Karen Grujicic Marcelja

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9640208590836770
  • Última atualização do currículo em 06/09/2017


Doutoranda do Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Mestre em Gerontologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2012). Especialista em Jornalismo Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2007). Possui graduação em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (2000). Tem experiência na área de Comunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: gênero, imprensa feminina; mídia; envelhecimento; consumo; comunicação. Membro do GEPRACC - Grupo de Estudos de Práticas Culturais Contemporâneas (www.praticasculturais.org.br), certificado pela PUC/SP em 2008. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Karen Grujicic Marcelja
Nome em citações bibliográficas
MARCELJA, K. G.


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2012
Mestrado em Gerontologia.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: A Beleza como Passaporte Intergeracional,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Vera Lucia Valsecchi de Almeida.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Gênero; Geração; Imprensa feminina; mídia; envelhescência; consumo..
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Jornalismo e Editoração.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Comunicação Visual.
2001 - 2007
Especialização em Especialização em Jornalismo Social. (Carga Horária: 450h).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Quem é Barbara? - Envelhescência e Mídia Impressa Feminina.
Orientador: Vera Lucia Valsecchi de Almeida.
1997 - 2000
Graduação em Comunicação Social - Jornalismo.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: "Aproveitando a terceira Idade" - Projeto experimental em telejornalismo.
Orientador: Carlos Alberto Martins da Rocha.




Formação Complementar


2004 - 2004
Comunicação Integrada para o Terceiro Setor. (Carga horária: 20h).
Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
2001 - 2001
Extensão universitária em Extensão. (Carga horária: 90h).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisadora


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora



Projetos de pesquisa


2009 - Atual
Idosomidia
Descrição: O Grupo de Estudos Idosomidia, formado por alunos e professores de Jornalismo da UNESP, opera como uma plataforma de dados sobre o tema da Terceira Idade a partir do olhar crítico sobre os meios de comunicação. O Grupo tem duas linhas de pesquisa: "Comunicação e Gerontologia" e "Jornalismo e Pessoa Idosa". A pesquisa vem gerando projetos de Iniciação Científica, Trabalhos de Conclusão de Curso, comunicações em eventos nacionais e internacionais, além de ser um ambiente de consulta sobre o tema para todos os interessados..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Karen Grujicic Marcelja - Coordenador / Pedro Celso Campos - Integrante.
2008 - 2011
O Envelhecimento Feminino na Metrópole
Descrição: 1. Justificativa: Ainda que o envelhecimento populacional seja um fenômeno mundial, ele apresenta variações significativas conforme a época, o lugar e as condições objetivas com que se realiza. Repondo tendência mais geral, ou mundial, dois fenômenos cercam o processo de envelhecimento brasileiro: a urbanização e a feminização da velhice. Por um lado, os idosos residem majoritariamente em áreas urbanas - especialmente as grandes cidades ou metrópoles; por outro, a razão de sexo, em todas as Grandes Regiões do Brasil, é mais favorável às mulheres. Em números absolutos, a Unidade da Federação com mais idosos era São Paulo. Em 2008, este Estado respondia por quase 25% dos idosos brasileiros. Nele, a distribuição dos idosos segundo o sexo assim se apresentava: 43,2% de homens e 56,8% de mulheres. A diferença percentual entre idosos do sexo masculino e feminino é maior na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). Sem negar a importância da produção acadêmica na área nem os dados coletados e analisados por institutos de pesquisa sólidos e consolidados (IBGE, IPEA, Fundação Seade e Fundação Carlos Chagas), o que se constata é a imperiosidade de desenvolver investigações pautadas não pela "homogeneização" da velhice, mas pelo reconhecimento das muitas "velhices" existentes no Brasil e, no caso deste projeto, da Região Metropolitana de São Paulo. Este projeto nasceu das seguintes indagações: a) Quem são as idosas domiciliadas na RMSP? b) Como vivem e com quem vivem? c) Qual o perfil socioeconômico e epidemiológico das mesmas? d) Quais são suas demandas? e) Quais os serviços existentes, na RMSP, para as mulheres com 60 anos ou mais de idade? 2. Objetivos: a) Levantar o Perfil das Idosas residentes na RMSP; b) Mapear a distribuição das mesmas por distritos e bairros de moradia; c) Identificar os bairros com maior número (absoluto e relativo) de idosas; d) Identificar as principais demandas das idosas residentes na RMSP; segundo os distritos e bairros de residência;..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MARCELJA, K. G.2015MARCELJA, K. G.; OLIVEIRA, M. E. . De Gordas a Plus Size: uma análise do discurso dos blogs de moda especializada. CADERNOS DE ESTUDOS SOCIAIS, v. 30, p. 1-130, 2015.

2.
MARCELJA, K. G.2014MARCELJA, K. G.; OLIVEIRA, M. E. . A busca pela identidade: uma análise do discurso dos blogs de moda plus size. Composição: Revista de Ciências Sociais da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, v. 1, p. 60-77, 2014.

3.
MARCELJA, K. G.2010 MARCELJA, K. G.. Quem é Barbara? A envelhescência na mídia impressa feminina brasileira. RBCEH. Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano, v. 7, p. 112-123, 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MARCELJA, K. G.. Suzana, Christiane e o novo envelhecimento. In: Congresso Internacional de Envelhecimento Humano, 2010, Passo Fundo. Congresso Internacional de Envelhecimento Humano 2010, 2010.

2.
Rosa, A.E.S.K. ; Rosa, E.P.K. ; MARCELJA, K. G. ; Yoshida, M. . "A Cerimônia do Adeus", de Simone de Beauvoir. In: Congresso Internacional de Envelhecimento Humano, 2010, Passo Fundo. Congresso Internacional de Envelhecimento Humano 2010, 2010.

3.
MARCELJA, K. G.. Quem é Barbara? Envelhescência e mídia impressa feminina. In: Congresso Internacional de Envelhecimento Humano, 2010, Passo Fundo. Congresso Internacional de Envelhecimento Humano 2010, 2010.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MARCELJA, K. G.. Quem é Barbara? Envelhescência e mídia impressa feminina. In: Congresso Internacional de Envelhecimento Humano: da Complexidade ao Desafio da Interdisciplinaridade, 2010, Passo Fundo. Congresso Internacional de Envelhecimento Humano 2010, 2010.

Artigos aceitos para publicação
1.
MARCELJA, K. G.. Suzana Vieira e o novo envelhecimento. REVISTA PORTAL de Divulgação, 2010.

Apresentações de Trabalho
1.
MARCELJA, K. G.. Gordofobia: quando o peso do outro incomoda. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
MARCELJA, K. G.. Gordura e Feminilidade: Apontamentos sobre Beleza e Inclusão na Cultura Contemporânea. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
MARCELJA, K. G.; OLIVEIRA, M. E. . De gordas a plus size: sentido e significação das práticas culturais de um sistema simbólico em construção. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
MARCELJA, K. G.. Práticas culturais e busca por identidade nos blogs e sites de moda plus size. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
MARCELJA, K. G.. A obesidade na contemporaneidade: estigma, reação e novas identidades. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
MARCELJA, K. G.. Envelhescência e Mídia Impressa Feminina. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
MARCELJA, K. G.. Envelhescência e beleza na mídia feminina brasileira. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MARCELJA, K. G.. Participação em banca de Aparecida Costa da Silva.Idosos Aposentados e Aparência: correlação entre os significados e o perfil socioeconômico. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gerontologia) - Universidade de São Paulo.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XIV CONGRESSO INTERNACIONAL IBERCOM 2015. DE GORDAS A PLUS SIZE: sentido e significação das práticas culturais de um sistema simbólico em construção. 2015. (Congresso).

2.
III Seminário de Pesquisa da FESPSP.MENINAS PLU(S)GADAS: BELEZA E AUTOESTIMA NOS BLOGS DE MODA PLUS SIZE. 2014. (Seminário).

3.
III Seminário Fluminense De Sociologia.AUTOESTIMA PLUS: UMA ANÁLISE DO CONTEÚDO DOS BLOGS DE MODA PLUS SIZE. 2014. (Seminário).

4.
VI Seminário do Grupo de Estudos Práticas Culturais Contemporâneas (GEPRACC).AUTOESTIMA PLUS: UMA ANÁLISE DO CONTEÚDO DOS BLOGS DE MODA PLUS SIZE. 2014. (Seminário).

5.
XII Seminário Internacional da Comunicação.Ditadura ou liberdade? O envelhecimento segundo a imprensa feminina brasileira. 2013. (Seminário).

6.
28ª Reunião Brasileira de Antropologia.Envelhescência e beleza na mídia feminina brasileira. 2012. (Outra).

7.
1º Seminário de Gerontologia. 2010. (Seminário).

8.
Congresso Internacional de Envelhecimento Humano. "A Cerimônia do Adeus", de Simone de Beauvoir. 2010. (Congresso).

9.
Congresso Internacional de Envelhecimento Humano. Suzana, Christiane e o novo envelhecimento. 2010. (Congresso).

10.
Congresso Internacional de Envelhecimento Humano. Quem é Barbara? Envelhescência e mídia impressa feminina. 2010. (Congresso).

11.
Especialização em Reabilitação Gerontológica - Unifesp.O Idoso na Mídia. 2010. (Outra).

12.
1º Simpósio de Geriatria e Gerontologia do Instituto de Geriatria e Gerontologia "José Ermírio de Moraes" e IV Jornada Gerontológica.Atividades culturais como recurso para a pedagogia do ócio. 2009. (Simpósio).

13.
3º Congresso de Pesquisa Discente - Semana Acadêmica da PUC-SP. 2009. (Congresso).

14.
5º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero.Revista barbara: a envelhescência na mídia impressa feminina brasileira. 2009. (Outra).

15.
Envelhecimento e Moda (Núcleo de Estudos, Ensino e Pesquisa em Gerontologia - EACH/USP).O Feminino na Mídia Impressa. 2009. (Outra).

16.
III Congresso Ibero-americano de Psicogerontologia. Produções Acadêmicas: Quais São as Tendências Gerontológicas?. 2009. (Congresso).

17.
V Seminário de Pesquisa em Gerontologia e Geriatria.Corpo, Imagem e Envelhecimento. 2009. (Seminário).

18.
V Seminário de Pesquisa em Gerontologia e Geriatria.O Feminino na Mídia Impressa. 2009. (Seminário).

19.
Curitiba Fashion Art - "A Moda Como Ela Veste". 2003. (Seminário).

20.
Circuito Cultural Banco do Brasil - Jornalismo e Cultura: Além da Agenda de Eventos. 2002. (Seminário).

21.
Circuito Cultural Banco do Brasil - Marketing Cultural: Mitos e Realidades. 2002. (Seminário).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 1:58:27