Helio Herminio Checon

Bolsista de Pós-doutorado Júnior do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4993316606047622
  • Última atualização do currículo em 07/12/2018


Possui graduação em Ecologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2010), mestrado em Ecologia pela Universidade Estadual de Campinas (2013) e doutorado em Ecologia pela Universidade Estadual de Campinas (2017). Trabalha com os efeitos da variabilidade ambiental sobre as assembleias da macro e meiofauna em ambientes costeiros, com enfoque atual para os impactos causados pela contaminação e demais atividades antrópicas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Helio Herminio Checon
Nome em citações bibliográficas
CHECON, H. H.;CHECON, HELIO H.;CHECON, HELIO HERMINIO;CHECON, HÉLIO H.


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2017
Doutorado em Ecologia.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Interações da macrofauna bentônica com o substrato não consolidado no sublitoral da Baía do Araçá (São Sebastião, SP), Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Antonia Cecília Zacagnini Amaral.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2011 - 2013
Mestrado em Ecologia.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Composição e estrutura da comunidade de Polychaeta da baía do Araçá, Município de São Sebastião, Litoral Norte de São Paulo,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Antonia Cecília Zacagnini Amaral.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2005 - 2010
Graduação em Ecologia.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Biologia populacional de Uca uruguayensis e Uca leptodactylus (Brachyura: Ocypodidae) em una área estuarina no litoral sul paulista.
Orientador: Tania Marcia Costa.


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Formação Complementar


2010 - 2010
O princípio da cooperação: eduacação e ecologia. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2010 - 2010
Processos de subjetivação: educação e ecologia. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2009 - 2009
A Carta da Terra: Desafios para a Ed. Ambiental. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Coleta Seletiva.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-Doutorando


Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Participante em projeto de pesquisa

Vínculo institucional

2013 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de Doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de Mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Estadual Paulista, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PROEX de Extensão, Carga horária: 8
Outras informações
Bolsista do Programa Coleta Seletiva


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Participante em projeto de pesquisa

Atividades

2006 - 2010
Extensão universitária , Instituto de Biociências de Rio Claro, .

Atividade de extensão realizada
Grupo de Educação Ambiental - Semente Viva.
03/2009 - 12/2009
Extensão universitária , Instituto de Geociências e Ciências Exatas de Rio Claro, .

Atividade de extensão realizada
Grupo de Coleta Seletiva.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Preserving sandy beaches: biodiversity, goods and services, and impacts on a neglected ecosystem
Descrição: Sandy beaches provide key ecosystem goods and services, such as shoreline protection and capture fisheries, and are essential for human populations around the world. Nevertheless, virtually all sandy beaches are threatened nowadays due to impacts of urbanization and climate change. These threats are expected to significantly, and perhaps irreversibly, impact the functioning and stability of sandy beach ecosystem, thereby compromising its supply of essential ecosystem goods and services. To successfully protect sandy beach ecosystem in the long term, conservation strategies should be based on sound scientific knowledge and include both ecological and social dimensions. The small number of studies done on sandy beaches (thus far the least studied coastal ecosystem), however, compromises a full understanding of this ecosystem. As a consequence, sandy beach management and conservation efforts consider mainly its social characteristics, disregarding fundamental ecological aspects such as functional biodiversity and provided ecosystem services. In this project, we aim to understand sandy beach ecosystems functioning and benefits provided by sandy beach biodiversity, considering physical and biological features and how they can be affected by anthropogenic impacts. We thereby expect to provide important information to be used in the development of effective conservation and management plans that can help protect sandy beach ecosystems..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2017
Interações da macrofauna bentônica com o substrato não consolidado no sublitoral da Baía do Araçá (São Sebastião, SP)
Descrição: Os ambientes costeiros sofrem grandes pressões decorrentes da atividade antrópica. Em virtude disso, a comunidade macrobentônica merece atenção especial, devido a sua importância para o ambiente de fundo não consolidado, e os possíveis impactos a que as espécies podem estar expostas. A ecologia dessa comunidade é alvo de vários estudos, entretanto, amostragens de sublitoral raso são poucas. A Baía do Araçá, localizada no Município de São Sebastião, Litoral Norte de São Paulo, é um sistema de grande riqueza de espécies, mas que sofre com impactos ambientais advindos da proximidade da cidade e do Porto de São Sebastião. O presente estudo objetiva caracterizar a estrutura espacial e variação temporal na distribuição das espécies e grupos tróficos no sublitoral da baía e adjacências, e a relação destes com as variáveis ambinetais, incluindo contaminantes orgânicos e metais. Paralelamente, a dieta das espécies de poliquetas será avaliada, por meio da análise do contéudo estomacal. Vinte estações foram posicionadas no sublitoral, e diferentes amostradores utilizados para coleta da macrofauna. As estações serão caracterizadas por uma gama de variáveis ambientais, e ordenadas em ACP, e a relação destas variáveis com a fauna será investigada por meio da análise de redundância (RDA). Os padrões espaciais e temporais na distribuição serão analisados por meio da análise de variância aninhada. Possíveis impactos de contaminação serão investigados pelo cálculo do índice AMBI. Espera-se que os resultados deste trabalho, como parte de um esforço multidisciplinar para a caracterização do Araçá, possam servir de subsídios para a manutenção e preservação desse sistema..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2017
Biodiversidade e Funcionamento de um Ecossistema Costeiro Subtropical: Subsídios para Gestão Integrada
Descrição: Este projeto tem como objetivo realizar uma pesquisa efetivamente integrada e orientada por esta demanda para entender como uma região costeira funciona em termos sistêmicos, considerando processos físicos, biológicos e sociais, como circulação, transporte de sedimentos, interações tróficas, fluxos de matéria e energia, produção e dinâmica pesqueira, entre outros temas. Adicionalmente, este estudo irá caracterizar os serviços ambientais prestados por este ambiente, incluindo os econômicos e não econômicos bem como os diretos e indiretos, com destaque para aqueles derivados da biodiversidade marinha, e avaliar a importância socioeconômica da região. Por fim, pretende elaborar, participativamente, propostas de ação visando a sustentabilidade da região. A obtenção e a análise desses dados de forma simultânea, por tipo de habitat, permitirá investigar essa região sob uma ótica integrada, ou seja, as questões relacionadas com o estado atual da área e sua importância ecológica, social, econômica e política, permitindo um diálogo entre ciência e tomadores de decisão. A complexidade do tema demanda, portanto, que o projeto seja estruturado em módulos de estudo: 1- Sistema Planctônico; 2- Sistema Nectônico; 3- Sistema Bentônico; 4- Sistema Manguezal; 5- Hidrodinâmica; 6- Dinâmica Sedimentar; 7- Interações Tróficas; 8- Diagnóstico Pesqueiro; 9- Identificação e Valoração dos Serviços Ecossistêmicos; 10- Gestão Integrada; e 11- Modelagem Ecológica. Esta proposta constitui-se ainda em uma iniciativa de integração de diferentes áreas do conhecimento, pesquisadores e instituições de ensino e pesquisa, estratégica para formação de recursos humanos, produção de conhecimento e ampliação da competência do Estado de São Paulo para estudos em biodiversidade, conservação e gestão marinha..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
Estrutura espacial, diversidade e densidade de Polychaeta na Baía do Araçá, São Sebastião, Litoral Norte do Estado de São Paulo
Descrição: A Baía do Araça, localizada no Litoral Norte do Estado de São Paulo, é um ambiente de alta diversidade biológica, onde está localizado um dos poucos remanescentes de manguezal da região. O local sofre com a pressão antrópica dos arredores, e com amaeça de aterramento para utilidade portuária. O presente estudo pretende analisar as comunidades de poliquetas ao longo da zona entremarés de Abril de 2011 a Março de 2012. Para tal, serão distríbuidas estações de coleta, espaçadas igualmente entre si, ao longo da área de estudo. Em cada estação, serão coletadas amostras tanto para avaliação da macrofauna, como para caracterização ambiental. As amostras serão triadas em peneiras de malha de 1,0mm e 0,3 mm, e os poliquetas encontrados serão identificados no nível mais espécífico possível. Para cada tipo de sedimento, será apresentada uma descrição da comunidade de Polychaeta, assim como calculada a riqueza, diversidade e equitatividade. A similaridade entre essas variáveis também será avaliada. As variações tanto espaciais como temporais da distribuição serão obtidas por meio de análise de variância (ANOVA). A relação da fauna com os parâmetros ambientais será avaliada, por meio de Análise de Correlação Canônica (CCA). A identificação de espécies de reconhecida função como indicador também será considerada para avaliação da qualidade ambiental..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - Atual
ReBentos - Rede de Monitoramento de Habitats Bentônicos Costeiros
Descrição: O objetivo geral é a criação e implementação de uma rede integrada de estudos dos habitats bentônicos do litoral brasileiro (ReBentos), vinculada à Sub-Rede Zonas Costeiras da Rede Clima (MCT) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Mudanças Climáticas (INCT-MC), para detectar os efeitos das mudanças ambientais regionais e globais sobre esses organismos, dando início a uma série histórica de dados sobre a biodiversidade bentônica ao longo da costa brasileira..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2010
Tamanho de Nicho e sobreposição no uso de recursos entre espécies de caranguejos viollinistas em uma área da manguezal fragmentada em Praia Grande, SP
Descrição: Os manguezais encontram-se entre os ecossistemas mais ameaçados pela ação humana, mesmo dada sua vital importância para as áreas costeiras. Os crustáceos do gênero Uca, popularmente conhecidos como caranguejos-violinistas ou chama-maré, são um dos grupos mais representativos da fauna que habita esse ambiente. O tamanho do nicho das espécies do gênero, e a sobreposição no uso de recursos entre elas, serão avaliados em uma área de manguezal fragmentada no litoral sul paulista, além da descrição da riqueza e a abundância relativa de cada espécie. A área de estudo será dividida em 3 subáreas com características estruturais distintas, onde serão analisados parâmetros abióticos como a granulometria, teor de matéria orgânica, umidade do sedimento, salinidade, temperatura e pH da água dentro das tocas, e do corpo de água mais próximo da área; para análise de todos esses parâmetros serão coletadas 5 amostras de sedimento e água em cada área e subárea. Os animais serão amostrados em duas coletas, fazendo-se o uso de quadrados de 1 m², com objetivo de amostrar 10 % do tamanho total da área por coleta. Em cada unidade amostral será contado o número de tocas; os caranguejos serão retirados, identificados, sexados, e mensurados quanto à largura de carapaça (LC, em mm). Com os dados dos fatores abióticos, as áreas serão separadas em diferentes recursos de habitats para o cálculo da amplitude e sobreposição de nicho. Uma análise de correlação canônica será efetuada para avaliar a importância relativa de cada fator na distribuição e abundância das espécies do gênero encontradas no local..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Helio Herminio Checon - Integrante / Tania Márcia Costa - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2009 - 2010
Biologia Populacional de Uca leptodactyla e Uca uruguayensis (Brachyura:Ocypodidae) em uma área estuarina no litoral sul paulista
Descrição: Os manguezais representam um dos ambientes mais importantes para o equilíbrio ecológico dos ecossistemas costeiros. Ambientes em geral de alta produtividade, fornecem aporte de nutrientes e proteção para fauna de outros ecossistemas, bem como protegem as linhas de costa da ação erosiva e de catástrofes naturais. Os crustáceos do gênero Uca compreendem um dos grupos mais característicos e importantes dos ambientes de manguezais. São caranguejos que apresentam marcante dimorfismo sexual, apresentando o macho um de seus quelípodos hipertrofiados. Uca leptodactyla e Uca uruguayensis são duas espécies de características morfológicas similares, encontradas com freqüência nos sistemas estuarinos do litoral paulista. O presente estudo tem por objetivo caracterizar a estrutura da população de ambas as espécies, e determinar, baseado nas diferenças de sedimento, a distribuição das mesmas, em uma área localizada as margens da desembocadura de um rio, no município de Praia Grande, litoral sul paulista. As amostragens de indivíduos serão realizadas mensalmente, pelo período de 1 ano. As amostragens serão feitas com o uso de um quadrado de 0,25 m². Para efeito de análise da distribuição, a área será dividida, de acordo com a granulometria do sedimento, sendo uma arenosa, e outra lodosa. Cada indivíduo amostrado será medido, diferenciado quanto ao sexo, e devolvido ao ambiente somente ao final de todas as amostragens, para evitar recaptura. Os dados obtidos serão analisados estatisticamente para verificar se existe diferença na proporção sexual, na preferência por sedimento, e no tamanho médio. O período reprodutivo será determinado pela presença de fêmeas ovígeras..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Helio Herminio Checon - Integrante / Tania Márcia Costa - Coordenador.


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: MARINE POLLUTION BULLETIN
2018 - Atual
Periódico: THALASSAS
2018 - Atual
Periódico: Zoologia
2017 - 2018
Periódico: Biodiversitas - Journal of Biological Diversity


Revisor de projeto de fomento


2018 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Biologia Marinha.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de macrobentos.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
2CHECON, HELIO H.2018 CHECON, HELIO H.; CORTE, GUILHERME N. ; MUNIZ, PABLO ; BRAUKO, KALINA M. ; DI DOMENICO, MAIKON ; BÍCEGO, MARCIA C. ; SIEGLE, EDUARDO ; FIGUEIRA, RUBENS C.L. ; AMARAL, A. CECÍLIA Z. . Unraveling the performance of the benthic index AMBI in a subtropical bay: The effects of data transformations and exclusion of low-reliability sites. MARINE POLLUTION BULLETIN, v. 126, p. 438-448, 2018.

2.
1CHECON, H. H.2018 CHECON, H. H.; CORTE, G. N. ; SHAH-ESMAEILI, Y. M. L. ; AMARAL, A. C. Z. . Nestedness patterns and the role of morphodynamics and spatial distance on sandy beach fauna: ecological hypotheses and conservation strategies. Scientific Reports, v. 8, p. 3759, 2018.

3.
10CORTE, GUILHERME N.2018CORTE, GUILHERME N. ; GONÇALVES-SOUZA, THIAGO ; CHECON, HELIO H. ; SIEGLE, EDUARDO ; COLEMAN, ROSS A. ; AMARAL, A. CECÍLIA Z. . When time affects space: Dispersal ability and extreme weather events determine metacommunity organization in marine sediments. MARINE ENVIRONMENTAL RESEARCH, v. 136, p. 139-152, 2018.

4.
CHECON, HELIO H.2018CHECON, HELIO H.; COSTA, TÂNIA M. . The importance of considering small-scale variability in macrobenthic distribution: spatial segregation between two fiddler crab species (genus Leptuca) (Decapoda, Ocypodidae). IHERINGIA. SÉRIE ZOOLOGIA (ONLINE), v. 108, p. ---, 2018.

5.
5CHECON, HELIO H.2018CHECON, HELIO H.; VIEIRA, DANILO C. ; CORTE, GUILHERME N. ; SOUSA, EDIUNETTY C.P.M. ; FONSECA, GUSTAVO ; AMARAL, A. CECILIA Z. . Defining soft bottom habitats and potential indicator species as tools for monitoring coastal systems: A case study in a subtropical bay. OCEAN & COASTAL MANAGEMENT, v. 164, p. 68-78, 2018.

6.
9CHECON, HELIO HERMINIO2017CHECON, HELIO HERMINIO; PARDO, ERICA VERONICA ; AMARAL, ANTONIA CECILIA ZACAGNINI . Breadth and composition of polychaete diets and the importance of diatoms to species and trophic guilds. HELGOLAND MARINE RESEARCH, v. 70, p. 19, 2017.

7.
8CHECON, HELIO HERMINIO2017CHECON, HELIO HERMINIO; COSTA, TÂNIA MARCIA . Fiddler crab (Crustacea: Ocypodidae) distribution and the relationship between habitat occupancy and mouth appendages. Marine Biology Research, v. -, p. 1-12, 2017.

8.
5CORTE, GUILHERME NASCIMENTO2017CORTE, GUILHERME NASCIMENTO ; CHECON, HELIO H. ; FONSECA, GUSTAVO ; VIEIRA, DANILO CÂNDIDO ; GALLUCCI, FABIANE ; DOMENICO, MAIKON DI ; AMARAL, A. CECÍLIA Z. . Cross-taxon congruence in benthic communities: Searching for surrogates in marine sediments. Ecological Indicators, v. 78, p. 173-182, 2017.

9.
7CORTE, GUILHERME N.2017CORTE, GUILHERME N. ; SCHLACHER, THOMAS A. ; CHECON, HELIO H. ; BARBOZA, CARLOS A.M. ; SIEGLE, EDUARDO ; COELMAN, ROSS A. ; AMARAL, ANTONIA CECÍLIA Z. . Storm effects on intertidal invertebrates: increased beta diversity of few individuals and species. PeerJ, v. 5, p. e3360, 2017.

10.
6GORMAN, DANIEL2017GORMAN, DANIEL ; CORTE, GUILHERME ; CHECON, HELIO HERMINIO ; AMARAL, A. CECILIA Z. ; TURRA, ALEXANDER . Optimizing coastal and marine spatial planning through the use of high-resolution benthic sensitivity models. ECOLOGICAL INDICATORS, v. 82, p. 23-31, 2017.

11.
11GARRAFFONI, ANDRÉ R. S.2017GARRAFFONI, ANDRÉ R. S. ; ALCÂNTARA, FABRÍCIO C. ; CHECON, HÉLIO H. . Evaluating the anesthetization and fixation efficacy of -soft- and -hard- freshwater benthic meiofauna: what is the best method for specimen preservation?. LIMNOLOGY, v. 18, p. 209-218, 2017.

12.
4CHECON, HELIO HERMINIO2017 CHECON, HELIO HERMINIO; CORTE, GUILHERME NASCIMENTO ; SILVA, CAMILA FERNANDA ; SCHAEFFER-NOVELLI, YARA ; AMARAL, ANTONIA CECÍLIA Z. . Mangrove vegetation decreases density but does not affect species richness and trophic structure of intertidal polychaete assemblages. HYDROBIOLOGIA, v. 795, p. 169-179, 2017.

13.
13CHECON, HELIO H.2016CHECON, HELIO H.; AMARAL, ANTONIA C. Z. . Taxonomic sufficiency and the influence of rare species on variation partitioning analysis of a polychaete community. Marine Ecology-An Evolutionary Perspective, v. 38, p. e12384, 2016.

14.
12ARA'JO, T. Q.2016ARA'JO, T. Q. ; CHECON, H. H. ; GARRAFFONI, A. R. S. . Alpha and beta diversity of freshwater meiofauna at different spatial scales in a Neotropical lotic system. MARINE AND FRESHWATER RESEARCH, v. 68, p. 538-548, 2016.

Capítulos de livros publicados
1.
AMARAL, A. C. Z. ; CORTE, G. N. ; CHECON, H. H. ; SILVA, C. F. ; CUNHA, B. P. ; GODOY, A. S. ; Vieira, D. C ; VILAS-BOAS, A. C. ; DI DOMENICO, M. ; GALLUCCI, F. ; FONSECA, G. ; SOUSA, E. C. P. M. ; ALMEIDA, C. S. ; GASPARRO, M. R. ; ZARONI, L. P. ; CATHARINO, M. G. M. ; LINS, C. ; OLIVEIRA, A. J. C. F. ; ZAMPIERI, B. B. ; PINTO, A. B. ; DOI, S. A. ; ANDRADE, V. C. . Sistema bentônico: substrato não-consolidado. In: A. Cecília Z. Amaral; Alexander Turra; Áurea M. Ciotti; Carmen R. Wongtschowski; Yara Schaeffer-Novelli. (Org.). Métodos de estudos em sistemas costeiros - biodiversidade e funcionamento. 1ed.Campinas: Biblioteca Unicamp, 2018, v. , p. 1-325.

2.
AMARAL, A. C. Z. ; CORTE, G. N. ; CHECON, H. H. ; DIAS, G. M. ; CHRISTOFOLETTI, R. ; FONSECA, G. ; DI DOMENICO, M. . A vida no fundo do mar. In: Antônia Cecília Zacagnini Amaral; Alexander Turra, Aurea Maria Ciotti, Carmen Lúcia Del Bianco Rossi Wongtschowski, Yara Schaeffer-Novelli. (Org.). Vida na Baía do Araçá. 1ed.São Paulo: Lume, 2015, v. 1, p. 46-59.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CHECON, HELIO H.; CORTE, GUILHERME ; SILVA, C. F. ; AMARAL, A. C. Z. . Polychaete composition on mangroves and adjacent sandflats on a subtropical bay. In: V Simposio Latinoamericano de Polychaeta,, 2018, Costa Rica. Resumos de Palestras, apresentações especiais e painéis institucionais, 2018.

2.
AMARAL, A. C. Z. ; CORTE, G. N. ; ROSA-FILHO, J. S. ; DENADAI, M. R. ; COLLING, L. A. ; ROCHA-BARREIRA, C. ; PETRACCO, M. ; MATTOS, G. ; ZALMON, I. R. ; CARDOSO, R. ; CHECON, H. H. ; Alexander Turra . Brazilian sandy beaches: characteristics, knowledge and priorities. In: VIII International Sandy Beach Symposium, 2018, Heraklion, Greece. Abstract Book of the VIII ISBS, 2018. p. 25.

3.
CHECON, H. H.; CORTE, GUILHERME N. ; SHAH-ESMAEILI, Y. M. L. ; AMARAL, A. C. Z. . Nestedness patterns and the role of environment and space on the sandy beach macrofauna. In: VIII International Sandy Beach Symposium, 2018, Heraklion, Greece. Abstract Book of the VIII ISBS, 2018. p. 5-5.

4.
AMARAL, A. C. Z. ; FONSECA, G. ; Vieira, D. C ; CHECON, HELIO H. ; CORTE, G. N. . Biodiversidade e habitats bentônicos da Baía do Araçá. In: III Workshop BIOTA/FAPESP - Araçá, 2016, 2016, São Paulo. Resumos de Palestras, apresentações especiais e painéis institucionais, 2016. v. VU. p. 37-37.

5.
CHECON, HELIO H.; CORTE, G. N. ; SILVA, C. F. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. ; AMARAL, A. C. Z. . Influência da vegetação de manguezal sobre a assembleia de poliquetas na Baía do Araçá. In: III Workshop BIOTA/FAPESP - Araçá, 2016, 2016, São Paulo. Resumos de Palestras, apresentações especiais e painéis institucionais, 2016. p. 40-40.

6.
CORTE, G. N. ; CHECON, HELIO H. ; Vieira, D. C ; FONSECA, G. ; GALLUCCI, F. ; AMARAL, A. C. Z. . Concordância entre macro e meiofauna bentônica: informações para estratégias de conservação e manejo. In: III Workshop BIOTA/FAPESP - Araçá, 2016, 2016, São Paulo. Resumos de Palestras, apresentações especiais e painéis institucionais, 2016. v. VU. p. 41-41.

7.
AMARAL, A. C. Z. ; CORTE, G. N. ; CHECON, H. H. ; SILVA, C. F. . Biodiversity and functioning of a subtropical soft bottom benthic system in Southeast Brazil. In: XIX Iberian Symposium on Marine Biology Studies, 2016, Portugal. Resumos de Palestras, apresentações especiais e painéis institucionais, 2016.

8.
CHECON, H. H.; SILVA, C. F. ; CORTE, G. N. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. ; AMARAL, A. C. Z. . Relationship between the biomass of mangrove roots and the density of the polychaete Capitella spp.. In: Mangrove and Macrobenthos Meeting 4, 2016, St. Augustine. Mangrove and Macrobenthos Meeting 4 - Abstract Book, 2016. p. 200.

9.
CHECON, H. H.; AMARAL, A. C. Z. . Distribuição batimétrica da macrofauna bentônica no sublitoral da Baía do Araçá e entorno, São Sebastião (SP). In: 5º Congresso Brasileiro de Biologia Marinha, 2015. Resumos de Palestras, apresentações especiais e painéis institucionais, 2015.

10.
AMARAL, A. C. Z. ; CORTE, G. N. ; CHECON, H. H. ; SILVA, C. F. ; PADOVANNI, N. O. ; LUCHETTI, R. ; DI DOMENICO, M. . Sistema bentônico: Diversidade da biota de fundos não consolidados da Baía do Araçá. In: XIX Simpósio de BIologia Marinha, 2015, São Sebastião. Caderno de Resumos do XIX Simpósio de Biologia Marinha, 2015. p. 15-15.

11.
CHECON, HELIO H.; AMARAL, A. C. Z. . Influência de espécies raras sobre a importância dos componentes espaciais e ambientais em comunidade de poliquetas. In: XIX Simpósio de BIologia Marinha, 2015, São Sebastião. Caderno de Resumos do XIX Simpósio de Biologia Marinha, 2015. p. 56-56.

12.
CHECON, H. H.; AMARAL, A. C. Z. . Macrofauna bentônica do sublitoral da Baía do Araçá e entorno. In: II Workshop Biota/Fapesp Araçá, 2014, São Paulo. Resumos II Workshop Biota Fapesp Araçá, 2014. p. 41.

13.
CHECON, H. H.; MACHADO, G. B. O. ; POSADA, N. J. B. . Distribuição de adultos e juvenis de Uca leptodactylus em relação à cobertura vegetal de Laguncularia racemosa. In: 4º Congresso Brasileiro de Biologia Marinha, 2013, Florianópolis. Anais do 4º Congresso Brasiliero de Biologia Marinha, 2013.

14.
CHECON, H. H.; AMARAL, A. C. Z. . Estrutura trófica de Polychaeta na Baía do Araçá, São Sebastião, Litoral Norte do Estado de São Paulo. In: 4º Congresso Brasileiro de Biologia Marinha, 2013, Florianópolis. Anais do 4º Congresso Brasiliero de Biologia Marinha, 2013.

15.
AMARAL, A. C. Z. ; GODOY, A. S. ; SILVA, C. F. ; GOMES, D. ; CORTE, G. N. ; CHECON, H. H. ; DI DOMENICO, M. ; DENADAI, M. R. ; PADOVANNI, N. O. ; DAOLIO, R. F. ; MURAYMA, R. K. ; FORRONI, T. O. ; DANIEL, V. . Biota-Araçá: Sistema bentônico, fundo não consolidado. In: XV Congreso Latinoamericano de Ciencias del Mar, 2013, Punta del Este. Anais XV Congreso Latinoamericano de Ciencias del Mar, 2013.

16.
CHECON, H. H.; AMARAL, A. C. Z. . Riqueza e distribuição de anelídeos poliquetas na Baía do Araçá (Canal de São Sebastião, SP). In: XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia, 2012, Salvador. Caderno de resumos do XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia, 2012. p. 254.

17.
CHECON, H. H.; CORTE, G. N. ; GODOY, A. S. ; VITALI, J. M. ; DAOLIO, R. F. ; SILVA, C. F. ; STEINER, T. M. ; AMARAL, A. C. Z. . Composição especifica de poliquetas bentônicos da Baía do Araçá, Litoral Norte do Estado de São Paulo. In: III Simpósio Latino-Americano de Poliquetas, 2012, Isla Margarita. Caderno de Resumos, 2012.

18.
CORTE, G. N. ; CHECON, H. H. ; SILVA, C. F. ; DENADAI, M. R. ; AMARAL, A. C. Z. . Estimates on sandy beaches communities using different size cores. In: VI International Sandy Beach Symposium, 2012, Port Elizabeth. Caderno de Resumos, 2012.

19.
CHECON, H. H.; COSTA, T. M. . Riqueza e densidade de espécies do gênero Uca (Brachyura: Ocypodidae) em um manguezal impactado no litoral sul paulista. In: VI Congresso Brasileiro sobre Crustáceos, 2010, Ilhéus. VI CBC, 2010. v. 1. p. 178-178.

20.
CHECON, H. H.; COSTA, T. M. . Distribuição espacial de Uca leptodactyla e Uca uruguayensis (Decapoda: Ocypodidae) em um manguezal do litoral sul de São Paulo. In: IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009. IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009.

Apresentações de Trabalho
1.
CHECON, H. H.. Ecologia do bentos - Curso Noções Sobre Oceanografia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
CHECON, H. H.; CORTE, G. N. ; SILVA, C. F. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. ; AMARAL, A. C. Z. . Influência da vegetação de manguezal sobre a assembleia de poliquetas na Baía do Araçá. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
AMARAL, A. C. Z. ; FONSECA, G. ; Vieira, D. C ; CHECON, H. H. ; CORTE, G. N. . Biodiversidade e habitats bentônicos da Baía do Araçá. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
CHECON, H. H.; AMARAL, A. C. Z. . Influência de espécies raras sobre a importância dos componentes espaciais e ambientais em comunidade de poliquetas. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
CHECON, H. H.; AMARAL, A. C. Z. . Relative importance of spatial and environmental components on polychaete distribution at Araçá Bay (Southeastern Brazil). 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
CHECON, H. H.; AMARAL, A. C. Z. . Macrofauna bentônica do sublitoral da Baía do Araçá e entorno. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
CHECON, H. H.; AMARAL, A. C. Z. . Estrutura trófica de Polycaheta na baía do Araçá, São Sebastião, Litoral Norte do Estado de São Paulo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
CHECON, H. H.; Machado, G.B.O ; POSADA, N. J. B. . Distribuição de adultos e juvenis de Uca leptodactylus (Brachyura: Ocypodidae) em relação à cobertura vegetal de Laguncularia racemosa. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
CHECON, H. H.; AMARAL, A. C. Z. . Riqueza e distribuição de anelídeos poliquetas na Baía do Araçá (Canal de São Sebastião). 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
CHECON, H. H.; CORTE, G. N. ; GODOY, A. S. ; VITALI, J. M. ; DAOLIO, R. F. ; STEINER, T. M. ; SILVA, C. F. ; AMARAL, A. C. Z. . Composição específica de poliquetas bentônicos da Baía do Araçá, Litoral Norte do Estado de São Paulo. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

11.
CHECON, H. H.; COSTA, T. M. . Riqueza e densidade de espécies do gênero Uca (Brachyura: Ocypodidae) em um manguezal impactado no litoral sul paulista. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
CHECON, H. H.; COSTA, T. M. . Distribuição espacial de Uca leptodatyla e Uca uruguayensis em uma área estuarina no litoral sul paulista. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
MACHADO-FILHO, H. ; TURRA, ALEXANDER ; TERTO, A. ; LIMA, A. ; CUTILLAS, E. ; CHIANCA, G. ; LOPES, L. ; LANG, M. ; LOMBARDO, M. ; DIEGUES, R. ; PEREIRA, V. V. ; CHECON, H. H. ; OTTONI, I. M. ; TORRES, L. G. ; XAVIER, L. Y. ; GUILHON, M. ; ANDRADE, M. M. ; RAGAGNIN, M. N. ; CORREA, M. R. ; OLIVEIRA, M. ; GRILLI, N. M. ; SANCHES, P. F. ; RECH, T. F. . Glossário de termos do Objetivo de Desenvolvimento Sustantável 14. 2018.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
COSTA, T. M. ; Machado, G.B.O ; CHECON, H. H. . Ecologia de Manguezais. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
COSTA, T. M. ; Machado, G.B.O ; GUIMARAES JUNIOR, J. B. L. ; CHECON, H. H. . Conservação dos estuários como ferramenta para conservação de espécies. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Qualificações de Doutorado
1.
AMARAL, A. C. Z.; CHECON, H. H.; OLIVEIRA, P. S.. Participação em banca de Ana Paula Ferreira. Mudanças climáticas globais e funcionamento dos ecossistemas. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ecologia) - Universidade Estadual de Campinas.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
DEGRANDE, F. R.; CHECON, H. H.; COSTA, T. M.. Participação em banca de Jonathann Yukio Arakaki.A expansão de território do caranguejo-chama-maré Leptuca cumulanta altera a distribuição do seu congênere Leptuca uruguayuensis?. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Habilitação em Biologia Marinha) - Universidade Estadual Paulista.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Workshop do Projeto BIOTA/FAPESP- Araçá.Influência da vegetação de manguezal sobre a assembleia de poliquetas na Baía do Araçá. 2016. (Encontro).

2.
5º Congresso Brasileiro de Biologia Marinha. Distribuição batimétrica da macrofauna bentônica no sublitoral da Baía do Araçá e entorno, São Sebastião (SP). 2015. (Congresso).

3.
VII International Symposium of Sandy Beaches.Relative importance of spatial and environmental components on polychaete distribution at Araçá Bay (southeastern Brazil). 2015. (Simpósio).

4.
XXIII Congresso de Iniciação Científica da Unicamp. Membro da comissão avaliadora de painéis. 2015. (Congresso).

5.
II Workshop do Biota/Fapesp Araçá.Macrofauna Bentônica do Sublitoral da Baía do Araçá e Entorno. 2014. (Outra).

6.
4º Congresso Brasileiro de Biologia Marinha. Estrutura trófica de Polychaeta na Baía do Araçá, São Sebastião, Litoral Norte do Estado de São Paulo. 2013. (Congresso).

7.
4º Congresso Brasileiro de Biologia Marinha. Distribuição de adultos e juvenis de Uca leptodactylus em relação à cobertura vegetal de Laguncularia racemosa. 2013. (Congresso).

8.
III Simpósio Latino-Americano de Poliquetas.Composição especifica de poliquetas bentônicos da Baía do Araçá, Litoral Norte do Estado de São Paulo. 2012. (Simpósio).

9.
I Workshop ReBentos GT Praias. 2012. (Outra).

10.
XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia. Riqueza e distribuição de poliquetas na Baía do Araçá (Canal de São Sebastião, SP). 2012. (Congresso).

11.
II Workshop Brasileiro de Mudanças Climáticas. 2011. (Outra).

12.
II Workshop da Rede de Monitoramento de Habitats Bentônicos Costeiros. 2011. (Outra).

13.
VI Congresso Brasileiro sobre Crustáceos. Riqueza e densidade de espécies do gênero Uca (Brachyura: Ocypodidae) em um manguezal impactado no litoral sul paulista. 2010. (Congresso).

14.
IX Congresso de Ecologia do Brasil. Distribuição espacial de Uca leptodatyla e Uca uruguayensis em uma área estuarina no litoral sul paulista. 2009. (Congresso).

15.
Eco-Seminários V. 2008. (Seminário).

16.
XVII Semana de Estudos da Ecologia. 2006. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Alexander Turra ; Silva, M.R. ; OHIRA, M. ; SEDINI, S. R. ; XAVIER, L. Y. ; RAGAGNIN, M. N. ; CHECON, H. H. ; ANDRADE, M. M. ; GRILLI, N. M. ; TORRES, L. G. ; CORTE, G. N. ; GUILHON, M. ; CORREA, M. R. ; OTTONI, I. M. ; SANCHES, P. F. ; OLIVEIRA, M. ; GERHARDINGER, L. . São Paulo School of Advanced Sciences - Oceans. 2018. (Outro).

2.
CHECON, H. H.; ALVES, R. S. ; TOKUMOTO, P. M. ; CAMPOS, P. ; ARANTES, P. B. . XX Semana de Estudos da Ecologia. 2009. (Outro).

3.
CHECON, H. H.; OLIVEIRA, J. S. ; REIS JR., J. C. F. ; BRAGA, D. R. ; SOUSA, M. L. ; PRADO, H. A. . XIX Semana de Estudos da Ecologia. 2008. (Outro).

4.
FREITAS, M. I. ; ALTENFELDER, C. ; CHECON, H. H. ; SILVEIRA, R. M. . Ciclo de Palestras. 2008. (Outro).

5.
CHECON, H. H.; SILVA, B. F. ; LIMA, M. M. ; TAMADA, I. S. . XVII Semana de Estudos da Ecologia. 2006. (Outro).



Outras informações relevantes


Bolsista PROEX de Extensão no Programa Coleta Seletiva (2009)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 20:37:15