Nicholas Winterle Daudt

Bolsista de Mestrado do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6239654148385325
  • Última atualização do currículo em 30/11/2018


Graduado em Biologia, com ênfase em Biologia Marinha e Costeira, pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - UERGS (2014). Possuo experiência com cruzeiros científicos (observador de bordo >4800 h/mar), monitoramentos de praia e com curadoria de coleções científicas, todas abrangendo tetrápodes marinhos, mas com interesse especial nas Aves (Procellariiformes, Charadriiformes, Suliformes e Sphenisciformes). Tenho, ainda, certa afinidade com osteologia de aves marinhas, principalmente de albatrozes e petréis. Durante a graduação, no trabalho de conclusão de curso, utilizei métodos tradicionais de morfometria e modelos lineares generalizados, bem como dissecações. Sou, também, pesquisador colaborador do Setor de Coleções (Ornitologia), do Museu de Ciências Naturais (MUCIN) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). No mestrado, junto ao Programa de Pós-Graduação em Oceanografia Biológica (IO-FURG), investigo a influência de parâmetros oceanográficos e fisiográficos na distribuição e abundância de aves marinhas no Brasil, bem como padrões biogeográficos do grupo, a partir de dados de censos embarcados (>2600 estações de contagem). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Nicholas Winterle Daudt
Nome em citações bibliográficas
DAUDT, N. W.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande, Reitoria, Instituto de Ciências Biológicas.
Universidade Federal do Rio Grande
Carreiros
96203900 - Rio Grande, RS - Brasil - Caixa-postal: 474
Telefone: (53) 32935059
URL da Homepage: http://www.laatm.furg.br/


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em Oceanografia Biológica.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Título: Padrões de distribuição espacial de aves marinhas oceânicas no Brasil,Orientador: Leandro Bugoni.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica / Especialidade: Interação entre os Organismos Marinhos e os Parâmetros Ambientais.
2009 - 2014
Graduação em Ciências Biológicas: Biologia Marinha e Costeira.
Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, UERGS, Brasil.
Título: Proporção e dimorfismo sexual de tamanho na pardela-de-capuz Pterodroma incerta (Aves: Procellaridae) no extremo sul do Brasil.
Orientador: Paulo Henrique Ott.




Formação Complementar


2018 - 2018
Introdução à Linguagem de Programação R. (Carga horária: 18h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2017 - 2017
Método lógico para redação científica. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2016 - 2016
Curso de Formação de Aquaviários (Marinheiro Auxiliar de Convés). (Carga horária: 84h).
Diretoria de Portos e Costas - Marinha do Brasil, DPC-MB, Brasil.
2015 - 2015
Monitoramento de Aves Silvestres em UC's. (Carga horária: 11h).
Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres, CEMAVE, Brasil.
2015 - 2015
Tart., aves e mam. mar. no Paraná: diversidade, ecologia e mét. pesquisa. (Carga horária: 9h).
Laboratório de Ecologia e Conservação, LEC, Brasil.
2014 - 2014
Geoprocessamento: fundamentos básicos de SIG. (Carga horária: 16h).
Diretório Acadêmico da Biologia Marinha UFRGS/UERGS, DABMAR, Brasil.
2013 - 2013
Conservação da avifauna: uma abordagem molecular. (Carga horária: 8h).
Sociedade Brasileira de Ornitologia, SBO*, Brasil.
2011 - 2011
Legislação Ambiental. (Carga horária: 16h).
Diretório Acadêmico da Biologia Marinha UFRGS/UERGS, DABMAR, Brasil.
2010 - 2010
Florações Tóxicas de Cianobactérias. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2010 - 2010
Noções teóricas e práticas de taxidermia de aves. (Carga horária: 20h).
Diretório Acadêmico da Biologia Marinha UFRGS/UERGS, DABMAR, Brasil.
2010 - 2010
Coleta, preservação e análise de material osteológ. (Carga horária: 6h).
Sociedade Latinoamericana de Especialistas em Mamíferos Aquáticos, SOLAMAC, Chile.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Mestrando, Carga horária: 40
Outras informações
Programa de Pós-Graduação em Oceanografia Biológica (IO-FURG), vinculado ao Laboratório de Aves Aquáticas e Tartarugas Marinhas (ICB-FURG).

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de DTI, Carga horária: 20
Outras informações
Pagamento via RPA-FAURG/FURG. Observador de Bordo no Projeto "Cetáceos do Talude Sudeste-Sul do Brasil: uma abordagem ecossistêmica" (FURG/Chevron S.A.). Cruzeiros científicos com duração de 27-28 dias a bordo do N/Pq Atlântico Sul (FURG). Atuei nos Cruzeiros "VIII" (primavera-verão/2014) e "IX" (outono/2015) como responsável na área das Aves Marinhas: coleta e tabulação dos dados, bem como na produção dos Relatórios Técnicos específicos.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista ATP, Nível 2, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista CNPq. Observador de Bordo no Projeto "Cetáceos do Talude Sudeste-Sul do Brasil: uma abordagem ecossistêmica" (FURG/Chevron S.A.). Cruzeiro científico com duração de 28 dias a bordo do N/Pq Atlântico Sul (FURG). Atuei no Cruzeiro "VII" (outono/2014) como responsável na área das Aves Marinhas: coleta e tabulação dos dados, bem como na produção do Relatório Técnico específico.

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Observador de Bordo
Outras informações
Observador de Bordo no Projeto "Cetáceos do Talude Sudeste-Sul do Brasil: uma abordagem ecossistêmica" (FURG/Chevron S.A.). Cruzeiros científicos com duração de 15-33 dias a bordo do N/Pq Atlântico Sul (FURG). Atuei na área de Mamíferos Marinhos no Cruzeiro "IV" (outono/2011) e na Consultoria do derrame de óleo da Plataforma da Chevron S.A. (dezembro/2011) na coleta de dados. Nos Cruzeiros "V" (primavera/2012) e "VI" (outono/2013) atuei como responsável na área das Aves Marinhas: coleta e tabulação dos dados, bem como na produção dos Relatórios Técnicos específicos.


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 5
Outras informações
Monitoramentos de tetrápodes marinhos na faixa de praia (Litoral Norte e Médio do Rio Grande do Sul), no intuito de compreender as flutuações de encalhes, ocorrências e suas relações com parâmetros oceanográficos e climatológicos. Ainda, auxilia na coleta, preparação, curagem, etiquetagem e tombamento do material de aves marinhas junto à Coleção Científica Ornitológica, no Setor de Coleções, do Museu de Ciências Naturais (MUCIN).

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão de Graduação
Outras informações
Representante Dissente na Comissão de Graduação (COMGRAD) do Curso de Ciências Biológicas: ênfases em Biologia Marinha e Costeira & Gestão Ambiental Marinha e Costeira; curso conveniado entre as Universidades Federal e Estadual do Rio Grande do Sul (UFRGS e UERGS).

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estagiário voluntário, Carga horária: 20

Atividades

03/2010 - 07/2010
Estágios , Centro de Estudos Costeiros Limnologicos e Marinhos, Coleção Didática.

Estágio realizado
Preparação e curadoria de material zoológico referente à Coleção Didática de Vertebrados e à Coleção Científica de Aves. 335h. Orientação do Me. Maurício Tavares..
12/2009 - 02/2010
Estágios , Centro de Estudos Costeiros Limnologicos e Marinhos, Centro de Reabilitação de Animais Marinhos e Silvestres.

Estágio realizado
Recebimento, triagem e manejo de tetrápodes marinhos e costeiros oriundos do litoral norte e médio do Rio Grande do Sul. Principais táxons: aves e quelônios marinhos. 157h. Orientação do Me. Maurício Tavares..

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, UERGS, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica no Projeto "Mamíferos e aves marinhas da costa do Rio Grande do Sul: conservação e monitoramento ambiental", atuando junto a linha de pesquisa das aves marinhas (com foco nos Procellariiformes).

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica no Projeto "Mamíferos e aves marinhas da costa do Rio Grande do Sul: conservação e monitoramento ambiental", atuando junto a linha de pesquisa das aves marinhas (com foco nos Procellariiformes).

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica pelo CNPq no Projeto "Mamíferos e aves marinhas da costa do Rio Grande do Sul: conservação e monitoramento ambiental", atuando junto a linha de pesquisa das aves marinhas (com foco nos Procellariiformes).


Amâncio Osteomontagem LTDA-ME, AMÂNCIO OSTEOMON, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Assessor Técnico
Outras informações
Empresa de assessoria e consultoria em replicagem e montagem de esqueletos.

Atividades

12/2013 - 12/2013
Serviços técnicos especializados , PUCRS, .

Serviço realizado
Montagem do esqueleto de uma baleia-de-Bryde (Balenoptera edeni) para exposição permanente no Museu da Instituição..
12/2012 - 12/2012
Serviços técnicos especializados , CECLIMAR/IB/UFRGS, .

Serviço realizado
Montagem do esqueleto de uma baleia-Jubarte (Megaptera novaeangliae) para exposição permanente no Museu da Instituição..

Universidade do Vale do Itajaí, UNIVALI, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Técnico de Campo (Monitoramento), Carga horária: 44
Outras informações
Atuação no Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) no Setor do Paraná, executado pelo Centro de Estudos do Mar da Universidade Federal do Paraná (CEM/UFPR). Monitoramento de praia, coleta, identificação, necropsia/dissecação, armazenamento de amostras e curagem do material seco/osteológico de Aves, Mamíferos e Tartarugas Marinhas. Responsável pela curagem e manutenção do material osteológico dos tetrápodes marinhos coletados mediante este projeto. Ênfase, pessoal, nas Aves Marinhas.



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Padrões de distribuição espacial de aves marinhas oceânicas no Brasil
Descrição: Verificar as associações e os padrões determinantes, ambientais e fisiográficos, que influenciam na distribuição e agregação de aves marinhas ao largo do Brasil, a partir de dados de contagens. O projeto tem por objetivo, após identificar os fatores regulatórios, elucidar os padrões biogeográficos da comunidade de aves marinhas no país..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Tetrápodes Marinhos e Costeiros do Litoral Norte e Médio do Rio Grande do Sul: Reabilitação, Conservação e Pesquisa
Descrição: O projeto tem como objetivo o atendimento qualificado aos espécimes da fauna costeira e marinha que sofreram algum impacto antrópico (vazamentos de petróleo, interação com atividade pesqueira, poluição marinha) e a realização de pesquisas sobre biologia, ecologia e medicina veterinária destes espécimes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
História natural de Pterodroma incerta (Schlegel, 1863) (Procellariidae) no Rio Grande do Sul, sul do Brasil
Descrição: A grazina-de-barriga-branca (Pterodroma incerta) é uma espécie de petrel endêmica das Ilhas Gough e Tristão da Cunha, na região central do Oceano Atlântico Sul, e visitante austral pelágica no estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Poucos estudos vêm sendo realizados com a espécie fora das áreas de reprodução, e a falta de informações de biologia básicas sobre a mesma é intrigante. Nesse sentido, o projeto tem como objetivo levantar questões da História Natural do grupo, podendo contribuir para o conhecimento desse petrel ameaçado de extinção a nível global..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Avifauna da foz do estuário do complexo estuarino-lagunar Tramandaí/Armazém, Tramandaí, RS, Brasi
Descrição: A Bacia Hidrográfica do rio Tramandaí, no litoral norte do Rio Grande do Sul, comunica-se com o oceano através do complexo estuarino-lagunar Tramandaí/Armazém. No período de um ano, entre julho de 2009 e junho de 2010, foram realizadas amostragens quali-quantitativas mensais da avifauna que frequentava a barra do complexo. O esforço foi realizado em três turnos (amanhecer, meio-dia, entardecer), com 45 minutos de duração cada. Foram feitas três varreduras por turno a partir de um ponto fixo (29 58 37.46 S/50 07 14.66 O), cobrindo um ângulo de 120 . Todas as aves pousadas foram identificadas e registradas, com o auxílio de binóculos com resolução de 12x50mm e guias de campo. Os horários oficiais de nascer e pôr-do-sol foram obtidos a partir do Centro de Previsão do Tempo e Mudanças Climáticas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE). Foram registradas 17 espécies, distribuídas em 8 famílias: Sternidae (Sternula superciliaris, Sterna hirundo, S. hirundinacea, S. trudeaui, Thalasseus acuflavidus, T. maximus), Ardeidae (Nycticorax nycticorax, Ardea alba, Egretta thula), Rynchopidae (Rynchops niger), Laridae (Chroicocephalus maculipennis, Larus dominicanus), Phalacrocoracidae (Phalacrocorax brasilianus), Haematopodiade (Haematopus palliatus), Scolopacidae (Tringa sp.) e Charadriidae (Charadrius collaris). A estação de maior riqueza foi o inverno (n=15), enquanto que a de menor foi o verão (n=9), período que as cidades litorâneas do Rio Grande do Sul aumentam em várias vezes seu contingente populacional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2013
Mamíferos e aves marinhas da costa do Rio Grande do Sul: conservação e monitoramento ambiental
Descrição: A conservação da biodiversidade marinha no Brasil é consideravelmente inadequada a despeito da legislação e das áreas protegidas marinhas existentes. No litoral do Rio Grande do Sul, uma das regiões de maior riqueza de espécies de mamíferos e aves marinhas na costa brasileira, inúmeras espécies vêm sofrendo os impactos de atividades humanas. Aves e mamíferos marinhos, por serem predadores de topo de cadeia, estão entre os organismos mais vulneráveis ao processo de degradação ambiental. Em vista disso, estes organismos podem ser utilizados como importantes bioindicadores da qualidade dos ecossistemas costeiros e oceânicos. A presente proposta tem por objetivo principal dar continuidade a uma série histórica de monitoramento de encalhes de mamíferos marinhos e aves no litoral norte do Rio Grande do Sul, em desenvolvimento desde 1991. Com a realização deste projeto de longo prazo, envolvendo diferentes pesquisadores e técnicas de estudo, espera-se reunir um conjunto de informações que permita elaborar um diagnóstico continuado das ameaças à conservação não apenas das espécies de aves e mamíferos marinhos do Rio Grande do Sul, mas do próprio ecossistema marinho da região sul do Brasil...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2014 - 2014
Festival de Inverno Maré de Arte 2014
Descrição: Festival de cultura voltado para a comunidade do Litoral Norte do Rio Grande do Sul, com palestras, oficinas e shows direcionadas ao público em geral..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2014 - 2014
IV Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (SABMar)
Descrição: O IV Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (SABMar) foi realizado de 18 a 23 de agosto com temática A conservação da biodiversidade marinha e visou a divulgação de ferramentas de pesquisa aplicadas à conservação marinha, além da integração entre estudantes e profissionais. Pesquisadores de diversas áreas foram convidados a palestrar sobre os temas propostos, sendo ministradas 16 palestras, duas mesas redondas e cinco minicursos, conforme cronograma em anexo. O IV SABMar teve 207 inscritos, além da Comissão Organizadora (22 pessoas), palestrantes e ministrantes dos minicursos (29 pessoas), totalizando 258 participantes. Destes, a maioria são alunos de graduação. No total, 38 resumos foram apresentados no evento onde, 06 foram indicados para premiação sendo que, 03 trabalhos foram escolhidos e agraciados com o prêmio Prof. Irajá Damiani Pinto . O primeiro autor dos respectivos trabalhos foi premiado com diversos livros sobre a diversidade biológica e geológica da região sul do Brasil. Estes livros foram doados por ONGs ou pelos autores à Comissão Organizadora. O evento demonstrou um crescimento em relação às edições anteriores quanto à abrangência de participantes e palestrantes de território nacional. Deste modo, o IV SABMar consolida-se como evento fundamental para a troca de ideias e soluções de temas relacionados a gestão do ambiente marinho e sobre a divulgação da nossa biodiversidade marinha.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (15) / Mestrado acadêmico: (5) .
Integrantes: Nicholas Winterle Daudt - Coordenador / João Carlos Coimbra - Integrante / Daiana Maffessoni - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - Cooperação / Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Cooperação / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.
2013 - 2013
Festival de Inverno Maré de Arte 2013
Descrição: Festival de cultura voltado para a comunidade do Litoral Norte do Rio Grande do Sul, com palestras, oficinas e shows direcionadas ao público em geral..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2011 - 2011
Monitoramento da biota na região do vazamento de petróleo da plataforma da Chevron
Descrição: Este projeto visa determinar a composição e estimar a abundância relativa de cetáceos, aves e outros componentes da biota, nas áreas sob influência do vazamento. Além disso, pretende-severificar se há diferenças na composição e abundância relativa de cetáceos, aves e outros componentes da biota, na região afetada pelo vazamento em comparação com os dados do Projeto Cetáceos do Talude..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Revisor de periódico


2017 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ornitologia
2017 - Atual
Periódico: CHECK LIST, JOURNAL OF SPECIES LIST AND DISTRIBUTION
2018 - Atual
Periódico: ORNITHOLOGIA (CEMAVE/IBAMA. IMPRESSO)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Coleções científicas.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Aves Marinhas/Especialidade: Distribuição e ocorrência de aves marinhas e costeiras.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Osteologia de tetrápodes.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2018
Melhor Painel Pós-Graduação (co-autor) - Prêmio Prof. Irajá Damiani Pinto, VI SABMar.
2014
2º lugar - III Concurso de Fotografia - IV SABMar, Diretório Acadêmico da Biologia Marinha e Costeira (UFRGS/UERGS).
2011
Destaque em Pesquisa (Ciências da Vida) - I SIEPEX, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DAUDT, N. W.2018DAUDT, N. W.; PEREIRA, A. ; TAVARES, M. ; CARLOS, C. J. . South Polar Skua Catharacta maccormicki in the state of Rio Grande do Sul, south Brazil. COTINGA (SANDY), v. 40, p. 44-49, 2018.

2.
DAUDT, N. W.2017DAUDT, N. W.; PEREIRA, A. ; RECHETELO, J. ; KRUL, R. ; MESTRE, L. A. M. . Noteworthy seabird records from Paraná state, southern Brazil. BULLETIN OF THE BRITISH ORNITHOLOGISTS' CLUB, v. 137, p. 195-205, 2017.

3.
CARLOS, C. J.2017CARLOS, C. J. ; DAUDT, N. W. ; VAN GROUW, H. ; NEVES, T. . The second and third documented records of Antarctic Tern Sterna vittata in Brazil. BULLETIN OF THE BRITISH ORNITHOLOGISTS' CLUB, v. 137, p. 320-324, 2017.

4.
PEREIRA, A.2016PEREIRA, A. ; DAUDT, N. W. ; NUSS, A. ; TAVARES, M. ; CARLOS, C. J. . The first confirmed record of the White-capped Albatross Thalassarche steadi in Brazil. Revista Brasileira de Ornitologia, v. 24, p. 286-289, 2016.

5.
FRAINER, GUILHERME2015FRAINER, GUILHERME ; DAUDT, N. W. ; CARLOS, C. J. . Aberrantly plumaged White-chinned Petrels Procellaria aequinoctialis in the Brazilian waters, south-west Atlantic Ocean. Marine Biodiversity Records, v. 8, p. e103, 2015.

6.
KLEIN, S. R.2012KLEIN, S. R. ; DAUDT, N. W. ; BUGONI, L. . Bulwer's Petrel Bulweria bulwerii in Brazilian waters. Bulletin of the British Ornithologists' Club, v. 132, p. 214-216, 2012.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SALVAGNI, T. ; CARLOS, C. J. ; DAUDT, N. W. ; MORENO, I. B. ; PEREIRA, A. ; TAVARES, M. ; WICKERT, J. C. . Coleção ornitológica do Museu de Ciências Naturais da UFRGS. In: Desenvolvimento do Litoral Norte em Debate, 2018, Tramandaí. Desenvolvimento do Litoral Norte em Debate, 2018.

2.
SALVAGNI, T. ; AMORIM, D. B. ; BRUSCO, G. M. ; CARLOS, C. J. ; DAUDT, N. W. ; PEREIRA, A. ; TAVARES, M. . Recuperação de aves costeiras e marinhas anilhadas encontradas no Litoral Norte e Médio Leste do Rio Grande do Sul, Brasil. In: Desenvolvimento do Litoral Norte em Debate, 2018, Tramandaí. Desenvolvimento do Litoral Norte em Debate, 2018.

3.
FARIA, F. A. ; DAUDT, N. W. ; CANANI, G. ; SILVA-COSTA, A. ; GIANUCA, D. . Mutilação em bicos de albatrozes e petréis no sul e sudeste do Brasil. In: VI Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (VI SABMar), 2018, Osório. Livro de Resumos - VI SABMar, 2018. p. 14.

4.
DAUDT, N. W.; FRANZ, I. ; BENCKE, G. A. ; TAVARES, M. ; OTT, P. H. . Sexual size dimorphism and sex ratio in the Atlantic Petrels (Pterodroma incerta) (Procellariidae) off southern Brazil. In: VI International Albatross and Petrel Conference (VI IAPC), 2016, Barcelona. 6th International Albatross and Petrel Conference - Conference Programme and Abstracts. Barcelona, 2016. p. 164.

5.
MORAIS, B. ; DAUDT, N. W. ; CARLOS, C. J. . Osteologia craniana de Phoebetria fusca (Aves, Diomedeidae): uma análise preliminar. In: IV Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (IV SABMar), 2014, Tramandaí e Imbé. Livro de Resumos IV SABMar, 2014. p. 31.

6.
TAVARES, M. ; MORENO, I. B. ; SALVAGNI, T. ; DAUDT, N. W. ; PEREIRA, A. ; BARROS, B. S. ; FREITAS, R. R. ; ROCHA, A. C. A. ; HAUBERT, G. . Coleção científica ornitológica do CECLIMAR/IB/UFRGS. In: XX Congresso Brasileiro de Ornitologia, 2013, Passo Fundo. Anais do XX CBO, 2013.

7.
DAUDT, N. W.; PEREZ, M. S. ; TAVARES, M. ; OTT, P. H. . Registros de Procellariiformes entre novembro de 2008 e junho de 2012, no Litoral Norte e Médio do Rio Grande do Sul, Brasil. In: III Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (III SABMar), 2012, Tramandaí e Imbé. Livro de Resumos III SABMar, 2012.

8.
DAUDT, N. W.; FRANZ, I. ; BENCKE, G. A. ; OTT, P. H. . Análise preliminar da biologia e ecologia alimentar da grazina-de-barriga-branca (Pterodroma incerta) (Schlegel, 1863) no estado do Rio Grande do Sul, Brasil. In: I Salão Integrado de Ensino Pesquisa e Extensão (I SIEPEX), 2011, Santa Cruz do Sul. Anais do I SIEPEX, 2011.

9.
ATAIDE, M. W. ; ALIEVI, M. M. ; BRAGA, C.S. ; V. RIBEIRO ; GOULART, M. ; COMERLATO, A. ; SANTOS, E.R. ; SURITA, L. ; SANTOS, D. ; DAUDT, N. W. ; TAVARES, M. . Efeitos de resíduos antropogênicos na saúde da tartaruga-verde (Chelonia mydas) do litoral norte do RS. In: XXXV Congresso da Sociedade de Zoológicos do Brasil, 2011, Gramado. Anais do XXXV CSZB, 2011.

10.
RIGON, C. T. ; FORTUNA, L. N. ; SILVA, P. M. ; OLIVEIRA, R. M. S. ; SOPRANA, P. C. ; ZANELLATO, E. F. ; GAUER, A. P. P. ; PISETTA, N.F. ; DAUDT, N. W. ; FIGUEIREDO, P. I. C. C. ; FAUSTO, I. V. ; TRIGO, C. C. ; TAVARES, M. . A fauna costeira e marinha recebida pelo CERAM (CECLIMAR/IB/UFRGS) entre agosto 2008 e maio de 2010. In: II Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (II SABMar), 2010, Tramandaí e Imbé. Livro de Resumos II SABMar, 2010.

11.
DAUDT, N. W.; RIGON, C. T. ; XAVIER, R. A. ; SILVA, P. M. ; NAKASHIMA, S. B. ; ATAIDE, M. W. ; ALIEVI, M. M. ; BRAGA, C.S. ; TAVARES, M. ; TRIGO, C. C. . Ingestão de resíduos antropogênicos por juvenis de tartaruga verde, Chelonia mydas (Linnaeus, 1758), no litoral (norte e médio) do Rio Grande do Sul. 2010. In: II Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (II SABMar), 2010, Tramandaí e Imbé. Livro de Resumos - II SABMar, 2010.

12.
BRUSCO, G. M. ; DAUDT, N. W. ; TRIGO, C. C. ; FORTUNA, L. N. ; SILVA, P. M. ; TAVARES, M. . Aves marinhas e costeiras recebidas pelo CERAM (CECLIMAR/IB/UFRGS) entre agosto de 2008 e agosto de 2010. In: I Congreso Uruguayo de Zoología y X Jornadas Uruguayas de Zoología, 2010, Montevidéo. Libro de Resumen del Primer Congreso Uruguayo de Zoología, 2010.

Artigos aceitos para publicação
1.
PEREZ, M. S. ; DAUDT, N. W. ; TAVARES, M. ; OTT, P. H. ; SANTOS, R. A. ; FONTANA, C. S. . Diet of the Atlantic Petrel Pterodroma incerta during the non-breeding season. MARINE ORNITHOLOGY, 2019.

Apresentações de Trabalho
1.
DAUDT, N. W.. Pra que lado eu vou? Pistas oceanográficas que influenciam a distribuição da megafauna marinha. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
DAUDT, N. W.; MARTINS, S. P. ; KIRINUS, E. P. ; BUGONI, L. . As aves marinhas da Foz do Rio Amazonas e suas relações com parâmetros ambientais. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
DAUDT, N. W.; BUGONI, L. . Padrões de distribuição espacial de aves marinhas oceânicas no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
DAUDT, N. W.. Aves - Evolução, especializações, diversidade & conservação. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
DAUDT, N. W.. As aves e suas peculiaridades: osteologia & morfometria. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
DAUDT, N. W.; COELHO, V. F. . Diversidade de aves e tartarugas marinhas. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
DAUDT, N. W.. Conservação e Reabilitação de Aves Marinhas - um desafio. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
DAUDT, N. W.. A origem das penas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
DAUDT, N. W.; FRANZ, I. ; BENCKE, G. A. ; OTT, P. H. . Análise preliminar da biologia e ecologia alimentar da grazina-de-barriga-branca (Pterodroma incerta) (Schlegel, 1863) no estado do Rio Grande do Sul, Brasil. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
AFONSO, G. S. ; SOUZA, C. C. ; DAUDT, N. W. ; HORN, T. S. ; TAVARES, M. . Coleção didática e científica de vertebrados do Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos (CECLIMAR) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
DAUDT, N. W.. Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias 2014. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
DAUDT, N. W.. As aves marinhas entre a costa gaúcha (RS) e carióca (RJ). 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
PEREIRA, A. ; DAUDT, N. W. . Taxidermia de aves para coleções científicas. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
DAUDT, N. W.. Livro de Resumos - VI SABMar. 2018. (Editoração/Anais).

3.
DAUDT, N. W.; PEREIRA, A. . Taxidermia de aves para coleções científicas. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
DAUDT, N. W.; SUCUNZA, F. . Livro de Resumos - V SABMar. 2016. (Editoração/Anais).

5.
RITTER, M. N. ; DAUDT, N. W. ; COIMBRA, J. C. . Livro de Resumos - IV SABMar. 2014. (Editoração/Anais).

6.
DAUDT, N. W.; CANANI, G. . Livro de Resumos - III SABMar. 2012. (Editoração/Anais).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Encontro da Pós-Graduação em Oceanografia Biológica.As aves marinhas da Foz do Rio Amazonas e suas relações com parâmetros ambientais. 2018. (Encontro).

2.
II Encontro da Pós-Graduação em Oceanografia Biológica.Padrões de distribuição espacial de aves marinhas oceânicas no Brasil. 2017. (Encontro).

3.
VI International Albatross and Petrel Conference (VI IAPC). Sexual size dimorphism and sex ratio in the Atlantic Petrels (Pterodroma incerta) (Procellariidae) off southern Brazil. 2016. (Congresso).

4.
I Seminário de Monitoramento de Aves Silvestres em UCs de SC. 2015. (Seminário).

5.
I Conferência Municipal do Meio Ambiente. 2013. (Seminário).

6.
XX Congresso Brasileiro de Ornitologia (XX CBO). Coleção científica ornitológica do CECLIMAR/IB/UFRGS. 2013. (Congresso).

7.
III Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (III SABMar).Registros de Procellariiformes entre novembro de 2008 e junho de 2012, no litoral norte e médio do Rio Grande do Sul, Brasil. 2012. (Simpósio).

8.
XV Reunião de Trabalho de Especialistas em Mamíferos Aquáticos da América do Sul (XV RT) e IX Congresso da Sociedade Latinoamericana de Especialistas de Mamíferos Aquáticos (IX SOLAMAC). 2012. (Congresso).

9.
I Salão Integrado de Ensino Pesquisa e Extensão (I SIEPEX).Análise preliminar da biologia e ecologia alimentar da grazina-de-barriga-branca (Pterodroma incerta) (Schlegel, 1863) no estado do Rio Grande do Sul, Brasil. 2011. (Outra).

10.
II Encontro sobre Meio Ambiente Costeiro e Gestão Ambiental do Litoral Norte do RS. 2010. (Encontro).

11.
II Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (II SABMar).Ingestão de resíduos antropogênicos por juvenis de tartaruga verde, Chelonia mydas (Linnaeus, 1758), no litoral (norte e médio) do Rio Grande do Sul. 2010. (Simpósio).

12.
IV Congresso Brasileiro de Oceanografia (IV CBO). 2010. (Congresso).

13.
I Workshop Brasileiro sobre lixo marinho. 2010. (Seminário).

14.
Primer Congreso Uruguayo de Zoología y X Jornadas Uruguayas de Zoología. Aves marinhas e costeiras recebidas pelo CERAM (CECLIMAR/IB/UFRGS) entre agosto de 2008 a agosto de 2010. 2010. (Congresso).

15.
XIV Reunião de Trabalho de Especialistas em Mamíferos Aquáticos da América do Sul (XIV RT) e VIII Congresso da Sociedade Latinoamericana de Especialistas de Mamíferos Aquáticos (VIII SOLAMAC). 2010. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CANANI, G. ; CAMPOS, G. D. B. ; DAUDT, N. W. ; ORAIDES, B. ; PEREZ, M. S. ; SILVEIRA, R. A. ; MENEZES, L. S. ; MOREIRA, T. S. ; CULAU, C. N. ; PINHEIRO, L. M. ; MAZOTTI, G. ; FOLETTO, P. G. ; BARROS, B. S. ; OLIVEIRA, D. M. M. ; RODRIGUES, M. A. ; BRANDÃO, M. V. . VI Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (VI SABMar). 2018. (Congresso).

2.
DAUDT, N. W.; BARROS, B. S. ; MAFFESSONI, D. ; FAGUNDES, N. J. R. ; RITTER, M. N. ; SUCUNZA, F. ; CANANI, G. ; PASETTO, M. C. ; ORAIDES, B. ; FOLETTO, P. G. ; CAMPOS, G. D. B. ; CULAU, C. N. ; RODRIGUES, M. A. ; ANDRADE, M. L. ; LINHARES, B. A. ; TORRES, T. T. ; MENEZES, L. S. . V Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (V SABMar). 2016. (Congresso).

3.
COIMBRA, J. C. ; DAUDT, N. W. ; CANANI, G. ; RITTER, M. N. ; MAFFESSONI, D. ; BARROS, B. S. ; SUCUNZA, F. ; SCHALEMBERGER, G. ; FRAINER, G. ; PEREZ, M. S. ; PISETTA, N.F. ; MACHADO, R. ; SILVA, A. M. ; WINGERT, N. ; VONTOBEL, E. D. ; OLIVEIRA, L. P. ; MENEZES, L. S. ; FREITAS, R. R. ; SANTOS, B. ; MARTINS, J. M. ; JESUS, M. F. S. ; SERPA, N. B. . IV Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (IV SABMar). 2014. (Congresso).

4.
DAUDT, N. W.; SUCUNZA, F. ; PEREZ, M. S. ; SILVEIRA, R. A. ; CANANI, G. ; SILVA, A. M. ; WINGERT, N. ; MENEZES, L. S. ; GAUER, A. P. P. ; PRADO, J. F. ; RICTHER, M. F. . III Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha (III SABMar). 2012. (Congresso).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
DAUDT, N. W.. Conservação e Reabilitação de Aves Marinhas - um desafio. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
DAUDT, N. W.. As aves marinhas entre a costa gaúcha (RS) e carióca (RJ). 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
DAUDT, N. W.. Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias 2014. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).



Outras informações relevantes


Anilhador júnior junto ao CEMAVE (jan/2011); Carteira Nacional de Habilitação - Categoria A (set/2014); Marinha Mercante - Marinheiro Auxiliar de Convés (2016). Experiência com trabalhos embarcados, desde marinharia-básica à parte acadêmica (observador de bordo de aves e mamíferos marinhos, acompanhamento de pescado em barcos de espinhel pelágico, coletas de plâncton e água). Experiência na temporada de verão 2017/2018 na Ilha da Trindade, com captura e coletas biológicas em [Aves] petréis-de-Trindade (Pterodroma arminjoniana) e trinta-réis-das-rocas (Onychoprion fuscatus), e [Reptilia] tartarugas-verde (Chelonia mydas).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 11/12/2018 às 8:14:22