Silmara Ribeiro Moscatelli

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4016433069227931
  • Última atualização do currículo em 18/05/2017


Possui Mestrado Profissional em Letras (PROFLETRAS) na Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2013-2015). A dissertação trabalhou com temas como Leitura; Conto Literário; Ensino Público; Competência Leitora; Análise do Discurso; Estética da Recepção, além disso, possui especialização em Gestão Educacional pela UNESP (2012). Graduação em LETRAS Português - Espanhol pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Fez projeto de iniciação científica com ênfase em Literaturas Estrangeiras Modernas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Silmara Ribeiro Moscatelli
Nome em citações bibliográficas
RIBEIRO, S. C.


Formação acadêmica/titulação


2013
Mestrado profissional em andamento em PROFLETRAS.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: A SUBVERSÃO DA FORMA NO CONTO ?NO CASTELO QUE SE VAI? (1992), DE MARINA COLASANTI (1937 -)., Ano de Obtenção: .
Orientador: Marco Antônio Domingues Sant?Anna..
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Setores de atividade: Educação.
2014
Especialização em andamento em Curso de ENSINO DE LÍNGUA ESPANHOLA. (Carga Horária: 380h).
Universidade Estácio de Sá, UNESA, Brasil.
2010 - 2012
Especialização em Pós-Graduação em Gestão Educacional. (Carga Horária: 520h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: GESTÃO ESCOLAR: IMPLICAÇÕES SOBRE AS POLÍTICAS PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA.
Orientador: Danielle Aparecida do Nascimento dos Santos..
2006 - 2009
Graduação em Letras.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: As múltiplas vozes em Santa Evita de Tomás Eloy Martínez.
Orientador: ANTONIO ROBERTO ESTEVES.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.




Formação Complementar


2013 - 2014
"Melhor Gestão, Melhor Ensino: Curso 3 ? Aprofundamento de Conteúdos e Meto. (Carga horária: 80h).
Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, EFAP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Estudante de graduação, Enquadramento Funcional: Bolsista-Fapesp, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.


Escola Estadual Anna de Mello Castriani, EE, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 32

Vínculo institucional

2011 - 2015
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de Língua Espanhola, Carga horária: 20


EE Monsenhor Sarrion, EE, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora de Língua Espanhola, Carga horária: 20


EEEI PROFESSORA MARIA LUIZA BASTOS, ESCOLA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: PROFESSORA DE LÍNGUA PORTUGUESA, Carga horária: 40



Projetos de pesquisa


2014 - Atual
A INCLUSÃO DO TEXTO LITERÁRIO NO ENSINO DE LÍNGUA ESPANHOLA NOS LIVROS DIDÁTICOS.
Descrição: Este estudo mostra-se importante a medida que discute o texto literário em língua estrangeria não como pretexto para gramática nem como compreensão leitora, por meio de atividades de ?buscas? de respostas automáticas dentro do texto. A proposta deste trabalho é analisar o material utilizado pelo Centro de Estudos de Línguas para averiguar se o mesmo tem esse olhar para com o texto literário. Sabe-se que hoje, além de ensinar a língua estrangeira para desenvolver as quatro habilidades (ler, escrever, escutar e falar), também deve-se trabalhar a cultura do país e o texto literário é uma das maneira para assegurar essa quinta competência nos alunos. Para que o texto literário seja desenvolvido, Soares aponta que a escola não só deve ater aos objetivos lidos, mas também e, principalmente, à forma como a leitura está sendo provocada/incentivada pelos professores e realizadas pelos alunos. Para Solé (1998), o leitor constrói o sentido do texto quando o compreende a partir de suas próprias experiências, expectativas e conhecimentos prévios, assim: Para ler necessitamos, simultaneamente, manejar com destreza as habilidades de decodificação e aportar ao texto nossos objetivos, ideias e experiências prévias; precisamos nos envolver em um processo de previsão e inferência contínua, que se apoia na informação proporcionada pelo texto e na nossa própria bagagem, e em um processo que permita encontrar evidência ou rejeitar as previsões e inferências antes mencionadas. (SOLÉ, 1998, p. 23) Dessa maneira, é imprescindível apresentar ao aluno todas as formas de leitura e não apenas a leitura escolarizada, com o objetivo de responder questões sobre o conteúdo trabalhado. O discente deve aprender a utilizar a leitura fora da escola e a ter contato com a literatura estrangeira da língua que está aprendendo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2015
A RECEPÇÃO DO GÊNERO CONTO EM ?NO CASTELO QUE SE VAI?, DE MARINA COLASANTI.
Descrição: A presente pesquisa objetiva investigar a subversão do gênero do conto de fadas tradicional na obra No castelo que se vai, de Marina Colasanti, do livro Entre a espada e a Rosa (1992), a fim de explicitar o modo como a autora narra sua história para, através da linguagem, construir seu tema. Além da análise do conto, procedeu-se também a análise de um material de apoio à leitura, elaborado e oferecido pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, em 2012, com o intuito de subsidiar o trabalho dos professores de língua portuguesa, para que estes promovam uma leitura prazerosa e competente. Pretende-se, nessa segunda análise, verificar se o material de apoio em questão contempla, por meio das estratégias de leitura propostas, um estudo da construção linguística do conto e da preparação de um simples leitor para o leitor-modelo, responsável e crítico, capaz de construir o sentido de modo autônomo e de argumentar sua recepção. O procedimento metodológico consta de duas etapas: a primeira corresponde à revisão bibliográfica e ao estudo de pressupostos teóricos sobre a leitura, o texto literário e o papel do leitor no texto literário. Para tanto, a pesquisa se pauta principalmente na teoria do Leitor Modelo, conceito abordado por Umberto Eco (1986) e na Estética da Recepção difundida na década de 1960, por meio das pesquisas de Hans Robert Jauss (1994) e Wolfgang Iser (1996). Na segunda etapa a pesquisa foi feita de forma qualitativa, já que esta permite ao pesquisador ter contato direto e prolongado com a situação que está sendo pesquisada, possibilitando-lhe vivenciar a realidade, fundamentada nos estudos de LÜDKE; ANDRÉ (1986). Para alcançar tal objetivo, foi aplicado um questionário sobre os hábitos de leitura dos alunos, junto com as estratégias de leitura propostas por Bignotto (2012), inspiradas em Isabel Solé (1998). A coleta dos dados se deu por meio de questionários semiestruturados, observações, gravação da leitura do conto e momentos de discussões. Após concluir a investigação pode constatar que a prática pedagógica apoiada no método recepcional foi facilitadora para o ensino de literatura contribuindo significativamente para a atualização do conto, visto que os alunos puderam confirmar e refutar as ideias e opiniões que tinham inicialmente do texto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (20) .
Integrantes: Silmara Ribeiro Moscatelli - Coordenador / RIBEIRO, S. C. - Integrante / Marco Antônio Domingues Sant?Anna. - Integrante.
2010 - 2012
GESTÃO ESCOLAR: IMPLICAÇÕES SOBRE AS POLÍTICAS PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA
Descrição: A presente monografia vincula-se à quarta edição do curso de Pós-Graduação Lato Sensu, de Especialização em Gestão Educacional, promovido pelo departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), campus de Presidente Prudente, da Universidade Estadual Paulista (UNESP). Assim, a pesquisa realizada propõe uma reflexão sobre as questões relativas a gestão escolar para a promoção de um sistema educacional inclusivo. Para isso, utilizamos o método de análise documental e o estudo de caso, desenvolvido em três etapas: na 1ª analisamos as Políticas Públicas de Educação Inclusiva; na 2ª realizamos uma entrevista com três gestoras (1 diretora e 2 coordenadoras pedagógicas) de uma escola municipal localizada no interior de São Paulo; com base na análise realizada na primeira etapa e levando em consideração os apontamentos apresentados pelos entrevistados, 3ª buscamos apontar alguns elementos que podem contribuir e colaborar para a organização administrativa diante da efetivação da Educação Inclusiva. Os resultados apontaram que quando a gestão escolar trabalha de forma participativa e reflexiva, reivindicando os direitos garantidos pela legislação, o processo de inclusão é concretizado. Dessa forma, concluímos que todos os sujeitos da escola têm que mudar sua postura, para juntos, promover uma educação para todos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2010
As múltiplas vozes em Santa Evita de Tomás Eloy Martínez
Descrição: O presente projeto visa a analisar o modo como Tomás Eloy Martínez valeu-se da multiplicação de narradores em seu romance Santa Evita (1995)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literaturas Estrangeiras Modernas.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Ensino de Língua Espanhola.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Ensino de Língua Portuguesa.
4.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Infantojuvenil.
5.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Revisora de textos.
6.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Tradução de textos.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2012
Pós-Graduação em Gestão Educacional, UNESP.


Produções



Produção bibliográfica


Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Colóquio Artur Azevedo. 2009. (Outra).

2.
I Colóquio Bakhtiniano. 2009. (Outra).

3.
II Colóquio Bakhtiniano. 2009. (Outra).

4.
III Simpósio Gêneros Híbridos da Modernidade: Literatura no cinema. 2009. (Simpósio).

5.
I Simpósio de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa. 2009. (Simpósio).

6.
Minicurso "O cobrador"- Encontro do CEDAP. 2009. (Encontro).

7.
V Encontro do CEDAP. 2009. (Encontro).

8.
XXI Congresso de Iniciação Científica da Unesp. As múltiplas vozes em Santa Evita de Tomás Eloy Martínez. 2009. (Congresso).

9.
Mini curso: Um exercício de escalas- A ficção de Clarice Lispector- Seminário "Leituras da Modernidade". 2008. (Seminário).

10.
Seminário: Leituras da Modernidade. 2008. (Seminário).

11.
Seminário Brasileiro de Literatura Cotemporânea- Caio Fernando de Abreu, 60 anos. 2008. (Seminário).

12.
III Colóquio Internacional do CILBELC ? Interminati spazi e sovrumani silenzi: representações do espaço nas visões artísticas.. 2007. (Outra).

13.
Seminário Impasses e Potencialidades da pesquisa científica no mundo contemporâneo.. 2007. (Seminário).

14.
II Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais.. 2006. (Congresso).

15.
II Colóquio Internacional do CILBELC - Formas de Narratividade: Literatura, Teatro e Cinema em Confronto.. 2006. (Outra).

16.
IV Encontro de Educação do Oeste Paulista.. 2006. (Encontro).

17.
Mini-curso ?Definizione, realtà e prospettive dell?ecoturismo. L?esempio Itália?. 2006. (Congresso).

18.
Simpósio Cyro dos Anjos: 100 anos.. 2006. (Simpósio).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Antonio Roberto Esteves. As múltiplas vozes em Santa Evita de Tomás Eloy Martínez. Início: 2009. Iniciação científica (Graduando em Letras) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/12/2018 às 20:04:01