Jean Fausto de Carvalho Paulino

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7449895625160093
  • Última atualização do currículo em 24/03/2018


Graduação em Biotecnologia pela Universidade Federal do Paraná. Mestre em Genética e Melhoramento pela Universidade Estadual de Maringá. Atualmente estudante de Doutorado em Genética, Melhoramento Vegetal e Biotecnologia pelo Instituto Agronômico de Campinas (IAC).Tem experiência na área de Genética e melhoramento genético de plantas, atuando principalmente nos seguintes temas: Sequenciamento de Próxima Geração (NGS), Genotipagem por Sequenciamento (GBS), seleção assistida por marcadores (SAM), análise de associação genômica ampla (GWAS), identificação de genes candidatos e mapeamento genético com marcadores SNPs e SSRs. Atualmente trabalha com melhoramento genético visando a resistência a importantes doenças na cultura do feijoeiro comum como antracnose, mancha angular e murcha de fusarium. É membro da sociedade Brasileira de Melhoramento de Plantas (SBMP). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Jean Fausto de Carvalho Paulino
Nome em citações bibliográficas
PAULINO, J. F. C.;PAULINO, JEAN FAUSTO DE CARVALHO

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Agronômico de Campinas, Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Recursos Genéticos Vegetais.
Avenida Doutor Theodureto de Almeida Camargo
Jardim Nossa Senhora Auxiliadora
13075630 - Campinas, SP - Brasil
Telefone: (19) 982583953
URL da Homepage: http://www.iac.sp.gov.br/areasdepesquisa/recgeneticos/


Formação acadêmica/titulação


2017
Doutorado em andamento em Agricultura Tropical e Subtropical.
Instituto Agronômico de Campinas, IAC, Brasil.
Título: Estudo de associação ampla do genoma para resistência à Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli e para cor de tegumento em feijoeiro comum,
Orientador: Luciana Lasry Benchimol Reis.
Coorientador: Alisson Fernando Chiorato.
2015 - 2017
Mestrado em Genética e Melhoramento.
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Título: Caracterização e mapeamento do gene de resistência ao antracnose na cultivar andina de feijão comum Perla,Ano de Obtenção: 2017.
Orientador: Maria Celeste Gonçalves Vidigal.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2009 - 2014
Graduação em Biotecnologia.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
com período sanduíche em Universitá di Pisa (Orientador: Andrea Cavallini).
Título: ANÁLISE TRANSCRIPTÔMICA POR NEXT GENERATION SEQUENCING (NGS) E RT-PCR EM HÍBRIDOS DE POPULUS SOB CONDIÇÕES DE ESTRESSE HÍDRICO.
Orientador: Eliane Cristina G. Vendruscolo.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2009 - 2011
Curso técnico/profissionalizante em Técnico em Meio Ambiente.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2004 - 2007
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Estadual Paulo VI, PAULO VI, Brasil.




Formação Complementar


2010
Grupo de Estudos em Bioprocessos Industriais.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2014 - 2014
Competência em Vendas para Empreendedores - Mapean.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2014 - 2014
II Curso de Agente em Biossegurança da UFPR. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2014 - 2014
Modelagem de negócios em inovação aberta (com apre. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2014 - 2014
Monitoria. (Carga horária: 408h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2013 - 2013
Estagio em Laboratorio de Genomica Vegetal. (Carga horária: 250h).
Universidade de Pisa, UNIPI, Itália.
2012 - 2013
Extensão universitária em Biotecnologia Molecular e Industrial. (Carga horária: 500h).
Universidade de Pisa, UNIPI, Itália.
2011 - 2011
Saber Empreender. (Carga horária: 27h).
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná, SEBRAE/PR, Brasil.
2011 - 2011
Monitoria. (Carga horária: 408h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2010 - 2010
Fundamentos da produção de proteínas terapêuticas. (Carga horária: 14h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2010 - 2010
Empreendedor Individual. (Carga horária: 3h).
SEBRAE ER SANTOS, SEBRAE SANTOS, Brasil.
2010 - 2010
Fundamentos da Gestão de Custos. (Carga horária: 5h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2010 - 2010
Empreendedorismo. (Carga horária: 1h).
Associação da Industria e Comercio de palotina, ACIPA, Brasil.
2010 - 2010
Monitoria. (Carga horária: 408h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2009 - 2009
Jornada de Biologia Molecular-Engenheria Genetic. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Agronômico de Campinas, IAC, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estudos de associação ampla do genoma (GWAS) para a identificação de locos que influenciam a expressão de características quantitativas de resistência a doenças no feijoeiro comum.


Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estudos de mapeamento genético para a identificação de locos que influenciam a expressão de características de resistência a antracnose no feijoeiro comum.


Universidade de Pisa, UNIPI, Itália.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário
Outras informações
Estagiário no laboratório de Genética e Genômica Vegetal do Departamento de Ciências Agrárias, Alimentares e Agro-ambientais (DiSAAA-a) da Universidade de Pisa na Itália, sob orientação do Professor Dr. Andrea Cavallini em Biologia Molecular com ênfase nas áreas de genômica e transcriptômica. Projeto: Utilização de ferramentas de bioinformática na analise de comportamento genômico de espécies vegetais de híbridos de álamo em condição de estresse hídrico.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante
Outras informações
Bolsista da CAPES na modalidade "Gradução Sanduíche no Exterior" por meio do programa Ciência sem Fronteiras. Discente do Curso de Biotecnologia Molecular e Industrial no Departamento de Matemática, Fisica e Ciências Naturais.


Associação dos Estudantes do Campus Palotina, CRIATEC, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Socio-Proprietario, Enquadramento Funcional: Vice-Presidente
Outras informações
(1) Sócio Fundador (2) Primeiro Vice-Presidente Executivo (3) Diretor do Departamento de Biotecnologia & Biocombustíveis. A CRIATEC é uma associação sem fins lucrativos, fundada por acadêmicos do campus Palotina da Universidade Federal do Paraná UFPR e tem como objetivo atuar no mercado de assessoria e consultoria nas áreas relativas aos cursos ofertados neste campus da instituição federal. Desta maneira, a empresa júnior tem como ênfase a prestação de serviços nas seguintes áreas: agronômica; aquicultura; biotecnologia; biocombustíveis; medicina veterinária; e meio ambiente. Um diferencial da empresa CRIATEC é que todas as suas atividades privam pelo caráter sustentável, já que durante a graduação os acadêmicos recebem conhecimento técnico-científicos focados neste tema. Além disso, todos os serviços prestados pela a empresa recebem supervisão de professor (es) da instituição, o que garante a qualidade, excelência e confiabilidade desses.


Laboratorio de Bioquimica e Genética, LABIOGEN, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 12
Outras informações
Bolsista na modalidade voluntário pelo Programa de Iniciação Cientifica no Laboratório de Bioquímica e Genética da Universidade Federal do Paraná Setor Palotina pelo projeto: Criação, manutenção e avaliação da biodiversidade de coleções de culturas de bactérias diazotróficas da região oeste do Estado do Paraná, com a utilização de técnicas de biologia molecular como RFLP, RAPD além de técnicas de caracterização morfofisiológica de microrganismos de interesse biotecnológico.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Pesquisador voluntário, Enquadramento Funcional: Pesquisador voluntário, Carga horária: 20
Outras informações
Preparo de amostras de cama de aviário; Delimitação das parcelas experimentais em campo; Aplicação das doses de composto de aviário; Plantio de soja; Avaliações fitotécnicas dos tratamentos; Colheita experimento e avaliação de parametros produtivos e vegetativos; Elaboração de resumos e artigo para divulgação dos resultados em eventos científios e congressos


Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 12
Outras informações
Bolsista do programa de Iniciação a Docência da disciplina de Tecnologia de Bioprodutos do Curso Tecnológico em Biotecnologia, os principais objetivos do programa foram: a aproximação do monitor ao universo acadêmico e científico, proporcionar uma nova visão sobre a docência, estimulo a desenvolver e aprimorar técnicas relacionadas à prática da docência, proporcionar o desenvolvimento de habilidades didático - pedagógica e uma visão crítica sobre a metodologia do ensino, agregando conhecimentos na área de produção de diversos bioprodutos em escalas piloto e industrial de modo que o monitor adquira a capacidade de relacioná-los aos conhecimentos específicos do curso de graduação que esteja cursando, e oferecer aos alunos que cursam a disciplina a oportunidade de melhor assimilação do conteúdo, contribuindo assim para a redução do número de reprovações e evasão, além de estreitar a relação professor/aluno atuando como um elo comunicativo entre os demais alunos e o professor. As metodologias de trabalho propostas se deram pela elaboração de um plano de trabalho da disciplina em conjunto com o professor, além da participação no planejamento de atividades pedagógicas teóricas práticas em laboratório que foram realizadas nas aulas ministradas na disciplina, o atendimento de dúvidas e a realização de aulas de revisão em horários e locais pré-determinados para o melhor aproveitamento e fixação do conteúdo, discussão com o professor orientador através de reuniões periódicas sobre as formas e critérios da avaliação da aprendizagem e a qualidade do programa de monitoria.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estudante
Outras informações
Membro discente da Comissão de ocupação de espaços da UFPR Setor Palotina

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 12
Outras informações
Bolsista do programa de Iniciação a Docência da disciplina de Instrumentação e Controle de Bioprocessos do Curso Tecnológico em Biotecnologia. As metodologias de trabalho propostas se deram pela elaboração de um plano de trabalho da disciplina em conjunto com o professor, além da participação no planejamento de atividades pedagógicas teóricas práticas em laboratório que foram realizadas nas aulas ministradas na disciplina, além de discussão com o professor orientador através de reuniões periódicas sobre as formas e critérios da avaliação da aprendizagem e a qualidade do programa de monitoria.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Representante Discente no Conselho Setorial.

Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Repesentante discente em Colegiado
Outras informações
Representante discente em reuniões de colegiado do Curso Superior de Biotecnologia

Vínculo institucional

2010 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 12
Outras informações
O programa de Iniciação a Docência da disciplina de Química Orgânica dos Cursos Tecnológicos em Aquicultura, Biocombustíveis, Biotecnologia e Ciências Biológicas,e entre os principais objetivos do programa foram: a aproximação dos estudantes monitores ao universo acadêmico e científico, proporcionar uma nova visão sobre a docência, estimulo a desenvolver e aprimorar técnicas relacionadas à prática da docência, proporcionar o desenvolvimento de habilidades didático - pedagógica e uma visão crítica sobre a metodologia do ensino, agregando conhecimentos na área de Química Orgânica de modo que os estudantes monitores adquiram a capacidade de relacioná-los aos conhecimentos específicos do curso de graduação que esteja cursando, e oferecer aos alunos que cursam a disciplina a oportunidade de melhor assimilação do conteúdo, contribuindo assim para a redução do número de reprovações e evasão, alem de estreitar a relação professor/aluno atuando como um elo comunicativo entre os demais alunos e o professor. As metodologias de trabalho propostas se deram pela elaboração de um plano de trabalho da disciplina em conjunto com o professor, alem da participação no planejamento de atividades pedagógicas teórico-práticas que foram realizadas nas aulas ministradas na disciplina, o atendimento de dúvidas e a realização de aulas de revisão em horários e locais pré-determinados para o melhor aproveitamento e fixação do conteúdo, discussão com o professor orientador sobre as formas e critérios da avaliação da aprendizagem, e por fim o desenvolvimento de trabalhos de pesquisa através da utilização de questionários elaborados relacionados com o programa e a área de ensino a fim de fazer uma analise das dificuldades de aprendizagem dos acadêmicos e a qualidade do programa de monitoria.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 12
Outras informações
Bolsista do programa de Iniciação a Docência da disciplina de Cinética e Biorreatores Agroindustriais do módulo Profissional do Curso Tecnológico em Biotecnologia e entre os principais objetivos do programa foram: a aproximação do estudante monitor ao universo acadêmico e científico, proporcionar uma nova visão sobre a docência, estimulo a desenvolver e aprimorar técnicas relacionadas à prática da docência, proporcionar o desenvolvimento de habilidades didático - pedagógica e uma visão crítica sobre a metodologia do ensino, agregando conhecimentos na área de Cinética Enzimatica em processos controlados por softwares em Biorreatores Agroindustriais de modo que o estudante monitor adquira a capacidade de relacioná-los aos conhecimentos específicos do curso de graduação que esteja cursando, e oferecer aos alunos que cursam a disciplina a oportunidade de melhor assimilação do conteúdo, contribuindo assim para a redução do número de reprovações e evasão, além de estreitar a relação professor/aluno atuando como um elo comunicativo entre os demais alunos e o professor. As metodologias de trabalho propostas se deram pela elaboração de um plano de trabalho da disciplina em conjunto com o professor, além da participação no planejamento de atividades pedagógicas teórico-práticas que foram realizadas nas aulas ministradas na disciplina, o atendimento de dúvidas e a realização de aulas de revisão em horários e locais pré-determinados para o melhor aproveitamento e fixação do conteúdo, discussão com o professor orientador sobre as formas e critérios da avaliação da aprendizagem, e por fim o desenvolvimento de trabalhos de pesquisa através da utilização de questionários elaborados relacionados com o programa e a área de ensino a fim de fazer uma análise das dificuldades de aprendizagem dos acadêmicos e a qualidade do programa de monitoria.

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Diretor Financeiro GE - BIOIND
Outras informações
Diretor Jurídico e Financeiro no Grupo de Estudos em Bioprocessos Industriais.

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Presidente Centro Acadêmico de Biotecnologia

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 12
Outras informações
O programa de Iniciação a Docência da disciplina de Genética e Evolução do modulo básico dos Cursos Tecnológicos em Aquicultura, Biocombustíveis, Biotecnologia e Ciências Biológicas, contou com a participação de 2 monitores e entre os principais objetivos do programa foram: a aproximação dos estudantes monitores ao universo acadêmico e científico, proporcionar uma nova visão sobre a docência, estimulo a desenvolver e aprimorar técnicas relacionadas à prática da docência, proporcionar o desenvolvimento de habilidades didático - pedagógica e uma visão crítica sobre a metodologia do ensino, agregando conhecimentos na área de Genética de modo que os estudantes monitores adquiram a capacidade de relacioná-los aos conhecimentos específicos do curso de graduação que esteja cursando, e oferecer aos alunos que cursam a disciplina a oportunidade de melhor assimilação do conteúdo, contribuindo assim para a redução do número de reprovações e evasão, alem de estreitar a relação professor/aluno atuando como um elo comunicativo entre os demais alunos e o professor. As metodologias de trabalho propostas se deram pela elaboração de um plano de trabalho da disciplina em conjunto com o professor, alem da participação no planejamento de atividades pedagógicas teórico-práticas que foram realizadas nas aulas ministradas na disciplina, o atendimento de dúvidas e a realização de aulas de revisão em horários e locais pré-determinados para o melhor aproveitamento e fixação do conteúdo, discussão com o professor orientador sobre as formas e critérios da avaliação da aprendizagem, e por fim o desenvolvimento de trabalhos de pesquisa através da utilização de questionários elaborados relacionados com o programa e a área de ensino a fim de fazer uma analise das dificuldades de aprendizagem dos acadêmicos e a qualidade do programa de monitoria.

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 12
Outras informações
O programa de Iniciação a Docência da disciplina de Química Geral e Inorgânica dos Cursos Tecnológicos em Aqüicultura, Biocombustíveis, Biotecnologia e Ciências Biológicas, contou com a participação de 2 monitores e entre os principais objetivos do programa foram: a aproximação dos estudantes monitores ao universo acadêmico e científico, proporcionar uma nova visão sobre a docência, estimulo a desenvolver e aprimorar técnicas relacionadas à prática da docência, proporcionar o desenvolvimento de habilidades didático - pedagógica e uma visão crítica sobre a metodologia do ensino, agregando conhecimentos na área de Química de modo que os estudantes monitores adquiram a capacidade de relacioná-los aos conhecimentos específicos do curso de graduação que esteja cursando, e oferecer aos alunos que cursam a disciplina a oportunidade de melhor assimilação do conteúdo, contribuindo assim para a redução do número de reprovações e evasão, alem de estreitar a relação professor/aluno atuando como um elo comunicativo entre os demais alunos e o professor. As metodologias de trabalho propostas se deram pela elaboração de um plano de trabalho da disciplina em conjunto com o professor, alem da participação no planejamento de atividades pedagógicas teórico-práticas que foram realizadas nas aulas ministradas na disciplina, o atendimento de dúvidas e a realização de aulas de revisão em horários e locais pré-determinados para o melhor aproveitamento e fixação do conteúdo, discussão com o professor orientador sobre as formas e critérios da avaliação da aprendizagem, e por fim o desenvolvimento de trabalhos de pesquisa através da utilização de questionários elaborados relacionados com o programa e a área de ensino a fim de fazer uma análise das dificuldades de aprendizagem dos acadêmicos e a qualidade do programa de monitoria.



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Estudo de associação ampla do genoma para resistência à Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli e para cor de tegumento em feijoeiro comum
Descrição: A murcha-de-Fusarium (Fop) se destaca por ser considerada a principal doença de solo na cultura do feijoeiro, com ampla ocorrência em nível mundial, pode causar perdas de até 100% na produtividade em casos extremos. O método mais econômico e eficiente para seu controle é a utilização de cultivares resistentes, porém a variabilidade fisiológica do patógeno dificulta o desenvolvimento de cultivares resistentes pelos programas de melhoramento. Estudos de associação ampla do genoma (GWAS) viabilizam a identificação de locos que influenciam a expressão de características quantitativas. Neste contexto, o objetivo desse trabalho será utilizar um conjunto de 6.000 SNPs (BARCBean6K_3 BeadChip) em 288 acessos do banco de germoplasma do IAC (BAG) previamente selecionados para identificação de regiões genômicas associadas com genes de resistência à Fop e à coloração de grãos. Marcadores significativos serão localizados, e os cromossomos com maior quantidade de SNPs significativos e que expliquem a maior proporção da variação da doença, indicarão se existem genes e/ou QTLs associados à Fop em dadas regiões do genoma. A resistência à murcha-de-fusarium será avaliada com dois isolados da raça 2, brasileira, caracterizadas pela UFV (Viçosa, MG) como bem virulentos. Espera-se que este estudo forneça evidências genéticas da relação entre coloração de grãos e a resistência a Fop, identificação de marcadores moleculares para seleção assistida para controle da murcha-de-fusarium, fornecendo uma resistência duradoura..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Jean Fausto de Carvalho Paulino - Coordenador / Luciana Lasry Benchimol Reis - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2015 - 2017
CARACTERIZAÇÃO DE GENES DE RESISTÊNCIA À ANTRACNOSE EM CULTIVARES DE FEIJÃO COMUM (Phaseolus vulgaris L.)
Descrição: O feijão comum é um dos principais componentes da dieta alimentar da maioria da população brasileira, destacando-se como uma das principais fontes de proteína. A cultura do feijão comum apresenta elevada importância socioeconômica para o Brasil, sendo o Paraná o Estado que apresenta maior destaque na produção nacional. No entanto essa cultura é severamente prejudicada por diversos patógenos, dentre os quais se destaca o Colletotrichum lindemuthianum, fungo causador da antracnose. As perdas ocasionadas por este patógeno podem chegar até 100%, bem como, a depreciação da qualidade do produto torna-o menos atrativo ao mercado consumidor. A diversidade genética do C. lindemuthianum é o principal fator limitante no controle da antracnose do feijão comum, de forma que a determinação da variabilidade deste patógeno é necessária para que se possa identificar fontes de resistência e disponibilizá-las para utilização em programas de melhoramento genético ou para cultivo pelos agricultores. A busca por novas fontes de resistência tem sido objetivo de muitos programas de melhoramento genético do feijoeiro. A identificação de novos genes e/ou alelos que poderão ser incorporados nas cultivares, propicia a ampliação do espectro de resistência das novas cultivares resultando assim, em maior estabilidade de produção desta cultura. Dessa forma, o presente projeto tem por objetivos: I- Identificar novos genes/alelos de resistência à antracnose do feijão comum por meio da caracterização genética das cultivares Perla, Paloma, Amendoim Cavalo e Jalo Pintado 2; II- Identificar marcadores moleculares microssatélites ligados a estes genes das cultivares em estudo. Neste contexto, o presente projeto tem a finalidade de gerar informações sobre novas fontes de resistência à antracnose propiciando a eficiência dos programas de melhoramento para a cultura do feijão..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Jean Fausto de Carvalho Paulino - Integrante / Maria Celeste Gonçalves-Vidigal - Coordenador / Giselly Figueiredo Lacanallo - Integrante / Vanusa da Silva Ramos Martins - Integrante.
2014 - Atual
SELEÇÃO ASSISTIDA POR MARCADORES MOLECULARES PELO MÉTODO DE AB-QTL E POR GENOTIPAGEM POR SEQUENCIAMENTO (GBS) VISANDO À RESISTÊNCIA À MANCHA ANGULAR E ANTRACNOSE EM FEIJÃO COMUM
Descrição: A mancha-angular (ALS) e antracnose (ANT) são doenças do feijoeiro que podem causar redução na produção e na qualidade dos grãos produzidos, e frente a variabilidade dos patógenos, a resistência duradoura não foi alcançada ainda. Por estudos de nosso grupo, estas doenças mostram padrão quantitativo de resistência genética e vários QTLs devem ser introgredidos para produzir uma resistência. A técnica de AB-QTL (Advanced Backcross QTL Analysis) visa a selecionar, introgredir e mapear simultaneamente os QTLs, via retrocruzamentos, de tal forma a que os efeitos (epistáticos e pleiotrópicos) da combinação dos diferentes QTLs possam ser mensurados, e apenas o QTLs favoráveis sejam transferidos, sem se perder a qualidade do cultivar elite que será utilizado como parental recorrente. Enquanto as outras metodologias de seleção assistida se baseiam em primeiro realizar o mapeamento de QTLs para em seguida se transferir alelos favoráveis, esta técnica propõe que as progênies e/ou linhagens sejam avaliadas fenotipicamente simultaneamente com a introgressão dos QTLs, diminuindo-se o problema do linkage drag e as interações negativas. A seleção fenotípica elimina as progênies com desempenho inferior, mesmo aquelas que possuam os QTLs favoráveis introgredidos, mas que podem ter os seus valores genéticos alterados pelas interações epistáticas, efeitos pleiotrópicos ou pela interação genótipos x ambiente. O objetivo deste projeto é o de utilizar a técnica de AB-QTL para promover um ganho de resistência genética à ALS e ANT no programa de melhoramento do feijoeiro do IAC. Dois programas de retrocruzamentos paralelos serão conduzidos (antracnose - ANT; e mancha angular - ALS). Para ALS, a cultivar IAC Milênio (suscetível, parental recorrente) será cruzada com a cultivar AND 277 (resistente, parental doador), enquanto no programa ANT, a cultivar Pérola (suscetível, parental recorrente) com a cultivar IAC-Formoso (resistente, parental doador). Seleção fenotípica para eliminação das plantas fora de tipo será efetuada em RC1 e RC2, e a avaliação de marcadores moleculares em grande escala ocorrerá em F2RC22 com SNPs gerados e genotipados através da plataforma GBS. Nesta geração, os QTLs serão mapeados e as linhagens quase isogênicas (QTL-NILs) avaliadas. As fenotipagens para as doenças serão feitas em casa de vegetação durante o mapeamento, mas depois da seleção serão conduzidas em condições experimentais de campo, com infecção natural. Espera-se que novas cultivares possam ser recomendadas no programa de melhoramento do feijoeiro do IAC e que as mesmas mostrem resistência efetiva em condições de plantio..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Jean Fausto de Carvalho Paulino - Coordenador / Luciana Lasry Benchimol Reis - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2010 - 2013
Criação, manutenção e avaliação da biodiversidade de coleções de culturas de bactérias diazotróficas da região oeste do Estado do Paraná.
Descrição: Criar e manter coleções de culturas devidamente identificadas visando o estabelecimento a curto, médio e longo prazo de linhas de pesquisas inovadoras, básicas e aplicadas, com bactérias fixadoras de nitrogênio obtidas da região oeste do Estado do Paraná, objetivando o incremento agrícola com baixo custo e baixo impacto ambiental, e resultando em benefícios científicos, econômicos, sociais e ambientais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Jean Fausto de Carvalho Paulino - Integrante / Luciana Granje - Coordenador / Alcindo Pastore - Integrante / William França Freitas - Integrante / Walkiria Neiverth - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Paraná - Bolsa.


Projetos de extensão


2013 - 2014
PRODUÇÃO DE VINHOS EM CANTINAS RURAIS
Descrição: Em primeiro momento irão ocorrer encontros para apresentação teórica sobre produção de vinho em cantinas rurais, abordando temas sobre: recebimento da uva, maceração, recipientes de fermentação, fermentação, remontagens, descuba, prensagem, estabilização do vinho, atestos e trasfegas, filtração e engarrafamento; BPF; qualidade de uvas, e análises fisico-químicas para caracterização de materias-primas e vinhos produzidos. Em seguida será produzido vinho em pequena escala conforme itens vistos anteriormente (protocolo) seguindo as BPF. Por final serão realizadas análises fisíco-químicas para caracterização do vinho produzido, o qual deve atender a portaria 229 de 25/10/88 do MAPA ? padrões de identidade de vinhos. As análises: álcool etílico, acidez total, acidez volátil, sulfatos totais, anidrido sulfuroso total, cloretos total, cinzas, relação álcool etílico em peso versus extrato seco reduzido e organolépticas, serão realizadas nos laboratórios de química orgânica e bioquímica da UFPR setor Palotina conforme metodologias do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Metódos físico-químicos para análise de alimentos do Instituto Adolfo Lutz..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Jean Fausto de Carvalho Paulino - Integrante / Dile Pontarolo Stremel - Coordenador.
2011 - 2012
AVALIAÇÃO DE SISTEMAS DE TRATAMENTO DE EFLUENTES LÍQUIDOS EM INDÚSTRIAS DE ALIMENTOS
Descrição: A proposta do trabalho de extensão é contribuir com o aprendizado e capacitar, alunos e profissionais que trabalham em indústrias visando aumentar a eficiência e o aproveitamento dos resíduos. Os alunos fazem visitas periódicas às instalações visando coletar amostras e visualizar as etapas do tratamento, com isto aprendem no local o procedimento atualizado de coleta e preservação e análise de amostras. A contribuição da Universidade vem no sentido de proporcionar alternativas para compreensão de como os sistemas biológicos interagem e atuam em diferentes tratamentos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Jean Fausto de Carvalho Paulino - Integrante / Alcindo Pastore - Integrante / Dile Pontarolo Stremel - Coordenador / Edilene Nascimento de Campos - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Paraná - Cooperação.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Biotecnologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Genética.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Microbiologia.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Bioquímica.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BRIÑEZ, BORIS2017BRIÑEZ, BORIS ; PERSEGUINI, JULIANA MORINI KÜPPER CARDOSO ; ROSA, JULIANA SANTA ; BASSI, DENIS ; GONÇALVES, JOÃO GUILHERME RIBEIRO ; ALMEIDA, CALÉO ; PAULINO, JEAN FAUSTO DE CARVALHO ; BLAIR, MATTHEW WARD ; CHIORATTO, ALISSON FERNANDO ; CARBONELL, SÉRGIO AUGUSTO MORAIS ; VALDISSER, PAULA ARIELLE MENDES RIBEIRO ; VIANELLO, ROSANA PEREIRA ; BENCHIMOL-REIS, LUCIANA LASRY . Mapping QTLs for drought tolerance in a SEA 5 x AND 277 common bean cross with SSRs and SNP markers. GENETICS AND MOLECULAR BIOLOGY, v. 40, p. 813-823, 2017.

2.
PAULINO, J. F. C.;PAULINO, JEAN FAUSTO DE CARVALHO2016PAULINO, J. F. C.; ZEFFA, D. M. ; Krenchinski, F.H. ; Pastore, A. ; ALBRECHT, L. P. . MAIZE PRODUCTIVITY IN SUCCESSION SOYBEAN FERTILIZED WITH POULTRY LITTER COMPOUND. International Journal of Current Research, v. 8, p. 39230-39235, 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Pastore, A. ; PAULINO, J. F. C. ; Krenchinski, F.H. ; FRIGO, M. S. ; Frigo, E.P . PEGADA ECOLÓGICA DE PROPRIEDADE RURAL COM PRODUÇÃO DE AÇÚCAR MASCAVO. In: IV Congresso Internacional de Sustentabilidade, 2011, Foz do Iguaçu. IV Congresso Internacional de Sustentabilidade - Anais (artigos completos). Foz do Iguaçu: UDC, 2011. p. 215-221.

2.
PAULINO, J. F. C.; Krenchinski, F.H. ; Pastore, A. ; STREMEL, D.P . PROPOSTA DE IMPLANTAÇAO DE UNIDADE DE COLETA E PROCESSAMENTO DE EMBALAGENS LONGA VIDA NA CIDADE DE PALOTINA ATENDENDO A REGIAO OESTE PARANAENSE: PROMOVENDO A RECICLAGEM E GERANDO SUSTENTABILIDADE. In: IV Congresso Internacional de Sustentabilidade, 2011, Foz do Iguaçu. IV Congresso Internacional de Sustentabilidade - Anais (artigos completos). Foz do Iguaçu: UDC, 2011. p. 215-221.

3.
Pastore, A. ; PAULINO, J. F. C. ; Krenchinski, F.H. ; FRIGO, M. S. ; Frigo, E.P . DIAGNÓSTICO SÓCIO- AMBIENTAL DE PROPRIEDADE RURAL COM SISTEMA DE PRODUÇÃO INTEGRADO NO MUNICÍPIO DE PALOTINA/PR. In: IV Congresso Internacional de Sustentabilidade, 2011, Foz do Iguaçu. IV Congresso Internacional de Sustentabilidade - Anais (artigos completos). Foz do Iguaçu: UDC, 2011. p. 215-221.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
PAULINO, J. F. C.; GONCALVES-VIDIGAL, M. C. ; LACANALLO, G. F. ; CASTRO, S. A. L. ; MARCON, J. R. S. ; MARTINS, V. S. R. . MOLECULAR CHARACTERIZATION AND MAPPING OF THE ANTHRACNOSE RESISTANCE GENE IN THE ANDEAN COMMON BEAN CULTIVAR PERLA. In: 9º Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas, 2017, Foz do Iguaçu. MOLECULAR CHARACTERIZATION AND MAPPING OF THE ANTHRACNOSE RESISTANCE GENE IN THE ANDEAN COMMON BEAN CULTIVAR PERLA, 2017.

2.
ALMEIDA, C. P. ; SANTOS, I. L. ; PAULINO, J. F. C. ; BONFANTE, G. F. J. ; CHIORATO, A. F. ; GONCALVES, J. G. R. ; BECHIMOL-REIS, L. L. . Desenvolvimento de população de retrocruzamentos pelo método de AB-QTL visando resistência à mancha angular em feijoeiro comum.. In: 12ª edição do Congresso Nacional de Pesquisa de Feijão ? CONAFE, 2017, Piracicaba. DESENVOLVIMENTO DE POPULAÇÃO DE RETROCRUZAMENTOS PELO MÉTODO DE AB-QTL VISANDO RESISTÊNCIA À MANCHA ANGULAR EM FEIJOEIRO COMUM, 2017.

3.
PAULINO, J. F. C.; ALMEIDA, C. P. ; BONFANTE, G. F. J. ; SANTOS, I. L. ; CHIORATO, A. F. ; MAXIMILIANO, M. ; BECHIMOL-REIS, L. L. . SELEÇÃO ASSISTIDA POR MARCADORES MOLECULARES PARA RESISTÊNCIA GENÉTICA AO COLLETOTRICHUM LINDEMUTHIANUM EM FEIJOEIRO COMUM. In: 12ª edição do Congresso Nacional de Pesquisa de Feijão ? CONAFE, 2017, Piracicaba. SELEÇÃO ASSISTIDA POR MARCADORES MOLECULARES PARA RESISTÊNCIA GENÉTICA AO COLLETOTRICHUM LINDEMUTHIANUM EM FEIJOEIRO COMUM, 2017.

4.
ALMEIDA, C. P. ; PAULINO, J. F. C. ; BONFANTE, G. F. J. ; SANTOS, I. L. ; CHIORATO, A. F. ; MAXIMILIANO, M. ; BECHIMOL-REIS, L. L. . SELEÇÃO ASSISTIDA POR MARCADORES MOLECULARES PARA RESISTÊNCIA GENÉTICA À PSEUDOCERCOSPORA GRISEOLA EM FEIJOEIRO COMUM. In: 12ª edição do Congresso Nacional de Pesquisa de Feijão ? CONAFE, 2017, Piracicaba. SELEÇÃO ASSISTIDA POR MARCADORES MOLECULARES PARA RESISTÊNCIA GENÉTICA À PSEUDOCERCOSPORA GRISEOLA EM FEIJOEIRO COMUM, 2017.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Neiverth, W. ; RIEDI, A. B. ; FERREIRA, E. G. C. ; França, W.F. ; PAULINO, J. F. C. ; Grange, L. . ANÁLISE DA DIVERSIDADE GENÉTICA DE BACTÉRIAS ENDOFÍTICAS OBTIDAS DE SOLOS CULTIVADOS DA REGIÃO OESTE DO ESTADO DO PARANÁ UTILIZANDO RFLP-PCR (?RESTRICTION FRAGMENT LENGTH POLIMORPHISM?). In: 8° Genética nas Férias, 2013, Londrina. ANÁLISE DA DIVERSIDADE GENÉTICA DE BACTÉRIAS ENDOFÍTICAS OBTIDAS DE SOLOS CULTIVADOS DA REGIÃO OESTE DO ESTADO DO PARANÁ UTILIZANDO RFLP-PCR (?RESTRICTION FRAGMENT LENGTH POLIMORPHISM?), 2013.

2.
NAVROSKI, D. ; Neiverth, W. ; RIEDI, A. B. ; FERREIRA, E. G. C. ; França, W.F. ; PAULINO, J. F. C. ; Pastore, A. ; SILVA, B. L. ; Grange, L. . TIPAGEM MORFOLÓGICA DE RIZOBACTÉRIAS ENDOFÍTICAS OBTIDAS A PARTIR DE SOLOS CULTIVADOS DA REGIÃO OESTE DO ESTADO DO PARANÁ. In: III ENCONTRO PARANAENSE DE MICROBIOLOGIA, 2012, Londrina. III ENCONTRO PARANAENSE DE MICROBIOLOGIA, 2012.

3.
RIEDI, A. B. ; Neiverth, W. ; FERREIRA, E. G. C. ; França, W.F. ; PAULINO, J. F. C. ; Pastore, A. ; SILVA, B. L. ; Grange, L. . Análise da diversidade genética de bactérias endofíticas de solo cultivado da região Oeste do Estado do Paraná por REP-PCR (Polimorfismo elemento repetitivo). In: 58º Congresso Brasileiro de Genética, 2012, Foz do Iguaçu. Análise da diversidade genética de bactérias endofíticas de solo cultivado da região Oeste do Estado do Paraná por REP-PCR (Polimorfismo elemento repetitivo), 2012.

4.
PAULINO, J. F. C.; Krenchinski, F.H. ; Pastore, A. ; Paula, A.M. . Doses de composto de cama de aviário em parâmetros de crescimento na soja. In: II Reuniao Paranaense de Ciencia do solo, 2011, Curitiba. Resumos II Reuniao Paranaense de Ciencia do Solo. Curitiba: Ufpr, 2011.

5.
França, W.F. ; PAULINO, J. F. C. ; Krenchinski, F.H. ; Pastore, A. ; Paula, A.M. . Parâmetros vegetativos de crescimento da soja cultivada sob doses de cama de aviário compostada. In: II Reuniao Paranaense de Ciencia do solo, 2011, Curitiba. Resumos II Reuniao Paranaense de Ciencia do Solo. Curitiba: Ufpr, 2011. v. 2.

6.
Pastore, A. ; Krenchinski, F.H. ; PAULINO, J. F. C. ; Paula, A.M. . Rendimento de soja cultivada sob doses crescentes de cama de aviário compostada. In: II Reuniao Paranaense de Ciencia do solo, 2011, Curitiba. Resumos II Reuniao Paranaense de Ciencia do Solo. Curitiba: Ufpr, 2011.

7.
França, W.F. ; PAULINO, J. F. C. ; Krenchinski, F.H. ; Pastore, A. ; Paula, A.M. ; Grange, L. . ISOLAMENTO E QUANTIFICAÇÃO DE Pseudomonas ssp. PARA ESTUDOS DE DIVERSIDADE GENÉTICA OBTIDAS DA RESERVA BIOLÓGICA SÃO CAMILO, PALOTINA, PR.. In: 3º Simposio de Biotecnologia na Agroindustria, 2011, Palotina. Anais 3º Simposio de Biotecnologia na Agroindustria, 2011.

8.
Pastore, A. ; Krenchinski, F.H. ; PAULINO, J. F. C. ; França, W.F. ; Paula, A.M. ; Grange, L. . AVALIAÇÃO DE PARÂMETROS PRODUTIVOS DA SOJA (Glycine max) COM CAMA DE AVIÁRIO COMPOSTADA COM MICROGEO E CAMA DE AVIÁRIO IN NATURA. In: 3º Simposio de Biotecnologia na Agroindustria, 2011, Palotina. Anais 3º Simposio de Biotecnologia na Agroindustria, 2011.

9.
Krenchinski, F.H. ; PAULINO, J. F. C. ; Pastore, A. ; França, W.F. ; Grange, L. ; Paula, A.M. . AVALIAÇÃO DE PARÂMETROS VEGETATIVOS DA SOJA (Glycine max) COM CAMA DE AVIÁRIO COMPOSTADA COM MICROGEO E CAMA DE AVIÁRIO IN NATURA. In: 3º Simposio de Biotecnologia na Agroindustria, 2011, Palotina. Anais 3º Simposio de Biotecnologia na Agroindustria, 2011.

10.
PAULINO, J. F. C.; Zago, S. L. ; Krenchinski, F.H. ; Pastore, A. ; França, W.F. ; Paula, A.M. ; Grange, L. . CARACTERIZAÇÃO MORFOLÓGICA DE Pseudomonas ssp. PARA ESTUDOS DE DIVERSIDADE GENÉTICA OBTIDAS DA RESERVA BIOLÓGICA SÃO CAMILO, PALOTINA, PR.. In: 3º Simposio de Biotecnologia na Agroindustria, 2011, Palotina. Anais 3º Simposio de Biotecnologia na Agroindustria, 2011.

11.
Neiverth, W. ; França, W.F. ; Krenchinski, F.H. ; PAULINO, J. F. C. ; Pastore, A. ; Zago, S. L. ; Paula, A.M. ; Grange, L. . OBTENÇÃO DE ISOLADOS ENDOFÍTICOS A PARTIR DE SOLOS DO ESTADO DO PARANÁ SOB DIFERENTES MANEJOS AGRÍCOLAS PARA ESTUDOS DE DIVERSIDADE GENÉTICA. In: 3º Simposio de Biotecnologia na Agroindustria, 2011, Palotina. Anais 3º Simposio de Biotecnologia na Agroindustria, 2011.

Apresentações de Trabalho
1.
PAULINO, J. F. C.. Perspectivas e oportunidades para Biotecnólogos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
PAULINO, J. F. C.; OSTROSKI, D. ; Krenchinski, F.H. ; Pastore, A. . ANÁLISE DA SUSTENTABILIDADE DA CADEIA PRODUTIVA DA SOJA ORGÂNICA PARA OS PRODUTORES DO MUNICÍPIO DE PALOTINA (PR). 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
PAULINO, J. F. C.; Rossi, E. ; Alves, H. J . Influência do Programa de Iniciação à Docência no Desempenho dos Alunos da Disciplina de Química Geral ? Campus Palotina. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
PAULINO, J. F. C.; Krenchinski, F.H. ; Pastore, A. ; FRIGO, M. S. ; Frigo, E.P . DIAGNÓSTICO SÓCIO- AMBIENTAL DE PROPRIEDADE RURAL COM SISTEMA DE PRODUÇÃO INTEGRADO NO MUNICÍPIO DE PALOTINA/PR. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
PAULINO, J. F. C.; Pastore, A. ; Krenchinski, F.H. ; STREMEL, D.P . PROPOSTA DE IMPLANTAÇAO DE UNIDADE DE COLETA E PROCESSAMENTO DE EMBALAGENS LONGA VIDA NA CIDADE DE PALOTINA ATENDENDO A REGIAO OESTE PARANAENSE: PROMOVENDO A RECICLAGEM E GERANDO SUSTENTABILIDADE. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
Campos, E. N ; PAULINO, J. F. C. ; STREMEL, D.P . AVALIAÇÃO DE SISTEMAS DE TRATAMENTO DE EFLUENTES LÍQUIDOS EM INDÚSTRIAS DE ALIMENTOS. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PAULINO, JEAN FAUSTO DE CARVALHO. Participação em banca de GABRIEL FRANCESCO JANINI BONFANTE.OTIMIZAÇÃO METODOLÓGICA PARA AVALIAÇÃO DA SEVERIDADE DA MANCHA ANGULAR EM FEIJOEIRO COMUM (Phaseolus vulgaris L.). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
12º Congresso Nacional de Pesquisa de Feijão CONAFE.. SELEÇÃO ASSISTIDA POR MARCADORES MOLECULARES PARA RESISTÊNCIA GENÉTICA AO COLLETOTRICHUM LINDEMUTHIANUM EM FEIJOEIRO COMUM.. 2017. (Congresso).

2.
9º Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas, 2017. MOLECULAR CHARACTERIZATION AND MAPPING OF THE ANTHRACNOSE RESISTANCE GENE IN THE ANDEAN COMMON BEAN CULTIVAR PERLA.. 2017. (Congresso).

3.
Congresso da Pós-Graduação do instituto Agronômico - COPIA 2017,. 2017. (Congresso).

4.
Nitrogen, Environment and Vegetables. 2013. (Congresso).

5.
50º Congresso da SOBER 2012. ANÁLISE DA SUSTENTABILIDADE DA CADEIA PRODUTIVA DA SOJA ORGÂNICA PARA OS PRODUTORES DO MUNICÍPIO DE PALOTINA (PR). 2012. (Congresso).

6.
3ª GE CAMPUS. 2011. (Seminário).

7.
3º Simposio de Biotecnologia na Agroindustria.CARACTERIZAÇÃO MORFOLÓGICA DE Pseudomonas ssp. PARA ESTUDOS DE DIVERSIDADE GENÉTICA OBTIDAS DA RESERVA BIOLÓGICA SÃO CAMILO, PALOTINA, PR.. 2011. (Simpósio).

8.
III Semana Integrada de Ensino Pesquisa e Extensão - UFPR.Influência do Programa de Iniciação à Docência no Desempenho dos Alunos da Disciplina de Química Geral ? Campus Palotina. 2011. (Encontro).

9.
II Reuniao Paranaense de Ciencia do Solo. AVALIAÇÃO DE PARÂMETROS PRODUTIVOS DA SOJA (Glycine max) COM CAMA DE AVIÁRIO COMPOSTADA COM MICROGEO E CAMA DE AVIÁRIO IN NATURA. 2011. (Congresso).

10.
IV Congresso Internacional de Sustentabilidade. PROPOSTA DE IMPLANTAÇAO DE UNIDADE DE COLETA E PROCESSAMENTO DE EMBALAGENS LONGA VIDA NA CIDADE DE PALOTINA ATENDENDO A REGIAO OESTE PARANAENSE: PROMOVENDO A RECICLAGEM E GERANDO SUSTENTABILIDADE. 2011. (Congresso).

11.
1ª Ciclo de palestras do Grupo de Estudos em Biotecnologia Vegetal (VEGTEC). 2010. (Seminário).

12.
1ª Semana Academica do Curso de Tecnologia em Biotecnologia. 2010. (Encontro).

13.
1ª Ciclo de palestras do Curso de Tecnologia em Biotecnologia. 2009. (Encontro).

14.
6º Encontro Cultivando Agua Boa. 2009. (Encontro).

15.
VI CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROECOLOGIA - II CONGRESSO LATINOAMERICANO DE AGROECOLOGIA. 2009. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PAULINO, J. F. C.. XIII SEMINÁRIO DE MILHO SAFRINHA,. 2015. (Congresso).

2.
Grange, L. ; Paula, A.M. ; Paulert, R. ; Zonetti, P.C. ; PAULINO, J. F. C. ; Pastore, A. ; Zago, S. L. ; França, W.F. ; Krenchinski, F.H. . 3º Simposio de Biotecnologia na Agroindustria. 2011. (Congresso).

3.
PAULINO, J. F. C.; Paulert, R. . Exposição do curso de Biotecnologia na Expo Palotina 2011. 2011. (Exposição).

4.
Paulert, R. ; PAULINO, J. F. C. ; FERNANDES, N. L. M. . 3º UFPR: Cursos e Profissoes. 2011. (Exposição).

5.
PAULINO, J. F. C.. UFPR: Cursos e Profissoes. 2010. (Exposição).

6.
PAULINO, J. F. C.. 2ª Feira de Profissões da UFPR - Campus Palotina. 2010. (Exposição).



Outras informações relevantes


Presidente do Centro Acadêmico do Curso Superior de Tecnologia em Biotecnologia, gestão 2011/2012;
Participação no processo de Reconhecimento do Curso de Biotecnologia junto ao Ministério de Educação (MEC) 2011/2012;
Representante discente das reunioes do Colegiado do Curso Superior de Tecnologia em Biotecnologia 2011/2012;
Empresario Jr com atuação como Diretor de Projetos do Departamento de Biotecnologia & Biocombustiveis, pela Criatec Jr empresa de consultoria e soluções tecnologicas;
Atuação como Diretor Juridico e Financeiro do Grupo de Estudos em Bioprocessos Industriais (GE-BIOIND);



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/01/2019 às 6:30:44