Ricardo Alberto Bielschowsky

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0334619142191688
  • Última atualização do currículo em 08/06/2017


Sou professor de economia na UFRJ desde 1975. Me licenciei para trabalhar na CEPAL (ONU) de 1991 a 2011, quando regressei ao Instituto de Economia da UFRJ, como Professor Adjunto. Sou bacharel (UFRJ, 1972), mestre (UnB, 1975) e doutor (University of Leicester, Inglaterra, 1985) em economia. Tenho cerca de 50 trabalhos publicados, nas seguintes especialidades: desenvolvimento econômico, pensamento econômico, economias brasileira e latino-americana, transformação produtiva, investimento e tecnologia. Meus livros mais conhecidos são ?Pensamento econômico Brasileiro - o ciclo ideológico do desenvolvimentismo? (Contraponto, várias edições) e ?Cinquenta Anos de Pensamento na CEPAL? (Record, 2000). Correntemente tenho ministrado cursos nas disciplinas ?Economia Brasileira? e ?Desenvolvimento da América Latina?, na graduação e na pós graduação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ricardo Alberto Bielschowsky
Nome em citações bibliográficas
BIELSCHOWSKY, R.;BIELSCHOWSKY, RICARDO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Economia.
Avenida Pasteur, 250
Urca
22290250 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 39385268
Fax: (21) 25418148
URL da Homepage: www.ie.ufrj.br


Formação acadêmica/titulação


1978 - 1985
Doutorado em economics.
University of Leicester, UL, Grã-Bretanha.
Título: Brazilian Economic Thought, the ideologic cycle of developmentalism (1930-1964), Ano de obtenção: 1985.
Orientador: Leo Katzen.
Palavras-chave: pensamento economico brasileiro; ideologia economica.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Setores de atividade: Indústrias de Transformação.
1973 - 1975
Mestrado em Economia.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: bancos e Acumulação de capital na Industrialização Brasileira,Ano de Obtenção: 1975.
Orientador: Lauro Campos.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: historia dos bancos no Brasil.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: historia economica brasileira.
Setores de atividade: Organismos internacionais e outras instituições extraterritoriais; Pesquisa e desenvolvimento científico.
1968 - 1972
Graduação em economia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: inexistente.
Orientador: inexistente.




Atuação Profissional



Comisión Económica para América Latina, CEPAL, Argentina.
Vínculo institucional

1991 - 2011
Vínculo: Funcionário da ONU, Enquadramento Funcional: por concurso, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Ocupa o posto de oficial de assuntos econômicos da CEPAL desde 1991, alcançado por concurso internacional. Trabalhou em Santiago (1991-1997), e desde 1998 trabalha, onde a partir de 2010 é Oficial a cargo do escritório da CEPAL no Brasil.


Fundo Municipal de Desenvolvimento Social, FUNDO RIO, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1988
Vínculo: Diretor geral nomeado, Enquadramento Funcional: cedido pela FINEP, Carga horária: 40


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

1977 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2012 - Atual
Ensino, Economia da Indústria e da Tecnologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Economia Brasileira
Desenvolvimento da América Latina
03/2012 - Atual
Ensino, Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Economia Brasileira
Desenvolvimento da América Latina
03/1986 - 12/1990
Ensino, Economia da Indústria e da Tecnologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Economia Brasileira
08/1977 - 12/1990
Ensino, Ciências Econômicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Economia Brasileira

Financiadora de Estudos e Projetos, FINEP, Brasil.
Vínculo institucional

1975 - 1990
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: economista, Carga horária: 40
Outras informações
Ocupou vários cargos, entre eles o de chefe do departamento de pesquisas.



Projetos de pesquisa


2013 - Atual
O Pensamento de Antônio Barros de Castro
Descrição: Resenha sobre obra do Professor Castro. Projeto conjunto com a UnB..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Setor Externo, Taxa de Câmbio e Inflação Brasileira
Descrição: Dimensionamento e análise do fenômeno inflacionário brasileiro sob uma ótica estruturalista..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2008 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Inovação
2008 - Atual
Periódico: Parcerias Estratégicas (Brasília)
1995 - Atual
Periódico: Revista de Economia Política (Impresso)


Revisor de periódico


1998 - Atual
Periódico: Revista de la CEPAL (Impresa)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: desenvolvimento econômico.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: historia do pensamento economico.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Industrial.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: historia economica.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Alemão
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


1985
Prêmio Haralambos Simeonides, melhor tese de doutorado do ano, ANPEC.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CASTRO, MÁRCIO HENRIQUE MONTEIRO DE2014CASTRO, MÁRCIO HENRIQUE MONTEIRO DE ; BIELSCHOWSKY, RICARDO ; BENJAMIN, CÉSAR . Notas sobre o pensamento de Ignácio Rangel no centenário de seu nascimento. Revista de Economia Política (Impresso), v. 34, p. 527-543, 2014.

2.
BIELSCHOWSKY, R.2014BIELSCHOWSKY, R.. ?Furtado?s Economic Growth of Brazil?, the Masterpiece of Brazilian Structuralism. INTERNATIONAL JOURNAL OF POLITICAL ECONOMY, v. 43, p. 44-62, 2014.

3.
BIELSCHOWSKY, R.;BIELSCHOWSKY, RICARDO2012BIELSCHOWSKY, R.. Estratégia de desenvolvimento e as três frentes de expansão no Brasil: um desenho conceitual. Economia e Sociedade (UNICAMP. Impresso), v. 21, p. 728-747, 2012.

4.
BIELSCHOWSKY, R.;BIELSCHOWSKY, RICARDO2011BIELSCHOWSKY, R.. Emerência do Professor Antonio Barros de Castro. Revista de Economia Contemporânea (Impresso), v. 15, p. 362-369, 2011.

5.
BIELSCHOWSKY, R.;BIELSCHOWSKY, RICARDO2010BIELSCHOWSKY, R.. Maria da Conceição Tavares. Revista de Economia Contemporânea (Impresso), v. 14, p. 193-200, 2010.

6.
BIELSCHOWSKY, R.;BIELSCHOWSKY, RICARDO2009BIELSCHOWSKY, R.. Sesenta Años de la CEPAL: estructuralismo y neoestructuralismo. Revista de la CEPAL (Online), v. 97, p. 173-194, 2009.

7.
BIELSCHOWSKY, R.;BIELSCHOWSKY, RICARDO2006BIELSCHOWSKY, R.. Vigencia de los aportes de Celso Furtado al estructuralismo. Revista de la CEPAL (Online), v. 88, p. 7-15, 2006.

8.
BIELSCHOWSKY, R.;BIELSCHOWSKY, RICARDO2001BIELSCHOWSKY, R.. Eugênio Gudin. Estudos Avançados (USP. Impresso), v. 15, p. 91-110, 2001.

9.
BIELSCHOWSKY, R.;BIELSCHOWSKY, RICARDO1998BIELSCHOWSKY, R.. Evolución de las ideas de la CEPAL. Revista de la CEPAL (Online), v. S/N, p. 21-45, 1998.

10.
BIELSCHOWSKY, R.;BIELSCHOWSKY, RICARDO1995BIELSCHOWSKY, R.; STUMPO, G. . Empresas transnacionales y cambios estructurales en la industria de Argentina, Brasil, Chile y México. Revista de la CEPAL (Online), v. 55, p. 139-164, 1995.

11.
BIELSCHOWSKY, R.;BIELSCHOWSKY, RICARDO1991BIELSCHOWSKY, R.. Ideología y desarrollo: Brasil, 1930-1964. Revista de la CEPAL (Online), v. 45, p. 155-177, 1991.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BIELSCHOWSKY, RICARDO. Eclac Thinking, selected texts (1948-1998). 1. ed. Santiago do Chile: CEPAL, 2017. v. 1. 520p .

2.
BIELSCHOWSKY, R.. Padrões de desenvolvimento econômico (1950-2008): América Latina, Asia e Rússia. 1. ed. Brasilia: CGEE, 2013. v. 2. 924p .

3.
BIELSCHOWSKY, R.. Sesenta Años de la CEPAL. Textos seleccionados del decênio 1998-2008. 1a. ed. Buenos Aires: Siglo Veintiuno, 2010. v. 1. 971p .

4.
BIELSCHOWSKY, R.; Carlos Mussi (Org.) . Padrões de Investimento e de Transformação Estrutural na Economia Brasileira: A era desenvolvimentista e depois (1950-1980 e 1980-2008). 1. ed. Brasília: CEPAL, 2009.

5.
BIELSCHOWSKY, R.. Pensamento Econômico Brasileiro - o ciclo ideológico do desenvolvimentismo (1930-1964). 5a. ed. Rio de janeiro: Contraponto, 2004. v. 1. 496p .

6.
BIELSCHOWSKY, R.. Investimento e Reformas no Brasil: Indústria e infraestrutura nos anos 1990. 1a. ed. Brasilia: IPEA, 2002. v. 1. 316p .

7.
BIELSCHOWSKY, R.; Carlos Mussi (Org.) . Políticas para a Retomada do Crescimento: Reflexões de economistas brasileiros. 1. ed. Brasília: IPEA/CEPAL, 2002. v. 1. 207p .

8.
BIELSCHOWSKY, R.; MOGUILLANSKI, G. . Investment and Economic Reforms in Latin America. 1. ed. Santiago de Chile: United Nations Publicacions, 2001. v. 1. 186p .

9.
BIELSCHOWSKY, R.. Cinquenta Anos de Pensamento na CEPAL. 1a. ed. Rio de Janeiro: Record, 2000. v. 2. 978p .

10.
MOGUILLANSKI, G. ; BIELSCHOWSKY, R. . Inversión y Reformas Económicas en América Latina. 1a. ed. Santiago de Chile: Fondo de Cultura Económica, 2000. v. 1. 219p .

Capítulos de livros publicados
1.
BIELSCHOWSKY, R.; SILVA, A. C. M. E. . The UNCTAD system of political economy. In: REINERT, E. S.; GHOSH, J.; KATTEL, R.. (Org.). Handbook of Alternative Theories of Economic Development. 1ed.Cheltenham: Elgar, 2016, v. 1, p. 291-304.

2.
BIELSCHOWSKY, R.. Structuralist reflections on current Latin American development. In: Fritz, B.; Lavinas, L. (Orgs.). (Org.). A Moment for Equality in Latin America? Challenges for Redistribution. 1ed.UK: Ashgate, 2015, v. 1, p. 129-143.

3.
BASTOS, C. P. M. ; BIELSCHOWSKY, R. ; PINTO, E. C. ; GUAITA, N. ; GUAITA, S. . Rentabilidade, investimento e produtividade na indústria de transformação brasileira: 2000-2009. In: Fernanda de Negri; Luiz Ricardo Cavalcante (orgs). (Org.). Produtividade no Brasil: desempenho e determinantes. 1ed.Brasília: IPEA, 2015, v. 2, p. 209-254.

4.
BIELSCHOWSKY, R.; SQUEFF, G. ; VASCONCELLOS, L. . Evolução dos investimentos nas três frentes de expansão da economia brasileira na década de 2000. In: Calixtre, André B.; Biancarelli, André M.; Cintra, Marcos Antonio M.. (Org.). Presente e futuro do desenvolvimento brasileiro. 1ed.Brasilia: IPEA, 2014, v. 1, p. 135-194.

5.
BIELSCHOWSKY, R.. Ignácio Rangel. In: Pericás, L. B. e Secco, L.. (Org.). Intérpretes do Brasil: clássicos, rebeldes e renegados. 1ed.São Paulo: Boitempo Editorial, 2014, v. 1, p. 99-116.

6.
BIELSCHOWSKY, R.; MUSSI, C. . Padrões de desenvolvimento na economia brasileira: a era desenvolvimentista (1950-1980) e depois. In: Bielschowsky, R.. (Org.). Padrões de desenvolvimento econômico (1950-2008): América Latina, Asia e Rússia. 1ed.Brasilia: CGEE, 2013, v. 1, p. 137-210.

7.
BIELSCHOWSKY, R.; SCHONERWALD, C. E. ; VERNENGO, M. . Visão de conjunto. In: Bielschowsky, R.. (Org.). Padrões de desenvolvimento econômico (1950-2008): América Latina, Asia e Rússia. 1ed.Brasilia: CGEE, 2013, v. 1, p. 21-78.

8.
BIELSCHOWSKY, R.. Diversificación Productiva y Exportadora: Las cuatro primeras décadas. In: Bielschowsky, R.; Izam, M.; Mulder, N.. (Org.). Dos estudios sobre la evolución del pensamiento de la CEPAL sobre diversificación productiva e inserción internacional (1949-2008). 1ed.Santiago: CEPAL, 2011, v. , p. 35-.

9.
BIELSCHOWSKY, R.; SOUZA, J. A. P. . Evolução Macroeconômica e Estratégia de Desenvolvimento. In: CGEE. (Org.). Projeto Brasil 2003-2010: Trajetórias e desafios. 1ed.Brasília: CGEE, 2010, v. 1, p. 127-178.

10.
BIELSCHOWSKY, R.. Formação Econômica do Brasil: Uma obra-prima do estruturalismo cepalino. In: Araújo, Tarcício P. de; Vianna, Salvador T. W; Macambira, Júnior.. (Org.). 50 Anos de Formação Econômica do Brasil: ennsaios sobre a obra clássica de Celso Furtado. 1ed.Rio de Janeiro: IPEA, 2009, v. 1, p. 49-67.

11.
BIELSCHOWSKY, R.; Carlos Mussi . El Pensamiento Desarrollista en Brasil: 1930-1964 y anotaciones sobre 1964-2005. In: Rose Cave (coord.). (Org.). Brasil y Chile: una mirada hacia América Latina y sus perspectivas. 1ed.Santiago de Chile: RIL Editores, 2006, v. , p. 15-62.

12.
BIELSCHOWSKY, R.. Celso Furtado e o Pensamento Econômico Latino-Americano: Notas em homenagem aos 80 anos do mestre. In: José Sydrião de Alencar Jr.. (Org.). Celso Furtado e o desenvolvimento regional. 1ed.Fortaleza: Banco do Nordeste do Brasil, 2005, v. 1, p. 137-164.

13.
BIELSCHOWSKY, R.. Energia Elétrica: Investimentos deprimidos numa transição problemática (versão pós-racionamento). In: Ricardo Bielschowsky (coord.). (Org.). Investimento e reformas no Brasil e infraestrutura nos anos 1990. 1ed.Brasília: CEPAL/IPEA, 2002, v. 1, p. 87-103.

14.
BIELSCHOWSKY, R.. Indústria: Investimento cauteloso em três movimenos. In: Ricardo Bielschowsky (coord.). (Org.). Investimento e reformas no Brasil. Indústria e infraestrutura nos anos 1990. 1ed.Brasília: CEPAL/IPEA, 2002, v. 1, p. 33-52.

15.
BIELSCHOWSKY, R.. Prebisch, Ocampo y Octavio Rodriguez: La actualidad del análisis de la CEPAL cinco décadas después de su inauguración. In: BARBATO, Célia (Coord.). (Org.). Los Grandes temas del desarrollo latinoamericano. Económicos, sociopolíticos, geopolíticos. 1ed.Montevidéu: Ediciones Trilce, 2002, v. 1, p. 57-61.

16.
BIELSCHOWSKY, R.. Celso Furtado e o Pensamento Econômico Latino-Americano. In: Luiz Carlos Bresser Pereira; José Márcio Rego. (Org.). A grande esperança em Celso Furtado. 1ed.São Paulo: Editora 34, 2001, v. , p. 109-125.

17.
BIELSCHOWSKY, R.. Formação de apital no Ambiente das Reformas Econômicas Brasileiras dos Anos 1990: Uma abordagem setorial. In: Renato Baumann. (Org.). Brasil: uma década em transição. 1ed.Rio de Janeiro: Campus, 2000, v. 1, p. 143-181.

18.
BIELSCHOWSKY, R.. Cinquenta Anos de Pensamento na CEPAL ? uma resenha. In: Ricardo Bielschowsky. (Org.). Cinquenta Anos de Pensamento na CEPAL. 1ed.Rio de Janeiro: Record, 2000, v. 1, p. 13-68.

19.
BIELSCHOWSKY, R.. Vinte Anos de IERJ, Cinquenta Anos de CEPAL. In: João Paulo de Almeida Magalhães, Adhemar dos Santos Mineiro, Luiz Antonio Elias. (Org.). Vinte Anos de política Econômica. 1ed.Rio de Janeiro: Contraponto, 1998, v. 1, p. 111-174.

20.
BIELSCHOWSKY, R.; STUMPO, G. . Empresas Transnacionales Manufactureras en Diferentes Estilos de Reestructuración en América Latina: Los casos de Argentina, Brasil y México después de la sustitución de importaciones. In: STUMPO, Giovanni (Ed.). (Org.). Empresas transnacionales, procesos de reestructuración industrial y políticas económicas en América Latina. 1ed.Buenos Aires: Alianza Editorial, 1998, v. 1, p. 215-268.

21.
BIELSCHOWSKY, R.. Ideologia e Desenvolvimento: Brasil 1930-1964. In: Maria Rita Loureiro. (Org.). 50 anos de ciência econômica no Brasil (1946-1996): pensamento, instituições, depoimentos. 1ed.Petrópolis: Vozes, 1997, v. 1, p. 71-105.

22.
BIELSCHOWSKY, R.; STUMPO, G. . A Internacionalização da Indústria Brasileira: Números e reflexões depois de alguns anos de abertura. In: Renato Baumann. (Org.). O Brasil e a Economia Global. 1ed.Rio de janeiro: Campus, 1996, v. 1, p. 167-193.

23.
BIELSCHOWSKY, R.. Debt-Equity Swaps - Brazil. Debt-equity swaps and Development. 1ed.New York: ONU, 1993, v. , p. 17-38.

24.
BIELSCHOWSKY, R.; PIRES, Eginardo . Estrutura Industrial e Progresso Técnico na Produção de Laticícinos. In: Eginardo Pires; Ricardo Bielschowsky; Célia Maria Poppe de Figueiredo. (Org.). Dois estudos sobre tecnologia de alimentos. 1ed.Rio de Janeiro: IPEA/INPES, 1978, v. , p. 5-81.

25.
BIELSCHOWSKY, R.. Notas Sobre a Questão da Autonomia Tecnológica da Indústria Brasileira. In: Wilson Suzigan. (Org.). Indústria: política, instituições e desenvolvimento. 1ed.Rio de Janeiro: IPEA/INPES, 1978, v. 1, p. 99-136.

26.
BIELSCHOWSKY, R.; Dain, Sulamis ; GADELHA, M. F. . Prensas Especiais na Indústria de Papel. In: José Tavares de Araújo Jr.. (Org.). Difusão de Inovações na Indústria Brasileira: Três estudos de caso. 1ed.Rio de Janeiro: IPEA/INPES, 1976, v. 24, p. 57-158.

Apresentações de Trabalho
1.
BIELSCHOWSKY, R.; Carlos H.F.Mussi . O Pensamento Desenvolvimentista no Brasil: 1930-1964 e anotações sobre 1964-2005. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
BIELSCHOWSKY, R.; Carlos Mussi . Padrões de Investimento e de Transformação Estrutural na Economia Brasileira: A era desenvolvimentista e depois (1950-1980 e 1980-2008) 2008 (Levantamento de dados para apresentação ao governo).

2.
BIELSCHOWSKY, R.; Fonseca, R. ; Castelo Branco, Flávio . Investimentos na Indústria Brasileira - 1998/2002. Brasília: CNI/CEPAL, 2001 (Relatório de Pesquisa).

3.
BIELSCHOWSKY, R.. Investimentos na Indústria Brasileira Depois da Abertura e do Real: O mini ciclo de modernizações (1995-19970. Santiago: CEPAL, 1999 (Série Reformas Económicas, 44).

4.
BIELSCHOWSKY, R.. Evolución de las Ideas de la CEPAL. Santiago: CEPAL, 1998 (Revista de la CEPAL nº Extraordinario).

5.
BIELSCHOWSKY, R.; Reis, José Guilherme Almeida dos ; Castelo Branco, Flávio . Investimentos na Indústria Brasileira (1950-1999): Características e determinantes. Rio de Janeiro: CNI, 1997 (Trabalho apresentado na CNI).

6.
BIELSCHOWSKY, R.. Ousadia Intelectual y Compromiso con Verdad. Madri 1996 (Pensamiento Iberoamericano).

7.
BIELSCHOWSKY, R.. Meio Século de Pensamento Sobre a América Latina. IPEA, 1996 (Publicado Série Rumos do Desenvolvimento).

8.
BIELSCHOWSKY, R.. The Taiwanese experience with small and medium sizes enterprises (SMEs) - possible lessons for Latin America and the Caribbean. Santiago: CEPAL, 1995 (Serie Desarrollo Productivo, 28).

9.
BIELSCHOWSKY, R.; STUMPO, G. . Empresas Transnacionales Manufactureras en Cuatro Estilos de Reestructuración em América Latina. Los casos de Argentina, Brasil, Chile y México después de la sustitución de importaciones. Santiago do Chile: CEPAL, 1995 (Serie Desarrollo Productivo nº 20).

10.
BIELSCHOWSKY, R.. Two studies on transnational corporations in the Brazilian manufacturing sector: the 1980s and early 1990s. Santiago: CEPAL, 1994 (Serie Desarrollo Productivo, 18).

11.
BIELSCHOWSKY, R.. Brasil: Necessidades de investimento nos anos noventa. Brasília: Banco do Brasil, 1990 (Relatório de Pesquisa).

12.
BIELSCHOWSKY, R.. Programa plurianual de urbanização de favelas. Rio de Janeiro 1988 (Revista Pensar e Fazer).

13.
BIELSCHOWSKY, R.. Estado e investimento privado no plano macroeconômico do governo. Rio de Janeiro: UFRJ/CCJE, 1987 (A Crise urbana e a privatizção dos serviços públicos).

14.
BIELSCHOWSKY, R.; Castro, Mário Henrique Monteiro . Contribuições de Ignacio M. Rangel ao pensamento econômico brasileiro. Rio de Janeiro 1986 (Literatura econômica, 8).

15.
BIELSCHOWSKY, R.. Situação do apoio financeiro do governo federal à pesquisa fundamental no Brasil. Rio de Janeiro: FINEP, 1985 (Relatório de Pesquisa).

16.
BIELSCHOWSKY, R.. O Programa de apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Empresa Nacional - uma avaliação. Rio de Janeiro: FINEP, 1978 (Relatório de Pesquisa).

17.
FRANCISCO ALVES, S. ; BIELSCHOWSKY, R. . A Capacitação da Engenharia Consultiva Nacional na Indústria Química: um estudo de caso. Rio de Janeiro: FINEP, 1978 (Relatório de Pesquisa).

18.
BIELSCHOWSKY, R.. Bancos e Acumulação de Capital na Industrialização Brasileira - uma análise introdutória - (1935/1962). Brasília 1975 (Dissertação de Mestrado).


Demais tipos de produção técnica
1.
BIELSCHOWSKY, R.. O Pensamento desenvolvimentista brasileiro: evolução e estado atual. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
BIELSCHOWSKY, R.. O Planejamento de Grandes Projeteos de investimento: a experiência brasileira. 2006. .

3.
BIELSCHOWSKY, R.. Vida e obra de Celso Furtado. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
BIELSCHOWSKY, R.. O Pensamento desenvolvimentista no Brasil: 1930-1964 e notas sobre 1964-2005. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
BIELSCHOWSKY, R.. O Planejamento de Grandes Projeteos de investimento: a experiência brasileira. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
Sydrião ; BIELSCHOWSKY, R. . Celso Furtado e o Desenvolvimento Regional. 2004. (Livro).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MEDEIROS, Carlos; BIELSCHOWSKY, R.; FEIJO, C. A.. Participação em banca de Rosa Marina Soares dória. Evolução do Padrão de Consumo das Familias Brasileiras no Período 2003-2009 e Relações com a Distribuição de Renda. 2013. Dissertação (Mestrado em Economia da Indústria e da Tecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
DINIZ, Eli; BIELSCHOWSKY, R.. Participação em banca de Santiago Bustello. Políticas Industriais na Argentina e no Brasil. 2012. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
YOUNG, Carlos Eduardo F.; BIELSCHOWSKY, R.; LUCENA, André F. P.. Participação em banca de Camila Luciana Gramkow. Da Restrição Externa ás Emissões de Gases do Efeito Estufa: Uma análise da insustentabilidade econômica e ambiental do atual modelo econômico brasileiro. 2011. Dissertação (Mestrado em Economia da Indústria e da Tecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
CANO, Wilson; LEVY, Maria Bárbara; BIELSCHOWSKY, R.. Participação em banca de Sinésio Pires Ferreira. Espírito Santo: Dinâmica cafeeira e integração no mercado nacional - 1840/1960. 1987. Dissertação (Mestrado em Economia da Indústria e da Tecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
MALTA, M. M.; BIELSCHOWSKY, R.. Participação em banca de Bruno Nogueira Ferreira Borja. A Formação da Teoria do Subdesenvolvimento de Celso Furtado. 2013. Tese (Doutorado em Economia Política Internacional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
MEDEIROS, Carlos; SERRANO, Franklin; PRADO, Luiz Carlos; LAPLANE, Mariano; BIELSCHOWSKY, R.. Participação em banca de Marcelo José Braga Nonnemberg. Determinantes dos Investimentos Externos e Impactos das Empresas Multinacionais no Brasil: 1956-2000. 2002. Tese (Doutorado em Economia da Indústria e da Tecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
LAVINAS, Lena; BIELSCHOWSKY, R.. Participação em banca de Guilherme Costa. Arranjos Institucionais e Emprego na Crise de 2008: trajetórias comparadas, Argentina, Brasil e Chile. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
MEDEIROS, Carlos; BIELSCHOWSKY, R.. Participação em banca de Gabriela Goulart Ferreira. Investimento em Infraestrutura no Brasil. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Economia da Indústria e da Tecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
KUPFER, David; BIELSCHOWSKY, R.. Participação em banca de Pedro Sant?Angelo Mariano. Regimes Competitivos, uma coparação entre Argentina, Brasil, e Chile. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Economia da Indústria e da Tecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
MEDEIROS, Carlos; BIELSCHOWSKY, R.. Participação em banca de Rosa Marina Soares Dória. De Repente, Classe C ? uma análise do processo de mobilidade social dos anos 2000 a partir do consumo das famílias. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Economia da Indústria e da Tecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PAIXÃO, Marcelo; BIELSCHOWSKY, R.. Participação em banca de Igor Kippe Rubinsztajn.A Ascensão da Convenção de Desenvolvimento Neoliberal no Brasil. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Curso sobre desenvolvimento econômico.Desenvolvimento econômico: Brasil - pensamento desenovlvimentista e planejamento. 2009. (Outra).

2.
Desenvolvimento econômico e emprego na produção global: crise ou oportunidade?. 2009. (Seminário).

3.
Seminário Integração Produtiva no Brasil.Encerramento. 2009. (Seminário).

4.
Seminário Perspectivas do Investimento no Brasil. 2009. (Seminário).

5.
Seminário sobre integração da América do Sul. 2009. (Seminário).

6.
Taller de debate y discusión sobre las ideas de la CEPAL.Taller de debate y discusión sobre las ideas de la CEPAL. 2009. (Seminário).

7.
105ª Reunião do Grupo de Acompanhamento Conjuntural. 2006. (Encontro).

8.
Curso de Avaliação de Grandes Projetos Públicos. 2006. (Encontro).

9.
Curso de Pós-Graduação Latu Sensu (Especialização em Gestão Pública). 2006. (Outra).

10.
Diálogo entre economistas brasileiros e argentinos. 2006. (Seminário).

11.
O Pensamento desenvolvimentista no Brasil: 1930-1964 e notas sobre 1964-2005.O Pensamento desenvolvimentista no Brasil: 1930-1964 e notas sobre 1964-2005. 2006. (Encontro).

12.
Seminário de Análise dos Resultados da PNAD 2004 nas áreas: distribuição de renda e po.Seminário de Análise dos resultados da PNAD 2004. 2006. (Seminário).

13.
Seminário sobre Desenvolvimento: um debate a partir da Agenda Nacional de Desenvolvimento. 2006. (Seminário).

14.
Vida e obra de Celso Furtado.Vida e obra de Celso Furtado. 2006. (Seminário).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
Marco Antônio Albuquerque. Uma História do BNDES. Início: 2013. Tese (Doutorado em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Tatiana Rivera Dias. As Contribuições de Celso Furtado para o Estruturalismo Brasileiro e para a Definição de uma Estratégia Alternativa de Desenvolvimento para o Brasil. Início: 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Leandro Loures. O Debate sobre inflação brasileira nos anos 1983-1994. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Ricardo Alberto Bielschowsky.

2.
Thiago Moellmann. Planejamento no Brasil e o Plano de Metas. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Ricardo Alberto Bielschowsky.



Outras informações relevantes


Presidente do Instituto de economistas do Rio de janeiro, IERJ, 1986-1988



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/10/2018 às 13:23:50