Andre Veiga Bittencourt

Bolsista de Pós-doutorado Júnior do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2011752753812231
  • Última atualização do currículo em 30/09/2018


Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestre e doutor em Sociologia pelo Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA/UFRJ), com estágio-sanduíche na Universidade de Princeton (EUA). Atualmente sou bolsista de pós-doutorado do CNPq na Casa de Oswaldo Cruz (COC-Fiocruz). Sou ainda pesquisador associado ao Núcleo de Estudos Comparados e Pensamento Social - NEPS (UFRJ/UFF), ao Global Collaborative Network 'Race and Citizenship in the Americas' - RACA (Princeton University/USP) e integro a equipe da Biblioteca Virtual do Pensamento Social - BVPS. Fui professor substituto do Departamento de Sociologia da UFRJ (2015-2017). Tenho experiência em pesquisa empírico-documental em diversos acervos e atuo nas áreas de Pensamento Social Brasileiro, Sociologia Política, Teoria Sociológica e Sociologia da Cultura. Autor de "O Brasil e suas diferenças: uma leitura genética de Populações Meridionais do Brasil" (2013, Editora Hucitec). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Andre Veiga Bittencourt
Nome em citações bibliográficas
BITTENCOURT, A. V.

Endereço


Endereço Profissional
Fundação Oswaldo Cruz, Casa Oswaldo Cruz.
Av. Brasil, 4036 - 4º andar - Sala 420
Manguinhos
21040361 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 38829093
URL da Homepage: http://www.ppghcs.coc.fiocruz.br/index.php/br/


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2017
Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
com período sanduíche em Princeton University (Orientador: Pedro Meira Monteiro).
Título: A incisão e a lira: medicina, literatura e modernismo em Pedro Nava, Ano de obtenção: 2017.
Orientador: André Pereira Botelho.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Modernismo; Intelectuais; Pedro Nava; Pensamento social brasileiro.
2009 - 2011
Mestrado em Programa de pós-graduação em sociologia e antropologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: O Brasil e suas diferenças - Uma leitura genética de Populações meridionais do Brasil,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: André Pereira Botelho.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
Palavras-chave: Oliveira Vianna; Pensamento social brasileiro; Década de 1920.
Grande área: Ciências Humanas
2004 - 2008
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Orientador: André Pereira Botelho.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: História da ciência.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da literatura.
2017 - 2017
Pós-Doutorado.
Fundação Casa de Rui Barbosa, FCRB, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação Casa de Rui Barbosa, FCRB, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História.


Atuação Profissional



Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40
Outras informações
Bolsista de pós-doutorado (CNPq)

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, História das Ciências, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
História e Teoria Social
03/2018 - 06/2018
Ensino, História das Ciências, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Circulação intelectual e a formação da América Latina

Fundação Casa de Rui Barbosa, FCRB, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

10/2015 - 07/2017
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Sociologia (Enfermagem)
Introdução à Sociologia (História Diurno)
Introdução à Sociologia (História Noturno)
Sociologia Aplicada à Administração (Ciências Contábeis)
Sociologia da Cultura (Licenciatura em Ciências Sociais)
08/2009 - 12/2009
Estágios , Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, .

Estágio realizado
Estágio-docente na disciplina Pensamento Social Brasileiro (Licenciatura em Ciências Sociais).

Centro de Estudos de Cultura Contemporânea, CEDEC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Cartografias da sociologia política em perspectiva comparada
Descrição: A pesquisa que propõe realizar um mapeamento comparativo do campo da sociologia política em três contextos intelectuais - Brasil, Argentina e Estados Unidos - de modo a melhor compreender, empiricamente suas tendências teóricas, processos de transformação e perfis institucional e cognitivo. A proposta de uma cartografia da área de sociologia política tem como intuito gerar um movimento de auto-observação do sistema científico. Com esse intuito mobilizo ferramentas de pesquisa ainda pouco utilizadas na área, principalmente softwares, capazes de capturar padrões, dispersões e tendências mais amplas do campo, em um exercício de "distant reading" , isto é, ter acesso a novas formas de visualização de informações que seriam inviáveis apenas com a leitura dos artigos acadêmicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
"Mi viaje al sur": circulação, comunicação e desprovincialização em Eugenio María de Hostos
Descrição: A pesquisa propõe analisar as viagens do intelectual e independentista porto-riquenho Eugenio María de Hostos (1839-1903), que nos anos 1870 empreendeu uma verdadeira peregrinação pelo Continente Americano, significativamente iniciada em Nova York, e que passa pela Colômbia, Peru, Chile, Argentina e termina no Brasil. Através dela, e especialmente do caso brasileiro, busco discutir os possíveis significados de uma viagem realizada entre impérios e na condição de exílio, além de tentar pensar que tipo de diferenças se podem perceber entre um relato de viagens "norte-sul" e outro "desde" o sul..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Idealismos, renovação e geração: Oliveira Vianna e o modernismo
Descrição: As formulações sociológicas de Oliveira Vianna já foram aproximadas a autores de variados contextos históricos, políticos e intelectuais. Contudo, é curioso como foram raras as tentativas de estabelecer relações com abordagens sincrônicas ao lançamento de sua principal obra, Populações meridionais do Brasil (1920), bem como aos ensaios que definiriam aqueles que talvez sejam seus conceitos mais conhecidos, os de idealismo orgânico e utópico. Tendo em vista essa carência nos estudos sobre o autor e os ganhos heurísticos possíveis de uma abordagem comparativa, a pesquisa buscará estabelecer o nexo entre Oliveira Vianna e algumas expressões do modernismo dos anos 1920. O objetivo passa por entender, desde o problema mais geral da crise das representações sociais, culturais políticas dos anos 1910 e 1920, o que ocorre tanto com a obra de Oliveira Vianna quando percebida à luz de um contexto intelectual que lhe parece muitas vezes alheio (ainda que absolutamente contemporâneo), quanto dar conta de sua inclusão e circulação em diferentes versões do modernismo brasileiro, vendo até que ponto muitas de suas teses conformavam a ambiência de autores nem sempre facilmente associáveis às interpretações mais canônicas do sociólogo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Pedro Nava: modernismo, medicina, interpretações do Brasil
Descrição: A proposta do projeto é discutir a obra, a trajetória e o contexto social e intelectual de Pedro Nava (1903-1984) à luz de um campo de investigação mais amplo que procura articular medicina e interpretações do Brasil. Mais conhecido por seu trabalho memorialístico dos anos 1970 e por sua juventude modernista na década de 1920, Nava foi também um importante clínico, historiador da medicina e especialista na área de reumatologia. Ao valorizar os aspectos médicos de sua obra, o objetivo na pesquisa é explorar a hipótese de que é possível identificar uma interpretação do Brasil mais ampla em sua visão e prática médica, que seria centralmente marcada pela experiência modernista. Seguir a trajetória do médico-autor ao longo do século XX, contudo, também nos permite discutir o próprio estatuto das interpretações do Brasil na contemporaneidade, e como processos sociais aparentemente inescapáveis, tais como a especialização, a tecnicização e a racionalização, inevitavelmente colocam novos problemas e desafios..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
Interpretações do Brasil e pensamento social
Descrição: O Grupo de Pesquisa Interpretações do Brasil e pensamento social propõe rever as interpretações clássicas da formação da sociedade brasileira desenvolvidas nas formas ensaio, monografia e mesmo ficção de modo a identificar e qualificar, sobretudo, sua dimensão heurística para a compreensão de processos substantivos correntes na sociedade brasileira, bem como questões cognitivas das ciências sociais. As relações entre produção do conhecimento e vida social e política são pensadas em múltiplos sentidos, mas busca-se, acima de tudo, combinar perspectivas contextualistas e analíticas de modo a tanto identificar a historicidade das formulações quanto a qualificar seu potencial teórico mais amplo e ainda capaz de nos interpelar hoje. Sua atuação pública realiza-se, sobretudo, por meio da participação nos Grupos de Trabalho "Pensamento social no Brasil" da ANPOCS e da Sociedade Brasileira de Sociologia - SBS, entre outros fóruns acadêmicos. Os resultados de pesquisa do Grupo são apresentados regularmente em congressos e publicações científicas e de divulgação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - Atual
Oliveira Vianna e a sociologia política no Brasil
Descrição: Os objetivos da pesquisa são (1) investigar o legado intelectual do ensaísta fluminense Oliveira Vianna para a formação de uma sociologia política no Brasil entre os anos 1920-70 e (2) avaliar seus significados teóricos heurísticos contemporâneos. A investigação se abre em duas frentes analíticas distintas, mas complementares: trata-se, na primeira, de retomar obras do próprio Vianna; na segunda, a recepção das suas teses na formação de uma agenda posterior de pesquisas. No primeiro caso, procurar-se-á mobilizar materiais primários pouco explorados, como marginálias de livros, correspondência, artigos de imprensa e pareceres técnicos entre outros depositados na Casa de Oliveira Vianna. Isso permitirá tanto contingenciar as suas idéias formalizadas nos livros, quanto fazer emergir novas informações, outros temas e dimensões analíticas inexploradas para a construção de uma inteligibilidade sociológica renovada da sua obra. No segundo, dar-se-á continuidade à investigação da capacidade de interpelação cognitiva da obra de Vianna e sua recepção em pesquisas das ciências sociais institucionalizadas, como nas de Nunes Leal, Costa Pinto, Pereira de Queiroz e Carvalho Franco. Dessa feita, acrescentando aos dados já identificados sobre as questões da solidariedade social e dominação política, novos vezos cognitivos da agenda da sociologia política, especialmente a caracterização da sociedade brasileira como uma ordem social pessoalizada e violenta. Espera-se, assim, produzir subsídios empíricos e teórico-metodológicos sobre a contribuição de Oliveira Vianna em questões cruciais delineadas nas relações entre Estado e sociedade, público e privado, instituições e vida social, autoridade e solidariedade, entre outras.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2012
Projeto Temático Linhagens do pensamento político-social brasileiro.
Descrição: Os objetivos da pesquisa são: 1) mapear e tentar compreender as principais características intelectuais do conservadorismo, do liberalismo e do socialismo no Brasil; 2) verificar em que medida os conceitos de idealismo orgânico e idealismo constitucional , formulados originariamente por Oliveira Vianna, são capazes de descrever e avaliar as principais formas de pensamento e famílias intelectuais que do último quartel do século XIX para cá dominaram o pensamento político e social brasileiro; 3) circunscrever aquelas que, no processo de naturalização do Brasil industrial, se esboçaram na contramão e, malgrado as suas debilidades, constituíram as primeiras concepções anti-aristocráticas no país, fornecendo os lineamentos gerais de todas as reformas sociais e econômicas propostas até a ascensão do neoliberalismo; 4) por fim, formular uma hipótese sobre o modo como essas correntes responderam aos desafios postos pelo desenvolvimento histórico-político do país. A intenção é fazer um balanço crítico do estado das artes e da produção contemporânea da área de pesquisa sobre o pensamento político-social, especialmente dos principais modelos de interpretação formulados nas últimas décadas, verificando em que medida há continuidade ou ruptura entre as formulações clássicas daqueles que se convencionou denominar de intérpretes do Brasil e o trabalho intelectual que vendo sendo produzido na universidade segundo os métodos de investigação especializada..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Pensamento Social Brasileiro.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Fundamentos da Sociologia/Especialidade: Teoria Sociológica.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Cultura.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2018
Aprovação em concurso público para professor adjunto em Teoria Sociológica do Dept. de Sociologia da UFRJ, .
2017
Aprovado em primeiro lugar no processo seletivo para bolsista de pós-doutorado, Fundação Casa de Rui Barbosa.
2015
Aprovado em primeiro lugar no concurso para Professor Substituto do Departamento de Sociologia, UFRJ.
2012
Menção Honrosa no Concurso Brasileiro ANPOCS de Teses e Dissertações Universitárias em Ciências Sociais, ANPOCS.
2010
Bolsa NOTA 10, FAPERJ.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1BITTENCOURT, A. V.2017BITTENCOURT, A. V.. Diagnosticar e prescrever: Médicos que formaram o Brasil. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (ONLINE), v. 32, p. 1-5, 2017.

2.
2BOTELHO, A. P.2015 BOTELHO, A. P. ; BITTENCOURT, A. V. . Entre bruxos e doutores: Medicina, modernismo e vocação em Pedro Nava. Novos estudos CEBRAP (Online), v. 102, p. 171-189, 2015.

3.
3BITTENCOURT, A. V.2013BITTENCOURT, A. V.. DUAS VANGUARDAS NA PERIFERIA DO CAPITALISMO. REVISTA SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA, v. 3, p. 675-681, 2013.

4.
4BITTENCOURT, A. V.2013 BITTENCOURT, A. V.. Um 'fiat miraculoso': Oliveira Vianna visita São Paulo. Revista Brasileira de Sociologia, v. 01, p. 223-246, 2013.

5.
5BITTENCOURT, A. V.2012BITTENCOURT, A. V.. Nacional por subtração: Oliveira Vianna e o debate paulista dos anos 1920. Caderno CEDEC, v. 106, p. 4, 2012.

6.
6BITTENCOURT, A. V.2007BITTENCOURT, A. V.. O Liberalismo contestado: a crítica da liberdade negativa por Charles Taylor e Quentin Skinner. Revista Habitus, v. 5, p. 5-16, 2007.

7.
7BITTENCOURT, A. V.2005BITTENCOURT, A. V.; ENGLANDER, A. D. A. C. . Similitudes e contrastes entre Lukács e Ortega y Gasset. Habitus (UCG. Impresso), v. 3, p. 24-35, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BITTENCOURT, A. V.. O Brasil e suas diferenças - uma leitura genética de 'Populações meridionais do Brasil'. 1. ed. São Paulo: Huctec Editora, 2013. 194p .

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BITTENCOURT, A. V.; VEIGA JÚNIOR, M. H. . O modernismo como vocação: Mario de Andrade e os mineiros. In: 41º Encontro Anual da ANPOCS, 2017, Caxambu. Anais do 41º Encontro Anual da ANPOCS, 2017.

2.
BITTENCOURT, A. V.. Medicina como vocação: subjetividade e profissionalização nos escritos de Pedro Nava. In: Congresso da Sociedade Brasileira de Sociologia - SBS, 2015, Porto Alegre. 17º Congresso da Sociedade Brasileira de Sociologia - SBS, 2015. v. 17.

3.
BITTENCOURT, A. V.. Um 'fiat miraculoso': Oliveira Vianna visita São Paulo. In: XVI Congresso Brasileiro de Sociologia, 2013, Salvador. A Sociologia como Artesanato Intelectual, 2013. v. 1. p. 1.

4.
BITTENCOURT, A. V.. O Brasil e suas diferenças - uma leitura de 'Populações meridionais do Brasil '. In: 37º Encontro Anual da ANPOCS, 2013, Águas de Lindóia. 37º Encontro Anual da ANPOCS, 2013. v. 1. p. 1.

5.
BITTENCOURT, A. V.. Sobre os começos de Oliveira Vianna: uma gênese de 'Populações meridionais do Brasil'. In: IV Seminário Nacional Sociologia & Política, 2012, Curitiba. Anais do IV Seminário Nacional Sociologia & Política, 2012.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BITTENCOURT, A. V.; BOTELHO, A. . Entre bruxos e doutores: a medicina modernista de Pedro Nava. In: 2ª Conferência Medicina Laboratório e Sociedade, 2013, Lisboa. 2ª Conferência Medicina Laboratório e Sociedade, 2013. v. 1.

2.
BITTENCOURT, A. V.; ENGLANDER, A. D. A. C. . Crítica e consagração: a recepção de Populações meridionais do Brasil na década de 1920. In: XIV Congresso Brasileiro de Sociologia, 2009, Rio de Janeiro. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. Sociologia: consensos e controvérsias, 2009.

3.
BITTENCOURT, A. V.. Crítica e consagração: a recepção de Populações meridionais do Brasil na década de 1920. In: XXX Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ, 2008, Rio de Janeiro. Anais da XXX Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ, 2008.

4.
BITTENCOURT, A. V.. Unidade Nacional e regionalismo: Oliveira Vianna e o contexto intelectual dos anos 1920. In: XXIX Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ, 2007, Rio de Janeiro. Ed. da UFRJ, 2007.

5.
BITTENCOURT, A. V.. O Estado-nação e seus imapsses: o problema da unidade nacional em Oliveira Vianna e Ortega y Gasset. In: XIII Congresso Brasileiro de Sociologia (SBS), 2007, Recife. SBS, 2007.

6.
BITTENCOURT, A. V.. O Estado-nação e seus imapsses em perspectiva comparada: o problema da unidade nacional em Oliveira Vianna e Ortega y Gasset. In: XXVIII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ, 2006, Rio de Janeiro. Ed. da UFRJ, 2006.

7.
BITTENCOURT, A. V.. Fragmentação Social e Estado-nação em Oliveira Vianna e Ortega y Gasset. In: XXVII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ, 2005, Rio de Janeiro. Ed. da UFRJ, 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
BITTENCOURT, A. V.. Uma viagem entre impérios: a visita de Eugenio Maria de Hostos ao Brasil (LASA/Barcelona). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
BITTENCOURT, A. V.. Uma 'sinfonia periférica': sobre algumas categorias espaciais em Pedro Nava (FAU/UFRJ). 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
BITTENCOURT, A. V.. Pedro Nava: modernismo, medicina, interpretações do Brasil (Seminário Intermediário do GT de Pensamento Social da ANPOCS). 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
BITTENCOURT, A. V.. Uma tríade modernista: sociabilidade, amizade e destino em Mario de Andrade, Carlos Drummond e Pedro Nava (BRASA/PUC-RJ). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
BITTENCOURT, A. V.. Cosmopolitismo e entre-lugar: notas perante um museu em chamas. (Seminário Uma literatura nos trópicos 40 anos: dependência cultural e cosmopolitismo do pobre - IFCS/UFRJ). 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
BITTENCOURT, A. V.. 'Mi viaje al sur': circulação, comunicação e desprovincialização em Eugenio María de Hostos (LASA/Montevideu). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
BITTENCOURT, A. V.. Modernismo em três tempos: 1920, 1970... e agora? (UFOP). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
BITTENCOURT, A. V.. Mesa em Homenagem ao Professor José Reginaldo Santos Gonçalves (4º Seminário da BVPS). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
BITTENCOURT, A. V.. Mocidade e destino: Pedro Nava, Mário de Andrade e a socialização do modernismo (NEPS/UFRJ). 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
BITTENCOURT, A. V.. Topografias médicas: sobre algumas categorias espaciais em Pedro Nava (Seminários LAARES/UFRJ). 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
BITTENCOURT, A. V.. A nova geração de autores indígenas no Brasil (Princeton University). 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
BITTENCOURT, A. V.. 130 anos de Oliveira Vianna (UFF). 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
BITTENCOURT, A. V.. Das navegações da memória: tempo e interpretação do Brasil em Pedro Nava (IFCS/UFRJ). 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
BITTENCOURT, A. V.. Propostas para uma leitura genética de "Populações meridionais do Brasil". 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

15.
BITTENCOURT, A. V.. Nacional por subtração: Oliveira Vianna e o debate paulista dos anos 20 (CEDEC). 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
BITTENCOURT, A. V.. Os papéis de Oliveira Vianna: relendo Populações Meridionais do Brasil (CPDOC/FGV). 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
BITTENCOURT, A. V.. Diálogos transoceânicos: Oliveira Vianna e a Escola de Le Play (IFCS/UFRJ). 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
BITTENCOURT, A. V.. Uma leitura genética de Populações meridionais do Brasil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
BITTENCOURT, A. V.. Ensaísmo e Estado-Nação: a questão regional em Oliveira Vianna e Paulo Prado (UFRJ). 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

20.
BITTENCOURT, A. V.. Região e nação: Oliveira Vianna e o debate dos anos 20 (UFRJ). 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
BITTENCOURT, A. V.. Uma 'Atlantic History' avant la lettre. Transculturações atlânticas e caribenhas em Fernando Ortiz. Rio de Janeiro: Revista Sociologia & Antropologia (PPGSA/UFRJ), 2015. (Tradução/Artigo).

2.
BITTENCOURT, A. V.. A agência dos mortos santificados nos cemitérios urbanos da Colômbia: o ritual, o narrado e o escrito. Rio de Janeiro: Revista Sociologia & Antropologia (PPGSA/UFRJ), 2015. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
BITTENCOURT, A. V.. Parecer Revista Sociologia & Antropologia. 2018.

2.
BITTENCOURT, A. V.. Parecer Revista Mediações. 2016.


Demais tipos de produção técnica
1.
BITTENCOURT, A. V.. Pesquisa Iconográfica para as 'Memórias' de Pedro Nava. 2012. (Pesquisa Iconográfica).

2.
BITTENCOURT, A. V.. O Estado-nação e seus impasses em perspectiva comparada: o problema da unidade nacional em Oliveira Vianna e Ortega y Gasset. 2008. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
FELGUEIRAS, C. L. T.; BITTENCOURT, A. V.; MIRANDA, N.; VELOSO, L. H. M.; CARVALHO, L. C.; VEIGA JÚNIOR, M. H.. Participação em banca de Juliana Barbosa Torres. Sennet: Trajetória acadêmica e conexões intelectuais. 2017. Tese (Doutorado em Sociologia e Direito) - Universidade Federal Fluminense.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
BITTENCOURT, A. V.; CARVALHO, L. C.; LIMA, M. R. P.. Concurso de seleção de monitores para o Departamento de Sociologia IFCS/UFRJ. 2016. Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Seminário dos Estudantes de Pós-Graduação em Ciências Sociais do Estado do Rio de Janeiro.GT de Pensamento Social Brasileiro - Debatedor. 2012. (Seminário).

2.
IV Seminário Nacional Sociologia & Política.GT de Pensamento Social no Brasil - Debatedor. 2012. (Seminário).

3.
Pensamento Social em Instituições do Rio de Janeiro.Mesa "Sentir e Pensar o Brasil" - Coordenador. 2012. (Seminário).

4.
Seminário interno do projeto temático Linhagens do Pensamento Político-Social Brasileiro.Nacional por subtração: Oliveira Vianna e o debate paulista dos anos 20. 2011. (Seminário).

5.
Workshop com Roger Chartier.Propostas para uma leitura genética de "Populações meridionais do Brasil". 2011. (Oficina).

6.
Seminário "Intelectuais e política: modos de usar".Diálogos transoceânicos: Oliveira Vianna e a Escola de Le Play. 2010. (Seminário).

7.
Workshop com Roger Chartier.Uma leitura genética de Populações meridionais do Brasil. 2010. (Oficina).

8.
33º Encontro Anual da ANPOCS. 2009. (Congresso).

9.
II Seminário do Projeto Temático "Linhagens do pensamento político-social brasileiro".Região e nação: Oliveira Vianna e o debate dos anos 20. 2009. (Seminário).

10.
XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. Crítica e consagração: a recepção de Populações meridionais do Brasil na década de 1920. 2009. (Congresso).

11.
31° Encontro Anual da ANPOCS. 2007. (Encontro).

12.
Encontro Intermediário do GT de Pensamento Social no Brasil da Anopocs. 2007. (Encontro).

13.
IV Seminário de Sociologia da Cultura e da Imagem (NUSC/PPGSA/UFRJ). 2007. (Seminário).

14.
XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. O Estado-nação e seus imapsses: o problema da unidade nacional em Oliveira Vianna e Ortega y Gasset. 2007. (Congresso).

15.
III Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. 2006. (Seminário).

16.
Laboratório de Análise Simbólica V (PPGSA/IFCS/UFRJ). 2006. (Outra).

17.
Simpósio Gilberto Freyre: produção, circulação e efeitos sociais de suas idéias. 2006. (Simpósio).

18.
II Semana Nacional de Ciência e Tecnologia/ MCT: "Ciência e desenvolvimento no Brasil: legado, desafios, perspectivas".. 2005. (Seminário).

19.
II Seminário de Sociologia da Cultura e da Imagem (NUSC/ PPGSA/ UFRJ). 2005. (Seminário).

20.
I Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (NUSC/ PPGSA ? IFCS-UFRJ/ GFT/ DCP/ CBPF-MCT). 2004. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BITTENCOURT, A. V.. Modernity and its Other: The Encounter with North American Indians in the Eighteen Century. 2018. (Outro).

2.
BITTENCOURT, A. V.; BOTELHO, A. ; VEIGA JÚNIOR, M. H. . Uma literatura nos trópicos 40 anos: dependência cultural e cosmopolitismo do pobre. 2018. (Outro).

3.
BITTENCOURT, A. V.; BOTELHO, A. P. ; CARVALHO, L. C. ; JOSIOWICZ, A. . 4º Seminário da Biblioteca Virtual do Pensamento Social. 2017. (Outro).

4.
BITTENCOURT, A. V.; BOTELHO, A. ; BRASIL JR., A. ; LIMA, N. V. T. ; MAIA, J. M. E . 2º Seminário de Pensamento Social em Instituições do Rio de Janeiro. 2013. (Outro).



Outras informações relevantes


Bolsa NOTA 10 concedida pela FAPERJ em virtude de ter sido aprovado em 1º lugar na Seleção de Mestrado de 2009 do Programa de Pós-Graduação em Sociologia & Antropologia (PPGSA) - UFRJ e de ter obtido conceito máximo em todas as disciplinas cursadas.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/10/2018 às 1:07:05