Paulo Mendes Taddei

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4498107945523362
  • Última atualização do currículo em 15/11/2018


possui Graduação (Bacharelado e Licenciatura), Mestrado e Doutorado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, sob a orientação do Prof. Dr. Fernando Augusto da Rocha Rodrigues. Defendeu tese de doutorado sobre a crítica de Tugendhat ao conceito de verdade de Heidegger. Tem experiência na área de Filosofia Contemporânea, tendo apresentado Monografia de conclusão de Graduação sobre a questão do sentido de expressões linguísticas no primeiro e no segundo Wittgenstein. Área de especialização: fenomenologia (especialmente, Husserl e Heidegger); área de competência: filosofia contemporânea, em particular as relações entre as chamadas filosofia continental e analítica. Interesses de pesquisa atuais concernem a exegese da tradição fenomenológica (Husserl, Heidegger e Merleau-Ponty) e os usos dessa tradição em filosofia da mente e ciência cognitiva. Atualmente é professor no Instituto de Psicologia da UFRJ, na vaga Psicologia e Filosofia do setor Teoria e Sistemas, do Departamento de Psicologia Geral e Experimental. Tem experiência profissional em Ensino de Filosofia no Ensino Médio. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Paulo Mendes Taddei
Nome em citações bibliográficas
TADDEI, P. M.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Psicologia.
UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro: Av. Pasteur, 250 - Fundos.
Urca
22290902 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 39385336


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2014
Doutorado em Filosofia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
com período sanduíche em Philipps-Universität Marburg (Orientador: Prof. Dr. Christoph Demmerling).
Título: Da correspondência ao desvelamento: uma discussão da crítica de Tugendhat ao conceito de verdade de Heidegger, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Fernando Augusto da Rocha Rodrigues.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: verdade; Heidegger; correspondência; desvelamento; Tugendhat.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia.
2006 - 2009
Mestrado em Filosofia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Pressupostos Filosóficos na Investigação de Heidegger sobre a Verdade Enunciativa,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Fernando Augusto da Rocha Rodrigues.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: verdade; adequação; fenomenologia; enunciado.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia / Especialidade: Fenomenologia.
2001 - 2005
Graduação em Filosofia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: A questão do sentido em Wittgenstein.
Orientador: Fernando Augusto da Rocha Rodrigues.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
1998 - 2000
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Pedro II, CP II, Brasil.




Formação Complementar


2007 - 2007
Deutschlandkundlichen Winterkurs. (Carga horária: 90h).
Herder-Institut der Universität Leipzig, INTERDAF E.V., Alemanha.


Atuação Profissional



Colégio Pedro II, CP II, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de Ensino Médio, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Licenciando de Filosofia, Carga horária: 300

Atividades

12/2013 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Filosofia
06/2015 - 10/2017
Pesquisa e desenvolvimento , Colégio Pedro II, .

04/2005 - 01/2006
Estágios , Colégio Pedro II, Unidade Humaitá II.

Estágio realizado
Professora Regente: Ingrid Müller Xavier.

Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto A, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor na vaga Psicologia e Filosofia, do setor Teoria e Sistemas do Departamento de Psicologia Geral e Experimental no Instituto de Psicologia da UFRJ.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Contratado temporário, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorando, Carga horária: 4
Outras informações
Ofereci, na qualidade de Doutorando bolsista do CNPq, junto ao meu orientador, Prof. Dr. Fernando Rodrigues, o curso Teoria do Conhecimento II (FCF 815) para mestrado e doutorado no segundo semestre acadêmico de 2010.

Atividades

10/2016 - 10/2017
Direção e administração, Instituto de Psicologia, .

Cargo ou função
Vice-diretor adjunto de Extensão.
03/2017 - 07/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento II
10/2015 - 07/2016
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Gestaltismo

Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira UERJ, CAP-UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Contrato Temporário, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 8


Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro - Santo Cristo, SEE/RJ, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Docente I, Carga horária: 16



Linhas de pesquisa


1.
Práticas do Ensino de Filosofia


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Merleau-Ponty e Cognição Situada: a influência de Dreyfus
Descrição: O presente projeto de pesquisa objetiva investigar a assimilação da obra fenomenológica de Maurice Merleau-Ponty por parte de vertentes contemporâneas da ciência cognitiva e o papel mediador da obra de Hubert Dreyfus nessa assimilação. Em sintonia com um dos resultados da pesquisa precendente, qual seja, o de que as críticas de Dreyfus, se, por um lado, não tiveram o efeito de solapar a ciência cognitiva baseada nos princípios do cognitivismo clássico, por outro lado, foram um dos fatores a contribuir para o surgimento de novas tendências em ciência cognitiva, investigaremos como Merleau-Ponty, uma das influências decisivas para Dreyfus, é apropriado pela literatura mais recente em ciência cognitiva. Assim, nossos objetivos específicos são (i) uma exegese de Merleau-Ponty; (ii) uma reconstrução de vertentes contemporâneas da cognição situada. Integrantes: Paulo Mendes Taddei - Coordenador Número de orientações: Graduação (2)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Paulo Mendes Taddei - Coordenador.
2016 - Atual
Heidegger e Inteligência Artificial: uma revisão do trabalho de H. Dreyfus
Descrição: Esse projeto de pesquisa envolve o estudo do filósofo americano Hubert Dreyfus no que se refere (i) à sua crítica ao programa original de inteligência artificial e (ii) ao caráter tributário dessa crítica respectivamente à obra de Martin Heidegger. A apresentação "Critérios de relevância e conhecimento de senso comum: a herança heideggeriana de Dreyfus." no âmbito da SIAc 2017 recebeu menção honrosa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Paulo Mendes Taddei - Coordenador.Número de orientações: 2


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: INTERTHESIS (FLORIANÓPOLIS)
2018 - 2018
Periódico: Em Construção: arquivos de epistemologia histórica e estudos de ciência


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia/Especialidade: História da Filosofia Contemporânea.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia/Especialidade: Fenomenologia.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Teoria do Conhecimento.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia da Linguagem.


Idiomas


Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2011
Diploma de Alemão: KDS Kleines Deutsches Sprachdiplom, Goethe Institut em nome da Ludwig-Maximilian-Universität-München.
2011
Diploma de Alemão DSH, Philipps-Universitât Marburg.
2008
1º colocado no concurso para ingresso em 2009 no Doutorado em Filosofia do PPGF, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.
2006
1º colocado no concurso para ingresso em 2006 no Mestrado de Filosofia - PPGF, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.
2005
2º Lugar na X Região Metroplitana no Concurso para Professor do Ensino Médio da rede estadual de ensino/RJ, SEE.
2005
1º colocado no concurso para ingresso em 2006 no Mestrado Acadêmico de Filosofia - PGFIL, Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Uerj.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
TADDEI, P. M.2012TADDEI, P. M.. Verdade e Identificação: a Elucidação Fenomenológica do Conhecimento em Husserl. Revista Filosofia Capital, v. 7, p. 100-105, 2012.

2.
TADDEI, P. M.2010TADDEI, P. M.. Considerações acerca do conceito de matéria intencional nas Investigações Lógicas de Husserl. Analógos (PUCRJ), v. X, p. 20, 2010.

3.
TADDEI, P. M.2009TADDEI, P. M.. E. Husserl entre realismo e idealismo: intencionalidade e doutrina da constituição. Intuitio (Porto Alegre), v. 2, p. 215-225, 2009.

4.
TADDEI, P. M.2008TADDEI, P. M.. Fluxo de vivências e percepção interna ? dois conceitos de consciência e algumas notas acerca da tarefa da Fenomenologia de Edmund Husserl. Ítaca (Rio de Janeiro), v. 10, p. 115-131, 2008.

Capítulos de livros publicados
1.
TADDEI, P. M.. Verdade na Sexta Investigação Lógica: realismo mínimo e conteúdo vivencial. In: SYLLA, Bernhard; BORGES-DUARTE, Irene. (Org.). Intencionalidade e Cuidado. Herança e Repercussão da Tradição da Fenomenologia. 1ed.V.N. de Famalicão: Humus, 2017, v. 1, p. 31-52.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
TADDEI, P. M.. Verdade entre concordância e desvelamento: uma discussão da crítica de Tugendhat ao conceito de verdade de Heidegger. In: XIV Encontro Nacional da ANPOF, 2010, Águas de Lindoia, SP. Livro de Atas do XIV Encontro Nacional da ANPOF. Águas de Lindoia, 2010. v. 14. p. 451-451.

2.
TADDEI, P. M.. A análise de Tugendhat do item a do §44 de Ser e Tempo. In: XIII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2008, Canela. Atas do XIII Encontro Nacional de Filosofia. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2008. p. 552-552.

Apresentações de Trabalho
1.
TADDEI, P. M.. The Phenomenological Dreyfus. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
TADDEI, P. M.. Lições de 'O que os computadores não podem fazer', de H. Dreyfus. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
TADDEI, P. M.. O problema dos frames enquanto problema filosófico: uma revisão de uma possível contribuição da fenomenologia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
TADDEI, P. M.. Was Dreyfus Ever a Phenomenologist? A First Approach. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
TADDEI, P. M.. Verdade em Husserl: realismo e conteúdo não-conceitual. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
TADDEI, P. M.. Superação da subjetividade na fenomenologia e no gestaltismo: esboço de uma comparação entre modelos de experiência. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
TADDEI, P. M.. 'Da correspondência ao desvelamento: a questão a respeito da transição semântica.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
TADDEI, P. M.. As objeções de Gethmann às críticas de Tugendhat a Heidegger. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
TADDEI, P. M.. Adequação, desvelamento e princípio de bivalência: Heidegger, Tugendhat e Dahlstrom. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
TADDEI, P. M.. Verdade entre concordância e desvelamento em Heidegger: uma discussão da crítica de Tugendhat ao conceito de verdade de Heidegger. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
TADDEI, P. M.. Verdade e Evidência nas Investigações Lógicas de Husserl. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
TADDEI, P. M.. Considerações acerca do conceito de matéria intencional nas Investigações Lógicas de Husserl. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
TADDEI, P. M.. Dahlstrom contra Tugendhat - a favor de Heidegger?. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
TADDEI, P. M.. E. Husserl entre idealismo e realismo: intencionalidade e doutrina da constituição. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
TADDEI, P. M.. Verdade e identificação: a elucidação fenomenológica do conhecimento em Husserl. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
TADDEI, P. M.. A análise de Tugendhat do item a do §44 de Ser e Tempo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
TADDEI, P. M.. A concepção de verdade como adequação na abordagem da Fenomenologia de E. Husserl. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
TADDEI, P. M.. A crítica de Tugendhat à reconstrução do conceito de verdade como correspondência em Heidegger. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
TADDEI, P. M.. Justificação da Postulação da Substância do Mundo no Tractatus Logico-Philosophicus. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
TADDEI, P. M.. A questão do sentido em Wittgenstein. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Demais tipos de produção técnica
1.
TADDEI, P. M.; BITTENCOURT, R. N. . Ítaca. 2009. (Editoração/Periódico).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
RODRIGUES, F.A.R.; TEIXEIRA, D. A.; TADDEI, P. M.; GOUVEA, R. A. S.; TOURINHO, C. D. C.. Participação em banca de Flávio Vieira Curvello. O Pensamento Psicológico de Franz Brentano da Psicologia Empírica à Psicognose. 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
KASTRUP, V.; PIMENTEL, C. P.; TADDEI, P. M.; SANCOVISCHI, B.; FERRAZ, G. C.. Participação em banca de Filipe Herkenheff Carijó. Ilusão perceptiva e sistemas de referências. 2016. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
RODRIGUES, F.A.R.; CARDOSO, J.; GURGEL, D. F.; TEIXEIRA, D. A.; TADDEI, P. M.. Participação em banca de Thiago Leite Cabreira Pereira da Rosa. A vida das categorias: a noção de teleologia na Lógica de Hegel. 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
RODRIGUES, F.A.R.; FAITANIN, P. S.; ARAUJO, R. P. C.; DAMARAL, M. T.; TADDEI, P. M.. Participação em banca de Bernardo Veiga de Oliveira Alves. A Felicidade Natural da Filosofia de Tomás de Aquino. 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
VIDEIRA, A. A. P.; FRAGOZO, F. A.; LOPEZ, F. L.; TADDEI, P. M.; MENDONCA, A. L. O.. Participação em banca de Juliana Mezzomo Flores. O que significa aproximar a ciência da vida? Considerações críticas ao projeto heideggeriano de filosofia como ciência originária (1919-1922). 2015. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
RODRIGUES, F.A.R.; FERREIRA, A. A. L.; TADDEI, P. M.. Participação em banca de Flávio Vieira Curvello. A Fenomenologia de Edmund Husserl como Psicologia Descritiva. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
RODRIGUES, F.A.R.; FAITANIN, P. S.; TADDEI, P. M.. Participação em banca de Bernardo Veiga de Oliveira Alves. A felicidade natural no pensamento de Tomás de Aquino. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Jornada Regional de Pesquisa em Filosofia - UFSM.Adequação, desvelamento e princípio de bivalência: Heidegger, Tugendhat e Dahlstrom. 2010. (Outra).

2.
XIV ANPOF.Verdade entre concordância e desvelamento em Heidegger: uma discussão da crítica de Tugendhat ao conceito de verdade de Heidegger. 2010. (Encontro).

3.
III Encontro de Pós-Graduandos da PUC-SP.Verdade e identificação: a elucidação fenomenológica do conhecimento em Husserl. 2009. (Encontro).

4.
III Seminário dos Alunos do PPGLM/UFRJ.E. Husserl entre idealismo e realismo: intencionalidade e doutrina da constituição. 2009. (Seminário).

5.
IX Seminário dos Alunos de Pós-Graduação em Filosofia da UERJ.Dahlstrom contra Tugendhat - a favor de Heidegger?. 2009. (Seminário).

6.
X Semana dos Alunos de Pós-Graduação em Filosofia da PUC-Rio.Considerações acerca do conceito de matéria intencional nas Investigações Lógicas de Husserl. 2009. (Seminário).

7.
XVII Seminário dos Estudantes do PPGF-UFRJ.Verdade e Evidência nas Investigações Lógicas de Husserl. 2009. (Seminário).

8.
XIII Encontro Nacional de Filosofia.A análise de Tugendhat do item a do §44 de Ser e Tempo. 2008. (Encontro).

9.
VII Seminário dos Alunos de Pós Graduação em Filosofia da UERJ.A crítica de Tugendhat à reconstrução do conceito de verdade como correspondência em Heidegger. 2007. (Seminário).

10.
XII Colóquio Heidegger - Pode um Deus ainda nos salvar?. 2007. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
TADDEI, P. M.. XVIII Seminário dos Estudantes do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFRJ. 2010. (Congresso).

2.
TADDEI, P. M.. XVII Seminário dos Estudantes do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFRJ. 2009. (Congresso).

3.
TADDEI, P. M.. XVI Seminário dos Estudantes do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFRJ. 2008. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Lucas Mattos Mesquita. A difusão do mundo semântico europeu no contexto da crise dos sentidos sob a perspectiva husserliana. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Thales Coimbra Paranhos Cavalcanti de Paiva. Filosofia da Mitologia em Schelling e Heidegger. Início: 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Robson Roberto de Oliveira Furtado Junior. Heidegger e Inteligência Artificial: uma revisão do trabalho de H. Dreyfus. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Arthur Barbosa da Costa. Heidegger e Inteligência Artificial: uma revisão do trabalho de H. Dreyfus. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).



Outras informações relevantes


Aprovado em 3º lugar no Concurso Público para provimento de vagas de Docentes, Edital 460/2013. IFCS/UFRJ. Vaga: Teoria do Conhecimento. (MS 148).

Aprovado em 2º lugar no Concurso Público para provimento de vagas de Docentes Edital 460/2013. IP/UFRJ. Vaga: Instituto de Psicologia: Teoria e Sistemas /Filosofia e Psicologia. (MS 153).

Aprovado em 5º lugar no Concurso Público para Professor de Educação Básica, Técnica e Tecnológica, em 2013, no Colégio Pedro II.

Aprovado em 5º lugar no Processo Seletivo para Professor Substituto em 2013 no CAp-UFRJ. 

Aprovado em 2ºlugar no Processo Seletivo para Professor Substituto em 2013 no CAp-UERJ.

Aprovado em 2º lugar no Processo Seletivo para Professor Substituto em 2013 no IFCS/UFRJ.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/11/2018 às 16:46:36