Ana Coelho de Albuquerque

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0064147274854057
  • Última atualização do currículo em 12/09/2018


Possui graduação em Nutrição pela Universidade Federal de Pernambuco (2007) e Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva pela Universidade de Pernambuco, Faculdade de Ciências Médicas (UPE/FCM) (2010). É Mestre em Saúde Comunitária (2013) pelo Instituto de Saúde Coletiva (ISC-UFBA), onde desenvolveu o projeto Descentralização das ações de Vigilância Epidemiológica no estado de Pernambuco, sob a orientação do Professor Dr. Eduardo Luiz Andrade Mota e co-orientação do Professor Dr. Eronildo Felisberto. Atualmente cursa o Doutorado em Saúde Pública no Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz (CPqAM/Fiocruz), sob a orientação da Professora Dra. Eduarda Cesse, no qual desenvolve a pesquisa Avaliação de Desempenho da Vigilância em Saúde no Brasil. É integrante do corpo de pesquisadores da Pesquisa Política, Planejamento e Gestão das Regiões e Redes de Atenção à Saúde no Brasil (www.regiaoeredes.com.br), a qual é coordenada pela Prof. Dra. Ana Luiza Viana, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). É docente do Mestrado Profissional em Avaliação em Saúde, bem como da Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva, ambos do IMIP. Atuou como Assessora de Gabinete da Secretaria Executiva de Vigilância em Saúde da SES-PE, de 2013 a 2014. Tem experiência no serviço e na docência na área de Saúde Coletiva com ênfase em Vigilância em Saúde, Epidemiologia e Avaliação em Saúde, bem como experiência na docência de Nutrição, com ênfase em Dietética, Boas Práticas de Fabricação e Tecnologia dos Alimentos. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ana Coelho de Albuquerque
Nome em citações bibliográficas
ALBUQUERQUE, A. C.;ALBUQUERQUE, ANA COELHO DE

Endereço


Endereço Profissional
Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira, Grupo de Estudos em Gestão e Avaliação em Saúde, Diretoria de Ensino.
Rua dos Coelhos, 300
Boa vista
50070555 - Recife, PE - Brasil
Telefone: (81) 21224147
URL da Homepage: http://www1.imip.org.br/imip/pesquisa/gruposdepesquisa/gestaoeavaliacaoemsaude.html


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em Doutorado em Saúde Pública.
Centro de Pesquisas Aggeu Maganhães/FIOCRUZ, CPQAM/FIOCRUZ, Brasil.
Orientador: EDUARDA ÂNGELA PESSOA CESSE.
2011 - 2013
Mestrado em Saúde Coletiva.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Descentralização das ações de Vigilância Epidemiológica em Pernambuco,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Eduardo Luiz Andrade Mota.
Coorientador: Eronildo Felisberto.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Vigilância Epidemiológica; Descentralização; Municipalização da Saúde.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.
2008 - 2010
Especialização em Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva. (Carga Horária: 3840h).
Universidade de Pernambuco, UPE, Brasil.
Título: Avaliação do desempenho da Vigilância em Saúde do Estado de Pernambuco: um olhar por meio de indicadores pactuados nos anos de 2006 a 2008.
Orientador: Carmen de Barros Correia Dhalia.
Bolsista do(a): Secretaria de Saúde de Pernambuco, SES-PE, Brasil.
2003 - 2007
Graduação em Nutrição.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
Sistemas de Saúde em Diferentes Níveis de Desenvolvimento. (Carga horária: 30h).
Universidade Nova de Lisboa, UNL, Portugal.
2014 - 2014
Curso de Formação de Tutores em Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP). (Carga horária: 28h).
Faculdade Pernambucana de Saúde, FPS, Brasil.
2013 - 2013
CURSO BÁSICO DE AVALIAÇÃO EM SAÚDE. (Carga horária: 32h).
CONSULTORIA EM GESTÃO E AVALIAÇÃO EM SAÚDE, CONGEAS, Brasil.
2013 - 2013
Curso de Análise de Dados Epidemiológicos.
Secretaria de Saúde de Pernambuco, SES-PE, Brasil.
2012 - 2012
Curso de Investigação de Surtos de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA). (Carga horária: 40h).
Secretaria de Saúde de Pernambuco, SES-PE, Brasil.
2012 - 2012
TREINAMENTO SOBRE INCIDENTES COM AGENTES QBRN QUÍM, BIOL, RADIOL E NUCLEAR. (Carga horária: 42h).
Secretaria de Saúde de Pernambuco, SES-PE, Brasil.
2010 - 2010
Curso de Geoprocessamento em Saúde à Distância.
Instituto de Patologia e Saúde Pública - Universidade de Goiás, IPTSP/UFG, Brasil.
2009 - 2009
Oficina de Avaliação do Desempenho da Vigilância em Saúde do Estado de PE. (Carga horária: 16h).
Secretaria de Saúde de Pernambuco, SES-PE, Brasil.
2009 - 2009
Oficina de Capacitação em Avaliação com Foco na Melhoria do Programa. (Carga horária: 12h).
Centro de Pesquisas Aggeu Maganhães/FIOCRUZ, CPQAM/FIOCRUZ, Brasil.
2008 - 2008
CONHECENDO O NASF - NOVAS ÁREAS DE ATUAÇÃO DA SAÚDE DA FAMÍLIA. (Carga horária: 8h).
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL, IDE, Brasil.
2006 - 2006
NUTRIÇÃO E ESPORTE PARA CLÍNICAS, ACADEMIAS E CONSULTÓRIOS. (Carga horária: 24h).
ASSOCIAÇÃO PARAIBANA DE NUTRIÇÃO, APANUT, Brasil.
2006 - 2006
IMP. DOS EXAMES LABORATORIAIS C BASE P DETERMINAÇÃO DA CONDUTA NUTRICIONAL. (Carga horária: 24h).
ASSOCIAÇÃO PARAIBANA DE NUTRIÇÃO, APANUT, Brasil.
2006 - 2006
FOOD SERVICE - QUALIDADE NUTRICIONAL E SENSORIAL NA PRODUÇÃO DE REFEIÇÕES. (Carga horária: 4h).
CONSELHO REGIONAL DE NUTRIÇÃO, CRN, Brasil.
2006 - 2006
WORKSHOP EM NUTRIÇÃO RENAL. (Carga horária: 4h).
ASSOCIAÇÃO PERNAMBUCANA DE NUTRIÇÃO, APN, Brasil.
2005 - 2005
CURSO DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO - BPF. (Carga horária: 18h).
Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco, FIEPE, Brasil.
2003 - 2003
MANIPULAÇÕES PRECOCES DO SNC: DESENVOLVIMENTO E COMPORTAMENTO. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2003 - 2003
OBESIDADE E DIABETES ENFOQUE CLÍNICO-NUTRICIONAL. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Colaboração


Secretaria de Saúde do estado de Pernambuco, SES-PE, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Sanitarista - Contratação Temporária, Carga horária: 40
Outras informações
01/2012 - 12/2012: Técnica da Gerência de Prevenção e Controle de Agravos Agudos/SEVS/SES-PE; 01/2013 - 12/2014: Assessora de Gabinete da Secretaria Executiva de Vigilância em Saúde/SES-PE; 08/2012 - dias atuais: Preceptora/Supervisora dos Residentes dos Programas de Saúde Coletiva do CPqAM/Fiocruz, FCM/UPE e IMIP, bem como do Programa de Saúde da Família do IMIP, que realizam seus estágios na SEVS/SES-PE

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Terceirizado, Enquadramento Funcional: Coordenador de Serviços Técnicos, Carga horária: 40
Outras informações
Coordenação de Disseminação da Informação/Gerência de Monitoramento e Avaliação/Diretoria Geral de Promoção Monitoramento e Avaliação da Situação de Saúde/Secretaria Executiva de Vigilância em Saúde/SES-PE


Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira, IMIP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Docente, Enquadramento Funcional: Docente convidado, Carga horária: 40
Outras informações
Coordenadora e Docente da Disciplina Vigilância em Saúde na Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva do IMIP

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Docente, Enquadramento Funcional: Docente colaborador, Carga horária: 40
Outras informações
Docente da Disciplina Epidemiologia do Mestrado Profissional em Avaliação em Saúde.

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Docente convidado
Outras informações
Docente e Coordenadora da disciplina Redes de Cuidado e Atenção Primária à Saúde, do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva - IMIP (Pós-graduação Lato Sensu)

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Docente convidado
Outras informações
Coordenador da disciplina Vigilância em Saúde do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva - IMIP (Pós-graduação Lato Sensu)

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Docente Convidado
Outras informações
Docente da Disciplina Ética em Saúde Coletiva do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva (Pós-graduação Lato Sensu) e da Especialização em Saúde Coletiva (Pós-graduação Lato Sensu)

Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: convênio, Enquadramento Funcional: Pesquisador e Docente
Outras informações
Pesquisadora do Grupo de Estudos em Gestão e Avaliação em Saúde Docente do Programa de Pós-graduação de Avaliação em Saúde (Stricto Sensu)

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: PROFESSOR CONVIDADO, Carga horária: 40
Outras informações
COORDENADORA E PROFESSORA DA DISCIPLINA VIGILÂNCIA EM SAÚDE DA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA, COM CARGA HORÁRIA TOTAL DE 72 HORAS

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: PROFESSOR CONVIDADO, Carga horária: 32
Outras informações
COORDENADORA E PROFESSORA DA DISCIPLINA ÉTICA E SAÚDE COLETIVA DA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE COLETIVA, COM CARGA HORÁRIA TOTAL DE 32 HORAS


GR S/A, GR S/A, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Gerente de Unidade Júnior - Nutricionista, Carga horária: 40
Outras informações
Empresa de terceirização de serviços de alimentação industrial


Prefeitura da Cidade do Recife - Secretaria de Saúde, PCR - SMS, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Estagiário remunerado, Enquadramento Funcional: Estagiário remunerado, Carga horária: 20
Outras informações
Estágio Extra-Curricular no Distrito sanitário VI, Secretaria Municipal de Saúde, na Gerência de Vigilância Sanitária


Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Aluno Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno bolsista, Carga horária: 12


UFPE/Dep. de Nutrição/Laboratório de Experimentação e Análises de Alimentos, LEAAL, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 12
Outras informações
Estágio no setor de análises de alimentos


Centro de Pesquisas Aggeu Maganhães/FIOCRUZ, CPQAM/FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Estágio em Pesquisa, Enquadramento Funcional: Estagiário não-remunerado


Faculdade Integrada de Pernambuco, FACIPE, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: PROFESSOR ASSISTENTE, Carga horária: 14
Outras informações
PROFESSOR DA DISCIPLINA NUTRIÇÃO E DIETÉTICA PROFESSOR DA DISCIPLINA EPIDEMIOLOGIA



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Regionalização da Vigilância em Saúde no Brasil
Descrição: Entre os desafios mais urgentes na atual fase de implementação do Sistema Único de Saúde (SUS) estão a ampliação do acesso e a adequação dos serviços ofertados. Para tal, a reorganização e a reorientação das práticas em saúde têm sido um dos temas centrais do debate conceitual e político e sua trajetória tem sido marcada pela crítica e redefinição de ideias oriundas de movimentos internacionais de reforma dos sistemas de saúde, as quais se articulam com propostas surgidas da experimentação prática e a elaboração de alternativas aos modelos de atenção à saúde vigentes. Na década de 1990, a estratégia priorizada pela política nacional para a construção de um sistema de saúde universal, equânime e integral foi a descentralização, mais especificamente a municipalização. Apesar dos resultados positivos desse processo ? entre os quais a ampliação do acesso à saúde, a incorporação de práticas inovadoras de gestão e assistência e o ingresso de novos atores que dão sustentabilidade política e financeira ao setor ? permaneceram os problemas relativos à fragmentação e à desorganização dos serviços, dada a existência de milhares de sistemas locais isolados. O balanço que se faz é que o modelo de descentralização no SUS foi importante para a expansão da cobertura de serviços e recursos públicos provenientes dos governos subnacionais, porém não foi capaz de resolver as desigualdades regionais presentes no acesso, na utilização e no gasto público. Além disso, é importante destacar que o mesmo não proporcionou a integração de serviços, instituições e práticas nos territórios, nem tampouco a formação de arranjos mais cooperativos na saúde. Numa tentativa de superar as limitações decorrentes da municipalização, nos anos 2000, a regionalização passou a ser priorizada como estratégia organizativa do sistema de saúde. E, apesar de estar prevista desde a Constituição Federal de 1988, a regionalização começou a ser regulamentada no âmbito da política nacional de saúde somente em 2001, com a publicação da Norma Operacional de Assistência à Saúde (NOAS). A definição de região de saúde apareceu pela primeira vez com a publicação da NOAS, cujo principal objetivo era a equidade na alocação de recursos e no acesso às ações e serviços de saúde. A regionalização foi definida, então, como a macroestratégia para aprimorar a descentralização que estava em curso no Brasil. Uma das diretrizes orientadoras descritas na Portaria nº 4.279/2010 para o processo de implementação da regionalização é o fortalecimento da integração das ações de âmbito coletivo da Vigilância em Saúde (VS) com as da Assistência (âmbito individual e clínico), gerenciando o conhecimento necessário à implantação e acompanhamento da RAS e o gerenciamento de risco e de agravos à saúde. Do ponto de vista técnico-operacional, a VS viabiliza a reorientação do processo de trabalho ao reconhecer o território como conceito fundamental e, nesse espaço, busca-se estabelecer a definição de problemas e de prioridades, bem como o conjunto de meios para atender efetivamente as necessidades de saúde da comunidade, integrando e organizando as atividades de promoção, de prevenção e de assistência à saúde. A VS propõe, assim, uma transformação do saber e das práticas sanitárias por meio da redefinição do objeto, da reorientação do processo de trabalho e da reorganização dos serviços de saúde. Observa-se, portanto, que a VS tem um papel fundamental na consolidação da regionalização. Porém, a partir da revisão dos atos normativos do MS, nota-se uma fragilidade da abordagem da VS inserida numa perspectiva regionalizada. Além disso, nos últimos anos, poucos estudos têm se proposto a explorar a temática da VS, e isto se torna ainda mais evidente quando envolve a VS na perspectiva da estruturação e operacionalização da regionalização. Esse contexto demonstra a necessidade de estudos que abordem a temática..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Ana Coelho de Albuquerque - Integrante / Eronildo Felisberto - Coordenador / Isabella Chagas Samico - Integrante / Eduarda Ângela Pessoa Cesse - Integrante / Schirley Cristina - Integrante / NATÁLIA LOPES - Integrante.
2015 - Atual
Impacto de estratégias de integração da atenção em redes de serviços de saúde da América Latina - EQUITY LA II
Descrição: Equity-LA II é um projeto de pesquisa cujo objetivo é avaliar a efetividade de diferentes estratégias de integração da atenção na melhoria da coordenação e da qualidade da atenção das redes de serviços de saúde na América Latina. É uma continuação do projeto Equity-LA ? centrado na análise do acesso e da coordenação da atenção em redes de serviços de saúde do Brasil e da Colômbia ? e o amplia, incorporando quatro países com diferentes tipos de sistemas de saúde: Argentina, Chile, México e Uruguay. Para alcançar o objetivo, Equity-LA II adota um desenho quasi-experimental para avaliar intervenções complexas, com um enfoque de pesquisa-ação participativa, contando com a participação de profissionais e gestores dos serviços de saúde, usuários, formuladores de políticas e pesquisadores em todas as etapas do projeto. Para alguns aspectos da análise, serão utilizados dois agravos traçadores: doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e diabetes mellitus tipo 2. Equity-LA II produzirá evidências para a formulação de políticas que melhorem a integração da atenção nos países da América Latina. Ainda, contribuirá para a construção de capacidades dos pesquisadores, profissionais e gestores das instituições envolvidas e dos tomadores de decisão nacionais e regionais para o planejamento, gestão e organização dos sistemas de saúde no que concerne a estratégias que possam melhorar a integração da atenção. Equity-LA II é um projeto colaborativo financiado pela Comissão Europeia, como Ação de Cooperação Internacional Específica (SICA), do Sétimo Programa Marco (7PM1): Cooperação, Saúde. Abrange o tema HEALTH.2012.3.4-1 e se inclui no objetivo estratégico: ?Pesquisa em sistemas de saúde de países de média e baixa renda? (projetos de pesquisa de pequeno ou médio porte)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
POLÍTICA, PLANEJAMENTO E GESTÃO DE REGIÕES E REDES DE ATENÇÃO À SAÚDE NO BRASIL
Descrição: No momento atual de implementação do Sistema Único de Saúde, dentre os desafios mais urgentes está a expansão e adequação da oferta, com regionalização e consolidação de redes de atenção à saúde, visando ampliar o acesso, a efetividade e eficiência de ações e serviços de saúde. Os significados e as relações existentes entre regiões e redes de atenção indicam que o avanço do processo de regionalização pode interferir positivamente no acesso às ações de serviços de saúde. Faz-se necessário, portanto, identificar as condições que favorecem ou dificultam a regionalização nos estados e a conformação das redes de atenção à saúde, para compreensão de possíveis entraves à diminuição das desigualdades na universalização da saúde no Brasil. A pesquisa sobre as políticas, o planejamento e a gestão das regiões e redes de saúde no Brasil tem como principal objetivo avaliar, sob a perspectiva de diferentes abordagens teórico-metodológicas, os processos de organização, coordenação e gestão envolvidos na conformação de regiões e redes de atenção à saúde, e seu impacto para melhoria do acesso, efetividade e eficiência das ações e serviços no SUS (conforme Linha 5 da Chamada MCTI/CNPq/CT Saúde/MS/SCTIE/Decit Nº 41/2013). Os objetivos específicos incluem avaliações sobre a coordenação e a organização das regiões e redes de saúde, estudos sobre os fluxos de demanda e estruturação da oferta, o papel da Vigilância em Saúde nas regiões e redes de saúde e a realização de estudos temáticos, que subsidiarão a consecução dos três objetivos anteriores. A investigação será desenvolvida utilizando-se majoritariamente abordagens qualitativas de pesquisa avaliativa, utilizando técnicas como as de grupos focais, entrevistas, análise documental e estudo de casos em regiões de saúde selecionadas. De forma complementar adotará métodos e instrumentos quantitativos para alguns de seus aspectos e dimensões, como questionários estruturados ou planilhas para o processamento e análise das informações empíricas e instrumentos de avaliação pré validados. A estruturação de uma rede de pesquisa sobre política, planejamento e gestão das regiões e redes de saúde no Brasil deverá promover articulações e parcerias entre diferentes instituições e pesquisadores localizados em todas as regiões do país e atuantes nas áreas e linhas de pesquisa correspondentes aos temas, objetos e objetivos aqui propostos. A principal contribuição científica da pesquisa deverá ser a produção de análises sobre os diversos condicionantes (territoriais, econômicos, culturais, sociais, histórico-estruturais, políticos-institucionais, informacionais, normativos e tecnológicos) para a conformação das políticas, do planejamento e da gestão das regiões e redes (temáticas) de atenção à saúde no Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Ana Coelho de Albuquerque - Integrante / BEZERRA, LUCIANA CAROLINE A. - Integrante / Ana Luiza d'Ávila Viana - Integrante / Eronildo Felisberto - Coordenador / Isabella Chagas Samico - Integrante / Eduarda Ângela Pessoa Cesse - Integrante.
2008 - 2009
Estudo dos condicionantes da qualidade do preenchimento de prontuários médicos hospitalares e de como refletem as relações médicos-usuários em Recife/PE
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (8) Doutorado: (1) .
Integrantes: Ana Coelho de Albuquerque - Integrante / Adriano Cavalcanti Sampaio - Coordenador.Financiador(es): CNPq - Bolsa.
2005 - 2005
Caracterização de Pectinas Naturais por Pectinametilesterase e Infravermelho
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Coelho de Albuquerque - Integrante / Juliana Lourenço Silva - Integrante / José Almiro da Paixão - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2004 - 2005
PECTINAS - Viabilização de metodologia para determinação de parâmetros estruturais
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Ana Coelho de Albuquerque - Integrante / Juliana Lourenço Silva - Integrante / José Almiro da Paixão - Coordenador / Carolina Estevam Fernandes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.


Revisor de periódico


2017 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil
2018 - Atual
Periódico: EPIDEMIOLOGIA E SERVICOS DE SAUDE


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.
3.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Vigilância em Saúde.
4.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Avaliação em Saúde.
5.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Controle de Qualidade de Alimentos.
6.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Alimentação Coletiva.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende PoucoLê Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
LEAL, D. R.2017LEAL, D. R. ; CAZARIN, G. ; BEZERRA, LUCIANA CAROLINE A. ; ALBUQUERQUE, A. C. ; FELISBERTO, ERONILDO . Programa de Controle da Hanseníase: uma avaliação da implantação no nível distrital. Saúde em Debate, v. 41, p. 209-228, 2017.

2.
Costa, C.S.2017Costa, C.S. ; Rocha, A.M. ; Silva, G.S. ; Jesus, R.P.F.S ; ALBUQUERQUE, A. C. . Programa de Controle da Esquistossomose: avaliação da implantação em três municípios da Zona da Mata de Pernambuco, Brasil. Saúde em Debate, v. 41, p. 229-241, 2017.

3.
ALBUQUERQUE, ANA COELHO DE2017ALBUQUERQUE, ANA COELHO DE; CESSE, EDUARDA ÂNGELA PESSOA ; FELISBERTO, ERONILDO ; SAMICO, ISABELLA ; UCHIMURA, LIZA YURIE TERUYA ; ESTIMA, NATHALIE . Regionalization of health surveillance: a performance evaluation proposal in a health region in Brazil. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, v. 17, p. S135-S151, 2017.

4.
ALBUQUERQUE, ANA COELHO DE2015ALBUQUERQUE, ANA COELHO DE; MOTA, Eduardo Luiz Andrade ; FELISBERTO, ERONILDO . Descentralização das ações de vigilância epidemiológica em Pernambuco, Brasil. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso), v. 31, p. 861-873, 2015.

5.
FELISBERTO, ERONILDO2013FELISBERTO, ERONILDO ; ALBUQUERQUE, ANA COELHO DE ; FIGUEIRÔA, FRANÇOIS ; SENA, DJAIR ; ALMAHNOUD, KHALED ; BEZERRA, LUCIANA CAROLINE A. ; HANS, ROSELENE ; COSTA, JULIANA MARTINS B. S. ; CABRAL, SILVIA . Procedimentos operacionais para a vigilância epidemiológica da Aids em mulheres e crianças em Pernambuco. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil (Impresso), v. 13, p. 55-60, 2013.

6.
Felisberto, D.F.2013Felisberto, D.F. ; Silva, G.S. ; BEIRAO, R.O.S. ; FALCAO, M. L. P. ; FELISBERTO, E. ; ALBUQUERQUE, A. C. . QUALIDADE DOS SERVIÇOS OFERECIDOS EM UMA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA: AVALIANDO A CONFORMIDADE COM OS PADRÕES DO PROGRAMA AVALIAÇÃO PARA MELHORIA DA QUALIDADE. Revista Baiana de Saúde Publica, v. 37, p. 473, 2013.

7.
ALBUQUERQUE, ANA COELHO DE2011ALBUQUERQUE, ANA COELHO DE; Dhalia, C. B. C ; Lobo, A. P. . DESEMPENHO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO ESTADO DE PERNAMBUCO: UMA AVALIAÇÃO POR MEIO DOS INDICADORES PACTUADOS NOS ANOS DE 2006 A 2008. Revista das Ciências Médicas de Pernambuco, v. 7, p. 6, 2011.

Capítulos de livros publicados
1.
LEAL, D. R. ; CAZARIN, G. ; BEZERRA, L. C. A. ; FELISBERTO, E. ; ALBUQUERQUE, A. C. . AVALIAÇÃO DA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA DE CONTROLE DA HANSENÍASE EM UM DISTRITO SANITÁRIO DE UMA CAPITAL DO NORDESTE DO BRASIL. In: Isabella Samico; Eronildo Felisberto; Paulo Germano Frias; Antonio Carlos Gomes do Espírito Santo; Zulmira Hartz. (Org.). FORMAÇÃO PROFISSIONAL E AVALIAÇÃO EM SAÚDE. 1ed.RIO DE JANEIRO: MEDBOOK, 2015, v. 1, p. 37-64.

2.
BEZERRA, T. C. A. ; FALCAO, M. L. P. ; GOES, P. S. A. ; FELISBERTO, E. ; ALBUQUERQUE, A. C. . INSTRUMENTO AVALIATIVO PARA PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE. In: ISABELLA SAMICO; ERONILDO FELISBERTO; PAULO GERMANO FRIAS; ANTONIO CARLOS GOMES DO ESPIRITO SANTO; ZULMIRA HARTZ. (Org.). FORMAÇÃO PROFISSIONAL E AVALIAÇÃO EM SAÚDE. 1ed.RIO DE JANEIRO: MEDBOOK, 2015, v. 1, p. 261-282.

3.
FELISBERTO, E. ; BEZERRA, LUCIANA CAROLINE A. ; ALBUQUERQUE, A. C. . AVALIAÇÃO NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: OS SENTIDOS DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DESSA PRÁTICA. In: Maria Fátima de Souza; Marcos da silveira Franco; Ana Valéria Machado Mendonça. (Org.). SAÚDE DA FAMÍLIA NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS: OS REFLEXOS DOS 20 ANOS NO ESPELHO DO FUTURO. 1ed.Campinas: Saberes, 2014, v. , p. 811-843.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ALBUQUERQUE, ANA COELHO DE; MELO, N. G. D. O. ; SOUZA, C. C. B. ; CAVALCANTI, V. O. ; MOURA, E. J. . Investigação de Surto de Doença Diarreica Aguda em Município da Mata Sul de Pernambuco: Estratégia para Fortalecimento de Ações Intersetoriais. In: 10° Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012, Porto Alegre. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), 2012.

2.
ALBUQUERQUE, A. C.; Dhalia, C. B. C ; MOTA, Eduardo Luiz Andrade . DESEMPENHO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO ESTADO DE PERNAMBUCO: UMA AVALIAÇÃO POR MEIO DOS INDICADORES PACTUADOS NOS ANOS DE 2006 A 2008. In: VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011, São Paulo. VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011.

3.
Abath, M. B. ; ALBUQUERQUE, A. C. ; Guimarães, M. J. B. ; Castro, C. C. ; Lobo, A. P. ; Santos, M. I. G. . Evolução Temporal da Mortalidade por Causas Externas no Estado de Pernambuco. In: IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2009, Recife. Anais do IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2009.

4.
Lobo, A. P. ; Dhalia, C. B. C ; Silva, I. C. F. ; Soares, I. L. ; Lima, M. F. F. ; Bezerra, F. D. F. ; Maciel, M. G. G. F. ; ALBUQUERQUE, A. C. ; Guimarães, M. J. B. . Programação das Ações de Vigilância em Saúde em Pernambuco: A Evolução do Processo de Pactuação. In: IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2009, Recife. Anais do IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2009.

5.
Guerra, F. ; Lopes, C. M. ; Gurgel, C. A. ; ALBUQUERQUE, A. C. . Avaliação das Boas Práticas de Manipulação de Coxinhas de Frango Fritas Comercializadas em Padarias do Distrito Sanitário VI, Recife-PE. In: II Jornada Norte-Nordeste de Vigilância Sanitária, 2007. Trabalhos Científicos da II Jornada Norte-Nordeste de Vigilância Sanitária, 2007.

6.
ALBUQUERQUE, A. C.; SILVA, J.L. ; PAIXÃO, J. A . Caracterização de Pectinas Naturais e sua Importância como Alimento Funcional. In: II Encontro Nacional de Ciências da Saúde, 2006, Recife. Anais do II Encontro Nacional de Ciências da Saúde, 2006.

7.
PAIXÃO, J. A ; SILVA, J.L. ; ALBUQUERQUE, A. C. . Caracterização de Pectinas Naturais por Pectinametilesterase e Infravermelho. In: VI Congresso de Ensino, Pesquisa e extensão (CEPE), 2005, Recife. Anais do VI Congresso de Ensino, Pesquisa e extensão (CEPE), 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
ALBUQUERQUE, A. C.; Eduarda Ângela Pessoa Cesse ; FELISBERTO, E. ; Isabella Chagas Samico ; UCHIMURA, L. Y. T. ; ESTIMA, N. . Regionalização da Vigilância em Saúde: uma proposta de avaliação em uma região de saúde no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
ALBUQUERQUE, A. C.; MOTA, E. L. A. ; Dhalia, C. B. C . DESEMPENHO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO ESTADO DE PERNAMBUCO: UMA AVALIAÇÃO POR MEIO DOS INDICADORES PACTUADOS NOS ANOS DE 2006 A 2008. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
Abath, M. B. ; ALBUQUERQUE, A. C. ; Guimarães, M. J. B. ; Castro, C. C. ; Lobo, A. P. ; Santos, M. I. G. . Evolução Temporal da Mortalidade por Causas Externas no Estado de Pernambuco. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
Lobo, A. P. ; Dhalia, C. B. C ; Silva, I. C. F. ; Soares, I. L. ; Lima, M. F. F. ; Bezerra, F. D. F. ; Maciel, M. G. G. F. ; ALBUQUERQUE, A. C. ; Guimarães, M. J. B. . A Programação das Ações de Vigilância em Saúde em Pernambuco: A Evolução do Processo de Pactuação. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
Guerra, F. ; Lopes, C. M. ; Gurgel, C. A. ; ALBUQUERQUE, A. C. . Avaliação das Boas Práticas de Manipulação de Coxinhas de Frango Fritas Comercializadas em Padarias do Distrito Sanitário VI, Recife-PE. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
ALBUQUERQUE, A. C.; SILVA, J.L. ; PAIXÃO, J. A . Caracterização de Pectinas Naturais e sua Importância como Alimento Funcional. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
PAIXÃO, J. A ; SILVA, J.L. ; ALBUQUERQUE, A. C. . Caracterização de Pectinas Naturais por Pectinametilesterase. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
PADILHA, R. Q. ; SILVA, S. F. ; OLIVEIRA, M. S. ; LIMA, V. V. ; DUARTE, E. ; FREITAS, D. R. C. ; PAULINO, G. V. ; GUERREIRO, J. V. ; CARVALHO, J. L. B. ; VERAS, M. A. S. M. ; KUCHENBERKER, R. ; ALBUQUERQUE, A. C. . Município Polis: Caderno do Cenário Simulado 2016. SÃO PAULO: Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa, 2016 (Normas e Manuais Técnicos).

2.
ALBUQUERQUE, A. C.; FELISBERTO, E. ; BEZERRA, LUCIANA CAROLINE A. . Guia para Gestão da Vigilância em Saúde - Procedimentos Operacionais Padronizados 2013 (Normas e Manuais Técnicos).

3.
Quinino, L. ; Melo, M.I.S.B. ; ALBUQUERQUE, A. C. ; CABRAL, SILVIA . Programa Sanar - Cadernos de Monitoramento - Tracoma 2013 (Normas e Manuais Técnicos).

4.
Quinino, L. ; Melo, M.I.S.B. ; ALBUQUERQUE, A. C. ; CABRAL, SILVIA . Programa Sanar - Cadernos de Monitoramento - Filariose 2013 (Normas e Manuais Técnicos).

5.
Quinino, L. ; Melo, M.I.S.B. ; ALBUQUERQUE, A. C. ; CABRAL, SILVIA . Programa Sanar - Cadernos de Monitoramento - Esquistossomose 2013 (Normas e Manuais Técnicos).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
DUARTE, E. ; PAULINO, G. V. ; ALBUQUERQUE, A. C. ; FREITAS, D. R. C. ; CARVALHO, J. L. B. ; GUERREIRO, J. V. ; VERAS, M. A. S. M. ; OLIVEIRA, M. S. ; KUCHENBERKER, R. ; PADILHA, R. Q. ; LIMA, V. V. . Curso de Especialização em Vigilância em Saúde - IEP/Sírio-Libanês - PROADI-SUS. 2017.

2.
OLIVEIRA, M. S. ; LIMA, V. V. ; DUARTE, E. ; VERAS, M. A. S. M. ; PADILHA, R. Q. ; FREITAS, D. R. C. ; PAULINO, G. V. ; CARVALHO, J. L. B. ; GUERREIRO, J. V. ; KUCHENBERKER, R. ; ALBUQUERQUE, A. C. . Curso de Especialização em Vigilância em Saúde - IEP/Sírio-Libanês - PROADI-SUS. 2016.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
DUARTE, E. ; PAULINO, G. V. ; ALBUQUERQUE, A. C. ; FREITAS, D. R. C. ; CARVALHO, J. L. B. ; GUERREIRO, J. V. ; OLIVEIRA, M. S. ; KUCHENBERKER, R. . Capacitação dos Facilitadores de Aprendizagem das Regiões de Saúde do Curso de Especialização em Vigilância em Saúde - 2ª edição. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
ALBUQUERQUE, A. C.; CABRAL, SILVIA . IV Curso de Vigilância Epidemiológica das Doenças Imunopreveníveis aplicado ao Programa de Imunização. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
ALBUQUERQUE, A. C.; CABRAL, SILVIA . III Curso de Vigilância Epidemiológica das Doenças Imunopreveníveis aplicado ao Programa de Imunização. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
ALBUQUERQUE, A. C.; CABRAL, SILVIA . II Curso de Vigilância Epidemiológica das Doenças Imunopreveníveis aplicado ao Programa de Imunização. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
Dhalia, C. B. C ; Guimarães, M. J. B. ; Lobo, A. P. ; ALBUQUERQUE, A. C. . Oficina de Avaliação de Desempenho da Vigilância em Saúde do Estado de Pernambuco. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PAEGLE, A. C. R. O.; ALBUQUERQUE, A. C.. Participação em banca de JANAINA DE LIMA SILVA E AMANDA GISELLLE ALBUQUERQUE BATISTA.AÇÕES DE PROMOÇÃO E PREVENÇÃO À SAÚDE BUCAL EM PACIENTES INTERNADOS EM UM HOSPITAL DE PERNAMBUCO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Faculdade Integrada de Pernambuco.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
15ª Mostra Nacional de Experiências Bem-sucedidas em Epidemiologia e Controle de Doenças - Expoepi. Membro da Comissão Científica. 2017. (Exposição).

2.
XXVIII Congresso da Associação Latina para Análise de Sistemas de Saúde. Regionalização da vigilância em saúde no Brasil: uma proposta de avaliação em uma região de saúde no Brasil. 2017. (Congresso).

3.
I ENCONTRO LUSO BRASILEIRO DE AVALIAÇÃO EM SAÚDE E GESTÃO DO CONHECIMENTO. 2015. (Encontro).

4.
14ª Mostra Nacional de Experiências Bem-sucedidas em Epidemiologia e Controle de Doenças (Expoepi). Participação como Membro da Comissão Científica. 2014. (Exposição).

5.
I SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DO PROGRAMA SANAR. 2013. (Seminário).

6.
VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia. DESEMPENHO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO ESTADO DE PERNAMBUCO: UMA AVALIAÇÃO POR MEIO DOS INDICADORES PACTUADOS NOS ANOS DE 2006 A 2008. 2011. (Congresso).

7.
IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. A Programação das Ações de Vigilância em Saúde em Pernambuco: A Evolução do Processo de Pactuação. 2009. (Congresso).

8.
IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Evolução Temporal da Mortalidade por Causas Externas no Estado de Pernambuco. 2009. (Congresso).

9.
II Jornada Norte-Nordeste de Vigilância Sanitária.Avaliação das Boas Práticas de Manipulação de Coxinhas de Frango Fritas Comercializadas em Padarias do Distrito Sanitário VI, Recife-PE. 2007. (Outra).

10.
I ENCONTRO DE NUTRIÇÃO E PERFORMANCE DO NORDESTE NA PARAIBA.PARTICIPANTE DOS CURSOS: A IMPORTÂNCIA DOS EXAMES LABORATORIAIS COM BASE PARA DETERMINAÇÃO DA CONDUTA NUTRICIONAL DE DESPORTISTAS; NUTRIÇÃO E ESPORTE PARA CLÍNICAS, ACADEMIAS E CONSULTÓRIOS. 2006. (Encontro).

11.
II Encontro Nacional de Ciências da Saúde.Caracterização de Pectinas Naturais e sua Importância como Alimento Funcional. 2006. (Encontro).

12.
IV JORNADA DE NUTRIÇÃO DO IMIP. 2006. (Outra).

13.
VI Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE). Caracterização de Pectinas Naturais por Pectinametilesterase e Infravermelho. 2005. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Dhalia, C. B. C ; Lobo, A. P. ; Guimarães, M. J. B. ; ALBUQUERQUE, A. C. . OFICINA DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO ESTADO DE PE. 2009. (Outro).

2.
SOUZA, L. ; Lobo, A. P. ; ALBUQUERQUE, A. C. . 9ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE OLINDA. 2009. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Schirley Cristina Almeida Pereira. A Política de Regionalização da Vigilância em Saúde em Pernambuco. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Avaliação em Saúde) - Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira. (Coorientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
NATÁLIA BARROS LOPES. Regionalização da vigilância em saúde em Pernambuco: um estudo de caso. 2017. Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM AVALIAÇÃO EM SAÚDE) - Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira, . Coorientador: Ana Coelho de Albuquerque.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Suzana Cristina Vieira Barros do Nascimento. ROTULAGEM DOS ALIMENTOS DESTINADOS AO PÚBLICO INFANTIL. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-Graduação Nutrição Clínica nas Fases da Vida) - Faculdade Redentor. Orientador: Ana Coelho de Albuquerque.

2.
Ludmila Vieira Nogueira da Paixão. Estudo epidemiológico do tracoma em escolares do município de Tacaratu, Pernambuco. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Saúde Coletiva com Foco na Vigilância em Saúde) - Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira. Orientador: Ana Coelho de Albuquerque.



Outras informações relevantes


- Participação como Relatora do Grupo Técnico da Vigilância em Saúde na 9ª Conferência Municipal de Saúde de Olinda.
- Desenvolvimento de atividades de docência na Graduação do Curso Médico da Universidade de Pernambuco, nas disciplinas Serviços I e Serviços II, com carga horária total em docência de 384 horas.
-Aprovada em Concurso Público da Secretaria de Saúde do Recife para Sanitarista (DO edição 79, de 05/07/2012)
-Aprovada em Seleção Pública da Secretaria de Saúde de Pernambuco para Sanitarista (Portaria nº 007, de 05/01/2013)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/10/2018 às 7:56:43