Mariana da Costa Amorim

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5493315313368855
  • Última atualização do currículo em 03/01/2019


Possui graduação em Psicologia - Faculdades Alves Faria (2012) e mestrado em Direitos Humanos pela Universidade Federal de Goiás (2015). Tem experiência na área de Psicologia Social, com ênfase em Direitos Humanos, atuando principalmente nos seguintes temas: violência, relações de poder, gênero, estudos feministas, saúde pública e humanização. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mariana da Costa Amorim
Nome em citações bibliográficas
AMORIM, M. C.


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2015
Mestrado em Direitos Humanos.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: EXPERIÊNCIAS DE PARTO E VIOLAÇÃO AOS DIREITOS. HUMANOS: UM ESTUDO SOBRE RELATOS DE VIOLÊNCIA NA. ASSISTÊNCIA OBSTÉTRICA.,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Vanessa Helena Santana Dalla Déa.
Coorientador: Cerise de Castro Campos.
2008 - 2012
Graduação em Psicologia.
Faculdades Alves Faria, ALFA, Brasil.
Título: CONSUMO DE ÁLCOOL ENTRE ADOLESCENTES: DADOS DO JUIZADO DA INFÂNCIA.
Orientador: Timóteo Madaleno Vieira.
Bolsista do(a): Organização das Voluntárias de Goiás, OVG, Brasil.




Formação Complementar


2014 - 2014
Gestão de Práticas Integrativas e Complementares. (Carga horária: 80h).
UNIVERSIDADE DO SUS / MINISTÉRIO DA SAÚDE, UNASUS, Brasil.
2014 - 2014
Qualificação em Atenção Domiciliar. (Carga horária: 90h).
UNIVERSIDADE ABERTA DO SUS - UERJ, UNA-SUS, Brasil.
2013 - 2013
Capacitação -Humanização da Assistência Obstétrica. (Carga horária: 4h).
UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - HOSPITAL DAS CLINICAS, UFG/HC, Brasil.
2012 - 2012
Intervenção Psicológica em Incidentes Críticos. (Carga horária: 18h).
Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.
2012 - 2012
Palográfico Avançado. (Carga horária: 30h).
Associação Brasileira de Recursos Humanos Goiás, ABRH GO, Brasil.
2011 - 2011
Palográfico. (Carga horária: 30h).
Associação Brasileira de Recursos Humanos Goiás, ABRH GO, Brasil.
2010 - 2010
Grafologia. (Carga horária: 18h).
Associação Brasileira de Recursos Humanos Goiás, ABRH GO, Brasil.
2010 - 2010
Ética Empresarial. (Carga horária: 15h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2010 - 2010
Direitos Sociais e Justiça. (Carga horária: 3h).
Conselho Regional de Psicologia 09, CRP 09, Brasil.
2010 - 2010
Programa de Educação Familiar: Parentalidade. (Carga horária: 3h).
Conselho Regional de Psicologia 09, CRP 09, Brasil.
2010 - 2010
Rorschach Sistema Compreensivo. (Carga horária: 8h).
Fórum de Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira, FENPB, Brasil.
2010 - 2010
Diversidade nas Organizações. (Carga horária: 15h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2010 - 2010
Política Públicas: Drogas, e eu com isso?. (Carga horária: 3h).
Conselho Regional de Psicologia 09, CRP 09, Brasil.
2010 - 2010
Gestão de Pessoas - Motivação nas Organizações. (Carga horária: 15h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2009 - 2009
Estatuto da Criança e do Adolescente. (Carga horária: 36h).
Juizado da Infância e Juventude de Goiânia, JIJ GO, Brasil.
2003 - 2003
Como atender uma pessoa surda no hospital. (Carga horária: 4h).
Associação dos Surdos de Goiânia, ASG, Brasil.


Atuação Profissional



Centro de Referencia em Assistencia Social - CRAS Brejinho/RN, CRAS, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: PSICOLOGA SOCIAL, Carga horária: 40
Outras informações
CRAS, Centro de referencia em assistência social, é responsável por ofertar serviços de Proteção Social Básica em áreas de risco. O principal serviço ofertado é de Proteção e Atendimento Integral à Família, que visa promover o acompanhamento socioassistencial de famílias e potencializá-las, fortalecendo vínculos internos e externos e atuar de forma preventiva, evitando que essas famílias tenham seus direitos violados, contribuindo para o processo de autonomia e emancipação social das família que se encontram em situação de vulnerabilidade e sujeitos a riscos. O CRAS oferece serviços de proteção social básica, além de coordenar toda a rede de serviços de assistência social. Como Psicóloga social do CRAS, as atribuições do meu trabalho eram: - trabalhar em parceria com os conselheiros tutelares da infância, identificando crianças em situação de violação de direitos humanos, orientar os conselheiros tutelares quanto às medidas legais previstas no estatuto da criança e do adolescente, providenciar, juntamente com os conselheiros, segurança emergencial e imediata para a criança socorrida. - Executava procedimentos profissionais para escuta qualificada e observação das condições de vida da comunidade, identificando as vulnerabilidades de indivíduos, famílias e grupos, buscando amparo legal para garantia dos direitos humanos e da dignidade. - Articulava serviços e recursos para atendimento, encaminhamento e acompanhamento das famílias e indivíduos; - Desenvolvia atividades socioeducativas de apoio, acolhida, reflexão e participação, que visavam o fortalecimento familiar e a convivência comunitária; - Realizava atendimento à família (acolhimento, entrevistas, orientação, visitas domiciliares) sempre com a perspectiva multidisciplinar e garantia dos direitos humanos. - Elaborava relatórios descritivos sobre a sobre a situação da comunidade e identificava possíveis violações aos direitos humanos. Tais relatórios eram encaminhados ao governo local e à justiça local, para imple


Centro de Referencia em Assistencia Social - CRAS Jundia/RN, CRAS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: PSICOLOGA SOCIAL, Carga horária: 40
Outras informações
CRAS, Centro de referencia em assistência social, é responsável por ofertar serviços de Proteção Social Básica em áreas de risco. O principal serviço ofertado é de Proteção e Atendimento Integral à Família, que visa promover o acompanhamento socioassistencial de famílias e potencializá-las, fortalecendo vínculos internos e externos e atuar de forma preventiva, evitando que essas famílias tenham seus direitos violados, contribuindo para o processo de autonomia e emancipação social das família que se encontram em situação de vulnerabilidade e sujeitos a riscos. O CRAS oferece serviços de proteção social básica, além de coordenar toda a rede de serviços de assistência social. Como Psicóloga social do CRAS, as atribuições do meu trabalho eram: - trabalhar em parceria com os conselheiros tutelares da infância, identificando crianças em situação de violação de direitos humanos, orientar os conselheiros tutelares quanto às medidas legais previstas no estatuto da criança e do adolescente, providenciar, juntamente com os conselheiros, segurança emergencial e imediata para a criança socorrida. - Executava procedimentos profissionais para escuta qualificada e observação das condições de vida da comunidade, identificando as vulnerabilidades de indivíduos, famílias e grupos, buscando amparo legal para garantia dos direitos humanos e da dignidade. - Articulava serviços e recursos para atendimento, encaminhamento e acompanhamento das famílias e indivíduos; - Desenvolvia atividades socioeducativas de apoio, acolhida, reflexão e participação, que visavam o fortalecimento familiar e a convivência comunitária; - Realizava atendimento à família (acolhimento, entrevistas, orientação, visitas domiciliares) sempre com a perspectiva multidisciplinar e garantia dos direitos humanos. - Elaborava relatórios descritivos sobre a sobre a situação da comunidade e identificava possíveis violações aos direitos humanos. Tais relatórios eram encaminhados ao governo local e à justiça local, para imple


Educaçã Intercultural Indígena, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professora Colaboradora, Carga horária: 20
Outras informações
Auxílio às atividades de docência e de pesquisa com estudantes indígenas aldeados e da graduação na UFG.


CLINICA COM AFETO, PSICOLOGIA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: PSICOLOGA CLINICA, Carga horária: 20


Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Docente estagiário, Carga horária: 8
Outras informações
Estágio em Docência. Disciplina: "Direitos Humanos - Que Circo é esse?"

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Psicóloga Hospitalar, Carga horária: 6
Outras informações
Atendimento psicológico pacientes com necessidades especiais, dentro do programa de atendimento odontológico na Universidade Federal de Goiás.

Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: ORIENTADORA ACADÊMICA, Carga horária: 20
Outras informações
Orientadora acadêmica do pólo de Cezarina, no curso de especialização em Direitos Humanos da criança e do adolescente.


Lyo Espaço Terapêutico, LYO, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: PSICOLOGA CLINICA, Carga horária: 20


Clínica Florescer, PSICO, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Psicóloga Clínica - Comportamental, Carga horária: 20


Faculdades Alves Faria, ALFA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Monitora da disciplina Comportamental THS, Carga horária: 6

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Monitora da disciplina Técnicas Projetivas, Carga horária: 6

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Monitora da disciplina Psicologia Social, Carga horária: 6


Cervejaria Imperial, GRUPO IMPERIAL, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: ANALISTA DE RH, Carga horária: 44
Outras informações
Responsável pelo recrutamento e seleção, endomarketing, ações sociais, planejamento e construção da grade anual de treinamentos, avaliação de desempenho, feedbacks, plano de ação para melhoria do desempenho, consultoria interna, entrevistas por competência, pesquisa de clima e treinamentos comportamentais.


LINCE TOYOTA, LINCE TOYOTA, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: EFETIVO, Enquadramento Funcional: CONSULTORA DE RECURSOS HUMANOS, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Responsável por toda área de treinamentos e desenvolvimento de pessoas, planejamento e construção da grade anual de treinamentos, pesquisa de clima, avaliação de desempenho, feedbacks, plano de ação para melhoria do desempenho, consultoria interna e treinamentos comportamentais.


APOIO CONSULTORIA EMPRESARIAL, APOIO RH, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: ESTÁGIO EM PSICOLOGIA RH, Enquadramento Funcional: ESTÁGIO EM RECURSOS HUMANOS, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atividades Desenvolvidas: Recrutamento e Seleção, consultoria interna a diversas empresas clientes, entrevistas por competência, pesquisa de clima e levantamento das necessidades de treinamento.


Juizado da Infância e Juventude de Goiânia, JIJ GO, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Agente de Proteção Voluntário, Enquadramento Funcional: Agente de Proteção da Infância e Juventude, Carga horária: 8
Outras informações
Em Goiânia, o voluntário responsável pela fiscalização e atuação no enfrentamento às infrações administrativas previstas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente é denominado Agente de Proteção Voluntário, anteriormente conhecido como Comissário de Menores ou Comissários Voluntários. As tarefas incumbidas aos Agentes de Proteção estão previstas no art. 96, do Código de Organização Judiciária do Estado de Goiás (Lei N° 9.129, de 22/12/1981).


Fundação Municipal de Desenvolvimento Comunitário, FUMDEC, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Instrutor de qualificação profissional, Carga horária: 30
Outras informações
Ministrava orientação profissional para mulheres de baixa renda, beneficiárias do programa Renda Cidadã, afim de capacitá-las para o mercado de trabalho .Como instrutora, buscava também oferecer suporte emocional, o resgate e fortalecimento da auto-estima destas mulheres, abalada pela realidade de violência doméstica que vivenciavam diariamente. Na sala de aula, trabalhávamos os aspectos emocionais, sociais e profissionais.



Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia.
2.
Grande área: Outros / Área: Bioética.
3.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnologia Indígena.
6.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Saúde Materno-Infantil.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
2AMORIM, M. C.2018AMORIM, M. C.; DIAS, L. O. . PERCEPÇÃO DO ATENDIMENTO HOSPITALAR ENTRE MULHERES INDÍGENAS DA COMUNIDADE GAVIÃO. REBEH - Revista Brasileira de Estudos da Homocultura, v. 4, p. 1, 2018.

2.
3AMORIM, M. C.2018AMORIM, M. C.; DEA, V. S. D. . EXPERIÊNCIAS DE PARTO E VIOLAÇÃO AOS DIREITOS HUMANOS: UM ESTUDO SOBRE RELATOS DE VIOLÊNCIA NA ASSISTÊNCIA OBSTÉTRICA. REBEH - Revista Brasileira de Estudos da Homocultura, v. 4, p. 2, 2018.

3.
1DIAS, L. O.2015DIAS, L. O. ; AMORIM, M. C. . DIREITOS HUMANOS E HOMOFOBIA: POR UM ENFRENTAMENTO DO MEDO E DO ÓDIO. REVISTA DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE AS AMÉRICAS, v. 9, p. 105-123, 2015.

4.
4AMORIM, M. C.2015AMORIM, M. C.; DEA, V. S. D. ; CAMPOS, C. C. . HUMANIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA OBSTÉTRICA E DIREITOS HUMANOS. Anuário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Direitos Humanos/UFG, v. 1, p. 1, 2015.

5.
5AMORIM, M. C.2014AMORIM, M. C.; DEA, V. S. D. . DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS, VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA E RELAÇÕES DE PODER NA SAÚDE. Dialogus estudos interdisciplinares, v. 1, p. 1, 2014.

6.
6AMORIM, M. C.2014AMORIM, M. C.; DEA, V. S. D. . GRAVIDEZ, PARTO E RELAÇÕES DE PODER NA SAÚDE. Anuário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Direitos Humanos/UFG, v. 1, p. 1, 2014.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
AMORIM, M. C.; DIAS, L. O. . PERCEPÇÃO DO ATENDIMENTO HOSPITALAR ENTRE MULHERES INDÍGENAS DA COMUNIDADE GAVIÃO. In: Congresso Internacional de Estudos Sobre a Diversidade Sexual e de Gênero da ABEH, 2018, Fortaleza. Congresso Internacional de Estudos Sobre a Diversidade Sexual e de Gênero da ABEH 2018, 2018. v. 9. p. 1-3.

2.
AMORIM, M. C.; DEA, V. S. D. . EXPERIÊNCIAS DE PARTO E VIOLAÇÃO AOS DIREITOS HUMANOS: UM ESTUDO SOBRE RELATOS DE VIOLÊNCIA NA ASSISTÊNCIA OBSTÉTRICA. In: Congresso Internacional de Estudos Sobre a Diversidade Sexual e de Gênero da ABEH, 2018, Fortaleza. Congresso Internacional de Estudos Sobre a Diversidade Sexual e de Gênero da ABEH 2018, 2018. v. 9. p. 1-3.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
AMORIM, M. C.; MARQUES-QUINTEIRO, P. . INVESTIGATING PROBABLE GENDER DISCRIMINATION IN POLAR RESEARCH TEAMS. In: 10th PORTUGUESE POLAR SCIENCES CONFERENCE, 2018, Aveiro - Portugal. 10th PORTUGUESE POLAR SCIENCES CONFERENCE - PROGRAM & ABSTRACT BOOK. Aveiro - Portugal: Cesam-Polar, 2018. v. 10. p. 33-33.

Artigos aceitos para publicação
1.
AMORIM, M. C.; DEA, V. S. D. ; CAMPOS, C. C. . HUMANIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA OBSTÉTRICA E DIREITOS HUMANOS. Anuário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Direitos Humanos/UFG, 2015.

2.
AMORIM, M. C.; DEA, V. S. D. ; CAMPOS, C. C. . DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS, VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA E RELAÇÕES DE PODER NA SAÚDE. Dialogus Estudos Interdisciplinares, 2014.

3.
AMORIM, M. C.; DEA, V. S. D. ; CAMPOS, C. C. . GRAVIDEZ, PARTO E RELAÇÕES DE PODER NA SAÚDE. Anuário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Direitos Humanos/UFG, 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
AMORIM, M. C.; MARQUES-QUINTEIRO, P. . Investigating probable gender discrimination in Polar research teams. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
AMORIM, M. C.; DEA, V. S. D. ; CAMPOS, C. C. . GRAVIDEZ, PARTO E RELAÇÕES DE PODER NA SAÚDE. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
AMORIM, M. C.; DEA, V. S. D. ; CAMPOS, C. C. . DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS, VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA E RELAÇÕES DE PODER NA SAÚDE. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
AMORIM, M. C.; VIEIRA, T. M. . CONSUMO DE ÁLCOOL ENTRE ADOLESCENTES: DADOS DO JUIZADO DA INFÂNCIA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
AMORIM, M. C.; CARVALHO, R. M. . Zombie Walk Pesquisa sobre uma nova forma de expressão social. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
AMORIM, M. C.. Diagnóstico Organizacional em empresa de pequeno porte. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
AMORIM, M. C.; CARVALHO, R. M. . Zombie Walk Pesquisa sobre uma nova forma de expressão social. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
AMORIM, M. C.; CARVALHO, R. M. . Zombie Walk - Um Estudo sobre esta nova forma de expressão social. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
AMORIM, M. C.; BALDUINO, J. C. . Uma Análise Crítica do Psicodiagnóstico na Justiça da Infância e Juventude. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
AMORIM, M. C.. Estudo de caso - Projeto de Análise e Diagnóstico em Empresa Goiana. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
AMORIM, M. C.. Estudo de caso - Projeto de Análise e Diagnóstico em Empresa Goiana. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
AMORIM, M. C.. Estatuto da Criança e do Adolescente como ferramenta essencial ao professor. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
AMORIM, M. C.; CARVALHO, M. A. N. . Capacitação de Policiais Militares: Conhecendo o Estatuto da Criança e do Adolescente. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Demais tipos de produção técnica
1.
AMORIM, M. C.; CARVALHO, M. A. N. . Capacitação de Policiais Militares: Conhecendo o Estatuto da Criança e do Adolescente. 2009. .

2.
AMORIM, M. C.. Estatuto da Criança e do Adolescente como ferramenta essencial ao professor. 2009. .

3.
AMORIM, M. C.. Capacitação Profissional para mulheres beneficiárias Renda Cidadã. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Direitos Humanos como direito do outro. 2014. (Outra).

2.
CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS. 2013. (Outra).

3.
III ENCONTRO GOIANO DE ANÁLISE CLÍNICA DO COMPORTAMENTO: entendendo a 3ª onda da terapia comportamental. 2013. (Encontro).

4.
III SIMPÓSIO NACIONAL GÊNERO E INTERDISCIPLINARIDADES - GÊNERO, SEXUALIDADES E MOVIMENTOS SOCIAIS.VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA E RELAÇÕES DE PODER NA SAÚDE. 2013. (Simpósio).

5.
II JORNADA DE ANÁLISE DO COMPORTAMENTO - GOIÂNIA. 2013. (Outra).

6.
I Seminário Goiano de Diversidade Sexual e Direitos Humanos. 2013. (Seminário).

7.
V Colóquio Interamericano de Educação em Direitos Humanos. 2013. (Outra).

8.
VIII Colóquio de Direitos Humanos PUC/GO. 2013. (Outra).

9.
1º Encontro Interclasse de Psicologia Alfa. 2011. (Encontro).

10.
Ciclo de palestras de Biomedicina. 2011. (Simpósio).

11.
CONGRESSO BRASILEIRO DE PSICOLOGIA CIÊNCIA E PROFISSÃO. 2010. (Congresso).

12.
Congresso Brasileiro de Psicologia - Ciência e Profissão. Zombie Walk Pesquisa sobre uma nova forma de expressão social. 2010. (Congresso).

13.
Congresso de Psicologia Goiás e Tocantins. Zombie Walk Pesquisa sobre uma nova forma de expressão social. 2010. (Congresso).

14.
Congresso Internacional sobre Saúde Mental no Trabalho. 2010. (Congresso).

15.
Goianarh - Congresso Goiano de Recursos Humanos. 2010. (Congresso).

16.
Grupo de Estudos Coaching. 2010. (Encontro).

17.
III Congresso de Psicologia Goiás e Tocantins. 2010. (Congresso).

18.
Introdução aos fundamentos da Gestalt Terapia. 2010. (Outra).

19.
RH na Praça 2010. 2010. (Outra).

20.
V Encontro de Iniciação Científica das Faculdades Alfa.UMA ANÁLISE CRÍTICA DO PSICODIAGNÓSTICO NA JUSTIÇA DA INFÂNCIA E JUVENTUDE. 2010. (Encontro).

21.
V Encontro de Iniciação Científica EICA.Análise Crítica do Psicodiagnóstico na Justiça da Infância e Juventude. 2010. (Encontro).

22.
V Encontro de Iniciação Científica EICA.Zombie Walk - Um estudo sobre esta nova forma de expressão social. 2010. (Encontro).

23.
V Encontro de Iniciação Científica EICA.Estudo de caso - Projeto de Análise e Diagnóstico em Empresa Goiana. 2010. (Encontro).

24.
Carreira e Desenvolvimento Profissional. 2009. (Encontro).

25.
Estatuto da Criança e do Adolescente e a proteção integral. 2009. (Outra).

26.
II Congresso de Psicologia Goiás e Tocantins. 2009. (Congresso).

27.
IV Encontro de Iniciação Científica das Faculdades Alves Faria. 2009. (Encontro).

28.
Jornada de Desenvolvimento Humano e Organizacional.A construção social da Adolescência: Perspectivas críticas. 2009. (Seminário).

29.
XXXIX Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia. 2009. (Congresso).

30.
Capacitação: Estatuto da Criança e do Adolescente para agentes de proteção. 2007. (Oficina).

31.
O atendimento ao deficiente visual hospitalizado. 2003. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
HOMOCULTURA, A. B. E. ; AMORIM, M. C. . Congresso Internacional de Estudos Sobre a Diversidade Sexual e de Gênero da ABEH 2018. 2018. (Congresso).

2.
UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIAS ; UFG, N. D. H. ; AMORIM, M. C. . V COLOQUIO INTERAMERICANO DE DIREITOS HUMANOS. 2013. (Outro).

3.
AMORIM, M. C.. CONGRESSO GOIANO DE RECURSOS HUMANOS. 2010. (Congresso).

4.
AMORIM, M. C.. RH NA PRAÇA. 2010. (Outro).

5.
HUMANOS, A. B. R. ; AMORIM, M. C. . RH na Praça. 2010. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos aceitos para publicação
1.
AMORIM, M. C.; DEA, V. S. D. ; CAMPOS, C. C. . DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS, VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA E RELAÇÕES DE PODER NA SAÚDE. Dialogus Estudos Interdisciplinares, 2014.


Apresentações de Trabalho
1.
AMORIM, M. C.; CARVALHO, M. A. N. . Capacitação de Policiais Militares: Conhecendo o Estatuto da Criança e do Adolescente. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
AMORIM, M. C.; DEA, V. S. D. ; CAMPOS, C. C. . DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS, VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA E RELAÇÕES DE PODER NA SAÚDE. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Cursos de curta duração ministrados
1.
AMORIM, M. C.; CARVALHO, M. A. N. . Capacitação de Policiais Militares: Conhecendo o Estatuto da Criança e do Adolescente. 2009. .

2.
AMORIM, M. C.. Capacitação Profissional para mulheres beneficiárias Renda Cidadã. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
AMORIM, M. C.. Estatuto da Criança e do Adolescente como ferramenta essencial ao professor. 2009. .


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
HUMANOS, A. B. R. ; AMORIM, M. C. . RH na Praça. 2010. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 4:45:27