Francisco Gauberto Barros dos Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9516495299770885
  • Última atualização do currículo em 12/05/2018


Professor de Ensino Básico Técnico e Tecnológico do IFCE, Campus Crato-CE, Graduado em Recursos Hídricos/Irrigação pelo CENTEC-CE (2003), Especialista em Gestão Integrada de Recursos Hídricos pela Universidade Federal do Ceará -UFC (2008), Mestre em Agronomia (Ciências do Solo) pela Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE (2006) e Doutor em Fitotecnia pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA (2012). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Francisco Gauberto Barros dos Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, F. G. B.;SANTOS, FRANCISCO GAUBERTO BARROS DOS

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal do Ceará - Reitoria, Campus Crato.
Rodovia CE 292, Km 15
Gisélia Pinheiro
63115500 - Crato, CE - Brasil
Telefone: (88) 35868100
URL da Homepage: http://www.eafcrato.gov.br/


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2012
Doutorado em Fitotecnia.
Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA, Brasil.
Título: Análise do crescimento, produção e qualidade de melão cantaloupe em cultivo protegido temporariamente com agrotêxtil em Mossoró-RN, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Maria Zuleide de Negreiros.
Coorientador: José Francismar de Medeiros.
Palavras-chave: Cucumis melo L.; tecido-não-tecido; Proteção de plantas; Acúmulo de massa seca; florescimento.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia.
2004 - 2006
Mestrado em Agronomia (Ciências do Solo).
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Título: Substratos para Produção de Mudas utilizando resíduos agroindustriais,Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: José Júlio Vilar Rodrigues.
Palavras-chave: ciência do solo; substrato hortícola; alface; tomate; crisântemo; casca de arroz.
2006 - 2007
Especialização em Gestão Integrada de Recursos Hídricos em Bacias Hi. (Carga Horária: 360h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
Título: Análise da Técnica Barraginhas como alternativa para captação de águas pluviais.
Orientador: Maria Inês Teixeira Pinheiro.
Bolsista do(a): Secretaria de Recursos Hídricos - PRÓ-ÁGUA, SRH, Brasil.
2000 - 2003
Graduação em Recursos Hídricos/Irrigação.
Instituto Centro de Ensino Tecnológico, CENTEC, Brasil.
Título: Fertirrigação em Fruteiras Tropicais.
Orientador: Silas Barros de Alencar.
1979 - 1981
Curso técnico/profissionalizante.
ESCOLA AGROTECNICA FEDERAL DE CRATO, EAFCRATO, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
O segredo da identificação de plantas. (Carga horária: 10h).
Brasil Bioma, BRASIL BIOMA, Brasil.
2016 - 2016
aVANÇOS NO LEVANTAMENTO BOTÂNICO DE PAUS DOIAS. (Carga horária: 8h).
EMBRAPA AGROINDÚSTRIA TROPICAL, EMBRAPA, Brasil.
2016 - 2016
Água em curso - Multiplicadores. (Carga horária: 40h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2016 - 2016
IrrigaWeb - Capacitação em Uso e manejo da Irrigação. (Carga horária: 200h).
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
2014 - 2014
III WORKSHOP EM IRRIGAÇÃO. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Vale do São Francisco, UNIVASF, Brasil.
2014 - 2014
IRRIGAÇÃO AGRÍCOLA. (Carga horária: 400h).
CURSOS VIRTUAIS NET, CURSOSVIRTUAIS.N, Brasil.
2013 - 2013
Irrigação e fertirrigação em fruteiras. (Carga horária: 20h).
Instituto Frutal, FRUTAL, Brasil.
2012 - 2012
Curso de irrigação Soluções Tigre para produção ag. (Carga horária: 15h).
Tigre S.A. Tubos e Conexões, TIGRE, Brasil.
2012 - 2012
Manejo de irrigação, fertirrigação e adubação foli. (Carga horária: 20h).
Instituto de Desenvolvimento da Fruticultura e Agroindústria, INST. FRUTAL, Brasil.
2008 - 2008
Produção e mercado para citros de mesa. (Carga horária: 20h).
Instituto de Desenvolvimento da Fruticultura e Agroindústria, INST. FRUTAL, Brasil.
2006 - 2006
Cultivo protegido de hortaliças com foco em tomate. (Carga horária: 12h).
Instituto de Desenvolvimento da Fruticultura e Agroindústria, INST. FRUTAL, Brasil.
2005 - 2005
VII Seminário Brasileiro de Produção Integrada de. (Carga horária: 24h).
Associação Nacional de defensivos agrícolas, ANDEF, Brasil.
2004 - 2004
Agricultura orgânica: produção, pós-colheita e mer. (Carga horária: 12h).
Instituto de Desenvolvimento da Fruticultura e Agroindústria, INST. FRUTAL, Brasil.
2001 - 2001
Seminário uso e manejo de recursos naturais na agr. (Carga horária: 8h).
Secretaria de Agricultura Irrigada, SEAGRI, Brasil.
2000 - 2000
Técnicas de cultivo do maracujá. (Carga horária: 12h).
Sindicato dos Produtores de Frutas do Estado do Ceará, SINDIFRUTA, Brasil.
1999 - 1999
Interpretação de análise de solo e diagnose foliar. (Carga horária: 12h).
Sindicato dos Produtores de Frutas do Estado do Ceará, SINDIFRUTA, Brasil.
1998 - 1998
Cultura do Mamão. (Carga horária: 12h).
Sindicato dos Produtores de Frutas do Estado do Ceará, SINDIFRUTA, Brasil.
1997 - 1997
Micro-irrigação em fruteiras. (Carga horária: 12h).
Sindicato dos Produtores de Frutas do Estado do Ceará, SINDIFRUTA, Brasil.
1996 - 1996
Técnicas de Cultivo da manga. (Carga horária: 12h).
Instituto Frutal, FRUTAL, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Federal do Ceará Campus Crato, IFCE, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


M&M Agro-Avícola LTDA, M&M, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1993
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Técnico em Agropecuária, Carga horária: 40
Outras informações
Gerente de empresa produtora de Frango de Corte.


Instituto Federal do Ceará - Reitoria, IFCE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor de ensino básico técnico e tecnológ, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Ministra as disciplinas Fruticultura, irrigação e drenagem, olericultura, e agroecologia no IFCE Campus Crato-CE e a disciplina de Irrigação e Drenagem no IFCE Campus Umirim-CE Ministra disciplina de Morfologia Vegetal no curso de Bacharelado em Zootecnia IFCE Campus Crato. Professor do curso de Especialização em Gestão e manejo de Recursos Ambientais (IFCE Campus Crato) Professor do Curso de Especialização em Manejo sustentável da Irrigação para Desenvolvimento de Sistemas Agrícolas.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador Curso Superior em Zootecanis, Carga horária: 8, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2013 - Atual
Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Morfologia vegetal
01/2010 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Fruticultura, Olericultura, Irrigação e Drenagem, Agroecologia, Culturas anuais
01/1995 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Federal do Ceará - Campus Crato, .


ESCOLA AGROTECNICA FEDERAL DE CRATO, EAFCRATO, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: técnico em agropecuária, Carga horária: 40
Outras informações
Ocupou as funções de Coordenador Geral de Produção e Pesquisa (março/2007 a março/2008), chefe do setor de agricultura e Coordenador de Projetos. Atualmente é responsável técnico dos setor de Fruticultura irrigada.

Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 20
Outras informações
Professor substituto da Escola Agrotécnica Federal de Crato; Disciplinas ministradas: Manejo Integrado de Pragas, Olericultura, Fruticultura. Acúmulo de cargo permitido pela Constituição Brasileira: cargo técnico ou científico e professor.

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador Geral de Produção e Pesquisa, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1998 - 2000
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Chefe Setor de Agricultura, Carga horária: 40


Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará, EMATERCE, Brasil.
Vínculo institucional

1984 - 1991
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Técnico Auxiliar em Desenvolvimento Agropecuá, Carga horária: 40
Outras informações
Extensionista Rural, Coordenador do Escritório Distrital de Palestina(Mauriti-CE), Coordenador do Escritório Local de Jati-CE, Coordenador do Escritório Distrital de Jamacaru (Missão Velha-CE), Extensionista do escritório Local de Iracema-CE. Atividades: Assistência Técnica a produtores e suas Associações em culturas irrigadas e de sequeiro, adubação, fitossanidade, crédito rural e administração rural.



Linhas de pesquisa


1.
Fitotecnia
2.
Irrigação
3.
Agroecologia


Projetos de pesquisa


2017 - 2017
Inclusão da torta de amêndoa de macaúba em rações de frangos de corte
Descrição: Tendo em vista o grande avanço da avicultura nacional e os altos preços com alimentação das aves, é primordial a avaliação de novos ingredientes para a sua inclusão na dieta de frango de corte. Considerando que, a região do Cariri cearense possui uma ocorrência significante da ?macaúba-barriguda? (Acrocomia aculeata var. Intumescens Drude); o presente trabalho teve como finalidade avaliar o desempenho zootécnico, rendimento de carcaça e viabilidade econômica de frangos de corte, alimentados com rações contendo diferentes níveis de inclusão da torta de amêndoa da ?macaúba-barriguda? (TAM). A pesquisa foi conduzida no setor de avicultura de corte do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia ? IFCE, campus Crato. Foram utilizadas 80 aves com aptidão de corte, machos, da linhagem Ross308 (AP95); sendo dois experimentos sequenciais com os mesmos tratamentos e repetições em delineamento inteiramente casualizado: o Experimento I correspondeu à fase de crescimento (22 aos 33 dias de idade) e Experimento II à fase final (34 aos 43 dias de idade). Os tratamentos foram constituídos por diferentes níveis de inclusão da TAM nas rações: T1 (tratamento controle) ? 0,0% da TAM; T2 ? 4,0% da TAM; T3 ? 8,0% da TAM; e T4 12,0% da TAM. Cada tratamento foi constituído por quatro repetições, com 5 aves por unidade experimental. Os resultados evidenciaram que a inclusão de até 12% da TAM nas dietas não comprometem as características de desempenho (consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar) de frangos de corte nas fases de crescimento (22 aos 33 dias) e final (34 aos 43 dias) (P>0,05). Para as características de carcaça, a inclusão da TAM nas fases de crescimento e final em até o nível de 12% nas rações não influenciou rendimento de carcaça das aves, avaliado aos 43 dias de idade (P>0,05). Comparando-se com a dieta controle (0% de TAM), a inclusão da TAM, nas fases de crescimento (22 a 33 dias) e final (34 a 43 dias) em até 12% nas rações de frangos de corte, foram economicamente viáveis e apresentaram menor custo por quilograma de ração e melhor índice de eficiência econômica. Desta forma, conclui-se que a TAM pode ser incluída em até o nível de 12% nas dietas para frangos de corte de 22 a 43 dias de idade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Francisco Gauberto Barros dos Santos - Coordenador / PRISCILA IZIDRO DE FIGUEIREDO - Integrante / Francisco Israel Amancio Frutuoso - Integrante / Aline Gomes de Andrade Silva - Integrante.Número de orientações: 1
2017 - 2017
INCLUSÃO DA TORTA DE AMÊNDOA DA MACAÚBA EM RAÇÕES DE FRANGOS DE CORTE
Descrição: Tendo em vista o grande avanço da avicultura nacional e os altos preços com alimentação das aves, é primordial a avaliação de novos ingredientes para a sua inclusão na dieta de frango de corte. Considerando que, a região do Cariri cearense possui uma ocorrência significante da ?macaúba-barriguda? (Acrocomia aculeata var. Intumescens Drude); o presente trabalho teve como finalidade avaliar o desempenho zootécnico, rendimento de carcaça e viabilidade econômica de frangos de corte, alimentados com rações contendo diferentes níveis de inclusão da torta de amêndoa da ?macaúba-barriguda? (TAM). A pesquisa foi conduzida no setor de avicultura de corte do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia ? IFCE, campus Crato. Foram utilizadas 80 aves com aptidão de corte, machos, da linhagem Ross308 (AP95); sendo dois experimentos sequenciais com os mesmos tratamentos e repetições em delineamento inteiramente casualizado: o Experimento I correspondeu à fase de crescimento (22 aos 33 dias de idade) e Experimento II à fase final (34 aos 43 dias de idade). Os tratamentos foram constituídos por diferentes níveis de inclusão da TAM nas rações: T1 (tratamento controle) ? 0,0% da TAM; T2 ? 4,0% da TAM; T3 ? 8,0% da TAM; e T4 12,0% da TAM. Cada tratamento foi constituído por quatro repetições, com 5 aves por unidade experimental. Os resultados evidenciaram que a inclusão de até 12% da TAM nas dietas não comprometem as características de desempenho (consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar) de frangos de corte nas fases de crescimento (22 aos 33 dias) e final (34 aos 43 dias) (P>0,05). Para as características de carcaça, a inclusão da TAM nas fases de crescimento e final em até o nível de 12% nas rações não influenciou rendimento de carcaça das aves, avaliado aos 43 dias de idade (P>0,05). Comparando-se com a dieta controle (0% de TAM), a inclusão da TAM, nas fases de crescimento (22 a 33 dias) e final (34 a 43 dias) em até 12% nas rações de frangos de corte, foram economicamente viáveis e apresentaram menor custo por quilograma de ração e melhor índice de eficiência econômica. Desta forma, conclui-se que a TAM pode ser incluída em até o nível de 12% nas dietas para frangos de corte de 22 a 43 dias de idade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Francisco Gauberto Barros dos Santos - Coordenador / PRISCILA IZIDRO DE FIGUEIREDO - Integrante / Francisco Israel Amancio Frutuoso - Integrante.
2016 - 2016
AVALIAÇÃO DO MESOCARPO DESIDRATADO DE FRUTOS DA ?MACAÚBA-BARRIGUDA? (Acrocomia aculeata var. intumescens) COMO SUBSTITUTO PARCIAL DO MILHO EM RAÇÕES DE FRANGOS DE CORTE
Descrição: Na área da nutrição, várias pesquisas têm sido realizadas na busca de alternativas que possibilitem a formulação de rações mais eficientes e econômicas, visto que a alimentação constitui 70% dos custos de produção de frangos de corte. Neste sentido, o mesocarpo de frutos da ?macaúba-barriguda? (Acrocomia aculeata var. intumescens), que é endêmica da região Nordeste do Brasil e com concentração de maciços expressivos na região do Cariri cearense, apresenta-se como uma das alternativas para composição da ração de frangos de corte. O presente estudo tem como objetivo avaliar o desempenho de frangos de corte alimentados com rações com diferentes níveis de inclusão do mesocarpo desidratado de frutos da ?macaúba-barriguda ? MDFM em substituição parcial do milho. Além das variáveis de desempenho zootécnico das aves (ganho de peso, consumo de ração, conversão alimentar, viabilidade e fator de produção), serão ainda determinados: a caracterização física e bromatológica (umidade, ácidos graxos, proteínas, carboidratos, amidos, cinzas e fibras) dos frutos da macaúba e as características de carcaça das aves abatidas. O experimento será realizado no setor de avicultura de corte do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará ? IFCE Campus Crato. Serão utilizadas 80 aves com aptidão de corte, machos, da linhagem Ross adquiridos com um dia de idade. Será usado um delineamento inteiramente casualizado, decomposto em modelo fatorial de 3 (fases de desenvolvimento: inicial ? 8 aos 21 dias; crescimento ? 22 aos 35 dias e terminação ou final ? 36 aos 42 dias), por 4 (níveis de inclusão de MDFM em substituição parcial do milho: controle ? sem inclusão de MDFM; 5% de inclusão de MDFM; 10% de inclusão de MDFM e 15% de inclusão de MDFM). Serão constituídos por quatro repetições com 5 aves por unidade experimental. O tratamento controle corresponderá a uma ração basal utilizada na alimentação de frangos de corte do IFCE Campus Crato. As aves serão pesadas a cada sete dias e no final do experimento que ocorrerá aos 42 dias de idade das aves. Os dados obtidos serão submetidos à análise de variância, sendo as médias dos tratamentos comparadas ao tratamento controle pelo teste de Dunnett a 5% de probabilidade e, quando significativo, as médias dos tratamentos serão submetidas à análise de regressão..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Francisco Gauberto Barros dos Santos - Coordenador / Patricia Isabela Leite dos Santos - Integrante.Número de orientações: 1
2016 - Atual
AVALIAÇÃO DE DOIS GENÓTIPOS DE MANDIOCA (Manihot esculenta Crantz) MULTIPLICADAS POR PROPAGAÇÃO RÁPIDA E COLHIDAS EM DIFERENTES IDADES NA REGIÃO DO CARIRI CEARENSE
Descrição: A mandiocultura é praticada por pequenos produtores e se constitui em um alimento básico da população, especialmente a de baixa renda. Além disso, a mandioca é capaz de produzir alimentos para animais de criação mesmo em períodos de seca que são comuns nas regiões semiáridas. Todavia, o Estado do Ceará registra no ano de 2016, segundo o IBGE a menor produtividade desta cultura em relação aos outros estados da federação. Dentre os problemas enfrentados observa-se a baixa disponibilidade de material propagativo e a redução da qualidade fisiológica das manivas sementes. Com o objetivo de avaliar a produção das raízes e parte aérea de genótipos de mandioca multiplicadas a partir de protocolo de propagação rápida e livres de viroses, colhidas em diferentes idades na região do cariri cearense, será conduzido um experimento na área de produção do Instituto Federal do Ceará, campus Crato, no período de agosto de 2016 a agosto de 2017. O estudo será realizado em delineamento de blocos casualizados com quatro repetições, em parcelas subdivididas, sendo os dois genótipos (?Pretinha? e ?Piauí?) alocados nas parcelas e as épocas de colheitas (oito, dez e doze meses após a plantio) nas subparcelas. Será adotado o espaçamento de 1m entre fileiras e 0,8m entre plantas. Cada unidade experimental será constituída por três linhas de seis metros A parcela foi constituida por três linhas de 6 m de comprimento (14,4 m2 de área total) com 1,5 m de bordadura em cada extremidade, deixando-se uma linha de cada lado como bordadura lateral. O material propagativo (manivas) utilizado será oriundo de uma unidade de propagação rápida instalada no IFCE campus Crato, em parceria com a Embrapa Caprinos e Ovinos, como parte integrante do Projeto Reniva (Rede de multiplicação e Transferência de manivas-sementes de mandioca com qualidade genética e fitossanitária). Após a colheita, às raízes serão separadas da parte aérea com uso de facão, pesadas e submetidas as avaliações a se¬guir na parcela útil: altura das plantas (m), diâmetro (mm) e número de raízes (no), massa fresca da parte aérea e raiz (g), massa seca da parte aérea e raízes (g), espessura da periderme (mm), produtividade de raíz (kg ha-1), estande final, índice de colheita, teor de amido e conteúdo cianogênico das raízes. Os dados serão submetidos à análise de variância e as médias entre as cultivares comparadas pelo teste F com uso do progra¬ma computacional Sisvar®. Para os tempos de colheita será ajusta¬do quando possível a equação de regressão com p>0,05 de significância com uso do progra¬ma Table Curve®.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Francisco Gauberto Barros dos Santos - Coordenador / Fabrina de Sousa Lima - Integrante / Flaviana Gomes da Silva - Integrante / Cicero Francineudo Monteiro do Nascimento - Integrante / Aline Gomes de Andrade Silva - Integrante.
2014 - 2015
Levantamento floristico de fragmentos florestais do IFCE Campus Crato
Descrição: O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE Campus Crato tem 60 anos de história e possui em torno de 50 ha de fragmentos florestais com diferentes graus de preservação, dos quais não se tem nehuma informação registrada da composição florística, evidenciando a importância de trabalhos nesta área. O objetivo do presente projeto é inventariar a composição florística nas áreas de matas do Campus Crato com identificação dos indivíduos no nível de familia, gênero e espécie; diagnosticar estado de preservação das diversas áreas; multiplicar as espécies existentes em horto florestal para subsidiar futuras ações de conservação ambiental; iniciar implantação de um herbário e espermatoteca no Campus; avaliar a possibilidade de construção de trilhas ecológica para atuar na educação ambiental tanto com os alunos da nossa Instituição quanto dos discentes das escolas da região do Cariri e auxiliar com as informações obtidas os trabalhos vindouros de pesquisa e extensão. Nos fragmentos florestais serão escolhidas dez áreas de acordo com o grau de preservação que serão amostradas. Cada uma destas unidades experimentais (parcelas) terá uma área de 20mx10m, perfazendo um total de 2.000 m2, onde as plantas serão identificadas, mapeadas, coletadas, determinados indicies fitossociológicos de densidade, frequencia e dominância. Os resultados serão divulgados à comunidade através palestras, trilhas ecológicas, artigos científicos e publicação de mídia ilustrada..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Francisco Gauberto Barros dos Santos - Coordenador / PRISCILA IZIDRO DE FIGUEIREDO - Integrante / José dilson dos Santos Junior - Integrante / Guilherme Romão Silva - Integrante / Patricia Isabela Leite dos Santos - Integrante.
2014 - 2015
Aspectos economicos e produtivos da caprinocultura no Cariri Cearense
Descrição: No nordeste brasileiro concentra-se aproximadamente 93% do efetivo nacional de caprinos, demonstrando que a região tem um potencial natural para a exploração desses animais. A produção de pequenos ruminantes caracteriza-se como uma atividade de grande importância cultural, social e econômica para o Ceará, desempenhando papel crucial no desenvolvimento da região. O objetivo deste estudo foi descrever sob o ponto de vista social e econômico os sistemas de produção de caprinos, nas cinco principais cidades da região do Cariri, localizada no sul do Ceará. Serão analisados também as formas de comercialização e o sistema de produção de caprinos, sobretudo nas pequenas e médias propriedades, visualizando, nesse contexto, a importância econômica desses animais para a região. Buscará também traçar um perfil sócio econômico dos produtores dessa região e quais os principais estabelecimentos que comercializam os produtos da caprinocultura. A partir de visitas domiciliares serão aplicados questionários entre os criadores de caprinos das cidades selecionados, envolvendo aspectos economicos, sociais, produtivos e de comercialização. Os dados coletados serão organizados, analisados utilizando estatistica descritiva e apresentados a comunidade em forma de artigo científico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Francisco Gauberto Barros dos Santos - Coordenador / Débora Ysis Ribeiro Barbosa - Integrante / Francisca Maria dos Santos Lima - Integrante / José Lucas Ferreira do Nascimento - Integrante.
2013 - 2014
RENDIMENTO E QUALIDADE DE GENÓTIPOS DE BATATA-DOCE NA REGIÃO DO CARIRI CEARENSE
Descrição: O objetivo deste trabalho será avaliar a produtividade e a qualidade físico-química das raízes tuberosas de cultivares já utilizada pelos agricultores e de novos genótipos nas condições e sistema de cultivo local. O experimento será realizado na Horta didática do IFCE Campus Crato-CE, no período de agosto a novembro de 2013. O delineamento experimental será de blocos casualizados com seis tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos serão representados pela batata doce biofortificada ?Beauregard?(polpa alaranjada rica em beta caroteno), pela ?ESAM 2? e por quatro cultivares regionais: ?Sangue de Boi?, ?Rainha?, ?Branca Ligeira? e ?Roxinha?. As ramas das cultivares regional serão coletadas junto aos agricultores das cidades caririenses: Jardim e Barbalha-Ce.; para a ?Bearegard? serão utilizados material disponível na unidade de observação do IFCE Campus Crato-CE, disponibilizado pela Embrapa Meio-Norte (Teresina-PI) e, a cultivar ESAM 2, junto ao banco de germoplasma da UFERSA em Mossoró-RN. As parcelas serão compostas por três linhas com quinze plantas cada, totalizando 45 plantas por parcela. O espaçamento será de 1,0 m entre leiras e 0,3 m entre plantas. Para avaliação será colhida a linha central. As características avaliadas serão produtividade total, comercial e não comercial de raiz tuberosa (t ha-1), sua composição física e química (umidade, pH e acidez, açúcares solúveis totais, fibras, cinzas e betacaroteno), formato das raizes e danos causados por insetos. Os dados serão submetidos à análise de variância e as médias dos tratamentos comparadas pelo teste Tukey, adotando¬-se o nível de 5% de probabilidade. Para análise dos dados será utilizado o progra¬ma computacional SISVAR (Ferreira, 2008). Os dados referentes às caracte¬rísticas formato de raízes e resistência a insetos do solo serão transformados em √x, sendo apresentados os valores originais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Produção de Mudas de Macauba: uma alternativa agroecológica para produção de biodiesel
Descrição: A macaúba (Acrocomia aculeata (Jacq.) Lodd. ex Mart), sempre foi uma planta desprezada e pouco conhecida até mesmo pelos brasileiros. Contudo, recentemente ela despertou, entre os pesquisadores e também o governo, grande interesse devido ao seu potencial uso para a produção de biocombustível; além de ser altamente produtiva é adaptada a regiões semiáridas. Na região do Cariri, é comum a sua presença. Predomina, todavia, no meio acadêmico escassez de informações botânicas, ecológicas e agronômicas que possibilitem a incorporação dessa espécie em sistemas de produção, sobretudo em aspectos relacionados à propagação das mesmas. A germinação natural de sementes das palmeiras tem sido apontada como lenta (até 2 anos), irregular e freqüentemente baixa (3%), podendo exibir diferentes graus de dormência, o que torna a produção de mudas um grande desafio. Este trabalho terá como objetivo mapear locais de maiores concentrações naturais dessa espécie de palmeira no Cariri cearense, caracterizar frutos oriundos de diferentes locais de coleta e avaliar métodos que possibilitem a superação dos mecanismos de dormência visando à formação de mudas, contribuindo assim, para uma importante alternativa com base agroecológica para produção de biocombustíveis. O experimento será conduzido de julho de 2012 a março de 2013, em delineamento inteiramente casualizado, no viveiro localizado no setor de produção do Instituto Federal do Ceará Campus Crato. Serão cinco locais de coleta de frutos na região do Cariri e três tratamentos para quebra de dormência dos pirênios da macaúba e mais um controle. Os tratamentos para superação de dormência serão escarificação das sementes e choque térmico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Rendimento do girassol em função de adubações boratadas no Cariri cearense
Descrição: este trabalho terá como objetivo avaliar o efeito da adubação borácica na cultura do girassol nas condições edafo-climáticas da região do Cariri cearense. Será implantado um experimento, com delineamento em blocos casualizados. constituído de seis tratamentos e quatro repetições, com a aplicação de 0,1, 2, 3, 4 e 5 kg ha-1 de boro, usando como fonte o ácido bórico, de maneira convencional. As variáveis avaliadas serão: fenologia, altura da planta, diâmetro do caule, massa de 1000 aquênios, massa média de aquênio e potencial de produtividade de aquênios da planta..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Francisco Gauberto Barros dos Santos - Coordenador / Débora Ysis Ribeiro Barbosa - Integrante / Mateus Freitas de Souza - Integrante / João Marcos Rodrigues de Oliveira - Integrante / Brenda de Alencar Brandão - Integrante / Sebastião Rodrigo Gomes Farias - Integrante / Jéssica Katiane Silva Souza - Integrante.Financiador(es): Instituto Federal do Ceará - Reitoria - Bolsa.
2010 - 2012
Análise do crescimento, produção e qualidade de melão cantaloupe em cultivo protegido temporariamente com agrotêxtil em Mossoró-RN
Descrição: O presente trabalho foi realizado na Horta Didática da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) em Mossoró-RN, durante o período de julho a outubro de 2010. Foram realizados dois experimentos com melão, na mesma área, em solo arenoso, no espaçamento de 2,0m x 0,30m sob irrigação por gotejamento. O primeiro experimento teve como objetivo a análise do crescimento de melão cantaloupe ?Acclaim? em cultivo protegido temporariamente com agrotêxtil. O delineamento foi em blocos casualizados completos com quatro repetições dispostos em parcelas subdivididas no tempo. As parcelas foram representadas pelo número de dias após o transplantio das mudas (DAT) em que as plantas permaneceram sob agrotêxtil (0, 18, 21, 24, 27 e 30 DAT) e as subparcelas pelas épocas de amostragens das plantas para análise do crescimento (13, 20, 27, 34, 41, 48 e 55 DAT). Foram avaliados o acúmulo de massa seca nas folhas, ramos, flores, frutos e total além dos índices fisiológicos. Os tratamentos com proteção temporária com agrotêxtil não influenciaram o acúmulo de massa seca nos ramos, nas flores, nos frutos e acúmulo de massa seca total, índice de área foliar (IAF), razão de peso foliar (RPF), taxa de crescimento absoluto (TCA), taxa de crescimento relativo (TCR) e taxa assimilatória líquida (TAL). Porém, afetaram o acúmulo de massa seca nas folhas sendo o tratamento sem agrotêxtil o que promoveu maior média avaliada aos 55 DAT. O segundo experimento teve como objetivo avaliar a produção e a qualidade de dois híbridos de melão cantaloupe em cultivo protegido temporariamente com agrotêxtil. O delineamento experimental foi de blocos casualizados completos com quatro repetições, dispostos em parcelas subdivididas no espaço. As parcelas foram representadas pelo número de dias após o transplantio das mudas (DAT) em que as plantas permaneceram sob proteção de agrotêxtil (0, 18, 21, 24, 27 e 30 DAT) e as sub-parcelas por dois híbridos F1 de melão cantaloupe: ?Acclaim? e ?Caribbean Gold RZ?..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Francisco Gauberto Barros dos Santos - Integrante / Maria Zuleide de Negreiros - Coordenador / José Francismar de Medeiros - Integrante / Damiana Cleuma de Medeiros - Integrante.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Ecomapss: uso da tecnologia para educação ambiental, conhecimento da flora, fauna e história das unidades de conservação do estado do Ceará
Descrição: Ecomapss é um aplicativo que utiliza a tecnologia móvel e apresenta informações referentes a história, flora fauna e fósseis das unidades de conservação do Estado do Ceará. O objetivo deste trabalho é apresentar uma plataforma interativa por meio de um aplicativo móvel, para despertar o aprendizado acerca da diversidade existente nas unidades de conservação. É direcionado para população em geral que venham a visitar as unidades de conservação e especificamente a alunos da rede pública e privada de educação. Com informações disponibilizada nesta plataforma digital procura-se expandir cada vez mais a importância dos recursos naturais existentes mantendo um trabalho de educação ambiental constante. Pode ajudar professores e alunos em aulas de campo..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Francisco Gauberto Barros dos Santos - Integrante / João Brito Abreu - Coordenador / Brisa do Svadeshi Cabral de Melo - Integrante / João Willamy Evangelista de Sousa - Integrante / Matheus Soares de Lacerda - Integrante / Talles Brito Viana - Integrante / Jayne de Morais Silva - Integrante.


Revisor de periódico


2013 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Horticultura Ornamental (Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Principia (João Pessoa)
2016 - Atual
Periódico: Revista Ceres
2016 - Atual
Periódico: Revista Caatinga (Online)
2017 - Atual
Periódico: SODEBRÁS
2017 - Atual
Periódico: Revista brasileira de agricultura irrigada


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia/Especialidade: Manejo e Tratos Culturais.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Física do Solo.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: IRRIGAÇÃO.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2016
Padrinho da turma concludente 2015.1 do curso técnico em agropecuária modalidade Subsequente, IFCE Campus Crato.
2016
Professor Homenageado conclusão de curso Técnico em Agropecuária Modalidade Subsequente IFCE Campus Crato, .
2009
Nome da turma concluinte do ano de 2009 do Curso Técnico em agropecuária-Subsequente do IFCE, Campus Crato-CE, IFCE Campus Crato-CE.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SANTOS, FRANCISCO GAUBERTO BARROS DOS2015 SANTOS, FRANCISCO GAUBERTO BARROS DOS; NEGREIROS, MARIA ZULEIDE DE ; MEDEIROS, JOSÉ FRANCISMAR DE ; NUNES, GLAUBER HENRIQUE DE SOUSA ; MEDEIROS, DAMIANA CLEUMA DE ; GRANGEIRO, LEILSON COSTA . Produção e qualidade de melão Cantaloupe em cultivo protegido temporariamente com agrotêxtil em Mossoró, Rio Grande do Norte. Revista Ceres, v. 62, p. 93-100, 2015.

2.
OLIVEIRA, J. L.2015OLIVEIRA, J. L. ; SANTOS, F. G. B. ; Freire, J. L. O. ; MELO, D. A. ; TORRES, E. C. M. . Comportamento morfofisiológico de mudas de mamoeiro 'Sunrise Solo' produzidas com águas salinas e biofertilizante bovino.. Principia (João Pessoa), v. 27, p. 30-38, 2015.

3.
SANTOS, F. G. B.;SANTOS, FRANCISCO GAUBERTO BARROS DOS2014 SANTOS, F. G. B.; NEGREIROS, M. Z. ; MEDEIROS, J.F. ; LOPES, WAR ; SOARES, A.M. ; NUNES, G. H. S. ; FREITAS, F. C. L. . Growth and yield of Cantaloupe melon Acclaim in protected cultivation using agrotextile. Horticultura Brasileira (Impresso), v. 32, p. 55-62, 2014.

4.
SOARES JUNIOR, M. P.2012SOARES JUNIOR, M. P. ; PEREIRA JUNIOR, E. B. ; SANTOS, F. G. B. ; Aguiar Neto, P. ; SAMPAIO, R. N. ; BORGES, M. G. B. ; FERREIRA, R. T. F. V. . Educação ambiental: um desafio à sustentabilidade socioambiental. Revista Brasileira de Gestão Ambiental, v. 6, p. 18-34, 2012.

5.
Aguiar Neto, P.2010Aguiar Neto, P. ; OLIVEIRA, F. A. ; SILVA, P. V. ; PEREIRA JUNIOR, E. B. ; SANTOS, F. G. B. . Influência da calagem e de fósforo sobre a disponibilidade de nutrientes e desenvolvimento do girassol. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 5, p. 137-143, 2010.

6.
Aguiar Neto, P.2010Aguiar Neto, P. ; OLIVEIRA, F. A. ; Marques, L. F. ; Rodrigues, A. F. ; SANTOS, F. G. B. . Efeitos da aplicação do fósforo no crescimento da cultura do girassol. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 5, p. 148-155, 2010.

7.
LIMA, A. N.2008LIMA, A. N. ; Freire, J. L. O. ; SANTOS, F. G. B. ; BRITO NETO, J. V. . Oviposição de mosca branca (Bemisia tabaci) biótipo B, em variedades de tomateiro (Licopersicon esculentum Mill). Cadernos Temáticos (Impresso), v. unico, p. 235-235, 2008.

8.
Freire, J. L. O.2008 Freire, J. L. O. ; LIMA, A. N. ; MARINUS, J. V. M. L. ; SANTOS, F. G. B. . Características físicas de frutos de acerola cultivada em pomares de diferentes microrregiões da Paraíba. Agropecuária Técnica (UFPB), v. 27, p. 105-110, 2008.

9.
Freire, J. L. O.2007Freire, J. L. O. ; LIMA, A. N. ; SANTOS, F. G. B. ; MARINUS, J. V. M. L. ; FREITAS, H. E. S. C. . Teores de nutrientes na área foliar de plantas em fase de produção e exportação de nutrientes de frutos de acerola em pomares do estado da Paraíba. Engenharia Ambiental (UNIPINHAL. Impresso), v. 4, p. 79-81, 2007.

Capítulos de livros publicados
1.
Freire, J. L. O. ; FEITOSA, T. S. ; SANTOS, F. G. B. ; LIMA, A. N. . Horta Escolar: uma estratégia de aprendizagem e construção do cidadão. Cadernos Temáticos MEC SETEC. Brasilia: SETEC - MEC, 2008, v. 20, p. 93-95.

2.
LIMA, A. N. ; Freire, J. L. O. ; SANTOS, F. G. B. ; BRITO NETO, J. V. . Uso de variedades de tomateiro no controle da mosca branca. Cadernos Temáticos MEC SETEC. Brasilia: MEC SETEC, 2007, v. 1, p. 32-37.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
FRUTUOSO, F. I. A. ; GOMES, M. L. R. ; SILVA, F. G. ; SILVA, T. C. ; FIGUEIREDO, P. I. ; LIMA, F. S. ; VILLACA, C. L. P. B. ; SANTOS, F. G. B. . Inclusão da torta da amêndoa de macaúba em rações de frangos de corte. In: II SIMPÓSIO DE PRODUÇÃO ANIMAL DA UFRPE - UAST, 2018, Serra talhada-PE. II SIMPOSIO DE PRODUÇÃO ANIMAL DA UFRPE - UAST, 2018.

2.
SANTOS, F. G. B.; VERAS, L. G. C. ; CARDOSO, A. N. ; FIGUEIREDO, P. I. ; LIMA, F. S. ; FRUTUOSO, F. I. A. . Desempenho de um sistema de irrigação por microaspersão em cultivo de macaubeira. In: IV INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING, 2017, FORTALEZA. ANAIS DO IV INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING, 2017.

3.
SANTOS, F. G. B.; RODRIGUES, J. J. V. ; FIGUEIREDO, P. I. ; LIMA, F. S. ; SILVA, F. G. ; SILVA, A. G. A. . Avaliação morfométrica de mudas de alface produzidas em substratos alternativos com e sem fertirrigação. In: IV INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING, 2017, FORTALEZA. ANAIS DO IV INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING, 2017.

4.
SILVA, F. G. ; LIMA, F. S. ; FRUTUOSO, F. I. A. ; FIGUEIREDO, P. I. ; SILVA, A. G. A. ; NASCIMENTO, C. F. M. ; SOUSA, F. R. R. ; SANTOS, F. G. B. . Produtividade e índice de colheita de genótipos de mandioca multiplicadospor propagação rápida, colhidas aos 12 meses no Cariri cearense. In: XII CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 2017, Petrolina-PE. Produção animal no Nordeste: Construindo pontes entre o ensino a pesquisa e a extensão, 2017.

5.
FIGUEIREDO, P. I. ; SANTOS, P. I. L. ; SANTOS, F. G. B. ; VIEIRA, V. A. . Levantamento Florístico de Fragmentos Florestais do IFCE Campus Crato-CE. In: I Encontro de Extensão, Pesquisa e Inovação em Agroecologia, 2015, Picuí. I Encontro de Extensão, Pesquisa e Inovação em Agroecologia, 2015.

6.
SANTOS, P. I. L. ; FIGUEIREDO, P. I. ; SANTOS, F. G. B. ; SANTOS, R. N. A. . Inventário florístico de um sistema agroecológico na Serra dos Paus Dóias em Exu-PE. In: I Encontro de Extensão, Pesquisa e Inovação em Agroecologia, 2015, Picuí. I Encontro de Extensão, Pesquisa e Inovação em Agroecologia, 2015.

7.
NASCIMENTO, J. L. F. ; BARBOSA, D. Y. R. ; SANTOS, F. G. B. . Aspectos econômicos e produtivos da caprinocultura no Cariri cearense. In: I Encontro de Extensão, Pesquisa e Inovação em Agroecologia, 2015, Picuí. I Encontro de Extensão, Pesquisa e Inovação em Agroecologia, 2015.

8.
SANTOS, F. G. B.; SOBREIRA, R. S. ; SANTOS JUNIOR, J. D. ; SILVA, G. R. ; SOUSA, F. R. R. ; CRUZ, F. G. . Avaliação preliminar da batata-doce biofortificada 'Beauregard' nas condições do Cariri Cearense.. In: IX Congresso Norte e Nordeste de Pesquisa e Inovação - CONNEPI, 2014, São Luis. IX Congresso Norte e Nordeste de Pesquisa e Inovação, 2014.

9.
SANTOS, F. G. B.; BARBOSA, D. Y. R. ; BRANDAO, B. A. ; FARIAS, S. R. G. ; OLIVEIRA, J. M. R. ; SOUZA, J. K. S. . RENDIMENTO E MASSA SECA DO GIRASSOL ?EMBRAPA 122/V-2000? EM FUNÇÃO DE ADUBAÇÕES BORATADAS NO CARIRI CEARENSE. In: Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Inovação- CONNEPI, 2013, Salvador-BA. VIII CONNEPI (Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Inovação), 2013.

10.
SANTOS, F. G. ; GALVAO, C. F. ; SILVA, P. V. P. ; MORAES, C. S. ; GOMES, M. F. ; SANTOS, F. G. B. . Aspectos de germinação da macaúba na região do Cariri Cearense. In: II ENICIT JR, 2013, IGUATU-CE. II ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA Jr., 2013.

11.
SOARES, A. M. ; SANTOS, F. G. B. ; NEGREIROS, M. Z. ; MEDEIROS, J.F. ; LUCENA, R. R. M. ; LOPES, WAR ; HONORATO, A. R. F. . Qualidade de melão cantaloupe sob cultivo protegido temporariamente com agrotêxtil branco em Mossoró-RN. In: 52 Congresso Brasileiro de Olericultura, 2012, Salvador-BA. 52 CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 2012. v. 30.

12.
LUCENA, R. R. M. ; SANTOS, F. G. B. ; NEGREIROS, M. Z. ; LOPES, WAR ; MEDEIROS, J.F. ; SOARES, A.M. . Crescimento de melão 'Acclaim' sob cultivo protegido temporariamente com agrotêxtil branco em Mossoró-RN. In: 52 Congresso Brasileiro de Olericultura, 2012, Salvador-BA. 52 CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 2012. v. 30.

13.
LOPES, WAR ; SANTOS, F. G. B. ; NEGREIROS, M. Z. ; MEDEIROS, J.F. ; SOARES, A.M. ; LUCENA, R. R. M. . Índices fisiológicos de melão 'Acclaim' sob cultivo protegido temporariamente com agrotêxtil branco em Mossoró-RN. In: 52 Congresso Brasileiro de Olericultura, 2012, Salvador-BA. 52 CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 2012. v. 30.

14.
NEGREIROS, M. Z. ; SANTOS, F. G. B. ; SOARES, A.M. ; MEDEIROS, J.F. ; LUCENA, R. R. M. ; LOPES, WAR ; HONORATO, A.R.F. . Produção de melão cantaloupe sob cultivo protegido temporariamente com agrotêxtil branco em Mossoró-RN. In: 52 Congresso Brasileiro de Olericultura, 2012, Salvador-BA. 52 CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 2012. v. 30.

15.
BESSA, ATM ; LOPES, WAR ; SANTOS, F. G. B. ; NEGREIROS, M. Z. ; MEDEIROS, J.F. ; SOARES, A.M. ; HONORATO, A.R.F. ; MEDEIROS, D.C. . Crescimento do melão ?Caribbean Gold? cultivado sob proteção com agrotêxtil branco em diferentes épocas de desenvolvimento das plantas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 51, 2011, VIÇOSA-MG. CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 51. Anais.... VIÇOSA-MG: ABH, 2011. p. 1981-1988.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, F. G. B.; FIGUEIREDO, P. I. ; SANTOS, P. I. L. . Levantamento Floristico de Fragmentos florestais do IFCE Campus Crato. In: II SEMINÁRIO DE PESQUISA APA ARARIPE - 20 ANOS, 2017, CRATO. II SEMINÁRIO DE PESQUISA APA ARARIPE - 20 ANOS, 2017.

2.
LIMA, A. N. ; Freire, J. L. O. ; SANTOS, F. G. B. ; BRITO NETO, J. V. . Oviposição de mosca branca(Bemisia tabaci) Biótipo B, em variedades de tomateiro (Licopersicon esculentum Mill). In: II Jornada Nacional de Produção Científica em educação Profissional e Tecnológica e os Desafios do Desenvolvimento Nacional, 2008, São Luiz-MA. Educação Profisssional e Tecnológica e os Desafios do Desenvolvimento Nacional. Brasilia-DF: MEC - SETEC, 2008. v. 1. p. 233-233.

3.
LIMA, A. N. ; Freire, J. L. O. ; SANTOS, F. G. B. . Oviposição de mosca branca (Bemisia Tabaci) biótipo B, em variedades de tomateiro (Licopersicon esculentum). In: I Simpósio Brasileiro de entomologia, 2007, Campina Grande-PB. I Simpósio de Entomologia, 2007.

4.
LIMA, A. N. ; Freire, J. L. O. ; SANTOS, F. G. B. . Oviposição de mosca branca (Bemisia tabaci) em variedades de tomateiro (Licopersicon esculentum). In: III Reunião Anual da Sociedade de Entomologia da Paraíba, 2007, Campina Grande. III Reunião Anual da Sociedade de Entomologia da Paraiba, 2007.

5.
SANTOS, F. G. B.; Freire, J. L. O. ; PEIXOTO, J. U. ; GOMES, E. C. . Produção de mudas de alface em substratos alternativos com fertirrigação. In: 47 Congresso Brasileiro de Olericultura, 2007, Porto Seguro-BA. 47 Congresso Brasileiro de Olericultura. Brasilia - DF: Horticultura Brasileira, 2007. v. 25. p. 48-48.

6.
SANTOS, F. G. B.; Freire, J. L. O. ; PEIXOTO FILHO, J. U. ; GOMES, E. C. . Produção de mudas de tomate em substratos alternativos com fertirrigação. In: 47 Congresso Brasileiro de Olericultura, 2007, Porto Seguro -BA. 47 Congresso Brasileiro de Olericultura. Brasilia-DF: Horticultura Brasileira, 2007. v. 25. p. 48-48.

7.
LIMA, A. N. ; Freire, J. L. O. ; SANTOS, F. G. B. ; BRITO NETO, J. V. . Uso de tratamentos térmicos no controle da fase larval de mosca-das-frutas em frutos de sapoti. In: XIX Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2006, Cabo Frio - RJ. XIX Congresso Brasileiro de Fruticultura. Palestras e Resumos. Viçosa - MG: Jard Editora, 2006. v. unico. p. 304-304.

8.
LIMA, A. N. ; Freire, J. L. O. ; SANTOS, F. G. B. ; BRITO NETO, J. V. . Influência do tratamento térmico com água quente no controle de mosca-das-frutas e na qualidade dos frutos de sapoti. In: XIX Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2006, Cabo Frio - RJ. XIX Congresso Brasileiro de Fruticultura. Viçosa - MG: Jard Editora, 2006. v. Único. p. 304-304.

9.
PEIXOTO FILHO, J. U. ; SANTOS, F. G. B. ; FREITAS, F. J. . Desenvolvimento e classificação Comercial de alface em função de doses de esterco em cinco ciclos consecutivos. In: V Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE, 2006, Recife-PE. V Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE, 2006.

10.
SANTOS, F. G. B.; MUNIZ, M. A. ; RODRIGUES, J. J. V. . Substrato crisântemo. In: 45 Congresso Brasileiro de Olericultura, 2005, Fortaleza. 45 Congresso Brasileiro de Olericultura - Suplemento. Brasilia - DF: Horticultura Brasileira, 2005. v. 23. p. CD Room.

11.
MUNIZ, M. A. ; SANTOS, F. G. B. ; RODRIGUES, J. J. V. . Raiz em crisântemos. In: 45 Congresso Brasileiro de Olericultura, 2005, Fortaleza. 45 Congresso Brasileiro de Olericultura- Suplemento. Brasilia - DF: Horticultura Brasileira, 2005. v. 23. p. CD Room.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, F. G. B.. AVANÇOS NO LEVANTAMENTO BOTÂNICO DE PAUS DOIAS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SANTOS, F. G. B.. cOMPETÊNCIAS, CAMPO DE ATUAÇÃO E DESAFIOS DO tÉCNICO EM aGROPECUÁRIA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
SANTOS, F. G. B.. Gestão de águas no Ceará. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SANTOS, F. G. B.. Técnicas de cultivo de manga e uva no semiárido. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
SANTOS, F. G. B.; Freire, J. L. O. . Cultivo do Tomate. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
SANTOS, F. G. B.; Freire, J. L. O. . Análise de Solo e Diagnose Foliar. 2001. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
SANTOS, F. G. B.; FREITAS, F. J. . Propagação de mudas. 2001. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
SANTOS, F. G. B.. Diretrizes e recomendações técnicas para adoção de boas práticas de manejo para o extrativismo do fruto da macaúba/bocaiuva. Brasilia: Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2014 (Manuais Técnicos).

2.
Freire, J. L. O. ; SANTOS, F. G. B. . Interpretação de Análise de Solos e Diagnose. Crato - CE: Escola Agrotécnica Federal de Crato - CE, 2001 (Manuais Técnicos).

3.
Freire, J. L. O. ; SANTOS, F. G. B. . Tecnologia de Criação de Minhocas e Produção de Húmus. Crato - CE: Escola Agrotécnica Federal de Crato, 2000 (Manuais Técnicos).

4.
SANTOS, F. G. B.; Freire, J. L. O. ; FREITAS, F. J. ; LIMA, L. M. . Coeficientes Técnicos: Subsídios à Elaboração de Projetos Agropecuários. Crato - CE: Escola Agrotécnica Federal de Crato - CE, 1999 (Manuais Técnicos).

5.
SANTOS, F. G. B.; Freire, J. L. O. ; FREITAS, F. J. . Mosca Branca: A praga do Século XX. Crato - CE: Escola Agrotécnica Federal de Crato - CE, 1998 (Manuais Técnicos).

6.
SANTOS, F. G. B.. Técnicas de Cultivo da Mangueira. Crato-CE: Escola Agrotécnica Federal de Crato - CE, 1997 (Manuais Técnicos).


Demais tipos de produção técnica
1.
OLIVEIRA, H. C. B. ; SANTOS, F. G. B. ; CARDOSO, A. N. ; COLOMBO, C. A. ; MENEZES, G. F. ; PIMENTEL, L. D. ; FARIAS, T. M. . Recomendações técnicas para adoção de boas práticas de manejo para o extrativismo do fruto da macaúba/bocaiuva. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - CARTILHA).

2.
SANTOS, F. G. B.. Propagação vegetativa de fruteiras com foco em goiabeira. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
SANTOS, F. G. B.. Interpretação de Análise de Solos. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
SANTOS, F. G. B.. Cultura do Tomateiro. 2008. (Apostilha).

5.
SANTOS, F. G. B.. Tratos culturais da Moranga. 2008. (Apostilha).

6.
SANTOS, F. G. B.. Manejo Integrado de Pragas. 2008. (Apostilha).

7.
Freire, J. L. O. ; SANTOS, F. G. B. . Cultura do Tomateiro. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
SANTOS, F. G. B.; FREITAS, F. J. . Propagação de Plantas. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
SANTOS, F. G. B.; Freire, J. L. O. . Interpretação de Análise de Solos e Diagnose Foliar. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FREITAS JUNIOR, S. P.; MARCO, C. A.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de Ana Marilia Barbosa Sampaio. Desenvolvimento Rural Sustentável através da Agriocultura Familiar em Comunidade no Cariri Cearense: Um estudo de caso do Projeto Viver da Terra. 2018. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional Sustentável) - Universidade Federal do Cariri.

2.
FREITAS JUNIOR, S. P.; OLIVEIRA, C. W.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de Tainara Gomes Martins Jácome. Tecnologia Social em busca do desenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar: um estudo de caso sobre as casas de sementes comunitárias dos municípios de Crato e Nova Olinda. 2017. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional Sustentável) - Universidade Federal do Cariri.

3.
FREITAS JUNIOR, S. P.; NESS, R. L. L.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de LUIZ EDUARDO PEREIRA DE ABREU. SELEÇÃO RECORRENTE EM MILHO COMUM (Zea mays L.) COMO ESTRATÉGIA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NO CARIRI CEARENSE.. 2017. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional Sustentável) - Universidade Federal do Cariri.

4.
MARCO, C. A.; NASCIMENTO, V. S.; FREITAS JUNIOR, S. P.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de FRANCIER SIMIÃO DA SILVA JUNIOR. Um novo fazer do jovem rural no Cariri cearense: Construindo quintais agroecológicos. 2016. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional Sustentável) - Universidade Federal do Cariri.

5.
FREITAS JUNIOR, S. P.; MARCO, C. A.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de FRANCISCA DAYANNE DE OLIVEIRA ALCÃNTARA. Casa de Sementes: Ambiente de Conservação da biodiversidade e a utilização de Azospirilum brasiliense para potencializar a produtividade do milho comum e pipoca crioulo. 2016. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional Sustentável) - Universidade Federal do Cariri.

Teses de doutorado
1.
Ferreira, A. S.; SILVA, F. C. O.; ROCHA, G. C.; SILVA, E. E.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de Antonio Robson Bezerra Xenofonte. Comportamento, desempenho e parâmetros fisiológicos de leitões desmamados em diferentes idades submetidos ao labirinto tipo cruz com paredes de madeirite. 2017. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa.

2.
Ferreira, A. S.; SILVA, F. C. O.; ROCHA, G. C.; SILVA, E. E.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de Expedito Danusio de Souza. Comportamento, desempenho e parâmetros fisiológicos de leitões desmamados em diferentes idades submetidos ao labirinto tipo cruz com paredes de vidro. 2017. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa.

3.
LANNA, E. A. T.; DONZELE, J. L.; RENNO, L. N.; SILVA, E. E.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de Francisco Messias Alves Filho. GELÉIA REAL EM DIETAS PARA TILÁPIA DO NILO Oreochromis niloticus Linaeus, 1758. 2017. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa.

4.
LANA, R. P.; FONSECA, D. M.; RIBEIRO, K. G.; SILVA, E. E.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de Roberto Henrique Dias da Silva. Crescimento da palma forrageira irrigada com água salina. 2017. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa.

5.
SANTOS, F. G. B.; SALES JUNIOR, R.; SANTOS, E. C.; MARACAJA, P. B.; Aguiar Neto, P.. Participação em banca de Cleópatra do Nascimento Saraiva. Avaliação microbiológica das principais hortaliças comercializadas nas cidades de Juazeiro do Norte e Crato, no Ceará. 2013. Tese (Doutorado em Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

Qualificações de Doutorado
1.
LANA, R. P.; FONSECA, D. M.; RIBEIRO, K. G.; SILVA, E. E.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de Roberto Henrique Dias da Silva. Exame de Qualificação Doutorado em Zootecnia Universidade Federal de Viçosa. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa.

2.
Ferreira, A. S.; Veloso, C. M.; SILVA, E. E.; SANTOS, F. G. B.; SILVA, F. C. O.. Participação em banca de Antonio Robson Bezerra Xenofonte. Etologia de Suinos. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa.

3.
Ferreira, A. S.; Veloso, C. M.; SILVA, E. E.; SANTOS, F. G. B.; SILVA, F. C. O.. Participação em banca de Expedito Danusio de Souza. Estudo comportamental de suinos em confinamento. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa.

Qualificações de Mestrado
1.
FREITAS JUNIOR, S. P.; SOUZA, F. L. M.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de Ana Marília Barbosa Sampaio. Projeto Viver da Terra: Desenvoilvimento Rural Sustentável através da agricultura familiar em uma comunidade do semiárido caririense. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Desenvolvimento Regional Sustentável) - Universidade Federal do Cariri.

2.
MARCO, C. A.; COSTA, C. T. F.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de LIDYANE DE SOUSA CALIXTO. HORTA COMUNITÁRIA URBANA E SUSTENTABILIDADE: O PROJETO SEMEAR E COLHER EM JUAZEIRO DO NORTE-CE. 2017.

3.
FREITAS JUNIOR, S. P.; NESS, R. L. L.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de Luiz Eduardo Pereira de Abreu. Seleção recorrente em milho comum como estratégia para o desenvolvimento sustentável no cariri cearense. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Desenvolvimento Regional Sustentável) - Universidade Federal do Cariri.

4.
FREITAS JUNIOR, S. P.; MARCO, C. A.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de FRANCISCA DAYANNE DE OLIVEIRA ALCÃNTARA. Casa de sementes: ambiente de conservação da biodiversidade e resgate dos costumes do homem do campo - Associação Baixio das Palmeiras, Crato-CE. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Desenvolvimento Regional Sustentável) - Universidade Federal do Cariri.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
LIMA, A. N.; SANTOS, F. G. B.; BRITO NETO, J. V.. Participação em banca de Ari Pinho de Brito. Sistema de Plantio direto no Brasil. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pos-Graduação Latu Sensu) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SANTOS, F. G. B.; SOUSA, E. D.; XENOFONTE, A. R. B.. Participação em banca de Geraldo Edejunior Laurendo Barbosa.Práticas de manejo em uma empresa de avicultura de corte no município do Crato. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato.

2.
SANTOS, F. G. B.; VILLACA, C. L. P. B.; OLIVEIRA, C. C. F.; LOPES, .. I. R. V.. Participação em banca de Francisco Israel Amancio Frutuoso.Inclusão da torta da amêndoa de macaúba em rações de frangos de corte. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato.

3.
VIANA NETO, J. L.; PEREIRA, F. A.; SANTOS, F. G. B.; PEIXOTO, M. J. A.. Participação em banca de Priscila Izidro de Figueiredo.DIAGNÓSTICO RURAL PARTICIPATIVO SOBRE O CULTIVO E USO DA PALMA FORRAGEIRA NA COMUNIDADE MALHADA DO MUNICÍPIO DE CRATO ? CE. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CAMPUS CRATO.

4.
SOUSA, E. D.; SANTOS, F. G. B.; VILLACA, C. L. P. B.. Participação em banca de José Lucas Ferreira do Nascimento.ADAPTABILIDADE DE MATRIZES SANTA INÊS EM FUNÇÃO DA PELAGEM PRETA E MARROM NO CARIRI CEARENSE. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CAMPUS CRATO.

5.
SOUSA, E. D.; SILVA, E. E.; SANTOS, F. G. B.; SILVA, R. C. E.. Participação em banca de Francisca Maria dos Santos Lima.COMPORTAMENTO INGESTIVO E RESPOSTAS FISIOLÓGICAS DE OVINOS EXÓTICOS CRIADOS NO CARIRI CEARENSE. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CAMPUS CRATO.

6.
PEREIRA, F. A.; SOUSA, E. D.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de Frrancisca Romaria Bezerra.DIAGNÓSTICO HIGIÊNICO-SANITÁRIO NO SETOR PRODUTIVO DE CAPRINOS E OVINOS DO IFCE CAMPUS CRATO. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CAMPUS CRATO.

7.
Freire, J. L. O.; SANTOS, F. G. B.; SOUSA, F. R. M.. Participação em banca de Luana Apoena Dantas.História e tecnologia de produção da manga maranhão no Seridó Oriental paraibano. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Agroecologia) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraiba Campus Picuí.

8.
SANTOS, F. G. B.; COSTA, M. R. G. F.; Freire, J. L. O.. Participação em banca de Patricia Isabela Leite dos Santos.Avaliação do mesocarpo desidratado da macaúba-barriguda como substituto parcial da rações de frangos de corte. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato.

9.
ALENCAR, A. P.; SANTOS, F. G. B.; LIMA, A. N.; FREITAS, F. J.. Participação em banca de Antonio Joelson Netto.Influencia de diferentes substratos na produção de húmus e reprodução de Eisenia fétida Savigny (1826). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato.

10.
Freire, J. L. O.; SANTOS, F. G. B.; MELO, D.. Participação em banca de Janailma Lima de Oliveira.Fenometria quantitativa de mudas de mamoeiro sob estresse salino em solo com esterco bovino liquido. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Agroecologia) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraiba Campus Picuí.

11.
CAMARA, F. T.; VASQUEZ, E. M. F.; SANTOS, F. G. B.. Participação em banca de Weslley Costa Silva.Desenvolvimento e produtividade de feijão-caupi BRS Potengi submetido a diferentes níveis de adubação mineral e manejos do solo. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em AGRONOMIA) - Universidade Federal do Cariri.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
ALENCAR, C. M. S.; COSTA, M. R. G. F.; SANTOS, F. G. B.; SOUSA, S. C.. Seleção Professor Substituto: Extensão e Sociologia Rural. 2015. Universidade Federal do Cariri.

Outras participações
1.
SANTOS, F. G. B.. 7º Movimento científico Norte-Nordeste. 2016. Instituto Federal do Ceará Campus Juazeiro do Norte.

2.
SANTOS, F. G. B.. XI JINCE Jornada de iniciação científica. 2016. Instituto Federal do Sertão Pernambucano.

3.
SANTOS, F. G. B.. X CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação. 2015. Instituto Federal do Acre.

4.
SANTOS, F. G. B.. Processo seletivo de bolsas de iniciação científica contempladas pelo edital n. 08 de 12/05/2014. 2014. IFGO Campus Iporá.

5.
SANTOS, F. G. B.. X Congresso de Iniciação Científica do IFRN - X CONGIC. 2014. IFRN Campus Pau dos Ferros.

6.
SANTOS, F. G. B.. Processo Seletivo de bolsas de iniciação científica IFGO Campus Iporá. 2014. Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Goiás Campus Iporá.

7.
SANTOS, F. G. B.. IX CONNEPI. 2014. Instituto Federal do Maranhão.

8.
SANTOS, F. G. B.. IX CONNEPI. 2014. Instituto Federal do Maranhão.

9.
SANTOS, F. G. B.. Programa Institucional Voluntário de Iniciação Científica - PIVIC. 2014. IFGO Campus Iporá.

10.
SANTOS, F. G. B.. VIII CONGRESSO NORTE NORDESTE DE PESQUISA E INOVAÇÃO (CONNEPI 2013). 2013. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologi.

11.
SANTOS, F. G. B.. VIII Jornada de Iniciação Científica e trabalhos de Extensão do IF Sertão-PE (JINCE). 2013. Instituto Federal do Sertão Pernambucano.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SALINIDADE. 2017. (Simpósio).

2.
inovagri international Meeteing. Avaliação morfométrica de mudas de alface produzidas em substratos alternativos com e sem fertirrigação. 2017. (Congresso).

3.
Inovagri International Meeting. Desempenho de um sistema de irrigação por microaspersão em cultivo de macaubeira. 2017. (Congresso).

4.
XXVI CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM. 2017. (Congresso).

5.
20 Semana Internacional da Fruticultura, Floricultura e Agroindústria. 2013. (Outra).

6.
Dia Nacional Conservação Solo.Salinização do solo. 2013. (Outra).

7.
II ENICIT JR. 2013. (Encontro).

8.
VIII CONNEPI. 2013. (Congresso).

9.
VIII JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TRABALHOS DE EXTENSÃO DO IF SERTÃO-PE (.MEMBRO DE BANCA AVALIADORA DE APRESENTAÇÕES ORAIS. 2013. (Outra).

10.
XVII SEMANA TECNOLOGICA DO IFCE CAMPUS CRATO.Propagação vegetativa de fruteiras com foco em goiabeira. 2013. (Outra).

11.
19 Semana Internacional da Fruticultura, Floricultura e Agroindústria - FUTAL 2012. 2012. (Outra).

12.
IV Semana de Agronomia do Campus da UFC Cariri.Curso de Produção de abacaxi. 2012. (Outra).

13.
VIII ENSUB - Encontro Nacional de Substratos para Plantas. 2012. (Encontro).

14.
15 Semana Internaacional da Fruticultura, Floricultura e Agroindústria. 2008. (Encontro).

15.
47 Congresso Brasileiro de Olericultura. Produção de Mudas de Alface em substratos alternativos com fertirrigação. 2007. (Congresso).

16.
47 Congresso Brasileiro de Olericultura. 2007. (Congresso).

17.
47 Congresso Brasileiro de Olericultura. Produção de Mudas de tomate em substratos alternativos com fertirrigação. 2007. (Congresso).

18.
IV Simpósio Brasileiro sobre Cucurbitáceas. 2007. (Simpósio).

19.
XII Semana Tecnológica da Escola Agrotécnica Federal de Crato - CE.Cultivo do Tomate. 2007. (Encontro).

20.
XII Semana Tecnológica da Escola Agrotécnica Federal do Crato.Curso cultivo do tomate. 2007. (Outra).

21.
13 Semana Internacional da fruticultura, Floricultura e Agroindustria. 2006. (Outra).

22.
VII Seminário Brasileiro de Produção Integrada de Frutas. 2005. (Seminário).

23.
XXX Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. 2005. (Congresso).

24.
XI Semana Internacional da Fruticultura, Floricultura e Agroindústria. 2004. (Outra).

25.
VIII Semana Tecnológica da Escola Agrotécnica Federal de Crato-CE. 2003. (Encontro).

26.
Seminário Uso e Manejo de Recursos Naturais na Agricultura Irrigada. 2001. (Seminário).

27.
VI Semana Tecnológica da Escola Agrotécnica Federal de Crato - CE.Propagação de mudas. 2001. (Encontro).

28.
VI Semana Tecnológica Da Escola Agrotécnica Federal de Crato-CE.Propagação de mudas. 2001. (Outra).

29.
V Semana Tecnológica da Escola Agrotécnica Federal de Crato - CE.Análise de Solo e Diagnose Foliar. 2001. (Encontro).

30.
V Semana tecnológica da Escola Agrotécnica Federal de Crato-CE.Análise de solo e diagnose foliar. 2001. (Outra).

31.
7 Semana Internacional da fruticultura e Agroindustria. 2000. (Outra).

32.
6 Semana nacional da Fruticultura e Agroindustria. 1999. (Outra).

33.
5 Semana Nacional de Fruticultura e Agroindústria. 1998. (Outra).

34.
IV Semana Nacional da Fruticultura e Agroindustria. 1997. (Outra).

35.
III Semana Nacional de Fruticultura. 1996. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SANTOS, F. G. B.. EXPLORAÇÃO DA MACAÚBA E BABAÇU NO NORDESTE. 2017. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Francisco Israel Amancio Frutuoso. Avaliação da torta da amêndoa da macaúba como substituto parcial do farelo de soja em rações de frangos de corte. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato, PROAPP IFCE CAMPUS CRATO. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Priscila Izidro de Figueiredo. Avaliação da torta da amêndoa da macaúba como substituto parcial do farelo de soja em rações de frangos de corte. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato, Instituto Federal do Ceará Campus Crato. (Orientador).

2.
Fabrina de Sousa Lima. AVALIAÇÃO DE DOIS GENÓTIPOS DE MANDIOCA (Manihot esculenta Crantz) MULTIPLICADAS POR PROPAGAÇÃO RÁPIDA E COLHIDAS EM DIFERENTES IDADES NA REGIÃO DO CARIRI CEARENSE.. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato, Instituto Federal do Ceará Campus Crato. (Orientador).

3.
Flaviana Gomes da Silva. AVALIAÇÃO DE DOIS GENÓTIPOS DE MANDIOCA (Manihot esculenta Crantz) MULTIPLICADAS POR PROPAGAÇÃO RÁPIDA E COLHIDAS EM DIFERENTES IDADES NA REGIÃO DO CARIRI CEARENSE.. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato, Instituto Federal do Ceará Campus Crato. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Aline Gomes de andrade Silva. AVALIAÇÃO DE DOIS GENÓTIPOS DE MANDIOCA (Manihot esculenta Crantz) MULTIPLICADAS POR PROPAGAÇÃO RÁPIDA E COLHIDAS EM DIFERENTES IDADES NA REGIÃO DO CARIRI CEARENSE.. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Instituto Federal do Ceará Campus Crato. Instituto Federal do Ceará Campus Crato. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Geraldo Edejunior Laurendo Barbosa. Práticas de manejo em uma empresa de avicultura de corte no m unicípio do Crato. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

2.
Francisco Israel Amancio Frutuoso. Inclusão da torta da amêndoa da macaúba em rações de frangos de corte. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato, INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CAMPUS CRATO. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

3.
Patricia Isabela Leite dos Santos. Avaliação do mesocarpo desidratado da 'macaúba-barriguda' (Acrocomia intumescens Drude) como substituto parcial do milho em rações de frangos de corte.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

4.
Patricia Isabela Leite dos Santos. Avaliação do mesocarpo desidratado da macauba-barriguda como substituto parcial do milho em rações de frangos de corte. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

Iniciação científica
1.
Priscila Izidro de Figueiredo. Levantamento Florístico de Fragmentos Florestais do IFCE Campus Crato. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato, INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CAMPUS CRATO. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

2.
Patricia Isabela Leite dos Santos. Levantamento Florístico de fragmentos florestais do IFCE Campus Crato. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato, ProAPP-IFCE. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

3.
José Lucas Ferreira do Nascimento. Aspectos econômicos e produtivos da caprinocultura no Cariri cearense. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato, Instituto Federal de Educação Ciencia e Tecnologia do Ceará. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

4.
Debora Ysis Ribeiro Barbosa. Aspectos econômicos e produtivos da caprinocultura no Cariri cearense. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal do Ceará Campus Crato, Instituto Federal de Educação Ciencia e Tecnologia do Ceará. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

5.
PRISCILA IZIDRO DE FIGUEIREDO. Levantamento floristico de fragmentos florestais do IFCE Campus Crato. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Zootecnia) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CAMPUS CRATO, Instituto Federal do Ceará Campus Crato. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

6.
PATRICIA ISABELA LEITE DOS SANTOS. Levantamento floristico de fragmentos florestais do IFCE Campus Crato. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Zootecnia) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CAMPUS CRATO, PROAPP IFCE CAMPUS CRATO. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

7.
JOSÉ LUCAS FERREIRA DO NASCIMENTO. Aspectos economicos e produtivos da caprinocultura no Cariri Cearense. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Zootecnia) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CAMPUS CRATO, INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CAMPUS CRATO. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

8.
JOSE DILSON DOS SANTOS JUNIOR. RENDIMENTO E QUALIDADE DE GENÓTIPOS DE BATATA-DOCE NA REGIÃO DO CARIRI CEARENSE. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnico em agropecuária) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

9.
GUILHERME ROMAO SILVA. RENDIMENTO E QUALIDADE DE GENÓTIPOS DE BATATA-DOCE NA REGIÃO DO CARIRI CEARENSE. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnico em agropecuária) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

10.
Débora Ysis Ribeiro Barbosa. Rendimento do girassol em função de adubações boratadas no Cariri cearense. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Zootecnia) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará, INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CAMPUS CRATO. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

11.
Mateus Freitas de Souza. Rendimento do Girassol em função de adubações boratadas na região do Cariri cearense.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em ZOOTECNIA) - Instituto Federal de Educação Ciencia e Tecnologia do Ceará, ProAPP-IFCE. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

12.
João Marcos Rodrigues de Oliveira. Rendimento do Girassol em função de adubações boratadas na região do Cariri cearense.. 2012. Iniciação Científica - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará, petrobrás. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

13.
Brenda de Alencar Brandão. Rendimento do Girassol em função de adubações boratadas na região do Cariri cearense.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnico em agropecuária) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará, petrobrás. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

14.
Sebastião Rodrigo Gomes de Farias. Rendimento do Girassol em função de adubações boratadas na região do Cariri cearense.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnico em agropecuária) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará, petrobrás. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

15.
PEDRO VINICIUS PATRICIO SILVA. PRODUÇÃO DE MUDAS DE MACAÚBA: UMA ALTERNATIVA AGROECOLÓGICA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnico em agropecuária) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará, petrobrás. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

16.
FRANCISCO GOMES DOS SANTOS. PRODUÇÃO DE MUDAS DE MACAÚBA: UMA ALTERNATIVA AGROECOLÓGICA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnico em agropecuária) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará, petrobrás. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

17.
CICERO FRANCISCO GALVÃO. PRODUÇÃO DE MUDAS DE MACAÚBA: UMA ALTERNATIVA AGROECOLÓGICA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnico em agropecuária) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará, petrobrás. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

18.
MOISES FERNANDES GOMES. PRODUÇÃO DE MUDAS DE MACAÚBA: UMA ALTERNATIVA AGROECOLÓGICA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnico em agropecuária) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará, petrobrás. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.

19.
CLOVES SANTOS DE MORAES. PRODUÇÃO DE MUDAS DE MACAÚBA: UMA ALTERNATIVA AGROECOLÓGICA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnico em agropecuária) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará, petrobrás. Orientador: Francisco Gauberto Barros dos Santos.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, F. G. B.. Técnicas de cultivo de manga e uva no semiárido. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
OLIVEIRA, H. C. B. ; SANTOS, F. G. B. ; CARDOSO, A. N. ; COLOMBO, C. A. ; MENEZES, G. F. ; PIMENTEL, L. D. ; FARIAS, T. M. . Recomendações técnicas para adoção de boas práticas de manejo para o extrativismo do fruto da macaúba/bocaiuva. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - CARTILHA).



Outras informações relevantes


Coordenador da Câmara Técnica de Águas Subterrâneas do Comitê de Bacias do Salgado-CE(2008); 
Coordenador Geral de Produção e Pesquisa da Escola Agrotécnica Federal do Crato (2007-2008)
Membro do Grupo de Trabalho Estadual para Estudos de Cobrança de água bruta para Irrigação no Ceará (2008/2009), representando o Comitê da Bacia Hidrográfica do Salgado.
Professor homenageado da turma concludente curso técnico em agropecuária IFCE Campus Crato-CE ano 2013.
Membro da Comissão para padronização da matriz do curso técnico em agropecuária dos Campi do IFCE (Portaria 22/2014 PROEN);
Membro do Núcleo Docente Estruturante - NDE do curso superior bacharelado em Zootecnia do IFCE Campus Crato-CE (2014).
Coordenador do Curso superior Bacharelado em Zootecnia do IFCE Campus Crato-CE (Agosto a outubro de 2014).
Avaliador credenciado pelo MEC para avaliar processos de Reconhecimento de Saberes e Competências -RSC (2014-2015)
Presidente da Comissão de Elaboração de Projeto Político-Pedagógico - PPC do Curso de Especialização em Gestão e manejo de Recursos Ambientais, do IFCE Campus Crato (Portaria 282 de 04 de novembro de 2015);
Presidente da Comissão de Elaboração de Projeto Político-Pedagógico - PPC do Curso de Licenciatura em Ciências Agrícolas do IFCE Campus Crato (Portaria 279 de 04 de novembro de 2015).
Presidente da Comissão processo seletivo para os cursos de :especializações do IFCE Campus Crato: Gestão e Manejo de Recursos Ambientais; Produção animal no Semiárido; manejo Sustentável da Irrigação para o Desenvoilvimento de Sistemas Agrícolas. (Portaria 68/DG de 05 de maio de 2017).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 16:27:58