Paulo Augusto Binder Dangelis

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5966676316924242
  • Última atualização do currículo em 09/01/2014


Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Vale do Acaraú-CE. Tem experiência na área de Botânica, especialmente em flora de Inselbergues no Bioma Caatinga e Taxonomia da família Acanthaceae. Atualmente é estudante de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas da Unimontes. Sob orientação do Prof. Dr. Mário Marcos do Espírito Santo , desenvolve seu projeto de mestrado intitulado: Interação entre Lianas e Árvores em Reservas de Mata Seca ao Norte do Estado de Minas Gerais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Paulo Augusto Binder Dangelis
Nome em citações bibliográficas
D'ANGELIS, P.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Campina Grande, Centro de Saúde e Tecnologia Rural.
Av. Universitária, s/n
Jatobá
58700-970 - Patos, PB - Brasil - Caixa-postal: 64
Telefone: (83) 35113001
Ramal: 3017
Fax: (83) 35113009
URL da Homepage: http://www.cstr.ufcg.edu.br/


Formação acadêmica/titulação


2013
Mestrado em andamento em Ciências Biológicas.
Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
Título: Interação entre Lianas e Árvores em Reservas de Mata Seca ao Norte do Estado de Minas Gerais,Orientador: Dr. Mário Marcos do Espírito Santo.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
2008 - 2012
Graduação em Licenciatura em CIências Biológicas.
Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA-CE, Brasil.
Título: A FAMÍLIA ACANTHACEAE JUSS. NOS INSELBERGS DO MUNICÍPIO DE PATOS - PB.
Orientador: Profa. Dra. Maria de Fátima de Araújo Lucena.
2005 - 2006
Curso técnico/profissionalizante.
Fundação de Educação Tecnológica e Cultural da Paraíba.




Formação Complementar


2012 - 2012
Morfologia e Taxonomia da classe Insecta na perspe. (Carga horária: 10h).
Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA-CE, Brasil.
2012 - 2012
Análise de Agrupamento. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
2010 - 2010
Legislação Ambiental Brasileira: Conhecendo seus i. (Carga horária: 15h).
Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA-CE, Brasil.
2008 - 2008
AVALIAÇÃO DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DE ECOSSISTEMAS. (Carga horária: 6h).
Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA-CE, Brasil.


Atuação Profissional



SOS Sertão, S.O.S SERTÃO, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Taxonomista vegetal
Outras informações
Taxonomia vegetal; herborização; produção de Check-list.


S.O.S Sertão, S.O.S SERTÃO, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Taxonomista vegetal
Outras informações
Identificação de táxons. Produção de Guia de Campo para Identificações de Plantas Lenhosas.


Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20


Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste, CEPAN, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Taxonomista vegetal
Outras informações
Inventário florístico em Mata Atlântica- AL



Projetos de pesquisa


2011 - 2013
Flora e Vegetação dos Inselbergues do município de Patos, mesorregião do sertão da Paraíba
Descrição: Inselbergs são afloramentos rochosos Pré Cambrianos ocorrendo sob a forma de montanhas solitárias ou em grupos (Jatobá & Lins, 2003), resultantes da erosão de antigos maciços montanhosos mais extensos que resistiram aos processos desnudacionais (Kesel, 1993). São responsáveis pelas superfícies aplanadas dos sertões, ao fim do Terciário e início do Quartenário (Ab Saber, 1969). Podem ser encontrados desde as regiões tropicais a temperadas (Seine et al. 2000), sendo no entanto, mais frequentes em climas com estação seca. No Brasil podem ser encontrados no domínio tropical atlântico (Safford & Martinelli, 2000) e na região do semi-árido (Ab Saber, 2003). Para Giulietti et al. (2009) um maior conhecimento da flora fanerogâmica no país será possível com coletas intensivas, especialmente em áreas de difícil acesso, como regiões montanhosas e ambientes com sazonalidade marcada como as caatingas. De acordo com Porembski et al. (1998, 2000) a maior porcentagem de espécies raras e endêmicas do Brasil está em áreas de inselbergs. Esse dado é apoioado também por Giulietti et al. (2009). Na região Sudeste, pesquisas em inselbegs foram desenvolvidas por Safford & Martinelli (2000) e Oliveira et al. (2004). No Nordeste importantes contribuições para o conhecimento da flora e estrutura dessas formações foram dadas por França et al. (1997, 2005, 2006), Carneiro-Torres et al. (2002), Almeida (2004), Pitrez (2006), Porto et al. (2008) e, mais recentemente, por Gomes & Alves (2009). O município de Patos, situado no Bioma Caatinga, região da Depressão sertaneja e Mesorregião do Sertão Paraibano, é particularmente rico em inselbergs (Carvalho et al., 2002; Ab Saber, 2003), sem que nenhum estudo tenha ainda sido desenvolvido nos mesmos. O projeto Flora da Paraíba, em andamento desde 1997, avançou em estudos realizados principalmente nas mesorregiões da Mata e Agreste do Estado; estando o sertão da Paraíba com sua flora ainda por ser inventariada. Nesse con..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Projeto Flora da Caatinga Project-Paraiba Consolidating a Partnership
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (13) .
Integrantes: Paulo Augusto Binder Dangelis - Integrante / Maria de Fátima Araújo Lucena - Integrante / Maria das Gracas Veloso Marinho - Integrante / Olaf Bakke - Coordenador / Lucio Valerio Coutinho de Araujo - Integrante / Jair Moisés de Sousa - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia evolutiva.


Idiomas


Espanhol
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
LUCENA, M.F.A. ; D'ANGELIS, P. ; NOBREGA, I. V. . Elaboração de Planos de Manejo Florestal Sustentáveis Localizados na Caatinga no Estado da Paraiba. 2011.

2.
LUCENA, M.F.A. ; D'ANGELIS, P. . Recrutamento e Degeneração de Assembléias de árvores em paisagens Fragmentadas: Implicações para a retenção de Biodiversidade nas Florestas Tropicais. 2010.

Trabalhos técnicos


Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I I ENPEDS - Encontro de Pedagogia do Sertão : Discursos e nfoques teóricos no âmbito das licenciaturas. 2012. (Encontro).

2.
Dia do Biólogo : A Vida na sua Diversidade. 2010. (Simpósio).

3.
Terceiro Ciclo de Palestras em Biologia: Atualidades Biológicas na òtica da Educação. 2008. (Seminário).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 22:55:08