Debora Simões de Souza Mendel

Bolsista de Doutorado do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2221563416682703
  • Última atualização do currículo em 03/10/2018


Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social na Universidade Federal do Rio de Janeiro - Museu Nacional (PPGAS/UFRJ/MN). É mestre (2014) em História Social, pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ/FFP). Possui pós-graduação lato sensu em Ensino Ensino de História e Cultura Africana e Afro-brasileiras, pelo Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ).Graduou-se em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro/Faculdade de Formação de Professores (UERJ/FFP, 2011). Onde foi bolsista de Extensão do Projeto de Pesquisa: História e Memória do Município de São Gonçalo, na pesquisa sobre identidade e cultura negra. Trabalhou (2014) como pesquisadora/bolsista FAPERJ no projeto Caixa de História. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Debora Simões de Souza Mendel
Nome em citações bibliográficas
SIMÕES, Debora de Souza Mendel


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em Antropologia Social.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Orientador: Renata de Castro Menezes.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2012 - 2014
Mestrado em História.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: ?TEM, TEM, A BAIANINHA TEM?: De prática cotidiana, comida de orixás a patrimônio cultural.,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Joana D'arc do Valle Bahia.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2013 - 2016
Especialização em Ensino de História e Culturas Afriacanas e Afro-brasileiras. (Carga Horária: 360h).
Instituto Federal do Rio de Janeiro, IFRJ, Brasil.
Título: "Tinha acarajé na ceia?": o Bolinho de Jesus e o Acarajé na Guerra Santa.
Orientador: Janaina Oliveira.
2008 - 2011
Graduação em Licenciatura em História.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Orientador: Rui Aniceto Fernandes.
Bolsista do(a): Departamento de estágios e bolsas, CETREINA, Brasil.




Formação Complementar


2010 - 2010
Extensão universitária em História regional - Conhecendo São Gonçalo. (Carga horária: 36h).
Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Rio de Janeiro, SESCOOP-RJ, Brasil.
2009 - 2009
De Khomeini a Osama. (Carga horária: 4h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2009 - 2009
A crise de Cuba nos anos 90. (Carga horária: 4h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Memória e História de São Gonçalo. (Carga horária: 2h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Wlado. (Carga horária: 2h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Chagas no Acre pelo Rio Purus. (Carga horária: 2h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.


Atuação Profissional



FAPERJ, F_FORN, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 40


Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2014 - Atual
O Rio de Janeiro sob os olhos de lemanjá A cidade dos sambas, subúrbios, festas e mercados
Descrição: O trabalho analisa a importância do bairro de Madureira e sua inserção na história da cidade do Rio de Janeiro a partir do estudo do Mercadão de Madureira, da circularidade de suas memórias, em especial daquelas relacionadas com as religiosidades afro-brasileiras. Analisamos as memórias das casas de santo sobre o Mercadão e a Festa de lemanjá e as relacionamos com a história da cidade. O Mercado- transformado recentemente em patrimônio carioca - é considerado o polo de objetos e de consumo dos adeptos das religiões afro-brasileiras e veicula mercadorias que transitam entre seus praticantes tanto na cidade quanto nas capitais de maior expressão no país, bem como nos aeroportos de Lisboa e Berlim e demais países para onde se transnacionalizaram as religiões afro-brasileiras. O Mercadão é lugar estratégico para pensar a cultura em termos de organização da diversidade, pois é ponto de encontro e de experiências de alteridade, privilegiado para observar e compreender como as identidades são relacionais, evidenciando que as fronteiras espaciais e identitárias são fluidas e constantemente reelaboradas. Além da venda e do consumo de objetos e comidas, circulam dentro e fora do Mercado pais de santo, praticantes com seus negócios e também eventos, como uma dasfestas de lemanjá, que é realizada todo dezembro. Além dessa Festa de lemanjá, abordaremos as demais, realizadas em outros pontos da cidade e que estão relacionadas com as memórias das famílias de santo da umbanda e do candomblé e a tradição católica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2014
Caixa de História: História Local e Patrimônio de municípios do estado do Rio de Janeiro
Descrição: A Caixa da História contém um conjunto de atividades a ser utilizado com alunos de diferentes séries do Ensino Fundamental. Constitui um instrumento voltado para a problematização e reflexão acerca da história e do patrimônio cultural (material e imaterial) do Município, assim como para a reelaboração de memórias históricas relacionadas à localidade. Dessa forma, a Caixa demanda pesquisa por parte dos pesquisadores, de modo que as atividades ali apresentadas sejam exemplos concretos da memória local. O professor realiza a atividade com os alunos e ensina-o a ler e interpretar os vestígios do passado. De posse desse instrumental metodológico, o aluno passa a ter autonomia para ler e interpretar outros tantos vestígios e construir sua própria narrativa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Doces santos: reciprocidade, relações interreligiosas e fluxos urbanos em torno à devoção a Cosme e Damião no Rio de Janeiro
Descrição: Em 27 de setembro, no Rio de Janeiro, milhares de crianças circulam pelas ruas da capital e municípios vizinhos, em busca de sacolas de doces e balas, doadas nas ruas e em casas em homenagem a Cosme e Damião, por adeptos do catolicismo e de religiões afro-brasileiras, numa prática que remontaria pelo menos à primeira metade do século XX. Como pode haver disputas pelos saquinhos, há doadores que transitam em carros, com paradas estratégicas para distribuição. Dá-se assim uma ampla movimentação envolvendo pessoas, espaços e coisas, que alguns analistas afirmam estar diminuindo nos últimos anos pelo peso dos pentecostais, que condenam a prática como idólatra ou demoníaca. Tomando o caso a partir das teorias antropológicas do ritual, este projeto pretende analisar a devoção a Cosme e Damião em torno de três eixos: 1) o eixo das relações de reciprocidade estabelecidas através da doação de doces, realizando uma etnografia da generosidade ; 2) o eixo das relações interreligiosas na sociedade brasileira contemporânea, que, se podem se caracterizar pelo trânsito de personagens e práticas entre as diferentes vertentes, podem também se caracterizar por conflitos e ataques de intolerância; 3) o eixo das formas de sociabilidade no espaço urbano, estabelecidas ou ativadas a partir de rituais que serão tratadas através do mapeamento tanto de circuitos de distribuição de doces, como de templos que promovam a devoção (com destaque para igrejas católico-romanas, católico-ortodoxas, terreiros de umbanda, templos do santo daime). Os eixos ligam-se às sub-áreas da teoria antropológica, antropologia da religião e antropologia urbana, tomando o fenômeno como um fato social total (Mauss, 2003). Metodologicamente, prevê-se a realização de observação participante; de entrevistas curtas e em profundidade; aplicação de questionários, in loco e pela internet, com diversos segmentos envolvidos; levantamento e análise de material acadêmico, de imprensa, religioso, iconográfico e em áudio....
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2009 - 2011
História de São Gonçalo: Memória e Identidade
Descrição: Este projeto objetiva investigar as experiências dos que viveram, e vivem, nessa municipalidade. Em diálogo com as produções da microhistória, elegemos a sociedade gonçalense, em seus recortes espaciais e cronológicas para nossas pesquisas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Debora Simões de Souza Mendel - Integrante / Luís Reznik - Coordenador.


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS EM REVISTA
2018 - Atual
Periódico: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS EM REVISTA


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1SIMÕES, Debora de Souza Mendel2018SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Nas ruas com as baianas de acarajé: desafios, lutas e representatividade. HISTÓRIA ORAL, v. 21, p. 95-119-119, 2018.

2.
2SIMÕES, Debora de Souza Mendel2012SIMÕES, Debora de Souza Mendel. PONTO DE JONGO: CULTURA, MEMÓRIAS E IDENTIDADES DE UMA COMUNIDADE JONGUEIRA. Revista Habitus, v. 10, p. 96-112-112, 2012.

3.
6SIMÕES, Debora de Souza Mendel2011 SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Samba do Rio de Janeiro e Jongo no Sudeste. Revista África e Africanidades, v. Ano IV, p. 1/n°13, 2011.

4.
4SIMÕES, Debora de Souza Mendel2011 SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Jongo: Patrimônio Imaterial do Brasil e a Comunidade São José da Serra. CAOS. Revista Eletrônica de Ciências Sociais, v. 16, p. 301/n°17-314, 2011.

5.
3SIMÕES, Debora de Souza Mendel2011SIMÕES, Debora de Souza Mendel. ?Angoma, ngoma: o jongo e a narrativa sobre uma Comunidade Quilombola. Revista África e Africanidades, v. 14-15, p. 1-15, 2011.

6.
5SIMÕES, Debora de Souza Mendel2011SIMÕES, Debora de Souza Mendel. PERSPECTIVA DE EDUCAÇÃO EM UMA COMUNIDADE QUILOMBOLA. Entrelaçando: Revista Eletrônica de Culturas e Educação, v. 2, p. 79/7-95, 2011.

Capítulos de livros publicados
1.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Movimento Negro em São Gonçalo e Manifestações Culturais. In: Andréa Telo da Côrte. (Org.). História Fluminense: Novos Estudos. 1ed.Rio de Janeiro: FUNARJ/Imprensa Oficial, 2012, v. 1, p. 292-313.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. 'Jesus não comia acarajé. Tinha acarajé na ceia?': disputas na comercialização do acarajé. In: VII Encontro Nacional de Estudos do Consumo, 2014, Rio de Janeiro. ANAIS do ENEC. Rio de Janeiro: Grupo de Estudos do Consumo, 2014. v. VII. p. 1-15.

2.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. A África que queremos: narrativas e representações das baianas de acarajé. In: VII JORNADA DE ALUNOS DO PPGA-UFF, 2013, Niteroi. Os anais da VII Jornada de Alunos do PPGA, 2013.

3.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. RODANDO A BAIANA; CONFLITOS NA COMERCIALIZAÇÃO DO ACARAJÉ. In: IX Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura ? ENECULT, 2013, Salvador. Anais do IX Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura ? ENECULT, 2013.

4.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Patrimônio Nacional: transformações e permanências. In: IX Simpósio de História, 2012, São Gonçalo. Anais do VI Simpósio de História: Revoluções, Repúblicas e Utopias. Rio de Janeiro: Revista de História Biblioteca Nacional. v. IX. p. 1-1.

5.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Tabuleiro da baiana de acarajé: as práticas sociais e os elementos simbólicos. In: VI Encontro Nacional de Estudos do Consumo/ II Encontro Luso-Brasileiro de Estudos do Consumo, 2012, Rio de Janeiro. Anais do VI Encontro Nacional de Estudos do Consumo. Rio de Janeiro: Grupo de Estudos do Consumo, 2012. v. VI. p. 1-20.

6.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. 'Tem, tem a baianinha tem': Patrimônio Cultural do Brasil. In: XV Encontro Regional de História, 2012, São Gonçalo. Anais do XV Encontro Regional de História. Rio de Janeiro, 2012. v. 15. p. 1-10.

7.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Memória, identidade e práticas sociais: entre quitutes e patrimônio. In: I Seminário Fluminense de Pós-graduandos em História, 2012, Rio de Janeiro. Anais do I Seminário Fluminense de Pós-graduandos em História, 2012. v. v.2. p. 1-10.

8.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Uma discussão sobre Patrimônio Cultural Brasileiro: Matrizes do Samba do Rio de Janeiro e Jongo do Sudeste.. In: VIII SIMPÓSIO DE HISTÓRIA - Estado, Poder e Violência, 2011, São Gonçalo. Anais do VI Simpósio de História: Revoluções, Repúblicas e Utopias. Rio de Janeiro: Revista de História da Biblioteca Nacional, 2011. v. 8. p. 205-215.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. ?Nos tabuleiros das baianas?: discursos e práticas relacionadas ao Ofício das Baianas de Acarajé. In: III Jornada de Antropologia da Devoção, 2015, Rio de Janeiro. III Jornada de Antropologia da Devoção, 2015. v. III.

2.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Nas ruas com os acarajés: trabalho etnográfico e construção das identidades. In: Segundo Seminário Fluminense de Pós-Graduandos em História, 2013, Niteroi. Caderno de Resumo do Segundo Seminário de Pós Graduandos em História, 2013. v. v.2. p. 1-1.

3.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Patrimônio Nacional: transformações e permanências. In: IX Simpósio de História, 2012, São Gonçalo. Anais do VI Simpósio de História: Revoluções, Repúblicas e Utopias. Rio de Janeiro: Revista de História Biblioteca Nacional, 2012. v. IX. p. 1-1.

4.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. 'Tem, tem a baianinha tem': Patrimônio Cultural do Brasil. In: XV Encontro Regional de História, 2012, São Gonçalo. Caderno de Resumos do XV Encontro Regional de História. Rio de Janeiro: Encontro Regional de História, 2012. v. XV. p. 1-1.

5.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Memória, identidade e práticas sociais: entre quitutes e patrimônio.. In: I Seminário Fluminense de Pós-graduandos em História, 2012, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos do I Seminário Fluminense de Pós-graduandos em História, 2012. v. 1. p. 1-1.

6.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Tabuleiro da baiana de acarajé: as práticas sociais e os elementos simbólicos. In: VI Encontro Nacional de Estudos do Consumo/ II Encontro Luso-Brasileiro de Estudos do Consumo, 2012, Rio de Janeiro. Anais do VI Encontro Nacional de Estudos do Consumo. Rio de Janeiro: Estudo do consumo, 2012. v. VI. p. 1-1.

7.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Práticas docentes na perspectiva da valorização da diversidade cultural. In: IV Semana de Pedagogia A arte de educar:os desafios do educador nos espaços que reproduzem, 2011, São Gonçalo. IV Semana de Pedagogia A arte de educar:os desafios do educador nos espaços que reproduzem, 2011.

8.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. POLÍTICAS PÚBLICAS E MOVIMENTOS SOCIAIS: IDENTIDADE BRASILEIRA E A CONSTITUIÇÃO DE PATRIMÔNIO. In: VI Forum de Debates Povos e Culturas das Américas, 2011, Rio de Janeiro. VI Forum de Debates Povos e Culturas das Américas, 2011. v. 1. p. 1-1.

9.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. 'MACHADO': O DISCURSO SOBRE A FORMAÇÃO DA COMUNIDADE SÃO JOSÉ DA SERRA. In: IX ENCONTRO REGIONAL SUDESTE HISTÓRIA ORAL: DIVERSIDADE E DIÁLOGOS, 2011, SÃO PAULO. IX ENCONTRO REGIONAL SUDESTE HISTÓRIA ORAL: DIVERSIDADE E DIÁLOGOS. SÃO PAULO, 2011. v. 9. p. 3-87.

Artigos aceitos para publicação
1.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. O Ofício das baianas de acarajé: narrativas sobre o modo de saber fazer. PATRIMÔNIO E MEMÓRIA (UNESP), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. ?Nos tabuleiros das baianas?: discursos e práticas relacionadas ao Ofício das Baianas de Acarajé. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. ?De branco e vermelho? Uma experiência etnográfica na festa de Santa Bárbara. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. ?Jesus não comia acarajé. Tinha acarajé na ceia??: disputas na comercialização do acarajé. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Rodando a baiana: conflitos na comercialização do acarajé. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. A África que queremos: narrativas e representações das baianas de acarajé. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Nas ruas com os acarajés: trabalho etnográfico e construção das identidades. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Tabuleiro da baiana de acarajé: as práticas sociais e os elementos simbólicos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Patrimônio Nacional: transformações e permanências. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. 'Tem, tem a baianinha tem': Patrimônio Cultural Do Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Memória, identidade e práticas sociais: entre quitutes e patrimônio. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Práticas Culturais: Políticas Públicas e Movimentos Sociais na consolidação das medidas de Preservação do Patrimônio Brasileiro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Uma discussão sobre Patrimônio Cultural Brasileiro: Matrizes do Samba do Rio de Janeiro e Jongo do Sudeste.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Prática e representação: o Jongo e a Preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Heraça cultural africana: aspectos do jongo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Práticas docentes na Perspectiva da valorização da diversidade cultural. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Educação patrimonial e herança cultural: trajetória de uma comunidade jongueira e o jongo como patrimônio cultural brasileiro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

17.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. ?Machado': O discurso sobre a formação da Comunidade São José da Serra. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Políticas públicas e movimentos sociais: identidade brasileira e a constituição de patrimônio. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Jongo, caxambu, tambu, tambor: denominações de uma herança cultural. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Trabalhando com história oral: pontos de jongo da Comunidade São José da Serra. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Práticas de uma Comunidade Quilombola: cotidiano e religiosidade. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Movimento Negro em São Gonçalo e Manifestações Culturais. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Desafios enfrentados pelas baianas de acarajé viram dissertação na UERJ Trabalho de História Social expõe lutas e articulação das baianas em defesa de sua tradição. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica


Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
V Congreso Asociacion Latino Americana de Antropologia. Mercado, ruas e templos: circulação de santos, pessoas e coisas, no dia 4 de dezembro em Salvador. 2017. (Congresso).

2.
IX Jornada de alunos do PPGA/UFF.?De branco e vermelho? Uma experiência etnográfica na festa de Santa Bárbara. 2015. (Outra).

3.
Encontro do GT História das Religiões e das Religiosidades.O Tabuleiro do baiano Cuca: quitutes, religiosidade e práticas religiosas. 2014. (Encontro).

4.
Segundo Seminário Fluminense de Pós-Graduação em História.Nas ruas com os acarajés: trabalho etnográfico e construção das identidades. 2013. (Seminário).

5.
Seminário Baianas de Acarajé- Patrimônio Cultural Imaterial. 2012. (Seminário).

6.
Encontro Regional de Estudantes do Sudeste. 2011. (Encontro).

7.
Festa do Ofício e das Artes de Contar a História. 2011. (Outra).

8.
Festival de História - fHist. 2011. (Outra).

9.
IV Colóquio Internacional Imaginário, Cultura e Educação. 2011. (Outra).

10.
VI FORUM DE DEBATES POVOS E CULTURAS DAS AMÉRICAS. 2011. (Outra).

11.
XXVI Simpósio Nacional de História. 2011. (Simpósio).

12.
III Seminário de Pós-Graduados em História Moderna [In] Tolerância:Religião, raça e política no mundo inérico do Antigo Regime. 2010. (Seminário).

13.
Seminário de História Social:Relações de Poder e Identidades. 2010. (Seminário).

14.
XIII Semana de História - Marco XXX9. 2009. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SIMÕES, Debora de Souza Mendel. Seminário de História Social: Relações de Poder e Identidades. 2010.. 2010. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/10/2018 às 10:44:38