Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2017292661791760
  • Última atualização do currículo em 28/08/2018


Possui graduação em Engenharia Agronômica pela ESALQ-Escola Superior de Agricultura (1986) ,especialização em Geografia e Meio ambiente pela UEL/ IMES (1998), mestrado em Produção Vegetal pela UNESP- Faculdades de Ciências Agrárias e Veterinárias Campus Jaboticabal (2005). Doutorado pela UNESP (2009), Campus de Jaboticabal , também em Produção Vegetal. Pós doutorado junto ao CEF(Centro de Estudos Florestais) do ISA(Instituto Superior de Agronomia) da Universidade de Lisboa, Portugal, com modelos matemáticos de base fisiológica. Pesquisadora Científica nível V da APTA, Agencia Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, com atuação no Pólo Centro Norte-APTA, Pindorama -SP. Atualmente desenvolve trabalho com Sistemas Agroflorestais, conservação de solos, recuperação de áreas degradadas, inventario florestal, sequestro de carbono, plantas infestantes, preservação de recursos hídricos e educação ambiental. Tem experiência na área de Agronomia, atuando principalmente nos seguintes temas: vigor, análise de sementes de espécies florestais, conservação de solos, sistemas agroflorestais, técnicas de nucleação para restauração de ecossistemas, bacias hidrográficas e educação ambiental. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo
Nome em citações bibliográficas
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira;Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira;ABDO, M. T. V. N.;Abdo, Maria Teresa Nogueira

Endereço


Endereço Profissional
Agencia paulista de tecnologia dos agronegócios, Pólo Apta Centro Norte.
Rodovia Washington Luis, Km 372
rural
15830-000 - Pindorama, SP - Brasil - Caixa-postal: 24
Telefone: (17) 35721592
Fax: (17) 35722208
URL da Homepage: http://apta.sp.gov.br/polos


Formação acadêmica/titulação


2005 - 2009
Doutorado em Produção Vegetal.
Faculdades de Ciências Agrárias e Veterinárias Campus Jaboticabal, UNESP*, Brasil.
Título: Caracterização da Vegetação da Reserva Biológica de Pindorama-SP e atributos de solos, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Sérgio Valiengo Valeri.
Palavras-chave: fitossociologia; recuperação ambiental; biodiversidade.
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Silvicultura, Exploração Florestal e Serviços Relacionados Com Estas Atividades.
2003 - 2005
Mestrado em Produção Vegetal.
Faculdades de Ciências Agrárias e Veterinárias Campus Jaboticabal, UNESP*, Brasil.
Título: Germinação, armazenamento e qualidade fisiológica de sementes de capixingui (Croton floribundus Spreng.) - Euphorbiaceae,Ano de Obtenção: 2005.
Orientador: Rinaldo Cesar de Paula.
Palavras-chave: Cucumis sativus L, vigor, análise, hortaliças.
Grande área: Ciências Agrárias
1983 - 1986
Graduação em Engenharia Agronômica.
Escola Superior de Agricultura, ESALQ, Brasil.


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Instituto Superior de Agronomia-Universidade de Lisboa, ISA, Portugal.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Modelagem matemática.


Formação Complementar


2018 - 2018
Extensão universitária em Modelos base fisiológica para gestão de sistema florestal e agroflorestal. (Carga horária: 112h).
Instituto Superior de Agronomia-Universidade de Lisboa, ISA, Portugal.
2015 - 2015
CURSO DE TURISMO RURAL. (Carga horária: 240h).
SENAR- Serviiço Nacional de Aprendizagem Rural_SP, SENAR-SP, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em ANÁLISE ESTATÍSTICA MULTIVARIADA. (Carga horária: 80h).
Fundação de Apoio a Pesquisa Ensino e Extensão, FUNEP, Brasil.
2008 - 2008
CURSO RECUPERAÇÃO AMBIENTAL E NUCLEAÇÃO. (Carga horária: 16h).
Prefeitura Municipal de Brotas, PMB, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Capacitação de gestores Sociais- Formatos Brasil. (Carga horária: 64h).
SENAC Catanduva, SENAC CATANDUVA, Brasil.
2001 - 2002
Extensão universitária em Curso Básico de Educação Ambiental à Distância. (Carga horária: 180h).
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
1997 - 1998
Extensão universitária em Geografia e Meio Ambiente. (Carga horária: 360h).
Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Catanduva, FAFICA, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Agronômico de Campinas, IAC, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Instituto de Ensino Superior de Catanduva, IMES/FAFICA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Outro (especifique)Colaborador, Enquadramento Funcional: colaborador


Agencia paulista de tecnologia dos agronegócios, APTA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: pesquisadora, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Faculdades de Ciências Agrárias e Veterinárias Campus Jaboticabal, UNESP*, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2009
Vínculo: Discente, Enquadramento Funcional: Doutoranda- Departamento Produção Vegetal, Carga horária: 24
Outras informações
Mestrado concluído- 2003 a 2005 Doutorado- início 2005 término 2009

Atividades

6/2005 - Atual
Extensão universitária , Produção Vegetal, Jaboticabal.

Atividade de extensão realizada
aluna graduando doutorado na área de produção vegetal.

Prefeitura Municipal de Catanduva, PMC, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2003
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Assessora Técnica do Dep. Meio Ambiente, Carga horária: 40



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
AVALIAÇÃO DE CRESCIMENTO E, PRODUÇÃO DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS E CULTURAS USANDO OS MODELOS 3-PG e YieldSafe
Descrição: A Mata Atlântica, detentora de grande biodiversidade é o segundo bioma brasileiro mais ameaçado e ocupa atualmente mais de 90% da area florestal remanescente do estado de São Paulo. Com grande prioridade de conservação para biodiversidade global, uma vez que abriga mais de 20.000 espécies vegetais e 35% da biodiversidade Brasileira essa vegetação ocorre na forma de pequenos fragmentos e se encontra ameaçada por intenso efeito de borda. As mudanças climáticas também oferecem um risco irreversível a essas áreas uma vez que podem afetar diretamente a ocorrência e crescimento de espécies endêmicas. Um dos gargalos para a pesquisa e ações de preservação desses fragmentos é a escolha de metodologias confiáveis e de fácil aplicação na geração de dados sobre o comportamento de espécies nativas em diferentes condições ecológicas e como se comportariam com a mudança desse cenário climático num futuro próximo ou longínquo. O presente projeto tem como objetivo, realizar difusão de dois modelos de bases eco fisiológicas, 3-PG e o YieldSafe, desenvolvidos pelo CEF(Centro de Estudos Florestais) do ISA(Instituto Superior de Agronomia) da Universidade de Lisboa, Portugal e já adotados por países europeus. Basicamente os modelos após entrada de parâmetros fisiológicos de espécies arbóreas e culturas, dados de clima e solo traçam um panorama de crescimento de espécies arbóreas e produtividade de culturas no cenário avaliado. Com isso além de gerar dados de crescimento, carbono, biomassa e produção, podem traçar cenários futuros correlacionando as espécies estudadas e mudanças climáticas. Para tal serão realizados dois encontros de capacitação técnica durante o projeto e ações de transferência na parte final do mesmo. Visando o aumento da biodiversidade e conectividade, inicialmente serão determinadas as espécies alvo de estudo e sistemas de produção agrícola envolvendo também culturas, tendo como meta a mensuração de estoque de carbono, promoção do manejo sustentável da paisagem florestal, restauração ecológica de florestas nativas e promoção da regeneração natural de Bacias hidrográficas do Paraíba do Sul. Após a determinação das espécies serão determinados parâmetros fisiológicos das espécies arbóreas e culturas e parâmetros de solo e clima. O segundo curso de capacitação voltado para a equipe técnica do projeto terá como alvo o repasse de conhecimento necessário para a aplicação dos dois modelos matemáticos elencados usando como base os índices fisiológicos e edáficos previamente gerados. Essa ação possibilitará a prospecção do potencial de crescimento de arvores e culturas em diferentes cenários climáticos futuros além de gerar dados atuais de carbono e produtividade. Finalmente serão elaboradas publicações cientificas e técnicas necessárias para a fase de disseminação do projeto. A fase de disseminação será implantada com a realização de encontros com a comunidade de produtores para traçar metas de plantio com diferentes sistemas incluindo prioritariamente as espécies avaliadas. Essa fase será realizada em parceria com a CATI e OCIPs (que já realizam atividades diversas Bacias Hidrográficas do Paraíba do Sul, áreas prioritárias do projeto). Também estão previstas participações em eventos nacionais e internacionais relacionados às atividades do projeto..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Coordenador / Maria Beatriz Bernardes Soares - Integrante / Eliane Gomes Fabri - Integrante / Teresa Cristina Tarlé Pissarra - Integrante / Monica Helena Martins - Integrante / ANTONIO LUCIO MELLO MARTINS - Integrante / Guilherme Xavier Lucio dos Santos - Integrante / Juliana Alatafin Galli - Integrante / Antonio Carlos Pries Devide - Integrante / helio minoru takada - Integrante / Joana Amaral Paulo - Integrante / Maria Margarida Branco de Brito Tavares Tomé - Integrante / Valeria Aparecida Modolo - Integrante / Josep Crous-Duran - Integrante / Cristina Maria de Castro - Integrante / Elaine Cristine Piffer Gonçalves - Integrante / Ana Raquel Dias Tomás - Integrante / Isabel Fonseca Barcellos - Integrante / Andrey Vetorelli Borges - Integrante / Fernando Miqueletti - Integrante / Fioravante Stucchi Neto - Integrante / Glauco de Souza Rolim - Integrante.
2015 - Atual
INFLUÊNCIA DA DISTÂNCIA DA BORDA SOBRE A COMUNIDADE DE PLANTAS INVASORAS EM UM FRAGMENTO DE FLORESTA ESTACIONAL NA RESERVA BIOLOGICA DE PINDORAMA
Descrição: A redução no tamanho de fragmentos florestais leva a formação de uma área de borda florestal que pode ser definida como uma região de contato entre a área ocupada (matriz antrópica) e o fragmento de vegetação natural, sendo que essa borda florestal promove alterações nos atributos físicos, químicos e biológicos do sistema que são denominados efeitos de borda. O efeito de borda tende a decrescer com o aumento do distanciamento da borda.Fatores naturais e antrópicos influenciam o processo sucessional natural, mas, certamente a redução no tamanho dos fragmentos ocasionando o efeito de borda nas áreas próximas à bordadura das florestas, intensifica a dinâmica sucessional favorecendo cada vez mais espécies invasoras pela presença de luz. O efeito de borda interfere na ocorrência de espécies árbóreas em uma faixa que pode chegar até 100 metros de extensão. Nessas faixas onde se observa o efeito de borda, a ocorrência de espécies invasoras é favorecida pela presença de luz e atributos de solos. Esse processo também está intimamente ligado ao banco de semntes do solo e a presença de dispersores de sementes. A dispersão de sementes das espécies está relacionada com grau de perturbação de um fragmento, pois esse interfere na ocorrência dos dispersores como aves, mamíferos e de ventos. Com isso a fragmentação influi também na perpetuação das espécies e na distância de dispersão de sementes.A Reserva Biológica de Pindorama, SP, localizada em uma unidade experimental agrícola denominada Pólo Regional de Desenvolvimento Tecnológico do Centro Norte, no município de Pindorama, SP, possui uma área de 144 ha, distribuídos em quatro fragmentos florestais do bioma Mata Atlântica, classificados como Floresta Estacional Semidecidual (FES). Sendo assim, o presente trabalho tem como objetivo avaliar o efeito de borda em parcelas de Floresta Estacional, localizadas na Reserva Biológica de Pindoramarealizando o levantamento da população de espécies infestantes não arbóreas da Reserva Biológica, em diferentes distanciamentos da borda, em parcelas sequenciais e localizadas em diferentes fragmentos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Coordenador / Maria Beatriz Bernardes Soares - Integrante / Antonio Lucio Mello Martins - Integrante / Fernanda Fernades Salazar - Integrante / Everton Luis Finoto - Integrante / Mauro Ferreira Machado - Integrante / paulo Sérgio Cordeiro Júinior - Integrante / Tales Henrique Dias Chaves - Integrante / Monica Helena Martins - Integrante / Rafael Francisco Lopes Rodrigues - Integrante / Bruna Aparecida Bettini - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2013 - Atual
Citrandarins como porta-enxertos para lima ácida Tahiti
Descrição: A lima ácida Tahiti é uma das frutas mais produzidas no estado de São Paulo tendo a região noroeste como o principal polo produtor. No ano de 2015, os preços e as vendas surpreenderam com as grandes altas, despertando interesse nos produtores para a ampliação dos plantios comerciais. Porém, há sempre prejuízos e perdas para os produtores devido a várias doenças e pragas existentes. Para diminuir esses prejuízos, deve-se utilizar porta-enxerto adequado à variedade-copa escolhida. Assim, os porta-enxertos na citricultura, são utilizados para oferecer boas características agronômicas às variedades-copa, pois influenciam no seu crescimento, precocidade de produção, época de maturação e peso dos frutos, permanência dos frutos na planta, capacidade de absorção, síntese e utilização de nutrientes, tolerância à salinidade, resistência à seca e ao frio, resistência ou tolerância a doenças e pragas, além de outros. A literatura relata um reduzido número de trabalhos realizados com porta-enxertos para lima ácida Tahiti. Portanto o presente trabalho tem como objetivos avaliar a incompatibilidade copa/porta-enxerto, desenvolvimento vegetativo e produção das plantas, características físico-químicas dos frutos, tolerância à seca, na lima ácida Tahiti, em um clone nucelar de Tahiti, denominado IAC-5. O clone IAC-5, enxertado em dezessete citrandarins (híbridos de tangerina Sunki x Poncirustrifoliata), juntamente com o limão Cravo, o citrumelo Swingle, o trifoliata Flying Dragon e a tangerina Sunki, foi plantado em um experimento no Polo Centro Norte Pindorama, em março de 2013, no município de Pindorama, SP..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Integrante / Fernando Alves de Azevedo - Integrante / Mariângela Cristofani-Yaly - Coordenador.
2012 - Atual
Avaliação do crescimento, biomassa e e estoque de carbono de espécies arbóreas em Sistema agroflorestal sob diferentes manejos
Descrição: O Sistema Agroflorestal (SAF) é uma importante ferramenta para a recuperação de áreas degradadas contribuindo para a diminuição do processo erosivo, aumentando a matéria orgânica do solo, facilitando a infiltração de água e diminuindo o escoamento superficial. A inclusão de espécies arbóreas consorciadas com cultura agrícolas promove a cobertura do solo e a biodiversidade além de oferecerem alternativas de renda para os agricultores. O presente estudo tem sido realizado no Pólo Centro Norte- APTA ,Pindorama - SP e tem como objetivo avaliar o crescimento das espécies arbóreas de um SAF instalado em 2011 plantado às margens de quatro açudes em desnível sob diferentes manejos em uma área onde antigamente havia uma voçoroca. Os quatro açudes receberam tratamentos diferenciados partindo de um manejo mais conservacionista sem revolvimento de solo (T1 e T2) e finalizando com manejos mais intensivos (T3 e T4). Para avaliação são determinados o número de espécies vivas, diâmetros das mesmas, a biomassa e o estoque de carbono da vegetação arbórea ocorridos após o plantio. O projeto até o momento verificou que o manejo diferenciado influenciou na taxa de mortalidade e no crescimento de espécies arbóreas plantadas. O pegamento, a biomassa produzida e conseqüentemente o estoque de carbono das espécies arbóreas apresentaram valores estatisticamente maiores em tratamentos que priorizaram manejo conservacionista e maior proteção do solo e s Sistema Florestal tem mostrado grande potencial para estoque de carbono, com uma taxa anual de seqüestro de carbono 1,45 t/ha/ano apenas para a biomassa arbórea..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Coordenador / Antonio Lucio Mello Martins - Integrante / Fernanda Fernades Salazar - Integrante / Eliane Gomes Fabri - Integrante / Everton Luis Finoto - Integrante / Mauro Ferreira Machado - Integrante / Teresa Cristina Tarlé Pissarra - Integrante / paulo Sérgio Cordeiro Júinior - Integrante / Tales Henrique Dias Chaves - Integrante / Monica Helena Martins - Integrante / Bruna Aparecida Bettini - Integrante / Monayse Rotta - Integrante / Guilherme Xavier Lucio dos Santos - Integrante.Número de orientações: 4
2011 - 2014
RECUPERAÇÃO DAS NASCENTES DO POLO REGIONAL CENTRO NORTE - APTA REGIONAL
Descrição: O presente projeto executa a recuperação das áreas de preservação permanente das nascentes que se encontram em áreas de pastagens, em áreas de reflorestamentos e remanescentes de mata natural, sendo intermitentes e perenes, localizadas no Polo Regional Centro Norte-APTA. Estas áreas pertencem Bacia Hidrográfica do Rio São Domingos e Microbacia do Córrego da Olaria, integrantes da Bacia Hidrográfica dos Rios Turvo e Grande-URGH 15. Ainda como atividade de recuperação das nascentes será efetuado o plantio de mudas nativas regionais, em áreas das minas que precisam ser reflorestadas e implantação de Sistema Agroflorestal em APP nas margens dos quatro açudes situados no Polo. Será monitorada a quantidade de água das nascentes perenes realizando a medição da vazão em quatro pontos principais da rede de drenagem utilizando linígrafo o que possibilitará, a longo prazo, a avaliação do estado e condição existentes, a partir do balanço hídrico do local, e também a interferência da implantação de mata ciliar em áreas de preservação permanente (APP) afim de verificar os benefícios resultantes a Microbacia em questão...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Integrante / Teresa Cristina Tarlé Pissara - Integrante / Antonio Lucio Mello Martins - Coordenador / Rômulo Sensuline Valaretto - Integrante / Mariana Bárbara Lopes Bonatti - Integrante / Everton Luis Finoto - Integrante / Nilton Rojas - Integrante.Financiador(es): Fundo Estadual de Recursos Hídricos - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2
2011 - 2013
AVALIAÇÃO COMPARATIVA ENTRE SISTEMAS AGROFLORESTAIS COM SERINGUEIRA E REFLORESTAMENTO COM ESPÉCIES NATIVAS EM ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE
Descrição: A implantação de sistemas agroflorestais em área de preservação permanente vem sendo bastante discutida. O presente projeto tem como finalidade a implantação de módulos experimentais distintos de espécies florestais nativas e áreas de cultura da seringueira.As espécies arbóreas serão implantadas no espaçamento 2 x 3 metroscom plantio intercalar de lotes de seringueira nos espaçamentos de 6 x 4 metros (24 m2/planta), 7 x 3 metros ( 21 m2/planta) e 6 x 2,5 metros ( 15 m2/planta).e áreas contínuas de plantio de espécies nativas plantadas no espaçamento de 3 x 2 metros ( 6 m2/planta). Serão avaliados os custos de implantação e retorno econômico para os produtores assim como a eficiencia dos plantios em promover a recomposição florestal nas diferentes áreas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Coordenador / Antônio Lúcio M. Martins - Integrante / Sérgio Valiengo Valeri - Integrante / Maria Beatriz Bernardes Soares - Integrante / Teresa Cristina Tarlé Pissara - Integrante / Fernanda Fernades Salazar - Integrante / Rômulo Sensuline Valaretto - Integrante / Eliane Gomes Fabri - Integrante / Everton Luis Finoto - Integrante.Financiador(es): Fundo Estadual de Recursos Hídricos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 4
2011 - Atual
Transporte de sedimento por escoamento superficial da água no solo na Sub-Bacia Hidrográfica do Córrego do Olaria, Pindorama-SP
Descrição: : A manutenção da qualidade física do solo a influência da matéria orgânica na agregação do solo é um processo dinâmico e constante. O manejo adotado na área influencia os atributos do solo e as culturas. O objetivo deste trabalho será avaliar a o efeito de uso da terra, na microbacia do córrego da Olaria, localizada na APTA ? Regional Pindorama/SP. Será determinada a textura (areia, silte e argila), macroporosidade, microporosidade, porosidade total, densidade do solo e estabilidade de agregados antes e após a instalação de parcelas de milheto e crotalária. Também seá avaliada a perde de sedimentos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Coordenador / Antonio Lucio Mello Martins - Integrante / Fernanda Fernades Salazar - Integrante / Everton Luis Finoto - Integrante / Mauro Ferreira Machado - Integrante / Teresa Cristina Tarlé Pissarra - Integrante / paulo Sérgio Cordeiro Júinior - Integrante / Tales Henrique Dias Chaves - Integrante / Marcílio Vieira Martins Filho - Integrante.Número de orientações: 2
2009 - 2013
Avaliação de Técnicas de Nucleação em Restauração de Ecossistemas
Descrição: O Estado de São Paulo, devido a seu histórico de intensa ocupação humana, atividades agrícolas e industriais, teve a maior parte de sua cobertura florestal devastada. A vegetação remanescente encontra-se reduzida a ilhas de fragmentos isolados que detém a maior parte da diversidade biológica atualmente. Estes fragmentos são pequenos e perturbados e representam um mosaico de eco-unidades em distintos estados de conservação e sucessão. Sua capacidade de auto-sustentação é reduzida, principalmente devido a seu isolamento. Diante disso, são importantes medidas e iniciativas para minimizar os impactos do desmatamento e da fragmentação, e, em áreas em que a paisagem foi intensamente alterada pela ação antrópica, a restauração ambiental é uma importante estratégia para a recuperação da diversidade biológica. Comumente, a restauração de áreas degradadas tem sido efetuada através de plantios convencionais utilizando-se espécies florestais nativas de diferentes grupos sucessionais. Entretanto, a nucleação surge como uma nova alternativa inserindo na restauração parâmetros ambientais até então não considerados nos plantios convencionais. Desta forma, o presente trabalho tem por objetivo testar diferentes técnicas de nucleação visando a restauração ambiental que envolvem a instalação de núcleos propagadores de diversidade em áreas de Floresta Semidecidual na região Noroeste do Estado de São Paulo, nos municípios de Catanduva, Mirassol, Pindorama e São José do Rio Preto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Integrante / Antônio Lúcio M. Martins - Integrante / Maria Conceição Lopes - Integrante / Júlia Mazinini Rosa - Integrante / Leandro Rodrigo Spatti - Integrante / Willians César Carrega - Integrante / Deysi Três - Integrante / josé antonio proença vieira de moraes - Integrante / Antônio Leonildo Rebechi - Integrante / Roberto teixeira de Lima - Coordenador / Maria Beatriz Bernardes Soares - Integrante / Lara Goldoni Gil - Integrante / Edmar Eduardo bassn Mendes - Integrante / João Bosco Monteiro - Integrante / Célio Luis Justo - Integrante / Roger Sant'Ana - Integrante / Dagoberto Menegueli - Integrante / Roberto Molinari Peres - Integrante.Número de orientações: 1
2008 - 2009
Grupo Temático de Unidade de Experimentação e Demonstração de Sistemas Agroflorestais (SAFs) e outros projetos de interesse de desenvolvimento sustentável em matas nativas e reserva legal.
Descrição: Elaboração e implantação de modelos para recuperação de área ciliares e implantação de reserva legal com plantio de espécies florestais nativas, SAFs e Sistemas Agrossilvipastoris..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2009
Levantamento Fitossociológico e atributos do solo da Reserva Biológica de Pindorama-SP
Descrição: O presente trabalho tem por objetivo avaliar as variações da estrutura da vegetação arbórea de dois fragmentos florestais em função do distanciamento da borda, do relevo e dos atributos físico-químicos do solo. Os fragmentos denominados de 1 e 2 fazem parte da Reserva Biológica que está situada no Pólo Apta Centro Norte da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, município de Pindorama, SP, a aproximadamente 48º 55? W e 21º 13? S. Os fragmentos são remanescentes de floresta tropical estacional semidecídua com trechos de transição para cerrado e fazem parte do bioma da Mata Atlântica. Para realizar a amostragem, em cada fragmento será demarcado um transecto de aproximadamente 800 m de comprimento por 20 m de largura, envolvendo uma toposseqüência de uma borda a outra e unidades de solos distintos. Em cada unidade de solo será aberta uma trincheira para coleta de amostras de solo e classificação. Em cada transecto serão demarcadas parcelas seqüenciais de 20 m x 20 m .Será sorteada ao acaso uma parcela de 10 m x 10 m em cada um dos quadrantes da parcela de 20 m x 20 m para avaliação dos descritores fitossociológicos, da topografia (altitude e declividade), da granulometria e da fertilidade do solo. Serão calculados os principais descritores fitossociológicos, como freqüência e densidades relativas, valor de importância (VI), Índice de Diversidade de Shannon (H`) e de Eqüabilidade (J). Para avaliar as relações entre os descritores fitossociológicos, incluindo características florísticas e dendrométricas, da vegetação arbórea com as características do meio físico (distanciamento da borda, topografia e atributos físicos e químicos do solo) será empregada a análise multivariada através da análise de agrupamento, análise de componentes principais (ACP) e análise de correspondência múltipla (ACM). Com isso, espera-se que os resultados das análises multivariadas possam evidenciar quais os atributos de granulometria e de fertilidade do solo são relevantes na determin.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Coordenador / Antônio Lúcio M. Martins - Integrante / Sérgio Valiengo Valeri - Integrante / Júlia Mazinini Rosa - Integrante / Leandro Rodrigo Spatti - Integrante.


Projetos de extensão


2010 - 2012
CAPACITAÇÃO PARA PRODUÇÃO DE MUDAS E FOMENTO DE PROJETOS DE REFLORESTAMENTO
Descrição: O Centro de Pesquisa Agroambientais de Pindorama ? CAPIN ciente da importância de atividades que promovam o conhecimento dos remanescentes florestais que ainda restam no estado de São Paulo, sua preservação e incentivo a produtores e técnicos nas ações de coleta de sementes, e produção de mudas elaborou o projeto ?Capacitação para produção de mudas e fomento de projetos de reflorestamento ? que foi contemplado pelo FEHIDRO no ano de 2009 (Projeto TG 357/2009). O projeto está sendo desenvolvido em Parceria com os técnicos do Pólo Regional Centro Norte , em Pindorama unidade de pesquisa da Agencia Paulista de Tecnologia dos Agronegócios ?APTA e que possui 50 alqueires de Mata que forma a Reserva Biológica de Pindorama. Pela existência desta Unidade de Conservação em sua área, o Pólo vem desenvolvendo e ampliando suas ações e projetos na área ambiental pretendendo se tornar uma referência regional. Para isso já realizou um trabalho detalhado de fitossociologia que resultou numa listagem das espécies vegetais de maior ocorrência em seus remanescentes, conduz um trabalho de Educação Ambiental em Bacia Hidrográfica amplo em toda a bacia Hidrográfica dos Rios Turvo e Grande, além de um trabalho inovador de recomposição ambiental com técnicas de nucleação em parceria com a instituição de ensino superior de Catanduva o IMES Catanduva.. Com o recurso recebido pelo projeto FEHIDRO TG 357/2009 a CAPIN e o Pólo Centro Norte esperam realizar a reforma de um antigo viveiro para produção de mudas instalado no Pólo Centro Norte, implantar um programa de coleta permanente de mudas de espécies nativas e oferecer curso de capacitação para agricultores e técnicos da região. A produção de mudas de espécies florestais nativas para o ano de 2011 está prevista para 50 mil mudas onde 30 mil serão doadas para o programa SOS São Domingos e deverão ser plantas em nascentes e áreas de preservação permanente do citado rio..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2005 - 2007
Bacia Hidráfica - Um Instrumento na Educação
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Integrante / Antônio Lúcio M. Martins - Coordenador / Maria Conceição Lopes - Integrante / Célio Luis Justo - Integrante.Financiador(es): Fundo Estadual de Recursos Hídricos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5
2002 - 2003
Educação Ambiental em Recursos Hídricos
Descrição: "Programa de Educação Ambiental em Recursos Hídricos" desenvolvido pelo Consórcio Intermunicipal da Bacia Hidrográfica do Rio São Domingos, financiado pelo FEHIDRO através do CBHTG Trabalhou com a formação de monitores de educação ambiental junto a rede escolar pública e receberam capacitação técnica com ênfase a conceituação e gestão de recursos hídricos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Coordenador / João Francisco - Integrante.Financiador(es): Fundo Estadual de Recursos Hídricos - Auxílio financeiro.


Projetos de desenvolvimento


2010 - Atual
CAPACITAÇÃO PARA PRODUÇÃO DE MUDAS E FOMENTO DE PROJETOS DE REFLORESTAMENTO
Descrição: A necessidade de recomposição de áreas ciliares no Estado de São Paulo é essencial para garantir a qualidade dos recursos hídricos, assim como a implantação da Reserva Legal também exigida por lei é fundamental para a preservação da biodiversidade regional, recarga do aqüífero além de outros benefícios infindáveis. Embora seja consenso que este trabalho deva ser executado com embasamento técnico em um curto prazo de tempo, os produtores rurais enfrentam problemas que retardam ou impedem a execução dos trabalhos: a falta de variabilidade de mudas/espécies em função da fisionomia regional, tanto em qualidade e quantidade adequada aliada a escassez de recursos e suporte técnico. O apoio por parte dos órgãos públicos, com a criação de políticas públicas de fomento e da legislação pode contribuir muito para a mudança desse cenário. Aliado a isso, o conhecimento e o embasamento técnico adequado são fundamentais para a implantação e sucesso econômico de tais projetos. Por isso levar a esses produtores, conhecimento técnico adequado sobre a produção de mudas, os princípios básicos do reflorestamento misto em Áreas de Preservação Permanente e colocar essas atividades além de necessidades ambientais básicas como uma possível fonte de renda deve ser ação prioritária das instituições.Para auxiliar nessa tarefa a CAPIN e o Pólo Centro Norte pretendem fomentar a produção de mudas florestais e a recomposição florestal implantando um programa de coleta permanentes de sementes florestais nas matas da Reserva Biológica de Pindorama, localizada no Pólo centro Norte, produzir mudas de qualidade e ministrar cursos de capacitação para produtores em reflorestamento. Também resultados desse projeto serão doadas cerca de 30 mil mudas de espécies nativas ao programa SOS São Domingos que deverão ser plantadas na Bacia Hidrográfica do Rio São Domingos.
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Coordenador / Fernando Henrique Albergante - Integrante / Antonio Lucio Mello Martins - Integrante / Rômulo Sensuline Valaretto - Integrante.Financiador(es): Fundo Estadual de Recursos Hídricos - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2008 - Atual
Bacia Hidrográfica - Um instrumento na Educação - continuidade
Descrição: O projeto da continuidade as atividades técnicas desenvolvidas em uma bacia hidrográfica não só como unidade territorial de trabalho, mas também como ferramenta pedagógica para educação formal dentro dos limites do Pólo Regional Centro Norte. Tem como finalidade Promover a educação ambiental para inserção de cidadãos conscientes e participativos na sociedade atual utilizando para isso conceitos e técnicas da Instituição de Pesquisa. Capacitar educadores comprometidos com a implantação do projeto através de cursos de capacitação, utilizando o conceito de uso e ocupação do solo e da água em uma bacia hidrográfica, conservação do solo e preservação de recursos hidricos além das técnicas desenvolvidas pelo Pólo Regional Centro Norte para essa finalidade. Dar instrumentos para que o educador através da interdisciplinariedade possa trabalhar os conceitos adquiridos junto as instituições educacionais.Receber os alunos na Unidade sedimentando o trabalho desenvolvido pelos educadores, transformando o educando em agente multiplicado aptos a identificar os problemas ambientais regionais e propor soluções buscando a melhoria na qualidade de vida das cidades envolvidas no projeto...
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Integrante / Maria Conceição Lopes - Integrante / Maria Beatriz Bernardes Soares - Integrante / Célio Luis Justo - Integrante / Antonio Lucio Mello Martins - Coordenador.Financiador(es): Fundo Estadual de Recursos Hídricos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1
2005 - 2008
Bacia Hidrográfica: um instrumento na educação
Descrição: : O projeto pretende trabalhar uma bacia hidrográfica não só como unidade de conservação regional, mas também como instrumento na educação dentro dos limites do Pólo Regional Centro Norte. Tem como finalidade o desenvolvimento de novas alternativas para aplicar em campo através de atividades concretas que leve o aluno a entender a educação ambiental com o reconhecimento de uma bacia hidrográfica e o uso racional da água e conservação do solo uma vez que serão realizados estudos de avaliação numa ação conjunta entre Instituição de Pesquisa Escola e comunidade. Paralelamente às atividades que deverão ser rotineiras dentro do projeto o projeto oferece capacitação a um grupo de 50 educadores de muncipios pertecentes a Bacia Hidrografica dos Rios Turvo e Grande, com realização de eventos oficinas pedagógicas e palestras que da suporte aos educadores com subsídios para melhor aproveitamento e utilização de espaços (como o oferecido no Projeto) para trabalhar a temática ambiental na interdisciplinariedade em sala de aula...
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo - Integrante / Maria Conceição Lopes - Integrante / Célio Luis Justo - Integrante / Antonio Lucio Mello Martins - Coordenador.Financiador(es): Fundo Estadual de Recursos Hídricos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: Ecological Indicators
2014 - Atual
Periódico: Nucleus (Ituverava. Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Revista Sustentabilidade em Debate


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Conservação da Natureza/Especialidade: Recuperação de Areas Degradadas.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Manejo Florestal/Especialidade: Dendrometria e Inventário Florestal.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura/Especialidade: Florestamento e Reflorestamento.
5.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Manejo e Conservação do Solo.


Idiomas


Inglês
Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Alemão
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2015
Prêmio Jovem Cientista apresentação Oral 9º CIIC (Orientado: Tales H. D. Chaves- Bolsista PIBIC 2014-2015 ) AVALIAÇÃO DO CRESCIMENTO DE ESPÉCIES NATIVAS E ESTOQUE DE CARBONO EM SISTEMA AGROFLORESTAL), Embrapa/APTA.
2015
CERTIFICATE OF OUTSTANDING CONTRIBUTION IN REVIEWING, Ecological Indicators Journal- Elsevier (ISSN 1470-160X).
2011
PRÊMIO COFEHIDRO 2011- ?Melhor Projeto? na modalidade ?capacitação, comunicação social e educação ambiental? PARA O PROJETO =?Bacia Hidrográfica: um instrumento na Educação (FEHIDRO TG 355/2008) ., Conselho de Orientação do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (COFEHIDRO).
2011
HONRA AO MÉRITO PELA COLABORAÇÃO AO PROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL, Departamento de Educação Ambiental -Usina Colombo S/A.
2009
Melhor trabalho apresentado no VII Congresso Brasileiro de Sistemas Agroflorestais com apresentação do Trabalho no II Coingresso Mundial de Sistemas Agrolforestais -Nairobi/Quenia- Ago de 2009, ICRAF-Centro Internacional de Pesquisa Agroflorestal.
2009
Primeiro Lugar Poster-VII DIÁLOGO INTERBACIAS- Educação Ambiental ( Integração : sociedade, instituição de pesquisa e Escola), VII Diálogo Interbacias.
2008
PRIMEIRO LUGAR -NO VI DIÁLOGO INTERBACIAS- Prática Significativa de Projeto de Educação Ambiental em Recursos Hídricos em 2007- PROJETO BACIA HIDROGRÁFICA UM INSTRUMENTO NA EDUCAÇÃO, COMITÊ DE BACIAS.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:22
Total de citações:79
Fator H:4
ABDO, M. T.V.N.  Data: 12/12/2016

SciELO
Total de trabalhos:2
Total de citações:47
Abdo, M. T. V. N.  Data: 16/08/2015

SCOPUS
Total de trabalhos:4
Total de citações:18
Abdo, M. T. V. N.  Data: 21/06/2017

Outras
Total de trabalhos:18
Total de citações:116
Abdo, M.T.V.N.  Data: 15/08/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira2017Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira; Sérgio Valiengo Valeri ; FERRAUDO, Antonio Sergio . Influence of Edaphic and Phytosociological Attributes on Semideciduous Remnants Vegetation. Environment and Ecology Research, v. 5, p. 245-254, 2017.

2.
DEQUIGIOVANI, GABRIEL2017DEQUIGIOVANI, GABRIEL ; RAMOS, SANTIAGO LINORIO FERREYRA ; ALVES-PEREIRA, ALESSANDRO ; FABRI, ELIANE GOMES ; CARVALHO, PAULO ROBERTO NOGUEIRA ; DA SILVA, MARTA GOMES ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira ; MARTINS, ANT?NIO LUCIO MELLO ; CLEMENT, CHARLES ROLAND ; VEASEY, ELIZABETH ANN . Genetic diversity and structure in a major Brazilian annatto (Bixa orellana) germplasm bank revealed by microsatellites and phytochemical compounds. GENETIC RESOURCES AND CROP EVOLUTION, v. 64, p. 1-14, 2017.

3.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira2017ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; PAULA, R. C. . ELECTRICAL CONDUCTIVITY TEST FOR THE DETERMINATION OF THE PHYSIOLOGICAL SEED QUALITY OF CROTON FLORIBUNDUS¬ SPRENG-EUPHORBIACEAE. INTERNATIONAL JOURNAL OF CURRENT RESEARCH, v. 9, p. 54414-54419, 2017.

4.
ABDO, M. T. V. N.2016 ABDO, M. T. V. N.; VIEIRA, S. R. ; MARTINS, A. L. M. ; SILVEIRA, L. C. P. . Riparian Forest Restoration in the Pindorama Municipality, Sao Paulo State, Brazil.. Ecological Restoration, v. 34, p. 22-26, 2016.

5.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira2016ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Sérgio Valiengo Valeri ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Leandro Rodrigo Spatti . Pioneer Tree Responses to Variation of Soil Attributes in a Tropical Semi-deciduous Forest in Brazil. Journal of Sustainable Forestry, p. 10549811.2016.1264880-30, 2016.

6.
MACHADO, MAURO FERREIRA2016MACHADO, MAURO FERREIRA ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira ; SOARES, MARIA BEATRIZ BERNARDES ; MARTINS FILHO, MARCÍLIO VIEIRA ; PISSARRA, TERESA CRISTINA TARLÉ . Soil attributes and weed community under different crop succession on fallow area. Ambiência (UNICENTRO), v. 12, p. 803-812, 2016.

7.
Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira2015 Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira; Sérgio Valiengo Valeri ; FERRAUDO, Antonio Sergio . Avaliação do efeito de borda da Reserva Biológica de Pindorama, SP. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 10, p. 01, 2015.

8.
Cordeiro Jr., P. S.2015Cordeiro Jr., P. S. ; Soares, M. B. B. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira ; BIERAS, A. C. ; CHAVES, T. H. D. ; SALAZAR, F. F. ; FINOTO, E.L. ; FIGUEIREDO, G. C. ; ROCHA, L. A. . LEVANTAMENTO FITOSSOCIOLÓGICO DE PLANTAS DANINHAS EM UM CANAVIAL COM ESPAÇAMENTO DUPLO ALTERNADO. Revista Eletrônica de Pesquisa da UNIRP - Universitas, v. 5, p. 167-181, 2015.

9.
BIERAS, A. C.2015BIERAS, A. C. ; SOUZA, T. M. ; ABDO, M. T. V. N. ; VALARETTO, R. S. ; MARTINS, A. L. M. . O USO DE TÉCNICAS DE NUCLEAÇÃO NA RESTAURAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO POLO CENTRO NORTE-APTA, PINDORAMA-SP E NO IMES-CATANDUVA-SP. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 10, p. 14, 2015.

10.
ABDO, M. T. V. N.2015ABDO, M. T. V. N.; BIERAS, ANGELA CRISTINA ; STAINE, J. F. ; SALAZAR, F. F. ; Pietrobom, R.C.V. . Substrato e potencial de armazenamento para sementes de pau formiga. BIOIKOS (CAMPINAS), v. 29, p. 1-10, 2015.

11.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira2015ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; FABRI, E. G. . TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA: GUIA PRÁTICO PARA QUEBRA DE DORMÊNCIA DE SEMENTES DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS. PESQUISA & TECNOLOGIA, v. 12, p. 1-7-7, 2015.

12.
SIMEDO, M. B. L.2014SIMEDO, M. B. L. ; SALAZAR, F. F. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira ; GENEROSO, A. R. ; MARTINS, A. L. M. ; Cordeiro Jr., P. S. . Monitoramento das Características Físico-químicas da Água sob Implantação de Sistema Agroflorestal em Áreas de Preservação Permanente no Polo Regional Centro Norte- APTA, Pindorama/SP. Cadernos de Agroecologia, v. 9, p. 1-12, 2014.

13.
SALAZAR, F. F.2014SALAZAR, F. F. ; Cordeiro Jr., P. S. ; FABRI, E. G. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; FINOTO, E. L. . Desenvolvimento e Produtividade de Urucum (Bixa orellana) em Sistema Agroflorestal sob Plantio Direto e Convencional. Cadernos de Agroecologia, v. 9, p. 1-12, 2014.

14.
ABDO, M. T. V. N.2013ABDO, M. T. V. N.; VIEIRA, S. R. ; MARTINS, A. L. M. ; SILVEIRA, L. C. P. . Gully Erosion Stabilization in a Highly Erodible Kandiustalf Soil at Pindorama, Sao Paulo State, Brazil. Ecological Restoration, v. 31, p. 246-249, 2013.

15.
MICHELOTTO, MARCOS DONISETI2013MICHELOTTO, MARCOS DONISETI ; PIRES, EVALDO MARTINS ; BIERAS, ANGELA CRISTINA ; Abdo, Maria Teresa Nogueira . OCCURRENCE OF TREE SPECIES IN Poekilloptera phalaenoides NATIVE IN PINDORAMA, SAO PAULO. Nucleus (Ituverava. Impresso), v. 10, p. 227-231, 2013.

16.
FABRI, E. G.2013FABRI, E. G. ; TERAMOTO, J. R. S. ; ABDO, M. T. V. N. . O Cultivo e a comercialização de especiarias. Nosso Alho, v. 01, p. 59-66, 2013.

17.
MARTINS, A. L. M.2013MARTINS, A. L. M. ; Lopes, Maria Conceição ; PISSARRA, T. C. T. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; VALLE JUNIOR, R. F. ; VALARETTO, R. S. ; SIMEDO, M. B. L. ; FINOTO, E.L. ; BIERAS, A. C. ; ABDALLA, V. L. ; MACHADO, M. F. . Monitoramento dos Rescursos Hídricos sob Interferência de Mata Ciliar com Uso de Sistema Agroflorestal em Áreas de Preservação Permanente (APP) na Microbacia Voçoroca no Polo Regional Centro Norte - APTA. III Workshop Internacional sobre Planejamento e Desenvolvime, v. -, p. 1528-1541, 2013.

18.
Lopes, Maria Conceição2013Lopes, Maria Conceição ; MARTINS, A. L. M. ; PISSARRA, T. C. T. ; MARTINS, A. L. M. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; VALARETTO, R. S. ; SIMEDO, M. B. L. ; FINOTO, E.L. ; VALLE JUNIOR, R. F. ; CARPI JUNIOR, S. ; ABDALLA, V. L. ; MACHADO, M. F. . Pesquisa e Ensino Subsídios para Ações de Educação Ambiental em Bacia Hidrográfica. III Workshop Internacional sobre Planejamento e Desenvolvime, v. -, p. 756-769, 2013.

19.
ABDO, M. T. V. N.2012ABDO, M. T. V. N.; FINOTO, E. L. ; FABRI, E. G. ; PISSARA, T. C. T. ; BIERAS, A. C. ; Lopes, Maria Conceição . IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA AGROFLORESTAL COM SERINGUEIRA, URUCUM E ACEROLA SOB DIFERENTES MANEJOS. PESQUISA & TECNOLOGIA, v. 9, p. 01-15, 2012.

20.
MARTINS, A. L. M.2012MARTINS, A. L. M. ; Lopes, Maria Conceição ; PISSARA, T. C. T. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; VALARETTO, R. S. ; SIMEDO, M. B. L. . MONITORAMENTO DE VAZÃO E AVALIAÇÃO DA INTERFERÊNCIA DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS NA QUALIDADE DE RECURSOS HÍDRICOS NA MICROBACIA 'CÓRREGO DA OLARIA' ? POLO REGIONAL CENTRO NORTE, PINDORAMA, SP. PESQUISA & TECNOLOGIA, v. 9, p. 1-8, 2012.

21.
ABDO, M. T. V. N.2011ABDO, M. T. V. N.; Sérgio Valiengo Valeri ; Leandro Rodrigo Spatti . LEVANTAMENTO FLORÍSTICO DE FRAGMENTOS DE FLORESTA ESTACIONAL SEMIDECIDUAL DA RESERVA BIOLÓGICA DE PINDORAMA-SP. PESQUISA & TECNOLOGIA, v. 8, p. 01-09, 2011.

22.
Lopes, Maria Conceição2011Lopes, Maria Conceição ; MARTINS, A. L. M. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; VALARETTO, R. S. . DIAGNOSTICO DE BACIA HIDROGRÁFICA CONTRIBUIÇÕES A EDUCAÇÃO AMBIENTAL.. Fórum Ambiental da Alta Paulista, v. 07, p. 1003, 2011.

23.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira;Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira;ABDO, M. T. V. N.;Abdo, Maria Teresa Nogueira2008ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . Estabilização de uma voçoroca no Pólo Apta Centro Norte- Pindorama-SP. Tecnologia & Inovação Agropecuária (Online), v. 1, p. 135-141, 2008.

24.
Lopes, Maria Conceição2008Lopes, Maria Conceição ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira . Bacia Hidrográfica - Um Instrumento na Educação. Tecnologia & Inovação Agropecuária (Online), v. 1, p. 12, 2008.

25.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira;Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira;ABDO, M. T. V. N.;Abdo, Maria Teresa Nogueira2008ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Sérgio Valiengo Valeri ; MARTINS, Antônio Lúcio M. . Sistemas Agroflorestais e Agricultura Familiar: uma parceria interessante. Tecnologia & Inovação Agropecuária (Online), v. 1, p. 50-59, 2008.

26.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira;Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira;ABDO, M. T. V. N.;Abdo, Maria Teresa Nogueira2005 ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; PAULA, Rinaldo César de . Temperaturas para a germinação de sementes de capixingui (Croton floribundus - Spreng - Euphorbiaceae).. Revista Brasileira de Sementes (Impresso), v. 28, p. 135-140, 2005.

27.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira;Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira;ABDO, M. T. V. N.;Abdo, Maria Teresa Nogueira2005ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; PIMENTA, Ricardo Soares ; PANOBIANCO, Maristela ; VIEIRA, Roberval Daiton . Testes de vigor para avaliação de sementes de pepino. Revista Brasileira de Sementes (Impresso), v. 27, p. 195-198, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
GUIDOLINI, J. F. ; PISSARRA, T. C. T. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira ; COSTA, R. C. A. . Elementos da Natureza e Propriedades do Solo. 1. ed. Ponta Grossa, PR: Editora Atena, 2018. v. 1.

2.
TAMBELLINI, C. A. ; SE, J. A. S. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira . AÇÕES E A QUALIDADE DA ÁGUA DO RIO SÃO DOMINGOS-SP-BRASIL DE 2000 A 2010: Ganhos ambientais decorrentes de projetos implantados. 1. ed. Saarbrücken, Alemanha: Novas Edições Acadêmicas- OmniScriptum GmbH & Co. KG, 2016. v. 1. 89p .

3.
Lopes, Maria Conceição ; PISSARRA, T. C. T. ; ABDO, M. T. V. N. . 􀀁􀀂􀀃􀀄􀀅􀀆􀀇􀀈􀀉􀀊􀀉􀀋􀀊􀀌􀀍􀀃􀀎􀀌􀀅Educação e Pesquisa : subsídios à Educação Ambiental. 1. ed. Saarbrücken,Alemanha: Novas Edições Acadêmicas, 2015. v. 1. 55p .

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
DOMICIANO, F. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; FABRI, E. G. . APTA compila dados e disponibiliza informações sobre quebra de dormência de 145 espécies nativas. Noticia Apta, http://apta.sp.gov.br/noticia, p. 1 - 2, 10 dez. 2015.

2.
MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; VALARETO, R. S. . EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO PÓLO REGIONAL CENTRO NORTE PROMOVE. Pesquisa & Tecnologia_APTA, site APTA, p. 01 - 08, 05 out. 2011.

3.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Sérgio Valiengo Valeri ; Leandro Rodrigo Spatti . LEVANTAMENTO FLORÍSTICO DE FRAGMENTOS DE FLORESTA ESTACIONAL SEMIDECIDUAL DA RESERVA BIOLÓGICA DE PINDORAMA-SP. Revista on line PESQUISA & TECNOLOGIA, site APTA, p. 1 - 9, 06 set. 2011.

4.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; PIMENTA, Ricardo Soares ; VIEIRA, Roberval Daiton ; PANOBIANCO, Maristela . Avaliação do potencial fisiológico de sementes de pepino. Revista Brasileira de Sementes, , v. 109, p. 341 - 341, 26 jul. 2005.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ABDO, M. T. V. N.; Siqueira, C C Z ; Chiba, M C ; SANTOS, G. X. L. ; ROTTA, M. ; Júlia Mazinini Rosa ; MARTINS, A. L. M. ; FABRI, E. G. ; PISSARRA, T. C. T. ; CHAVES, T. H. D. . AGROFORESTRY SYSTEM BENEFITS TO ENVIRONMENT: CARBON STOCK, BIOMASS PRODUCTION BETWEEN ROWS AND SOIL ATTRIBUTES. In: 4th European Agroforestry Conference, 2018, Nijmegen,Holanda. https://www.repository.utl.pt/handle/10400.5/15589. Lisboa: EURAF, 2018. v. 1.

2.
ABDO, M. T. V. N.; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; ALBERGANTE, F. H. ; MARTINS, M. H. ; BETTINI, B. A. ; CORDEIRO JUNIOR, P. S. ; CHAVES, T. H. D. ; SOUSA NETO, J. . FOMENTO DE PROJETOS DE REFLORESTAMENTO PARA PROTEÇÃO DE NASCENTES, UM EXEMPLO DE AÇÃO CONJUNTA NO BRASIL. In: IISASGEO-Simpósio Internacional de Agua , Solos e Geotecnologias, 2018, Vila Real, Portugal. II SASGEO_LIvro de Resumos. Vila Real,Portugal: Interact, 2018. v. 1.

3.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTINS, A. L. M. ; SOUSA NETO, J. ; ALBERGANTE, L. F. ; MARTINS, M. H. ; BETTINI, B. A. ; CORDEIRO JUNIOR, P. S. ; CHAVES, T. H. D. . AÇÃO EM REDE PARA CAPACITAÇÃO E FOMENTO DE PROJETOS DE REFLORESTAMENTO, PINDORAMA, BRASIL. In: XIII Congresso nacional de Meio Ambiente, 2016, Poços de Caldas. http://www.meioambientepocos.com.br/anais-2016/index.php. Muzambinho, MG: GSC Eventos Especiais e IFSM, 2016. v. 1. p. 383.

4.
ABDO, M. T. V. N.; CHAVES, T. H. D. ; Cordeiro Jr., P. S. ; SALAZAR, F. F. ; FABRI, E. G. ; MARTINS, A. L. M. ; FINOTO, E.L. ; PISSARRA, T. C. T. ; MIGUEL, L. Z. M. . Carbon stock and tree growth in Agroforestry System under different managements. In: XIV WORLD FORESTRY CONGRESS, 2015, DURBAN, SOUTH AFRICA. http://www.fao.org/about/meetings/world-forestry-congress/programme/technical-papers-and-posters/en/. DURBAN: FAO, 2015. v. 1. p. 1-8.

5.
FABRI, E. G. ; ABDO, M. T. V. N. ; SALAZAR, F. F. ; Cordeiro Jr., P. S. ; CHAVES, T. H. D. ; MARTINS, A. L. M. ; FINOTO, E.L. ; BIERAS, A. C. . Production and carbon stock of annatto tree in agroforestry system, Pindorama, SP, Brazil. In: XIV WORLD FORESTRY CONGRESS, 2015, DURBAN,SOUTH AFRICA. http://www.fao.org/about/meetings/world-forestry-congress/programme/technical-papers-and-posters/en/. DURBAN, SOUTH AFRICA: FAO, 2015. v. 1. p. 1-8.

6.
MACHADO, M. F. ; ABDO, M. T. V. N. ; Soares, M. B. B. ; MARTINS FILHO, MARCILIO VIEIRA ; PISSARRA, T. C. T. . Atributos de solos e comunidade infestante sob diferentes culturas de sucessão em área de pousio. In: I Simpósio Internacional de Águas, Solos e Geotecnologias, 2015, Uberaba. SASGEO. Uberaba, 2015. v. 1.

7.
SIMEDO, M. B. L. ; SALAZAR, F. F. ; ABDO, M. T. V. N. ; GENEROSO, A. R. ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Cordeiro Jr., P. S. . Monitoramento das Características Físico-químicas da Água sob Implantação de Sistema Agroflorestal em Áreas de Preservação Permanente no Polo Regional Centro Norte- APTA, Pindorama/SP. In: 1º Seminario de Agroecologia da América do Sul, 2014, Dourados,MS. Cadernos de Agroecologia. Cruz Alta,RS: Associação Brasileira de Agroecologia, 2014. v. 9.

8.
OLIVEIRA NETO, P. ; PISSARRA, T. C. T. ; CHAVES, T. H. D. ; ABDO, M. T. V. N. ; COSTA, R. C. A. ; MARTINS, Antônio Lúcio M. . Análise da implantação de sistemas agroflorestais no Polo Centro Norte- APTA, Pindorama,SP. In: 1º Seminario de Agroecologia da América do Sul, 2014, Dourados, MS. Cadernos de Agroecologia. Cruz Alta,RS: Associação Brasileira de Agroecologia, 2014. v. 9.

9.
SALAZAR, F. F. ; Cordeiro Jr., P. S. ; FABRI, E. G. ; ABDO, M. T. V. N. ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; FINOTO, E. L. . Desenvolvimento e Produtividade de Urucum (Bixa orellana) em Sistema Agroflorestal sob Plantio Direto e Convencional. In: 1º Seminario de Agroecologia da América do Sul, 2014, Dourados, MS. Cadernos de Agroecologia. Cruz Alta,RS: Associação Brasileira de Agroecologia, 2014. v. 9.

10.
Lopes, Maria Conceição ; MARTINS, A. L. M. ; PISSARA, T. C. T. ; ABDO, M. T. V. N. ; VALARETTO, R. S. ; BONATTI, M. B. L. ; FINOTO, E. L. ; VALLE JÙNIOR, RENATO FARIAS DO ; CARPI JUNIOR, S. ; ABDALA, V. L. ; MACHADO, M. F. . PESQUISA E ENSINO SUBSÍDIOS PARA AÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM BACIA HIDROGRÁFICA. In: IV Workshop Internacional sobre Planejamento e Desenvolvimento Sustentável em Bacias Hidrográficas, 2013, Presidente Prudente. ANAIS DE TRABALHOS COMPLETOS - IV Workshop Internacional sobre Planejamento e Desenvolvimento Sustentável em Bacias Hidrográficas, 2013. v. 1. p. 756-769.

11.
MARTINS, A. L. M. ; Lopes, Maria Conceição ; PISSARA, T. C. T. ; ABDO, M. T. V. N. ; VALLE JÙNIOR, RENATO FARIAS DO ; VALARETTO, R. S. ; BONATTI, M. B. L. ; FINOTO, E. L. ; BIERAS, A. C. ; ABDALA, V. L. ; MACHADO, M. F. . MONITORAMENTO DA QUALIDADE DOS RECURSOS HIDRICOS SOB INTERFERENCIA DE IMPLANTAÇÃO DE MATA CILIAR COM USO DE SISTEMA AGROFLORESTAL EM ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE (APP) NA MICROBACIA VOÇOROCA NO POLO REGIONAL CENTRO NORTE ? APTA. In: IV Workshop Internacional sobre Planejamento e Desenvolvimento Sustentável em Bacias Hidrográficas, 2013, Presidente Prudente. ANAIS DE TRABALHOS COMPLETOS - IV Workshop Internacional sobre Planejamento e Desenvolvimento Sustentável em Bacias Hidrográficas. Presidente Prudente: UNESP, 2013. v. 1. p. 1542-1555.

12.
Lopes, Maria Conceição ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; VALARETO, R. S. . Diagnóstico de Bacia Hidrográfica: Contribuições à educação. In: Fórum Ambiental da Alta Paulista, 2011, Tupã. Fórum Ambiental da Alta Paulista. Tupã: ANAP, 2011. v. 07. p. 1003-1011.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SOUSA NETO, J. ; Soares, M. B. B. ; OLIVEIRA, M. S. ; BETTINI, B. A. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira . ?Influencia da distância de borda sobre as espécies arbóreas e comunidade de plantas invasoras em um fragmento de floresta estacional na reserva biológica de Pindorama. In: 10º CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA -CIIC 2016, 2016, Campinas. https://www.cnpm.embrapa.br/projetos/ciic2016/anais2016.html. Campinas: Embrapa e Apta, 2016. v. 1. p. 1-8.

2.
CHAVES, T. H. D. ; Cordeiro Jr., P. S. ; MIGUEL, L. Z. M. ; MARTINS, M. H. ; ABDO, M. T. V. N. . AVALIAÇÃO DO CRESCIMENTO DE ESPÉCIES NATIVAS E ESTOQUE DE CARBONO EM SISTEMA AGROFLORESTAL. In: 9ºCongresso Interinstitucional de Iniciação Científica ? CIIC2015, 2015, Campinas. 9ºCongresso Interinstitucional de Iniciação Científica ? Anais2015. Campinas: Embrapa/Apta, 2015. v. 1.

3.
Cordeiro Jr., P. S. ; BIERAS, A. C. ; Soares, M. B. B. ; ROCHA, L. A. ; ABDO, M. T. V. N. ; FINOTO, E. L. . LEVANTAMENTO FITOSSOCIOLÓGICO DE PLANTAS DANINHAS NA IMPLANTAÇÃO DE UM CANAVIAL EM ESPAÇAMENTO REDUZIDO. In: III CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOSSANIDADE (III CONBRAF), 2015, Aguas de Lindóia,SP. III Conbraf Anais. Jaboticabal: UNESP,Departamento de Fitossanidade do Câmpus de Jaboticabal da UNESP, 2015. v. 1. p. 349-351.

4.
Cordeiro Jr., P. S. ; BIERAS, A. C. ; Soares, M. B. B. ; CHAVES, T. H. D. ; ABDO, M. T. V. N. ; SALAZAR, F. F. . COMUNIDADE INFESTANTE EM IMPLANTAÇÃO DE CANAVIAL SOBRE ESPAÇAMENTO DUPLO. In: III CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOSSANIDADE (III CONBRAF), 2015, Águas de Lindóia,SP. Anais do III CONBRAF. Jaboticabal: UNESP, Departamento de Fitossanidade do Câmpus de Jaboticabal, 2015. v. 1. p. 377-380.

5.
Soares, M. B. B. ; MACHADO, M. F. ; MARTINS FILHO, M. V. ; ABDO, M. T. V. N. ; PISSARRA, T. C. T. ; CHAVES, T. H. D. . FITOSSOCIOLOGIA DE PLANTAS INFESTANTES EM PLANTIO DE CROTALÁRIA E MILHETO. In: III CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOSSANIDADE (III CONBRAF), 2015, Águas de Lindóia. ANAIS DO III CONBRAF. JABOTICABAL: UNESP, Departamento de Fitossanidade do Câmpus de Jaboticabal da UNESP, 2015. v. 1. p. 397-400.

6.
PISSARA, T. C. T. ; Cavalieri,L. F. P. ; ABDO, M. T. V. N. ; Lopes, Maria Conceição ; MARTINS, A. L. M. . MORFOMETRIA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO DOMINGOS PARA FINS DE PLANEJAMENTO AMBIENTAL E ESTUDO DO RECURSO HÍDRICO, PINDORAMA. In: XLIII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2014, Campo Grande. XLIII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola. Campo Grande: SBEA, 2014. v. 1. p. 1-5.

7.
ABDO, M. T. V. N.; Sérgio Valiengo Valeri ; Leandro Rodrigo Spatti ; BIERAS, A. C. . ESTRUTURA E FLORÍSTICA DE DOIS FRAGMENTOS DE FLORESTA ESTACIONAL SEMIDECIDUAL DA RESERVA BIOLÓGICA DE PINDORAMA-SP. In: XI Congreso Latinoamericano de Botánica, 2014, Salvador. http://www.65cnbot.com.br/category/resumos/, 2014.

8.
ABDO, M. T. V. N.; Sérgio Valiengo Valeri ; FERRAUDO, Antonio Sergio ; MARTINS, Antônio Lúcio M. . USO DE MÉTODOS ESTATÍSTICOS MULTIVARIADOS NA CARACTERIZAÇÃO DA ESTRUTURA ARBÓREA DA RESERVA BIOLÓGICA DE PINDORAMA ? SP. In: XI Congreso Latinoamericano de Botánica, 2014, Salvador, Brasil. Caderno de Resumos, 2014.

9.
ABDO, M. B. N. ; VALARETTO, R. S. ; CANTAO, L. ; BIERAS, A. C. ; FABRI, E. G. ; ABDO, M. T. V. N. ; MARTINS, Antônio Lúcio M. . ENRAIZAMENTO DE ESTACAS DE GERÂNIO. In: XI Congreso Latinoamericano de Botanica e LXV Congresso Nacional de Botanica, 2014, Salvador, Bahia, Brasil. http://www.65cnbot.com.br/, 2014.

10.
TAMBELLINI, C. A. ; SE, J. A. S. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira . Caminhos da despoluição:avaliação do Rio São Domingos no período de 2000 a 2010. In: Fórum Ambiental da Alta paulista, 2011, Tupã. Fórum Ambiental da Alta Paulista. Tupã: ANAP, 2011. v. 07. p. 446-451.

11.
Lopes, Maria Conceição ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; VALARETO, R. S. ; CARREGA, W. C. ; Neto Crosariol, Jacob ; Soares, M. B. B. ; Justo, C. L. ; Leandro Rodrigo Spatti ; PISSARA, T. C. T. ; ALBERGANTE, F. H. . Educação Ambiental em bacia Hidrográfica com ênfase no estudo do solo. In: V Simpósio Brasileiro de Educação em Solos, 2010, Curitiba. V Simpósio Brasileiro de Educação em Solos. Curitiba: Departamento de Solos UFPR, 2010. p. 23-23.

12.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . Gully erosion stabilization in a highly erodible Kandiustalf soil. In: 19 World Congress of Soil Science, 2010, Brisbane. 19 World Congress of Soil Science- Soil solutions for a changing world. Brisbane: International Union of Soil Science, 2010.

13.
Sérgio Valiengo Valeri ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; FERRAUDO, Antonio Sergio . Characterization of four pioneering species from a Tropical Forest in the Pindorama Biologycal Reserve, São Paulo State, Brazil, based on soil and Phytosociological attributes. In: 19 World Congress of Soil Science, 2010, Brisbane. 19 World Congress of Soil Science- Soil solutions for a changing world. Brisbane: International Union of Soil Science, 2010.

14.
MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; CARREGA, W. C. ; Neto Crosariol, Jacob ; ALBERGANTE, F. H. ; VALARETO, R. S. ; Leandro Rodrigo Spatti ; Justo, C. L. ; Soares, M. B. B. ; VIEIRA, Sidney Rosa . Soil and Enviromental Education. In: 19 World Congress of Soil Science, 2010, Brisbane. 19 World Congress of Soil Science. Brisbane: International Union of Soil Science, 2010.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Siqueira, C C Z ; Chiba, M C ; ABDO, M. T. V. N. ; Carnier, R ; Moreira, R S . Soil attributes changes after five years of an Agroforestry System implementation in an Ultisols area, Pindorama, Brasil. In: 7th World Conference on Ecological Restoration, 2017, Foz do Iguaçu,BR. http://ser2017.org/ser2017_livroresumos-site.pdf. Foz do Iguaçu: Society fo Ecological Restoration, 2017. v. 1. p. 1-452.

2.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, S. R. ; MARTINS, A. L. M. ; FABRI, E. G. ; SILVEIRA, Luis C. P. ; PISSARRA, T. C. T. ; FINOTO, E. L. . Agroforestry System under different management contribution to carbon sequestration and environmental gains after gully erosion stabilized area in Pindorama, Brazil. In: 7th World Conference on Ecological Restoration, 2017, Foz do Igaçu. Book of Abstract-2017 SER conference, 2017. v. 1. p. 1-452.

3.
ABDO, M. T. V. N.; Sérgio Valiengo Valeri ; FERRAUDO, Antonio Sergio ; Leandro Rodrigo Spatti . ?Vegetation characterization by edaphic and phytosociological attributes, Pindorama Biological Reserve- SP- Brazil. In: European Conference of Tropical Ecology, 2016, Göttingen. TROPICAL DIVERSITY, ECOLOGY AND LAND USE EUROPEAN CONFERENCE OF TROPICAL ECOLOGY GÖTTINGEN, FEBRUARY 23 - 26, 2016 Society for Tropical Ecology | Gesellschaft für Tropenökologie e.V. www.gtoe-conference.de · www.gtoe.de ISBN 978-3-00-052047-1 PROGRAM AND. Göttingen, Alemanha: Society for Tropical Ecology | Gesellschaft für Tropenökologie, 2016. v. 1. p. 337-337.

4.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . AN EXAMPLE OF A RIPARIAN FOREST RESTORATION IN PINDORAMA, BRAZIL. In: European Conference of Tropical Ecology, 2016, Göttingen. TROPICAL DIVERSITY, ECOLOGY AND LAND USE EUROPEAN CONFERENCE OF TROPICAL ECOLOGY -PROGRAM AND ABSTRACTS. Göttingen,Alemanha: Society for Tropical Ecology | Gesellschaft für Tropenökologie, 2016. v. 1. p. 85-85.

5.
BONATTI, M. B. L. ; SALAZAR, F. F. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; GENEROSO, A. R. ; MARTINS, Antônio Lúcio M. . Physical and chemical water features as indicators of changes from soil management and land use. In: IToward Sustainable Groundwater in Agriculture - An International Conference Linking Science and Policy, 2016, San Francisco. Toward Sustainable Groundwater in Agriculture - An International Conference Linking Science and Policy, 2016. v. 1. p. 1.

6.
TAMBELLINI, C. A. ; SE, J. A. S. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira . Environmental Projects Relation to the Quality of Water in São Domingos River Basin, Brazil, in the Period 2000 to 2010. In: Toward Sustainable Groundwater in Agriculture - An International Conference Linking Science and Policy, 2016, San Francisco. Toward Sustainable Groundwater in Agriculture - An International Conference Linking Science and Policy. Davis: UC Davis, 2016. v. 1. p. 2-2.

7.
BETTINI, B. A. ; CRISTOFANI-YALY, M. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira ; AZEVEDO, F. A. ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SOUSA NETO, J. ; MARTINS, M. H. ; CORDEIRO JUNIOR, P. S. ; SOUSA, J. B. L. . EVALUATION OF CITRANDARINS AS ROOTSTOCKS FOR TAHITI ACID LIME. In: INTERNATIONAL CITRUS COINGRESS, 2016, Foz do Iguaçu. Abstract Book ICC 2016. Londrina: IAC, IAPAR, 2016. v. 1. p. 177-177.

8.
BETTINI, B. A. ; Soares, M. B. B. ; GALLI, J. A. ; CRISTOFANI-YALY, M. ; MORENO, A. H. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira . CARACTERÍSTICAS BIOMÉTRICAS DE FRUTOS DE LIMA-ÁCIDA TAHITI SOBRE DIFERENTES PORTA-ENXERTOS. In: ?1st INTERNATIONAL PLANT PRODUCTION SYMPOSIUM e IX ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA Unesp - JABOTICABAL?, 2016, Jaboticabal. Anais_ 1st INTERNATIONAL PLANT PRODUCTION SYMPOSIUM. Jaboticabal: FUNEP, 2016. v. 1.

9.
BONATTI, M. B. L. ; SALAZAR, F. F. ; ABDO, M. T. V. N. ; GENEROSO, A. R. ; MARTINS, A. L. M. . Monitoring water physicochemical features under agroforestry system in the Polo Regional Centro Norte, Pindorama , SP, Brazil. In: WORLD CONGRESS OF AGROFORESTRY, 2014, DELHI,India. trees for life:Accelerating the impact of Agroforestry-Session Abstracts, 2014.

10.
ABDO, M. T. V. N.; MARTINS, A. L. M. ; FINOTO, E. L. ; FABRI, E. G. ; PISSARA, T. C. T. ; Soares, M. B. B. ; BIERAS, A. C. ; SALAZAR, F. F. ; VALARETTO, R. S. ; BONATTI, M. B. L. ; Lopes, Maria Conceição . Agroforestry system with Hevea brasiliensis (rubber tree) and Bixa orellana for gully stabilization, Pindorama, Brazil. In: WORLD CONGRESS OF AGROFORESTRY, 2014, DELHI, INDIA. trees for life:Accelerating the impact of Agroforestry-Session Abstracts. Delhi: ICRAF, 2014.

11.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTINS, A. L. M. ; Finoto, Everton Luis ; FABRI, E. G. ; PISSARA, T. C. T. ; BONATTI, M. B. L. ; SALAZAR, F. F. ; GENEROSO, A. R. ; BIERAS, A. C. ; Lopes, Maria Conceição . Agroforestry System implantation after gully erosion stabilization, Pindorama, São Paulo State, Brazil. In: 3rd International Congress on Planted Forests, 2013, Dublin/Lisboa. 3rd International Congress on Planted Forests-. Dublin: IUFRO, 2013.

12.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, A. L. M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . Riparian forest restoration -Pindorama-SP-Brazil. In: 3rd International Congress on Planted Forests, 2013, Dublin/Lisboa. 3rd International Congress on Planted Forests-. Dublin: IUFRO, 2013.

13.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTINS, A. L. M. ; FINOTO, E. L. ; FABRI, E. G. ; PISSARA, T. C. T. ; BONATTI, M. B. L. ; SALAZAR, F. F. ; GENEROSO, A. R. ; BIERAS, A. C. ; Lopes, Maria Conceição . Agroforestry System Implantation after gulley erosion stabilization , Pindorama, São Paulo State, Brazil. In: 3rd International Congress on Planted Forests, 2013, Dublin/Lisboa. 3rd International Congress on Planted Forests-. Dublin: IUFRO, 2013.

14.
ABDO, M. T. V. N.; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, A. L. M. ; SILVEIRA, L. C. P. . Riparian Forest Restoration, Pindorama, SP, Brazil. In: Workshop on Planted Forest for the restoration of forest landscapes-and Mitigation of climate change3rd International Congress on Planted Forest, 2013, Dublin, Irlanda. Workshop on Planted Forest for the restoration of forest landscapes-and Mitigation of climate change, 2013.

15.
Benedetti, João Fernando Lima ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; Chabaribery, D. ; FONSECA, F. S. ; Justo, C. L. ; Lopes, Maria Conceição ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; MENDES, E. E. B. ; Meneghini, Dagoberto ; Monteiro, J. B. ; NOGUEIRA, S. C. ; Ogawa, Helio ; Peres, R. M. ; Pizzol, Maria Eugênia Gracia de ; TRES, D. . ?Implantação de Sistemas Agroflorestais em Área de Preservação Permanente pelos Reeducandos do IPA (Instituto Penal Agrícola) no município de São José do Rio Preto?. In: VII Congresso Brasileiro de Sistemas Agroflorestais, 2009, Brasília. VII CBSAF. Brasília: CBSAF, 2009.

16.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR ECOLÓGICO NO PÓLO REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DO CENTRO NORTE-PINDORAMA-SP. In: IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009, SÃO LOURENÇO. IX CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 2009.

17.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . ESTABILIZAÇÃO DE UMA VOÇOROCA NO POLO CENTRO NORTE-PINDORAMA-SP. In: III CONGRESSO LATINOAMERICANO DE COLOGIA, 2009, SÃO LOURENÇO. III CONGRESSO LATINO AMERICANO DE ECOLOGIA, 2009.

18.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . Recovery of the riparian forest in the " Pólo Regional do Centro Norte"-Pindorama-SP-Brazil. In: XIII CONGRESSO MUNDIAL FLORESTAL, 2009, Buenos Aires. XIII CONGRESSO MUNDIAL FLORESTAL, 2009.

19.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . RECOVERY OF THE CILIARY FOREST IN THE ?PÓLO APTA CENTRO NORTE?-PINDORAMA- SP-BRASIL. In: XIII CONGRESSO FLORESTAL MUNDIAL, 2009, BUENOS AIRES. Anais XIII CONGRESSO FLORESTAL MUNDIAL, 2009.

20.
Júlia Mazinini Rosa ; Lopes, Maria Conceição ; CARREGA, W. C. ; Neto Crosariol, Jacob ; Leandro Rodrigo Spatti ; Sant'Ana, R. ; Gil, L.L. ; LIMA, R. T. ; Justo, C. L. ; MENDES, E. E. B. ; Monteiro, J. B. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; Soares, M. B. B. ; ABDO, C. R. ; TRES, D. ; Meneghini, Dagoberto ; GRACIA, M. E. P. S. ; Lima, J.O.M ; MARTINS, Antônio Lúcio M. . Implantação de Técnicas de Nucleação para Recuperação de Matas Ciliares no Noroeste Paulista. In: IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009, São Lourenço MG. Anais IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009.

21.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . : Projeto de Estabilização de uma Voçoroca no Pólo Apta Centro Norte- Pindorama-SP. In: XIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2009, São Lourenço MG. Anais_XIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2009.

22.
Benedetti, João Fernando Lima ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; Resende, R. U. ; Meneghini, Dagoberto ; Monteiro, J. B. ; Lopes, J. O. M. ; MENDES, E. E. B. ; Justo, C. L. ; Peres, R. M. ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; NOGUEIRA, S. C. ; FONSECA, F. S. ; GRACIA, M. E. P. S. ( Maria Eugenia P. S. Gracia) ; Chabaribery, D. ; Ogawa, Helio . Agroforestry establishment within riparian forests by re-educating inmates of the sgricultural penitentiary institute (IPA) Javert de Andrade, São José do Rio Preto-SP-Brazil. In: 2nd World Congress Agroforestry, 2009, Nairobi. http://www.worldagroforestry.org/wca2009/posters, 2009.

23.
MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira ; VIEIRA, Sidney Rosa ; SILVEIRA, Luis C. P. . PROJETO DE ESTABILIZAÇÃO DE UMA VOÇOROCA. In: 2 Seminário dos Programas Estratégicos da APTA, 2008, Barra Bonita. 2 Seminário dos Programas Estratégicos da APTA. Campinas: APTA, 2008.

24.
MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira . Bacia Hidrográfica : um instrumento na educação. In: 2Seminário dosProgramas Estratégicos da APTA, 2008, barra Bonita. 2Seminário dosProgramas Estratégicos da APTA. Campinas: APTA, 2008.

25.
Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira; PAULA, Rinaldo César de . Armazenamento de Sementes de Croton Floribundus SPRENG- Euphorbiaceae. In: XX Congresso Panamericano de Semillas, 2006, Foz do Iguaçu. XX Congresso Panamericano de Semillas. Foz do Iguaçu: Felas, 2006.

26.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; PAULA, Rinaldo César de ; TESSER, Saionara M . GERMINAÇÃO DE SEMENTES DE Croton floribundus Spreng. - Euphorbiaceae. In: XIX SEMINÁRIO PANAMERICANO DE SEMILLAS, 2004, ASSUNTION - PARAGUAI. XIX Seminário Panamericano de Semillas, 2004. v. 168. p. 407-407.

27.
Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira; PANOBIANCO, Maristela ; VIEIRA, Roberval Daiton ; PIMENTA, Ricardo Soares . Avaliação do Potencal Fisiológico de Sementes de Pepino. In: XIX Congresso Panamericano de Semillas, 2004, Assuntion. XIX Congresso Panamericano de Semillas. Assuntion: FELAS, 2004.

28.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. ; VIEIRA, Sidney Rosa . Implantação do projeto de Educação Ambiental na Estação Experimental de Agronomia de Pindorama. In: I Encontro sobre Educação Ambiental na Agricultura, 1999, Campinas - SP. I Encontro sobre Educação Ambiental na Agricultura, 1999. v. PN 49. p. 37-38.

29.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. ; VIEIRA, Sidney Rosa . A Educação Ambiental e os projetos de conservação de solos e recuperação de nascentes na Estação Experimental de Agronomia de Pindorama. In: I Encontro sobre Educação Ambiental na Agricultura, 1999, Campinas. I Encontro sobre Educação Ambiental na Agricultura, 1999. v. PN 50. p. 38.

Apresentações de Trabalho
1.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Capacitação Técnica Reflorestamento- Implantação, manutenção e cadastramento Projeto FEHIDRO TG 357/2009 ?Capacitação para produção de mudas e fomento de projetos de reflorestamento' Considerações finais. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; FABRI, E. G. ; SILVEIRA, Luis C. P. ; PISSARA, T. C. T. ; FINOTO, E. L. . Agroforestry System under different management contribution to carbon sequestration and environmental gains after gully erosion stabilized area in Pindorama, Brazil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Siqueira, C C Z ; Chiba, M C ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; Carnier, R ; Moreira, R S . Soil attributes changes after five years of an Agroforestry System implementation in an Ultisols area, Pindorama, Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. An example of a riparian forest restoration in Pindorama, Brazil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
ABDO, M. T. V. N.; MARTINS, A. L. M. ; ALBERGANTE, F. H. ; Cordeiro Jr., P. S. ; SALAZAR, F. F. ; CHAVES, T. H. D. ; FABRI, E. G. . Training for seedling production and reforestation areas increase to protect springs and São Domingo Basin , Brazil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira. Urucum, alternativa para composição de sistema agroflorestal ? SAF. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
ABDO, M. T. V. N.. Restauração Ambiental e Reflorestamento. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
ABDO, M. T. V. N.. O USO DE AGROTÓXICO E AGRICULTURA ORGÂNICA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. CURSO RESPONSABILIDADE SOCIAL E AMBIENTAL. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. CURSO RESPONSABILIDADE SOCIAL E AMBIENTAL. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
ABDO, M. T. V. N.. SISTEMAS AGROFLORESTAIS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTINS, A. L. M. ; STAINE, J. F. ; SALAZAR, F. F. ; ALBERGANTE, F. H. ; VALARETTO, R. S. ; BONATTI, M. B. L. ; GIL, L. G. ; SALLES, P. D. . Capacitação para Produção de Mudas e Fomento de Projetos de Reflorestamento (Projeto TG 357-2009). 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . Recovery of a riparian forest in the Polo Centro Norte-Pindorama-SP- Brazil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . Gully erosion stabilization in a highly erodible Kandiustalf soil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
Sérgio Valiengo Valeri ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; FERRAUDO, Antonio Sergio . Characterization of four pioneering species from a Tropical Forest in the Pindorama Biologycal Reserve, São Paulo State, Brazil, based on soil and Phytosociological attributes. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Chabaribery, D. ; Benedetti, João Fernando Lima . São Paulo State´s Agricultural Research and potential agriculture cultures for Agroforestry Systems in Brazil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

17.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . Projeto de Estabilização de uma Voçoroca no Pólo Apta Centro Norte- Pindorama-SP. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . RECOVERY OF THE CILIARY FOREST IN THE ?PÓLO APTA CENTRO NORTE?-PINDORAMA- SP-BRASIL. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
Benedetti, João Fernando Lima ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; Resende, R. U. ; Meneghini, Dagoberto ; Monteiro, J. B. ; Lopes, J. O. M. ; MENDES, E. E. B. ; Justo, C. L. ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; NOGUEIRA, S. C. ; Peres, R. M. ; FONSECA, F. S. ; GRACIA, M. E. P. S. ( Maria Eugenia P. S. Gracia) ; Chabaribery, D. ; Ogawa, Helio ; Lopes, Maria Conceição . Agroforestry instalation within riparian forests by re-educating inmates of the AGRICULTURE PENITENTIARY INSTITUTE (IPA). 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
MARTINS, Antônio Lúcio M. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; VIEIRA, Sidney Rosa ; SILVEIRA, Luis C. P. . Projeto Estabilização de uma voçoroca- Pindorama, SP. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
Lopes, Maria Conceição ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira . Sessão Técnica oral-: Bacia Hidrográfica: um Instrumento na Educação. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

22.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; PAULA, Rinaldo César de . Armazenamento de Sementes de Croton Floribundus SPRENG- Euphorbiaceae. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; PAULA, Rinaldo César de . Germinação de sementes de Croton Floribundus SPRENG- Ephorbiaceae. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; PIMENTA, Ricardo Soares ; VIEIRA, Roberval Daiton . Avaliação do Potencal Fisiológico de Sementes de Pepino. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

25.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; PAULA, Rinaldo César de ; TESSER, Saionara M . Germinação de Sementes Croton Floribundus SPRENG- Euphorbiaceae. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
Benedetti, João Fernando Lima ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; Monteiro, J. B. ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Meneghini, Dagoberto ; Pizzol, Maria Eugênia Gracia de ; Justo, C. L. ; Peres, R. M. ; MENDES, E. E. B. ; FONSECA, F. S. ; Lopes, Maria Conceição ; NOGUEIRA, S. C. ; Chabaribery, D. ; TRES, D. ; Ogawa, Helio . Implantação de sistemas agroflorestais em área de preservação permanente pelos re-educandos do IPA (Instituto Penal Agrícola) do município de São José do Rio Preto-SP. 2009.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista projetos de produção de mudas e reflorestamento do Pólo Centro Norte. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista TV Câmara Mulher. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista Dia Mundial do Meio Ambiente. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista DiaMundial do Meio ambiente. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista Comemoração Dia da Mulhe SESC SPr-Palestra Mullher e Meio Ambiente. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Gestão da Saúde - Módulo: Responsabilidade Social e Ambiental. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; ALBERGANTE, F. H. . I Curso de capacitação em produção de mudas e fomento a projetios de reflorestamento. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; ALBERGANTE, F. H. . II Curso de Capacitação em produção de mudas e fomento a projetios de reflorestamento. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Desenvolvimento sustentável: Nosso compromisso com futuras gerações. 2011. (Palestra).

5.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Finoto, Everton Luis . ?PRÁTICAS PEDAGÓGICAS COM SOLOS? VI capacitação para educadores do projeto de Educação Ambiental Bacia Hidrográfica um Instrumento na Educação (TG355/08)- Pólo Centro Norte-Pindorama. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. O MANEJO DO SOLO E REFLORESTAMENTO IMPLANTADO NO PÓLO CENTRO NORTE (Aula prática)IV Capacitação para Educadores no Projeto Bacia Hidrográfica: Um Instrumento na Educação(TG 355-08)-Pòlo Centro Norte-. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Mini curso - Recomposição de matas ciliares : Reflorestamento, Sistemas Agroflorestais e Técnicas de nucleação. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Curso de recuperação de Áreas degradads, matas ciliares e implantação de Sistemas Agroflorestais. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
ABDO, M. T. V. N.. Cartilha para Curso de Capacitação em produção de mudas e reflorestamento. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Cartilha).

10.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Benedetti, João Fernando Lima ; Chabaribery, D. . SIDE EVENT- São Paulo State´s Agricultural Research and potential agriculture cultures for Agroforestry Systems in Brazil. 2009. (Side event Speach).

11.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Leandro Rodrigo Spatti . Preservação de Matas ciliares e Reflorestamento. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. BACIAS HIDROGRÁFICAS. 2008. (Palestra).

13.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTINS, Antônio Lúcio M. . PLANTIO DIRETO:UM INSTRUMENTO NA EDUCAÇÃO. 2008. (Palestra).

14.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. ÁGUA E EDUCAÇÃO. 2008. (Palestra).

15.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. RECUPERAÇÃO DE SOLOS DEGRADADOS PELA AGRICULTURA. 2006. (Palestra).

16.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. REFLORESTAMENTO E GESTÃO AMBIENTAL. 2006. (Palestra).

17.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. MEIO AMBIENTE, POLUIÇÃO E ECOSSISTEMA. 2002. (Palestra).

18.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. : A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO FORMAL- TRANSVERSALIDADE. 2002. (Palestra).

19.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. TEMAS TRANSVERSAIS DOS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. 2002. (Palestra).

20.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. RECOMPOSIÇÃO DE MATAS CILIARES E PRESERVAÇÃO DE MANANCIAIS. 2001. (Palestra).


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista Projeto Reflorestamento e Recuperação Ambiental Pólo Centro Norte. 2011.

2.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista TV CÂMARA MULHER- Programa Cãmara Mulher. 2011.

3.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista TV JA- Palestra -Mulher Transformando o Meio Ambiente-. 2011 (Entrevista).

4.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista ao vivo Dia Mundial do Meio Ambiente. 2009.

5.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista ao Vivo- Dia do Meio Ambiente. 2008.

Demais trabalhos
1.
MASTROCOLA, M. S. L. ; MASTROCOLA, M. L. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira . Presidente do Galpão 6 - ONG Artística para Jovens de classe social de risco. 2008 (Presidente da ONG Cultural de Teatro - Galpãp 6) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
PISSARA, T. C. T.; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; TURCO, J. E. P.. Participação em banca de Mauro Ferreira Machado. Monitoramento hídrico e determinação de áreas de conflito da sub-bacia do Córrego Saudade, Uberaba-MG. 2012. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Ciência do Solo)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
PISSARA, T. C. T.; MARQUES JUNIOR, J.; VALLE JÙNIOR, RENATO FARIAS DO; CAMPOS, S.; ABDO, M. T. V. N.. Participação em banca de Fabricio Valentim Zanzarini. Variabilidade espacial dos atributos fisicos e quimicos do solo e correlação com indice espectral de vegetação na cultura da cana de açúcar. 2012. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Ciência do Solo)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
PISSARA, T. C. T.; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; TURCO, J. E. P.; CANDIDO, H. G.; BARBOSA, J. C.. Participação em banca de Mauro Ferreira Machado. Monitoramento Hídrico e Determinação de Áreas de Conflito da Sub-Bacia do Córrego Uberaba-MG. 2012. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Ciência do Solo)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Teses de doutorado
1.
PISSARA, T. C. T.; GALBIATTI, J. A.; BORGES, M. J.; RODRIGUES, Waldemir Antônio; CARREGA, E. F. B.; ABDO, M. T. V. N.; LEITE, F. R.; FARIA, R. T.. Participação em banca de Flávia Mazzer Rodrigues. Zoneamento Ambiental da APP da Sub-bacia do Córrego Rico, Jaboticabal,SP. 2013. Tese (Doutorado em Agronomia (Producao Vegetal)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
PISSARA, T. C. T.; DEMATTE, M. E. S. P.; DALRI, A. B.; ABDO, M. T. V. N.; ABDALA, V. L.. Participação em banca de Flávia Janaína Carvalho Brandão. Atributos físicos e quimicos de um latossolo vermelho amarelo em Sistemas agroflorestais. 2013. Tese (Doutorado em Agronomia (Ciência do Solo)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; PISSARA, T. C. T.; CANDIDO, HUMBERTO GOIS; CAMPOS, S.; RODRIGUES, Waldemir Antônio. Participação em banca de Vera Lucia Abdala. DIAGNÓSTICO HÍDRICO DO RIO UBERABA-MG COMO SUBSÍDIO PARA A GESTÃO DAS ÁREAS DE CONFLITO AMBIENTAL. 2012. Tese (Doutorado em Agronomia (Ciência do Solo)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; PISSARA, T. C. T.; RODRIGUES, Waldemir Antônio; VALLE JÙNIOR, RENATO FARIAS DO; MARTINS FILHO, MARCILIO VIEIRA. Participação em banca de Maria Amélia da Silva Campos Souza. ANÁLISE DO ENSINO-APRENDIZAGEM DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM MICROBACIA HIDROGRÁFICA. 2012. Tese (Doutorado em Agronomia (Ciência do Solo)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

5.
PISSARA, T. C. T.; RIBEIRO, E. A.; ABDO, M. T. V. N.; GALBIATTI, J. A.; SILVA, A. T.; VALLE JÙNIOR, RENATO FARIAS DO. Participação em banca de Luiz Alberto Rezende. Componentes curriculares da área de solos e ambiente nos projetos pedagógicos dos cursos de Engenharia Agronomica/Agronomia. 2012. Tese (Doutorado em Agronomia (Ciência do Solo)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Qualificações de Doutorado
1.
PISSARRA, T. C. T.; ZANATA, M.; ABDO, M. T. V. N.; ABDALA, V. L.; PALARETTI, L. F.. Participação em banca de Michele Cláudia da Silva. ANÁLISE EXPLORATÓRIA DA QUALIDADE H[ÍDRICA EM MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS NO ESTADO DE SÃO PAULO. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Agronomia (Ciência do Solo)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
FERNANDES JR., W. B.; GENEROSO, A. R.; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Participação em banca de Mariana Lopes Bonatti e Fernanda Fernandes Salazar.Monitoramento das características físico-químicas da água sob implantaçãop de Sistema Agroflorestal em Áreas de Preservação Permanente na APTA-Polo Regional Centro Norte,Pindorama,SP. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Agronegócio) - Faculdade de Tecnologia de São José do Rio Preto- Centro Paula Souza.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
4th European Conference on Agrofrestry. AGROFORESTRY SYSTEM BENEFITS TO ENVIRONMENT: CARBON STOCK, BIOMASS PRODUCTION. 2018. (Congresso).

2.
IISASGEO-Simpósio Internacional de Agua , Solos e Geotecnologias.FOMENTO DE PROJETOS DE REFLORESTAMENTO PARA PROTEÇÃO DE NASCENTES, UM EXEMPLO DE AÇÃO CONJUNTA NO BRASIL. 2018. (Simpósio).

3.
European Conference of Tropical Ecology. An example of a riparian forest restoration in Pindorama, Brazil. 2016. (Congresso).

4.
WORLD CONGRESS OF AGROFORESTRY. Posters:Monitoring water physicochemical features under agroforestry system in the Polo Regional Centro Norte, Pindorama , SP, Brazil -Agroforestry system with Hevea brasiliensis (rubber tree) and Bixa orellana for gully stabilization, Pindorama, Brazil. 2014. (Congresso).

5.
Plenary conference_3rd International Congress on Planted Forest. Riparian forest restoration, Pindorama, SP, Brazil and Agroforestry system implantation after gully erosion stabilization, Pindorama, SP, Brazil. 2013. (Congresso).

6.
Workshop on Planted Forest for the restoration of forest landscapes-and Mitigation of climate change3rd International Congress on Planted Forest. Riparian Forest Restoration, Pindorama, SP, Brazil and agroforestry system implantation after gully erosion stabilization, Pindorama, SP, Brazil. 2013. (Congresso).

7.
19 World Congress of Soil Science. Characterization of four pioneering species from a Tropical Forest in the Pindorama Biologycal Reserve, São Paulo State, Brazil, based on soil and Phytosociological attributes. 2010. (Congresso).

8.
Conference: Tropical Forests Under a Climate Changing :Linking Impacts, Adaptation and Mitigation.Recovery of a riparian forest in the Polo Centro Norte _Pindorama-SP-Brazil. 2010. (Outra).

9.
V Simpósio Brasileiro de Educação em Solos.Educação ambiental em Bacia Hidrográfica com ênfase ao estudo do solo. 2010. (Simpósio).

10.
II Congresso Mundial de Agrofloresta. SÃO PAULO STATE AGRICULTURAL RESEARCH AND POTENTIAL AGRICULTURE CULTURES FOR AGROFOREST SYSTEMS IN BRAZIL. 2009. (Congresso).

11.
III CONGRESSO LATINOAMERICANO DE ECOLOGIA. RECUPERAÇÃO DE UMA VOÇOROCA NO PÓLOREGIONAL DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DO CENTRO NORTE-PINDORAMA-SP. 2009. (Congresso).

12.
IX Congresso de Ecologia do Brasil. PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR ECOLÓGICO NO PÓLO REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO CENTRO NORTE. 2009. (Congresso).

13.
XIII CONGRESSO MUNDIAL FLORESTAL. Recomposição de mata ciliar no Pólo regional de Desenvolvimento Tecnológico-Pindorama-SP-Brazil. 2009. (Congresso).

14.
Análise Estatística Multivariada.Curso estatística-. 2008. (Outra).

15.
CURSO Recuperação Ambiental através de Técnicas de Nucleação. 2008. (Outra).

16.
Encontro sobre o Uso Racional da Água.Coordenação Sessão Técnica. 2008. (Encontro).

17.
I Simpósio de Direito Ambiental de II Curso : Gestão Ambiental - Legislação e Licenciamento Ambiental.Apresentação Oral- Trabalho:. 2008. (Simpósio).

18.
I Simpósio de Direito Ambiental e II Curso : Gestão Ambiental - Legislação e Licenciamento Ambiental.Apresentação Oral do trabalho:. 2008. (Simpósio).

19.
Semana de Geografia- IMES/ FAFICA.Sustentabilidade da Agricultura Atual. 2008. (Encontro).

20.
Vi Diálogo Interbacias.Apresentação Oral do trabalho. 2008. (Encontro).

21.
XVII Reunião Brasileira de manejo e Conservação do Solo e da Água.Mostra de material Didático de Ensino de Solos. 2008. (Encontro).

22.
XVII Reunião Brasileira de Manejo e Conservação do Solo e da Água.Sessão Técnica- " Pesquisa Participativa em manejo e Conservação do Solo e da Àgua"-Apresentação Oral do Trabalho- Bacia Hidrogr[afica um Intrumento na Educação. 2008. (Encontro).

23.
XXVIII Semana de Estudos e tecnologia Agropecuária.Meio Ambiente: Experiências e Resultados. 2008. (Encontro).

24.
V Encontro Nacional Sobre Educação Ambiental na Agricultura.Mesa Redonda- Recuperação de Solos Degradados. 2006. (Encontro).

25.
XX Seminário Panamericano de Sementes.Aramazenamento de sementes de Croton Floribundus SPRENG- Euphorbiaceae. 2006. (Seminário).

26.
XXVI Semana de Estudos e Tecnologia Agropecuária e VI Semana Cultura.Reflorestamento e Gestão Ambiental. 2006. (Encontro).

27.
Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho- Prefeitura Municipal.Relações Humanas no Ambiente de Trabalho. 2002. (Encontro).

28.
X Semana da Educação- IMES FAFICA.Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente. 2002. (Encontro).

29.
Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho- Hospital Padre Albino.Relações Humanas no Trabalho e Meio Ambiente. 2001. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
AZEVEDO, F. A. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira . 16º Dia do Limão Tahiti. 2015. (Outro).

2.
FABRI, E. G. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira . ENCONTRO SOBRE O AGRONEGÓCIO DA CULTURA DO URUCUM. 2015. (Outro).

3.
ABDO, M. T. V. N.; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; FERREIRA, R. ; RAVAZZI, J. P. . Agricultura Sustentável- Suportes Técnicos para produção e comercialização e I Fórum Técnico: Do Campo ao Consumidor. 2014. (Outro).

4.
AZEVEDO, F. A. ; ABDO, M. T. V. N. . 15 Dia do Limão Tahiti. 2014. (Outro).

5.
ABDO, M. T. V. N.. CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS E FOMENTO DE PROJETOS DE REFLORESTAMENTO (PROJETO FEHIDRO 357/2009). 2014. (Outro).

6.
MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; ABDO, M. T. V. N. ; PISSARRA, T. C. T. . II WORKSHOP DA MICROBACIA DO CÓRREGO DA OLARIA. 2014. (Outro).

7.
AZEVEDO, F. A. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira . 14 Dia do Limão Tahiti. 2013. (Outro).

8.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Lopes, Maria Conceição ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; ALBERGANTE, F. H. ; VALARETO, R. S. . II Encontro de Educação ambiental do Pólo Regional Centrp Nprte. 2011. (Outro).

9.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; MARTIN, J. F. ; ALBERGANTE, F. H. ; VALARETO, R. S. . Curso de Capacitação em produção de mudas e fomento projeto de reflorestamentoviveiro. 2011. (Outro).

10.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; MARTIN, J. F. ; ALBERGANTE, F. H. ; VALARETO, R. S. . II Curso de capacitação em Prosução de mudas e fomento a projetos de Reflorestamento. 2011. (Outro).

11.
MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira . I Encontro de Educação Ambiental do Pólo Apta Centro Norte. 2007. (Outro).

12.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTIN, J. F. . IV Semana do Meio Ambiente. 2001. (Outro).

13.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTIN, J. F. . III Semana do Meio Ambiente. 2000. (Outro).

14.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTIN, J. F. ; PIO, L. C. . II Curso de Paisagismo e Planejamento Urbano. 1997. (Outro).

15.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTIN, J. F. ; PIO, L. C. . Curso de Paisagismos e Arborização Urbana. 1996. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Janaína Ferreira Guidolini. ATRIBUTOS FÍSICOS E QUÍMICOS DE UM ARGISSOLO SOB DIFERENTES SISTEMAS DE USO DA TERRA (SUTs). 2015. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Ciência do Solo)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

2.
Janaína Ferreira Guidolini. Efeito dos Sistemas de Uso da Terra nos Atributos Físicos do Solo na Microbacia do Córrego do Olaria, APTA ? Regional Pindorama-SP.. 2014. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Ciência do Solo)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Coorientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

3.
Cássia Aparecida Tambellini. Projetos Ambientais excutados na Bacia do Rio São Domingos (UGRHI-Turvo/Grande) e suas relações com a qualidade das águas do Rio, no péríodo de 2000 a 2010. 2012. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) - Universidade de Araraquara, . Coorientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

4.
Maria Conceição Lopes. AÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E MONITORAMENTO DA ÁGUA NO CÓRREGO DA OLARIA APTA - PINDORAMA - SP. 2011. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Ciência do Solo)) - Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal, . Coorientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

Tese de doutorado
1.
Mauro Ferreira Machado. Avaliação de perdas de solo em Sistema Agroflorestal sob diferentes manejos, Pindorama, SP. 2013. Tese (Doutorado em Agronomia (Ciência do Solo)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Coorientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Jorge Fernando Staine. COMERCIALIZAÇÃO DE HORTALIÇAS NO MUNICÍPIO DE CATANDUVA, SP. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Catanduva. Orientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

2.
CRICÉLIO TEIXEIRA MOÇO. AVALIAÇÃO DO EFEITO ALELOPÁTICO BENÉFICO DE EXTRATOS VEGETAIS SOBRE A GERMINAÇÃO E O DESENVOLVIMENTO INICIAL DE LACTUCA SATIVA L. (ALFACE). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Catanduva. Orientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

3.
Maria Bárbara Lopes Bonatti e Fernanda Fernandes Salazar. Monitoramento das características físico-químicas da água sob implantação de Sistema Agroflorestal em Áreas de Preservação Permanente na APTA-Pólo Regional Centro Norte,Pindorama,SP. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Agronegócio) - Faculdade de Tecnologia de São José do Rio Preto- Centro Paula Souza. Orientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

4.
Jorge Fernando Staine. AVALIAÇÃO DE SEMENTES DE PAU FORMIGA APÓS DIFERENTES CONDIÇÕES DE ARMAZENAMENTO. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Catanduva. Orientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

Iniciação científica
1.
João de Sousa Neto. AVALIAÇÃO DA DISTÂNCIA DA BORDA SOBRE A COMUNIDADE DE PLANTAS INVASORAS EM UM FRAGMENTO DE FLORESTA ESTACIONAL NA RESERVA BIOLOGICA DE PINDORAMA. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Centro Universitário de Rio Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

2.
Rafael Francisco Lopes Rodrigues. DISTÂNCIA DA BORDA SOBRE A COMUNIDADE DE PLANTAS INVASORAS EM UM FRAGMENTO DE FLORESTA ESTACIONAL NA RESERVA BIOLOGICA DE PINDORAMA. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Centro Universitário de Rio Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

3.
Tales Henrique Dias Chaves. AVALIAÇÃO EM SISTEMA AGROFLORESTAL INSTALADO SOB SISTEMA CONVENCIONAL E PLANTIO DIRETO. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Centro Universitário de Rio Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

Orientações de outra natureza
1.
Matheus Siqueira de Oliveira. Estágio Curricular- Levantamentos fitossociológico, efeito de borda e projetos ambientais. 2016. Orientação de outra natureza - Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos. Orientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

2.
Alexandre Rios Lopes. Estágio em Meio Ambiente. 2008. Orientação de outra natureza. (Biologia- estagiário) - Agencia paulista de tecnologia dos agronegócios. Orientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.

3.
Leandro Rodrigo Spatti. Silvicultura,reflorestamento e recuperação de áreas degradas. 2008. Orientação de outra natureza. (Estágio) - Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios. Orientador: Maria Teresa Vilela Nogueira Abdo.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira;Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira;ABDO, M. T. V. N.;Abdo, Maria Teresa Nogueira2008ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . Estabilização de uma voçoroca no Pólo Apta Centro Norte- Pindorama-SP. Tecnologia & Inovação Agropecuária (Online), v. 1, p. 135-141, 2008.

2.
Lopes, Maria Conceição2008Lopes, Maria Conceição ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira . Bacia Hidrográfica - Um Instrumento na Educação. Tecnologia & Inovação Agropecuária (Online), v. 1, p. 12, 2008.

3.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira;Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira;ABDO, M. T. V. N.;Abdo, Maria Teresa Nogueira2008ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Sérgio Valiengo Valeri ; MARTINS, Antônio Lúcio M. . Sistemas Agroflorestais e Agricultura Familiar: uma parceria interessante. Tecnologia & Inovação Agropecuária (Online), v. 1, p. 50-59, 2008.

4.
ABDO, M. T. V. N.2013ABDO, M. T. V. N.; VIEIRA, S. R. ; MARTINS, A. L. M. ; SILVEIRA, L. C. P. . Gully Erosion Stabilization in a Highly Erodible Kandiustalf Soil at Pindorama, Sao Paulo State, Brazil. Ecological Restoration, v. 31, p. 246-249, 2013.

5.
ABDO, M. T. V. N.2011ABDO, M. T. V. N.; Sérgio Valiengo Valeri ; Leandro Rodrigo Spatti . LEVANTAMENTO FLORÍSTICO DE FRAGMENTOS DE FLORESTA ESTACIONAL SEMIDECIDUAL DA RESERVA BIOLÓGICA DE PINDORAMA-SP. PESQUISA & TECNOLOGIA, v. 8, p. 01-09, 2011.

6.
MICHELOTTO, MARCOS DONISETI2013MICHELOTTO, MARCOS DONISETI ; PIRES, EVALDO MARTINS ; BIERAS, ANGELA CRISTINA ; Abdo, Maria Teresa Nogueira . OCCURRENCE OF TREE SPECIES IN Poekilloptera phalaenoides NATIVE IN PINDORAMA, SAO PAULO. Nucleus (Ituverava. Impresso), v. 10, p. 227-231, 2013.

7.
FABRI, E. G.2013FABRI, E. G. ; TERAMOTO, J. R. S. ; ABDO, M. T. V. N. . O Cultivo e a comercialização de especiarias. Nosso Alho, v. 01, p. 59-66, 2013.

8.
SALAZAR, F. F.2014SALAZAR, F. F. ; Cordeiro Jr., P. S. ; FABRI, E. G. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; FINOTO, E. L. . Desenvolvimento e Produtividade de Urucum (Bixa orellana) em Sistema Agroflorestal sob Plantio Direto e Convencional. Cadernos de Agroecologia, v. 9, p. 1-12, 2014.

9.
Cordeiro Jr., P. S.2015Cordeiro Jr., P. S. ; Soares, M. B. B. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira ; BIERAS, A. C. ; CHAVES, T. H. D. ; SALAZAR, F. F. ; FINOTO, E.L. ; FIGUEIREDO, G. C. ; ROCHA, L. A. . LEVANTAMENTO FITOSSOCIOLÓGICO DE PLANTAS DANINHAS EM UM CANAVIAL COM ESPAÇAMENTO DUPLO ALTERNADO. Revista Eletrônica de Pesquisa da UNIRP - Universitas, v. 5, p. 167-181, 2015.

10.
BIERAS, A. C.2015BIERAS, A. C. ; SOUZA, T. M. ; ABDO, M. T. V. N. ; VALARETTO, R. S. ; MARTINS, A. L. M. . O USO DE TÉCNICAS DE NUCLEAÇÃO NA RESTAURAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO POLO CENTRO NORTE-APTA, PINDORAMA-SP E NO IMES-CATANDUVA-SP. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 10, p. 14, 2015.

11.
ABDO, M. T. V. N.2016 ABDO, M. T. V. N.; VIEIRA, S. R. ; MARTINS, A. L. M. ; SILVEIRA, L. C. P. . Riparian Forest Restoration in the Pindorama Municipality, Sao Paulo State, Brazil.. Ecological Restoration, v. 34, p. 22-26, 2016.

12.
ABDO, M. T. V. N.2015ABDO, M. T. V. N.; BIERAS, ANGELA CRISTINA ; STAINE, J. F. ; SALAZAR, F. F. ; Pietrobom, R.C.V. . Substrato e potencial de armazenamento para sementes de pau formiga. BIOIKOS (CAMPINAS), v. 29, p. 1-10, 2015.

13.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira2015ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; FABRI, E. G. . TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA: GUIA PRÁTICO PARA QUEBRA DE DORMÊNCIA DE SEMENTES DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS. PESQUISA & TECNOLOGIA, v. 12, p. 1-7-7, 2015.


Livros e capítulos
1.
TAMBELLINI, C. A. ; SE, J. A. S. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira . AÇÕES E A QUALIDADE DA ÁGUA DO RIO SÃO DOMINGOS-SP-BRASIL DE 2000 A 2010: Ganhos ambientais decorrentes de projetos implantados. 1. ed. Saarbrücken, Alemanha: Novas Edições Acadêmicas- OmniScriptum GmbH & Co. KG, 2016. v. 1. 89p .

2.
GUIDOLINI, J. F. ; PISSARRA, T. C. T. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira ; COSTA, R. C. A. . Elementos da Natureza e Propriedades do Solo. 1. ed. Ponta Grossa, PR: Editora Atena, 2018. v. 1.

3.
Lopes, Maria Conceição ; PISSARRA, T. C. T. ; ABDO, M. T. V. N. . 􀀁􀀂􀀃􀀄􀀅􀀆􀀇􀀈􀀉􀀊􀀉􀀋􀀊􀀌􀀍􀀃􀀎􀀌􀀅Educação e Pesquisa : subsídios à Educação Ambiental. 1. ed. Saarbrücken,Alemanha: Novas Edições Acadêmicas, 2015. v. 1. 55p .


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
DOMICIANO, F. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; FABRI, E. G. . APTA compila dados e disponibiliza informações sobre quebra de dormência de 145 espécies nativas. Noticia Apta, http://apta.sp.gov.br/noticia, p. 1 - 2, 10 dez. 2015.

2.
MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; VALARETO, R. S. . EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO PÓLO REGIONAL CENTRO NORTE PROMOVE. Pesquisa & Tecnologia_APTA, site APTA, p. 01 - 08, 05 out. 2011.


Apresentações de Trabalho
1.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Chabaribery, D. ; Benedetti, João Fernando Lima . São Paulo State´s Agricultural Research and potential agriculture cultures for Agroforestry Systems in Brazil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . RECOVERY OF THE CILIARY FOREST IN THE ?PÓLO APTA CENTRO NORTE?-PINDORAMA- SP-BRASIL. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
Benedetti, João Fernando Lima ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira ; Resende, R. U. ; Meneghini, Dagoberto ; Monteiro, J. B. ; Lopes, J. O. M. ; MENDES, E. E. B. ; Justo, C. L. ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; NOGUEIRA, S. C. ; Peres, R. M. ; FONSECA, F. S. ; GRACIA, M. E. P. S. ( Maria Eugenia P. S. Gracia) ; Chabaribery, D. ; Ogawa, Helio ; Lopes, Maria Conceição . Agroforestry instalation within riparian forests by re-educating inmates of the AGRICULTURE PENITENTIARY INSTITUTE (IPA). 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . Recovery of a riparian forest in the Polo Centro Norte-Pindorama-SP- Brazil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; VIEIRA, Sidney Rosa ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; SILVEIRA, Luis C. P. . Gully erosion stabilization in a highly erodible Kandiustalf soil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTINS, A. L. M. ; STAINE, J. F. ; SALAZAR, F. F. ; ALBERGANTE, F. H. ; VALARETTO, R. S. ; BONATTI, M. B. L. ; GIL, L. G. ; SALLES, P. D. . Capacitação para Produção de Mudas e Fomento de Projetos de Reflorestamento (Projeto TG 357-2009). 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. CURSO RESPONSABILIDADE SOCIAL E AMBIENTAL. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
ABDO, M. T. V. N.. SISTEMAS AGROFLORESTAIS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
ABDO, M. T. V. N.. Restauração Ambiental e Reflorestamento. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
ABDO, M. T. V. N.. O USO DE AGROTÓXICO E AGRICULTURA ORGÂNICA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
ABDO, M. T. V. N.; MARTINS, A. L. M. ; ALBERGANTE, F. H. ; Cordeiro Jr., P. S. ; SALAZAR, F. F. ; CHAVES, T. H. D. ; FABRI, E. G. . Training for seedling production and reforestation areas increase to protect springs and São Domingo Basin , Brazil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira. Urucum, alternativa para composição de sistema agroflorestal ? SAF. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. An example of a riparian forest restoration in Pindorama, Brazil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Finoto, Everton Luis . ?PRÁTICAS PEDAGÓGICAS COM SOLOS? VI capacitação para educadores do projeto de Educação Ambiental Bacia Hidrográfica um Instrumento na Educação (TG355/08)- Pólo Centro Norte-Pindorama. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. O MANEJO DO SOLO E REFLORESTAMENTO IMPLANTADO NO PÓLO CENTRO NORTE (Aula prática)IV Capacitação para Educadores no Projeto Bacia Hidrográfica: Um Instrumento na Educação(TG 355-08)-Pòlo Centro Norte-. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Gestão da Saúde - Módulo: Responsabilidade Social e Ambiental. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

4.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Leandro Rodrigo Spatti . Preservação de Matas ciliares e Reflorestamento. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Mini curso - Recomposição de matas ciliares : Reflorestamento, Sistemas Agroflorestais e Técnicas de nucleação. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; ALBERGANTE, F. H. . I Curso de capacitação em produção de mudas e fomento a projetios de reflorestamento. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; ALBERGANTE, F. H. . II Curso de Capacitação em produção de mudas e fomento a projetios de reflorestamento. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Curso de recuperação de Áreas degradads, matas ciliares e implantação de Sistemas Agroflorestais. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
ABDO, M. T. V. N.. Cartilha para Curso de Capacitação em produção de mudas e reflorestamento. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Cartilha).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista DiaMundial do Meio ambiente. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista Dia Mundial do Meio Ambiente. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista Comemoração Dia da Mulhe SESC SPr-Palestra Mullher e Meio Ambiente. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista projetos de produção de mudas e reflorestamento do Pólo Centro Norte. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira. Entrevista TV Câmara Mulher. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira . I Encontro de Educação Ambiental do Pólo Apta Centro Norte. 2007. (Outro).

2.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTIN, J. F. . IV Semana do Meio Ambiente. 2001. (Outro).

3.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTIN, J. F. . III Semana do Meio Ambiente. 2000. (Outro).

4.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTIN, J. F. ; PIO, L. C. . Curso de Paisagismos e Arborização Urbana. 1996. (Outro).

5.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTIN, J. F. ; PIO, L. C. . II Curso de Paisagismo e Planejamento Urbano. 1997. (Outro).

6.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; Lopes, Maria Conceição ; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; ALBERGANTE, F. H. ; VALARETO, R. S. . II Encontro de Educação ambiental do Pólo Regional Centrp Nprte. 2011. (Outro).

7.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; MARTIN, J. F. ; ALBERGANTE, F. H. ; VALARETO, R. S. . Curso de Capacitação em produção de mudas e fomento projeto de reflorestamentoviveiro. 2011. (Outro).

8.
ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; MARTIN, J. F. ; ALBERGANTE, F. H. ; VALARETO, R. S. . II Curso de capacitação em Prosução de mudas e fomento a projetos de Reflorestamento. 2011. (Outro).

9.
ABDO, M. T. V. N.; MARTINS, Antônio Lúcio M. ; FERREIRA, R. ; RAVAZZI, J. P. . Agricultura Sustentável- Suportes Técnicos para produção e comercialização e I Fórum Técnico: Do Campo ao Consumidor. 2014. (Outro).

10.
AZEVEDO, F. A. ; ABDO, M. T. V. N. . 15 Dia do Limão Tahiti. 2014. (Outro).

11.
ABDO, M. T. V. N.. CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS E FOMENTO DE PROJETOS DE REFLORESTAMENTO (PROJETO FEHIDRO 357/2009). 2014. (Outro).

12.
MARTINS, Antônio Lúcio M. ; Lopes, Maria Conceição ; ABDO, M. T. V. N. ; PISSARRA, T. C. T. . II WORKSHOP DA MICROBACIA DO CÓRREGO DA OLARIA. 2014. (Outro).

13.
AZEVEDO, F. A. ; Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira . 16º Dia do Limão Tahiti. 2015. (Outro).

14.
FABRI, E. G. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira . ENCONTRO SOBRE O AGRONEGÓCIO DA CULTURA DO URUCUM. 2015. (Outro).

15.
AZEVEDO, F. A. ; ABDO, Maria Teresa Vilela Nogueira . 14 Dia do Limão Tahiti. 2013. (Outro).



Outras informações relevantes


Coordenadora pela APTA do "Grupo Temático de Unidade de Experimentação e Demonstração de Sistemas Agroflorestais (SAFs) e outros projetos de interesse de desenvolvimento sustentável em matas nativas e reserva legal"-

- Membro Titular junto ao Comitê da Bacia Hidrográfica Turvo/ Grande - Biênio 2005 a 2007

- Membro Titular da Câmara Técnica de Planejamento, Gerenciamento de Recursos Hídricos e Assuntos Institutcionais junto ao Comitê da Bacia Hidrográfica Turvo/ Grande no biênio 2005 a 2007

-Membro Titular da Câmara Técnica de Planejamento e Gerenciamento de Recursos Hídricos - CT- PLAGRHI- do Comitê da Bacia Hidrográfica Turvo/ Grande no biênio 2003 a 2005



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/12/2018 às 18:25:58