Maria Emilia Vasconcelos dos Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4794117737260000
  • Última atualização do currículo em 01/10/2018


Pós-doutora em História pela UFPE (2017). Doutora em História Social (Unicamp, 2014). Mestra e Licenciada em História (UFPE, 2007 e 2003). Realizou Estágio Sanduíche no Exterior, na Vanderbilt University, com Bolsa CAPES. Professora de História da África da Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE. Pesquisadora do Laboratório de Estudos e Intervenções em Patrimônio Cultural e Memória Social (LEPAM) e no Grupo de pesquisa O Mundo Atlântico, da UFPE. Faz parte do coletivo de mulheres intitulado Acadêmicas Negras. Tem experiência na área de História e Educação, com ênfase em História do Brasil Império, atuando principalmente nos seguintes temas: Trabalhadores de engenhos, Abolição, Pós-Abolição, Relações de Gênero e Relações Étnico raciais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria Emilia Vasconcelos dos Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, M. E. V.;DOS SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UNIVERSIDADE FEDREAL RURAL DE PERNAMBUCO.
Dom Manoel de Medeiros, s/n
Dois Irmãos
50050900 - Recife, PE - Brasil
Telefone: (81) 33205443
URL da Homepage: http://www.lh.ufrpe.br


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2014
Doutorado em Doutorado em História Social Unicamp.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
com período sanduíche em Vanderbilt University (Orientador: Celso Castilho).
Título: OS SIGNIFICADOS DO 13 DE MAIO: A ABOLIÇÃO E O IMEDIATO PÓS-ABOLIÇÃO PARA OS TRABALHADORES DOS ENGENHOS DA ZONA DA MATA SUL DE PERNAMBUCO (1884-1893), Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Silvia Hunold Lara..
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2005 - 2007
Mestrado em História.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: "Moças Honestas" ou "Meninas Perdidas": Um estudo sobre a honra e os usos da justiça pelas mulheres pobres em Pernambuco Imperial (1860 - 1888).,Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: Suzana Cavani Rosas..
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Pernambuco Século XIX; defloramento; honra; Relações de Gêneros; Relações entre História e Direito.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História de Pernambuco.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História Regional do Brasil.
2001 - 2003
Graduação em História.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.


Pós-doutorado


2015 - 2017
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História de Pernambuco.


Formação Complementar


2016 - 2016
Extensão universitária em Para Ler Fernad Braudel. (Carga horária: 16h).
Instituto Ricardo Brennand, IRB, Brasil.
2015 - 2016
História da Moda. (Carga horária: 50h).
Prime Cursos, PRIME, Brasil.
2012 - 2012
Estágio Sanduíche no Exterior.
Vanderbilt University, VANDERBILT, Estados Unidos.
2010 - 2010
Fábrica de Idéias. (Carga horária: 80h).
Centro de Estudos Afro Orientais, CEAO, Brasil.
2007 - 2007
La fotografia como documento para la investigación.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professora de História da África

Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professora Formadora
Outras informações
Professora Formadora na disciplina: Introdução à Antropologia, do Curso de Especialização em Cultura e História dos Povos Indígenas, oferecido pela Rede Nacional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais da Educação Básica RENAFORM (MEC-SECADI-UFRPE). Contabilizando uma carga-horária total de 30 horas.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutora
Outras informações
Tutora no curso de aperfeiçoamento em Educação do Campo da UFRPE e Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão, do Ministério da Educação.


Universidade Católica de Pernambuco, UNICAP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 5
Outras informações
Colaborado no NEABI (Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas) da Universidade Católica de Pernambuco.

Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora
Outras informações
Fundadora e colaboradora do Coletivo Acadêmicas Negras (CAN) que tem por finalidade pensar formas de enfrentamento ao racismo e de compartilhar experiências profissionais.

Vínculo institucional

2016 - 2018
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 10

Atividades

07/2017 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Coletivo Acadêmicas Negras - CAM/UNICAP, Coletivo Acadêmicas Negras - CAM/UNICAP.

Atividade realizada
Membro-fundadora.
01/2017 - Atual
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Direito
01/2017 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Historiografia Brasileira
Formação do Mundo Moderno
História Moderna
Teoria da História
Técnicas de Pesquisa Histórica
01/2017 - Atual
Ensino, Mestrado Profissional em História, Cultura e Memórias Municipais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Escravidão, Abolição e Pós-abolição: debates historiográficos e experiências de pesquisa.
01/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas - NEABI/UNICAP, .

Cargo ou função
Pesquisadora.
07/2016 - 12/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna
Formação do Mundo Moderno
História Social
Historiografia Brasileira
Teoria da História
História da América Contemporânea
02/2016 - 06/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Formação do Mundo Moderno
História da América Contemporânea
História das Ideias
Historiografia Brasileira
História Social

Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora Substituta no CE/DFSFE - UFPE, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Substituta no DAM, Carga horária: 40

Atividades

03/2015 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Educação
03/2015 - Atual
Ensino, Expressão Gráfica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Educação
03/2015 - Atual
Ensino, Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Educação
03/2015 - Atual
Ensino, Música, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Educação
09/2014 - 03/2015
Ensino, Ciência Política, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia
09/2014 - 03/2015
Ensino, Turismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Responsabilidade Socioambiental
09/2014 - 03/2015
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Interfaces da Antropologia com a Psicologia
09/2014 - 03/2015
Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sócioantropologia
2007 - 2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Ciências Sociais.

Cargo ou função
Pesquisadora assistente/ Historiadora -.

Centro Universitário Boa Viagem, UNIFBV, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora

Atividades

12/2014 - Atual
Ensino, Arquitetura e Urbanismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciências Humanas e Sociais
12/2014 - Atual
Ensino, Engenharia de Produção, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciências Humanas e Sociais
08/2014 - 12/2014
Ensino, Arquitetura e Urbanismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciências Humanas e Sociais

Centro Univeristário Vale do Ipojuca, UNIFAVIP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora

Atividades

07/2014 - 12/2014
Ensino, Arquitetura e Urbanismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Urbana
03/2014 - 07/2014
Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia e Política
02/2014 - 06/2014
Ensino, Comunicação Social - Publicidade e Propaganda, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia Cultural

Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Programa de Estágio Docente, Enquadramento Funcional: Professora disciplina História do Brasil II, Carga horária: 8
Outras informações
O Programa de Estágio Docente (PED) objetiva aperfeiçoar os estudantes de pós-graduação da Universidade Estadual de Campinas para o exercício da docência, através da participação em estágios nas disciplinas de graduação. A disciplina ministrada é a História do Brasil II (Brasil Império) sob supervisão do Professor Robert Slenes.


Universidade de Pernambuco, UPE, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Professora Substituta, Enquadramento Funcional: Professora Substituta
Outras informações
Lecionou a disciplina de História Ecônomica Geral e do Brasil, na licenciatura em História.


Gerência Regional de Ensino - MetroSul, GRE-METROSUL, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora Formadora, Carga horária: 3
Outras informações
Formadora para formação de professores que lecionam o componente curricular de História, abordando o tema "Processo de Abolição em Pernambuco: História, memória e ensino."


Colégio Futuro, CF, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor ensino fundamental e medio


Associação Nacional de História - Seção Pernambuco (PE), ANPUH - PE, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Delegada


Laboratório de Estudos e Intervenção em Patrimônio Cultural e Memória Socia, LEPAM, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 4
Outras informações
O LEPAM - Laboratório de Estudos e intervenções em Patrimônio cultural e Memória social - é um espaço para o desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão que explorem as múltiplas relações entre estes objetos (Patrimônio Cultural e Memória Social) em diferentes campos do conhecimento, tais como Educação, História, linguagem, Artes e Museologia. Neste contexto, o laboratório investiga: 1. as características particulares destes objetos conceituais; 2. as relações que eles mantêm entre si; 3. o papel da língua e dos texto na construção das identidades sociais; e 4. como esses objetos operam no processo de construção identitária no interior do campo simbólico.

Atividades

01/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Memorial da UFRPE, .


Grupo de Pesquisa Mundo Atlântico, GPMA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora
Outras informações
O grupo reúne pesquisas que tem como o princípio a idéia de que a história do Brasil colonial e imperial só pode ser compreendida no âmbito do universo Atlântico, entendido como um espaço histórico construído através da interação entre as partes que o compreendem (América, África e Europa). Um dos frutos desta perspectiva de trabalho foi a realização no Recife do III Encontro Internacional de História Colonial em setembro de 2010. Destacamos também a formação de uma nova linha de pesquisa (Norte e Nordeste no Mundo Atlântico) no âmbito do Programa de Pós-graudação em História da UFPE.


Núcleo de Pesquisa e Estudo em Gênero, NUPEGE, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora
Outras informações
O Núcleo de Pesquisas e Estudos em Gênero reúne pesquisador@s, professor@s, estudantes de diferentes Instituições de Ensino Superior que se propõem a trabalhar com a temática de gênero e da diversidade, realizar palestras, oficinas, mini-cursos, seminários e pesquisas, participar de encontros e eventos nacionais e internacionais onde a temática de gênero tenha espaço para discussão, bem como promover intercâmbios e parcerias entre pesquisador@s, estudantes, especialistas, profissionais, núcleos de pesquisa e integrantes de Organizações Não-Governamentais. Ao mesmo tempo buscará interagir com os movimentos sociais que tenham como foco de suas atuações as temáticas de gênero e da diversidade. Os seus integrantes vêm participando de encontros, simpósios e congressos nacionais e internacionais, bem como divulgando e socializando em âmbito local, nacional e internacional suas pesquisas na forma de mini-cursos, módulos de ensino, palestras, oficinas e orientação de pesquisas em nível de graduação e de pós-graduação. Para ampliar suas discussões @s pesquisador@s vêm estabelecendo contato e intercâmbios com outr@s profissionais do país e do exterior. Internamente tem procurado realizar seminários e ciclos de palestras com especialistas e tem publicado a produção científica de seus integrantes em revistas de ampla circulação.


Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco, ALEPE, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Consultor historiador
Outras informações
Consultora histórica, analisando o acervo documental do Arquivo da Assmbleia Legislativa de Pernambuco para o Projeto Resgate Pernambucano.


Ministério Público de Pernambuco, MPPE, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2004
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Pesquisadora assistente
Outras informações
Atividades desenvolvidas no Arquivo Público Estadual Jordão Emerenciano, projeto Resgate da Memória Institucional do Ministério Público - transcrição paleográfica de documentos manuscritos do século XIX, sob a orientação da Professora Vera Costa Acioli.


Prefeitura Municipal de Recife, PM/Recife, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Formadora, Carga horária: 16
Outras informações
Formação continuada de História destinada aos professores(as) do 1º e 2º ciclos do ensino fundamental.


Boston University, BU, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora assistente/ Historiadora
Outras informações
Realiza pesquisas nos arquivos do Recife sobre africanos traficados para Pernambuco entre os séculos XVIII e XIX para a Instituição African American Studies Program da Boston University, essa pesquisa está sob a coordenação da Professora Linda Heywood.


Faculdade de Belo Jardim, FABEJA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 8
Outras informações
Especialização lato sensu Ensino de História e suas Tecnologias, na FABEJA, em Belo Jardim. A disciplina ministrada é a Iniciação à Pesquisa em História, 30h/a.


Associação Nacional de História - Sede, ANPUH/Sede, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Coord. da Regional Nordeste
Outras informações
Coordenadora da Seção Regional Nordeste do GT Emancipações e Pós-abolição - ANPUH - Brasil.



Linhas de pesquisa


1.
Observatório do Ensino de História em Pernambuco
2.
Educação, Memória Social e Patrimônio Cultural


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Abolição e Pós-abolição em Pernambuco: experiências, trajetórias e direitos (1880-1910)
Descrição: Este projeto financiado pelo Edital Universal do CNPq 01/2016 processo 429561/2016-4pretende investigar e reconstruir o modo como os homens e mulheres, vivenciaram as questões relacionadas a liberdade, autonomia e direitos entre as décadas de 1880 e 1910 em Pernambuco. Não podemos esquecer que a província pernambucana abrigou uma das mais duradouras sociedades escravistas das Américas; e com a abolição os antigos escravos continuaram a labutar na região. Assim, pretendemos também perceber como as experiências da escravidão, de variadas e imprevisíveis maneiras, projetaram-se sobre o cotidiano e nas relações de trabalho dos ex-escravos e seus descendentes no pós-abolição, norteando condutas, escolhas e projetos de inserção social e de liberdade. As fontes que utilizaremos para analisar as experiências desses trabalhadores serão, notadamente, os ofícios policiais, os processos judiciais e os relatos de memórias..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado profissional: (2) .
Integrantes: Maria Emilia Vasconcelos dos Santos - Coordenador.
2009 - 2014
OS SIGNIFICADOS DO 13 DE MAIO: A ABOLIÇÃO E O IMEDIATO PÓS-ABOLIÇÃO PARA OS TRABALHADORES DOS ENGENHOS DA ZONA DA MATA SUL DE PERNAMBUCO (1884-1893)
Descrição: A presente pesquisa tem por objetivo investigar as experiências sociais dos trabalhadores dos engenhos no contexto emancipacionista da década de 1880 e do imediato pós-abolição. Nosso estudo aborda as quebras e as linhas de continuidade entre a escravidão e a liberdade vivenciadas pelos senhores de engenho e os trabalhadores da cana-de-açúcar, entre eles, a população pobre e livre, principalmente, a negra e os escravos na Zona da Mata Sul de Pernambuco, notadamente, entre os anos de 1884 e 1893. Para atingir tal fim, lançamos mão de um corpus documental composto por fontes históricas diversas, como os ofícios policiais, processos judiciais, jornais, censos populacionais, memórias e cartas. No cruzamento destas fontes buscamos vislumbrar os diversos significados da Abolição, da liberdade e do trabalho para os personagens presentes nesta tese. A pesquisa evidenciou que, ao longo dos anos de 1884 a 1893, a Mata Sul pernambucana passou por transformações promovidas pelo processo das lutas pelo fim da escravidão e pela Abolição, que alterou as relações sociais e políticas na região. Neste momento de reordenação das relações sociais e de trabalho, a população negra procurou conquistar maior autonomia e dignidade expressa pelo movimento entre cidades e engenhos, impondo limites à opressão social; já os proprietários, por sua vez, viveram momentos de descontentamento com a perda das antigas prerrogativas senhoriais e criaram estratégias para controlar a mão-de-obra de ex-escravos e livres pobres. Assim, objetivamos, sobretudo, demonstrar como as experiências da escravidão e da Abolição vivenciadas pelos trabalhadores do açúcar, de variadas maneiras, influenciaram nas complexas relações de trabalho, nas alianças e negociações estabelecidas no cotidiano e nos modos de reivindicar direitos no pós-abolição..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2012
Trabalhadores no Brasil: identidades, direitos e política (séculos XVII a XX)
Descrição: Este projeto pretende investigar o modo como os trabalhadores (escravos ou livres, nacionais ou imigrantes, homens ou mulheres, brancos, negros ou índios) conferiram significados políticos a diferentes aspectos de seu cotidiano, seja no local de trabalho ou nos espaços de sociabilidade e lazer, no desenrolar de conflitos com senhores, patrões ou autoridades públicas. Seu objetivo é examinar processos históricos nos quais os trabalhadores se constituíram como sujeitos políticos e como tal foram reconhecidos. Ao adotar o procedimento de realizar pesquisas sobre objetos circunscritos, mas orientadas por questões mais gerais, o projeto visa discutir aspectos da história do trabalho no Brasil desde o século XVII até o século XX. Busca, com isso, não apenas contribuir para o aprofundamento de temáticas particulares (movimentos de reivindicação, formas de associação e participação política, manifestações culturais dos trabalhadores), mas também para ampliar campos de investigação que, mais recentemente, vêm se renovando, como a história social das práticas jurídicas e legais. As pesquisas privilegiam dois grandes eixos de investigação. Primeiro, trata-se de perceber como se configuraram, expressaram e transformaram as diversas identidades dos trabalhadores em sua atuação na esfera pública. O intuito é examinar a conformação de tradições, costumes e identidades compartilhadas que serviram de base para suas ações e para a formação de grupos e associações (religiosas, recreativas, de apoio mútuo, sindicais, etc). Focalizam-se assim as múltiplas formas de atuação dos trabalhadores, tanto em situações nas quais eles se definiam prioritariamente pelas relações de trabalho, quanto em contextos nos quais extrapolavam os espaços institucionalizados e engendravam diferentes identidades sociais. Segundo, busca-se ver como esta dimensão cultural (em diferentes situações e contextos históricos) fundamentou a reivindicação de direitos, e como tais demandas repercutiram na esfera pública. Neste sentido, o projeto discute os usos que os trabalhadores fizeram de espaços simbólicos e pontos de vista "consagrados", ou de canais institucionais e mecanismos legais e jurídicos, para expressar seus pleitos, interpretar leis ou redimensionar espaços sociais em seu benefício. (AU).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (7) .
Integrantes: Maria Emilia Vasconcelos dos Santos - Integrante / Silvia Hunold Lara - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2005 - 2007
"Moças Honestas" ou "Meninas Perdidas": um estudo sobre a honra e os usos da justiça pelas mulheres pobres em Pernambuco Imperial (1860-1888)
Descrição: Esse trabalho tem por objetivo discutir o cotidiano, os usos da justiça e a honra para as jovens pobres vítimas de crimes sexuais e seus familiares na Província de Pernambuco, entre as décadas de 1860 e 1880. Esse período, corresponde à crise do escravismo que marcou também as vivências cotidianas dos pobres livres. Para tanto, o trabalho de pesquisa documental nos processos-crimes de rapto, estupro e defloramento, nossa fonte principal, bem como outras fontes: jornais, ofícios policiais e literatura, os quais possibilitaram a investigação dos modos de vida, dos relacionamentos amorosos, dos laços familiares e dos momentos de intimidade dos segmentos populares. Destacou-se a questão do acesso à Justiça por parte da população pobre. Buscou-se, ainda, discutir os arranjos domiciliares e as relações familiares. Foi possível refletir sobre a noção de honra como um elemento de diferenciação social e como uma característica a ser passada para as gerações sucessivas como um patrimônio e poderia ser utilizada como um bem pelos descendentes..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2016 - 2016
X Colóquio de História da UNICAP 2016 - Escravidão, Abolição e Pós-Abolição.
Descrição: A Universidade Católica de Pernambuco - Unicap há quase uma década promove o Colóquio de História que se constitui em uma das mais importantes reuniões acadêmicas da área no estado de Pernambuco. Essa atividade já está incorporada ao calendário da comunidade universitária, inclusive, em nível regional. O Colóquio de História deste ano tem como tema - "Escravidão, Abolição e Pós-abolição: trajetórias e experiências" que soma-se as iniciativas da própria instituição com atividades sobre o mês da consciência negra e da ONU com a Década Internacional de Afrodescendentes (2015-2024). Por outro lado, o evento também se alinha às atividades desenvolvidas pelo Grupo de Trabalho da ANPUH (Associação Nacional dos Professores Universitários de História) nacional e estadual intitulado GT Emancipações e Pós-abolição que vem se dedicando a refletir sobre as experiências da população negra ao longo da história. Desta feita oportunizará aos discentes de diversas instituições de ensino superior e aos docentes de diferentes níveis a discussão sobre a eliminação das formas de discriminação racial, o respeito e a preservação da memória histórica de pessoas afrodescendentes..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2014 - Atual
Patrimônio do saber: ações de conservação preventiva do acervo bibliográfico do Colégio Nobrega.
Descrição: Este projeto visa desenvolver atividades de Conservação Preventiva adequados a estabilização do acervo bibliográfico do Colégio Nóbrega - Jesuítas. O conjunto bibliográfico da instituição se encontra em condições de deterioração avançado necessitando de intervenções que mitiguem os fatores de deterioração que atuam sobre o mesmo. Prevemos que a nossa atuação se pautará no diagnóstico, higienização, desinfestação e acondicionamento do acervo. Esta ação possibilitará o acesso à história da educação jesuíta em nosso estado, percebendo as práticas, metodologias, vivências e debates da educação e do ensino desta importante instituição..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Maria Emilia Vasconcelos dos Santos - Integrante / Bruno Melo de Araújo - Coordenador / Emanuela Sousa Ribeiro - Integrante / Ricardo de Aguiar Pacheco - Integrante.
2011 - Atual
Leituras sobre Memória Social e Ensino de História
Descrição: Este projeto surge da experiência de debates e produções em torno do tema da Memória Social e Ensino de História realizadas no Laboratório de pesquisas e intervenções em Patrimônio Cultural e Memória Social. Neste são realizados estudos sobre a conteúdos, métodos e práticas de ensino como elementos constituidores de uma Memória social. As atividades são realizadas mensalmente, no período de 04 de março a 01 de julho de 2015..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Emilia Vasconcelos dos Santos - Coordenador / Bruno Melo de Araújo - Integrante / Ricardo de Aguiar Pacheco - Integrante.
2005 - 2005
Simpósio Poder Político e Movimentos Sociais
Descrição: Integrei a comissão organizadora do Simpósio Poder Político e Movimentos Sociais, promovido pelo Arquivo Público Estadual e pelo Programa de Pós-graduação em História da UFPE, cumprindo carga horária de 60 horas como atividade de extensão..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Revista História Unicap
2016 - Atual
Periódico: Revista de História da UEG
2015 - Atual
Periódico: Revista Veredas


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do trabalho.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História de Pernambuco.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil Império.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Pós-abolição.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
3º lugar professora substituta do Departamento de Fund. Sócio-filosóficos da Educação, UFPE - CE.
2013
11º lugar tutora a distância do IFPE para atuar na disciplina de Infraestrutura escolar (e-TEC) Recife., IFPE - DEAD.
2013
2º lugar professora substituta de história (Estudos Sociais), Colégio de Aplicação - UFPE/CE.
2013
4º lugar professora efetiva da área de história, IFPE Sertão.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
Walter Fraga Filho  Data: 01/12/2016

Artigos completos publicados em periódicos

1.
SANTOS, M. E. V.2017SANTOS, M. E. V.. O 25 de março de 1884 no Ceará e a luta pela libertação dos escravos em Pernambuco. Revista Historiar - Revista Eletrônica do Curso de História Universidade Estadual Vale do Acaraú, v. 9, p. 7, 2017.

2.
SANTOS, M. E. V.2016SANTOS, M. E. V.. O 25 de março no Ceara e o movimento abolicionista em Pernambuco. AFROASIA, v. 53, p. 149-183, 2016.

3.
SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS2016SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS. EXPERIÊNCIAS DE MOBILIDADE DOS TRABALHADORES DO AÇÚCAR ENTRE A ABOLIÇÃO E O IMEDIATO PÓS-ABOLIÇÃO (ZONA DA MATA SUL DE PERNAMBUCO, 1884-1893). Revista Perspectiva Histórica, v. 5, p. 75-90, 2016.

4.
SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS2016SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS. O tema do pós-abolição em salas de aula de história do Brasil - notas introdutórias.. Interfaces Científicas - Educação, v. 5, p. 41-50, 2016.

5.
SANTOS, M. E. V.;DOS SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS2015SANTOS, M. E. V.. As experiências dos trabalhadores dos engenhos no final do século XIX (1884-1893) ? o uso dos ofícios policiais. Revista de Fontes, v. 2, p. 81-109, 2015.

6.
SANTOS, M. E. V.;DOS SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS2015SANTOS, M. E. V.. Formas de persuasão e controle dos trabalhadores dos engenhos no imediato pós-abolição (Zona da Mata Sul de Pernambuco 1884-1893). Revista Gnarus, v. 5, p. 114-120, 2015.

7.
SANTOS, M. E. V.;DOS SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS2015SANTOS, M. E. V.. CAMINHOS E DESCAMINHOS DA LIBERDADE PARA OS TRABALHADORES DOS ENGENHOS DA ZONA DA MATA SUL DE PERNAMBUCO ENTRE OS ANOS DE 1884 E 1893.. Métis (UCS), v. 14, p. 115-131, 2015.

8.
2015SANTOS, M. E. V. . O 25 de março de 1884 e a luta pela libertação dos escravos em Pernambuco. Clio (Recife), v. 33.2, p. 158-180, 2015.

9.
SANTOS, M. E. V.;DOS SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS2015SANTOS, M. E. V.. Circulação de trabalhadores dos engenhos na abolição e no pós-abolição: histórias, trajetórias e autonomia. Aurora (UNESP. Marília), v. 8, p. 01-15, 2015.

10.
SANTOS, M. E. V.;DOS SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS2015SANTOS, M. E. V.. A Zona da Mata Sul de Pernambuco e os trabalhadores dos engenhos nos anos finais da escravidão e na abolição. Revista do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano, v. 68, p. 207-239, 2015.

11.
DOS SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS2015DOS SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS. Os trabalhadores dos engenhos e suas experiências entre a escravidão e o pós-abolição (Zona da Mata Sul de Pernambuco 1884-1893).. Universitas Humanas, v. 11, p. 01-14, 2015.

12.
SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS2014SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS. Em busca da liberdade: mulheres escravizadas e os caminhos da Abolição - Zona da Mata Sul de Pernambuco década de 1880.. Revista Interfaces Científicas Humanas e Sociais, v. 2, p. 23, 2014.

13.
SANTOS, M. E. V.;DOS SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS;SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS2003SANTOS, M. E. V.. 'Moça Honesta' ou 'Menina Perdida': o discurso jurídico na construção de imagens sociais femininas.. Gênero & História (UFPE), v. 2, p. 117-128, 2003.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CESAR, T. S. (Org.) ; CABRAL, F. J. G. (Org.) ; NASCIMENTO, L. M. D. (Org.) ; SANTOS, M. E. V. (Org.) . História, Cultura e Patrimônio : experiências de pesquisa. 1. ed. Recife: Editora da UFPE, 2016. v. 1. 277p .

2.
SANTOS, M. E. V.. Moças honestas ou Meninas Perdidas: um estudo sobre a honra e os usos da justiça pelas mulheres pobres em Pernambuco Imperial (1860-1888). 1. ed. Recife: Editora da UFPE, 2015. v. 1. 244p .

3.
SANTOS, M. E. V.. História da Infância em pernambuco. Recife: Editora Universitária da UFPE, 2007. v. 1. 200p .

Capítulos de livros publicados
1.
SANTOS, M. E. V.. Antropologia: diversidade, etnocentrismo e diversidade cultural. In: Juliana Alves de Andrade; Tarcísio Augusto Alves da Silva. (Org.). O ensino da tabética indígena: subsídios didáticos para o estudo das sociodiversidades indígenas. 1ed.Recife: Edições Rascunhos, 2017, v. 1, p. 161-180.

2.
SANTOS, M. E. V.; ARAUJO, B. M. . A estruturação do ensino agrícola em Pernambuco na primeira metade do século XX. In: Maria Emília Vasconcelos dos Santos; Tiago da Silva Cesar; Flávio José Gomes Cabral; Luís Manuel Domingues do Nascimento. (Org.). História, Cultura e Patrimônio : experiências de pesquisa. 1ed.Recife: Editora da UFPE, 2016, v. 1, p. 177-202.

3.
SANTOS, M. E. V.. Hierarquias, tensões e autonomia no imediato pós-abolição na Zona da Mata Sul de Pernambuco. In: Bruno Melo de Araújo. (Org.). Textos e Contextos: Escritos em História Social da Cultura.. 01ed.Recife: Editora da UFPE, 2015, v. , p. 155-177.

4.
SANTOS, M. E. V.; ARAUJO, B. M. . Ofícios policiais: fontes para perscrutar as experiências dos trabalhadores dos engenhos no final do século XIX.. História e Contemporaneidade: Articulando espaços, construindo conhecimentos.. 1ed.Recife: Editora da UFPE, 2015, v. 1, p. 493-509.

5.
SANTOS, M. E. V.. O Doutor Ambrósio Machado e os trabalhadores de engenho Gaipió - Ipojuca, Zona da Mata, Sul de Pernambuco (1885-1893(. In: Martha Abreu, Carolina V. Dantas, Hebe Matos, Beatriz Loner, Karl Monsma. (Org.). Histórias do Pós-Abolição no Mundo Atlântico. 01ed.Niterói: Editora da UFF, 2013, v. 02, p. 83-99.

6.
SANTOS, M. E. V.. Meninas, moças e donzelas: os crimes sexuais e a honra em Pernambuco imperial (1860-1888). In: Humberto Miranda; Maria Emília Vasconcelos. (Org.). História da Infância em Pernambuco. Recife: Editora Universitária da UFPE, 2007, v. , p. 9-197.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, M. E. V.. Os trabalhadores dos engenhos e suas experiências (Zona da Mata Sul de Pernambuco 1884-1893).. In: III Seminário Internacional Mundos do Trabalho / VII Jornada Nacional de História do Trabalho, 2014, Salvador. III Seminário Internacional Mundos do Trabalho / VII Jornada Nacional de História do Trabalho, 2014.

2.
SANTOS, M. E. V.. ?OS TRABALHADORES DOS ENGENHOS E SUAS EXPERIÊNCIAS?. In: XVI Seminário sobre a Economia Mineira, 2014, Diamantina. XVI Seminário sobre a Economia Mineira, 2014.

3.
SANTOS, M. E. V.. O Doutor Ambrósio Machado e os trabalhadores do engenho Gaipió ? Ipojuca, Zona da Mata Sul de Pernambuco (1885-1893).. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL ?HISTÓRIAS DO PÓS-ABOLIÇÃO NO MUNDO ATLÂNTICO?, 2012, Niterói. Anais do Evento Histórias do pós-abolição no Mundo Atlântico. Niterói: EDUFF, 2012.

4.
SANTOS, M. E. V.. Notas de pesquisa - Perseguindo os trabalhadores dos engenhos: ofícios policiais fonte e metodologia de pesquisa. (Zona da Mata Sul de Pernambuco, 1885-1893).. In: XXVI SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA - ANPUH 50 anos, 2011, São Paulo. Anpuh 50 anos, 2011.

5.
SANTOS, M. E. V.. ?Veja que o mundo virou?: considerações sobre o processo-crime envolvendo os negros do Engenho Salgado ? Pernambuco 1890.. In: I Seminário Internacional Mundos do Trabalho: Histórias do Trabalho no Sul Global/ V Jornada Nacional de História do Trabalho, 2010, Florianopólis. http://www.labhstc.ufsc.br/globalsouth/program.htm, 2010.

6.
SANTOS, M. E. V.. "Os ladrões da honra": homens e mulheres envolvidos em crimes sexuais em pernambuco Imperial (1860-1888). In: XXIV Simpósio Nacional de História, 2007, São Leopoldo/RS. Anais do XXIV Simpósio nacional de História, 2007.

7.
SANTOS, M. E. V.. "Moças Honestas" ou "Meninas perdidas": o discurso jurídico na construção de imagens sociais femininas.. In: XXII Simpósio Nacional de História, História, acontecimento e narrativa., 2003, João Pessoa/ PB. XXII Simpósio Nacional de História, História, acontecimento e narrativa., 2003.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, M. E. V.. "Moças Honestas" ou "Meninas perdidas": as meninas pobres e a honra.. In: I Colóquio Internacional de História da Universidade Federal Rural de Pernambuco - Brasil Portugal: nossa história ontem e hoje., 2007, Recife/PE. I Colóquio Internacional de História da Universidade Federal Rural de Pernambuco - Brasil Portugal: nossa história ontem e hoje., 2007.

2.
SANTOS, M. E. V.. Insistindo o olhar - fontes, historiografia e relações de gênero em Pernambuco.. In: Simpósio poder político e movimentos sociais -60 anos do arquivo público estadual., 2005, Recife. simpósio poder político e movimentos sociais - 60 anos do arquivo públi estadual, 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, M. E. V.. Recompondo laços: maternidade negra no imediato pós-abolição em Recife, 1890.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
SANTOS, M. E. V.. Abolição e Pós-abolição em Pernambuco: percursos e pesquisas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
SANTOS, M. E. V.. O Ensino de História no Tempo presente - Semana do Calouro História/UFRPE. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SANTOS, M. E. V.. A balança desequilibrada: pensando a abolição da escravidão entre a dádiva e a conquista. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
SANTOS, M. E. V.. Recompondo laços: maternidade negra no imediato pós-abolição em Recife, 1890.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
SANTOS, M. E. V.. Mobilidade dos trabalhadores dos engenhos na abolição e no pós-abolição: Trajetórias e autonomia Zona da Mata Sul, (1884-1893). 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
SANTOS, M. E. V.. Processo de abolição e o pós-abolição em Pernambuco - História, memória e ensino. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
SANTOS, M. E. V.. Os trabalhadores dos engenhos e suas experiências (Zona da Mata Sul de Pernambuco 1884-1893). 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
SANTOS, M. E. V.. Dr. Ambrósio Machado and Cane Workers on the Gaipió Plantation (Ipojuca, pernambuco), 1885-1893. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
SANTOS, M. E. V.. Doutor Ambrósio Machado e os trabalhadores do engenho Gaipió - Ipojuca, Zona da Mata Sul de Pernambuco (1885-1893). 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
SANTOS, M. E. V.. Notas de pesquisa - Perseguindo os trabalhadores dos engenhos: ofícios policiais fonte e metodologia de pesquisa. (Zona da Mata Sul de Pernambuco, 1885-1893).. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
SANTOS, M. E. V.. ?Veja que o mundo virou?: considerações sobre o processo-crime envolvendo os negros do Engenho Salgado ? Pernambuco 1890.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
SANTOS, M. E. V.. Os significados do 13 de maio: a Abolição e os trabalhadores dos engenhos da Zona da Mata Sul de Pernambuco 1885-1893.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
SANTOS, M. E. V.. Memórias de um senhor de Engenho: Escravidão e Abolição na escrita de Júlio Bello. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
SANTOS, M. E. V.. Moças Honestas ou Meninas Perdidas: Os usos da Justiça pelas mulheres das camadas populares em Pernambuco Imperial (1860-18880. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
SANTOS, M. E. V.. Nem brancos, nem escravos: Trajetórias de libertos e seus descendentes na Zona da Mata Sul de Pernambuco, 1870-1910. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

17.
SANTOS, M. E. V.. "Moças Honestas" ou "Meninas Perdidas": as jovens pobres e os crimes sexuais em Pernambuco dos oitocentos.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
SANTOS, M. E. V.. Moças Honestas ou Meninas Perdidas: As meninas pobres e a honra.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
SANTOS, M. E. V.. Mesa redonda: História, Direito e Justiça: temas, possibilidades, fontes.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
SANTOS, M. E. V.. Por meio de afagos e promessas: defloramento, honra e relações de gênero em Pernambuco, 1871.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
SANTOS, M. E. V.. Honra e pobreza: percurso de mulheres defloradas na segunda metade dos oitocentos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
SANTOS, M. E. V.. Honra e pobreza: percurso de mulheres defloradas. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
SANTOS, M. E. V.. Coordenadora de sessões de comunicações do II Encontro Cultura, Modernidade e Memória.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

24.
SANTOS, M. E. V.. Projeto Resgate da Memória Institucional do Ministério Público - Transcrição de documentos manuscritos.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

25.
SANTOS, M. E. V.. Insistindo o olhar - fontes, historiografia e relações de gênero em Pernambuco.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
SANTOS, M. E. V.. POr meio "de afagos e promessas": defloramento, honra e relações de g~enero em Pernambuco (1871).. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
SANTOS, M. E. V.. Discursos e contradições cotidianas: ser "honesta" dentro dos padrões jurídicos.. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

28.
SANTOS, M. E. V.. Discursos e contradições do cotidiano: Ser "honesta" dentro dos padrões jurídicos.. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
SANTOS, M. E. V.. "Moças Honestas" ou "Meninas Perdidas": Representações do feminino em Pernambuco 2ª metade do ´seculo XIX.. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
SANTOS, M. E. V.. "Moça Honesta" ou "Menina Perdida": o discurso jurídico na construção de imagens sociais femininas.. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
SANTOS, M. E. V.. A Construção da "moralidade feminina" realizada pela Justiça em pernambuco na 2ª metade do século XIX.. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
SANTOS, M. E. V.. Moralidade feminina no ideáro jurídico no século XIX: um estudo de caso.. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
SANTOS, M. E. V.. A Menina perdida, o Chefe da estação e uma batalha pela honra jovens pobres vítimas de crimes sexuais em Pernambuco dos oitocentos.. Recife: Escola de Conselhos de pernambuco, 2010 (Revista Infância Hoje).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS. II Seminário Internacional Histórias do Pós-abolição no Mundo Atlântico - 130 anos de abolição no Brasil. 2017.

2.
SANTOS, M. E. V.. Projeto Museu Virtual da assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco. 2008.

3.
SANTOS, M. E. V.. Projeto Resgate Pernambucano. 2007.

4.
SANTOS, M. E. V.. Levantamento das áreas quilombolas Serrote do Gado Brabo, Imbé e Negros de Gilu (Pernambuco). 2007.

5.
SANTOS, M. E. V.. Projeto Resgate Pernambucano. 2006.

Trabalhos técnicos
1.
SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS. Revista Política Hoje. 2018.

2.
SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS. II Seminário Internacional Histórias do Pós-Abolição no Mundo Atlantico. 2018.

3.
SANTOS, M. E. V.. Dossiê 130 anos da Abolição da escravatura no Brasil - Revista Semana. 2018.

4.
SANTOS, M. E. V.. Revista de História da Unicap. 2017.

5.
SANTOS, M. E. V.. Revista Clio UFPE. 2016.

6.
SANTOS, M. E. V.. Revista de História da UEG. 2016.

7.
SANTOS, M. E. V.. Revista História Unicap. 2016.

8.
SANTOS, M. E. V.. Revista Interfaces Científicas. 2015.

9.
SANTOS, M. E. V.. Revista de História da UEG. 2015.

10.
SANTOS, M. E. V.. Os significados do 13 de maio: a Abolição e os trabalhadores dos engenhos da Zona da Mata Sul de Pernambuco 1885-1893.. 2010.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SANTOS, M. E. V.. O Ensino de História no Tempo Presente - Semana do Calouro História/UFRPE. 2018. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

2.
SANTOS, M. E. V.. Programa Que História é Essa.. 2008.

3.
SANTOS, M. E. V.. A violência contra a mulher no século XIX.. 2007. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

4.
SANTOS, M. E. V.. História, Direito e Justiça: temas, possibilidades, fontes. 2007. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

5.
SANTOS, M. E. V.. Insistindo o olhar - Fontes, historiografia e relações de gênero em Pernambuco.. 2005. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Redes sociais, websites e blogs
1.
SANTOS, M. E. V.. Pesquisadores da Abolição e do Pós-abolição. 2013; Tema: Abolição da Escravidão e Pós-abolição no Brasil. (Rede social).


Demais tipos de produção técnica
1.
SANTOS, M. E. V.. Oficina Pós-abolição e Ensino de História. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
SANTOS, M. E. V.. Elaboração do material didático para o Banco de Questões Devry Brasil. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Questões de Prova).

3.
SANTOS, M. E. V.. Relatório Científico II (dezembro de 2010 a novembro de 2011) Processo Nº 2009/09117-2 Bolsa no País / DR-2. 2011. (Relatório de pesquisa).

4.
SANTOS, M. E. V.. Relatório Científico I (dezembro de 2009 a novembro de 2010) Processo No 2009/09117-2 Bolsa no País / DR-1. 2010. (Relatório de pesquisa).

5.
SANTOS, M. E. V.; Barros, N. C. S. . História e Gênero. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
SANTOS, M. E. V.. Simpósio Poder Político e Movimento Sociais. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
SANTOS, M. E. V.. Que História é essa?. 2008.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Carneiro, Maciel; SANTOS, M. E. V.; SILVA, Wellington B.. Participação em banca de Elisiane Araújo Cordeiro. No apagar das luzes: policiais e escravizados na última década da escravidão em Pernambuco (1880-1888). 2018. Dissertação (Mestrado em História Social da Cultura Regional) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Teses de doutorado
1.
Câmara, B. A. D.; Christillino, C. L.; Galves, M. C.; CARVALHO, M. J. M.; SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS. Participação em banca de Paulo Henrique Fontes Cadena. O Vice-Rei: Pedro de Araújo Lima e a governança do Brasil no século XIX. 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
ABREU, M. C.; CASTRO, H. M. C. M.; OLIVEIRA, I. F.; SANTOS, M. E. V.; AMANCIO, K. A. O.. Participação em banca de Camila Barreto Santos Avelino. Os sentidos da liberdade: trajetórias, lutas sociais e relações de trabalho no Vale do Cotiguiba na abolição e na pós-emancipação. 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal Fluminense.

Qualificações de Doutorado
1.
CARVALHO, M. J. M.; CASTILHO, C. T.; SANTOS, M. E. V.. Participação em banca de Gabriel Navarro de Barros. Lei do Ventre Livre: Caminhos e entraves à liberdade de ingênuos, mulheres e africanos (Zona da Mata Sul e Recife). 2018. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
CARVALHO, M. J. M.; SANTOS, M. E. V.; Christillino, C. L.; Câmara, B. A. D.; Galves, M. C.. Participação em banca de Paulo Henrique Fontes Cadena. O Vice-Rei: Pedro de Araújo Lima e a governança do Brasil no século XIX. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Pernambuco.

Qualificações de Mestrado
1.
Alcileide Cabral; Cláudia Andrade Vieira; SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS. Participação em banca de Mirella Tuanny Ferreira Lopes. Resistir para existir: as estratégias feministas em prol da conquista da cidadania política no Recife (1927-1934). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História Social da Cultura Regional) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

2.
SANTOS, M. E. V.; SILVA, Wellington B.; Carneiro, Maciel. Participação em banca de Elisiane Araujo Cordeiro. No apagar das luzes: policiais e escravizados na última década da escravidão em Pernambuco (1880-1888). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História Social da Cultura Regional) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

3.
SANTOS, M. E. V.; PACHECO, R. A.; MARINHO, T. A.. Participação em banca de Humberto Rafael de Andrade Silva. Educação Étnico-racial: uma análise sobe a iconografia da escravidão nos livros didáticos de história do PNLD. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História Social da Cultura Regional) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

4.
Solange Pereira Rocha; SANTOS, MARIA EMÍLIA VASCONCELOS DOS; MARIANO, S. R. C.. Participação em banca de Josilene Pereira Pacheco. Soldados Negros paraibanos recrutados para a Guerra do Paraguai: Trabalho, Cotidiano e Sociabilidades (1864-1870). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal da Paraíba.

5.
ROSAS, S. C.; GUILLEN, I. C. M.; SANTOS, M. E. V.. Participação em banca de Karla Hegeane Vieira de Lima. Mutualismo, Resistência e Cultura Política no Matadouro da Cabanga: Os Fressureiros do Recife. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Pernambuco.

6.
SANTOS, M. E. V.; GUILLEN, I. C. M.; ROSAS, S. C.. Participação em banca de Yves Antônio Albuquerque da Silva. debates acerca dos homens de cor: A imprensa pernambucana e o processo de emancipação escrava (1884-1888). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Pernambuco.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SILVA, J. B. R.; REIS, L.; SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS. Participação em banca de Mayra Caroline da Silva Medeiros.A escravidão no feminino: a presença de escravizados nos processos crimes em Pernambuco (1871-1888). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
SANTOS, M. E. V.; CARVALHO, M. J. M.; Paulo Cadena. Participação em banca de Carolina de Toledo Braga.Amas de Leite e Professoras no Recife Oitocentista (1840-1845). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Pernambuco.

3.
SANTOS, M. E. V.; CARVALHO, M. J. M.; Paulo Cadena. Participação em banca de Cybelle Luciana de Oliveira.Tráfico Interprovincial de Escravos: Uma revisão bibliográfica.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Pernambuco.

4.
SANTOS, M. E. V.; ARAUJO, B. M.; RIBEIRO, E. S.. Participação em banca de Fábio Cruz da Cunha.Memorial Severina Paraíso (Memorial Xambá): Um espaço de construção e exercício dos direitos culturais de um povo;. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Pernambuco.

5.
SANTOS, MARIA EMILIA VASCONCELOS. Participação em banca de Lucas Henrique Pereira Santos Silva.Implantação do programa 5S em uma linha de produção de bebidas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Centro Universitário Boa Viagem.

6.
SANTOS, M. E. V.. Participação em banca de Samuel Leal Carriel.Planejamento e controle de manutenção de equipamentos auxiliando por sistemas de informações gerenciais. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Centro Universitário Boa Viagem.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
SANTOS, M. E. V.. Avaliação PIBIC UFRPE 2018. 2018. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

2.
SANTOS, M. E. V.. Comissão do processo seletivo para admissão ao corpo discente do Mestrado em História 2018.2. 2018. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

3.
CESAR, T. S.; CABRAL, F. J. G.; SANTOS, M. E. V.. Comissão de Seleção para o Programa de Pós-graduação em História - Mestrado Profissional. 2017. Universidade Católica de Pernambuco.

4.
SANTOS, M. E. V.. 18 Jornada de Iniciação Científica da Universidade Católica de Pernambuco. 2016. Universidade Católica de Pernambuco.

5.
SANTOS, M. E. V.. VI Mostra de Pesquisa em Ciência e Tecnologia DeVry Brasil - FBV. 2015. Centro Universitário Boa Viagem.

6.
SANTOS, M. E. V.. X Encontro Nacional de História Oral - Testemunhas: História e Política. 2010. Universidade Federal de Pernambuco.

7.
SANTOS, M. E. V.. XVIII Congresso interno de iniciação científica da Unicamp - Pibic 2010. 2010. Universidade Estadual de Campinas.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Cinema Africano e Migração palestra de Ute Fendler. 2018. (Outra).

2.
I Encontro da Associação Brasileira de Estudos Africanos. 2018. (Encontro).

3.
I Encontro Internacional da Associação Brasileira de Estudos Africanos. 2018. (Encontro).

4.
II Encontro do NEMAT: Novos Caminhos para a História.Tráfico, resistência e escravidão no Mundo Altlântico. 2017. (Encontro).

5.
VII Seminário TRT/UFPE & II Caravana ANPUH/PE: História, Trabalho e Direitos.Escravidão e Pós-abolição. 2017. (Seminário).

6.
IV Semana de Letras da UFPE.Formação Humanística em tempos de globalização.. 2016. (Encontro).

7.
Caravana Estadual Anpuh Pernambuco 25 anos.GT Emancipações e Pós-abolição. 2015. (Outra).

8.
Colóquio em História e Teorias da Educação/ Fórum caminhos da pesquisa em Fundamentos da Educação. 2015. (Outra).

9.
Encrespando 2015. I Seminário Internacional Refletido a Década Internacional dos Afro.Processo de abolição e o pós-abolição em Pernambuco - História, memória e ensino.. 2015. (Seminário).

10.
III Seminário Internacional Mundos do Trabalho/ VII Jornada Nacional de História do Trabalho do.Os trabalhadores dos engenhos e suas experiências (Zona da Mata Sul de Pernambuco 1884-1893).. 2014. (Seminário).

11.
IV Encontro de História do Império Brasileiro.OS TRABALHADORES DOS ENGENHOS E SUAS EXPERIÊNCIAS ? ZONA DA MATA SUL DE PERNAMBUCO 1884 ? 1893. 2014. (Encontro).

12.
XVI Seminário sobre a Economia Mineira.?OS TRABALHADORES DOS ENGENHOS E SUAS EXPERIÊNCIAS? f. 2014. (Seminário).

13.
8a. Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul.As domésticas na história - da escravidão à conquista da cidadania.. 2013. (Outra).

14.
I Encontro O Mundo dos Trabalhadores e seus Arquivos - Nordeste..Entre a escravidão e a liberdade: experiências dos trabalhadores dos canaviais da Mata Sul de Pernambuco, últimas décadas do século XIX.. 2012. (Encontro).

15.
III Encontro de História do Império Brasileiro - Cultura e Poder no Oitocentos.. 2012. (Encontro).

16.
Nem resources for the study of Slaves Societies Itinerary. 2012. (Outra).

17.
Seminário Internacional "Histórias do pós-abolição no mundo Atlântico".Doutor Ambrósio Machado e os trabalhadores do enenho Gaipió - Ipojuca, Zona da Mata Sul de Pernambuco (1885-1893).. 2012. (Seminário).

18.
XI Encontro Nacional de História Oral: Memória, Democracia e Justiça.Gileno de Carli e suas memórias sobre os trabalhadores dos Engenhos açucareiros, Pernambuco 1940.. 2012. (Encontro).

19.
XI Encontro Nacional de História Oral: Memória, Democracia e Justiça..Gileno de carli e suas memórias sobre os trabalhadores dos engenhos açucareiros, PE 1940. 2012. (Encontro).

20.
Caminhos da Abolição e do Pós-Abolição: I Seminário de pós-graduandos em história do processo de abolição e do pós-abolição no Brasil.?Veja que o mundo virou?: considerações sobre o processo-crime envolvendo os negros do Engenho Salgado ? Pernambuco 1890.. 2010. (Seminário).

21.
I Seminário Internacional Mundos do Trabalho: Histórias do Trabalho no Sul Global/ V Jornada Nacional de História do Trabalho.?Veja que o mundo virou?: considerações sobre o processo-crime envolvendo os negros do Engenho Salgado ? Pernambuco 1890.. 2010. (Seminário).

22.
seminário Fontes Cartoriais: Inventários post-mortem e metodologia de pesquisa (1800-1950). 2010. (Seminário).

23.
Seminário Internacional "Arquivo Edgard Leuenroth: história e pesquisa". 2010. (Seminário).

24.
Seminário Internacional Fábrica de Ideias: Patrimônio, memória e identidade.Os significados do 13 de maio: a Abolição e os trabalhadores dos engenhos da Zona da Mata Sul de Pernambuco 1885-1893.. 2010. (Seminário).

25.
X Encontro Nacional de História Oral ? Testemunhos: história e política.Trabalhos diversos. 2010. (Encontro).

26.
X Encontro Nacional de História Oral ? Testemunhos: história e política..Memórias de um Senhor de Engenho: Escravidão e Abolição na escrita de Júlio Bello.. 2010. (Encontro).

27.
X Encontro Nacional de História - Testemunhos: História e Política..X Encontro Nacional de História. 2010. (Encontro).

28.
XIII Fábrica de Ideias - Patrimônio, Memória e Identidade. Seminário Internacional Avançado em Relações Étnicas e Raciais. 2010. (Seminário).

29.
XVIII Congresso de Iniciação Científica da Unicamp. Trabalhos diversos. 2010. (Congresso).

30.
II Seminário Internacional do CEO/PRONEX "Dimensões da cidadania no século XIX". 2009. (Seminário).

31.
Repensando a Plantation: paisagens simbólicas, sociais e materiais.. 2009. (Seminário).

32.
XXVIII Internacional Congress of the Latin American Studies Association - LASA. "Moças Honestas" ou "Meninas Perdidas": Os usos da Justiça pelas mulheres pobres das camadas populares em Pernambuco Imperial (1860-1888).. 2009. (Congresso).

33.
3 Encontro Cultura e Memória. História: Cultura e sentimento. 2007. (Encontro).

34.
Curso "La Fotografia como Documento para La Investigación Histórica".. 2007. (Outra).

35.
História, Direito e Justiça: temas, possibilidades, fontes..História, Direito e Justiça: temas, possibilidades, fontes.. 2007. (Encontro).

36.
XXIV Simpósio nacional de história."Os ladrões d ehonra": homens e mulheres envolvidos em crimes sexuais em pernambuco Imperial (1860-1888). 2007. (Simpósio).

37.
1 Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero.1 Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero. 2006. (Outra).

38.
Encontro História, Documentação e o sistema de justiça..A experiência no projeto promotores de justaça no APEJE.. 2006. (Encontro).

39.
II Encontro Cultura Modernidade & Memória. 2006. (Encontro).

40.
II Encontro Cultura Modernidade & Memória.II Encontro Cultura Modernidade & Memória sessões de comunicação. 2006. (Encontro).

41.
XII Encontro Regional de História. 2006. (Encontro).

42.
IV Semana de História da UFRPE - História Local e Regional: Sociedade, política e patrimônio do Nordeste. 2005. (Encontro).

43.
Reunião Regional da SBPC-PE - Conhecimento, Ensino e Sociedade.. 2004. (Outra).

44.
Visões da História I. 2003. (Outra).

45.
XXII Simpósio Nacional de História - História, acontecimento e narrativa.."Moças honestas" ou "Meninas perdidas": o discurso jurídico na construção de imagens sociais femininas.. 2003. (Simpósio).

46.
III Seminário de História - História e Cidade. Mini-curso Registros Historiográficos.. 2002. (Seminário).

47.
IV Encontro Estadual de História. Mini -curso "História e Natureza". 2002. (Encontro).

48.
Congresso Brasileiro de Pesquisadores Negros. 2000. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SANTOS, M. E. V.. XI Encontro Estadual ANPUH PE - Democracia e Diversidade produção e socialização do conhecimento histórico. 2016. (Congresso).

2.
SANTOS, M. E. V.. X Colóquio de História da UNICAP - Escravidão, Abolição e Pós-abolição. 2016. (Outro).

3.
SANTOS, M. E. V.. Simpósio Poder Político e Movimentos Sociais. 2005. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Fernanda Camargo Peixoto. O medo violência da sociedade recifense transpassada pelo fim da escravidão e a implantação da república, a partir do olhar do Diário de Pernambuco (1887 a 1890). Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em História Social da Cultura Regional) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Édipo da Hora. As festas do 13 de maio em Recife, 1888-1889. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Flaviane Soares da Silva. Mulheres de cor no pós-abolição: experiências cotidianas e trabalho, Recife na década de 1890. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. (Orientador).

2.
Jacilene de Lima Leandro. As mulheres e o movimento abolicionista: participação e engajamento (Recife, 1880-1888). Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. (Orientador).

3.
Ítalo Nery de Albuquerque Rego. Memórias do Tráfico: comércio ilegal e experiências cativas nas ações de liberdade entre os anos de 1880 e 1888. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Luana Beatriz Ferreira. ESPETÁCULOS DA LIBERDADE: O MOVIMENTO ABOLICIONISTA E O CAMPO TEATRAL NA CIDADE DO RECIFE ENTRE OS ANOS DE 1885 E 1888. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal Rural de Pernambuco. Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Edvaldo Laurindo de Oliveira. ?O Ensino da temática indígena na educação escolar dos anos iniciais e a Lei 11.645/2008?,. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Cultura e História dos Povos Indígenas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. Orientador: Maria Emilia Vasconcelos dos Santos.

2.
Ronaldo da Silva. A imagem do bom selvagem ou do mal selvagem nos livros didáticos de história.. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Cultura e História dos Povos Indígenas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. Orientador: Maria Emilia Vasconcelos dos Santos.

3.
Cláudio José dos Santos. Apropriações da temática indígena na sala de aula: reflexões acerca da Lei 11.645/2008 (2008-2014). 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Cultura e História dos Povos Indígenas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. Orientador: Maria Emilia Vasconcelos dos Santos.

4.
Anderson da Silva Bispo. A formação de docentes para a educação das relações étnicos raciais: limites e possibilidades nos cursos de licenciaturas. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Cultura e História dos Povos Indígenas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. Orientador: Maria Emilia Vasconcelos dos Santos.

5.
Isabelle Sara Alves Feitosa de Araújo. Ensino de história indígena: a desconstrução de esteriótipos e preconceitos no ensino de história dos povos indígenas - a sala de aula como palco de estudos. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Cultura e História dos Povos Indígenas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. Orientador: Maria Emilia Vasconcelos dos Santos.

6.
Carlos Alberto de Oliveira Gomes Júnior. Formação dos professores para a diversidade cultural das minorias sexuais indígenas. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Cultura e História dos Povos Indígenas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. Orientador: Maria Emilia Vasconcelos dos Santos.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Eva Carolina da Silva Martins. Maternidade da Mulher Negra no Pós-abolição. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Maria Emilia Vasconcelos dos Santos.



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
SANTOS, M. E. V.. Oficina Pós-abolição e Ensino de História. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Outras informações relevantes


Aprovação em Concurso Público: 1) Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, Centro de Educação, Colégio de Aplicação - Professor de História 2013 (2o. lugar).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/10/2018 às 19:40:02