William Zanete Bertolini

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0857056222898147
  • Última atualização do currículo em 01/02/2019


Possui graduação em Geografia (Bacharelado) pela Universidade Federal de Minas Gerais (2006). Mestrado em Geografia e Análise Ambiental pelo Instituto de Geociências da Universidade Federal de Minas Gerais. E doutorado em Ciências (Geografia Física) pela USP (2015). É professor adjunto na Universidade Federal da Fronteira Sul, campus Chapecó (SC). Tem experiência na área de Geografia Física com ênfase para os estudos geomorfológicos. Atua e tem interesse especial pelos seguintes temas: estudos interdisciplinares em geomorfologia e pedologia, teorias, métodos e ensino/aprendizagem de geociências, equilíbrio em sistemas geomorfológicos e planejamento ambiental. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
William Zanete Bertolini
Nome em citações bibliográficas
BERTOLINI, William Zanete;W.Z., BERTOLINI

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal da Fronteira Sul, Universidade Federal da Fronteira Sul, Campus Chapecó.
Rodovia SC 484, km 02
Fronteira Sul
89815899 - Chapecó, SC - Brasil
Telefone: (049) 20496524
URL da Homepage: www.uffs.edu.br


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2015
Doutorado em Geografia (Geografia Física).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A alta bacia do rio Piranga: estudo geomorfológico a propósito da condição de equilíbrio do relevo, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Prof. Drº Adilson Avansi de Abreu.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
2008 - 2010
Mestrado em Geografia.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: O ensino do relevo: noções e propostas para uma didática da geomorfologia,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Profª Drª Vilma Lúcia Macagnan Carvalho.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2006 interrompida
Graduação interrompida em 2007 em Geografia Licenciatura.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Ano de interrupção: 2007
2002 - 2006
Graduação em Geografia Bacharelado.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: A abordagem do relevo pela geografia: uma análise a partir dos livros didáticos.
Orientador: Profº Dr. Roberto Célio Valadão.




Formação Complementar


2018 - 2018
Sensoriamento remoto: aprendizagem continuada 2018/2. (Carga horária: 80h).
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
2012 - 2012
Datação por Luminescência Opticamente Estimulada. (Carga horária: 30h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2012 - 2012
Geomorfologia Tectônica. (Carga horária: 12h).
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, FFLCH-USP, Brasil.
2012 - 2012
Programa de Aperfeiçoamento de Ensino - PAE.
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, FFLCH-USP, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em Noções sobre Oceanografia. (Carga horária: 24h).
Instituto Oceanográfico da USP, IO-USP, Brasil.
2011 - 2011
Erosão e controle de sedimentos. (Carga horária: 20h).
Deflor Bioengenharia, DEFLOR, Brasil.
2011 - 2011
Hidrologia e hidrometria p/ preservação mananciais. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2008 - 2008
Geoindicadores para mapeamento e monitoramento. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2008 - 2008
Curso Avançado de Geomorfologia. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2004 - 2004
VIII Curso sobre Erosão e Controle de Sedimentos. (Carga horária: 10h).
Deflor Bioengenharia, DEFLOR, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal da Fronteira Sul, UFFS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto A, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2013 - Atual
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia dos Solos
Geologia Geral
Geomorfologia
Planejamento Ambiental
05/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Federal da Fronteira Sul, .

03/2013 - 07/2013
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia do Brasil
Estágio supervisionado e prática de ensino em geografia I
Trabalho de Conclusão de curso I

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2015
Vínculo: Doutorando, Enquadramento Funcional: Aluno


Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2010
Vínculo: Aluno, Enquadramento Funcional: Aluno, Carga horária: 0

Atividades

03/2009 - 06/2009
Estágios , Instituto de Geociências, Departamento de Geografia.

Estágio realizado
Estágio docente realizado na disciplina Geomorfologia e Educação Geográfica. Participação na elaboração do programa da disciplina então ministrada pela primeira vez pela profª Vilma Lúcia Macagnan Carvalho..
03/2008 - 06/2008
Estágios , Instituto de Geociências, Departamento de Geografia.

Estágio realizado
Estágio docente realizado junto à disciplina Geografia Física do Brasil ministrada pela professora Vilma L. Macagnan Carvalho na graduação em geografia.
8/2003 - 3/2004
Extensão universitária , Museu de História Natural, Jardim Botânico de Belo Horizonte.

Atividade de extensão realizada
Estágio como monitor do MHNJB-UFMG.

Bios Consultoria, BIOS, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Contratual, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

Atividades

2007 - 2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Bio Consultoria, .

Cargo ou função
Consultor na área de levantamento e avaliação de recursos naturais com ênfase para os estudos geomorfológicos e suas implicações em termos ambientais..


Linhas de pesquisa


1.
Dinâmicas naturais da paisagem
2.
Processos e formas em geomorfologia


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Reconstituição paleoambiental quaternária no alto vale do rio Uruguai ? oeste de Santa Catarina
Descrição: As coberturas superficiais constituem importante registro sedimentar que contém dados indicadores das condições ambientais atuais e pretéritas. Esta proposta de pesquisa tem como objeto de investigação as coberturas superficiais da Volta Grande, trecho do alto vale do rio Uruguai de grande importância devido à presença de sítios arqueológicos que atestam as primeiras ocupações humanas dessa área localizada no oeste de Santa Catarina, no limite com o Rio Grande do Sul. Este projeto está vinculado à pesquisa desenvolvida pela Missão Franco-Brasileira Sobre os Povoamentos Pré-históricos do Sul do Brasil, autorizada pelo IPHAN, processo n°01510.000926/2013-31, acordado por 24 meses a partir de 17/09/2013, renovado por 24 meses em 14/09/2015. O objetivo principal a que se propõe é o de investigar os indícios paleoambientais contidos nas coberturas superficiais e nos solos no trecho do vale do rio Uruguai conhecido como Volta Grande, em escala de vertente, com vistas a subsidiar a compreensão da estratigrafia e gênese dos depósitos e coberturas superficiais e do contexto paleoambiental junto aos sítios arqueológicos aí existentes. Tal projeto procura aliar os conhecimentos do Quaternário aos estudos arqueológicos como meio de compreender o contexto paleoambiental que serviu de base à ocupação dessa porção do território catarinense pelas primeiras populações humanas que aí habitaram. Metodologicamente, baseia-se na datação por C14 e LOE, descrição morfológica de perfis pedológicos, análises granulométricas, micromorfológicas, morfoscópicas e geoquímicas dos sedimentos levando-se em conta o contexto pedogeomorfológico, geológico, climático e fluvial desse trecho do vale do rio Uruguai..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: William Zanete Bertolini - Coordenador / Sandra Cristina Deodoro - Integrante / Pedro Germano Murara - Integrante / Gisele Leite de Lima - Integrante / Mirian Carbonera - Integrante / Antoine Lourdeau - Integrante / Luis Felipe Soares Cherem - Integrante / Andrey Luis Binda - Integrante / Vitor Scartazzini Bocalon - Integrante / Marcos César Pereira Santos - Integrante / Ivan Luis Kirchner Eidt - Integrante / Gerson Junior Naibo - Integrante / Ademar Graeff - Integrante / Neimar Boettcher - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2
2016 - 2018
Observatório geográfico da Fronteira Sul: construindo e compartilhando experiências para democratização do acesso às informações regionais
Descrição: A falta de dados e informações transformadas em conhecimentos, facilmente acessíveis e uniformizadas segundo o aspecto da escala se constitui em um dos grandes entraves para o avanço de estudos e pesquisas regionais. Muitos dados existentes encontram-se dispersos e com escalas desconexas, dificultando o avanço do (re)conhecimento das regiões e uma adequada inserção da academia como auxiliar e, por vezes, prestadora de serviços, em âmbito regional. A consorciação de dados e informações em escalas diferentes relacionados a um determinado espaço é uma tarefa importante e demanda sua adequada organização. Dado esse argumento, o presente projeto propõe a criação de uma plataforma de fácil acesso que disponibilize dados, informações, indicadores e resultados de pesquisas acadêmicas e científicas de cunho socioambiental para o (re)conhecimento da região da Fronteira Sul e suas interfaces com o desenvolvimento regional. Como proposta-piloto os referenciais espaciais serão os municípios de Chapecó/SC e Erechim/RS. A metodologia de pesquisa será pautada em reuniões de trabalho; coleta, sistematização, análise e síntese de dados, informações geográficas e mapeamentos; organização de materiais, produções científicas e acadêmicas e textos; exposições temáticas e ciclos de debates para a formação de uma rede de pesquisadores e agentes atuantes na reflexão-ação acerca da região da Fronteira Sul. Como produto esperado, para além das pesquisas e sínteses e formação da rede, a organização de um banco de informações consolidado por meio de uma plataforma denominada Observatório Geográfico da Fronteira Sul que se constitua em uma ferramenta democrática, disponível e acessível para a pesquisa geográfica; isto é o que se preconiza neste projeto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .

Integrantes: William Zanete Bertolini - Coordenador / Gisele Leite de Lima - Integrante / Cristina Otsuschi - Integrante / Robson Paim - Integrante / Juçara Spinelli - Integrante / Pedro Germano dos S. Murara - Integrante / Jane Kelly Friestino de Oliveira - Integrante / Everton de Moraes Kozenieski - Integrante / Lucas Azeredo Rodrigues - Integrante.
Financiador(es): Universidade Federal da Fronteira Sul - Auxílio financeiro.
2015 - 2017
Estudo pedogeomorfológico no vale do rio Uruguai em Águas de Chapecó (SC): subsídios à reconstituição paleoambiental quaternária
Descrição: Este projeto insere-se no âmbito do projeto de pesquisa arqueológica sobre os Primeiros Povoamentos do Alto Rio Uruguai (SC/RS), autorizado pela Portaria do IPHAN nº 43 de 16 de setembro de 2013. O objetivo principal é investigar os indícios pedoestratigráficos e geomorfológicos em escala de vertente com vistas a subsidiar a compreensão da estratigrafia e gênese dos depósitos e coberturas superficiais e do contexto paleoambiental pleiostocênico/holocênico junto aos sítios arqueológicos no vale do rio Uruguai no trecho conhecido como Volta Grande, nos municípios de Alpestre (RS) e Águas de Chapecó (SC). Tal estudo procura aliar os conhecimentos arqueológicos e geocientíficos da área de estudo para construir subsídios à compreensão do cenário paleoambiental em que se desenvolveram as primeiras populações dessa área do oeste catarinense. Metodologicamente, a pesquisa baseia-se na descrição morfológica de perfis pedológicos, em análises granulométricas e morfoscópicas dos sedimentos que compõem os solos e as coberturas superficiais e na análise dos processos e materiais do ponto de vista do trabalho fluvial na paisagem do vale do rio Uruguai na Volta Grande..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .

Integrantes: William Zanete Bertolini - Coordenador / Mirian Carbonera - Integrante / Antoine Lourdeau - Integrante / Gisele Leite de Lima - Integrante / Gerson Junior Naibo - Integrante / Ademar Graeff - Integrante / Neimar Boettcher - Integrante / Isael Machado da Costa - Integrante / Marcos Cesar Pereira dos Santos - Integrante / João Camargo Krames - Integrante.

Número de produções C, T & A: 2
2011 - 2015
A alta bacia do rio Piranga (MG): estudo geomorfológico a propósito da condição de equilíbrio do relevo
Descrição: A noção de equilíbrio aplicada ao relevo foi alvo de várias discussões ao longo da edificação do pensamento geomorfológico. Vários autores trataram de ideias a ela relacionada e este se tornou um conceito de grande influência sobre o desenvolvimento da ciência geomorfológica. Apesar das várias nuances associadas ao conceito do ponto de vista geomorfológico, o equilíbrio do relevo admite que haja um comportamento balanceado entre os fluxos de matéria e energia que perpassam por entre os materiais, processos morfogenéticos e formas que constituem o relevo. Baseado na concepção de equilíbrio dinâmico como tentativa de explicar a paisagem da alta bacia do rio Piranga em termos das relações entre formas e processos geomorfológicos o objetivo deste estudo foi o de avaliar se o relevo dessa área planáltica, na região centro-sul de Minas Gerais, área de nascente de uma das grandes bacias hidrográficas da região sudeste do Brasil ? a do rio Doce ? apresenta condições morfodinâmicas que permitem caracterizá-lo como em estado de equilíbrio. Para isso foram consideradas análises morfométricas, pedológicas, geoquímicas das águas fluviais e da organização da rede de drenagem numa perspectiva multiescalar contemplando desde a compartimentação regional do relevo até os processos de vertente. Por meio dessas análises verificou-se que as condições dos materiais, processos e formas associados ao relevo, às coberturas pedológicas e à rede de drenagem verificadas no alto rio Piranga reúnem indícios condizentes com uma situação geomorfológica de desequilíbrio morfodinâmico recente e em vigência. Situação desencadeada sobretudo pelo processo de captura fluvial do alto rio Piranga, os resultados morfométricos obtidos são condizentes também com a influência de uma neotectônica regional. O desnivelamento do manto de intemperismo representado sobretudo pela proximidade diferenciada à superfície dos horizontes C de muitos perfis pedológicos, tanto no alto quanto no baixo planalto, é apontado como indicativo de um processo de rejuvenescimento dos solos proporcionado pelas atuais condições morfogenéticas preponderantes às pedogenéticas. A falta de correlação dos gradientes fluviais de canais de 3ª ordem com os declives médios das vertentes demonstra um desajuste entre os processos de vertente e a incisão dos canais. O índice de Hack calculado para estes mesmos canais permite concluir sobre uma franca incisão desses canais nos seus trechos de médio curso. As taxas de desnudação geoquímica anual do relevo, baseadas na carga fluvial dissolvida e variando de 3,46 a 7,91 t/km2.ano, não demonstraram um padrão espacial que se possa associar a um determinado comportamento morfodinâmico relacionado à compartimentação morfológica do alto rio Piranga, por exemplo. A análise do manto de alteração associada a outros fatores em termos da evolução regional do relevo permite indicar com base nessas observações pelos menos duas fases morfogenéticas que estão bem marcadas na paisagem do alto rio Piranga. Uma mais antiga quando se desenvolveram as stone lines provavelmente associada a um soerguimento tectônico proeminente e outra mais recente e atual que se refere ao desequilíbrio geomorfológico em vigência. Por todos estes resultados conclui-se que o desequilíbrio também é uma condição natural nas terras altas da alta bacia do rio Piranga, decorrente de histórias geomorfológicas distintas unificadas a partir da captura do alto rio Piranga..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .

Integrantes: William Zanete Bertolini - Coordenador / Adilson Avansi de Abreu - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3
2008 - 2010
O ensino do relevo no contexto da educação científica e geográfica
Descrição: Este projeto tem como objeto de estudo o conhecimento do relevo na perspectiva do seu processo de ensino/aprendizagem em meio à geografia escolar. Tendo em vista que a organização e estruturação do conhecimento constituem-se em fatores fundamentais para a explicação e compreensão dos conteúdos, o principal objetivo desta pesquisa é apresentar propostas de abordagem do relevo aplicadas ao ensino deste conteúdo. Indiretamente, pode ser apontado como objetivo secundário a formação docente. Entretanto, ressalta-se que não se trata, em princípio, de simplesmente oferecer aos professores materiais para o ensino do relevo, mas, também e mais importante, de refletir sobre quais conhecimentos devem ser mobilizados ao se abordar o conhecimento do relevo tanto a partir da realidade e do contexto nos quais estão inseridos os alunos, quanto à luz dos conhecimentos geocientíficos. Dando-se conta de algumas conclusões apontadas em estudos nacionais e internacionais a respeito das dificuldades enfrentadas por professores e alunos com relação ao tratamento e construção do conhecimento em geociências, julga-se que esta pesquisa encontra respaldo não somente em função de uma demanda ainda pouco abordada pelas geociências no Brasil, mas, também, pela importância de um adequado conhecimento desse saber em virtude de sua aplicação no planejamento ambiental. Para alcançar o objetivo explicitado, a pesquisa visa analisar, discutir, aplicar e correlacionar a natureza conceitual do conhecimento geomorfológico no que se refere às suas formas, processos e condicionantes genéticos às noções necessárias que tanto alunos quanto professores devem ter para compreenderem, adequadamente, os conteúdos didáticos referentes ao relevo. Para viabilizar a construção dessas propostas foram delineadas as seguintes etapas metodológicas de subsídio à pesquisa: (i) revisão de literatura a respeito da formação dos conceitos científicos e sua importância no ensino do relevo; (ii) identificar as orientações dos PC.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: William Zanete Bertolini - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2
2005 - 2006
A abordagem do relevo pela geografia: uma análise a partir dos livros didáticos (monografia)
Descrição: O conhecimento do relevo é demandado não só pela necessidade de locomoção e ocupação do espaço pelos seres humanos, mas também para a compreensão paisagística em termos geográficos. Seu entendimento passa pela compreensão da paisagem como um todo (ROSS, 1990) e através do seu estudo é possível perceber em que medida outros aspectos naturais - tais como o solo, o clima, a hidrografia e a vegetação - se inter-relacionam na esculturação das diferentes formas da superfície terrestre e o que essas inter-relações acarretam à vida humana. No intuito de ser uma contribuição ao ensino de geomorfologia este trabalho analisa o conteúdo referente ao relevo nos livros didáticos de geografia aprovados pelo PNLD 2005..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: William Zanete Bertolini - Coordenador / Roberto Celio Valadão - Integrante.

Número de produções C, T & A: 1


Revisor de periódico


2013 - Atual
Periódico: Terrae Didatica (Impresso)
2017 - Atual
Periódico: Geociências (UNESP. Impresso)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Física/Especialidade: Geomorfologia.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geociências.


Idiomas


Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BERTOLINI, William Zanete2019BERTOLINI, William Zanete; DEODORO, SANDRA CRISTINA ; BOETTCHER, NEIMAR . ANÁLISE MORFOMÉTRICA DA BACIA DO RIO BARRA GRANDE - OESTE DE SANTA CATARINA. REVISTA BRASILEIRA DE GEOMORFOLOGIA, v. 20, p. 3-17, 2019.

2.
W.Z., BERTOLINI2018W.Z., BERTOLINI; DEODORO, Sandra. C. . Estudo da dissecação do relevo no alto rio Piranga (MG). GEOCIÊNCIAS (SÃO PAULO. ONLINE), v. 37, p. 183-192, 2018.

3.
W.Z., BERTOLINI2016W.Z., BERTOLINI; I.M., COSTA ; G.L., LIMA . Morphoscopy and Morphology of Pedological Coverage at the Margins of Uruguai River, West of Santa Catarina State. Anuário do Instituto de Geociências (Online), v. 39, p. 71-78, 2016.

4.
W.Z., BERTOLINI2016W.Z., BERTOLINI; CHEREM, L. F. S. . Relação entre o relevo e a rede de drenagem na análise da condição de equilíbrio no alto rio Piranga. GEOGRAFIAS (UFMG), v. 12, p. 102-118, 2016.

5.
Cherem, Luis Felipe Soares2014Cherem, Luis Felipe Soares ; VARAJAO, C. A. C. ; MAGALHÃES Jr, Antônio Pereira ; VARAJÃO, A. F. D. C. ; SALGADO, A. A. R. ; OLIVEIRA, L. A. F. ; BERTOLINI, William Zanete . O papel das capturas fluviais na morfodinâmica das bordas interplanálticas do sudeste do Brasil. REVISTA BRASILEIRA DE GEOMORFOLOGIA, v. 14, p. 299-308, 2014.

6.
BERTOLINI, William Zanete;W.Z., BERTOLINI2012BERTOLINI, William Zanete. O conceito de equilíbrio em geomorfologia: perspectivas teóricas e metodológicas para sua avaliação. Ravista Geonorte, v. 3, p. 33-45, 2012.

7.
BERTOLINI, William Zanete;W.Z., BERTOLINI2012BERTOLINI, William Zanete. CONSTRUINDO O RELEVO TERRESTRE: OS PRIMÓRDIOS DA GEOMORFOLOGIA NAS OBRAS DE BURNET, BUFFON E HUTTON. Revista do Departamento de Geografia, p. 80-91, 2012.

8.
BERTOLINI, William Zanete;W.Z., BERTOLINI2010BERTOLINI, William Zanete; CARVALHO, Vilma L. Macagnan . Abordagem da escala espacial no ensino-aprendizagem do relevo.. Terrae Didatica (Impresso), v. 6, p. 58-66, 2010.

9.
BERTOLINI, William Zanete;W.Z., BERTOLINI2009BERTOLINI, William Zanete; VALADÃO, Roberto Celio . A abordagem do relevo pela Geografia: uma análise a partir dos livros didáticos. TERRAE DIDATICA (IMPRESSO), v. 5, p. 27-41, 2009.

10.
MACEDO, Diego Rodrigues2008MACEDO, Diego Rodrigues ; BERTOLINI, William Zanete . Abordagem conceitual-metodológica na definição de Unidades de Paisagem (UPs) para o município de Aimorés/MG: contribuições da geomorfologia para o planejamento ambiental. Geografias (UFMG), v. 4, p. 41-53, 2008.

Capítulos de livros publicados
1.
BERTOLINI, William Zanete; Naibo, Gerson Junior ; Graeff, Ademar . Análise morfoscópica das areias da Volta Grande no rio Uruguai SC/RS. Os Desafios da Geografia Física na Fronteira do Conhecimento. 1ed.: INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS - UNICAMP, 2017, v. , p. 4318-4328.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GRAEFF, A. ; Naibo, Gerson Junior ; BOETTCHER, N. ; BERTOLINI, William Zanete . Análise comparativa entre modos de dispersão da fração argila em solos da planície do Rio Uruguai. In: XII Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo, 2018, Xanxerê. Anais da XII Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo, 2018.

2.
FURLAN, A. R. ; W.Z., BERTOLINI ; MURARA, P. G. S. . Risco e vulnerabilidade socioambiental: abordagem sobre a apropriação do espaço urbano de Erechim - RS. In: XVIII Encontro Nacional de Geógrafos, 2016, São Luís. Anais do XVIII Encontro Nacional de Geógrafos, 2016.

3.
BERTOLINI, William Zanete. Reflexões para uma didática da Geomorfologia. In: V Simpósio Nacional de Ensino e História de Ciências da Terra, 2011, Nova Friburgo. Anais do V Simpósio Nacional de Ensino e História de Ciências da Terra, 2011.

4.
BERTOLINI, William Zanete; CARVALHO, V. L. M. . A compreensão da escala espacial no ensino-aprendizagem do relevo: contribuição metodológica a partir do relevo de Belo Horizonte.. In: II Simpósio de Pesquisa em Ensino e História das Ciências da Terra, 2009, São Paulo. Anais do II Simpósio de Pesquisa em Ensino e História das Ciências da Terra, 2009.

5.
BERTOLINI, William Zanete. O Significado da Dimensão Temporal para a Análise Geomorfológica: Contribuições a Partir das Teorias do Ciclo de Erosão e do Equilíbrio Dinâmico. In: VII Simpósio Nacional de Geomorfologia, 2008, Belo Horizonte. Anais do II Encontro Latino Americano de Geomorfologia e VII Simpósio Nacional de Geomorfologia, 2008.

6.
ÁVILA, Frederico F. ; BERTOLINI, William Zanete ; FONSECA, B. M. ; FLEURY, F. R. ; BASTOS, C. S. S. ; ALBINO, A. L. R. ; ROCHA, L. C. ; CARVALHO, V. L. M. ; SALA, M. E. . Análise bidimensional da cobertura pedológica: Córrego dos Pereiras - Depressão de Gouveia (MG). In: VII SINAGEO e II Encontro Latino-Americano de Geomorfologia, 2008, Belo Horizonte. Anais do VII SINAGEO e II Encontro Latino-Americano de Geomorfologia - Dinâmica e diversidade de paisagens, 2008. p. 1-15.

7.
BERTOLINI, William Zanete; MACEDO, Diego Rodrigues . Utilização de imagens SRTM na delimitação de unidades de relevo para o município de Aimorés (MG): uma abordagem metodológica. In: XXIII Congresso Brasileiro de Cartografia/ I Congresso Brasileiro de Geoprocessamento, 2007, Rio de Janeiro. XXIII Congresso Brasileiro de Cartografia I Congresso Brasileiro de Geoprocessamento, 2007. v. 1. p. 1066-1072.

8.
BERTOLINI, William Zanete; CHEREM, Luis Felipe S ; RAMOS, Vladimir D. V. ; MAGALHÃES JÚNIOR, A.P . Análise comparativa entre a realidade a legalidade da ocupação do espaço urbano de Belo Horizonte - MG: o caso da microbacia do córrego Jatobá. In: XI Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2005, São Paulo. Anais do XI Simpósio de Geografia Física Aplicada, 2005. p. 66-78.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
LOURDEAU, A. ; SANTOS, M. C. P. ; CARBONERA, M. ; MARCIANI, G. ; W.Z., BERTOLINI ; SCHUSTER, A. ; HERBERTS, A. L. ; ROSINA, P. ; PAVEI, D. ; HOELTZ, S. ; LIMA, Gisele. L. ; VIANA, S. ; FOUCHER, C. ; FONTUGNE, M. ; BETARELLO, J. ; COSTA, A. ; HATTE, C. ; KUCZKOVSKI, F. ; LUCAS, L. O. E. ; CAMPOS, J. . Povoamento antigo do alto rio Uruguai: novos dados da região de Foz do Chapecó (Santa Catarina e Rio Grande do Sul). In: III CONGRESSO INTERNACIONAL DE ARQUEOLOGIA DA BACIA DO PRATA, 2018, São Leopoldo, RS. Anais do III Congresso Internacional de Arqueologia da Bacia do Prata, 2018. p. 14-14.

2.
BERTOLINI, William Zanete; ANACLETO, Eugenia Maria . O Pensamento Complexo na Geografia. In: II Seminário Novos Paradigmas e Educação FAE/UFMG, 2007, Belo Horizonte. II Seminário Novos Paradigmas e Educação, FAE/UFMG, 2007.

3.
BERTOLINI, William Zanete. A abordagem do relevo pela geografia: uma análise a partir dos livros didáticos. In: VI Simpósio Nacional de Geomorfologia, 2006, Goiânia. Anais do VI Simpósio Nacional de Geomorfologia, 2006.

Apresentações de Trabalho
1.
BERTOLINI, William Zanete. A condição de equilíbrio em sistemas geomorfológicos tropicais úmidos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
BERTOLINI, William Zanete. O conceito de equilíbrio em geomorfologia: perspectivas teóricas e metodológicas para sua avaliação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
BERTOLINI, William Zanete. O Significado da Dimensão Temporal para a Análise Geomorfológica: contribuições a partir das Teorias do Ciclo de Erosão e do Equilíbrio Dinâmico. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
BERTOLINI, William Zanete; ANACLETO, Eugenia Maria . O Pensamento Complexo na Geografia. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
BERTOLINI, William Zanete. A crença no Dilúvio: campo e teoria na evolução da paisagem antes da geomorfologia, 2017. (Tradução/Artigo).

2.
BERTOLINI, William Zanete. A noção de ciclo em geomorfologia. Campinas, 2012. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
BERTOLINI, William Zanete; OLIVEIRA, Mara R. de. . Levantamento e diagnóstico das características do meio físico do município de Luminárias (MG) para a elaboração do seu Plano Diretor Participativo Municipal. 2013.

2.
OLIVEIRA, Mara R. de. ; BERTOLINI, William Zanete . Diagnóstico e risco geológico-geotécnico para implantação de condomínio residencial Mirante do Ibituruna - Montes Claros (MG). 2012.

3.
BERTOLINI, William Zanete; OLIVEIRA, Mara R. de. . Estudo de Impacto Ambiental do Contorno Norte do Aeroporto de Confins (MG) - Trecho MG-010 a MG-424. 2010.

4.
BERTOLINI, William Zanete; MACEDO, Diego Rodrigues ; DEODORO, Sandra. C. ; COSTA, Maria de Lujan S. de Carvalho . Análise da fragilidade ambiental do município de Resplendor (MG) para o Plano Diretor Participativo Municipal. 2010.

5.
BERTOLINI, William Zanete. Diagnóstico do Meio Físico para elaboração do Relatório Ambiental Simplificado - RAS - da Ambev Filial Pernambuco Itapissuma-PE. 2010.

6.
BERTOLINI, William Zanete. Diagnóstico geomorfológico e pedológico para elaboração do EIA (Estudo de Impacto Ambiental) da Mina da Bota - Prudente de Morais, MG. 2010.

7.
BERTOLINI, William Zanete; COSTA, Maria de Lujan S. de Carvalho ; OLIVEIRA, Mara R. de. ; DEODORO, Sandra. C. . Estudos do meio físico para revisão do Plano Ambiental de Conservação e Uso do Entorno do Reservatório Artificial da UHE Funil. 2010.

8.
BERTOLINI, William Zanete; COSTA, Maria de Lujan S. de Carvalho ; MACEDO, Diego Rodrigues ; OLIVEIRA, Mara R. de. . Diagnóstico do Meio Físico e da Fragilidade Ambiental para o Plano Ambiental de Uso e Conservação do Entorno do Reservatório Artificial da UHE Baguari (MG). 2009.

9.
BERTOLINI, William Zanete; MACEDO, Diego Rodrigues . Reavaliação do sítio urbano de Sabará (MG) com vistas à atualização de diretrizes do Plano Diretor Municipal. 2009.

10.
BERTOLINI, William Zanete; OLIVEIRA, Mara R. de. . Avaliação de microbacia de drenagem junto à Serra do Curral - Município de Sabará (MG). 2009.

11.
BERTOLINI, William Zanete; OLIVEIRA, Mara R. de. ; FLEURY, F. R. . Estudo e Relatório de Impacto Ambiental da UHE Travessão (MG). 2009.

12.
BERTOLINI, William Zanete; COSTA, Maria de Lujan S. de Carvalho ; MACEDO, Diego Rodrigues . Monitoramento das Encostas e Taludes Marginais ao Reservatório Hidrelétrico de Aimorés - Usina Eliezer Batista. 2008.

13.
BERTOLINI, William Zanete; MACEDO, Diego Rodrigues . Levantamento e caracterização do meio físico do município de Aimorés (MG) para o Plano Diretor Participativo municipal. 2007.

14.
MOREIRA, Adir ; CAMBRAIA, Maria Aparecida S. de Carvalho ; ALVIM, Andrea de Carvalho ; BERTOLINI, William Zanete ; MACEDO, Diego Rodrigues ; COSTA, Maria de Lujan S. de Carvalho . Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) Parque Residencial Vivendas - Lagoa Santa/MG. 2007.

15.
BERTOLINI, William Zanete; MACEDO, Diego Rodrigues . Levantamento e Avaliação do Meio Físico para o Loteamento Mocambeiro, Matozinhos/MG. 2006.

16.
BERTOLINI, William Zanete; GOMES, Fernanda Silva . Levantamento e avaliação paisagística e territorial do município de Lagoa Santa (MG): proposições para o Plano Diretor Participativo Municipal. 2006.

17.
BERTOLINI, William Zanete; GOMES, Fernanda Silva . Levantamento Físico-Territorial do Município de Raul Soares/MG. Contribuição para elaboração do Plano Diretor Municipal. 2006.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
BERTOLINI, William Zanete. O ensino do relevo no contexto da educação científica e geográfica (Palestra). 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
BERTOLINI, William Zanete. Processos Erosivos e Qualidade Ambiental (Palestra). 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
BEZERRA, J. P. P.; PRINA, B. Z.; W.Z., BERTOLINI. Participação em banca de Elaine Marta Krempacki.Planejamento ambiental de bacias hidrográficas: uma análise do alto curso da bacia hidrográfica do rio Suzana. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal da Fronteira Sul.

2.
LIMA, G. L.; OTSUSCHI, C.; BERTOLINI, William Zanete. Participação em banca de Gabriel Kreuz.Processos erosivos gerados após a instalação de grande grandes objetos técnicos: uma abordagem sobre a UHE Foz do Chapecó. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal da Fronteira Sul.

3.
VUELMA, A.; BERTO, J.; BERTOLINI, William Zanete. Participação em banca de Matheus Kochemborger.Relação entre a precipitação e a movimentação sedimentar no rio Primeiro de Janeiro, Romelândia/SC no período de outubro de 2014 a agosto de 2015. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal da Fronteira Sul.

4.
ANDREIS, Adriana M.; SIMÕES, Willian; BERTOLINI, William Zanete. Participação em banca de Elaiz Mensch Buffon.Multidimensionalidades do uso do jornal impresso na educação geográfica: entre as informações climáticas e a construção de conhecimentos geográficos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal da Fronteira Sul.

5.
LIMA, Gisele L. de.; MURARA, Pedro G.; BERTOLINI, William Zanete. Participação em banca de Bruno de Mattos Casaca.Percepções da natureza da população na zona de amortecimento da Floresta Nacional (FLONA) de Chapecó. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal da Fronteira Sul.

6.
LIMA, Gisele L. de.; GONÇALVES, Márcio; BERTOLINI, William Zanete. Participação em banca de Luciane S. Spezia.Resíduos sólidos urbanos domiciliares na cidade de Chapecó: uma leitura da realidade a partir da Política Nacional de Resíduos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal da Fronteira Sul.

7.
OTSUSCHI, C.; BERTOLINI, William Zanete; LIMA, G. L.. Participação em banca de Maria Neusa Castaman.Lajeado Passo dos Índios em Chapecó/SC: qualidade da água e uso do solo nas áreas de nascentes. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal da Fronteira Sul.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VII Seminário Latino-Americano e III Seminário Íbero-Americano de Geografia Física.O conceito de equilíbrio em geomorfologia: perspectivas teóricas e metológicas para sua avaliação. 2012. (Seminário).

2.
V Seminário de Pesquisa em Geografia Física.A condição de equilíbrio em sistemas geomorfológicos tropicais úmidos. 2012. (Seminário).

3.
1º Congresso Estadual de Profissionais em Geografia de Minas Gerais. 2011. (Congresso).

4.
Colóquio de Geomorfologia. 2011. (Outra).

5.
I Simpósio de Licenciatura - FAMINAS-BH.O ensino do relevo no contexto da educação científica e geográfica. 2011. (Simpósio).

6.
I Workshop sobre Patrimônio Geológico e Geoturismo. 2011. (Outra).

7.
III Seminário NEPPCOM Educação, Cultura e Complexidade. 2010. (Seminário).

8.
II Seminário Internacional Sobre Revitalização de Rios... 2010. (Seminário).

9.
A arte da memória e a memória do futuro. 2008. (Seminário).

10.
Diálogos da Terra no Planeta Água. 2008. (Encontro).

11.
VII Simpósio Nacional de Geomorfologia e II Encontro Latino Americano de Geomorfologia.Significado da Dimensão Temporal para a Análise Geomorfológica. 2008. (Simpósio).

12.
II Seminário Novos Paradigmas e Educação.II Seminário Novos Paradigmas e Educação. 2007. (Seminário).

13.
Encontro com o Museu. Museu Histórico Abílio Barreto Belo Horizonte. 2004. (Encontro).

14.
I Encontro sobre controle de erosão em margens de corpos d'água. 2004. (Encontro).

15.
II Seminário Cláudio Peres de Ensino de Geografia.II Seminário Cláudio Peres de Ensino de Geografia. 2004. (Seminário).

16.
Seminário de Desenvolvimento Urbano e Sustentável e Gestão Ambiental. 2004. (Seminário).

17.
V Reunião Anual do Programa UFMG Jovem.A natureza nas trilhas do campus. 2004. (Outra).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Orientações de outra natureza
1.
Ivan Luis Kirchner Eidt. Monitoria de Geologia Geral e Geomorfologia. Início: 2014. Orientação de outra natureza. Universidade Federal da Fronteira Sul. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
João Camargo Krames. Identificação e caracterização dos depósitos de várzea no trecho fluvial da Volta Grande, rio Uruguai - SC/RS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade Federal da Fronteira Sul. Orientador: William Zanete Bertolini.

2.
Isael Machado da Costa. Morfologia e morfoscopia da cobertura superficial às margens do rio Uruguai em Águas de Chapecó (SC). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade Federal da Fronteira Sul. Orientador: William Zanete Bertolini.

3.
Claudia Tosatti Piovesan. A abordagem da questão ambiental no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes - PISA.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade Federal da Fronteira Sul. Orientador: William Zanete Bertolini.

Iniciação científica
1.
Lucas Azeredo Rodrigues. Observatório Geográfico da Fronteira Sul: construindo e compartilhando experiências para a democratização do acesso às informações regionais. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Federal da Fronteira Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina. Orientador: William Zanete Bertolini.

2.
André Ricardo Furlan. Riscos e Vulnerabilidade Socioambiental no Espaço Urbano de Erechim, RS. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Federal da Fronteira Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: William Zanete Bertolini.





Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/02/2019 às 9:42:30