Livia Maria Silva Ataide

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4495876698008909
  • Última atualização do currículo em 20/09/2018


Possuo licenciatura em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix - Belo Horizonte/ MG (2005), mestrado (com bolsa concedida pelo CNPq) e doutorado (bolsa FAPEMIG) em Entomologia (Zoologia) pela Universidade Federal de Viçosa - Viçosa/ MG (2007-2013). Realizei parte dos meus experimentos (doutorado sanduíche) na University of Amsterdam - Amsterdam/ the Netherdands. Realizei dois pós-doutorados, o primeiro no Depto de Entomologia da Universidade Federal de Viçosa (2013-2015) no grupo do professor Dr. Angelo Pallini (bolsa CNPq) e o segundo no Institute for Biodiversity and Ecosystem Dynamics na University of Amsterdam (2015-2017), no grupo do professor Dr. Merijn Kant (projeto financiado pela The Netherlands Organisation for Scientific Research, NWO - Holanda). Iniciei recentemente (11/ 2017) meu terceiro pós-doutorado no Programa de Pós-graduação em Biologia da Relação Patógeno-hospedeiro da Universidade São Paulo - São Paulo/ SP. Tenho experiencia nas áreas de Entomologia Médica e Agrícola, Ecologia de Invertebrados, Ecologia Química, Interação Inseto-Planta, Interação Parasito-Vetor, Comportamento de Insetos, Genética, Biologia Molecular e Fisiologia de Plantas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Livia Maria Silva Ataide
Nome em citações bibliográficas
ATAIDE, L. M. S.;ATAIDE, LIVIA M. S.;ATAIDE, LIVIA M.S.;ATAÍDE, LÍVIA M. S.;ATAIDE, LIVIA MARIA SILVA


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2013
Doutorado em Entomologia.
Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
com período sanduíche em University of Amsterdam (Orientador: Merijn Kant).
Título: Tetranychus evansi evades plant defence, Ano de obtenção: 2013.
Orientador: Angelo Pallini.
Coorientador: Arne Janssen.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, FAPEMIG, Brasil.
Palavras-chave: Tetranychus evansi; gene expression; plant defense; suppression; tomato plants.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia.
2007 - 2009
Mestrado em Entomologia.
Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
Título: Fatores químicos e comportamentais envolvidos na escolha de genótipos de Solanum lycopersicum por fêmeas de Tuta absoluta,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Eraldo Rodriques de Lima.
Coorientador: Derly Henriques da Silva.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: comportamento; Tuta absoluta; Solanum lycopersicon; interacão inseto-planta; compostos voláteis.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Química.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia / Subárea: Entomologia.
2002 - 2005
Graduação em Ciências Biológicas.
Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, IMIH, Brasil.
Título: Avaliação da Fitotoxicidade do Composto Orgânico realizada a partir de ensaios biológicos envolvendo sementes de tomate (Lycopersicum esculentum).
Orientador: Karla Garcia Tavares.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Orgânica / Especialidade: Evolução, Sistemática e Ecologia Química.
2015 - 2017
Pós-Doutorado.
University of Amsterdam, UVA, Holanda.
Bolsista do(a): Netherlands Organisation for Scientific Research, NWO, Holanda.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
2013 - 2015
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Química.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.


Formação Complementar


2018 - 2018
Selfish DNA, genetic conflict, and evolutionary innovation. (Carga horária: 40h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2018 - 2018
VII Southern-Summer School on Mathematical Biology. (Carga horária: 50h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2018 - 2018
Uso de Animais para Experimentação (curso EAD). (Carga horária: 10h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2018 - 2018
Armazenamento, Manuseio e Descarte de Produtos Químicos (curso EAD). (Carga horária: 10h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2012 - 2012
English Advanced I. (Carga horária: 120h).
University of Amsterdam, UVA, Holanda.
2011 - 2011
Food Web Dynamics. (Carga horária: 60h).
University of Amsterdam, UVA, Holanda.
2009 - 2009
Ecologia Quimica. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Diagnóstico, Coleta e Identificação de Helmintos. (Carga horária: 20h).
Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, IMIH, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Técnicas Parasitológicas do Estudo das Fezes. (Carga horária: 20h).
Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, IMIH, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Microbiologia da Água. (Carga horária: 24h).
Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, IMIH, Brasil.
2004 - 2004
Atendimento ao Público. (Carga horária: 3h).
Superintendência de Limpeza Urbana, SLU, Brasil.
2004 - 2004
Caminhos do Lixo. (Carga horária: 3h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2004 - 2004
Qualidade de Vida. (Carga horária: 3h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2004 - 2004
Educação Ambiental Àreas Verdes de BH. (Carga horária: 3h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Biologia Molecular Aplicada a Biotecnologia. (Carga horária: 40h).
Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, IMIH, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Coral Reef Conservation. (Carga horária: 4h).
Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, IMIH, Brasil.
2003 - 2003
Jogos Pedagógicos Aplicados à Educação Ambiental. (Carga horária: 8h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2003 - 2003
História Ambiental de Belo Horizonte. (Carga horária: 3h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2003 - 2003
Jardinagem Humana e Escolar. (Carga horária: 8h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2003 - 2003
Cidadania pelas Águas. (Carga horária: 3h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2003 - 2003
Mineralogia. (Carga horária: 10h).
Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, SEC, Brasil.
2003 - 2003
Poluição Sonora. (Carga horária: 3h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2003 - 2003
Agenda 21. (Carga horária: 3h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2003 - 2003
Serra do Curral. (Carga horária: 3h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2003 - 2003
Gestão Ambiental e Social dos Resíduos Sólidos. (Carga horária: 8h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2003 - 2003
Educação Ambiental. (Carga horária: 120h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2003 - 2003
Educação Ambiental Escolar. (Carga horária: 32h).
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano, SMMAS, Brasil.
2000 - 2002
Inglês. (Carga horária: 720h).
Fisk Centro De Ensino, FISK, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor colaborador da pós-graduação
Outras informações
Disciplina: Vigilância Entomológica e Controle Integrado de Artrópodes Vetores; Carga horária total: 4h


Instituto Butantan, IBU, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


University of Amsterdam, UVA, Holanda.
Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Pos-doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Com vínculo empregatício.

Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do conselho da pós-graduação

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor colaborador da graduação
Outras informações
Disciplina: Ecophysiology; Carga horária total: 45 horas


Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pos-doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor colaborador da graduação
Outras informações
Disciplina: Entomologia (ENT-160); Carga horária total: 120 horas

Vínculo institucional

2009 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.


Escola Estadual Dom Cabral, EEDC, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Ciências e Biologia
Outras informações
Carga horária semanal: 19 horas; total de dias: 306.


Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio Voluntário
Outras informações
Carga horária semanal: 20 horas


FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ/CENTRO DE PESQUISAS RENÉ RACHOU, FIOCRUZ/CPQRR, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estudante de Iniciação Científica, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Carga horária semanal: 40 horas


Central de Tratamento de Resíduos Sólidos de Belo Horizonte, CTRS, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estágio, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Carga horária semanal: 40 horas


Escola Estadual Professor Pedro Aleixo, EEPPA, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Carga horária semanal: 16 horas; Total de dias: 64


Colégio Cristão de Belo Horizonte, CBH, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Estágio Obrigatório
Outras informações
Carga horária total: 20 horas


Colégio Izabela Hendrix, CIH, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Estágio Obrigatório
Outras informações
Carga horária total: 40 horas


Fundação Nacional de Saúde, FUNASA, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estágio
Outras informações
Carga horária semanal: 40 horas



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Infecção artificial de Wolbachia em Aedes aegypti
Descrição: O mosquito Aedes aegypti representa um complexo problema à saúde pública no Brasil, por ser vetor de múltiplos patógenos emergentes, como os arbovírus que causam a dengue, febre amarela, zika, chikungunya, etc. Diversas são as tentativas de controlar este mosquito-vetor, porém muitas delas já são obsoletas ou ainda estão em desenvolvimento. Dentro do paradigma de controle biológico do vetor, descobriu-se recentemente que a bactéria endossimbionte Wolbachia pode afetar a transmissão de patógenos por mosquitos. Por exemplo, existem linhagens de Wolbachia que induzem em Ae. aegypti resistência a infecções pelo vírus da dengue, chikungunya, febre amarela e zika. No entanto, o mosquito Ae. aegypti não possui naturalmente a bactéria o que significa que linhagens de Wolbachia presentes em outros insetos precisam ser artificialmente introduzidas neste vetor. No entanto, a interação Wolbachia-Aedes aegypti ainda é muito desconhecida e estudos atuais apontam para heterogeneidade/ instabilidade dos efeitos da bactéria no Aedes aegypti. A maior parte dos estudos conduzidos até o momento utiliza em transinfecções (transferência da bactéria) de Ae. aegypti, linhagens de Wolbachia provenientes de Drosophila, não de mosquitos. A minha hipótese é que a transferência de linhagens de Wolbachia menos agressivas e/ou proveniente de espécies estreitamente relacionadas para o Ae. aegypti, pode contribuir para uma maior estabilidade dessa interação. No laboratório de Parasitologia do Instituto Butantan, existem colônias de Culex quinquefasciatus naturalmente infectados por Wolbachia e um microinjetor para realizar transinfecções. Diante disso, proponho um projeto multi-institucional e interdisciplinar para realizar a transinfecção de linhagens de Wolbachia provenientes de Cx. quinquefasciatus para Ae. aegypti e avaliar a estabilidade e as consequências dessa interação. Espero ao final deste projeto ter estabelecido uma linhagem estável de Ae. aegypti infectada com Wolbachia proveniente de Cx. quinquefasciatus e, futuramente, realizar estudos de proteção antiviral destes mosquitos contra os vírus zika, dengue e chikungunya.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Livia Maria Silva Ataide - Coordenador / Lincoln Rocha Suesdek - Integrante / Margareth de Lara Capurro - Integrante / Gillyene Bortoloti - Integrante.
2015 - 2017
When plant resistance breeding and biocontrol collide: Reducing the negative effects of phytotoxins on biological control organisms via their herbivorous prey to optimize integrated pest management
Descrição: Herbivorous pests are responsible for ~30% of the economic damage caused by biological agents in crop breeding: hence there is a strong incentive for designing strategies to control them. Roughly three strategies have been deployed which make use of (1) pesticides; (2) biological control and (3) plant-resistance breeding. Because pesticides often are hazardous to health and environment, there is an increasing demand for solutions obtained via biological control or plant-resistance breeding. However, biological-control companies and plant breeders have traditionally not been taking each other?s products much into account. We argue that plant-resistance breeding often will hamper biological control i.e. when plant secondary metabolites that interfere with an herbivorous pest also interfere with its predator/parasitoid. There is remarkably little data on this type of interactions but our own preliminary data suggest that these effects may be significant. Hence, first we want to assess the extent of the problem. To do so we want to make detailed description of the life histories of spider mites after exposure to common tomato toxins and of the predatory mites eating these spider mites and measure how much of these substances actually reach the predatory mite. Then we want to select predatory-mite strains that can differently cope with harmful substances. These strains we will use to identify genes that mark resistance/susceptibility and these we want to characterize via RNA-interference. Doing so we aim to deliver proof of principle for the applicability of predatory-mite genomic breeding-targets in obtaining biological control agents maximally compatible with plant resistance.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (0) .
Integrantes: Livia Maria Silva Ataide - Coordenador / Juan M. Alba - Integrante / Maurice W. Sabelis - Integrante / Merijn R. Kant - Integrante / Arne Janssen - Integrante / Thomas van Leeuwen - Integrante / Tom Groot - Integrante / Han Rauwerda - Integrante / Hans Breeuwer - Integrante / Robert Schuurink - Integrante / Lin Dong - Integrante.
2013 - 2015
Defesa direta e indireta do tomateiro afetando as interações predador-presa
Descrição: O estudo das interações plantas-predador-presa é complexo. Plantas podem afetar os herbívoros por defesa direta e indireta e também são também capazes de afetar os inimigos naturais. As plantas defendem-se indiretamente contra herbívoros através da produção de compostos voláteis que são atraentes para os inimigos naturais desses herbívoros. Por outro lado, os herbívoros são capazes de perceber pistas químicas e voláteis vindos tanto das plantas atacadas quanto de coespecíficos ou predadores, e com isso apresentam comportamentos específicos para evitar a predação, como fuga, mudança no sítio de oviposição ou produção de compostos de alarme. Entretanto, esses comportamentos geram custos, pois levam a um menor investimento de tempo e energia em atividades importantes para o desenvolvimento, como por exemplo, alimentação e reprodução. O objetivo desse trabalho é o estudo das interações tritróficas existentes entre o tomateiro, os ácaros herbívoros Tetranychus urticae e Tetranychus evansi, e os ácaros predadores Phytoseiulus longipes e Phytoseiulus macropilis. Busca-se aqui investigar o efeito da defesa direta e indireta do tomateiro sobre os ácaros predadores e outros artrópodes, e também o comportamento de T. evansi mediante pistas de predadores que representam alto ou baixo risco de predação. Em teias alimentares, cada organismo se comporta de forma diferente a medida que um novo indivíduo é inserido no sistema. Desse modo, em condições de campo, onde tem-se múltiplas infestações, o estudo dessas interações, entre planta, predador e presa, são de grande importância para a implementação com sucesso do controle biológico.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Livia Maria Silva Ataide - Integrante / Marcelo C. Picanco - Integrante / Madelaine Venzon - Integrante / Angelo Pallini - Coordenador / Arne Janssen - Integrante / Cleide Dias - Integrante / Felipe Lemos - Integrante.
2013 - 2015
Elucidating the ecological consequences of plant defence suppression
Descrição: Rooted and unable to flee, plants are vulnerable to herbivores even more than animals to their predators. Nevertheless, a plant cannot only defend itself directly against herbivores, but also indirectly by betraying the whereabouts of their herbivorous attackers to foraging natural enemies via distinct odour signals. Natural selection, however, is predicted to promote herbivores that escape from this double ?bear hug? by suppressing plant defences to levels before attack or even to lower levels than in an unattacked plant (Sarmento et al., 2011). We have recently discovered a case of the latter type of defence suppression in the herbivore spider mite Tetranychus evansi Baker & Pritchard (Acari: Tetranychidae), an emerging pest on tomato original from Brazil and currently distributed on countries of Africa, Europe and Asia. We plan to analyze how defence suppression impacts T. evansi through competition with other herbivores and through predation by natural enemies in the field. With this population biology and evolutionary ecology approach we expected obtain some insights required for new crop protection strategies to combat plant-defence-suppressing pests.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Livia Maria Silva Ataide - Coordenador / Eraldo Rodrigues Lima - Integrante / Madelaine Venzon - Integrante / Angelo Pallini - Integrante / Maurice W. Sabelis - Integrante / Arne Janssen - Integrante / Cleide Dias - Integrante / Ana Bernardo - Integrante / Cailum C. W. Freitas - Integrante / Felipe Lemos - Integrante / Fabricio Rainha Ribeiro - Integrante.
2009 - 2013
Plant-defence suppression by arthropod herbivores: evolutionary, ecological and molecular mechanisms with agricultural implications
Descrição: Plants are not helpless victims when fed upon by herbivores, but rapidly alter their chemistry to reduce herbivory. These so-called induced defences are characterized by the thickening of cells walls and accumulation of toxins and digestive inhibitors, collectively discouraging the herbivore to continue feeding. Research programs aimed at improving plant protection are generally based on this assumption. However, recent evidence suggests that this dogma must be abandoned. We found that two species of herbivorous mites suppress the induced chemistry involved in plant defense. We aim to identify the mechanisms whereby herbivorous mites do so and to elucidate the role of such suppression in the ecology of the herbivore, its competitors and natural enemies. In this way we hop to set a basis for novel crop protection scenarios. We will focus on the spider mite Tetranychus evansi, a novel pest of tomato crops in Europe and Africa, yet an established pest in South America from where it invaded other continents. We discovered that the Brazilian biotype of T. evansi, reminiscent of some genotypes of the closely related species T. urticae, suppress defences of tomato plants, but they do this so strongly that infested plants become a much more suitable host to suppressing and non-suppressing pest species alike. We propose to elucidate mechanisms of suppression of plant defence with functional genomics of tomato and T. evansi. This will provide novel and unconventional insights into how to engineer tomatoes and the associated community of predatory and herbivorous arthropods to control this upcoming pest. Moreover, this knowledge will fundamentally change our views on the arms race between herbivores and plants.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Livia Maria Silva Ataide - Integrante / Lemos - Integrante / Angelo Pallini - Coordenador / Maurice W. Sabelis - Integrante / Merijn R. Kant - Integrante / Arne Janssen - Integrante / Cleide Dias - Integrante.
2007 - 2009
Fatores químicos e comportamentais envolvidos na escolha de diferentes acessos de Solanum esculentum por fêmeas de Tuta absoluta (Lepidoptera: Gelechiidae)
Descrição: Evidências indicam que a procura e localização de plantas hospedeiras por mariposas é controlado por compostos secundários da planta, na forma de voláteis. Neurônios quimio-receptores especializados na antena do inseto permite que fêmeas decidam pela planta hospedeira antes e durante a oviposição, evidenciando plantas resistentes e susceptíveis entre diferentes genótipos.A traça do tomateiro, Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae) é um inseto monófago, considerado uma das principais pragas à cultura do tomateiro no Brasil. Em decorrência da importância da quimiorrecepção na comunicação de insetos, acredita-se que estímulos químicos produzidos pelas plantas de tomate devam regular, ao menos parcialmente, suas relações interespecíficas com esse inseto-praga. Este projeto tem o objetivo de determinar, por meio de estudos comportamentais envolvendo técnicas de eletrofisiologia, olfatometria em túnel de vento e identificação química de voláteis de plantas, os mecanismos envolvidos na escolha de plantas. Essa determinação pode beneficiar os programas de melhoramento para a obtenção de plantas resistentes a esta praga..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Livia Maria Silva Ataide - Coordenador / Eraldo Rodrigues Lima - Integrante / Evaldo Ferreira Vilela - Integrante / Marcelo Coutinho Picanço - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2007 - 2007
Melhoramento de técnicas para alimentaçao artificial de culicídeos
Descrição: O objetivo desse trabalho é estabelecer uma técnica de alimentação artificial de culicídeos em laboratório visando-se diminuir/ eliminar o uso de animais, geralmente aves e camundongos, na alimentação de culicídeos em laboratório.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2005
A genética populacional e a competência vetorial do Aedes aegypti ao Dengue Vírus. O mapeamento do território Brasileiro
Descrição: O objetivo desse projeto é estudar a interação entre o vírus da dengue e com glândulas salivares de fêmeas do mosquito Aedes aegypti.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Livia Maria Silva Ataide - Integrante / Paulo Filemon Paolucci Pimenta - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2001 - 2003
Características biológicas, aspectos moleculares e atividades entomotóxicas em linhagens autóctones de Bacillus thuringiensis BERLINGER 1915, dos sorovares oswaldocruzi H-38 e brasiliensis H-39
Descrição: Os experimentos terão o intuito de verificar a interação das toxinas Cry do Bacillus thuringiensis com as larvas do vetor da leishmaniose, o flebotomíneo Lutzomya longipalpis. Inicialmente serão realizadas coletas de flebotomíneos (adultos) no campo e, após a sua identificação, apenas as fêmeas da espécie Lutzomya longipalpis serão mantidas em laboratório. As larvas serão expostas a diferentes concentrações de esporos e cristais em suspensão de Bacillus thuringiensis sorovar israelensis e Bacillus sphaericus. Neste projeto será necessário aprimorar a criação massal de flebotomíneos em laboratório, além de cultivar as bactérias e estabelecer as doses letais (LD 50) para as toxinas testadas. Projeto é parte da Tese de Doutorado intitulada "Características biológicas, aspectos moleculares e atividades entomotóxicas em linhagens autóctones de Bacillus thuringiensis BERLINGER 1915, dos sorovares oswaldocruzi H-38 e brasiliensis H-39" do programa de Pós-graduação em Biologia Parasitária do Instituto Oswaldo Cruz/Fiocruz/RJ.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2018 - 2018
1ª edição do Dia Mundial contra o mosquito
Descrição: O objetivo desse projeto é aprender sobre a importância do levantamento entomológico e vigilância epidemiológica de mosquitos, o funcionamento das armadilhas, objetivo das coletas que estão sendo realizadas no Instituto, bem como entender como funciona o desenvolvimento de vida dos mosquitos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2010 - 2010
Ciencia no Brasil: vivenciando o cotidiano da ciência na UFV
Descrição: Feira de Conhecimento: interação entre escolas do ensino básico e espaços de produção de ciência da Universidade Federal de Viçosa.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2005 - 2006
Requalificação Ambiental de Área Crítica com Implementação de Bosque Temático de Bioma Cerrado na Central de Tratamento de Resíduos Sólidos da BR 040, Belo Horizonte-MG
Descrição: Nesse projeto foi realizado o reflorestamento de áreas erodidas na na Central de Tratamento de Resíduos Sólidos e o contínuo monitoramento da vegetação formada na área reflorestada..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Livia Maria Silva Ataide - Integrante / Naiara Moreira Campos - Integrante / Juliana Neves Barbosa - Integrante / Ronaldo Marcucci Barbosa da Silveira - Coordenador.
2005 - 2005
Preservação e Conservação das Nascentes dos Córregos Ipanema e Taiobas na Central de Tratamento de Resíduos Sólidos da BR 040, Belo Horizonte-MG
Descrição: Nesse projeto foi realizado o reflorestamento de áreas erodidas próximas à nascentes na Central de Tratamento de Resíduos Sólidos e o contínuo monitoramento da vegetação formada nesta área..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2004 - 2005
Sensibilização e Mobilização para a Limpeza e a Preservação Ambiental com Alunos do Ensino Fundamental da Região Metropolitana de Belo Horizonte-MG
Descrição: O objetivo desse projeto é educar alunos do ensino fundamental que semanalmente frequentam a Central de Tratamento de Resíduos Sólidos. O objetivo das visitas era de conscientização desses alunos com o meio ambiente em que vivem, ensinando-os a respeitar o meio ambiente, a reciclar e a evitar o desperdício, além de ensinar ações ambientais importantes, como o reflorestamento e conservação de nascentes e vegetação..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2004 - 2005
Potencialização de Estágio Inicial de Sucessão em Taludes de Aterro e de Encostas Erodidas por meio de Cobertura Vegetal com Emprego de Coquetel de Espécies Invasoras na Central de Tratamento de Resíduos Sólidos da BR 040, Belo Horizonte-MG
Descrição: Nesse projeto foi realizado o reflorestamento de áreas erodidas na na Central de Tratamento de Resíduos Sólidos e o contínuo monitoramento da vegetação formada na área reflorestada..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: PlosOne


Revisor de periódico


2016 - Atual
Periódico: Austral Entomology
2015 - Atual
Periódico: Experimental & Applied Acarology (Dordrecht. Online)
2017 - Atual
Periódico: Ecology and Evolution
2017 - Atual
Periódico: PLoS One
2017 - Atual
Periódico: Archives Of Phytopathology And Plant Protection
2017 - Atual
Periódico: Neotropical Entomolgy


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade/Especialidade: Entomologia Agrícola.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia / Subárea: Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Química.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.
6.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fisiologia Vegetal.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2012
Grant for Scientists from Developing Countries, International Society of Chemical Ecology.
2012
STUDENT TRAVEL AWARD, International Society of Chemical Ecology.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ARCE, CARLA C. M.2017ARCE, CARLA C. M. ; MACHADO, RICARDO A. R. ; RIBAS, NATÁLIA S. ; CRISTALDO, PAULO F. ; ATAÍDE, LÍVIA M. S. ; PALLINI, ÂNGELO ; CARMO, FLÁVIA M. ; FREITAS, LEANDRO G. ; LIMA, ERALDO . Nematode Root Herbivory in Tomato Increases Leaf Defenses and Reduces Leaf Miner Oviposition and Performance. Journal of Chemical Ecology, v. 42, p. 1-9, 2017.

2.
ATAIDE, LIVIA MARIA SILVA2017 ATAIDE, LIVIA MARIA SILVA; ARCE, CARLA CRISTINA MARQUES ; CURTINHAS, JULIANA NOVELLI ; DA SILVA, DERLY JOSÉ HENRIQUES ; DESOUZA, OG ; LIMA, ERALDO . Flight behavior and oviposition of Tuta absoluta on susceptible and resistant genotypes of Solanum lycopersicum. Arthropod-Plant Interactions, v. 1, p. 1, 2017.

3.
SCHIMMEL, BERNARDUS C. J.2017 SCHIMMEL, BERNARDUS C. J. ; ATAIDE, LIVIA M. S. ; CHAFI, RACHID ; VILLARROEL, CARLOS A. ; ALBA, JUAN M. ; SCHUURINK, ROBERT C. ; KANT, MERIJN R. . Overcompensation of herbivore reproduction through hyper-suppression of plant defenses in response to competition. NEW PHYTOLOGIST, v. 214, p. 1688-1701, 2017.

4.
PONTES, KELLY CRISTINE DE SOUSA2017PONTES, KELLY CRISTINE DE SOUSA ; GROENEWOUD, ARWIN ; CAO, JINFENG ; ATAIDE, LIVIA MARIA SILVA ; SNAAR-JAGALSKA, EWA ; JAGER, MARTINE J. . Evaluation of ( ) Zebrafish Embryos as a Model for Human Conjunctival Melanoma. Investigative Ophtalmology & Visual Science, v. 58, p. 6065, 2017.

5.
SCHIMMEL, BERNARDUS C. J.2017SCHIMMEL, BERNARDUS C. J. ; ATAIDE, LIVIA M. S. ; KANT, MERIJN R. . Spatiotemporal heterogeneity of tomato induced defense responses affects spider mite performance and behavior. PLANT SIGNALLING & BEHAVIOR (ONLINE), v. 001, p. e1370526, 2017.

6.
ATAIDE, LIVIA M.S.2016 ATAIDE, LIVIA M.S.; PAPPAS, MARIA L. ; SCHIMMEL, BERNARDUS C.J. ; LOPEZ-ORENES, ANTONIO ; ALBA, JUAN M. ; DUARTE, MARCUS V.A. ; PALLINI, ANGELO ; SCHUURINK, ROBERT C. ; KANT, MERIJN R. . Induced plant-defenses suppress herbivore reproduction but also constrain predation of their offspring. PLANT SCIENCE, v. 252, p. 300-310, 2016.

7.
ALBA, JUAN M.2015ALBA, JUAN M. ; SCHIMMEL, BERNARDUS C. J. ; GLAS, JORIS J. ; ATAIDE, LIVIA M. S. ; PAPPAS, MARIA L. ; VILLARROEL, CARLOS A. ; SCHUURINK, ROBERT C. ; SABELIS, MAURICE W. ; KANT, MERIJN R. . Spider mites suppress tomato defenses downstream of jasmonate and salicylate independently of hormonal crosstalk. New Phytologist (Print), v. 205, p. 828-840, 2015.

8.
KANT, M. R.2015KANT, M. R. ; JONCKHEERE, W. ; KNEGT, B. ; LEMOS, F. ; LIU, J. ; SCHIMMEL, B. C. J. ; VILLARROEL, C. A. ; ATAIDE, L. M. S. ; DERMAUW, W. ; GLAS, J. J. ; EGAS, M. ; JANSSEN, A. ; van LEEUWEN, T. ; SCHUURINK, R. C. ; SABELIS, M. W. ; ALBA, J. M. . Mechanisms and ecological consequences of plant defence induction and suppression in herbivore communities. Annals of Botany (Print), v. 115, p. 1015-1051, 2015.

9.
ALBENY, D.S2012ALBENY, D.S ; ROSA, C. S. ; ATAIDE, L. M. S. ; KRUGER, R. F. ; VILELA, E. F. . Variation of Aedes aegypti Larvae Predation by Toxorhynchites violaceus Larvae (Diptera: Culicidae) According to Habitats Dimensions. BioAssay (Piracicaba), v. 7, p. 1-5, 2012.

10.
Rosa, C. S.2011Rosa, C. S. ; SIMÕES, D. A. ; ATAIDE, L. M. S. ; HORTA, M. A. P. ; Vilela, E. F. . Susceptibility of Aedes aegypti (Linnaeus) (Diptera: Culicidae) Immature Forms to Ivermectin.. BioAssay (Piracicaba), v. 6, p. 1-4, 2011.

11.
ATAIDE, L. M. S.;ATAIDE, LIVIA M. S.;ATAIDE, LIVIA M.S.;ATAÍDE, LÍVIA M. S.;ATAIDE, LIVIA MARIA SILVA2011ATAIDE, L. M. S.; LOPES, S. R. ; ROSA, C. S. ; ALBENY, D.S ; TAVARES, K. G. . Avaliação da fitotoxicidade de compostos orgânicos a partir de ensaios biológicos envolvendo sementes de tomate. Scientia Plena, v. 7, p. 1-12, 2011.

12.
SIMOES, D. A.2010SIMOES, D. A. ; ROSA, C. S. ; ATAIDE, L. M. S. ; VILELA, E. F. . Primeiro registro do gênero Toxorhynchites Theobald (Diptera, Culicidae) em Mata Atlântica, Viçosa, Minas Gerais. Revista Ceres, v. 57, p. 181-184, 2010.

13.
LIMA, E. R.2008LIMA, E. R. ; VILELA, E. F. ; LUCIA, T. M. C. D. ; ATAIDE, L. M. S. . Age and Time Related Pheromone Production in Coffee Leafminer Leucoptera coffeella Guérin-Méneville (Lepidoptera: Lyonetiidae). JOURNAL OF THE BRAZILIAN CHEMICAL SOCIETY, v. 19, p. 1659-1662, 2008.

14.
CARVALHO, L. R.2007CARVALHO, L. R. ; ATAIDE, L. M. S. ; SILVA, C. R. ; AZEVEDO , V. A. C. ; RESENDE, M. C. ; RABINOVITCH, L. . Comparison between highly toxic Bacillus thuringiensis serovar israelensis and Bacillus sphaericus strains against Lutzomyia longipalpis LUTZ & NEIVA 1912 (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae) larvae. Neotropical Biology and Conservation, v. 2, p. 80-83, 2007.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ATAIDE, L. M. S.; CATAPRETA, C. A. A. ; TAVARES, K. G. ; LOPES, S. R. . Avaliação da Fitotoxicidade do Composto Orgânico Realizada a Partir de Ensaios Biológicos Envolvendo Sementes de Tomate (Lycopersicum esculentum Mill.).. In: Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2005, Campo Grande - MS. Anais do 23 Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. Rio de Janeiro: Sindicato Nacional dos Editores de LIvros, 2005. p. 1-7.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ATAIDE, L. M. S.; CATAPRETA, C. A. A. ; TAVARES, K. G. ; LOPES, S. R. ; MOREIRA, A. C. M. . Estudo da presença de vetores em leiras de composto orgânico produzido na Central de Tratamento de Resíduos Sólidos de Belo Horizonte. In: 24 Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2007, Belo Horizonte. Resumo dos Trabalhos Técnicos, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SCHIMMEL, B. C. ; ATAIDE, L. M. S. ; CHAFI, RACHID ; VILLARROEL, C. A. ; ALBA, J. M. ; SCHUURINK, R. C. ; KANT, M. R. . Overcompensation of herbivore reproduction through hyper-suppression of plant defenses in response to competition. In: 16th International Symposium on Insect-Plant Relationships, 2017, Tours. 16th SIP - Abstract Book, 2017.

2.
SCHIMMEL, B. C. ; ATAIDE, L. M. S. ; CHAFI, RACHID ; VILLARROEL, CARLOS A. ; SCHUURINK, R. C. ; KANT, M. R. . Overcompensation of herbivore reproduction through hypersuppression of plant defenses in response to competition. In: Plant-Herbivore Interaction - Gordon Research Conference, 2017, Ventura. Plant-Herbivore Interaction - Gordon Research Conference, 2017.

3.
ATAIDE, L. M. S.; PAPPAS, MARIA L. ; DUARTE, M. V. A. ; DIAS, C. ; SCHIMMEL, B. C. J. ; ALBA, J. M. ; SABELIS, MAURICE W. ; PALLINI, A. ; KANT, M. R. . Jasmonate defenses operate against target and non-target mites. In: 8th Symposium of the EURopean Association of ACarologists, 2016, Valencia. Abstract Book of the 8th Symposium of the EURopean Association of ACarologists, 2016.

4.
SCHIMMEL, B. C. ; ALBA, J. M. ; PAPAS, M. L. ; ATAIDE, L. M. S. ; SCHUURINK, R. C. ; KANT, M. R. . Spider mites simultaneously induce jasmonate and salicylate but some mite genotypes have adapted to suppress the downstream defenses. In: SOL2012 The 9th Solanaceae Conference, 2012, Neuchâtel. SOL2012 The 9th Solanaceae Conference, 2012.

5.
ATAIDE, L. M. S.; SCHIMMEL, B. C. ; ALBA, J. M. ; PAPAS, M. L. ; SABELIS, M. W. ; PALLINI, A. ; JANSSEN, A. ; KANT, M. R. . Suppression of plant defenses by Tetranychus evansi can backfire during competition with other mite species. In: 7th Symposium of the EURopean Association of ACarologists, 2012, Vienna. 7th Symposium of the EURopean Association of ACarologists, 2012.

6.
ATAIDE, L. M. S.; DIAS, C. ; SCHIMMEL, B. C. ; BERNARDO, A. ; ALBA, J. M. ; PAPAS, M. L. ; PALLINI, A. ; SABELIS, M. W. ; JANSSEN, A. ; KANT, M. R. . Herbivore-induced or suppressed plant jasmonate-defenses affect the foraging strategy of a predator. In: International Society of Chemical Ecology - 28th Annual Meeting, 2012, Vilnius. International Society of Chemical Ecology - 28th Annual Meeting, 2012.

7.
ALBA, J. M. ; ATAIDE, L. M. S. ; FIGUEROA, C. A. V. ; GLAS, J. J. ; SCHIMMEL, B. C. ; PAPAS, M. L. ; SCHUURINK, R. C. ; SABELIS, M. W. ; KANT, M. R. . Functional transcriptomics to study the role of induction and suppression of plant defenses in the chemical ecology of herbivorous mites. In: 7th Symposium of the EURopean Association of ACarologists, 2012, Vienna. 7th Symposium of the EURopean Association of ACarologists, 2012.

8.
ALBA, J. M. ; PAPAS, M. L. ; GLAS, J. J. ; SCHIMMEL, B. C. ; ATAIDE, L. M. S. ; SABELIS, M. W. ; SCHUURINK, R. C. ; KANT, M. R. . Suppression of host-plant defenses by spider mites affects downstream phytohormone accumulation. In: 7th Symposium of the EURopean Association of ACarologists, 2012, Vienna. 7th Symposium of the EURopean Association of ACarologists, 2012.

9.
SCHIMMEL, B. C. ; ALBA, J. M. ; FIGUEROA, C. A. V. ; GLAS, J. J. ; ATAIDE, L. M. S. ; SCHUURINK, R. C. ; SABELIS, M. W. ; KANT, M. R. . Defeating the undefeated: a genetic approach to control defense suppressing spider mites in tomato. In: 6th plant-insect interactions workshop, 2011, Amsterdam. 6th plant-insect interactions workshop, 2011.

10.
ATAIDE, L. M. S.; SCHIMMEL, B. C. ; ALBA, J. M. ; GLAS, J. J. ; SABELIS, M. W. ; JANSSEN, A. ; KANT, M. R. . Does the herbivore Tetranychus evansi manipulate plant defences beyond its feeding site?. In: 6th plant-insect interactions workshop, 2011, Amsterdam. 6th plant-insect interactions workshop, 2011.

11.
ALBA, J. M. ; PAPAS, M. L. ; GLAS, J. J. ; SCHIMMEL, B. C. ; ATAIDE, L. M. S. ; SABELIS, M. W. ; SCHUURINK, R. C. ; KANT, M. R. . Suppression of host-plant defenses by spider mites affects phytohormone accumulation but operates downstream of it. In: 6th plant-insect interactions workshop, 2011, Amsterdam. 6th plant-insect interactions workshop, 2011.

12.
ATAIDE, L. M. S.; ARCE, C. C. M. ; LIMA, E. R. ; SILVA, D. J. H. ; CURTINHAS, J. N. . Behavioral and chemical factors involved in the choice of Solanum lycopersicon genotypes by Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae) females. In: 26 th Annual Meeting of International Society of Chemical Ecology, 2010, Tours. 26 th Annual Meeting of International Society of Chemical Ecology, 2010.

13.
LEMOS, F. ; OLIVEIRA, E. F. ; ATAIDE, L. M. S. ; VENZON, M. ; PALLINI, A. . Does chaetotaxy determine the ability of Phytoseiulus Evans (Acari: Phytoseiidae) to penetrate the web of Tetranychus evansi Baker&Pritchard (Acari:Tetranichidae)?. In: XIII International Congress of Acarology, 2010, Recife. XIII International Congress of Acarology, 2010.

14.
ARCE, C. C. M. ; COSTA, A. M. A. ; NEVES, F. W. ; FERREIRA, G. X. ; ATAIDE, L. M. S. ; LIMA, E. R. . Escolha de sítios de oviposição por Tuta absoluta (Lepidoptera:Gelechiidae) em tomate Solanum lycopersicon. In: VI Encontro Brasileiro de Ecologia Química, 2009, Viçosa. Resumos do VI Encontro Brasileiro de Ecologia Química. Viçosa: UFV, 2009. v. 6. p. 94-94.

15.
ATAIDE, L. M. S.; RESENDE, M. C. ; LOPES, S. R. ; CATAPRETA, C. A. A. ; SIMOES, D. A. . ANÁLISE DA ENTOMOFAUNA EM LEIRAS DE COMPOSTO ORGÂNICO PRODUZIDO NA CENTRAL DE TRATAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS DE BELO HORIZONTE, MG. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

16.
ATAIDE, L. M. S.; FERNANDES, F. L. ; CAMPOS, M. R. . COMPORTAMENTO DE ASCIA MONUSTE ORSEIS (LEPIDOPTERA: PIERIDAE) SUBMETIDA A INSETICIDAS. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

17.
ANDRADE, P. M. T. ; FERNANDES, F. L. ; ATAIDE, L. M. S. ; SOUZA, S. A. S. ; CHEDIAK, M. ; PICANCO, M. C. . EFEITO DA CAFEÍNA NA ATRAÇÃO, MORTALIDADE E DETERRÊNCIA SOBRE A BROCA DO CAFÉ. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

18.
SIMOES, D. A. ; ROSA, C. S. ; ATAIDE, L. M. S. ; VILELA, E. F. . EFEITO DA COMPLEXIDADE DO HÁBITAT SOBRE A PREDAÇÃO DE DE AEDES AEGYPTI POR LARVAS DE TOXORHYNCHITES VIOLACEUS (DIPTERA, CULICIDAE).. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

19.
SIMOES, D. A. ; ROSA, C. S. ; KRUGER, R. F. ; ATAIDE, L. M. S. ; VILELA, E. F. . SOBREVIVÊNCIA DE LARVAS DE AEDES AEGYPTI NA PRESENÇA DE DE TOXORHYNCHITES VIOLACEUS. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

20.
CRISTALDO, P. F. ; PICANCO, M. C. ; SOUZA, S. A. S. ; FERNANDES, F. L. ; ATAIDE, L. M. S. ; CHEDIAK, M. . RESISTÊNCIA DE GENÓTIPOS DE TOMATEIRO AO ÁCARO VERMELHO TETRANYCHUS EVANSI BAKER & PRITCHARD (ACARI: TETRANYCHIDAE).. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

21.
SIMOES, D. A. ; ROSA, C. S. ; ATAIDE, L. M. S. ; KRUGER, R. F. ; VILELA, E. F. . A DENSIDADE DE PRESAS AFETA A CAPACIDADE PREDATÓRIA DE LARVAS DE TOXORHYNCHITES VIOLACEUS (WIEDEMANN) (DIPTERA: CULICIDAE).. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

22.
SIMOES, D. A. ; ROSA, C. S. ; KRUGER, R. F. ; ATAIDE, L. M. S. ; VILELA, E. F. . PRIMEIRO REGISTRO DE OCORRÊNCIA DO GÊNERO TOXORHYNCHITES E DAS ESPÉCIES T. PUSILLUS E T. THEOBALDI (DIPTERA, CULICIDAE) EM MATA ATLÂNTICA, VIÇOSA, MG.. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

23.
ARCE, C. C. M. ; ATAIDE, L. M. S. ; CARVALHO, L. R. ; RESENDE, M. C. ; SIMOES, D. A. . PROCEDIMENTOS ALTERNATIVOS PARA O ESTABELECIMENTO DE COLÔNIA DE LUTZOMYIA LONGIPALPIS EM LABORATÓRIO. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

24.
CARVALHO, L. R. ; ATAIDE, L. M. S. ; SILVA, C. R. ; AZEVEDO , V. A. C. ; RESENDE, M. C. ; RABINOVITCH, L. . Atividade Tóxica de Sorovariedades Brasileiras de Bacillus thuringiensis Contra Larvas de Lutzomyia longipalpis. In: Simpósio de Controle Biológico, 2003, São Pedro - SP. Anais do 8º Sinconbiol. Piracicaba: Sociedade Entomologica do Brasil, 2003. p. 71.

25.
ATAIDE, L. M. S.; PEREIRA, M. S. ; CARVALHO, F. R. M. ; MARTINS, C. P. S. ; BERNARDES, P. . Estudo Anatômico do Rabanete (Raphanus sativus). In: Jornada Acadêmica de Biologia do Unicentro Izabela Hendrix, 2002, Belo Horizonte - MG. Anais da 2ª Jornada Acadêmica do Unicentro Izabela Hendrix, 2002.

Apresentações de Trabalho
1.
ATAIDE, L. M. S.. Jasmonate defenses operate against target and non-target mites. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
ATAIDE, L. M. S.. Plant defenses affect target and non-target mites. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
ATAIDE, L. M. S.. Jasmonate defenses have negative effects on target and non-target organisms. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
ATAIDE, L. M. S.; DIAS, C. ; SCHIMMEL, B. C. ; BERNARDO, A. ; ALBA, J. M. ; SABELIS, M. W. ; JANSSEN, A. ; KANT, M. R. ; PALLINI, A. . CORRIDA ARMAMENTISTA EVOLUTIVA ENTRE PLANTAS E ÁCAR OS FITÓFAGOS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
ATAIDE, L. M. S.; DIAS, C. ; SCHIMMEL, B. C. ; BERNARDO, A. ; ALBA, J. M. ; PAPAS, M. L. ; PALLINI, A. ; SABELIS, M. W. ; JANSSEN, A. ; KANT, M. R. . Herbivore-induced or suppressed plant jasmonate-defenses affect the foraging strategy of a predator. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
ATAIDE, L. M. S.; SCHIMMEL, B. C. ; ALBA, J. M. ; PAPAS, M. L. ; SABELIS, M. W. ; PALLINI, A. ; JANSSEN, A. ; KANT, M. R. . Suppression of plant defenses by Tetranychus evansi can backfire during competition with other mite species. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
ATAIDE, L. M. S.; LIMA, E. R. ; ARCE, C. C. M. ; Curtinhas, J. N. ; ROSA, A. W. C. ; NEVES, F. W. ; FERREIRA, G. X. ; COSTA, A. M. A. ; SILVA, D. J. H. ; PICANCO, M. C. . Fatores químicos e comportamentais envolvidos na escolha de genótipos de Solanum lycopersicon por fêmeas de Tuta absoluta. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
ATAIDE, L. M. S.; TAVARES, K. G. ; CATAPRETA, C. A. A. ; LOPES, S. R. . Avaliação da fitotoxicidade do composto orgânico realizada a partir de ensaios com sementes de tomate (Lycopersicon esculentum Mill.). 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
ATAIDE, L. M. S.; LEMOS, F. . Feira do Conhecimento de Viçosa: Ciência no Brasil. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
ATAIDE, L. M. S.; VENZON, M.; PEREIRA, E. J. G.; BATISTA, F. C.; PALLINI, A.. Participação em banca de Cleide Rosa Dias. PLANT DEFENCES, SPIDER MITES AND WEB AFFECTING ARTHROPOD RESPONSES TO TOMATO PLANTS. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Entomologia) - Universidade Federal de Viçosa.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
ATAIDE, L. M. S.. Parecerista ad hoc: Anais do III Simpósio de Entomologia do Rio de Janeiro. 2015. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

2.
SOUZA, O.; LIMA, E. R.; SERRAO, J. E.; ATAIDE, L. M. S.. SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENTOMOLOGIA DA UFV MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO, SEGUNDO PERÍODO LETIVO DE 2014. 2014. Universidade Federal de Viçosa.

3.
SOUZA, O.; LIMA, E. R.; SERRAO, J. E.; ATAIDE, L. M. S.. SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENTOMOLOGIA DA UFV MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO, PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2014. 2014. Universidade Federal de Viçosa.

4.
ATAIDE, L. M. S.. Avaliador de apresentações orais do SIMPÓSIO DE ENTOMOLOGIA. 2013. Universidade Federal de Viçosa.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CICLO ILP FAPESP DE CIENCIA E INOVAÇÃO: A Ciência no Combate à Dengue, Zika e Chicungunya. 2017. (Seminário).

2.
8th Symposium of the EURopean Association of ACarologists.Jasmonate defenses operate against target and non-target mites. 2016. (Simpósio).

3.
P(h)d event - From institute to community.Plant defenses affect target and non-target mites. 2016. (Seminário).

4.
10th workshop on plant-insect interactions.Jasmonate defenses have negative effects on target and non-target organisms. 2015. (Oficina).

5.
Experimental Plant Sciences Meeting. 2015. (Encontro).

6.
IV Simpósio Brasileiro de Acarologia.JASMONATE PLANT DEFENSES AFFECT SPIDER MITES AND TH EIR PREDATOR PERFORMANCE. 2013. (Simpósio).

7.
28th Annual Meeting of International Society of Chemical Ecology. Herbivore-induced or suppressed plant jasmonate-defenses affect the foraging strategy of a predator. 2012. (Congresso).

8.
7th Symposium of the EURopean Association of ACarologists. Suppression of plant defenses by Tetranychus evansi can backfire during competition with other mite species. 2012. (Congresso).

9.
6th plant-insect interactions workshop.Does the herbivore Tetranychus evansi manipulate plant defences beyond its feeding site?. 2011. (Simpósio).

10.
26 th Annual Meeting of International Society of Chemical Ecology. Behavioral and chemical factors involved in the choice of Solanum lycopersicon genotypes by Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae) females. 2010. (Congresso).

11.
Feira do conhecimento de Viçosa.O mundo dos ácaros. 2010. (Encontro).

12.
VI Encontro Brasileiro de Ecologia Química.Fatores químicos e comportamentais envolvidos na escolha de genótipos de Solanum lycopersicon por fêmeas de Tuta absoluta. 2009. (Encontro).

13.
XXII Congresso Brasileiro de Entomologia. ANÁLISE DA ENTOMOFAUNA EM LEIRAS DE COMPOSTO ORGÂNICO. 2008. (Congresso).

14.
24 Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. Estudo da presença de vetores em leiras de composto orgânico produzido na Central de Tratamento de Resíduos Sólidos de Belo Horizonte. 2007. (Congresso).

15.
Secretaria do Estado de Planejamento e Gestão. 2007. (Encontro).

16.
23 Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. Avaliação da fitotoxicidade do composto orgânico realizada a partir de ensaios com sementes de tomate (Lycopersicon esculentum Mill.). 2005. (Congresso).

17.
V Encontro Verde das Américas. 2005. (Encontro).

18.
Ciclo de Palestras do Curso de Ciências Biológicas. 2003. (Simpósio).

19.
Ciclo de Palestras do Curso de Ciências Biológicas. 2003. (Encontro).

20.
III Semana da Biologia - Educação e Meio Ambiente. 2003. (Simpósio).

21.
III Semana da Biologia - Educação e Meio Ambiente. 2003. (Encontro).

22.
II Jornada Acadêmica de Biologia. 2002. (Simpósio).

23.
II Jornada Acadêmica de Biologia do Unicentro Izabela Hendrix.Estudo Anatômico do Rabanete (Raphanus sativus). 2002. (Encontro).

24.
Jornada Acadêmica de Biologia do Unicentro Izabela Hendrix. 2002. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Laísa Silva de Almeida. Efeito da infecção por vírus zika na expressão gênica de Aedes aegypti. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências (Biologia da Relação Patógeno-Hospedeiro)pgbmp@icb.usp.br) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Coorientador).

Iniciação científica
1.
Gillyene Bortoloti. Infecção artificial de Wolbachia em Aedes aegypti. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Nove de Julho. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Tese de doutorado
1.
Jie Liu. Ecological consequences of plant defense induction and suppression in herbivore communities. 2017. Tese (Doutorado em PhD in Biology) - University of Amsterdam, Netherlands Organisation for Scientific Research. Coorientador: Livia Maria Silva Ataide.

Iniciação científica
1.
Thijs van Erp. Negative effects of plant toxins on biological control organisms. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Biology) - University of Amsterdam. Orientador: Livia Maria Silva Ataide.

2.
Pauliana Aparecida da Silva. Ecological consequences of plant defence suppression. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Viçosa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Livia Maria Silva Ataide.

3.
Pauliana Aparecida da Silva. Ecological consequences of plant defence suppression. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Viçosa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Livia Maria Silva Ataide.

4.
Fernando Willian Neves. Fatores químicos e comportamentais envolvidos na escolha de diferentes acessos de Solanum esculentum por fêmeas de Tuta absoluta (Lepidoptera: Gelechiidae). 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Viçosa. Orientador: Livia Maria Silva Ataide.

5.
Gabriel Xavier Ferreira. Fatores químicos e comportamentais envolvidos na escolha de diferentes acessos de Solanum esculentum por fêmeas de Tuta absoluta (Lepidoptera: Gelechiidae). 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Viçosa. Orientador: Livia Maria Silva Ataide.

6.
André Campos Rosado. Fatores químicos e comportamentais envolvidos na escolha de diferentes acessos de Solanum esculentum por fêmeas de Tuta absoluta (Lepidoptera: Gelechiidae). 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Viçosa. Orientador: Livia Maria Silva Ataide.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/10/2018 às 17:25:21