Bruno Neves Rati de Melo Rocha

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3714702631348175
  • Última atualização do currículo em 17/10/2018


Possui graduação em Letras nas habilitações de Português e Italiano pela UFMG (2009). É Mestre (2011) e Doutor (2016) em Estudos Linguísticos pela Faculdade de Letras da UFMG, tendo recebido bolsa CAPES/REUNI. Realizou doutorado sanduíche na Universidade de Florença (Itália), com bolsa da CAPES. Desenvolve pesquisas na área de Linguística, com ênfase em Pragmática, Prosódia e Linguística de Corpus. É professor efetivo no curso de Letras da UFPA, no campus universitário de Altamira, e vice-coordenador do Laboratório de Linguagens (UFPA, Altamira). É integrante do LEEL (Laboratório de Estudos Empíricos e Experimentais da Linguagem) e do projeto C-ORAL-BRASIL, ambos sediados na UFMG. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Bruno Neves Rati de Melo Rocha
Nome em citações bibliográficas
ROCHA, B. N. R. M.;ROCHA, BRUNO;ROCHA, B.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Pará.
Rua Coronel José Porfírio, 2515
São Sebastião
31270901 - Altamira, PA - Brasil
Telefone: (93) 35151079


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em Pós-Graduação em Estudos Lingüísticos.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
com período sanduíche em Università degli Studi di Firenze (Orientador: Emanuela Cresti).
Título: A forma prosódica da ilocução de Ordem em Português Brasileiro e Italiano: proposta de metodologia baseada em corpus, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Tommaso Raso.
Coorientador: João Antônio de Moraes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: atos de fala; corpora; speech acts; ilocução.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
2010 - 2012
Mestrado em Estudos Lingüísticos.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Características prosódicas do tópico em PE e o uso do pronome lembrete,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Tommaso Raso.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: tópico; pronome lembrete; teoria da língua em ato; speech corpora.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
2004 - 2010
Graduação em Letras - Português e Italiano.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2000 - 2004
Ensino Médio (2º grau).
Instituto Italo-Brasileiro Bicultural Fundaçao Torino, FT, Brasil.




Formação Complementar


2014 - 2014
Phonology, production and perception of stress. (Carga horária: 15h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
2014 - 2014
Introdução à Estatística para Linguistas. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2014 - 2014
Fonética Parte II: Consoantes e Segmentação. (Carga horária: 7h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2014 - 2014
Affective Prosody Measures & Stylisation. (Carga horária: 15h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
2013 - 2013
Fundamentos de Programação em R aplicada a corpora. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2012 - 2012
Anotação semântica na prática (EBRALC 2012). (Carga horária: 6h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2010 - 2010
PALAVRAS - PoS tagging e Constraint Grammar - E. Bick. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2010 - 2010
Using XML for corpus data retrieving - A. Panunzi. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2010 - 2010
A física da fala. (Carga horária: 4h).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
2010 - 2010
Características faciais e análise audiovisual da fala. (Carga horária: 4h).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
2009 - 2009
Tipologia diacrônica: explicação de padrões comuns. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
2009 - 2009
Using R for corpus linguistics - S. Gries. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2008 - 2008
Análise discursivo-prosódica da fala espontânea. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2007 - 2007
Lingua Italiana per Stranieri - C1 - CILTA. (Carga horária: 50h).
Università di Bologna, UNIBO, Itália.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Efetivo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2018 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Letras Dalcídio Jurandir, Campus Universitário de Altamira, .

Cargo ou função
Vice-coordenador do Laboratório de Linguagens da Faculdade de Letras Dalcídio Jurandir.
02/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Letras Dalcídio Jurandir, Campus Universitário de Altamira, .

Cargo ou função
Vice-Poordenador do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso de Letras Língua Portuguesa.
05/2017 - Atual
Ensino, Letras - Português, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Língua Latina
Fundamentos dos Estudos Linguísticos
Psicolinguística
Sociolinguística
Semântica do Português

Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2012 - 2015
Vínculo: Bolsista de pós-graduação, Enquadramento Funcional: Pesquisador de pós-graduação (Doutorado), Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Bolsa de pós-graduação, Enquadramento Funcional: Pesquisador de pós-graduação (Mestrado), Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Bolsa de Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Pesquisador de Iniciação Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor de Italiano (CENEX), Carga horária: 9

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador PID e monitor de italiano, Carga horária: 20

Atividades

02/2016 - 05/2017
Ensino, Antropologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Linguística Antropológica
02/2016 - 05/2017
Ensino, Abi - Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estudos Temáticos de Linguística Teórica e Descritiva: Fala e Escrita
Linguística I (Fonética e Fonologia)
Linguística II (Sintaxe e Semântica)
Teoria da Variação e Mudança Linguística
03/2012 - 12/2015
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Apoio pedagógico de Linguística I (Fonética, Fonologia)
Gramática Tradicional
Linguística I (Fonética, Fonologia)
Linguística II (Sintaxe, Semântica)
08/2006 - 12/2008
Extensão universitária , Faculdade de Letras, .

Atividade de extensão realizada
Professor do curso de Italiano do nível básico.

Associação Ponte entre Culturas - MG, PEC-MG, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Autônomo, Enquadramento Funcional: Intérprete e tradutor de Italiano, Carga horária: 30
Outras informações
Atuou no Festival Palco Itália, realizado em junho de 2008, como: - intérprete e mediador cultural do evento; - tradutor do curso de iluminação para espetáculos de dança, de Sergio Rissone; - intérprete em entrevista do grupo Jashgawronsky para a Rede Minas de Televisão.

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Autônomo, Enquadramento Funcional: Intérprete de italiano, Carga horária: 32
Outras informações
Atuação como intérprete e mediador cultural para italianos presentes no II Fórum da Cooperação Descentralizada Itália-Brasil, no período de 25 a 28 de julho de 2006, em Belo Horizonte.


Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte, BHTRANS, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Operador do projeto Leitura para Todos, Carga horária: 30
Outras informações
Atuou no projeto Leitura para Todos, do grupo de pesquisa A Tela e o Texto, da Faculdade de Letras da UFMG.



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
ENSINO MÉDIO: Questões estruturais, teóricas e metodológicas face ao impacto sociocultural da Hidrelétrica Belo Monte (UHE - Belo Monte)
Descrição: O projeto de pesquisa intitulado ?Ensino médio: questões estruturais, teóricas e metodológicas face ao impacto sociocultural da hidrelétrica Belo Monte? compõe, no âmbito do subprojeto Educação, a rede integrada de instituições de pesquisa da região Xingu/Tapajós (Interpará III), que tem como tema prioritário norteador a denominação Dinâmicas territoriais, ações coletivas e desenvolvimento sustentável. O objetivo é mapear, analisar e problematizar os fundamentos estruturais, teóricos e metodológicos do ensino médio da microrregião delimitada, a saber a área dos cinco municípios afetados diretamente (Altamira, Brasil Novo, Anapu, Senador José Porfírio, Vitória) em face das grandes áreas curriculares da Educação Básica, a saber: Códigos, linguagens e suas tecnologias, Ciências da natureza e suas tecnologias, Ciências humanas e suas tecnologias. Na circunscrição delimitada, pauta-se pelo propósito de ?diagnóstico e busca de soluções para os problemas das regiões?, conforme promove o edital. Reúne-se em torno da proposta um grupo de pesquisadores de diversas áreas do conhecimento ligados à educação (UFPA, UEPA e IFPA) e de instituições mantenedoras de cursos de licenciatura, como Biologia e Ciências Naturais, Geografia, Letras, Educação do Campo e Pedagogia. Para tanto, o empenho do grupo de pesquisadores centrará em um conjunto de ações, no esforço de produzir, organizar e discutir dados quantitativos e qualitativos (gráficos, tabelas, discussões, debates e outros) relativos ao recorte proposto, assim como, fomentar e realizar discussões deduzidas e acerca das problemáticas encontradas. O resultado do processo será organizado em materiais bibliográficos e audiovisuais. Palavras-chave: Educação. Ensino Médio. Pressupostos Epistêmicos. Documentos Oficiais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Compilação do Corpus Oral de Porto de Moz e estudo da estrutura informacional da fala espontânea
Descrição: Esse projeto visa (a) criar um corpus de fala espontânea informal do português do município de Porto de Moz, o Corpus Falado de Porto de Moz e (b) estudar a estrutura da fala espontânea de Porto de Moz com base nos dados do corpus. O COFAMOZ será elaborado a partir da arquitetura proposta pelo C-ORAL-ROM (MONEGLIA, 2005) - que documenta o Italiano, o Português Europeu, o Francês e o Espanhol -, também adotada pelo C-ORAL-BRASIL (RASO; MELLO, 2012). Em seu conjunto, os corpora C-ORAL (seja os de línguas europeias, seja o brasileiro) são planejados para fornecer uma ampla representação da fala espontânea de uma comunidade linguística, com ênfase na variação diafásica (variação de situações comunicativas), por meio de gravações de alta qualidade acústica. Como resultado, constituem uma importante base de dados para estudos de diferentes níveis descritivos da linguagem. Em função de compartilharem a mesma arquitetura, os corpora C-ORAL são inteiramente comparáveis. O estudo piloto da estrutura informacional da fala espontânea de Porto de Moz irá quantificar (a) palavras por enunciado, (b) enunciados por turno dialógico, (c) enunciados simples e complexos, (d) tipos de unidades informacionais, (e) padrões informacionais de enunciados complexos, (f) variabilidade ilocucionária, (g) padrões atitudinais, (h) variabilidade de vocabulário por faixa de escolarização, (i) complexidade sintática dos enunciados. Também será feita uma comparação com dados da seção informal do corpus C-ORAL-BRASIL (RASO; MELLO, 2012), analisada por Raso e Mittmann (2012) e com dados da fala de italianos, da seção informal do corpus C-ORAL-ROM italiano (CRESTI; MONEGLIA, 2005)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Bruno Neves Rati de Melo Rocha - Coordenador / Tommaso Raso - Integrante / Giulia Bossaglia - Integrante / Lucia de Almeida Ferrari - Integrante.Número de orientações: 2
2017 - Atual
Compilação de corpus oral e estudo da fala de pacientes brasileiros com Esquizofrenia - COFAESQ
Descrição: O projeto pretende (a) compilar um corpus oral de pacientes brasileiros com Esquizofrenia (COFAESQ) e (b) realizar estudos sobre a estrutura informacional da fala dos pacientes a partir do corpus. O COFAESQ documentará 10 interações reais entre médicos e pacientes com Esquizofrenia, ocorridas no Instituto Raul Soares, em Belo Horizonte, durante sessões de diagnose e acompanhamento médico. Os textos oriundos do COFAESQ destinam-se a compor o C-ORAL-ESQ, um projeto guarda-chuva que formará um grande banco de dados sobre a fala de pacientes com Esquizofrenia, fruto de uma cooperação já em curso entre a UFMG, o Hospital Raul Soares (IRS/FHEMIG), a Università di Napoli Federico II (Nápoles, Itália) e a UFPA. O C-ORAL-ESQ possuirá 40 interações entre médico e paciente, sendo 10 delas oriundas do COFAESQ. Os textos do corpus serão transcritos, segmentados e alinhados segundo os mesmos critérios usados para o C-ORAL-ROM e o C-ORAL-BRASIL, possibilitando a realização de estudos que comparem a fala de pacientes com Esquizofrenia à fala de indivíduos não patológicos. Adicionalmente, destacamos que o C-ORAL-ESQ e, por conseguinte, o COFAESQ, serão o braço brasileiro do projeto Speech pathology and cognitive studies, coordenado por Francesca Dovetto (Universidade de Nápoles Federico II). O projeto tem como objetivo constituir um corpus multilíngue de fala patológica e conta com o já publicado CIPPS (DOVETTO; GEMELLI, 2012), de pacientes italianos com Esquizofrenia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Análises de corpora de fala espontânea: a segmentação, consequências linguísticas e verificabilidade computacional
Descrição: O projeto prevê os seguintes objetivos, a serem alcançados através da colaboração de diversas equipes nacionais e internacionais: 1. completar o corpus C-ORAL-BRASIL II (formal em contexto natural, mídia e telefone); 2. investigar os correlatos acústicos das quebras entonacionais, responsáveis pela percepção de fronteira de enunciado e de sua estruturação interna. 3. continuar o estudo sobre a relação entre ilocução e atitude; 4. continuar os estudos sobre a estruturação informacional e a interface entre sintaxe e informação. Os pontos 1, 3 e 4 constituem avanços em temas de pesquisa que já deram excelentes resultados e abriram novas questões de pesquisa. O ponto 2 constitui um tema novo, que, depois de ter sido longamente preparado, chegou a um estágio adequado para ser enfrentado com uma metodologia promissora. Os resultados podem ter impactos fundamentais para a disciplina. Um problema de base da disciplina é: qual deve ser considerada a unidade de referência da fala, e com base em quais parâmetros a identificamos? A identificação da unidade de referência é fundamental para estabelecer o domínio dos principais fenômenos linguísticos. A nossa hipótese de trabalho sempre foi que ela poderia ser definida com base na percepção de quebras prosódicas que veiculam o valor de fronteira terminal (além de quebras com valores não terminais que estruturam internamente o enunciado). Os resultados excelentes dos testes estatísticos Kappa sobre a segmentação de nossos corpora confirmam a validade da hipótese. O objetivo agora é investigar os parâmetros acústicos que veiculam a percepção. Finalmente podemos enfrentar esse desafio unindo o material acumulado em 8 anos de compilação de corpora com as competências fonéticas e computacionais do grupo guiado por P. Barbosa, colaborador nesse projeto, capazes de treinar um software que receba como input os nossos dados e restitua como output as configurações acústicas das posições marcadas como quebra pelos humanos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Bruno Neves Rati de Melo Rocha - Integrante / Heliana Ribeiro de Mello - Integrante / Tommaso Raso - Coordenador / Maryualê Malvessi Mittmann - Integrante / Giulia Bossaglia - Integrante / Emanuela Cresti - Integrante / Massimo Moneglia - Integrante / Alessandro Panunzi - Integrante / Lucia de Almeida Ferrari - Integrante / Plínio Almeida Barbosa - Integrante / Adriana Couto Ramos - Integrante / Lorenzo Gregori - Integrante / Crysttian Arantes Paixão - Integrante / Frederico Amorim - Integrante / Luis Felipe Lima e Silva - Integrante / Crysna Bomjardim - Integrante / Bárbara Teixeira - Integrante / Robson Rodrigues - Integrante / Bárbara Santos - Integrante / Bárbara Figueiredo - Integrante / Evellyn Soares - Integrante / Victor Corrêa - Integrante / Lívia Winkler - Integrante / Ana Flávia Masseo - Integrante / Marcelo Vieira - Integrante / Cassiano Silva - Integrante.
2013 - Atual
Análises fonéticas de aspetos da fala espontânea documentada através de corpora
Descrição: O projeto reúne um grande número de pesquisadores de diferentes sedes, coordenadas pela UFMG, e se insere dentro de um grande projeto (C-ORAL-BRASIL) ativo e extremamente produtivo desde 2007. Nesse sub-projeto os objetivos principais são: a) utilizar o corpus C-ORAL-BRASIL informal (Raso; Mello, 2012) e C-ORAL-ROM (Cresti; Moneglia, 2005) para (i) estudar os aspectos fonéticos das unidades dialógicas; (ii) estudar os aspectos semântico-cognitivos das diferentes formas da unidade informacional de tópico; (iii) começar o estudo dos aspectos fonéticos e pragmáticos das ilocuções em fala espontânea; (iv) aprofundar o estudo do ritmo da fala espontânea em PB e italiano; b) terminar duas das três partes das quais se compõe o C-ORAL-BRASIL formal (contexto natural e gravações telefônicas); c) tornar comparáveis com os corpora C-ORAL, quanto a 12 textos para cada corpus, dois corpora de fala espontânea do inglês americano e do inglês britânico. Além disso, é prevista a conclusão de uma infa-estrutura que permita a fruição online do corpus C-ORAL-BRASIL e a sua análise nos diferentes níveis cruzados: sócio-linguístico, ilocucionário, informacional e léxico-morfossintático. Por fim, a participação de um estatístico ao projeto permite a validação dos diferentes estudos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Bruno Neves Rati de Melo Rocha - Integrante / Heliana Ribeiro de Mello - Integrante / Tommaso Raso - Coordenador / Maryualê Malvessi Mittmann - Integrante / Emanuela Cresti - Integrante / Massimo Moneglia - Integrante / Alessandro Panunzi - Integrante / Lucia de Almeida Ferrari - Integrante / Plínio Almeida Barbosa - Integrante / Lorenzo Gregori - Integrante / Crysttian Arantes Paixão - Integrante / Frederico Amorim - Integrante / Luis Felipe Lima e Silva - Integrante / Crysna Bomjardim - Integrante / Priscila Osório Côrtes - Integrante / César Augusto da Conceição Reis - Integrante / João Antônio de Moraes - Integrante / Diego Furtado de Souza - Integrante / Mateus Emerson de Souza Miranda - Integrante / Jéssica Tomaz Perugini - Integrante / Diego Moraes Malachias Silva Santos - Integrante / Andew Williams - Integrante / Gloria Gagliardi - Integrante / Luma da Silva Miranda - Integrante / Manuella Carnaval - Integrante / Alexandre Braga Badauê Coelho - Integrante / Izabella Rosa Malta - Integrante / Stefânia Aparecida de Lima Silva - Integrante.
Número de produções C, T & A: 15 / Número de orientações: 1
2011 - 2013
Análise fonético-funcional de unidades informacionais e ilocucionárias. Estudo corpus based do Português do Brasil comparado com outras línguas românicas
Descrição: Conclusão do corpus C-ORAL-BRASIL e continuação dos estudos fonéticos, informacionais e linguísticos. Financiado pelo CNPq..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Bruno Neves Rati de Melo Rocha - Integrante / Heliana Ribeiro de Mello - Integrante / Tommaso Raso - Coordenador / Heloísa Pereira Vale - Integrante / Maryualê Malvessi Mittmann - Integrante / Emanuela Cresti - Integrante / Massimo Moneglia - Integrante / Alessandro Panunzi - Integrante / Adriellen Marcela Maciel Arruda - Integrante / Raíssa Vitória Oliveira Caetano - Integrante / Luis Filipe Lima e Silva - Integrante / Cássia Jacqueline Fernandes Oliveira - Integrante / Eckhard Bick - Integrante / Lucia de Almeida Ferrari - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2011 - 2013
Análise fonético-informacional das unidades de tópico e dos padrões ilocucionários complexos. Estudo corpus based de Português do Brasil e Português Europeu
Descrição: O projeto (que é parte do grande projeto C-ORAL-BRASIL) se divide em duas partes: 1. realizar alguns estudos a partir do corpus C-ORAL-BRASIL informal em comparação com PE e italiano representados nos corpora comparáveis C-ORAL-ROM (Cresti-Moneglia 2005); 2. implentar os corpora realizando parte (1/3) do corpus C-ORAL-BRASIL formal, etiquetando um minicorpus de PE e implementando o trabalho metodológico sobre as técnicas de construção dos corpora de fala. Os estudos a serem realizados são de natureza fonético-informacional, com base na Teoria da Língua em Ato. Serão analisadas as características prosódicas, morfossintáticas e informacionais de um grupo de unidades informacionais do PB em comparação com PE e italiano: a) Serão estudadas as características prosódicas e informacionais das unidades de tópico em PB e PE, comparando-as entre elas e com os estudos existentes para o italiano. b) Serão estudadas as características prosódicas e informacionais dos padrões de ilocuções complexas, os assim chamados Comentários Múltiplos (CMM). O corpus C-ORAL-BRASIL informal foi concluído. O corpus formal será começado neste projeto, que prevê a sua realização na medida de 1/3 do total. O corpus formal inteiro será composto por cerca de 140 textos e 150.000 palavras. Os textos serão gravados com equipamento wireless de alta qualidade, serão segmentados em enunciados e unidades tonais, alinhados com o software winpitch (Martin 2005) e etiquetados com o parser Palavras de E. Bick adaptado para esse corpus. O aprimoramento metodológico, além dos trabalhos realizados para a parte formal, prevê o adequamento dos critérios de transcrição às exigências da língua formal, a validação estatística de todos os critérios de transcrição (tanto do formal quanto do informal) e a criação de especificações para a etiquetagem do PB e do italiano, em colaboração com nossos parceiros da Università degli Studi di Firenze (Laboratorio LABLITA)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Bruno Neves Rati de Melo Rocha - Integrante / Tommaso Raso - Coordenador / Elisa Melo Franco Santos - Integrante / Heloísa Pereira Vale - Integrante / Bruna Maia Rocha - Integrante / Maryualê Malvessi Mittmann - Integrante / Emanuela Cresti - Integrante / Alessandro Panunzi - Integrante / Raíssa Vitória Oliveira Caetano - Integrante / Cássia Jacqueline Fernandes Oliveira - Integrante / Eckhard Bick - Integrante / Lucia de Almeida Ferrari - Integrante / Luis Felipe Lima e Silva - Integrante / Luciana Beatriz Bastos Ávila - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 13
2009 - Atual
C-ORAL-BRASIL. Corpus do português do Brasil. Sub-projeto: A estrutura informacional do português do Brasil corpus based
Descrição: O C-ORAL-BRASIL é um projeto de corpus da fala espontânea comparável com o C-ORAL-ROM (Cresti-Moneglia 2005), corpora de português de Portugal, italiano, francês e espanhol. O corpus (cerca 300.000 palavras, se divide em formal e informal, se concentra na diatopia de Minas Gerais (mas não somente), busca gravações em conções de uso com a maior variacão diafásica possível para gravar a maior variedade de ilocuções, de estruturações informacionais e de características entonacionais, léxico-morfo-sintáticas e fonéticas. O corpus é segmentados em enunciados e unidades tonais (Cresti 2000). Objeto principal de estudo do sub-projeto serão as medidas da fala e as unidades informacionais definidas conforme à Teoria da Língua em Ato (Cresti 2000).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Bruno Neves Rati de Melo Rocha - Integrante / Heliana Ribeiro de Mello - Coordenador / Tommaso Raso - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro / Universidade Federal de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
2009 - Atual
RIDIRE.it: User Group Brasile
Descrição: O projeto RIDIRE.it (Risorsa Dinamica Italiana di Rete) é dedicado a constituir um repository do italiano através do crawilng dos conteúdos da rede mais representativos para a cultura italiana, e a fornecer instrumentos de computação da informação linguística na rede que permitam o uso de todas as potencialidades dos grandes corpora para consolidar o conhecimento do italiano. O projeto, liderado pela Società Internazionale di Linguistica e Filologia Italiana, se compões de um consórcio de 6 universidades italianas e dois user groups no exterior. Um desse User Groups está sediado no Brasil, é coordenado por T. Raso (UFMG) e se compõe de professores e alunos da UFMG, da USP e da Fundação Torino de Belo Horizonte. Os objetivos do projeto são: 1. Experimentar a plataforma RIDIRE no ensino e na tradução e dar retorno à coordenação geral do projeto; 2. Disseminar o conhecimento da plataforma nas várias instituições de ensino da América Latina; 3. produzir pesquisa. A base de dados permitirá recolher enormes quantidades de documentos em todos os domínios do uso linguístico do Italiano: legislativo, religioso, político, literário, comercial, etc. Para tanto, as unidades de pesquisa se ocuparão, cada uma, da coleta de textos de domínio da própria competência, assegurando uma perspectiva ampla sobre a cultura italiana. Assim, conseguirão superar o maior problema atual dos web corpora, a saber, a representatividade dos dados. O repository construído pelo RIDIRE.it será anotada com metadados voltados para pesquisas linguísticas, os quais permitirão uma análise da representatividade dos dados. A infraestrutura, promovida, mantida e difundida pela Sociedade Internacional de Linguística e Filologia Italiana (SILFI), é destinada a professores de língua e cultura italiana no mundo e àqueles que queiram potencializar a própria capacidade do uso do Italiano..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Bruno Neves Rati de Melo Rocha - Integrante / Tommaso Raso - Coordenador / Patrizia Collina Bastianetto - Integrante / Heloísa Pereira Vale - Integrante / Bruna Maia Rocha - Integrante / Emanuela Cresti - Integrante / Massimo Moneglia - Integrante / Cecilia Casini - Integrante / Alessandro Panunzi - Integrante / Lucia Ferrari - Integrante / Paola Baccin - Integrante / Angela Zucchi - Integrante / Antonella De Meo - Integrante.
2008 - 2010
Pesquisa e Tradução para o espetáculo lírico sobre São Francisco de Assis
Descrição: Tradução do espetáculo lírico: Francesco - L'uomo di Dio da língua italiana para a língua portuguesa; gravação do texto para a interpretação dos artistas em língua portuguesa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Bruno Neves Rati de Melo Rocha - Integrante / Patrizia Collina Bastianetto - Coordenador / André Augusto Lourenço - Integrante / Lucas de Lima Goulart - Integrante / Gilberto de Lima Goulart - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1


Membro de corpo editorial


2018 - Atual
Periódico: Revista de Estudos da Linguagem


Revisor de periódico


2006 - 2006
Periódico: Txt (Belo Horizonte)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Línguas Estrangeiras Modernas.


Idiomas


Espanhol
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2017
Classificação em 1o lugar em concurso público para cargo de professor efetivo de Linguística, Faculdade de Letras da UFPA, campus de Altamira.
2017
Classificação em 3o lugar em concurso público para professor efetivo de Linguística, Universidade Federal de Viçosa.
2015
Classificação em 2o lugar em concurso público para professor substituto de Linguística (Sintaxe e Semântica), Faculdade de Letras da UFMG.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
RASO, T.2016RASO, T. ; ROCHA, B. . Illocution and attitude: on the complex interaction between prosody and pragmatic parameters. JOSS JOURNAL OF SPEECH SCIENCE, v. 5, p. 5-27, 2016.

2.
DOVETTO, F.2015DOVETTO, F. ; CRESTI, E. ; ROCHA, B. . Schizofrenia tra prosodia e lessico. Prime analisi. STUDI ITALIANI DI LINGUISTICA TEORICA E APPLICATA, v. 3, p. 486-507, 2015.

3.
RASO, TOMMASO2015RASO, TOMMASO ; ROCHA, BRUNO . COMO A CATEGORIA DE ATITUDE CONDICIONA A METODOLOGIA PARA O ESTUDO DAS ILOCUÇÕES. DIADORIM (RIO DE JANEIRO), v. 17, p. 173-197, 2015.

4.
ROCHA, B. N. R. M.;ROCHA, BRUNO;ROCHA, B.2015ROCHA, B. N. R. M.; TORRE, M. C. ; MELLO, H. R. . Estratégias de cortesia no ato de fala da recusa a pedidos: uma investigação do português brasileiro e do italiano. Revista de Italianística, p. 61-79, 2015.

5.
ROCHA, BRUNO2013ROCHA, BRUNO. Metodologia empírica para o estudo de ilocuções naturais do PB. Domínios de Lingu@Gem, v. 7, p. 109-148, 2013.

6.
ROCHA, B. N. R. M.;ROCHA, BRUNO;ROCHA, B.2013ROCHA, B. N. R. M.; RASO, T. . O pronome lembrete e a Teoria da Língua em Ato: uma análise baseada em corpora. Veredas (UFJF. Online), v. 17, p. 39-59, 2013.

7.
ROCHA, B. N. R. M.2005ROCHA, B. N. R. M.; VICTRAL, C. M. ; INACIO, C. P. ; GONCALVES, D. A. ; PAULA, G. R. S. ; FERREIRA, L. M. L. ; ALEXANDRINO, H. ; FERREIRA, T. N. ; CRUZ, T. H. A. . Projetos Leitura para todos e Alfamídia: novos modos de leitura. Txt (Belo Horizonte), v. 2, p. 1, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ROCHA, B.; CARVALHO, F. M. (Org.) ; SILVA, J. S. (Org.) ; NUNES, L. P. (Org.) ; CARVALHO, L. B. (Org.) ; SOARES, M. J. H. (Org.) ; SPERANDIO, N. E. (Org.) ; PEIXOTO, T. F. (Org.) ; WRIGHT, V. C. O. (Org.) . V Seminário de Teses e Dissertações: V SETED: caderno de resumos. 1. ed. Belo Horizonte: FALE - UFMG, 2012. v. 1. 78p .

Capítulos de livros publicados
1.
RASO, TOMMASO ; ROCHA, B. . Ilocução e atitude: como distinguir e estudar as duas categorias. In: Rui Rothe-Neves; Luciana Lucente; Pablo Arantes. (Org.). Entoação interface experimentação. 1ed.Belo Horizonte: PRODOC, 2018, v. 1, p. 1-.

2.
PANUNZI, A. ; ROCHA, B. ; GREGORI, L. . Comparing annotations for the prosodic segmentation of spontaneous speech. Focus on the reference units. In: Shlomo Izre'el; Heliana Mello; Alessandro Panunzi; Tommaso Raso. (Org.). In search for a reference unit of spoken language: a corpus driven approach. 1ed.Londres: John Benjamins, 2018, v. , p. 1-.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ROCHA, BRUNO; RASO, T. . The interaction between illocution and attitude and its consequences for the study of illocutions. In: IX GSCP international conference, 2016, Estocolmo. Parler les langues romanes. Napoli: Il Torcoliere, 2016. p. 69-88.

2.
ROCHA, B.; BOSSAGLIA, G. ; RASO, T. . A cortesia como atitude na fala espontânea do português brasileiro. In: II Congresso Internacional Interdisciplinar (Des)cortesia: Expressão de culturas, 2014, São Paulo. Anais do II Congresso Internacional Interdisciplinar (Des)cortesia: Expressão de culturas, 2014. v. 1. p. 41-55.

3.
ROCHA, B. N. R. M.; SANTOS, E. M. F. ; MELLO, H. R. ; RASO, T. . O pronome lembrete e a Teoria da Língua em Ato: novas perspectivas de análise. In: III Colóquio Brasileiro de Prosódia da Fala, 2011, Belo Horizonte. Anais do Colóquio Brasileiro de Prosódia da Fala, 2011. v. 1.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ROCHA, B.; RASO, T. . A interação entre pistas prosódicas e pragmáticas para a interpretação ilocucionária de um enunciado. In: VI Colóquio Brasileiro de Prosódia da Fala, 2017, Mariana. Anais do VI Colóquio Brasileiro de Prosódia da Fala, 2017.

2.
CRESTI, E. ; DOVETTO, F. ; ROCHA, B. . Schizophrenia and prosody: first investigations. In: IX International Workshop Model and Analysis of Vocal Emissions for Biomedical Applications (MAVEBA), 2015, Firenze. IX International Workshop Model and Analysis of Vocal Emissions for Biomedical Applications (MAVEBA), September 2-4 2015 Proceedings. Firenze (Italia): Firenze University Press, 2015. v. 1. p. 139-142.

3.
MITTMANN, M. M. ; ROCHA, B. N. R. M. . Prosodic features of the topic information unit in BP and EP: a corpus based study. In: VII International GSCP Conference: speech and corpora, 2012, Belo Horizonte. Proceedings of the VIIth GSCP International Conference: Speech and Corpora. Firenze (Italia): Firenze University Press, 2012. p. 202-206.

Apresentações de Trabalho
1.
ROCHA, B.; CAVALCANTE, F. ; MITTMANN, M. M. . Prosodic and syntactic aspects of the Topic information unit: a corpus-based, crosslinguistic study. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
ROCHA, B.. Fala e escrita. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
ROCHA, B.. Análise prosódica e pragmática de ilocuções. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
ROCHA, B.. Illocutions and attitudes. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
ROCHA, B.; RASO, T. . A interação entre pistas prosódicas e pragmáticas para a interpretação ilocucionária de um enunciado. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
ROCHA, B.. Metodologias em pesquisas sobre fala de pacientes com Esquizofrenia e o projeto C-ORAL-ESQ. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
ROCHA, B.. Documentando a fala de portadores de esquizofrenia italianos e brasileiros: os corpora CIPPS e C-ORAL-ESQ. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
ROCHA, B.; SILVA, C. . The prosodic interplay between illocution and attitudes: a study of orders in Brazilian Portuguese and Italian. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
CRESTI, E. ; ROCHA, BRUNO . Schizofrenia e prosodia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
CRESTI, E. ; ROCHA, BRUNO ; GIUSIO, L. . The prosodic representation of speech act types according to the Language into Act Theory (L-AcT). 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
DOVETTO, F. ; CRESTI, E. ; ROCHA, BRUNO . Schizofrenia e prosodia. Prime analisi. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
PANUNZI, A. ; GREGORI, L. ; ROCHA, B. . Comparing Annotations for the Prosodic Segmentation of Spontaneous Speech. Focus on the Reference Units. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
ROCHA, B.. The illocution of order with different attitudes: some consequences for the empirical study of illocutions. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

14.
ROCHA, B.; RASO, T. . A importância do estudo das atitudes para a identificação das formas ilocucionárias. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
ROCHA, B.. Formas entoacionais de valor ilocucionário em PB. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
RASO, T. ; ROCHA, B. N. R. M. . Corpus-based empirical methodology for the study of illocutions. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
ROCHA, BRUNO; BOSSAGLIA, G. ; RASO, T. . A cortesia como atitude na fala espontânea do Português Brasileiro. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
ROCHA, BRUNO. Metodologia empirica per l'identificazione e descrizione delle illocuzioni. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
CRESTI, E. ; ROCHA, BRUNO . Illocuzioni direttive del Portoghese Brasiliano e il loro correlato prosodico. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
ROCHA, B. N. R. M.. Methodological aspects of the study of illocutions. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
ROCHA, B. N. R. M.. Le forme prosodiche delle illocuzioni di ordine e istruzione: una ricerca corpus based. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
ROCHA, B. N. R. M.; MITTMANN, M. M. ; RASO, T. ; MELLO, H. R. . La struttura del parlato informale del portoghese brasiliano: un'analisi corpus based. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
ROCHA, B.; RASO, TOMMASO . Teoria e metodologia no estudo das ilocuções. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
ROCHA, B. N. R. M.. O tópico em Italiano e Português Brasileiro: um estudo baseado em corpus. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
ROCHA, B. N. R. M.. Fundamentos de análise do discurso. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
ROCHA, B. N. R. M.; MITTMANN, M. M. ; RASO, T. . Prosodic features of the topic information unit in BP and EP. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
MITTMANN, M. M. ; ROCHA, B. N. R. M. . Prosodic features of the topic information unit in BP and EP: a corpus based study. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
ROCHA, B. N. R. M.; SANTOS, E. M. F. ; RASO, T. ; MELLO, H. R. . O pronome lembrete e a Teoria da Língua em Ato: novas perspectivas de análise. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
ROCHA, B. N. R. M.. A unidade informacional de Tópico na Teoria da Língua em Ato. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

30.
MAIA ROCHA, B. ; ROCHA, B. N. R. M. . A unidade de introdutor locutivo em um corpus oral de português brasileiro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
MOTA, B. A. ; ROCHA, B. N. R. M. ; VALE, H. P. ; MELLO, H. R. ; RASO, T. . The Parenthetical in Brazilian Portuguese and in Spanish: a pragmatic approach. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
ROCHA, B.. Edição de fotos com o Paint: sim, é possível!. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
PARADELA CUNHA, Evandro L. T. ; ROCHA, B. N. R. M. . Texto e imagem em manuscritos medievais: iluminuras, miniaturas e capitulares. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
PARADELA CUNHA, Evandro L. T. ; ROCHA, B. N. R. M. . A oralidade na escrita: reflexões acerca do internetês. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
ROCHA, B. N. R. M.. A unidade informacional de inciso no italiano e no português brasileiro. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

36.
BASTIANETTO, P. C. ; GOULART, G. L. ; ROCHA, B. N. R. M. . Comentários de tradução do Libretto do Grupo Amarcord. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
ROCHA, B. N. R. M.; TORRE, Melissa Cobra . A aquisição do ato de fala da recusa por alunos avançados de italiano e inglês: a metodologia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
PARADELA CUNHA, Evandro L. T. ; ROCHA, B. N. R. M. . A escrita do jovem usuário de internet em contextos com motivação oral: comparação com a formação histórica das línguas românicas e dos crioulos de base românica. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

39.
ROCHA, B. N. R. M.; TORRE, M. C. . Expressão oral em língua italiana: desenvolvimento de material didático para monitoria de graduação. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
ROCHA, B.. Parecer para um (1) artigo da Glaúks - Revista de Letras e Artes (ISSN 2318-7131). 2018.

2.
ROCHA, B.. Parecer para três (3) artigos da RELIN - Revista de Estudos da Linguagem. 2018.

3.
ROCHA, B.. Parecer para quatro (4) artigos da revista CHIMERA - Romance corpora and Linguist Studies, vol. 3, n. 2. 2016.


Demais tipos de produção técnica
1.
ROCHA, BRUNO. Oficina de uso de equipamentos de gravação para o registro de fala espontânea. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
ROCHA, BRUNO. Oficina de uso de equipamentos de gravação para o registro de fala espontânea. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
ROCHA, BRUNO. Oficina de uso de equipamentos de gravação para o registro de fala espontânea. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
ROCHA, BRUNO. Formatação do livro 'Proceedings of the VIIth GSCP International Conference: Speech and Corpora'. 2013. (Formatação de livro).

5.
ROCHA, BRUNO. Oficina de uso de equipamentos de gravação para o registro de fala espontânea. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
BASTIANETTO, P. C. ; DE MUTI, Antonella ; ROCHA, BRUNO . A ferramenta Sketch Engine aplicada à aprendizagem do Italiano como LE (1a turma). 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
BASTIANETTO, P. C. ; DE MUTI, Antonella ; ROCHA, BRUNO . A ferramenta Sketch Engine aplicada à aprendizagem do Italiano como LE (2a turma). 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
ROCHA, BRUNO. Oficina de uso de equipamentos de gravação para o registro de fala espontânea. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
ROCHA, BRUNO. Oficina de uso de equipamentos de gravação para o registro de fala espontânea. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
ROCHA, BRUNO. Oficina de uso de equipamentos de gravação para o registro de fala espontânea. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
AVILA, L. B. B.; ORFANO, B. M.; ROCHA, B.; MELLO, H. R.. Participação em banca de Matheus Espíndola Ferreira. A metáfora nova de Nelson Rodrigues. 2017. Dissertação (Mestrado em Estudos Lingüísticos) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Teses de doutorado
1.
MELLO, H. R.; PERINI, M.; PERINI-SANTOS, P.; ROCHA, L. F. M.; ROCHA, B.. Participação em banca de Crysna Bomjardim da Silva Carmo. A complexidade das cláusulas relativas na fala espontânea do Português do Brasil: Os dados do C-ORAL-BRASIL. 2017. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Estudos Lingüísticos) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
LOPES, R.; MILÉO, I.; ROCHA, B.. Participação em banca de Patrícia Barbosa Nunes. Entre saberes e práticas docentes: um olhar sobre a experiência de uma professora de língua portuguesa. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Linguagem e Ensino) - Universidade Federal do Pará.

2.
LOPES, R.; BEZERRA, L. C. S.; ROCHA, B.. Participação em banca de Alessandro Ubaldo Pereira. Línguas em contato: assimetrias sociolinguísticas, escolha social, relações de poder e glotofagia - O caso do povo indígena Arara da Aldeia Laranjal, no Pará. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação, Diversidade e Sociedade) - Universidade Federal do Pará.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SANTANA, N. C.; ROCHA, B.; SERRA NETO, I. Z.. Participação em banca de Lenivaldo Araújo de Sales.Atividades de leitura no livro didático de língua portuguesa de 8o e 9o ano. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal do Pará.

2.
MELLO, H. R.; RASO, T.; ROCHA, B.. Participação em banca de Henrique Chaves.PLN com Python: uma introdução à programação para linguistas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
ROCHA, B. N. R. M.; RASO, T.; MITTMANN, M. M.. Participação em banca de Adriellen Marcela Maciel Arruda.A Unidade Informacional de Comentários Múltiplos no Português Brasileiro: uma análise baseada em corpus. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Linguística) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
ROCHA, B. N. R. M.; DUTRA, D. P.; MELLO, H. R.. Participação em banca de Frederico Amorim Cavalcante.The INT unit in Brazilian Portuguese and American English - a corpus-based study. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Linguística) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
ROCHA, B. N. R. M.; SOUZA, R. A.; MELLO, H. R.. Participação em banca de Bárbara Lourenço Dantas.Análise comparativa das ferramentas R e NLTK no uso em pesquisas linguísticas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Linguística) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
ROCHA, B. N. R. M.; SARAIVA, M. E. F.; MELLO, H. R.. Participação em banca de Luis Filipe Lima.Um estudo sobre a focalização no Português Brasileiro. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Linguística) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
RODRIGUES, A. T. C.; ROCHA, B. N. R. M.; VELOSO, F. S.. Participação em banca de Patrícia Bomtorin.Estudos de construções verbais paratáticas em Italiano. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
FREITAS, G. M. S.; ROCHA, B.; FERREIRA, P. J. M.. Banca de seleção de professor substituto de Língua Inglesa e seu ensino/aprendizagem. 2018. Universidade Federal do Pará.

2.
LOPES, R.; MILÉO, I.; ROCHA, B.. Banca examinadora do concurso público para vaga de professor adjunto de Linguística Aplicada à Educação do Campo da Universidade Federal do Pará. 2018. Universidade Federal do Pará.

Outras participações
1.
ROCHA, B.; AMARAL, E.. Banca de seleção do Programa de Monitoria de Graduação. 2014. Universidade Federal de Minas Gerais.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ICL20 - Internacional Congresso of Linguistics. Prosodic and syntactic aspects of the Topic information unit: a corpus-based, crosslinguistic study. 2018. (Congresso).

2.
VI Colóquio Brasileiro de Prosódia da Fala. A interação entre pistas prosódicas e pragmáticas para a interpretação ilocucionária de um enunciado. 2017. (Congresso).

3.
Workshop.Metodologias em pesquisas sobre fala de pacientes com Esquizofrenia e o projeto C-ORAL-ESQ. 2017. (Seminário).

4.
X LEEL International Workshop. Illocutions and attitudes. 2017. (Congresso).

5.
XVII Congresso da ABPI. Documentando a fala de portadores de esquizofrenia italianos e brasileiros: os corpora CIPPS e C-ORAL-ESQ. 2017. (Congresso).

6.
GSCP International Conference "Spoken Communication 2016". The prosodic interplay between illocution and attitudes: a study of orders in Brazilian Portuguese and Italian. 2016. (Congresso).

7.
IX LABLITA and IV LEEL International Workshop. Comparing Annotations for the Prosodic Segmentation of Spontaneous Speech. Focus on the Reference Unit. 2015. (Congresso).

8.
V Colóquio Brasileiro de Prosódia da Fala. A importância do estudo das atitudes para a identificação das formas ilocucionárias. 2015. (Congresso).

9.
XI Convegno Nazionale dell'Associazione Italiana di Scienze della Voce. Schizofrenia e prosodia. Prime analisi. 2015. (Congresso).

10.
(Des)cortesia: expressão de cultura(s)?. A cortesia como atitude na fala espontânea do Português Brasileiro. 2014. (Congresso).

11.
Corpi, Strumenti & Cognizione / Bodies, Tools & Cognition. 2014. (Congresso).

12.
II Congresso Internacional Interdisciplinar (DES) CORTESIA: expressão de cultura(s)?. A cortesia como atitude na fala espontânea do Português Brasileiro. 2014. (Congresso).

13.
IX GSCP International Conference. Corpus-based empirical methodology for the study of illocutions. 2014. (Congresso).

14.
27e Congrès International de Linguistique et de Philologie Romanes. La struttura del parlato informale del portoghese brasiliano: un'analisi corpus based. 2013. (Congresso).

15.
II LEEL Corpus Methodology Seminar and LABLITA International Workshop.Methodological aspects of the study of illocutions. 2013. (Seminário).

16.
XV Congresso da ABPI, IX Congresso Internacional de Estudos Italianos e IV Jornada de Italianística da América Latina. Le forme prosodiche delle illocuzioni di ordine e istruzione: una ricerca corpus based. 2013. (Congresso).

17.
VII International GSCP Conference: Speech and Corpora. Prosodic features of the topic information unit in BP and EP: a corpus based study. 2012. (Congresso).

18.
XI Encontro de Linguística de Corpus.Prosodic features of the topic information unit in BP and EP: a corpus based study. 2012. (Encontro).

19.
XII Semana da Língua Italiana no Mundo. O tópico em Italiano e Português Brasileiro: um estudo baseado em corpus. 2012. (Congresso).

20.
III Colóquio Brasileiro de Prosódia da Fala.O pronome lembrete e a Teoria da Língua em Ato: novas perspectivas de análise. 2011. (Outra).

21.
IV Seminário de Teses e Dissertações (IV SETED).A unidade informacional de Tópico na Teoria da Língua em Ato. 2011. (Seminário).

22.
X Encontro de Linguística de Corpus. A unidade de introdutor locutivo em um corpus oral de português brasileiro.. 2011. (Congresso).

23.
V Conferência Lingüistica e Cognição: Mentes em Interação.The Parenthetical in Brazilian Portuguese and in Spanish: a pragmatic approach. 2010. (Outra).

24.
V Lablita and II Brazilian Seminar on Pragmetics and Prosody: Illocution, modality, attitude, information patterning and speech anotation. 2010. (Seminário).

25.
Fratello Sole, Sorella Luna: Francisco de Assis ontem e hoje.Comentários de tradução do Libretto do Grupo Amarcord. 2009. (Seminário).

26.
II Congresso Internacional de Estudos Linguísticos e Literários na Amazônia. Texto e imagem em manuscritos medievais: iluminuras, miniaturas e capitulares. 2009. (Congresso).

27.
XVIII SEMANA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA.A unidade informacional de inciso no italiano e no português brasileiro. 2009. (Outra).

28.
II Congresso Latino-Americano de Formação de Professores de Línguas. A aquisição do ato de fala da recusa por alunos avançados de italiano e inglês: a metodologia. 2008. (Congresso).

29.
VII Encontro de Lingüística de Corpus.A Escrita do Jovem Usuário de Internet em Contextos com Motivação Oral: Comparação com a Formação Histórica das Línguas Românicas e dos Crioulos de Base Românica. 2008. (Encontro).

30.
VIII Semana de Eventos da Faculdade de Letras (SEVFALE) da UFMG. 2008. (Congresso).

31.
X Semana da Graduação.Expressão oral em língua italiana: desenvolvimento de material didático para monitoria de graduação. 2006. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
RASO, T. ; MELLO, H. R. ; ROCHA, B. . IX LABLITA and IV LEEL International Workshop. 2015. (Congresso).

2.
ROCHA, B. N. R. M.; CARVALHO, F. M. ; SILVA, J. S. ; NUNES, L. P. ; CARVALHO, L. B. ; SOARES, M. J. H. ; SPERANDIO, N. E. ; PEIXOTO, T. F. ; WRIGHT, V. C. O. ; KOGLIN, A. . V Seminário de Teses e Dissertações - SETED. 2012. (Congresso).

3.
ROCHA, B. N. R. M.. VII International GSCP Conference: Speech and Corpora. 2012. (Congresso).

4.
RASO, T. ; MELLO, H. R. ; ROCHA, B. N. R. M. . V Lablita and II Brazilian Seminar on Pragmatics and Prosody: Illocution, modality, attitude, information patterning and speech annotation. 2010. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Kamilla Cordeiro. As inscrições em lápides de cemitérios de Altamira (PA) e Belo Horizonte (MG): um estudo baseado em corpus. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal do Pará. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Francidalva da Silva Viana. Transcrição e revisão de textos do Corpus Oral de Porto de Moz e estudo das vogais tônicas. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal do Pará, Universidade Federal do Pará. (Orientador).

2.
Beatriz Silva Alves. Compilação do Corpus Oral de Porto de Moz e estudo da estrutura informacional da fala espontânea. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal do Pará, Universidade Federal do Pará. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Raimara Martins Mendes. Monitoria das disciplinas de Fonética e Fonologia e de Psicolinguística. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal do Pará. Universidade Federal do Pará. (Orientador).

2.
Carla Thamires Lobato Silva. Monitoria das disciplinas de Fonética e Fonologia e de Psicolinguística. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal do Pará. Universidade Federal do Pará. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Cássia Beatriz da Silva Mendes. Práticas esportivas e de lazer: percepções sócio-políticas no município de Brasil Novo. 2018. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação, Diversidade e Sociedade) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Bruno Neves Rati de Melo Rocha.

2.
Joice Ferreira dos Santos Ubaldo. Educação escolar indígena, novos papéis e desafios: uma análise sócio-política sobre a atuação dos Arara professores da aldeia Laranjal. 2018. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação, Diversidade e Sociedade) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Bruno Neves Rati de Melo Rocha.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Oséias Silva de Souza. A realização variável do arquifonema /S/ em coda silábica no município de Porto de Moz. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Bruno Neves Rati de Melo Rocha.

2.
Jucicléia Oliveira de Assis. Artigo de opinião: uma proposta de sequência didática para produção textual dissertativa do 3o ano do Ensino Médio. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Bruno Neves Rati de Melo Rocha.

Iniciação científica
1.
Cassiano César da Silva. O estudo da unidade de Comentário na fala espontânea. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Bruno Neves Rati de Melo Rocha.



Inovação



Projetos de pesquisa



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 5:19:38