Ricardo Dal'Agnol da Silva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6150479997891841
  • Última atualização do currículo em 11/10/2018


Engenheiro Ambiental, mestre em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE, 2012-2014), e atualmente é doutorando em Sensoriamento Remoto no INPE (2016-). Sua pesquisa foca em estudos da dinâmica da floresta e do carbono e ecologia da floresta tropical, principalmente na floresta amazônica, integrando observações de campo e dados de sensoriamento remoto. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ricardo Dal'Agnol da Silva
Nome em citações bibliográficas
SILVA, R. D.;DA SILVA, RICARDO DAL?AGNOL;SILVA, RICARDO DAL'AGNOL DA;DALAGNOL, R.;SILVA, RICARDO DAL?AGNOL DA;DALAGNOL, RICARDO

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, São José dos Campos.
Av. dos Astronautas, 1758
Jardim da Granja
12227010 - São José dos Campos, SP - Brasil
Telefone: (012) 32086000
URL da Homepage: http://www.inpe.br/


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em Sensoriamento Remoto.
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
Orientador: Luiz Eduardo Oliveira e Cruz de Aragão.
Coorientador: Lênio Soares Galvão.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2012 - 2014
Mestrado em Sensoriamento Remoto.
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
Título: Estudo das variações espectrais e texturais em florestas primárias e sucessões secundárias na Flona Tapajós usando dados ALI/EO-1,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Lênio Soares Galvão.
Coorientador: João Roberto dos Santos.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2008 interrompida
Graduação interrompida em 2011 em Engenharia Florestal.
Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Brasil.
Ano de interrupção: 2011
2007 - 2011
Graduação em Engenharia Ambiental.
União de Ensino do Sudoeste do Paraná, UNISEP, Brasil.
Título: A utilização da técnica de redes neurais artificiais na integração de dados espectrais e espaciais para mapeamento e classificação de vegetação em floresta.
Orientador: Ericson Fagundes Marx.
2004 - 2006
Ensino Médio (2º grau).
Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
2a Oficina de Treinamento e Capacitação no Processamento de Dados LiDAR. (Carga horária: 16h).
Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais, IPEF, Brasil.
2013 - 2013
Linear Spectral Mixture Analysis with Viper Tools. (Carga horária: 16h).
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
2009 - 2009
Implantação e Manejo da Arborização de Cidades. (Carga horária: 8h).
Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Brasil.
2008 - 2008
Manejo de Fertilidade do Solo. (Carga horária: 8h).
Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Brasil.
2007 - 2007
Visita técnica: Minas de Ametista Chopinzinho-PR. (Carga horária: 4h).
União de Ensino do Sudoeste do Paraná, UNISEP, Brasil.
2007 - 2007
Visita técnica: Hidrelétrica Itaipú Binacional. (Carga horária: 4h).
União de Ensino do Sudoeste do Paraná, UNISEP, Brasil.
2005 - 2005
Mastering English Course. (Carga horária: 228h).
Centro de Cultura Anglo-americana, CCAA, Brasil.
2000 - 2004
Oral and Written Communication Course. (Carga horária: 513h).
Centro de Cultura Anglo-americana, CCAA, Brasil.
1999 - 1999
Junior Course. (Carga horária: 114h).
Centro de Cultura Anglo-americana, CCAA, Brasil.
1998 - 1998
Children Course. (Carga horária: 114h).
Centro de Cultura Anglo-americana, CCAA, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorando em Sensoriamento Remoto, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atividades desenvolvidas: (1) Aplicação de modelo hidrológico distribuído MHD-INPE; (2) Aplicações de Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento; (3) Estimativa da umidade do solo in situ e por modelagem; (4) Montagem e instalação de equipamento de medição de umidade do solo SENTEK EnviroSCAN; (5) Desenvolvimento de algoritmos para processamento de dados (C, FORTRAN, MATLAB e R); (6) Instalação de dendrômetro de pressão Decentlab/Natkon em floresta amazônica; (7) Trabalhos de campo em floresta amazônica e caatinga. Bolsa PCI-DC/CCST-INPE, processo: 302561/2014-5.

Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrando em Sensoriamento Remoto, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atividades desenvolvidas: (1) Levantamento de campo na Floresta Nacional do Tapajós - Pará: observação temática com demarcação de localização usando GPS de navegação, inventário florestal de florestas primárias e sucessões secundárias; (2) Análise florística e estrutural dos dados de campo; (3) Desenvolvimento de rotina para aplicação de redes neurais artificiais Multi-Layer Perceptron (MLP) em MATLAB; (4) Mapeamento de tipologias florestais (floresta primária e sucessões secundárias) através de imagens ALI/EO-1 e dados de textura GLCM com a técnica de redes neurais artificiais MLP; (5) Geração de mapas de uso e cobertura da terra; (6) Análise das variações espectrais, texturais e de índices de vegetação (NDVI, EVI, NDWI) com relação ao processo de sucessão florestal; (7) Estimativa de parâmetros biofísicos da floresta (área basal, altura, índice de área foliar) usando dados espectrais e texturais


Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Atividades desenvolvidas: (1) Levantamento da ocorrência de deslizamentos junto a defesa civil do estado do PR; (2) Processamento de dados vetoriais e matriciais de fatores ambientais forçantes dos eventos de deslizamento; (3) Desenvolvimento de um sistema de predição de deslizamentos baseado em redes neurais artificiais e árvores de decisão em MATLAB; (4) Geração de mapas de risco de deslizamento usando aplicativo ArcMap.

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Atividades desenvolvidas: (1) Identificação de tipologias florestais em Floresta Ombrófila Mista; (2) Coleta de dados de altitude na floresta com GPS geodésico; (3) Interpolação de dados de altitude com aplicativo SURFER; (4) Análise de dados espectrais HRV/SPOT para classificação das tipologias florestais; (5) Desenvolvimento de script para aplicação de redes neurais artificiais usando MATLAB 2007 e "Neural Network Toolbox" para integração de dados espectrais e MDT e classificação das tipologias florestais; (6) Geração de mapas de uso e cobertura da terra no aplicativo ArcMap.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitor de Fisiologia Vegetal, Carga horária: 15
Outras informações
Monitor da disciplina de Fisiologia Vegetal para os cursos de Zootecnia e Engenharia Florestal.


SERGEL Consultoria Ambiental, SCA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Serviços prestados: averbação de terras e SISLEG. Atividades desenvolvidas: (1) Levantamento de dados a campo com GPS geodésico; (2) Processamento dos dados; (3) Geração de mapas em AutoCAD; (4) Plotagem; (5) Preparação documental do SISLEG; (6) Atendimento ao cliente.



Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Controles ecofisiológicos sobre a sazonalidade e variabilidade da precipitação na Amazônia (Processo Fapesp nº 2013/50531-2)
Descrição: A Amazônia exerce um papel crucial no sistema climático terrestre, por exemplo, regulando o estoque de carbono e atuando como um habitat de alta diversidade e endemismo. Na última década, a floresta amazônica teve frequentes períodos de seca, incluindo dois eventos extremos de seca ocorridos em 2005 e 2010. Contudo, o futuro da Amazônia tal como projetado pelos atuais modelos climáticos e pelos modelos do sistema terrestre é altamente incerto: ainda há incertezas de como o aquecimento global e outros aspectos das mudanças antrópicas, tais como o desflorestamento e a degradação florestal poderão impactar este sistema. A principal fonte incertezas sobre o clima da Amazônia e sua evolução futura é o papel do acoplamento solo-vegetação-atmosfera, especialmente no que se refere às interações e feedbacks entre a vegetação e a precipitação de convecção profunda que ocorre durante o fim da estação seca/início da estação chuvosa, quando este acoplamento é mais intenso. O entendimento quantitativo do acoplamento solo-vegetação-atmosfera é crítico, pois a produtividade da floresta é sensível à duração e intensidade da estação seca. Assim, o principal objetivo deste projeto é abordar como a vegetação influencia a variabilidade climática e a precipitação sobre a Amazônia, com ênfase no controle fisiológico das plantas em áreas de convecção profunda, ao longo de um gradiente de estresse hídrico geográfico. Para atingir este objetivo, a pesquisa compreende três atividades inter-relacionadas (i) medidas em situ do estresse hídrico das plantas com foco na fluorescência e seu controle nas trocas de energia e água na superfície conforme observado em sítios de torres de fluxos existentes, (ii) análise dos parâmetros fisiológicos das plantas e processos de fluxos turbulentos observados, propriedades da camada limite, cobertura de nuvens e precipitação ao longo de um gradiente de umidade; e (iii) estudos de modelos baseados em processos através dos quais a partição da energia na superfície (razão de Bowen) e transpiração, modificada pelo estresse hídrico, influencia a convecção influência tanto localmente como não localmente. Essas atividades são transversais aos 3 objetivos do programa DOE BER que apoiam o GOAmazon. Adicionalmente, espera-se que a síntese de novos dados de fluorescência, combinados às observações, in situ e de satélites, existentes ou planejadas, aliadas a estudos de processos com modelos de vários níveis de complexidade, venha a alimentar o desenvolvimento e a implementação dos processos acoplados solo-planta-atmosfera no estado-da-arte dos modelos de clima p.e. NCAR CLM-CAM)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2011
Prevenção de riscos de desmoronamentos em áreas rurais no sudoeste do Paraná usando a rede neural artificial como ferramenta de decisão (Edital nº 11/2010 Programa Institucional de Iniciação Científica)
Descrição: Fenômenos naturais como tornados, terremotos, tsunamis, deslizamentos, ocorrem no mundo inteiro e a todo o momento. Alguns desses fenômenos são imperceptíveis e outros avassaladores, levando a condenação de diversas vidas por falta de uma metodologia de prevenção. Dessa forma, o desenvolvimento de tecnologias para auxiliar na previsão e evitar tais catástrofes se fazem necessárias. Busca-se, através do desenvolvimento do projeto, contribuir com produtos capazes de auxiliar os municípios do sudoeste do Paraná, no que se refere ao planejamento de seus gestores, quanto às áreas passiveis de deslizamentos de terras. Para tanto, propõe-se o desenvolvimento de uma metodologia baseada na técnica de rede neural artificial (RNA) ? devido sua capacidade de integração de dados de diferentes fontes ? para detecção de áreas de riscos que podem ser previsíveis e equacionadas devido às mesmas apresentarem padrões cartográficos, climáticos, geológicos que desmistificam esse desastre em questão, os desmoronamentos de terra, utilizando de dados provenientes de dispositivos de Sensoriamento Remoto e SIG?s (Sistemas de Informação Geográfica)..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Ricardo Dal'Agnol da Silva - Integrante / Mosar Faria Botelho - Coordenador.Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2010 - 2011
Integração de dados espaciais e espectrais usando Redes Neurais Artificiais para mapeamento e classificação da vegetação da mata remanescente do Campus da UTFPR de Dois Vizinhos-PR (Edital nº 03/2010 Programa Institucional de Iniciação Científica)
Descrição: Devido os estudos das áreas de transição entre Floresta Estacional Semidecidual e Floresta Ombrófila Mista ainda serem pouco numerosos no quesito florística e fitossociologia e a região sudoeste do Paraná estar localizada em um ecótono de Floresta Estacional Semidecidual, vegetação original da bacia do rio Iguaçu, com a Floresta Ombrófila Mista, vegetação típica de grande parte da região Sul do Brasil, este projeto vem a contribuir com uma metodologia que integra dados espaciais e espectrais auxiliando na identificação das classes de sucessão apontadas em imagem de alta resolução, a fim de obter-se dados da dinâmica florestal de forma rápida economizando idas a campo e facilitando trabalhos de manejo e conservação florestal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Ricardo Dal'Agnol da Silva - Integrante / Mosar Faria Botelho - Coordenador.Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 4


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: GIScience & Remote Sensing


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geofísica/Especialidade: Sensoriamento Remoto.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Sensoriamento Remoto / Mapeamento de uso e ocupação da terra.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Sensoriamento Remoto / Estudos florestais e de meio-ambiente.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Alemão
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2011
Trabalho premiado na Categoria Pôster, Melhor Comunicação Visual: "Extração automática de MDT para cálculo da massa de carbono utilizando dados do sistema Laser Scanner", XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ANDERSON, LIANA OIGHENSTEIN2018ANDERSON, LIANA OIGHENSTEIN ; RIBEIRO NETO, GERMANO ; CUNHA, ANA PAULA ; FONSECA, MARISA GESTEIRA ; MENDES DE MOURA, YHASMIN ; DALAGNOL, RICARDO ; WAGNER, FABIEN HUBERT ; DE ARAGÃO, LUIZ EDUARDO OLIVEIRA E CRUZ . Vulnerability of Amazonian forests to repeated droughts. PHILOSOPHICAL TRANSACTIONS OF THE ROYAL SOCIETY B: BIOLOGICAL SCIENCES, v. 373, p. 20170411, 2018.

2.
DALAGNOL, R.2017DALAGNOL, R.; BORMA, L. S. ; MATEUS, P. J. B. ; RODRIGUEZ, D. A. . Assessment of climate change impacts on water resources of the Purus Basin in the southwestern Amazon. ACTA AMAZONICA, v. 47, p. 213-226, 2017.

3.
SILVA, C. V. J.2016SILVA, C. V. J. ; SANTOS, J. R. ; GALVAO, L. S. ; SILVA, R. D. ; MOURA, Y. M. . Floristic and structure of an Amazonian primary forest and a chronosequence of secondary succession. Revista Acta Amazonica, v. 46, p. 133-150, 2016.

4.
DEBASTIANI, ALINE BERNARDA2016DEBASTIANI, ALINE BERNARDA ; SILVA, RICARDO DAL?AGNOL DA ; NETO, SÍLVIO LUÍZ RAFAELI . Eficácia da arquitetura MLP em modo closed-loop para simulação de um Sistema Hidrológico. RBRH, v. 21, p. 821-831, 2016.

5.
MATEUS, P. J. B.2016MATEUS, P. J. B. ; BORMA, L. S. ; NICO, G. ; DALAGNOL, R. ; CATALAO, J. . Assessment of two techniques to merge ground-based and TRMM rainfall measurements: a case study about Brazilian Amazon Rainforest. GIScience and Remote Sensing, v. 1, p. 1-18, 2016.

6.
GALVAO, L. S.2015 GALVAO, L. S. ; SANTOS, J. R. ; SILVA, R. D. ; SILVA, C. V. J. ; MOURA, Y. M. ; BREUNIG, F. M. . Following a site-specific secondary succession in the Amazon using the Landsat CDR product and field inventory data. International Journal of Remote Sensing (Print), v. 36, p. 574-596, 2015.

7.
DEBASTIANI, A. B.2015DEBASTIANI, A. B. ; SA, E. A. S. ; ANTUNES, T. A. ; GUOLLO, K. ; SILVA, R. D. ; RAFAELI NETO, S. L. ; BERTOL, I. . Assessment of Climatological Variables for Daily Evapotranspiration Modelling Using Artificial Neural Networks: Case Study on Brazilian State of Santa Catarina. Australian Journal of Basic and Applied Sciences, v. 9, p. 328-333, 2015.

8.
SILVA, R. D.2014 SILVA, R. D.; GALVAO, L. S. ; SANTOS, J. R. ; SILVA, C. V. J. ; MOURA, Y. M. . Spectral/textural attributes from ALI/EO-1 for mapping primary and secondary tropical forests and studying the relationships with biophysical parameters. GIScience and Remote Sensing, v. 1, p. 1-18, 2014.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
DALAGNOL, R.; WAGNER, FABIEN HUBERT ; GALVAO, L. S. ; ARAGAO, L. E. O. E. C. . An automatic method for bamboo-dominated forests die-off detection based on remote sensing time series and bamboo life cycle characteristics. In: European Geosciences Union (EGU) General Assembly, 2018, Vienna. Geophysical Research Abstracts, 2018. v. 20.

2.
DALAGNOL, R.; ARAGAO, L. E. O. E. C. ; GALVAO, L. S. ; MOURA, Y. M. ; SILVA, C. V. J. . Detecção da mortalidade de bambus em florestas do sudoeste amazônico usando dados MODIS (MAIAC). In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, 2017, Santos - SP. Anais XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, 2017. v. XVIII.

3.
SILVA, R. D.; BORMA, L. S. ; MATEUS, P. J. B. ; AUGUSTO-SILVA, P. B. ; RODRIGUEZ, D. A. . Estimativa da umidade do solo usando o modelo hidrológico distribuído MHD-INPE: estudo de caso na Bacia do Purus. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, 2015, João Pessoa - PB. Anais XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, 2015. v. XVII. p. 4292-4299.

4.
SILVA, C. V. J. ; LATORRE, N. S. ; SILVA, R. D. ; BROWN, I. F. ; ARAGAO, L. E. O. E. C. . Alterações nos padrões espectrais e da paisagem devido ao impacto do fogo nas florestas dominadas por Bambu no Estado do Acre. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, 2015, João Pessoa - PB. Anais XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, 2015. v. XVII. p. 6211-6218.

5.
DEBASTIANI, A. B. ; SILVA, R. D. ; PADILHA, V. L. ; SA, E. A. ; RAFAELI NETO, S. L. ; ANTUNES, T. A. . Modelagem chuva-vazão mensal utilizando redes neurais artificiais. In: Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos (RBRH), 2015, Brasília. XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos (RBRH), 2015.

6.
SILVA, R. D.; GALVAO, L. S. ; SANTOS, J. R. . Redes neurais aplicadas ao estudo de florestas primária e secundária com dados espectral/textural ALI/EO-1. In: Seminário de Atualização em Sensoriamento Remoto e Sistemas de Informações Geográficas Aplicados à Engenharia Florestal (SenGeF), 2014, Curitiba - PR. XI Seminário de Atualização em Sensoriamento Remoto e Sistemas de Informações Geográficas Aplicados à Engenharia Florestal (SenGeF), 2014.

7.
BERTANI, G. ; SCHULTZ, B. ; FORMAGGIO, A. R. ; SILVA, R. D. . Determinação do ICMSe através das técnicas de Análise de Imagens Baseada em Objetos e Mineração de Dados. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), 2013, Foz do Iguaçu-PR. XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR). São José dos Campos-SP: INPE, 2013. v. 16. p. 2314-2321.

8.
SILVA, R. D.; DEBASTIANI, A. B. ; SOUZA, M. ; BOTELHO, M. F. . Análise multi-temporal do uso e cobertura do solo e áreas de preservação permanente (APP) de Dois Vizinhos-PR com dados Landsat-5/TM. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), 2013, Foz do Iguaçu-PR. XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR). São José dos Campos-SP: INPE, 2013. v. 16. p. 7679-7686.

9.
SILVA, C. V. J. ; SILVA, R. D. ; GALVAO, L. S. . Seleção de atributos em imagens AVIRIS para mapeamento de uma área do Pantanal Brasileiro. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), 2013, Foz do Iguaçu-PR. XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR). São José dos Campos-SP: INPE, 2013. v. 16. p. 2266-2273.

10.
MOURA, Y. M. ; SILVA, R. D. ; GALVAO, L. S. ; SANTOS, J. R. ; BREUNIG, F. M. . Utilização de dados TRMM e EVI-MODIS para análise da variabilidade espaçotemporal da precipitação e da vegetação na Amazônia brasileira. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), 2013, Foz do Iguaçu-PR. XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR). São José dos Campos-SP: INPE, 2013. v. 16. p. 3478-3485.

11.
SCHULTZ, B. ; SILVA, R. D. . Identificação de padrões de manejo florestal em talhões de Pinus em imagens TM com o uso do Modelo Linear de Mistura Espectral. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), 2013, Foz do Iguaçu-PR. XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR). São José dos Campos-SP: INPE, 2013. v. 16. p. 7117-7124.

12.
SILVA, R. D.; DEBASTIANI, A. B. ; SOUZA, M. ; BOTELHO, M. F. . Mapeamento do uso e cobertura do solo de Dois Vizinhos-PR nos anos de 1984 e 2011 através de imagens orbitais TM/Landsat 5. In: Congresso de ciência e tecnologia da UTFPR ? câmpus Dois Vizinhos, 2012, DoisVizinhos - PR. II Simpósio de ciências florestais e biológicas, 2012.

13.
SOUZA, M. ; SILVA, R. D. ; DEBASTIANI, A. B. ; PEREIRA, F. D. ; BOTELHO, M. F. . Extração automática de MDT para cálculo da massa de carbono utilizando dados do sistema Laser Scanner. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), 2011, Curitiba-PR. XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR). São José dos Campos-SP: INPE, 2011. v. 15. p. 5517-5524.

14.
PEREIRA, F. D. ; BOTELHO, M. F. ; DEBASTIANI, A. B. ; SILVA, R. D. ; SOUZA, M. . Integração de dados provenientes de levantamentos GPS de diferentes equipamentos usando rede neural artificial. In: SEMINÁRIO DE EXTENSÃO E INOVAÇÃO (SEI), 2011, Curitiba/PR. I SEMINÁRIO DE EXTENSÃO E INOVAÇÃO, 2011.

15.
SILVA, R. D.; DEBASTIANI, A. B. ; SOUZA, M. ; PEREIRA, F. D. ; BOTELHO, M. F. . Fusão entre diferentes sensores para a classificação sucessional em pequenas propriedades rurais. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), 2011, Curitiba-PR. XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR). São José dos Campos-SP: INPE, 2011. v. 15. p. 2051-2058.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
DEBASTIANI, A. B. ; SOUZA, M. ; SANTOS, M. A. B. ; SILVA, R. D. ; SCHWADE, G. M. ; BOTELHO, M. F. . Árvore de decisão aplicada na identificação de áreas de risco de deslizamento: comparação dos métodos J48, Functional Trees e Random Tree. In: Colóquio Brasileiro de Ciências Geodésicas, 2013, Curitiba-PR. VIII Colóquio Brasileiro de Ciências Geodésicas.

2.
DEBASTIANI, A. B. ; SILVA, R. D. ; PEREIRA, F. D. ; SOUZA, M. ; BOTELHO, M. F. . O uso da Rede Neural Artificial como critério de decisão na classificação sucessional da mata remanescente do campus da UTFPR Dois Vizinhos. In: Colóquio Brasileiro de Ciências Geodésicas, 2011, Curitiba/PR. VII Colóquio Brasileiro de Ciências Geodésicas, 2011.

3.
SILVA, R. D. ; DEBASTIANI, A. B. ; DAGOSTIN, N. ; BOTELHO, M. F. . Construção de web mapa servidor como ferramenta de gestão ás áreas de risco de desmoronamento no sudoeste do Paraná. In: Colóquio Brasileiro de Ciências Geodésicas, 2011, Curitiba/PR. VII Colóquio Brasileiro de Ciências Geodésicas, 2011.

4.
SILVA, R. D.; BOTELHO, M. F. ; DEBASTIANI, A. B. ; SOUZA, M. ; PEREIRA, F. D. . Mapeamento e classificação de vegetação usando a integração de dados espaciais e espectrais por meio da técnica de redes neurais artificiais. In: SICITE - Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 2011, Ponta Grossa/PR. XVI Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 2011.

5.
SOUZA, M. ; BOTELHO, M. F. ; SILVA, R. D. ; DEBASTIANI, A. B. ; PEREIRA, F. D. . Rede neural artificial como ferramenta interpoladora de dados do sistema laser scanner na obtenção do MDT. In: SICITE - Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 2011, Ponta Grossa/PR. XVI Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 2011.

6.
DEBASTIANI, A. B. ; BOTELHO, M. F. ; SILVA, R. D. ; SOUZA, M. ; PEREIRA, F. D. . Geração de MDT no interior de floresta: comparação de técnicas de levantamento altimétrico. In: SICITE - Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 2011, Ponta Grossa/PR. XVI Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 2011.

7.
SILVA, R. D.; BOTELHO, M. F. ; SOUZA, M. ; ANTONELLI, P. V. . Otimização do cálculo dos parâmetros fitossociológicos e comparação de similaridade de espécies entre sítios através do desenvolvimento do software de análises florestais ? módulo de análise fitossociológica. In: I Congresso de Ciência e Tecnologia da UTFPR campus Dois Vizinhos, 2011, Dois Vizinhos/PR. I Simpósio de Ciências Florestais e Biológicas, 2011.

8.
BOTELHO, M. F. ; DEBASTIANI, A. B. ; SILVA, R. D. ; PEREIRA, F. D. . Cartografia interativa remota: possibilitando o gerenciamento das infra-estruturas da Universidade Tecnológica Federal do Paraná do campus - Dois Vizinhos. In: I Congresso de Ciência e Tecnologia da UTFPR campus Dois Vizinhos, 2011, Dois Vizinhos/PR. I Simpósio de Ciências Florestais e Biológicas, 2011.

9.
SILVA, R. D. . Métodos para quebra de dormência de sementes de flamboyant (Delonix regia (Bojer ex Hook) Raf.). In: I Congresso de Ciência e Tecnologia da UTFPR campus Dois Vizinhos, 2011, Dois Vizinhos/PR. I Simpósio de Ciências Florestais e Biológicas, 2011.

10.
SILVA, R. D. ; DEBASTIANI, A. B. ; SOUZA, M. . Variabilidade de Insetos presentes da Trilha Ecológica da UTFPR - Campus Dois Vizinhos. In: Seminário de Atualização Florestal e Semana de Estudos Florestais da UNICENTRO, 2010, Irati-PR. II Seminário de Atualização Florestal e XI Semana de Estudos Florestais da UNICENTRO, 2010.

11.
PEREIRA, F. D. ; SOUZA, M. ; SILVA, R. D. ; DEBASTIANI, A. B. ; BOTELHO, M. F. . O comportamento de receptores GPS de diferentes precisões, em Levantamentos feitos em mesma área, época e trajeto. In: Seminários sobre Sistemas de Produção Agropecuária - Ciências Agrárias, Animais e Florestais, 2010, Dois Vizinhos. IV Seminário: Sistemas de Produção Agropecuária - Ciências Agrárias, Animais e Florestais, 2010.

12.
SILVA, R. D. . Crescimento inicial de mudas de flamboyant (Delonix regia (Bojer ex Hook) Raf.) sob diferentes condições de plantio em viveiro florestal. In: Seminários sobre Sistemas de Produção Agropecuária - Ciências Agrárias, Animais e Florestais, 2010, Dois Vizinhos. IV Seminário: Sistemas de Produção Agropecuária - Ciências Agrárias, Animais e Florestais, 2010.

13.
SOUZA, M. ; DEBASTIANI, A. B. ; PEREIRA, F. D. ; BOTELHO, M. F. ; SILVA, R. D. . Desenvolvimento de algoritmo para extração automática de floresta utilizando Laser scanner e morfologia matemática. In: Seminários sobre Sistemas de Produção Agropecuária - Ciências Agrárias, Animais e Florestais, 2010, Dois Vizinhos. IV Seminário: Sistemas de Produção Agropecuária - Ciências Agrárias, Animais e Florestais, 2010.

14.
SILVA, R. D.; GORENSTEIN, M. R. . Levantamento de espécies dos campos rupestres e pampas através da integração de dados de diferentes análises florísticas e fitossociológicas. In: Seminários sobre Sistemas de Produção Agropecuária - Ciências Agrárias, Animais e Florestais, 2010, Dois Vizinhos. IV Seminário: Sistemas de Produção Agropecuária - Ciências Agrárias, Animais e Florestais. Dois Vizinhos/PR: UTFPR, 2010.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MOURA, Y. M. ; HILKER, T. ; GALVAO, L. S. ; SANTOS, J. R. ; SILVA, R. D. . Time series analysis of multi-angle MODIS observations to evaluate patterns of rainfall and forest cover in the Amazon. In: ForestSAT, 2014, Riva del Garda - TN. ForestSAT2014, 2014.


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
SILVA, R. D.. Script de análise fitossociológica e similaridade florística em R. 2013.

2.
SILVA, R. D.; SOUZA, M. . Software de Análise Florestal (SAF): Módulo de Análise Fitossociológica. 2010.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR.Detecção da mortalidade de bambus em florestas do sudoeste amazônico usando dados MODIS (MAIAC). 2017. (Simpósio).

2.
Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR.Estimativa da umidade do solo usando o modelo hidrológico distribuído MHD-INPE: estudo de caso na Bacia do Purus. 2015. (Simpósio).

3.
Seminário de Atualização em Sensoriamento Remoto e Sistemas de Informações Geográficas Aplicados à Engenharia Florestal (SenGeF).Redes neurais aplicadas ao estudo de florestas primária e secundária com dados espectral/textural ALI/EO-1. 2014. (Seminário).

4.
XVI SBSR - Simposio Brasileiro Sensoriamento Remoto.Análise multi-temporal do uso e cobertura do solo e áreas de preservação permanente (APP) de Dois Vizinhos-PR com dados Landsat-5/TM. 2013. (Simpósio).

5.
Seminário Online da MundoGEO - Utilizando Bases Geodésicas para o Georreferenciamento. 2011. (Seminário).

6.
XV SBSR - Simposio Brasileiro Sensoriamento Remoto.Fusão entre diferentes sensores para a classificação sucessional em pequenas propriedades rurais. 2011. (Simpósio).

7.
I Semana Acadêmica de Agronomia e IV Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental da UNISEP. 2010. (Seminário).

8.
I Semana Acadêmica do curso de Engenharia Florestal. 2010. (Seminário).

9.
Seminário: Sistemas de Produção Agropecuária - Ciências Agrárias, Animais e Florestais.Levantamento de espécies dos campos rupestres e pampas através da integração de dados de diferentes análises florísticas e fitossociológicas. 2010. (Seminário).

10.
EXPO UT 2009 e III Seminário de Sistemas de Produção Agropecuária. 2009. (Seminário).

11.
III Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental da UNISEP. 2009. (Seminário).

12.
Palestras de Restauração Ambiental, Biodiversidade de Florestas do Sul do Brasil e Legislação Ambiental e Florestal. 2009. (Outra).

13.
EXPO UT 2008 e II Seminário de Sistemas de Produção Agropecuária. 2008. (Seminário).

14.
II Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental da UNISEP. 2008. (Seminário).

15.
IV Seminário Municipal sobre Meio Ambiente. 2008. (Seminário).

16.
Ação Social referente a coleta de lixo na praia artificial de Cruzeiro do Iguaçu-PR promovida pelo Curso de Engenharia Ambiental. 2007. (Outra).

17.
III Seminário Municipal sobre Meio Ambiente. 2007. (Seminário).

18.
I Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental da UNISEP. 2007. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SILVA, R. D.. Monitor da I Semana Acadêmica de Agronomia e IV Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental da UNISEP. 2010. (Outro).

2.
SILVA, R. D.. Monitoria na Maquete Ambiental tematizada: Mudanças de Valores e Atitudes. 2009. (Exposição).

3.
SILVA, R. D.. Monitor e Colaborador na Organização da III Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental da UNISEP. 2009. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/10/2018 às 10:50:53