Melissa Dietrich da Rosa

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8841238062664204
  • Última atualização do currículo em 27/02/2018


Possui graduação em Tecnólogo em Polímeros pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense (2007), mestrado em Qualidade Ambiental pela Universidade Feevale(2011) e doutorado em Qualidade Ambiental pela Universidade Feevale (2016). Atualmente é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de Ciências Ambientais, com ênfase em Educação e Gestão da Qualidade Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: tecnologia, sustentabilidade, gestão ambiental, educação ambiental e ferramentas estatísticas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Melissa Dietrich da Rosa
Nome em citações bibliográficas
ROSA, M. D.

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Campus Farroupilha.
Av. São Vicente, 785
Cinquentenário
95180000 - Farroupilha, RS - Brasil
Telefone: (54) 32602400
Ramal: 2406
Fax: (54) 32602400
URL da Homepage: www.farroupilha.ifrs.edu.br


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em Qualidade Ambiental.
Universidade Feevale, FEEVALE, Brasil.
Título: UM MAPA DOS PROCESSOS EDUCATIVOS AMBIENTAIS NOS INSTITUTOS FEDERAIS DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA: UM OLHAR SOBRE O PRIMEIRO QUINQUÊNIO, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: JAIRO LIZANDRO SCHMITT.
Coorientador: MARILIA ANDRADE TORALES CAMPOS.
Palavras-chave: Educação Ambiental; EDUCAÇÃO PROFISSIONAL; INSTITUTOS FEDERAIS.
2009 - 2011
Mestrado em Qualidade Ambiental.
Universidade Feevale, FEEVALE, Brasil.
Título: Processos Educativos para melhoria dos indicadores de qualidade ambiental em um Instituto de ensino tecnológico: o caso do projeto de gestão de resíduos,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Marília Andrade Toralles Campos.
2001 - 2007
Graduação em Tecnólogo em Polímeros.
Instituto Federal Sul-Rio-Grandense, IFSUL, Brasil.
Título: Avaliação de Desempenho de Funcionários Cooperativados: Um estudo de caso.
Orientador: Rafael Zortea.
1997 - 2000
Curso técnico/profissionalizante.
Instituto Federal Sul-Rio-Grandense, IFSUL, Brasil.




Formação Complementar


2011 - 2011
Espanhol Instrumental. (Carga horária: 26h).
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, IFRS, Brasil.
2004 - 2004
Gestão da Qualidade: Os Processos. (Carga horária: 15h).
Nestle Brasil - Matriz, NESTLE, Brasil.
2002 - 2002
Gerenciamento da Qualidade Total. (Carga horária: 48h).
Associação Gaúcha para a Qualidade, AGQ, Brasil.
2002 - 2002
III Semana do Plástico. (Carga horária: 20h).
Universidade Luterana do Brasil, ULBRA, Brasil.
2000 - 2000
Inglês Técnico Módulo II. (Carga horária: 60h).
Instituto Federal Sul-Rio-Grandense, IFSUL, Brasil.
2000 - 2000
Orientação para o Crédito, Brasil Empreendedor. (Carga horária: 16h).
Nestle Brasil - Matriz, NESTLE, Brasil.


Atuação Profissional



Tornisinos Indústria e Comércio de Peças Mecânicaas Ltda., TORNISINOS, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2005
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Encarregado Administrativo, Carga horária: 40


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, IFRS, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Farroupilha, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Engenharia de Controle e Automação.
06/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Farroupilha, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Engenharia Mecânica.
08/2011 - 03/2013
Direção e administração, Campus Farroupilha, .

Cargo ou função
Diretor de Unidade.
03/2011 - 01/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Farroupilha, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Metodologia e Formatação de Trabalhos Institucionais do Campus.
09/2010 - 06/2011
Direção e administração, Campus Farroupilha, .

Cargo ou função
Coordenador de Extensão.
04/2011 - 05/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Farroupilha, .

Cargo ou função
Secretária de Comissão de Sindicância.
07/2010 - 01/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Farroupilha, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Patrimônio.
08/2010 - 10/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Farroupilha, .

Cargo ou função
Presidente Comissão de formulação do Curso Superior em Tecnologia em Processos Gerenciais.

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins, IFTO, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Instituto Federal Sul-Rio-Grandense, IFSUL, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40


Universidade Feevale, FEEVALE, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2016
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Pesquisador


Companhia Municipal de Saneamento de Novo Hamburgo, COMUSA, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2008
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Ass. Adm., Carga horária: 40



Projetos de pesquisa


2016 - 2016
PROCESSOS EDUCATIVOS PARA MELHORIA DOS INDICADORES DE QUALIDADE AMBIENTAL NA REDE FEDERAL DE EDUÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
Descrição: O presente projeto de pesquisa tem por objetivo a compreensão das correlações entre os processos de educação e de gestão ambiental a partir da estrutura interpretativa que adotam estudantes e servidores da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, composta pelos Institutos Federais. Serão utilizados como técnicas de coleta de dados a pesquisa documental, a entrevista semi-estruturada e os questionários. A escolha dos sujeitos seguirá critérios de compreensão da complexidade da estrutura temática e facilidade de acesso aos informantes. A pesquisa buscará analisar a forma pela qual a administração, os professores e os alunos dos Campus escolhidos entendem e percebem os conceitos de gestão e educação ambiental, bem como relacionam estes conceitos entre si. Assim, no bojo das decisões de pesquisa, serão consideradas categorias prévias de análise que serão definidas em função das características do objeto - que é processual, envolve múltiplos sujeitos e se constitui como uma dimensão institucional - dos objetivos de pesquisa em analogia ao referencial teórico que sustenta o debate no campo da Gestão e da Educação Ambiental. A análise e tratamento dos dados é híbrida, levando-se em conta que os dados qualitativos serão efetivados por meio da técnica de Análise de Conteúdo, tomando como base diversos aportes teóricos, dos quais se destaca Minayo (1992), e os quantitativos por meio de uma abordagem estatística. A partir desta análise este projeto poderá identificar as possibilidades de desenvolvimento de um plano de ação para a melhoria dos processos de gestão e educação ambiental da Rede Federal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2016
PROCESSOS EDUCATIVOS PARA MELHORIA DOS INDICADORES DE QUALIDADE AMBIENTAL NA REDE FEDERAL DE EDUÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
Descrição: O presente projeto de pesquisa tem por objetivo a compreensão das correlações entre os processos de educação e de gestão ambiental a partir da estrutura interpretativa que adotam estudantes e servidores da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, composta pelos Institutos Federais. Serão utilizados como técnicas de coleta de dados a pesquisa documental, a entrevista semi-estruturada e os questionários. A escolha dos sujeitos seguirá critérios de compreensão da complexidade da estrutura temática e facilidade de acesso aos informantes. A pesquisa buscará analisar a forma pela qual a administração, os professores e os alunos dos Campus escolhidos entendem e percebem os conceitos de gestão e educação ambiental, bem como relacionam estes conceitos entre si. Assim, no bojo das decisões de pesquisa, serão consideradas categorias prévias de análise que serão definidas em função das características do objeto - que é processual, envolve múltiplos sujeitos e se constitui como uma dimensão institucional - dos objetivos de pesquisa em analogia ao referencial teórico que sustenta o debate no campo da Gestão e da Educação Ambiental. A análise e tratamento dos dados é híbrida, levando-se em conta que os dados qualitativos serão efetivados por meio da técnica de Análise de Conteúdo, tomando como base diversos aportes teóricos, dos quais se destaca Minayo (1992), e os quantitativos por meio de uma abordagem estatística. A partir desta análise este projeto poderá identificar as possibilidades de desenvolvimento de um plano de ação para a melhoria dos processos de gestão e educação ambiental da Rede Federal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2014
PROCESSOS EDUCATIVOS PARA MELHORIA DOS INDICADORES DE QUALIDADE AMBIENTAL NA REDE FEDERAL DE EDUÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
Descrição: O presente projeto de pesquisa tem por objetivo a compreensão das correlações entre os processos de educação e de gestão ambiental a partir da estrutura interpretativa que adotam estudantes e servidores da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, composta pelos Institutos Federais. Serão utilizados como técnicas de coleta de dados a pesquisa documental, a entrevista semi-estruturada e os questionários. A escolha dos sujeitos seguirá critérios de compreensão da complexidade da estrutura temática e facilidade de acesso aos informantes. A pesquisa buscará analisar a forma pela qual a administração, os professores e os alunos dos Campus escolhidos entendem e percebem os conceitos de gestão e educação ambiental, bem como relacionam estes conceitos entre si. Assim, no bojo das decisões de pesquisa, serão consideradas categorias prévias de análise que serão definidas em função das características do objeto - que é processual, envolve múltiplos sujeitos e se constitui como uma dimensão institucional - dos objetivos de pesquisa em analogia ao referencial teórico que sustenta o debate no campo da Gestão e da Educação Ambiental. A análise e tratamento dos dados é híbrida, levando-se em conta que os dados qualitativos serão efetivados por meio da técnica de Análise de Conteúdo, tomando como base diversos aportes teóricos, dos quais se destaca Minayo (1992), e os quantitativos por meio de uma abordagem estatística. A partir desta análise este projeto poderá identificar as possibilidades de desenvolvimento de um plano de ação para a melhoria dos processos de gestão e educação ambiental da Rede Federal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Melissa Dietrich da Rosa - Coordenador.
2009 - 2010
PROCESSOS EDUCATIVOS PARA A GESTÃO DA QUALIDADE AMBIENTAL: UM ESTUDO DE CASO
Descrição: O presente projeto de pesquisa tem por objetivo a compreensão das correlações entre os processos de educação e de gestão ambiental a partir da estrutura interpretativa que adotam os estudantes do curso de Superior Tecnológico em Gestão da Produção Industrial em um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. Serão utilizados como instrumentos de coleta de dados a pesquisa documental, entrevista semi-estruturada e questionários. Na pesquisa documental serão utilizados como principais documentos de pesquisa os dados administrativos do projeto de gestão ambiental da instituição, documentos pedagógicos (Plano Político Pedagógico, Organização Didática, Plano de Desenvolvimento Institucional, Programas das Disciplinas), e demais procedimentos documentados envolvidos nos processos de gestão ambiental e de educação ambiental do Campus. Esta análise permitirá compreender a proposta institucional em relação à temática ambiental, mais especificamente permitirá uma análise das analogias existentes no processo formativo do curso de Gestão da Produção Industrial e o projeto de Qualidade Ambiental desenvolvido na instituição. As entrevistas semi-estruturadas, aplicadas ao coordenador do programa, coordenador de curso, professores e servidores, serão gravadas em equipamento digital e posteriormente transcritas para análise dos dados. A escolha dos sujeitos foi dirigida tendo em vista a busca de se apropriar da forma pela qual a administração, professores e os alunos do Campus entendem e percebem a gestão e a educação ambiental e relacionam estes conceitos entre si, considerando as seguintes categorias pré-estabelecidas: características dos processos educativos ou formativos no contexto institucional; fatores considerados na estruturação do sucesso da educação ambiental; ações de educação ambiental no contexto do projeto de gestão ambiental; fundamentos e princípios que possam ajudar a melhorar a metodologia atual de gestão e educação ambiental no Instituto; fatores consider.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Membro de comitê de assessoramento


2013 - Atual
Agência de fomento: secretaaria de estado da ciencia, inovação e desenvolvimento tecnologico -


Revisor de periódico


2016 - Atual
Periódico: Revista Eletrônica Científica da UERGS
2016 - Atual
Periódico: Projetos em andamento UERGS 2016


Áreas de atuação


1.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais / Subárea: Gestão Qualidade Ambiental.
2.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais / Subárea: Educação Ambiental.
3.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais / Subárea: Polímeros e Colóides.
4.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais / Subárea: Administração da Produção.
5.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais / Subárea: Garantia de Controle de Qualidade.
6.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais / Subárea: Análise de Custos.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2015
Selecionada para o Seminário Les Doctoriales Rio Grande do Sul, Fapergs.
2010
3° Lugar - Concurso Público Professor - IFRS área de polímeros, IFRS.
2009
3° Lugar - Concurso Público Professor - IFTO área de gestão, IFTO.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Santos, V.S.2016Santos, V.S. ; SCHMITT, J. L. ; ROSA, M. D. . A EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO POTENCIAL PARA O GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS ESCOLARES ? O CASO DA EMEF BOA SAÚDE-NOVO HAMBURGO/RS.. Revista Brasileira de Educação Ambiental (Online), v. 11, p. 53-66, 2016.

2.
ROSA, M. D.2012 ROSA, M. D.; MARILIA, . Processos educativos para melhoria dos Indicadores de Qualidade Ambiental em um Instituto de Ensino Tecnológico: o caso do Projeto de Gestão de Resíduos. Boletim Técnico do SENAC, v. 38, p. 65, 2012.

Capítulos de livros publicados
1.
ROSA, M. D.; Santos, V.S. ; SCHMITT, J. L. . APORTES TEÓRICOS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM OLHAR PARA A EDUCAÇÃO PROFISSIONALIZANTE.. In: Adriana Aparecida Ganzer, Daniela Montanari Migliavacca Osorio, Haide Maria Hupffer, Maristela Mercedes Bauer, Luis Henrique Rauber, Natalia Aparecida Soares. (Org.). Educação ambiental e meio ambiente em pauta. 1ed.Novo Hamburgo: Feevale, 2017, v. 1, p. 35-67.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ROSA, M. D.. EDUCAÇÃO E GESTÃO: ATENUANDO RUPTURAS E FORTALECENDO O CAMPO AMBIENTAL. In: VI Congresso Iberoamericano de Educação Ambiental, 2009, San Clemente del Tuyu. CD DE RESÚMENES DE PARTICIPANTES. Buenos Aires: Ministério do Meio Ambiente/Argentina, 2009. v. 1.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BANGENNAM, B. ; ROSA, M. D. ; VILANOVA, D. ; CALABRIA, L. . BLENDAS BIODEGRADÁVEIS PARA FABRICAÇÃO DE EMBALAGENS. In: CBPol, 2013, Florianópolis. CBPol, 2013, 2013.

2.
ROSA, M. D.; TORALES, M. A. . Education & institutional management: softening ruptures to strengthen action, environmental commitment. In: NAAEE 39th Annual Conference, 2010, Buffalo. Environmental Education: building connections-bridging gaps.. In: NAAEE, 2010, BUFFALO. NAAEE, 2010. v. 1.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CALABRIA, L. ; BANGENNAM, B. ; VILANOVA, D. ; ROSA, M. D. . Biodegradable blends based on starch and polycaprolactone for packing manufacturing.. In: XII Brazilian MRS Meeting, 2013. XII Brazilian MRS Meeting, 2013.

2.
TORALES, M. A. ; ROSA, M. D. . Education & institutional management: softening ruptures to strengthen action, environmental commitment.. In: NAAEE 39th Annual Conference, 2010, Buffalo. NAAEE 39th Annual Conference, 2010. v. 1.


Demais tipos de produção técnica
1.
ROSA, M. D.. Palestra: Educação Ambiental. 2011. (Palestra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ROSA, M. D.; João Batista Auad da Silva; Rafael Bispo da Silva. Participação em banca de João Batista Auad da Silva e Rafael Bispo da Silva.Utilização de Ferramentas Estatísticas para Avaliação de Resultados de Ensaios Mecânicos em Blendas de Polipropileno e Polietileno de Alta Densidade. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnólogo em Gestão da Produção Industrial) - Instituto Federal Sul-Rio-Grandense.

2.
ROSA, M. D.; Daniela Stoldoni Lemes; Vinicius Stabel Gil. Participação em banca de Daniela Stoldoni Lemes e Vinicius Stabel Gil.Identificação dos Principais Problemas de Produção Observados em uma Indústria de Transformação de Polímeros da Região do Vale dos Sinos. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnólogo em Gestão da Produção Industrial) - Instituto Federal Sul-Rio-Grandense.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
ROSA, M. D.. Engenharia de Materiais. 2016. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

2.
ROSA, M. D.. Presidente Banca Concurso Professor Substituto - Edital 01/2011. 2011. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

3.
ROSA, M. D.. Presidente Banca Concurso Professor Substituto - Edital 071/2011. 2011. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

Outras participações
1.
ROSA, M. D.. Edital Probex 2017. 2017. Universidade Estadual do Rio Grande do Sul.

2.
ROSA, M. D.. Edital ProPPG 13_2016. 2017. Universidade Estadual do Rio Grande do Sul.

3.
ROSA, M. D.. Edital Siepex/2016. 2016. Universidade Estadual do Rio Grande do Sul.

4.
ROSA, M. D.. PEnsE - 2ª Jornada Científica, Tecnológica e Cultural do IFRS - Campus Farroupilha. 2016. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
AMAZON SOLUTIONS DAY. 2016. (Encontro).

2.
Evento em Comemoração aos 10 anos do Programa de Pós-graduação em Qualidade Ambiental. 2015. (Encontro).

3.
Seminário de Pós-Graduaação - 2015 - INOVAMUNDI.mapeamento dos projetos educativo-ambientais nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia: um olhar sobre o primeiro quinquênio de implantação. 2015. (Seminário).

4.
XXXV Reunião dos Dirigentes das Instituições de Educação Profissional Tecnológica - REDITEC... 2011. (Outra).

5.
VI CONGRESO IBEROAMERICANO DE EDUCACIÓN AMBIENTAL. EDUCAÇÃO E GESTÃO: ATENUANDO RUPTURAS E FORTALECENDO O CAMPO AMBIENTAL. 2009. (Congresso).

6.
1ºEncontro ABPOL Sul / Cefet-RS sobre Reciclagem de Plástico. 2000. (Encontro).

7.
2ºFórum Técnico do Plástico. 2000. (Seminário).

8.
1ºFórum Técnico do Plástico. 1999. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BRAND, F. R. ; GABE, I. J. ; ROSA, M. D. . 1a Feira Tecnológica do Campus Farroupilha. 2011. (Outro).

2.
ROSA, M. D.. 2o Encontro de Estagiários. 2011. (Outro).

3.
ROSA, M. D.. Plastech Brasil. 2011. (Exposição).

4.
ROSA, M. D.. Feira de Ciências e Tecnologia do IFRS - Campus Farroupilha. 2011. (Outro).

5.
ROSA, M. D.. Curso FIC LID e Metrologia. 2010. (Outro).

6.
ROSA, M. D.. 1o Encontro de Estagiários. 2010. (Outro).

7.
ROSA, M. D.; GABE, I. J. ; BRAND, F. R. . 1o Ciclo de Palestras do Campus Farroupilha. 2010. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
Santos, V.S.2016Santos, V.S. ; SCHMITT, J. L. ; ROSA, M. D. . A EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO POTENCIAL PARA O GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS ESCOLARES ? O CASO DA EMEF BOA SAÚDE-NOVO HAMBURGO/RS.. Revista Brasileira de Educação Ambiental (Online), v. 11, p. 53-66, 2016.


Livros e capítulos
1.
ROSA, M. D.; Santos, V.S. ; SCHMITT, J. L. . APORTES TEÓRICOS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM OLHAR PARA A EDUCAÇÃO PROFISSIONALIZANTE.. In: Adriana Aparecida Ganzer, Daniela Montanari Migliavacca Osorio, Haide Maria Hupffer, Maristela Mercedes Bauer, Luis Henrique Rauber, Natalia Aparecida Soares. (Org.). Educação ambiental e meio ambiente em pauta. 1ed.Novo Hamburgo: Feevale, 2017, v. 1, p. 35-67.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/01/2019 às 11:31:07