Hugo Macedo Arruda

Bolsista de Doutorado do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2063954983758522
  • Última atualização do currículo em 12/12/2017


Bacharel em História (UFF, 2011), Mestre em Ciência Política (UFF, 2014), Doutorando em Filosofia (~2019). Pesquisador do Laboratório de Estudos Hum(e)anos (UFF, 2011), e do Grupo Hume (UFMG, 2015). Atualmente dedica-se à estética literária do século XVIII britânico com atenção particular à obra de David Hume. Seus principais interesses envolvem as relações entre a escrita e ciência, metafísica, filosofia da mente e epistemologia. Atualmente trabalha em artigo acerca da relação entre a estética e a teoria das ideias no Tratado da Natureza Humana. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Hugo Macedo Arruda
Nome em citações bibliográficas
ARRUDA, H. M.


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em Filosofia.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: O lugar do ensaio na filosofia de David Hume,
Orientador: Lívia Mara Guimarães.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2012 - 2014
Mestrado em Ciência Política.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: O Experimento [de] Hume: algumas palavras sobre a maneira como David Hume apresentou a distinção entre sentir e pensar em seu Tratado da Natureza Humana,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Cesar Kiraly.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2009 interrompida
Graduação interrompida em 2011 em Ciência Política.
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Ano de interrupção: 2011
2008 - 2011
Graduação em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.




Formação Complementar


2011 - 2011
Introdução à Filosofia Política. (Carga horária: 8h).
Espaço Brasileiro de Estudos Psicanalíticos, EBEP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador do L(E)H
Outras informações
2011 - Atual Laboratório de Estudos Hum(e)anos Descrição: Iniciado em 2002, o Laboratório de Estudos Hum(e)anos é um espaço de reflexão, trabalho e inquirição filosófica, com vinculações multidisciplinares com os campos da teoria política, da ética, da moralidade e da estética. O laboratório pretende estimular investigações no campo da filosofia política (clássica, moderna e contemporânea) que levem em conta as pretensões cognitivas e os desenhos de mundo presentes nos diferentes esforços de invenção e de representação da vida social. A premissa que informa esta orientação deriva de uma perspectiva fundada na tradição do ceticismo filosófico. Quer isto dizer que aquele campo é percebido como marcado por uma diversidade irredutível à operação de critérios de verdade capazes de estabelecer os termos efetivos da realidade. Uma realidade diante da qual as diferentes versões de mundo, presentes na tradição da filosofia política, devem ser cotejadas ou testadas. A perspectiva adotada pelo laboratório demarca-se dos diversos tratamentos contextualistas presentes em diferentes versões da história das idéias ou dos conceitos e busca fixar uma tradição de trabalho filosófico sobre o campo da reflexão política, ética e moral. A orientação cética pode, ainda, ser detectada no reconhecimento do papel desempenhado pela crença no processo de invenção de mundos que constitui a matéria nobre da filosofia política. Como modalidade particular da criatividade humana, a filosofia política assim como a ética e a filosofia moral possui, ainda, forte interação formal e substantiva com questões presentes nos campos da arte e da estética. Vários dos problemas filosóficos relevantes para esses campos encontram equivalências quando não identidades em questões que incidem sobre a fabricação da filosofia política: forma, representação, referencialidade, mimetismo. O Laboratório interessa-se, com particular ênfase, por essa conexão, assim como na que se estabelece entre arte e moralidade..



Membro de corpo editorial


2012 - Atual
Periódico: Revista Estudos Hum(e)anos


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: Revista Estudos Políticos


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ARRUDA, H. M.2013 ARRUDA, H. M.. With all the Colors of Eloquence: understanding, sympathy and sentiments in Hume´s Treatise. Breviário de Filosofia Pública, v. 97, p. 47-54, 2013.

2.
ARRUDA, H. M.2013 ARRUDA, H. M.. O prólogo de um experimento. Breviário de Filosofia Pública, v. 114, p. 166-171, 2013.

3.
ARRUDA, H. M.2012ARRUDA, H. M.. A Mais Absurda das Contradições (Variações a partir de um tema de Pierre Clastres). Breviário de Filosofia Pública, v. 62, p. 1-10, 2012.

4.
ARRUDA, H. M.2011ARRUDA, H. M.. As Mazelas do Brasil e o Autoritarismo Instrumental: Semelhanças entre Maquiavel e Oliveira Vianna. Breviário de Filosofia Pública, v. 38, p. 1, 2011.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ARRUDA, H. M.. A Curiosidade e os Segredos. Ou, Em Busca de Essências.. Divinas Ilusões, 29 set. 2011.

Apresentações de Trabalho
1.
ARRUDA, H. M.. David Hume e a escrita do século XVIII a partir de três questões. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
ARRUDA, H. M.. A teoria estética humeana em Swift, Fielding e Sterne. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
ARRUDA, H. M.. O tempo e o espaço do Tratado de Hume. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
ARRUDA, H. M.. Descrição, participação, experiência: a Distinção de Razão no Tratado de Hume.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
ARRUDA, H. M.. O lance de dados de Hume como exemplo e como metáfora. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
ARRUDA, H. M.. As Mazelas do Brasil e o Autoritarismo Instrumental: Semelhanças entre Maquiavel e Oliveira Vianna. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
ARRUDA, H. M.. A Majestade da Razão. Niterói: Laboratório de Estudos Hum(e)anos, 2013. (Tradução/Artigo).

2.
ARRUDA, H. M.. A Questão do Significado Poético. Rio De Janeiro, 2012. (Tradução/Artigo).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PIMENTA VELLOSO, Paula Campos; ARRUDA, H. M.; PEREIRA, T. R. Participação em banca de João Tibau Campos.As bases político-jurídicas do estado brasileiro e as limitações ao jus puniendi estatal à luz da filosofia de Thomas Hobbes. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal Fluminense.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
40th Hume Society Conference. Marcos César Seneda (Universidade Federal de Uberlândia) Commentator: Lorne Falkenstein (University of Western Ontario) Chair: Hugo Macedo Arruda (U. 2013. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ARRUDA, H. M.. II Encontro de Pós-Graduação em Filosofia da UFMG. 2017. (Congresso).

2.
GUIMARAES, L. M. ; ARRUDA, H. M. . VI Encontro Hume. 2017. (Congresso).

3.
ARRUDA, H. M.. I Encontro de Pós-Graduação em Filosofia da UFMG. 2016. (Congresso).

4.
GUIMARAES, L. M. ; ARRUDA, H. M. . Grupo de Trabalho Hume. 2016. (Congresso).

5.
ARRUDA, H. M.. IV Fórum Brasileiro de Pós Graduação em Ciência Política. 2015. (Congresso).

6.
GUIMARAES, L. M. ; ARRUDA, H. M. . 15 anos de Grupo Hume. 2015. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 24:59:02