Gabriela de Lima Grecco

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7818912262901714
  • Última atualização do currículo em 04/11/2018


Pesquisadora e Docente do Departamento de Historia Contemporánea da Universidad Autónoma de Madrid desde 2018 (Comunidad de Madrid, Atracción de Talento Jóven Investigador). Formada no curso de História Licenciatura/Bacharelado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul em 2010. Com formaçâo em Letras/Licenciatura, ênfase dupla Português/Espanhol, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007-2011). Durante o ano de 2011, cursou a faculdade de Letras na Universidad Autónoma de Madrid através do programa de bolsa de mobilidade internacional do Santander Universidades. Em 2012, fez Mestrado Interuniversitário na Universidad Autónoma de Madrid e na Universidad Cumplutense de Madrid (Mestrado com mención hacia la Excelencia e com nota «sobresaliente» na dissertação), validado pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). É Doutora (Cum Laude) em História Contemporânea pela Universidad Autónoma de Madrid (2013- 2017). Realizou um Doutorado Internacional com período sanduíche na University of California Lós Ángeles. Foi Pesquisadora e Docente contratada na Universidad Autónoma de Madrid, pelo Programa Proprio de Ayudas para Formación de Personal Investigador (FPI) (2014-2016). Durante seu Doutorado, participou como Visiting Fellow (Investigador visitante) em seis universidades: University of California, Los Ángeles (Center for Brazilian Studies), sob orientação do Dr. William Summerhill; Freie Universität Berlin (Institute for Latin American Studies), sob orientação do Dr. Nikolaus Böttcher; Université Sorbonne Nouvelle Paris III, sob orientação da Dr. Marie Franco; Fundação Getulio Vargas, sob orientação da Dra. Luciana Quillet Heymann; na Universidade de São Paulo (USP), sob orientação da Dra. Maria Helena Rolim Capelato; e na PUCRS, sob orientaçao do Dr. Luciano Aronne de Abreu. É professora na Univesidad Autónoma de Madrid nas disciplinas de Historia del Mundo Actual (curso Turismo), Introducción a la Historia (curso História), Historia Contemporânea III (curso História), La Dimensión Internacional del Género (Estudios Internacionales), Historia de España (Geografía). Tem experiência nas áreas de História (com ênfase em História Cultural), em Literatura e Língua Espanhola e preferência pelos estudos interdisciplinares e comparados, como Literatura & História e Brasil & Espanha. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Gabriela de Lima Grecco
Nome em citações bibliográficas
GRECCO, G. L.

Endereço


Endereço Profissional
Universidad Autónoma de Madrid, Departamento de História Contemporânea.
Ciudad Universitaria de Cantoblanco
Cantoblanco
Madrid, - Espanha
Telefone: (34) 9149750


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2017
Doutorado em História Contemporânea.
Universidad Autónoma de Madrid, UAM, Espanha.
com período co-tutela/sanduíche em (Orientador: ).
Título: De la pluma como oficio a la pluma oficial: Estado y literatura durante los Nuevos Estados de Getúlio Vargas y Francisco Franco (1936-1945), Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Juan Luis Pan-Montojo González.
Coorientador: Luciano Aronne de Abreu.
Bolsista do(a): Programa Proprio de ayudas para formación de Personal Investigador, FPI, Espanha.
Palavras-chave: Censura; Falange; Franquismo; História e Literatura; Resistencia; Estado Novo.
2011 - 2012
Mestrado em Historia Contemporánea.
Universidad Autónoma de Madrid, UAM, Espanha.
com período sanduíche em Universidad Complutense de Madrid (Orientador: Juan Luis Pan-Montojo González).
Título: Estado y Literatura en un contexto autoritario: España y Brasil bajo las dictaduras franquista y getulista (1936 y 1945),Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Dr. Juan Luis Pan-Montojo González.
Bolsista do(a): Programa Proprio de ayudas para formación de Personal Investigador, FPI, Espanha.
Palavras-chave: Universidad Autónoma de Madrid; Universidad Complutense de Madrid.
2007 interrompida
Graduação interrompida em 2011 em Letras.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
com período sanduíche em Universidad Autónoma de Madrid (Orientador: Charo Cuesta).
Bolsista do(a): Santander Universidade, SANTANDER, Espanha.
Ano de interrupção: 2011
2006 - 2010
Graduação em Bacharelado em História.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
2006 - 2010
Graduação em Licenciatura em História.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Título: UMA IDENTIDADE (RE)CONSTRUÍDA ATRAVÉS DAS OBRAS ?UM QUARTO DE LÉGUA EM QUADRO? (1976) E ?BREVIÁRIO DAS TERRAS DO BRASIL? (1997), DE LUIZ ANTÔNIO DE ASSIS BRASIL.
Orientador: Charles Monteiro.




Formação Complementar


2017 - 2017
Extensão universitária em Territorios de la memoria. El franquismo a debate. (Carga horária: 30h).
Universidad de Valladolid, UVa, Espanha.
2017 - 2017
Alemão. (Carga horária: 120h).
Bauhaus Universität Weimar, UniWEIMAR, Alemanha.
2016 - 2017
Alemão A1. (Carga horária: 40h).
Deutsches Zentrum, DZ, Espanha.
2016 - 2016
Taller Hablar en público, un taller imprescindible. (Carga horária: 9h).
Fuentetaja, FTT, Espanha.
2016 - 2016
Relaciones de género y nuevas masculinidades. (Carga horária: 20h).
Universidad Autónoma de Madrid, UAM, Espanha.
2014 - 2016
Francês A1-A2. (Carga horária: 120h).
CEE idiomas, CEEI, Espanha.
2015 - 2015
Extensão universitária em La Historia en la era digital. (Carga horária: 14h).
Casa de Velázquez, CV, França.
2014 - 2014
First Certificate in English, B2, Level 3. (Carga horária: 40h).
The English Academy, TEA, Irlanda.
2012 - 2012
Curso de Verano de Máster Interuniversitario. (Carga horária: 20h).
Universidad Internacional Menéndez Pelayo, UIMP, Espanha.
2011 - 2011
Extensão universitária em Literatura portuguesa e luso-africana. (Carga horária: 20h).
Universidade de Lisboa, UL, Portugal.
2011 - 2011
Frances nivel A1. (Carga horária: 27h).
Aliança Francesa, AF, Brasil.
2011 - 2011
Ciudadanía y derechos humanos: una perspectiva edu. (Carga horária: 10h).
Universidad Autónoma de Madrid, UAM, Espanha.
2011 - 2011
Cursos de Humanidades Contemporáneas. (Carga horária: 40h).
Universidade Autónoma de Madrid, UAM, Espanha.
2011 - 2011
Curso de Humanidades Contem.: Cuerpo y mujer. (Carga horária: 25h).
Universidad Autónoma de Madrid, UAM, Espanha.
2011 - 2011
Curso de idiomas Espanhol - avançado. (Carga horária: 125h).
Universidade Autónoma de Madrid, UAM, Espanha.
2010 - 2010
Extensão universitária em Cultura Política e identidade cultural gaúcha.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
2010 - 2010
Problemas gramaticales del Español. (Carga horária: 4h).
Instituto Cervantes (RS), CERVANTES, Brasil.
2010 - 2010
El español en el vestibular.. (Carga horária: 3h).
Instituto Cervantes (RS), CERVANTES, Brasil.
2010 - 2010
Conversación y mantenimiento. (Carga horária: 10h).
Instituto Cervantes (RS), CERVANTES, Brasil.
2010 - 2010
LITERATURA DE LÍNGUA ESPANHOLA: ESCRITORES.
Instituto de Cultura Hispânica, ICH, Brasil.
2008 - 2008
Espanhol, nível 3 e 4. (Carga horária: 45h).
Instituto Bureau of Language, IBL, Argentina.
2007 - 2007
Extensão universitária em Grupo de pesquisa: História e Literatura.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
2006 - 2006
LITERATURA ATRAVÉS DO CINEMA. (Carga horária: 40h).
Instituto de Cultura Hispânica, ICH, Brasil.
2006 - 2006
Projeto PROPRATA - saída de campo. (Carga horária: 23h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
2005 - 2005
Inglês.
Pré-Vestibular por disciplina Léo Garbarski, LÉO GARBASKI, Brasil.
2002 - 2003
Literatura, Redação e Português.
Textual, TEXTUAL, Brasil.
1999 - 2003
Inglês.
Instituto Cultural Brasileiro Norte-Americano, CULTURAL, Brasil.


Atuação Profissional



Universidad Autónoma de Madrid, UAM, Espanha.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Investigadora y docente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Contratada pela Comunidad de Madrid (Atracción de Talento Investigador)

Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Pesquisadora

Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Pesquisadora contratada, Enquadramento Funcional: Professora e pesquisadora, Carga horária: 3, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
"Historia Contemporánea III" -Contenidos del Programa: 1. La Primera Guerra Mundial 2. La economía mundial en el periodo de entreguerras 3. Transformaciones sociales y culturales 4. La revolución rusa y el movimiento comunista 5. Los estados democráticos: dinámica política y corporativismo 6. Fascismos y autoritarismos 7. Construcción del Estado y anti-imperialismo en las periferias 8. La crisis de la Restauración y la Dictadura de Primo de Rivera 9. La II República y la Guerra Civil 10. Orígenes y características de la Segunda Guerra Mundial

Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora e pesquisadora, Carga horária: 2, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
"Introducción a la Historia". La asignatura está destinada a introducir a los estudiantes en la disciplina histórica, familiarizándolos con el lenguaje, las problemáticas y los debates que estructuran este campo del conocimiento. Combinando la explicación teórica con la ejemplificación a través de casos históricos de todos los periodos, se presta atención prioritaria al concepto mismo de la Historia y a sus diferentes áreas de trabajo, conceptos fundamentales, corrientes e interpretaciones, con el fin de mostrar tanto la evolución de la disciplina como las encrucijadas a las que se enfrenta actualmente. Contenidos del programa: 1. Qué es la historia? 2. Formas de hacer historia 3. Fuentes y métodos 4. Historia y sociedad

Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisadora (Personal Investigador), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 8
Outras informações
Professora da Disciplina Historia del Mundo Actual (Aulas práticas e teóricas) - História da União Européia - História Contemporânea e atual da América Latina

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora (Aulas práticas e teóricas), Carga horária: 5, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professora na Disciplina Historia Contemporánea III (Aula prática e teórica) - Periodo de entreguerras - História contemporânea da Espanha


Freie Universität Berlin, FUB, Alemanha.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Visiting Scholar, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Institute for Latin American Studies - Freie Universität Berlin;Ibero-Amerikanisches Institut


Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3, PARIS 3, França.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Pesquisador visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20
Outras informações
Pesquisador visitante em CREC (Centre de Recherche sur l´Espagne Contemporaine XVIIe-XIXe-XXe siècles), en la Université Sorbonne Nouvelle Paris III, Apresentação em Seminario (29 de janeiro de 2016) com o trabalho " Más allá del blanco y negro?: Resistencias y consensos desde una perspectiva cultural durante el Primer Franquismo".


Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, BPA/PUCRS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora e colaboradora, Carga horária: 20
Outras informações
- Pesquisadora visitante através da bolsa "Becas Iberoamérica. Jóvenes Profesores e Investigadores y Alumnos de Doctorado Santander Universidad". - Pesquisa DELFOS - Membro no Grupo de Pesquisa "Autoritarismo Político e Imprensa no Brasil Contemporâneo" - Colaboradora (docencia) na disciplina da Pós-Graduaçao "Política e Relações internacionais IV", Codcred 3150J-04, 4 créditos, Tema: ?Conservadorismo, Autoritarismo e Totalitarismo Político?.

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica CNPQ, Carga horária: 20


Centro de Estudantes Universitários de Engenharia UFRGS, CEEE UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professor Curso Pré-Vestibular, Enquadramento Funcional: Professora de Redaçao, Carga horária: 5


Curso Pré-Vestibular Evolução, EVOLUÇÃO, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor de Literatura
Outras informações
Exerceu atividades de regência na disciplina de Literatura no cursinho pré-vestibular Evolução, no Colégio Júlio de Castilhos (de Abril a Setembro de 2008).


E.E. de Ensino Fundamental Prof. Maria Thereza da Silveira, E.E.E.F.M.T.S., Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Professor de História
Outras informações
Estágio Supervisionado Obrigatório realizado para a obtenção do grau de Licenciada em História, tendo como conceito a nota 9,8. Exerceu atividades de regência na oitava série, turma 81.

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Professor temporário, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Exerceu atividades de regência de classe com as turmas de 5°, 6°, 7° e 8° série do Ensino Fundamental, disciplina de História (Julho de 2007, 14horas/aula), na E.E. de Ensino Fundamental Prof. Maria Thereza da Silveira.


Escola Estadual F. A. V. Caldas Júnior, E.E.F.A.V.C.J., Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor temporário, Enquadramento Funcional: Professor de História através de Projeto, Carga horária: 7


Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Pesquisador visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora CPDOC, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de iniciação científica, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Aluno, Enquadramento Funcional: Monitor
Outras informações
Desenvolve atividades de monitoria na Disciplina de Estágio Supervisionado : História (Fundamental e Médio), sob orientação da Prof. Márcia Andréa Schmidt.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Aluno, Enquadramento Funcional: Monitor
Outras informações
Desenvolveu atividades de monitoria na Disciplina de História da Civilização Ibérica II, sob orientação de Janete Silveira Abrão, no período de 02 de março a 3 de julho, de 2009, totalizando a carga horária de 128 horas de atividade.

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Aluno, Enquadramento Funcional: Monitor
Outras informações
Desenvolveu atividades de Estágio de Arqueologia, sob orientação de Klaus Hilbert, totalizando a carga horária de 40 horas de atividade, na PUCRS.


Universidad Autónoma de Madrid, UAM, Espanha.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Pesquisador visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Associate Research Scholar, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


University of California, Los Angeles, UCLA, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Pesquisador visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Associate Research Scholar, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Center for Brazilian Studies, UCLA


Universidad Autónoma de Madrid, UAM, Espanha.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Investigadora y docente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
O Brasil de Vargas em perspectiva comparada: conservadorismo e corporativismo (1930-1954)
Descrição: O presente estudo tem por objetivo identificar e analisar os princípios doutrinários do conservadorismo e corporativismo que teriam fundamentado a definição do ordenamento jurídico-institucional do regime de Vargas no Brasil, em contraponto com os regimes de Juan Perón, na Argentina, Lázaro Cárdenas, no México, Antônio Salazar, em Portugal, Francisco Franco, na Espanha e Franklin Roosevelt, nos Estados Unidos. Para tanto, esse estudo irá se desenvolver em três momentos: 1) definição dos conceitos de conservadorismo e corporativismo, identificando seus princípios gerais e convergentes em relação aos diferentes regimes acima citados; 2) definição, com base nos princípios do conservadorismo e corporativismo, do ordenamento jurídico-institucional de cada um desses países, adequado às suas realidades nacionais; 3) identificação e análise do debate político-intelectual corrente em cada um desses países acerca dos princípios doutrinários do conservadorismo e corporativismo e da definição dos seus respectivos ordenamentos jurídico-institucionais. O Brasil de Vargas em perspectiva comparada: conservadorismo e corporativismo (1930-1954).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Gabriela de Lima Grecco - Coordenador / Cássio Alan Abreu Albernaz - Integrante / Bruno Biazetto - Integrante / Paula Borges Santos - Integrante / Nathália Henrich - Integrante / Marco Aurélio Vannucchi - Integrante / Sabrina Ajmechet - Integrante / César Valdez - Integrante / Luciano Aronne de Abreu - Integrante.
2016 - Atual
Autoritarismo Político e Imprensa no Brasil Contemporâneo
Descrição: Em sentido amplo, pretende-se estabelecer as relações entre o Estado Novo e os intelectuais ligados ao regime a uma tradição de pensamento político conservador no Brasil, sobretudo a partir de meados do século XIX, através do discurso político do regime e de sua difusão através da imprensa. Nessa perspectiva, foram definidos os seguintes objetivos específicos: a)analisar, a partir do pensamento do Visconde do Uruguai e de Alberto Torres, a constituição de uma tradição política conservadora no Brasil, destacando-se suas concepções de realismo político, nacionalismo e anti-liberalismo; b)analisar o pensamento político dos intelectuais ligados ao regime estado-novista ? Oliveira Viana, Azevedo Amaral, Francisco Campos e Almir de Andrade ? e estabelecer suas relações com as concepções acima citadas e a tradição conservadora constituída a partir do Visconde do Uruguai e de Alberto Torres; c)analisar, a partir da imprensa, o processo de legitimação política e ideológica do Estado Novo, tido como herdeiro da tradição política conservadora do Brasil e associado às idéias de realismo, nacionalismo e anti-liberalismo; d)analisar, a partir do caso do Rio Grande do Sul, as práticas políticas do Estado Novo em relação à citada tradição política conservadora e ao pensamento de seus intelectuais...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Gabriela de Lima Grecco - Coordenador / Luciano Aronne de Abreu - Integrante / Cássio Alan Abreu Albernaz - Integrante / Helder Gordim da Silveira - Integrante / Gabriel Costaguta - Integrante / Daniel Machado Bruno - Integrante.
2016 - Atual
Intercambios culturales y creación de identidades a través de fuentes literarias, siglos XIX y XX
Descrição: Referencia: HAR201676398P. Entidad financiadora: Ministerio de Economía y Competitividad. Dirección General de Investigación Científica y Técnica. 28 mil euros.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Gabriela de Lima Grecco - Integrante / Pilar Toboso - Integrante / Carmen de La Guardia - Coordenador.
2012 - 2016
La construcción de las redes de poder en la España Contemporánea y sus relaciones con el mundo atlántico (siglo XIX-XX)
Descrição: El proyecto tiene como objeto el análisis de la creación, funcionamiento y evolución de las redes de poder en la España contemporánea. En concreto se centrara en el estudio de las relaciones que se entablaron entre los grandes empresarios y los políticos; los medios intelectuales y las asociaciones socioculturales con proyección política y las elites, las autoridades administrativas y políticas locales y la clase política nacional. Estudiar las redes implica reconstruir los vínculos sociales específicos y las relaciones concretas que unen a la gente entre sí; pero también analizar la manera en que se activan para conseguir fines y evaluar su influencia en los poderes públicos. Las redes no se forman espontáneamente. Además de voluntad de acumular capital relacional o social, se necesitan espacios virtuales ?especialmente en el caso de las redes internacionales- y físicos que faciliten el encuentro entre las personas dispuestas a relacionarse. Lugares que han revestido una naturaleza variable según el momento y que serán en sí objeto de estudio. En el seno de las redes que pretendemos estudiar tuvieron un papel protagonista los varones, pero también participaron ?de forma directa o indirecta- las mujeres, que desempeñaron un papel clave en la interrelación de redes extrafamiliares y de redes familiares, facilitando así la reproducción de los mecanismos de poder. Los rasgos de nuestra perspectiva ?estudios relacionales, análisis de espacios nacionales e internacionales y análisis de relaciones de género- más el enfoque de largo plazo (1808-1975) permitirán estudiar la dinámica de las redes en los diferentes sistemas políticos de la España contemporánea e identificar sus características según el marco institucional. Aunque el objetivo principal es la reconstrucción de las redes en España, también se prestará atención a los contactos que los grupos españoles tuvieron con los de espacios geográficos distintos, sobre todo transatlánticos, y cómo influyeron en decisiones p.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (13) .

Integrantes: Gabriela de Lima Grecco - Integrante / Juan Luis Pan-Montojo - Integrante / Pilar Toboso - Coordenador / Carmen García - Integrante / Maria Miguelañez - Integrante / Alejandro Cattaruzza - Integrante / Daniele Bonfanti - Integrante / Javier Pérez Nuñez - Integrante / Carmen de La Guardia - Integrante / Elena Sánchez Madariaga - Integrante / Irene Moreno - Integrante / Ángelez Hijano - Integrante.
Financiador(es): Ministerio de Economía y Competitividad - Auxílio financeiro.
2010 - 2011
CONTANDO (A) HISTÓRIA DA PÓS-MODERNIDADE: uma abordagem interdisciplinar para o ensino da Literatura e da História em ensino fundamental.
Descrição: O Projeto Contando (a) História na Pós-modernidade: uma abordagem interdisciplinar para o ensino da Literatura e da História no nível fundamental propõe uma nova abordagem de ensino-aprendizagem da Literatura e da História no nível fundamental da escola regular, relacionada a outras áreas e/ou disciplinas, a partir da leitura interdisciplinar de conceitos ligados ao entendimento da pós-modernidade - marcada pela desterritorialização, globalização e mundialização da cultura - reconfigurando identidades que se organizam no entre-lugar, no ciberespaço, com vistas à formação do leitor/agente histórico no contexto da contemporaneidade. Dessa forma, pretende-se redimensionar o ensino dessas duas áreas, associando teorias da arte literária e da História e valendo-se de uma abordagem pedagógica que vise à formação do leitor\agente histórico no contexto da contemporaneidade, por meio de atividades que valorizem os princípios estéticos da arte literária, estimulando a expressão da subjetividade, a interpretação e o senso crítico dos leitores. Para tanto, será necessária a análise dos conceitos de sujeito histórico e de tempo histórico, como objeto de um planejamento para a incursão em novas metodologias que valorizem leituras críticas e analíticas do mundo. Pretende-se, contribuir para a reconfiguração da abordagem da Literatura e da História a partir da elaboração de propostas de ensino que ampliem os horizontes de expectativas do leitor/agente histórico-aluno, contribuindo, também, na formação continuada do professor-pesquisador da escola de nível básico. Para a realização de uma pesquisa-piloto a ser desenvolvida em escola(s) de ensino regular, serão elaboradas propostas pedagógicas a partir dos princípios teóricos eleitos, em relação à melhoria da capacidade de compreensão e de interpretação de textos literários e históricos. Os resultados da pesquisa serão socializados entre profissionais do ensino fundamental por meio de publicações e eventos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Gabriela de Lima Grecco - Integrante / William Bitencourt Noal - Integrante / Maria Tereza Amodeo - Coordenador / Luciano Aronne de Abreu - Integrante / Márcia Andrea Schmidt da Silva - Integrante.
Financiador(es): BPA/PUCRS - Bolsa.
2006 - 2008
POETAS E POESIA NA GUERRA CIVIL ESPANHOLA - A Dialética entre a Arte e a Guerra
Descrição: O Projeto Poetas e Poesias na Guerra Civil Espanhola ? A Dialética entre a arte e a guerra trata sobre a importância da cultura durante os tempos da República Popular na Espanha e, por extensão, da indiscutível importância da poesia como ?cultura em arma?. Assim, com a instauração da República as massas passaram a ter acesso às artes e às letras. Os republicanos, por sua vez, acreditavam que o progresso tão desejado só poderia ser obtido com o livre acesso do povo à cultura e à liberdade de expressão. O governo republicano, portanto, conscientiza-se da importância da poesia e a utiliza, à semelhança do cartaz, para doutrinar, ensinar regras básicas, denunciar atrocidades do inimigo e elevar a moral de militares e de civis, difundindo-a através da imprensa, rádio e Brigadas da Cultura. Devido à acessibilidade e por ser um canal privilegiado para exteriorizar emoções, a poesia afirma-se como forma literária preferida dos combatentes, sendo publicados 8.500 poemas nos jornais republicanos durante o conflito. E é nessa atmosfera do saber que poetas vestem a farda de soldados, enquanto muitos soldados também descobrem ser poetas. Nesse sentido, sendo a poesia uma das formas de expressão mais utilizada durante a guerra, os poetas também se afirmam como essenciais para o contexto em questão. São eles os intérpretes dos sentimentos coletivos e usam de sua poesia como fonte de inspiração e esperança para os soldados. Assim, os poetas, junto ao povo, foram fundamentais para o contexto de tal guerra, como Federico Garcia Lorca e Antonio Machado (?Poesías de la guerra?); Miguel Hernández (?Poemas Sociales, de Guerra y de Muerte?); Rafael Alberti (?El poeta en la calle, 1938? e ?Entre el Cavel y la Espada, 1939-40?); e Pablo Neruda (?España en el corazón, hino a las glorias del pueblo en la guerra, 1936-37? e ?Confieso que he vivido?)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Gabriela de Lima Grecco - Integrante / BRANCATO, Braz - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: RELACIONES INTERNACIONALES (MADRID)


Revisor de periódico


2015 - 2015
Periódico: Revista História Autónoma -Universidad Autónoma de Madrid
2016 - Atual
Periódico: Oficina do Historiador
2017 - Atual
Periódico: Entrelinhas (UNISINOS. Online)
2018 - Atual
Periódico: HISTÓRIA UNICAP
2018 - Atual
Periódico: ESTUDOS IBERO-AMERICANOS


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Espanhola e Brasileira.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Contemporânea.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil República.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Contemporânea da Espanha.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Comparada e Transnacional.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Estados Novos Espanha e Brasil.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Alemão
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2018
Premio internacional de Historia intelectual en América Latina, Universidade de São Paulo e Universidad de Veracruzana.
2017
Doutora Cum laude, Universidad Autónoma de Madrid.
2017
Atracción de talento investigador, Comunidad de Madrid.
2015
Programa Propio de Ayudas para Posgrado de Excelencia UAM, Universidad Autónoma de Madrid.
2015
Becas Iberoamérica. Jóvenes Profesores e Investigadores, Santander Universidad.
2012
Bolsa Programa Propio de ayudas para Posgrados de Excelencia UAM (2012-2013) con destino a University of California (Los Angeles), Universidad Autónoma de Madrid.
2012
Mestrado História Contemporânea com "sobresaliente" (destacado), Universidad Autónoma de Madrid.
2010
Programa de Mobilidade Acadêmica Fórmula Santander - Bolsa España/Madrid, Santander Universidades/Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
2010
Primeiro lugar entre 26 graduados em História/Licenciatura, ano de 2010 (média final 9,27), Pontificia Universidade Católica.
2010
Primeiro lugar entre 9 graduados em História/Bacharelado, ano de 2010 (média final 9,27), Pontificia Universidade Católica.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
GRECCO, G. L.2018 GRECCO, G. L.. El fascismo tropical: literatura y Ação Integralista Brasileira. Ayer, v. 3, p. 253-282, 2018.

2.
GRECCO, G. L.2018GRECCO, G. L.. Plumas fascistas: los escritores de la Falange Española. Revista de Historia (Concepción. Impresa), v. 1, p. 87-107, 2018.

3.
GRECCO, G. L.2018GRECCO, G. L.. Los libros de la Nación: Premios Literarios en Brasil durante la dictadura de Getúlio Vargas (1937-1945). REVISTA DE ESTUDIOS BRASILEÑOS, v. 5, p. 116-128, 2018.

4.
GRECCO, G. L.2018GRECCO, G. L.; CRESCENTINO, D. S. . Relaciones Internacionales e Historia Global: un diálogo posible y necesario. RELACIONES INTERNACIONALES (MADRID), v. 37, p. 209-218, 2018.

5.
GRECCO, G. L.2018GRECCO, G. L.. LEVEMOS A MULHER À ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS! TETRÁ DE TEFFÉ, A PRIMEIRA ROMANCISTA PREMIADA PELOS IMORTAIS. TRAVESSIAS, v. 12, p. 177-191, 2018.

6.
GRECCO, G. L.2018GRECCO, G. L.; FIUZA, A. A. F. . Apresentação Dossiê Escrituras femininas à margem: diálogos na América Latina e na Península Ibérica. TRAVESSIAS, v. 12, p. 1-6, 2018.

7.
GRECCO, G. L.2018GRECCO, G. L.; MARTIN, S. . SALVANDO LAS ÁNIMAS. DISCURSOS DE GÉNERO Y RELIGIÓN EN LAS REVISTAS DE LA ACCIÓN CATÓLICA ESPAÑOLA. https://doi.org/10.22355/exaequo.2018.37.05, v. 37, p. 63, 2018.

8.
GRECCO, G. L.2018GRECCO, G. L.. Premios del Espíritu durante el Primer Franquismo: una nueva literatura para un Nuevo Estado. Rubrica Contemporánea, v. VII, p. 109-125, 2018.

9.
CRESCENTINO, D. S.2018CRESCENTINO, D. S. ; GRECCO, G. L. . Sobre la resistencia: Discusiones desde las Relaciones Internacionales. RELACIONES INTERNACIONALES (MADRID), v. 39, p. 5-12, 2018.

10.
GRECCO, G. L.2017GRECCO, G. L.. Censoring the word: public control of press and books in Brazil. LITERATURA E AUTORITARISMO (UFSM), v. 29, p. 37-48, 2017.

11.
GRECCO, G. L.2017GRECCO, G. L.. ES NECESARIO QUE NOSOTROS, INTELECTUALES, NOS APODEREMOS DE BRASIL. REDES DE INTELECTUALES DE DERECHAS DURANTE EL ESTADO NOVO BRASILEÑO (1937-1945).. Anuario IEHS, v. 32, p. 109-126, 2017.

12.
GRECCO, G. L.2016GRECCO, G. L.. Falange Española: de la Corte Literaria de José Antonio al protagonismo del nacionalcatolicismo. História e Cultura, v. 5, p. 98-118, 2016.

13.
GRECCO, G. L.2016GRECCO, G. L.. La censura literaria: Desarrollo conceptual y teórico, los efectos de su acción y su funcionamiento. Anuário de Literatura, v. 21, p. 124-141, 2016.

14.
GRECCO, G. L.2015GRECCO, G. L.. Identidade e Cânone Gaúcho: Uma Análise Da Construção Identitária Sul-Rio-Grandense Através da Obra ?Breviário das Terras do Brasil? de Luiz Antônio de Assis Brasil. Cadernos do IL (UFRGS), v. 51, p. 112-133, 2015.

15.
GRECCO, G. L.2015GRECCO, G. L.. Da Pós-Modernindade ao Cânone Literário: A Identidade Sul-Rio-Grandense Construída Através dos Textos Literários. Revista de Educação, Ciência e Cultura, v. 20, p. 51-69, 2015.

16.
GRECCO, G. L.2015GRECCO, G. L.. Redes de Poder Durante El ?Estado Novo? Brasileño: Los Intelectuales Autoritarios y La Constelación Capanema. Páginas. Revista digital de la Escuela de Historia, v. 7, p. 48-62, 2015.

17.
GRECCO, G. L.2014GRECCO, G. L.. EL CONTROL PÚBLICO DEL LIBRO Y DE LA PRENSA EN EL BRASIL DEL SIGLO XIX Y DEL PRIMER TERCIO DEL SIGLO XX. Oficina do Historiador, v. 7, p. 43-62, 2014.

18.
GRECCO, G. L.2014 GRECCO, G. L.. El control del libro durante el primer franquismo. Diálogos (On-line), v. 18, p. 361-380, 2014.

19.
GRECCO, G. L.2014GRECCO, G. L.. História e literatura: entre narrativas literárias e históricas, uma análise através do conceito de representação. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais, v. 6, p. 39-53, 2014.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
GRECCO, G. L.. Aspekte der Geschite Thüringens. 1. ed. Erfurt: Landeszentrale für politische Bildung Thüringen, 2017. v. 1. 20p .

Capítulos de livros publicados
1.
GRECCO, G. L.. Las diferentes actitudes de la gente corriente ante la política del libro: contra-discursos, resistencias, rebeldías y consenso. In: Damián A. González Madrid; Manuel Ortiz Heras; Juan Sisinio Pérez Garzón. (Org.). La Historia, Lost in translation?. 1ed.Cuenca: Ediciones de la Universidad de Castilla-la-Mancha, 2017, v. 1, p. 291-299.

2.
GRECCO, G. L.. Ação Integralista Brasileira: Intelectuales, Literatura y Fascismo en Brasil. In: Oriol Luján; Laura Canalias. (Org.). LOS EMBATES DE LA MODERNIDAD: DEBATES EN TORNO A LA CIUDADANÍA, EL LIBERALISMO, EL REPUBLICANISMO, LA DEMOCRACIA Y LOS MOVIMIENTOS SOCIALES. 1ed.Barcelona: Departament d?Història Moderna i Contemporània de la Universitat Autònoma de Barcelona, 2017, v. 4, p. 108-122.

3.
GUARDIA, C. L. ; GARCIA, C. ; HIJANO, A. ; BONFANTI, D. ; GRECCO, G. L. ; PAN-MONTOJO, J. L. ; PUERTO, A. P. ; MADARIAGA, E. S. ; SANCHEZ, P. T. ; NUNEZ, J. P. . Redes de intelectuales en Brasil: los diferentes grupos y sus proyectos durante el Estado Novo (1937-1945). In: Pilar Toboso Sánchez. (Org.). Redes, alianzas y grupos de poder en el mundo atlántico. 1ed.Madrid: Editorial Síntesis, 2016, v. 1, p. 247-266.

4.
GRECCO, G. L.. El control del libro durante el Estado Nuevo de Getulio Vargas (1937-1945). In: Pilar Folguera; Juan Carlos Pereira Castañares; Carmen García García; Jesús Izquierdo Martín; Rubén Pallol Trigueros; Raquel Sánchez García; Carlos Sanz Díaz; Pilar Toboso Sánchez.. (Org.). PENSAR CON LA HISTORIA DESDE EL SIGLO XXI. 1ed.Madrid: Ediciones Universidad Autónoma de Madrid, 2015, v. , p. 1485-1498.

5.
GRECCO, G. L.. El control del libro y de la prensa en la España del siglo XIX y del primer tercio del siglo XX. In: MENEZES PAREDES; ARRONE DE ABREU, L.. (Org.). Dimensões do poder. História, Política e Relações Internacionais. 1ed.Porto Alegre: EDIPUCRS, 2013, v. , p. 1-20.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GRECCO, G. L.. El control del libro durante el Estado Nuevo de Getulio Vargas (1937-1945). In: XII Congreso Asociación Historia Contemporánea, Pensar con la Historia desde el Siglo XXI, 2015, Madrid. Pensar con la Historia desde el Siglo XXI. Madrid: Ediciones Universidad Autónoma de Madrid, 2015. v. I. p. 1485-1498.

2.
GRECCO, G. L.. Estado y Literatura en un contexto autoritario: España y Brasil bajo las dictaduras franquista y getulista (1936 y 1945).. In: I Congreso Internacional Nuevos Horizontes de Iberoamérica, 2013, Mendoza. I CONGRESO INTERNACIONAL: NUEVOS HORIZONTES DE IBEROAMÉRICA ? MENDOZA ? ARGENTINA ? 2013, 2013. p. 1-6.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
GRECCO, G. L.. El control del libro durante el Estado Nuevo de Getulio Vargas (1937-1945). In: PENSAR CON LA HISTORIA DESDE EL SIGLO XXI XII CONGRESO DE HISTORIA CONTEMPORÁNEA, 2014, Madrid. HISTORIA DE LA EDICIÓN, EL LIBRO Y LA LECTURA, 2014. p. 40-160.

2.
AMODEO, Maria Tereza ; ABREU, Luciano. ; SCHMIDT, Márcia Andrea da Silva ; NOAL, William ; GRECCO, G. L. . CONTANDO (A) HISTÓRIA DA PÓS-MODERNIDADE: Uma abordagem interdisciplinar para o ensino da Literatura e da História no nível fundamental. In: XI Salão de Iniciação Científica PUCRS, 2010, Porto Alegre. XI Salão de Iniciação Científica da PUCRS, 2010.

3.
GRECCO, G. L.; AMODEO, Maria Tereza ; ABREU, Luciano. ; NOAL, William ; SCHMIDT, Márcia Andrea da Silva . CONTANDO (A) HISTÓRIA DA PÓS-MODERNIDADE: Uma abordagem interdisciplinar para o ensino da Literatura e da História no nível fundamental. In: XXII Salão de Iniciação Científica- UFRGS, 2010, Porto Alegre. XXII Salão de Iniciação Científica, 2010.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GRECCO, G. L.. Redes de intelectuales de derechas durante el Estado Novo: los dipeanos y los integralistas. In: CEISAL, 2016, Salamanca. Tiempos posthegemónicos: sociedad, cultura y política en América Latina, 2016. p. 639.

2.
GRECCO, G. L.. ESTADO Y LITERATURA EN UN CONTEXTO AUTORITARIO: ESPAÑA Y BRASIL BAJO LAS DICTADURAS FRANQUISTA Y GETULISTA (1936-1945),. In: I Congreso Internacional Nuevos Horizontes de Iberoamerica, 2013, Mendoza. I Congreso Internacional Nuevos Horizontes de Iberoamérica, 2013.

3.
GRECCO, G. L.. Poetas e Poesias na Guerra Civil Espanhola ? A Dialética entre a Arte e a Guerra. In: VIII Salão de Iniciação Científica da PUCRS, 2007, Porto Alegre. VIII Salão de Iniciação científica da PUCRS, 2007.

4.
GRECCO, G. L.. Poetas e Poesias na Guerra Civil Espanhola. A Dialética entre a Arte e a Guerra. In: Salão de Iniciação Científica UFRGS, 2007, Porto Alegre. Salão de Iniciação Científica, 2007.

5.
GRECCO, G. L.. A influência guaranítica na nossa cultura. In: XI Jornadas Internacionais sobre as Missões Jesuíticas, 2006, Porto Alegre. XI Jornadas Internacionais sobre as Missões Jesuíticas, 2006.

6.
GRECCO, G. L.. Na Literatura, o tema missioneiro.. In: VI Congresso Internacional de Estudos Ibero-americanos, 2006. VI Congresso Internacional de Estudos Ibero-americanos, 2006.

Artigos aceitos para publicação
1.
GRECCO, G. L.. The Feathers of Condor (Resumo). IBEROAMERICANA (MADRID), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
GRECCO, G. L.; CRESCENTINO, D. S. . Resistencia(s). 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
GRECCO, G. L.. The ?literary court? of José Antonio and Plinio Salgado. The importance of literature in the rise of fascist movements in Spain and Brazil. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
GRECCO, G. L.; MARTIN, S. . Ecclesia, Volad y Para nosotras. Prensa, poder y censura en la construcción del arquetipo femenino católico bajo el franquismo. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
GRECCO, G. L.. Mujeres contra Vargas: resistencia a través de la plumas de escritoras brasileñas (1937-1945). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
GRECCO, G. L.. Censura literaria desde amboas lados de la oriella: los ?Nuevos Estados? de Getúlio Vargas e Francisco Franco. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
GRECCO, G. L.. Brasil, un modelo a seguir: la prensa brasileña y la dictadura del general Augusto Pinochet. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
GRECCO, G. L.. Pluma o bastón. Las identidades masculinas en la literatura de escritores falangistas: Felipe Ximénez y Samuel Ros. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
GRECCO, G. L.. Luchar a través de la palabra: escritoras brasileñas bajo la dictadura de Getúlio Vargas (1937-1945). 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
GRECCO, G. L.. Un encuentro entre el pasado y el presente: la utopía del escritor Mario de Andrade.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
GRECCO, G. L.. Resistencia «desde dentro» y resistencia «desde fuera». Las diferentes estrategias de resistencia en ámbito de la cultura literaria durante el Primer Franquismo.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
GRECCO, G. L.. Burlando la censura franquista: Corrupción o resistencia?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
GRECCO, G. L.. Más allá del blanco y negro?: Resistencias y consensos desde una perspectiva cultural durante el Primer Franquismo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
GRECCO, G. L.. Dictaduras en perspectiva comparada: las políticas culturales de los estados nuevos de Brasil y España (1936-1945). 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

14.
GRECCO, G. L.. De la pluma como oficio a la pluma oficial. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
GRECCO, G. L.. O Fascismo na Espanha: a Falange Espanhola. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
GRECCO, G. L.. Guerra poética em Espanha: León Felipe e José María Pemán. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

17.
GRECCO, G. L.. Redes de intelectuales de derechas durante el Estado Novo: los dipeanos y los integralistas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
GRECCO, G. L.. Consenso, contra-discursos, resistencias y rebeldías: las diferentes actitudes de la gente corriente ante la política del libro (1936-1945). 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
GRECCO, G. L.. Mulheres censuradas: Literatura clandestina durante a ditadura de Getúlio Vargas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
GRECCO, G. L.. Redes de intelectuales durante el Estado Novo en Brasil (1937-1945),. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
GRECCO, G. L.. De la pluma como oficio a la pluma oficial: Historia comparada Brasil e Espanha. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
GRECCO, G. L.. Açao Integralista Brasileira: Intelectuales, Literatura y Fascismo en Brasil.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

23.
GRECCO, G. L.. Redes de intelectuales durante el 'Estado Novo' en Brasil (1937-1945). 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

24.
GRECCO, G. L.. La cultura política fascista en Brasil durante los años treinta. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

25.
GRECCO, G. L.. Una aproximación desde una perspectiva comparada: la Universidad en Brasil y España hoy. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
GRECCO, G. L.. El control del libro durante el Estado Nuevo de Getulio Vargas (1937-1945). 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
GRECCO, G. L.. Public control of press and books in Brazil from the XIX century until the first third of the XX century. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
GRECCO, G. L.. El control público del libro y de la prensa en la España del siglo XIX y del primer tercio del siglo XX,. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

29.
GRECCO, G. L.. Estado y Literatura en un contexto autoritario: España y Brasil bajo las dictaduras franquista y getulista (1936 y 1945).. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

30.
AMODEO, Maria Tereza ; GRECCO, G. L. ; NOAL, William ; ABREU, Luciano. ; SCHMIDT, Márcia Andrea da Silva . Contando (a) História da Pós-modernidade. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

31.
GRECCO, G. L.; AMODEO, Maria Tereza ; SCHMIDT, Márcia Andrea da Silva ; NOAL, William . Contando (a) História da Pós-Modernidade. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

32.
GRECCO, G. L.; NOAL, William . Contando (a) História da Pós-Modernidade. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

33.
GRECCO, G. L.. Poetas e Poesias na Guerra Civil Espanhola ? A Dialética entre a Arte e a Guerra. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

34.
GRECCO, G. L.. Poetas e Poesias na Guerra Civil Espanhola ? A Dialética entre a Arte e a Guerra. 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
BUENO:, I. S. C. ; GRECCO, G. L. . Descolonizar el saber, descolonizar el ser: Una perspectiva (negra) sobre la resistencia desde Brasil. Madrid: Univerisdad Autónoma de Madrid, 2018. (Tradução/Artigo).

2.
GRECCO, G. L.; RIBEIRO, D. ; SANTOS, D. T. R. . Breves reflexiones sobre Lugar de Enunciación. Madrid: Universidad Autónoma de Madrid, 2018. (Tradução/Artigo).

3.
GRECCO, G. L.. Abordagens Cruzadas no mundo atlântico: relações entre Península Ibérica e América.. Rio de Janeiro: Revan, 2017 (Capítulo de livro).

4.
GRECCO, G. L.; CALDEIRA NETO, O. . Estudos sobre o autoritarismo: repressão, cotidiano, política e cultura. Curitiba: PRISMAS, 2017 (Organizadora de livro).

5.
GRECCO, G. L.; ABREU, Luciano. . 80 anos da Guerra Civil Espanhola: histórias, historiografia e memórias do Fascismo. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2017 (Organizadora de Livro).

6.
SILVA, F. R. O. ; GRECCO, G. L. . Arqueología de la esclavitud, 2011. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
GRECCO, G. L.. Produção de depoimento com o escritor e professor Luiz Antônio de Assis Brasil. 2010.

Redes sociais, websites e blogs
1.
GRECCO, G. L.. Actividades Doctorandos de Historia Contemporánea. 2017; Tema: Congresos, reseñas de libros, información investigadora. (Blog).

2.
GRECCO, G. L.; MIGUELANEZ, M. . Redes de poder. España y el Mundo Atlántico. 2015; Tema: Página web del Proyecto de Investigación "La construcción de redes de poder". (Site).


Demais tipos de produção técnica


Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Desde ambos lados de la orilla: mujeres y literatura bajo dictaduras.Luchar a través de la palabra: escritoras brasileñas bajo la dictadura de Getúlio Vargas (1937-194). 2017. (Outra).

2.
5th Internacional Crtitical Studies Research Group Conference. 2016. (Outra).

3.
IV Jornadas Doctorales Interuniversitarias. 2016. (Outra).

4.
Resistance. 2016. (Outra).

5.
Seminário Internacional 80 anos da Guerra Civil Espanhola: histórias, historiografia e memórias do Fascismo.Mesas redondas: "A Guerra Civil Espanhola e o cinema" e "Memória Histórica e a Guerra Civil Espanhola". 2016. (Seminário).

6.
Seminário Internacional 80 anos da Guerra Civil Espanhola: histórias, historiografia e memórias do Fascismo.O Fascismo na Espanha: a Falange Espanhola. 2016. (Seminário).

7.
SeminárioTeoria da Literatura Lírica.Guerra poética em Espanha: León Felipe e José María Pemán. 2016. (Seminário).

8.
Tiempos posthegemónicos: sociedad, cultura y política en América Latina. Redes de intelectuales de derechas durante el Estado Novo: los dipeanos y los integralistas. 2016. (Congresso).

9.
Un giro espacial de la historiografia? Estudios de área, transnacionales, transfronterizos y mundiales. 2016. (Oficina).

10.
I Encuentro del Seminario Interuniversitario de investigadores del fascismo: Fascismo y Modernismo. 2015. (Encontro).

11.
Laboratorio de Pesquisa Histórica em Documentação Escrita da PUCRS (LAPHDE).De la pluma como oficio a la pluma oficial: Historia comparada Brasil e Espanha. 2015. (Oficina).

12.
Nachwuchstagung der Arbeitsgemeinschaft Deutsche Lateinamerikaorschung. 2015. (Seminário).

13.
Redes Intelectuales y compromiso social en América Latina. 2015. (Simpósio).

14.
Seminario de Doctorado del Departamento de Historia Contemporánea.Las elecciones municipales en el contexto de la transición a la democracia. 2015. (Seminário).

15.
Seminário de Investigación Experiencias de edición e investigación en cartas y diarios. 2015. (Seminário).

16.
Seminario de Jóvenes Investigadores.La cultura política fascista en Brasil durante los años treinta. 2015. (Seminário).

17.
V Encuentro de Jóvenes Investigadores de la Asociación de Historia Contemporánea.MODERNOS ANTIMODERNOS. PASADOS REIVINDICADOS Y CULTURA POLÍTICA ANTILIBERAL EN EL MUNDO ATLÁNTICO (1815 ‐ 1936). 2015. (Encontro).

18.
XV JORNADAS INTERESCUELAS/DEPARTAMENTOS DE HISTORIA.REDES DE INTELECTUALES DURANTE EL ?ESTADO NOVO?  EN BRASIL (1937-1945). 2015. (Outra).

19.
III Jornadas Doctorales Interuniversitarias. 2014. (Outra).

20.
XII Congreso Asociación de Historia Contemporánea. EL CONTROL DEL LIBRO DURANTE EL ESTADO NUEVO DE GETULIO VARGAS (1937-1945). 2014. (Congresso).

21.
A Protestant Book Seller in Counter-Reformation Rome: Science, Censorship, and Commerce. 2013. (Outra).

22.
A Protestant Book Seller in Counter-Reformation Rome: Science, Censorship and Commerce. 2013. (Outra).

23.
Atlantic History Colloquium - Gender and Creolization on the Slave Coast: Castle Slaves in the Era of the Slave Trade. 2013. (Outra).

24.
Carioca Orientalism ? Marocco in the imaginary of Brazilian telenovela. 2013. (Outra).

25.
Digital Humanities and History. 2013. (Oficina).

26.
Digital Humanities and History (Profesor Todd Pesner -UCLA). 2013. (Oficina).

27.
Duel at Dawn: Heroes, Martyrs, and the Rise of Modern Mathematics. 2013. (Outra).

28.
Jubilee: The Self-Emancipation of U.S. Slaves and Freedom for All?. 2013. (Outra).

29.
Más allá del mercado: Los usos de la literatura latinoamericana en la era neoliberal. 2013. (Outra).

30.
Suburban multiracial transformation in a policy vacuum. 2013. (Encontro).

31.
The Future of History: A Symposium in Honor of Lynn Hunt. 2013. (Simpósio).

32.
UCLA Brazil History Research Workshop. 2013. (Oficina).

33.
UCLA Brazil History Research Workshop.Public control of press and books in Brazil from the XIX century until the first third of the XX century. 2013. (Oficina).

34.
Ciclo de Conferencias de Máster Interuniversitario en Historia Contemporánea,. 2012. (Outra).

35.
La nación expuesta: Cultura visual y procesos de formación de la nación en América Latina. 2012. (Simpósio).

36.
Taller de la historia: sujetos históricos, escalas, problemas, metodologías, fuentes,. 2012. (Oficina).

37.
IX Jornada sobre la Cultura de la República. 2011. (Outra).

38.
A canção de caráter social do século XX: por uma unidade Latino-Americana. 2010. (Oficina).

39.
A Ditadura na América Latina. 2010. (Outra).

40.
Discussão do conceito de espiritualidade e suas interfaces com saúde e educação (NIETE). 2010. (Seminário).

41.
Encontro Nacional dos Estudantes de Letras (João Pessoa). 2010. (Encontro).

42.
Fronteiras do Pensamento: Carlo Ginzburg. 2010. (Outra).

43.
Fronteiras entre História, Literatura e Antropologia (Lilia Schwarcz). 2010. (Outra).

44.
Leituras de História Cultural, "Entre lanternas mágicas e cinematógrafos: as origens do espetáculo cinematográfico em Porto Alegre". 2010. (Outra).

45.
Mitologia e Literatura. 2010. (Oficina).

46.
O Literário e a História. 2010. (Seminário).

47.
XI Salão de Iniciação Científica PUCRS.CONTANDO (A) HISTÓRIA NA PÓS-MODERNIDADE. 2010. (Outra).

48.
XI Salão de Iniciação Científica PUCRS.CONTANDO (A) HISTÓRIA DA PÓS-MODERNIDADE. 2010. (Outra).

49.
XIV Semana de Letras/UFRGS: Letras em perspectiva.CONTANDO (A) HISTÓRIA DA PÓS-MODERNIDADE: uma abordagem interdisciplinar para o ensino de Literatura e História no nível fundamental. 2010. (Outra).

50.
XXII Salão de Iniciação Científica.CONTANDO (A) HISTÓRIA DA PÓS-MODERNIDADE. 2010. (Outra).

51.
XXII Salão de Iniciação Científica- UFRGS.CONTANDO (A) HISTÓRIA DA PÓS-MODERNIDADE. 2010. (Outra).

52.
A CONFERÊNCIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO- CONAE NA FACED. 2009. (Outra).

53.
Encontro Regional dos Estudantes de Biologia. 2009. (Encontro).

54.
I Jornada de História e Meio Ambiente. 2008. (Outra).

55.
PRESENTANDO EL PRESENTE Y DEFINIENDO EL INDIFINIDO. 2008. (Oficina).

56.
Seminário sobre Faixa de Fronteira no Estado do Rio Grande do Sul. 2008. (Seminário).

57.
III Encontro de Estudantes UFRGS. 2007. (Encontro).

58.
III Encontro Regional dos Estudantes de Letras da Região Sul. 2007. (Encontro).

59.
Semana Acadêmica de História na UFRGS: Ensino e Pesquisa de História da África e Afro-Brasileira. 2007. (Seminário).

60.
VIII Salão de Iniciação Científica da PUCRS.Poetas e Poesias na Guerra Civil Espanhola - A Dialética entre a Arte e a Guerra. 2007. (Outra).

61.
VIII Salão de Iniciação Científica da PUCRS.Poetas e Poesias na Guerra Civil Espanhola ? A Dialética entre a Arte e a Guerra. 2007. (Outra).

62.
XIII Encontro Gaúcho dos Estudantes de Letras ? Relendo as Letras da nossa história, Reescrevendo as Letras do nosso futuro. 2007. (Encontro).

63.
Anos dourados. 2006. (Outra).

64.
Seminário Guerra Civil e Revolução Espanhola - 70 anos. 2006. (Seminário).

65.
VI Congresso Internacional de Estudos Ibero-americanos. Na Literatura, o tema missioneiro. 2006. (Congresso).

66.
V Simpósio de Métodos e Técnicas de Pesquisa em História.Poetas e Poesias na Guerra Civil Espanhola ? A Dialética entre a Arte e a Guerra. 2006. (Simpósio).

67.
XII Jornada de Estudos do Oriente Antigo: O Egito Antigo no terceiro milênio. 2006. (Outra).

68.
XI Jornadas Internacionais sobre as Missões Jesuíticas.A influência guaranítica na nossa cultura. 2006. (Outra).

69.
XI Jornadas Internacionais sobre as Missões Jesuíticas.A influência guaranítica na nossa cultura. 2006. (Outra).

70.
XI Jornadas Internacionais sobre as Missões Jesuíticas. 2006. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GRECCO, G. L.; MARTIN, S. ; BUSTOS, S. ; TEJADA, R. C. ; TAENGUA, A. G. ; FRANCO, A. L. . VI Encuentro Internacional de Jóvenes Investigadores. Medios de comunicación social y literatura. Una aproximación interdisciplinar. 2017. (Outro).

2.
GRECCO, G. L.; ABREU, Luciano. ; PAN-MONTOJO, J. L. . Seminário Internacional 80 anos da Guerra Civil Espanhola: histórias, historiografia e memórias do Fascismo. 2016. (Outro).

3.
GRECCO, G. L.; GLIK, S. ; MARTYKANOVA, D. . International Workshop Global Traffic: Production and Circulation of knowledge and Ideas across the Borders. 2016. (Outro).

4.
ALBERNAZ, C. A. A. ; GRECCO, G. L. . Seminario "El modelo franquista (y otros) como categoría constitutiva del pensamiento autoritario brasileño". 2015. (Outro).

5.
AMODEO, Maria Tereza ; GRECCO, G. L. . Seminario Identidad, Ficción e Historia en "Na noite do ventre, O Diamante", de Moacyr Scliar?. 2015. (Outro).

6.
GRECCO, G. L.; GARCIA, C. G. ; MORENO, C. ; PALLOL, R. ; SANCHEZ, R. ; SANZ, C. ; CRESPO, P. F. ; CASTANARES, J. C. P. ; SALANOVS, S. M. ; CAMPO, M. I. ; MARTIN, J. I. . XII Congreso Asociación Historia Contemporánea. 2014. (Congresso).

7.
Amaral, F. ; BRACK, P. ; GRECCO, G. L. ; RABUSKE, C. . A diminuição da zona de fronteira e suas implicações sócio-econômicas e ambientais: A invasão das papeleiras.. 2008. (Outro).

8.
GRECCO, G. L.. XIII Semana Acadêmica da Letras 2008: PARA ONDE CAMINHAM AS LETRAS?. 2008. (Outro).

9.
GRECCO, G. L.. XI Jornadas Internacionais sobre as Missões Jesuíticas. 2006. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Redes sociais, websites e blogs
1.
GRECCO, G. L.. Actividades Doctorandos de Historia Contemporánea. 2017; Tema: Congresos, reseñas de libros, información investigadora. (Blog).



Outras informações relevantes


- Representante dos PIF (Pesquisadores em Formação) no Conselho do Departamento de História Contemporánea. Universidad Autónoma de Madrid, 2015-2017.

- Participa de duas Redes Internacionais: Direitas, História e Memória e International Network of Analysis of Corporatism and the Organization of Interests: Past and Present (NETCORPOI). 

- Foi Primeira Secretaria Acadêmica na sede do Centro Acadêmico Sao Tomás de Aquino (CASTA), na PUCRS, em 2009.

- Foi Tesoureira no Centro de Estudantes de Letras (CEL), na UFRGS em 2008.

- Terceiro lugar no Vestibular UFRGS 2007 Letras/Licenciatura e segundo lugar História Licenciatura/Bacharelado no Vestibular PUCRS 2006.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/02/2019 às 2:44:27