Priscila Zanandrez Martins

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6644025575271433
  • Última atualização do currículo em 21/03/2017


Bacharel em Gestão Pública, Mestre e Doutoranda em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente, é pesquisadora e gestora de projetos do Projeto de Democracia Participativa da Universidade Federal de Minas Gerais. Tem experiência na área de Ciência Política e Gestão Pública, principalmente temas sobre Participação, Conselhos de Políticas, Sociedade Civil, Interfaces socioestatais, organizações da sociedade civil e Sistemas de Participação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Priscila Zanandrez Martins
Nome em citações bibliográficas
ZANANDREZ, P.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.
Universidade Federal de Minas Gerais
Pampulha
31270901 - Belo Horizonte, MG - Brasil
Telefone: (31) 34095004


Formação acadêmica/titulação


2017
Doutorado em andamento em Ciência Política.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Orientador: Leonardo Avritzer.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2014 - 2016
Mestrado em Ciência Política.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Entre Articulação e Sobreposição: Os desafios dos Sistemas Participativos no Brasil,Ano de Obtenção: 2016.
Orientador: Leonardo Avritzer.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Sistemas Participativos; Deliberação; Federalismo.
2009 - 2013
Graduação em Gestão Pública.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Gestão Pública e Sociedade Civil: Conceitos, Reformas e Projetos Políticos.
Orientador: Leonardo Avritzer.




Formação Complementar


2014 - 2014
Grupos Focais. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em As concepções de democracia e sua influência na co. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Planejamento Estratégico Aplicado à Gestão Pública. (Carga horária: 28h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.


Atuação Profissional



Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, SES, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20
Outras informações
Acompanhamento das negociações de indicadores, produtos e metas junto às equipes (Superintendências e Assessorias) da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais; acompanhar as negociações de indicadores junto à SEPLAG; formatar, organizar e consolidar os dados e informações obtidos nas negociações; acompanhar a execução das metas das diferenças equipes; elaborar o modelo de Relatório de Execução e orientar as áreas quanto ao preenchimento do mesmo; acompanhar as reuniões realizar entre SEPLAG, SES e entidades vinculadas.


INSTITUTO DE TECNOLOGIA E DESENVOLVIMENTO DE MINAS GERAIS HERKENHOFF&PRATES, H&P, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 30
Outras informações
Identificação e compreensão dos fundamentos, o público-alvo e os recursos financeiros de políticas públicas das três esferas de governo, direcionadas às áreas de educação, assistência social, segurança pública e saúde; mapeamento das possíveis demandas de instituições públicas ou privadas por serviços da Herkenhoff&Prates; produzir, formatar, organizar e consolidar dados e informações estratégicas sobre cenários e as políticas públicas federais, estaduais e municipais; desenvolver manusear e analisar indicadores de monitoramento e avaliação junto à equipe técnica da empresa; produzir relatórios técnicos, com análise de dados quantitativos e qualitativos com a aplicação de softwares específicos.


Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - DF, IPEA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 30
Outras informações
Programa de Incentivo às Novas Gerações - PROING 2012. Intercâmbio de Estudantes de Graduação.

Atividades

07/2012 - 08/2012
Estágios , Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada, .

Estágio realizado
Realização de pesquisas bibliográficas; participação em reuniões, debate e seminários referentes a temas relevantes á pesquisa cientifica; interação com renomados pesquisadores; conhecimento do processo decisório governamental..

CENTRO MINEIRO DE ALIANÇAS INTERSETORIAIS, CEMAIS, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Estagiária voluntária, Enquadramento Funcional: Estagio voluntário, Carga horária: 20

Atividades

10/2011 - 03/2013
Estágios , CENTRO MINEIRO DE ALIANÇAS INTERSETORIAIS, .

Estágio realizado
Participação e organização de ciclos de fomento do terceiro setor e encontros nacionais. Participação na formulação e elaboração de projetos e diagnósticos do terceiro setor..

Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Pesquisadora Colaboradora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20
Outras informações
Envolvimento em projetos de pesquisas sobre políticas públicas participativas, associativismo, movimentos sociais e demais organizações do terceiro setor. Avaliação e análise de conselhos municipais, dentre outros mecanismos de participação social. Desenvolvimento de atividades de pesquisa em grupo; elaboração de instrumentos de coletas de dados e questionários; coleta de dados; montagem de banco de dados; organização de trabalhos de campo e viagens; elaboração de relatórios.

Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de pesquisa nos projetos "Estado e Sociedade civil: padrões de relacionamento."; "Democracia, desigualdade e políticas públicas no Brasil"; "Democracia Participativa e Movimentos Sociais no Brasil". Coordenação: Prof. Leonardo Avritzer. Agências de Fomento: Fundação Ford; FINEP.

Atividades

03/2017 - Atual
Ensino, Gestão Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Elaboração de projeto de conclusão de curso
6/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

1/2016 - 6/2016
Ensino, Gestão Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Docência na disciplina Elaboração de Projetos. Professor Leonardo Avritzer
08/2015 - 12/2015
Ensino, Gestão Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Docência na disciplina Elaboração de Projetos. Professor Leonardo Avritzer
2/2015 - 6/2015
Ensino, Gestão Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Docência na disciplina Democracia, Representação e Participação. Professor Leonardo Avritzer
01/2014 - 06/2014
Ensino, Gestão Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Gestão Pública em âmbito não estatal
8/2012 - 12/2012
Ensino, Gestão Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Docência na disciplina Gestão Pública no Âmbito do Público não Estatal. Professor Leonardo Avritzer


Linhas de pesquisa


1.
Participação, Sociedade Civil, Interfaces socioestatais


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação
Descrição: O Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação pretende avançar a discussão sobre a democracia brasileira, a sua organização, os hábitos democráticos da população e a organização da mídia no país. O programa do Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação prima pela mobilização e agregação de grupos de pesquisa de quatro instituições principais - UFMG, UERJ, Unicamp e USP - além da participação de pesquisadores da Unb, UFPR, UFPE, UNAMA, IPEA e, internacionalmente, do CES/UC e da UBA. Pesquisadores de reconhecida competência nacional e internacional deverão promover duas atividades no âmbito do Instituto: (1) pesquisas de opinião pública sobre o estado da democracia no Brasil incluindo o legislativo e o judiciário; (2) proposição de aplicação de tecnologias de informação que melhorem a qualidade da democracia no Brasil. O Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação também terá como um dos seus eixos de atuação central a avaliação de como tecnologias de comunicação podem melhorar o desempenho da democracia. Esta parte será realizada em estreita colaboração com o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES/UC).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (1) .
Integrantes: Priscila Zanandrez Martins - Integrante / Leonardo Avritzer - Coordenador / Claudia Feres Farias - Integrante / Rachel Meneguello - Integrante / Magna Maria Inácio - Integrante / Giovanni Allegretti - Integrante / Fabiano Guilherme Mendes Santos - Integrante / Heloísa Maria Murgel Starling - Integrante / Elizabeth Balbachevsky - Integrante / Isidoro Cheresky - Integrante.
2015 - 2016
Apoio A Conferência Nacional De Saúde: Pesquisa E Homepage
Descrição: O Conselho Nacional de Saúde, tendo em vista o processo de organização da 15º Conferência Nacional de Saúde, a ser realizada de 01 a 05 de Dezembro de 2015, demandou ao PRODEP (Projeto Democracia Participativa), Núcleo de pesquisa e extensão da UFMG, duas atividades de apoio à conferência: uma pesquisa com os delegados da conferência aferindo a sua visão do SUS e como eles veem a participação social na área e, por fim, uma ampliação do projeto de homepage já em execução pelo PRODEP..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2015
CONTROLE SOCIAL E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO: CONSTRUINDO UMA REDE DE INCLUSÃO
Descrição: O Ministério da Saúde através da diretoria de participação e da secretaria executiva do conselho nacional de saúde fizeram a demanda ao Prodep de auxiliar nos debates preparatório para a XV Conferência nacional de saúde. A proposta que ora apresentamos contêm dois pontos principais: 1) estabelecimento de um portal que permitirá a realização e a integração das atividades desenvolvidas no âmbito deste projeto; 2) Organização de uma plataforma online no estilo do projeto feito na conferência anterior. Esta plataforma permite a realização de diálogos online entre delegados e outros participantes das conferências. Para a XV conferência nacional de saúde pretendemos realizar dois debates com os futuros delegados. Um primeiro será sobre o regimento e terá como objetivo identificar e realizar um debate preliminar sobre os pontos contenciosos. O segundo será a realização de uma conferência on line para definir os temas prioritários da conferência que serão enviados para a etapa presencial da conferência..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Formulação de uma linguagem pública sobre os quilombos do Brasil
Descrição: O Projeto pretende colaborar para a criação de uma linguagem pública e acessível sobre os quilombos através da análise de 190 Relatórios Antropológicos. O objetivo é editar livretos, de até 20 páginas, que traduzam o conteúdo técnico dos Relatórios para uma linguagem que permita uma melhor compreensão do histórico de ocupação das comunidades, da caracterização dos territórios, dos principais conflitos em questão, das atividades produtivas essenciais e potenciais, dos modos de ser e viver, dos saberes e fazeres, dos principais desafios enfrentados para a sustentabilidade de seus territórios, dentre outros aspectos que se mostrarem nodais para o grupo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Manifestações e Protestos no Brasil
Descrição: A pesquisa se destina a analisar as recentes manifestações e protestos organizados tanto por grupos ligados a direita quanto à esquerda política, no Brasil. O objetivo é construir uma série histórica a partir do perfil dos participantes dessas manifestações em algumas cidades do país, como: Belo Horizonte, São Paulo e Brasília..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Sistema de participação e escala:um estudo da participação a nivel nacional no Brasil
Descrição: O projeto pretende se debruçar nos estudos sobre sistemas participativos e deliberativos, propondo um balanço da participação social no Brasil nas últimas décadas e como esse debate tem se estruturado sob a perspectiva dos sistemas. O projeto possui dois objetivos: O primeiro deles será fazer um amplo levantamento empírico das experiências integradas de participação que estão surgindo no Brasil. Já existem os sistemas estaduais de participação do Rio Grande do Sul (criado por decreto do governador) e o sistema estadual do Distrito Federal. Ao mesmo tempo, começa a ser discutido o sistema de participação do governo federal. Ainda existem discussões sobre a articulação entre o sistema de participação e as conferências nacionais e a gestão dos maiores programas do governo federal. Pretendemos fazer um levantamento de todos estes aspectos dos diferentes sistemas de participação e tentar operacionalizar uma definição de sistema de participação baseada na integração entre formas de participação e níveis federativos dos processos participativos. O segundo objetivo do projeto será realizar uma comparação analítica entre duas literaturas que têm se desenvolvido: a literatura sobre sistemas deliberativos e a literatura sobre sistemas participativos. Parece bastante claro que existem importantes diferenças entre deliberação e participação (Pateman, 2011), mas estas diferenças não estão sistematizadas. Pretendemos apontá-las sistematicamente neste projeto e elaborar um conjunto de trabalhos comparativos sobre o tema..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
The transformation of social participation and its digital implications: the Participedia Project in perspective
Descrição: O projeto terá tem dois objectivos: (i) O primeiro deles é o de reforçar o Projeto Participedia (www.participedia.net)> que é a maior plataforma digital que resume as experiências participativas. Ele responde a esses desafios com uma plataforma de pesquisa baseada na Internet para permitir grande escala de desenvolvimento colaborativo de conhecimento sobre governança participativa e inovação democrática. Com base nesta plataforma, os parceiros Participedia irão desenvolver um conjunto de ferramentas baseadas em evidências de avaliação e reforçar os processos participativos e democráticos das inovações relacionadas, no Canadá e Brasil. (II) O segundo objetivo do projeto é comparar a interação entre participação e representação nos dois países. A experiência participativa do Canadá foi desde o início ligada à política representativa. A idéia era revisar uma lei eleitoral através do desencadeamento de um processo participativo. Experiências participativas brasileiras foram, inicialmente, desconectadas da política representativa, mas com o surgimento de conferências nacionais tornou-se altamente entrelaçada com eles. Neste projeto, iremos comparar os dois aspectos de políticas participativas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Instituições participativas e as interfaces sócio-estatais: análise comparada da inter-relação entre Estado e sociedade nos programas do governo federal
Descrição: O projeto busca elaborar, tomando por base o caso do Brasil, instrumental teórico-analítico acerca da relação entre Estado e sociedade no âmbito do planejamento e desenvolvimento de políticas públicas a partir das transformações pela qual essa relação vem passando nos últimos anos no país. Iniciado décadas atrás, identifica-se neste último processo político-democrático calcado na institucionalização e desenvolvimento de políticas promotoras de controle social e accountability. Este processo tem se baseado, primordialmente, na estruturação das chamadas ?instâncias de controle social?, fóruns públicos desenhados para interação entre Estado e sociedade civil na discussão de políticas e planejamento em áreas diversas, como saúde, educação, dentre outras, tendo por expoentes casos como os Conselhos Gestores de Políticas Públicas e as Conferências Temáticas. Mais recentemente, não obstante, diversos outros fóruns públicos e canais de interlocução Estado-sociedade, como audiências e consultas públicas, mesas de negociação, ouvidorias, dentre outros, têm sido criadas e, principalmente, fortalecidas, no âmbito do planejamento e execução de programas governamentais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2011
Diálogos On-line
Descrição: Projeto utiliza a abordagem online como instrumento de deliberação pública com o objetivo de auxiliar a discussão de temas relevantes para o desenvolvimento de políticas públicas em saúde. O objetivo geral é contribuir para aprofundar as discussões sobre o tema da 14ª Conferência Nacional de Saúde. O projeto consiste em dois Sub-projetos. O primeiro tem por objeto o eixo central da conferência: Acesso e acolhimento com qualidade: um desafio para o SUS e consistirá em deliberação online com conselheiros de saúde de todo o Brasil, escolhidos por uma amostra estratificada. O segundo visa discutir o regulamento da Conferência Nacional de Saúde e será desenvolvido juntamente com os delegados da Conferência..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2010
Repensando os mecanismos participativos de Belo Horizonte
Descrição: O objetivo geral deste projeto é repensar os mecanismos participativos de Belo Horizonte. Os objetivos específicos são: discutir as quatro temáticas à luz das experiências participativas da cidade; mapear os principais atores e espaços de inclusão cidadã; avaliar como estes instrumentos lidam com os problemas da intersetorialidade, representação, capacitação e articulação metropolitana; avaliar como atores governamentais e sociais percebem os problemas relativos aos quatro temas e quais são suas impressões sobre o processo participativo e propor linhas de atuação para o aperfeiçoamento da participação.
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2009 - Atual
A Dinâmica da participação Local no Brasil
Descrição: O projeto A dinâmica da participação local no Brasil tem como tema a participação democrática nos conselhos de políticas criadas no Brasil a partir da Constituição de 1988. Pretende consolidar uma base comparativa sobre instituições participativas no Brasil, a ser utilizada por instituições que financiam políticas públicas que envolvem conselhos de políticas. Também se propõe a desenvolver um índice que possa servir de base para decisões do setor público quanto à implementação de políticas públicas. Para o alcance destes objetivos serão analisados Conselhos de Saúde, de Assistência Social e de Direitos da Criança e do Adolescente de 13 municípios de grande porte, sendo 5 deles do estado de Minas Gerais e os outros oito das demais regiões do país, de modo a permitir comparações entre capitais. Pretende-se, também inovar na criação de uma metodologia de análise para municípios de pequeno porte (até 20.000 habitantes), entre os quais serão estudados conselhos nas mesmas áreas em 12 cidades mineiras.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2015 - 2015
Conferências Estaduais de Direitos Humanos: Coordenação e Mediação
Descrição: Coordenação e Mediação das Conferências Estaduais de Direitos Humanos do Estado de Minas Gerais. Dentre as atividades desenvolvidas estão a consolidação de propostas, coordenação dos grupos de trabalho, da plenária final e produção do documento com a memória completa das conferências estaduais: Pessoa com Deficiência, Pessoa Idosa, Juventude. LGBT, Mulheres e Direitos Humanos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2012 - 2015
Cursos de Especialização em Democracia Participativa, República e Movimentos Sociais
Descrição: O projeto é desenvolvido por meio de um termo de cooperação firmado entre a Secretaria-Geral da Presidência da República e a UFMG, para o desenvolvimento de um curso de Especialização para formar conselheiros de políticas públicas. Os cursos são ofertados na modalidade de EAD (Educação à distância)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2010 - 2012
Cursos de Atualização em Democracia Participativa, República e Movimentos Sociais.
Descrição: Cursos mensais oferecidos na modalidade EAD sobre democracia, participação e movimentos sociais..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Livros publicados/organizados ou edições
1.
ZANANDREZ, P.; SOARES, L. B. (Org.) . Por uma sociedade mais transparente: Participação e Controle Social no Brasil. 1. ed. BELO HORIZONTE: Impressa Universitária, 2015. v. 1. 162p .

Capítulos de livros publicados
1.
ZANANDREZ, P.; SOARES, L. B. . Introdução. In: Priscila Zanandrez Martins; Leonardo Barros Soares. (Org.). Por uma sociedade mais transparente: Participação e Controle Social no Brasil. 1ed.BELO HORIZONTE: Impressa Universitária, 2015, v. 1, p. 11-15.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ZANANDREZ, P.. Os desafios da gestão participativa: O caso do Sistema Nacional de Participação no Brasil contemporâneo. In: XI Congresso Nacional e IV Congresso Internacional sobre Democracia: Entre el malestar y la inovación. Los nuevos retos para la Democracia en America Latina, 2014, Rosario, Argentina. Sociedad civil y Democracia Participativa, 2014. v. 1. p. 495-517.

2.
ZANANDREZ, P.. Sociedade Civil e Gestão Pública: Conceitos, Reformas e Projetos Políticos. In: III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, 2013, Curitiba. Anais III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, 2013.

3.
ZANANDREZ, P.. A Dinâmica da Participação Local no Brasil: Entre as Instituições Participativas e os Mecanismos de Transferências de Recursos. In: VII Latino Americano de Ciência Política, 2013, Bogotá. Caderno de Trabalhos: VII Congresso Latino americano de Ciência Política, 2013.

4.
ZANANDREZ, P.. Impasses e Desafios do Programa Vila Viva em Belo Horizonte: As dificuldades de inclusão social na gestão urbana de vilas e favelas de Belo Horizonte. In: VI Jornada Internacional de Políticas Públicas, 2013, São Luis. Caderno de Trabalhos: VI Jornada Internacional de Políticas Públicas, 2013.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ZANANDREZ, P.. Entre articulação e sobreposição: O Desafio dos Sistemas Participativos no Brasil. In: X Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2016, Belo Horizonte. Participação Política, 2016.

2.
ZANANDREZ, P.. Das instituições participativas aos sistemas de participação: é possível uma articulação?. In: 39º Encontro Anual da Associação de Pós Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais, 2016, Caxumbu. 39º Encontro Anual ANPOCS, 2016.

3.
ZANANDREZ, P.. Between coordination and overlap: The Challenge of Participatory Systems in Brazil. In: 24th World Congress of Political Science, 2016, Poznań, Poland. 24th World Congress of Political Science, 2016.

4.
ZANANDREZ, P.. Sistemas de Deliberação e os Desafio da Gestão Participativa. In: IX Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2014, Braília. Participação Política, 2014.

5.
ZANANDREZ, P.. Gestão Pública e Sociedade Civil: Conceitos, Reformas e Projetos Políticos. In: Encontro Internacional Participação, Democracia e Políticas Públicas: Aproximando agendas e agentes, 2013, Araraquara. Caderno de Resumos: Participação, Democracia, Políticas Públicas. Aproximando Agendas e Agentes, 2013.

Outras produções bibliográficas
1.
ZANANDREZ, P.. A Política Nacional de Participação 2016 (Artigo Publicado em plataforma virtual).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
ZANANDREZ, P.; FERREIRA, M. A. S. ; ASSIS, L. ; MOREIRA, E. S. ; MARONA, M. C. . Apoio à Conferência Nacional de Saúde: Pesquisa e Homepage. 2016.

2.
ZANANDREZ, P.. A Política Nacional de Participação Social. 2016.

3.
ZANANDREZ, P.; MOREIRA, E. S. . Controle Social e Tecnologia da Informação: construindo uma rede de inclusão. 2015.

4.
ZANANDREZ, P.; MOREIRA, E. S. ; MARONA, M. C. . Relatório Final: IV Conferência Estadual de Juventude. 2015.

5.
ZANANDREZ, P.; MARONA, M. C. ; MOREIRA, E. S. . Relatório Final: IV Conferência Estadual de Política para as Mulheres. 2015.

6.
ZANANDREZ, P.; MOREIRA, E. S. ; MARONA, M. C. . Relatório Final: IV Conferência Estadual de Direitos Humanos. 2015.

7.
ZANANDREZ, P.; MOREIRA, E. S. ; MARONA, M. C. . Relatório Final: 3ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais ? LGBT. 2015.

8.
ZANANDREZ, P.; MOREIRA, E. S. ; MARONA, M. C. . Relatório: IV Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa. 2015.

9.
ZANANDREZ, P.; SOARES, L. B. ; MOREIRA, E. S. ; AVRITZER, L. . Programa de Formação de Conselheiros Nacionais: Balanço Geral Edições 2008/2010 e 2012. 2015.


Demais tipos de produção técnica
1.
AVRITZER, L. ; MARTINS, E. C. S. ; ALMEIDA, D. ; MOREIRA, E. S. ; ZANANDREZ, P. ; SILVA, K. J. O . A Dinâmica da participação Local no Brasil. 2013. (Relatório de pesquisa).

2.
MOTA, A. ; CAMBRAIA, A. ; ALMEIDA, D. ; MARTINS, E. C. S. ; PIRES, R. ; RIBEIRO, U. C. ; VALES, D. C. ; SILVA, K. J. O ; ZANANDREZ, P. . Democracia, desigualdade e políticas públicas no Brasil. 2009. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Seminário Participação Social e Controle na Saúde: Percepções sobre a 15º Conferência Nacional de Saúde.Conferências Nacionais e Efetividade:Um estudo a partir da 15º Conferência Nacional de Saúde. 2016. (Seminário).

2.
X Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política.Entre Articulação e sobreposição: os desafios dos sistemas participativos no Brasil. 2016. (Encontro).

3.
X Encontro Nacional da Associação Brasileira de Ciência Polítical. 2016. (Encontro).

4.
IX Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política.Sistemas de Deliberação e os Desafio da Gestão Participativa. 2014. (Encontro).

5.
XI Congreso Nacional y IV Congreso Internacional sobre democracia. Os desafios da gestão participativa: O caso do Sistema Nacional de Participação no Brasil Contemporâneo. 2014. (Congresso).

6.
4° Congresso Internacional Governo, Gestão e Profissionalização em âmbito local frente aos grandes desafios de nosso tempo. A Gestão Participativa no Programa Vila Viva. 2013. (Congresso).

7.
7° Congresso Latino Americano de Ciência Política. A Dinâmica da Participação Local no Brasil: Entre as instituições participativas e os mecanismos de transferências de recursos. 2013. (Congresso).

8.
Encontro Internacional Participação, Democracia e Políticas Públicas.Gestão Pública e Sociedade Civil: Conceitos, Reformas e Projetos Políticos. 2013. (Encontro).

9.
III Fórum Brasileiro de Pós Graduação em Ciência Política. Gestão Pública, Sociedade Civil e Projetos Políticos. 2013. (Congresso).

10.
O novo constitucionalismo democrático latino-americano. 2013. (Seminário).

11.
VI JORNADA INTERNACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS.IMPASSES E DESAFIOS DO PROGRAMA VILA VIVA EM BELO HORIZONTE: As dificuldades de inclusão social na gestão urbana de vilas e favelas de Belo Horizonte.. 2013. (Seminário).

12.
VI Seminário Internacional "A Dinâmica da Participação local no Brasil e na América Latica: Experiências em Diálogo. 2013. (Seminário).

13.
Diálogo Online Participação Política e Controle Social.Moderador do diálogo. 2012. (Outra).

14.
II Workshop Internacional A dinâmica da Participação Local no Brasil.A Dinâmica da participação Local no Brasil: Aspectos Metodológicos. 2012. (Seminário).

15.
Democracia, Instituições e Participação no Brasil. 2011. (Seminário).

16.
Gestão do Legislativo: A experiência da ALMG. 2010. (Outra).

17.
I Workshop/Seminário de pesquisa do Observatório da Justiça Brasileir: Repensando o acesso à Justiça no Brasil a. 2010. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ZANANDREZ, P.. I Seminário Participação Social e Controle na Saúde: Percepções sobre a 15º Conferência Nacional de Saúde. 2016. (Congresso).

2.
ZANANDREZ, P.. X Encontro Nacional da Associação Brasileira de Ciência Política. 2016. (Congresso).

3.
ZANANDREZ, P.. II Cátedra Brasileiro Mexicana Guillermo O'Donnell. 2015. (Congresso).

4.
ZANANDREZ, P.. IX Encontro Nacional da Associação Brasileira de Ciência Política. 2014. (Congresso).

5.
AVRITZER, L. ; MARTINS, E. C. S. ; MOREIRA, E. S. ; ZANANDREZ, P. . VI Seminário Internacional a Dinâmica da Participação Local no Brasil e América Latina: Experiências em Diálogo. 2013. (Congresso).

6.
AVRITZER, L. ; MARTINS, E. C. S. ; SILVA, K. J. O ; ZANANDREZ, P. ; MOREIRA, E. S. ; ALMEIDA, D. . II Workshop Internacional "A Dinâmica da Participação Local no Brasil". 2012. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/10/2018 às 6:33:10