Fred Maciel

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8902937834731785
  • Última atualização do currículo em 20/11/2018


Doutor em História pelo Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (campus Franca), na linha de pesquisa História e Cultura Política. Mestre (2013) e Graduado (Bacharelado e Licenciatura - 2010) em História pela mesma instituição. Tem experiência na área de História, com ênfase em História da América Latina e História dos Intelectuais, especialmente História da América Central e da Nicarágua. Membro do Grupo de Pesquisa Intelectuais e Política nas Américas (IPA). Atualmente desenvolve pesquisa de pós-doutorado junto ao Programa Interdisciplinar Sociedade e Desenvolvimento da Universidade Estadual do Paraná (campus Campo Mourão). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Fred Maciel
Nome em citações bibliográficas
MACIEL, F.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual do Paraná, Campus Campo Mourão.
Avenida Comendador Norberto Marcondes, 733
Centro
87303100 - Campo Mourão, PR - Brasil
Telefone: (44) 35181876


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2018
Doutorado em História.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: "Alterar la historia haciéndola, no solo contándola": intelectualidade e cultura política sandinista em Sergio Ramírez, Ano de obtenção: 2018.
Orientador: Marcos Sorrilha Pinheiro.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2011 - 2013
Mestrado em História.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Da montanha ao quartel: atuação e influência do Exército Popular Sandinista na Nicarágua,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Héctor Luis Saint Pierre.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2007 - 2010
Graduação em História.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Uma estratégia heterogênea: luta armada e movimento insurrecional na Nicarágua.
Orientador: Héctor Luis Saint Pierre.


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Universidade Estadual do Paraná, UNESPAR, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.


Formação Complementar


2014 - 2014
A política de massas populista na América Latina. (Carga horária: 3h).
Associação Nacional de Pesquisadores e Professores de História das Américas, ANPHLAC, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Cinema e História da Guerra. (Carga horária: 20h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
Redes de circulação de produtos e pessoas nas.... (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
Teorias Contemporáneas sobre la Guerra y la Paz. (Carga horária: 12h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Política e Cultura no Brasil Contemporâneo. (Carga horária: 20h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2007 - 2007
Os judeus no mundo Medieval. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual do Paraná, UNESPAR, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor e pesquisador de pós-doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.


Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Discente, Enquadramento Funcional: Aluno e pesquisador (Mestrado), Regime: Dedicação exclusiva.


Centro de Documentação e Apoio à Pesquisa Histórica, CEDAPH, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 4


Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - Unesp/Franca, FCHS - UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista Didático, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 8
Outras informações
Professor substituto nos cursos de graduação em História e Relações Internacionais. Disciplinas ministradas: História dos Estados Unidos e História das Relações Internacionais



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Intelectualidade e culturas políticas: sociabilidade e participação nas democracias contemporâneas da América Central
Descrição: O projeto de pesquisa visa analisar a atuação e influência de setores da intelectualidade nos processos político-sociais das democracias contemporâneas centro-americanas, especialmente na Nicarágua, elucidando sua composição, redes de sociabilidade e interesses de intervenção, além de analisar o impacto das ações e projetos intelectuais na composição de culturas políticas específicas; tendo como recorte temporal a passagem para o século XXI (sobretudo a década de 1990) até os dias atuais. Refletir sobre a possibilidade da construção de redes de sociabilidade e a possível conformação de culturas políticas em torno de figuras letradas traria consigo elementos que permitiriam a compreensão de comportamentos coletivos e o direcionamento de participações políticas, seja através de partidos, movimentos sociais ou mesmo iniciativas mais individualizadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Fred Maciel - Coordenador.
2014 - Atual
Sergio Ramírez, intelectualidade e cultura política sandinista
Descrição: Neste projeto, analisamos a atuação e obra do intelectual nicaraguense Sergio Ramírez, buscando identificar a existência de uma cultura política sandinista. Personagem ativo desde a luta antiditatorial até a transição do regime da Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN) nos anos 1990, Ramírez pode ser considerado um dos interlocutores responsáveis pela mobilização de uma tradição política sandinista de viés ético-histórico e igualmente uma fonte para sua verificação. A identificação da intelectualidade nicaraguense e de suas marcas mostra-se relevante na apreensão dos projetos histórico-culturais atuantes no país, de modo a entender como especificidades locais influenciaram no desenvolvimento e na prática de tais ?homens de letras?. Através principalmente do estudo de suas ações e produção literária, visamos aclarar como referida ampla cultura política sandinista fornecia símbolos e representações políticas com as quais Ramírez dialogou, pautando suas ações políticas e elaborações intelectuais. Desse modo, não esquecendo que os intelectuais desempenham uma função social responsável por organizar representações políticas e produzir interpretações sobre a realidade de seu tempo e comunidade, objetivamos retratar como, por meio de Ramírez, projetos políticos nicaraguenses foram edificados e como as atuações desse intelectual também contribuem no reconhecimento da diversidade do sandinismo, com suas ressignificações, releituras e vertentes identificáveis especialmente após a derrota eleitoral da FSLN em 1990. Enquanto força mobilizadora e ideal aglutinador, o sandinismo (e sua cultura política e tradições) é uma marca fundamental da história política recente da Nicarágua, assim como Ramírez é a grande referência intelecto-cultural dessa mesma época, e analisá-los é fundamental na compreensão dos caminhos atuais desse ainda pouco estudado país centro-americano..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .

Integrantes: Fred Maciel - Coordenador.
2011 - 2013
Atuação e influência do Exército Popular Sandinista na Nicarágua
Descrição: O projeto analisou a atuação do Exército Popular Sandinista (EPS) na década de 1980 e sua transição de exército guerrilheiro para exército profissional e regular, marco da etapa de transformação pela qual passava a Nicarágua e inserida em uma cultura política de quase permanente uso da violência como amparo às forças políticas. Desse modo, buscamos elucidar a subordinação do EPS à Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN), efetivando a confusão Estado-Partido-Exército, eixo do regime sandinista. O entendimento da real participação, interferência e influência do EPS no governo e sua posterior profissionalização contribuem para a reflexão acerca de como o regime sandinista, enquanto sistema político, resolveu a institucionalização do exército e do campo político-militar. Ademais, a constante situação de guerra fomentada pela contrarrevolução (os chamados ?Contras?) fez com que o EPS emergisse como um dos principais atores do cenário nacional nicaraguense; assim, buscamos compreender a maneira como as forças armadas agiram no ambiente político-social, de maneira a transformar e/ou reorganizar esses campos. A consequente derrocada sandinista e a emergência de um novo governo após as eleições de 1990 reorganizou o EPS, transformando-o em uma força apolítica e nacional, um instrumento estabilizador na polarizada e conflitante sociedade nicaraguense. É inegável a relevância do EPS na Nicarágua sandinista da década de 1980 e visamos elucidá-la nesta pesquisa, bem como a importância de sua transformação, reorganizando e inserindo novos parâmetros em um conturbado ambiente político-social..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Fred Maciel - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2014 - 2017
Periódico: História e Cultura


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América Central.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História, política e sociedade da Nicarágua.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Defesa e Segurança Regional na América Central.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MACIEL, F.2018 MACIEL, F.. Sergio Ramírez, cultura política e o resgate do Sandino histórico. IZQUIERDAS (SANTIAGO), v. 40, p. 231-253, 2018.

2.
MACIEL, F.2017MACIEL, F.. Entre a tradição e a ruptura: o movimento de vanguarda na Nicarágua. Conversas & Controvérsias, v. 4, p. 82-104, 2017.

3.
MACIEL, F.2016MACIEL, F.. Pensar a Defesa na América Central: o caso nicaraguense e os dilemas regionais. Brazilian Journal of International Relations, v. 5, p. 154-185, 2016.

4.
MACIEL, F.2016MACIEL, F.. Sergio Ramírez, escritor e político, e o contexto político cultural nicaraguense e centro-americano na segunda metade do século XX. Em Perspectiva, v. 1, p. 103-125, 2016.

5.
MACIEL, F.2015MACIEL, F.. A condução do setor de defesa na Nicarágua sandinista: relações civis-militares. Monções: Revista de Relações Internacionais da UFGD, v. 4, p. 175-190, 2015.

6.
MACIEL, F.2014 MACIEL, F.. Armas e campo: participação contrarrevolucionária camponesa na Nicarágua sandinista. Revista Tempos Históricos, v. 17, p. 344-363, 2014.

7.
MACIEL, F.2014MACIEL, F.. 35 anos de uma revolução enredada. Mundorama, v. 83, p. 1, 2014.

8.
MACIEL, F.2013MACIEL, F.. Insurreição e quadro político: Frente Sandinista e a opção pela via armada na Nicarágua. Oficina do Historiador, v. 6, p. 44-64, 2013.

9.
MACIEL, F.2013MACIEL, F.. Saber científico e pensamento pós-moderno: apontamentos de Jürgen Habermas e Jean-François Lyotard. Revista de Teoria da História, v. 9, p. 36-58, 2013.

10.
MACIEL, F.2013MACIEL, F.. Independência e nacionalidade: aspectos sócio-políticos e institucionais na América. Clio. Série História do Nordeste (UFPE), v. 31.1, p. 1-19, 2013.

11.
MACIEL, F.2011MACIEL, F.; PINHEIRO, Marcos Sorrilha . BLUES: Manifestação e inserção sociocultural do negro no início do século XX. Outros Tempos, v. 8, p. 221-238, 2011.

12.
MACIEL, F.2011MACIEL, F.. Orteguismo: a nova faceta governamental na Nicarágua. Mundorama, v. 52, p. 1-2, 2011.

Capítulos de livros publicados
1.
MACIEL, F.. FSLN e sandinismo: transformações, transições e democracia. In: Amaral, Fernanda Pattaro [et al.]. (Org.). El desangramiento latinoamericano: un panorama político contemporáneo sobre la reorganización y la reconfiguración del estado neoliberal. 1ed.Barranquilla: Corporación Universitaria Americana, 2018, v. , p. 183-214.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MACIEL, F.. Poder e cultura política na obra de Sergio Ramírez. In: XI Encontro Internacional da ANPHLAC, 2014, Niterói - RJ. Anais do XI Encontro Internacional da ANPHLAC, 2014. p. 01-12.

2.
MACIEL, F.. Governo sandinista e Forças Armadas: relações civis-militares na transição pós-ditatorial. In: VI Congreso Latinoamericano de Ciencia Política - ALACIP, 2012, Quito - Equador. Ponencias del VI Congreso Latinoamericano de Ciencia Política - ALACIP 2012, 2012.

3.
MACIEL, F.. Revolução e violência política: guerra contrarrevolucionária e início do processo de institucionalização do Exército na Nicarágua. In: XXI Encontro Estadual de História: trabalho, cultura e memória - ANPUH-SP, 2012, Campinas/SP. Anais do XXI Encontro Estadual de História: trabalho, cultura e memória - ANPUH-SP. São Paulo: ANPUH-SP, 2012.

4.
MACIEL, F.. Contradições de um processo revolucionário: Eixo Estado-Partido-Exército na Nicarágua sandinista. In: VI Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa, 2012, São Paulo. VI Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa - Pensamento Brasileiro em Defesa, 2012. p. 1-10.

5.
MACIEL, F.. Paradoxos de uma revolução: Estado e Exército Popular Sandinista na Nicarágua. In: X Encontro Internacional da ANPHLAC, 2012, São Paulo. Anais Eletrônicos do X Encontro Internacional da ANPHLAC, 2012.

6.
MACIEL, F.. Estado e Exército na América Latina: Guarda Nacional e Estado patrimonial somozista na Nicarágua. In: VI Semana de História Política / III Seminário Nacional de História: Política e Cultura & Política e Sociedade, 2011, Rio de Janeiro - RJ. Anais da VI Semana de História Política / III Seminário Nacional de História: Política e Cultura & Política e Sociedade, 2011. p. 548-557.

7.
MACIEL, F.. O uso das forças armadas como instrumento político na América Latina: o exemplo nicaraguense. In: III Simpósio de Pós-Graduação em Relações Internacionais do Programa "San Tiago Dantas" (UNESP, UNICAMP e PUC/SP), 2011, São Paulo - SP. Simpósio de Pós-Graduação em Relações Internacionais do Programa San Thiago Dantas, 2011.

8.
MACIEL, F.. Via armada: quadro político e panoramas na América Latina.. In: XX Encontro Regional de História - História e Liberdade - ANPUH SP, 2010, Franca. Anais do XX Encontro regional de História da ANPUH SP - História e Liberdade, 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MACIEL, F.. A opção pela luta armada na América Latina: o caso nicaragüense.. In: XXII Congresso de Iniciação Científica da Unesp, 2010, Franca. Publicação dos Trabalhos Apresentados Vol. I - XXII Congresso de Iniciação Científica da Unesp, 2010.

2.
MACIEL, F.. Um combate heterogêneo: o movimento insurrecional na Nicarágua. In: XXI Congresso de Iniciação Científica da Unesp, 2009, São José do Rio Preto. Publicação dos trabalhos apresentados no XXI Congresso de Iniciação Científica da Unesp, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MACIEL, F.. Poder e cultura política na obra de Sergio Ramírez. In: XI Encontro Internacional da ANPHLAC, 2014, Niterói - RJ. Caderno de Resumos do XI Encontro Internacional da ANPHLAC, 2014. v. 1. p. 85-86.

2.
MACIEL, F.. Cultura política sandinista em Sergio Ramírez. In: XXXI Semana de História da Unesp, 2014, Assis-SP. Caderno de Resumos da XXXI Semana de História, 2014. p. 80-80.

3.
MACIEL, F.. Paradoxos de uma revolução: Estado e Exército Popular Sandinista na Nicarágua. In: X Encontro Internacional da Associação Nacional de Pesquisadores e Professores de História das Américas (ANPHLAC), 2012, São Paulo. Caderno de Resumos - X Encontro Internacional da Associação Nacional de Pesquisadores e Professores de História das Américas (ANPHLAC), 2012. p. 55-55.

4.
MACIEL, F.. Contradições de um processo revolucionário: Eixo Estado-Partido-Exército na Nicarágua sandinista. In: VI Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa - I Encontro Sul-americano de Defesa, 2012, São Paulo. Anais de Resumo do VI Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa e I Encontro Sul-americano de Defesa, 2012. p. 140-141.

5.
MACIEL, F.. Revolução e violência política: guerra contrarrevolucionária e início do processo de institucionalização do Exército na Nicarágua. In: XXI Encontro Estadual de História - ANPUH/SP - Trabalho, Cultura e Memória, 2012, Campinas/SP. Associação Nacional de História - Seção São Paulo: Livro de Resumos XXI Encontro Estadual de História: Trabalho, Cultura e Memória, 2012. p. 149-149.

6.
MACIEL, F.. Paz e interesse: fim do regime sandinista e início da pacificação na Nicarágua. In: XVIII Semana de História - Linguagens da História, 2011, Franca - SP. Caderno de Resumos da XVIII Semana de História - Linguagens da História, 2011.

7.
MACIEL, F.. Estado e Exército na América Latina: Guarda Nacional e Estado patrimonial somozista na Nicarágua. In: VI Semana de História Política / III Seminário Nacional de História: Política e Cultura & Política e Sociedade, 2011, Rio de Janeiro - RJ. Caderno de Resumos, 2011.

Apresentações de Trabalho
1.
MACIEL, F.. Culturas políticas na América Latina. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
MACIEL, F.. Desafios e rumos do setor de defesa e segurança na Nicarágua e na América Central. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
MACIEL, F.. Poder e cultura política na obra de Sergio Ramírez. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
MACIEL, F.. Cultura política sandinista em Sergio Ramírez. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
MACIEL, F.. Transição e reconversão do setor de defesa na Nicarágua. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
MACIEL, F.. Governo sandinista e Forças Armadas: relações civis-militares na transição pós-ditatorial. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
MACIEL, F.. Paradoxos de uma revolução: Estado e Exército Popular Sandinista na Nicarágua. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
MACIEL, F.. Contradições de um processo revolucionário: Eixo Estado-Partido-Exército na Nicarágua sandinista. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
MACIEL, F.. Revolução e violência política: guerra contrarrevolucionária e início do processo de institucionalização do Exército na Nicarágua. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
MACIEL, F.. Atuação do Exército Popular Sandinista na Nicarágua: algumas considerações preliminares. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

11.
MACIEL, F.. Paz e interesse: fim do regime sandinista e início da pacificação na Nicarágua. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
MACIEL, F.. O uso das forças armadas como instrumento político na América Latina: o exemplo nicaraguense. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
MACIEL, F.. Via armada: quadro político e panoramas na América Latina.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
MACIEL, F.. A opção pela luta armada na América Latina: o caso nicaragüense.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
MACIEL, F.. Poder e controle: Guarda Nacional e governo Somoza na Nicarágua.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
MACIEL, F.. Um combate heterogêneo: o movimento insurrecional na Nicarágua. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
MACIEL, F.. Uma transição negociada: o processo de pacificação na Nicarágua. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
MACIEL, F.. Crise nicaraguense e o aprofundamento das incertezas na Defesa e Segurança. São Paulo: ERIS-GEDES, 2018 (Artigo em página da internet).

2.
MACIEL, F.. Nicarágua e as incertezas no setor de Defesa e Segurança. São Paulo: ERIS-GEDES, 2017 (Artigo em página da internet).

3.
MACIEL, F.. Uma influência conflituosa: as Forças Armadas na América Central 2010 (Artigo em página da internet).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
MACIEL, F.. Revista Outras Fronteiras (Parecer Artigo). 2018.

2.
MACIEL, F.. Revista Relaciones Internacionales (Parecer Artigo). 2016.

3.
MACIEL, F.. Revista Eletrônica da ANPHLAC (Parecer Artigo). 2014.

4.
MACIEL, F.. Oficina do Historiador (Parecer Artigo). 2014.

5.
MACIEL, F.. Oficina do Historiador (Parecer Artigo). 2013.

6.
MACIEL, F.. Oficina do Historiador (Parecer Artigo). 2013.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MACIEL, F.. Conflitos na Nicarágua vem de acúmulo de tensões sociais, afirma pesquisador. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
MACIEL, F.. Quem é o líder de esquerda que tem promovido um banho de sangue na América Central?. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
MACIEL, F.. Relatório Final Fapesp. 2013. (Relatório de pesquisa).

2.
MACIEL, F.. Relatório Parcial Fapesp. 2012. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MACIEL, F.; PINHEIRO, Marcos Sorrilha; FENERICK, J. A.. Participação em banca de Ana Paula Daniel. A historieta que conta a história: a realidade narrada por Quino em seu quadrinho Mafalda. 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PORTUGAL, Ana Raquel; MACIEL, F.. Participação em banca de Sérgio Daidone Filho.Antônio Vieira: um comunista na cidade de Franca nos Anos de Chumbo. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
PINHEIRO, Marcos Sorrilha; MACIEL, F.. Participação em banca de Alexandre Novaes Lopes Filho.A Rebelião Zapatista em Chiapas, passado e atualidade: revisitando a Revolução de 1910 na Era da Informação. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
PINHEIRO, Marcos Sorrilha; MACIEL, F.. Participação em banca de João Matheus Sampaio Palmeira.A defesa do marxismo de José Carlos Mariátegui. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
PINHEIRO, Marcos Sorrilha; MACIEL, F.. Participação em banca de José Cavallini Neto.Experiência peruana 1968-1980 - Peculiaridade na América Latina. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

5.
PINHEIRO, Marcos Sorrilha; MACIEL, F.. Participação em banca de Júlio César Maiorino Bernardo.O Exército Zapatista de Libertação Nacional: esperança à esquerda mexicana e mundial. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
MACIEL, F.. Parecerista de trabalhos científicos apresentados no XXVI Congresso de Iniciação Científica da Unesp. 2014. Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - Unesp/Franca.

2.
MACIEL, F.. Parecerista de trabalhos científicos apresentados no XXV Congresso de Iniciação Científica da Unesp. 2013. Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - Unesp/Franca.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XI Encontro Internacional da ANPHLAC.Poder e cultura política na obra de Sergio Ramírez. 2014. (Encontro).

2.
XXXI Semana de História da Unesp. Cultura política sandinista em Sergio Ramírez. 2014. (Congresso).

3.
VI Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa.Contradições de um processo revolucionário: Eixo Estado-Partido-Exército na Nicarágua sandinista. 2012. (Encontro).

4.
III Simpósio de Pós-Graduação em Relações Internacionais do Programa "San Tiago Dantas" (UNESP, UNICAMP e PUC/SP). 2011. (Simpósio).

5.
Painel sobre Defesa "A Defesa Nacional na Fronteira do Brasil". 2011. (Outra).

6.
V Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa. 2011. (Encontro).

7.
VIII Semana de Relações Internacionais da Unesp. 2010. (Outra).

8.
XX Encontro Regional de História - ANPUH SP. 2010. (Encontro).

9.
XXII Congresso de Iniciação Científica da Unesp. 2010. (Congresso).

10.
II Simpósio de Educação - políticas públicas em debate: formação de professores. 2009. (Simpósio).

11.
XXI Congresso de Iniciação Científica da Unesp. 2009. (Congresso).

12.
Colóquio Internacional Consumo e Abastecimento na História. 2008. (Outra).

13.
VI Semana de Relações Internacionais da Unesp. 2008. (Outra).

14.
XVII Semana de História: Novos embates historiográficos. 2008. (Outra).

15.
Arte PET - Interpretações e contextualizações do real. 2007. (Outra).

16.
História e Práticas de Ensino: construindo sentidos. 2007. (Outra).

17.
IX Ciclo de Estudos Antigos e Medievais. 2007. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MACIEL, F.; MISSIATO, V. A. R. . Simpósio Temático - Culturas políticas nas Américas: intelectuais e partidos, novos mundos e interpretações. 2015. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/02/2019 às 20:19:16