Jeferson Santos do Socorro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1227587296263125
  • Última atualização do currículo em 26/04/2017


Licenciado em Letras Língua Estrangeira Moderna Inglês pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Mestrando em Estudos de Tradução Cultural e Intersemiótica pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura e Cultura da Universidade Federal da Bahia. Cursa Especialização em Língua Inglesa e Literatura pela Universidade Paulista (UNIP). Integrante do Grupo de Pesquisa Literatura como Performance: Narrativas de Si Políticas de Si, coordenado pela professora Drª Denise Carrascosa Franca. Neste, dedica-se aos estudos de literatura afro-brasileira e afro-americana, literatura pós-colonial e afrodiapórica e estudos de subalternidade. Integrante do Grupo de Pesquisa Traduzindo no Atlântico Negro, grupo que se dedica a pesquisa ,reflexão e discussão teórico- crítica da tradução de textos traduzidos no contexto África- diáspora do inglês para o português e do português para o inglês com base nos estudos teóricos contemporâneos de tradução, negritude e afrodiasporicidade; sob a coordenação da professora Drª Denise Carrascosa Franca. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Jeferson Santos do Socorro
Nome em citações bibliográficas
SOCORRO, J. S.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal da Bahia, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.
Rua Augusto Viana, s/n - Canela
Canela
40110-909 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (71) 32837092
Ramal: 7116
Fax: (71) 32837118
URL da Homepage: www.portal.ufba.br


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2016
Graduação em Letras - Lingua Estrangeira - Inglês.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
Extensão universitária em Literatura Africana e Afro- Americana. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2012 - 2012
Leitura e Análise do Texto Teatral. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em Exílios em Literaturas Anglófonas. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2005 - 2005
Capacitação de Monitores do Projeto de Atuação Pedagógica do MAFRO. (Carga horária: 40h).
MUseu Afro- Brasileiro/ UFBA, MAFRO/UFBA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador do PIBIC/UFBA, Carga horária: 16

Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor de Língua Inglesa do PROFICI/UFBA, Carga horária: 12



Projetos de pesquisa


2014 - 2015
O estudo das reminiscências da escravidão nos romances O olho mais azul( 1970) de Toni Morrison e Ponciá Vicêncio(2003) de Conceição Evaristo
Descrição: Estudo crítico-comparativo das reminiscências da escravidão nos romances O olho mais azul (1970) da escritora afro estadunidense Toni Morrison e Ponciá Vicêncio (2003) da escritora afro-brasileira ConceiçãoEvaristo. O foco da pesquisa centra-se na análise minuciosa das estratégias discursivas utilizadas em ambos romances que tentam desrecalcar a memória da escravidão e suas reminiscências no intuito de flagrar os seus efeitos nefastos na participação das crises existências , transtornos psicológicos , proesso de subalternização , autoflagelação e construção de subjetividades dos personagens principais e alguns secundários. Esses efeitos corroboram para a instauração de uma ambiência que caracteriza um espaço físico, simbólico e cultural compartilhados com as personagens centrais. Desse modo os projetos literários das escritoras são comparados no que tangem a temática étnico- racial e de gênero como principais temáticas trabalhadas. A poética da escritora brasileira Conceição Evaristo é uma escrita performativa de um sujeito que se define num local de elocução próprio e autêntico para denunciar as injustiças sociais e as múltiplas desigualdades que a população negra enfrenta no Brasil e sua realidade concreta, através de um discurso literário que segundo Eduardo de Assis Duarte a mesma denomina de ?escrevivência? (CAMPOS; DUARTE, 2011) . Nesse mesmo viés está Toni Morrison,com um projeto literário que denominou de ? village literature? (WALTER,2009, apud, HARRIS) 1porém com focos adicionais, tais como a criança negra e a construção de um inconsciente autodestrutivo no que se refere à instauração de uma única beleza: branca, cuja hegemonia interdita a possibilidade da multiplicidade que incluiria a beleza negra; a temática do estupro e das relações incestuosas que ?objetificam? o corpo negro e feminino. As teorias de Literatura Comparada, Literatura Afro-brasileira, Afro-americana são as principais ferramentas teóricas que estabelecem e costuram o diálogo profícuo do trabalho, além de referências de outras áreas das ciências humanas, pois a temática da escravidão é objeto de estudo de outros campos epistemológicos, tornando a interlocução com esses campos imprescindível para a construção deste trabalho, que é transdisciplinar, principal característica da Literatura Comparada..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literaturas Estrangeiras Modernas.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Línguas Estrangeiras Modernas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Yoruba
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Livros publicados/organizados ou edições
1.
SOCORRO, J. S.. Concurso Nacional Novos Poetas: Antologia Poética. 20. ed. Cabedelo: Vivara Editora Nacional, 2016. 318p .

2.
SOCORRO, J. S.. No voo das palavras. 1. ed. Salvador: Edufba, 2015. v. 500. 171p .

Apresentações de Trabalho
1.
SOCORRO, J. S.; CARRASCOSA, D. . O estudo crítico comparativo das reminiscências da escravidão nos romances O olho mais azul, de Toni Morrison ( 1970) e Ponciá Vicêncio, de Conceição Evaristo( 2003).. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
SOCORRO, J. S.; CARRASCOSA, D. . O estudo das reminiscências da escravidão nos romances O olho mais azul( 1970) de Toni Morrison e Ponciá Vicêncio(2003) de Conceição Evaristo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
SOCORRO, J. S.. Tradução do conto Anoma de Punyakante Wijinaike. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
SOCORRO, J. S.; PEREIRA FILHO, J. N. S. . Os desejos de ' Maggie' de Stephen Crane. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
SOCORRO, J. S.. Vozes da Memória. Salvador: Edufba, 2015. (Tradução/Livro).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Tráfico de Escravos e Escravidão na Bahia no século XIX. 2015. (Outra).

2.
Linguìstica Cognitva/Cultural. 2013. (Outra).

3.
Leitura e Análise do Texto Teatral. 2012. (Oficina).

4.
Curto Circuito: Artes , Ciências e Humanidades.Café Cultural:Desmistificando Exu e as religiões de matriz africana. 2011. (Simpósio).

5.
Leituras da Leitura. 2011. (Seminário).

6.
Leituras da leitura - Programa de Educação tutorial (UFBA). 2011. (Seminário).

7.
Simpósio Limiares da Universidade: uma discussão sobre ações afirmativas, educação e diversidade. 2010. (Simpósio).

8.
VI SEPESQ - Seminário de Pesquisa em Letras (UFBA).Os desejos de "Maggie" de Stephen Crane. 2010. (Seminário).

9.
Integración de culturas: de la mirada etnocéntrica a la conciencia intercultural. 2009. (Seminário).

10.
Integraciòn de culturas: de la mirada etnocèntrica a la consciencia intercultural. 2009. (Oficina).

11.
Seminário de Literatura Negra José Carlos Limeira: Negro Homem , Negra Poesia - UFBA. 2009. (Seminário).

12.
Seminário Moradia Estudantil: uma luta ao direito à cidade. 2009. (Seminário).

13.
Elaboração de Projetos para o Pronac/MInc. 2005. (Oficina).

14.
Nivelamento e Ordenamento de Potencialidades em Projetos Culturais. 2005. (Oficina).

15.
Oficina de Elaboração de Projetos para o Pronac/Minc. 2005. (Oficina).

16.
Oficina de Nivelamento e Ordenamento de Potencialidades em Projetos Culturais. 2005. (Oficina).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/01/2019 às 10:28:01