Barbara Michele Amorim

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3113238013920624
  • Última atualização do currículo em 03/10/2018


Doutora em Sociologia Política pela Universidade Federal de Santa Catarina (2018). Mestre em Sociologia Política pela Universidade Federal de Santa Catarina (2013). Possui bacharelado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010). Atualmente é professora de sociologia e sociologia da saúde na Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC). Tem experiência na área de Sociologia, atuando principalmente nos seguintes temas: sociologia das ciências da saúde, mercado, Estado, obesidade e cirurgia bariátrica. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Barbara Michele Amorim
Nome em citações bibliográficas
AMORIM, B. M.;Amorim, Barbara Michele

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Extremo Sul Catarinense, Unidade de Humanidades, Ciências e Educação.
Avenida Universitária - lado ímpar
Universitário
88806000 - Criciúma, SC - Brasil
Telefone: (48) 34312624
URL da Homepage: http://www.unesc.net/portal/


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2018
Doutorado em Sociologia Política.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Novo corpo, nova vida: o mercado de cirurgia bariátrica em perspectiva sociológica, Ano de obtenção: 2018.
Orientador: Marcia da Silva Mazon.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: cirurgia bariátrica; obesidade; Estado.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia dos mercados.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Alimentação.
2011 - 2013
Mestrado em Sociologia Política.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: As transformações e processos recentes da Nutrição: instituições, mercado e formação de profissionais em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Marcia Grisotti.
Coorientador: Fernando Dias de Avila-Pires.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Curso de Nutrição; nutrição; Estado; Mercado.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Saúde.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia dos mercados.
2013
Graduação em andamento em Ciências Sociais.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2006 - 2010
Graduação em ciencias sociais.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Os discursos sobre alimentação saudável: um estudo de caso com os participantes do programa floripa ativa do bairro córrego grande..
Orientador: Márcia Grisotti.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2012
Extensão universitária em Curso de Metodologia em Ciências Humanas. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2015 - 2015
Extensão universitária em Curso Leituras do Mundo do Trabalho (LMT). (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Fórum Reforma Universitária na América Latina AUGM. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em O futuro da saúde: tecnologia ou humanização?. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em Epidemiologia Aplicada às Ciências Sociais. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Bolsista Pibiq, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós Graduação em Sociologia Política, .

03/2011 - 12/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós Graduação em Sociologia Política, .

12/2010 - 02/2011
Estágios , Secretaria de Educação a Distancia, .

Estágio realizado
estagio não obrigatório.
09/2008 - 12/2008
Estágios , Secretaria de Educação a Distancia, .

Estágio realizado
Estágio não obrigatório..

Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 12

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Engenharia de Agrimensura, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia
08/2018 - Atual
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia
01/2018 - Atual
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia
01/2017 - Atual
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia da Saúde
01/2018 - 07/2018
Ensino, Engenharia de Produção, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia
08/2017 - 12/2017
Ensino, Nutrição, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia
01/2017 - 07/2017
Ensino, Engenharia Civil, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
sociologia
08/2016 - 12/2016
Ensino, Odontologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
sociologia
08/2016 - 12/2016
Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
sociologia


Linhas de pesquisa


1.
Ciência, saúde e meio-ambiente
2.
Trabalho, Mercado, Estado e Sistema Financeiro
3.
Modernidade, Ciência e Técnica


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Profissionalização: moral e mercado de trabalho
Descrição: Autores como Bourdieu, Zelizer, Elias nos permitem compreender a gênese e o desenvolvimento dos diferentes mercados como processos político-culturais complexos e passíveis de contestação. Nesta pesquisa voltamo-nos à gênese de novos espaços de profissionalização e os processos político-culturais que lhes dão suporte. A pesquisa vai se desenvolver em quatro áreas: a primeira de profissionalização da saúde ? o mercado de home care, as negociações em torno da decisão de cirurgias bariátricas e o fenômeno da obesidade, todos analisados na sua dupla tensão entre criação de mercado e moralização da atuação profissional. A segunda área o mercado profissional no campo das inovações tecnológicas como incubadoras, o surgimento dos executivos da sustentabilidade e a circulação internacional de ideias e estudantes brasileiros no sentido da qualificação profissional. Na terceiro e último eixo o mercado de jogos eletrônicos e o espaço formal de criação de regras que norteiam o setor dentro da tensão profissionalização/lazer tão bem como a presença marcada das mulheres que são 52% dos jogadores no Brasil e a tensão com a presença delas nos jogos. Por último os processos de terceirização e as vendas diretas e a criação de justificativas e provas por parte destes profissionais diante de um universo de trabalho vulnerável..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Barbara Michele Amorim - Integrante / Marcia da Silva Mazon - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 2
2011 - 2013
Alegações de saúde dos alimentos funcionais: um estudo sobre a percepção dos gastroenterologistas e consumidores de iogurtes funcionais no Brasil
Descrição: Os alimentos funcionais disponíveis em supermercados têm apresentado, portanto, novos desafios para a pesquisa científica, por representarem uma das mais controversas áreas situadas na fronteira entre alimento e medicamento ? um território anteriormente dominado exclusivamente pela indústria farmacêutica. Nesse projeto objetivamos analisar a construção das alegações de saúde de alimentos funcionais, em especial os iogurtes funcionais comercializados no Brasil e analisar o perfil das escolhas alimentares do público-alvo destes alimentos (pacientes com problemas gástricos) juntamente com a percepção de médicos gastroenterologistas em relação a estes produtos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Barbara Michele Amorim - Integrante / Marcia Grisotti - Coordenador / Ana Paula Saccol - Integrante / fernando dias de avila pires - Integrante.
2009 - 2010
Os alimentos funcionais em supermercados do Brasil e da Holanda: análise sociológica da construção social das alegações de saúde e o seu papel nas políticas públicas de saúde e no perfil das escolhas dos consumidores
Descrição: Os alimentos funcionais disponíveis em supermercados têm apresentado novos desafios para a pesquisa sociológica, por representarem uma das mais controversas áreas situadas na fronteira entre alimento e medicamento um território anteriormente dominado exclusivamente muito mais pela indústria farmacêutica do que pela indústria alimentar. Apesar de não haver um consenso internacional em relação a definição do termo, especialmente porque ele não faz parte de documentos legais oficiais dos EUA e da União Européia, os alimentos já estão sendo comercializados em muitos países o que tem gerado inúmeras controvérsias, especialmente quanto a vinculação entre alimentação e saúde pública e individual. Há pouco entendimento sobre as circunstâncias sob as quais os alimentos funcionais são consumidos, se os grupos alvos são atingidos, se programas educativos para populações alvo e a vinculação com as políticas de saúde deveriam ser recomendadas. Entre outras questões destaca-se: para quem são destinados os alimentos funcionais? Para indivíduos saudáveis, para aqueles que possuem doenças específicas ou para ambos? Os alimentos funcionais fazem o que eles dizem que fazem? Quanto e por quanto tempo deve-se consumir para conseguir algum efeito para a saúde? Alem disso, quais os efeitos cumulativos do consumo de várias marcas de alimentos, compostos por ingredientes com valores nutricionais adicionados, na saúde dos indivíduos? Para responder essas perguntas a pesquisa levará em consideração as controvérsias e ambivalências encontradas nos discursos dos sistemas peritos, representados especialmente pelos médicos, nutricionistas e especialistas em saúde pública, que ora defendem o consumo, ora questionam sua eficácia e segurança em se tratando de saúde pública. Seu objetivo geral é analisar a construção das alegações de saúde (com ênfase nas recomendações de associações médicas) dos alimentos funcionais comercializados em supermercados e o seu papel nas políticas de saúde pública..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - 2017
o que é gordofobia
Descrição: O objetivo do curso é traçar um panorama dos problemas sociais que influenciam no sofrimento das pessoas gordas por meio de exclusão social e preconceito. Entre os temas abordados, as opressões que o corpo gordo da mulher sofre, as transformações da alimentação e do trabalho a partir da Revolução Verde e da Revolução Industrial; a construção do discurso médico sobre as pessoas gordas; a construção do padrão de beleza e a disseminação das imagens e da informação a partir da Revolução das Tecnologias de Informação e a estigmatização do corpo gordo; os feminismos e o ativismo gordo. Temas abordados em reuniões semanais: - As transformações da alimentação e do trabalho a partir da Revolução Verde e da Revolução Industrial; - A construção do discurso médico sobre as pessoas gordas; - A construção do padrão de beleza e a disseminação das imagens e da informação a partir da Revolução das Tecnologias de Informação e a estigmatização do corpo gordo; - Os feminismos e o ativismo gordo..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Barbara Michele Amorim - Integrante / Marcia da Silva Mazon - Coordenador / Natalia Rangel - Integrante / Barbara Leone - Integrante / Jacobina Cantisani - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Saúde.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia dos mercados.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Amorim, Barbara Michele2015Amorim, Barbara Michele. Nutritional Science: institutions, market and professional background at Florianópolis, Santa Catarina, Brazil.. The Macrotheme Review, v. 4, p. 12-23, 2015.

2.
AMORIM, B. M.;Amorim, Barbara Michele2011AMORIM, B. M.. <b>Um resgate histórico sobre a importância do Estado no Mercado: o caso do conhecimento nutricional no Brasil</b><br>DOI: 10.5007/1806-5023.2011v8n1p60. Em Tese (Florianópolis), v. 8, p. 60-77, 2011.

3.
AMORIM, B. M.;Amorim, Barbara Michele2010AMORIM, B. M.; SANTOS, G. F. ; PEREIRA, Letícia . NORMATIVA E CERTIFICAÇÃO DAS ALEGAÇÕES DE SAÚDE DOS ALIMENTOS ?FUNCIONAIS? NO BRASIL: UMA ABORDAGEM SOCIOLÓGICA. Mosaico Social, v. 1, p. 53-65, 2010.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
AMORIM, B. M.. O papel do Estado na construção do mercado de cirurgias bariátricas e metabólicas no Brasil. In: 18º Congresso Brasileiro de Sociologia, 2017, Brasília. Anais do 18º Congresso Brasileiro de Sociologia, 2017.

2.
AMORIM, B. M.. PROFISSIONAIS DA NUTRIÇÃO EM FLORIANÓPOLIS, SC: AS TRANSFORMAÇÕES RECENTES NAS INSTITUIÇÕES, MERCADO E FORMAÇÃO. In: 15º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2016, Florianópolis. Anais Eletrônicos do 15º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, de 16 a 18 de novembro de 2016., 2016.

3.
AMORIM, B. M.. Ciência da Nutrição: instituições, mercado e formação profissional em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.. In: XVII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2015, Porto Alegre. Anais XVII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2015.

4.
AMORIM, B. M.. Habermas e os Conselhos Municipais de saúde. In: Colóquio Habermas e I Colóquio Filosofia da Informação, 2015, Rio de Janeiro. Anais do 10º Colóquio Habermas e 1º Colóquio de Filosofia da Informação. Rio de Janeiro: Salute, 2014.

5.
AMORIM, B. M.; GRISOTTI, M. . AS ALEGAÇÕES DE SAÚDE DOS ALIMENTOS "FUNCIONAIS": UMA ABORDAGEM SOCIOLÓGICA. In: 1ºECOSS - Seminário de Sociologia da Saúde e Ecologia Humana, 2010, FLORIANÓPOLIS. Anais do 1º ECOSS. Florianópolis, 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
AMORIM, B. M.; GRISOTTI, M. . ABORDAGEM SOCIOLÓGICA SOBRE AS ALEGAÇÕES DE SAÚDE DOS ALIMENTOS FUNCIONAIS: UM ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DE UM PÚBLICO ALVO. In: III JORNADA DE SOCIOLOGIA DA SAÚDE, 2009, Curitiba - PR. V Jornada de Sociologia da Saúde: Saúde, Cultura e Política, 2009. v. CD-ROM.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
AMORIM, B. M.. O papel do Estado na construção do mercado de cirurgias bariátricas e metabólicas no Brasil. In: 18º Congresso Brasileiro de Sociologia, 2017, Brasília. Anais do 18º Congresso Brasileiro de Sociologia, 2017.

2.
GRISOTTI, M. ; PIRES, F.D.A ; SACCOL, A. P. ; AMORIM, B. M. . Public understanding on controversies, uncertainties and risks of the health claims of functional foods in Brazil. In: Risk & Uncertainty. Ontologies and Methods., 2013, Amsterdam. Risk & Uncertainty. Ontologies and Methods.. Amsterdam: University of Amsterdam, 2013. p. 43-44.

3.
AMORIM, B. M.; GRISOTTI, M. . Memória e trajetória na construção dos saberes sobre alimentação saudável. In: World Nutrition Rio2012, 2012, Rio de Janeiro. World Nutrition Rio2012 - Conhecimento Política Ação, 2012.

Apresentações de Trabalho
1.
AMORIM, B. M.. Ciência da Nutrição: instituições, mercado e formação profissional em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Demais tipos de produção técnica
1.
AMORIM, B. M.; GRISOTTI, M. ; SACCOL, A. P. . ALIMENTOS ?FUNCIONAIS?: ESTUDO DE CASO SOBRE A PERCEPÇÃO DE UM PÚBLICO ALVO.. 2010. (Relatório de pesquisa).

2.
GRISOTTI, M. ; GAEDTKE, K.M. ; AMORIM, B. M. ; SACCOL, A. P. ; SANTOS, C. A. . Diálogos entre Sociologia e Saúde II. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
AMORIM, B. M.; SACCOL, A. P. ; GAEDTKE, K.M. . Diálogos entre Sociologia e Saúde. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
AMORIM, B. M.; GRISOTTI, M. ; SACCOL, A. P. ; PEREIRA, Letícia ; SANTOS, G. F. . Os alimentos funcionais em supermercados: análise sociológica da construção social das alegações de saúde, seu papel nas políticas de saúde pública e no perfil das escolhas dos consumidores.. 2009. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
AMORIM, B. M.; MAZON, M. S.; PIRES, R. M.; FARIAS, E.. Participação em banca de Natália Rangel.Redes da internet como meio educativo sobre gordofobia. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Santa Catarina.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
18º Congresso Brasileiro de Sociologia. O papel do Estado na construção do mercado de cirurgias bariátricas e metabólicas no Brasil. 2017. (Congresso).

2.
XI JORNADA ACADÊMICA DO CURSO DE NUTRIÇÃO. 2017. (Outra).

3.
XVIII Congresso Brasileiro de Cirurgia Bariátrica e Metabólica da SBCBM. 2017. (Congresso).

4.
15º. Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia.Profissionais da Nutrição em Florianópolis, SC: as transformações recentes nas instituições, mercado e formação.. 2016. (Seminário).

5.
Sociologia em Debate: todo ponto de vista é a vista de um determinado ponto pto.Sociologia na Prática: globalização, condições de trabalho e desenvolvimento. 2015. (Seminário).

6.
XVII Congrasso Brasileiro de Sociologia. Ciência da Nutrição: instituições, mercado e formação profissional em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.. 2015. (Congresso).

7.
Business and Social Science Research Conference: Paris 2014.Nutritional Science: institutions, market and professional background at Florianópolis, Santa Catarina, Brazil.. 2014. (Seminário).

8.
World Nutrition - Rio 2012. Memória e trajetória na construção dos saberes sobre alimentação saudável.. 2012. (Congresso).

9.
II Simpósio Sul-Americano de Geriatria e Gerontologia.Os discursos sobre alimentação saudável: um estudo de caso com os participantes do Programa Floripa Ativa do bairro Córrego Grande, em Florianópolis/SC. 2011. (Simpósio).

10.
1° ECOSS.AS ALEGAÇÕES DE SAÚDE DOS ALIMENTOS. 2010. (Seminário).

11.
1° ECOSS. 2010. (Seminário).

12.
FAZENDO GÊNERO 9. 2010. (Seminário).

13.
V Encontro Nacional da ANPPAS. 2010. (Encontro).

14.
19° SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA.Os alimentos funcionais em supermercados: análise sociológica da construção social das alegações de saúde, seu papel nas políticas de saúde pública e no perfil das escolhas dos consumidores.. 2009. (Seminário).

15.
A REGIONALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA À SAÚDE: COORDENAÇÃO INTERGOVERNAMENTAL E AÇÃO COLETIVA. 2009. (Outra).

16.
Gênero, poder e sexualidade. 2009. (Outra).

17.
III Jornada de Sociologia da Saúde.ABORDAGEM SOCIOLÓGICA SOBRE AS ALEGAÇÕES DE SAÚDE DOS ALIMENTOS FUNCIONAIS: UM ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DE UM PÚBLICO ALVO. 2009. (Encontro).

18.
III Jornada de Sociologia da Saúde. 2009. (Encontro).

19.
Seminário Nacional de Sociologia Econômica. 2009. (Seminário).

20.
Fazendo Genero 8. 2008. (Seminário).

21.
O Ritmo da vida na pós-modernidade: o reencantamento do tempo?. 2008. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
AMORIM, B. M.; GRISOTTI, M. ; PIRES, F.D.A ; SACCOL, A. P. . 1° ECOSS - Seminário de Sociologia da Saúde e Ecologia Humana. 2010. (Outro).

2.
AMORIM, B. M.; GRISOTTI, M. ; PIRES, F.D.A . As zoonoses no século XXI e as perspectivas de pesquisa nas Ciências Sociais. 2009. (Outro).

3.
AMORIM, B. M.. I Seminário de Sociologia Econômica - monitoria. 2009. (Outro).



Inovação



Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
GRISOTTI, M. ; GAEDTKE, K.M. ; AMORIM, B. M. ; SACCOL, A. P. ; SANTOS, C. A. . Diálogos entre Sociologia e Saúde II. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/11/2018 às 8:03:57