Robert Gregory Michener

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2465553753502316
  • Última atualização do currículo em 04/12/2018


Michener é professor do quadro da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da FGV Rio, cidadão canadense e brasileiro naturalizado. Fundador e atual diretor do Programa de Transparência Pública da FGV Rio de Janeiro e da Transparency Evaluation Network, uma iniciativa internacional financiada pela Open Society Foundations. Michener é especialista em políticas de transparência e acesso à informação pública. Michener já publicou nas revistas académicas Journal of Democracy, World Development, Governance e Journal of Latin American Studies, entre outros. Graduado em Estudos Humanísticos pela McGill University, Montreal, é mestre em Latin American Studies e doutor em política comparada e relações internacionais, ambos pela Universidade do Texas, em Austin. Interessado na política dos países das Américas, Michener trabalha atualmente em um livro contratado pela Editora da Universidade de Cambridge sobre políticas das leis de acesso às informações públicas na América Latina. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Robert Gregory Michener
Nome em citações bibliográficas
MICHENER, R. G.;MICHENER, GREG;MICHENER, GREGORY;MICHENER, G.

Endereço


Endereço Profissional
Fundação Getúlio Vargas, ESCOLA BRASILEIRA DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS.
Praia de Botafogo,190, SALA 536
Botafogo
22250900 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (021) 37995778


Formação acadêmica/titulação


2003 - 2010
Doutorado em Ciências Políticas.
University of Texas at Austin, UT Austin, Estados Unidos.
Título: The Surrender of Secrecy: Explaining the Emergence of Strong Access to Public Information Laws in Latin America, Ano de obtenção: 2010.
Orientador: Raúl Madrid.
Bolsista do(a): University of Texas at Austin, UT, Estados Unidos.
Palavras-chave: politicas publicas; america latina; transparência; sigilo; politicas comparativas; relacões internacionais.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Teoria da Comunicação / Especialidade: política da mídia (meios de comunicação).
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito de Acesso a Informação Pública, Políticas de Disclosure.
2001 - 2003
Mestrado em Estudos sobre América Latina.
University of Texas at Austin, UT Austin, Estados Unidos.
Título: Engendering Commitment: the Grupo Oaxaca and the Passage of Mexico's Access to Information Law,Ano de Obtenção: 2003.
Orientador: Kurt G. Weyland.
Palavras-chave: america latina; imprensa; poder legislativo; politicas comparativas; politicas publicas; transparência.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
1994 - 1998
Graduação em Humanistic Studies.
McGill University, MCGILL, Canadá.




Formação Complementar


2011 - 2011
Curso Intensivo IPSA: Survey Methods. (Carga horária: 80h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2009 - 2009
Qualitative and Multi-method Research. (Carga horária: 3h).
American Political Science Association, APSA, Estados Unidos.
2004 - 2009
Latin American Studies Working Group. (Carga horária: 10h).
University of Texas at Austin, UT Austin, Estados Unidos.
1999 - 1999
Canadian Securities Course. (Carga horária: 100h).
Canadian Securities Course, CSC, Canadá.
1996 - 1997
Extensão universitária em Extensão da graduação em Estudos Humanísticos. (Carga horária: 300h).
Instituto Tecnologico Y de Estudios Superiores de Monterrey, ITESM, México.


Atuação Profissional



FGV, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Assessor do Núcleo Docente Estruturante, Carga horária: 40
Outras informações
Avaliando o desempenho do programa de administração pública da FGV.

Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 40

Atividades

04/2018 - Atual
Ensino, Mestrado Profissional em Administração Pública, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Públicas
08/2017 - 12/2017
Direção e administração, EBAPE, FGV, .

Cargo ou função
Coordenador dos Graduate Seminars.
08/2017 - 12/2017
Ensino, Mestrado Acadêmico em Administração, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos Qualitativos
10/2017 - 11/2017
Ensino, Mestrado Profissional em Administração Pública, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Públicas
01/2017 - 06/2017
Ensino, Administração de Empresas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência Política
10/2016 - 12/2016
Ensino, Mestrado Profissional em Administração Pública, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Transparência e Boa Governança
10/2016 - 12/2016
Ensino, International Master's of Business Administration, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Transparency, Accountability, and Good Governance in Brazil
08/2016 - 12/2016
Ensino, Mestrado Acadêmico em Administração, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos Qualitativos
01/2016 - 06/2016
Ensino, Administração de Empresas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência Política
02/2016 - 04/2016
Ensino, Mestrado Profissional em Administração Pública, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Públicas
10/2015 - 12/2015
Ensino, International Master's of Business Administration, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
The Politics of Governance in Brazil
08/2015 - 12/2015
Ensino, Administração de Empresas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência Política
04/2015 - 06/2015
Ensino, Mestrado Profissional em Administração Pública, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Públicas
01/2015 - 06/2015
Ensino, Mestrado Acadêmico em Administração, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos Qualitativos
09/2014 - 10/2014
Ensino, FGV In-Company MBA, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Política Comparada
04/2014 - 06/2014
Ensino, Mestrado Profissional em Administração Pública, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Públicas
01/2014 - 06/2014
Ensino, Mestrado Acadêmico em Administração, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos Qualitativos
12/2013 - 02/2014
Direção e administração, fgv, .

Cargo ou função
Professor, Mestrado em Administração Pública.
12/2013 - 01/2014
Ensino, Mestrado Profissional em Administração Pública, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Públicas
08/2013 - 12/2013
Ensino, Administração de Empresas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciências políticas
08/2013 - 10/2013
Direção e administração, fgv, .

Cargo ou função
Professor da International Business Program - EBAPE.
08/2013 - 09/2013
Ensino, Mestrado Profissional em Administração Pública, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Públicas
01/2013 - 06/2013
Ensino, Mestrado Profissional em Administração Pública, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Públicas
01/2013 - 06/2013
Ensino, Mestrado Acadêmico em Administração, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Públicas
01/2013 - 05/2013
Ensino, Mestrado Profissional em Administração Pública, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Públicas
09/2012 - 12/2012
Ensino, Administração de Empresas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciências Políticas
Governance in Latin America
Política Comparada
Political Science

Canadian Foundation for Physically Disabled Persons, CFDHP, Canadá.
Vínculo institucional

1996 - 1996
Vínculo: Relações Públicas, Enquadramento Funcional: Relações Públicas, Carga horária: 100, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Acompanhava os participantes (em patins), como animador e segurança, pela maratona WHYNOT, que visava gerar fundos para atletas paraolímpicos que iam à Atlanta (96). A maratona atravessou o país, de Vancouver à Toronto.


Forças Armadas do Canadá, CAF, Canadá.
Vínculo institucional

1993 - 1993
Vínculo: Soldado, formação básica, Enquadramento Funcional: Soldado, Carga horária: 20


Global Integrity, POLÍTICA, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisava e reportava sobre a política, Carga horária: 3
Outras informações
Pesquisador da organização não-governamental Global Integrity, trabalhando na avaliação anual da ética e governança política brasileira.


Grupo IBMEC, IBMEC, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12


International Language Academy of Canada, ILAC, Canadá.
Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor de inglês e espanhol, Carga horária: 20
Outras informações
Depois de 8 meses de viagem pela América Latina, lecionou inglês e espanhol em Toronto. Deu aulas de inglês avançado, preparando o material letivo e ensinando por cinco horas ao dia durante um ano. Durante o trabalho, propôs e implementou uma nova disciplina, ?World Issues? que usava notícias da atualidade e temas contemporâneos para estimular os estudantes e dessa maneira assegurar a aprendizagem do inglês.


Metropolitan Preparatory Academy, MPA, Canadá.
Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor de Colégio (Ensino médio), Carga horária: 50, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Lecionou nos cursos de Política, Negócios, Marketing, Francês e Espanhol; Coordenou uma viagem cultural e educativa à Guatemala onde também lecionou para um grupo de estudantes.


University of Texas at Austin, UT Austin, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de American and Texas Politics, Carga horária: 9
Outras informações
Desenvolvimento do programa de estudos e professor titular de um curso para 54 alunos. Divisão conceitual do curso: Representativeness, Responsiveness e Accountability (representação, eficiência, e prestação de Contas). Avaliado pelos estudantes com nota 4.4 em 5 (comentários adicionais no site: http://gregmichener.com/Teaching-Experience.html ).

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor de espanhol, Carga horária: 9
Outras informações
Instrutor principal em duas aulas da disciplina Espanhol básico (#507) para estudantes principiantes com alguma base de espanhol, pela Faculdade de Espanhol na UT.

Vínculo institucional

2002 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Diretor-Coordenador, Carga horária: 40
Outras informações
Delegação Anual da Fundación Universitaria del Río de la Plata (Argentina), promovido pelo Lozano Long Institute for Latin American Studies. Responsável por uma delegação de 15 profissionais argentinos. Entre as responsabilidades: organização da programação de eventos, escolha de palestrantes e apresentação (acadêmicos renomados, líderes políticos do Texas e da Cidade de Austin), orçamento, coordenação diária do grupo. Foi diretor do programa durante 5 anos.

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assistente de Ensino, Carga horária: 9
Outras informações
Para o Departamento de Ciências Políticas, foi assistente de ensino na disciplina do Professor David Edwards, Política dos Estados Unidos e do Texas.

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de espanhol, Carga horária: 9
Outras informações
Para o Departamento de Espanhol, foi instrutor principal para duas aulas de Espanhol (#507) , uma disciplina básica para estudantes principiantes com alguma base de espanhol.

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Presidente Estudantil, Enquadramento Funcional: Representante, Carga horária: 3
Outras informações
Foi presidente estudantil do departamento de ciências políticas. Organizou a semana anual de visitas, em que participaram estudantes interessados no programa de doutorado da UT. Representou os interesses dos estudantes com interface na administração do Departamento.

Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assistente de Ensino, Carga horária: 9
Outras informações
Para o Departamento de Ciências Políticas, era assistente de ensino na disciplina do Professor Shannon Bowe-O´Brien, Política dos Estados Unidos e do Texas.

Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assistente de Ensino, Carga horária: 9
Outras informações
Para o Departamento de Ciências Políticas, era assistente de ensino na disciplina do Professor Clement Henry, Política Árabe-Israelense.

Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Representante Estudantil, Enquadramento Funcional: Governo Estudantil da Universidade de Texas, Carga horária: 1
Outras informações
Representante da comissão de novos estudantes (Admissions Commission) na assembleia estudantil de pós-graduados da Universidade de Texas em Austin.

Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assistente de Ensino, Carga horária: 9
Outras informações
Para o Departamento de Ciências Políticas, foi assistente de ensino na disciplina do Professor James Enelow, Política dos Estados Unidos e do Texas.

Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor de espanhol, Carga horária: 9
Outras informações
Para a Faculdade de Espanhol na UT, foi o instrutor principal para uma aula da disciplina de Espanhol (#508) acelerada para estudantes principiantes com alguma base de espanhol.

Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assistente de Ensino, Carga horária: 9
Outras informações
Para o Departamento de Ciências Políticas, era assistente de ensino na disciplina do Professor Gary Keith, Política dos Estados Unidos e do Texas.

Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor de Espanhol, Carga horária: 9
Outras informações
Para a Faculdade de Espanhol na UT, foi o instrutor principal para uma aula da disciplina de Espanhol (#508) acelerada para estudantes principiantes com alguma base de espanhol.

Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de espanhol, Carga horária: 9
Outras informações
Para a Faculdade de Espanhol na UT, foi o instrutor principal para duas aulas da disciplina de Espanhol básica (#507), para estudantes principiantes com alguma base de espanhol.

Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Instrutor de Filosofia, Carga horária: 9
Outras informações
Instrutor da disciplina: "Temas contemporâneos morais," do Professor Charles Krecz do Departamento de Filosofia. Semanalmente lecionava para três grupos de discussão (15 a 20 estudantes em cada grupo). Usando os trabalhos dos filósofos clássicos, debatíamos sobre os dilemas morais como o aborto, a pena de morte e o suicídio assistido.

Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Instrutor de Historia, Carga horária: 9
Outras informações
Instrutor de Civilização Hispano-Americano, uma disciplina do Professor Nicolas Shumway, da faculdade de espanhol. Lecionava para grupos de discussão semanalmente, revisando a matéria das aulas e promovendo a participação e interesse dos estudantes.

Atividades

08/2005 - 05/2006
Direção e administração, University of Texas at Austin, .

Cargo ou função
Presidente, Associação de Estudantes, Department of Government, University of Texas at Austin..
08/2004 - 05/2005
Direção e administração, University of Texas at Austin, .

Cargo ou função
Indicado para o Comitê de Ingressos e Ingressados, Organização de Estudantes Graduados, University of Texas at Austin.


Projetos de pesquisa


2015 - 2016
Bolsa PIBIC-CNPq - Transparência e o Terceiro Setor
Descrição: O projeto ?Terceiro setor e transparência? trata-se de uma pesquisa na qual se investiga o financiamento estatal às entidades públicas não-estatais, como organizações sociais e organizações da sociedade civil de interesse público..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Robert Gregory Michener - Coordenador / Homero Terra Padilha Filho - Integrante / Rodolfo Luna Pires - Integrante.
2014 - Atual
Big Data e Gestão Processual
Descrição: Participam neste projeto três escolas da Fundação Getulio Vargas que são referência em todo Brasil: as escolas de Direito, de Administração de Empresas e de Matemática Aplicada, todas do Rio de Janeiro. A equipe tem por objetivo encontrar oportunidades de melhorias na gestão processual em tribunais de justiça, escritórios de advocacia, faculdades de direito e empresas prestadoras de serviço público, por meio do processamento e análise de dados e produção customizada de relatórios de pesquisa, desenvolvendo um projeto de atuação interdisciplinar na área de direito (reformas processuais), matemática (análise e modelagem de dados) e administração (gestão eficiente) que possa ser gradualmente replicado em diversas organizações jurídicas. Em virtude disto, o cerne deste projeto está em fazer uso de ferramentas de tecnologia da informação que possam processar, gerenciar e otimizar o aproveitamento de um grande volume de dados..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Robert Gregory Michener - Integrante / Renato Rocha Souza - Integrante / Ivar Hartmann - Coordenador.
2014 - Atual
Transparency Evaluation Network
Descrição: 2014 Projeto apoiado (US$134.350) pela Open Society Foundations do filántropo George Soros, visa: a) Criar, aplicar e comparar avaliações 'universais' para mensurar o cumprimento público com normas de transparência vigentes. b) Estabelecer uma rede de pesquisadores nacional e internacional para desenvolver e aplicar avaliações de transparência. c) Compilar avaliações de transparência existentes e incluí-las no website da Transparency Audit Network. 2015 Projeto recebeu US$99,666 para a continuação dos trabalhos detalhados acima..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Robert Gregory Michener - Coordenador / rafael Braem Velasco - Integrante / Marina Barros - Integrante / Homero Terra Padilha Filho - Integrante / Luis Filipe Kopp - Integrante / Miguel Narada - Integrante / Pedro Chagas - Integrante.Financiador(es): Open Society Foundations - Auxílio financeiro / Open Society Foundations - Auxílio financeiro.
2013 - Atual
FGV - Auditoria da lei de acesso à informação pública 12.527
Descrição: A pesquisa visa auditar a lei de acesso à informação que entrou em vigor em maio de 2012. O projeto é uma iniciativa concebida por Gregory Michener e coordenada por três departamentos da FGV: a EBAPE, o CPDOC e o DIREITO. A pesquisa avalia a transparência ativa e a transparência passiva, usando mais de 200 pedidos de informação. O propósito não é apenas avaliar o grau de cumprimento com a lei, mas também conseguir informações relevantes às pesquisas dos próprios professores da FGV..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (10) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Robert Gregory Michener - Coordenador / sergio branco - Integrante / Fernando Lattman - Integrante / fernando angelo ribeiro leal - Integrante / Felipe Sobral - Integrante / Luciana Quillet Heymann - Integrante.
2013 - Atual
Petróleo, Gás e Federação Instituições Políticas e Recursos Naturais no Equilíbrio Federativo
Descrição: Partindo de uma análise comparativa entre diferentes países que adotam o sistema federativo Brasil, Nigéria, Rússia, Estados Unidos e Canadá o projeto visa a investigar os impactos que as receitas governamentais oriundas da cadeia produtiva do petróleo e do gás natural exercem sobre os Estados organizados sob a forma federativa e os respectivos ambientes institucionais, gerando ou prevenindo conflitos federativos e influenciando, positiva ou negativamente, a atratividade do país para os investimentos no setor petrolífero. O principal pressuposto é que as receitas originadas, direta ou indiretamente, da exploração econômica do petróleo e do gás natural impactam significativamente os ambientes locais e regionais em que se desenvolvem tais atividades econômicas, acabando por influir no arranjo institucional da federação e nas relações políticas entre os entes subnacionais. Ou seja, até que ponto as instituições políticas (regime de governo, organização federativa, regras eleitorais, poderes do Executivo, independência das instituições de controle e accountabillity, entre outras) impactam no grau de conflito e/ou cooperação no processo decisório que define como serão distribuídos tais recursos entre os entes federados. O projeto prevê a realização de ampla pesquisa bibliográfica, a coleta de dados in loco nos países que se deseja investigar o que se mostra indispensável para a melhor verificação das condições dos respectivos ambientes institucionais , a realização de entrevistas junto a atores políticos e agentes econômicos e o estudo da legislação de cada um dos países estudados. Pretende-se ainda construir uma medida capaz de mensurar eventos e sequências de conflitos decisórios federativos acerca da distribuição de receitas oriundas da exploração de óleo e gás, bem como seu impacto sobre o arranjo institucional do setor petrolífero, empregando métodos de análise multivariados que permitam testar, inclusive estatisticamente, as hipóteses levantadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Robert Gregory Michener - Integrante / Carlos Eduardo Ferreira Pereira Filho - Coordenador / Marcus André Melo - Integrante / Mauricio Carlos Ribeiro - Integrante.
2008 - 2008
Pesquisa sobre a independência da mídia brasileira
Descrição: Pesquisa quantitativa (tipo survey) distribuída a 181 jornalistas durante a conferência nacional da ABRAJI-- Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2006
CLASPO- Pesquisas sobre a independência da mídia mexicana
Descrição: Financiada pela Center for Latin American Social Policy (CLASPO), tratava-se de pesquisas usando a lei de acesso à informação pública do México. As pesquisas centravam na economia política e na independência funcional da mídia. Incluía entrevistas com profissionais da mídia: jornalistas, editores e proprietários..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2005
Pesquisas Exploratórias na Argentina
Descrição: Com base em uma bolsa da Fundação Tinker, completou um mês e meio de pesquisas na Argentina e Uruguai sobre o tema do doutorado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2010
Departament of Government, UT Austin--Pesquisa de campo--tese de doutorado
Descrição: Pesquisa de campo, incluindo mais de 80 entrevistas e a compilação de dados e material acadêmico. Pesquisas para a tese de doutorado incluíram as seguintes datas e países: México (2003, 2006, 2007) Argentina (2005, 2007) Uruguai (2005) Brasil (2008-10). Os resultados das pesquisas (e da tese de doutorado) estão disponível no site: http://gregmichener.com/Dissertation.html.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2002 - 2002
Lozano Long Institute of Latin American Studies (LLILAS)--pesquisa para a dissertação de mestrado
Descrição: Pesquisas efetuadas para o mestrado em Estudos sobre América Latina. Incluía um mês de pesquisa no México (março de 2002)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


2011 - Atual
Livro (2013)
Descrição: Contrato com a Editora Cambridge University Press assinado o dia 14 de abril, 2011. Editor: John Berger, New York. Data de entregada estipulada: maio, 2013. Atualmente trabalhando sobre o livro, que está baseado na tese doutoral e vários casos de estudo adicionais..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.


Outros Projetos


2014 - Atual
Big Data e Gestão Processual
Descrição: Consultoria de gestão processual a tribunais de justiça estaduais, por meio da produção customizada de relatórios de pesquisa, acompanhamento in loco e cursos de capacitação. Desenvolver e testar modelo de consultoria interdisciplinar na área de direito (reformas processuais), matemática (análise e modelagem de dados) e administração (gestão eficiente) que possa ser gradualmente replicado em tribunais estaduais e regionais (há mais de 50 deles no país),.
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Robert Gregory Michener - Coordenador / : Ivar A. Hartmann - Integrante / Renato Rocha Souza - Integrante.


Membro de corpo editorial


2015 - Atual
Periódico: Revista da CGU


Membro de comitê de assessoramento


2014 - Atual
Agência de fomento: Open Knowledge Foundation
2014 - Atual
Agência de fomento: Open Knowledge Foundation


Revisor de periódico


2012 - Atual
Periódico: International Studies Quarterly (Print)
2014 - Atual
Periódico: Information Polity
2013 - Atual
Periódico: Governance (Oxford. Print)
2014 - Atual
Periódico: Public Administration (Print)
2015 - Atual
Periódico: Latin American Politics and Society
2014 - Atual
Periódico: Latin American Politics and Society
2015 - Atual
Periódico: International Studies Perspectives
2014 - Atual
Periódico: Administration & Society
2016 - Atual
Periódico: The International Journal of Press/Politics (Online)
2015 - Atual
Periódico: Revista de Administração Pública (Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Journal of Public Administration Research and Theory
2017 - Atual
Periódico: AMERICAN POLITICAL SCIENCE REVIEW
2017 - Atual
Periódico: PUBLIC ADMINISTRATION
2018 - Atual
Periódico: WORLD DEVELOPMENT


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo/Especialidade: Sistemas Governamentais Comparados.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas/Especialidade: Análise Institucional.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Organizações Internacionais.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Metodologia Qualitativa.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo/Especialidade: Comunicação Política.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2010
Resultados e comentários sobre a docência, Michener--Course Instructor_Survey_Results_and_Comments_received_for_Government_310.pdf.
1994
Ontario Scholar Award, Governo da Provincia de Ontario.
1993
Top Soldier, Platoon 9314, Canadian Armed Forces.
1990
Prêmio Normand Bergeron para liderança, École Public Gabriel Roy.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS
Total de trabalhos:61
Total de citações:73
Gregory Michener  Data: 13/11/2017

Artigos completos publicados em periódicos

1.
MICHENER, GREGORY2018MICHENER, GREGORY; CONTRERAS, EVELYN ; NISKIER, IRENE . From opacity to transparency? Evaluating access to information in Brazil five years later. Revista de Administração Pública (Impresso), v. 52, p. 610-629, 2018.

2.
RODRIGUES, KARINA FURTADO2018RODRIGUES, KARINA FURTADO ; MICHENER, GREGORY . A necessidade de identificação como barreira ao acesso à informação: evidências e práticas no Brasil e no mundo.. ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GESTÃO SOCIAL, v. 10, p. 303-315, 2018.

3.
MICHENER, GREGORY2018MICHENER, GREGORY. Gauging the Impact of Transparency Policies. PUBLIC ADMINISTRATION REVIEW, v. 1, p. 1, 2018.

4.
BIZZO, EDUARDO2017BIZZO, EDUARDO ; MICHENER, GREGORY . Forest Governance without Transparency? Evaluating state efforts to reduce deforestation in the Brazilian Amazon. Environmental Policy and Governance, v. 27, p. 560-574, 2017.

5.
6MICHENER, GREGORY2016MICHENER, GREGORY; PEREIRA, CARLOS . A Great Leap Forward for Democracy and the Rule of Law? Brazil's Mensalão Trial. Journal of Latin American Studies, v. 48, p. 477-507, 2016.

6.
MICHENER, GREGORY2016MICHENER, GREGORY; RITTER, OTAVIO . COMPARING RESISTANCE TO OPEN DATA PERFORMANCE MEASUREMENT: PUBLIC EDUCATION IN BRAZIL AND THE UK. PUBLIC ADMINISTRATION, v. 1, p. 1, 2016.

7.
7MICHENER, G.2015MICHENER, G.; WORTHY, B. . The Information-Gathering Matrix: A Framework for Conceptualizing the Use of Freedom of Information Laws. ADMINISTRATION & SOCIETY, v. 48, p. 1-500, 2015.

8.
5MICHENER, GREGORY2015 MICHENER, GREGORY. Assessing Freedom of Information in Latin America a Decade Later: Illuminating a Transparency Causal Mechanism. Latin American Politics and Society, v. 57, p. n/a-n/a, 2015.

9.
1MICHENER, GREGORY2015 MICHENER, GREGORY. Policy Evaluation via Composite Indexes: Qualitative Lessons from International Transparency Policy Indexes. World Development, v. 74, p. 184-196, 2015.

10.
2MICHENER, GREGORY2014 MICHENER, GREGORY. How Cabinet Size and Legislative Control Shape the Strength of Transparency Laws. Governance (Oxford. Print), v. 28, p. n/a-n/a, 2014.

11.
3MICHENER, R. G.2013 MICHENER, R. G.; BERSCH, K. . Identifying Transparency. Information Polity, v. 18, p. 233-242, 2013.

12.
4MICHENER, R. G.2011 MICHENER, R. G.. FOI Laws Around the World. Journal of Democracy, v. 22, p. 145-159, 2011.

Capítulos de livros publicados
1.
MICHENER, GREGORY. Transparency as Leverage or Transparency as Monitoring? U.S. and Nordic Paradigms in Latin America. In: David Pozen; Michael Schudson. (Org.). Troubling Transparency. 1ed.: , 2018, v. , p. 178-193.

2.
MICHENER, R. G.. La libertad de información. Una institución "boutique" en México. In: Cécile Lachenal; Ana Joaquina Ruíz. (Org.). Derecho de acceso a la información. La visión de los usuarios. 1ed.Ciudad de Mexico: FUNDAR, 2013, v. 1, p. 1-.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MICHENER, R. G.; FURTADO, K. R. . Salvando a Transparência Subnacional. Estado de São Paulo, 10 nov. 2017.

2.
MICHENER, R. G.; Irene Niskier . Lei de Acesso a Informação faz 5 anos com avanços e limitações. Folha de São Paulo, 30 set. 2017.

3.
MICHENER, R. G.; VELASCO, R. B. . Lei de Acesso à Informação, 5 anos: como impulsionar o cumprimento?. Tribuna do Advogado (OAB), Brasil, p. 28 - 29, 01 set. 2017.

4.
VARGAS, D. B. ; MICHENER, R. G. . Transparência Municipal. O Globo, Rio de Janeiro, 01 out. 2016.

5.
MICHENER, R. G.; Carlos Pereira . The Subtle Art of the Brazilian Majority. Foreign Policy Magazine, 03 out. 2014.

6.
MICHENER, R. G.. Encouraging Freedom of Information Improvements in Brazil. Open Government Partnership Blog, 18 jul. 2014.

7.
MICHENER, R. G.. Porquê a Auto Identificação Obrigatória Vai Contra a Liberdade de Informação. Digital Rights, http://www.digitalrightslac.ne, 02 abr. 2014.

8.
MICHENER, R. G.. OpenGov Conversations: Greg Michener on Creating Effective Transparency Policies. Sunlight Foundation Blog, 07 ago. 2013.

9.
MICHENER, R. G.; GAFFNEY, C. . Explaining Brazil's Vinegar Revolt. Al Jazeera International, 27 jun. 2013.

10.
MICHENER, R. G.. Cumprimento da lei exige ação coordenada dos órgãos públicos. Folha de São Paulo, 27 maio 2013.

11.
MICHENER, R. G.. Can Brazil Buck the Latin American Trend?. Al Jazeera international, 10 maio 2013.

12.
MICHENER, R. G.. Brazil: Nanny Nation. Al Jazeera International, 23 fev. 2013.

13.
MICHENER, R. G.. Análise: Alcance da legislação no país tem amplitude incomum. Folha de S. Paulo, 22 jan. 2013.

14.
MICHENER, R. G.. Tax Transparency in Brazil Legislation. Al Jazeera International, 25 dez. 2012.

15.
MICHENER, R. G.. A rupture with Brazil's culture of cordiality. Al Jazeera, 22 set. 2012.

16.
MICHENER, R. G.. Brazil's 'trial of the century'. Al Jazeera, 16 ago. 2012.

17.
MICHENER, R. G.. Brazil's Open Government Shock Treatment. Tech President, 27 jun. 2012.

18.
MICHENER, R. G.. Brazil's Green Ambitions. Al Jazeera, 19 jun. 2012.

19.
MICHENER, R. G.; Fabiano Angêlico . Transparência: o Brasil vai corresponder às expectativas?. Valor Econômico, 05 jun. 2012.

20.
MICHENER, R. G.. Brazil's great opening?. Al Jazeera, 23 abr. 2012.

21.
MICHENER, R. G.. Hacia una Teoría de Establecimento de Agenda en la Reforma de la Libertad de Información: El Caso de América Latina. Tribuna Sonot, México, p. 119 - 160, 01 mar. 2012.

22.
MICHENER, R. G.. Legislação é ampla, mas possui pontos insatisfatórios. Folha de São Paulo, São Paulo, 03 dez. 2011.

23.
MICHENER, R. G.; MANCINI, L. . Recebendo pelo que pagamos. Jornal do Comércio, Rio de Janeiro, 31 out. 2011.

24.
MICHENER, R. G.. Is Brazil Fit to Lead the Open Government Partnership? Secrecy vs. Transparency and the Ambivalence of Brazil?s Presidents. Brookings Institute, Washington, D.C., 18 jul. 2011.

25.
MICHENER, R. G.. The Open Government Partnership ? a new direction for US foreign policy?. Christian Science Monitor, 13 jul. 2011.

26.
MICHENER, R. G.. Publicidade de documentos tornam cidadãos mais ativos. A Folha de São Paulo, Brasil, p. A6, 15 jun. 2011.

27.
MICHENER, R. G.. O sigilo é o refúgio da ineficiência e corrupção. Jornal Associação Nacional de Jornais, Brasília, p. 23, 01 jun. 2011.

28.
MICHENER, R. G.. Brazil's Taxes Huge, but Where do They Go?. Christian Science Monitor, 01 jun. 2011.

29.
MICHENER, R. G.. Impeached Ex-President Pockets Brazilian FOI Bill. National Security Archive's Global Freedom of Information Advocacy, 05 maio 2011.

30.
MICHENER, R. G.; Fabiano Angêlico . Informação é o melhor remédio. Jornal Globo, p. 7, 23 abr. 2011.

31.
MICHENER, R. G.. Rousseff Praise Brightens Outlook for Brazilian FOI Bill. freedominfo.org, 14 abr. 2011.

32.
MICHENER, R. G.. Brazil Needs a Tax Break. Brazil In Focus, 12 abr. 2011.

33.
MICHENER, R. G.. Resistance Seen to Pending FOI Legislation. freedominfo.org, 04 out. 2010.

34.
MICHENER, R. G.. Lessons from Media Coverage for the Right-to-Know in Latin America. freedominfo.org, 19 jun. 2009.

35.
MICHENER, R. G.. Freedom of Information Legislation and the Media in Latin America. freedominfo.org, 19 maio 2009.

36.
MICHENER, R. G.. Por que a imprensa brasileira não cobre a Lei de Acesso à Informação? (Análise). Knight Center Blog.

37.
MICHENER, R. G.; FONSECA, H. P. . Accountability Versus Continuity ? Third Presidential Term. The Rio Times.

Apresentações de Trabalho
1.
MICHENER, R. G.; FURTADO, K. R. . Who's Asking? Assessing Discriminiation in Transparency and Freedom of Information Laws. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
MICHENER, R. G.; FURTADO, K. R. . Assessing Discriminiation in Transparency and Freedom of Information Laws. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
MICHENER, R. G.; VELASCO, R. B. . Police Transparency: Evaluating Access to Information in Relation to the Policing of Public Gatherings in Brazil, India, Mexico, South Africa and the United Kingdom. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
MICHENER, R. G.; FURTADO, K. R. . Who's Asking? Assessing Discrimination in Transparency and Access to Information Regimes. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
MICHENER, R. G.; VELASCO, R. B. . Police Transparency: Evaluating Access to Information in Relation to the Policing of Public Gatherings in Brazil, India, Mexico, South Africa and the United Kingdom. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
MICHENER, R. G.. Comparando el éxito relativo de México en términos de transparencia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
MICHENER, R. G.. Pitfalls of Policy Indexes - Rethinking Global Evaluations of Governmental Transparency. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
MICHENER, R. G.. Pesquisa sobre Transparência Lei de Acesso à Informação. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
MICHENER, R. G.. FOI and Democracy - From Brazil and Beyond in 14 Minutes. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
MICHENER, R. G.. FGV Audit of Brazil's FOI Law. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
MICHENER, R. G.. How Cabinet Size and Legislative Control Shape Incentives for Strong Transparency Laws - The Case of Brazil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
MICHENER, R. G.. Preconditions, Prescriptions, and Proscriptions ? The Pitfalls of Transparency Assessments. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
MICHENER, R. G.. Is Freedom of Information Subverting the Legal Order in Latin America? From Honor and Privacy to the Public Interest. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
MICHENER, R. G.; WORTHY, B. . The Demand side of FOI: Theorising Cause and Effect in Access to Information Requests. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
MICHENER, R. G.. Acesso à informação no Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
MICHENER, R. G.. As implicações administrativas das leis de acesso à informação pública. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
MICHENER, R. G.. Nova lei de acesso à informação pública. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
MICHENER, R. G.. 5 desafios para o movimento de dados abertos no Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
MICHENER, R. G.. Freedom of Information and the Public Interest in Latin America. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
MICHENER, R. G.. The transparency of resource management in Latin America. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
MICHENER, R. G.. Freedom of Information in Latin America - a Panorama. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
MICHENER, R. G.. 'Horizontes geopolíticos de la transparencia: indicadores democráticos'. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
MICHENER, R. G.. The Surrender of Secrecy - explaning the emergence of access to public information laws in Latin America. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
Katherine Schlosser Bersch ; MICHENER, R. G. . Quando a Boa Governança Parece Ruim: Transparência e Confiança na América Latina. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
MICHENER, R. G.. CEBRI Tese. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
MICHENER, R. G.. Freedom of Information in Latin America. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

27.
MICHENER, R. G.. Brazil's Freedom of Information Timeline. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

28.
MICHENER, R. G.. Towards an Agenda-Setting Theory of Freedom of Information Reform: the Case of Latin America. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
MICHENER, R. G.. A trajetória do acesso à informação no Brasil. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
MICHENER, R. G.. Acesso a Informações Públicas: exemplos que vêm de fora. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
MICHENER, R. G.. Os desafios das leis de acesso à informação na América Latina. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
MICHENER, R. G.. The News Media's Prospective Accountability Function: Explaining Variable Press Support for Access to Government Information Laws in Six Latin American Countries. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
MICHENER, R. G.. Examinando a Trajetória do Acesso às Informações Públicas no México e na Argentina. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

34.
MICHENER, R. G.. Taking the Scenic Route or the Direct Ride: The Drive for Freedom of Information in Argentina and Mexico. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
MICHENER, R. G.. O Que está Impulsionando as Leis de Acesso às Informações Públicas na América Latina. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
MICHENER, R. G.. Taking the Scenic Route or the Direct Ride: The Drive for Freedom of Information in Argentina and Mexico. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
MICHENER, R. G.. Um Sucesso Singular para a Administração Fox? A imprensa, Comunidades Epistêmicas, e a Elaboração da Lei de Acesso à Informação. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
MICHENER, R. G.; Katherine Schlosser Bersch . Conceptualizing the Quality of Transparency. International Political Science Association Concepts and Methods, 2011 (Working Paper - Concepts and Methods).

2.
MICHENER, R. G.. Continuities and Discontinuities of the Brazilian Federation, 2011. (Tradução/Artigo).

3.
MICHENER, R. G.. The Myth of Excessive Decentralization Dispelled: Evidence from the Regional Authority Index (RAI) Applied to Brazil?s States, 2011. (Tradução/Artigo).

4.
MICHENER, R. G.. Federalism, Bicameralism, and Institutional Change: Exploring Correlations and Mechanisms, 2011. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
FURTADO, K. R. ; MICHENER, R. G. . Plano de ação 2018 do Brasil, Open Government Partnership. 2018.

2.
FURTADO, K. R. ; MICHENER, GREGORY . A necessidade de identificação como barreira ao acesso à informação: evidências e práticas internacionais.. 2017.

3.
MICHENER, GREGORY. Prospectos políticos no governo Temer. 2016.

4.
MICHENER, GREGORY. Assessoria para o novo website do executivo federal, sendo desenvolvido pela CGU - Ministério de Transparência. 2016.

5.
MICHENER, GREGORY. Assessoria para o Terceiro Plano, Parceria para o Governo Aberto, organizado pela CGU-Ministério de Transparência. 2016.

6.
MICHENER, R. G.. Metodologia para a avaliação de transparência. 2015.

7.
Michener, R. Gregory ; MICHENER, R. G. . Police Transparency: Evaluating Access to Information in Relation to the Policing of Public Gatherings in Brazil, India, Mexico, South Africa and the United Kingdom. 2015.

8.
MICHENER, R. G.. Como melhorar o cumprimento com a lei de acesso à informação pública (12.527) no Rio de Janeiro. 2014.

9.
MICHENER, R. G.. Consultaria para a metodologia de mensuração do acesso à informação para a ONG, IBASE.. 2012.

Trabalhos técnicos
1.
HARTMANN, I. ; MICHENER, GREGORY ; Renato Rocha Souza . Políticas Públicas do Poder Judiciário Uma Análise quantitativa e qualitativa do Impacto da implantação do Processo Judicial Eletrônico (PJe) na produtividade dos Tribunais. 2018.

2.
MICHENER, GREGORY. Transparência local no Brasil: Avaliando a aplicação da lei de acesso nos estados e nas grandes cidades. 2016.

3.
MICHENER, R. G.. Incentives research: Why Policymakers Commit to Transparency: Legitimacy, Insurance, Monitoring and the Importance of the News Media as Mediator. 2015.

4.
MICHENER, R. G.; MONCAU, L. ; VELASCO, R. B. . Estado Brasileiro e Transparência: Avaliando a Aplicação da Lei de Acesso à Informação. 2014.

5.
MICHENER, R. G.. Leis de Acesso à Informação: dilemas da implementação. 2012.

6.
MICHENER, R. G.. Parliamenary Power to the People: Analyzing Online and Offline Strategies in Latin America. 2012.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MICHENER, R. G.. Controladoria de São Paulo terá o sexto comandante em cinco anos. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
MICHENER, GREGORY. Acordo no Peru não altera veto a projetos públicos para Odebrecht, diz porta-voz. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

3.
MICHENER, R. G.. Lei de acesso tem pouca abrangência, diz pesquisa da FGV. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
MICHENER, R. G.; Carlos Pereira . Mensalão abriu caminho para Lava Jato, dizem estudiosos. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

5.
MICHENER, R. G.; VELASCO, R. B. . Cinco anos após Lei de Acesso à Informação, população ainda fica sem respostas, diz FGV. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
MICHENER, R. G.. Professor Gregory Michener, professor e coordenador do Programa de Transparência Pública da FGV, avalia os cinco anos da Lei de Acesso à Informação.. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
MICHENER, R. G.. Lei de Acesso à Informação não alcança os menos assistidos, diz ouvidor-geral. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

8.
MICHENER, R. G.. Lei de Acesso à Informação não alcança os menos assistidos, diz ouvidor-geral. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

9.
MICHENER, R. G.. FGV avalia os cinco anos da Lei de Acesso à Informação. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

10.
MICHENER, R. G.. Estados e municípios deixam a desejar no acesso à informação, aponta estudo. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

11.
MICHENER, GREGORY. Especialistas dizem que situação de Silveira era insustentável. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

12.
MICHENER, GREGORY. Vice President Temer Would Lead Brazil If The President Is Impeached. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

13.
MICHENER, GREGORY. Brazil?s Graft-Prone Congress: A Circus That Even Has a Clown. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

14.
MICHENER, GREGORY. Crivella não se compromete a abrir caixa preta da prefeitura. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

15.
MICHENER, GREGORY. Aposentadoria, com salário, até para magistrado que vendeu sentença. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

16.
MICHENER, R. G.. Quem Julga o Juíz?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

17.
MICHENER, R. G.. The Slow Implosion of Brazilian Politics. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

18.
MICHENER, R. G.. Vice President Temer Would Lead Brazil if The President is Impeached. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

19.
MICHENER, R. G.. Lei de Acesso à Informação tem pouca abrangência, diz pesquisa da FGV. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

20.
MICHENER, R. G.. Scandal, protests, and impeachment threats: How bad is Brazil's crisis? (+video). 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

21.
MICHENER, GREGORY. Leia Mais:http://brasil.estadao.com.br/noticias/geral,apenas-57-dos-pedidos-de-informacao-a-estados-e-municipios-sao-atendidos-plenamente,1750646 Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias Siga @Estadao no Twitter. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

22.
MICHENER, R. G.. Tribunal de Contas do Estado não pratica transparência nos gastos. 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

23.
MICHENER, R. G.. Tribunal de Contas do Estado não pratica transparência nos gastos. 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

24.
MICHENER, R. G.. Especialista em transparência aponta deficiências da lei brasileira. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

25.
MICHENER, R. G.. Lei de Acesso à Informação 'pegou', avaliam especialistas. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

26.
MICHENER, R. G.. Brasil deve aumentar transparência para melhorar serviços públicos. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

27.
MICHENER, R. G.. Em quase 3 anos, ES só teve pouco mais de 2 mil pedidos de informação. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

28.
MICHENER, R. G.. Lei de Acesso precisa de regulamentação em 92% dos municípios brasileiros. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

29.
MICHENER, R. G.. Nove Tribunais de Justiça resistem à divulgação de salários de magistrados. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

30.
MICHENER, R. G.. How Well do Freedom of Information Laws Boost Openness?. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

31.
MICHENER, R. G.. Brazil Freedom Of Information Law Passed. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

32.
MICHENER, R. G.. Gastos públicos no Brasil deverão ser disponibilizadas a partir de maio. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

33.
MICHENER, R. G.. A Entrada em vigor da Lei de Acesso à Informação. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

34.
MICHENER, R. G.. Ceticismo em Relação à Lei de Acesso no Brasil. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

35.
MICHENER, R. G.. Brazil Passes Information Access Law. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

36.
MICHENER, R. G.. Lei de Acesso à Informação Pública. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

37.
MICHENER, R. G.. 30 minute TV Show Rede Minas 'Rede Mídia'. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

38.
MICHENER, R. G.. Especialista se diz impressionado com adesão à Lei de Acesso à Informação. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

39.
MICHENER, R. G.. Lei de Acesso à Informação Pública. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

40.
MICHENER, R. G.; FLEISCHER, D. ; Fabiano Angêlico . An End to Dirty Politics as Usual?. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

41.
FLEISCHER, D. ; MICHENER, R. G. . Do Brazil's Internet Laws Censor the Public or Protect It?. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

42.
MICHENER, R. G.. Mundo Político: Lei de acesso à informação. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

43.
MICHENER, R. G.. A luz pra lá do fim do túnel. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

44.
MICHENER, R. G.. Sem cobrança, lei de acesso à informação brasileira pode demorar a sair do papel. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

45.
MICHENER, R. G.. Quando o passado atrapalha. 2011. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

46.
MICHENER, R. G.. Em dois anos, 17 casos de censura judicial no País. 2011. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

Redes sociais, websites e blogs
1.
MICHENER, R. G.; MONCAU, L. . Transparencyaudit.net. 2014; Tema: Avaliando o cumprimento com leis de transparência e acesso à informação pública. (Site).

2.
MICHENER, R. G.. Observing Brazil. 2013; Tema: Política do Brasil. (Blog).

3.
Fabiano Angêlico ; MICHENER, R. G. . Brasil Aberto. 2011; Tema: Abertura política, transparência. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
MICHENER, GREGORY. Transparência Local no Brasil: Avaliando a Aplicação da Lei de Acesso nos Estados e nas Grandes Cidades. 2016. (Relatório de pesquisa).

2.
MICHENER, GREGORY. Como beneficiar da transparência e a lei de acesso à informação. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
MICHENER, R. G.. Police Transparency: Evaluating Access to Information in Relation to the Policing of Public Gatherings in Brazil, India, Mexico, South Africa and the United Kingdom. 2015. (Relatório de pesquisa).

4.
MONCAU, L. ; MICHENER, R. G. ; Marina Barros ; VELASCO, R. B. . Avaliação de Transparência do Ministério Público. 2015. (Relatório de pesquisa).

5.
MICHENER, R. G.. Blogs para disciplinas. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Blog).

6.
MICHENER, R. G.. Políticas Públicas. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Blog).

7.
MICHENER, GREGORY; MONCAU, L. ; VELASCO, R. B. . Estado Brasileiro e Transparência. 2014. (Relatório de pesquisa).

8.
MICHENER, R. G.. Políticas Públicas intensiva. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
MICHENER, R. G.. Blogs participativos. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Blogs).

10.
MICHENER, R. G.. Blogs personalizados para aulas na IBMEC. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Disciplina Desenvolvida).

11.
MICHENER, R. G.. Comparative Politics - Pereira and Michener. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Blog).

12.
MICHENER, GREGORY. Parliamentary Power to the People: Analyzing Online and Offline Strategies in Latin America. 2012. (Relatório de pesquisa).

13.
MICHENER, R. G.. Dilemas e soluções da implementação. 2011. (Relatório de pesquisa).

14.
MICHENER, R. G.. Prestação de Contas na Política. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Disciplina Desenvolvida).

15.
MICHENER, R. G.. Várias Disciplinas de Ciência Política. 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Discrição de Disciplinas).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Daneila Campello; MICHENER, R. G.; RICARDO CENEVIVA. Participação em banca de André Dantas Cabral. FISCAL CYCLES AND THE BRAZILIAN STATES: AN ANALYSIS OF THE MECHANISMS BEHIND TERM LIMITS. 2017. Dissertação (Mestrado em Administração) - Fundação Getúlio Vargas.

2.
MICHENER, R. G.; ZUCCO JUNIOR, C.; LATTMAN, F.. Participação em banca de Luis Filipe Kopp. The Perpetual Electoral Campaign: How Brazilian Mayors Secure Reelection through Government Advertising. 2017. Dissertação (Mestrado em Administração) - Fundação Getúlio Vargas.

3.
LINHARES, A.; MICHENER, R. G.. Participação em banca de Beatriz Abreu Foss de Oliveira. In the heat of the moment: convergent behavior of rankings under simulated annealing. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas.

4.
MICHENER, R. G.; CRAVEIRO, G.; ZUCCO JUNIOR, C.. Participação em banca de Andressa Falconiery Fioravanti. Transparência das Câmaras municipais das capitais do Brasil. 2016. Dissertação (Mestrado em Administração Pública e Governo) - Fundação Getúlio Vargas.

5.
Alketa Peci; MICHENER, GREGORY. Participação em banca de Otavio Ritter. MINHA ESCOLA TRANSPARENTE: UMA ANÁLISE COMPARATIVA DO USO DE DADOS GOVERNAMENTAIS ABERTOS NA EDUCAÇÃO BÁSICA NO BRASIL E INGLATERRA. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas.

6.
AMORIM NETO, O.; MICHENER, R. G.. Participação em banca de Patrick Del Bosco de Sales. Os programas de reaparelhamento da Marinha do Brasil na República (1904-2014). 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas.

7.
FABRI, D. M.; Daneila Campello; MICHENER, R. G.. Participação em banca de David Mendes Fabri. OS CICLOS ECONÔMICO-ELEITORAIS E O PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas.

8.
José Maria Jardim; INDOLFO, A. C.; MALIN, A. M. B.; MARIZ, A. C. A.; GOMES, S. L. R.; MICHENER, R. G.. Participação em banca de Paola Rodrigues Bittencourt. Implementação da Lei de Acesso à Informação no Poder Executivo Federal: Uma Análise a Partir dos Serviços Arquivísticos. 2014. Dissertação (Mestrado em Gestão de Documentos e Arquivos) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

9.
FILHO, Carlos E. F. P.; ZUCCO JUNIOR, C.; MICHENER, R. G.; RICARDO CENEVIVA; AMARAL, C. A. F.. Participação em banca de MAURICIO CARLOS ARAUJO RIBEIRO. MAY OIL NEVER TEAR US APART. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Acadêmico em Administração) - FGV.

10.
PAOLA RODRIGUES BITTENCOURT; José Maria Jardim; MICHENER, R. G.. Participação em banca de PAOLA RODRIGUES BITTENCOURT. IMPLEMENTAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO PODER EXECUTIVO FEDERAL: UMA ANÁLISE A PARTIR DOS SERVIÇOS ARQUIVÍSTICOS. 2014. Dissertação (Mestrado em Gestão de Documentos e Arquivos) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

11.
RODRIGUES, K.; AMORIM NETO, O.; MICHENER, R. G.; DARAUJO, M. C.. Participação em banca de Karina Furtado Rodrigues. Relações civis-militares e as leis de acesso à informação na América Latina e no Brasil. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado Acadêmico em Administração) - FGV.

12.
CARDOSO, Ricardo Lopes; RODRIGUES, Adriano; FILHO, Carlos E. F. P.; MICHENER, R. G.. Participação em banca de Paulo Somesom Tauk. O que é isso companheiro? Um estudo sobre o gerenciamento da informação contábil nos municípios brasileiros. 2012. Dissertação (Mestrado em Administração) - Fundação Getúlio Vargas.

Teses de doutorado
1.
AMORIM NETO, O.; FONTES FILHO, J. R.; D'Araújo, Maria Celina Soares; Zaverucha, Jorge; MICHENER, R. G.. Participação em banca de Karina Furtado Rodrigues. Democratic Transparency Pacts on Defense: Assessing change in civilian access to military information in Brazil and Mexico. 2017. Tese (Doutorado em doutorado em administração) - Fundação Getúlio Vargas.

2.
MICHENER, R. G.; AMORIM NETO, O.; FONTES FILHO, J. R.; ROCHA, F.; Fabiano Santos. Participação em banca de Celso Florêncio de Souza. RELAÇÕES VERTICAIS E HORIZONTAIS DE PODER NO BRASIL: UM ESTUDO HISTÓRICO-COMPARATIVO. 2017. Tese (Doutorado em doutorado em administração) - Fundação Getúlio Vargas.

3.
Carlos Pereira; AMORIM NETO, O.; RICARDO CENEVIVA; MICHENER, R. G.. Participação em banca de Mauricio Carlos Ribeiro. May Oil Never Tear Us Apart. 2016 - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas.

4.
JOIA, L. A.; MICHENER, R. G.. Participação em banca de Carla D.M. Soares. INCLUSÃO DIGITAL E PARTICIPAÇÃO ELETRÔNICA: UMA INVESTIGAÇÃO MULTI-PAPER. 2016 - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas.

5.
Carlos Pereira; Jairo Nicolau; MELO, M. A.; Lucio Renno; MICHENER, GREGORY. Participação em banca de Frederico Bertholini. From Beliefs to Pork: Three Tales of How Brazilian Political Institutions Matter. 2015 - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
V Reunião Ordinária da Rede de Ouvidorias.Palestra. 2018. (Encontro).

2.
World Bank Seminar on Fiscal Transparency.Transparency at the municipal level in Brazil. 2018. (Seminário).

3.
5 Anos de Lei de Acesso (Ministério de Transparência e CGU).5 Anos de Lei de Acesso. 2017. (Seminário).

4.
9º Seminário Catarinense de Transparência e Controle Social?, do Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina (a.Mudanças e Estratégias para Fazer Valer a Transparência Pública. 2017. (Seminário).

5.
Global Conference on Transparency Research. Measuring Openness, Transparency, and Freedom of Information Laws. 2017. (Congresso).

6.
III Colóquio de Pesquisa Aplicada da FGV.Policy Evaluation Via Composite Indexes. 2017. (Outra).

7.
International Development and Public Policy Alliance (IDPPA). Supreme Information Institutions: Rethinking the Modern State. 2017. (Congresso).

8.
International Seminar Institutional Capacities in Monitoring and Evaluation: A discussion of their Measurement.Qualitative Lessons from International Transparency Indexes. 2017. (Seminário).

9.
Seminário Regional ? Transparência e Controle Social ? CFC e CGU- RIO DE JANEIRO ? RJ.Acesso à Informação Pública: Potenciais e Desafios. 2017. (Seminário).

10.
Conselho Regional de Contabilidade do Mato Grosso do Sul. Em Busca da Transparência e Combate à Corrupção. 2016. (Congresso).

11.
FOIA@50 - Columbia University.Freedom of Information in Latin America. 2016. (Seminário).

12.
American Political Science Association. Who's Asking? Assessing Discriminiation in Transparency and Freedom of Information Laws. 2015. (Congresso).

13.
Conselho Federal de Contabilidade. Transparência e Corrupção no Brasil. 2015. (Congresso).

14.
III Workshop on Systems Transparency (WTRANS).Palestra Nacional. 2015. (Simpósio).

15.
Open Government Partnership Global Summit - Mexico 2015.Open Government Partnership. 2015. (Encontro).

16.
Semana Nacional de la Transparencia - Instituto Nacional de Transparencia.Experiencias Internacionales - Acceso a la Información. 2015. (Outra).

17.
Workshop sobre a Lei de Acesso à Informação Pública.O que é e como usar a Lei de Acesso à Informação Pública. 2015. (Simpósio).

18.
X Encuentro Internacional Red de Transparencia y Acceso a la Información Pública (RTA).Estandares para evaluar la transparencia y el acceso a la información pública. 2015. (Seminário).

19.
Governance Data Alliance.Governance Data and Public Policy. 2014. (Encontro).

20.
Semana Nacional de Transparencia.Indicadores de cumplimento con las leyes de acceso a la información pública: Inferencias de Brasil. 2014. (Simpósio).

21.
TRANSPARÊNCIA E CORRUPÇÃO: DEBATES, TENDÊNCIAS E PRIORIDADES.Painel: Prioridades na Luta contra a Corrupção. 2014. (Seminário).

22.
X Encontro Nacional do Conaci: Controle e Transparência da Administração Pública em foco.Lei Anticorrupção e Lei de Acesso à Informação ? novas tarefas ao controle interno. 2014. (Encontro).

23.
3rd Global Conference on Transparen​cy Research. Preconditions, Prescriptions, and Proscriptions ? The Pitfalls of Transparency Assessments. 2013. (Congresso).

24.
8th Iberoamerican Academy Conference. How Cabinet Size and Legislative Control Shape Incentives for Strong Transparency Laws - The Case of Brazil. 2013. (Congresso).

25.
5 Seminario Internacional de la Transparencia a los Arquivos.Horizontes geopolíticos de la transparencia: indicadores. 2012. (Seminário).

26.
ANPOCS. Divergências nas estratégias de regulamentação do financiamento político: o caso da transparência pública. 2012. (Congresso).

27.
Conexões Globais. Transparência e Dados Abertos: O desafio de transformar o Estado em um espaço de gestão compartilhado. 2012. (Congresso).

28.
Open Government Partnership - primeira reunião, brasília.Parliamentary Monitoring in Latin America. 2012. (Encontro).

29.
1st Global Conference on Transparency Research. http://spaa.newark.rutgers.edu/home/conferences/1stgctr.html. 2011. (Congresso).

30.
1st Global Conference on Transparency Research. Bolsado pelo Open Society Institute http://spaa.newark.rutgers.edu/home/conferences/1stgctr.html. 2011. (Congresso).

31.
6 Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo (ABRAJI). http://www.abraji.org.br/index.php?id=112&acao=detalhe&sala_id=16. 2011. (Congresso).

32.
Conferência anual da American Political Science Association. Socializing the Right to Access Public Information in Latin America: An Assessment of New Laws. 2011. (Congresso).

33.
Palestra para o Banco Mundial, Divisão de Governança Pública: Washington, Buenos Aires, Montevideo, Lima, e La Paz.Acesso às Informações Públicas na América Latina. 2011. (Encontro).

34.
Reunião Anual do Midwest Political Science Association. When Good Governance Looks Bad: Transparency and Trust in Latin America. 2011. (Congresso).

35.
Reunião do Inter-American Dialogue no Brasil.Latin America Working Group. 2011. (Outra).

36.
Seminário Internacional sobre Acesso à Informação: Desafios de Implementação.Foi convidado para falar informalmente. 2011. (Seminário).

37.
Dia Internacional do Direito de Saber, Palestra na FGV.Legislação de acesso à informação pública - Dia Mundial do Direito a Saber. 2010. (Simpósio).

38.
Palestra à CIDE, México.Surrendering Secrecy: Explaining Freedom of Information. 2010. (Outra).

39.
Palestra para a Associação Comercial do Rio de Janeiro.O Direito do Acesso à Informação Pública. 2010. (Encontro).

40.
Conferência anual da American Political Science Association. A Função Prospectiva da Imprensa: O Apoio da Imprensa para as Leis de Acesso às Informações Públicas em Seis Países na América Latina. 2009. (Congresso).

41.
Conferência anual da American Political Science Association. A Entrega do Sigilo? Explicando a Força das Leis de Transparência e Acesso à Informação Pública. 2009. (Congresso).

42.
Conferência anual da American Political Science Association. The Surrender of Secrecy? Explaining the Strength of Transparency and Access to Information Laws. 2009. (Congresso).

43.
Associação de Estudos Latino-Americanos. Explicando o Apoio da Mídia para as Reformas: O Caso do Acesso às Informações Públicas. 2007. (Congresso).

44.
Asociação de Estudos Latino-Americanos. Taking the Scenic Route or the Direct Ride: The Drive for Freedom of Information in Argentina and Mexico. 2006. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MICHENER, GREGORY; Irene Niskier . Os cinco anos de vigência da Lei de Acesso à Informação. 2017. (Outro).

2.
MICHENER, R. G.. II Seminário Nacional de Transparência. 2016. (Congresso).

3.
MICHENER, R. G.; Paolo de Renzio . Roundtable on Incentives for Transparency: Global Initiative for Fiscal Transparency. 2015. (Outro).

4.
MICHENER, R. G.. Painel sobre o desenvolvimento de uma avaliação de transparência policial em 5 países. 2014. (Congresso).

5.
MICHENER, R. G.; MONCAU, L. ; VELASCO, R. B. . Avaliação Nacional de Transparência Governamental. 2014. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Andressa Fioravanti. Desigualdade entre servidores públicos brasileiros: uma análise. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas. (Orientador).

2.
Hector Ferraz. Explicando a transparencia do novo programa de governança de estatais. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas. (Orientador).

3.
Rafael Antonio Braem Velasco. Transparency and Innovation in the Public Sector. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas. (Orientador).

4.
Luiz Sasaki. A divulgação da remuneração dos corretores de seguro e os conflitos entre os interesses comerciais dos corretores de seguro e as recomendações que eles fornecem aos consumidores. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Homero Terra Padilha Filho. TERCEIRO SETOR E TRANSPARÊNCIA. Início: 2016 - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Tatiana Cerginer. Saúde Transparente: Uma análise de cumprimento da Lei de Acesso à Informação nas instituições públicas federais de saúde. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, . Orientador: Robert Gregory Michener.

2.
Luis Filipe Kopp. The Perpetual Electoral Campaign: How Brazilian Mayors Secure Reelection through Government Advertising. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, . Orientador: Robert Gregory Michener.

3.
Andressa Falconiery. Transparência das Câmaras municipais das capitais do Brasil. 2016. Dissertação (Mestrado em Administração Pública e Governo) - Fundação Getúlio Vargas, . Orientador: Robert Gregory Michener.

4.
Rafael Braem Velasco. ?Who Wants to Know? A Field Experiment to Assess Discrimination in Freedom of Information Regimes. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, . Orientador: Robert Gregory Michener.

5.
Hector Ferraz. TRANSPARÊNCIA DAS SOCIEDADES DE ECONOMIA MISTA LISTADAS EM BOLSA: UMA PERSPECTIVA A PARTIR DOS WEBSITES. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, . Orientador: Robert Gregory Michener.

6.
Luiz Fernando Hideichi Sasaki. Transparência da comissão de corretagem na intermediação do seguro automóvel: um estudo comparado e lições para o brasil. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, . Orientador: Robert Gregory Michener.

7.
EDUARDO BIZZO DE PINHO BORGES. Transparência da governança florestal na Amazônia: uma análise de cumprimento da Lei de Acesso à Informação nos estados. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, . Orientador: Robert Gregory Michener.

8.
Bruno Soares Machado. Assessorias e cobertura jornalistica na admi nistração pública municipal. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, . Orientador: Robert Gregory Michener.

9.
FÁBIO DA SILVA SIQUEIRA. TRANSPARÊNCIA NO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: ANÁLISE E RECOMENDAÇÕES. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, . Orientador: Robert Gregory Michener.

10.
RODRIGO BRAGA MENDES. Implicações da Lei de Acesso à Informação: os casos da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis e das Agências Reguladoras Federais. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Fundação Getúlio Vargas, . Orientador: Robert Gregory Michener.

11.
OTÁVIO ALBUQUERQUE RITTER DOS SANTOS. MINHA ESCOLA TRANSPARENTE: UMA ANÁLISE COMPARATIVA DO USO DE DADOS GOVERNAMENTAIS ABERTOS NA EDUCAÇÃO BÁSICA NO BRASIL E INGLATERRA. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Administração Pública) - FGV, . Orientador: Robert Gregory Michener.

12.
Alessandra Monteiro. Aferição do grau de cumprimento às obrigações de transparência ativa constantes da Lei de Acesso à Informação por Universidades Federais do Brasil.. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Acadêmico em Administração) - FGV, . Orientador: Robert Gregory Michener.

13.
Henrique Lima. O USO DE TECNOLOGIA BIOMÉTRICA PARA O COMBATE A FRAUDES E A MELHORIA DA GESTÃO NO SERVIÇO PÚBLICO. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Fundação Getúlio Vargas, . Orientador: Robert Gregory Michener.

Iniciação científica
1.
Rodolfo Luna Pires. Dinheiro Público e Organizações Sem Fins Lucrativos: Avaliação Comparativa de Transparência entre 2016 e 2017. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Administração) - Fundação Getúlio Vargas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Robert Gregory Michener.



Inovação



Projetos de pesquisa

Outros projetos


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
MICHENER, R. G.; FURTADO, K. R. . Who's Asking? Assessing Discriminiation in Transparency and Freedom of Information Laws. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
MICHENER, R. G.; FURTADO, K. R. . Assessing Discriminiation in Transparency and Freedom of Information Laws. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
MICHENER, R. G.; VELASCO, R. B. . Police Transparency: Evaluating Access to Information in Relation to the Policing of Public Gatherings in Brazil, India, Mexico, South Africa and the United Kingdom. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
MICHENER, R. G.. Blogs participativos. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Blogs).

2.
MICHENER, R. G.. Blogs para disciplinas. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Blog).

3.
MICHENER, R. G.. Políticas Públicas. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Blog).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MICHENER, GREGORY. Acordo no Peru não altera veto a projetos públicos para Odebrecht, diz porta-voz. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
MICHENER, GREGORY. Crivella não se compromete a abrir caixa preta da prefeitura. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

3.
MICHENER, R. G.. Lei de acesso tem pouca abrangência, diz pesquisa da FGV. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
MICHENER, R. G.. Controladoria de São Paulo terá o sexto comandante em cinco anos. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MICHENER, R. G.. II Seminário Nacional de Transparência. 2016. (Congresso).

2.
MICHENER, R. G.; MONCAU, L. ; VELASCO, R. B. . Avaliação Nacional de Transparência Governamental. 2014. (Congresso).


Redes sociais, websites e blogs
1.
MICHENER, R. G.. Observing Brazil. 2013; Tema: Política do Brasil. (Blog).

2.
MICHENER, R. G.; MONCAU, L. . Transparencyaudit.net. 2014; Tema: Avaliando o cumprimento com leis de transparência e acesso à informação pública. (Site).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 10:24:59