Diogo Araujo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0989727151132937
  • Última atualização do currículo em 26/03/2017


Graduação em Design, com habilitação em Design de Produto, pelo Centro Universitário Senac (2012) e Mestrado em Design - área de concentração em design, arte e tecnologia - pela Universidade Anhembi Morumbi. Atua como designer gráfico e de produto, com forte interesse em arte, design, fotografia, arquitetura, moda e comunicação. Pesquisador no campo da arte e do design, trabalha atualmente com desenvolvimento de produto no ramo de brinquedos e tecnologia têxtil. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Diogo Araujo
Nome em citações bibliográficas
ARAUJO, D.


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2016
Mestrado em Design.
Universidade Anhembi Morumbi, UAM, Brasil.
Título: Fricções entre Design e a Cidade Contemporânea: Espaço Público, Mobilidade Urbana e Ativismo em São Paulo,Ano de Obtenção: 2016.
Orientador: Priscila Almeida Cunha Arantes.
Bolsista do(a): Univerisdade Anhembi Morumbi, UAM, Brasil.
Palavras-chave: design; cidade; Mobilidade; Espaço Público; Ativismo.
2009 - 2012
Graduação em Design Industrial.
Centro Universitário Senac, SENAC, Brasil.
Título: Materialização da noção de tempo.
Orientador: Myrna de Arruda Nascimento.
Bolsista do(a): Centro Universitário Senac, SENAC, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Anhembi Morumbi, UAM, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Centro Universitário Senac, SENAC, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Projetos de pesquisa


2014 - 2016
Fricções entre design e a cidade contemporânea: espaço público, mobilidade urbana e ativismo em São Paulo.
Descrição: Esta dissertação de mestrado busca fazer uma breve reflexão sobre questões que envolvam as dinâmicas de mobilidade na cidade de São Paulo, o uso e apropriação do espaço público e as demais reverberações problematizadas por coletivos e movimentos culturais e artísticos dentro desse cenário. A partir de tais práticas, a pesquisa visa também, entender a repercussão e as iniciativas que buscam desenvolver projetos de design e ações acerca da atual situação da cidade, seja por parte da Gestão Municipal e seus programas de desenvolvimento urbano, ou por meio de práticas independentes de grupos que trabalham com a tríade design, ativismo e políticas públicas urbanas em prol da vida urbana e do direito à cidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Diogo Araujo - Coordenador / Priscila Almeida Cunha Arantes - Integrante.
2011 - 2012
Projetar, arquitetar, designar. A experimentação como denominador comum na produção de produtos arquitetônicos e de design de Marcel Breuer
Descrição: Este projeto de Iniciação Científica pode ser considerado uma segunda etapa de um estudo já concretizado sobre a produção mobiliária de Marcel Breuer, tanto como aluno e professor da Escola Bauhaus, quanto como sua trajetória a partir desta, e a influência que seus mestres e colegas de trabalho exerceram diante de sua produção. Esta pesquisa explora e analisa os produtos arquitetônicos de Breuer e estabelece assim, relações e hipóteses entre seu mobiliário, arquitetura e artistas, arquitetos e designers que tiveram influência e participação, seja ela direta ou não, em sua produção..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
Arte, Técnica e Design: a experimentação como princípio na produção de Marcel Breuer
Descrição: Este projeto de Iniciação Científica estuda e analisa a produção do designer Marcel Breuer a partir de sua formação na Bauhaus, bem como sua atuação como professor desta escola, e a proposta pedagógica que desenvolveu a partir de suas experiências pessoais. Explora as experimentações desenvolvidas pelo designer a partir de materiais específicos, técnicas particulares, ou mesmo procedimentos de fabricação que inauguraram novos paradigmas na produção de mobiliário do século XX. Através desta pesquisa busca-se compreender o papel da experimentação dentro do processo de relações que se estabelecem entre arte e técnica entendendo que o método experimental, enquanto método científico, desencadeia processos cognitivos e ampara a produção de conhecimento deste pesquisador sobre Design, tendo como ponto de partida e interesse o mobiliário e a atuação pedagógica de Marcel Breuer..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2010
Artesanato e Indústria: transcrição e tradução de procedimentos conceptivos e processos produtivos
Descrição: O projeto baseia-se no estudo de técnicas artesanais, modelagem e moldagem de argila, a fim de transferir projetos artesanais e experimentais, em modelos e moldes visando uma produção em escala industrial, por meio de desenhos técnicos e prototipagem, envolvendo softwares e equipamentos digitais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Apresentações de Trabalho
1.
ARAUJO, D.. DESIGN E MOBILIDADE: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O PROJETO ?PRAÇAS (IM)POSSÍVEIS?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
ARAUJO, D.. Design. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
ARAUJO, D.. A experimentação como princípio na produção de Marcel Breuer. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
ARAUJO, D.. Artesanato e Indústria: transcrição e tradução de procedimentos conceptivos e processos produtivos.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
ARAUJO, D.. Fricções entre design e a cidade contemporânea: espaço público, mobilidade urbana e ativismo em São Paulo 2016 (Dissertação de Mestrado).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I CONGRESSO INTERNACIONAL I VII WORKSHOP DESIGN & MATERIAIS. DESIGN E MOBILIDADE: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O PROJETO ?PRAÇAS (IM)POSSÍVEIS?. 2016. (Congresso).

2.
Seminário Semestral do PPG Design Mestrado e Doutorado.Fricções entre design e a cidade contemporânea: espaço público, mobilidade urbana e ativismo em São Paulo. 2016. (Seminário).

3.
Arte e Cultura de Moda na Aparência Contemporânea. 2015. (Encontro).

4.
Digressões sobre Corpo, Arte, Sagrado. 2015. (Encontro).

5.
Empreendedorismo e Identidade de Marca. 2015. (Outra).

6.
Entre o individual e o coletivo na arquitetura e no design. 2015. (Encontro).

7.
Expressões visuais e intervenções urbanas: design gráfico, ativismo e manifestação visual. 2015. (Outra).

8.
Materialidade e imaterialidade no espaço da cidade contemporânea. 2015. (Encontro).

9.
O processo criativo: Passion and Violence. 2015. (Encontro).

10.
O Sistema da Moda e as Bienais de Arnhem. 2015. (Encontro).

11.
Sobre o infinitamente pequeno e as sensações das coisas mínimas: design e arte nas novas configurações do sensível. 2015. (Seminário).

12.
AHORA Y SIEMPRE: pesquisas em design de moda da concepção à materialização. 2014. (Encontro).

13.
Animação, games e transmídia: interfaces e tecnologias. 2014. (Seminário).

14.
Arte, design e arquivo: práticas de pesquisas experimentais e generativas. 2014. (Seminário).

15.
As possibilidade de formas modeladas no papel. 2014. (Encontro).

16.
Design Thinking. 2014. (Seminário).

17.
Hipóteses de design entre a produção tradicional e novas técnicas de produção. 2014. (Seminário).

18.
O redesign do corpo: aspectos projetuais nas intervenções corporais de Orlan. 2014. (Encontro).

19.
Percepção, sentidos e experiência. 2014. (Encontro).

20.
Exposição Design em 3D. Design em 3D. 2011. (Exposição).

21.
TAM Projeto D.Projeto ART. 2011. (Oficina).

22.
VI Congresso de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística do Centro Universitário Senac. A Experimentação como princípio na produção de Marcel Breuer. 2011. (Congresso).

23.
IV Congresso Internacional da Associação Brasileira de Estudos Semióticos. 2010. (Congresso).

24.
V Congresso de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística do Centro Universitário Senac. Artesanato e Indústria: transcrição e tradução de procedimentos conceptivos e processos produtiivos. 2010. (Congresso).

25.
1º Simpósio de Arquitetura e Urbanismo SENAC.O Arquiteto e a Cidade Contemporânea. 2009. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ARAUJO, D.. DCzz/design e conspiração: ziguezagues entre Arte e Filosofia. 2016. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 6:33:31