Mirela Dornelles Gonzalez Paz

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0361506897052224
  • Última atualização do currículo em 18/05/2017


Mirela Gonzalez, Bacharela Interdisciplinar em Artes,Ufba. Bacharela em Artes Cênicas com Habilitação em Interpretação Teatral, Ufba. Mestranda em literatura e cultura pelo PPGLITCULT - UFBA. Integrou o elenco de Uma Visita ao Céu (2006, Direção de Pedro Henriques) e A Família BuscaPasso (2007, Direção de Marconi Araponga). Em 2009 ingressou na UFBA no Bacharelado Interdisciplinar em Artes, onde se destacam as mostras Alitrix (2010, direção de Marcelo Benígno), A Morta (2010, direção Lilih Curi) e Fim de Partida com Filtro (2011, direção de Marco Kipman). Convidada a fazer parte do Coletivo de Artistas Cênicos Teatro Saladistar em 2010, foi atuante no Núcleo Viansatã de Investigação Cênica durante 2 anos, integrando com encenação de Amanda Maia os experimentos cênicos Théâtre des Vampires (2010), Théâtre des Vampires: Confissão (2011), Théâtre des Vampires: Cuprum (2012) e o Espetáculo Lumus (2012). No Saladistar participou também como atriz do dramatículo O Jardim Secreto (2011, direção de Jones Mota, projeto Saladistar no Ato); atriz e arte-educadora no espetáculo Da Onde Brotava Isso? (2011, Direção de Amanda Maia, no Projeto Na Confluência do Rio, em Rondônia, para a Odebrecht Energia e no Rio de Janeiro, para o Breezes Resorts); atriz e arte-educadora no espetáculo Scena Aberte (2011, Direção de Amanda Maia, para o Complexo Costa do Sauípe); e atriz e arte-educadora no espetáculo Dia Branco (2011-2012, direção de Amanda Maia, PAZ ? Programa Acidentes Zero para a Odebrecht América Latina & Angola, com apresentações no Brasil, no Panamá e na República Dominicana). Integrou a Comissão de Produção do Teatro Saladistar, O Tapete, responsável pelas seguintes realizações: os experimentos Théâtre des Vampires (2010), Théâtre des Vampires: Confissão (2011) e Théâtre des Vampires: Cuprum (2012); a exposição fotográfica Olhar de Confissão (2012) e o Prêmio Camundongo de Teatro (2012). Integrou o projeto Interior Mulher, financiado pelo Governo do Estado da Bahia, exercendo as funções de Atriz e Arte-educadora. Trabalhou como atriz e produtora no espetáculo do Fando e Lis, com direção de Romeran Ribeiro (2014). Trabalhou como atriz nos espetáculos A Comédia Humana, com direção de Maurício Pedrosa, pela Cia de teatro da UFBA (2015). Em Construção, com direção de Hebe Alves (2015) Dark Times, com direção de Paulo Cunha, pela Cia de teatro da UFBA, com duas indicações ao prêmio Braskem de teatro (2016). O Rei da Vela, com direção de Fernanda Paquelet (2016). Noivas, com direção de Maurício Pedrosa (2017). Eu é outro: ensaio sobre fronteiras, com direção de Marcus Lobo (2017) (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mirela Dornelles Gonzalez Paz
Nome em citações bibliográficas
PAZ, M. D. G.


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em LITERATURA E CULTURA.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: A CARTILHA TRÊS VIVAS PARA O BEBÊ EM AUDIOLIVRO: A CRIAÇÃO DE UM ROTEIRO PARA PEÇA RADIOFÔNICA,Orientador: Sílvia Maria Guerra Anastácio.
Palavras-chave: Adaptação; Peça Radiofônica; Crítica Genética.
2014 - 2016
Graduação em Artes Cênicas.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2009 - 2013
Graduação em Bacharelado Interdisciplinar em Artes.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Projetos de pesquisa


2014 - 2016
Tradução, Processo de Criação e Mídias Sonoras (PRO.SOM): Estudos de Tradução Interlingual e Interartes
Descrição: Este projeto de pesquisa tem como objetivo dar andamento aos trabalhos desenvolvidos no projeto Tradução, Processo de Criação e Mídias Sonoras (2008-2012). Pretendemos, nesta etapa do projeto, discutir estudos críticos que abordem questões relacionadas à estética radiofônica, especialmente à história e às características do gênero peça radiofônica, focalizando, em particular, autores da literatura inglesa; dentre eles, o escritor Herbert George Wells tem sido estudado e traduzido pelos integrantes do PRO.SOM, sendo suas obras adaptadas e gravadas em audiolivro. Além disso, têm sido desenvolvidos estudos de processo de criação em diversas linguagens. Justifica-se a pesquisa por enriquecer os estudos da Crítica Genética ao promover a montagem e a análise de dossiês genéticos das obras artísticas estudadas; por enriquecer os estudos na área de Tradução Interlingual; por estabelecer um diálogo entre as diversas linguagens, mídias, artes e/ou sistemas semióticos analisados; por aprofundar estudos sobre a estética radiofônica; por enriquecer o mercado de mídias sonoras com os audiolivros produzidos a partir da gravação e publicação de obras literárias traduzidas de idiomas estrangeiros para o português em versão MecDaisy (ledor para cegos), bem como na versão interpretada; e por distribuir uma parcela dos audiolivros para Institutos de Cegos de todo o Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Livros publicados/organizados ou edições
1.
ANASTACIO, S. M. G. ; PAZ, M. D. G. ; DIAS, R. B. ; SERRAVALLE, S. M. S. ; ALMEIDA, P. S. . A guerra dos mundos. 1. ed. Salvador: Edufba, 2015. v. 1. 77p .

2.
ANASTACIO, S. M. G. ; PAZ, M. D. G. ; NUNES, I. D. H. ; ALMEIDA, P. S. ; SERRAVALLE, S. M. S. ; DIAS, R. B. . A guerra dos mundos (Audiolivro e versão Macdaisy bônus). 1. ed. Salvador: Edufba, 2015. v. 1.

Apresentações de Trabalho
1.
PAZ, M. D. G.; NUNES, I. D. H. ; ANASTACIO, S. M. G. . Trocando o palco pelo microfone: o trabalho artístico em uma peça radiofônica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
PAZ, M. D. G.; ANASTACIO, S. M. G. . Trocando o palco pelo microfone: o trabalho artístico em uma peça radiofônica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).



Eventos



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ANASTACIO, S. M. G. ; PAZ, M. D. G. ; ROMANELLI, S. . XII Congresso da APCG Estudos de Processo no Século XXI: Multilinguismo, multimídia e multi-verso.. 2015. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/10/2018 às 4:21:36