Juliana Marques de Carvalho

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5682819225987446
  • Última atualização do currículo em 17/05/2018


Doutoranda em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho - Faculdade de Ciências e Letras/Araraquara Mestre em Comunicação Midiática pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho - Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação/ Bauru. Bolsista Fapesp de Março de 2012 a Agosto de 2013. Licenciada em Ciências Sociais pela Faculdade de Ciências e Letras - UNESP Campus Araraquara (2010). Professora Titular de Educação Básica II, na EE Irmãos Ismael, em São José do Rio Preto, disciplina de Sociologia. Membro do Laboratório de Estudos em comunicação, tecnologia e educação cidadã cadastrado no CNPq e liderado pelo Prof° Dr. Juliano Maurício de Carvalho. Tem pesquisado sobre a constituição, a partir do Sistema Brasileiro de Televisão Digital, da televisão pública no Brasil, com análise voltada para a TV Brasil e as características de um sistema público de comunicação. Como professora de ensino médio, atua sobre os diversos temas propostos pelos currículo: Sociologia do Trabalho, da Diversidade e da Violência, bem como aborda as teorias e autores essenciais para as Ciências Sociais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Juliana Marques de Carvalho
Nome em citações bibliográficas
CARVALHO, J. M.


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em Ciências Sociais.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Invasão, repressão e violência:uma análise da perspectiva do jornal Correio Braziliense sobre as invasões na Universidade de Brasília durante o golpe militar,
Orientador: Maria Ribeiro do Valle.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2011 - 2013
Mestrado em Comunicação.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
com período sanduíche em Universidad Carlos III de Madrid (Orientador: Luis Alfonso Albornoz).
Título: TELEVISÃO PÚBLICA NO BRASIL: UM ESTUDO DE CASO DA TV BRASIL E AS CARACTERÍSTICAS DE UM SISTEMA PÚBLICO DE COMUNICAÇÃO,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Juliano Mauricio de Carvalho.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Comunicação; Televisão Pública; TV Brasil.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Rádio e Televisão.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Rádio e Televisão / Especialidade: Radiodifusão.
2007 - 2011
Graduação em Bachalerado em Ciências Sociais.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Gestão da Comunicação na câmara municipal de Pirassununga.
Orientador: Maria Teresa Miceli Kerbauy.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2007 - 2010
Graduação em Licenciatura Plena em Ciências Sociais.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Orientador: Maria Teresa Miceli Kerbauy..




Formação Complementar


2016 - 2016
Sociologia das Revoluções. (Carga horária: 90h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2009 - 2009
Organização e Análise de Dados no Excel.. (Carga horária: 16h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Língua Francesa Básica. (Carga horária: 30h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
O software ESTATCART/IBGE. (Carga horária: 6h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Pensamento Selvagem, Lógica Paleolítica e Mitos. (Carga horária: 30h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.


Atuação Profissional



Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, SEE, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Titular de Cargo de Sociologia, Carga horária: 10


Colégio Objetivo Junior Pirassununga, COBJR, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de Filosofia, Carga horária: 12
Outras informações
Professora de Filosofia Ensino Fundamental II


Cursinho Gratuito Primeiro de Maio, FEB, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Plantonista, Enquadramento Funcional: Plantonista, Carga horária: 9
Outras informações
Participou como plantonista da disciplina História na atividade de extensão intitulada "Cursinho Gratuito Primeiro de Maio", apoiado pela Faculdade de Engenharia de Bauru - FEB - da Universidade Estadual Paulista Unesp


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Entrevistador, Enquadramento Funcional: Nenhum
Outras informações
Participação enquanto entrevistador na pesquisa sobre Vulnerabilidade Familiar em Araraquara, atividade desempenhada pelo Laboratório de Estudos da Violência da UNESP (LEVS/UNESP), projeto este financiado pela FINEP.



Projetos de pesquisa


2012 - 2013
A mediação crítica: o desenho institucional da diversidade e propriedade intelectual para as indústrias criativas
Descrição: Desde o final dos anos 1980, no mundo ibero-americano, tem sido crescente foco de atenção, tanto da academia como do poder público, a produção em caráter essencialmente regional e local de conteúdos culturais, a que se denomina indústrias criativas. Frente a essas iniciativas, o Estado tem papel fundamental para fortalecê-las como alternativa econômica e garantir a expressão de aspectos cidadãos e democráticos ? um de seus elementos-chave é a vocação para manifestar a diversidade étnica, racial, religiosa e sexual de que se compõe a população envolvida na criação de conteúdos ou em seu entorno; outro a forma de gerenciamento de direitos de autor. Dentre as iniciativas recentes, tem destaque a Política Nacional de Conteúdos Digitais (PNCD), elaborada em 2010 pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, na qual propõe a criação de polos que deverão articular arranjos produtivos locais para conteúdo audiovisual, principalmente para plataformas digitais. O presente projeto propõe a análise das políticas públicas voltadas às indústrias criativas, em específico os segmentos diretamente relacionados à comunicação midiática: música, cinema, vídeo, rádio, televisão, mercado editorial, publicidade e tecnologias digitais. Com foco no período 2003-2014, analisaremos os dispositivos de regulação e incentivo às indústrias criativas em âmbito internacional (ONU e OMC), nacional e estadual, de modo a compreender a concepção e delimitação que as instituições, nos três âmbitos, traçam acerca das indústrias criativas, sua regulação acerca das mesmas, a estrutura de fomento e incentivo a sua implantação e as relações, na criação e manutenção de normas e fiscalização, entre o poder público e agentes culturais. Daremos especial atenção, no curso da pesquisa, ao modo como se propõem e articulam políticas focadas em diversidade e propriedade intelectual em órgãos mundiais, no Brasil e em políticas específicas do estado de São Paulo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Juliana Marques de Carvalho - Integrante / Juliano Maurício de Carvalho - Coordenador / Natália Fernanda Dario - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2011 - 2013
TELEVISÃO PÚBLICA NO BRASIL: UM ESTUDO DE CASO DA TV BRASIL E AS CARACTERÍSTICAS DE UM SISTEMA PÚBLICO DE COMUNICAÇÃO
Descrição: A proposta deste projeto é analisar as características que compõem a TV Brasil como uma emissora efetivamente pública. O estudo será realizado com base nos seguintes critérios: estrutura do sistema; modelo de gestão; modelo de financiamento e perfil da programação transmitida, fatores estes que são centrais em um sistema de comunicação. A metodologia utilizada nesta proposta é de tipo qualitativo, delimitada pelo estudo de caso, o qual propicia uma análise em profundidade do objeto em questão. Tendo como referencial teórico a Economia Política da Comunicação, esta pesquisa visa contribuir para o entendimento de como o sistema público de comunicação brasileiro está sendo pensado e instituído..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2011
Câmaras Municipais, partidos, negociação política e clientelismo
Descrição: A Constituição de 1988 tornou os municípios entes federados com constituição própria (as Leis Orgânicas), dando a eles relativa autonomia político-jurídica e resgatando definitivamente o seu papel no cenário político brasileiro em sintonia com a tendência internacional de valorização dos níveis subnacionais de governo. Apesar de a agenda política, econômica e social ter sido cercada por intensas discussões sobre o papel do município, pouca atenção se deu ao papel do Legislativo neste novo contexto. O Legislativo municipal até então sempre entendido como o elo mais fraco do poder municipal diluiu-se na discussão do novo desenho institucional que se esboçou para a política local. Executivo, Legislativo e sistema jurídico os quais durante séculos definiram a estrutura do poder local, no Brasil foram obrigados a dialogar e a interagir com novos atores políticos (os Conselhos Municipais), originados da sociedade civil. O novo desenho institucional teve, assim, que articular estes novos atores políticos a uma série de práticas locais consagradas, quais sejam: a autonomização do Executivo em relação ao Legislativo; a iniciativa de legislação social quase sempre do Executivo; a perda do equilíbrio entre Executivo e Legislativo; o fortalecimento do Judiciário, especialmente do papel do Ministério Público; o surgimento de novos atores, por conta da organização da sociedade civil e dos Conselhos Municipais. Poucas análises foram feitas sobre o papel das organizações partidárias locais e menos ainda sobre o papel das Câmaras Municipais na arena eleitoral. Nosso objetivo, nesta pesquisa, é analisar (1) a relação entre o sistema partidário e as Câmaras Municipais e (2) o seu papel nas arenas eleitoral e decisional, procurando dimensionar a importância das organizações partidárias locais...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Rádio e Televisão.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Rádio e Televisão/Especialidade: Radiodifusão.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Pouco, Fala Razoavelmente, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CHAVES, L. S.2017 CHAVES, L. S. ; CARVALHO, J. M. . Mídia, representação e combate ao racismo: a exibição de Windeck na TV Brasil. ANIMUS (SANTA MARIA. ONLINE), v. 16, p. 123-137, 2017.

2.
CARVALHO, J. M.2013 CARVALHO, J. M.. Televisão Pública no Brasil: resquicios do passado e perspectivas para o futuro. Sociologias Plurais - Revista Discente do Programa de Pós-graduação em Sociologia da UFPR, v. 1, p. 131-149, 2013.

3.
CARVALHO, J. M.2013 CARVALHO, J. M.. A implantação da televisão digital no Brasil e no Chile: tendências e assimetrias. Cuadernos.Info, v. 32, p. 101, 2013.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CARVALHO, J. M.. Pedagogia Empresarial II. 1. ed. São Paulo: Cengage, 2015.

2.
CARVALHO, J. M.; SILVA, Carolina M. . Pedagogia Empresarial I. 1. ed. São Paulo: Cengage, 2015.

Capítulos de livros publicados
1.
CARVALHO, J. M.; CARVALHO, J. M. . Critérios de qualidade da emissora pública: uma perspectiva crítica. In: Dantas, Marcos; Kischinhevsky, Marcelo. (Org.). Políticas públicas e pluralidade na comunicação e na cultura. 1ed.Rio de Janeiro: E-papers, 2014, v. , p. 100-.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CARVALHO, J. M.; SILVA, Carolina M. . A Democracia e o papel do eleitor. Jornal Digital Tribuna Impressa, Araraquara, 27 jun. 2010.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, Carolina M. ; CARVALHO, J. M. . O Ensino de Sociologia na Educação Básica: história, lutas e conquistas. In: V Encontro Nacional sobre o Ensino de Sociologia na Educação básica, 2017, Brasília. Anais, 2017.

2.
DARIO, N. F. ; CARVALHO, J. M. . Uma introdução à temática das indústrias criativas: definições, características e panorama brasileiro. In: XVIII Congresso de Ciências da Comunicação na região Sudeste, 2013, Bauru. Anais XVIII Congresso de Ciências da Comunicação na região Sudeste, 2013.

3.
CARVALHO, J. M.; CARVALHO, J. M. . A televisão pública e as possibilidades de ampliação da cidadania. In: XVII Congresso de Ciências da Comunicação da Região Sudeste, 2012, Ouro Preto. Anais do Evento XVII Congresso de Ciências da Comunicação da Região Sudeste, de 28 a 30 de junho de 2012. São Paulo: Intercom, 2012, 2012. v. 1. p. 1-14.

4.
CARVALHO, J. M.. A digitalização da televisão: a TV Brasil e a consolidação da TV pública no país. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO - INTERCOM, 2012, Fortaleza. Anais do ... Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2012. p. 1-13.

5.
CARVALHO, J. M.; CARVALHO, J. M. . Critérios de qualidade da emissora pública: uma perspectiva crítica. In: 4° Encontra Nacional União Latina de Economia Politica da Informação, da Comunicação e da Cultura (ULEPICC) (Seção Brasil), 2012, Rio de Janeiro. Encontro ULEPICC Brasil, 2012. p. 1-15.

6.
CARVALHO, J. M.; DIDONI, B. . O diálogo social: Cremilda Medina a junção entre a teoria e a prática. In: XVI Colóquio Internacional da Escola Latino - Americana de Comunicação - CELACOM, 2012, Bauru. Celacom ... Endicom (UMESP), 2012.

7.
CARVALHO, J. M.. Os desafios brasileiros perante a Comunicação digital. In: Colóquio Internacional da Escola Latino-Americana de Comunicação, 2011, Araraquara. Anais do Evento XV Colóquio Internacional da Escola Latino-Americana de Comunicação, 2011. v. 1. p. 1-11.

8.
CARVALHO, J. M.. Os meios de comunicação no Brasil: regulação e Estado. In: X Semana de Pós - G raduação em Sociologia (10. : 2011 : Araraquara, SP) ? O campo de atuação do Cientista Sociail nos dias de hoje ?, 2011, Araraquara. Anais da X Semana de Pós - G raduação em Sociologia, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CARVALHO, J. M.. Televisão em tempo de crise: o impacto da crise econômica espanhola em sua televisão pública. In: XV Jornada Multidisciplinar A linguagem nas mídias na Era da Convergência, 2013, Bauru. Anais XV Jornada Multidisciplinar A linguagem nas mídias na Era da Convergência, 2013.

2.
Nascimento, M. S. ; Zambon, P. S. ; CARVALHO, J. M. ; CARVALHO, J. M. . A Mediação Critica: o desenho institucional da propriedade intelectual para as Indústrias Criativa. In: XV Jornada Multidisciplinar A linguagem nas mídias na Era da Convergência, 2013, Bauru. Anais XV Jornada Multidisciplinar A linguagem nas mídias na Era da Convergência, 2013.

3.
DARIO, N. F. ; CARVALHO, J. M. ; CARVALHO, J. M. . A mediação crítica: o desenho institucional da diversidade e propriedade intelectual para as indústrias criativas. In: XV Jornada Multidisciplinar A linguagem nas mídias na Era da Convergência, 2013, Bauru. Anais XV Jornada Multidisciplinar A linguagem nas mídias na Era da Convergência, 2013.

4.
CARVALHO, J. M.. TV Brasil e as caraterísticas de um sistema público de comunicação. In: XIV Jornada Multidisciplinar, 2012, Bauru. Cadernos de resumos da XIV Jornada Multidisciplinar, Bauru, 22 a 24 de maio de 2012, 2012. p. 1-1.

Artigos aceitos para publicação
1.
CHAVES, L. S. ; CARVALHO, J. M. . WINDECK: TODOS OS TONS DE ANGOLA NO BRASIL. ANIMUS (SANTA MARIA. ONLINE), 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
CARVALHO, J. M.. O fim do conselho curador: uma análise sobre a extinção da participação da sociedade civil e as mudanças na estrutura da ebc. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
CARVALHO, J. M.; CARVALHO, J. M. . A televisão pública e as possibilidades de ampliação da cidadania. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
CARVALHO, J. M.; CARVALHO, J. M. . Critérios de qualidade da emissora pública: uma perspectiva crítica. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
CARVALHO, J. M.. TV Brasil e as caraterísticas de um sistema público de comunicação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
CARVALHO, J. M.; DIDONI, B. . O diálogo social: Cremilda Medina a junção entre a teoria e a prática. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
CARVALHO, J. M.. A digitalização da televisão: a TV Brasil e a consolidação da TV pública no país. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
CARVALHO, J. M.. Os desafios brasileiros perante a Comunicação digital. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
CARVALHO, J. M.. Os meios de comunicação no Brasil: regulação e Estado. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
CARVALHO, J. M.. Câmara Municipal: um estudo sobre a gestão da comunicação em Pirassununga. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
CARVALHO, J. M.. CÂMARA MUNICIPAL: UM ESTUDO SOBRE A GESTÃO DA COMUNICAÇÃO NO MUNICÍPIO DE PIRASSUNUNGA. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CARVALHO, J. M.; Leal, L ; Hamburger, Cao ; BORGES, G. . Programa Ver TV. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
CARVALHO, J. M.. A vocação pública da RTVE. 2013. (Relatório de pesquisa).

2.
CARVALHO, J. M.. Televisão Pública no Brasil: TELEVISÃO PÚBLICA NO BRASIL: UM ESTUDO DE CASO DA TV BRASIL E AS CARACTERÍSTICAS DE UM SISTEMA PÚBLICO DE COMUNICAÇÃO. 2013. (Relatório de pesquisa).

3.
CARVALHO, J. M.. Comunicação pública: conceito e discussões. 2011. (Relatório de pesquisa).

4.
CARVALHO, J. M.. A evolução dos municípios no Brasil. 2010. (Relatório de pesquisa).

5.
CARVALHO, J. M.. Os municípios no Brasil: debates e questões. 2010. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Minicurso - De dentro e de perto: questões da pesquisa de campo. 2018. (Outra).

2.
XVI Semana de Ciências Sociais da Unesp/FCLAR. O fim do conselho curador: uma análise sobre a extinção da participação da sociedade civil e as mudanças na estrutura da EBC. 2018. (Congresso).

3.
V Encontro Nacional sobre o Ensino de Sociologia na Educação básica.O Ensino de Sociologia na Educação Básica: história, lutas e conquistas. 2017. (Encontro).

4.
Foro Andaluz de Comunicación. 2013. (Outra).

5.
4° Encontro União Latina de Economia Politica da Informação, da Comunicação e da Cultura. 2012. (Encontro).

6.
XIV Jornada Multidisciplinar 2012. 2012. (Outra).

7.
XVI Colóquio Internacional da Escola Latino-Americana de Comunicação. 2012. (Oficina).

8.
XVI Colóquio Internacional sobre a Escola Latino-Americana de Comunicação (XVI CELACOM). 2012. (Outra).

9.
XVII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste. 2012. (Congresso).

10.
XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO - INTERCOM, 35, 2012. A digitalização da televisão: a TV Brasil e a consolidação da televisão pública no país. 2012. (Congresso).

11.
Colóquio Internacional da Escola Latino-americana de Comunicação.Os desafios brasileiros perante a Comunicação digital. 2011. (Outra).

12.
X Semana de Pós Graduação em Sociologia. 2011. (Outra).

13.
"Para pensar os clássicos: para pensar Weber". 2010. (Outra).

14.
Itinerários Filosóficos: Ciclo de palestras UNESP ARARAQUARA. 2010. (Outra).

15.
XI Semana Nacional do Livro e da Biblioteca da Rede de Biblioteca UNESP: "Snack aula: Job Interview". 2010. (Oficina).

16.
XXII CIC - Congresso de Iniciação Científica da UNESP. Câmara Municipal: um estudo da gestão da Comunicação no município de Pirassununga. 2010. (Congresso).

17.
"Políticas de ensino à distância: a Univesp em foco". 2009. (Outra).

18.
"Memória e Consciência em Bergson". 2008. (Outra).

19.
4º Encontro Nacional de grupos de pesquisa-ENGRUP "Agricultura,Desenvolvimento Regional e Tranformções Sócio-Espacais". 2008. (Encontro).

20.
As venturas e aventuras do ofício da sociologia rural no Brasil contemporâneo: relato de uma experiência". 2008. (Outra).

21.
I Semana de Estudos GEIDA. 2008. (Outra).

22.
IX Semana de Ciências Sociais. 2008. (Outra).

23.
Minicurso "Metodolgia de pesquisa para estudos do mundo rural". 2008. (Outra).

24.
Minicurso "Trabalho, Proletariado e Classes Sociais Hoje". 2008. (Outra).

25.
Por dentro da ABNT. 2008. (Oficina).

26.
VIII Colóquio do NUPE, do I Encontro de Pesquisadores de Cultura, Gênero e Etnia do CLADIN e da I Reunião Científica do LEAD.. 2008. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CARVALHO, J. M. ; CARVALHO, J. M. ; Miranda, G. V. . Colóquio Lecotec de Pesquisa. 2015. (Outro).

2.
CARVALHO, J. M.. XVI Colóquio Internacional da Escola Latino-Americana de Comunicação. 2012. (Outro).

3.
CARVALHO, J. M. ; CARVALHO, J. M. . Seminário Internacional de Comunicação e Tecnologia I encontro Compoliticas/Lecotec. 2011. (Outro).

4.
CARVALHO, J. M.; FERREIRA, D. A. O. ; SILVA, Carolina M. . I Semana de Estudos GEIDA. 2008. (Congresso).



Outras informações relevantes


Realização de Estágio de Pesquisa no exterior com financiamento da Fundação de Amparo à pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), por meio da Bolsa Estágio de Pesquisa no exterior, com duração de dois meses na Universidade Carlos III de Madrid sob a orientação do Prof. Dr. Luis Albornoz.

Integrante do Laboratório de Estudos em Comunicação, Tecnologia e Educação Cidadã (LECOTEC), coordenado pelo Prof Dr. Juliano Mauricio de Carvalho.

Prestação de serviços, no ano de 2009, na coleta de informações do Programa de Pós graduação em Geografia da UNESP de Presidente Prudente, junto ao projeto Espaço, território e Paisagem: uma leitura teórico-metodológica da Geografia Agrária Brasileira na Pós-Graduação a partir dos anos 1970, financiado pelo CNPq.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/10/2018 às 5:16:55