Guilherme Ferreira Trezza Knop

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9399722339966911
  • Última atualização do currículo em 24/04/2017


Possui graduação em Engenharia de Controle e Automação (2008) pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Mestre em Engenharia Elétrica (2011) pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Possui experiência profissional, tendo atuado como Engenheiro de Controle e Automação em uma grande indústria siderúrgica. Atualmente é Professor Assistente Nível I na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) no campus de João Monlevade, onde leciona para o curso de Engenharia Elétrica na área do conhecimento Controle de Processos Eletrônicos e Retroalimentação. Participa da estruturação e consolidação do curso de Engenharia Elétrica na UFOP, como membro do Colegiado do Curso e do Núcleo Docente Estruturante, além de ser responsável técnico pelos laboratórios de Instrumentação, Automação e Controle. Tem interesse nas áreas de Modelagem Matemática de Sistemas Dinâmicos Lineares e Não-Lineares, Identificação de Sistemas, Automação e Controle de Processos Industriais, Avaliação de Desempenho de Malhas de Controle e Sistemas Embarcados. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Guilherme Ferreira Trezza Knop
Nome em citações bibliográficas
KNOP, G. F. T.


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2011
Mestrado em Engenharia Elétrica.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Avaliação de Desempenho Baseada em Variância Mínima de Controladores para Malha de pH,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Fábio Gonçalves Jota.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Avaliação de desempenho; controle pH; Sistema Não-linear; variância mínima.
Grande área: Engenharias
2003 - 2008
Graduação em Engenharia de Controle e Automação.
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
Título: Desenvolvimento de uma Solução Tolerante a Falhas para Aplicações Espaciais.
Orientador: Ricardo de Oliveira Duarte.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, FAPEMIG, Brasil.




Formação Complementar


2008 - 2008
Controle Avançado. (Carga horária: 8h).
ISA Seção Espírito Santo, ISA-ES, Brasil.
2007 - 2007
Controle Regulatório: Sintonia e Aplicações. (Carga horária: 20h).
ISA Seção Espírito Santo, ISA-ES, Brasil.
2005 - 2005
Responsabilidade Social e Produção Conhecimento. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.


Atuação Profissional



Petróleo Brasileiro - Rio de Janeiro - Matriz, PETROBRAS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Engenheiro de Equipamentos Eletrônica, Carga horária: 40


Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Assistente Nível I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Temporário, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Iniciação Científica FAPEMIG, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Bolsista Iniciação Científica CAPES, Carga horária: 20

Atividades

09/2012 - Atual
Direção e administração, Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado de Engenharia da Computação.
05/2012 - Atual
Direção e administração, Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado de Engenharia Elétrica.
11/2011 - Atual
Direção e administração, Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso de Engenharia Elétrica.
08/2011 - Atual
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Modelagem e Análise de Sistemas LIneares
Sistemas de Controle I
07/2012 - 07/2012
Direção e administração, Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas, .

Cargo ou função
Substituto na Chefia do Departamento de Ciências Exatas e Aplicadas (DECEA).
08/2011 - 12/2011
Ensino, Engenharia de Produção, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Automação de Sistemas de Produção
Cálculo I
Física I
04/2011 - 07/2011
Ensino, Engenharia de Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisica I
Calculo I
08/2007 - 07/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Minas, .

Cargo ou função
Representante discente no Colegiado de Engenharia de Controle e Automação.

Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES
Outras informações
Bolsista do Laboratório de Controle de Processos Industriais - LCPI que faz parte do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica


Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, CEFET/MG, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor Especializado
Outras informações
Centro de Formação de Educação Tecnológica de Minas Gerais - CT de Vespasiano Professor do curso técnico de Mecatrônica

Atividades

07/2010 - 12/2010
Ensino,

Disciplinas ministradas
Robótica
Instrumentação
Automação Industrial

Time-Now Engenharia, TIME NOW, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Engenheiro de Automação Júnior, Carga horária: 40
Outras informações
Prestador de serviços para a ArcelorMittal Tubarão, na área da Utilidades, participando do planejamento, desenvolvimento, execução e manutenção nos seguintes projetos de automação nas áreas de Energia, Gases e Água: a) Automação do Sistema de Injeção de Flúor na Água da ETA Potável; b) Digitalização do Sistema de Nitrogênio da FOX (Fábrica de Oxigênio); c) Atualização do Sistema de Automação da FOX (Fábrica de Oxigênio).


ArcelorMittal Tubarão, AMT, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário de férias, Carga horária: 40
Outras informações
Estagiário da área da Utilidades da siderúrgica, onde participei do manutenção e desenvolvimento de programas LADDER no Controlador Lógico Programável do fabricante Rockwell SLC-500 e no Sistema Digital de Controle Distribuído do fabricante Yokogawa CS-3000.


Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora, FSMA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8



Projetos de pesquisa


2009 - 2011
Avaliação de Desempenho de Sistemas de Controle Não-Lineares
Descrição: Esta pesquisa tem por finalidade avaliar o desempenho de um sistema de controle não-linear. São descritos os detalhes operacionais e dinâmicos de uma planta de controle de pH. O ganho desse sistema varia não-linearmente com o ponto de operação,além de ser bem sensível a outros parâmetros como a concentração dos reagentes. Para o diagnóstico dessa malha de controle, utiliza-se um índice que relaciona a variância mínina teórica de um processo com sua variância atual. Denomina-se esse método como Índice de Variância Mínima. A variância mínima de um processo real não é facilmente determinável. Basicamente, é função do tempo morto, que, no sistema de controle de pH, não é constante e depende de algumas condições operacionais. Mesmo assim, define-se um valor único para tempo morto para o malha de pH, analisando criticamente essa escolha. Em seguida, estima-se a variância mínima por três métodos distintos. O primeiro método é definido por (Desborough e Harris, 1992); o segundo baseia-se no erro cometido pela predição; e o terceiro é proposto neste trabalho e refere-se à determinação de uma representação do ruído e estimação do sistema. Os métodos são comparados e submetidos a algumas análises diante das alterações do modelo escolhido, características do estimador e ocorrência de perturbações. Os resultados para cada uma das situações são utilizados para verificar as influências da não-linearidade em cada uma das estimativas. Em seguida, esses valores são empregados para calcular o Índice de Variância Mínima. Compara-se o desempenho de um controlador adaptativo com um controlador de parâmetros fixos em um mesmo ponto de operação. O índice é analisado e enumeram-se algumas considerações a respeito das conclusões obtidas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Guilherme Ferreira Trezza Knop - Coordenador / Fábio Gonçalves Jota - Integrante.
2007 - 2008
Desenvolvimento de uma Solução Tolerante a Falhas para Aplicações Espaciais
Descrição: Esse trabalho consistiu no desenvolvimento de uma solução de baixo custo, empregando técnicas de tolerância a falhas, ao sistema de determinação de atitude destinado à utilização em satélites científicos de pequeno porte, que o grupo de robótica da UFOP projetou para o Programa UNIESPAÇO da Agência Espacial Brasileira ? INPE. Os dispositivos COTS (Commodity-Off-The-Shelf) usados no projeto do protótipo do sistema de determinação atitude são de baixo custo, porém são desprovidos de recursos de detecção e correção de erros, necessários à implementação sistemas tolerantes a falhas. O sistema de controle de atitude estará sujeito à falhas permanentes e temporárias, oriundas do ambiente espacial no qual será colocado em funcionamento durante sua missão. O desafio principal desse projeto consistiu em adaptar as técnicas conhecidas de tolerância a falhas, usando unicamente circuitos COTS, a fim de garantir que o satélite cumpra sua missão livre dos efeitos provocados pelo ambiente espacial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Guilherme Ferreira Trezza Knop - Integrante / Luiz de Siqueira Martins Filho - Integrante / Ricardo de Oliveira Duarte - Coordenador / Alexandre José Ferreira - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.
2006 - 2007
Aplicação de controle PID e adaptativo em um trocador de calor
Descrição: A escolha correta da forma de controle pode resultar em um grande diferencial na qualidade da resposta de um sistema térmico. Desta forma, para o desenvolvimento de um sistema de controle que atenda as especificações de projeto, deve-se analisar detalhadamente todo o sistema, buscando relacionar suas variáveis, obtendo assim, uma modelagem fiel das relações físicas que determinam sua operação. Neste cenário, desenvolve-se o controle num trocador de calor, com fluidos em contracorrente, utilizando-se o Controlador Proporcional Integral Derivativo (PID), e depois, utilizando Rede Neural em conjunto com o PID. Por meio de uma abordagem física modelam-se as trocas térmicas neste trocador de calor. Utilizando-se este modelo matemático como planta, ajustam-se os parâmetros fixos de um controlador PID, e, visando uma abordagem adaptativa, uma rede neural é treinada para determinar os parâmetros do controlador PID para diversos pontos de operação do sistema. Com os resultados de simulação numérica efetua-se uma comparação entre a abordagem utilizando o PID com parâmetros fixos e o PID adaptativo ajustado segundo o treinamento da Rede Neural Artificial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Guilherme Ferreira Trezza Knop - Integrante / Henor Artur de Souza - Coordenador / Ronilson Rocha - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.
2005 - 2006
Avaliação de Desempenho Térmico de Painéis de Fechamento Pré-Fabricados
Descrição: Com o desenvolvimento da construção estruturada em aço, têm sido introduzidos no mercado nacional e no cotidiano da construção civil, novos elementos construtivos utilizando diversos materiais adaptáveis à estrutura metálica, propiciando a substituição da alvenaria tradicional como principal elemento de fechamento nas edificações. A eficiência desses novos elementos, vem sendo questionada por profissionais e usuários das edificações das construções industrializadas, principalmente aquelas estruturadas em aço. Dentre os sistemas complementares em uma edificação estruturada em aço, os sistemas de fechamento pré-fabricados, semi e/ou industrializados, representam uma das inovações de maior peso na obras, já que estes sistemas determinam a configuração geral das construções, apresentando vantagens, tais como: alta eficiência construtiva, redução do tempo de construção e do volume de desperdícios em obra, e as diversas possibilidades arquitetônicas oferecidas. O mercado brasileiro já apresenta diversos tipos de painéis industrializados e para que a escolha dos fechamentos de edificações represente uma solução eficiente, é necessário que se leve em conta tanto detalhes construtivos, como a capacidade de bom desempenho no que diz respeito ao conforto térmico. A solução para se ter conforto térmico num ambiente construído, está na adequação do projeto da envolvente da edificação (parede, coberturas e aberturas). Uma edificação projetada de forma adequada para o clima no qual está inserida torna-se confortável, além de economizar energia. Apresentam-se as características de alguns sistemas de fechamento semi e/ou industrializados e avalia-se o desempenho térmico de alguns ambientes construídos, por meio de uma abordagem numérica e medições in loco. As variáveis mais relevantes na avaliação térmica de um ambiente construído são apresentadas bem como as principais características dos sensores de medição in loco. Os resultados obtidos mostram que a simulação numérica é uma ferr.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Guilherme Ferreira Trezza Knop - Integrante / Henor Artur de Souza - Coordenador / Tulio César Pessoto Alves Siqueira - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos/Especialidade: Controle de Processos Eletrônicos, Retroalimentação.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Engenharia Elétrica / Automação Eletrônica de Processos Elétricos e Industriais.
3.
Grande área: Outros / Área: Robótica, Mecatrônica e Automação.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Alemão
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2008
Bolsa Mérito Acadêmico destinado á premiação dos 5 (cinco) melhores alunos da Engenharia de Controle e Automação, Fundação Gorceix - Escola de Minas - Universidade Federal de Ouro Preto.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
DUARTE, R. O. ; MARTINS FILHO, L. S. ; KNOP, G. F. T. ; PRADO, R. S. . Development issues of a fault-tolerant attitude determination satellite system based on COTS devices. In: 7th Brazilian Conference on Dynamics, Control and Applications, 2008, Presidente Prudente. 7th Brazilian Conference on Dynamics, Control and Applications, 2008.

2.
DUARTE, R. O. ; MARTINS FILHO, L. S. ; KNOP, G. F. T. ; PRADO, R. S. . A Fault-Tolerant Attitude Determination System based on COTS Devices. In: IEEE International On-Line Testing Symposium, 2008, Rhodes. IEEE International On-Line Testing Symposium, 2008.

3.
MARTINS FILHO, L. S. ; DUARTE, R. O. ; PRADO, R. S. ; CASTRO, J. C. V. ; FERREIRA, A. J. ; KNOP, G. F. T. . DESENVOLVIMENTO DE UM DISPOSITIVO DE DETERMINAÇÃO DE ATITUDE PARA SATÉLITES ARTIFICIAIS. In: V CONGRESSO NACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA, 2008, Salvador. V CONGRESSO NACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA, 2008, 2008.

Apresentações de Trabalho
1.
KNOP, G. F. T.; DUARTE, R. O. . Desenvolvimento de uma Solução Tolerante a Falhas para Aplicações Espaciais. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
KNOP, G. F. T.; Souza, H. A. ; ROCHA, Ronilson . Aplicação de controle PID e adaptativo em um trocador de calor. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
KNOP, G. F. T.; Souza, H. A. . Simulação Numérica como Ferramenta para Avaliar Desempenho Térmico de Ambientes Construídos. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Demais tipos de produção técnica
1.
KNOP, G. F. T.; DUARTE, R. O. ; MARTINS FILHO, L. S. ; PRADO, R. S. . Desenvolvimento de uma Solução Tolerante a Falhas para Aplicações Espaciais. 2008. (Relatório de pesquisa).

2.
KNOP, G. F. T.; KIRCHHOFF, H. P. ; YOSHIKAWA, C. H. . Relatório de Estágio ArcelorMittal Tubarão. 2008. (Relatório de Estágio Supervisionado).

3.
KNOP, G. F. T.; Souza, H. A. ; ROCHA, Ronilson . Aplicação de controle PID e adaptativo em um trocador de calor. 2007. (Relatório de pesquisa).

4.
KNOP, G. F. T.; Souza, H. A. . Avaliação de Desempenho Térmico de Painéis de Fechamento Pré-Fabricados. 2006. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ROCHA, L. J. C.; KNOP, G. F. T.; PALMIERI, K. B. P.. Participação em banca de Rodrigo Amaral.Projeto de Implantação de um Sistema de Controle para Silos de Armazenamento de Matéria Prima. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Ouro Preto.

2.
Souza, H. A.; KNOP, G. F. T.; ALVES, L. F. R.. Participação em banca de Rodrigo Gonçalves Rocha.Controle da Temperatura em Ambientes Utilizando Controlador Fuzzy na Abertura de Janelas. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Ouro Preto.

3.
ALVES, L. F. R.; KNOP, G. F. T.; FERREIRA, A. J.. Participação em banca de Igor Augusto Cruz Faria.Desenvolvimento de um Controlador PI Aplicado ao Controle da Intensidade Luminosa. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Ouro Preto.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
KNOP, G. F. T.; BARBOSA, B. H. G.; CAVAZZANA, E.. Concurso PROAD 70/2012 - Professor Assistente Nível I. 2013. Universidade Federal de Ouro Preto.

2.
KNOP, G. F. T.; COELHO, M. C. S.; SANTANA, L. V.. Concurso PROAD 136/2011 - Professor Assistente Nível I. 2012. Universidade Federal de Ouro Preto.

3.
KNOP, G. F. T.; COELHO, M. C. S.; FIRMO, D. L.. Concurso PROAD 136/2011 - Professor Assistente Nível I. 2012. Universidade Federal de Ouro Preto.

4.
KNOP, G. F. T.; AMARAL, M.. Técnico de Laboratório/Controle e Automação. 2011. Universidade Federal de Ouro Preto.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ISA Show Seção Espírito Santo. 2007. (Congresso).

2.
Seminário Técnico Microchip. 2007. (Seminário).

3.
V Semana de Estudos de Engenharia de Controle e Automação. 2006. (Simpósio).

4.
5° Encontro Nacional dos Estudantes de Engenharia de Controle e Autoumação. 2005. (Encontro).

5.
4° Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia de Controle e Automação. 2004. (Encontro).

6.
3° Encontro Nacional dos Estudantes de Engenharia de Controle e Automação. 2003. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
KNOP, G. F. T.. 4° Encontro Nacional dos Estudantes de Engenharia de Controle e Automação. 2005. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/02/2019 às 3:26:00