Marcio Andre Martins de Moraes

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4414775908825020
  • Última atualização do currículo em 03/12/2018


Graduado em licenciatura Plena em História pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE); Mestre em História pela Universidade Federal Rural de Pernambuco e no momento doutorando em História Social pela Universidade de São Paulo (USP). Possuindo experiência na área de ensino e na pesquisa no campo da História, com ênfase em História do Brasil, estudando especificamente a atuação da Ação Integralista Brasileira (AIB) na cidade de Garanhuns-PE entre os anos que correspondem ao Estado Novo (1937-1945); e no momento, estudando a produção intelectual de Dom Hélder Câmara, então arcebispo de Olina e Recife, sobre o uso do termo desenvolvimento e suas variações de sentidos no decorrer de 1964 a 1985. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marcio Andre Martins de Moraes
Nome em citações bibliográficas
MORAES, M. A. M.


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: ?VAMOS AO ÂMAGO DO PROBLEMA?: A produção intelectual de Dom Hélder Pessoa Câmara sobre o conceito de desenvolvimento dos países/regiões pobres do mundo (1964-1985),
Orientador: Maria Luiza Marcilio.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2010 - 2012
Mestrado em História Social da Cultura Regional.
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Título: GARANHUNS SOB O SÍMBOLO DO SIGMA: o cotidiano dos integralistas entre comunistas e o Estado Novo (1935-1942),Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Giselda Brito Silva.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, FACEPE, Brasil.
Palavras-chave: Abolição; Era Vargas; Garanhuns; Polícia; Repressão.
Grande área: Ciências Humanas
2005 - 2009
Graduação em LICENCIATURA PLENA EM HISTÓRIA.
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Título: DISCURSOS POLICIAIS E IMAGENS POLÍTICAS: um estudo das práticas discursivas da polícia sobre os integralistas na cidade de Garanhuns nos anos de 1937-1945.
Orientador: profª Drª. Giselda Brito Silva.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, FACEPE, Brasil.




Formação Complementar


2009 - 2009
História e Análise do Discurso. (Carga horária: 2009h).
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
2008 - 2008
Violência, Modernidade e Cultura. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2008 - 2008
Métodos e aplicabilidades da análise do discurso. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
2007 - 2007
História e Imagem: a propaganda de guerra. (Carga horária: 8h).
universidade ferderal rural de pernambuco, UFRPE, Brasil.
2007 - 2007
História e Violência. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
2006 - 2006
A Invenção da Identidade Brasileira. (Carga horária: 12h).
Universidade Católica de Pernambuco, UNICAP, Brasil.
2006 - 2006
História e Gênero. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
2006 - 2006
introdução a pesquisa historica. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
2005 - 2005
Discursos e polícia na Era Vargas(1932-1945). (Carga horária: 6h).
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
2005 - 2005
A GUERRA COMO INSTRUMENTO NECESSÁRIO DE ACUMULAÇÃO. (Carga horária: 12h).
Universidade Católica de Pernambuco, UNICAP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, FACEPE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista no Mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Pibic, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: bolsista, Enquadramento Funcional: bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.


Secretaria de Educação de Pernambuco, SEPE, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 40


UFRPE - UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E TECNOLOGIA, UAEADTEC, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor executor, Carga horária: 20
Outras informações
Atuando como professor executor nas disciplinas de Prática Como Componente Curricular I, II, III, IV e VI



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
DOM HÉLDER PESSOA CÂMARA: sob o olhar vigilante de uma comunidade de informação (1964-1985)
Descrição: No intuito de contribuir com a produção de conhecimento sobre a ditadura militar no Brasil (1964-1985), elaboramos uma proposta que estabelece como objetivo: analisar a atuação e a articulação política e social de Dom Hélder Pessoa Câmara, então arcebispo de Olinda e Recife, e seus interlocutores sacerdotes e leigos em meio às tentativas de controle dos agentes do Departamento de Ordem e Política Social ? DOPS e do Serviço Nacional de Informações − SNI, no decorrer da ditadura militar no Brasil entre os anos de 1964 a 1985..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Marcio Andre Martins de Moraes - Coordenador.
2010 - 2012
GARANHUNS SOB O SÍMBOLO DO SIGMA: o cotidiano dos integralistas entre comunistas e o Estado Novo (1935-1945).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2009
DISCURSOS POLICIAIS E IMAGENS POLÍTICAS: um estudo das práticas discursivas da polícia sobre os integraslitas na cidade de Garanhuns nos anos de 1937-1945
Descrição: Estudar e analisar as práticas discursivas e não discursivas da polícia (DOPS-PE) quanto às atividades dos integralistas na cidade de Garanhuns no período que antecede e posterior ao Estado Novo, frente a grupos e interesses políticos locais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2007
O anticomunismo da Ação Integralistas Brasileira e a reação comunista em pernambuco (1932-1937)
Descrição: Pretende-se com o presente trabalho analisar as práticas discursivas e nao discursivas anticomunistas da Ação Integralista Brasileira (AIB) e a reação comunista a tais práticas em Pernambuco no período de 1932 a 1937..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil República.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História Regional do Brasil.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História/Especialidade: Análise do Discurso.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2009
Diploma de Honra ao Mérito em reconhecimento ao aluno laureado., UFRPE.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MORAES, M. A. M.2017MORAES, M. A. M.. PRENDÊ-LO. EVITEM: as ruas do Recife como palco para a repressão policial sobre o padre Lawrence Edward Rosenbaugh (1977-1980). CONTEMPORÂNEOS: REVISTA DE ARTES E HUMANIDADES (ONLINE), v. 1, p. 1-27, 2017.

2.
MORAES, M. A. M.2015MORAES, M. A. M.. A escrita n?A Razão: a prática jornalística dos integralistas de Garanhuns no combate à ameaça comunista (1935-1937). Saeculum (UFPB), v. 01, p. 91-112, 2015.

3.
MORAES, M. A. M.2014MORAES, M. A. M.. A importância do sentimento religioso para a interiorização do integralismo em Pernambuco nos anos 1930: o caso do município de Garanhuns. Paralellus (Online), v. 5, p. 9-24, 2014.

4.
MORAES, M. A. M.2013 MORAES, M. A. M.. COMBATER O COMUNISMO EM NOME DE DEUS, DA PÁTRIA E DA FAMÍLIA: o caso dos militantes integralistas na cidade de Garanhuns - PE (1935-1937). Revista História: Debates e Tendências, v. 13, p. 48-61, 2013.

5.
MORAES, M. A. M.2012 MORAES, M. A. M.. Uma campanha política para uma eleição que não aconteceu: as práticas propagandísticas dos integralistas em Garanhuns-PE (1936-1937).. Revista de História Regional, v. 17, p. 589-622, 2012.

6.
MORAES, M. A. M.2012 MORAES, M. A. M.. PELAS RUAS, ESCOLAS, COMÉRCIOS E PROPRIEDADES RURAIS: o itinerário dos integralistas em Garanhuns-PE entre os anos de 1935 até 1937. Revista Eletrônica História em Reflexão (UFGD), v. 6, p. 1-25, 2012.

7.
MORAES, M. A. M.2011MORAES, M. A. M.. ENTRE DISCURSOS POLICIAIS E IMAGENS POLÍTICAS: um estudo das práticas discursivas da polícia sobre os integralistas na cidade de Garanhuns nos anos de 1937-1945. Revista Sophie, v. 1, p. 47-60, 2011.

8.
MORAES, M. A. M.2009MORAES, M. A. M.. ?PLÍNIO SALGADO PARA PRESIDENTE DO BRASIL: A PROPAGANDA ELEITORAL DA AÇÃO INTEGRALISTA BRASILEIRA EM GARANHUNS (1936-1937)?. Encontros de Vista, v. 3º, p. 30-44, 2009.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MORAES, M. A. M.. PELO FIM DAS FAVELAS CARIOCAS: A Cruzada São Sebastião e o arcebispo-auxiliar do Rio de Janeiro, Dom Hélder Câmara (1955-1964). In: Encontro Estadual de História da ANPUH-PE: História e os desafios do Tempo Presente, 2018, Recife. História e os desafios do Tempo Presente, 2018.

2.
MORAES, M. A. M.. Cartas a um amigo: a correspondência do Pe. Hélder Pessoa Câmara a Alceu Amoroso Lima (1929-1937). In: XXIX Simpósio Nacional de História. Contra os preconceitos: História e democracia, 2017, Brasília. XXIX Simpósio Nacional de História. Contra os preconceitos: História e democracia, 2017.

3.
MORAES, M. A. M.. Em Meio a Correspondências e Discursos: as reflexões do padre Helder Pessoa Câmara no combate à influência do comunismo entre os operários (1930-1945). In: Iº Encontro Nacional do Centro de Estudos em História Cultural das Religiões, 2017, Campinas. Iº Encontro Nacional do Centro de Estudos em História Cultural das Religiões, 2017.

4.
MORAES, M. A. M.. UMA REVOLUÇÃO QUE NÃO ACONTECEU: os integralistas de Garanhuns-PE pegam em armas para acabar com o Estado Novo (1937). In: XXVII Simpósio nacional de História - ANPUH Brasil - Conhecimento histórico e diálogo social, 2013, Natal, RN. XXVII Simpósio nacional de História - ANPUH Brasil - Conhecimento histórico e diálogo social, 2013.

5.
MORAES, M. A. M.. DE AMIGO A INIMIGO: a reformulação do lugar político dos integralistas de Garanhuns-PE com a instauração do Estado Novo em 1937. In: IX Encontro Estadual de História - HISTÓRIA E DIVERSIDADE: novas narrativas, sujeitos e espaços, 2012, Caruaru. IX Encontro Estadual de História - HISTÓRIA E DIVERSIDADE: novas narrativas, sujeitos e espaços, 2012.

6.
MORAES, M. A. M.. ENCONTROS ÀS ESCONDIDAS: o cotidiano na clandestinidade dos integralistas em Garanhuns-PE durante o Estado Novo (1937-1945). In: ANPUH: 50 anos - XXVI Simpósio Nacional de História, 2011, São Paulo. ANPUH: 50 anos - XXVI Simpósio Nacional de História, 2011.

7.
MORAES, M. A. M.. DE HERÓIS A SUBVERSIVOS: a repressão policial aos integralistas em Garanhuns-PE durante o Estado Novo (1937-1945). In: VIII Encontro Estadual de História 20 anos de ANPUH-PE - O ofício do historiador e os novos territórios da história., 2010, Recife. O ofício do historiador e os novos territórios da História, 2010.

8.
MORAES, M. A. M.. ENTRE PRONTUÁRIOS POLICIAIS, PERIÓDICOS E RELATÓRIOS DO GOVERNO: uma análise sobre a situação política do Integralismo no município de Garanhuns-PE durante o Estado Novo (1937-1945). In: II Seminário - Poderes e Sociabilidades na História, 2010, Recife. II Seminário - Poderes e Sociabilidades na História, 2010.

9.
MORAES, M. A. M.. DISCURSOS, VIGILÂNCIA E REPRESSÃO: A produção discursiva da Delegacia de Ordem Política e Social de Pernambuco (DOPS-PE) em relação aos integralistas na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945).. In: VII Semana Acadêmica de História da UFRPE: Navegando entre as fronteiras da História: Ensino, Pesquisa e Extensão, 2009, Recife. Navegando entre as fronteiras da História: Ensino, Pesquisa e Extensão, 2009.

10.
MORAES, M. A. M.. O SIGMA E O ESTADO NOVO: a reformulação da imagem da Ação Integralista Brasileira (AIB) em Garanhuns entre os anos de 1932-1945. In: XIII ENCONTRO ESTADUAL DA ANPHU-PB, 2008, Guarabira - PB. HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA: entre o nacional e o regional, 2008.

11.
MORAES, M. A. M.. INVENÇÃO E INVERSÃO: a imagem da Ação Integralista Brasileira (AIB) em Pernambuco entre os anos de 1932-1938. In: I Seminário Nacional: Poderes e Sociabilidades na História, 2008, Recife. I Seminário Nacional: Poderes e Sociabilidades na História, 2008.

12.
MORAES, M. A. M.. A Aliança Nacional Libertadora(ANL): uma resposta a extrema direita.. In: IX simpósio anual da ABHR, 2007, Viçosa. IX simpósio anual da ABHR, 2007.

13.
MORAES, M. A. M.. MEMÓRIA DO CÁRCERE: uma discussão relativa à prática policialesca na década de 30.. In: I Encontro Regional em História Social e Cultural, 2007, Recife. I Encontro Regional em História Social e Cultural. Recife: UNIVERSITARIA DA UFRPE, 2007.

14.
MORAES, M. A. M.. INIMIGOS VIGIADOS:análise das formas de controle da polícia política sobre os comunistas.. In: I Coloquio Internacional de História da Universidade Federal Rural de Pernambuco: Brasil e Portugal: nossa história ontem e hoje, 2007, Recife. Brasil e Portugal: nossa história ontem e hoje. Recife: UNIVERSITARIA DA UFRPE, 2007.

15.
MORAES, M. A. M.. A VIGILÂNCIA: uma análise do controle policial em relação aos comunistas e aos intregalistas na década de 30.. In: 3º Econtro Cultura e Memória, 2007, Recife. 3º Encontro Cultura e Memória, 2007.

16.
MORAES, M. A. M.. A utilização de armas discursivas semelhantes nos conflitos entre os integralistas versus os comunistas.. In: VI Encontro Estadual de História: História, Sociedade e Cultura - ANPUH/PE, 2006, Recife. Encontro Estadual de História: História, Sociedade e Cultura - ANPUH/PE, 2006.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MORAES, M. A. M.. PELO FIM DAS FAVELAS CARIOCAS: A Cruzada São Sebastião e o arcebispo-auxiliar do Rio de Janeiro, Dom Hélder Câmara (1955-1964). In: Encontro Estadual de História da ANPUH-PE: História e os desafios do Tempo Presente, 2018, Recife. História e os desafios do Tempo Presente, 2018.

2.
MORAES, M. A. M.. DISCURSOS POLICIAIS E IMAGENS POLÍTICAS: um estudo das práticas policiais sobre os integralistas na cidade de Garanhuns nos anos de 1937-1945. In: XIII Jornada de Iniciaçao Científica: PIBIC/FACEPE/CNPq: 200 anos de Charles Darwin, 2009, Recife. XIII Jornada de Iniciação Científica: PIBIC/FACEPE/CNPq: 200 anos de Charles Darwin, 2009.

3.
MORAES, M. A. M.. A percepção sobre a imagem integralista na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo. In: VI SEMANA ACADÊMICA DE HISTÓRIA DA UFRPE, 2008, Recife. HISTÓRIA E MEMÓRIA DO NORDESTE: a construção historiográfica de uma região, 2008.

4.
MORAES, M. A. M.; SILVA, G.B. . ENTRE O INTEGRALISMO E O ESTADO NOVO: breve análise das relações do estado ditatorial varguista e os integralistas no município de Garanhuns - PE. In: VIII Jornal de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2008, Recife. JEPEX: Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, 2008.

5.
MORAES, M. A. M.. CONFLITOS: as produções discursivas dos integralistas e dos comunistas.. In: V Semana de História da UFRPE, HISTÓRIA E INTERDISCIPLINARIDADE: da teoria à prática., 2007, Recife. HISTÓRIA E INTERDISCIPLINARIDADE: da teoria à prática., 2007.

6.
MORAES, M. A. M.; SILVA, G.B. . O Anticomunismo da Ação Integralista Brasileira (AIB) e a reação comunista em Pernambuco (1932-1937). In: VII Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão - JEPEX, 2007, Recife. VII Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão - JEPEX, 2007.

7.
MORAES, M. A. M.. Integralistas versus comunistas no mundo do trabalho: os conflitos entre integralistas e comunistas no campo sindical (1932-1937). In: 2º Encontro Pernambucano dos Estudantes de História - EPEH, 2006, Recife. 2º Encontro Pernambucano dos Estudantes de História - EPEH, 2006.

8.
MORAES, M. A. M.. A ação anticomunista dos integralistas no Estado de Pernambuco. In: II Encontro Cultural, Modernidade e Memória, 2006, Recife. II Encontro Cultura, Modernidade e Mémoria, 2006.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MORAES, M. A. M.. A atuação política de Dom Hélder Pessoa Câmara sob o olhar vigilante do Departamento de Ordem e Política Social de Pernambuco (1964-1985). In: XVI Semana de História da PUC-SP: Opressões: resistência e revoluções, 2017, São Paulo. XVI Semana de História da PUC-SP: Opressões: resistência e revoluções, 2017.

2.
MORAES, M. A. M.. Táticas de Resistências dos Integralistas de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945). In: VIII Semana de História da UFRPE - História e política no século XX: discursos, imagens e espaços de resistências, 2010. Cultura e Sociedade: Entre [Des] Construção e Estruturas no século XXI., 2010.

3.
MORAES, M. A. M.. DISCURSOS, VIGILÂNCIA E REPRESSÃO: A produção discursiva da Delegacia de Ordem Política e Social de Pernambuco (DOPS-PE) em relação aos integralistas na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945).. In: VII Semana Acadêmica de História da UFRPE: Navegando entre as fronteiras da História: Ensino, Pesquisa e Extensão, 2009, Recife. Navegando entre as fronteiras da História: Ensino, Pesquisa e Extensão, 2009.

4.
MORAES, M. A. M.. O SIGMA E O ESTADO NOVO: a reformulação da imagem da Ação Integralista Brasileira (AIB) em Garanhuns entre os anos de 1932-1945. In: XIII ENCONTRO ESTADUAL DA ANPUH-PB, 2008, Guarabira - PB. HISTÓRIA E HISTÓRIOGRAFIA: entre o nacional e o regional, 2008.

5.
MORAES, M. A. M.. INVENÇÃO E INVERSÃO: a imagem da Ação Integralista Brasileira (AIB) em Pernambuco entre os anos de 1932-1938. In: I Seminário Nacional: Poderes e Sociabilidades na História, 2008, Recife. I Seminário Nacional: Poderes e Sociabilidades na História, 2008.

6.
MORAES, M. A. M.. AS PERSEGUIÇÕES AOS INTEGRALISTAS DE GARANHUNS DURANTE O ESTADO NOVO (1937-1945). In: VII ENCONTRO DE HISTÓRIA DA ANPUH-PE, 2008, Recife. Cultura, Cidadania e Violência, 2008.

7.
MORAES, M. A. M.. EM BUSCA DE UM ESTADO IDEAL: conflitos entre integralistas e comunistas na década de 30. In: VII Seminário de História, 2007, Recife. VII Seminário de História, 2007.

8.
MORAES, M. A. M.. A Aliança Nacional Libertadora (ANL): uma resposta a extrema direita.. In: IX SIMPÓSIO ANUAL DA ABHR: "RELIGIÕES E RELIGIOSIDADES: Entre a Tradição e a Modenidade"., 2007. IX SIMPÓSIO ANUAL DA ABHR: "RELIGIÕES E RELIGIOSIDADES: Entre a Tradição e a Modenidade"..

9.
MORAES, M. A. M.. MEMÓRIA DO CÁRCERE: uma discussao relativa à prática policialesca na década de 30.. In: I ENCONTRO REGIONAL EM HISTORIA SOCIAL E CULTURAL, 2007, RECIFE. I ENCONTRO REGIONAL EM HISTORIA SOCIAL E CULTURAL, 2007.

10.
MORAES, M. A. M.. INIMIGOS VIGIADOS: análise das formas de controle da polícia politica sobre os comunistas.. In: I COLÓQUIO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO: Brasil e Portugal: nossa história ontem e hoje, 2007, Recife. I COLÓQUIO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO: Brasil e Portugal: nossa história ontem e hoje, 2007.

11.
MORAES, M. A. M.. A VIGILÂNCIA: uma análise do controle polícial em relação aos comunistas e aos integralistas na década de 30.. In: 3º ENCONTRO CULTURA E MEMORIA. HISTÓRIA: cultura e sentimento, 2007, Recife. 3º ENCONTRO CULTURA E MEMORIA. HISTÓRIA: cultura e sentimento, 2007.

12.
MORAES, M. A. M.. A utilização de armas discursivas semelhantes nos conflitos entre os integralistas versus os comunistas. In: VI Encontro Estadual de História. História, Sociedade e Cultura, 2006, Recife. VI Encontro Estadual de História. História, Sociedade e Cultura, 2006.

Apresentações de Trabalho
1.
MORAES, M. A. M.. PELO FIM DAS FAVELAS CARIOCAS: A Cruzada São Sebastião e o arcebispo-auxiliar do Rio de Janeiro, Dom Hélder Câmara (1955-1964). 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
MORAES, M. A. M.. Cartas a um amigo: a correspondência do Padre Hélder Pessoa Câmara a Alceu Amoroso Lima (1929-1937). 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
MORAES, M. A. M.. UMA REVOLUÇÃO QUE NÃO ACONTECEU: os integralistas de Garanhuns-PE pegam em armas para acabar com o Estado Novo (1937). 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
MORAES, M. A. M.. DE AMIGO A INIMIGO: a reformulação do lugar político dos integralistas de Garanhuns-PE com a instauração do Estado Novo em 1937. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
MORAES, M. A. M.. ENCONTROS ÀS ESCONDIDAS: o cotidiano na clandestinidade dos integralistas em Garanhuns-PE durante o Estado Novo (1937-1945). 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
MORAES, M. A. M.. Encontros às escondidas: o cotidiano na clandestinidade dos integralistas em Garanhuns-PE durante o Estado Novo (1937-1945). 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
MORAES, M. A. M.. ENTRE PRONTUÁRIOS POLICIAIS, PERIÓDICOS E RELATÓRIOS DO GOVERNO: uma análise sobre a situação política do Integralismo no município de Garanhuns-PE durante o Estado Novo (1937-1945). 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
MORAES, M. A. M.. Táticas de Resistências dos Integralistas de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945). 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
MORAES, M. A. M.. DE HERÓIS A SUBVERSIVOS: a representação policial aos integralistas em Garanhuns-PE durante o Estado Novo (1937-1945). 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
MORAES, M. A. M.. Introdução a Questões Teóricas e Metodológicas no Campo da História. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
MORAES, M. A. M.. Entre prontuários policiais, periódicos e relatórios do governo: uma análise sobre a situação política do Integralismo no município de Garanhuns-PE durante o Estado Novo (1937-1945). 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
MORAES, M. A. M.. De heróis a subversivos: a repressão policial aos integralistas em Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945). 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
MORAES, M. A. M.. DISCURSOS POLICIAIS E IMAGENS POLÍTICAS: um estudo das práticas policiais sobre os integralistas na cidade de Garanhuns nos anos de 1937-1945. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
MORAES, M. A. M.. DISCURSOS, VIGILÂNCIA E REPRESSÃO: A produção discursiva da Delegacia de Ordem Política e Social de Pernambuco (DOPS-PE) em relação aos integralistas na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945).. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
MORAES, M. A. M.. Vigilância e Repressão: as relações entre os integralistas e a polícia política na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945). 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
MORAES, M. A. M.. DISCURSOS, VIGILÂNCIA E REPRESSÃO: a produção discursiva da Delegacia de Ordem Política e Social de Pernambuco (. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
MORAES, M. A. M.. Vigilância e Repressão: as relações entre os integralistas e a policia política na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945). 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
MORAES, M. A. M.. Discursos policiais e imagens políticas: um estudo das práticas discursivas da policia sobre os integralistas na cidade de Garanhuns nos de 1937 - 1945. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
MORAES, M. A. M.. conflitos entre integralistas e comunistas em Pernambuco (1932-1937). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
MORAES, M. A. M.. A percepçao sobre a imagem integralista na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
MORAES, M. A. M.; SILVA, G.B. . ENTRE O INTEGRALISMO E O ESTADO NOVO: breve análise das relações do estado ditatorial varguista e os integralistas no município de Garanhuns-PE. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

22.
MORAES, M. A. M.. O SIGMA E O ESTADO NOVO: a reformulação da imagem da Ação Integralista Brasileira (AIB) em Garanhuns entre os anos de 1932-1945. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
MORAES, M. A. M.. INVEÇÃO E INVERSÃO: a imagem da Ação Integralista Brasileira (AIB) em Pernambuco entre os anos de 1932-1938. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
MORAES, M. A. M.. AS PERSEGUIÇÕES AOS INTEGRALISTAS DE GARANHUNS DURANTE O ESTADO NOVO (1937-1945_. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

25.
MORAES, M. A. M.. Conflitos entre integralistas e comunistas em Pernambuco (1932-1937). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
MORAES, M. A. M.. A percepção sobre a imagem integralista na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

27.
MORAES, M. A. M.. ENTRE O INTEGRALISMO E O ESTADO NOVO: breve análise das relações do Estado ditatorial varguista e os integralistas no município de Garanhuns-PE. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
MORAES, M. A. M.. O Sigma e o Estado Novo: a reformulação da imagem da Ação Integralista Brasileira (AIB) em Garanhuns entre os anos de 1932-1945. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

29.
MORAES, M. A. M.. As perseguições aos integralistas de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945). 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

30.
MORAES, M. A. M.. INVENÇÃO E INVERSÃO: a imagem da Ação Integralista Brasileira (AIB) em Pernambuco entre os anos de 1932- 1937. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
MORAES, M. A. M.. A Aliança Nacional Libertadora (ANL): uma resposta a extrema direita.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
MORAES, M. A. M.. CONFLITOS: as produções discursivas dos integralistas e dos comunistas.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
MORAES, M. A. M.. O Anticomunismo da Ação Integralista Brasileira (AIB) e a reação Comunista em Pernambuco (1932-1937). 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
MORAES, M. A. M.. MEMÓRIA DO CÁRCERE: uma discussao relativa à Prática policialesca na década de 30.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
MORAES, M. A. M.. INIMIGOS VIGIADOS: análise das formas de controle da polícia política sobre os comunistas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
MORAES, M. A. M.. A VIGILÂNCIA: uma análise do controle policial em relação aos comunistas e aos integralistas na década de 30.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
MORAES, M. A. M.. EM BUSCA DE UM ESTADO IDEAL: conflitos entre integralistas e comunistas na década de 30. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
MORAES, M. A. M.. EM BUSCA DE UM ESTADO IDEAL: conflitos entre integralistas e comunistas na década de 1930. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
MORAES, M. A. M.. A Aliança Nacional Libertadora (ANL): uma resposta a extrema direita. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

40.
MORAES, M. A. M.. CONFLITOS: as produções discursivas dos integralistas e dos comunistas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

41.
MORAES, M. A. M.. O anticomunismo da Ação Integralista Brasileira (AIB) e a reação comunista em Pernambuco (1932-1937). 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

42.
MORAES, M. A. M.. INIMIGOS VIGIADOS: análise das formas de controle da polícia política sobre o comunistas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

43.
MORAES, M. A. M.. A VIGILÂNCIA: uma análise do controle policial em relação aos comunistas e aos integralistas na década de 1930. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

44.
MORAES, M. A. M.. MEMÓRIA DO CÁRCERE: uma discussão relativa à prática policialesca na década de 1930. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

45.
MORAES, M. A. M.. A Ação anticomunista dos integralistas no Estado de Pernambuco. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

46.
MENDONCA, O. C. C. ; MORAES, M. A. M. ; SILVA, N. E. A. . A Expansão do Integralismo no Interior do Estado de Pernambuco. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

47.
MORAES, M. A. M.. Integralistas versus comunistas no mundo do Trabalho: os conflitos entre integralistas e comunistas no campo sindical (1932-1937). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

48.
MORAES, M. A. M.. A utilização de armas discursivas semelhantes nos conflitos entre os integralistas versus os comunistas.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

49.
MORAES, M. A. M.. O anti-comunismo dos integralistas no Estado de Pernambuco (1932-1937). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

50.
MORAES, M. A. M.. A ação anticomunista dos integralistas no Estado de Pernambuco. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

51.
MORAES, M. A. M.. A utilização de armas discursivas semelhantes nos conflitos entre os integralistas versus comunistas. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

52.
MORAES, M. A. M.. INTEGRALISTAS VERSUS COMUNISTAS NO MUNDO DO TRABALHO: os conflitos entre integralistas e comunistas no campo sindical (1932-1937). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
MORAES, M. A. M.. Entre o discurso, o poder e o corpo: uma reflexão sobre as práticas de disciplinarização e normatização social apresentada por Michel Foucault em Vigiar e Punir 2012 (Resenha de livro).


Demais tipos de produção técnica
1.
MORAES, M. A. M.; SANTOS, A. C. . História Moderna. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
MORAES, M. A. M.; SOUSA, A. S. . Os processos de formulação. 2011. (Coordenador do Simpósio Temático).

3.
MORAES, M. A. M.. História e Política no século XX: Discursos, Imagens e Espaços de Resistências. 2010. (Coordenador do Simpósio Temático).

4.
MORAES, M. A. M.. ?DISCURSOS POLICIAIS E IMAGENS POLÍTICAS: um estudo das práticas discursivas da polícia sobre os integralistas na cidade de Garanhuns nos anos de 1937-1945?. (relatório parcial). 2009. (Relatório de pesquisa).

5.
MORAES, M. A. M.. ?DISCURSOS POLICIAIS E IMAGENS POLÍTICAS: um estudo das práticas discursivas da polícia sobre os integralistas na cidade de Garanhuns nos anos de 1937-1945?.(Relatório final). 2009. (Relatório de pesquisa).

6.
MORAES, M. A. M.. ?O anticomunismo da Ação Integralista Brasileira (AIB) e a reação Comunista em Pernambuco (1932-1937)?. (Relatorio Final). 2007. (Relatório de pesquisa).

7.
MORAES, M. A. M.. O anticomunismo da Ação Integralista Brasileira (AIB) e a reação Comunista em Pernambuco (1932-1937). (Relatório Parcial). 2007. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MORAES, M. A. M.; SILVA, G.B.; FERREIRA, H. M. A.. Participação em banca de Gildete Pereira Tavares de Melo.As mulheres na Ação Integralista no Estado de Pernambuco (1932-1938). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em LICENCIATURA PLENA EM HISTÓRIA) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV Encontro Nacional de História dos Estados Unidos. 2017. (Encontro).

2.
Iº Encontro Nacional do Centro de Estudos em História Cultural das Religiões.Em Meio a Correspondências e Discursos: as reflexões do padre Helder Pessoa Câmara no combate à influência do comunismo entre os operários (1930-1945). 2017. (Encontro).

3.
XVI Semana de História da PUC-SP: Opressões: resistência e revolução.A atuação política de Dom Hélder Pessoa Câmara sob o olhar vigilante do Departamento de Ordem e Política Social de Pernambuco (1964-1985). 2017. (Encontro).

4.
XXIX Simpósio Nacional de História: Contra os preconceitos: História e democracia.Cartas a um amigo: a correspondência do Padre Hélder Pessoa Câmara a Alceu Amoroso Lima (1929-1937). 2017. (Simpósio).

5.
ANPUH Brasil - XXVII Simpósio Nacional de História - Conhecimento histórico e diálogo social. UMA REVOLUÇÃO QUE NÃO ACONTECEU: os integralistas de Garanhuns-PE pegam em armas para acabar com o Estado Novo (1937). 2013. (Congresso).

6.
IX Encontro Estadual de História - HISTÓRIA E DIVERSIDADE: novas narrativas, sujeitos e espaços.DE AMIGO A INIMIGO: a reformulação do lugar político dos integralistas de Garanhuns-PE com a instauração do Estado Novo em 1937. 2012. (Encontro).

7.
II Seminário - Poderes e Sociabilidades na História.ENTRE PRONTUÁRIOS POLICIAIS, PERIÓDICOS E RELATÓRIOS DO GOVERNO: uma análise sobre a situação política do Integralismo no município de Garanhuns-PE durante o Estado Novo (1937-1945). 2010. (Seminário).

8.
VIII Encontro Estadual de História 20 anos de ANPUH-PE - O ofício do historiador e os novos territórios da história..DE HERÓIS A SUBVERSIVOS: a repressão policial aos integralistas em Garanhuns-PE durante o Estado Novo (1937-1945). 2010. (Encontro).

9.
VIII Semana de História da UFRPE - Entre [Des] Construções e Estruturas no século XXI.Táticas de Resistências dos Integralistas de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945). 2010. (Encontro).

10.
VII Semana Acadêmica de História da UFRPE: Navegando entre as fronteiras da História: Ensino, Pesquisa e Extensão.DISCURSOS, VIGILÂNCIA E REPRESSÃO: A produção discursiva da Delegacia de Ordem Política e Social de Pernambuco (DOPS-PE) em relação aos integralistas na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945).. 2009. (Encontro).

11.
XIII Jornada de Iniciaçao Científica: PIBIC/FACEPE/CNPq: 200 anos de Charles Darwin.DISCURSOS POLICIAIS E IMAGENS POLÍTICAS: um estudo das práticas policiais sobre os integralistas na cidade de Garanhuns nos anos de 1937-1945. 2009. (Outra).

12.
XXV Simpósio Nacional de História: História e ética.Vigilância e Repressão: as relações entre os integralistas e a polícia política na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945). 2009. (Simpósio).

13.
I SEMINÁRIO NACIONAL: Poderes e Sociabilidades na História.INVENÇÃO E INVERSÃO: a imagem da Ação Integralista Brasileira (AIB) em Pernambuco entre os anos de 1932-1938. 2008. (Seminário).

14.
I Seminário Nacional de Teoria da História e Historiografia. 2008. (Simpósio).

15.
Semana Nacional de Ciência e Tecnologia: VIII Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão.ENTRE O INTEGRALISMO E O ESTADO NOVO: breve análise das relações do Estado ditatorial varguista e os integralistas no município de Garanhuns-PE. 2008. (Outra).

16.
VII ENCONTRO DE HISTÓRIA DA ANPUH-PE: Cultura, Cidadania e Violência.AS PERSEGUIÇÕES AOS INTEGRALISTAS DE GARANHUNS DURANTE O ESTADO NOVO (1937-1945). 2008. (Encontro).

17.
VI SEMANA ACADÊMICA DE HISTÓRIA DA UFRPE: HISTÓRIA E MEMÓRIA DO NORDESTE: a construção historiográfica dde uma região.A percepção sobre a imagem integralista na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo. 2008. (Outra).

18.
XIII ENCONTRO ESTADUAL DA ANPUH: HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA: entre o nacional e o regional.O SIGMA E O ESTADO NOVO: a reformulação da imagem da Ação Integralista Brasileira (AIB) em Garanhuns entre os anos de 1932-1945. 2008. (Encontro).

19.
1ºEncontro Pernambucano do Ensino de História. 2007. (Encontro).

20.
3º Encontro Cultura e Memória.A VIGILÂNCIA: uma análise do controle policial em relaçao aos comunistas e aos integralistas na decada de 30.. 2007. (Encontro).

21.
I Coloquio Internacional de História da Universidade Federal Rural de Pernambuco: Brasil e Portugal: nossa história ontem e hoje.INIMIGOS VIGIADOS: análise das formas de controle da polícia política sobre os comunistas.. 2007. (Outra).

22.
I Encontro Regional em História Social e Cultural.MEMÓRIA DO CÁRCERE: uma discussao relativa à prática policialesca na década de 30.. 2007. (Encontro).

23.
IX Simpósio Anual da ABHR.A Aliança Nacional Libertadora (ANL): uma resposta a extrema direita.. 2007. (Simpósio).

24.
VII Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão - JEPEX.O Anticomunismo da Ação Integralista Brasileira (AIB) e a reação comunista em Pernambuco (1932-1937). 2007. (Outra).

25.
VII Seminário de História "Recife, uma capital do século XX".EM BUSCA UM ESTADO IDEAL: conflitos entre integralistas e comunistas na década de 30.. 2007. (Seminário).

26.
V Semana de História da UFRPE, HISTÓRIA E INTERDISCIPLINARIDADE: da teoria à prática..CONFLITOS: as produções discursivas dos integralistas e dos comunistas. 2007. (Encontro).

27.
Encontro Pernambucano dos Estudantes de História - EPEH.Integralistas versus Comunistas no mundo do trabalho: os conflitos entre integralistas e comunistas no campo sindical.. 2006. (Encontro).

28.
II Encontro Cultural, Modernidade e Memória.A ação anticomunista dos integralistas no Estado de Pernambuco.. 2006. (Encontro).

29.
Iº Simpósio sobre Pesquisa em História da UFRPE. 2006. (Simpósio).

30.
VI Encontro Estadual de História: História, Sociedade e Cultura - ANPUH-PE. A utilização da armas discursivas semelhantes nos conflitos entre o integralistas versus os comunistas. 2006. (Congresso).

31.
Cultura, Modernidade e Memória. 2005. (Encontro).

32.
IV Semana de História da UFRPE - História Local e Regional: Sociedade, Política e Patrimônio do Nordeste. 2005. (Encontro).

33.
Simpósio Nacional O Barão do Rio Branco, Joaquim Nabuco e a Política Exterior do Brasil. 2005. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MORAES, M. A. M.. VII Semana Acadêmica de História da UFRPE: Navegando entre as fronteiras da História: Ensino, Pesquisa e Extensão. 2009. (Congresso).

2.
MORAES, M. A. M.. VI SEMANA DE HISTÓRIA DA UFRPE: HISTÓRIA E MEMÓRIA DO NORDESTE: a construção historiográfico de uma região. 2008. (Congresso).

3.
MORAES, M. A. M.. I Seminário Nacional: Poderes e Sociabilidades na História. 2008. (Outro).

4.
MORAES, M. A. M.; MENDONCA, O. C. C. ; SILVA, G.B. . I Coloquio Internacional de História da Universidade Federal Rural de Pernambuco: Brasil e Portugal:nossa história ontem e hoje. 2007. (Outro).

5.
MORAES, M. A. M.. I Encontro Regional em História Social e Cultural. 2007. (Outro).



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
MORAES, M. A. M.. A utilização de armas discursivas semelhantes nos conflitos entre os integralistas versus comunistas. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
MORAES, M. A. M.. INTEGRALISTAS VERSUS COMUNISTAS NO MUNDO DO TRABALHO: os conflitos entre integralistas e comunistas no campo sindical (1932-1937). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
MORAES, M. A. M.. EM BUSCA DE UM ESTADO IDEAL: conflitos entre integralistas e comunistas na década de 1930. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
MORAES, M. A. M.. A Aliança Nacional Libertadora (ANL): uma resposta a extrema direita. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
MORAES, M. A. M.. CONFLITOS: as produções discursivas dos integralistas e dos comunistas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
MORAES, M. A. M.. O anticomunismo da Ação Integralista Brasileira (AIB) e a reação comunista em Pernambuco (1932-1937). 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
MORAES, M. A. M.. INIMIGOS VIGIADOS: análise das formas de controle da polícia política sobre o comunistas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
MORAES, M. A. M.. A VIGILÂNCIA: uma análise do controle policial em relação aos comunistas e aos integralistas na década de 1930. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
MORAES, M. A. M.. MEMÓRIA DO CÁRCERE: uma discussão relativa à prática policialesca na década de 1930. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
MORAES, M. A. M.. Conflitos entre integralistas e comunistas em Pernambuco (1932-1937). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
MORAES, M. A. M.. A percepção sobre a imagem integralista na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
MORAES, M. A. M.. ENTRE O INTEGRALISMO E O ESTADO NOVO: breve análise das relações do Estado ditatorial varguista e os integralistas no município de Garanhuns-PE. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
MORAES, M. A. M.. O Sigma e o Estado Novo: a reformulação da imagem da Ação Integralista Brasileira (AIB) em Garanhuns entre os anos de 1932-1945. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
MORAES, M. A. M.. As perseguições aos integralistas de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945). 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

15.
MORAES, M. A. M.. INVENÇÃO E INVERSÃO: a imagem da Ação Integralista Brasileira (AIB) em Pernambuco entre os anos de 1932- 1937. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
MORAES, M. A. M.. DISCURSOS, VIGILÂNCIA E REPRESSÃO: a produção discursiva da Delegacia de Ordem Política e Social de Pernambuco (. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
MORAES, M. A. M.. Vigilância e Repressão: as relações entre os integralistas e a policia política na cidade de Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945). 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
MORAES, M. A. M.. Discursos policiais e imagens políticas: um estudo das práticas discursivas da policia sobre os integralistas na cidade de Garanhuns nos de 1937 - 1945. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
MORAES, M. A. M.. Entre prontuários policiais, periódicos e relatórios do governo: uma análise sobre a situação política do Integralismo no município de Garanhuns-PE durante o Estado Novo (1937-1945). 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

20.
MORAES, M. A. M.. De heróis a subversivos: a repressão policial aos integralistas em Garanhuns durante o Estado Novo (1937-1945). 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

21.
MORAES, M. A. M.. Encontros às escondidas: o cotidiano na clandestinidade dos integralistas em Garanhuns-PE durante o Estado Novo (1937-1945). 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

22.
MORAES, M. A. M.. DE AMIGO A INIMIGO: a reformulação do lugar político dos integralistas de Garanhuns-PE com a instauração do Estado Novo em 1937. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

23.
MORAES, M. A. M.. UMA REVOLUÇÃO QUE NÃO ACONTECEU: os integralistas de Garanhuns-PE pegam em armas para acabar com o Estado Novo (1937). 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).



Outras informações relevantes


Atualmente sou doutorando em História Social pela Universidade de São Paulo - USP. Desde a pesquisa no Mestre pela UFRPE sou pesquisador vinculado ao grupo de Estudos da História Política e Cultural. Na época dedicava-me as analises relativas às produções discursivas e as relações políticas da década de trinta e quarenta, principalmente os anos correspondentes ao Estado Novo (1937-1945) no Município de Garanhuns-PE. Possuo experiência na área de pesquisa em História, tendo sido bolsista do PIBIC/CNPq entre os anos de 2006/2007, como a temática: O anticomunismo da Ação Integralista Brasileira e a reação comunista em Pernambuco (1932-1937). Participou, como estagiário em arqueologia, do Programa de Salvamento Arqueológico na área da Refinaria do Nordeste ? Abreu e Lima, Município de Ipojuca-PE, durante os meses de dezembro de 2007 ao final de fevereiro de 2008, onde foi orientado pelas Professoras Drs. Ana Nascimento e Sueli Luna. Entre os anos de 2008 e 2009 foi bolsista do PIBIC/FACEPE/CNPq, com o subprojeto: DISCURSOS POLICIAIS E IMAGENS POLÍTICAS: um estudo das práticas discursivas da polícia sobre os integralistas na cidade de Garanhuns nos anos de 1937-1945. No momento, iniciando em 2016, desenvolvo a pesquisa: DOM HÉLDER PESSOA CÂMARA: sob o olhar vigilante de uma comunidade de informação (1964-1985) para a tese de doutorado.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 3:20:20