Humberto Mario Meza

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5154337104377659
  • Última atualização do currículo em 26/12/2018


Atualmente pesquisador de Pós - Doutorado na área de "Regimes Urbanos e Coligações Políticas" dentro do INCT Observatorio das Metrópoles, do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR) da UFRJ. Doutor em Ciência Política (2015) pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), na área de Ação Coletiva, Movimentos Sociais e relações com instituições políticas; pesquisador do Núcleo de Estudos em Participação, Movimentos Sociais e Ação Coletiva (NEPAC) do IFCH/UNICAMP e pesquisador do Centro Brasileiro de Pesquisas (CEBRAP) na área de Participação e Ação Coletiva. Possui mestrado em Ciência Política pela UNICAMP (2003), no campo de participação em Políticas Públicas, com a dissertação sobre os Conselhos Indígenas de Saúde e implementação do SUS em comunidades étnicas. Tem Graduação em Comunicação Social - Universidad Centroamericana (1997), em Manágua, Nicarágua, e experiência adquirida na área de projetos de Cooperação Internacional ao Desenvolvimento na América Central. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Humberto Mario Meza
Nome em citações bibliográficas
MEZA, HUMBERTO


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2015
Doutorado em Ciência Política.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Autonomia em movimento. Análise da trajetória das relações do movimento de mulheres com os partidos políticos na Nicarágua pós-revolucionária, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Dra. Luciana Ferreira Tatagiba.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Movimentos Sociais; Movimento de mulheres; Participaçao Política; Relações institucionais.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Movimentos Sociais.
2001 - 2003
Mestrado em Ciência Política.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Política em Comunidade. Participaçao kaingang na implementaçao política da saúde indígena,Ano de Obtenção: 2003.
Orientador: Valeriano Mendes Ferreira Costa.
Bolsista do(a): Fundacion Konrad Adenauer, FKA, Alemanha.
Palavras-chave: Participaçao Política.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Informação e comunicação; Administração pública, defesa e seguridade social.
1992 - 1997
Graduação em Comunicaçao Social.
Universidad Centroamericana, U.CENTROAMERICA, Nicarágua.
Título: Manejo de las informaciones de carácter social en la TV nicaraguense.


Pós-doutorado


2016 - 2018
Pós-Doutorado.
Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional, IPPUR, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional / Subárea: Serviços Urbanos e Regionais / Especialidade: Aspectos Sociais do Planejamento Urbano e Regional.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador de Pós-Doutorado


Universidad Centroamericana, U.CENTROAMERICA, Nicarágua.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Horista, Carga horária: 2
Outras informações
Professor titular em condição de horista no Departamento de Sociologia para a Disciplina de Sociologia Latino-Americana

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor na Faculdade de Comunicação, Carga horária: 6


Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de Doutarado - Pesquisador, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidad de Ciencias Comerciales, UCC, Nicarágua.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor horista, Carga horária: 8
Outras informações
Professor horista para a Especialização de Comunicação para o Desenvolvimento na disciplina de Teoria da Mudança Social


Intermon Oxfam, IO, Nicarágua.
Vínculo institucional

2006 - 2011
Vínculo: Responsável de Programa, Enquadramento Funcional: Responsável de Advocacy, Carga horária: 40
Outras informações
Intermón Oxfam é uma organização internacional da origem europeia, e membro da confederação Oxfam Internacional, com projetos de cooperação para ONGs e Movimentos Sociais que atuam em países em desenvolvimento. Na Nicarágua, a IO desenvolve projetos de cooperação para pequenas cooperativas rurais, movimentos de mulheres, ONGs e Centros de Pesquisa. Uma destas linhas é a área de influência política e campanhas sociais, sob a minha coordenação. Nesta instituição tenho experiência em: ? Apoio no planejamento de ações para o trabalho de lobby e mobilização de organizações sociais, aliadas da Oxfam na América Central ? Coordenação para o planejamento de campanhas em orçamentos públicos ? Participação em espaços regionais, com temáticas diversas (negociações comerciais, e campanhas em orçamentos públicos) ? Apoio no planejamento de programas de cooperação ao desenvolvimento com estratégias de Advocacy


El Nuevo Diario, END, Nicarágua.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Jornalista, Enquadramento Funcional: Editor Seção Política, Carga horária: 40
Outras informações
? Planejamento e acompanhamento da agenda política do jornal ? Responsável da equipe de jornalistas da redação política ? Responsável pelas entrevistas políticas da edição de Domingo ? Coordenador da cobertura on-line (blog, multi-mídia, etc.)


La Prensa, LP, Nicarágua.
Vínculo institucional

1997 - 2000
Vínculo: Jornalista, Enquadramento Funcional: Jornalista para o Congresso, Seção Políti, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


La Tribuna, LT, Nicarágua.
Vínculo institucional

1996 - 1997
Vínculo: Jornalista, Enquadramento Funcional: Jornalista da redação Política, Carga horária: 40


Universidad Juan Pablo II, UJP, Nicarágua.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor horista, Carga horária: 4



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Urban Regimes and Citizenship: A case study for an innovative approach
Descrição: This research Project ?Urban regimes and citizenship: a case study for an innovative approach?, targeting the research field ?Urban development?, is a innovative research effort to understand the main challenges of metropolitan governance and urban management in Brazilian cities and to set up an innovative and targeted approach of citizenship education. We propose a theoretical and methodological framework to understand the characteristics of the dominant coalitions located in the city of Rio de Janeiro and the impact of their decisions on urban policies. The research aims to investigate how these coalitions, which change over time, have created obstacles to building democratic and participatory forms of governances in the territorial scale of the metropolitan area of Rio de Janeiro. To this end, we will adopt an analytical framework based upon the theory of urban regimes, widely accepted in Political science and Anglo-Saxon urban geography, complemented by the citizenship conceptualization. The project will use methodological recommendations employed in existing studies and adapt some formulations to the economic, political and institutional context in Brazil, trying to understand what are the bargaining conditions governing the terms of cooperation between public and private actors in Rio de Janeiro..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Humberto Mario Meza - Integrante / Luiz Cesar Queiroz Ribeiro - Coordenador / Ana Paula Carvalho - Integrante.
Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MEZA, HUMBERTO2016 MEZA, HUMBERTO; TATAGIBA, LUCIANA . Movimentos sociais e partidos políticos: as relações entre o movimento feminista e o sistema de partidos na Nicarágua (1974-2012). Opiniao Publica, v. 22, p. 350-384, 2016.

Capítulos de livros publicados
1.
MEZA, HUMBERTO. Relaciones y Autonomia. Caracterizaciones de un desafío teórico en el caso del movimiento de mujeres de Nicaragua. In: Botero Felipe; Garcia Sanchez Miguel; Willis-Otero Laura; Barrero Fredy. (Org.). Dinamismo y Diversidad en la ciencia política latinoamericana. 1ed.Bogota: UNIANDES, 2016, v. , p. 107-136.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MEZA, HUMBERTO. El Saldo democrático de las protestas. Revistas Confidencial, 03 nov. 2015.

2.
MEZA, HUMBERTO. La marcha de la CSJ o la artificialidad del activismo. Revista Confidencial, 03 jul. 2014.

3.
MEZA, HUMBERTO. Participación y representación en la reforma de Ortega. Revista Confidencial, 10 nov. 2013.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MEZA, HUMBERTO. Márgenes en redefinición. El efecto de la incorporación de la agenda de género en los partidos políticos de Nicaragua entre 2007 ? 2011. In: X Seminário Internacional 'Fazendo Gênero'. Desafios Atuais dos Feminismos, 2013, Florianópolis, SC. X Seminário Internacional Fazendo Gênero, 2013.

Apresentações de Trabalho
1.
MEZA, HUMBERTO. Transformando las disputas El lugar de la movilización feminista 35 años después de la revolución sandinista. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
MEZA, HUMBERTO. Reflexões em torno a uma disputa. O desafio das relações políticas do movimento de mulheres da Nicarágua no marco do governo da FSLN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
MEZA, HUMBERTO. Relaciones y Autonomía. Caracterizaciones de un desafío teórico en el caso del movimiento de mujeres de Nicaragua. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
MEZA, HUMBERTO. Márgenes en redefinición. El efecto de la incorporación de la agenda de género en los partidos políticos de Nicaragua entre 2007 - 2011. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Bancas




Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
MEZA, HUMBERTO; GOMEZ, J. P.; MATAMOROS, E.. Acciones colectivas en asentamientos informales en la ciudad de Managua. 2016. Universidad Centroamericana.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VII Seminario Internacional Políticas de la Memoria. Transformando las disputas. El lugar de la movilización feminista 35 años después de la revolución sandinista. 2014. (Congresso).

2.
VII Encuentro Asociación Latinoamericana de Ciencia Política (ALACIP). Relaciones y Autonomía. Caracterizaciones de un desafío teórico en el caso del movimiento de mujeres de Nicaragua. 2013. (Congresso).

3.
X Seminário Internacional Fazendo Gênero: "Desafios Atuais dos Fe Feminismos".Márgenes en redefinición. El efecto de la incorporación de la agenda de género en los partidos políticos de Nicaragua entre 2007 - 2011. 2013. (Seminário).

4.
XXXI International Congress of the Latin American Studies Association. Reflexões em torno a uma disputa. O desafio das relações políticas do movimento de mulheres da Nicarágua no marco do governo da FSLN. 2013. (Congresso).

5.
Participação da sociedade civil na arquitetura da cooperação internacional ao desenvolvimento.Definição da agenda social pré-Accra e pós- Declaração de Paris. 2007. (Encontro).

6.
Os processos de negociação do livre comércio entre União Européia e América Central. As estratégias das organizações européias face às negociações. 2006. (Congresso).

7.
Pobreza na América Latina e no Caribe: Um desafio para a cidadania e para a Democracia.Entre o social e o Público. Notas sobre o Estatuto Político da Pobreza. As experiências no Brasil e na Nicarágua. 2004. (Seminário).

8.
National narratives in a globalized world. Political formations on Latin-American?s domestic indigenous relationships. 2001. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/02/2019 às 22:19:29