Giorgia Cecchinato

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8233662719868870
  • Última atualização do currículo em 13/11/2018


Giorgia Cecchinato (Padova, 1974) possui graduaçao em Filosofia pela Università degli studi di Padova (2001) e doutrorado (2009) em Filosofia pela Ludwig-Maximilians-Universität em Munique. Foi Pesquisadora e encarregada de ensino na Ludwig-Maximilians-Universität em Munique (2007-2008) e bolsista DAAD na Universidade Federal do Paraná. Foi pesquisadora na Università degli studi di Padova (2008-2009). Atualmente é professora adjunta de estética na UFMG Atua sobretudo na área de Filosofia Moderna, com destaque nos seguintes temas: Kant, Idealismo alemão, filosofia do século 18, em suas implicações estéticas e morais. É autora da monografia Das Problem einer Ästhetik bei Fichte, Würzburg, 2009; e de outros ensaios e artigos sobre questões e problemas do Idealismo alemão. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Giorgia Cecchinato
Nome em citações bibliográficas
CECCHINATO, G.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.
Av. Antonio Carlos 6627
Pampulha
31270901 - Belo Horizonte, MG - Brasil
Telefone: (031) 3409
Ramal: 5089
URL da Homepage: https://filosofia.fafich.ufmg.br/pessoas/giorgia-cecchinato/


Formação acadêmica/titulação


2002 - 2007
Doutorado em Filosofia Moderna.
Ludwig-Maximilians-Universität München, LMU, Alemanha.
Título: Das Problem einer Ästhetik bei Fichte, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Prof. Dr. Günter Zöller.
Grande área: Ciências Humanas
1995 - 2001
Mestrado em Laurea in filosofia.
Università degli Studi di Padova, UNIPD, Itália.
Título: La Urteilskraft nelle prime due Critiche kantiane,Ano de Obtenção: 2001.
Orientador: Franco Chiereghin.


Pós-doutorado


2015 - 2016
Pós-Doutorado.
Università degli studi di Ferrara, UNIFE, Itália.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literaturas Estrangeiras Modernas.


Atuação Profissional



Universitat de València, UV, Espanha.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Università degli studi di Ferrara, UNIFE, Itália.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Estadual Paulista, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: contrato, Carga horária: 4
Outras informações
Atividade: ensino, estética Nível: pós-graduação.


Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: contrato, Carga horária: 4
Outras informações
Atividade: ensino, estética Nível: pós-graduação

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: contrato
Outras informações
Ministrou a palestra Traição e Rememoração. Reflexões sobre a experiência estética a partir da Fenomenologia do Espírito, por conta do Ciclo de Palestras "A Vida fala de Arte", em 22 de abril de 2010, com carga horária de 2 horas.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: contrato, Carga horária: 12
Outras informações
Atividade: ensino, estética Nível: graduação e pós- graduação.

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: contrato, Carga horária: 12
Outras informações
Atividade: ensino, estética Nível: graduação e pós- graduação.


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: contrato, Carga horária: 30
Outras informações
Ministrou a disciplina Tópicos Especiais: O belo após o fim da arte, no período de 03 a 05 de maio de 2010, totalizando 30 horas.


Università degli Studi di Padova, UNIPD, Itália.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisa, Carga horária: 20
Outras informações
Atividade de pesquisa e desenvolvimento com função de auxilio de ensino na cátedra de Estética.

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Doutora, Auxiliar de ensino, Carga horária: 5
Outras informações
Atividade: auxilio aos estudantes

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Studenten Tutorium, Enquadramento Funcional: Doutora, Auxiliar de ensino, Carga horária: 5
Outras informações
Atividade: auxilio aos estudantes.


Ludwig Maximilian University, LMU, Alemanha.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Doutora encarregada de ensino, Carga horária: 5
Outras informações
Atividade: ensino, estética Nível: graduação



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Sensus Communis e lugar de fala
Descrição: A partir de uma análise histórico conceitual do conceito de sensus communis em Kant. O objetivo da pesquisa é o de entender a riqueza e as articulações do conceito de sensus communis em Kant. A importância de compartilhar conhecimentos, leis morais e juízos estéticos é o ponto central das três críticas que visam fundamentar a ciência, salvar a metafísica, mostrar a base da lei moral e viver num mundo de sentimentos e fins compartilhados. A peculiar maneira com que Kant pensa a necessidade de compartilhar cada experiência e, além da experiência particular, de compartilhar um mundo, pode, essa a proposta do projeto, ajudar no aprofundamento e, eventualmente no apontamento dos limites da questão contemporânea acerca do ?lugar de fala?..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
KANT in South America
Descrição: Projeto submetido à Commissão Europeia no âmbito da chamada HORIZON 2020, MSCA RISE 2017 envolvendo um consórico de 4 universidades europeias e 4 sul-americanas sobre o pensamento de Kant na America Latina.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Sensus Communis e lugar de fala
Descrição: A partir de uma análise histórico conceitual do conceito de sensus communis em Kant. O objetivo da pesquisa é o de entender a riqueza e as articulações do conceito de sensus communis em Kant. A importância de compartilhar conhecimentos, leis morais e juízos estéticos é o ponto central das três críticas que visam fundamentar a ciência, salvar a metafísica, mostrar a base da lei moral e viver num mundo de sentimentos e fins compartilhados. A peculiar maneira com que Kant pensa a necessidade de compartilhar cada experiência e, além da experiência particular, de compartilhar um mundo, pode, essa a proposta do projeto, ajudar no aprofundamento e, eventualmente no apontamento dos limites da questão contemporânea acerca do ?lugar de fala?..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Historia Conceptual y crítica de la Modernidad
Descrição: Descripción de la actividad investigadora: Nuestro grupo de investigación se basa en los proyectos de investigación competitivos en los que hasta ahora hemos trabajado. Nuestro proyecto actual de investigación, HACIA UNA HISTORIA CONCEPTUAL COMPRENSIVA: GIROS CULTURALES Y FILOSÓFICOS (FF2011-24473), continúa el anterior TEORÍAS Y PRÁCTICAS DE LA HISTORIA CONCEPTUAL: UN RETO PARA LA FILOSOFÍA (HUM2007-61018-FISO), y aspira a profundizar en las dimensiones y en los límites de las diferentes variantes de la Historia Conceptual; no sólo como una metodología sino también como una teoría de la modernización primordialmente en tres grandes cuestiones: 1) La indeterminación del lenguaje en la referencia al mundo. 2) El valor cognoscitivo de la historicidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Giorgia Cecchinato - Coordenador / Gaetano Rametta - Integrante / Giovanna Pinna - Integrante / Faustino Oncina Coves - Integrante.
2015 - Atual
Ironia dos gêneros
Descrição: A pesquisa proposta tem como intuito uma análise filosófica do romance Lucinde de F. Schlegel e do seu contexto histórico filosófico, tendo em vista em particular a importância do conceito de ironia na elaboração e na compreensão de uma obra tão peculiar que recolhe e elabora as experiências de pesquisa, de pensamento e de vida do autor na época da sua estada em Dresda, Jena e no começo da sua estada em Berlim (1792-1801). A complexidade do conceito de ironia, desenvolvida a partir do estudo e da crítica á filosofia fichteana, permite uma abordagem nova, fecunda e flexível á arte, pensada como expressão máxima da filosofia, ao amor que é o tema próprio do romance, à educação, entendida como Bildung, que no amor encontra um paradigma fundamental e, enfim no modo de entender a relação entre homens e mulheres, ou melhor entre gêneros os quais para Schlegel nada mais são do que construtos culturais. Em relação a este último aspecto queremos enfocar a atualidade do pensamento de F. Schlegel também relação á assim chamada filosofia de gênero..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Filosofia na Praça
Descrição: O Projeto Filosofia na Praça tem como objetivos abrir à comunidade geral o acesso à pesquisa filosófica realizada na UFMG, bem como contribuir para a formação de profissionais graduados de todas as áreas a partir da reflexão sobre questões relevantes da cultura contemporânea e da atualização e aprofundamento em temas específicos de filosofia.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Giorgia Cecchinato - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2018 - Atual
Periódico: KRITERION
2017 - Atual
Periódico: ESTUDOS KANTIANOS
2016 - Atual
Periódico: Revista de Estudios sobre Fichte / Revista de Estudos sobre Fichte
2014 - Atual
Periódico: OUTRAMARGEM
2013 - Atual
Periódico: Cadernos de Filosofia Alemã


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.


Idiomas


Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CECCHINATO, G.2018CECCHINATO, G.. Sublime e pintura no primeiro esboço de sistema de Fichte em comparação com Kant.. Tópicos, Revista de Filosofia, v. 54, p. 201-214, 2018.

2.
CECCHINATO, G.2017CECCHINATO, G.. Ironia dos gêneros em Lucinde de Friedrich Schlegel. DISCURSO, v. 47, p. 169, 2017.

3.
CECCHINATO, G.2017CECCHINATO, G.. Il labirinto e l?artista. La sfinge e la statua nelle Lezioni di Estetica di G.W.F. Hegel. NUNTIUS ANTIQUUS, v. 13/2, p. 215, 2017.

4.
CECCHINATO, G.2017CECCHINATO, G.. Ugly and Interested Art. Modernity, Freedom and democratization of taste in F. Schlegel. Revista de Estudios sobre Fichte / Revista de Estudos sobre Fichte, v. 15, p. 1-7, 2017.

5.
CECCHINATO, G.2015CECCHINATO, G.. O impulso lúdico e o espaço político em F. Schiller. Ipseitas, v. 1, p. 159-165, 2015.

6.
CECCHINATO, G.2015CECCHINATO, G.. FICHTE: O PAPA DA NOVÍSSIMA ESTÉTICA? PESQUISA ENTORNO A UMA CARICATURA E AO SEU CONTEXTO. REVISTA DE FILOSOFIA: AURORA, v. 27, p. 675-688, 2015.

7.
CECCHINATO, G.2014CECCHINATO, G.. Le problème d?une esthétique chez Fichte. Fichte-Studien (Amsterdam), v. 41, p. 97-124, 2014.

8.
CECCHINATO, G.2014CECCHINATO, G.. Sobre o interesse sentimantal para o ingênuo em Schiller a partir de uma nota sobre Kant. Viso : Cadernos de Estética Aplicada, v. 15, p. 152-171, 2014.

9.
CECCHINATO, G.2013CECCHINATO, G.. Weder Historismus noch Hegelianismus Fichte in der Existenzphilosophie Luigi Pareysons. Fichte-Studien (Amsterdam), v. 38, p. 103-112, 2013.

10.
CECCHINATO, G.2013CECCHINATO, G.. Traição e re-memoração. Reflexões sobre a experiência estética com base na Fenomenologia do espírito. Discurso, v. 42, p. 183-220, 2013.

11.
CECCHINATO, G.2009CECCHINATO, G.. A dimensão universal e intersubjetiva da felicidade em Kant. Studia Kantiana (Rio de Janeiro), v. 9, p. 78-81, 2009.

12.
CECCHINATO, G.2009CECCHINATO, G.. Il più nobile fiore dell?umanità?.Riflessioni sul Giudizio di Fichte sull?Ifigenia di Goethe. Fichte Online, v. 2, p. 143-156, 2009.

13.
CECCHINATO, G.2009CECCHINATO, G.. Eigene Reflexionen über die Begriffe von Kunst und Kunstwerk bei den späten Fichtein. Fichte-Studien (Amsterdam), v. 32, p. 161-169, 2009.

14.
CECCHINATO, G.2008 CECCHINATO, G.. Er-innerung e arte. Riflessioni sull?esperienza estetica a partire dalla Fenomenologia dello Spirito. Verifiche, v. XXXVII, p. 201-223, 2008.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
FERREIRA, D. P. (Org.) ; CECCHINATO, G. (Org.) ; Costa R. (Org.) . Os Fins da arte. I. ed. Belo Horizonte: , 2018. v. 1. 196p .

2.
KAUARK LEITE, P. (Org.) ; CECCHINATO, G. (Org.) ; FIGUEIREDO, V. A. (Org.) ; RUFFING, M. (Org.) ; SERRA, A. (Org.) . Kant and the Metaphors of Reason. 1. ed. HILDESHEIM · ZÜRICH · NEW YORK: GEORG OLMS VERLAG, 2015. v. 1. 605p .

3.
FREITAS, V. (Org.) ; Duarte, R.A.P. (Org.) ; CECCHINATO, G. (Org.) ; VIEIRA, C. (Org.) . Gosto, interpretação e crítica. 1. ed. Belo Horizonte: Relicário Edições, 2014. v. 1. 244p .

4.
CECCHINATO, G.. Fichte und das Problem einer Ästhetik.. 1. ed. Wurzburg: Ergon Verlag, 2009. v. 1. 127p .

Capítulos de livros publicados
1.
CECCHINATO, G.. QUÉ ES EL PRIMER ROMANTICISMO ALEMÁN EN ÚLTIMO TÉRMINO?: SOBRE EL USO DEL MÉTODO DE LA KONSTELLATIONSFORSCHUNG. In: F.Oncina Coves. (Org.). Costelaciones. 1ed.Valencia: Pre-Textos, 2017, v. , p. 123-140.

2.
CECCHINATO, G.. Il Romanticismo. In: G.Gentile; L.Ronga; M. Bertelli. (Org.). Skepsis. La filosofia come ricerca. 1ed.Torino: Il Capitello, 2016, v. 2B, p. 1-672.

3.
CECCHINATO, G.. Liebe macht die Welt schön. Menschenliebe als Analogon des ästhetischen Schönen in Kants Metaphysik der Sitten .. In: PATRICIA KAUARK-LEITE; GIORGIA CECCHINATO; VIRGINIA DE ARAUJO FIGUEIREDO; MARGIT RUFFING; ALICE SERRA. (Org.). Kant and the Metaphors of Reason. 1ed.HILDESHEIM · ZÜRICH · NEW YORK: GEORG OLMS VERLAG, 2015, v. 113, p. 1-605.

4.
CECCHINATO, G.. Champagne Does not Produce Poetry. Er-innerung and Gedächtnis in Hegel?s Theory of the Artistic Genius. In: V. Ricci, F. Sanguinetti. (Org.). Hegel on Recollection: Essays on the Concept of Erinnerung in Hegel?s System, Edited by Valentina Ricci and Federico Sanguinetti. 1ed.Newcastle upon Tyne: Cambridge Scholars Publishing, 2013, v. , p. 159-179.

5.
CECCHINATO, G.. L'ingenuo è interessante? Riflessioni sull'ingenuo e il sentimentale a partire da alcune note riferite a Kant. In: A. L. Siani, G. Tomasi. (Org.). Schiller lettore di Kant. 1ed.Pisa: ETS, 2013, v. , p. 109-130.

6.
CECCHINATO, G.. Erhabenheit und Zeitlichkeit. Die Farbenlehre Fichtes im Vergleich mit dem Spätwerk J. W. Turners. In: Thomas Kisser. (Org.). Bild Und Zeit.Temporalität in Kunst und Kunsttheorie seit 1800. München: Wilhelm Fink Verlag, 2010, v. , p. 223-235.

7.
CECCHINATO, G.. Form and Colour in Kant?s and Fichte?s Theories of Beauty. In: D. Breazeale, T. Rockmore. (Org.). Fichte, German Idealism and Early Romanticism. Amsterdam-New York: Rodopi, 2010, v. 24, p. 63-81.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CECCHINATO, G.. Musica e silencio em Kant. In: Colóquio Kant de Marília, Kant e musica, 2010, Marília SP. Kant e Musica. São Paulo: Bancarolla, 2010. p. 115-128.

2.
CECCHINATO, G.. Die Praktische Urteilskraft und das Gesetz der Freiheit, in Recht und Frieden in der Philosophie Kants,. In: X Congresso Kant Internacional, 2008, São Paulo. X Congresso Kant Internacional, 2008, São Paulo. Akten des X. Internationalen Kant-Kongresses Sao Paulo 2005., 2008. v. 3. p. 71-81.

Apresentações de Trabalho
1.
CECCHINATO, G.. Fichtes Praktische Philosphie. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
CECCHINATO, G.. O filosofo crítico é um gênio. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
CECCHINATO, G.. The duty to share. Kant on sensus communis.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
CECCHINATO, G.. Ironia dos gêneros e mulheres do romantismo. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
CECCHINATO, G.. Argos e o animal anfíbio. Equívocos e acertos da interpretação que Pippin oferece da Estética de Hegel no livro After the beautiful. Hegel and the philosophy of pictorial modernism.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
CECCHINATO, G.. Contra o Naturalismo na arte. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
CECCHINATO, G.. O dever de compartilhar e a necessidade de discutir. Sobre a finalidade intesubjetiva do gosto.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
CECCHINATO, G.. The actuality of sensus communis. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
CECCHINATO, G.. Ironia dos gêneros. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
CECCHINATO, G.. O Sublime e as Cores em J.G. Fichte e W. Turner. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
CECCHINATO, G.. The End of Time and the Antichrist :Images of the End of the World. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
CECCHINATO, G.. Qué es, en realidad, el primer romanticismo alemán? En diálogo con Manfred Frank. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
CECCHINATO, G.. A Idéia e a imagem. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
CECCHINATO, G.. Beyond the antinomies: The Moral Onment. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
CECCHINATO, G.. Traição e Rememoração. Reflexões sobre a experiência estética a partir da Fenomenologia do Espírito. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
CECCHINATO, G.. CECCHINATO G., Recordação e Traição. Reflexões sobre a Experiência Artística a partir da Fenomenologia do Espírito de Hegel. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
CECCHINATO, G.. Música e silêncio em Kant. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
CECCHINATO, G.. Il ruolo della felicità nella deliberazione pratica. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
CECCHINATO, G.. Esperienza artistica e sapere assoluto.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
CECCHINATO, G.. Fundação do juízo de gosto e moralidade.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
CECCHINATO, G.. A bela alma e a morte da arte. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
CECCHINATO, G.. Sviluppi sistematici dell?estetica kantiana.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
CECCHINATO, G.. Erhabenheit und Zeitlichkeit in dem ersten Systementwurf Fichtes.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
CECCHINATO, G.. Weder Hegelianismus noch Historismus. Fichte in der Philosophie der Existenz von Luigi Pareyson.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
CECCHINATO, G.. Die praktische Urteilskraft und das Gesetz der Freiheit. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

26.
CECCHINATO, G.. Form and Colour in Kant?s and Fichte?s Theories of Beauty. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
CECCHINATO, G.. Fichtes Ästhetik. Eigene Reflexionen über die Begriffe von Kunst und Kunstwerk bei den späten Fichte.. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
CECCHINATO, G.; FERRAGUTO, F. . Estudos Hegelianos. Rio de Janeiro, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

2.
CECCHINATO, G.. Prefácio. Rio de Janeiro, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

3.
CECCHINATO, G.. Apresentação. Belo Horizonte, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

4.
CECCHINATO, G.. Prefácio. Rio de Janeiro, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

5.
CECCHINATO, G.. Outramargem, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

6.
CECCHINATO, G.. Resenha de Laura Anna Macor, Il giro fangoso dell?umana destinazione. Friedrich Schiller dall?illuminismo al criticismo. Pisa 2010 (Artigo).

7.
CECCHINATO, G.. Resenha de Hans-Jörg Sandkühler. Milão 2007 (Artigo de revista).

8.
CECCHINATO, G.. Protocollo dell?incontro seminariale 2006 (Protocolo).

9.
CECCHINATO, G.. Resenha de Immanuel Kant, Johann Gottlieb Fichte, Johann A. H. Reimarus, L?autore e i suoi diritti. 2006 (Scritti polemici sulla proprietà intellettuale).

10.
CECCHINATO, G.. Resenha de Franco Chiereghin, L?eco della caverna. Ricerche di logica e di filosofia della mente. Frankfurt: Klostermann, 2004 (Capítulo de livro).

11.
CECCHINATO, G.. Kant e la pace perpetua in filosofia in Gaetano Rametta (org.) Filosofia e guerra nell?età dell?idealismo tedesco. Milão 2003 (Artigo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
CECCHINATO, G.. Tranformação. 2012.

2.
CECCHINATO, G.. Tropos. Rivista di ermeneutica e critica filosofica. 2012.

3.
CECCHINATO, G.. Kriterion. 2011.


Demais tipos de produção técnica
1.
CECCHINATO, G.; FERRAGUTO, F. . Estudos Hegelianos, número especial Hegel e Fichte. 2017. (Editoração/Periódico).

2.
CECCHINATO, G.. Filosofia na Praça. Degustação de vinho como experiência estética. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
CECCHINATO, G.. Estética ambiental. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

4.
CECCHINATO, G.. Curso ERASMUS MUNDUS. Construir o Eu. A nova methodo de J.G. Fichte. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CECCHINATO, G.; FREITAS, V.; VACCARI, U. R.. Participação em banca de Rafael Sellamano Silva. O cinema transcendental: um debate acerca das relações espaço-temporais no cinema a partir de Theodor W. Adorno.. 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
Duarte, R.A.P.; CECCHINATO, G.. Participação em banca de Ana Rita Nicoliello. Estética da experiência, corpo e democracia. Uma abordagem do Contato Improvisação a partir das considerações filosóficas de John Dewey. Universidade Federal de Minas Gerais. 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
CECCHINATO, G.; GUMARAES, B.; ALVES JUNIOR, D. G.. Participação em banca de Clécio Luiz Silva Júnior. O sublime e o trágico no projeto de educação estética de Schiller. 2016. Dissertação (Mestrado em Estética e Filosofia da Arte) - Universidade Federal de Ouro Preto.

4.
CECCHINATO, G.; FIGUEIREDO, V. A.. Participação em banca de HUDSON DE OLIVEIRA ASSIS. A FORÇA CRÍTICA DA REFLEXÃO KANTIANA E A POSSIBILIDADE DE SUA UTILIZAÇÃO NA CRÍTICA DA ARTE CONTEMPORÂNEA. 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
VIEIRA, L.; CECCHINATO, G.; M. Moreira. Participação em banca de Gabriel Almeida Assumpção. Os postulados da razão prática pura e seu sentido antropológico. 2015. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
CECCHINATO, G.; FREITAS, V.; VACCARI, U. R.. Participação em banca de Fabiano Leite França. O popular e o erudito em Theodor Adorno: A situação da música no contexto da indústria cultural.. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
HORTA, J. L. B.; CECCHINATO, G.; SUSSEKIND, P.. Participação em banca de Gabriel Lago de Sousa Barroso. Arte e Política no Romantismo alemão. 2014. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
MARQUES, U. R. A.; CECCHINATO, G.; BARROS, M. B.. Participação em banca de Oscar Vinicius Sillman Leite. Técnica da Natureza na Crítica da Faculdade de Juízo de Kant. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

9.
FIGUEIREDO, V. A.; VIEIRA, C.; CECCHINATO, G.; R.C., R. J.. Participação em banca de Leandro Lellis Matos. Simulacro e modos de vida como ruptura da Estética Moderna em Deleuze.. 2013. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

10.
HORTA, J. L. B.; CECCHINATO, G.. Participação em banca de João Paulo Medeiros Araújo. A Tragédia entre a Política e a Juridicidade: passado e futuro nas narrativas trágicas. 2012. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Federal de Minas Gerais.

11.
BARBOSA, R.; CECCHINATO, G.. Participação em banca de Fabrício Borges Macedo. Uma crítica fenomenólogica à tese de Kant sobre o ser: da linguagem utensílio á linguagem-constituição. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

12.
FIGUEIREDO, V. B.; SUZUKI, M.; CECCHINATO, G.. Participação em banca de Cidney Antonio Surdi. A idéia de beleza moral em Schiller. 2010. Dissertação (Mestrado em Universidade Federal do Paraná-Programa de Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal do Paraná.

Teses de doutorado
1.
Duarte, R.A.P.; CECCHINATO, G.; Costa R.; GUMARAES, B.. Participação em banca de Thiago Barros Gomes. Experiência como arte: John Dewey e a vanguarda artística estadunidense. 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
Duarte, R.A.P.; CECCHINATO, G.. Participação em banca de Thiago Reis dos santos. Para ser e deixar de ser: arte e vida na pós-história. 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
Pertille, J.; Zebina M.,; CECCHINATO, G.. Participação em banca de Marloren Lopes Miranda. O voo da coruja entre a luz e a sombra: acerca do saber absoluto e da possibilidade. 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
Birchal, T.; CECCHINATO, G.. Participação em banca de Andrelino Ferreira Filho. Do antifinalismo providencialista ao finalismo da natureza: o aristotelismo de Espinosa. 2018.

5.
Duarte, R.A.P.; FIGUEIREDO, V. A.; CECCHINATO, G.. Participação em banca de Rízzia Soares Rocha. O ajuizamento estético da obra de arte: Uma configuração da recepção crítica a partir de Danto e Benjamin. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
CECCHINATO, G.; SERRA, A.. Participação em banca de Omar Lucas Perroult Fortes Sales. Evento estético em Gianni Vattimo: a arquitetura da ontologia da atualidade. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
FIGUEIREDO, V. A.; CECCHINATO, G.; L.C. Osorio; P.Dolabela Chagas; H.U. Gumbrecht. Participação em banca de Mariana Lage Miranda. Tônus da Presença: por uma experiência estética de jogo. 2015. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
ZOLLER, G.; CACCIOLA, M. L. M. E. O.; TERRA, R. R.; CECCHINATO, G.. Participação em banca de Francisco Augusto de Moraes Prata Gaspar. A distância do olhar: síntese e liberdade na doutrina do Ciência de Fichte. 2015. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

9.
Duarte, R.A.P.; FIGUEIREDO, V. A.; OSóRIO, L. C.; RAMME, N.; CECCHINATO, G.. Participação em banca de Rachel Cecília de Oliveira Costa. Três questões sobre a arte contemporânea.. 2014. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

10.
CACCIOLA, M. L. M. E. O.; CECCHINATO, G.; SUZUKI, M.. Participação em banca de Ivanilde Aparecida Vieira Cardoso Fracalossi. O Fato da consciência como primeiro princípio da filosofia: teoria da representação.. 2013. Tese (Doutorado em Filosofia) - Instituto de Estudos Avançados - USP.

11.
FIGUEIREDO, V. A.; Soares E.; BARBOSA, R.; CECCHINATO, G.; NASCIMENTO, A.. Participação em banca de Arthur Eduardo Grupillo Chagas. Limites e Dissonâncias da Razão Comunicativa: uma análise a partir do "Problema da Estética".. 2012 - Universidade Federal de Minas Gerais.

12.
WERLE, M. A.; CECCHINATO, G.; SUZUKI, M.. Participação em banca de Ulisses Rezzante Vaccari. A Via Excêntrica: Hölderlin e o Projeto de uma Nova Estética. 2012. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

13.
SUZUKI, M.; CACCIOLA, M. L. M. E. O.; Brandão, E.; DISSELKOEN, H. R. O.; CECCHINATO, G.. Participação em banca de Marília Batista Cota Pacheco. O absoluto em mim e contra mim - Sobre a dialética da imaginação em Schelling: efetividade e ideal da razão. 2010. Tese (Doutorado em Doutorado) - Universidade de São Paulo.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
TEIXEIRA, M. J. G.; CECCHINATO, G.. Participação em banca de Luiza Duarte Caetano.A questão da tradução em De L'Allemagne de madame de Stäel. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Francês) - Universidade Federal de Minas Gerais.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
DUARTE, A. M.; VIEIRA NETO, P.; REPA, L.; CASANOVA, M. A.; CECCHINATO, G.. Concurso Público para provimento de professor adjunto. 2013. Universidade Federal do Paraná.

2.
R. Rothe-Neves; CECCHINATO, G.; C. Nardelli Cambraia. Banca examinadora de seleção de Professor substituto. 2012. Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
CECCHINATO, G.; BARROS, M. B.; SILVA, A. A.. banca examinadora do concurso público para Professor Assistente Doutor em RDIDP, nas disciplinas História da Arte e Filosofia da Arte I e II, 5 e 6 de abril de 2011. 2011. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Livre docência
1.
CECCHINATO, G.. Gutachten über Habilitationsverfahren. 2013. Universität Bremen Universität Bremen Fachbereich 9 Kulturwissenschaften.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
8th Edition of the Multilateral Kant Colloquium. The duty to share. Kant on sensus communis.. 2018. (Congresso).

2.
Congresso ?Hegel Hoje?. Argos e o animal anfíbio. Equívocos e acertos da interpretação que Pippin oferece da Estética de Hegel no livro After the beautiful. Hegel and the philosophy of pictorial modernism.. 2018. (Congresso).

3.
Internationale Tagung: Fichtes Entdeckung der Subjektivität.Praktische Philosophie. 2018. (Encontro).

4.
VI Congresso da Sociedade Kant Brasileira. O filosofo crítico é um gênio. 2018. (Congresso).

5.
XVI Encontro de pesquisa em filosofia da UFMG. Mulheres e filosofia.Ironia dos gêneros e mulheres do romantismo. 2018. (Encontro).

6.
Colóquio arte e estética. Contr ao Naturalismo na arte. 2017. (Congresso).

7.
Contemporary Kantian Philosophy Project: Mexico City workshop f.The actuality of sensus communis. 2017. (Simpósio).

8.
XIII Congresso brasileiro de estética. Os fins da arte. O dever de compartilhar e a necessidade de discutir. Sobre a finalidade intesubjetiva do gosto.. 2017. (Congresso).

9.
Arte e Imaginação: Duas Conferências. O sublime e as cores em J.G. Fichte e W. Turner. 2015. (Congresso).

10.
Colóquio: filosofia e literatura. Ironia dos Gêneros em Lucinde de Friedrich Schlegel. 2015. (Congresso).

11.
Jornada de Estudos sobre a Teleologia Kantiana.Teleologia e Ciência em Kant..O reino dos fins em Kant. 2014. (Encontro).

12.
V Multilateral Kant Colloquium. Kant e o Anticristo. 2014. (Congresso).

13.
IV Kant Multilateral Colloquium: Kant and the metaphors of reason.. Love makes the world beautiful. 2013. (Congresso).

14.
Segundo Congreso Internacional ALEF sobre el Pensamiento de J. G. Fichte Entre Revolución y Restauración: Fichte y la recepción romántica de su filosofía Del 13 al 15 de noviembre de 2013. Universidad Austral de Chile (Valdivia, Chile).. Fichte e as Mulheres. 2013. (Congresso).

15.
X. Kongress der Internationalen Johann Gottlieb Fichte Gesellschaft u. V.. Una filosofia scalza. 2013. (Congresso).

16.
XVII Simpósio de filosofia moderna e contemporânea.O Conceito de. 2012. (Simpósio).

17.
III Multilaterales Kant-Kolloquium: Kant und das antinomosche Denken. Beyond the antinomies: The moral onment. 2011. (Congresso).

18.
Jornada de filosofia da imagem.A imagem na filosofia de J. G. Fichte. 2011. (Encontro).

19.
Primeiro Congresso Latino-Americano sobre o pensamento de J.G. Fichte. Questões de estética na filosofia de Fichte. 2011. (Congresso).

20.
Ragione e sentimento. Schiller. L'estetica e l'etica di Kant.Schiller e la catarsi tragica. 2011. (Seminário).

21.
VI Congresso internacional da sociedade Hegel brasileira. 200 anos da Ciência da Lógica. A idéia e a imagem. 2011. (Congresso).

22.
A Vida fala de Arte.Traição e Rememoração. Reflexões sobre a experiência estética a partir da Fenomenologia do Espírito. 2010. (Encontro).

23.
I Encontro ?Perspectivas sobre a filosofia kantiana?. A felicidade como esquema?.O Conceito de felicidade em Kant. 2009. (Simpósio).

24.
II Colóquio Italo-Luso-Brasileiro, Antropologia, estética e teleologia em Kant..Il ruolo della felicità nella deliberazione pratica. 2009. (Outra).

25.
IV Colóquio Kant de Marília, ?Kant e a Musica?.Música e silêncio em Kant. 2009. (Encontro).

26.
Jornada de Idealismo Alemão.CECCHINATO G., Recordação e Traição. Reflexões sobre a Experiência Artística a partir da Fenomenologia do Espírito de Hegel. 2009. (Encontro).

27.
Kongress der Internationalen Fichte Gesellschaft. Der Begriff des Genies bei Fichte und Schelling. 2009. (Congresso).

28.
Giornata di studio su temi e problemi della filosofia hegeliana, ?Che cos?è il sapere assoluto??..Esperienza artistica e sapere assoluto.. 2008. (Outra).

29.
I Colóquio Italo-Luso-Brasileiro, ?Kant and the philosophical tradition - Kant today?..Sviluppi sistematici dell?estetica kantiana.. 2008. (Outra).

30.
I Colóquio Kant da Sociedade Kant Brasileira - seção Paraná, ?Razão e Natureza em Kant?.Fundação do juízo de gosto e moralidade.. 2008. (Outra).

31.
III Terceiro Colóquio de História da Filosofia da Universidade Estadual Paulista, ?Imaginação e Forma Artística: A Filosofia no Romantismo?..A bela alma e a morte da arte. 2008. (Outra).

32.
Kolloquium der Nachwuchsgruppe Ästhetik und Kunstphilosophie?. 2007. (Outra).

33.
Oberseminar von der Ludwig Maximilians-Universität München und der Berlin-brandenburgische Akademie der Wissenschaften an der Venice International University (VIU). 2007. (Seminário).

34.
Tagung für Doktoranden an der Venice International University, ?Schopenhauer, Schelling und die Tradition der Gelassenheit?. 2007. (Outra).

35.
Bild und Zeit. Temporalität in Bildender Kunst und Kunsttheorie um 1800 und seitdem.Erhabenheit und Zeitlichkeit in dem ersten Systementwurf Fichtes.. 2006. (Encontro).

36.
Internationaler Kongress der Internationalen Johann Gottlieb Fichte u.V. Weder Hegelianismus noch Historismus. Fichte in der Philosophie der Existenz von Luigi Pareyson. 2006. (Congresso).

37.
X International Kant Congress, ?Direito e paz na Filosofia de Kant?. Die praktische Urteilskraft und das Gesetz der Freiheit. 2005. (Congresso).

38.
Sixth conferences of the North American Fichte Society, ?Fichte and German Idealism?. Form and Colour in Kant?s and Fichte?s Theories of Beauty. 2004. (Congresso).

39.
Internationaler Kongress der Internationalen Johann Gottlieb Fichte Gesellschaft u. V.. Fichtes Ästhetik. Eigene Reflexionen über die Begriffe von Kunst und Kunstwerk bei den späten Fichte.. 2003. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CECCHINATO, G.; Costa R. ; FERREIRA, D. P. ; VIEIRA, C. . XIII Congresso de Estética: Os fins da Arte. 2017. (Congresso).

2.
CECCHINATO, G.; Costa R. ; FERREIRA, D. P. ; Duarte, R.A.P. ; VIEIRA, C. ; FIGUEIREDO, V. A. ; FREITAS, V. . XIII Congresso Internacional de Estética: Os fins da arte. 2017. (Congresso).

3.
CECCHINATO, G.. Jornada da Ciência da Lógica. 2017. (Outro).

4.
ABATH, A. J. ; F. Sanguinetti ; CECCHINATO, G. ; GUMARAES, B. . Hegel e Mc Dowell. 2015. (Congresso).

5.
CECCHINATO, G.; BECKENKAMP, J. ; VIEIRA, L. ; FERRAGUTO, F. . III. Colóquio internacional J.G.Fichte: Uma vida filosófica, uma filosofia viva.. 2014. (Congresso).

6.
CECCHINATO, G.. Jornada de Estudos sobre a Teleologia Kantiana.Teleologia e Ciência em Kant. 2014. (Congresso).

7.
KAUARK LEITE, P. ; CECCHINATO, G. . IV Colóquio Kant Multilateral: Kant e as metáforas da Razão. 2013. (Congresso).

8.
FREITAS, V. ; VIEIRA, C. ; CECCHINATO, G. . Gosto Interpretação Crítica. 2013. (Congresso).

9.
Lopes, R. ; CECCHINATO, G. ; VIEIRA, C. ; GUMARAES, B. . I Congresso internacional Nietzsche e a tradição filosófica. 2012. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Claudia Almeida Campos. A Natureza filosófica da estética plural da arte contemporânea à luz da filosofia da arte de Hegel.. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Carla Vanessa Brito de Oliviera. Desejo e reconhecimento: A experiência de tornar-se sujeito na Fenomenologia do Espírito (1807) e no debate contemporâneo.. Início: 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Rafael Sellamano Silva. Verdade e Autenticidade na ?teoria da reprodução musical? de Theodor W. Adorno.. Início: 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

3.
Rafael Sellamano Silva. Verdade e Autenticidade na ?teoria da reprodução musical? de Theodor W. Adorno.. Início: 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

4.
Guilherme Ferreira. A filosofia da poesia na estética de Hegel e a poetização das artes. Início: 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

5.
Luiz Gustavo Onisto de Freitas. A Crítica de Trendelenburg ao método de Hegel e seu impacto na dialética de Kierkegaard.. Início: 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

6.
Carolina Miranda Sena. Juízos Teleológicos e experiência estética. Uma conexão entre as duas partes da Crítica da faculdade de juízo.. Início: 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

7.
Fabiano Leite França. Hegel e Adorno. Início: 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

8.
Diogo César Porto da Silva. A filosofia da literatura do filósofo japonês Kuki Shuzo.. Início: 2015. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Diogo Villela Pedro de Almeida Machado. Criatividade,fé e saber. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Rafael Sellamano Silva Pereira. Kant e o cinema transcendental. Um debate acerca das relações espaço-temporais no cinema a partir de Adorno e Kant. 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Giorgia Cecchinato.

2.
Ana Carolina Belmani. O conceito de. 2015. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Giorgia Cecchinato.

3.
Gabriel Lago de Sousa Barroso. ARTE E POLÍTICA NO ROMANTISMO ALEMÃO. 2014. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Giorgia Cecchinato.

4.
Guilherme Ferreira. O Fim da Arte no Espírito e na Letra dos Cursos de Estética de Hegel. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Giorgia Cecchinato.

5.
Rafael Sellamano Silva Pereira. O juízo estético reflexivo e o cinema transcendental.. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Giorgia Cecchinato.

6.
Renata Inarah Guerra Santos. A Doutrina da Essência na Ciencia da Logica de Hegel. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Giorgia Cecchinato.

7.
Glauber Cesar Klein. ESTUDOS SOBRE O CONCEITO DE COISA-EM-SI NA FILOSOFIA CLÁSSICA ALEMÃ. 2013. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná, . Coorientador: Giorgia Cecchinato.

8.
Fabiano Leite França. O Popular e o Erudito em Adorno: A situação da música no contexto da indústria cultural. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Giorgia Cecchinato.

Tese de doutorado
1.
Omar Lucas Perroult Fortes Sales. Evento estético em Gianni Vattimo: a arquitetura da ontologia da atualidade. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Giorgia Cecchinato.

2.
Fabiano Leite França. O Particular e o universal sob a perspectiva da (im)possibilidade de reconciliação em Theodor Adorno. 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Giorgia Cecchinato.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Guilherme Ferreira. Hegel e Danto: Reflexões sobre o "fim da arte". 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Temas filosóficos) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Giorgia Cecchinato.

2.
Adolfo Enrique Cifuentes. KANT, OU A BELEZA REVOLUCIONÁRIA. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Temas filosóficos) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Giorgia Cecchinato.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Marco Rodriguez Lima. Um convite á Tolerância. A Fé à luz da Razão no ?Breve Tratado de Deus, do Homem e do seu Bem-estar? de Espinoza.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Giorgia Cecchinato.

2.
Diogo Andrade de Lima. Bramanismo, Budismo e a Dialética do Volksgeist em Hegel. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Giorgia Cecchinato.

3.
Raquel Rosa Rabelo. A Poética de Aristóteles na teledramaturgia brasileira. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Giorgia Cecchinato.

4.
Ygor Melo. Arte e Sociedade em Adorno. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Giorgia Cecchinato.

5.
Wesley Faria Leonel. Uma ?Festa de Despedida? para Arthur Danto? possibilidade, impossibilidade ou adiamento?. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Giorgia Cecchinato.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CECCHINATO, G.; BECKENKAMP, J. ; VIEIRA, L. ; FERRAGUTO, F. . III. Colóquio internacional J.G.Fichte: Uma vida filosófica, uma filosofia viva.. 2014. (Congresso).

2.
CECCHINATO, G.; Costa R. ; FERREIRA, D. P. ; VIEIRA, C. . XIII Congresso de Estética: Os fins da Arte. 2017. (Congresso).

3.
CECCHINATO, G.; Costa R. ; FERREIRA, D. P. ; Duarte, R.A.P. ; VIEIRA, C. ; FIGUEIREDO, V. A. ; FREITAS, V. . XIII Congresso Internacional de Estética: Os fins da arte. 2017. (Congresso).

4.
CECCHINATO, G.. Jornada da Ciência da Lógica. 2017. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/12/2018 às 1:59:12