na Política Externa dos países da região em seus diversos níveis.

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Membro do Grupo de Relações Internacionais e Sul Global, liderado pela professora Enara Echart Muñoz e o professor André Luiz Coelho. Atua como pesquisador na linha: Relações Internacionais da América Latina. O objetivo da linha é discutir o estado contemporâneo das Relações Internacionais na América Latina, buscando problematizar conceitos ocorridos no pós-segunda guerra (direitos humanos, migrações, disputas territoriais e terrorismo), para demonstrar as correntes mais importantes do pensamento político latino-americano.

Atividades

03/2016 - Atual
Estágios , Reitoria, Centro de Ciências Jurídicas e Políticas (CCJP).

Estágio realizado
Docência.
06/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Centro de Ciências Jurídicas e Políticas (CCJP).


Grupo de Relações Internacionais e Sul Global, GRISUL, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador


Universidad de Buenos Aires, UBA, Argentina.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Pesquisador Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisador Visitante


Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Pesquisador Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisador Visitante


Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Discente



Linhas de pesquisa


1.
Relações Internacionais da América Latina
2.
Análise de Política Externa


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Mapeamento da Produção Acadêmica em Relações Internacionais

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) André Luiz Coelho Farias de Souza em 04/09/2016.
Descrição: Mapear a produção acadêmica em Relações Internacionais no Brasil por meio da análise das quatro principais publicações da área (evolução, pesquisadores, instituições, temas...). O foco da pesquisa é o mapeamento das revistas acadêmicas na área de Relações Internacionais que serão analisadas a partir da criação de uma base de dados com 18 variáveis..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
RELAÇÕES INTERNACIONAIS NA AMÉRICA LATINA

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) André Luiz Coelho Farias de Souza em 28/02/2016.
Descrição: O objetivo desse projeto é discutir o estado contemporâneo das Relações Internacionais na América Latina. Buscando problematizar conceitos ocorridos no pós-segunda guerra tais como ? direitos humanos, migrações, disputas territoriais e terrorismo ? essa pesquisa visa demonstrar as correntes mais importantes do pensamento político latino-americano desde então. Assim, serão contempladas desde teorias como desenvolvimentismo e dependência aos impactos da redemocratização e da implementação do neoliberalismo, resultando em novos modelos de organização e participação política. Dessa maneira, buscaremos debater o lugar da América Latina na ordem internacional contemporânea, considerando alguns dos temas mais clássicos da disciplina, tais como: a relação centro-periferia; a relação entre o Brasil e os demais países da região; as relações da América Latina com a Europa e com os Estados Unidos; tentativas e projetos de cooperação e integração regional e suas instituições. A pesquisa compreende três linhas de pesquisa: 1) A transição dos modelos econômicos e políticos na América Latina no pós-guerra; 2) A politização das agendas de política externa na América Latina; 3) Novos caminhos para a integração na América Latina..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Vinicius Silva dos Santos - Integrante / André Luiz Coelho Farias de Souza - Coordenador.
2015 - Atual
Tendências contemporâneas da teoria política: as controvérsias sobre justiça e democracia
Descrição: O projeto "Tendências contemporâneas da teoria política: as controvérsias sobre justiça e democracia?" reúne programas de pós-graduação de três regiões do país. A pesquisa conjunta sobre a teoria política contemporânea, a partir de seus dois eixos temáticos centrais ? a justiça e a democracia ? e de uma pluralidade de abordagens teórico-metodológicas, permitirá uma interlocução produtiva e sistemática entre as três equipes pertencentes aos Programas de Pós-Graduação em Ciência Política da Universidade de Brasília, da Universidade Federal de Pelotas e da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. E contribuirá também, de maneira decisiva, para o fortalecimento dos programas e de linhas de pesquisa dentro deles. Projeto financiado pelo Programa Nacional de Cooperação Acadêmica (PROCAD) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal da Nível Superior/CAPES (Edital nº 071/2013).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Vinicius Silva dos Santos - Coordenador / André Luiz Coelho Farias de Souza - Integrante / Enara Echart Muñoz - Integrante / Daniel Mendonça - Integrante / Danusa Marques - Integrante / Felipe de Moraes Borba - Integrante.
2014 - Atual
GRISUL (Grupo de Relações Internacionais e Sul Global)
Descrição: Como atividade do Centro de Ciências Jurídicas e Políticas, onde encontra-se alocada a Escola de Ciência Política da UNIRIO, o grupo de pesquisa em Relações Internacionais e Política Global, criado em 2014, tem por objetivo o desenvolvimento de pesquisas nas áreas de relações internacionais, política global e política externa, com um foco especial na criação de redes como forma de relacionamento na arena global e no papel dos atores transnacionais nessa dinâmica. As redes são também a filosofia de funcionamento do grupo, que interatua com outros grupos na área de relações internacionais no Brasil (Labmundo), na Espanha (IUDC-UCM) e na América Latina (GT CLACSO Cooperação Sul-Sul e Políticas de Desenvolvimento na América Latina)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Relações Internacionais.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Política Externa do Brasil.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2016
Aprovado no Edital do Programa de Mobilidade Universitária da Rede de MacroUniversidades da América Latina e Caribe - 2017, UNIRIO.
2012
Orador da turma de Relações Internacionais 2012/1 do Centro Universitário Lasalle, RJ, UNILASALLE-RJ.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SOUZA, A. L. C. F.2018SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . Política Externa e Partidos Políticos no Equador em Três Tempos: Redemocratização, Crise e Realinhamento. CONEXÃO POLÍTICA - REVISTAS ELETRÔNICAS DA UFPI, v. 6, p. 71-93, 2018.

2.
FARIAS DE SOUZA, ANDRÉ LUIZ COELHO2017FARIAS DE SOUZA, ANDRÉ LUIZ COELHO ; SANTOS, VINICIUS SILVA DOS ; VIEIRA, ALICE GRAVELLE . A internacionalização na formação em Relações Internacionais no Brasil. MERIDIANO 47 (UNB), v. 18, p. 1-17, 2017.

3.
SOUZA, A. L. C. F.2015SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . Política Externa Brasileira e a Questão Ambiental no Contexto das Conferências da ONU. Revista Conexão Política, v. 3, p. 79-102, 2015.

4.
SOUZA, A. L. C. F.2014SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . A análise da política externa do governo Dilma Rousseff na perspectiva dos pronunciamentos oficiais na ONU / Analyzing Dilma Rousseff?s foreign policy through the perspective of Brazil?s official discourses at the UN. Mural Internacional (Online), v. 5, p. 128-138, 2014.

5.
SOUZA, A. L. C. F.2013SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . Política Externa Brasileira e discurso: as gestões Lula da Silva numa análise duplo-espelhada. Observador on-line, v. 8, p. 1-22, 2013.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SANTOS, V. S.; FERREIRA, J. L. (Org.) ; SOUZA, A. L. C. F. (Org.) ; MENEZES, E. L. (Org.) . Anais do Primeiro Seminário da Pós Graduação em Direito e Políticas Púbicas. 1. ed. Rio de Janeiro: Programa de Pós-Graduação em Direito e Políticas Públicas, 2016. v. 1.

Capítulos de livros publicados
1.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. ; MENEZES, E. L. . RELAÇÕES INTERNACIONAIS E POLÍTICAS PÚBLICAS: NOTAS INTRODUTÓRIAS SOBRE A APROXIMAÇÃO DAS ÁREAS DE ANÁLISE POLÍTICA EXTERNA E ANÁLISE DE POLÍTICAS PÚBLICAS. In: Eduardo Domingues. (Org.). ESTUDOS INICIAIS EM DIREITO E POLÍTICAS PÚBLICAS. 1ed.Rio de Janeiro: Autografia, 2017, v. 1, p. 54-94.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . O primeiro ano da Política Externa de Temer e a desconstrução das últimas décadas. Escuta - Revista de Política e Cultura, Rio de Janeiro, p. 1 - 5, 10 abr. 2017.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. ; HOLANDA, M. F. . Estratégias de carreira e projetos de intelectual no campo da Ciência Política e Relações Internacionais: uma análise da produção de conhecimento no Brasil.. In: IX Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2018, Curitiba. Anais do IX Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2018.

2.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . Conectando o doméstico e o internacional: crises presidenciais, formação de agenda e a análise da política externa na América Latina.. In: XIII Congreso Nacional de Ciencia Política, 2017, Buenos Aires. Anais do XIII Congreso Nacional de Ciencia Política de la Sociedad Argentina de Análisis Político, 2017.

3.
SOUZA, A. L. C. F. ; DELGADO, A. C. T. ; SANTOS, V. S. . Mudanças na Política Externa da Bolívia e do Equador: entre condicionantes domésticos e internacionais. In: 9º Congreso de ALACIP, 2017, Montevidéu. Anais do 9º Congreso de ALACIP, 2017.

4.
SANTOS, V. S.. Análise do Discurso e Relações Internacionais: o que nos dizem os discursos da Conferência das Partes - Paris (COP21)? Os países Sul-Americanos e as percepções sobre a questão ambiental e o desenvolvimento. In: Encontro de Iniciativas Ambientais Internas e Externas à UNIRIO - EIA, 2016, Rio de Janeiro. Anais VII ENCONTRO DE INICIATIVAS AMBIENTAIS INTERNAS E EXTERNAS À UNIRIO, 2016.

5.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA E A QUESTÃO AMBIENTAL NO CONTEXTO DAS CONFERÊNCIAS DA ONU.. In: 5º ENCONTRO NACIONAL DA ABRI - REDEFININDO A DIPLOMACIA NUM MUNDO EM TRANSFORMAÇÃO, 2015, Belo Horizonte. ANAIS DO 5º ENCONTRO NACIONAL DA ABRI - REDEFININDO A DIPLOMACIA NUM MUNDO EM TRANSFORMAÇÃO, 2015.

6.
SANTOS, V. S.; LEITE, C. . Cooperación descentralizada sur-sur mediante el intercambio de buenas prácticas sobre políticas públicas en el ámbito de los Estados Federales de Brasil y de Argentina: el Estado Federal de Rio de Janeiro y la Provincia de Buenos Aires. In: XII Congreso Nacional de Ciencia Política da Sociedad Argentina de Análisis Político, 2015, Mendoza. La política en Balance. Debates y desafíos regionales, 2015.

7.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA E DISCURSO: AS GESTÕES LULA DA SILVA NUMA ANÁLISE DUPLO-ESPELHADA. In: 4º Encontro Nacional da Associação Brasileira de Relações Internacionais, 2013, Belo Horizonte. Anais do 4º Encontro Nacional da Associação Brasileira de Relações Internacionais, 2013.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, V. S.. Controle político, burocracia e a análise de política externa na América Latina. In: 42º Encontro Anual da Associação Nacional de Pós Graduação em Ciências Sociais, 2018, Caxambu. Anais do 42º Encontro Anual da Associação Nacional de Pós Graduação em Ciências Sociais, 2018.

2.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . Conectando o doméstico e o internacional: como a instabilidade presidencial e a ideologia influenciam a Análise de Política Externa na América Latina. In: 40 Encontro Anual ANPOCS, 2016, Caxambu. 40º Encontro Anual da ANPOCS, 2016.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . Conectando o doméstico e o internacional: como a instabilidade presidencial e a ideologia influenciam a Análise de Política Externa na América Latina. In: 10º Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2016, Belo Horizonte. Anais 10º Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2016.

2.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . Uma abordagem dos 'ciclos de política exterior': como a instabilidade presidencial e a ideologia influenciam a Análise de Política Externa na América Latina. In: XVII Encontro de História: entre o local e o global, 2016, Nova Iguaçu. CADERNO DE RESUMOS. XVII Encontro de História da Anpuh-Rio: entre o local e o global. Rio de Janeiro: Anpuh-Rio, 2016. v. 1. p. 172-173.

3.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA E DISCURSO: AS GESTÕES LULA DA SILVA.. In: Seminário Debates do Tempo Presente: Ensino, Tecnologias e Conflitos, 2013, São Cristóvão. Anais do Seminário Debates do Tempo Presente: Ensino, Tecnologias e Conflitos.. São Cristóvão: Universidade Federal de Sergipe - Grupo de Estudos do Tempo Presente, 2013. v. 1. p. 76-77.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, V. S.. Análise do Discurso e Relações Internacionais: o que nos dizem os discursos da Conferência das Partes - Paris (COP21)? Os países Sul-Americanos e as percepções sobre a questão ambiental e o desenvolvimento. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . Uma abordagem dos 'ciclos de política exterior': como a instabilidade presidencial e a ideologia influenciam a Análise de Política Externa na América Latina. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . Conectando o doméstico e o internacional: como a instabilidade presidencial e a ideologia influenciam a Análise de Política Externa na América Latina. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
SANTOS, V. S.. Os países Sul-Americanos e as percepções sobre a questão ambiental e o desenvolvimento. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
SANTOS, V. S.. Transferência e Difusão Internacional de Políticas Públicas: a relação do Estado do Rio de Janeiro e a Província de Buenos Aires O Caso da Unidade de Pronto Atendimento. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . Política Externa Brasileira e a questão ambiental no contexto das conferências da ONU. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
SANTOS, V. S.; LEITE, C. . Cooperación descentralizada sur-sur mediante el intercambio de buenas prácticas sobre políticas públicas en el ámbito de los Estados Federales de Brasil y de Argentina: el Estado Federal de Rio de Janeiro y la Provincia de Buenos Aires. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
SANTOS, V. S.. Problemática ambiental e Política Externa Brasileira: as conferências da ONU em foco.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . Política Externa Brasileira e discurso: as Gestões Lula da Silva em uma análise duplo espelhada. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
SANTOS, V. S.. A ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS E O DEBATE AMBIENTAL. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
SANTOS, V. S.. A 21ª Conferência das Partes (COP 21) e os desafios para a Política Externa Ambiental Brasileira. Medium, 2015 (Texto disponibilizado em sítio eletrônico).


Demais tipos de produção técnica
1.
SANTOS, V. S.. Em quais revistas publicar?. 2016. (Reunião de Trabalho).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
9º Congreso de ALACIP. Mudanças na Política Externa da Bolívia e do Equador: entre condicionantes domésticos e internacionais. 2017. (Congresso).

2.
Congreso Nacional de Ciencia Política de la Sociedad Argentina de Análisis Político. Conectando o doméstico e o internacional: crises presidenciais, formação de agenda e a análise da política externa na América Latina. 2017. (Congresso).

3.
I Seminário Intelectuais e Educação no Mundo Ibero-americano. 2017. (Seminário).

4.
10º Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. Conectando o doméstico e o internacional: como a instabilidade presidencial e a ideologia influenciam a Análise de Política Externa na América Latina. 2016. (Congresso).

5.
40º Encontro Anual da ANPOCS. Conectando o doméstico e o internacional: como a instabilidade presidencial e a ideologia influenciam a Análise de Política Externa na América Latina. 2016. (Congresso).

6.
A Revolução não será televisionada. 2016. (Seminário).

7.
Encontro de Iniciativas Ambientais Internas e Externas à UNIRIO - EIA.Os países Sul-Americanos e as percepções sobre a questão ambiental e o desenvolvimento. 2016.. 2016. (Seminário).

8.
I Seminário Discente do Programa de Pós Graduação em Direito e Políticas Públicas.Transferência e Difusão Internacional de Políticas Públicas: a relação do Estado do Rio de Janeiro e a Província de Buenos Aires O Caso da Unidade de Pronto Atendimento. 2016. (Seminário).

9.
XVII Encontro de História: entre o local e o global.Uma abordagem dos 'ciclos de política exterior': como a instabilidade presidencial e a ideologia influenciam a Análise de Política Externa na América Latina. 2016. (Encontro).

10.
XX BioSemana UFRJ.Análise do Discurso e Relações Internacionais: o que nos dizem os discursos da Conferência das Partes - Paris (COP21)? Os países Sul-Americanos e as percepções sobre a questão ambiental e o desenvolvimento. 2016. (Seminário).

11.
5º ENCONTRO NACIONAL DA ABRI - REDEFININDO A DIPLOMACIA NUM MUNDO EM TRANSFORMAÇÃO.Política Externa Brasileira e a questão ambiental no contexto das conferências da ONU. 2015. (Encontro).

12.
I Seminário Internacional Política Externa e Demandas Sociais na América Latina..Conectando Política Externa e demandas sociais na América Latina: a situação nos andes.. 2015. (Seminário).

13.
Literatura e ditadura na América Latina - reflexão e testemunho em Rodolfo Walsh, Roberto Bolaño e Bernardo Kucinsky.. 2015. (Seminário).

14.
VII Jornada de Ciência Política da UNIRIO - Dia da África. 2015. (Encontro).

15.
XII Congreso Nacional de Ciencia Política da Sociedad Argentina de Análisis Político. Cooperación descentralizada sur-sur mediante el intercambio de buenas prácticas sobre políticas públicas en el ámbito de los Estados Federales de Brasil y de Argentina: el Estado Federal de Rio de Janeiro y la Provincia de Buenos Aires.. 2015. (Congresso).

16.
4º Encontro Nacional da Associação Brasileira de Relações Internacionais. Política Externa Brasileira e discurso: as Gestões Lula da Silva em uma análise duplo espelhada. 2013. (Congresso).

17.
III Seminário de Prática de Pesquisa em Relações internacionais.Problemática ambiental e Política Externa Brasileira: as conferências da ONU em foco.. 2013. (Seminário).

18.
Seminário Debates do Tempo Presente: Ensino, Tecnologias e Conflitos.POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA E DISCURSO: AS GESTÕES LULA DA SILVA. 2013. (Seminário).

19.
I Seminário de Prática de Pesquisa em Relações Internacionais.A ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS E O DEBATE AMBIENTAL. 2011. (Seminário).

20.
O Mercosul Comercial. 2011. (Seminário).

21.
O Mercosul Institucional. 2011. (Seminário).

22.
O Mercosul Integracionista. 2011. (Seminário).

23.
III Fórum Mundial da Aliança de Civilizações. 2010. (Outra).

24.
O Desenvolvimento e as Perspectivas da Indústria Aeroespacial. 2010. (Seminário).

25.
O mundo falava árabe - civilização Islâmica. 2010. (Simpósio).

26.
Por que é preciso uma defesa aérea do Brasil?. 2010. (Seminário).

27.
África - Desconstruindo os Mitos. 2009. (Seminário).

28.
A noite dos desesperados. 2009. (Outra).

29.
Ascensão e Queda das Potências. 2009. (Seminário).

30.
Genocídio, Tribunais e Operações de Paz. 2009. (Seminário).

31.
O Brasil e a Crise. 2009. (Seminário).

32.
Os Caminhos da Integração Sul-Americana. 2009. (Seminário).

33.
Política Doméstica e Multilateralismo. 2009. (Seminário).

34.
Relações Brasil - África. 2009. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SANTOS, V. S.; SOUZA, A. L. C. F. ; MENEZES, E. L. . I Seminário Discente do Programa de Pós Graduação em Direito e Políticas Públicas. 2016. (Outro).

2.
MUNOZ, E. E. ; SOUZA, A. L. C. F. ; SANTOS, V. S. . VII Jornada de Ciência Política da UNIRIO - Dia da África. 2015. (Outro).

3.
SANTOS, V. S.; GIANINI, L. P. R. . Que país é esse?. 2012. (Exposição).

4.
SANTOS, V. S.; FIGUEIRA, R. R. ; ELIAS, I. V. . II Seminário de Prática de Pesquisa em Relações Internacionais. 2012. (Outro).

5.
SANTOS, V. S.; GIANINI, L. P. R. . Internacionalistas no mundo. 2011. (Exposição).

6.
SANTOS, V. S.. Eros e Tânatos: um dilema de guerra / Saurau Cultural. 2011. (Outro).

7.
ELIAS, I. V. ; FIGUEIRA, R. R. ; SANTOS, V. S. ; GIANINI, L. P. R. . I Seminário de Prática de Pesquisa em Relações Internacionais. 2011. (Outro).



Outras informações relevantes


Presidente refundador do Diretório Acadêmico de Relações Internacionais - Sérgio Vieira de Mello do Centro Universitário LASALLE - RJ na gestão 2011 - 2012. Orador da Turma de Formados em Relações Internacionais do ano de 2012 do Centro Universitário La Salle do Rio de Janeiro. Indicado ao prêmio de Monografia inovadora Turma de Formados em Relações Internacionais do ano de 2012.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/01/2019 às 7:16:49