Jacqueline Garcia Duarte

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4561783824999388
  • Última atualização do currículo em 03/09/2018


Possui graduação em Ciências Biológicas-Licenciatura pela Universidade Federal de Minas Gerais (2013) e mestrado pelo programa de Biologia Celular da Universidade Federal de Minas Gerais (2016). Já ministrou aulas teórico/práticas para graduação de Medicina-UFMG na disciplina de Histologia Médica (2014). Já ministrou aulas teórico/práticas na disciplina de Biologia para as turmas de Ensino Médio no Colégio Nossa Senhora do Monte Calvário (2013), Escola Estadual Maria Andrade Resende (2013), Colégio São Luis Gonzaga (2017) e Colégio Franciscano Imaculada Conceição-GV (2018). Atualmente, participa como colaboradora do projeto de pesquisa "Estudo imunopatológico da forma digestiva da doença de Chagas" e do projeto de extensão "Universidade das Crianças", ambos desenvolvidos na Universidade Federal de Minas Gerais. Atua como professora de Ciência Morfofuncionais na faculdade Pitágoras-GV. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Jacqueline Garcia Duarte
Nome em citações bibliográficas
DUARTE, J. G.;DUARTE, JACQUELINE GARCIA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Minas Gerais, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Morfologia.
Avenida Presidente Antônio Carlos, 6627
Pampulha
31270901 - Belo Horizonte, MG - Brasil
Telefone: (31) 34092820


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2016
Mestrado em Biologia Celular.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Avaliação da possível participação do NGF na patologia do megaesôfago induzido pela infectados pelo Trypanosoma cruzi,Ano de Obtenção: 2016.
Orientador: Débora d'Ávila Reis.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: megaesôfago chagásico; NGF; TrkA.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Citologia e Biologia Celular.
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana; Pesquisa e desenvolvimento científico.
2010 - 2013
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2009 interrompida
Graduação interrompida em 2010 em Ciências Biológicas.
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Ano de interrupção: 2010




Formação Complementar


2011 - 2011
Fundamentos e Aplicações da Citometria de Fluxo. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2011 - 2011
Aspectos fundamentais das técnicas de cultivo celu. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2011 - 2011
Bioética. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2011 - 2011
Mecanismos de modulação da resposta imune pelas cé. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2009 - 2009
XVII Programa de Educação Tutorial. (Carga horária: 8h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
2009 - 2009
Cultivo Celular. (Carga horária: 16h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 5, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Ministrou aulas teórico/práticas na disciplina de Histologia Médica para os alunos do curso de Medicina-UFMG, perfazendo carga horária de 30 horas.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação a docência, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista do programa PIBID da Faculdade de Educação da UFMG.

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estagiária no Espaço Tim UFMG do Conhecimento.

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Iniciação científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
O estágio de Iniciação Científica foi realizado no Laboratório Profa. Conceição Machado, sob orientação da Profa. Luciana Andrade. As atividades de pesquisa foram realizadas nas áreas de biologia celular. Durante este período a aluna participou do projeto intitulado: ?Estudo in vitro da influência do colesterol de membrana durante a invasão celular pelo Trypanosoma cruzi e seu papel no recrutamento de lisossomos.

Atividades

02/2013 - 01/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Biológicas, .

08/2014 - 12/2014
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Histologia Médica
03/2013 - 12/2013
Ensino,

Disciplinas ministradas
bolsista de Biologia no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID)
08/2011 - 06/2012
Extensão universitária , Instituto de Ciências Biológicas, .

Atividade de extensão realizada
Monitora no Museu Espaço Tim UFMG do Conhecimento.
07/2010 - 07/2011
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Biológicas, .


Colégio Nossa Senhora do Monte Calvário, CNSMC, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Monitora, Carga horária: 18

Atividades

08/2012 - 07/2013
Ensino,

Disciplinas ministradas
Monitora de Biologia

Colégio São Luis Gonzaga, CSLG, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professora Substituta, Enquadramento Funcional: Professora de Biologia, Carga horária: 11
Outras informações
Professora substituta de biologia para os três anos do ensino médio por um período de 15 dias.


Colégio Franciscano Imaculada Conceição - GV, CFIC-GV, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora Substituta de Biologia, Carga horária: 12
Outras informações
Professora Substituta de Biologia para os três anos do Ensino Médio.


Faculdade Pitágoras - Campus Governador Valadares, FPGV, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor A, Carga horária: 12



Linhas de pesquisa


1.
Estudo imunopatológico da forma digestiva da doença de Chagas
2.
Estudo do efeito do colesterol ne membrana sobre o citoesqueleto e tráfego de vesículas lisossomais


Projetos de pesquisa


2013 - 2016
Avaliação da possível participação do NGF na patologia do megaesôfago induzida pela infecção pelo Trypanosoma cruzi
Descrição: O megaesôfago chagásico é uma das principais complicações digestivas da fase crônica da doença de Chagas. Acredita­se que ele se desenvolva devido ao intenso processo de desnervação, o qual por sua vez é decorrente da infecção pelo parasito e da inflamação local. Sabendo do papel do NGF na comunicação entre sistema imune e o sistema nervoso, de suas propriedades neurotrófica e pró­ inflamatória, neste trabalho nos propusemos avaliar a sua participação na patologia do megaesôfago chagásico. . Para isso analisaremos amostras de esôfago de 12 indivíduos infectados, sendo 6 deles sem megaesôfago ou sem qualquer sintoma da doença digestiva e 6 com megaesôfago. As amostras serão submetidas à imunohistoquimica para os anticorpos anti­NGF e anti­TrkA (receptor de NGF)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Jacqueline Garcia Duarte - Integrante / Rodolfo Duarte Nascimento - Integrante / Débora d'Ávila Reis - Coordenador.
2010 - 2011
Estudo da influência do colestrol na organização e estruturação do citoesqueleto celular e sua influência na entrada do T. cruzi na célula hospedeira.
Descrição: As balsas de membrana são domínios dinâmicos, localizados na membrana plasmática, compostos basicamente por colesterol, esfingolipídios e algumas proteínas. Estes domínios compartimentalizam eventos de sinalização celular e são importantes componentes no processo de invasão por vários patógenos, incluindo o Trypanosoma cruzi, agente etiológico da doença de Chagas. A invasão celular pelo T. cruzi depende da indução de sinais intracelulares de cálcio na célula hospedeira que levam ao recrutamento e exocitose de lisossomos, o qual é imprescindível para o estabelecimento de uma infecção viável. Em trabalho recente e já aceito para publicação, nosso grupo mostrou que o colesterol de membrana interfere na entrada do T. cruzi na célula hospedeira por regular os processos de exocitose lisossomal. O seqüestro do colesterol de membrana leva à exocitose lisossomal não-regulada diminuindo a quantidade dessas organelas disponíveis para a entrada do parasito na célula hospedeira. Como o colesterol controla os processos de exocitose, ou mesmo se outros fatores além da depleção lisossomal estariam influenciando a entrada do T. cruzi em células com colesterol de membrana depletado, ainda não é sabido. Sabe-se que o colesterol tem influencia sobre a organização do citoesqueleto celular e esta organização poderia influenciar diretamente nos processos de exocitose, ou indiretamente alterando processos de sinalização celular ou endocitose compensatória. Desta forma, este projeto, através de estudos em níveis estruturais e de sinalização intracelular, tem como objetivo explicar como as regiões ricas em colesterol regulam o processo de exocitose lisossomal e consequentemente a internalização do T. cruzi em cardiomiócitos. Estes conhecimentos serão importantes não só para a patologia da doença de Chagas, mas também em outras patologias relacionadas ao processo de exocitose vesicular...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Jacqueline Garcia Duarte - Integrante / Bárbara Hissa - Integrante / Luciana Oliveira Andrade - Coordenador.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Universidade das Crianças
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.

Integrantes: Jacqueline Garcia Duarte - Integrante / Rodolfo Duarte Nascimento - Integrante / Débora d'Ávila Reis - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Citologia e Biologia Celular.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Embriologia.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Histologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DUARTE, JACQUELINE GARCIA2018DUARTE, JACQUELINE GARCIA; NASCIMENTO, RODOLFO DUARTE ; MARTINS, PATRÍCIA ROCHA ; D?ÁVILA REIS, DÉBORA . Evaluation of the immunoreactivity of nerve growth factor and tropomyosin receptor kinase A in the esophagus of noninfected and infected individuals with Trypanosoma cruzi. PARASITOLOGY RESEARCH, v. 117, p. 1647-1655, 2018.

2.
NASCIMENTO, RODOLFO DUARTE2017NASCIMENTO, RODOLFO DUARTE ; MARTINS, PATRÍCIA ROCHA ; DUARTE, JACQUELINE GARCIA ; REIS, DÉBORA D'ÁVILA . Decrease of Nitrergic Innervation in the Esophagus of Patients with Chagas Disease: Correlation with Loss of Interstitial Cells of Cajal. International Journal of Pathology and Clinical Research, v. 3, p. 1/3:059-7, 2017.

3.
HISSA, B.2012 HISSA, B. ; DUARTE, J. G. ; KELLES, L. F. ; SANTOS, F.P ; del Puerto, H.L ; GAZZINELLI-GUIMARAES, P.H ; DE PAULA, A.M ; AGERO, U ; MESQUITA, O.N ; GUATIMOSIM, C ; CHIARI, E ; ANDRADE, L. O. . Membrane Cholesterol Regulates Lysosome-Plasma Membrane Fusion Events and Modulates Trypanosoma cruzi Invasion of Host Cells. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 6, p. e1583-1596, 2012.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
DUARTE, J. G.; NASCIMENTO, R. D. ; MARTINS, P. R. ; REIS, D. D. . Possível influência de mastócitos imunorreativos à NGF na eosinofilia no esôfago de indivíduos infectados com Trypanosoma cruzi. In: XXX Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e XVIII Reunião Anual de :Pesquisa Aplicada em Leishmaniose, 2014, Uberaba. XXX Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e XVIII Reunião Anual de :Pesquisa Aplicada em Leishmaniose, 2014.

2.
MARTINS, P. R. ; DOS SANTOS, A.T ; NASCIMENTO, R. D. ; DUARTE, J. G. ; DE OLIVEIRA , E.C. ; MARTINELLI, P. M. ; REIS, D. D. . Avaliação do papel de mastócitos na imunopatologia do megacólon chagásico, com ênfase na sua interação com neurônios e eosinofilos. In: XXX Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e XVIII Reunião Anual de :Pesquisa Aplicada em Leishmaniose, 2014, Uberaba. XXX Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e XVIII Reunião Anual de :Pesquisa Aplicada em Leishmaniose, 2014.

3.
MARTINS, P. R. ; NASCIMENTO, R. D. ; DUARTE, J. G. ; ADAD, S. ; REIS, D. D. . Increase of tryptase mast cell leads to denervation in infected individuals with and without chagasic megaesophagus. In: XVI Congresso da SBBC e 10th International Congress on Cell Biology (2012), 2012, Rio de Janeiro. Resumos do XVI Congresso da SBBC e 10th International Congress on Cell Biology (2012), 2012. p. 103-103.

4.
NASCIMENTO, R. D. ; MARTINS, P. R. ; DUARTE, J. G. ; REIS, D. D. . Increase in proportion of Substance P nerve fibers in individuals with chagasic megaesophagus. In: XVI Congresso da SBBC e 10th International Congress on Cell Biology (2012), 2012, Rio de Janeiro. Resumos do XVI Congresso da SBBC e 10th International Congress on Cell Biology (2012), 2012. p. 277-277.

5.
NASCIMENTO, R. D. ; MARTINS, P. R. ; DUARTE, J. G. ; REIS, D. D. . Relation between the area of GFAP enteric glial cells and the number of neurons in esophagus of chagasic individuals. In: XVI Congresso da SBBC e 10th International Congress on Cell Biology (2012), 2012, Rio de Janeiro. Resumos do XVI Congresso da SBBC e 10th International Congress on Cell Biology (2012), 2012. p. 277-277.

6.
MARTINS, P. R. ; NASCIMENTO, R. D. ; DUARTE, J. G. ; ADAD, S. ; REIS, D. D. . Loss of interstitiial cells of cajal might preceed denervation process in chronic trypanosoma cruzi infection. In: XVI Congresso da SBBC e 10th International Congress on Cell Biology (2012), 2012, Rio de Janeiro. Resumos do XVI Congresso da SBBC e 10th International Congress on Cell Biology (2012), 2012. p. 277-277.

7.
KELLES, L. F. ; CORBANI, T. L. ; DUARTE, J. G. ; SAFTIG, P. ; GONCALVES, V. M. ; HISSA, B. ; ANDRADE, L. O. . Papel diferencial das proteínas lisossomais LAMP1 e LAMP2 na invasão de fibroblastos por formas tripomastigotas de T. cruzi. In: IV Simpósio de Biologia Celular, 2011, Belo Horizonte. IV Simpósio de Biologia Celular - Prof. Ângelo Machado, 2011. p. 65-65.

Apresentações de Trabalho
1.
DUARTE, J. G.; NASCIMENTO, R. D. ; MARTINS, P. R. ; REIS, D. D. . Possível influência de mastócitos imunorreativos à NGF na eosinofilia no esôfago de indivíduos infectados com Trypanosoma cruzi. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
MARTINS, P. R. ; DOS SANTOS, A.T ; NASCIMENTO, R. D. ; DUARTE, J. G. ; DE OLIVEIRA , E.C. ; MARTINELLI, P. M. ; REIS, D. D. . Avaliação do papel de mastócitos na imunopatologia do megacólon chagásico, com ênfase na sua interação com neurônios e eosinófilos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
NASCIMENTO, R. D. ; MARTINS, P. R. ; DUARTE, J. G. ; REIS, D. D. . Relation between the area of GFAP enteric glial cells and the number of neurons in esophagus of chagasic individuals. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
MARTINS, P. R. ; NASCIMENTO, R. D. ; DUARTE, J. G. ; ADAD, S. ; REIS, D. D. . Loss of Interstitial of Cajal might preceed denervation process in chronic Trypanosoma cruzi infection. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
NASCIMENTO, R. D. ; MARTINS, P. R. ; DUARTE, J. G. ; REIS, D. D. . Increase in proportion of substance P nerve fibers in individuals with chagasic megaesophagus. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
MARTINS, P. R. ; NASCIMENTO, R. D. ; DUARTE, J. G. ; ADAD, S. ; REIS, D. D. . Increase of tryptase mast cell leads to denervation in infected individuals with and without chagasic megaesophagus. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
KELLES, L. F. ; CORBANI, T. L. ; DUARTE, J. G. ; SAFTIG, P. ; GONCALVES, V. M. ; MORTARA, R. A. ; HISSA, B. ; ANDRADE, L. O. . Papel diferencial das proteínas lisossomais LAMP1 e LAMP2 na invasão de fibroblastos por formas tripomastigotas de T. cruzi. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CERCEAU, I. ; DUARTE, J. G. ; KRAEMER, L. ; REIS, D. D. ; NASCIMENTO, R. D. . Morrer para sobreviver. 2013.

2.
DUARTE, J. G.; CERCEAU, I. ; KRAEMER, L. ; REIS, D. D. ; NASCIMENTO, R. D. . Crescer depois de crescido?. 2013.

3.
DUARTE, J. G.; KRAEMER, L. ; REIS, D. D. ; NASCIMENTO, R. D. . Cadê o neurônio que estava aqui?. 2013.

4.
DUARTE, J. G.; CERCEAU, I. ; REIS, D. D. ; NASCIMENTO, R. D. . Inflamação, combatendo um patógeno. 2013.


Demais tipos de produção técnica
1.
DUARTE, J. G.. Modelo Didático - Ciclo Celular. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Modelo didático).

2.
DUARTE, J. G.. Pintura Rupestre II. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Seminário sobre aspectos clínicos e imunológicos da esquistossomose. 2017. (Seminário).

2.
2nd Workshop on Mucosal Immunology. 2016. (Outra).

3.
XVIII Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Leishmaniose.Possível influência de mastócitos imunorreativos à NGF na eosinofilia no esôfago de indivíduos infectados com Trypanosoma cruzi. 2014. (Outra).

4.
XXX Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas.Possível influência de mastócitos imunorreativos à NGF na eosinofilia no esôfago de indivíduos infectados com Trypanosoma cruzi. 2014. (Outra).

5.
Ciclo de estudos - PRODOC/PIBID - Construindo novos sentidos para o ensino de inglês na escola pública. 2013. (Seminário).

6.
Ciclo de estudos - PRODOC/PIBID - Deriva e intervenção sonora - Educação musical para além dos muros da escola. 2013. (Seminário).

7.
Ciclo de estudos - PRODOC/PIBID - Escola e a cidade. 2013. (Seminário).

8.
Ciclo de estudos - PRODOC/PIBID - Ética e educação. 2013. (Seminário).

9.
I Seminário de relatos de experiências do PIBID 2013. 2013. (Seminário).

10.
10th International Congress on Cell Biology. Relation between the area of GFAP enteric glial cells and the number of neurons in esophagus of chagasic individuals. 2012. (Congresso).

11.
XVI Meeting of the Brazilian Society for Cell Biology.Relation between the area of GFAP enteric glial cells and the number of neurons in esophagus of chagasic individuals. 2012. (Encontro).

12.
Encontro de formação do Espaço TIM UFMG do Conhecimento. 2011. (Encontro).

13.
IV Simpósio de Biologia Celular. 2011. (Simpósio).

14.
XIV Encontro de Extensão.Educação como prática da liberdade. 2011. (Encontro).

15.
X Jornada de Extensão da UFMG. 2011. (Outra).

16.
III Semana de Biologia Celular. 2010. (Outra).

17.
Congresso de Bioética, Biodireito e Biotecnologia. 2009. (Congresso).

18.
VII Semana de Saúde Pública. 2009. (Outra).



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
DUARTE, J. G.. Pintura Rupestre II. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
DUARTE, J. G.. Modelo Didático - Ciclo Celular. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Modelo didático).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CERCEAU, I. ; DUARTE, J. G. ; KRAEMER, L. ; REIS, D. D. ; NASCIMENTO, R. D. . Morrer para sobreviver. 2013.

2.
DUARTE, J. G.; CERCEAU, I. ; KRAEMER, L. ; REIS, D. D. ; NASCIMENTO, R. D. . Crescer depois de crescido?. 2013.

3.
DUARTE, J. G.; KRAEMER, L. ; REIS, D. D. ; NASCIMENTO, R. D. . Cadê o neurônio que estava aqui?. 2013.

4.
DUARTE, J. G.; CERCEAU, I. ; REIS, D. D. ; NASCIMENTO, R. D. . Inflamação, combatendo um patógeno. 2013.



Outras informações relevantes


Em 2014/2 realizou estagio didático I, no qual ministrou aulas teórico/práticas na disciplina de Histologia Médica para o curso de medicina-UFMG, perfazendo carga horária de 30 horas.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/02/2019 às 2:29:02