Tailisi Hoppe Trevizani

Bolsista de Pós-doutorado Júnior do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3187730790966048
  • Última atualização do currículo em 26/11/2018


Possui graduação em Oceanografia com habilitação em Pesquisa Oceanográfica pela Universidade Federal do Paraná (2011), mestrado em Oceanografia Química pela Universidade de São Paulo (2014) e doutorado em Ciências - Oceanografia Química pela Universidade de São Paulo (2018). Atualmente é integrante do Laboratório de Química Inorgânica Marinha (LaQIMar -USP), tem experiência nas áreas de Oceanografia Química e Biológica, especialmente na área de avaliação de contaminação por metais e mercúrio em matrizes biológicas, bem como bioacumulação e biomagnificação de tais elementos. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Tailisi Hoppe Trevizani
Nome em citações bibliográficas
TREVIZANI, T. H.;TREVIZANI, TAILISI HOPPE

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Instituto Oceanográfico.
Praça do Oceanográfico
Cidade Universitária
05508120 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30917182
URL da Homepage: http://www.io.usp.br


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2018
Doutorado em Doutorado em Ciências (Oceanografia Química).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Bioacumulação e biomagnificação de metais pesados em teias tróficas de estuários do sul-sudeste do Brasil., Ano de obtenção: 2018.
Orientador: Rubens Cesar Lopes Figueira.
Coorientador: Camila Domit.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: metais pesados; isótopos estáveis de nitrogênio; bioacumulação; biomagnificação; Estuários brasileiros.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica.
2012 - 2014
Mestrado em Mestrado em Ciências (Oceanografia Química).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Bioacumulação de metais pesados e avaliação da biomagnificação na biota da Baía do Almirantado, Ilha Rei George, Antártica.,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Prof. Dr. Rubens Cesar Lopes Figueira.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Antártica; bioacumulação; biomagnificação; biota; metais pesados; isótopos estáveis de nitrogênio.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
2007 - 2011
Graduação em Oceanografia.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Elementos-traço em Cathorops spixii (Pisces, Ariidae) no Complexo Estuarino de Paranaguá..
Orientador: Prof. Dra. Eunice da Costa Machado..
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Geológica.


Formação Complementar


2017 - 2017
Aprender para Ensinar: reflexões sobre a prática docente do ensino superior. (Carga horária: 4h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2016 - 2016
Baleias e Golfinhos. (Carga horária: 15h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2010 - 2010
Avaliando a Poluição por Petróleo no Ambiente Mari. (Carga horária: 6h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2009 - 2009
Intrumentação Analítica aplicada a Oc. Química. (Carga horária: 7h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2008 - 2008
Biol., Ecol. e Conservação de Mamíferos Marinhos. (Carga horária: 6h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2007 - 2007
Ecotoxicologia Aquática. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.


Atuação Profissional



Associação MarBrasil, MarBrasil, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Centro de Estudos do Mar/ Universidade Federal do Paraná, CEM/UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Monitor bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora da disciplina de Química Geral, Carga horária: 204

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Iniciação científica voluntária, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Monitoria- bolsista., Enquadramento Funcional: Monitor da Disc. de Introdução à Oc. Quimica, Carga horária: 60

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Monitor - Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitoria da disciplina Oceanografia Química, Carga horária: 120

Atividades

06/2008 - 12/2011
Estágios , Laboratório de Biogeoquímica Marinha, .

Estágio realizado
Estágio voluntário.

Centro de Estudos do Mar/ Universidade Federal do Paraná., CEM/ UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Monitoria- bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor da Disciplina Oficina de Pesquisa I, Carga horária: 60


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor Bolsista da Disc. de Análise de Dados, Carga horária: 6
Outras informações
Monitor bolsista da disciplina de Análise de dados em Oceanografia II.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Monitor bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor da disciplina de Poluição Marinha, Carga horária: 6



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
As múltiplas faces do carbono orgânico e metais no ecossistema subantártico: variabilidade espaço-temporal, conexões com fatores ambientais e a transferência entre compartimentos (CARBMET)
Descrição: A região da Península Antártica é considerada uma das poucas áreas relativamente preservadas do planeta, constituída de sistemas ecológicos e criosféricos capazes de responder de forma dinâmica a mudanças ambientais ocorridas em escala local e global. Estas características garantem um elevado grau de especificidade quanto aos processos de distribuição de carbono e elementos-traço desde a porção continental, passando pela coluna d?água e suas condicionantes físicas, químicas e biológicas, até os sedimentos de fundo. Neste contexto, a compreensão dos processos biogeoquímicos marinhos polares envolvendo a distribuição e composição da matéria orgânica dissolvida, particulada e sedimentar, e de metais-traço e Fe frente à diferentes escalas temporais (semanas, meses e anos) é de alta prioridade e potencialmente capaz de auxiliar na compreensão de alterações ambientais locais, resultantes não apenas da componente climática, mas também da interferência antropogênica. O estudo das características ambientais locais e como essas vêm sendo alteradas em diferentes escalas de tempo pode fornecer pistas valiosas sobre o comportamento do ambiente subantártico em um cenário futuro. Assim, este projeto pretende contribuir para a elucidação das múltiplas faces do carbono orgânico e de elementos metálicos no sistema subantártico frente às mudanças climáticas globais, à interferência antrópica local e de longa distância e às conexões com fatores ambientais, à variabilidade espaço-temporal destes parâmetros e à transferência de material orgânico e inorgânico entre compartimentos da hidrosfera marinha antártica. Para isso, serão caracterizadas as fontes biogênicas e antrópicas dos componentes orgânicos e inorgânicos em amostras de material particulado em suspensão (MPS), sedimentos superficiais e na fase dissolvida de diferentes regiões da Baía do Almirantado, Ilha Rei George, através da determinação de multiproxy ambientais e contaminantes orgânicos, a fim de relacionar os resultados obtidos às mudanças ambientais no ciclo biogeoquímico do carbono orgânico local em uma determinada escala de tempo. O planejamento amostral e laboratorial irá contemplar a coleta de amostras de MPS e sedimentos superficiais, bem como a instalação de amostradores passivos na Baía do Almirantado para a determinação dos níveis e a distribuição espaço-temporal de contaminantes orgânicos (hidrocarbonetos alifáticos e policíclicos aromáticos), poluentes orgânicos persistentes e emergentes (pesticidas organoclorados, bifenilas policloradas, retardantes de chama, produtos farmacêuticos e de cuidados pessoais), indicadores geoquímicos (COT, NT, PT, d13C, d15N, granulometria), marcadores moleculares da origem da matéria orgânica (n-alcanos, isoprenóides, terpenóides, álcoois e ácidos graxos, esteróis, cetonas de cadeia longa), indicadores químicos do aporte de esgotos (esteróis fecais, LABs); elementos metálicos (Fe, Cd, Co, Cr, Cu, Ni, Pb, Se, V, Zn, entre outros), e; assembléia de foraminíferos planctônicos e bentônicos. Os resultados a serem obtidos devem apresentar relevância ao estado da arte a nível internacional, gerando produtos de qualidade superior a fim de alavancar o Programa Antártico Brasileiro a um nível de protagonismo científico frente as demais comunidades de pesquisa antártica no Cone Sul e de destaque em áreas específicas do conhecimento na comparação às principais potências da pesquisa antártica mundial. O projeto contribuirá para a consolidação de grupos emergentes em geoquímica orgânica (LaGPoM/UFPR) e inorgânica antártica (LabQIM/USP) e nucleação de novos centros promissores de pesquisa polar (UFBA, UFSC, UFS) em diferentes regiões do Brasil, agregando pesquisadores de instituições da região nordeste (UFS e UFBA) e sul (UFSC), onde potenciais pesquisadores antárticos estão iniciando suas pesquisas. A integração das informações geradas nas múltiplas temática.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Tailisi Hoppe Trevizani - Integrante / José Lourenço Friedmann Angeli - Integrante / Rubens Cesar Lopes Figueira - Integrante / César de Castro Martins - Coordenador / Marcia Caruso Bícego - Integrante / RENATA HANAE NAGAI - Integrante / Michel Michaelovitch de Mahiques - Integrante / Tatiane Combi - Integrante / Ana Caroline Cabral - Integrante / Marina Reback Domingues Garcia - Integrante / Ana Lúcia Lindroth Dauner - Integrante / Marco Tadeu Grassi - Integrante / Rafael André Lourenço - Integrante / Marcelo da Rosa Alexandre - Integrante / Ana Cecília R de Albergaria-Barbosa - Integrante / Juliana Leonel - Integrante / Marcelo Renato Lamour - Integrante / Satie Taniguchi - Integrante / Karina Scurupa Machado - Integrante / Marines Maria Wilhelm - Integrante / Erli Schneider Costa - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2017 - Atual
SentiMar: Sentinelas marinhos na avaliação de saúde ecossistêmica em zona prioritária para a conservação da biodiversidade.
Descrição: As regiões costeiras estão sob pressão das atividades humanas que afetam o ecossistema regional e a dinâmica ecológica no Paraná. O aporte constante de poluentes oriundos de indústrias, zonas urbanas, portuárias e agrícolas contribuem com a inserção de elementostraços, os quais afetam a estrutura química do habitat e podem alterar a saúde da fauna local. Tartarugas marinhas e algumas espécies de golfinhos residentes na região, utilizam a área ao longo de todo o ano. A relação com o habitat e as características biológicas das espécies os caracterizam como sentinelas quanto a saúde ambiental local e a exposição a elementos esta associada a alterações fisiológicas, que podem afetar os sistemas reprodutivo, nervoso, imunitário e o comportamento dos animais. Levando em consideração a constante expansão das atividades humanas, este projeto visa a utilização de diferentes análises (contaminação, trófica e de saúde) nos tecidos de espécies marinhas vulneráveis que ocorrem no Paraná, integrando informações dos últimos 10 anos. Os resultados alertam à sociedade quanto a tendências e alterações do ecossistema, evidenciando sobre impactos ambientais nas escalas espacial, temporal e trófica, e trazendo suporte a discussões frente a segurança ambiental, alimentar e de saúde pública coletiva. A adequação dos métodos de análise e a consolidação de um laboratório paranaense de referência possibilitará o monitoramento de rotina dando suporte a tomadores de decisão e fiscalizadores..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .

Integrantes: Tailisi Hoppe Trevizani - Integrante / Camila Domit - Integrante / Liana Rosa - Coordenador / ANA PAULA FREDERICO RODRIGUES LOUREIRO BRACARENSE - Integrante / RENATA HANAE NAGAI - Integrante / SILVIA PEDROSO MELEGARI - Integrante / Isabela Guarnier Domiciano - Integrante / LENIZE JURACZKY - Integrante / LETICIA SENE DE MELO - Integrante / Tawane Yara Nunes - Integrante.
Financiador(es): Fundação O Boticário de Proteção à Natureza - Auxílio financeiro.
2017 - Atual
Panorama histórico e perspectivas futuras frente a ocorrência de estressores químicos presentes no Complexo Estuarino de Paranaguá (EQCEP)
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (6) .

Integrantes: Tailisi Hoppe Trevizani - Integrante / José Lourenço Friedmann Angeli - Integrante / Rubens Cesar Lopes Figueira - Integrante / César de Castro Martins - Integrante / Marcia Caruso Bícego - Integrante / RENATA HANAE NAGAI - Integrante / SILVIA PEDROSO MELEGARI - Integrante / Michel Michaelovitch de Mahiques - Coordenador / William Gerson Matias - Integrante / Maria Eliza Nagel Hassemer - Integrante / François Perreault - Integrante / Denice Schulz Vicentini - Integrante / Tatiane Combi - Integrante / Ana Caroline Cabral - Integrante / Marina Reback Domingues Garcia - Integrante / Ana Lúcia Lindroth Dauner - Integrante / Paulo Alves de Lima Ferreira - Integrante.
2015 - Atual
Poluentes orgânicos persistentes em aves marinhas da Ilha da Trindade e do Arquipélago de São Pedro e São Paulo: influência de fatores ecológicos nos padrões de contaminação e na dispersão de poluentes em regiões oceânicas
Descrição: Ambientes insulares possuem alta importância biológica por apresentarem características peculiares, altas taxas de endemismo e, apesar de representarem apenas 5% da área total terrestre, abrigam aproximadamente 20% da biodiversidade global. Dentre as principais ameaças que atuam sobre esses frágeis ecossistemas, destacam-se as de origem antrópica, como a ocupação humana, introdução de espécies invasoras e poluição por compostos químicos. As aves marinhas são um grupo frequentemente utilizado para o estudo de contaminação oceânica devido às suas posições superiores na cadeia trófica marinha e alta sensibilidade a mudanças ambientais, respondendo rapidamente às alterações no ecossistema. As ilhas oceânicas brasileiras abrigam uma avifauna diversa e abundante, sendo que cinco espécies (Pterodroma arminjoniana, Onychoprion fuscatus, Anous stolidus, Gygis alba e Sula dactylatra) se reproduzem na Ilha da Trindade, e três (Anous stolidus, Anous minutus, Sula leucogaster) no Arquipélago de São Pedro e São Paulo. O objetivo da proposta é avaliar os poluentes orgânicos persistentes (POPs) em aves marinhas da Ilha de Trindade e do Arquipélago de São Pedro e São Paulo e analisar a influência da distribuição espacial e da estrutura trófica das aves na assimilação e distribuição de contaminantes em regiões insulares do Oceano Atlântico. Esta proposta dará continuidade ao projeto aprovado no edital CNPq 39/2012 incorporando novos indicadores ecológicos (isótopos estáveis em compostos específicos e radiotransmissores VHF) para o monitoramento das populações de aves marinhas, bem como para elucidar os padrões de contaminação e as rotas de dispersão de poluentes orgânicos persistentes (POPs) em regiões insulares do Oceano Atlântico..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) .

Integrantes: Tailisi Hoppe Trevizani - Integrante / Rosalinda Carmela Montone - Coordenador / Satie Taniguchi - Integrante / Paula Jorge Baldassin - Integrante / Fernanda Imperatrice Colabuono - Integrante / Maria Virgina Petry - Integrante / Daniela Alves Maia da Silva - Integrante / Uwe Horst Schulz - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - Atual
Determinação de metais e outros elementos de interesse em organismos marinhos
Descrição: Esse projeto tem como objetivo determinar níveis de metais e outros elementos de interesse em organismos marinhos de diferentes partes da costa brasileira e Antártica. Nesse contexto, estão envolvidos trabalhos de desenvolvimento analítico, coleta de amostras de diferentes níveis tróficos e distintos tecidos. O projeto envolve trabalhos e formação de recursos humanos em nível de Graduação e Pós-Graduação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .

Integrantes: Tailisi Hoppe Trevizani - Integrante / Rubens Cesar Lopes Figueira - Coordenador / Carolina Yume Sawamura Theophilo - Integrante / RIBEIRO, ANDREZA PORTELLA - Integrante / Marcela Corrêa Vedolin - Integrante / PETTI, MONICA ANGELICA VARELLA - Integrante.
2009 - 2015
FONTES E DESTINO DE ELEMENTOS TRAÇO E NUTRIENTES NOS SISTEMAS ESTUARINOS DO PARANÁ
Descrição: Nesta etapa pretendemos investigar a deposição a contribuição da deposição atmosférica no pool de elementos traço no Complexo Estuarino de Paranaguá e na Baía de Guaratuba, verificar os níveis destes elementos na biota destes sistemas usando como sentinelas as ostras (Crassostrea spp) e peixes não migradores (Cathorops spixii) e quantificar os fluxos de arsênio e elementos traço da bacia hidrográfica ao oceano adjacente e na interface água-sedimento do eixo Leste-Oeste do sistema. A quantificação dos aportes e fluxos destes materiais no continuum continente-oceano e do grau de penetração no compartimento biótico é de importância capital para o diagnóstico ambiental desses sistemas, para a avaliação do potencial de sustentabilidade das atividades econômicas, e para o monitoramento de possíveis impactos antropogênicos. Assim, o presente estudo pretende preencher uma lacuna de importância fundamental para o conhecimento do status ambiental dos sistemas costeiros do Paraná..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Tailisi Hoppe Trevizani - Integrante / Thais Helena Dias - Integrante / Eunice da Costa Machado - Coordenador / Fabian Sá - Integrante / Marília Lopes da Rocha - Integrante / José Lourenço Friedmann Angeli - Integrante / bernardo de figueiredo leão castello - Integrante / priscila rezende arévalo - Integrante / mônica wallner-kersanash - Integrante / Wellington Cesar Gallice - Integrante / luana mocelin de camargo - Integrante.


Revisor de periódico


2016 - 2016
Periódico: Marine Pollution Bulletin.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Química/Especialidade: Contaminação da biota por elementos-traço..


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
TREVIZANI, TAILISI HOPPE2018 TREVIZANI, TAILISI HOPPE; PETTI, MONICA ANGELICA VARELLA ; RIBEIRO, ANDREZA PORTELLA ; CORBISIER, THAIS NAVAJAS ; FIGUEIRA, RUBENS CESAR LOPES . Heavy metal concentrations in the benthic trophic web of Martel Inlet, Admiralty Bay (King George Island, Antarctica). MARINE POLLUTION BULLETIN, v. 130, p. 198-205, 2018.

2.
TREVIZANI, TAILISI HOPPE2016 TREVIZANI, TAILISI HOPPE; FIGUEIRA, RUBENS CESAR LOPES ; RIBEIRO, ANDREZA PORTELLA ; THEOPHILO, CAROLINA YUME SAWAMURA ; MAJER, ALESSANDRA PEREIRA ; PETTI, MONICA ANGÉLICA VARELLA ; CORBISIER, THAIS NAVAJAS ; MONTONE, ROSALINDA CARMELA . Bioaccumulation of heavy metals in marine organisms and sediments from Admiralty Bay, King George Island, Antarctica. Marine Pollution Bulletin., v. 106, p. 366-371, 2016.

3.
TREVIZANI, TAILISI HOPPE2016TREVIZANI, TAILISI HOPPE; SILVA, CHARLES ROBERTO DE ALMEIDA ; MAJER, ALESSANDRA PEREIRA ; RIBEIRO, ANDREZA PORTELLA ; FERREIRA, PAULO ALVES DE LIMA ; MONTONE, ROSALINDA CARMELA ; FIGUEIRA, RUBENS CESAR LOPES . ARSENIC AND HEAVY METALS IN SOILS FROM COMANDANTE FERRAZ ANTARCTIC STATION (KING GEORGE ISLAND) AFTER FIRE. INCT-APA Annual Activity Report, v. 2014, p. 25-29, 2016.

4.
Angeli, J. L. F.2013 Angeli, J. L. F. ; TREVIZANI, T. H. ; RIBEIRO, A. ; Machado, E. C. ; FIGUEIRA, R. C. L. ; MARKERT, B. ; FRAENZLE, S. ; WUENSCHMANN, S. . Arsenic and other trace elements in two catfish species from Paranaguá Estuarine Complex, Paraná, Brazil. Environmental Monitoring and Assessment (Print), v. 185, p. 8333-8342, 2013.

Capítulos de livros publicados
1.
MONTONE, ROSALINDA CARMELA ; MARTINS, C. C. ; TONELLI, M. H. M. ; TREVIZANI, T. H. ; BICEGO, M. C. ; FIGUEIRA, R. C. L. ; WAINER, I. E. K. C. ; MARCOVECCHIO, J. E. . Globalization of the Antarctic seas: Pollution and Climate Change Perspectives.. In: Andres Hugo Arias; Jorge Eduardo Marcovecchio. (Org.). Marine Pollution and Climate Change. 1ed.: CRC Press, 2017, v. , p. 1-336.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
TREVIZANI, T. H.; RIBEIRO, ANDREZA PORTELLA ; THEOPHILO, CAROLINA YUME SAWAMURA ; MAJER, ALESSANDRA PEREIRA ; PETTI, M. A. V. ; CORBISIER, T. N. ; FIGUEIRA, R. C. L. . BIOMAGNIFICAÇÃO DE METAIS PESADOS NA TEIA TRÓFICA DA BAÍA DO ALMIRANTADO, ILHA REI GEORGE, ANTÁRTICA. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2014, Itajaí. Anais de Resumos CBO 2014, 2014. p. 1742-1743.

2.
TREVIZANI, T. H.; RIBEIRO, ANDREZA PORTELLA ; THEOPHILO, CAROLINA YUME SAWAMURA ; MAJER, ALESSANDRA PEREIRA ; PETTI, M. A. V. ; CORBISIER, T. N. ; FIGUEIRA, R. C. L. . BIOACUMULAÇÃO DE METAIS PESADOS NA BIOTA DA BAÍA DO ALMIRANTADO, ILHA REI GEORGE, ANTÁRTICA. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2014, Itajaí. Anais de Resumos CBO 2014, 2014. p. 1744-1745.

3.
THEOPHILO, CAROLINA YUME SAWAMURA ; RIBEIRO, ANDREZA PORTELLA ; TREVIZANI, T. H. ; MAJER, ALESSANDRA PEREIRA ; MONTONE, ROSALINDA CARMELA ; FIGUEIRA, R. C. L. . ANÁLISE DE METAIS E SEMIMETAIS EM Gecarcinus lagostoma E Grapsus grapsus DA ILHA DA TRINDADE, BRASIL. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2014, Itajaí. Anais de Resumos CBO 2014, 2014. p. 1788-1789.

4.
THEOPHILO, CAROLINA YUME SAWAMURA ; RIBEIRO, ANDREZA PORTELLA ; TREVIZANI, T. H. ; MAJER, ALESSANDRA PEREIRA ; MONTONE, ROSALINDA CARMELA ; FIGUEIRA, R. C. L. . METAIS E SEMIMETAIS EM TECIDOS DE PEIXES COLETADOS NA ILHA DA TRINDADE, BRASIL. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2014. Anais de Resumos CBO 2014, 2014. p. 1790-1791.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
TREVIZANI, T. H.; VEDOLIN, M. C. ; DOMIT, C. ; FIGUEIRA, R. C. L. . Mercury in trophic webs of estuaries in South-Southeastern Brazil.. In: SETAC Europe 28th Annual Meeting, 2018, Roma. SETAC Europe 28th Annual Meeting, 2018. p. 265-265.

2.
VEDOLIN, M. C. ; TREVIZANI, T. H. ; PETTI, M. A. V. ; FIGUEIRA, R. C. L. . First assessment of metal concentration in the crab Goniopsis cruentata (Latreille, 1803) (Decapoda, Grapsidae) from two brazilian mangroves areas with different levels of contamination. In: SETAC Europe 28th Annual Meeting, 2018, Roma. SETAC Europe 28th Annual Meeting, 2018. p. 483-483.

3.
TREVIZANI, T. H.; DOMIT, C. ; FIGUEIRA, R. C. L. . Mercury in fish as a tool to evaluate the degree of anthropization of estuaries in Southeast Brazil.. In: 12th SETAC Latin America Biennial Meeting, 2017, Santos. SETAC Latin America 12th Biennial Meeting ABSTRACT BOOK ?Bridging the Gap between Science and Governance?. Santos, 2017. p. 1-150.

4.
KIM, B. S. M. ; TREVIZANI, T. H. ; Angeli, J. L. F. ; SARTORETTO, J. R. ; FIGUEIRA, R. C. L. . Assessment of Hg and Cd levels at Baixada Santista - Southeastern Brazil. In: 12th SETAC Latin America Biennial Meeting, 2017, Santos. SETAC Latin America 12th Biennial Meeting ABSTRACT BOOK ?Bridging the Gap between Science and Governance?, 2017. p. 1-150.

5.
TREVIZANI, T. H.; FIGUEIRA, R. C. L. . DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL E BIOACUMULAÇÃO DE METAIS PESADOS EM ESTUÁRIOS DO SUL-SUDESTE DO BRASIL.. In: VII Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2016, Salvador. Anais CBO 2016, 2016. p. 819-819.

6.
VEDOLIN, M. C. ; TREVIZANI, T. H. ; PETTI, M. A. V. ; FIGUEIRA, R. C. L. . CONCENTRAÇÃO DE METAIS EM GONIOPSIS CRUENTATA (LATREILLE, 1830) (DECAPODA, GRAPSIDAE). In: VII Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2016, Salvador. Anais CBO 2016, 2016. p. 806-806.

7.
TREVIZANI, T. H.; THEOPHILO, CAROLINA YUME SAWAMURA ; RIBEIRO, ANDREZA PORTELLA ; PETTI, M. A. V. ; CORBISIER, THAIS NAVAJAS ; FIGUEIRA, R. C. L. . Biomagnification of heavy metals in the food web of the Martel Cove, Admiralty Bay, Antarctic.. In: SETAC Latin America 11th Biennial Meeting, 2015, Buenos Aires. Abstract Book SETAC Latin America 11th Biennial Meeting, 2015. p. 75-75.

8.
TREVIZANI, T. H.; Machado, E. C. ; Angeli, J. L. F. ; FIGUEIRA, R. C. L. . ARSÊNIO EM CATHOROPS SPIXII (PISCES, ARIIDAE) NO COMPLEXO ESTUARINO DE PARANAGUÁ, PARANÁ. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012, Rio de Janeiro. Anais CBO 2012, 2012. p. 495-495.

9.
Angeli, J. L. F. ; TREVIZANI, T. H. ; Machado, E. C. ; FIGUEIRA, R. C. L. . DETERMINAÇÃO DE ARSÊNIO E METAIS TRAÇO EM DUAS ESPÉCIES DE BAGRE DO COMPLEXO ESTUARINO DE PARANAGUÁ, PARANÁ, BRASIL. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012, Rio de Janeiro. Anais CBO 2012, 2012. p. 166-166.

10.
TREVIZANI, T. H.; Machado, E. C. ; Angeli, J. L. F. ; FIGUEIRA, R. C. L. . ELEMENTOS-TRAÇO EM Cathorops spixii (PISCES, ARIIDAE) NO COMPLEXO ESTUARINO DE PARANAGUÁ, PARANÁ. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012, Rio de Janeiro. Anais CBO 2012, 2012. p. 344-344.

Apresentações de Trabalho
1.
TREVIZANI, T. H.; DOMIT, C. ; FIGUEIRA, R. C. L. . Dinâmica Trófica do Mercúrio no Complexo Estuarino de Paranaguá, Paraná, Brasil.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
BACH, V. ; ÁVILA, E. ; GRASSI, R. M. ; TREVIZANI, T. H. ; DIAS, T. H. ; MARQUES, J. ; MACUÉRIA, M. ; BERNARDI, J. ; VIGÁRIO, D. ; CHRISTÓFARO, B. ; RIBEIRO, J. ; MARONE, E. . Caracterização dos parâmetros físico estuarinos da Baía de Guaraqueçaba, Paraná, Brasil.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
Machado, E. C. ; Sá, F. ; Rocha, M. L. ; Angeli, J. L. F. ; TREVIZANI, T. H. ; DIAS, T. H. . Fontes e Destinos dos Elementos- traço nos Sistemas Estuarinos do Paraná. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
TREVIZANI, T. H.; QUINTO, A. C. . Estudo traz índice de metais na Antártica brasileira. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
TREVIZANI, T. H.; SARTORETTO, J. R. ; KIM, B. S. M. . O metal como um indicador ambiental. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SETAC Europe 28th Annual Meeting. Mercury in trophic webs of estuaries in South-Southeastern Brazil.. 2018. (Congresso).

2.
12th SETAC Latin America Biennial Meeting. Mercury in fish as a tool to evaluate the degree of anthropization of estuaries in Southeast Brazil.. 2017. (Congresso).

3.
17º Congresso Latino-Americano de Ciências do Mar - COLACMAR. Dinâmica Trófica do Mercúrio no Complexo Estuarino de Paranaguá, Paraná, Brasil.. 2017. (Congresso).

4.
II Workshop de Espectrometria de Massas Inogânica.Mass Spectrometry in the Evaluation of As and Hg Dynamics in benthic invertebrates of Estuaries in South-Southeast Brazil.. 2017. (Outra).

5.
VII Congresso Brasileiro de Oceanografia. Distribuição espacial e bioacumulação de metais pesados em estuários do Sul-Sudeste do Brasil. 2016. (Congresso).

6.
Roadshow Espectroscopia Atômica e Molecular. 2015. (Outra).

7.
SETAC Latin America 11th Biennial Meeting. Biomagnification of heavy metals in the food web of the Martel Cove, Admiralty Bay, Antarctic.. 2015. (Congresso).

8.
Congresso Brasileiro de Oceanografia. 2014. (Congresso).

9.
Congresso Brasileiro de Oceanografia. Biomagnificação de metais pesados na teia trófica da Baía do Almirantado, Ilha Rei George, Antártica.. 2014. (Congresso).

10.
IODP Proposal: Drilling in the Brasilian Equatorial Margin. 2014. (Outra).

11.
Congresso Brasileiro de Oceanografia. Elementos-traço em Cathorops spixii (Pisces, Ariidae) no Complexo Estuarino de Paranaguá, Paraná.. 2012. (Congresso).

12.
Congresso Brasileiro de Oceanografia - CBO. 2012. (Congresso).

13.
I Workshop em Toxicologia. 2012. (Outra).

14.
XXII Semana Nacional de Oceanografia. 2010. (Congresso).

15.
II Semana Acadêmica de Oceanografia.. 2009. (Outra).

16.
II Simpósio sobre o monitoramento costeiro: Cooperação Paraná- Hyogo. 2008. (Simpósio).

17.
XX Semana Nacional de Oceanografia. 2008. (Congresso).

18.
XIX Semana Nacional de Oceanografia. 2007. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CAMARGO, M. ; ALVES, L. C. ; ÁVILA, E. ; BACH, V. ; CAMARGO, M. Z. ; GIACOMINN, M. ; DIAS, T. H. ; GRASSI, R. M. ; MARQUES, J. ; OUGO, G. ; PAIVA, C. ; RAINHO, A. P. ; RIBEIRO, F. ; SATO, C.M. ; SILVA, H. H. ; TREVIZANI, T. H. . II Semana Acadêmica de Oceanografia. 2009. (Congresso).



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
Angeli, J. L. F.2013 Angeli, J. L. F. ; TREVIZANI, T. H. ; RIBEIRO, A. ; Machado, E. C. ; FIGUEIRA, R. C. L. ; MARKERT, B. ; FRAENZLE, S. ; WUENSCHMANN, S. . Arsenic and other trace elements in two catfish species from Paranaguá Estuarine Complex, Paraná, Brazil. Environmental Monitoring and Assessment (Print), v. 185, p. 8333-8342, 2013.

2.
TREVIZANI, TAILISI HOPPE2016 TREVIZANI, TAILISI HOPPE; FIGUEIRA, RUBENS CESAR LOPES ; RIBEIRO, ANDREZA PORTELLA ; THEOPHILO, CAROLINA YUME SAWAMURA ; MAJER, ALESSANDRA PEREIRA ; PETTI, MONICA ANGÉLICA VARELLA ; CORBISIER, THAIS NAVAJAS ; MONTONE, ROSALINDA CARMELA . Bioaccumulation of heavy metals in marine organisms and sediments from Admiralty Bay, King George Island, Antarctica. Marine Pollution Bulletin., v. 106, p. 366-371, 2016.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/02/2019 às 21:10:10