Anderson Fuentes Ferreira

Bolsista de Mestrado do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2998939805749718
  • Última atualização do currículo em 04/01/2019


Analista de sistemas (2012) e especialista em docência e gestão do ensino superior (2014), ambos pela Faculdade São Paulo (FSP), Rondônia. Mestrando em Saúde Publica pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Faculdade de Medicina, Departamento de Saúde Comunitária, sendo bolsista do CNPq (2017). Atuou como professor nos cursos de Sistemas de Informações (2015) e Engenharia Civil, Administração e Educação Física (2016) na FSP. Consultor técnico em análise de dados da Diretoria de Ensino e Pesquisa do Complexo Hospitalar da UFC (2016). Facilitador em oficinas de análise de dados do SINAN-hanseníase em Rondônia (2015) e no Piauí (2016). Integrante do Grupo de Pesquisas em Doenças Negligenciadas da UFC; membro da equipe de pesquisadores dos Estudos IntegraHans Norte e Nordeste (Rondônia, Bahia e Tocantins) (2014-2016), e IntegraHans Piauí (2015-2017). Foco de atuação em epidemiologia de doencas infecciosas e parasitarias (em particular as doenças tropicais negligenciadas), sistemas de informação em saúde, bioestatística geral, análise espacial, estudos de séries temporais e análises espaço-temporais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Anderson Fuentes Ferreira
Nome em citações bibliográficas
FERREIRA, A. F.;FERREIRA, ANDERSON FUENTES;FUENTES FERREIRA, ANDERSON


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em Saúde Pública.
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
Título: Hanseníase em territórios da região Norte do Brasil: contextos epidemiológicos e operacionais de controle,Orientador: Alberto Novaes Ramos Júnior.
Coorientador: Francesco Corona.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.
2014 - 2014
Especialização em Gestão e Docência do Encino Superior. (Carga Horária: 384h).
Faculdade São Paulo Rolim de Moura, FSP, Brasil.
Título: Tecnologia empregada no ensino: tecnologias, desafios e mudanças de paradigma.
Orientador: Adriana Lopes Barbosa da Silva.
2009 - 2012
Graduação em Sistemas de Informação.
Faculdade São Paulo Rolim de Moura, FSP, Brasil.
Título: Montagem e Desenvolvimento de Sistema Financeiro.
Orientador: Marcos Siqueira.
Bolsista do(a): ProUne, PROUNE, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
Técnicas de Análise Espacial aplicadas à investigação de Surtos. (Carga horária: 40h).
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
2018 - 2018
Reunião de Coordenadores da hanseníase. (Carga horária: 16h).
Coordenação Geral de Hanseníase e Doenças de Eliminação, CGHDE, Brasil.
2018 - 2018
Seminário das Unidades de Referências: Região Nordeste. (Carga horária: 24h).
Coordenação Geral de Hanseníase e Doenças de Eliminação, CGHDE, Brasil.
2018 - 2018
Reunião satélite: Workshop Rede-TB. (Carga horária: 8h).
Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, SBMT, Brasil.
2018 - 2018
I Oficina sobre o Projeto PEP++. (Carga horária: 12h).
Netherlands Hanseniasis Relief Brasil, NHR BRASIL, Brasil.
2017 - 2017
REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM CHAGAS E LEISHMANIOSES. (Carga horária: 32h).
Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, SBMT, Brasil.
2017 - 2017
Diagramas Causais em Epidemiologia: Bases Teóricas e Práticas. (Carga horária: 8h).
Associação Brasileira de Saúde Coletiva, ABRASCO, Brasil.
2017 - 2017
Big Data em Saúde Pública no Brasil: Perspectivas e Desafios. (Carga horária: 8h).
Associação Brasileira de Saúde Coletiva, ABRASCO, Brasil.
2017 - 2017
Oficina de Pesquisa Operacional Avaliativa. (Carga horária: 40h).
Fundação Alfredo da Matta, FUAM, Brasil.
2017 - 2017
OFICINA PARA DESENVOLVIMENTO DAS ANÁLISES DO LIVRO SAÚDE BRASIL 2017. (Carga horária: 24h).
Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, DANTPS, Brasil.
2016 - 2016
Pesquisa Operacional e Análise de Dados. (Carga horária: 120h).
Universidade Federal do Piauí, UFPI, Brasil.
2015 - 2015
Pesquisa Operacional e Análise de Dados. (Carga horária: 80h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
2015 - 2015
Construção e Elaboração de Artigos Científicos. (Carga horária: 44h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
2015 - 2015
CAPACITAÇÃO EM SINAN-NET EM HANSENÍASE. (Carga horária: 24h).
Gerência Técnica de Vigilância Ambiental e Epidemiológica, AGEVISA, Brasil.
2014 - 2014
Pesquisa Operacional e Análise de Dados. (Carga horária: 100h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
2014 - 2014
Análise de Dados em Hanseníase. (Carga horária: 8h).
Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal, FACIMED, Brasil.
2012 - 2012
Analise de Vulnerabilidades em Sistemas e Redes. (Carga horária: 20h).
Clube do Hacker, CH, Brasil.
2012 - 2012
Comunicação e Empreendedorismo. (Carga horária: 6h).
FACULDADE SÃO PAULO, FSP, Brasil.
2012 - 2012
Tendências e Ações do Novo Profissional. (Carga horária: 4h).
FACULDADE SÃO PAULO, FSP, Brasil.
2012 - 2012
Segurança de dados no PostgreSQL. (Carga horária: 4h).
Faculdade Rolim de Moura, FAROL, Brasil.
2012 - 2012
II Seminário de Segurança Pública. (Carga horária: 4h).
Polícia Civil do estado de Rondônia, POLÍCIA CIVIL -, Brasil.
2012 - 2012
Java Para Web. (Carga horária: 40h).
Faculdade de Pimenta Bueno, FAP, Brasil.
2012 - 2012
Atendendo e Encantando o Cliente. (Carga horária: 2h).
Conectinove Escola de Profissões, CONECTINOVE, Brasil.
2012 - 2012
SQL Completo. (Carga horária: 20h).
SoftBlue, SB, Brasil.
2011 - 2011
I Ciclo de Palestras. (Carga horária: 4h).
FACULDADE SÃO PAULO, FSP, Brasil.
2011 - 2011
I Semana da Administração. (Carga horária: 4h).
FACULDADE SÃO PAULO, FSP, Brasil.
2011 - 2011
Administre seu dinheiro de Forma Consciente. (Carga horária: 4h).
SESI - Departamento Regional do Estado de Rondônia, SESI/RO, Brasil.
2010 - 2010
V SEFAP - Simpósio de Educação da FAP. (Carga horária: 15h).
Faculdade de Pimenta Bueno, FAP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Mestrado em Saúde Publica

Atividades

12/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Saúde Comunitária.


Universidade Federal do Piauí, UFPI, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Faculdade São Paulo Rolim de Moura, FSP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 16
Outras informações
Professor nos cursos de Administração, Educação Física e Engenharia Civil; Cargas horária: Administração: 40 horas. Educação Física: 40 horas. Engenharia Civil: 40 horas, 2 turmas.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 26
Outras informações
No período (1ª semestre) foram ministradas quatro disciplinas do curso de Sistemas de Informação: Organização e Arquitetura de Computadores, com carga horária de 60 horas; Orientação do Estagio I com carga horária de 100 horas; Orientação do Estágio II com carga horária de 140 horas; Orientação do Estagio III com carga horário de 140 horas;

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12
Outras informações
Lecionou matéria de Teoria Geral de Sistemas - Carga Horária de 60 horas. Orientou e Lecionou na matéria de Estágio II - Carga Horária de 100 horas. Orientou e Lecionou na matéria de Estágio III - Carga Horária de 100 horas.

Atividades

02/2016 - 07/2016
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução a Informática
02/2016 - 07/2016
Ensino, Engenharia Civil, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução a Informática
02/2016 - 07/2016
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução a Informática
02/2015 - 12/2015
Ensino, Sistemas de Informação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio I
Estágio II
Estágio III
Organização e Arquitetura de computadores
Teoria Geral de Sistemas

Nutrizon Alimentos Ltda, NUTRIZON, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Gestor de TI, Carga horária: 40
Outras informações
Na NUTRIZON ALIMENTOS é responsável pela manutenção e funcionamento do CigamERP com dois anos de atuação no sistema. Além das ferramentas básicas do pacote tecnológico assina a criação e desenvolvimento de vários outros recursos como relatórios específicos para cada área da empresa como forma de complementar a amplitude do sistema


Popular Informática, POPULAR, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Instrutor de Informática, Carga horária: 40
Outras informações
Instrutor de informática para jovens e adultos


Logos, LOGOS, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Instrutor de Informática, Carga horária: 40
Outras informações
Instrutor de informática para jovens e adultos


Mundial Informática, MUNDIAL, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Instrutor de Informática, Carga horária: 40
Outras informações
Instrutor de informática para jovens e adultos



Linhas de pesquisa


1.
ATENÇÃO À SAÚDE PARA HANSENÍASE EM ÁREAS DE ALTA ENDEMICIDADE NOS ESTADOS DE RONDÔNIA, TOCANTINS E BAHIA: ABORDAGEM INTEGRADA DE ASPECTOS OPERACIONAIS, EPIDEMIOLÓGICOS (ESPAÇO-TEMPORAIS), CLÍNICOS E PSICOSSOCIAIS


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Recorrência transgeracional de hanseníase em núcleos familiares de áreas com diferentes perfis de endemicidade no Nordeste do Brasil: magnitude, padrões e contextos de vulnerabilidade
Descrição: A hanseníase representa condição crônica e negligenciada que persiste com elevados níveis de detecção de casos novos e de morbimortalidade em vários países, incluindo o Brasil. Os indicadores epidemiológicos e operacionais apontam para manutenção de níveis elevados de endemicidade nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A detecção precoce de casos impacta não apenas na dinâmica de transmissão de Mycobasterium leprae, mas também na redução do grau 2 de incapacidade. Nesta perspectiva, a recorrência transgeracional de hanseníase em núcleos familiares pode ser traduzida em indicadores de natureza operacional e epidemiológica com potencial significativo no contexto da vigilância à saúde no território da atenção primária, revelando de forma sensível dimensões de vulnerabilidade nos microespaços. No entanto, há um desconhecimento da magnitude deste evento bem como dos padrões e contextos de vulnerabilidade associados à manutenção da hanseníase em diferentes gerações da mesma família e nas redes sociais relacionadas a estas famílias. Explorar estes aspectos em diferentes cenários de endemicidade na região Nordeste, traz elementos importantes para o controle. Objetivo: Analisar a magnitude da recorrência transgeracional de hanseníase em núcleos familiares, bem como padrões e contextos de vulnerabilidade, em municípios dos Estados da Bahia e do Piauí com diferentes perfis de endemicidade, no período de 2001 a 2014. De forma específica, pretende-se caracterizar os aspectos clínicos, epidemiológicos e sociodemográficos dos casos de hanseníase nos núcleos familiares com recorrência transgeracional; descrever os tipos de família com recorrência de hanseníase e suas relações intrafamiliares e sociais com o meio e a comunidade onde habitam; caracterizar as diferentes gerações acometidas pela hanseníase, incluindo densidade de casos confirmados, itinerário diagnóstico-terapêutico e tempo transcorrido para diagnóstico entre os casos; determinar a magnitude de casos de hanseníase entre contatos intradomiciliares, coabitantes residentes e coabitantes sociais vinculados aos núcleos familiares com recorrência transgeracional.; identificar padrões de distribuição espaço-temporal de famílias com recorrência transgeracional de hanseníase nos municípios em estudo e descrever os contextos de vulnerabilidade individual, programática e social associados à manutenção da ocorrência de novos casos de hanseníase em um mesmo núcleo familiar. Procedimentos Metodológicos: estudo transversal, com abordagens descritiva e analítica, a ser realizado a partir de núcleos familiares com recorrência transgeracional de hanseníase residentes no Estado do Bahia (nos municípios de Vitória da Conquista e Tremedal), e no Estado do Piauí (nos municípios de Picos e Floriano), a partir de casos referência diagnosticados e notificados no período de 2001 a 2014. Está estruturado em 6 etapas. Nas primeiras 4, são abordadas diferentes dimensões do núcleo familiar. Compreende-se núcleo familiar como o conjunto de casos-referências, contatos intradomiciliares, coabitantes residentes e coabitantes sociais. Estima-se que existam aproximadamente 250 casos-referências vinculados a núcleos familiares com recorrência transgeracional de hanseníase nos municípios selecionados dos 2 estados, previamente identificados a partir de estudos conduzidos ou apoiados pela Universidade Federal do Ceará. A coleta de dados acontecerá por intermédio de entrevista estruturada com profissionais e gestores da atenção primária e vigilância epidemiológica, o caso referência, e caso tenha a autorização expressa por ele, será abordado os demais componentes do núcleo familiar também acometido pela hanseníase. Para entrada de dados será utilizado o programa EpiInfo Versão 7.1.5; a construção do genograma e ecomapa será feito no software GenoPro, versão 3.0...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Anderson Fuentes Ferreira - Integrante / Eliana Amorim de Souza - Integrante / Reagan Nzundu Boigny - Integrante / Alberto Novaes Ramos Junior - Coordenador / Carlos Henrique Morais de Alencar - Integrante / Jaqueline Caracas Barbosa - Integrante / Duane Charles Hinders - Integrante / JOSILENE SILVA OLIVEIRA - Integrante / Thaissa Pinto de Melo - Integrante / Héllen Xavier Oliveira - Integrante / Eduardo Rodrigues Mota - Integrante / Thainá Isabel Bessa de Andrade - Integrante / Klécia Nascimento Mendes da Silva - Integrante / Jorg Heukelbach - Integrante / José Mário Barbosa dos Santos - Integrante / Telma Maria Evangelista de Araújo - Integrante / Danusa de Araujo Felinto - Integrante / Thalita Caroline Costa Façanha - Integrante / Sinara de Menezes Lisboa Freire - Integrante / Suellen Menezes Lisboa Freire - Integrante / Olívia Dias de Araújo - Integrante / Hilda Beatriz Miranda-Galarza - Integrante / Gilberto Valentim Silva - Integrante / Suyanne Freire de Macêdo - Integrante / Walquirya Maria Pimentel Santos Lopes - Integrante.
2016 - Atual
Ferramenta genérica para avaliação e monitoramento de morbidade e incapacidade relacionadas a doenças tropicais negligenciadas no Brasil: desenvolvimento e potencial com foco na integralidade --- DTN-TOOLKIT-BRASIL
Descrição: O Global Forum for Health Research define doenças tropicais negligenciadas (DTN) como um grupo de enfermidades intrinsecamente associadas à condição de pobreza, como causa ou como consequência. Apesar de responsáveis por quase 1/2 da carga de doença em países em desenvolvimento, com amplas dimensões associadas ? social, psicológica, estigma, etc, desconhece-se o padrão geral de expressão de incapacidade nesta população. Incapacidade aqui remete-se a termo genérico que inclui não apenas deficiência física, mas também limitações de atividades e restrições à participação. Denota aspectos negativos da interação entre indivíduo com uma condição de saúde e fatores ambientais, sociais e pessoais. Morbidade remete-se à frequência de doença, gravidade percebida e duração da incapacidade, tanto em indivíduos quanto em grupos. Existe, portanto, uma significativa lacuna técnico-científica, nacional e internacionalmente, de reconhecimento destas questões em DTNs. Este projeto tem como objetivo geral avaliar a aplicabilidade de conjunto de instrumentos validados como ?kit de ferramentas? genérico para abordagem de morbidade e incapacidade relacionadas a múltiplas DTNs (hanseníase, doença de chagas, leishmaniose visceral, esquistossomose mansoni) em diferentes cenários brasileiros. Para tanto, busca-se: desenvolver ?kit? e identificar áreas prioritárias para a rede de atenção e cuidado às DTNs; validar este ?kit? em diferentes cenários brasileiros; conhecer as percepções das pessoas com DTNs envolvidas na pesquisa em relação à experiência e aplicabilidade deste ?kit de ferramentas? e delinear proposta de módulo de educação permanente brasileiro voltada para a implementação do ?kit? em protocolos piloto. Como questões iniciais para o enfrentamento destes desafios inserem-se: qual deveria ser o conteúdo deste ?kit de ferramentas? genérico para múltiplas DTN? Em que medida este ?kit de ferramentas? seria adequado e aplicável em diferentes contextos e realidades demográficas, sociais, culturais, econômicas e epidemiológicas de áreas endêmicas e não endêmicas? De forma preliminar, foi desenvolvido estudo utilizando o método Delphi com a participação de experts de várias partes do mundo para identificação e reconhecimento deste conjunto de ferramentas. Após rodadas no painel de especialistas, estruturou-se uma proposta preliminar de ?kit?, contendo uma série de instrumentos que integram as seguintes dimensões: funcionalidade e incapacidade relacionada às condições de saúde; distúrbios psiquiátricos; incapacidades nas atividades diárias (cognição, mobilidade, autocuidado, convivência com as pessoas, atividades de vida e participação na sociedade); restrições percebidas à participação das pessoas afetadas; estigma; barreiras atitudinais, políticas e físicas; qualidade de vida geral; qualidade de vida associada à incapacidade; e empoderamento. Trata-se de estudo transversal descritivo, com abordagens quantitativa e qualitativa, para avaliação de 9 instrumentos ou escalas a serem integrados no ?kit de ferramentas?: WHO ICF Checklist; Self-Reporting Questionnaire (SRQ); World Health Organization Disability Assessment Schedule (WHODAS); Participation scale (P-scale); Explanatory Model Interview Catalogue (EMIC) - individual; EMIC ? em comunidade; Craig Hospital Inventory of Environmental Factors (CHIEF) scale e WHOQOL-BREF com o modulo WHOQOL-DIS (disability); e Empowerment Scale. O estudo será desenvolvido nas cidades de Fortaleza (Ceará) e do Rio de Janeiro (RJ), a partir de instituições e serviços de referência de atenção e cuidado a DTNs. Serão incluídas pessoas atingidas por pelo menos uma das DTNs, que tenham 18 anos de idade ou mais. Além da aplicação do ?kit de ferramentas?, será avaliada a perspectiva sobre o instrumento e a experiência no processo, das pessoas que participaram no estudo. Com a finalidade de compor, além do ?kit? e seu instruci..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Anderson Fuentes Ferreira - Coordenador / Margarida Maria Araujo Praciano - Integrante / Reagan Nzundu Boigny - Integrante / Alberto Novaes Ramos Junior - Integrante / Thayse Andrade Fernandes - Integrante / Jaqueline Caracas Barbosa - Integrante / Duane Charles Hinders - Integrante / Marta Guimarães Cavalcanti - Integrante / Thaissa Pinto de Melo - Integrante / Sarah Maria Fraxe Pessoa - Integrante / Héllen Xavier Oliveira - Integrante / Marta Cristhiany Cunha Pinheiro - Integrante / Fernando Schemelzer de Moraes Bezerra - Integrante / Wim van Brakel - Integrante / Andréa Silvestre de Sousa - Integrante / Maria Solange Araújo Paiva Pinto - Integrante / Eduardo Rodrigues Mota - Integrante / Thainá Isabel Bessa de Andrade - Integrante / Maria Iranilda Queirós - Integrante.
2015 - Atual
Limites e Possibilidades da Reabilitação Baseada em Comunidades como Estratégia para Inclusão Social: Prospecção no Brasil a partir de Iniciativas com Pessoas Acometidas pela Hanseníase
Descrição: Considerando-se a especificidade de Mycobacterium leprae pelo acometimento de nervos periféricos e pele bem como o potencial de geração de alterações motoras e sensoriais potenciais, impactos significativos do ponto de vista físico, psicológico, social e econômico ampliam o impacto deste processo infeccioso. Por sua natureza incapacitante, a baixa gravidade e o estigma relacionado, um grande contingente de pessoas que vivem com hanseníase apresenta necessidades marcantes com vistas à reabilitação ao longo de suas vidas. Nessa abordagem, questões como deficiência, limitação de atividade e restrição de participação social são fundamentais e devem ser consideradas. Essas dimensões foram definidas na Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde como componentes significativos do estado de saúde de uma pessoa. Na perspectiva dos fundamentos da pesquisa transdisciplinar, considerando a disponibilidade limitada de serviços institucionais especializados, a OMS introduziu uma estratégia chamada Reabilitação Baseada na Comunidade (RBC). Representa uma estratégia ampla e integrada dentro do modelo de desenvolvimento geral da comunidade para reabilitação, igualdade de oportunidades e inclusão social de pessoas com incapacidades. Ela enfatiza a participação comunitária e o empoderamento dos indivíduos envolvidos. Os princípios da RBC são baseados nos princípios da Convenção Sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Além disso, dois novos princípios foram propostos, empoderamento, que inclui autodefesa (veja o componente Empoderamento), e sustentabilidade. Esses princípios devem ser usados como guias em todos os aspectos do trabalho em RBC. Reforça-se nesta proposta, para além das ações e estratégias voltadas para incorporação de ações de RBC reconhecidas internacionalmente, buscar resgatar a importância da participação das pessoas com deficiência no processo de construção de modelo brasileiro a partir de escuta qualificada de experiências locais. Ademais, insere-se também a etapa de implementação das atividades deste potencial modelo brasileiro , reforçando a necessidade de integração mais estreita com todos os setores que, de forma direta ou indireta, têm interfaces no desenvolvimento de ações ou iniciativas para (e com protagonismo) das pessoas com deficiência. Para tanto, na realidade brasileira, é clara a necessidade de apoio do estado brasileiro, com vistas ao desenvolvimento de estratégias e políticas nacionais que integrem os diferentes elementos de RBC, relacionando-as diretamente aos direitos humanos e à redução da pobreza entre as pessoas com deficiência, com vistas ao desenvolvimento humano e social de base comunitária. Objetivo Geral é avaliar ações desenvolvidas que integrem dimensões de RBC em pessoas acometidas pela hanseníase no país e seu potencial para inclusão social em diferentes realidades brasileiras como estratégia e política nacional. Objetivos Específicos: caracterizar iniciativas locais no Brasil voltadas para pessoas acometidas pela hanseníase que integrem diferentes dimensões de RBC, verificar se referenciais teórico-conceituais e estratégias de implementação utilizados internacionalmente podem ser base para o processo de construção de modelo brasileiro, identificar limites e possibilidades destas iniciativas em termos da implementação de uma proposta nacional de RBC, delinear proposta brasileira de RBC voltada para a abordagem de pessoas acometidas pela hanseníase, verificar o potencial de implementação desta proposta em diferentes contextos no país, integrada a programas de controle da hanseníase existentes em municípios, desenvolver processo de educação permanente e formação de multiplicadores para a implantação da estratégia no país, desenvolver sistema eletrônico para cadastro de iniciativas identificadas e formação de banco de dados/portfólio de iniciativas.....
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Anderson Fuentes Ferreira - Integrante / Margarida Maria Araujo Praciano - Integrante / Eliana Amorim de Souza - Integrante / Reagan Nzundu Boigny - Integrante / Alberto Novaes Ramos Junior - Integrante / Thayse Andrade Fernandes - Integrante / Jaqueline Caracas Barbosa - Coordenador / Duane Charles Hinders - Integrante / Zoica Bakirtzief da Silva Pereira - Integrante / Klaas Hendrik Eggens - Integrante / Rejane de Almeida Silva - Integrante / Hilda Beatriz Miranda-Galarza - Integrante / Maria de Jesus Freitas Alencar - Integrante / José Mário dos Santos Barbosa - Integrante / Artur Custódio Sousa - Integrante / Kerstin Beise - Integrante / Abdul Mujib - Integrante / Iwan Irwanto - Integrante / Geer van Hove - Integrante.
2015 - Atual
ATENÇÃO À SAÚDE PARA HANSENÍASE EM ÁREAS DE ALTA ENDEMICIDADE NOS ESTADO DO PIAUÍ: ABORDAGEM INTEGRADA DE ASPECTOS OPERACIONAIS, EPIDEMIOLÓGICOS (ESPAÇO-TEMPORAIS), CLÍNICOS E PSICOSSOCIAIS
Descrição: O projeto de pesquisa tem por objetivo conhecer e analisar a incidência e a prevalência de hanseníase em contatos domiciliares e coabitantes residentes de casos-referência de hanseníase,incluindo menores de quinze anos, nos municípios de Floriano e Picos. Em Teresina, será realizada apenas análise geoespacial dos casos a partir de dados secundários (3.500 casos). A população do estudo será composta por 1300 casos diagnosticados de hanseníase no período de 2001 a 2014 , seus contatos (a definir o quantitativo) e para cada contato intra domiciliar, dois coabitantes serão investigados, perfazendo um total de aproximadamente 8.000 participantes. Dentre outros aspectos a pesquisa avaliará a associação entre o adoecimento em hanseníase e os fatores sócio-economicos, ambienatais e operacionais, bem como investigará medidas, ditas preventivas, como a aplicação de BCG no contato intradomiciliar e a avaliação dermatoneurológica dos contatos intradomiciliares e coabitantes....
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (50) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Anderson Fuentes Ferreira - Integrante / Alberto Novaes Ramos Junior - Integrante / Telma Maria Evangelista de Araújo - Coordenador / Olívia Dias de Araújo - Integrante / PRISCILLA DANTAS ALMEIDA - Integrante / INARA VIVIANE OLIVEIRA SENA - Integrante / Pollyana Campos Gonçalves de Sousa - Integrante / Paulo de Tarso Moura Borges - Integrante.
2013 - Atual
ATENÇÃO À SAÚDE PARA HANSENÍASE EM ÁREAS DE ALTA ENDEMICIDADE NOS ESTADOS DE RONDÔNIA, TOCANTINS E BAHIA: ABORDAGEM INTEGRADA DE ASPECTOS OPERACIONAIS, EPIDEMIOLÓGICOS (ESPAÇO-TEMPORAIS), CLÍNICOS E PSICOSSOCIAIS
Descrição: Na perspectiva da atenção à saúde para hanseníase no Brasil, aspectos como desempenho da atenção à saúde na vigilância de contatos, demandas e da oferta de atenção à saúde no pós-tratamento poliquimioterápico para hanseníase e necessidades sociais e condições de vida das pessoas afetadas pela hanseníase tornam-se fundamentais. A presente proposta tomou como base todos os elementos centrais da estratégia global de controle. Buscou-se inserir abordagens a questões que estão presentes em todos os eixos estruturantes das ações de controle da hanseníase: 1- epidemiologia (sistema de informação e análise de dados); 2- gestão (planejamento; monitoramento e avaliação; descentralização na APS, referência e contra referência e desenvolvimento pessoal); 3- atenção integral ao portador de hanseníase e seus familiares (diagnóstico, tratamento e vigilância de contatos; prevenção de incapacidades físicas e reabilitação; resgate social de ex-pacientes isolados); 4- pesquisa (centros de referência e pesquisa operacional). O objetivo geral da proposta é caracterizar os aspectos operacionais, epidemiológicos (espaço-temporais), clínicos e psicossociais que influenciam a atenção à saúde para o controle da hanseníase em áreas de alta endemicidade em municípios dos estados de Rondônia, Tocantins e Bahia. De forma mais específica pretende-se: caracterizar os padrões e tendências de aglomerados espaço-temporais dos casos de hanseníase diagnosticados no período de 2001 a 2012; identificar os fatores de risco (operacionais rede de atenção, clínicos, epidemiológicos, sociais, econômicos, demográficos, ambientais) associados aos padrões de: entrada/detecção de casos, desempenho de avaliação de contatos, ocorrência de incapacidades físicas dos casos de hanseníase no período de 2001 a 2012; caracterizar os aspectos epidemiológicos e operacionais da abordagem de contatos domiciliares pelos serviços de saúde de casos com hanseníase no período de 2007 a 2012; identificar os padrões de completitude..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Anderson Fuentes Ferreira - Integrante / Jörg Heukelback - Coordenador / Eliana Amorim de Souza - Integrante / Alberto Novaes Ramos Junior - Integrante / Thayse Andrade Fernandes - Integrante / Carlos Henrique Morais de Alencar - Integrante / José Andrade Louzado - Integrante / Marcos Túlio Raposo - Integrante / Jaqueline Caracas Barbosa - Integrante / Maria de Jesus Freitas de Alencar - Integrante / Ana Virgínia de Queiroz Caminha - Integrante / Carmelita Ribeiro de Oliveira - Integrante / Sebastião Alves de Sena Neto - Integrante / Dominik Garcia Araújo Fontes - Integrante / Maria Vaudelice Mota - Integrante / Márcia Gomide da Silva Mello - Integrante / Duane Charles Hinders - Integrante / Patrícia Passos Sampaio - Integrante / Claudia Batista Câmara Suleiman - Integrante / Francisco Rogerlândio Martins-Melo - Integrante / Thayza Miranda Pereira - Integrante / Lorena Dias Monteiro - Integrante / Lígia Regina Franco Sansigolo Kerr - Integrante / Aline Lima Brito - Integrante / Adriana Cavalcante Ferreira Morciego Garcia - Integrante / Amanda Lima Sena - Integrante / Renan Magalhaes Montenegro Júnior - Integrante / Maria da Conceição de Luna Alves Cunha - Integrante / Maria Sirley da Silveira - Integrante / Maria José Neres da Silva - Integrante / Penelope Vounatsou - Integrante / Erika Priscilla Lisboa Muller Langer - Integrante / Breno Souto Maior Fontes - Integrante / Márcia Maria Tavares Machado - Integrante / Zoica Bakirtzief da Silva Pereira - Integrante / Carina Rodrigues Garcia Lino - Integrante / Emerson Soares Santos - Integrante / Olga Maria Alencar - Integrante / Linda Faye Lehman - Integrante / Thatiana Verônica Rodrigues de Barcellos Fernandes - Integrante / Cássio Roberto Leonel Peterka - Integrante / Ricardo Evangelista Fraga - Integrante / Bárbara Cabral de Sousa - Integrante / Klaas Hendrik Eggens - Integrante / Rejane de Almeida Silva - Integrante / Wanderlei Ruffato - Integrante / Débora de Sousa Bandeira - Integrante / Wilma Gomes Galvão - Integrante / Ebert Mota de Aguiar - Integrante / Karina Maria Mesquita da Silva - Integrante / Nádia Valadares Melo Epkerp - Integrante / Lucilene Pinheiro e Silva Evangelista - Integrante / Reodde Aguiar Pereira - Integrante / Albanete Araujo de Almeida Mendonça - Integrante / Maria Helena Aguado Conus - Integrante / Marlene Salete dos Santos - Integrante / Soraya Rafaela Rodrigues Coelho da Silva - Integrante / Ângela Antunes de Morais Lima - Integrante / Helizandra Simoneti Biachini Romanholo - Integrante / Leda Adelina Muller - Integrante / Maressa Sousa de Oliveira - Integrante / Zilanda Martins Almeida - Integrante / Kátia Cristina Salvi Abreu Lopes - Integrante / Rosângela Martins Vieira - Integrante / Alex Miranda Rodrigues - Integrante / Sandra Maria Veloso Carrijo Marques - Integrante / Ismália Oliveira da Silva - Integrante / Dony Cristioney Castilho de Campos - Integrante / Mauricélia da Silveira Lima - Integrante / Fabíola Monteiro de Castro - Integrante / Fabrícia Salvador Bezerra - Integrante / Ana Rebeca de Sousa Ponce - Integrante / Alline Ramos Araújo - Integrante / Jéssyca Martins de Sena - Integrante / Jennyfer Martins de Sena - Integrante / Paula Jordana Silva dos Santos - Integrante.


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: CADERNOS SAÚDE COLETIVA (UFRJ)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BRAGA, LUCIA LIBANEZ BESSA CAMPELO2019BRAGA, LUCIA LIBANEZ BESSA CAMPELO ; RAMOS, ALBERTO NOVAES ; BRAGA NETO, MANUEL BONFIM ; FERREIRA, ANDERSON FUENTES ; QUEIROZ, DULCIENE MARIA MAGALHÃES ; MAIA, DANIELLE CALHEIROS CAMPELO ; ALENCAR, CARLOS HENRIQUE ; HEUKELBACH, JORG . Unequal burden of mortality from gastric cancer in Brazil and its regions, 2000-2015. Gastric Cancer, v. 1, p. 1, 2019.

2.
SOUZA, ELIANA AMORIM DE2018SOUZA, ELIANA AMORIM DE ; FERREIRA, ANDERSON FUENTES ; BOIGNY, REAGAN NZUNDU ; ALENCAR, CARLOS HENRIQUE ; HEUKELBACH, JORG ; MARTINS-MELO, FRANCISCO ROGERLÂNDIO ; BARBOSA, JAQUELINE CARACAS ; RAMOS JR., ALBERTO NOVAES . Leprosy and gender in Brazil: trends in an endemic area of the Northeast region, 2001-2014. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA, v. 52, p. 20, 2018.

3.
SOUZA, ELIANA AMORIM DE2018SOUZA, ELIANA AMORIM DE ; BOIGNY, REAGAN NZUNDU ; FERREIRA, ANDERSON FUENTES ; ALENCAR, CARLOS HENRIQUE ; OLIVEIRA, MARIA LEIDE W. ; RAMOS JR., ALBERTO NOVAES . Vulnerabilidade programática no controle da hanseníase: padrões na perspectiva de gênero no Estado da Bahia, Brasil. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA, v. 34, p. 1, 2018.

4.
AMORIM DE SOUZA, ELIANA2018AMORIM DE SOUZA, ELIANA ; FUENTES FERREIRA, ANDERSON ; HEUKELBACH, JORG ; NZUNDU BOIGNY, REAGAN ; ALENCAR, CARLOS ; NOVAES RAMOS, ALBERTO . Epidemiology and Spatiotemporal Patterns of Leprosy Detection in the State of Bahia, Brazilian Northeast Region, 2001-2014. Tropical Medicine and Infectious Disease, v. 3, p. 79, 2018.

Capítulos de livros publicados
1.
RAMOS JUNIOR, A. N. VARGAS, A. DELACIO, A. S. FERREIRA, A. F. CASTRO, A. P. B. DANTAS, A. P. C. RIBEIRO FILHA, C. GOMEZ, D. V. F. FREIRE, D. B. C. S. OLIVEIRA, E. R. MORELO, E. F. ANDRADE, E. S. N. ALMEIDA, E. C. LIMA JUNIOR, F. E. F. FERREIRA, I. P. S. MARCELINO, J. M. R. TOLEDO, J. P. BRANDAO, J. G. FIORILLO, K. S. DONATO, L. E. DOURADO, L. R. M. P. SILVA, L. A. LEVANTEZI, M. SOUSA-GOMES, M. L. ROCHA, M. C. N. , et al.LOPES, M. F. C. LIMA, M. M. MOURA, N. F. O. SILVA, R. A. ALVES, R. V. SENA NETO, S. A. NISHIOKA, S. A. ROCHA, S. M. PEREIRA, S. V. C. ESASHIKA, S. N. G. S. LIMA, T. F. P. MOTA, T. A. A. COSTA, V. M. OLIVEIRA, W. T. G. H. ; Doenças negligenciadas no Brasil: vulnerabilidade e desafios. Saúde Brasil 2017 : uma análise da situação de saúde e os desafios para o alcance dos objetivos de desenvolvimento sustentável. 17ed.Brasilia: MS, 2018, v. , p. 99-141.

2.
SOUZA, E. A. ; FERREIRA, A. F. ; HEUKELBACH, J. ; BOIGNY, R. N. ; ALENCAR, C. H. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . Epidemiology and Spatiotemporal Patterns of Leprosy Detection in the State of Bahia, Brazilian Northeast Region, 2001?2014. In: Jorg Heukelbach (Ed.). (Org.). Control of Communicable Diseases in Human and in Animal Populations: 70th Anniversary Year of the Birth of Professor Rick Speare (2 August 1947 ? 5 June 2016). 1ed.Basel: MDPI, 2018, v. , p. 197-212.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FERREIRA, A. F.; REIS, A. S. ; LIMA, M. S. ; SOUZA, E. A. ; GARCIA, G. S. M. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA DA REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA MEDICINA TROPICAL (RSBMT): 1990?2017. In: 54º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical ? MedTrop2018, 2018, Olinda - PE. 54º MEDTROP, 2018.

2.
FERREIRA, A. F.; REIS, A. S. ; LIMA, M. S. ; SOUZA, E. A. ; GARCIA, G. S. M. ; DONATO, I. M. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . ANÁLISE ESPACIAL DA DETECÇÃO GERAL DE CASOS NOVOS DE HANSENÍASE NAS REGIÕES NORTE E NORDESTE DO BRASIL, 2001 A 2017. In: 54º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical ? MedTrop2018, 2018, Olinda - PE. MedTrop2018, 2018.

3.
FERREIRA, A. F.; REIS, A. S. ; LIMA, M. S. ; SOUZA, E. A. ; GARCIA, G. S. M. ; ANDRADE, T. I. B. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . ANÁLISE ESPACIAL DA MORTALIDADE POR HANSENÍASE NAS REGIÕES NORTE E NORDESTE DO BRASIL, 2000 A 2016. In: 54º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical ? MedTrop2018, 2018, Olinda - PE. MedTrop 2018, 2018.

4.
ANDRADE, N. R. N. ; REIS, A. S. ; PINHEIRO, M. C. C. ; VELOSO, R. M. D. ; OLIVEIRA, H. X. ; FERREIRA, N. N. L. ; BOIGNY, R. N. ; FERREIRA, A. F. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO CAPÍTULO CEARENSE DA ORGANIZAÇÃO NÃO GOVERNAMENTAL UNIVERSITIES ALLIED FOR ESSENTIAL MEDICINES (UAEM). In: 54º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical ? MedTrop2018, 2018, Olinda - PE. MedTrop2018, 2018.

5.
ANDRADE, T. I. B. ; FERREIRA, A. F. ; REIS, A. S. ; CARNEIRO, M. A. G. ; BOIGNY, R. N. ; SILVA, R. L. ; SOUZA, E. A. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . ANÁLISE INTEGRADA DA MORTALIDADE POR DOENÇAS TROPICAIS NEGLIGENCIADAS NA REGIÃO NORDESTE DO BRASIL NO PERÍODO DE 2000 A 2015. In: 54º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical ? MedTrop2018, 2018, Olinda - PE. MedTrop2018, 2018.

6.
REIS, A. S. ; SOUZA, E. A. ; BOIGNY, R. N. ; CARNEIRO, M. A. G. ; FERREIRA, A. F. ; GARCIA, G. S. M. ; ANDRADE, T. I. B. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . ANÁLISE DE REDES DE CONVÍVIO DOMICILIAR COM SOBREPOSIÇÃO DE CASOS DE HANSENÍASE UTILIZANDO O GENOGRAMA COMO FERRAMENTA. In: 54º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical ? MedTrop2018, 2018, Olinda - PE. MedTrop2018, 2018.

7.
BARCELOS, S. C. ; SOUZA, G. M. M. S. ; PINHEIRO, A. B. M. ; SOUZA, F. M. S. ; RAMOS JUNIOR, A. N. ; PONTES, R. J. S. ; FERREIRA, A. F. . DETECÇÃO DE CASOS NOVOS DE HANSENÍASE EM MENORES DE 15 ANOS COM GRAU 2 DE INCAPACIDADE FÍSICA NO DIAGNÓSTICO. CEARÁ, 2008 A 2017. In: 54º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical ? MedTrop2018, 2018, Olinda - PE. MedTrop2018, 2018.

8.
CAVALCANTE FILHO, J. N. ; BORGES, S. M. S. ; BARCELOS, S. C. ; RAMOS JUNIOR, A. N. ; SOARES, G. M. M. M. ; PINHEIRO, A. B. M. ; FERREIRA, A. F. . PROPORÇÃO DE CASOS NOVOS DE HANSENÍASE DETECTADOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA E UNIDADES ESPECIALIZADAS/ REFERENCIA POR REGIÕES DE SAÚDE, CEARÁ, 2013 - 2017. In: 54º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical ? MedTrop2018, 2018, Olinda - PE. MedTrop2018, 2018.

9.
SOUSA, M. A. A. ; PINHEIRO, M. C. C. ; FERREIRA, A. F. ; BOIGNY, R. N. ; LIMA, M. S. ; MARTINS-MELO, F. R. ; SILVA FILHO, J. D. ; SOUSA, M. S. ; BEZERRA, D. F. ; GALVAO, R. L. F. ; MARQUES, P. J. S. ; RAMOS JUNIOR, A. N. ; BEZERRA, F. S. M. . Mortality due to schistosomiasis in Brazil: epidemiological and spatio-temporal patterns, 2000-2015. In: 15º International Symposium on Schistosomiasis, 2018, Rio de Janeiro - RJ. 15º International Symposium on Schistosomiasis, 2018.

10.
SOUZA, E. A. ; FONSECA, M. D. ; OLIVEIRA, H. X. ; FERREIRA, A. F. ; VALERA, C. F. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . PESQUISA OPERACIONAL E SEU IMPACTO NA DETECÇÃO DE CASOS NOVOS DE HANSENÍASE EM MUNICÍPIO DO INTERIOR DA BAHIA. In: 15º Congresso Brasileiro de Hansenologia, 2018, Palmas/TO. 15º Congresso Brasileiro de Hansenologia, 2018.

11.
PINTO, M. S. A. P. ; FERREIRA, N. N. L. ; OLIVEIRA, H. X. ; REIS, A. S. ; CARNEIRO, M. A. G. ; VELOSO, R. M. D. ; ANDRADE, T. I. B. ; FERREIRA, A. F. ; BARBOSA, J. C. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . HANSENÍASE NA PERSPECTIVA MULTIDISCIPLINAR: RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE UM GRUPO DE ESTUDO. In: 15º Congresso Brasileiro de Hansenologia, 2018, Palmas/TO. 15º Congresso Brasileiro de Hansenologia, 2018.

12.
DONATO, I. M. ; FERREIRA, A. F. ; REIS, A. S. ; PESSOA, S. M. F. ; BARBOSA, J. C. . EPIDEMIOLOGIA COM USO DE DADOS SECUNDÁRIOS: UTILIZAÇÃO DE BASES DE DADOS SECUNDÁRIOS NA PRÁTICA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EM ENFERMAGEM. In: Encontros Universitários 2018: XXVII Encontro de Iniciação à Docência, 2018, Fortaleza/CE. Encontros Universitários 2018: XXVII Encontro de Iniciação à Docência, 2018.

13.
LIMA, M. S. ; FERREIRA, A. F. ; MELO, F. R. M. . EPIDEMIOLOGIA DA MORTALIDADE RELACIONADA À MALÁRIA NO BRASIL, 2000-2015. In: Encontros Universitários 2018: XI Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação, 2018, Fortaleza/CE. Encontros Universitários 2018: XI Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação, 2018.

14.
CARNEIRO, M. A. G. ; REIS, A. S. ; FERREIRA, A. F. ; BOIGNY, R. N. ; SOUZA, E. A. . GENOGRAMA COMO FERRAMENTA PARA ANÁLISE DE UMA REDE DE CONVÍVIO DOMICILIAR COM SOBREPOSIÇÃO DE CASOS DE HANSENÍASE NA BAHIA. In: Encontros Universitários 2018: XXVII Encontro de Iniciação à Docência, 2018, Fortaleza/CE. Encontros Universitários 2018: XXVII Encontro de Iniciação à Docência, 2018.

15.
FERREIRA, A. F.; SOUZA, E. A. ; REIS, A. S. ; LIMA, M. S. . HANSENÍASE EM MENORES DE 15 ANOS DE IDADE NAS REGIÕES NORTE E NORDESTE DO BRASIL: ANÁLISE ESPAÇO-TEMPORAL DE SÉRIE HISTÓRICA DE 2001 A 2017. In: Encontros Universitários 2018: XI Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação, 2018, Fortaleza/CE. Encontros Universitários 2018: XI Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação, 2018.

16.
SOARES, G. M. M. M. ; BARCELOS, S. C. ; BARBOSA, J. C. ; PINTO, M. S. A. P. ; FERREIRA, A. F. . PROPORÇÃO DE CONTATOS DE CASOS NOVOS DE HANSENÍASE EXAMINADOS POR REGIÕES DE SAÚDE,CEARÁ 2008-2017. In: Encontros Universitários 2018: XI Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação, 2018, Fortaleza/CE. Encontros Universitários 2018: XI Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação, 2018.

17.
REIS, A. S. ; CARNEIRO, M. A. G. ; ARAUJO, L. P. ; CARVALHO, H. R. ; ARAUJO FILHO, F. J. ; BRITO, S. P. S. ; FERREIRA, A. F. ; MACEDO, S. F. ; SOUZA, E. A. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . A (DES)CENTRALIZAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA E CONTROLE DA HANSENÍASE EM SERVIÇOS ESPECIALIZADOS: REALIDADE DE REDES DE CONVÍVIO DOMICILIAR COM SOBREPOISÇÃO DE CASOS DE HANSENÍASE. In: 15º Congresso Brasileiro de Hansenologia, 2018, Palmas/TO. 15º Congresso Brasileiro de Hansenologia, 2018.

18.
REIS, A. S. ; ARAUJO, L. P. ; CARVALHO, H. R. ; ARAUJO FILHO, F. J. ; BRITO, S. P. S. ; CARNEIRO, M. A. G. ; FERREIRA, A. F. ; SILVA, G. V. ; SOUZA, E. A. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . CARACTERIZAÇÃO DE DOMICÍLIOS DE REDES DE CONVÍVIO DOMICILIAR COM SOBREPOSIÇÃO DE CASOS DE HANSENÍASE EM MUNICÍPIO HIPERENDÊMICO DO PIAUÍ, 2001-2014. In: 15º Congresso Brasileiro de Hansenologia, 2018, Palmas/TO. 15º Congresso Brasileiro de Hansenologia, 2018.

19.
REIS, A. S. ; CORREIA, V. G. A. ; CARVALHO, H. R. ; ARAUJO FILHO, F. J. ; ARAUJO, L. P. ; BRITO, S. P. S. ; CARNEIRO, M. A. G. ; FERREIRA, A. F. ; SOUZA, E. A. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . CARACTERIZAÇÃO DOS ASPECTOS OPERACIONAIS NO CONTROLE DA HANSENÍASE A PARTIR DE REDES DE CONVÍVIO DOMICILIAR COM SOBREPOSIÇÃO DE CASOS DE HANSENÍASE EM UM MUNICÍPIO DO INTERIOR DO PIAUÍ, 2001-2014. In: 15º Congresso Brasileiro de Hansenologia, 2018, Palmas/TO. 15º Congresso Brasileiro de Hansenologia, 2018.

20.
FERREIRA, A. F.; PINTO, M. S. A. P. ; BOIGNY, R. N. ; OLIVEIRA, H. X. ; SOUZA, E. A. ; REIS, A. S. ; VELOSO, R. M. D. ; NASCIMENTO, D. S. ; BARBOSA, J. C. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . ESPAÇO E RISCO PARA HANSENÍASE NO MUNICÍPIO DE ROLIM DE MOURA, RONDÔNIA, 2001-2012. In: X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017, Florianópolis. Epidemiologia em defesa do SUS: formação, pesquisa e intervenção, 2017.

21.
OLIVEIRA, H. X. ; FERREIRA, A. F. ; PINTO, M. S. A. P. ; BOIGNY, R. N. ; NASCIMENTO, D. S. ; VELOSO, R. M. D. ; REIS, A. S. ; RAMOS JUNIOR, A. N. ; BARBOSA, J. C. . ANÁLISE DE ÓBITOS POR HANSENÍASE NO CLUSTER 3, NO PERÍODO DE 1999-2014. In: X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017, Florianópolis. Epidemiologia em defesa do SUS: formação, pesquisa e intervenção, 2017.

22.
BOIGNY, R. N. ; FERREIRA, A. F. ; PINTO, M. S. A. P. ; OLIVEIRA, H. X. ; SOUZA, E. A. ; REIS, A. S. ; VELOSO, R. M. D. ; NASCIMENTO, D. S. ; BARBOSA, J. C. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . PADRÃO DE OCORRÊNCIA DA HANSENÍASE NO BRASIL, 2001-2015. In: X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017, Florianópolis. Epidemiologia em defesa do SUS: formação, pesquisa e intervenção, 2017.

23.
SOUZA, E. A. ; FERREIRA, A. F. ; BOIGNY, R. N. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . ABANDONO DO TRATAMENTO ENTRE CASOS DE HANSENÍASE NO ESTADO DA BAHIA: PADRÕES ESPACIAIS E TEMPORAIS DE 2003-2014. In: X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017, Florianópolis. Epidemiologia em defesa do SUS: formação, pesquisa e intervenção, 2017.

24.
BORGES, K. M. O. ; FERREIRA, A. F. ; MACENA, R. H. M. . DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DE ÓBITOS DECORRENTES DE ARMA DE FOGO ? BRASIL, 1999-2015. In: X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017, Florianópolis. Epidemiologia em defesa do SUS: formação, pesquisa e intervenção, 2017.

25.
SOUZA, E. A. ; BOIGNY, R. N. ; FERREIRA, A. F. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . PADRÕES ESPACIAIS E AGLOMERADOS ESPAÇO-TEMPORAIS DE ELEVADO RISCO PARA OCORRÊNCIA DE CASOS DE HANSENÍASE, TRANSMISSÃO RECENTE E DIAGNÓSTICO TARDIO. In: X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017, Florianópolis. Epidemiologia em defesa do SUS: formação, pesquisa e intervenção, 2017.

26.
BOIGNY, R. N. ; MAY, G. J. G. ; FERREIRA, A. F. ; FLORENCIO, C. M. G. D. ; FREITAS, Y. V. ; ALENCAR, C. H. M. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . REINCIDÊNCIA DA DOENÇA DE CHAGAS AGUDA POR MUNICÍPIO DO BRASIL, 2001-2014. In: X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017, Florianópolis. Epidemiologia em defesa do SUS: formação, pesquisa e intervenção, 2017.

27.
NASCIMENTO, D. S. ; REIS, A. S. ; FERREIRA, A. F. ; BOIGNY, R. N. ; MACEDO, S. F. ; RAMOS JUNIOR, A. N. ; BARBOSA, J. C. . ASPECTOS CLÍNICOS DA HANSENÍASE EM PESSOAS ACOMETIDAS EM MUNICÍPIO HIPERENDÊMICO PIAUIENSE. In: X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017, Florianópolis. Epidemiologia em defesa do SUS: formação, pesquisa e intervenção, 2017.

28.
VELOSO, R. M. D. ; ARAUJO, O. D. ; COSTA, J. M. ; NERI, E. A. R. ; NASCIMENTO, D. S. ; DOURADO, G. O. L. ; SOUZA, E. A. ; OLIVEIRA, H. X. ; FERREIRA, A. F. ; BOIGNY, R. N. ; RAMOS JUNIOR, A. N. ; BARBOSA, J. C. . Prática da visita domiciliária do agente comunitário de saúde percepções de pessoas com hanseníase em município hiperendêmico do Nordeste do Brasil. In: 53º MEDTROP, 2017, Cuiabá. 53º MEDTROP, 2017.

29.
VELOSO, R. M. D. ; FERREIRA, N. N. L. ; FERREIRA, A. F. ; BOIGNY, R. N. ; MIRANDA, C. E. T. R. ; BRITO, S. P. S. ; LEAL, E. S. ; SILVA, A. P. ; NERI, E. A. R. ; ARAUJO, O. D. ; COSTA, J. M. ; OLIVEIRA, A. S. ; BARBOSA, J. C. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . Insegurança alimentar em pessoas afetadas pela hanseníase em um município hiperendêmico do nordeste brasileiro. In: 53º MEDTROP, 2017, Cuiabá. 53º MEDTROP, 2017.

30.
VELOSO, R. M. D. ; FERREIRA, N. N. L. ; FERREIRA, A. F. ; BOIGNY, R. N. ; MIRANDA, C. E. T. R. ; BRITO, S. P. S. ; LEAL, E. S. ; SILVA, A. P. ; NERI, E. A. R. ; ARAUJO, O. D. ; COSTA, J. M. ; OLIVEIRA, A. S. ; BARBOSA, J. C. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . Consumo de frutas, verduras e legumes por pessoas afetadas pela hanseníase em município hiperendêmico do Nordeste do Brasil. In: 53º MEDTROP, 2017, Cuiabá. 53º MEDTROP, 2017.

31.
SOUZA, E. A. ; BOIGNY, R. N. ; FERREIRA, A. F. ; ALENCAR, C. H. ; HEUKELBACH, J. ; OLIVEIRA, M. L. W. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . Vulnerabilidade programática no controle da hanseníase: padrões na perspectiva de gênero no estado da Bahia, Brasil. In: 53º MEDTROP, 2017, Cuiabá. 53º MEDTROP, 2017.

32.
REIS, A. S. ; FERREIRA, A. F. ; NASCIMENTO, D. S. ; PINTO, M. S. A. P. ; ARAUJO FILHO, F. J. ; MACEDO, S. F. ; ANDRADE, N. R. N. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . Modos de entrada nos serviços de saúde e classificação operacional de casos novos de hanseníase em municípios hiperendêmicos do estado do Piauí. In: 53º MEDTROP, 2017, Cuiabá. 53º MEDTROP, 2017.

33.
REIS, A. S. ; FERREIRA, A. F. ; BOIGNY, R. N. ; ARAUJO FILHO, F. J. ; MACEDO, S. F. ; ANDRADE, N. R. N. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . Análise espacial da hanseníase no município de Picos, Piauí, 2001-2015. In: 53º MEDTROP, 2017, Cuiabá. 53º MEDTROP, 2017.

34.
LIMA, M. S. ; FERREIRA, A. F. ; MELO, F. R. M. ; RAMOS, A. V. A. ; OLIVEIRA, M. L. W. ; ALENCAR, C. H. ; HEUKELBACH, J. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . Padrões epidemiológicos e tendências temporais da mortalidade relacionada à hanseníase no estado do Ceará, 2000-2015. In: 53º MEDTROP, 2017, Cuiabá. 53º MEDTROP, 2017.

35.
SOUZA, E. A. ; FERREIRA, A. F. ; BOIGNY, R. N. ; ALENCAR, C. H. ; HEUKELBACH, J. ; MARTINS-MELO, F. R. ; BARBOSA, J. C. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . Hanseníase e gênero no Brasil: tendências em área endêmica da região Nordeste, 2001-2014. In: 53º MEDTROP, 2017, Cuiabá. 53º MEDTROP, 2017.

36.
FERREIRA, A. F.; SOUZA, E. A. ; BOIGNY, R. N. ; OLIVEIRA, H. X. ; OLIVEIRA, M. L. W. ; ALENCAR, C. H. ; MARTINS-MELO, F. R. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . Tendências e padrões espaciais da mortalidade relacionada à hanseníase no estado da Bahia, 1999-2014. In: 53º MEDTROP, 2017, Cuiabá. 53º MEDTROP, 2017.

37.
OLIVEIRA, A. S. ; CAVALCANTE, K. K. S. ; FERREIRA, A. F. ; ALENCAR, C. H. ; LEITAO, T. M. J. S. . Tendência temporal e distribuição espacial dos óbitos relacionados à criptococose no Brasil, 1999 a 2014. In: 53º MEDTROP, 2017, Cuiabá. 53º MEDTROP, 2017.

38.
PINHEIRO, M. C. C. ; SILVA FILHO, J. D. ; BOIGNY, R. N. ; FERREIRA, A. F. ; BEZERRA, F. S. M. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . Schistosoma mansoni mortality in São Francisco River Integration Project areas. In: XXV Congresso Brasileiro de Parasitologia, 2017, Búzios. XXV Congresso Brasileiro de Parasitologia, 2017.

39.
SILVA JUNIOR, M. B. ; DOURADO, G. O. L. ; FERREIRA, A. F. ; SOUSA, D. C. ; FRANCO, M. S. . COEFICIENTE DE MORTALIDADE E MÉDIA MÓVEL POR SUICÍDIO SEGUNDO RAÇA/COR NO BRASIL NO PERÍODO DE 1999 A 2014. In: Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde - DELTA SAÚDE, 2017, Parnaíba. Delta Saúde 2017, 2017.

40.
SILVA JUNIOR, M. B. ; DOURADO, G. O. L. ; FERREIRA, A. F. ; SOUSA, D. C. . COEFICIETE DE MORTALIDADE POR SUICÍDIO NO BRASIL DE 1999 A 2014. In: Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde - DELTA SAÚDE, 2017, Parnaíba. Delta Saúde 2017, 2017.

41.
FERREIRA, A. F.; HENZ, N. L. F. B. . ANÁLISE ESPACIAL E SOCIOECONÔMICA DE CASOS DE HANSENÍASE NO MUNICÍPIO DE CIDADE DE CACOAL, RONDÔNIA, DE 2001 A 2012. In: 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015, Fortaleza. 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - MEDTROP, 2015.

Apresentações de Trabalho
1.
PINHEIRO, M. C. C. ; RAMOS JUNIOR, A. N. ; FERREIRA, A. F. ; BEZERRA, F. S. M. ; CASTRO, I. M. N. ; SILVA FILHO, J. D. ; BOIGNY, R. N. . ECOEPIDEMIOLOGIA DA ESQUISTOSSOMOSE MANSONI EM ÁREAS DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO NO ESTADO DO CEARÁ. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
SILVA, S. R. O. ; REIS, A. S. ; FERREIRA, A. F. ; VELOSO, R. M. D. ; BOIGNY, R. N. . AVALIAÇÃO DE EXAMES DE CONTATO DE HANSENÍASE NO ESTADO DO PIAUÍ ? BRASIL. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
VELOSO, R. M. D. ; ARAUJO, O. D. ; COSTA, J. M. ; VELOSO, M. D. ; RAMOS JUNIOR, A. N. ; MIRANDA, C. E. T. R. ; ARAUJO, T. M. E. ; FERREIRA, A. F. ; BOIGNY, R. N. ; SILVA, G. N. M. . CLASSIFICAÇÃO OPERACIONAL DE CASOS REFERÊNCIA DE HANSENÍASE EM MUNICÍPIOS HIPERENDÊMICOS DO NORDESTE DO BRASIL. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
FERREIRA, A. F.; BOIGNY, R. N. ; SOUZA, E. A. ; SILVA, G. V. ; ARAUJO, O. D. ; MACEDO, S. F. ; LOPES, W. M. P. S. ; ARAUJO, T. M. E. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . TENDÊNCIA TEMPORAL DA HANSENÍASE SEGUNDO SEXO NO MUNICÍPIO DE PICOS, PIAUÍ. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
FERREIRA, A. F.; BOIGNY, R. N. ; SOUZA, E. A. ; SILVA, G. V. ; ARAUJO, O. D. ; MACEDO, S. F. ; LOPES, W. M. P. S. ; ARAUJO, T. M. E. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . TENDÊNCIA TEMPORAL DA HANSENÍASE NO ESTADO DO PIAUÍ, 2001-2015. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
FERREIRA, A. F.; BOIGNY, R. N. ; SOUZA, E. A. ; SILVA, G. V. ; ARAUJO, O. D. ; MACEDO, S. F. ; LOPES, W. M. P. S. ; ARAUJO, T. M. E. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . AGLOMERADOS DE CASOS DE HANSENÍASE NO MUNICÍPIO DE FLORIANO-PI. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
BOIGNY, R. N. ; SOUZA, E. A. ; OLIVEIRA, H. X. ; PINTO, M. S. A. P. ; OLIVEIRA, E. N. ; FERREIRA, A. F. ; MOTA, E. R. ; ALENCAR, C. H. ; SOUZA, R. S. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . DIAGNOSTICO DE HANSENÍASE EM MENOR DE 15 ANOS NOS MUNICÍPIOS DA VITÓRIA DA CONQUISTA E TREMEDAL NO SUDOESTE DA BAHIA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

8.
BOIGNY, R. N. ; ARAUJO, O. D. ; SOUZA, E. A. ; NERI, E. A. R. ; VELOSO, R. M. D. ; ARAUJO, T. M. E. ; FERREIRA, A. F. ; SOUZA, R. S. ; LOPES, W. M. P. S. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ABORDAGEM DE CONTATOS INTRADOMICILIARES DE CASOS DE HANSENÍASE: PROPOSTA A PARTIR DO ESCORE INTEGRAHANS NO ESTADO DO PIAUÍ. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
BOIGNY, R. N. ; SOUZA, E. A. ; FERREIRA, A. F. ; FERNANDES, T. A. ; OLIVEIRA, H. X. ; OLIVEIRA, E. N. ; CABRAL, P. R. S. ; MOTA, E. R. ; BARBOSA, J. C. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO E CLÍNICO NO CONTEXTO DOMICILIAR DE UMA FAMÍLIA COM RECORRÊNCIA DE CASOS DE HANSENÍASE RESIDENTES NO MUNICÍPIO DE VITÓRIA DA CONQUISTA, BAHIA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
DOURADO, G. O. L. ; NOGUEIRA, L. T. ; FERREIRA, A. F. ; SOUSA, D. C. ; SILVA JUNIOR, M. B. ; CARDOSO, J. A. ; COSTA, J. M. . HANSENÍASE E QUALIDADE DE VIDA: ANÁLISE DOS DOMÍNIOS FÍSICO E MENTAL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

11.
SOUSA, D. C. ; DOURADO, G. O. L. ; SILVA JUNIOR, M. B. ; CARDOSO, J. A. ; FREITAS, R. M. ; NOGUEIRA, L. T. ; ARAUJO, T. M. E. ; FERREIRA, A. F. . PREVALÊNCIA DE CASOS NOVOS DE HANSENÍASE EM IDOSOS NO ESTADO DO PIAUÍ DE 2001 A 2015. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
FERREIRA, A. F.; BOIGNY, R. N. ; SOUZA, E. A. ; SILVA, G. V. ; ARAUJO, O. D. ; MACEDO, S. F. ; LOPES, W. M. P. S. ; ARAUJO, T. M. E. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . ANALISE DE TENDÊNCIA TEMPORAL DA HANSENÍASE NO MUNICÍPIO DE FLORIANO, SUDOESTE DO PIAUÍ. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
PRACIANO, M. M. A. ; FERREIRA, A. F. ; SOUZA, E. A. ; BOIGNY, R. N. ; RAMOS JUNIOR, A. N. . IDENTIFICAÇÃO DE AGLOMERADOS DE CASOS DE HANSENÍASE NO MUNICÍPIO DE TREMEDAL-BA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
SOUZA, E. A. ; BOIGNY, R. N. ; MELO, T. P. ; FERREIRA, A. F. ; OLIVEIRA, J. S. ; SILVA, K. N. . RECORRÊNCIA DE CASOS DE HANSENÍASE ENTRE CONTATOS INTRADOMICILIARES, COABITANTES RESIDENTES E SOCIAIS NO MUNICÍPIO DE VITÓRIA DA CONQUISTA, SUDOESTE DA BAHIA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

15.
RAMOS JUNIOR, A. N. ; SOUZA, E. A. ; FERREIRA, A. F. . ATENÇÃO À SAÚDE PARA HANSENÍASE EM ÁREAS DE ALTA ENDEMICIDADE NOS ESTADOS DE RONDÔNIA, TOCANTINS E BAHIA: ABORDAGEM INTEGRADA DE ASPECTOS OPERACIONAIS, EPIDEMIOLÓGICOS (ESPAÇO-TEMPORAIS), CLÍNICOS E PSICOSSOCIAIS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
ARAUJO, T. M. E. ; ARAUJO, O. D. ; RAMOS JUNIOR, A. N. ; CARDOSO, J. A. ; ALMEIDA, P. D. ; SENA, I. V. O. ; BARROS, H. N. ; MIRANDA, C. E. T. R. ; COSTA, J. M. ; NERI, E. A. R. ; GARCIA, G. S. M. ; FERREIRA, A. F. ; FARIAS, F. F. ; COSTA, T. T. ; GUIMARAES, H. C. L. ; SOUSA, L. S. ; SOUSA, K. A. A. ; ALVES, E. S. . BOLETIM DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO MUNICÍPIO DE PARNAÍBA/PI: HANSENÍASE 2016. 2017.

2.
ARAUJO, T. M. E. ; ARAUJO, O. D. ; RAMOS JUNIOR, A. N. ; CARDOSO, J. A. ; SENA, I. V. O. ; ALMEIDA, P. D. ; FARIAS, F. F. ; GARCIA, G. S. M. ; FERREIRA, A. F. ; COSTA, T. T. ; LOPES, W. M. P. S. ; BARROS, H. N. ; MACEDO, S. F. ; SILVA, G. V. ; NERI, E. A. R. ; SENA NETO, S. A. ; COSTA, J. M. ; GUIMARAES, H. C. L. ; SOUSA, L. S. ; SOUSA, K. A. A. ; ALVES, E. S. . BOLETIM DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO MUNICÍPIO DE PICOS/PI: HANSENÍASE 2016. 2017.

3.
ARAUJO, T. M. E. ; ARAUJO, O. D. ; RAMOS JUNIOR, A. N. ; CARDOSO, J. A. ; ALMEIDA, P. D. ; SENA, I. V. O. ; MIRANDA, C. E. T. ; NERI, E. A. R. ; COSTA, J. M. ; LOPES, W. M. P. S. ; FERREIRA, A. F. ; FARIAS, F. F. ; GARCIA, G. S. M. ; COSTA, T. T. ; VELOSO, R. M. D. ; DOURADO, G. O. L. ; FELINTO, D. A. ; SENA NETO, S. A. ; MACEDO, S. F. ; SILVA, G. V. ; SOUSA, A. L. G. ; GUIMARAES, H. C. L. ; SOUSA, L. S. ; SOUSA, K. A. A. ; ALVES, E. S. . BOLETIM DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO ESTADO DO PIAUÍ: HANSENÍASE 2016. 2017.

4.
ARAUJO, T. M. E. ; ARAUJO, O. D. ; RAMOS JUNIOR, A. N. ; CARDOSO, J. A. ; FERREIRA, A. F. ; MIRANDA, C. E. T. ; NERI, E. R. A. ; FARIAS, F. F. ; GARCIA, G. S. M. ; SENA, I. V. O. ; COSTA, J. M. ; VELOSO, R. M. D. ; MOREIRAS, F. S. ; SILVA JUNIOR, M. B. ; ALMEIDA, P. D. ; DOURADO, G. O. L. ; COSTA, T. T. ; FELINTO, D. A. ; SENA NETO, S. A. ; SOUSA, A. L. G. ; GUIMARAES, H. C. L. ; SOUSA, L. S. ; SOUSA, K. A. A. ; ALVES, E. S. . BOLETIM DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO MUNICÍPIO DE FLORIANO/PI: HANSENÍASE 2016. 2017.


Demais tipos de produção técnica
1.
BRAGA, J. U. ; CASTRO, D. B. ; DALVI, A. P. R. ; FERREIRA, A. F. . Técnicas de Análise Espacial aplicadas à investigação de Surtos. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
1º Encontro Nordeste de Saúde da Família.Avaliação de trabalhos que foram apresentados no encontro. 2018. (Encontro).

2.
1º Encontro Nordeste de Saúde da Família. 2018. (Encontro).

3.
54º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical ? MedTrop2018. 2018. (Congresso).

4.
53º CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL (Medtrop). 2017. (Congresso).

5.
X Congresso Brasileiro de Epidemiologia. 2017. (Congresso).

6.
I SOEITXAWE Congresso Internacional de Pesquisa Cientificada Amazônia. 2015. (Congresso).

7.
Oficina de Investigação em Sistemas de Saúde/Pesquisa Operacional nos Municípios de Cacoal e Rolim de Moura ? Fase 2? Análise de Dados.Oficina de Investigação em Sistemas de Saúde. 2014. (Oficina).

8.
1º Semana Acadêmica Integrada - FSP.Parsing e Tonkenização: Princípios de Expreções Regulares. 2013. (Seminário).

9.
1º Semana Acadêmica Integrada - FSP.Padrões de Projeto (ênfase em Bens e DAOs). 2013. (Simpósio).

10.
A importância da Justiça do Trabalho para a Pacificação Social. 2013. (Seminário).

11.
Construindo uma Tropa de Elite. 2013. (Outra).

12.
Analise de Vulnerabilidades em Sistemas e Redes. 2012. (Outra).

13.
V ENAFAp e I WIFAP. 2009. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ROMANHOLO, H. S. B. ; FERREIRA, A. F. . I Simpósio Internacional de Hanseníase, Cacoal/RO 2014. 2014. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
VALCLEIR APARECIDO MARINHO COSTA. ANÁLISE ESPACIAL DOS CASOS DE HANSENÍASE DO MUNICÍPIO DE ROLIM DE MOURA-RO DE 2001 A 2012. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biomedicina) - Faculdade São Paulo Rolim de Moura. Orientador: Anderson Fuentes Ferreira.



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
RAMOS JUNIOR, A. N. ; SOUZA, E. A. ; FERREIRA, A. F. . ATENÇÃO À SAÚDE PARA HANSENÍASE EM ÁREAS DE ALTA ENDEMICIDADE NOS ESTADOS DE RONDÔNIA, TOCANTINS E BAHIA: ABORDAGEM INTEGRADA DE ASPECTOS OPERACIONAIS, EPIDEMIOLÓGICOS (ESPAÇO-TEMPORAIS), CLÍNICOS E PSICOSSOCIAIS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ROMANHOLO, H. S. B. ; FERREIRA, A. F. . I Simpósio Internacional de Hanseníase, Cacoal/RO 2014. 2014. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/01/2019 às 6:08:37